Daniel Nunes Pereira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Daniel Nunes Pereira"

Transcrição

1 -Excelentíssimos vereadores e vereadoras -Excelentíssimos comendadores e comendadeiras -Excelentíssimos secretários e demais autoridades presentes -Imprensa que democraticamente acompanha diariamente os trabalhos legislativos -Amigos e familiares dos homenageados -Cidadãos e cidadãs que acompanham a sessão aqui no plenário, pela TV Câmara ou por uma de nossas redes sociais Bom dia e sejam muito bem-vindos, especialmente aos que nos visitam pela primeira vez. Antes do início desta solenidade quero citar o imenso orgulho que tenho em presidir pelo segundo ano consecutivo este evento que homenageia personalidades e entidades que se destacam na defesa dos direitos humanos e que dedicam sua luta no fim da violência. Para um jovem político que trabalha pelo crescimento econômico e o desenvolvimento social de nossa Alagoas, ter aliados como os que hoje são homenageados nesta solenidade é um prestígio imenso, afinal, o Estado não consegue suprir todas as carências, nem evitar os abusos e excessos que são cometidos.

2 No cargo de presidente da Câmara de Maceió e apoiado pelos integrantes da Mesa Diretora, tenho trabalhado com algumas metas, entre elas o aumento da presença popular em nossos eventos, como pode ser visto na sessão que concede a Comenda Selma Bandeira. Informação que gera Participação é o tema de uma de nossas campanhas publicitárias, já que investimos na construção de um site, de um Portal da Transparência, de presença nas redes sociais e em ações que buscam ampliar o poder de opinião do cidadão, como no projeto Você Vereador. Em 2013 foram realizadas 104 sessões ordinárias, 40 audiências públicas, foram apresentados de 200 projetos de lei, de resolução, decretos e decretos legislativos apresentados e mais de requerimentos aprovados. Também foi produzido um informativo contendo uma prestação de contas da atuação da Casa, sem contar a contribuição decisiva dos vereadores em projetos que geraram empregos em Maceió, como a instalação de um Call Center que de uma vez só gerou trabalho para 600 jovens da nossa periferia. Faço isso como forma de rapidamente prestar contas do que estamos fazendo.

3 Voltando a falar da Comenda Selma Bandeira, lembro que ela é uma forma de homenagear aqueles que lutam pelo princípio constitucional da dignidade da pessoa humana a partir de uma dimensão trazida pelos direitos humanos. Ao longo da história da humanidade a noção de pessoa modificou, no tempo, no espaço e de acordo com os pensamentos políticos de cada momento. Todavia, foram as atrocidades cometidas que elevaram a proteção do gênero humano à categoria de direitos humanos, surgindo aí o cidadão universal, muito bem representado na figura da deputa Selma Bandeira, que infelizmente nos deixou muito cedo em um acidente automobilístico. É por isso que precisamos destacar o trabalho do meu colega de profissão, o advogado Daniel Nunes Pereira, que desempenha um brilhante trabalho na Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas. Conhecido militante das causas sociais, engajado na luta pela emancipação do ser humano, ele representa o respeito e a valorização do cidadão como fundamento do Estado democrático de direito. Com o trabalho de Daniel,

4 a dignidade da pessoa humana passa a representar o valor maior do sistema jurídico, irradiando seus efeitos sobre todos os ramos do direito. Foi por isso que ele se formou em Direito e em Estudos Sociais, e fez uma especialização na área de Direitos Humanos na Paraíba, aprimorando sua formação acadêmica em busca daquilo que acredita. O presidente da OAB, Thiago Bonfim, acertou na sua escolha, e quem ganhou com isso foi o cidadão indefeso que precisa de proteção de entidades para ter seus direitos garantidos. É por isso Daniel Nunes Pereira que você merece receber a Comenda Selma Bandeira. Trabalho humano e que merece tamanho reconhecimento é o que também é realizado pela assistente social Suzana Maria Lima Lopes Lobo. Foi gratificante assistir a dedicação com que ela coordenou a transferência dos moradores do Ouro Preto, vítimas das enchentes que levaram dezenas de vidas, e que hoje estão residindo em um local seguro e que assegura qualidade de vida, no residencial Ouro Preto, recentemente inaugurado. Hoje

5 aquelas famílias que conheço muito bem, pois é uma área que dedico meu trabalho, se orgulham quando falam de você. Falo isso por perceber que os Direitos Humanos também estão presentes na hora da garantia de uma moradia digna. O trabalho de gerente social da Secretaria Municipal de Habitação foi desempenhado com afinco por Suzana. Nem nos momentos difíceis ela se deixou abater, muito pelo contrário, encontrou forças para superar as adversidades e fazer com que o cidadão mais humilde, mais carente e que precisa de um apoio maior da figura do Estado, recebesse atenção especial. É por isso Suzana Maria Lima Lopes Lobo que você merece receber a Comenda Selma Bandeira. Agradeço a presença de todos neste evento, reconhecendo que em tempos de tanta violência em nossa sociedade, precisamos nos espelhar no exemplo dessas pessoas que hoje são homenageadas para nos guiarmos a um futuro de emancipação do ser humano, onde os direitos e deveres de

6 cada um sejam respeitados em prol de um coletivo bem maior chamado humanidade. Muito obrigado.

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR. RUI MARIA DE ARAÚJO POR OCASIÃO DA XIII REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DO TRABALHO E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP A extensão da Protecção Social

Leia mais

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Presidência da República Secretaria Especial dos Direitos Humanos Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Protocolo

Leia mais

O que são Direitos Humanos?

O que são Direitos Humanos? O que são Direitos Humanos? Por Carlos ley Noção e Significados A expressão direitos humanos é uma forma abreviada de mencionar os direitos fundamentais da pessoa humana. Sem esses direitos a pessoa não

Leia mais

Riscos e Oportunidades para Crianças e Adolescentes no Futebol

Riscos e Oportunidades para Crianças e Adolescentes no Futebol A INFÂNCIA ENTRA EM CAMPO Riscos e Oportunidades para Crianças e Adolescentes no Futebol Salvador, 2014 APOIO REALIZAÇÃO REALIZAÇÃO CEDECA Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan Coordenador

Leia mais

VALEU A PENA. SOU DA PAZ: OS PRIMEIROS 10 ANOS.

VALEU A PENA. SOU DA PAZ: OS PRIMEIROS 10 ANOS. VALEU A PENA. SOU DA PAZ: OS PRIMEIROS 10 ANOS. VALEU A PENA. SOU DA PAZ: OS PRIMEIROS 10 ANOS. E sta publicação conta a história dos dez anos do Sou da Paz. Uma história que começou com uma campanha

Leia mais

Geraldo Carneiro, Ex-Presidente do IBEF-ES e hoje VP do IBEF Nacional em nome de quem saúdo todos os ex-presidentes e Ibefianos aqui presentes;

Geraldo Carneiro, Ex-Presidente do IBEF-ES e hoje VP do IBEF Nacional em nome de quem saúdo todos os ex-presidentes e Ibefianos aqui presentes; Senhoras e Senhores Boa noite! Sejam muito bem-vindos à 16ª edição da Premiação do IBEF-ES, que tem na sua essência homenagear personalidades que fazem a diferença em nosso Estado. Em nome de minha Diretoria,

Leia mais

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Presidência da República Secretaria de Direitos Humanos Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência Convenção sobre os

Leia mais

SER VEREADOR DO PT. 1- O modo petista de ser vereador(a)

SER VEREADOR DO PT. 1- O modo petista de ser vereador(a) 1 1- O modo petista de ser vereador(a) SER VEREADOR DO PT Não importa seja uma cidade grande, média ou pequena, em qualquer estado do País, nossos vereadores defendem o mesmo projeto nacional, estratégico

Leia mais

Plano Diretor. participar é um direito!

Plano Diretor. participar é um direito! Plano Diretor participar é um direito! Sumário Introdução 2 Conteúdo do Plano Diretor 5 Dando a largada 18 Etapas do Plano Diretor: como e quando participar 22 Participar é um direito 30 Quero saber mais

Leia mais

Subjetividade do consumo de álcool e outras drogas e as políticas públicas brasileiras

Subjetividade do consumo de álcool e outras drogas e as políticas públicas brasileiras Subjetividade do consumo de álcool e outras drogas e as políticas públicas brasileiras 1 1ª Edição Brasília-DF 2010 Subjetividade do consumo de álcool e outras drogas e as políticas públicas brasileiras

Leia mais

Conselho Nacional de Assistência Social. Cartilha SUAS 1

Conselho Nacional de Assistência Social. Cartilha SUAS 1 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Conselho Nacional de Assistência Social Cartilha SUAS 1 Orientações Acerca dos Conselhos e do Controle Social da Política Pública de Asssitência Social

Leia mais

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Dilma Rousseff Presidenta da República Federativa do Brasil Michel Temer Vice-presidente

Leia mais

manual Formação de Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDECs)

manual Formação de Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDECs) manual Formação de Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDECs) Este documento foi produzido com apoio financeiro da Comissão Europeia. As opiniões expressadas aqui não devem ser usadas, de maneira alguma,

Leia mais

P/1 Boa tarde, Rodrigo. Obrigado por você ter vindo. Você podia começar falando o seu nome completo, data e local de nascimento?

P/1 Boa tarde, Rodrigo. Obrigado por você ter vindo. Você podia começar falando o seu nome completo, data e local de nascimento? Projeto SOS Mata Atlântica 18 Anos Depoimento de Rodrigo Antonio Mendonça Entrevistado por Beth Quintino e Rodrigo Godoy Local: São Paulo, 8 de março de 2005 Realização Museu da Pessoa Entrevista número

Leia mais

Campanha contra a corrupção eleitoral na saúde

Campanha contra a corrupção eleitoral na saúde Campanha contra a corrupção eleitoral na saúde Não há troca quando sua saúde está em jogo Campanha contra a corrupção eleitoral na saúde Diante do cenário político atual do país, que infelizmente ainda

Leia mais

Congresso reúne mais de 4 mil e resgata história da Contabilidade no Brasil

Congresso reúne mais de 4 mil e resgata história da Contabilidade no Brasil Domingo 24/10 Congresso reúne mais de 4 mil e resgata história da Contabilidade no Brasil Retratar os fatos que marcaram a trajetória da Contabilidade no País foi um desafio desempenhado com maestria pelos

Leia mais

ÉTICA E CIDADANIA 1 INTRODUÇÃO

ÉTICA E CIDADANIA 1 INTRODUÇÃO SIEGEL, N. Fundamentos da Educação: Temas transversais e Ética. Indaial/SC: Ed.ASSELVI, 2005. Unidade 2 P. 35-57 Curso: Pedagogia Ano/Semestre: 2011/1 Período: 4º Disciplina: Ética e Educação Professor(a):

Leia mais

Eu faria o mesmo. Fonte: Associação Brasileira de Imprensa, 1978.

Eu faria o mesmo. Fonte: Associação Brasileira de Imprensa, 1978. Eu faria o mesmo Ao agradecer as manifestações do Conselho, em nome da sua família, Renato Jobim repassou com grande precisão os pronunciamentos feitos, acrescentoulhes detalhes de quem conheceu Danton

Leia mais

Adolescentes em conflito com a lei

Adolescentes em conflito com a lei Série Jornalista Amigo da Criança Adolescentes em conflito com a lei Guia de referência para a cobertura jornalística Realização: ANDI Apoio: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

Leia mais

Seminário Nacional O Trabalho do/a Assistente Social

Seminário Nacional O Trabalho do/a Assistente Social Seminário Nacional O Trabalho do/a Assistente Social no SUAS Seminário Nacional O Trabalho do/a Assistente Social no SUAS Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) C755c Conselho Federal

Leia mais

J O R N A L. Seções. Informativo do Conselho Federal de Contabilidade. Sistema CFC/CRCs. Especial Eleições

J O R N A L. Seções. Informativo do Conselho Federal de Contabilidade. Sistema CFC/CRCs. Especial Eleições J O R N A L do Edição Histórica Informativo do Conselho Federal de Contabilidade Brasília-DF Ano 9, N 0 80 janeiro/fevereiro de 2006 Distribuição gratuita Decorridos 60 anos, pela primeira vez na história

Leia mais

Lions Clubs International Lema Presidencial de 2014-2015. Presidente Joe Preston

Lions Clubs International Lema Presidencial de 2014-2015. Presidente Joe Preston Lions Clubs International Lema Presidencial de 2014-2015 Presidente Joe Preston Uma alcateia é uma família unida de Leões, como se observa nas savanas da África Central. Cada membro da família assume as

Leia mais

Câmara dos Deputados EDUARDO BARBOSA Deputado Federal

Câmara dos Deputados EDUARDO BARBOSA Deputado Federal Câmara dos Deputados EDUARDO BARBOSA Deputado Federal * PINTURA AUTORIZADA Brasília 2002 Câmara dos Deputados EDUARDO BARBOSA Deputado Federal LEIS QUE ASSEGURAM OS DIREITOS DAS PESSOAS PORTADORAS DE DEFICIÊNCIA

Leia mais

Heloísa Lück Dimensões da gestão escolar e suas competências

Heloísa Lück Dimensões da gestão escolar e suas competências Heloísa Lück Dimensões da gestão escolar e suas competências Editora Positivo Curitiba 2009 Ficha Catalográfica Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP,

Leia mais

ATA Nº 20/2014 - REUNIÃO ORDINÁRIA

ATA Nº 20/2014 - REUNIÃO ORDINÁRIA ATA Nº 20/2014 - REUNIÃO ORDINÁRIA Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Marcelino Ramos, realizada no dia 1º de setembro de 2014, às 19:00 horas, na Sala de Sessões, na Praça Padre

Leia mais

30º. Programa Ciência Sem Fronteiras

30º. Programa Ciência Sem Fronteiras 30º Programa Ciência Sem Fronteiras Caros (as) Leitores (as) O Café com Sustentabilidade da FEBRABAN acaba de completar 30 edições. Lançado em 2007, o evento reúne representantes dos bancos associados,

Leia mais

O Nutricionista e o Conselho

O Nutricionista e o Conselho O Nutricionista e o Conselho Informações para uma maior integração Sistema CFN/CRN 2 Conselho Federal de Nutricionistas SRTVS - Quadra 701, Bloco II - Centro Empresarial Assis Chateaubriand, Sala 406 -

Leia mais

Seria possível uma infância sem racismo?

Seria possível uma infância sem racismo? Seria possível uma infância sem racismo? Seria possível termos todas as crianças de até 1 ano de idade sobrevivendo? Seria possível um Brasil com todas as crianças sem faltar nenhuma delas tendo seu nome

Leia mais

VEM, AÍ, O MAIOR EVENTO FARMACÊUTICO BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS

VEM, AÍ, O MAIOR EVENTO FARMACÊUTICO BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS CONGRESSO BRASILEIRO DE FARMÁCIA VEM, AÍ, O MAIOR EVENTO FARMACÊUTICO BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS Congresso mobiliza importantes entidades farmacêuticas do mundo inteiro para discutir todos os segmentos

Leia mais

DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E INCLUSÃO NAS ESCOLAS

DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E INCLUSÃO NAS ESCOLAS 1 DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E INCLUSÃO NAS ESCOLAS Introdução Windyz B. Ferreira Há milênios, a história ilumina que os direitos humanos manisfestam-se na vida real de forma desigual para grupos

Leia mais