... Inovar para criar valor...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "... Inovar para criar valor..."

Transcrição

1 Terça-feira, 20 de Maio de Inovar para criar valor... José Bonnet Desenvolvimento de Serviços e Inteligência no Negócio Gabriela Moura Activos Humanos, Competênicas e Motivação Portugal Telecom Inovação, S A

2 Portugal Telecom O Grupo P T Comunicações fixas, móveis, multimédia, Sistemas de Informação Investigação e Desenvolvimento Comunicações via Satélite Investimentos Internacionais 60+ M Clientes colaboradores 12 Empresas em 4 continentes 3 % PIB nacional

3 Enquadramento no Grupo PT Cliente Serviços e Produtos Integrados PT Pessoal TMN PT Wi-Fi - móvel PT INOVAÇÃO PT SI PT Contact PT Pro PT Compras PT SGPS PT Empresas PT casa PT Comunicações, PT Corporate, PT Prime, PT.COM - wireline PT II - negócios Internacionais Empresas Operacionais Desenvolvimento de Tecnologia e Plataformas Integração SI Call Centers Empresas Instrumentais Integração do Back-Office Compras Estratégia, Report Financeiro, Planeamento e Controlo Holding INOVAR é uma atitude! Forte empenho na Inovação e na Sociedade do Conhecimento

4 PT Inovação - 50 anos de História 60 s COMUTAÇÃO ANALÓGICA Electro-mecânicas: strowger ( ATU ) Selectores de coordenadas (ATC, SASC ) 70 s TRANSMISSÃO DIGITAL 80 s COMUTAÇÃO DIGITAL estações ETD, ELD Sistemas O&M, Gestão de Redes 50 s 90 s pcm : MIC30 I&D Colaborativo Internacional Instituto de Telecomunicações Inesctel, Laboratórios MARCONI

5 Visão e Missão Visão SER LÍDER NAS ÁREAS DE CONHECIMENTO ESTRATÉGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DOS NEGÓCIOS DAS EMPRESAS PT Missão PROMOVER O PROCESSO DE INOVAÇÃO AO NÍVEL DOS SERVIÇOS, TECNOLOGIAS E OPERAÇÕES

6 Eixos Estratégicos Desenvolvimento e Sustentabilidade do Negócio Investigação Aplicada Desenvolvimento de Serviços e Sistemas Serviços de Engenharia e Consultoria Formação Tecnológica e de Serviços

7 Domínios de Competência Rede de Acesso e Transporte (xdsl, SDH, Ethernet, FITL) Redes Inteligentes (IN ) Tecnologias Multimédia Tecnologias IP e IMS Redes e Serviços Móveis (GSM, UMTS, 3.5G) Sistemas de Gestão e Suporte às Operações Sistemas de Suporte ao Negócio Serviços de Formação Serviços de Engenharia e Consultoria

8 A Nossa Abordagem Matéria-prima CONHECIMENTO Ferramenta INOVAÇÃO Objectivos VALOR ACRESCENTADO

9 A Criação de Valor AQUISIÇÃO DE CONHECIMENTO PERCEBER NECESSIDADES Proj. I&D, ETSI, ITU DESENVOLVIMENTO Soluções / Sistemas / Serviços SATISFAÇÃO CLIENTE SUPORTE MANUTENÇÃO INTEGRAÇÃO Sistemas e Serviços FORMAÇÃO INSTALAÇÃO TESTES de INTEGRAÇÃO PRODUÇÃO e INDUSTRIALIZAÇÂO CONTROLO de QUALIDADE

10 Trazer a Tecnologia para o Mercado O Papel da PT Inovação: Partilha de custos/riscos em I&D pré-competitivo Ponte - Universidade x Grupo PT x Indústria Uso de Protótipos e Soluções pelo Grupo PT Mercado Grupo Indústria Investigação Institutos de I&D Desenvolvimento Comercial Universidades tempo

11 Parcerias Internacionais AQUISIÇÃO DE CONHECIMENTO - OPERADORES - INDÚSTRIA / FORNECEDORES - PMEs TECNOLÓGICAS - UNIVERSIDADES e INST.s de I&D - ORGANIZAÇÕES - NORMALIZAÇÃO

12 Parcerias Nacionais MOTOR DE DESENVOLVIMENTO Rede de Inovação em Aveiro EASYCLICK WITHUS ONDAVIDEO MENTES VIRTUAIS PASSWORD TELBIT UARTRONICA REDE RIA SIEMENS / BANCO SANTANDER TOTTA SHORTCUT MAISIS SIEMENS NEC ERICSSON DADOS-CHAVE (2007) DREAMLAB P2B NETUAL XLM JUSTBIT PONTO C HFA 45 Empresas 87 M Vendas (est.)* 894 Pessoas* *Não inclui a Siemens, Ericsson e BSTotta

13 Tecnologia que pensa e fala Português PORQUE A FAZEMOS? É um recurso estratégico para o sucesso do Negócio PT. Para desenvolver e consolidar o Conhecimento em Telecomunicações. Uma via para a resolução de problemas. Para criar soluções à medida. Para assegurar à PT vantagem competitiva face aos concorrentes. Para reforçar a capacidade negocial do Grupo PT perante fornecedores externos.

14 Principais CLIENTES 2007 MERCADOS 59% Nacional 41% Internacional

15 As Nossas Soluções Tecnológicas

16 Redes Inteligentes (IN) 65+ Milhões de Clientes Portugal Europa Brasil Venezuela América do Sul Cabo Verde Marrocos Botswana África Angola S. Tomé e Príncipe Timor Leste Ásia

17 Rede de Acesso

18 Gestão e Supervisão de Redes Arquitectura NOSSIS CRM Pedidos Pedidos Pedidos SIGO Cadastro ORDER MANAGER Ordens Provisão de Rede e Serviços Gestão de Problemas Gestão de Equipas NETWORK INVENTORY Cadastro ALARM MANAGER Cadastro de Rede e Serviços Cadastro Gestão de Falhas NETWORK QUALIFIER Cadastro Ordens TTK Reconciliação ALTAIA Gestão de Desempenho e Qualidade de Rede e Serviços Ensaio e Diagnóstico da Rede Exterior Indicadores Alarmes Ensaios/Testes Alarme Indicadores NETWORK ACTIVATOR CADIS Activação de Rede e Serviços Mediação e Correlação REDE

19 Plataformas de Serviços FrotaLink Serviço de Localização de Veículos

20 PROJECTOS Estratégicos Plataformas de Serviços MULTIMÉDIA BANDA-LARGA NAS REDES all-ip

21 PROJECTOS Estratégicos Acesso rápido à Internet Televisão Digital sobre IP (IPTV) Video on Demand ixtream IPS Rede IP Multicast Ethernet sobre fibra óptica ixtream VOD Switch Ethernet Router ADSL DSLAMi ADSL2+ IGMP (Multicast) STB AMORA

22 SIC: Plataformas de Serviços Telemedicina : 21 Hospitais INSTALADA EM [inc. Luanda / Madrid] 30 Centros de Saúde elearning

23 Serviços de Engenharia Fabricação de pré-séries dos protótipos de Tecnologia PT Inovação. Apoio Directo às operações do Grupo PT Serviços de Engenharia a empresas nacionais Terceirização/Subcontratação de Serviços (i.e. PALOP) Testes de conformidade, ensaios e auditorias técnicas Laboratórios CETLAB, Aveiro e CETLCE, Lisboa back-office permanente de apoio à operação em campo das soluções de Tecnologia PT Inovação

24 Certificação da Qualidade SISTEMAS DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001 Gestão Ambiental ISO Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação NP 4457 Gestão da Higiene e Segurança do Trabalho LABORATÓRIOS ACREDITADOS CETLAB Laboratório de Redes Privadas e Terminais CETLCE Laboratório de Calibração e Ensaio NP 4397

25 A Geografia da PT Inovação Pólo - Porto Longitude - 8º 40' W Latitude - 41º 10'N PORTUGAL Sede - A V E I R O Longitude - 8º 50' W Latitude - 40º 39'N Pólo - Lisboa Longitude - 9º 10' W Latitude - 38º 42'N BRASIL SÃO PAULO Longitude - 47º W Latitude - 23º S ANGOLA LUANDA Longitude - 13º E Latitude - 8º S

26 Resultados 2007 Volume de Negócios 83,9 M EBITDA 21,1 M Resultado Operacional 1 7, 4 M Resultado Líquido 13,6 M TODOS OS VALORES CONSOLIDADOS COM PT Inovação Brasil DE ACORDO COM AS NORMAS INTERNACIONAIS IAS

27 Portugal Telecom Inovação, SA UMA EMPRESA instrumental para o Grupo PT exemplar para a economia nacional

28 Portugal Telecom Inovação, SA UMA EMPRESA DE SUCESSO QUE QUER...

29 Activos Humanos PESSOAS 348 INB PTIN

30 APOSTAR nos Activos Humanos Teambuilding desenvolvimento de competências trabalho de equipa liderança comunicação coesão e cooperação criação de bases comuns APRENDER TREINANDO AUTO-CONHECIMENTO e DIVERSÃO

31 APOSTAR nos Activos Humanos VALORIZAÇÃO dos RECURSOS COMPETÊNCIA PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO ACADÉMICA (MSc, PhD,..) GESTÃO ACTIVA DO TALENTO MÉRITO, CRIATIVIDADE, EXCELÊNCIA Rejuvenescimento progressivo Aquisição / Actualização de Conhecimentos RECRUTAMENTO ESTÁGIOS - Curriculares + Profissionais Projectos Aliciantes

32 Procuramos Jovens de Talento Estudantes, Recém-Licenciados Técnicos Especialistas; e Proactividade e Dinamismo; Vontade de Aprender; Capacidade de Trabalho, Espírito Ambicioso; Motivação e Facilidade de Integração num Ambiente Jovem e Dinâmico;

33 Áreas de Conhecimento - Telecomunicações; Informática; Sistemas de Informação; Electrónica/ Electrotécnica; Instituições de Ensino - Universidade de Coimbra; Universidade de Aveiro; Universidade do Porto; Universidade do Minho

34 O que Oferecemos Bolsas de Estágio Bom Ambiente Empresarial Horário Flexível Espírito de Entreajuda Aprendizagem

35 Terça-feira, 20 de Maio de 2008 Projectos Estágio/Mestrado 35 Portugal Telecom Inovação, S A

36 Redes Inteligentes P16-08 Controlo de Carga Dinâmico e Adaptativo em Sistemas de Tempo Real Desenvolvimento de um Sistema Dinâmico e Adaptativo de Controlo de Carga em Sistemas de Tempo Real, propõe o desenvolvimento de um framework distribuído para controlo de carga na solução de redes inteligentes NGIN. Eng.º Vitor Santos P17_08 Desenvolvimento de Probes Inteligentes na Monitoria de Sistemas de Tempo Real Especificação e desenvolvimento de um Framework que face à arquitectura actual das plataformas de rede inteligente da Portugal Telecom Inovação plataformas NGIN permita a construção de Probes Inteligentes que se integrem numa framework de execução de probing como plug-ins. Eng.ª Helena Margarida P23_08 Serviços de Rede Inteligente Framework para Construção de Lógicas de Controlo Desenho e construção de framework gráfico de suporte à criação de lógicas de controlo de negócio, no contexto de serviços de rede inteligente Eng.º Luis Azevedo +12 Projectos 36

37 Sistemas de Suporte e Gestão de Redes P5_08 Sistema de Descoberta e Reconciliação do Cadastro de Rede Pretende-se implementar mecanismos de descoberta automática de configuração de equipamentos de rede, para garantir sintonia e actualização on line entre o estado real dos equipamentos e a informação de cadastro. Eng.º António Cunha P6_08 Acesso remoto a informação via terminais móveis Pretende-se desenvolver uma plataforma para acesso a informação geoespacial através de dispositivos móveis (PDA, Telemóveis, ). A plataforma deverá basear-se num sistema aberto, enquadrado pelas recomendações e especificações do OpenGis Consortium (OGC), baseado em Web Services e utilizando protocolos abertos, permitindo alta interoperabilidade com outros sistemas. Eng.º Paulo Machado P7_08 Novas Arquitecturas de Portais Dinâmicos Pretende-se estudar as novas tecnologias de Portais, nomeadamente a construção de Portlets e outras frameworks associadas, e incorporar em soluções de sistemas da PT Inovação, automatizando a disposição do seu conteúdo, adaptando-se aos layouts de forma flexível e dinâmica. Eng.º Paulo Ferro 37

38 Serviços e Redes Móveis P38_08 WebAdmin Pretende-se desenvolver um conjunto de componentes genéricos para implementação de interfaces Web de administração de plataformas de Telecomunicações. Estas interfaces Web são tipicamente usadas por administradores de sistemas, mas mesmo assim deverão possuir uma grande usabilidade e simplicidade de utilização, impedindo sempre que possível efectuar erros de configuração por parte do administrador. Eng.º Mário Moreira Sistemas e Infra-estruturas de Redes P13_08 Controlo de Activação de Serviços em ambientes J2EE Pretende-se que o estagiário adquira/consolide conhecimentos relativos a processos de activação de serviços em redes de telecomunicações e a ferramentas de software que permitem desenhar e controlar estes processos, em ambientes de middleware J2EE. Eng.º Jorge Gonçalves 38

39 Plataformas de Serviços P34_08 Revenue Assurance Solution Num mercado de Telecomunicações bastante competitivo torna-se primordial a implementação de uma solução de Revenue Assurance que procure identificar eventuais percas de receita resultantes de inconsistências entre as várias plataformas do Operador. Eng.º Paulo Jorge Marcelino P35_08 Conferência e Presença com Microsoft Office Comunicator Este projecto do estágio está enquadrado num projecto mais vasto da PT Inovação para o desenvolvimento duma Plataforma de Fornecimento de Serviços (SDPService Delivery Plataform) para as redes ALL-IP (e.g., 3GPP IMS). Eng.º Paulo Chainho P37_08 Presença: Aplicações Conscientes do Contexto Um serviço de presença permite recolher e disseminar informação de presença como Ausente, Ocupado, Ao Telefone, Feliz, Cansado, etc., duma forma controlada e segura. Eng.º Paulo Chainho 39

40 Plataformas de Serviços P2_08 Gestão Web de Plataformas Multimédia (Voz e Vídeo) A plataforma InoVox resulta da evolução de um IVR (Interactive Voice Response unit) para um componente multimédia (IP Media Server) que assegura as capacidades avançadas de processamento de áudio e de vídeo (áudio e vídeo conferência, reconhecimento e síntese de fala, etc) nas modernas redes de telecomunicações. Com este Estágio pretende-se desenvolver uma interface web para evoluir a capacidade de operação remota e monitoria em tempo real desta plataforma. Eng.º Alexandre Sapage P29_08 NGIN Bus Pretende-se especificar e implementar um sistema de comunicação entre componentes distribuídos, no contexto da arquitectura NGIN. O sistema de comunicação distribuído deverá salvaguardar os aspectos de tolerância a falhas, coerência e desempenho, num ambiente de alto débito de mensagens definidas em XML. O sistema deverá assentar sobre a plataforma J2EE, sendo preferido o modelo de comunicação assíncrono, com diversos produtores e consumidores de informação. Eng.º Miguel Biscaia 40

41 Programas de Estágios da PT Inovação - Estágios Escolares e Profissionais; - Programa Talento;

42 Estágios Escolares e Profissionais Estágios Escolares/Dissertação de Mestrado: Entre 3 a 9 meses 320 /mês Estágios Profissionais: 12 meses 840 /mês

43 PROGRAMA TALENTO INOVARIA 2008 REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS TALENTO LICENCIATURAS / MESTRADOS Patrocínio: Patrocínios:

44 Condições Antes da Licenciatura/ Mestrado Possibilidade de: - Realizar trabalho de fim de curso e/ou dissertação com enquadramento nas áreas de investigação numa das Empresas da Inova-Ria - Realizar estágio curricular nas instalações e nas áreas de investigação da Inova-Ria Patrocínios:

45 Condições Após Licenciatura/ Mestrado Obrigatoriedade de: - Realizar estágio profissional de 12 meses nas instalações e nas áreas de investigação da Inova-Ria Patrocínios:

46 CANDIDATURAS Alunos do último ano de licenciatura/mestrado devem entregar Curriculum Vitae com: - Disciplinas realizadas - Média esperada = > 14v - Áreas de interesse Tecnológico Patrocínios:

47 INCENTIVO Incentivo bonificação de 200 por valor acima de 14 30% no acto de assinatura do Termo de Aceitação 70% com a conclusão do curso e entrega do Certificado de Habilitações Dissertação/Estágio /mês Estágios Curriculares com a duração de 6 meses Estágio Profissional /mês Estágios Profissionais com a duração de 12 meses

48 BOLSA DE FIDELIZAÇÃO Compromisso no início do 1º ano do 2ºciclo - estudos de Bolonha Montante pecuniário de Pagamento: - Repartição trimestral equitativa de * 8 trimestres Patrocínios:

49 Portugal Telecom Inovação, SA Envio de Candidaturas: PT Inovação Gabriela Moura (Responsável de RH ) Inova-Ria Regina Sacchetti: Vera Santos:

50 QUEREMOS

51 VEM

Formação BEYOND INNOVATION

Formação BEYOND INNOVATION Formação BEYOND INNOVATION 05 APLICAÇÕES E SERVIÇOS INTRODUÇÃO Conceitos de Segurança - BYOD Triple Play Gestão de Identidades - Estado da Arte e Tendências Instalação de Soluções Triple Play - MEO MEO:

Leia mais

Seminário. O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações. Artur Calado

Seminário. O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações. Artur Calado Seminário Ferramentas de Gestão nas Tecnologias de Informação Aveiro, 19 de Março de 2009 O Desenvolvimento Sustentável das Telecomunicações Artur Calado Introdução A região de Aveiro possui condições

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

Portugal Telecom Inovação

Portugal Telecom Inovação Portugal Telecom Inovação guiados pelo Futuro José Diogo Boas Práticas de Inovação Porto, 30/SET/2010 www.ptinovacao.pt 1 Portugal Telecom Portugal Telecom: Operador Global Portugal Telecom Inovação: Uma

Leia mais

Área. Científica COMPUTADORES MEEC 2006-2007. mario.nunes@inesc.pt http://comp.ist.utl.pt. Instituto de Superior Técnico

Área. Científica COMPUTADORES MEEC 2006-2007. mario.nunes@inesc.pt http://comp.ist.utl.pt. Instituto de Superior Técnico Área Científica COMPUTADORES MEEC 2006-2007 mario.nunes@inesc.pt http://comp.ist.utl.pt Instituto de Superior Técnico COORDENAÇÃO Coordenador da Área Científica de Computadores Prof. José Alberto Tomé

Leia mais

Tecnologia ao seu dispor

Tecnologia ao seu dispor Tecnologia ao seu dispor EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE 1987 Janeiro Fundação como empresa de prestação de serviços na área da electrónica e Centro de Assistência Técnica para o Sul do País de um fabricante de

Leia mais

Serviços para o cliente residencial: que desafios?

Serviços para o cliente residencial: que desafios? Serviços para o cliente residencial: que desafios? Vitor Manuel Ribeiro PT Inovação, S. A. Conferência Habitação Digital ao Serviço o das Pessoas 21 de Outubro de 2005 Escola Superior de Tecnologia de

Leia mais

MERC 2010/11 RCM/TRC/SIRS. Especificação do Projecto

MERC 2010/11 RCM/TRC/SIRS. Especificação do Projecto MERC 2010/11 RCM/TRC/SIRS Especificação do Projecto Grupo nº: 9 Turno (e campus): Taguspark Nome Número Luís Silva 68672 Ivo Marcelino 70684 José Lucas 70685 Nome do Projecto Enterprise Digital Content

Leia mais

Telecomunicaçõ. Redes de Computadores

Telecomunicaçõ. Redes de Computadores Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Telecomunicaçõ ções e Redes de Computadores Prof. João Pires (em substituição do Prof. Paulo Lobato Correia) IST, 2007/2008 Objectivos Rever alguns marcos

Leia mais

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO 0101011010101001010 0101011010101001010 Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO no Sector Financeiro 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR

Leia mais

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Programa de Acção Luis Filipe Baptista ENIDH, Setembro de 2013 Motivações para esta candidatura A sociedade actual está a mudar muito

Leia mais

Redes de Telecomunicações

Redes de Telecomunicações Redes de Telecomunicações Mestrado em Engenharia Electrotécnica e e de Computadores 1º semestre 2009/2010 Capítulo 1 Introdução João Pires Redes de Telecomunicações (09/10) 2 Aspectos da Evolução das Telecomunicações

Leia mais

Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema

Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema Pedro Miguel Barros Morgado Índice Introdução... 3 Ponto.C... 4 Descrição do Problema... 5 Bibliografia... 7 2 Introdução No mundo

Leia mais

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares:

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares: ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO e Inteligência Artificial Aplicada a Jogos, com 6 Paradigmas de Programação I, com 9 Paradigmas de Programação II, com 9 Algoritmos e Estrutura de

Leia mais

nica) Electrotécnica;

nica) Electrotécnica; Engenheiro Electrotécnico (M/F) - Somincor SA Zona Beja Empresa: Curriculo Digital Categoria Engenharia (Electrotécn( nica) Tipo: Tempo Inteiro Referencia # 1269891 Data: 20-6-2011 EMPRESA MINEIRA DO BAIXO

Leia mais

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Saída Profissional: Operador CAD Certificação ao nível do 9º Ano / Nível II Laboral Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma

Leia mais

BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK. ege. Programa de Especialização em Gestão Empresarial

BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK. ege. Programa de Especialização em Gestão Empresarial BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK ege Programa de Especialização em Gestão Empresarial Edição Centro 2014 É melhor ter muitas ideias e algumas estarem erradas do que nunca errar por falta de ideias. Edward de

Leia mais

DIMENSÃO ESPACIAL DA INFORMAÇÃO

DIMENSÃO ESPACIAL DA INFORMAÇÃO DIMENSÃO ESPACIAL DA INFORMAÇÃO MISSÃO A Geoglobal incorpora a componente espacial dos dados nos sistemas de informação dos seus clientes. Desta forma, acrescenta valor à sua informação, permite melhorias

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

RECONHECIMENTO PÚBLICO

RECONHECIMENTO PÚBLICO BEYOND INNOVATION RECONHECIMENTO PÚBLICO A PT Inovação e Sistemas atribui prioridade ao processo de melhoria contínua dos seus sistemas de gestão, baseados em normas internacionalmente reconhecidas. A

Leia mais

Portugal Telecom Resultados do 1º Semestre de 2001

Portugal Telecom Resultados do 1º Semestre de 2001 Portugal Telecom Resultados do 1º Semestre de 2001 13 de Setembro de 2001 Princípios Contabilísticos Internacionais Síntese do 1º Semestre de 2001 Principais Acontecimentos do 1º Semestre Forte liderança

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

Brainnovation ciclo de workshops Formador: Pedro Paiva

Brainnovation ciclo de workshops Formador: Pedro Paiva Formador: Pedro Paiva Ciclo de Criatividade: A Inovação é fundamental no mundo empresarial e nas vidas de todos nós, pois está associada à resolução de problemas e desafios, criando valor para as organizações

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

Apresentação dos Resultados de 1999. Francisco Murteira Nabo

Apresentação dos Resultados de 1999. Francisco Murteira Nabo Apresentação dos Resultados de 1999 Francisco Murteira Nabo gócios de ede Fixa Móveis Multimédia Internacion 1999 (Mc) Δ Hom. % veitos Consolidados Operacionais 682,8 +10,2 ITDA Consolidado 299,4 sultados

Leia mais

Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal

Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal INSCRIÇÕES ABERTAS NOS SERVIÇOS ACADÉMICOS!!! Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal Reabilitação Urbana e do Património Edificado

Leia mais

Cursos de Formação Financiados

Cursos de Formação Financiados Cursos de Financiados Modular - Nível III Pós-Laboral Porto Área 213 - Audiovisuais e Produção dos Média Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma empresa prestadora de serviços de formação profissional, especializada

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Correio(s) electrónico(s) Miguel Pedro Mendes d Araújo Morada(s) Rua António Gustavo Moreira, n.º 35 Hab. 2.5 4400-660 Vila

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva Victor Francisco CTCV Responsável Unidade Gestão

Leia mais

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Janeiro-2010 Para a boa gestão de pessoas, as empresas devem elevar o RH à posição de poder e primazia na organização e garantir que o pessoal

Leia mais

Proposta de Estágio Ano lectivo 2011 / 2012 Tema: Designer Gap - Plataforma de agregação de conteúdos

Proposta de Estágio Ano lectivo 2011 / 2012 Tema: Designer Gap - Plataforma de agregação de conteúdos Proposta de Estágio Ano lectivo 2011 / 2012 Tema: Designer Gap - Plataforma de agregação de conteúdos A Load Interactive A Load-Interactive Lda. é uma start-up tecnológica que se foca no desenvolvimento

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Formador Profissional / Coordenador Pedagógico / Consultor de Formação Nome POEIRAS, VITOR JOAQUIM GALRITO Naturalidade Sumbe, Quanza Sul, Angola

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

Vale Projecto - Simplificado

Vale Projecto - Simplificado IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica Vale Projecto - Simplificado VALES Empreendedorismo e Inovação Associados Parceiros / Protocolos IDIT Enquadramento Vale Projecto - Simplificado

Leia mais

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft A solução MB DOX oferece uma vantagem competitiva às empresas, com a redução do custo de operação, e dá um impulso à factura

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 04/SI/2012 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia

Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia Ensinar a saber fazer Profissionais com Futuro desde 1990 L I C E N C I A T U R A S ADEQUADAS AO PROCESSO DE BOLONHA Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia A estratégia do ISTEC

Leia mais

Enunciados dos Trabalhos de Laboratório. Instituto Superior Técnico - 2005/2006. 1 Introdução. 2 Configuração de Redes

Enunciados dos Trabalhos de Laboratório. Instituto Superior Técnico - 2005/2006. 1 Introdução. 2 Configuração de Redes Enunciados dos Trabalhos de Laboratório Instituto Superior Técnico - 2005/2006 1 Introdução A empresa XPTO vende serviços de telecomunicações. O seu portfólio de serviço inclui: acesso à Internet; serviço

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais

Introdução. 1.1. Âmbito do Documento

Introdução. 1.1. Âmbito do Documento Introdução Embora o conceito de virtualização, não seja um conceito novo, o uso desta tecnologia vem crescendo exponencialmente nas infra-estruturas de TI. Este crescimento deve-se sobretudo aos benefícios

Leia mais

Estratégia de Marketing na Comunicação Interna. O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo

Estratégia de Marketing na Comunicação Interna. O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo Estratégia de Marketing na Comunicação Interna O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo Conferência Mercator XXI Lisboa, 7 de Outubro 2004 O papel da comunicação no desenvolvimento dos negócios

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

Processadores de telecomunicações

Processadores de telecomunicações 1 Processadores de telecomunicações ƒ Modems (modulação/desmodulação) ƒ Converte sinais entre os formatos analógico e digital. ƒ Multiplexadores ƒ Permitem que um canal de comunicação transporte simultaneamente

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas Apresentação da Solução Solução: Gestão de Camas Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros, 82-A, 1500-060

Leia mais

DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES

DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES Pedro Vilarinho COTEC Portugal 26 de Junho de 2008 AGENDA O Pólo de Software do Minho no Plano Estratégico da COTEC

Leia mais

O futuro da Banda Larga em Portugal

O futuro da Banda Larga em Portugal O futuro da Banda Larga em Portugal Dr. Miguel Horta e Costa Presidente Executivo da Portugal Telecom Lisboa, 5 de Fevereiro de 2004 Quadro 1 Portugal encontra-se hoje particularmente bem posicionado para

Leia mais

Programas de Incentivos e a Certificação. IX FORUM APCER Centro de Congressos de Lisboa, 15 de Março

Programas de Incentivos e a Certificação. IX FORUM APCER Centro de Congressos de Lisboa, 15 de Março e a Certificação IX FORUM APCER Centro de Congressos de Lisboa, 15 de Março QUALIDADE - motor do sucesso de qualquer empresa. Factor de distinçã ção o e escolha de produtos e serviços QUALIDADE e INOVAÇÃ

Leia mais

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL 21º Congresso Quantificar o Futuro Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL Programa Data Hora Actividade 23/Nov. 11:30 Inauguração Oficial Innovation Lounge Visita efectuada ao Venture Lounge por Sua

Leia mais

Teolinda Portela Directora da Forino

Teolinda Portela Directora da Forino PROJECTO FSE: FORTIC (Associação para a Escola de Novas Tecnologias FORINO) APOIO FSE ATRAVÉS DA: Iniciativa Comunitária EQUAL Capacitar pessoas Capacitar pessoas com problemas motores para a vida activa,

Leia mais

SIMA. Sistema Integrado de Monitorização, Controlo e Alarme

SIMA. Sistema Integrado de Monitorização, Controlo e Alarme SIMA Sistema Integrado de Monitorização, Controlo e Alarme Sistema Integrado de Monitorização Controlo e Alarme Plataforma aberta e modular de monitorização e controlo de equipamentos e plataformas de

Leia mais

Hospitais 2004. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO

Hospitais 2004. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO Hospitais 2004 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO E OBJECTIVOS DO PROJECTO... 3 2. RECOLHA E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO...

Leia mais

Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações

Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações Curso de Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa 2 A globalização da Sociedade da Informação em

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

www.ptinovacao.pt BEYOND INNOVATION

www.ptinovacao.pt BEYOND INNOVATION BEYOND INNOVATION Estamos focados no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores para os mercados de ICT A PT Inovação é uma empresa tecnológica no Fundada em 1950 Grupo Portugal Telecom Promovemos

Leia mais

Segurança Operacional na EDP; porque importa vigiar a segurança da infra-estrutura IT

Segurança Operacional na EDP; porque importa vigiar a segurança da infra-estrutura IT Segurança Operacional na EDP; porque importa vigiar a segurança da infra-estrutura IT Direção de Sistemas de Informação 30 de Janeiro, 2013 Contexto da Segurança na EDP 2 O contexto da Segurança na EDP

Leia mais

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão 01 02 03 Indra A Nossa Visão do Sector Público A Administração ao serviço do Cidadão Página 2 Quem Quiénes somos somos

Leia mais

PT Compras: Central de Negociação e Compras da Portugal Telecom. 17 de Junho de 2010

PT Compras: Central de Negociação e Compras da Portugal Telecom. 17 de Junho de 2010 PT Compras: Central de Negociação e Compras da Portugal Telecom 17 de Junho de 2010 Agenda Missão e História da PT Compras Centralização da Função Compras Modelo de Compras da Portugal Telecom Um Modelo

Leia mais

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança)

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) 1 - Apresentação Grau Académico: Mestre Duração do curso: : 2 anos lectivos/ 4 semestres Número de créditos, segundo o Sistema

Leia mais

Processo nº2-responsável de Projetos (2 vagas Empresas diferentes)

Processo nº2-responsável de Projetos (2 vagas Empresas diferentes) Processo nº1-project Manager Construction Company Engenheiro Civil para ser Gerente de Projetos - Experiência de 5 anos em empresas relevantes (construção); Alto nível de habilidades organizacionais e

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável da Inovação Empresarial

Desenvolvimento Sustentável da Inovação Empresarial Desenvolvimento Sustentável da Inovação Empresarial Inovar para Ganhar Paulo Nordeste Portugal tem apresentado nos últimos anos casos de sucesso em inovação; como novos produtos, serviços e modelos de

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

Tipologia de Intervenção 6.4

Tipologia de Intervenção 6.4 Documento Enquadrador Tipologia de Intervenção 6.4 Qualidade dos Serviços e Organizações Acções de consultoria inseridas no processo que visa conferir uma certificação de qualidade às organizações que

Leia mais

Oferta de Estágio. iscriptor. Setembro 2011

Oferta de Estágio. iscriptor. Setembro 2011 Oferta de Estágio iscriptor Setembro 2011 DESCRIÇÃO DO ESTÁGIO Um dos principais desafios das plataformas de informação e de negócio é o acesso e a disponibilidade da sua informação. Em particular e com

Leia mais

XLM Innovation & Technology

XLM Innovation & Technology 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa A XLM, sedeada em Aveiro, iniciou a sua atividade em 1995. Nesta data, a sua área de atuação cingia-se à venda, instalação e assistência técnica

Leia mais

Objectivos de aprendizagem

Objectivos de aprendizagem Capítulo 6 1 Telecomunicações e redes 2 Objectivos de aprendizagem ƒ Identificar as principais tendências e os grandes desenvolvimentos nas empresas, nas tecnologias e nas aplicações de negócio, das telecomunicações

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Campus Virtuais. Arquitectura de Roaming Nacional. Nuno Gonçalves, Pedro Simões FCCN

Campus Virtuais. Arquitectura de Roaming Nacional. Nuno Gonçalves, Pedro Simões FCCN Campus Virtuais Arquitectura de Roaming Nacional Nuno Gonçalves, Pedro Simões FCCN Versão 2.0 03 de Julho de 2009 Requisitos de uma solução nacional de roaming A implementação de uma solução de nacional

Leia mais

XRP Recursos Humanos. XRP Talento e Potencial. Apresentação focada na aplicação: Maio/2011 www.escritadigital.pt

XRP Recursos Humanos. XRP Talento e Potencial. Apresentação focada na aplicação: Maio/2011 www.escritadigital.pt XRP Recursos Humanos Apresentação focada na aplicação: XRP Talento e Potencial Maio/2011 www.escritadigital.pt Quem Somos: Empresa fundada em 2001; O objectivo da nossa actividade centra-se no desenvolvimento

Leia mais

Curso de Educação e Formação de Adultos em Design Gráfico

Curso de Educação e Formação de Adultos em Design Gráfico Curso de Educação e Formação de Adultos em Design Gráfico Saída Profissional: Técnico / a de Desenho Gráfico Certificação ao nível do 12º Ano / Nível III Laboral Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma empresa

Leia mais

Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SalesForce - sistema multi-plataforma para monitorizacao da actividade comercial

Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SalesForce - sistema multi-plataforma para monitorizacao da actividade comercial Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SalesForce - sistema multi-plataforma para monitorizacao da actividade comercial A Load Interactive A Load-Interactive Lda. é uma start-up tecnológica que

Leia mais

Negócios à Sua dimensão

Negócios à Sua dimensão Negócios à Sua dimensão O seu Software de Gestão acompanha-o? O ArtSOFT pode ser a solução de gestão da sua empresa. O ArtSOFT Profissional permite o controlo total sobre a gestão da sua empresa, assegura

Leia mais

Telefonia IP e Comunicações Unificadas Cisco. Solução de Switching e Voz sobre Metro LAN

Telefonia IP e Comunicações Unificadas Cisco. Solução de Switching e Voz sobre Metro LAN Telefonia IP e Comunicações Unificadas Cisco Solução de Switching e Voz sobre Metro LAN José Ferreira 17/04/2008 Agenda O Grupo Aveleda Vinhos, Queijos e Turismo As Motivações e o porquê da evolução tecnológica

Leia mais

5 Razões. para utilizar as Tecnologias Integradas de Portais da Microsoft

5 Razões. para utilizar as Tecnologias Integradas de Portais da Microsoft 5 Razões para utilizar as Tecnologias Integradas de Portais da Microsoft A sua organização não está só aqui! 1 Visão Integrada da Informação Tendo a tecnologia Microsoft como plataforma de referência há

Leia mais

COMISSÃO. 1. Introdução

COMISSÃO. 1. Introdução COMISSÃO Convite à apresentação de candidaturas para a constituição de uma lista de peritos encarregados de avaliar as propostas recebidas no âmbito do programa eten, projectos de interesse comum no domínio

Leia mais

Sociedade. Governo. Portugal Telecom. Negócio Fixo Negócio Móvel Negócios Negócios Empresas Portugal Portugal Multimédia Internacionais Instrumentais

Sociedade. Governo. Portugal Telecom. Negócio Fixo Negócio Móvel Negócios Negócios Empresas Portugal Portugal Multimédia Internacionais Instrumentais Face à crescente importância e complexide dos assuntos relativos à divulgação de informação sobre o Societário, o Grupo PT apresenta em anexo a este relatório, mas como sua parte integrante, o Relatório

Leia mais

Liderança Empresarial A crise como alavanca de oportunidades. AEP Março.2012

Liderança Empresarial A crise como alavanca de oportunidades. AEP Março.2012 Liderança Empresarial A crise como alavanca de oportunidades AEP Março.2012 1/ Perfil Em busca da Excelência Missão Inovar com qualidade 1/ Perfil Trabalhamos diariamente no desenvolvimento de soluções

Leia mais

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 A Estratégia de Lisboa e o Plano Tecnológico Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 1. Estratégia de Lisboa Estratégia de Lisboa : uma resposta a novos desafios A Globalização e a emergência de novas potências

Leia mais

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Conferência Ibero-Americana WWW/Internet 2004 7/8 Outubro, Madrid, Espanha O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Jorge Xavier Aluno de Mestrado DEGEI UA Campus Universitário de Santiago.

Leia mais

WePeopleValueYourPeople

WePeopleValueYourPeople WePeopleValueYourPeople e info@peoplevalue.com.pt w www.peoplevalue.com.pt Actualizado em 2010Jan14 quem somos? Somos a consultora sua parceira focada nas Pessoas e na sua valorização. Através da especialização

Leia mais

Escola Superior de Gestão de Santarém. Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. Peça Instrutória G

Escola Superior de Gestão de Santarém. Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. Peça Instrutória G Escola Superior de Gestão de Santarém Pedido de Registo do CET Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos Peça Instrutória G Conteúdo programático sumário de cada unidade de formação TÉCNICAS

Leia mais

Áreas de actuação: Recursos Humanos Recrutamento & Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria RH Consultoria Estratégica Planeamento Estratégico (Económico/

Leia mais

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança SQS Software Quality Systems SQS Portugal Apresentação A SQS Portugal - Software Quality Systems, é uma empresa especializada em ajudar os seus clientes

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo A Bolsa de Ideias CAIE (BI) é uma iniciativa desenvolvida pelo Projecto CAIE Centro de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo, financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL. Esta iniciativa

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

In-VOICE Sistema de Voice Mail. INOV - Tecnologias da Fala

In-VOICE Sistema de Voice Mail. INOV - Tecnologias da Fala In-VOICE Sistema de Voice Mail INOV - Tecnologias da Fala (1 de 7) O O In-VOICE é um sistema de voice mail,, com o objectivo principal de fornecer um serviço de correio de voz. Depósito de mensagens gravadas

Leia mais

O e-learning como etapa da universidade para o virtual

O e-learning como etapa da universidade para o virtual lmbg@ufp.pt & fergomes@ufp.pt O e-learning como etapa da universidade para o virtual Luis Borges Gouveia Fernando Gomes Universidade Fernando Pessoa e-learning como objectivo ou etapa? o e-learning como

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

Informática. Aula 7. Redes e Telecomunicações

Informática. Aula 7. Redes e Telecomunicações Informática Aula 7 Redes e Telecomunicações Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução Para as empresas modernas funcionarem eficazmente, são vitais as ligações que conectam as suas

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves Sistema Integrado de Gestão Evento IDC PME 24.set.2008 Carlos Neves Agradecimentos Carlos Neves - 24.Set.08 2 Sumário 1. Oportunidades e desafios para as PME 2. Os projectos SI/TI e a Mudança 3. Perspectivas

Leia mais

Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SISMS - sistema integrado de suporte e monitorização para serviços comerciais

Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SISMS - sistema integrado de suporte e monitorização para serviços comerciais Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SISMS - sistema integrado de suporte e monitorização para serviços comerciais A Load Interactive A Load-Interactive Lda. é uma start-up tecnológica que

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. www.vantagem.com PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. www.vantagem.com PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais