MUNICÍPIO DE APIACÁ. Técnico Agrícola TARDE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUNICÍPIO DE APIACÁ. Técnico Agrícola TARDE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO"

Transcrição

1 MUNICÍPIO DE APIACÁ ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 Técnico Agrícola TARDE

2 CARGO: TÉCNICO AGRÍCOLA Texto Quando um país adoece Um país, como uma turma de alunos, uma comunidade, tem traços de pessoa: algumas se renovam e crescem, outras giram sobre um eixo tedioso, como em águas movediças. Precisam corrigir direções, renovar caminhos, descobrir remédios, limpar o lixo, tirar as teias de aranha, buscar orientação. Nem sempre conseguem. Falta informação, falta ânimo, falta liderança boa. Nem se dão conta de que poderiam ser mais saudáveis, progredir e crescer. Adoecem e às vezes ficam assim por longo tempo, num processo de autodestruição. Sinto meu Brasil como uma grande pessoa que sofre de convulsões, sob uma fachada de perigoso otimismo ou desinteresse. Um desses flagelos é a violência atual, desordenada, crescente e quase incontrolada nas nossas ruas por ocasião de diversas manifestações: o quadro se torna assustador. Claro que existe o mais do que positivo: a natureza incrível, o povo corajoso, a arte, a beleza, a luz, a cordialidade (nem tanto de momento, pois estamos mais para ferozes do que para pacíficos). O termo pacífico anda mal-empregado: manifestações pacíficas e democráticas que acabam em crime e destruição não são pacíficas. Perdão, mas se meu pé está gangrenado meu corpo não está saudável. O vocábulo vândalos também está mal aplicado: trata-se de bandidos e criminosos, que roubam, quebram, invadem, destroem. Aliás, não entendo como grupos de vinte pessoas interditam vastas avenidas ou estradas, deixando parados milhares de pessoas que precisam trabalhar, estudar, ir ao médico: o que há com nossas leis? Manifestação, sim, e sempre. Há mais do que bons motivos para protestar. Mas fechar avenidas e vias movimentadas não será exagero? Destruir, bater, incendiar, não é mais crime? Quem bota ordem nisso, que lei, que regulamentos? Quem nos protege, a nós cidadãos que pagamos impostos e precisamos viver com relativa paz? A polícia muitas vezes parece contida, por ordens internas ou pelo clamor das tantas organizações que bradam aos céus se algum rigor é aplicado para conter esses criminosos nas ruas. Não há organizações que briguem por nós, que gostaríamos de morar com calma em nossos edifícios, andar pelas ruas e avenidas, ir à farmácia e encontrá-la aberta, ir ao caixa eletrônico e não achar ruínas, pegar ônibus em lugar de os ver incendiados. Para moradores de certo edifício onde reside uma autoridade, que vem sendo depredado por grupos nada pacíficos, o conselho das autoridades responsáveis foi que ficassem dentro de casa ao perceber qualquer movimentação na rua, que se recolhessem de preferência aos aposentos internos do apartamento, que não atendessem telefone nem interfone, e... esperassem tudo passar. Na maior cidade do Brasil, bandos não muito numerosos atacam, roubam, destroem, incendeiam recentemente fizeram isso com vários ônibus e caminhões, e demorou um tempo surreal para surgirem policiais e bombeiros. Muita gente foi detida: quase todos, logo liberados. Onde está a justiça? O que há por trás dessa ilegalidade a céu aberto, dessa impunidade? O que explica o nosso desamparo? Devemos aguardar que tudo se desmanche no ar por algum bafejo de sorte ou nos conformamos com essa guerra civil? Temos razões de sobra para protestos ordeiros por toda parte. Mas não para esse terrorismo que nos deixa acovardados. Manter a ordem quando eles ocorrem seria responsabilidade dos organizadores e das autoridades, mas ninguém parece saber como agir. Esse corpo que convulsiona, quem o vai acudir, e quando? Não tenho respostas. Talvez esperem que passe por si, como certas febres, e o país acorde curado. Enquanto isso, temos medo: da violência habitual dos assaltantes em nossas ruas e casas, e agora dos movimentos que começam pacíficos e terminam em pavor, em danos materiais e psicológicos para o povo. Este que precisa de tranquilidade, liberdade e da possível paz: precisa viver sua vida em um lugar civilizado. O país está doente: só não enxerga quem não quer ver. (Lya Luft. Veja, 06/11/2013.) 01 A analogia que a autora faz no primeiro período do texto A) exerce um papel reflexivo sobre os assuntos a serem tratados ao longo do texto. B) funciona como uma estratégia argumentativa para a autora discorrer sobre as greves. C) funciona como um recurso argumentativo para a autora discorrer sobre o papel das autoridades. D) serve como um recurso argumentativo, com progressão, para a autora exemplificar seu ponto de vista. E) funciona como uma estratégia argumentativa para a autora expor sua ideia sobre a construção da cidadania. 02 Para moradores de certo edifício onde reside uma autoridade, que vem sendo depredado por grupos nada pacíficos... (6º ). Assinale a alternativa que apresenta um vocábulo que NÃO substitui o termo sublinhado no excerto anterior. A) Talado. B) Assolado. C) Destruído. D) Devastado. E) Resguardado

3 03 A função anafórica do termo sublinhado em Este que precisa de tranquilidade, liberdade e da possível paz: precisa viver sua vida em um lugar civilizado. (8º ) refere-se, no texto, a A) povo. B) pavor. C) medo. D) pacíficos. E) psicológicos. 04 O par de vocábulos do texto acentuados pela mesma razão é A) pé céus. D) ânimo pacíficos. B) país está. E) incrível edifícios. C) águas aliás. 05 Assinale a alternativa em que o sinal indicativo de crase é facultativo. A)... ir à farmácia e encontrá-la aberta,... B) As manifestações sempre acontecem à tarde. C) Ela se referiu àquela pessoa que foi agredida na rua. D) Adoecem e às vezes ficam assim por longo tempo, E) Muitas pessoas andam desrespeitando às nossas leis. 06 As palavras sublinhadas nas frases das seguintes alternativas possuem o mesmo valor semântico, EXCETO: A) o quadro se torna assustador. (2º ) B)... que tudo se desmanche no ar... (7º ) C) algumas se renovam e crescem, (1º ) D)... trata-se de bandidos e criminosos,... (4º ) E)... que bradam aos céus se algum rigor é aplicado... (6º ) 07 Na oração Precisam corrigir direções, renovar caminhos, descobrir remédios, limpar o lixo, tirar as teias de aranha, buscar orientação. (1º ), a regra que justifica o emprego das vírgulas nesse segmento do texto é A) marcar a intercalação de elementos. B) separar orações adverbiais desenvolvidas. C) separar elementos paralelos de uma citação. D) separar orações que se classificam como explicativas. E) separar elementos que exercem a mesma função sintática. 08 Em qual das orações a seguir, o termo sublinhado é uma conjunção? A) Onde está a justiça? (6º ) B) Quem bota ordem nisso...? (5º ) C) que sofre de convulsões, (2º ) D) Manter a ordem quando eles ocorrem... (8º ) E) Aliás, não entendo como grupos de vinte pessoas (4º ) 09 Em Quem nos protege, a nós cidadãos que pagamos impostos e precisamos viver com relativa paz? (5º ), a palavra e, sublinhada nessa estrutura, estabelece entre as orações uma relação de A) oposição. B) conclusão. C) acréscimo. D) proporção. E) concessão. 10 Na frase Um desses flagelos é a violência atual, desordenada, crescente e quase incontrolada nas nossas ruas... (2º ), as palavras sublinhadas representam, respectivamente, A) encontro consonantal, ditongo, hiato e dígrafo. D) dígrafo, encontro consonantal, ditongo e hiato. B) hiato, dígrafo, encontro consonantal e ditongo. E) ditongo, hiato, dígrafo e encontro consonantal. C) dígrafo, encontro consonantal, hiato e ditongo

4 RACIOCÍNIO LÓGICO 11 Observe as proposições a seguir: P 1 João joga futebol, se e somente se fizer o dever de casa; P 2 Pedro joga futebol, se João joga futebol. É verdade que João fez o dever de casa, então é correto afirmar que o(a) A) argumento pode ser inválido. B) proposição Pedro joga futebol é necessariamente falsa. C) proposição Pedro joga futebol, se João joga futebol é falsa. D) proposição Pedro joga futebol pode ser verdadeira ou falsa. E) proposição Pedro joga futebol é necessariamente verdadeira. 12 A soma dos 25 primeiros termos de uma progressão aritmética é igual a Se a diferença entre o 1º e o 25º termo é 72, então a diferença do 5º para o 33º termo dessa progressão é A) 80. B) 84. C) 86. D) 88. E) Observe a sequência numérica a seguir: 1; 3; 6; 18; 36; O 10º termo dessa sequência é A) B) C) D) E) Observe a linha formada pelas combinações de letras e números a seguir: C3; I9; N14; Q17; U?; E5; N14; T?; A1 A soma dos números que substituem as interrogações é igual a A) 40. B) 41. C) 42. D) 45. E) João colocou 8 cartões numerados de 1 a 8 sobre uma mesa, sendo que os cartões pares ficaram à direita da mesa e os ímpares à esquerda. A probabilidade de se conseguir cartões consecutivos ao se retirar um cartão de cada lado é A) 7/16. B) 8/15. C) 9/14. D) 11/15. E) 11/ Uma vasilha foi preenchida até seu topo com 80g de uma substância de densidade igual a 2 g/cm 3. O número de gramas que seria necessário para preencher uma vasilha com o triplo do volume dessa, com uma substância de densidade igual a 1,6 g/cm 3, é A) 176. B) 180. C) 186. D) 192. E) Uma escola de música, com 500 alunos, fez um levantamento sobre o tipo de instrumento utilizado por seus alunos: Instrumento Número de alunos Corda 225 Sopro 252 Percussão 123 Apenas corda e sopro 32 Apenas corda e percussão 12 Apenas sopro e percussão 10 Todos os instrumentos x O número de alunos que usam todos os instrumentos é A) 21. B) 22. C) 23. D) 24. E)

5 18 A seguir estão registrados o número de candidatos e vagas disponíveis, em 4 áreas diferentes, para contratação de uma empresa. Área Número de candidatos Vagas disponíveis Operador de telemarketing 7 4 Técnico de hardware 4 3 Técnico de software 5 4 Atendente 4 2 O número de maneiras possíveis para montar uma equipe preenchendo o número de vagas disponíveis em cada área com estes respectivos candidatos é A) B) C) D) E) Analise os dois grupos de números apresentados. Grupo Descrição I Números pares de 3 algarismos formados pelos algarismos 5, 4, 3 e 2 que, quando invertidos os seus algarismos, obtém-se o mesmo número. II Números pares de 3 algarismos distintos formados pelos algarismos 5, 4, 3 e 2. A diferença da quantidade de números cuja soma de seus algarismos seja par contido nos grupos I e II é A) 0. B) 1. C) 2. D) 3. E) Na figura apresentada, M e M são os pontos médios dos segmentos AB e BC, respectivamente. A D M 6 cm A área do retângulo ABCD é igual a B 60 A) 30 3cm 2. B) 32 3cm 2. C) 34 3cm 2. D) 36 3cm 2. E) 38 3cm 2. M CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 21 O processo de modernização da agricultura, durante o século XX, trouxe consigo a ideia de eficiência produtiva, ou seja, necessidade de maximizar o uso dos fatores de produção, a fim de obter maiores níveis de produtividade e rentabilidade. (Maira Lopes. Disponível em: FATORES DE PRODUÇÃO C Capital Recursos naturais Assinale a alternativa que completa adequadamente o quadro anterior. A) Terra D) Recursos financeiros B) Trabalho E) Criações e plantações C) Animais e vegetais - 5 -

6 22 Existem várias finalidades para a determinação do custo dentro de uma empresa rural através de critérios gerenciais que buscam uma maior capacidade gerencial por meio do suprimento de informações relevantes sobre seus diversos produtos, serviços ou atividades operacionais. Sobre o controle dos custos, analise. I. Mostra os gastos dos diferentes empreendimentos. II. Possibilita calcular os rendimentos das diversas culturas e criações. III. Permite a determinação do volume do negócio. IV. Indica as melhores épocas para a venda e aquisição de produtos. V. São variáveis desconhecidas por poucos produtores brasileiros. VI. Permite o cálculo das medidas de resultado econômico. Está(ão) correta(s) apenas a(s) alternativa(s) A) VI. B) II e VI. C) I e V. D) I, IV e V. E) I, II, III, IV e VI. 23 Em comparação a outros segmentos industriais da economia, a agroindústria apresenta uma certa originalidade decorrente de três características fundamentais das matérias-primas. Assinale-as. A) Estabilidade, imperecibilidade e sazonabilidade. B) Previsibilidade, sazonabilidade e perecibilidade. C) Sazonabilidade, perecibilidade e heterogeneidade. D) Sazonabilidade, imperecibilidade e heterogeneidade. E) Heterogeneidade, imperecibilidade e biodiversidade. 24 Sequência de operações que conduzem à produção de bens cuja articulação é amplamente influenciada pelas possibilidades tecnológicas e definidas pelas estratégias dos agentes. A descrição anterior se refere ao(à) A) ecossistema. D) cadeia produtiva. B) agrossistema. E) agroecossistema. C) política agrícola. 25 Analise as afirmativas sobre o sistema plantio direto, marque V para as verdadeiras e F para as falsas. ( ) O manejo do solo consiste num conjunto de operações realizadas com objetivos de propiciar condições favoráveis à semeadura, ao desenvolvimento e à produção das plantas cultivadas, por tempo ilimitado. ( ) Envolve, simultaneamente, todas as boas práticas conservacionistas. ( ) É um sistema de produção conservacionista, que se contrapõe ao sistema tradicional de manejo. ( ) Envolve o uso de técnicas para produzir, ignorando a qualidade ambiental. ( ) Fundamenta-se na ausência de rotação de culturas. A sequência está correta em A) V, F, V, V, F. B) V, V, F, F, F. C) V, V, V, V, V. D) V, V, V, F, F. E) F, V, V, F, F. 26 Utilização de todas as técnicas disponíveis, dentro de um programa unificado, de tal modo a manter a população de organismos nocivos abaixo do limiar de dano econômico e minimizar os efeitos colaterais deletérios ao meio ambiente. (NAS, p. 196.) A afirmativa anterior se refere a A) CIP. B) DIP. C) PCC. D) MIP. E) MPD. 27 A Agrometeorologia (ou Meteorologia Agrícola) é considerada como o estudo das condições atmosféricas e suas consequências no ambiente rural. Diante do exposto, é correto afirmar que A) o clima lida com eventos específicos. B) o tempo representa uma generalização. C) em meteorologia, não é feita uma distinção entre o tempo e o clima. D) refere-se ao clima e à síntese do tempo num determinado lugar para um determinado período de tempo. E) o clima se refere às características da atmosfera inferidas de observações contínuas durante um curto período

7 28 A propagação vegetativa consiste em multiplicar assexuadamente partes de plantas (células, tecidos, órgãos ou propágulos), originando indivíduos geralmente idênticos à planta-mãe. Sobre a propagação vegetativa de espécies florestais e suas vantagens, analise. I. Técnica adotada mundialmente, principalmente por sua maior efetividade em capturar os ganhos genéticos obtidos dos programas de melhoramento. II. Formação de plantios clonais de alta produtividade e uniformidade. III. Estreitamento da base genética dos plantios clonais, mediante a utilização de pequeno número de clones. IV. Ocorrência de ganhos genéticos adicionais a partir da primeira geração de seleção. Está(ão) correta(s) apenas a(s) alternativa(s) A) II. B) IV. C) I e II. D) II e IV. E) II, III e IV. 29 O cultivo de hortaliças muitas vezes depende da semeadura em viveiros ou sementeiras. A profundidade de colocação da semente varia conforme a espécie a ser semeada. Assinale a relação INCORRETA. A) Pepino 3,0 cm. D) Mostarda 0,50 cm. B) Alface 1,75 cm. E) Pimentão 0,75 cm. C) Cenoura 0,75 cm. 30 O ato de retirar a muda de hortaliça da sementeira e colocá-la em local definitivo de cultivo denomina-se A) plantio. B) capação. C) desbrota. D) desbaste. E) transplante. Leia o texto para responder às questões de 31 a 33. CONHECIMENTOS GERAIS Sob o argumento de prestar honras a um presidente que não foi homenageado na época da morte, o processo de exumação do corpo de João Goulart, programado para amanhã no Rio Grande do Sul, deve ser marcado pela mobilização política. Peritos de quatro países participarão da retirada dos restos mortais do presidente de um jazigo em São Borja (RS). (...) O objetivo da exumação é esclarecer as circunstâncias da morte, quando ele vivia no exílio. (Portal Folha. Disponível em: Acesso em: 12/11/2013.) 31 Sobre a saída de João Goulart do governo do Brasil, é correto afirmar que A) foi deposto pelo golpe militar de B) morreu antes do término de seu mandato. C) perdeu as eleições presidenciais para reeleição. D) renunciou ao cargo por pressões políticas da URSS. E) sofreu impeachment por ligação com o comunismo soviético. 32 Analise as afirmativas correlatas. I. O presidente João Goulart assumiu a presidência do país sob regime parlamentarista, tendo como primeiro-ministro Tancredo Neves. PORQUE II. Seu antecessor, Juscelino Kubitschek, pôs fim ao presidencialismo assim que inaugurou a nova capital federal Brasília construída em seu governo. Assinale a alternativa correta. A) A primeira afirmativa é falsa, e a segunda, verdadeira. B) A primeira afirmativa é verdadeira, e a segunda, falsa. C) As duas afirmativas são falsas e não se relacionam de forma alguma. D) As duas afirmativas são verdadeiras, mas não estabelecem relação entre si. E) As duas afirmativas são verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira

8 33 O ex-presidente João Goulart morreu no exílio, em 1976, na cidade de Mercedes, na A) França. B) Espanha. C) Argentina. D) Venezuela. E) Grã-Bretanha. 34 A diplomacia brasileira conquistou uma importante vitória em 2013 com a eleição de para o cargo de diretor geral do(a). Assinale a alternativa que completa correta e sequencialmente a afirmativa anterior. A) Paulo Vannuchi / Organização dos Estados Americanos (OEA) B) Roberto Azevedo / Organização Mundial do Comércio (OMC) C) Gilberto Saboia / Comitê Consultivo Internacional do Algodão D) José Sette / Comitê para Eliminação da Discriminação Racial (Cerd), da ONU E) José Graziano da Silva / Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) Leia o texto para responder às questões de 35 a 37. A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto aprovado pelo Senado Federal em outubro que permitia a criação de novos municípios no país. A mensagem de veto da presidente foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite desta quarta-feira (13). O relator do projeto no Senado, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), calculava, quando houve a aprovação, que a proposta permitiria dar início a processos de emancipação e transformação em município de pelo menos 188 distritos. (Portal G1. Disponível em: Acesso em: 14/11/2013.) 35 A justificativa do governo federal para o veto presidencial foi a A) argumentação de que mais municípios iriam gerar prejuízos administrativos às unidades federadas, quanto à gestão política e fiscal destas cidades. B) consideração de que o Brasil já possui número exorbitante de municípios existentes que resultam numa grande exigência de investimento público. C) de que não há distritos com estruturas suficientes e adequadas para sofrerem o processo de emancipação política municipal proposto pelo Congresso. D) alegação de que a criação dos municípios resultaria em aumento de despesas que não seria acompanhado por um crescimento de receitas equivalente. E) comprovação de que os distritos existentes atualmente no Brasil não se enquadram nos requesitos impostos pela Constituição Federal para virarem municípios. 36 O estado brasileiro que concentra o maior quantitativo de municípios atualmente é A) Bahia. D) Rio de Janeiro. B) São Paulo. E) Rio Grande do Sul. C) Minas Gerais. 37 Em 2004, o número total de municípios era de Mas, a partir daí, foram criados dois municípios em Mato Grosso, um em Mato Grosso do Sul e um no Piauí, por isso, atualmente, o Brasil tem municípios. Sobre estas delimitações político-geográficas brasileiras, analise. I. O Distrito Federal (DF) corresponde a apenas um município. II. Os municípios têm autonomia garantida nas constituições federal e estaduais. III. São regidos por uma Lei Orgânica aprovada por dois terços dos membros da Câmara Municipal. Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s) A) I, II e III. B) I, apenas. C) II, apenas. D) III, apenas. E) II e III, apenas

9 38 As sinalizações realizadas no mapa destacam uma das obras mais polêmicas e discutidas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Trata-se do(a) A) ferrovia Norte-Sul. B) trem-bala brasileiro. C) refinaria Abreu e Lima. D) hidroelétrica Belo Monte. E) transposição do Rio São Francisco. 39 Um dos maiores escândalos da história do Brasil, o Mensalão, viveu um momento ímpar no feriado em comemoração à Proclamação da República, no dia 15 de novembro de O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, expediu mandados de prisão para 12 condenados envolvidos no caso e apenas um deles não foi detido pela Polícia Federal. Trata-se de A) Marcos Valério, publicitário, pois já se encontrava detido por outro crime em Minas Gerais. B) Henrique Pizzaloto, ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, que se deslocou para a Itália. C) Roberto Jefferson, delator do esquema, que, por motivos de saúde, ficou detido em sua casa. D) José Genuíno, que passou recentemente por cirurgia cardíaca e encontra-se em recuperação. E) Valdemar Costa Neto (PR) e Pedro Henry (PP), ambos deputados, por terem imunidade parlamentar. 40 Em linhas gerais, o(a) propõe que seja criado um jeito de calcular quanto cada país contribuiu para o aquecimento global desde a Revolução Industrial. Essa parcela de culpa seria um dos elementos para definir as responsabilidades de cada nação e os cortes de emissões de gases. A proposta de esboçar um acordo do clima que leve em conta a responsabilidade histórica de cada nação sobre o aquecimento global está sendo duramente combatida por países. Assinale a alternativa que completa correta e sequencialmente a afirmativa anterior. A) Japão / ricos D) Grã-Bretanha / subdesenvolvidos B) China / do Ocidente E) Alemanha / do continente americano C) Brasil / desenvolvidos - 9 -

10 INSTRUÇÕES 1. Material a ser utilizado: caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Os objetos restantes devem ser colocados em local indicado pelo fiscal da sala, inclusive aparelho celular desligado e devidamente identificado. 2. Não é permitida, durante a realização das provas, a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta, protetor auricular, lápis, borracha, corretivo. Especificamente, não é permitido que o candidato ingresse na sala de provas sem o devido recolhimento, com respectiva identificação, dos seguintes equipamentos: bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, ipad, ipod, tablet, smartphone, mp3, mp4, receptor, gravador, calculadora, câmera fotográfica, controle de alarme de carro, relógio de qualquer modelo etc. 3. Durante a prova, o candidato não deve levantar-se, comunicar-se com outros candidatos e nem fumar. 4. A duração da prova é de 03 (três) horas, já incluindo o tempo destinado à entrega do Caderno de Provas e à identificação que será feita no decorrer da prova e ao preenchimento do Cartão de Respostas (Gabarito). 5. Somente em caso de urgência pedir ao fiscal para ir ao sanitário, devendo no percurso permanecer absolutamente calado, podendo antes e depois da entrada sofrer revista através de detector de metais. Ao sair da sala no término da prova, o candidato não poderá utilizar o sanitário. Caso ocorra uma emergência, o fiscal deverá ser comunicado. 6. O Caderno de Provas consta de 40 (quarenta) questões de múltipla escolha, exceto para os cargos de Motorista PSF, Motorista C, Motorista D e Operador de Máquinas que constam de 30 (trinta) questões. Leia-o atentamente. 7. As questões das provas objetivas são do tipo múltipla escolha, com 05 (cinco) alternativas (A a E) e uma única resposta correta. 8. Ao receber o material de realização das provas, o candidato deverá conferir atentamente se o Caderno de Provas corresponde ao cargo a que está concorrendo, bem como se os dados constantes no Cartão de Respostas (Gabarito) que lhe foi fornecido estão corretos. Caso os dados estejam incorretos, ou o material esteja incompleto, ou tenha qualquer imperfeição, o candidato deverá informar tal ocorrência ao fiscal. 9. Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião e prestar esclarecimentos sobre o conteúdo das provas. Cabe única e exclusivamente ao candidato interpretar e decidir. 10. O candidato poderá retirar-se do local de provas somente a partir dos 90 (noventa) minutos após o início de sua realização, contudo não poderá levar consigo o Caderno de Provas, sendo permitida essa conduta apenas no decurso dos últimos 30 (trinta) minutos anteriores ao horário previsto para o seu término. 11. Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala somente poderão sair juntos. Caso o candidato insista em sair do local de aplicação das provas, deverá assinar um termo desistindo do Processo Seletivo e, caso se negue, deverá ser lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros candidatos, pelo fiscal da sala e pelo coordenador da unidade. RESULTADOS E RECURSOS - As provas aplicadas, assim como os gabaritos preliminares das provas objetivas serão divulgados na Internet, no site a partir das 16h00min do dia subsequente ao da realização das provas. - O candidato que desejar interpor recursos contra os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas disporá de 02 (dois) dias úteis, a partir do dia subsequente à divulgação, em requerimento próprio disponibilizado no link correlato ao Processo Seletivo no site - A interposição de recursos poderá ser feita somente via Internet, através do Sistema Eletrônico de Interposição de Recursos, com acesso pelo candidato ao fornecer dados referentes à sua inscrição apenas no prazo recursal, ao IDECAN, conforme disposições contidas no site no link correspondente ao Processo Seletivo.

MUNICÍPIO DE APIACÁ. Técnico Contábil TARDE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

MUNICÍPIO DE APIACÁ. Técnico Contábil TARDE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO MUNICÍPIO DE APIACÁ ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 Técnico Contábil TARDE CARGO: TÉCNICO CONTÁBIL Texto Quando um país adoece Um país, como uma turma de alunos, uma comunidade,

Leia mais

MUNICÍPIO DE APIACÁ. Técnico em Segurança do Trabalho TARDE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

MUNICÍPIO DE APIACÁ. Técnico em Segurança do Trabalho TARDE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO MUNICÍPIO DE APIACÁ ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 Técnico em Segurança do Trabalho TARDE CARGO: TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Texto Quando um país adoece Um país, como uma turma

Leia mais

MUNICÍPIO DE I ENA RO CONCUR O P ICO N

MUNICÍPIO DE I ENA RO CONCUR O P ICO N MUNICÍPIO DE I ENA RO CONCUR O P ICO N TARDE CARGO: MECÂNICO GERAL Texto I para responder às questões de 01 a 08. Manifestações no Brasil: quais as razões? O início das manifestações populares no Brasil,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Leopoldina/MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016

Prefeitura Municipal de Leopoldina/MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 0 067300 056335 Prefeitura Municipal de Leopoldina/MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 Agente de Serviços Auxiliares (Limpeza predial, entrega de documentos e ronda e vigilância das dependências da Prefeitura)

Leia mais

MUNICÍPIO DE MATIAS CARDOSO ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2012. Gari TARDE

MUNICÍPIO DE MATIAS CARDOSO ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2012. Gari TARDE MUNICÍPIO DE MATIAS CARDOSO ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2012 Gari TARDE CARGO: GARI Texto Prevenção e combate ao trabalho infantil De acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS No uso das atribuições legais, e mediantes as condições estipuladas nos Editais e Comunicados oficiais publicados no site www.selecao.uneb.br/dpe2012, CONVOCA os Candidatos

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado

Leia mais

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Ordem dos Advogados do Brasil IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO DIREITO EMPRESARIAL PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PARA VALORIZAÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AVAPE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº.001/2013. Porteiro MANHÃ. Organizadora:

ASSOCIAÇÃO PARA VALORIZAÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AVAPE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº.001/2013. Porteiro MANHÃ. Organizadora: ASSOCIAÇÃO PARA VALORIZAÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AVAPE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº.001/2013 Porteiro MANHÃ Organizadora: 0000000202 CARGO: PORTEIRO Texto O direito de ir e vir, pedalando Por que

Leia mais

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Ordem dos Advogados do Brasil V EXAME DE ORDEM UNIFICADO DIREITO EMPRESARIAL PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado

Leia mais

REDE DE ENSINO LFG. Leia com atenção as instruções a seguir: A força do Direito deve superar o direito da força

REDE DE ENSINO LFG. Leia com atenção as instruções a seguir: A força do Direito deve superar o direito da força REDE DE ENSINO LFG Simulado Exame de Ordem 2010.3 Coordenação Pedagógica OAB Marco Antonio Araujo Junior Darlan Barroso Leia com atenção as instruções a seguir: 1. Você está recebendo do fiscal de sala,

Leia mais

Provas agendadas/enem

Provas agendadas/enem Provas agendadas/enem Perguntas Frequentes: 1) Qual o período de inscrição? 28/09/2015 19/11/2015 2) Qual o valor da Inscrição? A taxa de inscrição é de R$ 30,00 (trinta reais), que será confirmada somente

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO ATO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO ATO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO ATO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO PROCESSO SELETIVO/CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR EDITAL N 01/2015 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA

Leia mais

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos.

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos. PROVA UNIJUÍ Data 08 de fevereiro de 2015 (domingo) Modalidades e Horários Cursos EaD Prova da Unijuí (Redação) Início às 8h30min e término às 11h30min. Cursos Presenciais Prova da Unijuí (Redação e 40

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Concurso Público n.º 01/2015. Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ

MANUAL DO CANDIDATO. Concurso Público n.º 01/2015. Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ MANUAL DO CANDIDATO Concurso Público n.º 01/2015 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ Orientações e Instruções para a Realização das Provas 1. Do horário de comparecimento para a realização das

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016. Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC

PROCESSO SELETIVO 2016. Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC PROCESSO SELETIVO 2016 Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC O DayHORC, através de sua Comissão do Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia (CPTMO/DayHORC), no uso de suas atribuições,

Leia mais

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO PARANÁ COMISSÃO DE ESPECIALIZAÇÃO COESP EDITAL Nº. 03/2015 CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO 2015

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO PARANÁ COMISSÃO DE ESPECIALIZAÇÃO COESP EDITAL Nº. 03/2015 CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO 2015 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO PARANÁ COMISSÃO DE ESPECIALIZAÇÃO COESP EDITAL Nº. 03/2015 CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO 2015 A Comissão de Especialização do Hospital da Cruz Vermelha

Leia mais

Município de Nepomuceno

Município de Nepomuceno Município de Nepomuceno ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 Pedreiro Organizadora: CARGO: PEDREIRO Texto Novo álbum de família Casamento formal e família já não são quase sinônimos, o primeiro

Leia mais

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Ordem dos Advogados do Brasil VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO DIREITO TRIBUTÁRIO PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA 1.0 A Prova Escrita será realizada somente na cidade de Cuiabá, no dia 18 de setembro de 2011 (domingo), das 08h00min as 13h00min (Horário de Cuiabá/MT). Local: Universidade

Leia mais

Município de Cantagalo

Município de Cantagalo Município de Cantagalo ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 Operador de Máquinas TARDE Organizadora: CARGO: OPERADOR DE MÁQUINAS Texto Quem lê muito pode tornar-se um bom leitor, não necessariamente

Leia mais

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL

PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Ordem dos Advogados do Brasil IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO DIREITO CIVIL PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de

Leia mais

02 De acordo com as ideias do texto, são características da água, EXCETO: A) Desperdiçada. B) Santificada. C) Prática. D) Poluída. E) Essencial.

02 De acordo com as ideias do texto, são características da água, EXCETO: A) Desperdiçada. B) Santificada. C) Prática. D) Poluída. E) Essencial. CARGO: PEDREIRO Texto Água, cultura e civilização Misteriosa, santificada, purificadora, essencial. Através dos tempos, a água foi perdendo o caráter divino ressaltado na mitologia e na religiosidade dos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO EDITAL Nº 02/2014 CONVOCAÇÃO PARA REALIZAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 EDITAL Nº 01/2014 DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CUIABÁ INGRESSO EM 2015/1

EDITAL Nº 01/2014 EDITAL Nº 01/2014 DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CUIABÁ INGRESSO EM 2015/1 CUIABÁ CUIABÁ CUIABÁ CUIABÁ UNIDADE PARCELAS MENSALIDADE (R$) TURNO VAGAS DURAÇÃO DO CURSO EDITAL Nº 01/2014 EDITAL Nº 01/2014 DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CUIABÁ INGRESSO EM 2015/1

Leia mais

HOSPITAL DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO PARANÁ COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME EDITAL Nº. 02/2012

HOSPITAL DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO PARANÁ COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME EDITAL Nº. 02/2012 HOSPITAL DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO PARANÁ COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME EDITAL Nº. 02/2012 CONCURSO DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA 2012 A Comissão de Residência Médica do

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL CADERNO DE RASCUNHO Além deste caderno de rascunho, contendo o enunciado da peça prático-profissional e das quatro questões discursivas, você receberá do fiscal

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA A Fundação Dr. João Penido Burnier torna público a abertura de inscrições ao CONCURSO DE SELEÇÃO para o preenchimento de vagas da especialidade

Leia mais

MUNICÍPIO DE BARRA VELHA SANTA CATARINA

MUNICÍPIO DE BARRA VELHA SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE BARRA VELHA SANTA CATARINA CONCURSO PÚBLICO Mecânico de Máquina Pesada TARDE Organizadora: CARGO: MECÂNICO DE MÁQUINA PESADA Texto As angústias dos brasileiros em relação ao português são

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016 GMPL

EDITAL Nº 02/2016 GMPL a EDITAL Nº 02/2016 GMPL O Instituto Mirim de Pontes e Lacerda MT, através de seu Presidente Caio Henrique Moreira Roman, no uso de suas atribuições e sem discriminação de sexo, raça, credo religioso e

Leia mais

geografia Boa prova! 05/12/2010

geografia Boa prova! 05/12/2010 05/12/2010 geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

Município da Estância Balneária de Ubatuba/SP CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2014

Município da Estância Balneária de Ubatuba/SP CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2014 0 053300 003899 Município da Estância Balneária de Ubatuba/SP CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2014 Gari Tarde Organizadora: CARGO: GARI Texto para responder as questões de 01 a 08. Publicidade infantil: entenda

Leia mais

TORNA PÚBLICO O PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIJUÍ MODALIDADES PRESENCIAL E - NO 1º SEMESTRE DE

TORNA PÚBLICO O PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIJUÍ MODALIDADES PRESENCIAL E - NO 1º SEMESTRE DE EDITAL TORNA PÚBLICO O PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR PARA INGRESSO NOS DE GRADUAÇÃO DA UNIJUÍ MODALIDADES PRESENCIAL E EaD - NO 1º SEMESTRE DE 25. A Vice-Reitora de Graduação da Universidade Regional

Leia mais

Ajudante Geral TIPO 2 VERDE. Prefeitura do Município de Osasco. Concurso Público 2014. Prova escrita objetiva Nível Fundamental incompleto

Ajudante Geral TIPO 2 VERDE. Prefeitura do Município de Osasco. Concurso Público 2014. Prova escrita objetiva Nível Fundamental incompleto Prefeitura do Município de Osasco Concurso Público 04 Prova escrita objetiva Nível Fundamental incompleto Ajudante Geral TIPO VERDE Informações Gerais. Você receberá do fiscal de sala: a) este caderno

Leia mais

Edital do Processo Seletivo

Edital do Processo Seletivo Edital do Processo Seletivo EDITAL GERAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PRÉ UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL 2016 A prefeitura municipal de São Mateus do Maranhão, por meio da secretaria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG) COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR (COPEVE) FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO (FUNAI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG) COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR (COPEVE) FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO (FUNAI) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG) COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR (COPEVE) FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO (FUNAI) EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2010 UFMG/FUNAI A Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

EDITAL N 01/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE HERRERO INGRESSO 2016

EDITAL N 01/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE HERRERO INGRESSO 2016 EDITAL N 01/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE HERRERO INGRESSO 2016 Fica aberto o processo seletivo da Faculdade Herrero, para: Tecnologia em Segurança no Trabalho

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Cornélio Procópio-Pr Edital 002/ 2014 ABERTURA DE INSCRIÇÕES - PROCESSO SELETIVO 2014

Leia mais

PROEJA CADERNO DE QUESTÕES GESTÃO E NEGÓCIOS/ TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO/ TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA

PROEJA CADERNO DE QUESTÕES GESTÃO E NEGÓCIOS/ TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO/ TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 19/2014 CADERNO DE QUESTÕES PROEJA GESTÃO E NEGÓCIOS/ TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO/ TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE

Leia mais

Município de Astolfo Dutra/MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2015

Município de Astolfo Dutra/MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2015 0 058700 041526 Município de Astolfo Dutra/MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2015 Servente de Pedreiro Tarde Organizadora: CARGO: SERVENTE DE PEDREIRO Obesidade infantil Por Patrícia Lopes. A obesidade infantil

Leia mais

REGULAMENTO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE BACHAREL EM NUTRIÇÃO

REGULAMENTO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE BACHAREL EM NUTRIÇÃO REGULAMENTO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO DE BACHAREL EM NUTRIÇÃO A Comissão de Graduação em Nutrição (COMGRAD-NUT) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no uso

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato

PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato O cursinho pré-vestibular comunitário VestJr O cursinho pré-vestibular VestJr surgiu em 2003 seguindo a ideia já em curso da política de implementação de cursinhos

Leia mais

EDITAL PARA INGRESSO E BOLSAS INTEGRAIS E PARCIAIS DE ESTUDO PARA O ENSINO MÉDIO DO ANO LETIVO DE 2015.

EDITAL PARA INGRESSO E BOLSAS INTEGRAIS E PARCIAIS DE ESTUDO PARA O ENSINO MÉDIO DO ANO LETIVO DE 2015. EDITAL PARA INGRESSO E BOLSAS INTEGRAIS E PARCIAIS DE ESTUDO PARA O ENSINO MÉDIO DO ANO LETIVO DE 2015. A Direção do COLÉGIO SOPHOS torna público o presente Edital, através de seu site oficial e em mural

Leia mais

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA (PJT IC) ORIENTAÇÕES GERAIS

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA (PJT IC) ORIENTAÇÕES GERAIS PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA (PJT IC) ORIENTAÇÕES GERAIS 1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 O Programa Bolsa Jovens Talentos para a Ciência (PJT- IC) tem como objetivo proporcionar a formação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016-1º SEMESTRE Nº 008/2015

PROCESSO SELETIVO 2016-1º SEMESTRE Nº 008/2015 PROCESSO SELETIVO 2016-1º SEMESTRE Nº 008/2015 O Diretor da NOVA FACULDADE, Pablo Fernandes Bittencourt, faz saber aos interessados que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo do 1º Semestre

Leia mais

1.3. O resultado do Processo de Seleção ao ano letivo de 2016 é intransferível para a outra unidade do Sistema de Ensino Equipe.

1.3. O resultado do Processo de Seleção ao ano letivo de 2016 é intransferível para a outra unidade do Sistema de Ensino Equipe. EDITAL Nº 10/2015 Regulamento do Processo de Seleção de alunos para o Ano Letivo de 2016 Colégio Equipe, localizado na Av. Gentil Bittencourt, nº 706 O Sistema de Ensino Equipe torna públicas as normas

Leia mais

REDE DE ENSINO LFG. Leia com atenção as instruções a seguir: A força do Direito deve superar o direito da força

REDE DE ENSINO LFG. Leia com atenção as instruções a seguir: A força do Direito deve superar o direito da força REDE DE ENSINO LFG Simulado Exame de Ordem 2010.3 Coordenação Pedagógica OAB Marco Antonio Araujo Junior Darlan Barroso Leia com atenção as instruções a seguir: 1. Você está recebendo do fiscal de sala,

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE BOLSAS DE ESTUDO CAAPE/OAB-PE EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS PARA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESA/PE

SELEÇÃO PÚBLICA DE BOLSAS DE ESTUDO CAAPE/OAB-PE EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS PARA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESA/PE SELEÇÃO PÚBLICA DE BOLSAS DE ESTUDO CAAPE/OAB-PE EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS PARA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESA/PE A Caixa de Assistência aos Advogados de Pernambuco CAAPE/OAB/PE,

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO PENAL CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO PENAL CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO PENAL CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado da

Leia mais

Município de Carangola

Município de Carangola Município de Carangola ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 Agente Comunitário de Saúde CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Texto Mais Médicos atinge meta e leva 1.208 profissionais para

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO CIVIL CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado da

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais

Auxiliar de Serviços Gerais ASSOCIAÇÃO PARA VALORIZAÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AVAPE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº.001/2013 Auxiliar de Serviços Gerais TARDE Organizadora: 0000000069 CARGO: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS Texto Celulares

Leia mais

EDITAL FATEC SENAI Nº 02/2014

EDITAL FATEC SENAI Nº 02/2014 1 EDITAL FATEC SENAI Nº 02/2014 Processo Seletivo 2015 FATEC SENAI Campo Grande 1. Das disposições preliminares: 1.1 A Faculdade de Tecnologia SENAI Campo Grande, tendo em vista o disposto nas Leis nº

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA 1º SEMESTRE DE 2014 O Diretor da Faculdade de Medicina de Barbacena-FAME, torna público através do presente Edital a existência de vagas no curso de Medicina

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE SÃO PAULO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE SÃO PAULO DAS MISSÕES EDITAL Nº 001/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DAS MISSÕES A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DAS MISSÕES - RS, torna pública a abertura

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DOS ESTADOS DE RONDÔNIA E ACRE -CRF-RO/AC

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DOS ESTADOS DE RONDÔNIA E ACRE -CRF-RO/AC Edital nº02/2008 DO PROCESSO SELETIVO 02/2008 CRF/RO-AC DE 07 DE NOVEMBRO DE 2008 ABERTURA. A Presidente do Conselho Regional de Farmácia dos Estados de Rondônia e Acre, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

Manual do Candidato - Cursos Técnicos

Manual do Candidato - Cursos Técnicos Manual do Candidato - Cursos Técnicos APRESENTAÇÃO Os Cursos Técnicos oferecidos atendem a política da qualidade do SENAI-RS, sendo o Manual do Candidato instrumento de Orientação aos candidatos quanto

Leia mais

2. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 2.1 O processo de concessão de vagas do PSG dos cursos ofertados (Anexo I) é regido por este Edital.

2. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 2.1 O processo de concessão de vagas do PSG dos cursos ofertados (Anexo I) é regido por este Edital. EDITAL 020/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO DE ALUNOS NOS CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO HABILITAÇÃO - PARA O ANO LETIVO DE 2014 PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG O SERVIÇO

Leia mais

Instituto Suel Abujamra

Instituto Suel Abujamra Instituto Suel Abujamra Seleção de Candidatos para 1º ano de Residência Médica em Oftalmologia - 2015 Edital de Abertura de Inscrições O Instituto Suel Abujamra torna público a realização do processo seletivo

Leia mais

Fundação Leiria de Andrade

Fundação Leiria de Andrade Fundação Leiria de Andrade Seleção para o Curso de Especialização em Oftalmologia E d i t a l Nº 001/2011 A Fundação Leiria de Andrade, registrada no Conselho Nacional de Serviço Social sob o nº: 260.621

Leia mais

CAPÍTULO I DAS VAGAS E ÁREAS PARA ESTÁGIO

CAPÍTULO I DAS VAGAS E ÁREAS PARA ESTÁGIO PREFEITURA MUNICIPAL DE LENÇÓIS PAULISTA Praça das Palmeiras, 55 Fone (14) 3269-7000 Fax (14) 3269-7078 CEP 18682-900 Lençóis Paulista SP CNPJ: 46.200.846/0001-76 www.lencoispaulista.sp.gov.br PREFEITURA

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO(VESTIBULAR) 2014.1 FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO REGIONAL

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO(VESTIBULAR) 2014.1 FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO REGIONAL EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO(VESTIBULAR) 2014.1 FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO REGIONAL A FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO REGIONAL FADIRE faz saber aos interessados que no período

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SENAI 02/2013 INTERNO

PROCESSO SELETIVO SENAI 02/2013 INTERNO PROCESSO SELETIVO 02/2013 INTERNO O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Departamento Regional da Paraíba, torna pública a realização do Processo Seletivo Nº 02/2013 INTERNO destinado a selecionar

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO DO TRABALHO CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO DO TRABALHO CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO DO TRABALHO CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 13/2014 CADERNO DE QUESTÕES ADMISSÃO AO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 13/2014 CADERNO DE QUESTÕES ADMISSÃO AO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 13/2014 CADERNO DE QUESTÕES ADMISSÃO AO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Este texto serve de base para responder às questões 01 e 02. (Disponível

Leia mais

Perguntas Frequentes Vestibular de Medicina 2016/2º

Perguntas Frequentes Vestibular de Medicina 2016/2º Perguntas Frequentes Vestibular de Medicina 2016/2º 1) Qual o período de inscrição? Do dia 21/03/2016 ao dia 06/05/2016 até às 18h. 2) Qual o valor da inscrição? Do dia 21/03/2016 até o dia 29/04/2016,

Leia mais

1. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, ATRIBUIÇÃO E MANDATO

1. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, ATRIBUIÇÃO E MANDATO EDITAL N.º 02/2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente COMDICA, na forma da Resolução Nº 20/2015, por sua Comissão de Eleição, torna público que se encontra aberto o processo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 Estarão abertas, das 9h00min do dia 18 de setembro de 2015 às 18h00min do dia 20 de

Leia mais

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR Candidato: inscrição - nome do candidato Opção: código - nome / turno - cidade Local de Prova:

Leia mais

1 - DAS INSCRIÇÕES. 1.4 Portadores de necessidades especiais:

1 - DAS INSCRIÇÕES. 1.4 Portadores de necessidades especiais: 1 - DAS INSCRIÇÕES Cursos de Arquitetura e Urbanismo noturno, Administração noturno, Administração vespertino, Biomedicina noturno, Ciências Biológicas Bacharelado noturno, Ciências Biológicas Licenciatura

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA EDITAL DE SELEÇÃO A Coordenação do Curso de Especialização em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de suas atribuições, declara abertas as inscrições e estabelece as normas

Leia mais

FACULDADE MERIDIONAL - IMED Escola de Direito. OLIMPÍADA JURÍDICA 2 a Edição

FACULDADE MERIDIONAL - IMED Escola de Direito. OLIMPÍADA JURÍDICA 2 a Edição FACULDADE MERIDIONAL - IMED Escola de Direito OLIMPÍADA JURÍDICA 2 a Edição REGULAMENTO A Faculdade Meridional IMED, através da Escola de Direito, NUJUR e Projeto de Monitoramento dos Resultados Obtidos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO ESPECIAL ELEITORAL/2015 SÃO LEOPOLDO/RS

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO ESPECIAL ELEITORAL/2015 SÃO LEOPOLDO/RS PROCESSO DE ELEIÇÃO DOS CONSELHEIROS TUTELARES EDITAL Nº 05/2015 A Comissão Especial Eleitoral, no uso de suas atribuições que lhe confere a Lei Municipal n 8.258 de 26 de março de 2015, TORNA PÚBLICO

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos Técnico de Nível Médio em Enfermagem, Técnico de Nível Médio em Informática e Técnico de Nível Médio em Comércio Edital nº 001/2010 A Secretaria de Estado de

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976 EDITAL 2011 PROCESSO SELETIVO ISECC 2011 2º SEMESTRE 2 O Presidente da Fundação Educacional

Leia mais

Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964

Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964 Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964 http://noticias.terra.com.br/brasil/golpe-comecou-invisivel-diz-sobrinho-de-substitutode-jango,bc0747a8bf005410vgnvcm4000009bcceb0arcrd.html acesso em 31-03-2014

Leia mais

FUABC CENTRAL DE CONVÊNIOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 1/2013 PARA CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL, NÍVEL MÉDIO E NÍVEL SUPERIOR

FUABC CENTRAL DE CONVÊNIOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 1/2013 PARA CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL, NÍVEL MÉDIO E NÍVEL SUPERIOR 1. S,,, REMUNERAÇÃO E S COM REQUISITO DE NÍVEL FUNDAMENTAL 100 COPEIRA 6 18 R$ 1.088,81 101 AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS 4 12 40h / R$ 1.067,20 102 AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS 4 12 / R$ 960,48 S COM REQUISITO

Leia mais

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO PENAL CADERNO DE RASCUNHO

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO PENAL CADERNO DE RASCUNHO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO PENAL CADERNO DE RASCUNHO Além deste caderno de rascunho, contendo o enunciado da peça prático-profissional e das quatro questões discursivas, você receberá do fiscal

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE RECRUTAMENTO Nº 001/2016 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 012/2016

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE RECRUTAMENTO Nº 001/2016 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 012/2016 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE RECRUTAMENTO Nº 001/2016 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 012/2016 I. DO OBJETO DA CONTRATAÇÃO Contratação de TÉCNICO DE CAMPO para o Projeto Produção Sustentável em Áreas

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL 01 DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA/2012

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL 01 DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA/2012 DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL 01 DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA/2012 A DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A torna público através do presente EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA

Leia mais

EDITAL N 004/ 2015 DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS PPGBIOAGRO

EDITAL N 004/ 2015 DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS PPGBIOAGRO EDITAL N 004/ 2015 DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS PPGBIOAGRO EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA O Programa de Pós Graduação Strictu

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010/1 EDITAL Nº 9 IFRS Campus Sertão, DE 09 DE OUTUBRO DE 2009

PROCESSO SELETIVO 2010/1 EDITAL Nº 9 IFRS Campus Sertão, DE 09 DE OUTUBRO DE 2009 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus PROCESSO SELETIVO 2010/1 EDITAL Nº 9 IFRS Campus,

Leia mais

ODiretor da FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI, credenciada

ODiretor da FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI, credenciada ODiretor da FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI, credenciada pelo parecer CNE/CES41/2009, publicado no D.O.U. nº.38 de 26/03/2009, e pela Portaria Nº260 MEC, publicada no D.O.U de 24/03/2009, torna público,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO ISMART 2016 Projeto Bolsa Talento

EDITAL PROCESSO SELETIVO ISMART 2016 Projeto Bolsa Talento EDITAL PROCESSO SELETIVO ISMART 2016 Projeto Bolsa Talento O Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos (Ismart) é uma entidade privada, que tem por missão concretizar o pleno potencial

Leia mais

HOSPITAL DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO PARANÁ COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME EDITAL Nº. 02/2015

HOSPITAL DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO PARANÁ COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME EDITAL Nº. 02/2015 HOSPITAL DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO PARANÁ COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME EDITAL Nº. 02/2015 CONCURSO DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 A Comissão de Residência Médica do Hospital

Leia mais

EDITAL Nº 004/2016 1. CURSOS OFERECIDOS:

EDITAL Nº 004/2016 1. CURSOS OFERECIDOS: Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo seletivo.

O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo seletivo. DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO AUXILIAR ADMINISTRATIVO FUNÇÃO DESIGNER GRÁFICO (Grande São Paulo, Presidente Prudente e S.José do Rio Preto) O presente documento é uma divulgação oficial

Leia mais

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2 FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2 A Coordenação Acadêmica do Curso de Direito no uso de suas funções regulamentares e com aprovação do Núcleo

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA DE ACADÊMICOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DEVIDAMENTE CONVENIADAS COM

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as instruções a seguir: Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO SENAR/Administração Regional do Piauí EDITAL N.º 001 /2014

EDITAL DE SELEÇÃO SENAR/Administração Regional do Piauí EDITAL N.º 001 /2014 EDITAL DE SELEÇÃO SENAR/Administração Regional do Piauí EDITAL N.º 001 /2014 O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional do Piauí SENAR-AR/PI, inscrita no CNPJ: 04.191.107/0001-15,

Leia mais

1.1 A presente seleção tem por objetivo o provimento de bolsas de estudo para 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, no ano de 2016.

1.1 A presente seleção tem por objetivo o provimento de bolsas de estudo para 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, no ano de 2016. EDITAL Nº 01 Instituto LACOAN - 2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTAS A Senhora Ângela Cristina de Carvalho Viana, Diretora do Instituto LACOAN, no uso das suas atribuições legais torna público o processo

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL Nº 008, DE 09/10/2015. ANEXO IV CURSO INTENSIVO DE FORMAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL Nº 008, DE 09/10/2015. ANEXO IV CURSO INTENSIVO DE FORMAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL Nº 008, DE 09/10/2015. ANEXO IV CURSO INTENSIVO DE FORMAÇÃO O Curso Intensivo de Formação, de caráter eliminatório,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2/2015 A Diretoria Executiva do curso preparatório Galt Vestibulares, no uso de suas atribuições, torna pública e estabelece as normas e as condições de habilitação às vagas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES 2014/2

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES 2014/2 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD - PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR EM EMPREENDEDORISMO & INOVAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES

Leia mais

HORÁRIO DAS AVALIAÇÕES 2015

HORÁRIO DAS AVALIAÇÕES 2015 OBSERVAÇÕES E PROCEDIMENTOS EM DIAS DE AVALIAÇÃO 1) Solicitamos aos alunos que estejam na sala 10 minutos antes do horário marcado para o início das avaliações e que não a deixem sem assinar a lista, que

Leia mais

Unisa Universidade de Santo Amaro

Unisa Universidade de Santo Amaro 1 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS SUPERIORES, MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO, TURMAS DE AGOSTO 2012. A Magnífica Reitora da Universidade de Santo

Leia mais

Prova do Nível 1 (resolvida)

Prova do Nível 1 (resolvida) Prova do Nível (resolvida) ª fase 0 de novembro de 0 Instruções para realização da prova. Verifique se este caderno contém 0 questões e/ou qualquer tipo de defeito. Se houver algum problema, avise imediatamente

Leia mais