sobre o Número de Utentes Inscritos nos de Saúde Primários

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "sobre o Número de Utentes Inscritos nos de Saúde Primários"

Transcrição

1 Título da Apresentação Publicação Periódica Dados Editoriais sobre o Número de Utentes Inscritos nos Dados Editoriais Dados Cuidados Editoriais de Saúde Primários 16 de fevereiro de 2015

2 Nota introdutória As iniciativas desenvolvidas na sequência da publicitação do Despacho n.º 13795/2012 do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, publicado na IIª série do D.R. de 24 de outubro, o qual veio estabelecer os critérios e procedimentos de organização das listas de utentes nos Agrupamentos de Centros de Saúde, implementando um mecanismo dinâmico de atualização dos dados da inscrição dos utentes no SNS, tem permitido a otimização e uma gestão mais eficiente dos recursos existentes nos cuidados de saúde primários, contribuindo de forma decisiva para reduzir o número de utentes sem médico de família atribuído e para a melhoria da acessibilidade aos cuidados de saúde primários. Dando continuidade às várias medidas que têm vindo a ser implementadas com o objetivo de melhorar o conhecimento, a transparência e a partilha de informação sobre o Serviço Nacional de Saúde, inicia-se a publicação periódica de informação sobre o número de utentes inscritos, bem como, sobre o número de utentes com e sem médico de família atribuído. Considerando o caráter inovador da informação agora divulgada e da necessidade de se identificarem eventuais áreas de melhoria em relação à consistência e abrangência da mesma, a publicação da mesma ocorrerá de forma gradual, tornando-se progressivamente mais completa. A publicitação desta informação terá periodicidade trimestral, devendo a próxima informação, ser publicada a 1 de abril de Utentes com médico de família atribuído médico de família atribuído médico de família por opção N ,4% ,4% ,2% LVT ,7% ,0% ,3% C ,3% ,4% ,4% ALE ,7% ,3% 482 0,1% ALG ,1% ,4% ,5% Total Geral ,1% ,6% ,3% Fonte: ACSS e SPMS (RNU - extração de informação de ) 1 / 3

3 Desagregação por Região de Saúde e por Agrupamento de Centros de Saúde Utentes com médico de família atribuído médico de família atribuído médico de família por opção ALE ,7% ,3% 482 0,1% ACES Alentejo Central ,3% ,7% 75 0,0% ACES Alentejo Litoral ,9% ,0% 33 0,0% ACES Baixo Alentejo ,6% 385 0,3% 175 0,1% ACES São Mamede ,8% ,1% 199 0,2% ALG ,1% ,4% ,5% ACES Algarve Barlavento ,0% ,5% 768 0,5% ACES Algarve Central ,0% ,4% ,5% ACES Algarve Sotavento ,2% ,7% 56 0,1% C ,3% ,4% ,4% ACES Baixo Mondego ,5% ,2% ,4% ACES Baixo Vouga ,6% ,9% ,6% ACES Beira Interior Sul ,3% ,1% 460 0,6% ACES Cova da Beira ,1% ,7% 120 0,1% ACES Dão Lafões ,7% ,2% 307 0,1% ACES Guarda ,5% ,3% 367 0,2% ACES Pinhal Interior Norte ,4% ,1% 648 0,5% ACES Pinhal Interior Sul ,7% 290 0,9% 720 2,3% ACES Pinhal Litoral ,9% ,0% 315 0,1% LVT ,7% ,0% ,3% ACES Almada-Seixal ,8% ,9% ,4% ACES Amadora ,8% ,0% 331 0,2% ACES Arco Ribeirinho ,7% ,2% 137 0,1% ACES Arrábida ,5% ,3% 541 0,2% ACES Cascais ,1% ,8% 187 0,1% ACES Estuário do Tejo ,1% ,4% ,5% ACES Lezíria ,9% ,4% ,6% ACES Lisboa Central ,0% ,6% ,4% ACES Lisboa Norte ,4% ,0% ,6% ACES Lisboa Ocidental e Oeiras ,1% ,5% 901 0,4% ACES Loures-Odivelas ,2% ,7% 229 0,1% ACES Médio Tejo ,4% ,5% 297 0,1% ACES Oeste Norte ,3% ,5% 321 0,2% ACES Oeste Sul ,5% ,2% 493 0,3% ACES Sintra ,1% ,7% 600 0,2% / 3

4 Desagregação por Região de Saúde e por Agrupamento de Centros de Saúde Utentes com médico de família atribuído médico de família atribuído médico de família por opção N ,4% ,4% ,2% ACES Alto Ave ,2% ,8% 71 0,0% ACES Alto Minho ,4% ,5% 430 0,2% ACES Alto Tâmega e Barroso ,0% ,8% 180 0,2% ACES Ave - Famalicão ,9% ,0% 53 0,0% ACES Aveiro Norte ,3% ,5% 313 0,3% ACES Baixo Tâmega ,7% ,8% ,5% ACES Barcelos e Esposende ,8% ,0% 331 0,2% ACES Braga ,2% ,8% 119 0,1% ACES Douro Sul ,4% ,1% 385 0,5% ACES Espinho e Gaia ,9% ,0% 121 0,1% ACES Feira e Arouca ,4% ,6% 98 0,1% ACES Gaia ,9% ,9% 269 0,2% ACES Gerês e Cabreira ,4% ,5% 72 0,1% ACES Gondomar ,8% 287 0,2% 69 0,0% ACES Maia e Valongo ,0% ,9% 194 0,1% ACES Marão e Douro Norte ,9% ,8% 402 0,4% ACES Matosinhos ,8% ,9% 622 0,4% ACES Nordeste ,4% ,1% 644 0,5% ACES Porto Ocidental ,8% ,8% 784 0,4% ACES Porto Oriental ,6% ,0% 390 0,3% ACES Póvoa do Varzim e Vila do Conde ,2% 988 0,7% 163 0,1% ACES Santo Tirso e Trofa ,6% ,9% 581 0,5% ACES Vale do Sousa Norte ,8% ,0% 271 0,2% ACES Vale do Sousa Sul ,3% ,6% 130 0,1% Total Geral ,1% ,6% ,3% Fonte: ACSS e SPMS (RNU - extração de informação de ) 3 / 3

5 Publicação Periódica sobre o Número de Utentes Inscritos nos Cuidados de Saúde Primários 16 de fevereiro de 2015 Av. João Crisóstomo, nº Lisboa telefone: Fax:

Publicação Periódica sobre o Número de Utentes Inscritos nos Cuidados de Saúde Primários

Publicação Periódica sobre o Número de Utentes Inscritos nos Cuidados de Saúde Primários Publicação Periódica sobre o nos Cuidados de Saúde Primários Outubro de 2015 ACSS RELATÓRIO: 1. inscritos 2. Listas de utentes por de Família Produzido por Ministério da Saúde, ACSS, DPS, Núcleo CSP e

Leia mais

Programa Diz não a uma seringa em 2ª mão Carla Caldeira PTS/Programa Nacional para a Infeção VIH/sida Serviços Partilhados do Ministério da Saúde

Programa Diz não a uma seringa em 2ª mão Carla Caldeira PTS/Programa Nacional para a Infeção VIH/sida Serviços Partilhados do Ministério da Saúde Programa Diz não a uma seringa em 2ª mão Carla Caldeira PTS/Programa Nacional para a Infeção VIH/sida Serviços Partilhados do Ministério da Saúde 21 novembro 2013 INTRODUÇÃO A Direção-Geral da Saúde/Programa

Leia mais

Mapa de Vagas IM - 2011 A - FE

Mapa de Vagas IM - 2011 A - FE Mapa de IM - 2011 A - FE Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro, EPE Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, EPE 1 1 Centro Hospitalar

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2014 - A Formação Específica

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2014 - A Formação Específica ANATOMIA PATOLOGICA Centro Hospitalar Barreiro Montijo, ANATOMIA PATOLOGICA Centro Hospitalar de Lisboa Norte, ANATOMIA PATOLOGICA ANATOMIA PATOLOGICA Centro Hospitalar Lisboa Central, ANATOMIA PATOLOGICA

Leia mais

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação MODELO 4 - Norte : Região Unidades Hospitalares (15) MÊS NORTE J F M A M J J A S O N D CH Nordeste, EPE CH Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE CH Alto Ave, EPE CH Médio Ave, EPE CH Tâmega e Sousa, EPE CH

Leia mais

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 Portaria n.º 273/2009 de 18 de Março O Programa do XVII Governo Constitucional define que «o sistema [de saúde] deve ser reorganizado a todos

Leia mais

Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015

Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015 23.11.2015 Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015 Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil,

Leia mais

Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS

Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS 2012 PEBC Plano Estratégico do Baixo Carbono ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública 28 de agosto de 2013 www.acss.min-saude.pt

Leia mais

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE Profissional de Vila Real VILA REAL TORRE DE MONCORVO A2000 ARDAD Centro de Emprego do Baixo Ave VILA NOVA DE FAMALICÃO ACIP SANTO TIRSO Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS

Leia mais

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO SISTEMA DE SAÚDE (ACSS) ARS DE LISBOA E VALE DO TEJO, IP ARS DO ALENTEJO, IP ARS DO ALGARVE, IP ARS DO CENTRO, IP ARS DO NORTE, IP CENTRO DE MEDICINA E REABILITAÇÃO DA REGIÃO CENTRO

Leia mais

DESPACHO N.º 187 / 2007

DESPACHO N.º 187 / 2007 DESPACHO N.º 187 / 2007 Os deveres de assiduidade e de pontualidade são basilares em qualquer relação de trabalho, pelo que a verificação do seu cumprimento tem de ser sempre encarada como uma medida imprescindível

Leia mais

Centro de Recrutamento do Porto

Centro de Recrutamento do Porto Planeamento das Actividades de Promoção e Divulgação do RV/RC - Mês de Dezembro de 2012 1 Palestra no CEFP Gondomar 06-Dez-12 2 Palestra no CEFP Porto Ocidental 11-Dez-12 3 Palestra no CEFP Valongo 13-Dez-12

Leia mais

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Anatomia Patológica Anestesiologia Angiologia e Cirurgia Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Cir. Plástica Cirurgia Torácica Dermatovenereologia

Leia mais

REFERENTE DE NECESSIDADES FORMATIVAS - CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS

REFERENTE DE NECESSIDADES FORMATIVAS - CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS REFERENTE DE NECESSIDADES FORMATIVAS - CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS Nível de prioridade das necessidades formativas dos Cursos de Educação e Formação de Adultos face à dinâmica de emprego,

Leia mais

Programa Nacional de Prevenção de Acidentes. Promoção da Alta Segura Relatório

Programa Nacional de Prevenção de Acidentes. Promoção da Alta Segura Relatório Programa Nacional de Prevenção de Acidentes Promoção da Alta Segura Relatório Direção-Geral da Saúde, 2012 1 2 Programa Nacional de Prevenção de Acidentes Promoção da Alta Segura Relatório Direção de Serviços

Leia mais

Resultado do Processo de candidatura a apoio financeiro 2015/2016 a conceder no âmbito do Contrato de Patrocínio Lista Provisória Área da Música

Resultado do Processo de candidatura a apoio financeiro 2015/2016 a conceder no âmbito do Contrato de Patrocínio Lista Provisória Área da Música com AMVP - Academia de Música de Vilar do Paraíso 89,5 44 86 0 287 1 8 0 14 1.857.320,00 b) Cávado Escola de Música de Esposende Academia de Música de Espinho Conservatório Regional de Gaia Conservatório

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

Centro Nacional de Observação em Dor

Centro Nacional de Observação em Dor INQUÉRITO SOBRE AS CONDIÇÕES HOSPITALARES EXISTENTES PARA O TRATAMENTO DA: DOR CRÓNICA DOR AGUDA PÓS-OPERATÓRIA DOR DO PARTO Relatório Final Novembro de 2010 Índice Objectivos 2 Métodos e Participantes

Leia mais

PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. 26092-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 175 8 de setembro de 2015

PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. 26092-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 175 8 de setembro de 2015 26092-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 175 8 de setembro de 2015 PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Gabinete do Secretário de Estado da Administração Local Despacho n.º 10123-A/2015 Considerando

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

Itinerários Complementares

Itinerários Complementares Itinerários Complementares Viana do Castelo IC28 Bragança IC14 Braga Trofa Vila do Conde Santo Tirso Paços de Ferreira IC25 Matosinhos IC1 IC23 IC2 Espinho Paredes Valongo Porto IC24 Gondomar IC29 Porto

Leia mais

A Nova Organização Judiciária

A Nova Organização Judiciária A Nova Organização Judiciária Lei n.º 62/2013, de 26/8 (LOSJ) Decreto-lei n.º 49/2014, de 27/3 (ROFTJ) PAULO PIMENTA Conselho Distrital do Porto da Ordem dos Advogados 15 de Julho de 2014 1 Lei n.º 3/99,

Leia mais

- Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais -

- Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais - - Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais - A segurança do doente é uma preocupação crescente nos Hospitais Portugueses, tal como acontece noutros países da Europa e do resto do mundo.

Leia mais

Sistema SIM Cidadão. Relatório 2011

Sistema SIM Cidadão. Relatório 2011 Sistema SIM Cidadão Relatório 2011 Lisboa 2012 Sistema SIM Cidadão Relatório 2011 Lisboa 2012 João Gomes Administrador Hospitalar Coordenador Nacional do Sistema SIM Cidadão Alexandra Gomes Socióloga

Leia mais

Maria Júlia Ladeira 26 de Maio 2007

Maria Júlia Ladeira 26 de Maio 2007 Jornadas dos Administrativos da Saúde A estratégia té do IGIF para as TI na Saúde Maria Júlia Ladeira 26 de Maio 2007 A estratégia do IGIF para as TI na Saúde Programa de Transformação dos SI da Saúde

Leia mais

Estudo Prospetivo do Mercado de Reabilitação Urbana e Guia de Boas Práticas

Estudo Prospetivo do Mercado de Reabilitação Urbana e Guia de Boas Práticas Estudo Prospetivo do Mercado de Reabilitação Urbana e Guia de Boas Práticas Isabel Breda Vázquez Paulo Conceição Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Porto 4.07.14 Estudo Prospetivo do Mercado

Leia mais

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79 Serviço Standard Serviço Especial Peso (Kg) 1 2 3 4 5 Entrega até às 18:00H GRUPOL10H GRUPOL13H GRUPOLSAB GRUPOLMA Entrega até às 10:00H do dia seguinte Entrega até às 13:00H do dia seguinte Entrega ao

Leia mais

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL NUTS3-region NUTS2-region irrigation Area actually (ha) irrigated (ha) Alentejo Central Alentejo 42 675 22 287 Alentejo Litoral Alentejo 40 289 14 427 Alto Alentejo Alentejo 39 974 20 993 Baixo Alentejo

Leia mais

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Artigo 18.º - Obrigações dos operadores económicos - Informação aos consumidores sobre as entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo SOU UMA EMPRESA OU

Leia mais

05 Composition of the Group

05 Composition of the Group Composition of the Group 294 1. CAIXA CENTRAL AND GROUP COMPANIES CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, C.R.L. Rua Castilho, 233-233 A 1099-004 LISBOA Tel.: 213 809 900 Fax: 213 855 861 CRÉDITO AGRÍCOLA

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVA. ARS, Unidades Locais de Saúde e Entidades Convencionadas com o SNS

CIRCULAR INFORMATIVA. ARS, Unidades Locais de Saúde e Entidades Convencionadas com o SNS CIRCULAR INFORMATIVA Nº 25/2015/DPS/ACSS DATA: 07-10-2015 PARA: ARS, Unidades Locais de Saúde e Entidades Convencionadas com o SNS ASSUNTO: Celebração de novas convenções na área da Endoscopia Gastroenterológica

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Diário da República, 1.ª série N.º 73 14 de Abril de 2008 2193 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Decreto-Lei n.º 68/2008 de 14 de Abril Nos termos do Programa do XVII Governo Constitucional considera

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA. 5752-(4) Diário da República, 2.ª série N.º 46 6 de março de 2015 PARTE I. Considerações iniciais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA. 5752-(4) Diário da República, 2.ª série N.º 46 6 de março de 2015 PARTE I. Considerações iniciais 5752-(4) Diário da República, 2.ª série N.º 46 6 de março de 2015 ARS/Instituição N.º de Vagas Centro................................................................................................ 12

Leia mais

A Requisitos das Unidades Hemodinâmicas (Recomendações Internacionais).46. B Pessoal Médico... 47. C Pessoal do Laboratório... 47

A Requisitos das Unidades Hemodinâmicas (Recomendações Internacionais).46. B Pessoal Médico... 47. C Pessoal do Laboratório... 47 Contents I - Enquadramento Legislativo e Histórico... 4 II Conceito de Rede de Referenciação... 9 III A Especialidade de Cardiologia... 0 IV Impacto Epidemiológico das Doenças Cardiológicas em Portugal...

Leia mais

Relatório de Integração 11/2013 VMER & SIV. Despacho n.º 14898/2011, de 3 de novembro

Relatório de Integração 11/2013 VMER & SIV. Despacho n.º 14898/2011, de 3 de novembro 11/2013 Despacho n.º 14898/2011, de 3 de novembro Ponto 7: O INEM, I. P., apresentar um relatório anual ao membro do Governo responsável pela área da saúde que permita a análise interna e a melhoria contínua

Leia mais

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Documento explicativo sobre o artigo 18.º que estabelece as obrigações dos operadores económicos - Informação aos consumidores sobre as entidades de Resolução Alternativa

Leia mais

MAPA DE VAGAS - IM - 2013 FE

MAPA DE VAGAS - IM - 2013 FE MAPA DE VAGAS - IM - 2013 FE Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil, EPE 1 Unidade Local de Saúde de Matosinhos, EPE 1 Sub-Total

Leia mais

DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte

DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte Em Portugal, à exceção do morango,

Leia mais

COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA

COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA 133 1. Caixa Central e Empresas do Grupo CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, C.R.L. Tel.: 213 809 900 Fax: 213 8 861 CRÉDITO AGRÍCOLA INFORMÁTICA - SISTEMAS DE

Leia mais

ESTUDO DE MOBILIDADE DOS UTENTES DAS NUTS III DO GRANDE PORTO, TÂMEGA E ENTRE DOURO E VOUGA

ESTUDO DE MOBILIDADE DOS UTENTES DAS NUTS III DO GRANDE PORTO, TÂMEGA E ENTRE DOURO E VOUGA ESTUDO DE MOBILIDADE DOS UTENTES DAS NUTS III DO GRANDE PORTO, TÂMEGA E ENTRE DOURO E VOUGA Relatório Setembro 2008 Análise de Acessibilidade ao Transporte Individual Figura1 EsquemaMetodológico... 5

Leia mais

Valores #N/D de Avaliação Bancária. Dezembro - 2015

Valores #N/D de Avaliação Bancária. Dezembro - 2015 Valores #N/D de Avaliação Bancária Dezembro - 2015 Valores Mensais de Avaliação Bancária: Quadro Resumo Portugal Norte Centro Alentejo Algarve Açores Madeira Valor Médio (VM) 1.043/m² 916/m² 856/m² 1.267/m²

Leia mais

PORTUGAL Distribution Points

PORTUGAL Distribution Points PORTUGAL Distribution Points Distribution to major consumer, business and trade press, news agencies, magazines, newspapers, television and radio stations, and websites in Portugal. Includes Portuguese

Leia mais

TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal

TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal Ricardo Fernandes 1, Rui Gama 2, Cristina Barros 3 1) Departamento de Geografia da Faculdade

Leia mais

PERFIL DO ALUNO 2008/2009

PERFIL DO ALUNO 2008/2009 PERFIL DO ALUNO 2008/2009 FICHA TÉCNICA Título Perfil do Aluno 2008/2009 Autoria Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE) Direcção de Serviços de Estatística Edição Gabinete de Estatística

Leia mais

MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO SNS 2010 Edição: 01 Revisão: 00 Página 1 de 19

MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO SNS 2010 Edição: 01 Revisão: 00 Página 1 de 19 MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO SNS 2010 Edição: 01 Revisão: 00 Página 1 de 19 Ministério da Saúde Página 2 de 19 Índice 1 Nota Introdutória / Apresentação... 3 2 Enquadramento legal... 3 3 Os perímetros

Leia mais

COMPOSIÇÃO 06 DO GRUPO

COMPOSIÇÃO 06 DO GRUPO 06 COMPOSIÇÃO 06 COMPOSIÇÃO 1. Caixa Central e Empresas do Grupo CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, C.R.L. Rua Castilho, 233-233 A 1099-004 LISBOA Tel.: 213 809 900 Fax: 213 855 861 CRÉDITO AGRÍCOLA

Leia mais

27 de Janeiro de 2006. - A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Carmen Madalena da Costa Gomes e Cunha Pignatelli.

27 de Janeiro de 2006. - A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Carmen Madalena da Costa Gomes e Cunha Pignatelli. Despacho n.º 3845/2006 (2.ª série). - O Decreto-Lei n.º 112/98, de 24 de Abril, na alínea b) do n.º 1 do artigo 9.º, prevê a prorrogação do contrato administrativo de provimento dos internos que à data

Leia mais

RELATÓRIO PRELIMINAR Lista das propostas de candidaturas a autorizar por NUT III

RELATÓRIO PRELIMINAR Lista das propostas de candidaturas a autorizar por NUT III www.arlindovsky.net RELATÓRIO PRELIMINAR Lista das propostas de candidaturas a autorizar por NUT III NUT III (do CQEP) Designação da Entidade Promotora Pontuação Final Alentejo Central Centro de Emprego

Leia mais

GUIA DE BOAS PRÁTICAS PARA O SECTOR DA SAÚDE. Versão 2 (2014)

GUIA DE BOAS PRÁTICAS PARA O SECTOR DA SAÚDE. Versão 2 (2014) GUIA DE BOAS PRÁTICAS PARA O SECTOR DA SAÚDE Versão 2 (2014) 1 Enquadramento OpresenteGuiadeboaspráticasenquadra-senoDespachosn.º4860/2013,de9deabril,en.º 8264/2014, de 18 de junho, do Senhor Secretário

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2009 - A Formação Específica. ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E.

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2009 - A Formação Específica. ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Hospital Central de Faro - E.P.E. Instituto Português Oncologia de Lisboa Hospital Central do Funchal Hospital Central do Funchal Preferencial Hospital Curry

Leia mais

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email. Escola Secundária de Maximinos, Braga Braga Braga Norte 253606540 direccao@esec-maximinus.rcts.

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email. Escola Secundária de Maximinos, Braga Braga Braga Norte 253606540 direccao@esec-maximinus.rcts. Escola Secundária de Maximinos, Braga Braga Braga Norte 253606540 direccao@esec-maximinus.rcts.pt Escola Básica de Vila Caiz, Amarante Amarante Porto Norte 255739614 info@eb23-vila-caiz.rcts.pt Escola

Leia mais

1.º SEMINÁRIO DE ACOMPANHAMENTO Apresentação das operações em curso

1.º SEMINÁRIO DE ACOMPANHAMENTO Apresentação das operações em curso Política de Cidades Polis XXI Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano QREN/ POVT/ Eixo IX Desenvolvimento do Sistema Ub Urbano Nacional 1.º SEMINÁRIO DE ACOMPANHAMENTO Apresentação das operações

Leia mais

Portos da I República Roteiro

Portos da I República Roteiro Portos da I República Roteiro Ponto de interesse : Junta Autónoma da ria e barra de Aveiro 07-12-1921 Aveiro >> Aveiro >> Latitude: 40.63240900 Longitude: -8.73023800 Ponto de interesse : Junta Autónoma

Leia mais

Índice. Ficha Técnica NEWS. Apresentação LETTER Nº 9. Junho 2011

Índice. Ficha Técnica NEWS. Apresentação LETTER Nº 9. Junho 2011 Junho 2011 Índice Novidades Tema em Destaque Resultados Preliminares dos Censos 2011 Principais Resultados A População e as Famílias A Habitação Pág.2 Pág.3 Pág.4 Pág.9 Apresentação A Newsletter dos Censos

Leia mais

RENDA MÁXIMA ADMITIDA PARA O ANO DE 2015 DE ACORDO COM A PORTARIA N.º 1190/2010, DE 18 DE NOVEMBRO (ORDENADA POR MUNICÍPIO)

RENDA MÁXIMA ADMITIDA PARA O ANO DE 2015 DE ACORDO COM A PORTARIA N.º 1190/2010, DE 18 DE NOVEMBRO (ORDENADA POR MUNICÍPIO) ABRANTES MÉDIO TEJO 334,00 468,00 589,00 AGUEDA BAIXO VOUGA 368,00 501,00 645,00 AGUIAR DA BEIRA DÃO LAFÕES 334,00 468,00 589,00 ALANDROAL ALENTEJO CENTRAL 368,00 501,00 645,00 ALBERGARIA-A-VELHA BAIXO

Leia mais

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal Information on the videoconferencing equipment in the courts Portugal No Court name & city Equipment type and make 1 Abrantes Tribunal Judicial 3 2 Abrantes Tribunal do Trabalho 1 3 Águeda Juízo de Instrução

Leia mais

Literacia Estatística ao serviço da Cidadania. Portal do INE e Projeto ALEA Uma primeira abordagem

Literacia Estatística ao serviço da Cidadania. Portal do INE e Projeto ALEA Uma primeira abordagem Serviço de Difusão Literacia Estatística ao serviço da Cidadania Portal do INE e Projeto ALEA Uma primeira abordagem Rede de Bibliotecas Escolares Formação para Professores fevereiro - maio.2012 Itinerário

Leia mais

Sistema de Auditorias Clínicas

Sistema de Auditorias Clínicas Sistema de Auditorias Clínicas Relatório Atividades 2012 J. Alexandre Diniz Álvaro Beleza Diretor do Direção-Geral da Saúde Coordenador do Conselho Nacional de Auditoria e Qualidade da Ordem dos Médicos

Leia mais

PORTUGAL Doenças Oncológicas em Números 2015. Programa Nacional para as Doenças Oncológicas

PORTUGAL Doenças Oncológicas em Números 2015. Programa Nacional para as Doenças Oncológicas PORTUGAL Doenças Oncológicas em Números 215 Programa Nacional para as Doenças Oncológicas PORTUGAL Doenças Oncológicas em Números 215 Programa Nacional para as Doenças Oncológicas DIREÇÃO-GERAL DA SAÚDE,

Leia mais

Concurso Nacional de Leitura 2010/2011. Nome Agrupamento Concelho Distrito DRE. ANCORENSIS - "Cooperativa de Ensino" Caminha Viana do Castelo Norte

Concurso Nacional de Leitura 2010/2011. Nome Agrupamento Concelho Distrito DRE. ANCORENSIS - Cooperativa de Ensino Caminha Viana do Castelo Norte ANCORENSIS - "Cooperativa de Ensino" Caminha Viana do Castelo Norte Colégio "Casa Mãe" Paredes Porto Norte Colégio dos Órfãos do Porto Porto Porto Norte Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas Santa Maria

Leia mais

Memorando apresentado pelo ME sobre "recrutamento e colocação de professores"

Memorando apresentado pelo ME sobre recrutamento e colocação de professores Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Memorando apresentado pelo ME sobre "recrutamento e colocação de professores" 0. QUESTÃO PRÉVIA SOBRE A NEGOCIAÇÃO Em primeiro lugar, a FENPROF pretende

Leia mais

UM RETRATO SOCIOECONÓMICO QUE SE PERPÉTUA OU SE TRANSFORMA?

UM RETRATO SOCIOECONÓMICO QUE SE PERPÉTUA OU SE TRANSFORMA? BOLSEIROS DO ENSINO SUPERIOR PRIVADO UM RETRATO SOCIOECONÓMICO QUE SE PERPÉTUA OU SE TRANSFORMA? INDICE 1 - INTRODUÇÃO 4 1.1 - Âmbito e Objectivos de Estudo 5 1.1.1 - Âmbito 5 1.1.2 - Objectivos 5 1.2

Leia mais

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE ESTUDO SOBRE QUALIDADE DA CIRURGIA DE AMBULATÓRIO DEZEMBRO DE 2008 R u a S. J o ã o d e B r i t o, 6 2 1 L 3 2, 4 1 0 0 4 5 5 P O R T O e-mail: g e r a l @ e r s. p t telef.:

Leia mais

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS 1 ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT 05 002 CGM in situ 2 ÁGUEDA C MUNICIPAL PT 03 004 CGM 3 AGUIAR DA BEIRA C INTERMUNICIPAL PT 03 005 CGM SÁTÃO 4 ALCANENA LVT INTERMUNICIPAL PT 05 005 CGM TORRES NOVAS

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

O SEMINÁRIO CONTA COM 800 PARTICIPANTES INSCRITOS, PROVENIENTES DAS SEGUINTES ENTIDADES:

O SEMINÁRIO CONTA COM 800 PARTICIPANTES INSCRITOS, PROVENIENTES DAS SEGUINTES ENTIDADES: O SEMINÁRIO CONTA COM 800 PARTICIPANTES INSCRITOS, PROVENIENTES DAS SEGUINTES ENTIDADES: ACES DA LEZÍRIA ACES DE ARCO RIBEIRINHO ACES DE CACÉM - QUELUZ ACES DE LISBOA NORTE ACES DE ODIVELAS ACES DE SEIXAL

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 31 de Janeiro de 2005

PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 31 de Janeiro de 2005 PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 31 de Janeiro de 2005 Fundo de Investimento Mobiliário RAIZ POUPANÇA ACÇÕES Tipo de Fundo: Fundo de Poupança em Acções Início de Actividade: 21 de Novembro de 1995

Leia mais

Itinerários Principais

Itinerários Principais Itinerários Principais Bragança Viana do Castelo Braga IP9 Vila Real IP4 Porto Aveiro IP3 Viseu IP5 Guarda Coimbra Leiria Castelo Branco IP6 Santarém IP2 Portalegre IP1 Lisboa Setúbal IP7 Évora IP8 Beja

Leia mais

a eficiência do ramo da educação pré-escolar no norte de portugal uma análise da última década 1

a eficiência do ramo da educação pré-escolar no norte de portugal uma análise da última década 1 a eficiência do ramo da educação pré-escolar no norte de portugal uma análise da última década 1 Paulo Reis Mourão Daniela Gaspar Resumo: Palavras-chave Portugal Códigos JEL Abstract: Keywords JEL Codes

Leia mais

AEPSA. Reunião com. Sua Excelência a Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território

AEPSA. Reunião com. Sua Excelência a Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território AEPSA Reunião com Sua Excelência a Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território 11 de Julho de 2012 AGENDA 1. Apresentação da AEPSA a) A AEPSA em Portugal b) Estratégia da

Leia mais

Pela primeira vez na história demográfica recente, Portugal registou em 2007 um saldo natural negativo

Pela primeira vez na história demográfica recente, Portugal registou em 2007 um saldo natural negativo Pela primeira vez na história demográfica recente, Portugal registou em 2007 um saldo natural negativo De acordo com os indicadores demográficos disponíveis relativos a 2007, a população residente em Portugal

Leia mais

ATLAS DO PLANO NACIONAL DE SAÚDE

ATLAS DO PLANO NACIONAL DE SAÚDE ATLAS DO PLANO NACIONAL DE SAÚDE ALTO COMISSARIADO DA SAÚDE PORTUGAL. Alto Comissariado da Saúde Atlas do Plano Nacional de Saúde Lisboa: Alto Comissariado da Saúde, 2010. 144 p. ISBN 978-989-96263-5-5

Leia mais

APOIOS FINANCEIROS ATRIBUIDOS PELO IPST, IP NO ANO 2014 Portaria nº 720/2007, de 11 de junho. Entidades

APOIOS FINANCEIROS ATRIBUIDOS PELO IPST, IP NO ANO 2014 Portaria nº 720/2007, de 11 de junho. Entidades Grupo Dadores de Sangue da Freguesia de Abrã 1.773 Grupo Dadores de Sangue da Casa Povo de Achete 1.652 GDS do Concelho de Águeda 7.900 AD Sangue e Medula Óssea de Albufeira 2.444 GBDS de Alcanhões 1.420

Leia mais

LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DREN: Escola Profissional de Fermil Celorico de Basto Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Carvalhais /Mirandela

Leia mais

Encontro Nacional do Turismo no Espaço o Rural

Encontro Nacional do Turismo no Espaço o Rural Encontro Nacional do Turismo no Espaço o Rural Convento de Refoios Ponte de Lima 21 de Junho de 2003 Distribuição Espacial do TER (SIR) Unid: Euros Distritos Nº Projectos Investimento Total Incentivo Aveiro

Leia mais

Concordância Geográfica de Riscos Extremos de Morte e de Internamento Hospitalar em Portugal Continental (2000-2004)

Concordância Geográfica de Riscos Extremos de Morte e de Internamento Hospitalar em Portugal Continental (2000-2004) Concordância Geográfica de Riscos Extremos de Morte e de Internamento Hospitalar em Portugal Continental (2000-2004) http:// www.insa.pt Concordância Geográfica de Riscos Extremos de Morte e de Internamento

Leia mais

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS Notas: 1 O conselho geral deliberou, em reunião de 15 de outubro, nos termos do n.º 2 do artigo 11.º do EOSAE, agregar as delegações distritais de Beja, Évora e Portalegre numa

Leia mais

Decreto-Lei n.º 379/93 de 5 de Novembro

Decreto-Lei n.º 379/93 de 5 de Novembro . Decreto-Lei n.º 379/93 de 5 de Novembro Uma vez alterada a lei de delimitação de sectores, no sentido de permitir o acesso de capitais privados às actividades de captação, tratamento e distribuição de

Leia mais

Rede de oferta formativa Cursos Profissionais 2012/2013

Rede de oferta formativa Cursos Profissionais 2012/2013 Distrito Concelho Escola Cursos Turmas 1º Ano Turmas 2º Ano Turmas 3º Ano Total turmas Aveiro Arouca ES de Arouca Animador Sociocultural 1 1 Aveiro Oliveira de Azeméis EBS Ferreira de Castro, Oliveira

Leia mais

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Abertura ao regime de acesso ao apoio financeiro a

Leia mais

A Intervenção das Farmácias no Tratamento das Toxicodependências

A Intervenção das Farmácias no Tratamento das Toxicodependências Programas Terapêuticos de Administração de Metadona, Buprenorfina e Naltrexona A Intervenção das Farmácias no Tratamento das Toxicodependências Relatório de 2008 Uma contribuição vital A intervenção das

Leia mais

ELEMENTOS ESTATÍSTICOS

ELEMENTOS ESTATÍSTICOS ELEMENTOS ESTATÍSTICOS SAÚDE / 2009_2010 Portugal. Direcção-Geral da Saúde. Direção de Serviços de Informação e Análise Divisão de Epidemiologia e Estatística Elementos Estatísticos: Informação Geral:

Leia mais

IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR

IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR Saúde do Produto para a Solução BIQ Consultores QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS 2011 Internacionalização 1998 Sistemas de Gestão e Organização 2010 Segurança dos

Leia mais

ELEMENTOS ESTATÍSTICOS SAÚDE 2011/2012 Divisão de Estatísticas da Saúde e Monitorização Direção de Serviços de Informação e Análise

ELEMENTOS ESTATÍSTICOS SAÚDE 2011/2012 Divisão de Estatísticas da Saúde e Monitorização Direção de Serviços de Informação e Análise ELEMENTOS ESTATÍSTICOS SAÚDE 2011/2012 Divisão de Estatísticas da Saúde e Monitorização Direção de Serviços de Informação e Análise Portugal. Direcção-Geral da Saúde. Direção de Serviços de Informação

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde 21816-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 118 20 de junho de 2012 PARTE C MINISTÉRIO DA SAÚDE Gabinete do Secretário de Estado da Saúde Despacho n.º 8317-A/2012 Pelo despacho n.º 7702 -B/2012, publicado

Leia mais

INTRODUÇÃO. Localização geográfica. Grande Lisboa. Grande Porto

INTRODUÇÃO. Localização geográfica. Grande Lisboa. Grande Porto INTRODUÇÃO presente trabalho pretende mostrar uma caracterização geral de duas sub-regiões de Portugal: as NUTE III (Numencleatura de Unidade Territorial Estatística) da Grande Lisboa e do Grande Porto,

Leia mais

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada BRAGANÇA VILA REAL PORTO BRAGA VIANA DO CASTELO ARCOS DE VALDEVEZ 10 de Maio de 2003 14h e 30m Braga Casa dos Crivos Orfeão de Braga CAMINHA 10 de Maio

Leia mais

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE RELATÓRIO DOS PROCESSOS DE MONITORIZAÇÃO E ATUAÇÃO REGULATÓRIA FUTURA PARA A GARANTIA DO CUMPRIMENTO DOS TEMPOS MÁXIMOS DE RESPOSTA GARANTIDOS PMT/021/12 E PMT/022/12 AGOSTO

Leia mais

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Ministério da Educação Portaria n.º 1298/03 de de Novembro A unificação

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte à Contratualização

PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte à Contratualização 2009 Documento de Suporte à Contratualização do Programa Específico para melhoria do ACSS DGS PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte

Leia mais

DELIBERAÇÃO DO CONSELHO DIRETIVO DA ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE (VERSÃO NÃO CONFIDENCIAL)

DELIBERAÇÃO DO CONSELHO DIRETIVO DA ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE (VERSÃO NÃO CONFIDENCIAL) DELIBERAÇÃO DO CONSELHO DIRETIVO DA ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE (VERSÃO NÃO CONFIDENCIAL) Considerando as atribuições da Entidade Reguladora da Saúde conferidas pelo artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 127/2009,

Leia mais

ESTE ANO A CAMPANHA DE EMERGÊNCIA DA AMI É NACIONAL.

ESTE ANO A CAMPANHA DE EMERGÊNCIA DA AMI É NACIONAL. ESTE ANO A CAMPANHA DE EMERGÊNCIA DA AMI É NACIONAL. A pobreza em Portugal está a aumentar. Desde 2008, o número de casos de pobreza atendidos pela AMI mais que duplicou 2008 2009 2010 2011 7.000

Leia mais

MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO SNS 2010 Edição: 01 Revisão: 00 Página 1 de 26 MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE 2012

MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO SNS 2010 Edição: 01 Revisão: 00 Página 1 de 26 MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE 2012 MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO SNS 2010 Revisão: 00 Página 1 de 26 MANUAL DE CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE Página 0 de 26 Índice 1 Nota Introdutória / Apresentação... 1 2 Enquadramento

Leia mais

Onde e como se vive em Portugal 2011

Onde e como se vive em Portugal 2011 Onde e como se vive em Portugal 2011 25 de junho de 2013 Onde e como se vive em Portugal 2011 De acordo com os resultados definitivos dos Censos 2011 na região de Lisboa regista-se a maior densidade populacional,

Leia mais

PRIVADO ENSINO SUPERIOR. Ocupação dos Cursos de Formação Inicial

PRIVADO ENSINO SUPERIOR. Ocupação dos Cursos de Formação Inicial ENSINO SUPERIOR PRIVADO Ocupação dos Cursos de Formação Inicial Ensino Superior Privado Ocupação dos Cursos de Formação Novembro Inicial 2011 DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direcção de Serviços de Suporte

Leia mais

Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007

Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Página 1 de 93 Índice Introdução... 4 Conceitos e Fórmulas utilizadas no

Leia mais

5ª REUNIÃO DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE BRONQUIECTASIAS DA SPP

5ª REUNIÃO DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE BRONQUIECTASIAS DA SPP 5ª REUNIÃO DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE BRONQUIECTASIAS DA SPP Investigação Etiológica das BQ em Portugal Mafalda van Zeller Serviço de Pneumologia Centro Hospitalar de São João Alcobaça, 24 de Maio de 2014

Leia mais

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Albufeira Loja de Albufeira Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127 Alcobaça Agente ACORDO - COMÉRCIO DE EQUIPA Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Seg. a Sex.

Leia mais