9.3 O sacramento do Matrimônio Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "9.3 O sacramento do Matrimônio Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros"

Transcrição

1 9.3 O sacramento do Matrimônio Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros Um dos estados de vida que é santificado por Nosso Senhor Jesus Cristo é o estado matrimonial. Assim como Jesus abençoa um Sacerdote como um Sacramento especial, assim também abençoa o homem e a mulher que se unem para formar uma família. Para isso Jesus instituiu o Sacramento do Matrimônio, ou Casamento. O matrimônio pode ser chamado também: a consagração dos pais. Pois este sacramento é santificada a família e consagrada ao Senhor para ser um pequeno santuário, um Igreja doméstica, onde pai e mãe dentro do sacerdócio comum dos fiéis realizam a sua missão. E o sacerdócio da família Origem Etimológica A palavra matrimônio vem do Latim mater, e significa mãe. Ou ainda matrimonium que significa mulher casada ou casamento. Tem-se então que a função de ser mãe, significando a grandeza e o valor da maternidade. Onde se diz "maternidade" leia-se "filhos". O fim principal do casamento é a procriação. O amor mútuo é também um fim, porém subordinado, no sentido de depender do fim principal. Assim também o equilíbrio da concupiscência que proporciona o casamento O Sacramento do matrimônio sua instituição A Instituição do Sacramento do Matrimônio Deus criou nossos primeiros pais como esposos e os uniu para toda a vida. Deste modo, Deus instituiu o casamento natural: Por isso o homem deixa o seu pai e sua mãe para se unir à sua mulher; e já não são mais que uma só carne (Gn 2,24). Quando Jesus veio ao mundo para nos salvar, elevou este casamento natural à dignidade de Sacramento, ou seja, deu a esta união do homem e da mulher um valor sagrado, com as graças correspondentes para a missão que recebem. Por isso, São Paulo compara o casamento à união de Jesus Cristo com a sua Igreja, esposa de Cristo. Assim como Jesus ama a Igreja e morre por ela, os esposos amam-se e vivem um pelo outro. (Ef 5,22) O Sacramento do Matrimônio o por quê de sua instituição Deus une o homem e mulher desde o inicio da criação, como o próprio Cristo enfatizou em Mc 10, 6-9:... desde o início da criação, Deus os fez homem e mulher. Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe, e os dois serão uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não deve separar. Cristo quis fazer ver aos fariseus que o interpelaram no episódio relato em Mc 10, quando ele recusava ver o matrimônio como uma permissão ou restrição de legalidade, mas ver o matrimônio no sentido fundamental da aliança de amor e, como tal, abençoada por Deus e com vocação de eternidade. Diante desse princípio fundamental, marido e mulher são igualmente responsáveis por uma união que deve crescer sempre, e os dois se equiparam quanto aos direitos e deveres Como deve ser celebrado o Matrimônio O ministro do Sacramento do Matrimônio são os próprios noivos. O Padre ou o Diácono Permanente é a testemunha principal, que assiste a este juramento solene que os noivos fazem diante de Deus. Este juramento é a aliança que os dois assinam, pelo qual eles selam esta união para toda a vida, com a finalidade de ter os filhos que Deus quiser lhes dar. - Universo Católico - Pequeno Catecismo Poered by Mambo Generated: 21 September, 2016, 03:31

2 A. Matéria: do Sacramento do Matrimônio é a aceitação do contrato de aliança de amor. B. Forma: do Sacramento são as palavras que eles dizem para significar que aceitam o contrato de aliança de amor: o sim A Graça Sacramental do Matrimônio A aliança matrimonial, pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão da vida toda, é ordenada por sua índole natural ao bem dos cônjuges e à geração e educação da prole, e foi elevada, entre os batizados, à dignidade de sacramento por Cristo Senhor. Pelo Matrimônio, o casal é também chamado a viver seu sacramento para outros. Pela sua óbvia intimidade, um casal que se ama influencia as vidas de outras pessoas com "algo especial" - o amor de Cristo em nosso meio. Eles revelam o amor de Deus e tornam-no difuso - para seus filho se para todos os que entram em contato com eles. Objetivo importante e resultado natural do Matrimônio são a procriação de novas vidas - os filhos. Mas o amor de um casal também transmite a vida - a vida de Cristo - a outras pessoas Efeitos do Matrimônio O Matrimônio é muito mais que um acordo particular entre duas pessoas. É uma vocação sacramental dentro da Igreja e para ela. É um meio pelo qual Cristo revela e aprofunda o mistério de sua união conosco, seu corpo. Portanto, marido e mulher vivem uma verdadeira vida sacramental quando seguem as palavras de São Paulo: "Submetei-vos uns aos outros no temor de Cristo" (Ef 5,21). Na Igreja católica, a união sacramental de um casal é exclusiva (um só homem com uma só mulher)e indissolúvel (até que a morte os separe). São essas as maneiras concretas pelas quais se torna realidade a misteriosa união entre marido e mulher, entre Cristo e a Igreja. Jesus tomou o casamento e fez dele o sacramento do Matrimônio. Em conseqüência, o Matrimônio dá nova dimensão à vocação cristã que começa no Batismo. No Matrimônio, marido e mulher são chamados a amar um ao outro dum modo muito prático: atendendo um ao outro nas suas necessidades mais pessoais; esforçando-se seriamente por comunicar um ao outro seus pensamentos e sentimentos pessoais, de tal forma que sua união continue sempre viva e em crescimento. Este amor é sexual de modo explícito e belo. Como afirma o Vaticano li: "Este amor se exprime e se realiza de maneira singular pelo ato próprio do matrimônio (Gaudium et Spes, n.º 49). O casal não vive uma vida de amor porque por sorte eles se entendem: fazem-no consciente e deliberadamente, porque é esta a sua vocação e porque o Matrimônio é, na expressão de São Paulo, "um grande mistério... em referência a Cristo e à Igreja" (Ef 5, 32). Esse ato de se juntar com o sexo oposto para juntos viverem em uma só carne é o próprio Sacramento do Matrimônio. Este é um Sacramento de Serviço (junto com a Ordem), através dele nos unimos ao sexo oposto para juntos construirmos uma família. O Matrimônio é uma doação total ao outro e à Deus, somos chamados a construir uma família cristã, com pensamentos retos e morais. Podemos então chegar a conclusão que o Sacramento do Matrimônio é uma das grandes obras divinas, que foi criado para o Amor Familiar. A Família é o grande investimento que Deus criou, é através dela que se educa cidadãos retos procurando a imitação de Cristo Jesus. - Universo Católico - Pequeno Catecismo Poered by Mambo Generated: 21 September, 2016, 03:31

3 Leituras Sugeridas Gn 1,28 Gn 2,24 Gn 2, 18 Eclo 36, Eclo 1, 19 1 Cor 7, 1-5 Ef 5,32-33 Tb 7,15 1 Cor 7,3-10 Mt 19,4-6 Mc 10, Cor 7, 10 Ef 6,4 Ef 5,25-33 Reflexões 1. Quais são as condições indispensáveis para o casamento feliz? 2. Quais serão as causas de haver tantos casamentos desajustados? 3. Por que os católicos recebem o sacramento do matrimônio? 4. Quando a família é uma Igreja doméstica? 5. Quais os valores fundamentais e invioláveis da família? 6. Quais os direitos e deveres dos esposos? 7. Por que a Igreja não aceita o divórcio? - Universo Católico - Pequeno Catecismo Poered by Mambo Generated: 21 September, 2016, 03:31

4 9.3.7 Outros Observações sobre o casamento Diferenças entre o casamento católico e união livre atual Casamento Católico União livre dois se unem para formar uma sociedade, a família. Não é uma soma, mas algo de novo com características próprias. dois se unem para fazer uma experiência em comum. Soma de interesses particulares. Se é uma sociedade, então a família tem objetivo próprio e os meios para alcança-los. Não sendo uma sociedade, cada um tem seu objetivo próprio. O meio de alcança-lo é o outro. É a origem das brigas e desavenças. Toda sociedade é voltada para o seu próprio crescimento. Ela busca necessariamente os frutos. interesses particulares de cada um não exigem frutos exteriores. filhos são "programados" quando há interesse dos dois em tê-los. Sendo uma sociedade, solenemente constituída diante de Deus e da Igreja, os dois são obrigados a cumprir as regras do contrato. Daí o bem da Fidelidade. Não - Universo Católico - Pequeno Catecismo Poered by Mambo Generated: 21 September, 2016, 03:31

5 sendo uma sociedade, as regras são puramente pessoais, promessas feitas um ao outro, laços frágeis que se rompem com facilidade. A fidelidade é fictícia. Toda sociedade supõe a intenção de perdurar no tempo. Daí a indissolubilidade do casamento decretada por Deus. Uma experiência é em si mesma uma realidade passageira, temporária, mesmo se este tempo chega a ser longo. membros dessa sociedade unem seus esforços e interesses pelos objetivos e frutos da sociedade. É o fundamento do verdadeiro amor. pares unidos experimentalmente se amam por paixão sentimental que é passageira e sujeita a variações. Não é verdadeiro amor por falta de fundamento sólido. A família é um todo, o casal e os filhos são suas partes. O bem do todo é mais importante do que o bem das partes. Cada um deve renunciar ao seu próprio interesse quando este for contrário ao interesse do todo. A união sem vínculo matrimonial é um amontoado de interesses particulares impostos como supremos. Mais cedo ou mais tarde haverá choques de interesses. Notas Finais de texto do Capítulo 9 [1] Catecismo da Igreja Católica (CIC) 1421 [2] Catecismo da Igreja Católica (CIC) 1537 [3] CIC Codex Iuris Canonici Cân Catecismo da Igreja Católica (CIC) Catecismo da Igreja Católica (CIC) Catecismo - Universo Católico - Pequeno Catecismo Poered by Mambo Generated: 21 September, 2016, 03:31

6 da Igreja Católica (CIC) Catecismo da Igreja Católica (CIC) Catecismo da Igreja Católica (CIC) Catecismo da Igreja Católica (CIC) Universo Católico - Pequeno Catecismo Poered by Mambo Generated: 21 September, 2016, 03:31

O Sacramento do Matrimônio - II Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:16 - Última atualização Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:17

O Sacramento do Matrimônio - II Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:16 - Última atualização Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:17 O matrimônio - IV Pe. Henrique Soares da Costa Nos artigo passados, sobre o matrimônio, vimos que o casal cristão, no sacramento, recebe a graça do Espírito Santo do Cristo Jesus para viverem sua vida

Leia mais

FAMÍLIA FAMÍLIA FAMÍLIA FAMÍLIA

FAMÍLIA FAMÍLIA FAMÍLIA FAMÍLIA SOBRE A SÉRIE! 1. A FAMÍLIA enquanto instituição tem sido desacreditada e até mesmo atacada em nosso tempo. 2. É necessário conhecer quais são os perigos que nos cercam quando o quesito é FAMÍLIA. 3. Precisamos

Leia mais

Harmonia sexual entre o casal

Harmonia sexual entre o casal Harmonia sexual entre o casal O ato sexual, para o casal, é a mais intensa manifestação do seu amor O bom relacionamento sexual na vida do casal é de fundamental importância para a sua harmonia. A primeira

Leia mais

4 O Encontro: A Eucaristia Dominical: expressão maior de espiritualidade

4 O Encontro: A Eucaristia Dominical: expressão maior de espiritualidade Hora da Família 2014 Sumário 05 07 08 10 11 APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO PARAMOTIVAR ORAÇÃOINICIAL ORAÇÃOFINAL Encontros 13 18 23 28 33 38 42 4 1 O Encontro: A espiritualidade cristã na família 2 O Encontro:

Leia mais

Quando Pecadores Dizem SIM

Quando Pecadores Dizem SIM Quando Pecadores Dizem SIM Objetivos do Curso: 1. Descobrir à luz das Escrituras, como a natureza pecaminosa pode minar, enfraquecer e até destruir o relacionamento conjugal; 2. Entender a indispensabilidade

Leia mais

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Objetivo geral do encontro: Ao final deste encontro, o grupo deverá ser capaz de compreender o Matrimônio como uma instituição elevada à categoria de Sacramento por Jesus Cristo,

Leia mais

Elos da Unidade que formam uma Família Feliz

Elos da Unidade que formam uma Família Feliz Elos da Unidade que formam uma Família Feliz Vamos abordar uma das grandes feridas da nossa Sociedade atualmente. Salmos 25:4-10 Ó Senhor, ensina-me os teus caminhos! Faze com que eu os conheça bem. Ensina-me

Leia mais

Deus une-vos. Rito do Matrimónio

Deus une-vos. Rito do Matrimónio Deus une-vos Rito do Matrimónio 59. Estando todos de pé, inclusive os noivos, com as testemunhas junto de si, o sacerdote dirige-se aos noivos dizendo estas palavras ou outras semelhantes: Noivos caríssimos,

Leia mais

ENFIM, NÓS! Texto Tanise Pacheco. Adaptação do texto: Edmar Galiza CENA DE ABERTURA. Congelados no palco: Lado direito noivo e pais

ENFIM, NÓS! Texto Tanise Pacheco. Adaptação do texto: Edmar Galiza CENA DE ABERTURA. Congelados no palco: Lado direito noivo e pais ENFIM, NÓS! Texto Tanise Pacheco Adaptação do texto: Edmar Galiza CENA DE ABERTURA Congelados no palco: Lado direito noivo e pais Lado esquerdo noiva, pais e dama de honra No palco: mesa da cerimônia de

Leia mais

Santuário Santo Antonio de Pádua

Santuário Santo Antonio de Pádua Caixa Postal 125 Cep 13465-970 Americana/SP Fone: (19) 3461 5126 Santuário Santo Antonio de Pádua Reitor do Santuário: Padre Pedro Leandro Ricardo pe.leandro@ig.com.br Santuário Santo Antonio de Pádua

Leia mais

A ALIANÇA MATRIMONIAL

A ALIANÇA MATRIMONIAL A ALIANÇA MATRIMONIAL Introdução Debates sobre casamento estão sempre entre os mais acaloradas. Os fariseus perguntam a Jesus sobre o divórcio e recebem como resposta uma referência ao princípio. Mc 10.2-9

Leia mais

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE 1. OBJETIVO DO ENCONTRO Este encontro tem por objetivo despertar as crianças para a realidade da VOCAÇÃO como o chamado de Deus e a necessidade da resposta humana. 2.

Leia mais

A natureza do Casamento

A natureza do Casamento A natureza do Casamento Rev. Rogério Ferreira de Almeida Baseado no livro: Deus Casamento e Família - Andreas J. Köstenberger Casamento como Sacramento Introdução O Conceito de casamento como sacramento

Leia mais

Teologicamente, o Matrimónio é considerado como Sacramento porque é a imagem da união de Cristo com a Sua Igreja.

Teologicamente, o Matrimónio é considerado como Sacramento porque é a imagem da união de Cristo com a Sua Igreja. A Instituição do Matrimónio foi oficialmente reconhecida como um dos Sacramentos da Igreja no Concílio de Latrão IV (1215). Antes desta data ele foi sempre considerado como uma realidade religiosa distintamente

Leia mais

CAMINHO DA VIDA. Rito do Casamento. Breviário do LOC, págs. 221-227. Uma igreja comprometida com a Palavra de Deus. Anglican Church of the Americas

CAMINHO DA VIDA. Rito do Casamento. Breviário do LOC, págs. 221-227. Uma igreja comprometida com a Palavra de Deus. Anglican Church of the Americas CAMINHO DA VIDA Anglican Church of the Americas Uma igreja comprometida com a Palavra de Deus Rito do Casamento Breviário do LOC, págs. 221-227 Casamento Nesta Igreja, o casamento é celebrado exclusivamente

Leia mais

ORDENANÇAS DA IGREJA Temas Principais

ORDENANÇAS DA IGREJA Temas Principais ORDENANÇAS DA IGREJA Temas Principais A Ceia como Ordenança Mt 26.26-29; 1Co 11.23-25; Êx 24.9-11; Dt 14.23, 26; Hb 10.1-4; Mt 26.29; Ap 19.9 A ceia do Senhor aponta para uma refeição de comunhão mais

Leia mais

Já estudamos que, assim como Abrão, podemos temer:

Já estudamos que, assim como Abrão, podemos temer: Temores naturais do nosso tempo que afetam os servos de Deus (Parte 3) Gênesis 15 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 28/02/2010 Abrão, pai exaltado, servo de Deus fiel e temente ao Senhor, durante

Leia mais

Uma saudação carinhosa

Uma saudação carinhosa Meus caros amiguitos e amiguitas! Uma saudação carinhosa Olá! Chamo-me António Marto. Sou o novo Bispo desta diocese de Leiria-Fátima. Sabem o que é ser Bispo? Eu explico-vos através de uma comparação

Leia mais

I Simpósio sobre a Nova Evangelização

I Simpósio sobre a Nova Evangelização O papel do Leigo no testemunho da Fé e no contexto da Nova Evangelização Dr. Sebastião Martins 1. O Concílio Vaticano II e a Nova Evangelização Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente Hebreus

Leia mais

PRINCIPAIS CAUSAS DE NULIDADE DE UM CASAMENTO

PRINCIPAIS CAUSAS DE NULIDADE DE UM CASAMENTO PRINCIPAIS CAUSAS DE NULIDADE DE UM CASAMENTO Renata Ferreira Silva * Vânia Maria Bemfica Guimarães Pinto Coelho ** RESUMO: Casamento nulo é aquele que foi celebrado com omissão de regras e formalidades

Leia mais

O CASAMENTO FAZ PARTE DO PLANO DE DEUS PARA O HOMEM

O CASAMENTO FAZ PARTE DO PLANO DE DEUS PARA O HOMEM 7 Segunda Lição A ALIANÇA DO CASAMENTO O CASAMENTO FAZ PARTE DO PLANO DE DEUS PARA O HOMEM "Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém aos que se dão à prostituição e aos adúlteros,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SÁBADO DA 4ª SEMANA DA PÁSCOA - 1) Oração Deus eterno e todo-poderoso, fazei-nos viver sempre mais o

Leia mais

4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros

4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros 4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros Ser CRISTÃO -> significa acreditar no Deus de Jesus Cristo; mas não é só acreditar -> é esforçar-se para vivenciar: a)

Leia mais

JUBILEU DE OURO DA IGREJA BRASIL PARA CRISTO

JUBILEU DE OURO DA IGREJA BRASIL PARA CRISTO JUBILEU DE OURO DA IGREJA BRASIL PARA CRISTO Pronunciamento do Sr. Deputado Federal João Campos (PSDB-GO) na Sessão Solene no plenário da Câmara dos Deputados, no dia 08.06.05. Senhor Presidente, Senhoras

Leia mais

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES A catequese deve iniciar o catequizando na vida litúrgica da comunidade. Nesse sentido, é importante que o catequista leve seu grupo de catequese

Leia mais

Curso para Casais. Encontro 1: Família, um Projeto de Deus. Curso para Casais Julho/2013 Página 1

Curso para Casais. Encontro 1: Família, um Projeto de Deus. Curso para Casais Julho/2013 Página 1 Curso para Casais Encontro 1: Família, um Projeto de Deus Curso para Casais Julho/2013 Página 1 Família - Um Projeto de Deus 1. O Que é a Família? A família é a primeira comunidade da raça humana. Ela

Leia mais

O MATRIMÔNIO CRISTÃO: IMAGEM DE CRISTO E DA IGREJA

O MATRIMÔNIO CRISTÃO: IMAGEM DE CRISTO E DA IGREJA O MATRIMÔNIO CRISTÃO: IMAGEM DE CRISTO E DA IGREJA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO E A REDENÇÃO DA SEXUALIDADE MATRIMÔNIO Dimensão divina Dom de Deus nos dado no sacramento Dimensão humana Sinais físicos e corporais

Leia mais

O QUE É UMA CRUZADA? QUAL O OBJETIVO DA CRUZADA NACIONAL DO ROSÁRIO?

O QUE É UMA CRUZADA? QUAL O OBJETIVO DA CRUZADA NACIONAL DO ROSÁRIO? Amados irmãos e irmãs, Durante os workshops do ENF 2015 o núcleo Nacional do Ministério de Intercessão lançou a Cruzada Nacional do Rosário para o período de fevereiro/15 a janeiro/16. Entenda o que é

Leia mais

CONCEITO JURÍDICO DE FAMÍLIA. Fundamentos e tendências

CONCEITO JURÍDICO DE FAMÍLIA. Fundamentos e tendências CONCEITO JURÍDICO DE FAMÍLIA Fundamentos e tendências Duas tradições jurídicas formadoras do conceito de família: Codificação Napoleônica (Europa Continental) e o direito da Cammon Law(família vitoriana);

Leia mais

III. A CELEBRAÇÃO DO AMOR DE DEUS EM NÓS E POR NÓS!

III. A CELEBRAÇÃO DO AMOR DE DEUS EM NÓS E POR NÓS! III. A CELEBRAÇÃO DO AMOR DE DEUS EM NÓS E POR NÓS! A nossa última reflexão é sobre o Sacramento do Matrimónio. Não é muito simples, falar deste assunto. Para facilitar a nossa conversa e partilha, convidamos

Leia mais

ÉTICA E MORAL. profa. Karine Pereira Goss

ÉTICA E MORAL. profa. Karine Pereira Goss profa. Karine Pereira Goss Muitas vezes utiliza-se esses termos como sinônimos. Mas há diferenças entre eles, embora se relacionem estreitamente. MORAL é um conjunto de normas que regulam o comportamento

Leia mais

D. José da Cruz Policarpo. Actualidade da Palavra de Deus

D. José da Cruz Policarpo. Actualidade da Palavra de Deus D. José da Cruz Policarpo Actualidade da Palavra de Deus U n i v e r s i da d e C at ó l i c a E d i to r a Lisboa 2009 Sumário I. Descobrir a fecundidade da Palavra, caminhando com Paulo II. Aprofundar

Leia mais

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. www.espiritizar.com.br

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. www.espiritizar.com.br ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS MÓDULO 10 O SIGNIFICADO DAS LEIS DE DIVINAS NAS RELAÇÕES SOCIAIS A TRANSFORMAÇÃO MORAL NA FAMÍLIA 2ª. parte 9º. ENCONTRO A

Leia mais

O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34

O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34 O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34 INTRODUÇÃO: De conformidade com a palavra de Deus, o obreiro deve ter um bom, correto e eficaz relacionamento

Leia mais

- Não tem como ter a graça se ainda estamos debaixo do pecado. Ou você morreu para o pecado; ou ainda não se converteu de fato.

- Não tem como ter a graça se ainda estamos debaixo do pecado. Ou você morreu para o pecado; ou ainda não se converteu de fato. Romanos 6:1-11. Na semana passada falamos sobre a Graça de Deus. Pode parecer algo simples, mas a má compreensão desse tema tem gerado muitos problemas no meio evangélico. Pois alguns entendem a graça

Leia mais

XXVII Domingo do Tempo Comum Ano B 27 de setembro de 2015

XXVII Domingo do Tempo Comum Ano B 27 de setembro de 2015 XXVII Domingo do Tempo Comum Ano B 27 de setembro de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Da Primeira Leitura escutamos: Não é bom que o homem esteja só... ; do Evangelho: O homem não separe o que Deus uniu.

Leia mais

Revelação Progressiva. 09 de março de 2014

Revelação Progressiva. 09 de março de 2014 Revelação Progressiva 09 de março de 2014 Hebreus 1.1,2 Estrutura sugerida por Calvino em Exposição de Hebreus, Edições Paracletos, 1997. Deus falou Outrora, pelos profetas Agora, pelo Filho Então, aos

Leia mais

Eclesiologia Aula n. 6 07.05.14

Eclesiologia Aula n. 6 07.05.14 A IGREJA COMO MISTÉRIO SACRAMENTO DE SALVAÇÃO 1. A redescoberta do mistério da Igreja Enquanto os primeiros tratados de eclesiologia davam maior destaque à institucionalidade da Igreja, a imagem do Corpo

Leia mais

Festa Sagrada Família

Festa Sagrada Família Festa Sagrada Família Homilia para a Família Salesiana (P. J. Rocha Monteiro) Sagrada Família de Jesus, Maria e José 1. No Domingo, dentro da oitava do Natal, celebra-se sempre a festa da Sagrada Família.

Leia mais

L Í D ERES de aliança

L Í D ERES de aliança w w w. l i d e r e s d e a l i a n c a. p r o. b r L Í D ERES de aliança 2 ª e d i ç ã o CAPÍTULOS AVULSOS PARA DOWNLOAD V O C A B U L Á R I O das células de aliança Sandro José Hayakawa Cunha Brasília

Leia mais

PALAVRA DE DEUS CATEQUESE

PALAVRA DE DEUS CATEQUESE PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE Para muitos, também entre os cristãos, a Palavra de Deus é, hoje, apenas mais uma «palavra» e, não raro, nem sequer tão pertinente como outras que disputam a atenção, o compromisso

Leia mais

A Salvação vêm dos Judeus

A Salvação vêm dos Judeus A Salvação vêm dos Judeus Este estudo elucida as raízes da fé cristã em sua essência. A história mostra a "Lei" dada aos judeus e mais tarde, com a vinda de Jesus Cristo, também dada aos gentios para que

Leia mais

01. Paz na Terra, Glória a Deus nas Aturas - Glória a Deus nas alturas/ E paz na terra aos homens por Ele amados! (bis)

01. Paz na Terra, Glória a Deus nas Aturas - Glória a Deus nas alturas/ E paz na terra aos homens por Ele amados! (bis) 01. Paz na Terra, Glória a Deus nas Aturas - Comunidade Católica Shalom Glória a Deus nas alturas/ E paz na terra aos homens por Ele amados! (bis) Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai Todo-poderoso Nós

Leia mais

3. O Estado apoia as organizações de cidadãos com deficiência.

3. O Estado apoia as organizações de cidadãos com deficiência. A APADIMP tem como missão a promoção/melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual. Contudo o êxito desta intervenção parte e depende da qualidade da cultura organizacional, do

Leia mais

Filhos de Deus. O que será que significa ser um filho de Deus? O que a Bíblia fala sobre isso? Quem pode ser chamado filho de Deus?

Filhos de Deus. O que será que significa ser um filho de Deus? O que a Bíblia fala sobre isso? Quem pode ser chamado filho de Deus? Filhos de Deus Fl 2:15 "Para que sejais irrepreensíveis (correto, perfeito, digno, honesto, impecável, íntegro, limpo, exemplar) e sinceros (Antigamente os artistas do teatro romano, passavam cera no rosto

Leia mais

A Nação é uma sociedade política e o autor do nosso livro-texto, em sua doutrina, dispõe que a Nação se compõe de dois elementos essenciais:

A Nação é uma sociedade política e o autor do nosso livro-texto, em sua doutrina, dispõe que a Nação se compõe de dois elementos essenciais: Resumo Aula-tema 02: Teoria Geral do Estado. A Teoria do Estado foi construída pela nossa história, é uma disciplina nova, embora já existissem resquícios desde a Antiguidade, mas faz pouco tempo que ela

Leia mais

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos,

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos, Primeiro foi o conhecimento, depois a amizade, seguiu-se um encontro, depois outro e outros mais e finalmente o amor, que nos une agora e para sempre. Será com a palavra sim que daremos início aquele que

Leia mais

BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA!

BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA! Sexta-feira, 4 de maio de 2012 BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA! FORMAÇÃO BÍBLICA DE LEITORES REUNIÃO DE PAIS - FESTA DA PALAVRA Bíblia na família e familiaridade com a Bíblia! Desde o Concílio

Leia mais

Leitura da Bíblia. Disciplina. Instituto de Ensino Bíblico Teológico Aliança 31/03/2011

Leitura da Bíblia. Disciplina. Instituto de Ensino Bíblico Teológico Aliança 31/03/2011 Leitura da Bíblia Disciplina 31/03/2011 Este material didático, é de grande importância para o estudo em seminário, visando a formação dos futuros líderes e obreiros da Igreja Aliança Evangélica Missionária.

Leia mais

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É?

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Escola de Maria: Escola da Fé FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Formação Litúrgica: Liturgia: conceito O que é Liturgia? Termo de origem grega. ERGON (OBRA, AÇÃO, EMPREENDIMEN TO) (PÚBLICO) LEITON

Leia mais

SOLA SCRIPTURA A Reforma, a Bíblia e a Familia Cristã. AULA 5: A FAMILIA DA ALIANÇA Pb. José Cordeiro

SOLA SCRIPTURA A Reforma, a Bíblia e a Familia Cristã. AULA 5: A FAMILIA DA ALIANÇA Pb. José Cordeiro SOLA SCRIPTURA A Reforma, a Bíblia e a Familia Cristã. AULA 5: A FAMILIA DA ALIANÇA Pb. José Cordeiro Qual o significado bíblico de Familia da ALIANÇA? O casamento é um sacramento, um contrato ou uma

Leia mais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 12 Matrimônio fatores de nulidade

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 12 Matrimônio fatores de nulidade Mater Ecclesiae Liturgia 2 Aula 12 Matrimônio fatores de nulidade Introdução Nulidade matrimonial Impedimentos (ou impedimentos dirimentes) são proibições legais em circunstâncias objetivas de caráter

Leia mais

TEMA: O CASAMENTO É UMA BENÇÃO DO CRIADOR A SER DESFRUTADO EM TEMOR PELA CRIATURA PARA SUA ALEGRIA E REALIZAÇÃO PESSOAL. 1

TEMA: O CASAMENTO É UMA BENÇÃO DO CRIADOR A SER DESFRUTADO EM TEMOR PELA CRIATURA PARA SUA ALEGRIA E REALIZAÇÃO PESSOAL. 1 TEMA: O CASAMENTO É UMA BENÇÃO DO CRIADOR A SER DESFRUTADO EM TEMOR PELA CRIATURA PARA SUA ALEGRIA E REALIZAÇÃO PESSOAL. 1 1 O RELATO DE GÊNESIS NOS GARANTE QUE O CASAMENTO FOI ESTABELECIDO PELO CRIADOR

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO

INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO (PARÓQUIA DE SANTA SUZANA - ESCOLA SANTO AGOSTINHO) O QUE É SACRAMENTO? 1 IDÉIA BÁSICA DEUS NÃO QUER VIVER LONGE DO HOMEM; AO CONTRÁRIO, QUER FICAR UNIDO

Leia mais

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8 Ambiente: Costuma-se chamar ao texto que vai dos v.9,36 a 11,1, o discurso da missão : nele, Jesus envia os discípulos e define a missão desses discípulos anunciar a chegada do Reino. Este discurso da

Leia mais

1 A coroa. dos coroas. Então disse Israel a José: Eu não cuidara ver o teu rosto; e eis que Deus me fez ver os teus filhos também (Gn 48.11).

1 A coroa. dos coroas. Então disse Israel a José: Eu não cuidara ver o teu rosto; e eis que Deus me fez ver os teus filhos também (Gn 48.11). 1 A coroa dos coroas Não existe brilho maior que aquele refletido no rosto de avós quando passeiam com seus netos. E deve ser assim. Netos são a coroa dos coroas! Foi assim com Jacó (também conhecido como

Leia mais

Grupo de Oração cheio do Espírito Santo Sex, 04 de Outubro de 2013 13:30

Grupo de Oração cheio do Espírito Santo Sex, 04 de Outubro de 2013 13:30 Grupos de Oração transbordantes do Espírito! Grupos transbordantes de Amor. Grupos transbordantes dos Carismas. Nossos Grupos são chamados a ser assim! Alguns elementos são essenciais para que vivamos

Leia mais

Conhecimento da Bíblia:

Conhecimento da Bíblia: Conhecimento da Bíblia: A Bíblia é de vital importância para a vida do crente Afinal, a Bíblia reúne informações acerca da revelação de Deus na História e seus ensinamentos para a vida humana Sem este

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

Sacramentos. Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Sacramentos. Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Sacramentos Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Sacramentos O que são os sacramentos? Sacramento é derivado do latim sacramentum, era utilizado no meio militar correspondendo a juramento

Leia mais

A IGREJA E O MISTÉRIO TRINITÁRIO

A IGREJA E O MISTÉRIO TRINITÁRIO A IGREJA E O MISTÉRIO TRINITÁRIO Nesta aula abordaremos a dimensão trinitária da Igreja, pois ela é uma ação de Deus, ou seja, necessariamente trinitária. O projeto da salvação da Igreja implica a participação

Leia mais

1. Um critério positivo: a excelência.

1. Um critério positivo: a excelência. 1. Um critério positivo: a excelência. Sejam quais forem as características dum centro da Companhia, uma nota deve ser comum a todos: a excelência, quer dizer, a qualidade. Não me refiro, como é lógico,

Leia mais

Embaixadores de Cristo

Embaixadores de Cristo Embaixadores de Cristo 2 Co 5:20a "De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse." Mais do que em qualquer outro momento da história, estas palavras do Apóstolo Paulo

Leia mais

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa.

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Feliz o empregado cujo Senhor o encontrar fazendo assim quando

Leia mais

O Nascimento de Jesus nosso Salvador

O Nascimento de Jesus nosso Salvador Este livrinho faz parte do material disponibilizado pelo projecto Presépio na Cidade. O Presépio na Cidade é um projecto de leigos católicos voluntários, cujo lema de 2005 é Presépio, berço do Cristo Vivo

Leia mais

Saudação pessoal e em nome da IPB Rio Preto. Apresentação de Mirian, Marcelo e Adriana. Agradecimentos. Oração inicial.

Saudação pessoal e em nome da IPB Rio Preto. Apresentação de Mirian, Marcelo e Adriana. Agradecimentos. Oração inicial. Saudação pessoal e em nome da IPB Rio Preto. Apresentação de Mirian, Marcelo e Adriana. Agradecimentos. Oração inicial. Estamos aqui porque o casamento as relações familiares como um todo é cheio de surpresas.

Leia mais

A Ação do Espírito Santo. no Apostolado da Oração (AO) - Movimento Eucarístico Jovem (MEJ)

A Ação do Espírito Santo. no Apostolado da Oração (AO) - Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) A Ação do Espírito Santo no Apostolado da Oração (AO) - Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) O Espírito Santo, uma promessa de Jesus Descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará a força e sereis minhas testemunhas

Leia mais

INTRODUÇÃO I. A FONTE DOS FRUTOS DO CRISTÃO

INTRODUÇÃO I. A FONTE DOS FRUTOS DO CRISTÃO INTRODUÇÃO Em Gálatas 5:17, nós encontramos que dentro do crente existem dois poderes contrários. O Espírito de Deus habitando em todos os crentes os conduz (vs. 18) no caminho da retidão. A carne (velha

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas Índice Introdução Defina suas etapas de vendas corretamente Como definir suas etapas de vendas 03 05 06 2 Introdução Olá,

Leia mais

NAMORO SEXO E CASAMENTO

NAMORO SEXO E CASAMENTO 1 NAMORO SEXO E CASAMENTO Responsabilidade: Pr. Edson Amaral 2 DESCOBRINDO A VONTADE DE DEUS PARA O NAMORO, NOIVADO E CASAMENTO 1. Para descobrir considere a Vontade de Deus em três aspectos: A) Vontade

Leia mais

Menino ou menina? Exercício 1 Vamos lembrar então o que são genes e cromossomos. Volte à Aula 20 e dê as definições: a) Gene... b) Cromossomo...

Menino ou menina? Exercício 1 Vamos lembrar então o que são genes e cromossomos. Volte à Aula 20 e dê as definições: a) Gene... b) Cromossomo... A UU L AL A Menino ou menina? Quando um casal descobre que vai ter um filho, a primeira curiosidade é saber se nascerá um menino ou uma menina. Mas será que os futuros pais, ou mesmo as pessoas que não

Leia mais

PERGUNTA 1 - Qual é o fim principal do homem? RESPOSTA - O fim principal do homem é glorificar a Deus, e encontrar prazer nele para sempre.

PERGUNTA 1 - Qual é o fim principal do homem? RESPOSTA - O fim principal do homem é glorificar a Deus, e encontrar prazer nele para sempre. A finalidade do homem e as obras vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente O Breve Catecismo de Westminster, na pergunta número um, diz: PERGUNTA 1 - Qual é o fim principal do homem? RESPOSTA - O fim

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 724, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 724, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 724, DE 2011 O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera os incisos VI e VII, do artigo 1.659, e o inciso V, do art. 1.660, da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002

Leia mais

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa Nenhuma parte desta publicação poderá ser utilizada ou reproduzida -

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio.

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. o amor se fez carne No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

O HOMEM, A SOCIEDADE E O DIREITO

O HOMEM, A SOCIEDADE E O DIREITO O HOMEM, A SOCIEDADE E O DIREITO 2. A Pessoa, Fundamento e Fim da Ordem Jurídica Noção de personalidade jurídica Todos os sujeitos de direito são necessariamente pessoas em sentido jurídico e, como tal,

Leia mais

DOS BRINQUEDOS ÀS BRINCADEIRAS: REFLEXÕES SOBRE GÊNERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

DOS BRINQUEDOS ÀS BRINCADEIRAS: REFLEXÕES SOBRE GÊNERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL DOS BRINQUEDOS ÀS BRINCADEIRAS: REFLEXÕES SOBRE GÊNERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Camila de Lima Neves.(UEPB) camila.lima.18@hotmail.com.br Margareth Maria de Melo, orientadora, UEPB, margarethmmelo@yahoo.com.br

Leia mais

Lição 13 Cristãos Exemplares Texto Bíblico: Romanos 16.1-15

Lição 13 Cristãos Exemplares Texto Bíblico: Romanos 16.1-15 Lição 13 Cristãos Exemplares Texto Bíblico: Romanos 16.1-15 O apóstolo Paulo termina sua Carta aos Romanos citando os nomes de cristãos que se tornaram exemplos e passaram a ser bênçãos, pela maneira como

Leia mais

Lição 02 A família nas mãos de Deus Texto Bíblico: Salmos 37.5

Lição 02 A família nas mãos de Deus Texto Bíblico: Salmos 37.5 Lição 02 A família nas mãos de Deus Texto Bíblico: Salmos 37.5 Quando alguém tem uma encomenda importante para entregar em algum lugar distante, geralmente, usa o serviço de entrega conhecido como SEDEX.

Leia mais

PASTORAL DOS NOIVOS PREPARAR É PRECISO

PASTORAL DOS NOIVOS PREPARAR É PRECISO PASTORAL DOS NOIVOS O Matrimônio é um Sacramento. Como Sacramento canaliza para os que o recebem corretamente as graças necessárias à vida conjugal. O matrimônio exige daqueles que o procuram, Vocação,

Leia mais

Conhecendo Deus pessoalmente

Conhecendo Deus pessoalmente Conhecendo Deus pessoalmente O que é preciso para se iniciar um relacionamento com Deus? Esperar que um raio caia? Devotar-se a obras de caridades em diferentes religiões? Tornar-se uma pessoa melhor para

Leia mais

Mesa Redonda. Editora. Resgate. Conflitos de Uma Geração Por João Cruz

Mesa Redonda. Editora. Resgate. Conflitos de Uma Geração Por João Cruz Mesa Redonda Conflitos de Uma Geração Por João Cruz Resgate Editora Mesa Redonda - Copyright 2014 João Cruz 1ª Edição em Português - 2014 Todos os direitos reservados a João Cruz Capa: Ranieri Vieira -

Leia mais

FESTA DE CORPUS CRISTI. LUIZ ANTONIO BURIM Professor de Ensino Religioso.

FESTA DE CORPUS CRISTI. LUIZ ANTONIO BURIM Professor de Ensino Religioso. FESTA DE CORPUS CRISTI LUIZ ANTONIO BURIM Professor de Ensino Religioso. FESTA DE CORPUS CHRISTI A festa de Corpus Christi surgiu na Idade Média, no século XIII. A primeira festa de Corpus Christi realizou-se

Leia mais

Romanos 13:11-14. Breve Cristo voltará! Já e Ainda Não Rm 13:11-14. Em que saber disso afeta (ou deveria afetar) a sua vida? O Nosso Tempo.

Romanos 13:11-14. Breve Cristo voltará! Já e Ainda Não Rm 13:11-14. Em que saber disso afeta (ou deveria afetar) a sua vida? O Nosso Tempo. Já e Ainda Não Rm 13:11-14 Romanos Para o Dia a Dia EBD - 15/05/2016 Luiz A. de P. Lima Jr. Breve Cristo voltará! Em que saber disso afeta (ou deveria afetar) a sua vida? desastres naturais crise H1N1

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS A RESPEITO DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

NORMAS E PROCEDIMENTOS A RESPEITO DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO NORMAS E PROCEDIMENTOS A RESPEITO DO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Acolhemos com carinho os noivos que pretendem se casar em nossa paróquia. Neste documento, informamos as normas e orientações a respeito da

Leia mais

Professor pesquisador

Professor pesquisador Professor pesquisador Lucas Henrique Backes Introdução Há tempos vem se discutindo sobre a possibilidade e a necessidade de formação de um professor pesquisador. Para compreender essa discussão é imprescindível

Leia mais

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL 1 Porquê um Tema de Estudo na pedagogia das ENS 1.1 As três Atitudes Procura Assídua da Vontade de Deus Escritura Doutrina Cultura Razões

Leia mais

Cinderela dos Santos Laura Dias. Adoção e co adoção. Trabalho de Pensamento crítico e trabalho académico

Cinderela dos Santos Laura Dias. Adoção e co adoção. Trabalho de Pensamento crítico e trabalho académico Cinderela dos Santos Laura Dias Adoção e co adoção. Trabalho de Pensamento crítico e trabalho académico 12/01/2015 Resumo A adoção divide se em vários subtemas, como por exemplo adoção plena, adoção restrita,

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 5: O CRISTÃO E O DIVÓRCIO Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra

Leia mais

Reunidos aqui rezando o terço com amor C7 F C7 Novamente aqui, Em união. F F7 Bb Algo bom vai acontecer algo bom Deus tem pra nós,

Reunidos aqui rezando o terço com amor C7 F C7 Novamente aqui, Em união. F F7 Bb Algo bom vai acontecer algo bom Deus tem pra nós, Reunidos Aqui - Paródia F Bb Reunidos aqui rezando o terço com amor C7 F C7 Novamente aqui, Em união. F F7 Bb Algo bom vai acontecer algo bom Deus tem pra nós, C7 F Reunidos aqui rezando o terço com amor

Leia mais

O lar do povo da graça

O lar do povo da graça VITRINE DA GRAÇA Efésios 5.31-32 31 Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne. 32 Este é um mistério profundo; refiro-me, porém, a Cristo e à

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

A família constituída por um homem, uma mulher e eventuais filhos, fundada sobre o um vínculo indissolúvel do

A família constituída por um homem, uma mulher e eventuais filhos, fundada sobre o um vínculo indissolúvel do DESAFIOS E POSSIBILIDADES DA FAMÍLIA NO LIMIAR DO NOVO MILÊNIO Dom João Carlos Petrini, Bispo de Camaçari e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral Vida e Família Introdução A família constituída por

Leia mais

O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos.

O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos. O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos. O A morte física não é senão o início de nossa existência na eternidade. www.portalebd.org.br Slide

Leia mais

O reino de Deus é o tema central da pregação de Jesus nos evangelhos. Nos sinóticos, aprece a expressão 111 vezes, e em todo NT 144 vezes.

O reino de Deus é o tema central da pregação de Jesus nos evangelhos. Nos sinóticos, aprece a expressão 111 vezes, e em todo NT 144 vezes. CAPITULO 3 O DISCIPULADO QUE A IGREJA PRECISA TÓPICO 1 RECONHECENDO O SENHORIO DE CRISTO INTRODUÇÃO O reino de Deus é o tema central da pregação de Jesus nos evangelhos. Nos sinóticos, aprece a expressão

Leia mais

A ALIANÇA MATRIMONIAL

A ALIANÇA MATRIMONIAL A ALIANÇA MATRIMONIAL Introdução Mc 10.2-9 - A pergunta sobre divórcio recebe como resposta uma referência ao princípio. Jesus apontou o correto entendimento de Gênesis 2.23-24 como resposta à questão

Leia mais

A Trindade Santa - V Qua, 06 de Maio de 2009 10:52 - Henrique Soares da Costa

A Trindade Santa - V Qua, 06 de Maio de 2009 10:52 - Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa A Igreja vive enraizada na Trindade Nesta série muitas vezes foi dito que a Santíssima Trindade é o mistério central da nossa fé cristã; mistério que foi revelado e experimentado

Leia mais