Relatório Anual 2004 ade Gutierr ez S.A. AG Engenharia e Construção AG Concessões ade Gutierr AG Telecomunicações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório Anual 2004 ade Gutierr ez S.A. AG Engenharia e Construção AG Concessões ade Gutierr AG Telecomunicações"

Transcrição

1 Relatório Anual 2004

2 O Grupo Andrade Gutierrez é um dos maiores conglomerados privados da América Latina, com receita bruta, em 2004, de R$ 4,371 bilhões. Nós somos uma organização que tem os olhos voltados para o futuro. Após mais de meio século de existência, continuamos empenhados na constante modernização de nossa gestão, por meio do aperfeiçoamento de nossas práticas de governança corporativa. Além disso, continuamos a nos orgulhar da importância que tem para nós a responsabilidade social. Tendo, como nosso guia, fortes valores e o foco em pessoas, estamos passando por um vigoroso processo de revitalização, e registramos altos índices de performance, excelência e competitividade, tanto no Brasil como no Exterior. Nossos alicerces estão em três grandes áreas de negócios: Engenharia e Construção, Concessões de Serviços Públicos e Telecomunicações. Cada uma dessas operações atua de forma independente, porém sinérgica, o que garante maior agilidade e retorno sobre o investimento. AG Engenharia e Construção Com atuação no Brasil e no Exterior. AG Concessões A empresa atua nos setores rodoviário, aeroportuário e de água e saneamento ambiental. AG Telecomunicações A missão da holding é gerenciar as participações do Grupo nas empresas do setor e identificar novas oportunidades de negócios. Conselho de Administração Perfil do Grupo Andrade Gutierrez Andrade Gutierrez S.A. Presidência e Vice-Presidência Finanças Controle Corporativo Estratégia de Negócios Desenvolvimento Jurídico Corporativo Comitê de Negócios Engenharia Concessões Telecomunicações Brasil Internacional Rodovias Saneamento Aeroportos Telefonia Fixa Telefonia Móvel Comunicação de Dados Contact Center Internet

3 Indicadores AG Indicadores Econômicos e Financeiros (R$ milhões) Receita Operacional Bruta Receita Operacional Líquida Resultado Operacional Bruto EBITDA Resultado Financeiro Líquido (79) (38) (101) Lucro Líquido do Exercício (54) Ativos Totais Patrimônio Líquido Endividamento Líquido : pro forma. EBITDA (R$ milhões) Composição da Receita Bruta (em %) Receita Operacional Bruta (R$ milhões) Concessões 52 Engenharia Telecomunicações

4

5 sumário 02 História 03 Valores AG 04 Mensagem da Administração 06 Engenharia e Construção Negócios 16 Concessões 24 Telecomunicações 32 Governança Corporativa 34 Sistemas de Gestão Gestão Financeira Gestão de Riscos Gestão de Ativos Intangíveis Gestão Integrada 42 Responsabilidade Social e Ambiental Meio Ambiente Gestão de Pessoas Investimento Social 52 Desempenho Econômico-Financeiro 54 Informações Corporativas 57 Demonstrações Contábeis Auditadas 1

6 1948 Flávio Gutierrez, Gabriel Andrade e Roberto Andrade tinham um trator e uma idéia na cabeça: construir estradas pelo Brasil afora. Em 2 de setembro, nascia a Construtora Andrade Gutierrez S.A., em Belo Horizonte (MG). Inicialmente, fazíamos pequenos serviços de urbanização na capital mineira. História Década de 50 Década de 60 Com a BR 3, que ligava o Rio de Janeiro a Belo Horizonte, partimos definitivamente para a construção de estradas. Desde então, passamos a investir cada vez mais na capacitação técnica e administrativa de nossa empresa, sempre buscando os mais altos níveis de excelência e profissionalismo. Década de 70 Década de 80 Década de 90 Anos 2000 A Rodovia Castelo Branco, além de ter sido um grande desafio do ponto de vista técnico, foi a obra que marcou nossa entrada no mercado de São Paulo. Em 1968, em meio a chuvas constantes e a solos encharcados, começaríamos a construir a BR 319 (Manaus Porto Velho), que viria a ser mais uma grande demonstração de nossa competência e habilidade de contornar os mais difíceis obstáculos. Em franca expansão, o Brasil investia como nunca em infra-estrutura, energia e transportes. Graças a nosso pioneirismo no desenvolvimento de tecnologia de ponta, erguemos usinas hidrelétricas como Itaipu, Salto Osório e Foz de Areia e realizamos grandes obras, como a Ferrovia do Aço, entre Minas Gerais e o Rio de Janeiro. O desaquecimento da economia exigiu de nós uma nova postura. Aprendemos a utilizar nossa experiência acumulada para diversificar nossas operações para atividades como mineração, indústria química e prospecção de petróleo no Brasil. Decidimos, além disso, que era hora de conquistar o mercado externo. O projeto de estréia foi uma estrada no Congo, África. Ainda na década de 80, executamos o primeiro contrato em regime de turn key:a construção do complexo industrial de Porto Trombetas, no Pará. A década de 90 foi marcada pelo avanço da iniciativa privada nos setores de infraestrutura. Modernizamos, então, nosso modelo de gestão e adequamos nossa estrutura de negócios à nova realidade. Confirmando nosso perfil cada vez mais forte de grupo investidor em empresas de infra-estrutura, passamos a fazer parte do controle de grandes grupos, como Telemar (telecomunicações), Sanepar (saneamento) e CCR Companhia de Concessões Rodoviárias (rodovias). O século 21 começou com a criação da holding Andrade Gutierrez S.A. e a definição do foco do grupo em Engenharia e Construção,Telecomunicações e Concessões Públicas. Em 2001, a entrada do International Finance Corporation (IFC), braço do Banco Mundial, no capital da AG Concessões fortaleceu a posição da empresa, tanto no relacionamento institucional como em sua capacidade de investimento. 2

7 Valores AG O Grupo Andrade Gutierrez é movido pelo tripé Paixão, Excelência e Desempenho Econômico. Sob a bandeira de cada uma dessas palavras, o Grupo AG pavimenta a sua estratégia de atuação e de expansão no Brasil e no Exterior. Pautada pelo tripé AG, a companhia avança no mercado com eficiência, transparência e visão de longo prazo. Paixão Fazemos as coisas com paixão, com vontade e com determinação. Nós nos envolvemos em cada projeto, empregando nossas mentes e corações para fazer um trabalho bem-feito, para construir um motivo de orgulho, para nos emocionar ao vermos que estamos construindo grandeza. No final, é o nosso amor pelo que fazemos que fará com que saiamos vitoriosos. É o prazer de trabalhar em equipe com nossos colegas. O prazer de ver um cliente sorrindo. O orgulho de fazer parte de uma coisa grandiosa. O orgulho de fazer parte da Família Andrade Gutierrez. Excelência Nós, como empresa, e cada um de nós, como indivíduo, seremos os melhores e jamais nos conformaremos com nada menos do que isso. Somos pessoas de iniciativa e temos fixação por estar sempre criando e perseguindo novas oportunidades de lucro e crescimento para nós e nossos clientes. Somos inconformados em nossa busca por excelência, competência, e perfeição, tanto como indivíduos quanto como empresa. Sermos os melhores é a única coisa que nos manterá sempre à frente. Desempenho Econômico Nós estamos aqui para criar lucro econômico (EVA). O lucro é a forma mais precisa e abrangente de saber se estamos sendo os melhores. O tamanho de nosso lucro mede quanto nossos clientes valorizam nossos serviços e nossa eficiência ao prestá-los. O lucro beneficia a todos nós. É o lucro que dá retorno aos acionistas e gera recursos para as participações de executivos, gerentes e funcionários. Mais importante: o lucro é nossa fonte para investimentos que geram crescimento que, por sua vez, cria gratificantes oportunidades de carreira. Quando o lucro diminui, todos nós sofremos. 3

8 Mensagem da Administração Com mais de meio século de existência, o Grupo Andrade Gutierrez cresceu com a convicção de que é necessário estar capacitado para buscar resultados diante de todas as conjunturas econômicas. Por conta dessa postura, superamos os cenários adversos dos anos anteriores sem deixar de investir e apostar em negócios com potencial de crescimento sustentável. Em 2004, colhemos os frutos de nossa visão de longo prazo. O ano marcou a retomada da economia brasileira, com crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 5,2%. Os bons ventos dessa expansão a maior desde 1994, ano do início do Plano Real foram ainda mais positivos no setor da construção civil, que teve incremento de 5,7%. Nós alcançamos uma receita de R$ 4,4 bilhões, com EBITDA de R$ 961 milhões e lucro de R$ 58 milhões. Para nós, esse desempenho sinaliza que estamos no caminho certo ao apostar em nossa estratégia de expansão com foco em três setores: Engenharia e Construção, Telecomunicações e Concessões de Serviços Públicos. Em todas essas áreas, o ano de 2004 foi positivo, com resultados consistentes e perspectivas de crescimento. E, na verdade, isso nos deixa cada vez mais próximos de nossa missão de construir e cuidar da infraestrutura de nosso planeta. A filosofia do Grupo, baseada no Tripé AG (paixão, excelência e desempenho econômico), esteve mais presente do que nunca em Nosso foco cada vez maior em pessoas nos trouxe grandes resultados em produtividade e eficiência e nos deixa orgulhosos de ter o que é, em nossa opinião, o melhor time do Brasil. E esse time foi fundamental para superarmos os resultados almejados. A Construtora Andrade Gutierrez obteve em 2004 importante evolução nos principais indicadores, alcançando um resultado operacional bruto de R$ 383 milhões, que representa um valor 41% superior ao registrado em 2003, além do excelente resultado de geração operacional de caixa (EBITDA), que atingiu R$ 143 milhões. Na divisão de Engenharia Internacional, consolidamos nossa participação no Exterior, com obras no Peru, Equador e República Dominicana somando-se à forte atuação em Portugal. No Brasil, a empresa manteve sua posição de destaque, 4

9 com obras como a ampliação da Refinaria Alberto Pasqualini, a usina hidrelétrica de Peixe, no rio Tocantins, e a construção do alto-forno 3 da Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST). O ano de 2004 marcou, também, a Andrade Gutierrez Concessões, que conquistou seu primeiro contrato no Exterior ao ingressar no capital da Corporación Quiport S.A., empresa responsável pela implantação do novo aeroporto da cidade de Quito, no Equador. No segmento de rodovias, a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), empresa da qual participamos do controle, incorporou a Viaoeste e consolidou a posição de maior empresa do setor na América Latina. Atenta ao público que trafega em suas rodovias e às comunidades próximas, a CCR desenvolveu programas sociais e ambientais reconhecidos nacional e internacionalmente. No setor de telecomunicações, também há muito o que comemorar. A Tele Norte Leste Participações Telemar, holding da qual a Andrade Gutierrez participa no grupo de controle, já ultrapassa a marca de 20 milhões de clientes, além de receber prêmios importantes, como o de Empresa do Ano, concedido pelo Anuário Telecom. A Oi, criada há pouco mais de dois anos, registrou o impressionante crescimento de 76,3% em relação a A Contax, líder no mercado brasileiro de call center,está entre as maiores empregadoras do País e é a maior do ramo. Para nós, a responsabilidade social não é apenas exigência dos tempos modernos, mas uma importante base para o desenvolvimento de nossa empresa. Não estar atento a isso seria deixar de atuar em favor da perpetuação de nosso Grupo. Sabemos que qualidade ambiental e qualidade de vida devem evoluir em conjunto com o crescimento econômico. O Grupo Andrade Gutierrez está voltado para o século 21 e, por isso, somos pioneiros quando o assunto é qualidade, meio ambiente, saúde e segurança ocupacional. Em 2005, vamos ampliar nossas conquistas. Usaremos o ano de forma sábia para abrir caminho para o futuro, sem jamais deixar de fortalecer cada vez mais nossas bases: a paixão, a excelência e o desempenho econômico. Faremos isso usando a maior e mais poderosa de nossas ferramentas: nosso time. 5

10 Engenharia e O ano de 2004 foi altamente positivo para a Construtora Andrade Gutierrez. Houve significativa evolução nos principais indicadores. O resultado operacional bruto somou R$ 383 milhões, o que representa 41% acima do que foi registrado em 2003 e 116,1% em comparação com A receita operacional bruta totalizou R$ 1,7 bilhão, desempenho 26,8% acima do registrado em Esse resultado reflete uma estratégia de atuação estruturada a partir de avaliações criteriosas do mercado e de um planejamento eficaz e dinâmico. Essa postura permitiu que, nos últimos anos, a empresa fizesse ajustes, tanto comerciais como operacionais, que resultaram em claros efeitos positivos em Para agregar ainda mais valor a nossos já altíssimos padrões de excelência e de competitividade, a Construtora Andrade Gutierrez iniciou, em 2004, a implantação do Balanced Scorecard,uma das mais respeitadas ferramentas de gestão estratégica empresarial. O principal objetivo é direcionar os esforços de nossos colaboradores, definindo claramente metas, objetivos e responsabilidades para cada um de nós. A nova ferramenta de gestão está sendo implantada em toda a organização, no Brasil e no Exterior. Em 2004, a carteira de contratos foi renovada e alcançou o mesmo nível de 2003, ou seja, R$ 4,6 bilhões. A competência da Construtora Andrade Gutierrez foi reconhecida pelo mercado internacional com premiações importantes, em 2004, como o 1º- lugar no Prêmio de Qualidade da Petrobras/Engenharia/IERC, alcançado pelo segundo ano consecutivo, e o 1º- lugar no Prêmio de SMS da Petrobras/Engenharia/IERC, com a obra de Hidrotratamento de Diesel da REDUC. A obra de ampliação do Aeroporto da Ilha da Madeira, realizada por um consórcio liderado pela Zagope, subsidiária da Andrade Gutierrez em Portugal, conquistou o Prêmio IABSE Ostra 2004, concedido pela IABSE International Association For Bridge and Structural Engineering. A Construtora recebeu o Prêmio Nascente do Rio Tietê, concedido a todas as empresas de São Paulo certificadas pela norma ISO 14001, que, com isso, buscam e reconhecem a gestão ambiental como ferramenta indispensável para a sustentabilidade. 6

11 Enauro Garcia de Oliveira, funcionário da ETE Onça (BH): um dos ganhadores do prêmio Paixão em 2004 Construção Excelência e competitividade global 7

12 Brasil Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP), no Rio Grande do Sul Construtora Andrade Gutierrez Brasil Internacional Engenharia Consolidado Principais Indicadores (R$ milhões) Receita Operacional Bruta EBITDA Resultado Operacional Bruto Atuando de forma ágil e competente, conseguimos aproveitar o aquecimento da economia brasileira para conquistar um importante aumento na receita operacional bruta dos negócios realizados no Brasil, que totalizou R$ 910,6 milhões. Comparado com 2003, o crescimento foi da ordem de 54%. Em termos de geração operacional de caixa (pelo conceito EBITDA), também conseguimos uma brilhante recuperação: atingimos R$ 71,7 milhões em 2004, diante do resultado negativo de R$ 21,2 milhões do ano anterior. Evolução da Carteira de Contratos (R$ milhões) Construção Brasil Construção Exterior A seguir, os principais projetos que estão em execução. OBRAS INDUSTRIAIS Ampliação da Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP S.A.), da Petrobras. Inclui serviços de construção civil, montagem eletromecânica, testes, condicionamento, assistência à pré-operação e partida e operação assistida das unidades off-sites e suas interligações. O contrato foi assinado em 2003 e a conclusão está prevista para

13 Estação de Tratamento de Esgoto Onça, em Minas Gerais Interligação da Refinaria Duque de Caxias (RJ), da Petrobras, com o ponto A da UFL Fase III. Fornecimento de matéria-prima para o pólo de gás químico, incluindo os materiais e equipamentos, construção civil, montagem eletromecânica, pré-operação e operação assistida das interligações. O contrato foi assinado em 2004 e a conclusão está prevista para abril de Divisão dos Clientes em Percentual do Faturamento Alto-Forno III da Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST), no município de Serra (ES). Execução das obras civis e serviços complementares do alto-forno número 3, o que exigirá 31 mil m 3 de concreto e 80 mil m 3 de escavação. O contrato foi assinado em maio de 2004 e a conclusão está prevista para julho de Usina de Carajás (PA), da Companhia Vale do Rio Doce. Compreende obra de repotenciamento de Carajás, com serviços de reforma da usina, instalação de equipamentos e interligação de sistemas, visando à ampliação da capacidade de produção e transporte de minério de 60 para 70 milhões de toneladas/ano. O contrato foi assinado em junho de 2004 e a conclusão está prevista para setembro de Públicos no Brasil Privados no Brasil Exterior Metrô de Copacabana, no Rio de Janeiro 9

14 Usina Hidrelétrica de Peixe, na divisa do Tocantins com o Pará SANEAMENTO Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte (MG). Recuperação ambiental da Bacia da Pampulha, contratada pela Prefeitura de Belo Horizonte, além da execução de um novo vertedouro, da canalização do córrego Engenho Nogueira e do ribeirão Pampulha e do desassoreamento da lagoa. O contrato foi assinado em 2001 e a conclusão está prevista para HIDRELÉTRICAS Usina Hidrelétrica de Irapé, da Cemig, localizada no rio Jequitinhonha (MG). Compreende as obras civis na usina, com potência instalada de 360 MW. A barragem em enrocamento (rocha), com 205 metros de altura, é a mais alta do Brasil. O comprimento atinge 551 metros na crista, e o volume total é de mais de 7 milhões de m 3.O contrato foi assinado em 2002 e a conclusão está prevista para o final de Usina Hidrelétrica de Peixe, da Energias de Portugal, localizada no rio Tocantins (TO). Inclui obras civis na hidrelétrica,com potência instalada de 452 MW. O contrato foi assinado em 2002 e a conclusão está prevista para o final de Complexo Energético Capim Branco I e II, da Companhia Vale do Rio Doce, Cemig, Paineiras e CMM, localizado no rio Araguari, entre os municípios de Uberlândia e Araguari (MG). Construção do complexo,que terá potência instalada de 450 MW 240MW de Capim Branco I e 210 MW de Capim Branco II. O volume de energia é suficiente para abastecer uma cidade de 900 mil habitantes. O contrato foi assinado em 2002 e a conclusão está prevista para METRÔ Metrô Copacabana, no Rio de Janeiro. Execução de 240 metros de túnel com seção de 37 m 2 sob a rua Toneleiros, além da execução de jet grouting,da estação Siqueira Campos e de dois acessos à estação Siqueira Campos. O contrato foi assinado em 2002 e a conclusão está prevista para Lote 1 da Linha II Verde do Metrô de São Paulo. Escavação de dois túneis de metros pelo método NATM, e estação Chácara Klabin com 60 metros x 40 metros em parede diafragma, escavada pelo método cut and cover invertido. Após o fim das obras nos Lotes 1 e 2 e iniciada a operação até a estação Ipiranga, será possível atender a um movimento médio de 318 mil pessoas por dia. A ordem de serviço foi assinada em 2004 e a conclusão está prevista para Lote 3 da Linha IV Amarela do Metrô de São Paulo. Execução do pátio de manobras e estacionamento da Vila Sônia, o que exigirá 273 mil m 3 de escavação e 12 mil m 3 de concreto. O contrato foi assinado em 2003 e a conclusão está prevista para

15 Barragem do Castanhão, no Ceará Usina Hidrelétrica de Irapé, em Minas Gerais Obras relevantes em 2004 Hidrelétricas Termelétricas Barragens Irrigação Industriais Saneamento Metrô Irapé Peixe Capim Branco I e II Norte Fluminense Fortaleza João Leite Tabuleiros de Russas Refinaria Duque de Caxias Usina de Carajás Refinaria Alberto Pasqualini Alto-Forno III CST Recuperação Ambiental da Lagoa da Pampulha Estação de Tratamento de Esgotos do Ribeirão do Onça Rebaixamento da Calha do Rio Tietê Igarapés de Manaus Copacabana São Paulo Linha II São Paulo Linha IV Salvador Estação da Luz SP Rodovias Restauração e Duplicação da Rodovia BR 232 RS 471 Barros Cassal-Herveiras Portuárias Santos Brasil Terminal de Veículos 11

16 Internacional Aqueduto Noroeste, na República Dominicana A performance da Engenharia e Construção Internacional em 2004 foi ligeiramente superior à do ano anterior, com aumento de 2,5% e receita operacional bruta total de R$ 797,1 milhões. Isso reflete a consolidação das operações no Exterior, principalmente levando em conta que em 2003 a receita bruta cresceu 72,6% em relação a Na Engenharia Internacional, destacam-se os seguintes projetos. REPÚBLICA DOMINICANA Implantação do Aqueduto Noroeste do Instituto Nacional de Aguas Potables y Alcantarillados INAPA. Com 250 quilômetros de extensão, levará água potável para aproximadamente 6% da população dominicana (700 mil pessoas), situada em uma das regiões mais áridas do país. O contrato foi assinado em 2003 e a obra foi concluída em dezembro de Obras relevantes em 2004 Equador República Dominicana Peru Ponte Rafael Mendoza Avilés Aqueduto Noroeste Estrada Juanjui Tocache Portugal CONTINENTE Viaduto s/ Ribeira do Muge (Auto-Estrada A13) Túnel de Portela Túnel Sabugal Meimoa (Água para Irrigação) Plataformas e Caminhos Aeroporto do Porto ILHA DA MADEIRA Nova Ligação Rodoviária Caniço Camacha Via Rápida Machico Caniçal Terminal Marítimo do Caniçal Troço Faiçal Santana 12

17 EQUADOR Ponte Rafael Mendoza Avilés, sobre o rio Daule, do Ministério de Obras Públicas (MOP), na cidade de Guayaquil. Com extensão total de metros e fundações com estacas que chegam a 2,5 metros de diâmetro e 60 metros de profundidade. Essa ponte receberá tráfego de 50 mil veículos/dia. O contrato foi assinado em 2002 e o término está previsto para Ponte Rafael Mendoza Avilés, no Equador PERU Obra de reabilitação da estrada que liga as cidades de Tocache e Juanjui, na região amazônica do Peru, contratada pelo Exército Norte-Americano. Com melhoria do traçado da estrada, execução de 140 obras de arte corrente e especial, além de drenagem, em um trecho com 91quilômetros de extensão. O contrato foi assinado em 2004 e o término está previsto para o final de Estrada Tocache- Juanjui, no Peru PORTUGAL Via Rápida Machico Caniçal Trecho Nó do Caniçal Rotunda do Caniçal da Secretaria Regional do Equipamento Social e Transportes SREST. Com metros de extensão, duas faixas de rodagem, dois túneis rodoviários paralelos com 675 metros cada e largura de 9 metros. Há ainda outros dois túneis também paralelos com 875 metros cada e largura de 9,60 metros e uma ponte de 220 metros com largura de 11 metros. O contrato foi assinado em 2003 e o término ocorreu no início de Nova Ligação Rodoviária Caniço (Cancela) Camacha (Nogueira), da Secretaria Regional do Equipamento Social e Transportes SREST. Com metros de extensão. Seu traçado é formado por quatro túneis, com extensões que variam de 383 a 876 metros, além de três viadutos (de 135 a 150 metros de comprimento). O contrato foi assinado em 2003 e o término ocorreu no início de Via Rápida Machico Caniçal, em Portugal Terminal Marítimo do Caniçal, da Administração dos Portos da Região Autônoma da Madeira APRAM, com construção do molhe exterior. É a terceira fase da obra e inclui a instalação, em mar aberto, de uma estrutura mista para abrigo do porto e simultaneamente atracação de navios no lado interno, com calado de 13 metros. A zona de implantação apresenta profundidade de 15 a 30 metros. O contrato foi assinado em 2002 e o término está previsto para

18 Perspectivas Viaduto sobre Ribeira do Muge (Auto-Estrada A13), em Portugal Com a retomada do crescimento do PIB já em 2004 e a boa performance da economia brasileira no início de 2005, a expectativa é de significativo aumento dos investimentos, tanto no setor privado como no público. No caso da Construtora Andrade Gutierrez, os sinais de que este será um excelente ano estão materializados em grandes negócios, como a construção da Usina Termoelétrica de Tubarão (UTT), na cidade de Serra (ES), cujo contrato com a Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST) foi fechado em 20 de dezembro de Linha 2 do Metrô de São Paulo No setor público, a expectativa de novos aportes de capital também é grande, principalmente em decorrência da urgência na retomada de recuperação e ampliação da malha rodoviária, necessária para garantir o transporte da produção agrícola e industrial. Para viabilizar o crescimento do País, a ampliação dos investimentos em infra-estrutura energética também será indispensável. Finalmente, no setor de transportes urbanos, há a expectativa de que o estrangulamento do trânsito nas principais capitais resulte na retomada das obras metroviárias e de adequação das vias urbanas. A Andrade Gutierrez é internacionalmente reconhecida por sua vasta experiência e constante busca por novas soluções tecnológicas. Por isso, no Exterior, a empresa amplia cada vez mais sua atuação voltada para novos mercados capazes de absorver serviços de alta qualidade e segurança. 14

19 Refinaria Duque de Caxias, no Rio de Janeiro TECNOLOGIA DE PONTA EM TUBARÃO Para a implantação de sua nova coqueria, a CST introduzirá no Brasil a tecnologia Heat Recovery, considerada uma das mais avançadas do mundo, que diminui o impacto ambiental, pois, além de gerar energia elétrica, o processo retira calor e poluentes dos gases quentes por meio da lavagem e filtragem destes. A Construtora Andrade Gutierrez foi a parceira escolhida pela CST, em processo de licitação internacional, para a construção da Usina Termelétrica de Tubarão (196 MW). Contratada sob o regime de EPC, a Construtora Andrade Gutierrez empregará toda a experiência adquirida na construção das termelétricas de Macaé Merchant (928 MW), Norte Fluminense (780 MW) e Fortaleza (310 MW) na implantação dessa termelétrica, que utilizará oito caldeiras de recuperação de calor e duas turbinas a vapor. Perspectiva artística da Usina Termoelétrica de Tubarão no Espírito Santo 15

20 Em 2004, a AG Concessões fechou um importante contrato para a implantação e exploração por 35 anos, sob concessão, do novo aeroporto de Quito, no Equador. A participação da AGC com 34,125% do capital da Corporación Quiport S.A., empresa criada para gerir a concessão, representa um grande marco na companhia: é a primeira investida na área de concessões no Exterior e também no segmento de aeroportos. Roselaine Tavares Zargon, funcionária do Centro de Controle de Operações da AutoBAn Criada no início da década de 1990 para atuar no setor de concessões de serviços públicos, a AGC tem participações societárias nos segmentos de rodovias com pedágio, de saneamento básico água, esgoto e resíduos sólidos e agora também no de aeroportos. No mercado interno, a companhia integra o grupo que controla a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), a maior empresa do setor na América Latina e uma das dez maiores do mundo. No segmento de saneamento ambiental, participa da Dominó Holdings S.A. sócia estratégica da Companhia de Saneamento do Estado do Paraná (Sanepar), controla a Water Port S.A. Engenharia e Saneamento e participa da Activa Serviços Ambientais S.A. Os acionistas da Andrade Gutierrez Concessões são a Andrade Gutierrez S.A., que detém 81,97% do capital da companhia, o International Finance Corporation (IFC) braço do Banco Mundial (Bird) para o setor privado, com 8,16%, e o Krill Fundo de Investimentos em Ações, administrado pela Fundação Sistel, com 9,87% do capital. Em 2004, foi realizada a primeira distribuição de dividendos aos acionistas. Concessões 16

21 Liderança no desenvolvimento de serviços de infra-estrutura 17

22 Ponte Rio-Niterói Composição da Receita % Saneamento Rodovias 73% Concessões - Principais Indicadores (R$ milhões) Receita Operacional Bruta EBITDA Resultado Operacional Bruto Para 2005, estão previstos novos aportes de capital do IFC na companhia, o que elevará sua participação a 13,48% do capital. Com isso, a Andrade Gutierrez S.A. e o Krill reduzirão sua participação para 77,22% e 9,29%, respectivamente. A presença do IFC e do Krill fortalecem a estratégia da AG Concessões para a realização de novos investimentos, além de reforçar as ações nos campos ambiental e social. Essas participações demonstram também o reconhecimento da consistência do portfólio e da capacidade de gestão da AG Concessões. Andrade Gutierrez Concessões S.A. CCR Water Port Quiport Dominó Holdings AutoBAn Ponte NovaDutra Via Lagos Rodonorte Viaoeste Sanepar 18

23 Rodovias Rodonorte As concessionárias controladas pela CCR administram cinco das mais importantes ligações rodoviárias do País: Sistema Anhangüera-Bandeirantes (AutoBAn); Rodovia Presidente Dutra (NovaDutra); ligação Curitiba-Ponta Grossa-Apucarana/ Jaguariaíva (Rodonorte); Ponte Rio-Niterói (Ponte S.A.); e Rodovia dos Lagos ligação Rio Bonito-São Pedro da Aldeia (Via Lagos). Juntas, elas somam quilômetros de rodovias, que correspondem a 14% da extensão e a 34,4% da receita da malha rodoviária concedida à iniciativa privada no Brasil. Com o objetivo de ampliar sua atuação, a CCR adquiriu, em 2004, a totalidade das ações da Concessionária de Rodovias do Oeste de São Paulo Viaoeste S.A., que opera o Sistema Castelo Branco/Raposo Tavares, em São Paulo. Após as necessárias autorizações do Governo e dos bancos financiadores para a transferência das ações o que está previsto para o primeiro trimestre de 2005, a CCR assumirá definitivamente a gestão. Com a incorporação da Viaoeste, a CCR passará a administrar um total de quilômetros, correspondentes a 16% da extensão e 40% da receita da malha rodoviária concedida, consolidando-se como uma das gigantes do setor no mundo. CCR - Principais Indicadores (R$ milhões) Receita Operacional Bruta EBITDA Investimentos Número de Empregados Características das Rodovias Concessionária Tráfego Extensão veículos equivalentes (km) pagantes/dia (mil) NovaDutra AutoBAn Rodonorte Ponte Via Lagos Total Treinamento de atendimento médico de emergência ao usuário da Rodonorte O bloco de controle da CCR é composto por quatro acionistas, que detêm participações iguais: Andrade Gutierrez Concessões, Camargo Corrêa Transportes, Serveng-Civilsan (fundadores da companhia) e a empresa portuguesa Brisa, uma das maiores operadoras 19

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

TÉCNICAS CONSTRUTIVAS PARA INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES URBANOS

TÉCNICAS CONSTRUTIVAS PARA INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES URBANOS SEMINÁRIO INTERNACIONAL MOBILIDADE E TRANSPORTES: TEORIAS, PRÁTICAS E POLÍTICAS CONTEMPORÂNEAS TÉCNICAS CONSTRUTIVAS PARA INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES URBANOS BRASÍLIA, 28/08/2013 Sumário Vídeo institucional

Leia mais

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano

Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Investimentos da AES Brasil crescem 32% e atingem R$ 641 milhões nos primeiros nove meses do ano Valor faz parte de plano de investimentos crescentes focado em manutenção, modernização e expansão das operações

Leia mais

A importância do Investimento Privado na Concessão dos

A importância do Investimento Privado na Concessão dos A importância do Investimento Privado na Concessão dos Serviços Públicos Regulados Geraldo Villin Prado ABAR Mai/09 Demanda Anual de Investimentos no Brasil ENERGIA ELÉTRICA PETRÓLEO & GÁS (*) TRANSPORTES/

Leia mais

ARTERIS TRANSCRIÇÃO DA TELECONFERÊNCIA RESULTADOS DO 2T15

ARTERIS TRANSCRIÇÃO DA TELECONFERÊNCIA RESULTADOS DO 2T15 1 ARTERIS TRANSCRIÇÃO DA TELECONFERÊNCIA RESULTADOS DO 2T15 Operadora: Bom dia senhoras e senhores, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Arteris, para discussão dos resultados

Leia mais

Senhores Acionistas, Os principais serviços da TNL Contax são:

Senhores Acionistas, Os principais serviços da TNL Contax são: Senhores Acionistas, A Administração da Contax Participações S.A. ( Contax Participações ) submete, em conjunto com as demonstrações financeiras e o parecer dos auditores independentes, o Relatório da

Leia mais

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico A parceria prevê capitalização da empresa brasileira em até R$ 12 bi, reduzindo alavancagem e ampliando capacidade de investimento,

Leia mais

1 solidez e compromisso com o futuro

1 solidez e compromisso com o futuro S o l i d e z e c o m p r o m i s s o c o m o F u t u r o 1 solidez e compromisso com o futuro 2 solidez e compromisso com o futuro EMPRESA Há mais de 55 anos estabelecida e reconhecida no mercado brasileiro

Leia mais

Infraestrutura, Segurança e PPPs

Infraestrutura, Segurança e PPPs www.pwc.com Infraestrutura, Segurança e PPPs Dezembro, 2011 Agenda - Características de uma PPP - Alguns Projetos de PPP no Brasil - Exemplos de PPP em Infraestrutura e Segurança 2 Características de uma

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2005

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2005 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2005 Srs. Acionistas Os resultados obtidos pela EcoRodovias consolidam definitivamente a nossa posição entre as principais companhias em gestão de concessão de rodovias. Nossa

Leia mais

DESAFIOS E OPORTUNIDADES

DESAFIOS E OPORTUNIDADES DESAFIOS E OPORTUNIDADES Pontos Principais... A Sabesp tem compromisso com a política pública e com critérios de eficiência de mercado O novo marco regulatório do saneamento encerra desafios e oportunidades

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Telefonia celular Grupo Telefônica Móviles Resultados Consolidados (milhões de euros)

Telefonia celular Grupo Telefônica Móviles Resultados Consolidados (milhões de euros) Telefonia celular Grupo Telefônica Móviles Resultados Consolidados (milhões de euros) Dezembro Dezembro 2001 2000 % Var. Receitas operacionais 8.411,1 7.401,2 13,6 Trabalhos para imobilizado (1) 128,6

Leia mais

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 1 Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 O Conselho de Administração aprovou o Plano de Negócios 2010-2014, com investimentos totais de US$ 224 bilhões, representando a média de US$ 44,8 bilhões

Leia mais

AHE SIMPLÍCIO QUEDA ÚNICA* Luiz Antônio Buonomo de PINHO Gerente / Engenheiro Civil Furnas Centrais Elétricas S. A.

AHE SIMPLÍCIO QUEDA ÚNICA* Luiz Antônio Buonomo de PINHO Gerente / Engenheiro Civil Furnas Centrais Elétricas S. A. AHE SIMPLÍCIO QUEDA ÚNICA* Luiz Antônio Buonomo de PINHO Gerente / Engenheiro Civil Furnas Centrais Elétricas S. A. Rogério Sales GÓZ Gerente / Engenheiro Civil Furnas Centrais Elétricas S. A. Brasil RESUMO

Leia mais

Orçamento ANEXO III ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS CONTROLADAS PELO ESTADO

Orçamento ANEXO III ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS CONTROLADAS PELO ESTADO Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Qualidade do Gasto Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária

Leia mais

EcoRodovias anuncia resultado consolidado do 4T05 e de 2005

EcoRodovias anuncia resultado consolidado do 4T05 e de 2005 Release de Resultados EcoRodovias anuncia resultado consolidado do 4T05 e de 2005 EBITDA consolidado de R$ 356,4 milhões e margem EBITDA de 67,5% em 2005 São Paulo, 09 de março de 2006 A Primav EcoRodovias

Leia mais

Senhores Acionistas, Os principais serviços da TNL Contax são:

Senhores Acionistas, Os principais serviços da TNL Contax são: Senhores Acionistas, A Administração da Contax Participações S.A. ( Contax Participações ) submete, em conjunto com as demonstrações financeiras e o parecer dos auditores independentes, o Relatório da

Leia mais

Há 35 anos crescendo com o Brasil.

Há 35 anos crescendo com o Brasil. Há 35 anos crescendo com o Brasil. Nos últimos 35anos o Grupo Damiani participou ativamente das grandes transformações ocorridas na paisagem brasileira. Participando de realizações em todas as regiões

Leia mais

Principais Serviços. Projeto. Supervisão e Gerenciamento

Principais Serviços. Projeto. Supervisão e Gerenciamento A Empresa Engespro é uma empresa de engenharia consultiva criada há 30 anos, pelo Engenheiro Civil Jeronymo Pacheco Pereira que com grande força empreendedora vislumbrou oportunidades de mercado fundando

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Usina Hidrelétrica de Belo Monte Usina Hidrelétrica de Belo Monte PA Ao dar continuidade ao maior programa de infraestrutura do Brasil desde a redemocratização, o Governo Federal assumiu o compromisso de implantar um novo modelo de desenvolvimento

Leia mais

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL Estudo realizado com 259 empresas; Faturamento das empresas pesquisadas representando mais de 30% do PIB brasileiro; O objetivo principal é mapear e avaliar a importância

Leia mais

Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011

Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011 Investimentos da AES Brasil chegam a R$ 1,1 bi em 2010 e meta é R$ 1,2 bi para 2011 Grupo aumentou quadro de colaboradores próprios em 29%. Juntas, AES Eletropaulo e AES Sul distribuíram energia para mais

Leia mais

COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS

COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS Apresentação A Companhia de Saneamento de Minas Gerais, COPASA, criada em 1963, é uma empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Regional e Política

Leia mais

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP OUTUBRO, 2002 ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP - APU INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL

ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL A Engenharia Consultiva Nacional e a Construção da Infraestrutura Um breve diagnóstico O setor de infraestrutura apresenta aspectos distintos

Leia mais

Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema

Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema Duas importantes medidas foram anunciadas no fim de março pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para tornar mais

Leia mais

Principais Fatos e Números

Principais Fatos e Números Principais Fatos e Números BRAZIL Brasil Minas Gerais Região Metropolitana de Classificado como a 6ª maior economia em 2011, esperando chegar à 5ª posição até 2016. 3 ª maior economia dentre os 27 Estados

Leia mais

TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA

TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA CORPORATE TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA De empresa regional para empresa nacional De 24 cidades em 9 estados para 95 cidades em 17 estados De 800 funcionários em 2000 para 8 mil atualmente Oferta completa de

Leia mais

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS - 2006. Principais Grupos

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS - 2006. Principais Grupos Principais Grupos Empresas correntes 2003 2004 2005 2006 Realizado Realizado Realizado LOA Setor Produtivo Estatal 17.301 18.285 20.554 31.404 - Grupo PETROBRAS (No País) 13.839 14.960 16571 24.095 - Grupo

Leia mais

Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras. Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos

Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras. Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos Sustentabilidade e Competitividade SUSTENTABILIDADE pode ser entendida como

Leia mais

DESMISTIFICANDO AS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS

DESMISTIFICANDO AS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS DESMISTIFICANDO AS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS UMA IMPORTANTE ALTERNATIVA PARA O AVANÇO DA INFRAESTRUTURA BRASILEIRA Daniel R. Figueiredo Especialista em Estruturação de Projetos de PPP e Concessões 26/08/2015

Leia mais

Aimplementação da estratégia Caminhos da Bahia fundamenta-se no aporte de infraestrutura

Aimplementação da estratégia Caminhos da Bahia fundamenta-se no aporte de infraestrutura PPA 2004-2007 Caminhos da Bahia: Infra-estrutura e Logística Aimplementação da estratégia Caminhos da Bahia fundamenta-se no aporte de infraestrutura nas áreas de transportes e energia, com o objetivo

Leia mais

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria tecnológica com a Kawasaki na sede da Odebrecht S.A.

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations Apresentação APIMEC Dezembro 2010 AGENDA 03. Mercado Brasileiro de Telecom 06. Oi: Perfil e Estratégia 13. Resultados Operacionais e Financeiros 19. Aliança com a Portugal Telecom Mercado Brasileiro de

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

A Companhia de Concessões Rodoviárias Concluiu a Aquisição da Renovias Concessionária S/A.

A Companhia de Concessões Rodoviárias Concluiu a Aquisição da Renovias Concessionária S/A. A Companhia de Concessões Rodoviárias Concluiu a Aquisição da Renovias Concessionária S/A. As informações financeiras e operacionais abaixo, exceto onde indicado em contrário, referem-se a prática contábil

Leia mais

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL FACT SHEET 1T13 PERFIL DA COMPANHIA Fundado em 1928, o Banrisul é um banco múltiplo: comercial, de desenvolvimento e social, controlado pelo Estado do Rio Grande do Sul. A proximidade com o setor público

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

FÓRUM EXCELÊNCIA BRASIL CENTRAL

FÓRUM EXCELÊNCIA BRASIL CENTRAL FÓRUM EXCELÊNCIA BRASIL CENTRAL 04 de março de 2008 Luiz Alexandre Garcia CEO - Grupo Algar Fórum Excelência Brasil Central Algar Porque investir em Uberlândia Trabalhamos para servir a comunidade ALexandrino

Leia mais

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS ATIVOS INTANGÍVEIS Embora a Organização não registre seus ativos intangíveis, há evidências da percepção de sua magnitude pelos investidores e que pode ser encontrada na expressiva diferença entre o Valor

Leia mais

Apresentação. 15 de Fevereiro de 2008

Apresentação. 15 de Fevereiro de 2008 Apresentação 1 15 de Fevereiro de 2008 Aviso Eventuais declarações sobre eventos futuros que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e

Leia mais

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões.

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões. Última Cotação em 30/09/2013 FBMC4 - R$ 43,90 por ação Total de Ações: 726.514 FBMC3: 265.160 FBMC4: 461.354 Valor de Mercado (30/09/2013): R$ 31.893,9 milhões US$ 14.431,7 milhões São Bernardo do Campo,

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012 Apoio do BNDES à Infraestrutura Lisboa 31 de maio de 2012 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para implementação

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo O artigo aborda relações entre logística, formação profissional e infra-estrutura do país. São debatidas questões sobre a evolução da logística no Brasil, a preparação educacional do profissional de logística

Leia mais

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002 Brasil Telecom Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg Dezembro de 2002 1 OSetor de Telecomunicações no Brasil 2 Empresas de Telefonia Fixa Região IV (Somente Longa Distância) Preço Mínimo: US$1.548

Leia mais

Número 04 São Paulo, 07 de outubro de 2013. Operadora:

Número 04 São Paulo, 07 de outubro de 2013. Operadora: Número 04 São Paulo, 07 de outubro de 2013 Operadora: Indicadores operacionais e financeiros 2º trimestre/2013 1. Desempenho Operacional - Claro No 2º trimestre de 2013 (2T13) a Claro teve aumento de 5,6%

Leia mais

VIII CONSE VIII CONSE. Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012. Apresentação. Carlos Monte

VIII CONSE VIII CONSE. Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012. Apresentação. Carlos Monte VIII CONSE Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012 Apresentação Carlos Monte Conceitos Gerais A Engenharia é a profissão do Crescimento. Mais emprego, melhores sálarios e inclusão social com distribuição

Leia mais

REUNIÃO APIMEC-SP 3T04. 30 de novembro 2004

REUNIÃO APIMEC-SP 3T04. 30 de novembro 2004 REUNIÃO APIMEC-SP 3T04 30 de novembro 2004 Índice Perfil Corporativo Desempenho Econômico-Financeiro Mercado de Capitais Responsabilidade Corporativa Perspectivas Disclaimer Declarações contidas nesta

Leia mais

PROPOSIÇÕES PARA O FORTALECIMENTO DA INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS PARA GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TEMPOS DE CRISE

PROPOSIÇÕES PARA O FORTALECIMENTO DA INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS PARA GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TEMPOS DE CRISE 1ºTri 00 3ºTri 00 1ºTri 01 3ºTri 01 1ºTri 02 3ºTri 02 1ºTri 03 3ºTri 03 1ºTri 04 3ºTri 04 1ºTri 05 3ºTri 05 1ºTri 06 3ºTri 06 1ºTri 07 3ºTri 07 1ºTri 08 3ºTri 08 1ºTri 09 3ºTri 09 1ºTri 10 3ºTri 10 1ºTri

Leia mais

CSU CARDSYSTEM SA. investidorescsu@csu.com.br

CSU CARDSYSTEM SA. investidorescsu@csu.com.br CSU CARDSYSTEM SA investidorescsu@csu.com.br 2 Considerações Iniciais Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Terça-feira, 25 de Agosto de 2015. DESTAQUES

Terça-feira, 25 de Agosto de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai ao nível de 2009 com tensão global CCR tem expectativa positiva de crescimento para o próximo ano Ações PNA da Vale fecham na menor cotação desde 2006 Corte de produção na China e

Leia mais

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios Português Resumo Executivo Esta é a segunda edição revista e ampliada da publicação: O Setor Elétrico Brasileiro e

Leia mais

Planejamento da fiscalização no TCU. Um novo paradigma em prática

Planejamento da fiscalização no TCU. Um novo paradigma em prática Planejamento da fiscalização no TCU Um novo paradigma em prática Competências do TCU(art. 70 e 71 da CF) Art. 70 - A fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial da União

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 3T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 3T10 Apresentação de resultados Algar Telecom Destaques do Lucro Líquido consolidado de R$ 32,8 milhões, 49,5% maior que o do. Margem de 8,6% no, ante 6,2% no. Algar Telecom inicia oferta de varejo (voz, banda

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Ressalvas sobre considerações futuras As afirmações contidas neste documento quanto a perspectivas de negócios para a Santos Brasil Participações

Leia mais

Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques

Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques Carlos Alberto Mattar Superintendente - SRD 13 de março de 2014 Rio de Janeiro - RJ Sumário I. Balanço 2013 II. Pautas para GTDC - 2014 III. Principais audiências

Leia mais

A gestão das empresas estatais: contribuições para agências governamentais. Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras

A gestão das empresas estatais: contribuições para agências governamentais. Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras A gestão das empresas estatais: contribuições para agências governamentais Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras Visão e Missão da Petrobras Visão 2020 Ser uma das cinco maiores

Leia mais

Utilização do Google Earth e Google Maps na CEMIG

Utilização do Google Earth e Google Maps na CEMIG Utilização do Google Earth e Google Maps na CEMIG Roberto Proença da Silva Carlos Alberto Moura Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG Superintendência de Tecnologia da Informação - TI Gerência de

Leia mais

13 de agosto de 2015. Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15

13 de agosto de 2015. Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15 13 de agosto de 2015 Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15 Agenda Visão Geral Destaques Financeiros Atualização de Ativos DESTAQUES DO PERÍODO Manati produziu média de 5,7 MM m³ por dia no 2T15 e 6M15

Leia mais

Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Notas sobre o balanço de um ano do PAC

Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Notas sobre o balanço de um ano do PAC Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Notas sobre o balanço de um ano do PAC Brasília, 22 de janeiro de 2008 NOTAS SOBRE O BALANÇO DE UM ANO DO PAC AVALIAÇÃO GERAL Pontos positivos e destaques: 1)

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

Programas e Ações VALOR DO PROGRAMA NO ANO 2016 2017 2018 2019 ORÇAMENTO FISCAL 131.747.455 6.000 6.000 6.000

Programas e Ações VALOR DO PROGRAMA NO ANO 2016 2017 2018 2019 ORÇAMENTO FISCAL 131.747.455 6.000 6.000 6.000 PROGRAMA : 016 - DESENVOLVIMENTO DA INFRAESTRUTURA GOVERNAMENTAL PROGRAMA : UNISSETORIAL EIXO : INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA UNIDADE RESPONSÁVEL : OBJETIVO DO PROGRAMA : 2141 - DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras nº 342 outubro 2014 Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras Odebrecht 70 anos: projetos que contribuem para melhorar as opções de mobilidade urbana das comunidades Odebrecht Infraestrutura Brasil

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA 5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Os sinais de redução de riscos inflacionários já haviam sido descritos na última Carta de Conjuntura, o que fez com que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidisse

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Parecer Técnico n.º 06410/2008/RJ

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Parecer Técnico n.º 06410/2008/RJ MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer Técnico n.º 06410/2008/RJ COGCE/SEAE/MF Rio de Janeiro, 03 de julho de 2008 Referência: Ofício n.º 3963/2008/SDE/GAB, de 23 de junho

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - COMPANHIA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - COMPANHIA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte

Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte Descrição Concessão à iniciativa privada dos principais eixos rodoviários de acesso ao litoral norte de Alagoas, visando a melhoria operacional, manutenção,

Leia mais

A locomotiva de concreto

A locomotiva de concreto A locomotiva de concreto 16 KPMG Business Magazine Construção civil supera período de estagnação, mas ainda há gargalos que podem comprometer o ritmo de investimentos A construção civil no Brasil não para

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

Fitch Rebaixa Ratings da Light e de Suas Subsidiárias Para A+(bra) ; Perspectiva Estável

Fitch Rebaixa Ratings da Light e de Suas Subsidiárias Para A+(bra) ; Perspectiva Estável Fitch Rebaixa Ratings da Light e de Suas Subsidiárias Para A+(bra) ; Perspectiva Estável Fitch Ratings Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2014: A Fitch Ratings rebaixou, hoje, o Rating Nacional de Longo

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral

AGENDA. A Vale. O Maior Projeto de Logística da America Latina. - Exportação de Minério. - Logística da Vale de Carga Geral Vale no Maranhão AGENDA A Vale O Maior Projeto de Logística da America Latina - Exportação de Minério - Logística da Vale de Carga Geral A Vale no Mundo A Vale tem operações mineradoras, laboratórios de

Leia mais

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Itautec S.A. Grupo Itautec Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Sumário Executivo a mudança no cenário macroeconômico do Brasil (desvalorização cambial, redução das taxas

Leia mais

Classificação: Público

Classificação: Público Classificação: Público Classificação: Público Empresa Um dos maiores e mais sólidos grupos de energia elétrica do Brasil e América Latina, que completa 60 anos em 2012. Principais Atividades Energia: geração,

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 2T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 2T10 Apresentação de resultados Algar Telecom 2T10 Destaques do 2T10 A Algar ficou com a 6 melhor colocação no setor de Telecomunicações e a 1ª no ranking de rentabilidade, conforme publicado pela Revista Exame

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

Uma Agenda Para o Desenvolvimento do Setor Elétrico Brasileiro. Joisa Dutra 1

Uma Agenda Para o Desenvolvimento do Setor Elétrico Brasileiro. Joisa Dutra 1 Uma Agenda Para o Desenvolvimento do Setor Elétrico Brasileiro. Joisa Dutra 1 O desenvolvimento do setor elétrico é essencial para promover crescimento do Brasil. Entretanto, a conjuntura atual do setor

Leia mais

Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo. Telefônica 17 de julho de 2009

Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo. Telefônica 17 de julho de 2009 Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo 17 de julho de 2009 1. Grupo 1 Grupo dados de 2008 No Mundo Presença em 25 países na Europa,

Leia mais

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Brasil Oportunidades de Investimento Batimat 2011 Miriam Belchior Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM MOMENTO EXITOSO Quatro movimentos estruturais explicam

Leia mais

Grupo CCR abre as inscrições para o Programa de Formação de Profissionais Trainees 2015

Grupo CCR abre as inscrições para o Programa de Formação de Profissionais Trainees 2015 Grupo CCR abre as inscrições para o Programa de Formação de Profissionais Trainees 2015 Companhia oferece 25 vagas para jovens profissionais de todo o país que queiram atuar nas áreas de Concessão de Rodovia,

Leia mais