UM CENÁRIO EDUCACIONAL PARA A PUCRS VIRTUAL RESUMO UM CENÁRIO EDUCACIONAL PARA A PUCRS VIRTUAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UM CENÁRIO EDUCACIONAL PARA A PUCRS VIRTUAL RESUMO UM CENÁRIO EDUCACIONAL PARA A PUCRS VIRTUAL"

Transcrição

1 1 UM CENÁRIO EDUCACIONAL PARA A PUCRS VIRTUAL Prof. Dr. Gilberto Mucilo de Medeiros ( Profª. Dr.ª. Marilú Fontoura de Medeiros Prof. Dr. Rubem Mário Figueiró Profª. Dr.ª. Maria Bernadette Petersen Herrlein Prof a Dr a. Anamaria Lopes Colla Profª. Dr.ª. Beatriz Franciosi Prof. Dr. Paulo Rech Wagner RESUMO UM CENÁRIO EDUCACIONAL PARA A PUCRS VIRTUAL A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, à semelhança de experiências desenvolvidas em renomadas Universidades internacionais, estruturou um cenário para ações desenvolvidas na modalidade a distância. Institui-se, assim a PUCRS VIRTUAL. O apoio tecnológico que se expressa na arquitetura e topologia da PUCRS VIRTUAL indica a forma como se visualiza a organização de ambientes de aprendizagem que, efetivamente, colaborem para a aprendizagem. Neste trabalho, são apresentadas as modalidades de Educação a Distância estruturadas por uma Universidade situada no sul do Brasil, mediante uma proposta de uso de multimídias integradas. Nesse caso, a PUCRS VIRTUAL inclui como plataforma o uso de segmento de satélite para a efetivação de videoconferência e de teleconferência (broadcasting), o acesso remoto das aulas na modalidade de vídeo on demand, além do intenso uso de recursos providos pela Internet e ambiente web, o uso de telefonia e de ABSTRACT EDUCATION SCENARY AT PUCRS VIRTUAL IN BRAZIL Distance Education at Pontifícia Universidade Católica of Rio Grande do Sul (PUCRS), in Brazil is based on the successful experiences developed by renowned Universities, proposes the use of it technological support in learning environment (Topology of PUCRS Virtual). This paper presents a modality of Distance Education in the south of Brazil structured on learning atmospheres in EAD, contemplating a proposal for the use of integrated media. The media in Virtual PUCRS includes the videoconference, the teleconference (broadcasting), the remote access to the classes for the modality of video on-demand, the intense use of resources, services and tools provided by the Internet and the use of telephone and the free systems All these media attend the demand services, expectations and students' needs. Key words: TOPOLOGY IN DE; INTEGRATED MEDIAS IN DE; DE IN BRASIL; VIDEOCONFERENCE, TELECONFERENCE AND INTERNET; 1 Um breve histórico da PUCRS VIRTUAL Ao propor uma topologia de geração via satélite, a PUCRS, teve como meta a possibilidade de oferecer, na modalidade de educação a distância, cursos em qualquer tempo e lugar. A este propósito, outros foram sendo incorporados ao longo do processo de implantação da PUCRS VIRTUAL.

2 2 Primeiro, a escolha do sistema de comunicação a ser utilizado deveria cobrir todo o território nacional. A Internet e a telefonia em função dos custos ou dificuldades técnicas foram dando lugar ao sistema de comunicação via satélite. O uso do segmento espacial não só atende o propósito de cobertura nacional mas, principalmente, a intenção de se reduzir significativamente os custos da educação. Um segundo aspecto considerado foi o problema da virtualidade. A topologia proposta prevê um processo de aprendizagem em que, o professor, apesar de distante, está na presença do aluno; os recursos pedagógicos estão disponíveis e o professor e seus alunos participam e interagem na construção do conhecimento. Por último, diferentemente do presencial, o ensino na modalidade a distância promovido por meio desta topologia, atende o aluno distante 24 horas por dia. Pode parecer inicialmente um paradoxo. Entretanto a estrutura apresentada pela PUCRS VIRTUAL permite um contato permanente com o aluno, seja através do professor, nos momentos de geração das aulas, no contato com os tutores ( alunos de Pós-Graduação) e monitores ou pela infra-estrutura de rede, através da internet. Passado o primeiro momento de testes, concluídas as disciplinas dos cursos de especialização, consolidada a rede de salas distantes de teleconferência e videoconferência distribuídas na estado do Rio Grande do Sul, a PUCRS VIRTUAL consolida sua posição como Instituição de Ensino Superior capaz de promover, com qualidade e competência, educação na modalidade a distância, em todo o território brasileiro. 2. Uma proposta consolidada para EAD no Brasil Atendendo a legislação vigente em Educação a Distância 1 no Brasil e após um longo período de debates, assim como de implementação de condições físico/acadêmica/tecnológicas - a PUCRS criou em 1998 vinculada diretamente à Reitoria, uma Diretoria de EAD que, com o apoio de um Comitê Assessor Interdisciplinar, propôs e estruturou a topologia e a arquitetura sociopedagógica para a PUCRS VIRTUAL (Figura 1). 1 Artigo 80 da LDB, Lei No 9394/96; Decreto No 2494 de 10/02/98; Portarias 301 e 301 de 07/04/1998 do CNE, além da Resolução 5/83.

3 3 Figura 1: Topologia e arquitetura pedagógica da PUCRS VIRTUAL A partir da configuração administrativo-pedagógico-acadêmica e de acordo com a legislação, a Direção da PUCRS VIRTUAL deu início à estruturação tanto do processo de reconhecimento/credenciamento da Instituição em EAD, junto ao Ministério de Educação do Brasil, quanto da constituição da equipe interdisciplinar necessária e atinente à natureza da atividade em implementação (Figura 2). Figura 2: Equipe interdisciplinar da PUCRS VIRTUAL

4 4 Ocupando aproximadamente 1.000m2 de área física para a instalação, geração e monitoramento dos programas de EAD (Figuras 3 a 6), juntamente com o sistema de geração foram implantadas, no estado do Rio Grande do Sul, em 23 municípios, 19 salas de recepção para teleconferência e 4 de videoconferência. Hoje, a PUCRS VIRTUAL já conta com uma rede de aproximadamente 50 salas distribuídas pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Brasília, formando a Rede Marista. Figura 3-6. Salas de Geração e Produção da PUCR%S VIRTUAL

5 5 Figura 7. Distribuição das salas de repesam no Rio Grande do Sul/Brasil Além dessas ferramentas e serviços em EAD, o sistema disponibiliza o uso aberto de linhas 0800 e de linhas convencionais discadas. A recuperação das aulas, presenciais ou geradas, por parte do aluno é viabilizado através de fitas de videocassete ou de CD-ROM aos alunos impossibilitados de participar das vídeo/teleconferências, assim como participar das aulas na modalidade presencial. Há, além disso, um canal de telefonia ( 0800 ) aberto, em diferentes horários para assessoramento e monitoramento por parte de professores, monitores e tutores. O sistema de Educação a Distância da PUCRS VIRTUAL (http://www.ead.pucrs.br) busca propiciar todo o suporte tecnológico e educacional que julgamos necessário, para que o processo de integração e interação facilite a construção da aprendizagem do aluno situado em pontos distantes. Os projetos em EAD passam a disponibilizar, aos alunos em salas distantes, aulas gravadas em vídeo e CD-ROM, ampliando-se o atendimento pessoal por Tutores ( alunos de pós-graduação ) por meio de linhas de telefonia e iniciando, de forma experimental, a disponibilização de aulas gravadas em vídeo on demand. Mais recentemente, a PUCRS VIRTUAL contratou um canal de

6 6 1 Mbytes 2, de um provedor comercial, para acesso com maior velocidade e uso exclusivo dos alunos situados nos pontos distantes. As Figuras (8 9) ilustram os aportes nas duas modalidades que compõem a plataforma da PUCRS VIRTUAL, isto é, mediações por vídeo/teleconferência, acopladas à mediações por computador. Figura 8: Topologia para Videoconferência da PUCRS Virtual Figura 9: Topologia para Teleconferência da PUCRS Virtual Dentro da proposta de EAD criada pela PUCRS VIRTUAL, cada curso ou projeto apresenta uma construção própria e comporta capacitação, assessoramento e monitoramento de professores, de monitores, de tutores e dos próprios alunos distantes, no sentido de facilitar o trânsito e a construção desse paradigma hipermidiático, virtualizado e hipertextualizado. Essa construção não se opera de cima para baixo, mas em um projeto construcionista e reconstrutivista. Assim, cada curso ou projeto, se encontram em fases e momentos diferenciados dessa construção. 2 Este canal foi contratado pela PUCRS para atender diversas demandas de melhoria do processo de captação de imagens e dados, devendo estar instalado até meados de maio deste ano.

7 7 É essa condição que se constitui em um desafio na PUCRS VIRTUAL, obrigando a trabalhar com o diferente e com o múltiplo, tendo um télos que é reconstruído cotidianamente. 3. Prospectiva para a PUCRS VIRTUAL Repensando futuras parcerias A esses padrões buscados, acresça-se o fato de estar atendendo ao interesse de formação profissional de nível superior, oriundo do mercado de trabalho. A maneira como o projeto está construído permite a reformulação do mesmo para adequação para qualquer programa, o que poderia decorrer do estabelecimento de outras parcerias. Seu principal objetivo é atender a necessidades de pessoas que não podem freqüentar cursos regulares por residirem em locais distantes e terem limitações de horário. Trata-se de um programa alternativo ao modelo presencial e de menor custo, que requer estudantes motivados e professores criativos, pois é uma ferramenta de atualização e desenvolvimento permanente. Com o objetivo de: levar o ensino a regiões pouco acessíveis, cobrindo um universo maior de alunos; qualificar a aprendizagem, sem limites de tempo, espaço, idade e ocupação; possibilitar a atualização permanente em face das transformações operadas no mundo pela revolução tecnológica; permitir a incorporação das mais modernas tecnologias de comunicação, ultrapassando as barreiras de tempo e espaço; e, compartilhar saberes construídos por eminentes especialistas de diferentes área do conhecimento; a Universidade inicia um processo de abertura e consolidação de uma proposta de interação e parceria institucional para o desenvolvimento de ações educacionais em todo o País. O processo se instala, inicialmente, através de um convênio com o Comando Militar do Sul ( Exército ) que abre as guarnições militares para a implantação de salas de recepção de tele e videoconferência em todo o Estado do Rio Grande do Sul. Com o apoio efetivo do CMS, militares e civis, inscrevem-se como alunos dos cursos oferecidos pela PUCRS. A parceria com o CMS foi fundamental para a implementação do projeto de educação a distância da PUCRS. A partir desse momento, outras parcerias foram sendo implementadas no sentido de dar suporte em infra-estrutura física ao projeto da Universidade. Outras organizações vieram a se somar ao CMS no sentido de viabilizar a instalação de salas e promover os programas oferecidos pela PUCRS VIRTUAL. Secretarias de Educação do Estado e de Municípios, a Ordem dos Advogados/Camaquã, a Associação Brasileira de Odontologia/RS e prefeituras municipais estimularam a implantação de dezenas de salas de recepção, em diferentes regiões do estado do RGS. Nesse momento, a rede de salas de recepção se amplia para outros estados brasileiros.

8 8 As parcerias se dão, também, no âmbito da cooperação técnic a e científica, com propostas de desenvolvimento de cursos e programas de capacitação profissional. Inicia-se, nesse período, a organização de uma Rede de Universidades Católicas Brasileiras para oferecer educação a distância, ao mesmo tempo em que a PUCRS VIRTUAL, amplia sua rede de salas distantes para todos os Estados, em parceria com as Províncias Maristas do Brasil. É construído o Portal das Universidades Católicas; a PUCRS é incluída no Portal do Santander; a PUCRS VIRTUAL reorganiza todas suas páginas, onde são disponibilizadas informações, bem como, uma arquitetura pedagógica para o apoio aos cursos em desenvolvimento e para os novos cursos. Novas tecnologias, links e equipamentos são disponibilizadas com o objetivo de ampliar, cada vez mais, facilidades para o aluno distante. Canais de microondas para acesso exclusivo ao aluno EAD, sistema de Vídeo on Demand, digitalização e duplicação de CD-ROM, editoração de fitas de vídeo, oferta de aulas em real vídeo e todo um acervo de material digitalizado e colocado em rede pela Biblioteca Central das Universidade. Esta infra-estrutura física, material e de recursos humanos altamente qualificada para a educação a distância, propicia o interesse das organizações públicas e privadas como, agências governamentais, associações de classe, empresas estão, permanentemente, em contato com o objetivo de firmar parcerias que visem o desenvolvimento de programas a distância, de formação e de capacitação de seus associados ou de seus quadros funcionais. Foi com este propósito que a Universidade implantou o seu projeto de Educação a Distância, contando com a colaboração e participação de todas as suas unidades acadêmicas, institutos e órgãos suplementares. Alguns Institutos participam, permanentemente, da PUCRS VIRTUAL através de seus técnicos e especialistas, principalmente no campo das telecomunicações, processamento de dados, informação, e na implantação de salas distantes. Outras unidades participam diretamente do processo através de seus professores na implementação de cursos de extensão, especialização e graduação. A estrutura da PUCRS, que se focava, antes, no ensino presencial, volta-se, agora, para o atendimento de demandas externas por educação. A medida que técnicos e professores se capacitam para educação a distância, amplia-se o potencial da PUCRS VIRTUAL. Professores com projetos em EAD não só ampliam as possibilidades de oferta de educação mas, também, propiciam melhoria significativa na estrutura pedagógica do ensino na modalidade presencial da própria Universidade. direta destas unidades em todas as ações promovidas pela PUCRS VIRTUAL como também, no suporte das atividades da própria educação a distância.

Um modo de ser. em educação a distância. dinâmica do meio educacional

Um modo de ser. em educação a distância. dinâmica do meio educacional dinâmica do meio educacional 1 :: marilú fontoura de medeiros professora doutora em Educação/UFRGS Um modo de ser em educação a distância Percorrer o atual contexto da Educação a Distância é trilhar um

Leia mais

UNIVERSIDADE VIRTUAL BRASILEIRA. w w w. u v b. b r

UNIVERSIDADE VIRTUAL BRASILEIRA. w w w. u v b. b r UNIVERSIDADE VIRTUAL BRASILEIRA w w w. u v b. b r João Vianney Diretor Executivo vianney@uvb.br A uvb.br Rede de cooperação universitária voltada para o desenvolvimento de competências nas áreas de Pesquisas,

Leia mais

ESCOLA-COMUNIDADE-UNIVERSIDADE: PARCEIRAS NA SOCIALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS

ESCOLA-COMUNIDADE-UNIVERSIDADE: PARCEIRAS NA SOCIALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS ESCOLA-COMUNIDADE-UNIVERSIDADE: PARCEIRAS NA SOCIALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS Débora Laurino Maçada FURG Sheyla Costa Rodrigues FURG RESUMO - Este projeto visa estabelecer a parceria

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 1º Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná.

RESOLUÇÃO. Artigo 1º Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná. RESOLUÇÃO CONSEPE 14/2006 Referenda a aprovação do Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Ser reconhecido como o melhor tribunal para se trabalhar e de melhores resultados. Visão de Futuro do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO Prática adotada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região que consiste

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013

PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013 PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013 Regulamenta o Decreto nº 7.385, de 8 de dezembro de 2010, que instituiu o Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS). Os MINISTROS

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD A política de Educação a Distância EAD está claramente expressa em diversos documentos e regulamentos internos da instituição Regulamento do NEAD Os

Leia mais

Área de Gestão e Negócios

Área de Gestão e Negócios Área de Gestão e Negócios O Complexo Educacional FMU é uma Instituição de ensino superior com uma longa tradição de prestação de relevantes serviços educacionais a sociedade brasileira. Fundado em 1968,

Leia mais

ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Beatriz Regina Tavares Franciosi * bea@inf.pucrs.

ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Beatriz Regina Tavares Franciosi * bea@inf.pucrs. ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Beatriz Regina Tavares Franciosi * bea@inf.pucrs.br * Anamaria Lopes Colla acolla@pucrs.br Marco Aurélio Souza Mangan * mangan@inf.pucrs.br

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Formulação de Conteúdos Educacionais Programa Nacional de Tecnologia Educacional

Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Formulação de Conteúdos Educacionais Programa Nacional de Tecnologia Educacional Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Formulação de Conteúdos Educacionais Programa Nacional de Tecnologia Educacional SEB DCE CGMID COGTEC PROINFO SEB SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Uma Topologia para Educação a Distância: a Proposta da PUCRS VIRTUAL

Uma Topologia para Educação a Distância: a Proposta da PUCRS VIRTUAL Uma Topologia para Educação a Distância: a Proposta da PUCRS VIRTUAL Prof. Dr. Gilberto Mucilo de Medeiros 1 Profa. Dra. Marilú Fontoura de Medeiros 2 RESUMO A Educação a Distância da Pontifícia Universidade

Leia mais

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 462, de 10/09/2012. VIGÊNCIA: 10/09/2012 POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 1/6 ÍNDICE

Leia mais

Sistema de Educação a Distância Publica no Brasil UAB- Universidade Aberta do Brasil. Fernando Jose Spanhol, Dr

Sistema de Educação a Distância Publica no Brasil UAB- Universidade Aberta do Brasil. Fernando Jose Spanhol, Dr Sistema de Educação a Distância Publica no Brasil UAB- Universidade Aberta do Brasil Fernando Jose Spanhol, Dr www.egc.ufsc.br www.led.ufsc.br O Sistema UAB Denominação representativa genérica para a rede

Leia mais

Módulo 1. Introdução. 1.1 O que é EAD?

Módulo 1. Introdução. 1.1 O que é EAD? Módulo 1. Introdução Cada vez mais o mundo social e do trabalho necessitam de sujeitos capazes de fazer a diferença através de suas ações e atitudes. A utilização do ambiente virtual, como meio de interação

Leia mais

11º GV - Vereador Floriano Pesaro

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 95/2011 Dispõe sobre a Política Municipal de Atendimento de Educação Especial, por meio do Programa INCLUI, instituído pelo Decreto nº 51.778, de 14 de setembro de 2010, e dá outras providências.

Leia mais

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007.

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. SIC 56/07 Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. 1. DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO, PELO INEP, DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS PÓLOS DE APOIO

Leia mais

O Monitoramento e a Tutoria como Promotor da Aprendizagem

O Monitoramento e a Tutoria como Promotor da Aprendizagem O Monitoramento e a Tutoria como Promotor da Aprendizagem Dr. Rubem Mário F. Vargas - engenharia- rvargas@pucrs.br Dra Marilú F.Medeiros - educação- marilu@pucrs.br Dra Maria Bernadette P.Herrlein - educação-

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 02 PROCESSO DE INTERAÇÃO EM EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Interação em EAD A partir das novas mídias e tecnologias, tais como a televisão, o telefone

Leia mais

ENSINO DE GEOMORFOLOGIA A DISTÂNCIA: ESTRATÉGIAS ADOTADAS NA LICENCIATURA EM GEOGRAFIA DO CEDERJ/UERJ

ENSINO DE GEOMORFOLOGIA A DISTÂNCIA: ESTRATÉGIAS ADOTADAS NA LICENCIATURA EM GEOGRAFIA DO CEDERJ/UERJ ENSINO DE GEOMORFOLOGIA A DISTÂNCIA: ESTRATÉGIAS ADOTADAS Afonso, A.E. 1 ; Silva, T.M. 2 ; 1 DGEO/FFP/UERJ Email:aniceafonso@gmail.com; 2 DEPTO. GEOGRAFIA/UFRJ Email:telmendes@globo.com; RESUMO: O ensino

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 27/05/2004 (*) Portaria/MEC nº 1.502, publicada no Diário Oficial da União de 27/05/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

PROPOSTA DE UMA ARQUITETURA PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO DE DOCENTES DIFERENCIADOS: UMA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA EM EAD

PROPOSTA DE UMA ARQUITETURA PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO DE DOCENTES DIFERENCIADOS: UMA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA EM EAD PROPOSTA DE UMA ARQUITETURA PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO DE DOCENTES DIFERENCIADOS: UMA EXPERIÊNCIA BRASILEIRA EM EAD Gilberto Mucilo de MEDEIROS - medeiros@pucrs.br Marilú Fontoura de MEDEIROS - marilu@pucrs.br

Leia mais

Plano de Gestão 2013-2016 IFSP Campus Caraguatatuba

Plano de Gestão 2013-2016 IFSP Campus Caraguatatuba Visão Institucional O Campus Caraguatatuba do IFSP desenvolveu-se nos últimos anos, ampliando os cursos oferecidos, desde a Formação Inicial e Continuada, passando pelos Cursos Técnicos, de Tecnologia,

Leia mais

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 CONSUC Parecer 12/2008 Aprovado em 02/12/2008 RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno O DIRETOR GERAL DA FACULDADE DAS AMÉRICAS,

Leia mais

Capacitação de Recursos Humanos para o Uso de Tecnologias no Ensino Fundamental

Capacitação de Recursos Humanos para o Uso de Tecnologias no Ensino Fundamental Programa 0042 ESCOLA DE QUALIDADE PARA TODOS Objetivo Melhorar a qualidade do ensino fundamental, mediante a democratização do acesso a novas tecnologias de suporte à formação educacional. Indicador(es)

Leia mais

CONSELHO DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE

CONSELHO DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA PROFISSIONAL NÍVEL SUPERIOR CONTEUDISTA (MESTRE) PARA O CURSO DE QUALIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA, COM UTILIZAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE GESTÃO DA

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES CAMPUS CONGONHAS DEZEMBRO - 2013 INFRA-ESTRUTURA Objetivo

Leia mais

PROPOSTAS DE EAD NO ENSINO SUPERIOR, SOB A ÓTICA DA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL 1

PROPOSTAS DE EAD NO ENSINO SUPERIOR, SOB A ÓTICA DA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL 1 PROPOSTAS DE EAD NO ENSINO SUPERIOR, SOB A ÓTICA DA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL 1 Elaine Turk Faria 1 O site do Ministério de Educação (MEC) informa quantas instituições já estão credenciadas para a Educação

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional

Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional Modalidade a Distância Santo André-SP, junho de 2011 A quem se destina Qualificação de funcionários públicos federais, estaduais e municipais. Objetivos

Leia mais

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional*

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* 1. Natureza do mestrado profissional A pós-graduação brasileira é constituída, atualmente, por dois eixos claramente distintos: o eixo acadêmico, representado

Leia mais

Projeto de Gestão Compartilhada para o Programa TV Escola. Projeto Básico

Projeto de Gestão Compartilhada para o Programa TV Escola. Projeto Básico Secretaria de Educação a Distância Departamento de Planejamento em EAD Coordenação Geral de Planejamento de EAD Programa TV Escola Projeto de Gestão Compartilhada para o Programa TV Escola Projeto Básico

Leia mais

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ME FACULDADE INTEGRADA DE SANTA MARIA PRELIMINARES POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA Santa Maria, RS Junho - 2010 1 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO... 1 2. POLÍTICAS DE ENSINO

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior. ASSUNTO: Diretrizes para a elaboração, pelo INEP,

Leia mais

Fevereiro 2015 DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM

Fevereiro 2015 DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM Fevereiro DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM 2 ÍNDICE PLANO ESTRATÉGICO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO... 3 Apresentação... 3 Missão... 4 Visão de Futuro... 4 Valores... 4 PERSPECTIVAS...

Leia mais

Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações

Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações CIDADES DIGITAIS CONSTRUINDO UM ECOSSISTEMA DE COOPERAÇÃO E INOVAÇÃO Cidades Digitais Princípios

Leia mais

Ednei Nunes de Oliveira - Candidato a Diretor. Por uma EaD focada no aluno e na qualidade com inovação: crescer com justiça e humanização.

Ednei Nunes de Oliveira - Candidato a Diretor. Por uma EaD focada no aluno e na qualidade com inovação: crescer com justiça e humanização. PROGRAMA DE TRABALHO PARA O QUADRIÊNIO 2015-2019 DOS CANDIDATOS À DIREÇÃO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS Ednei Nunes de Oliveira - Candidato a Diretor

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO

PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TECNOLÓGICA PRODEB-UFBA PRODEB/DSS Diretoria de Sistemas e Serviços UFBA/LCAD

Leia mais

CURSOS DE EXTENSÃO NA MODALIDADE EAD NA EMC/UFG*

CURSOS DE EXTENSÃO NA MODALIDADE EAD NA EMC/UFG* CURSOS DE EXTENSÃO NA MODALIDADE EAD NA EMC/UFG* ALVES, Ricardo Henrique Fonseca 1 ; DEUS JÚNIOR, Getúlio Antero de 2 ; CASTRO, Marcelo Stehling de 3 ; LEMOS, Rodrigo Pinto 4 Palavras-chave: Ensino a Distância

Leia mais

1 - Dos componentes da metodologia do Curso de Pedagogia a Distância CEAD/UAB

1 - Dos componentes da metodologia do Curso de Pedagogia a Distância CEAD/UAB RESOLUÇÃO INTERNA CEAD Nº 001/2013-CONCENTRO (ALTERADA RES.05/2014) Sistema de Educação a Distância Do CEAD para a oferta do Curso de Pedagogia a Distância/UAB Dispõe sobre a metodologia do Curso de Pedagogia

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Meta e Estratégias. Meta

EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Meta e Estratégias. Meta EDUCAÇÃO AMBIENTAL Meta e Estratégias Meta Universalizar a educação socioambiental em todos os níveis e modalidades de ensino, como uma prática inter, multi e transdisciplinar, contínua e permanente nos

Leia mais

Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial

Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial Programa 0049 DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL Objetivo Ampliar e melhorar a oferta de atendimento aos portadores de necessidades educativas especiais. Público Alvo Alunos com necessidades educativas

Leia mais

SOLUÇÕES EM EDUCAÇÃO 3.0

SOLUÇÕES EM EDUCAÇÃO 3.0 SOLUÇÕES EM EDUCAÇÃO 3.0 www.cisco.com.br/educação 2011 Cisco and/or its affiliates. All rights reserved. 1 Educação 1.0 Educação 2.0 Educação 3.0 Tecnológica Rural Tradicional 2011 Cisco and/or its affiliates.

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: INSTITUIÇÃO: IFRS CAMPUS BENTO GONÇALVES CNPJ: 94728821000192 ENDEREÇO: Avenida Osvaldo Aranha, 540. Bairro Juventude. CEP: 95700-000 TELEFONE: (0xx54) 34553200 FAX: (0xx54) 34553246 Curso de Educação

Leia mais

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR!

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! Eleições 2014 Faculdade de Odontologia UFRJ VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! PLANO DE TRABALHO EQUIPE - CHAPA 1: Diretor - Maria Cynésia Medeiros de Barros Substituto Eventual do Diretor - Ednilson

Leia mais

PROJETO UCA: FORMAÇÃO BRASIL. Proposta de operacionalização. Formação dos professores na escola

PROJETO UCA: FORMAÇÃO BRASIL. Proposta de operacionalização. Formação dos professores na escola Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância Projeto Um Computador por Aluno PROJETO UCA: FORMAÇÃO BRASIL Proposta de operacionalização Formação dos professores na escola Outubro, 2009 FORMAÇÃO

Leia mais

Cartilha para Conselhos. Municipais de Educação

Cartilha para Conselhos. Municipais de Educação Cartilha para Conselhos Municipais de Educação Sistemas de ensino são o conjunto de campos de competências e atribuições voltadas para o desenvolvimento da educação escolar que se materializam em instituições,

Leia mais

UM QUADRO DA MODALIDADE EAD NAS IFES

UM QUADRO DA MODALIDADE EAD NAS IFES UM QUADRO DA MODALIDADE EAD NAS IFES Prof. Dr. Ariel Behr ariel.behr@ufrgs.br UFRGS/FCE/DCCA Prof. Msc. Camila Furlan da Costa camilacosta@unipampa.edu.br UNIPAMPA/Campus Santana do Livramento Fortaleza,

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 20/1/2005 (*) Portaria/MEC nº 174, publicada no Diário Oficial da União de 20/1/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO BRASIL

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO BRASIL POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO BRASIL Ana Paula Domingos Baladeli 1 Introdução As transformações científicas e tecnológicas vivenciadas atualmente impulsionam cada vez mais

Leia mais

Escola de Políticas Públicas

Escola de Políticas Públicas Escola de Políticas Públicas Política pública na prática A construção de políticas públicas tem desafios em todas as suas etapas. Para resolver essas situações do dia a dia, é necessário ter conhecimentos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação)

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a inclusão digital, instalando computadores nas escolas públicas de ensino fundamental

Leia mais

Resolução nº 111, de 20 de dezembro de 2011.

Resolução nº 111, de 20 de dezembro de 2011. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III SIC 38/10* Belo Horizonte, 3 de dezembro de 2010. MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III O MEC publicou a Portaria nº 1326, de 18/11/2010 (ver íntegra do texto abaixo). É preciso ser mágico

Leia mais

www.internetsul.org.br Prefeituras Parceria e Oportunidade Provedor X Mantenedor Porto Alegre Wireless Março/2008

www.internetsul.org.br Prefeituras Parceria e Oportunidade Provedor X Mantenedor Porto Alegre Wireless Março/2008 Internetsul www.internetsul.org.br Prefeituras Parceria e Oportunidade Provedor X Mantenedor Porto Alegre Wireless Março/2008 Objetivos 1 Inclusão Digital / Social 2 Prefeituras 3 Parcerias e Oportunidades

Leia mais

O que é educação a distância (*)

O que é educação a distância (*) O que é educação a distância (*) José Manuel Moran Professor da Universidade Bandeirante e das Faculdades Sumaré-SP Assessor do Ministério de Educação para avaliação de cursos a distância jmmoran@usp.br

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES FACULDADE ZACARIAS DE GÓES DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Valença Bahia Dezembro 2011 DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Resenha a ser apresentada como avaliação da disciplina EAD em Ambiente

Leia mais

Panorama da educação a distância na formação dos magistrados brasileiros

Panorama da educação a distância na formação dos magistrados brasileiros Panorama da educação a distância na formação dos magistrados brasileiros 7 e 8 de maio de 2015 Encontro de integração das Escolas da Magistratura Tema: Potencialidades e Desafios do Moodle um ambiente

Leia mais

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006.

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação Externa de Instituições de Educação Superior do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES O MINISTRO

Leia mais

Estrutura do PDI 2014-2018

Estrutura do PDI 2014-2018 APRESENTAÇÃO O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) além de constituir um requisito legal, tal como previsto no Artigo

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

Congresso CONSAD de Gestão Pública

Congresso CONSAD de Gestão Pública Congresso CONSAD de Gestão Pública Brasília DF, 26 a 28 de maio de 2008 Múltiplas Mídias na Formação e Desenvolvimento dos Servidores Públicos do diagnóstico ao modelo de capacitação: a experiência da

Leia mais

PERSPECTIVAS DO PROJETO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EEEC * PALAVRAS-CHAVE: Ensino a Distância (EaD), TelEduc, Moodle, Conexões de Saberes.

PERSPECTIVAS DO PROJETO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EEEC * PALAVRAS-CHAVE: Ensino a Distância (EaD), TelEduc, Moodle, Conexões de Saberes. PERSPECTIVAS DO PROJETO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EEEC * Ricardo Henrique Fonseca ALVES 1 ; Getúlio Antero de DEUS JÚNIOR 2 ; Marcelo Stehling DE CASTRO 3 e Rodrigo Pinto LEMOS 4 1 Estudante não bolsista

Leia mais

3.1 Ampliar o número de escolas de Ensino Médio de forma a atender a demanda dos bairros.

3.1 Ampliar o número de escolas de Ensino Médio de forma a atender a demanda dos bairros. Meta 1 - Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de quatro e cinco anos, e ampliar, até 2025, a oferta de Educação Infantil de forma a atender a 50% da população de até 3 anos. Estratégias:

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Projeto de Ensino Via Satélite

Projeto de Ensino Via Satélite Projeto de Ensino Via Satélite O Instituto Edumed Associação de pesquisa, desenvolvimento e educação, sem fins lucrativos, estabelecida em Campinas, junho de 2000 Formada por pesquisadores e professores

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS PARA EDUCAÇÃO DO CAMPO E DIVERSIDADE COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Leia mais

Centros Juvenis de Ciência e Cultura Documento-Base

Centros Juvenis de Ciência e Cultura Documento-Base Documento-Base 1. Contexto Garantir educação de qualidade é um dos grandes desafios deste início de século para a Bahia e para o Brasil. No ensino médio, a Bahia tem encontrado dificuldades para avançar

Leia mais

Educação a Distância: uma alternativa para a UFBA? Introdução

Educação a Distância: uma alternativa para a UFBA? Introdução Educação a Distância: uma alternativa para a UFBA? Nicia Cristina Rocha Riccio nicia@ufba.br Introdução Com o advento das tecnologias de informação e comunicação (TICs) a Educação a Distância (EAD) ganha

Leia mais

Caracterização da Modelagem de Ambientes de Aprendizagem a distância

Caracterização da Modelagem de Ambientes de Aprendizagem a distância Caracterização da Modelagem de Ambientes de Aprendizagem a distância Adja F. de Andrade adja@inf.pucrs.br 1 Beatriz Franciosi bea@inf.pucrs.br Adriana Beiler 2 adrianab@inf.pucrs.br Paulo R. Wagner prwagner@inf.pucrs.br

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso

Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso AUTO-AVALIAÇAO INSTITUCIONAL DO CURSO DE PEDAGOGIA FACED-UFAM / Professores Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso Objetivos do Curso 01 - Tenho conhecimento do Projeto Pedagógico do Curso.

Leia mais

PROCESSO N. 429/11 PROTOCOLO N.º 5.673.964-5 PARECER CEE/CEB N.º 291/11 APROVADO EM 04/05/11

PROCESSO N. 429/11 PROTOCOLO N.º 5.673.964-5 PARECER CEE/CEB N.º 291/11 APROVADO EM 04/05/11 PROTOCOLO N.º 5.673.964-5 PARECER CEE/CEB N.º 291/11 APROVADO EM 04/05/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: ESCOLA DE FORMAÇÃO EDUCACIONAL A DISTÂNCIA RESIDÊNCIA SAÚDE FORMAÇÃO TÉCNICA, ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

PUCRS VIRTUAL: UMA MODALIDADE DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA NO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA COM ÊNFASE EM OPERAÇÃO PETROQUÍMICA

PUCRS VIRTUAL: UMA MODALIDADE DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA NO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA COM ÊNFASE EM OPERAÇÃO PETROQUÍMICA PUCRS VIRTUAL: UMA MODALIDADE DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA NO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA COM ÊNFASE EM OPERAÇÃO PETROQUÍMICA Marilú F. de Medeiros 1, Rubem M. F. Vargas 1, Gilberto M. de Medeiros

Leia mais

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

CONSELHO UNIVERSITÁRIO P R O P O S T A D E P A R E C E R CONSELHO UNIVERSITÁRIO PROCESS0 Nº: 007/2014 ASSUNTO: Proposta de texto Construção de Políticas e Práticas de Educação a Distância a ser incluído no Plano de Desenvolvimento

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

CAPÍTULO 9 A FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

CAPÍTULO 9 A FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CAPÍTULO 9 A FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM CURSOS SUPERIORES A DISTÂNCIA: A EXPERIÊNCIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE Maria Luisa Furlan Costa Ruth Izumi Setoguti Artigo 87 da Lei 9394/97 - DÉCADA DA EDUCAÇÃO

Leia mais

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA e AÇÕES DO PACTO

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA e AÇÕES DO PACTO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA e AÇÕES DO PACTO Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa É um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados

Leia mais

Secretaria Nacional DE SEGURANÇA PÚBLICA

Secretaria Nacional DE SEGURANÇA PÚBLICA Secretaria Nacional DE SEGURANÇA PÚBLICA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA Secretaria Nacional DE SEGURANÇA PÚBLICA Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8 às 20

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PLANO DE AÇÃO

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PLANO DE AÇÃO EIXO: GESTÂO Fortalecer a parceria entre e instituições parceiras para o desenvolvimento de ações educacionais Formalização de Termo de Cooperação Técnica entre e SEC do Estado para a efetivação de políticas

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO 1. Projeto: Aprimoramento da sistemática de gestão

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

ABRIL/2004 UMA FERRAMENTA PARA AUXILIAR O PROFESSOR NO ENSINO À DISTÂNCIA

ABRIL/2004 UMA FERRAMENTA PARA AUXILIAR O PROFESSOR NO ENSINO À DISTÂNCIA 1 ABRIL/2004 UMA FERRAMENTA PARA AUXILIAR O PROFESSOR NO ENSINO À DISTÂNCIA Andréa Pereira de Castro Universidade de Cruz Alta UNICRUZ, Cruz Alta andreap@unicruz.edu.br Adriana Pereira Cocco Universidade

Leia mais

Documento de Visão. O sistema atual se baseia no método padrão de ensino, onde a presença física dos alunos é essencial para um bom aprendizado.

Documento de Visão. O sistema atual se baseia no método padrão de ensino, onde a presença física dos alunos é essencial para um bom aprendizado. UFF Universidade Federal Fluminense Instituto de Computação Engenharia de Software II Professora: Bianca Zadrozny 1º Trabalho Prático: Documento de Visão Alunos: Diego Soares, Felipe Maia e Leandro Feijó.

Leia mais

Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação. Parte 4 - Programas Prioritários em Informática

Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação. Parte 4 - Programas Prioritários em Informática Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação Parte 4 - Programas Prioritários em Informática Rede Nacional de Pesquisa Ministério da Ciência e Tecnologia Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME Os desafios da Educação Infantil nos Planos de Educação Porto de Galinhas/PE Outubro/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: UMA EXPERIÊNCIA PROMISSORA

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: UMA EXPERIÊNCIA PROMISSORA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: UMA EXPERIÊNCIA PROMISSORA Maria Inês Franco Motti Sonia Maria José Bombardi Fundacentro Fundação Jorge Duprat de Segurança e Medicina do Trabalho O mundo

Leia mais

ANÁLISE DOS ASPECTOS TEÓRICO METODOLÓGICOS DO CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO

ANÁLISE DOS ASPECTOS TEÓRICO METODOLÓGICOS DO CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO ANÁLISE DOS ASPECTOS TEÓRICO METODOLÓGICOS DO CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO Andrelisa Goulart de Mello Universidade Federal de Santa Maria andrelaizes@gmail.com Ticiane

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

VP Operações. Igor Lima

VP Operações. Igor Lima VP Operações Igor Lima 2 Crescimento de alunos em 2012 e perspectivas para próximos anos Ensino a Distância ampliando a base existente de polos Um maior foco na Pós-graduação Sinergias entre Presencial

Leia mais