ESTÁGIO CURRICULAR II CUSTOMIZAÇÃO DO MICROVIX ERP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTÁGIO CURRICULAR II CUSTOMIZAÇÃO DO MICROVIX ERP"

Transcrição

1 RODRIGO LUÍS DOS SANTOS ESTÁGIO CURRICULAR II CUSTOMIZAÇÃO DO MICROVIX ERP EMPRESA: Microvix S/A SETOR: Desenvolvimento SUPERVISOR: Dalton Dhiergo Fernandes ORIENTADOR: Rebeca Schroeder CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC JOINVILLE SANTA CATARINA - BRASIL OUTUBRO 2009

2 2 APROVADO EM.../.../... Professora Rebeca Schroeder Mestrado em Ciência da Computação Professor Orientador Professor Rafael Rodrigues Obelheiro Doutorado em Engenharia Elétrica Professora Daniela Gorski Trevisan Doutorado em Ciências Aplicadas Dalton Dhiergo Fernandes Supervisor da CONCEDENTE

3 3 UDESC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - FEJ RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR FOLHA DE AVALIAÇÃO FINAL Carimbo da Empresa UNIDADE CONCEDENTE Razão Social: Microvix Software S/A CGC/MF: / Endereço: Avenida Hermann Augusto Lepper, 25 Bairro: Saguaçu CEP: Cidade:Joinville UF:SC Fone: (47) Supervisor: Dalton Dhiergo Fernandes Cargo: Gerente de Desenvolvimento ESTAGIÁRIO Nome : Rodrigo Luís dos Santos Matrícula: Endereço: Rua Procópio Ferreira, 54 Bairro: Costa e Silva CEP: Cidade:Joinville UF:SC Fone: (47) Curso de : Ciência da Computação Título do Estágio: Customização do Microvix ERP Período: 13/10/2009 a 04/12/2009 Carga horária: 25h semanais

4 4 AVALIAÇÃO FINAL DO ESTÁGIO PELO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS Representada pelo Professor de Estágio: Carlos Norberto Vetorazzi CONCEITO FINAL NOTA Rubrica do Professor de Estágio Excelente (9,1 a 10) Muito Bom (8,1 a 9,0) Bom (7,1 a 8,0) Regular (5,0 a 7,0) Reprovado (0,0 a 4,9) Local e data:

5 5 UDESC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - FEJ RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR AVALIAÇÃO DO ESTAGIÁRIO PELA EMPRESA Nome do Estagiário : Rodrigo Luís dos Santos QUADRO I a) AVALIAÇÃO NOS ASPECTOS PROFISSIONAIS Pontos 1 - QUALIDADE DO TRABALHO - Considerando o possível 2 - ENGENHOSIDADE - Capacidade de sugerir, projetar, executar modificações ou inovações. 3 - CONHECIMENTO - Demonstrado no desenvolvimento das atividades programadas. 4 - CUMPRIMENTO DAS TAREFAS - Considerar o volume de atividades dentro do padrão razoável 5 - ESPÍRITO INQUISITIVO - Disposição demonstrada para aprender 6 - INICIATIVA - No desenvolvimento das atividades SOMA Pontuação para o Quadro I e II Sofrível - 1 ponto, Regular - 2 pontos, Bom - 3 pontos, Muito Bom - 4 pontos, Excelente - 5 pontos. QUADRO II b) AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS HUMANOS Pontos 1 - ASSIDUIDADE - Cumprimento do horário e ausência de faltas 2 -.DISCIPLINA - Observância das normas internas da Empresa. 3 - SOCIABILIDADE - Facilidade de se integrar com os outros no ambiente de trabalho. 4 - COOPERAÇÃO - Disposição para cooperar com os demais para atender as atividades. 5 -SENSO DE RESPONSABILIDADE - Zelo pelo material, equipamentos e bens da empresa. SOMA

6 6 c) AVALIAÇÃO FINAL Pontos LIMITES PARA CONCEITUAÇÃO SOMA do Quadro I multiplicada De 57 a SOFRÍVEL por 7 SOMA do Quadro II multiplicada De 102 a REGULAR por 3 SOMA TOTAL De 148 a BOM De 195 a MUITO BOM De 241 a EXCELENTE Nome da Empresa: Microvix Software S/A Representada pelo Supervisor: Dalton Dhiergo Fernandes CONCEITO CONFORME SOMA TOTAL Rubrica do Supervisor da Empresa Local: Data : Carimbo da Empresa

7 7 UDESC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - FEJ PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR I ESTAGIÁRIO Nome: Rodrigo Luís dos Santos Matrícula: Endereço (Em Jlle): Rua Procópio Ferreira, 54 Bairro: Costa e Silva CEP: Cidade: Joinville UF: SC Fone: (47) Endereço (Local estágio): Avenida Hermann Augusto Lepper, 25 Bairro: Saguaçu CEP: Cidade: Joinville UF: SC Fone: (47) Regularmente matriculado no semestre: 7 Curso: Ciência da Computação Formatura (prevista) Semestre/Ano: 2010/1 UNIDADE CONCEDENTE Razão Social: Microvix Software S/A CGC/MF: / Endereço: Avenida Hermann Augusto Lepper, 25 Bairro: Saguaçu CEP: Cidade: Joinville UF: SC Fone: (47) Atividade Principal: Desenvolvimento de Software Supervisor: Dalton Dhiergo Fernandes Cargo: Gerente de Desenvolvimento DADOS DO ESTÁGIO Área de atuação: Desenvolvedor Departamento de atuação: Desenvolvimento Fone: (47) Horário do estágio: Seg e Qui: 08:30-12:30, 13:30-15:30, Ter: 12:00-15:00 Qua e Sex: 08:30-13:30 Total de horas do Estágio: 200h Período: 13/10/2009 a 04/12/2009 Total de horas semanais: 25h Nome do Professor Orientador: Rebeca Schroeder

8 8 Disciplina(s) simultânea(s) com o estágio Quantas: 4 Quais: SMU Sistemas Multimídia TOCI 06 Modelagem Geométrica TOCI 09 Interconexão de Redes TCC I Trabalho de Conclusão de Curso I OBJETIVO GERAL Desenvolver customizações no software ERP da empresa Microvix

9 9 ATIVIDADES OBJETIVO ESPECÍFICO HORAS Treinamento da linguagem de programação C# e do framework WPF Adquirir conhecimentos sobre utilização, técnicas e ferramentas usadas para o desenvolvimento de soluções standalone utilizando a linguagem C# e o framework WPF para desenvolvimento de GUIs 55h Treinamento Microvix ERP, Nível 2 em Adquirir conhecimentos avançados sobre os módulos que compõem o produto principal da empresa, aprofundando os conceitos já abordados no nível 1. 30h Treinamento Qualidade(ISO 9001) em Adquirir os conhecimentos necessários sobre a política de qualidade da empresa, bem como os processos envolvidos para tal, principalmente as normas que regem os trabalhos de laboratório e área de atuação. 10h Avaliação Técnica e Comportamental Verificar o que está sendo realizado pelo estagiário, identificar o que necessita ser realizado e como está o desempenho do mesmo. 5h Desenvolvimento de Customizações Desenvolver customizações como melhorias na interface, adaptação de uma rotina ao método de trabalho de um cliente específico, implementação de novas funcionalidades entre outras; Efetuar customizações em aplicativos que necessitam de alterações observadas pelo analista de sistema e/ou usuários. 100h

10 10 Rubrica do Rubrica do Rubrica do Rubrica do Professor Comitê de Coordenador Supervisor Orientador Estágios de Estágios da Empresa Data: Data: Data: Data: Carimbo da Empresa CRONOGRAMA FÍSICO E REAL PERÍODO (10 h) ATIVIDADES PR 0 Treinamento da linguagem de programação C# e do framework WPF Treinamento da linguagem de programação C# e do framework WPF Treinamento em Microvix ERP, Nível 2 Treinamento Qualidade(ISO 9001) em P R P R P R X X X X X X X X X X X X X X X X X X Avaliação Técnica e P X comportamental R X Desenvolvimento de P X X X X X X X X X X Customizações R X X X X X X X X X X X X 1 0 X

11 11 AGRADECIMENTOS Meus agradecimentos são para todas as pessoas que me auxiliaram tanto dentro quanto fora da empresa. Agradeço o apoio de meu supervisor de estágio, Dalthon Dhiergo Fernandes, meu analista de sistemas e meu tutor, Marcos Alexandre Sedrez, minha orientadora, Rebeca Schroeder, toda a equipe Microvix que me proporcionou essa experiência tão agradável e por fim, com destaque, agradeço a todos os meus familiares e a minha namorada, Luana Cane, que me apoiou e me ajudou desde o início.

12 12 SUMÁRIO SUMÁRIO... XII LISTAS DE FIGURAS... XIII LISTA DE SIGLAS... XIV RESUMO... XV INTRODUÇÃO OBJETIVOS Geral Específicos JUSTIFICATIVA ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO A EMPRESA HISTÓRICO PRINCIPAIS PRODUTOS PRINCIPAIS CLIENTES DESENVOLVIMENTO AGRUPAMENTO DE PRÉ-VENDAS UNIFICAÇÃO DO PROCESSO DE FATURAMENTO DO B2C COM O DO ERP GERAÇÃO DE FATURAS NO MICROVIX POS CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS... 17

13 13 LISTAS DE FIGURAS Figura 1: Principais clientes da Microvix Software S/A...5 Figura 2: Agrupamento de vendas...9

14 14 Lista de Siglas ASP B2C BI ERP ISO POS SFA WPF Active Server Pages Business to Consumer Business Intelligence Enterprise Resource Planning International Organization for Standardization Point of Sale Sales Force Automation Windows Presentation Foundation

15 15 RESUMO O estágio foi realizado na empresa Microvix Software S/A, pioneira no desenvolvimento de software ERP (Enterprise Resource Planning) voltado à plataforma WEB, mas que conta com alguns módulos offlines. Durante o período de estágio, foram realizadas atividades de treinamento e desenvolvimento de customizações para o sistema ERP da empresa, dando continuidade ao trabalho desenvolvido durante o período do Estágio Curricular I. Os treinamentos realizados abrangeram a política de qualidade interna da empresa e as normas de qualidade ISO 9001 [NMX 2008], e em um segundo momento, as linguagens de programação necessárias para o desenvolvimento das customizações planejadas. As customizações envolveram o ERP e os módulos de B2C (business-to-customer) e POS (Point of Sales), tendo focos distintos. Algumas tiveram como objetivo agregar valor ao sistema, incluindo funcionalidades interessantes ao usuário final, outras tiveram como foco adaptar o sistema a novas regulamentações fiscais.

16 1 INTRODUÇÃO 1.1. OBJETIVOS Geral Desenvolver customizações no software ERP da empresa Microvix Específicos As atividades realizadas na empresa seguem uma seqüência lógica de absorção de conhecimentos necessários e desenvolvimento de soluções diversas, como segue: -Treinamento nas normas internas de qualidade, estipuladas de acordo com as exigências da norma ISO Treinamento nas linguagens de programação utilizadas pela empresa no desenvolvimento de suas soluções. - Estudo sobre as necessidades a serem implantadas na empresa e desenvolvimento das soluções para tais necessidades JUSTIFICATIVA As customizações desenvolvidas ao longo do estágio curricular tem por objetivo suprir necessidades dos usuários do sistema. Algumas destas necessidades são apontadas pelos próprios usuários, que tem um canal de comunicação aberto e transparente com a empresa através do departamento de suporte. Já outras customizações originam-se de novas leis impostas nos diferentes estados brasileiros em que a Microvix está inserida. Existem casos ainda, em que a customização é idealizada

17 2 pela própria equipe da empresa, ao visualizar possibilidades de melhor atender às necessidades do cliente de maneiras que até ele mesmo desconhece. Com estas customizações, espera-se melhorar o sistema com um todo, levando em consideração o padrão de usabilidade já estabelecido no sistema. Ou seja, a idéia é que ao gerar novas rotinas ou alterar as já existentes, a organização das informações, esquema de cores entre outros aspectos sejam preservados, minimizando o esforço cognitivo necessário para a utilização do sistema ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO Este trabalho é divido, em sua essência, em quatro partes principais. Inicialmente são apresentados os elementos pré-textuais, contendo resumo, e uma introdução com os objetivos gerais e específicos deste relatório. No capítulo 2 é apresentado um histórico da empresa onde foi realizado o estágio, relatando sua área de atuação e descrevendo suas principais soluções. No capítulo 3 são descritas as atividades realizadas no período de estágio na empresa. Essa descrição visa informar como os processos de aprendizado e produção, relacionados no plano de estágio e nesse documento, foram realizados. Por fim, nas considerações finais são apresentadas as dificuldades encontradas, além da contribuição do estágio para a carreira profissional e para a empresa.

18 3 2. A EMPRESA 2.1. HISTÓRICO Fundada em 1998 por Hugo Fabiano Cordeiro e Flávio Benke, a empresa Microvix teve como primeiro objetivo o desenvolvimento de um software de baixo custo contendo apenas recursos essenciais para gestão de negócios. Esse software recebeu o nome de Gestor, o qual rodava sobre a plataforma MS-DOS. No final do ano de 1998, com o rompimento da sociedade, Priscila Cristier Fernandes Cordeiro assumiu o lugar de Flávio Benke e com isso, a empresa mudou seu foco de atuação para gestão empresarial. Em dois anos a empresa já possuía 20 clientes e conseqüentemente, a demanda por recursos do sistema aumentou. Assim, o software, inicialmente desenvolvido em Clipper, não atendendo as exigências do mercado, passou por uma reestruturação, incluindo mudança de plataforma. Com a tendência mundial focada no uso da Internet, a empresa optou pelo desenvolvimento de um sistema voltado exclusivamente à Web. Esse sistema foi desenvolvido em ASP (Active Server Pages), lançado em 2001 com o nome de MicrovixERP. Foi o primeiro sistema ERP brasileiro desenvolvido totalmente baseado na Web. Com as qualidades de agilidade e versatilidade, conquistou uma ampla gama de clientes, resultando em um rápido crescimento da empresa. Em 2006, a Microvix se transformou em uma sociedade de ações, denominada Microvix Software S/A. Para garantir qualidade em meio ao rápido crescimento alcançado, a Microvix Software S/A buscou atender as exigências de qualidade da ISO 9001 e hoje é certificada pelo órgão. Com esse controle de qualidade, a empresa conquistou diversos prêmios. Em 2004, foi finalista do prêmio Talentos Empreendedores. Em 2005, foi campeã desse mesmo prêmio e ainda participou do Prêmio Finep de Inovação Tecnológica. Em 2006, recebeu reconhecimento nacional de qualidade, produtividade e competitividade (MQ, 2008).

19 PRINCIPAIS PRODUTOS Mantendo o foco em gestão empresarial e desenvolvimento baseado na Web, a Microvix Software S/A possui três softwares. O principal deles é o MicrovixERP que será apresentado nesse capítulo, seguido por outros dois sistemas, o MicrovixSFA e o MicrovixBI MicrovixERP Lançado em 2001, sendo o primeiro software ERP brasileiro totalmente baseado na Web, o MicrovixERP, desenvolvido na plataforma ASP, mudou a dinâmica de negociação de um software de gestão empresarial. A utilização de um modelo baseado na Web faz com que o cliente não precise ter equipes de TI em sua empresa. A manutenção e hospedagem do sistema fica a cargo da Microvix Software S/A e, com isso, pequenas e médias empresas têm a possibilidade de utilizar esse sistema devido ao seu baixo custo de implantação. Outro destaque do sistema é a portabilidade, onde o cliente pode utilizar os recursos do software onde quer que esteja, apenas sendo necessário a conexão com a Internet e um computador convencional. Apresentando todos os recursos de um sistema ERP convencional, o MicrovixERP é dividido em vários módulos. Com isso sua utilização se torna bastante sugestiva e agradável, fazendo do sistema uma importante opção no mercado de software ERP MicrovixSFA O MicrovixSFA é um sistema que permite maximizar a produtividade e o gerenciamento do processo de vendas. Através de dispositivos móveis com conexão à Internet, o vendedor possui acesso a todas as informações necessárias para realizar seu trabalho de forma eficiente e dinâmica. Os principais recursos disponíveis pelo sistema são a consulta de lista de preços, colocação de pedidos, condições de pagamentos, saldos em estoque, relação de produtos, agenda e histórico de clientes. O sistema ainda permite duas formas de transferência de dados, a transferência em tempo real (on-line) ou a transferência via sincronização periódica (off-line). Assim sendo, esse software possibilita o uso de sistemas corporativos de forma móvel.

20 MicrovixBI O MicrovixBI Microvix Business Intelligence é um software destinado à tomada de decisões. Por meio de indicadores, com a utilização de recursos como a análise de Pareto, Ranking, envio de alertas e associação de gráficos, o usuário pode agilizar o processo de obtenção de repostas. As informações obtidas por meio do sistema auxiliam a compreensão do estado atual do negócio de forma totalmente dinâmica e flexível PRINCIPAIS CLIENTES Possuindo os diferenciais anteriormente citados em seus sistemas, a Microvix Software S/A possui uma ampla gama de clientes. Desses, destacam-se os mostrados na Figura 1. Figura 1 Principais Clientes da Microvix Software S/A

21 6 3. DESENVOLVIMENTO Neste capítulo serão descritas, de maneira sucinta, as atividades desenvolvidas durante o período de estágio. Como dito anteriormente, o foco do estágio é a customização do Microvix ERP. Durante tal período, foram desenvolvidas inúmeras customizações, predominantemente de pequeno porte. Para entendê-las, faz-se necessária uma sucinta explanação sobre o fluxo de trabalho do Microvix ERP. O Microvix ERP é feito de maneira a prover uma abstração quanto ao fluxo de trabalho, de forma a facilitar sua implantação em diferentes ramos da indústria e varejo. Atualmente a carta de clientes da Microvix vai desde lojas de óculos até estúdios fotográficos. Portanto, apesar de cada ramo específico ter o seu próprio ciclo de atividades, o Microvix ERP baseia o fluxo de trabalho no desenvolvimento de Ordens de Serviço (daqui em diante referenciadas pela sigla OS ). Por exemplo, para um estúdio fotográfico, uma OS pode significar o tratamento de uma imagem e sua impressão. Já para uma empresa de desenvolvimento de software como a própria Microvix, a correção de um bug ou a implementação de uma nova funcionalidade podem representar uma OS. Obviamente, por atuar em ramos tão distintos, é comum o Microvix ERP necessitar implementação de funcionalidades específicas para atender um ramo em especial. Um aspecto importante é que o ERP vem com uma gama de módulos opcionais acoplados, sendo um deles o módulo B2C, também conhecido como módulo de loja virtual, que proporciona ao varejista uma loja virtual de fácil configuração que cria um canal direto do cliente ao fornecedor. Outro módulo que foi alvo de customizações foi o Microvix POS. Este é um módulo que roda localmente para utilização por caixas e vendedores, homologado pela Receita federal. O módulo é offline pois existem diversas restrições fiscais quanto a qualquer sistema informatizado para impressão de cupons fiscais. Atualmente, a Microvix conta com três soluções para frente de loja, são elas: POS, Frente de Loja e PDV. Futuramente, os dois últimos serão descontinuados, concentrando todas as atividades de frente de loja no POS.

22 7 Para realizar as customizações acima mencionadas, foi necessário um período de treinamento nas tecnologias a serem utilizadas. O treinamento em ASP, Javascript e SQL Server ocorreu no período do estágio curricular I, que são as linguagens utilizadas no Microvix ERP e Microvix B2C. Contudo, foi necessário treinamento na utilização da linguagem C# e do framework WPF para desenvolvimento de customizações do POS. A metodologia dos treinamentos técnicos dos dois períodos de estágio consistiu da leitura de livros e guias digitais, além da realização de testes e exercícios com o auxílio da infraestrutura da empresa. Os demais funcionários da empresa também auxiliaram nesta etapa, compartilhando o conhecimento que adquiriram ao longo dos anos. Para o treinamento do período do estágio curricular II, em especial, foram consultados: Professional SQL Server 2005 Integration Services (Programmer to Programmer) (Professional SQL Server 2005 Integration Services, 2006) para aprendizado do SQL Server 2005, Dominando o Visual Studio.Net com C# (Dominando o Visual Studio.Net com C#, 2005) para treinamento em C# e por fim, o guia digital do WPF (WPF, 2009) para conhecimento do framework WPF. Durante os treinamentos técnicos ficou evidente a importância dos conceitos aprendidos ao longo do curso. O conceito de Join de tabelas, abordado na disciplina Bancos de Dados II, é utilizado em quase todas as consultas do sistema. As estruturas de controle e repetição estudadas na disciplina Linguagem de Programação I também se mostraram cruciais. Outros conceitos abordados nas referidas disciplinas e também em outras também se mostraram importantes, mas com menor destaque. Outro treinamento realizado foi em Microvix ERP, nível 2. O treinamento ocorreu na Academia Microvix, com uma cópia do sistema disponível para testes e uma apostila entitulada Microvix ERP Nível 2 (ERP Nível, 2008). Por fim, aconteceu um treinamento sobre normas de qualidade internas e/ou exigidas pela ISO. Estas normas regem o fluxo de trabalho no laboratório, além de dar uma visão geral sobre o funcionamento da empresa como um todo (MQ, 2008). Como dito anteriormente, o ERP e o B2C são módulos online, acessados via browser. Para desenvolvimento nestas soluções são necessárias as linguagens ASP e Javascript. Já para o módulo POS, é necessária a utilização de alguma linguagem de programação que rode localmente. No caso, a escolhida foi a linguagem C#, da

23 8 Microsoft (bem com o ASP) (VISUAL C#, 2009). Contudo, para minimizar o esforço e maximizar a produtividade, o Microvix POS foi desenvolvido com o auxílio do framework WPF (Windows Presentation Foundation) para geração de interfaces gráficas funcionais agradáveis ao usuário (WPF, 2009). Durante o percurso do estágio foram realizadas inúmeras customizações nos já mencionados módulos, das quais três foram de tamanho e complexidade significativas e serão detalhadas abaixo. Detalhamento este que sempre será precedido por uma breve explicação do contexto no qual a customização está inserida Agrupamento de pré-vendas Para entender esta customização, é necessário antes ter um entendimento básico do fluxo de vendas frente de loja. Basicamente, vendedores iniciam uma pré-venda pelo frente de loja, agregando produtos e/ou serviços. Por exemplo, em uma loja de produtos esportivos, como a Tennis Training, chuteiras, bolas e camisetas podem ser agregadas à pré-venda por um vendedor. Já numa Clínica de Depilação, como é o caso da Depyl, que foi quem requisitou esta customização, os depiladores agregam serviços como depilação de perna ou buço ou mesmo produtos como cremes faciais à pré-venda. Uma vez que o cliente não deseja mais agregar produtos e/ou serviços à prévenda, ele dirige-se ao caixa para finalização da pré-venda, isto é, transformação da prévenda em uma venda. É exatamente neste ponto, na finalização da pré-venda, que se encontra a presente customização. Na Depyl, cliente em implantação do Microvix ERP, é comum mães e filhas, por exemplo, irem à clínica de depilação juntas. Neste caso, cada depilador abrirá uma pré-venda distinta, agregando os produtos e/ou serviços que o cliente desejar. Contudo, na hora de finalizar a pré-venda, um dos clientes deseja pagar pelas duas (ou mais) prévendas. No entanto, se por exemplo, uma mãe levar suas duas filhas à clínica e opta por pagar com cartão de crédito, será necessário passar o cartão três vezes, o que alteraria o

24 9 fluxo de trabalho que a empresa utilizava antes de implantar o Microvix ERP, além de tornar o processo incômodo ao cliente final. Com base nisso, foi idealizada uma rotina de agrupamento de pré-vendas, onde duas ou mais pré-vendas podem ser agrupadas, podendo ser pagas por um único cliente de uma só vez. A Figura 2 demonstra a tela de listagem de vendas em aberto, já com a customização implementada. Nela, pode-se observar a presença de um checkbox para cada pré-venda e um botão Agrupar no fim da tela. Quando o usuário seleciona mais de uma pré-venda e clica no botão Agrupar, ele é redirecionado para a página de escolha do cliente preferencial, que é quem vai pagar pelas pré-vendas. As validações citadas são feitas com auxílio do Javascript, que roda localmente no browser do usuário, na própria página de agrupamento. Uma validação extra é feita na página de escolha do cliente preferencial, desta vez via ASP rodando no servidor, uma vez que o Javascript pode ser desabilitado na máquina do usuário, tornando a linguagem menos confiável do que o ASP. Basicamente, a validação Javascript pega a referência da lista de pré-vendas a partir do identificador da lista, utilizando document.getelementbyid(identificador). Em seguida, as linhas da lista são percorridas uma a uma, para que seja verificado se de fato duas ou mais pré-vendas foram selecionadas. Selecionadas as pré-vendas a serem agrupadas e o cliente que pagará por elas, a rotina atualiza os registros de maneira que as pré-vendas originem apenas uma venda. É vital, no entanto, garantir que algumas informações não serão perdidas/alteradas. É o caso da informação do vendedor que realizou os serviço e/ou vendeu os produtos. Isto ocorre pois, não raro, os usuários do sistema trabalham com comissionamento. Dessa forma, perder a informação de quem realizou tal venda implicaria na perda da comissão por parte de um vendedor, o que obviamente não seria aceitável. As atualizações no banco de dados, bem como as leituras, são realizadas na linguagem ASP com o auxílio do objeto ADO.RecordSet (W3SCHOOLS, 2009), que é amplamente utilizado no Microvix ERP e em qualquer outro módulo que utilize o ASP como linguagem de programação, em conjunto com o SQL Server (SQL SERVER 2000 BOOKS ONLINE, 2009), banco rodado em todas as aplicações web da Microvix.

25 10 Um ponto importante da referida atualização no banco de dados é que deve-se alterar o mínimo possível de informações, para que a venda originada de pré-vendas agrupadas seja o mais semelhante possível às vendas comuns. O objetivo disso é não ter que alterar todas as rotinas que trabalham com vendas, como relatórios de faturamento, pagamento de faturas entre outras. Por fim, após atualizados os registros e feito o agrupamento, o usuário é redirecionado para a tela de finalização de pré-venda normalmente, contando com todos os recursos disponíveis na finalização de vendas não agrupadas. Figura 2. Agrupamento de Pré-vendas 3.2. Unificação do processo de faturamento do B2C com o do ERP Assim como a customização citada acima, para o entendimento desta é necessário antes um entendimento básico do B2C e de sua integração com o ERP. De maneira geral, os produtos cadastrados no ERP, marcados como disponíveis na loja virtual, são sincronizados com a base de dados do B2C. Com mais algumas configurações, como planos de pagamento disponíveis no B2C, a loja virtual está pronta para utilização. Os pedidos feitos nesta, são sincronizados com o ERP, por onde são faturados. O processo de faturamento engloba uma série de atividades, são elas: 1. Baixa do produto no estoque.

26 11 2. Lançamento das faturas. 3. Lançamentos contábeis. 4. Geração de nota fiscal. Este processo é sempre o mesmo, independente de qual a rotina que está gerando o faturamento. A única diferença que pode ocorrer é que faturas são geradas apenas quando o pagamento não é à vista. Contudo, todos os pedidos do B2C são considerados como não sendo à vista, mesmo que o cliente opte por um plano de pagamento de 1x no cartão, por exemplo, pois mesmo estes ainda significam apenas o direito de receber uma quantia em dinheiro. Até o momento em que esta customização foi realizada, o processo de faturamento de pedidos do B2C acontecia em uma rotina especial para tal. Isto significava que qualquer alteração fiscal que ocorresse em rotinas de faturamento teriam que ser implementadas tanto na rotina de faturamento do ERP quanto na exclusiva do B2C. Outro inconveniente era que a rotina de faturamento do B2C era muito menos elaborada, o que não condizia com a necessidade de alguns clientes do Microvix B2C. Observou-se então, a possibilidade de resolver ambos os problemas com uma solução relativamente simples e que ao mesmo tempo aumentaria a manutenibilidade futura da rotina. A idéia básica era a de integrar as rotinas em uma só, fazendo com que os pedidos gerados no B2C fossem faturados pelo ERP da mesma maneira que qualquer outro faturamento de saída de produtos. Num primeiro momento, o usuário acessa uma rotina que lista os pedidos não faturados que vieram do B2C. Em seguida, é necessário selecionar um pedido a ser processado. Neste momento, é lançada a tela de processamento de pedidos, que nada mais é do que o faturamento do pedido. Nesta, antigamente existiam informações contábeis, do frete, entre outras, para o cliente configurar como seria faturado o pedido. Foi necessário então, basicamente, retirar algumas dessas informações e capturar o pedido selecionado, redirecionando para a página de faturamento e enviando corretamente todos os parâmetros necessários para tal. A primeira dificuldade ocorreu no controle das janelas. Isto devido ao fato de que a listagem de pedidos do B2C é lançada em um popup, uma janela de tamanho reduzida que se abre, permitindo que o usuário siga seu trabalho na janela principal enquanto o relatório de pedidos abertos fica em paralelo. Para dificultar ainda mais, a página em

27 12 questão era composta de vários frames, que são espécies de quadros onde informações de um quadro podem ser atualizadas sem atualizar os demais. A idéia, ao se optar por faturar um pedido, era fechar o popup e direcionar a tela principal para a rotina de faturamento. Este direcionamento foi realizado com a utilização de Javascript [W3SCHOOLS]. Basicamente, foi utilizado o objeto parent, que é uma referência ao pai da janela atual. No caso da rotina de processamento de pedidos do B2C, o parent é a janela que abriu o popup. Com o objeto parent.location é possível direcionar a página principal para um novo endereço. Já para fechar o popup, foi utilizado document.close, um método que fecha a janela atual. Uma segunda dificuldade encontrada originou-se do desconhecimento por parte do estagiário da rotina de faturamento do ERP. Para se trabalhar com esta rotina, existem muitos parâmetros e regras especiais. Além disso, por se tratar de uma rotina tão importante do sistema e que, ao mesmo tempo, tem comportamentos tão distintos, dependendo de qual rotina originou o pedido sendo faturado, a customização deve ser precisa, de modo a garantir a integridade da rotina como um todo. Esta integridade foi observada ao faturar pedidos através da rotina velha e da nova, comparando os registros gerados no banco de dados e as notas fiscais emitidas. Foram realizados também faturamentos vindos de outras rotinas, para verificar se a customização não estava indevidamente interferindo em outras funcionalidades. 3.3 Geração de faturas no Microvix POS Microvix POS (Point of Sale) é uma aplicação rodada localmente, ao contrário dos demais módulos do Microvix ERP, que tem como objetivo a gerência do processo de venda. Este processo inicia-se com a escolha dos produtos e/ou serviços e é finalizado com o pagamento. O módulo só é offline devido a imposições fiscais do governo brasileiro, que obriga sistemas que imprimam cupons fiscais a rodarem localmente.

ESTÁGIO CURRICULAR I e II SISTEMA DE MONITORAMENTO DE TI EM SOFTWARE LIVRE

ESTÁGIO CURRICULAR I e II SISTEMA DE MONITORAMENTO DE TI EM SOFTWARE LIVRE FERNANDO RODRIGO NASCIMENTO GUSE i ESTÁGIO CURRICULAR I e II SISTEMA DE MONITORAMENTO DE TI EM SOFTWARE LIVRE EMPRESA: Globalmind Serviços em Tecnologia da Informação LTDA. SETOR: Infra Estrutura SUPERVISOR:

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO DO MÓDULO MICROVIX NF-E

ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO DO MÓDULO MICROVIX NF-E MARCOS VINICIUS KAPP ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO DO MÓDULO MICROVIX NF-E EMPRESA: Microvix S/A SETOR: Desenvolvimento SUPERVISOR: Dalton Dhiergo Fernandes ORIENTADOR: Salvador Antonio dos Santos

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR INTEGRAÇÃO DE BANCO DE DADOS MICROVIXERP

ESTÁGIO CURRICULAR INTEGRAÇÃO DE BANCO DE DADOS MICROVIXERP Bruno Luiz Corbani Garcia ESTÁGIO CURRICULAR INTEGRAÇÃO DE BANCO DE DADOS MICROVIXERP EMPRESA: Microvix SETOR: Banco de Dados SUPERVISOR: Dalton Dhiergo Fernandes ORIENTADOR: Alexandre Parra Silva Carneiro

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I e II CUSTOMIZAÇÃO MNT FROTA

ESTÁGIO CURRICULAR I e II CUSTOMIZAÇÃO MNT FROTA RAFAEL REINERT ESTÁGIO CURRICULAR I e II CUSTOMIZAÇÃO DO MNT FROTA EMPRESA: NG Informática SETOR: Desenvolvimento SUPERVISOR: Rafael Diogo Richter ORIENTADOR: Carlos Norberto Vetorazzi Júnior CURSO DE

Leia mais

GILMAR ARAUJO ESTÁGIO CURRICULAR I SUPORTE TI HOSPITALAR

GILMAR ARAUJO ESTÁGIO CURRICULAR I SUPORTE TI HOSPITALAR GILMAR ARAUJO ESTÁGIO CURRICULAR I SUPORTE TI HOSPITALAR EMPRESA: TRÍPLICE CONSULTORIA E SERVIÇOS LTDA. SETOR: INFORMÁTICA SUPERVISOR: RONALDO GUIZARDI ORIENTADOR: VILSON VIEIRA CURSO DE BACHARELADO EM

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR II SUPORTE E MONITORAMENTO

ESTÁGIO CURRICULAR II SUPORTE E MONITORAMENTO THALLES GRESCHECHEN ESTÁGIO CURRICULAR II SUPORTE E MONITORAMENTO EMPRESA: NEOGRID INFORMÁTICA S/A SETOR: SUPORTE E MONITORAMENTO SUPERVISOR: FÁBIO ROBERTO MENDES ORIENTADOR: PROF. GERSON VOLNEY LAGEMANN

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I E II INTEGRAÇÃO DE DADOS ENTRE SISTEMA ERP INFOSALFER E SAGA WMS

ESTÁGIO CURRICULAR I E II INTEGRAÇÃO DE DADOS ENTRE SISTEMA ERP INFOSALFER E SAGA WMS MURILO CARLOS CARDOSO ESTÁGIO CURRICULAR I E II INTEGRAÇÃO DE DADOS ENTRE SISTEMA ERP INFOSALFER E SAGA WMS EMPRESA: LOJAS SALFER S.A SETOR: TI SUPERVISOR: FABIO ADRIANO DACORREGIO MEIER. ORIENTADOR: VALMOR

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ESTÁGIO CURRICULAR NA OPENCORE TECNOLOGIA EM SOFTWARE

ESTÁGIO CURRICULAR I DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ESTÁGIO CURRICULAR NA OPENCORE TECNOLOGIA EM SOFTWARE BRUNO PEREIRA DAMASCENO ESTÁGIO CURRICULAR I DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ESTÁGIO CURRICULAR NA OPENCORE TECNOLOGIA EM SOFTWARE EMPRESA: OPENCORE TECNOLOGIA EM SOFTWARE SETOR: DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR DESENVOLVIMENTO DE CONTROLE DE ESTOQUE

ESTÁGIO CURRICULAR DESENVOLVIMENTO DE CONTROLE DE ESTOQUE VALTER JOSÉ ZIMMERMANN JÚNIOR ESTÁGIO CURRICULAR DESENVOLVIMENTO DE CONTROLE DE ESTOQUE EMPRESA: MALVA CONFECÇÕES IND. E COM. LTDA. SETOR: INFORMÁTICA SUPERVISOR: MARLUCE ZIMMERMANN ORIENTADOR: JORGE FERNANDES

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO E ADMINISTRAÇÃO DO BANCO DE DADOS

ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO E ADMINISTRAÇÃO DO BANCO DE DADOS Bruno Luiz Corbani Garcia ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO E ADMINISTRAÇÃO DO BANCO DE DADOS EMPRESA: Conceito W SETOR: Banco de Dados SUPERVISOR: Ademir da Cunha Junior ORIENTADOR: Edino Mariano

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Apresentação Análise Essencial Projeto Implantação do Sistema Treinamento Suporte Técnico

Apresentação Análise Essencial Projeto Implantação do Sistema Treinamento Suporte Técnico Apresentação Um projeto de informatização tem como principal função analisar as características da empresa e apontar os pontos onde são necessários controles informatizados, fazendo uma análise junto à

Leia mais

GILMAR ARAUJO ESTÁGIO CURRICULAR II ANÁLISE E SUPORTE EM TI HOSPITALAR

GILMAR ARAUJO ESTÁGIO CURRICULAR II ANÁLISE E SUPORTE EM TI HOSPITALAR GILMAR ARAUJO ESTÁGIO CURRICULAR II ANÁLISE E SUPORTE EM TI HOSPITALAR EMPRESA: TRÍPLICE CONSULTORIA E SERVIÇOS LTDA. SETOR: INFORMÁTICA SUPERVISOR: RONALDO GUIZARDI ORIENTADOR: VILSON VIEIRA CURSO DE

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Manual do Usuário. Vixen PDV

Manual do Usuário. Vixen PDV 1 Manual do Usuário Vixen PDV 2 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ENTRANDO NO SISTEMA 4 2.1 TELA LOGIN 4 2.2 CARGA DE TABELAS LOCAIS 4 3. MENU INICIAL 5 4. BARRA DE STATUS 6 5. ABRINDO O CAIXA 6 6. VENDA 7 6.1

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR II SUPORTE TÉCNICO AOS CLIENTES DO SISTEMA DATASUL BUSINESS INTELLIGENCE

ESTÁGIO CURRICULAR II SUPORTE TÉCNICO AOS CLIENTES DO SISTEMA DATASUL BUSINESS INTELLIGENCE KÁTIA CRISTINA CARDOSO ESTÁGIO CURRICULAR II SUPORTE TÉCNICO AOS CLIENTES DO SISTEMA DATASUL BUSINESS INTELLIGENCE EMPRESA: Futura Soluções em Finanças Ltda. SETOR: Assistência Técnica - Suporte SUPERVISOR:

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

Manual do sistema Lojamix PDV

Manual do sistema Lojamix PDV Manual do sistema Lojamix PDV Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...3 LISTA DE Siglas...4 Primeiros passos...5 Acessando o ambiente de configuração...5 Acessando

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1 Manual de Operação do SIMPLES 1 MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. Manual de Operação do SIMPLES 2 A Empresa A ASP Desenvolvimento de Softwares

Leia mais

Evandro sistemas comerciais e web.

Evandro sistemas comerciais e web. Evandro sistemas comerciais e web. Sistema de Gerenciamento Comercial. Contatos: Site: www.evandropf.ubbi.com.br e-mail: acraseado@yahoo.com.br msn: evanf@bol.com.br Tel. (19)9212-7827 O Sistema Este sistema

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166 Sistema Nota Já Este manual tem por objetivo apresentar o sistema NotaJá a fim de auxiliar o usuário com todos os processos de cadastro, lançamentos de notas, cancelamentos, inutilizações, notas complementares

Leia mais

Soluções de Tecnologia da Informação

Soluções de Tecnologia da Informação Soluções de Tecnologia da Informação Software Corporativo ERP ProdelExpress Diante da nossa ampla experiência como fornecedor de tecnologia, a PRODEL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO oferece aos seus clientes

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

Síntese de fluxo de máquinas e implementos

Síntese de fluxo de máquinas e implementos Síntese de fluxo de máquinas e implementos Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Objetivo... 3 Parâmetros para utilização do processo... 3 Cadastro

Leia mais

Relação das Novidades Implementadas na Versão 2.9 do Sistema SankhyaW - Setembro/2011

Relação das Novidades Implementadas na Versão 2.9 do Sistema SankhyaW - Setembro/2011 Relação das Novidades Implementadas na Versão 2.9 do Sistema SankhyaW - Setembro/2011 Suporte à integração com Imobilizado nos Portais Agora as centrais estão integradas com o Imobilizado, logo é possível

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I e II PROCESSO DE TESTES NO MICROVIX ERP

ESTÁGIO CURRICULAR I e II PROCESSO DE TESTES NO MICROVIX ERP LUCIANA REGINA MORES ESTÁGIO CURRICULAR I e II PROCESSO DE TESTES NO MICROVIX ERP ŀ EMPRESA: MICROVIX SOFTWARE S/A SETOR: DESENVOLVIMENTO SUPERVISOR: PEDRO GABRIEL DE FIGUEIREDO ROSA ORIENTADOR: FABIANO

Leia mais

1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp)

1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp) SUMÁRIO 1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp)... 3 2 REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA... 4 3 ACESSO AO SISTEMA (ATORES: TRANSPES/ CLIENTE)... 5 4 PRIMEIROS PASSOS (CADASTROS)... 7 4.1 Cadastros de

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

CAIO CÉSAR MAYER. ESTÁGIO CURRICULAR I e II DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB EM C#.NET

CAIO CÉSAR MAYER. ESTÁGIO CURRICULAR I e II DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB EM C#.NET CAIO CÉSAR MAYER ESTÁGIO CURRICULAR I e II DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB EM C#.NET EMPRESA: SELBETTI GESTÃO DE DOCUMENTOS SETOR: DESENVOLVIMENTO SUPERVISOR: FABIANO PAUL ORIENTADOR: JORGE MANUEL LAGE

Leia mais

LSoft SGC Gestão Empresarial

LSoft SGC Gestão Empresarial LSoft SGC Gestão Empresarial O LSoft SGC é um sistema de gestão dinâmico, eficiente e flexível idealizado para atender diversos segmentos de indústrias, comércios e serviços. O objetivo principal é tornar

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

NeXT ERP Sistema de gestão empresarial A solução integrada e eficiente para sua empresa

NeXT ERP Sistema de gestão empresarial A solução integrada e eficiente para sua empresa Gerencie facilmente seu negócio com o NeXT ERP O que é o NeXT Software? - Um avançado software integrado capaz de automatizar e integrar os processos de negócio de sua empresa - Possibilita que as informações

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Módulo Cadastro SIGLA Digital Relação de Controles de Acesso Página 1 de 22 Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Agenda Telefônica Cadastro simplificado de telefones. Tem

Leia mais

SISTEMAS CORPORATIVOS

SISTEMAS CORPORATIVOS SISTEMAS CORPORATIVOS ERPEnterprise Resource Planning Saúde Hospitais Clínicas Consultórios Medicina Diagnóstica Laboratorial Medicina Diagnóstica Imagem Projetado com módulos que se comunicam entre si,

Leia mais

3 a Lista de Exercícios

3 a Lista de Exercícios Engenharia de Requisitos 3 a Lista de Exercícios (1) Em relação ao levantamento e análise de requisitos, faz-se a seguinte afirmação: Os requisitos de sistema devem ser capturados, documentados e acordados

Leia mais

Av. Santos Dumont, 505 - Sala 203 Londrina-PR CEP 86039-090 Tel.: 43 3029 4544 e-mail: comercial@arandusistemas.com.br Site:

Av. Santos Dumont, 505 - Sala 203 Londrina-PR CEP 86039-090 Tel.: 43 3029 4544 e-mail: comercial@arandusistemas.com.br Site: ARANDU SISTEMAS O objetivo principal da Arandu é oferecer ferramentas que facilitem a GESTÃO EMPRESARIAL, que sejam inteligentes, viáveis e rápidos, procurando sempre a plena satisfação do Cliente. As

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Caixa Visão Geral Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões... 4 3.2 Incluir Ponto de Venda (PDV)... 5 3.3 Vincular Conta e Empresa...

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1 de 5 Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1. Introdução A mobilidade corporativa deixou de ser uma tendência para fazer parte da ação estratégica das empresas. Hoje, o profissional

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I e II

ESTÁGIO CURRICULAR I e II Eduardo Lainetti e Silva ESTÁGIO CURRICULAR I e II Desenvolvimento web com foco em franquias de varejo EMPRESA: Linx SETOR: Desenvolvimento SUPERVISOR: Pedro Gabriel de Figueiredo Rosa ORIENTADOR: Edino

Leia mais

LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS

LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS LINX GESTÃO DE LOJAS E FRANQUIAS Sistema completo de gestão, com a experiência de quem atende as maiores redes de franquias do país. Maior fornecedora de software de gestão

Leia mais

Andarta - Guia de Instalação. Guia de Instalação

Andarta - Guia de Instalação. Guia de Instalação Guia de Instalação 29 de setembro de 2010 1 Sumário Introdução... 3 Os Módulos do Andarta... 4 Instalação por módulo... 6 Módulo Andarta Server... 6 Módulo Reporter... 8 Módulo Agent... 9 Instalação individual...

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO

ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO CADASTRO DE CLIENTES Cadastra clientes (física e jurídica) e veículos, inclusive frotas Cadastra representantes dos clientes Cadastro biométrico (digital do dedo) Localiza

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Suporte Técnico A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Horário de Atendimento De segunda-feira à sexta-feira das 09:00 ás 19:00

Leia mais

14º LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA PROVENIENTE DE EMPREENDIMENTOS DE GERAÇÃO EXISTENTES

14º LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA PROVENIENTE DE EMPREENDIMENTOS DE GERAÇÃO EXISTENTES EDITAL nº 10/2014 - ANEEL 14º LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA PROVENIENTE DE EMPREENDIMENTOS DE GERAÇÃO EXISTENTES Os Valores numéricos, bem como datas e horários apresentados são apenas fictícios,

Leia mais

Proposta. (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) Dados da Proposta

Proposta. (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) Dados da Proposta Proposta (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) Dados da Proposta Arquivo: D:\Vazzi\FAN\4º Período\Avaliação Final\modelo de proposta fan.odt Criado em: Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006

Leia mais

Software. Gerenciamento de Manutenção

Software. Gerenciamento de Manutenção Software Gerenciamento de Manutenção Importância de um Software de Manutenção Atualmente o departamento de manutenção das empresas, como todos outros departamentos, necessita prestar contas de sua atuação

Leia mais

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio 440mil pequenos negócios no Brasil, atualmente, não utilizam nenhuma ferramenta de gestão, segundo o Sebrae Varejo 2012 27% 67% de comerciantes que não possuíam computadores dos que possuíam utilizavam

Leia mais

Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2

Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2 Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2 CONFIGURAÇÕES DA GUIA GERAIS DO STOREMANAGER... 2 Seção Geral... 2 BOTÕES DE CONFIRMAÇÃO... 3 Seção Código de Barras... 4 Seção Abertura / Fechamento de Caixa...

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede GESTÃO Educacional A P R E S E N T A Ç Ã O www.semeareducacional.com.br Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede A EXPANSÃO TECNOLOGIA Nossa MISSÃO: Transformação de Dados em Informação Transformação

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I E II MANUTENÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONTROLE DE QUALIDADE DE SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL

ESTÁGIO CURRICULAR I E II MANUTENÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONTROLE DE QUALIDADE DE SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL FILIPE VENTURA WOLL ESTÁGIO CURRICULAR I E II MANUTENÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONTROLE DE QUALIDADE DE SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL EMPRESA: PROSYST DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS LTDA SETOR: DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR I e II PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTA QUE PERMITE VERIFICAR A RELAÇÃO ENTRE PERFIL DE EMPRESA E

ESTÁGIO CURRICULAR I e II PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTA QUE PERMITE VERIFICAR A RELAÇÃO ENTRE PERFIL DE EMPRESA E Guilherme Alexandre Sant'Ana ESTÁGIO CURRICULAR I e II PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTA QUE PERMITE VERIFICAR A RELAÇÃO ENTRE PERFIL DE EMPRESA E MODELO DE PROCESSO DE SOFTWARE EMPRESA: UNIVERSIDADE

Leia mais

Relacionamento Clientes

Relacionamento Clientes FENÍCIA CRM & SRM O Fenícia CRM (Customer Relationship Management - Sistema de Gerenciamento do Relacionamento com os Clientes) é uma ferramenta de gestão com foco no cliente, essencial para angariar e

Leia mais

SISTEMAS CORPORATIVOS

SISTEMAS CORPORATIVOS SISTEMAS CORPORATIVOS digima Sistema Gerenciador de Arquivo Digital PARA TODAS AS EMPRESAS Hospitais Clínicas Laboratórios de Análises Escritórios de Contabilidade Escritórios de Advocacia Escolas Universidades

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Agregue agilidade e transparência aos seus processos de Departamento Pessoal O GRH é um sistema completo de Administração de Pessoal que permite controlar

Leia mais

\news. Destaques da Edição. Melhorias do mês na solução. Dicas de falicitadores na solução SISARE. Cadastrando um novo usuário.

\news. Destaques da Edição. Melhorias do mês na solução. Dicas de falicitadores na solução SISARE. Cadastrando um novo usuário. Destaques da Edição \news Edição 002 Mês Maio / 2014 Melhorias do mês na solução Algumas das principais melhorias realizadas em maio/2014 são apresentadas aos usuários da solução SISARE Dicas de falicitadores

Leia mais

FELIPE NUNES ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA ERP VIA WEB

FELIPE NUNES ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA ERP VIA WEB i FELIPE NUNES ESTÁGIO CURRICULAR II DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA ERP VIA WEB EMPRESA: P&P INFORMÁTICA LTDA. SETOR: DESENVOLVIMENTO SUPERVISOR: MAURÍCIO PENSKY ORIENTADOR: FABIANO BALDO CURSO: BACHARELADO

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 INTRODUÇÃO SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 Há algum tempo, podemos observar diversas mudanças nas organizações,

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA.

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus valores e princípios,

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente.

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. 1 CADASTROS 1.1 CLIENTES 1.1.1 IDENTIFICAÇÃO A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. A identificação é composta pelos campos: Código:

Leia mais

Fenícia Automação Comercial

Fenícia Automação Comercial Fenícia Automação Comercial Introdução Indicado para estabelecimentos comerciais, rede de lojas ou franquias, o sistema FENÍCIA AUTOMAÇÃO COMERCIAL traz uma série de tecnologias de alto valor agregado

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE

GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br 2013 inux Sistemas Ltda. s MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br Sumário 1 Introdução... 2 2 Visão Geral do Sistema... 2 3 Tela de Configuração... 3 4 Tela de Mensagens... 5 5 Tela de Importação... 8 6 Tela

Leia mais

FAI CENTRO DE ENSINO SUPERIOR EM GESTÃO, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Manual do Estágio Supervisionado

FAI CENTRO DE ENSINO SUPERIOR EM GESTÃO, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Manual do Estágio Supervisionado FAI CENTRO DE ENSINO SUPERIOR EM GESTÃO, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual do Estágio Supervisionado Santa Rita do Sapucaí-MG Janeiro/2011 Sumário 1. Introdução 3 2. O que é

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE Com duas décadas e meia no mercado, a garantia de excelência e segurança são marcas registradas dos produtos e serviços Produtec. Direcionados à gestão empresarial, as soluções

Leia mais

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE Com duas décadas e meia no mercado, a garantia de excelência e segurança são marcas registradas dos produtos e serviços Produtec. Direcionados à gestão empresarial, as soluções

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA O InterLIMS se apresenta

Leia mais

Tecnologia gerando valor para a sua clínica.

Tecnologia gerando valor para a sua clínica. Aumente a eficiência de seu negócio O sclínica é a ferramenta ideal para a gestão de clínicas de diagnóstico. Desenvolvido a partir das necessidades específicas deste mercado, oferece uma interface inteligente,

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

ALEXANDRE SCHEMES ESTÁGIO CURRICULAR II RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS PROJETO LAYOUTS FLEXÍVEIS

ALEXANDRE SCHEMES ESTÁGIO CURRICULAR II RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS PROJETO LAYOUTS FLEXÍVEIS ALEXANDRE SCHEMES ESTÁGIO CURRICULAR II RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS PROJETO LAYOUTS FLEXÍVEIS EMPRESA: Gesplan S.A. SETOR: Desenvolvimento SUPERVISOR: Jane Frankowiak ORIENTADOR: Marco Antonio Torrez

Leia mais

Sistema Gestão Comercial 2012

Sistema Gestão Comercial 2012 Sistema Gestão Comercial 2012 Charles Mendonça Analista de Sistemas Charles Informática Tecnologia & Sistemas Charles System Gestão Empresarial O Charles System é um software para empresas ou profissionais

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR II ATIVIDADES DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS NA UNIMED FEDERAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTÁGIO CURRICULAR II ATIVIDADES DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS NA UNIMED FEDERAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA PEDRO DE SOUZA NANDI ESTÁGIO CURRICULAR II ATIVIDADES DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS NA UNIMED FEDERAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA EMPRESA: UNIMED FEDERAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SETOR:

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO ÍNDICE Relatórios Dinâmicos... 3 Requisitos de Sistema... 4 Estrutura de Dados... 5 Operadores... 6 Tabelas... 7 Tabelas x Campos... 9 Temas... 13 Hierarquia Relacionamento...

Leia mais

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.80

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.80 Documentação Programa de Evolução Contínua Versão 1.80 Sumário Resumo das Novidades... 3 Configuração das Novidades... 5 Sistema de Compra Recorrente... 5 Novo sistema de importação de Tabelas de Frete...

Leia mais

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES w w w. i d e a l o g i c. c o m. b r INDICE 1.APRESENTAÇÃO 2.ESPECIFICAÇÃO DOS RECURSOS DO SOFTWARE SAXES 2.1. Funcionalidades comuns a outras ferramentas similares 2.2. Funcionalidades próprias do software

Leia mais

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

FLUXO DE CAIXA: Módulo BI (Business Intelligence)

FLUXO DE CAIXA: Módulo BI (Business Intelligence) RELATÓRIO DE ESTÁGIO: Tânia Cristina Leite RA: 046567 Orientador: Prof. Dr. Aurelio Ribeiro Leite de Oliveira FLUXO DE CAIXA: Módulo BI (Business Intelligence) Universidade Estadual de Campinas Instituto

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

Sumário. 1. A Empresa 2. O Produto = Medsoft 3. As Modalidades de Suporte 4. As Especialidades 5. Medsoft Corporativo 6. Contatos. www.gentus.com.

Sumário. 1. A Empresa 2. O Produto = Medsoft 3. As Modalidades de Suporte 4. As Especialidades 5. Medsoft Corporativo 6. Contatos. www.gentus.com. Sumário 1. A Empresa 3. As Modalidades de Suporte 4. As Especialidades 5. Medsoft Corporativo 6. Contatos 1. A Empresa A Gentus Automação de Processos na Medicina é resultado da união entre profissionais

Leia mais