Os Orixás e o seu Signo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os Orixás e o seu Signo"

Transcrição

1 Os Orixás e o seu Signo Os Orixás, esses fascinantes Deuses africanos, governam um ou mais signos. Isso significa que todo nós temos um orixá que nos guia em nossa vidas. Existem três os tipos de orixás presentes em nossa Vida. o de frente ou de cabeça, que corresponde ao signo solar: o ajuntó, que é o nosso ascendente; e o de herança, associado ao signo lunar. Mais fácil é conhecer o Orixá de Frente. Antes porém, é bom dar atenção para um detalhe: as múltiplas manifestaçãoes de um mesmo Orixá. Apesar de existirem mais de 100 orixás, para efeito de associação com os signos, somente 16 deles ganham importância porque apresentam características semelhantes às dos planetas e estrelas do céu astral e também por causa de sua ligação com os quatro elementos básicos: Para saber qual o seu Orixá Protector, veja em que decanato nasceu. 1 / 9

2 1º Exemplo: Se nasceu a 20 de Agosto, sob o signo Leão, então o seu Orixá Protector é: Ogum, porque pertence ao 3 decanato do Signo. 2ºExemplo: Se nasceu a 10 de Agosto, sob o signo Leão, então o seu Orixá Protector é: Xangõ, porque pertence ao 2 decanato do Signo. 3º Exemplo: Se nasceu a 26 de Agosto, sob o signo Leão, então o seu Orixá Protector é: Oxala, porque pertence ao 1 decanato do Signo. Signo Leão: de 23 Julho a 22 de Agosto. 23 de Julho a 1 de Agosto 1 Decanato 2 de Agosto a 11 de Agosto 2 Decanato 12 de Agosto a 22 de Agosto 3 Decanato Áries Para os filhos de Áries nascidos de 21 de Março a 19 de Abril. Orixá Protetor: 1º Decanato: Ogum-2º Decanato :Oxalá 3º Decanato: Xangô 2 / 9

3 Numerologia: 1 - Elemento: Fogo Regência astrológica de: Marte - Regência cabalística de: Gevurah Touro Para os filhos de Touro nascidos de 20 de Abril a 20 de Maio. Orixá Protector: 1º Decanato: Oxossi 2º Decanato :Ibeiji - 3º Decanato: Obaluaiê Numerologia: 2- Elemento: Terra Regência astrológica de: Vénus - Regência cabalística de: Netzah Gêmeos Para os filhos de Gêmeos nascidos de 21 de Maio a 20 de Junho. 3 / 9

4 Orixá Protector: 1º Decanato: Ibeiji 2º Decanato: Oxossi - 3º Decanato: Obaluaiê Numerologia: 3 - Elemento: Ar Regência astrológica de: Mercúrio - Regência cabalística de: Hod Câncer Para os filhos de Câncer nascidos de 21 de Junho a 22 de Julho. Orixá Protector: 1º Decanato: Yemanjá 2º Decanato: Ogum 3º Decanato: Xangô Numerologia: 4 - Elemento: Agua Regência astrológica de: Lua - Regência cabalística de: Yesod Leão Para os filhos de Leão nascidos de 23 Julho a 22 de Agosto. 4 / 9

5 Orixá Protector: 1º Decanato: Oxalá 2º Decanato: Xangô 3º Decanato: Ogum Numerologia: 5 - Elemento: Fogo Regência astrológica de: Sol - Regência cabalística de: Tiphereth Virgem Para os filhos de Virgem nascidos de 23 de Agosto a 22 de Setembro. Orixá Protector: 1º Decanato: Ibeiji 2º Decanato: Obaluaiê - 3º Decanato: Oxossi Numerologia: 6 - Elemento: Terra Regência astrológica de: Mercúrio - Regência cabalística de: Hod Libra Para os filhos de Libra nascidos de 23 de Setembro a 22 de Outubro. 5 / 9

6 Orixá Protetor: 1º Decanato: Oxossi 2º Decanato: Obaluaiê - 3º Decanato: Ibeiji Numerologia: 7 - Elemento: Ar Regência astrológica de: Vénus - Regência cabalística de: Netzah Escorpião Para os filhos de Escorpião nascidos de 23 de Outubro a 21 de Novembro. Orixá Protetor: 1º Decanato: Ogum 2º Decanato: Xangô - 3º Decanato: Yemanjá Numerologia: 8 - Elemento: Agua Regência astrológica de: Plutão - Regência cabalística de: Daath Sagitário 6 / 9

7 Para os filhos de Sagitário nascidos de 22 de Novembro a 21 de Dezembro. Orixá Protetor: 1º Decanato: Xangô 2º Decanato: Ogum - 3º Decanato: Oxalá Numerologia: 9 - Elemento: Fogo Regência astrológica de: Júpiter - Regência cabalística de: Hesed Capricórnio Para os filhos de Capricórnio nascidos de 22 de Dezembro a 19 de Janeiro. Orixá Protetor: 1º Decanato: Obaluaiê 2º Decanato: Oxossi - 3º Decanato: Ibeiji Numerologia: 10 - Elemento: Terra Regência astrológica de: Saturno - Regência cabalística de: Binah 7 / 9

8 Aquário Para os filhos de Aquário de 20 de Janeiro a 18 de Fevereiro. Orixá Protetor: 1º Decanato: Obaluaiê 2º Decanato: Ibeiji - 3º Decanato: Oxossi Numerologia: 11 - Elemento: Ar Regência astrológica de: Urano - Regência cabalística de: Hokmah Peixes Para os filhos de Peixes de 19 de Fevereiro a 20 de Março. Orixá Protector: 1º Decanato: Xangô 2º Decanato: Yemanjá - 3º Decanato: Ogum 8 / 9

9 Numerologia: Elemento: Agua Regência astrológica de: Neptuno - Regência cabalística de: Kether 9 / 9

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Aquário 25 Dez 1939 Vênus Em Peixes 18 Jan 1940 Vênus Em Áries 12 Fev 1940 Vênus Em Touro 8 Mar 1940 Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Câncer 6 Maio 1940 Vênus Em Gêmeos 5 Jul 1940 Vênus Em

Leia mais

Apostila de Tarefas. Casa 4. O Estudo da Casa 4 iluminado pelo trânsito do Sol em Caranguejo e o Calendário Sagrado das Estações

Apostila de Tarefas. Casa 4. O Estudo da Casa 4 iluminado pelo trânsito do Sol em Caranguejo e o Calendário Sagrado das Estações Apostila de Tarefas Casa 4 O Estudo da Casa 4 iluminado pelo trânsito do Sol em Caranguejo e o Calendário Sagrado das Estações Para o Curso de Astrologia Online Astrologia da Mudança Com Hector Othon Junho/Julho

Leia mais

Curso Esotérico de Magia Branca e Teurgia (Conjurações, Invocações e o Espelho Mágico)

Curso Esotérico de Magia Branca e Teurgia (Conjurações, Invocações e o Espelho Mágico) Curso Esotérico de Magia Branca e Teurgia (Conjurações, Invocações e o Espelho Mágico) Índice Completo Parte intengrante do Curso Esotérico de Magia Branca e Teurgia Produzido por ESOTERIKHA.COM. http://www.esoterikha.com

Leia mais

Em que constelações se encontram os planetas?

Em que constelações se encontram os planetas? Complemento de informação aos leitores (Por conveniência editorial, este documento segue as regras do novo Acordo Ortográfico) Em que constelações se encontram os planetas? Guilherme de Almeida Dados para

Leia mais

Aula 52 Conteúdos: Artigo: definido e indefinido. Expressão numérica com adição, subtração e multiplicação. Corpos celestes. LINGUAGENS MAT., C. HUM.

Aula 52 Conteúdos: Artigo: definido e indefinido. Expressão numérica com adição, subtração e multiplicação. Corpos celestes. LINGUAGENS MAT., C. HUM. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 52 Conteúdos: Artigo: definido e indefinido. Expressão numérica com adição, subtração e multiplicação. Corpos

Leia mais

CURSO. Astrologia do Sistema Anura com extensões para o Portal da Visão e Elixires de Saturno

CURSO. Astrologia do Sistema Anura com extensões para o Portal da Visão e Elixires de Saturno CURSO Astrologia do Sistema Anura com extensões para o Portal da Visão e Elixires de Saturno De janeiro a julho de 2015 Vitorino de Sousa www.sistemaanura.com www.facebook.com/sistemaanura www.anjogodofredo.com

Leia mais

EFEMÉRIDES DO MÊS DE OUTUBRO DE 2014

EFEMÉRIDES DO MÊS DE OUTUBRO DE 2014 EFEMÉRIDES DO MÊS DE OUTUBRO DE 2014 POSIÇÃO GEOGRÁFICA: LATITUDE: -8.1º LONGITUDE: -34.9º LATITUDE: 8º 0 48.1 Sul LONGITUDE: 34º 51 3.4 Oeste CALENDÁRIO DO CÉU COM OS HORÁRIOS DE VISIBILIDADE DOS OBJETOS

Leia mais

Consultas e atividades terapêuticas Esmeralda Rios e Vitorino de Sousa

Consultas e atividades terapêuticas Esmeralda Rios e Vitorino de Sousa Consultas e atividades terapêuticas Esmeralda Rios e Vitorino de Sousa Veja a programação consultas (dias, horas e locais) na Agenda de www.sistemaanura.com www.facebook.com/sistemaanura Como todos já

Leia mais

Publicado originalmente no Jornal Astrológico 4 Estações, edição Nº 4. Jornal Astrológico da Associação Portuguesa de Astrologia ASPAS

Publicado originalmente no Jornal Astrológico 4 Estações, edição Nº 4. Jornal Astrológico da Associação Portuguesa de Astrologia ASPAS Publicado originalmente no Jornal Astrológico 4 Estações, edição Nº 4 Jornal Astrológico da Associação Portuguesa de Astrologia ASPAS Revisto e Reeditado em Abril de 2015 www.astrologiamedieval.com THEMA

Leia mais

Olha pro céu! (uma brevissima introdução à astronomia para crianças de todas as idades) Helder da Rocha

Olha pro céu! (uma brevissima introdução à astronomia para crianças de todas as idades) Helder da Rocha Pedra de Sto. Antônio (Fagundes, PB) e constelações de Sagitário e Coroa Austral 20o. Encontro para a Nova Consciência Campina Grande, PB, 2011 Olha pro céu! (uma brevissima introdução à astronomia para

Leia mais

Fundamentos da Astrologia Tradicional

Fundamentos da Astrologia Tradicional Extraído do livro: Fundamentos da Astrologia Tradicional Copyright Clélia Romano i 6.2 As dignidades celestes dos Planetas A astrologia tradicional e Medieval utiliza muitos outros pontos além da regência

Leia mais

SERES ESPECIAIS VIVER COM DISLEXIA

SERES ESPECIAIS VIVER COM DISLEXIA SERES ESPECIAIS VIVER COM DISLEXIA Por: Trabalho de investigação, no âmbito do curso de Astrologia, Nível III, no CEIA-Astrologia Novembro de 2010 1. INTRODUÇÃO A escolha deste tema surgiu como desafio,

Leia mais

Previsões mensais para todos os signos

Previsões mensais para todos os signos Previsões mensais para todos os signos 19º ano Tradução Isabella Pacheco Patrícia azeredo 1ª edição Rio de Janeiro 2015 Sumário Agradecimentos 7 Introdução 9 Glossário de Termos Astrológicos 11 Áries Perfil

Leia mais

CÉU DE SETEMBRO. Mapa das regiões do céu. (constelações) visto de. Olinda, em 15 de. setembro de 2015, às. 19:00 horas.

CÉU DE SETEMBRO. Mapa das regiões do céu. (constelações) visto de. Olinda, em 15 de. setembro de 2015, às. 19:00 horas. CÉU DE SETEMBRO Mapa das regiões do céu (constelações) visto de Olinda, em 15 de setembro de 2015, às 19:00 horas. EVENTO DO ANO ECLIPSE TOTAL DA LUA (27/09 DOMINGO) A sombra da Terra cobrirá o lado visível

Leia mais

Sociedade Espiritualista Mata Virgem. Curso de Umbanda AS SETE LINHAS

Sociedade Espiritualista Mata Virgem. Curso de Umbanda AS SETE LINHAS Sociedade Espiritualista Mata Virgem Curso de Umbanda AS SETE LINHAS Para entender um pouco mais a Umbanda devemos conhecer as linhas ou vibrações. Uma linha ou vibração, eqüivale a um grande exército

Leia mais

APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CIÊNCIAS. Conteúdo: Sistema Solar

APRENDER A APRENDER CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CIÊNCIAS. Conteúdo: Sistema Solar A A Conteúdo: Sistema Solar A A Habilidades: Conhecer as características do conjunto formado pelo Sol, planetas e suas luas. A A Vídeo - Sistema Solar A A Sol É a estrela mais próxima de nosso planeta

Leia mais

EFEMÉRIDES DO MÊS DE ABRIL DE 2014

EFEMÉRIDES DO MÊS DE ABRIL DE 2014 EFEMÉRIDES DO MÊS DE ABRIL DE 2014 POSIÇÃO GEOGRÁFICA: LATITUDE: -8.1º LONGITUDE: -34.9º LATITUDE: 8º 0 48.1 Sul LONGITUDE: 34º 51 3.4 Oeste CALENDÁRIO DO CÉU COM OS HORÁRIOS DE VISIBILIDADE DOS OBJETOS

Leia mais

Paula Falcão. Este capítulo tem por objetivo:

Paula Falcão. Este capítulo tem por objetivo: Astrologia Paula Falcão A autora deste capítulo é diretora da KDP-Kepler Consultoria em Desenvolvimento de Potencial, em São Paulo, atuando como consultora empresarial e educacional em desenvolvimento

Leia mais

CALENDÁRIO DO CÉU PARA O MÊS DE JUNHO DE 2014

CALENDÁRIO DO CÉU PARA O MÊS DE JUNHO DE 2014 CALENDÁRIO DO CÉU PARA O MÊS DE JUNHO DE 2014 POSIÇÃO GEOGRÁFICA: LATITUDE: -8.1º LONGITUDE: -34.9º LATITUDE: 8º 0 48.1 Sul LONGITUDE: 34º 51 3.4 Oeste CALENDÁRIO DO CÉU COM OS HORÁRIOS DE VISIBILIDADE

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

EFEMÉRIDES DO MÊS DE AGOSTO DE 2014

EFEMÉRIDES DO MÊS DE AGOSTO DE 2014 EFEMÉRIDES DO MÊS DE AGOSTO DE 2014 POSIÇÃO GEOGRÁFICA: LATITUDE: -8.1º LONGITUDE: -34.9º LATITUDE: 8º 0 48.1 Sul LONGITUDE: 34º 51 3.4 Oeste CALENDÁRIO DO CÉU COM OS HORÁRIOS DE VISIBILIDADE DOS OBJETOS

Leia mais

ASTRONOMIA NO DIA-A-DIA Dr. André Milone

ASTRONOMIA NO DIA-A-DIA Dr. André Milone ASTRONOMIA NO DIA-A-DIA Dr. André Milone Divisão de Astrofísica (DAS) Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica 2009 ROTEIRO GERAL Fenômenos astronômicos no dia-a-dia Movimentos da Terra heliocentrismo

Leia mais

À procura de padrões

À procura de padrões Universidade dos Açores Departamento de Ciências da Educação Licenciatura de Educação Básica Aplicações da Matemática Ano letivo 2013/14 À procura de padrões Uma viagem pelo Universo Docente: Professor

Leia mais

SEU MAPA ASTRAL COMPLETO

SEU MAPA ASTRAL COMPLETO SEU MAPA ASTRAL COMPLETO Saudações astrais, Senor Você está recebendo sua análise personalizada, o seu MAPA ASTRAL. O perfil astrológico é combinado com a interpretação de outras ciências místicas e fornece

Leia mais

Aviso Legal A compra deste e-book concede-lhe o direito de conservar uma cópia eletrónica e uma cópia impressa do mesmo.

Aviso Legal A compra deste e-book concede-lhe o direito de conservar uma cópia eletrónica e uma cópia impressa do mesmo. Copyright 2014 Raquel Fialho Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida ou transmitida em nenhuma forma ou através de meios nenhuns, sejam electrónicos ou mecânicos,

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS ALGORITMOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS ALGORITMOS C. EXERCÍCIOS ESTRUTURA SE...ENTAO 31. Faça um algoritmo que leia dois números A e B e imprima o maior deles. 32. Faça um algoritmo que leia um número N e imprima F1, F2 ou F3, conforme a condição: F1,

Leia mais

José Otávio e Adriano 2º ano A

José Otávio e Adriano 2º ano A José Otávio e Adriano 2º ano A Vênus é um planeta que faz parte do Sistema Solar. Está localizado entre os planetas Mercúrio e Terra. Tem esse nome em homenagem a Vênus (deusa do amor da mitologia romana).

Leia mais

1- Durante o dia conseguimos ver apenas o brilho do Sol e não conseguimos ver o brilho de outras estrelas. Explique por que isso acontece.

1- Durante o dia conseguimos ver apenas o brilho do Sol e não conseguimos ver o brilho de outras estrelas. Explique por que isso acontece. Atividade de Estudo - Ciências 5º ano Nome: 1- Durante o dia conseguimos ver apenas o brilho do Sol e não conseguimos ver o brilho de outras estrelas. Explique por que isso acontece. 2- Cite uma semelhança

Leia mais

Anuário Astronômico. Belo Horizonte. Altitude: 858 metros. Efemérides Astronômicas Sistema Equatorial Sistema Horizontal Local

Anuário Astronômico. Belo Horizonte. Altitude: 858 metros. Efemérides Astronômicas Sistema Equatorial Sistema Horizontal Local 2014 Belo Horizonte Latitude: -19o55'15.0'' Longitude: -43o56'16.0'' Altitude: 858 metros Efemérides Astronômicas Sistema Equatorial Sistema Horizontal Local Este Anuário e os de outras cidades estão disponibilizados

Leia mais

jorgetorresjoias@gmail.com 55.71.91358970 / 81538471 jorgetorresjoias.blogspot.com.br

jorgetorresjoias@gmail.com 55.71.91358970 / 81538471 jorgetorresjoias.blogspot.com.br jorgetorresjoias@gmail.com 55.71.91358970 / 81538471 jorgetorresjoias.blogspot.com.br Preços se referem a compras via depósito. Para comprar via Pagsegure veja: http://jorgetorresjoias-afrobrasileiro.blogspot.com.br/

Leia mais

Sistema Solar. Sistema de Ensino CNEC. 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome:

Sistema Solar. Sistema de Ensino CNEC. 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: Sistema Solar 1 o Mercúrio 5 o Júpiter 2 o Vênus 6 o Saturno 3 o Terra 7 o Urano 4 o Marte 8 o Netuno Com certeza você já deve ter ouvido

Leia mais

Escola Básica 2.3 Comandante Conceição e Silva

Escola Básica 2.3 Comandante Conceição e Silva Escola Básica 2.3 Comandante Conceição e Silva Trabalho realizado por : Ano Lectivo 2010/2011 Catarina Matos nº 7 Lea Semedo nº 16 Sara Oliveira nº 23 Liliana Azeved0, nº 17 7º C Nós fizemos este trabalho

Leia mais

ELETIVA COM MÉTODO APLICAÇÃO PRÁTICA EM ELEIÇÕES PARA NEGÓCIOS. Celisa Beranger

ELETIVA COM MÉTODO APLICAÇÃO PRÁTICA EM ELEIÇÕES PARA NEGÓCIOS. Celisa Beranger ELETIVA COM MÉTODO APLICAÇÃO PRÁTICA EM ELEIÇÕES PARA NEGÓCIOS DOROTHEUS DE SIDON - SÉCULO I - Pentateuco Verifica, no que diz respeito a cada questão que iniciares, qual é, entre os astros, o regente

Leia mais

Escola E. B. 2º e 3º ciclos do Paul. Trabalho elaborado por: Diana Vicente nº 9-7ºB No âmbito da disciplina de Ciências Naturais

Escola E. B. 2º e 3º ciclos do Paul. Trabalho elaborado por: Diana Vicente nº 9-7ºB No âmbito da disciplina de Ciências Naturais Escola E. B. 2º e 3º ciclos do Paul Trabalho elaborado por: Diana Vicente nº 9-7ºB No âmbito da disciplina de Ciências Naturais Introdução Formação do sistema solar Constituição * Sol * Os planetas * Os

Leia mais

15 a. Aula. Pontos riscados. Definição

15 a. Aula. Pontos riscados. Definição 1 o. Curso de Dirigentes da Fraternidade do Grande Coração Proposta: preparar umbandistas para a organização e direção espiritual de casa de umbanda, através de um conhecimento aprofundado da umbanda ancestral

Leia mais

ASTRONOMIA NO DIA A DIA

ASTRONOMIA NO DIA A DIA ASTRONOMIA NO DIA A DIA Dr. André Milone Divisão de Astrofísica (DAS) Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica 2013 Astronomia no dia a dia Qual é a forma e movimentos da Terra? O Metro e o Segundo

Leia mais

Antes é preciso explicar o que é um Meteoro?

Antes é preciso explicar o que é um Meteoro? 1 Você sabe o que é uma Chuva de Meteoros? Antes é preciso explicar o que é um Meteoro? É um pequeno corpo celeste que entra na atmosfera da Terra e queima completamente, ou não. Essa queima (combustão)

Leia mais

ZODÍACO. As três Etapas Evolutivas. Rui Simões

ZODÍACO. As três Etapas Evolutivas. Rui Simões ZODÍACO As três Etapas Evolutivas Rui Simões Março de 2011 Índice Introdução...3 A Espiral Ascendente...3 Os Quatro Elementos...5 Fogo...5 Terra...6 Ar...6 Água...7 Trilogia dos elementos...8 Trilogia

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC 2014-07a-07s-ac-05 Português: Interpretação de texto, construção de frase

Sistema de Ensino CNEC 2014-07a-07s-ac-05 Português: Interpretação de texto, construção de frase 2 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências (Recortar e colar no caderno de Matemática e Ciências.) Nome: A leitura nos faz viajar! Pegue carona com a Estrela Tinim e descubra grandes aventuras!

Leia mais

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos 2 QUESTÃO 01 (1,0 ponto) Observe a imagem 1, com atenção, e depois responda Fonte: http://nautilus.fis.uc.pt/astro/hu/viag/images/imagem24.jp 3 É o sexto planeta

Leia mais

O UNIVERSO DENTRO DA LOJA MAÇÔNICA. Plano do Teto. Fonte: http://4.bp.blogspot.com/_h92f2a-n9ay/szenchyug7i/aaaaaaaad2u/9jmpd

O UNIVERSO DENTRO DA LOJA MAÇÔNICA. Plano do Teto. Fonte: http://4.bp.blogspot.com/_h92f2a-n9ay/szenchyug7i/aaaaaaaad2u/9jmpd 1 2 O UNIVERSO DENTRO DA LOJA MAÇÔNICA Roberto Aguilar M. S. Silva Membro da Academia Maçônica de Letras De Mato Grosso do Sul Plano do Teto Fonte: http://4.bp.blogspot.com/_h92f2a-n9ay/szenchyug7i/aaaaaaaad2u/9jmpd

Leia mais

Insígnia de Competência de Astrónomo Alguns apontamentos para Exploradores

Insígnia de Competência de Astrónomo Alguns apontamentos para Exploradores Insígnia de Competência de Astrónomo Alguns apontamentos para Exploradores 1 Conhecer a influência do sol, terra e lua nas estações do ano (exs: culturas, flores, frutos, árvores, entre outros) 2 Conhecer

Leia mais

ECLIPSE PARCIAL DO SOL:

ECLIPSE PARCIAL DO SOL: EFEMÉRIDES DO MÊS DE NOVEMBRO DE 2013 (DIA, HORA E MINUTOS PARA OLINDA E GRANDE RECIFE NO HORÁRIO LOCAL -3 HORAS DO TEMPO UNIVERSAL SEM HORÁRIO DE VERÃO)* * Por Alexandre Evangelista da Silva, Professor

Leia mais

Escola Estadual Jerônimo Gueiros Professor (a) Supervisor (a): Ary Pereira Bolsistas: Ana Moser e Débora Leyse

Escola Estadual Jerônimo Gueiros Professor (a) Supervisor (a): Ary Pereira Bolsistas: Ana Moser e Débora Leyse Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Humanas Letras e Artes Departamento de Geografia Programa Institucional de Iniciação à docência (PIBID) Escola Estadual Jerônimo Gueiros Professor

Leia mais

4ºano Turma Mista. Autora: Beatriz Rodrigues

4ºano Turma Mista. Autora: Beatriz Rodrigues 4ºano Turma Mista O ESPAÇO Autora: Beatriz Rodrigues O que é e como é o Espaço? Os seres humanos chamam Espaço a tudo o que está fora da superfície e atmosfera terrestre. A maioria dos peritos acredita

Leia mais

Hoje é 30 de setembro de 2015. Esse é uma previsão astrológica sobre que diabos está acontecendo no planeta Terra pelo ponto de vista da astrologia.

Hoje é 30 de setembro de 2015. Esse é uma previsão astrológica sobre que diabos está acontecendo no planeta Terra pelo ponto de vista da astrologia. Boletim Pele 30 de Setembro de4 2015 Olá, bom dia!! Aqui é Kaypacha com o boletim astrológico semanal Pele. Aqui estou eu de volta ao meu jardim, aqui na Costa Rica... essa é meu querido pé de café, você

Leia mais

Boa tarde a todos!! Sejam bem vindos a aula de Física!! Professor Luiz Fernando

Boa tarde a todos!! Sejam bem vindos a aula de Física!! Professor Luiz Fernando Boa tarde a todos!! Sejam bem vindos a aula de Física!! Professor Luiz Fernando Minha História Nome: Luiz Fernando Casado 24 anos Naturalidade: São José dos Campos Professor de Física e Matemática Formação:

Leia mais

GABARITO DA PROVA OLÍMPICA DO NÍVEL II DA II OBA

GABARITO DA PROVA OLÍMPICA DO NÍVEL II DA II OBA 1. A astronomia estuda tudo que está fora da Terra, como por exemplo, os planetas, as estrelas, os cometas, as galáxias, as constelações, os movimentos destes corpos, etc. Para observar estes corpos basta

Leia mais

2.1 Astros do Sistema Solar

2.1 Astros do Sistema Solar 2.1 Astros do Sistema Solar 2.1 Astros do Sistema Solar Constituição do Sistema Solar Sol Planetas (e respetivos satélites) Asteroides Cometas Planetas anões Sol 2.1 Astros do Sistema Solar Constituição

Leia mais

ASTROLOGIA E ASTRONOMIA: UMA CONVERSA ENTRE AS DUAS. CARLOTA SIMÕES JOÃO FERNANDES Universidade de Coimbra. 1. Introdução

ASTROLOGIA E ASTRONOMIA: UMA CONVERSA ENTRE AS DUAS. CARLOTA SIMÕES JOÃO FERNANDES Universidade de Coimbra. 1. Introdução ASTROLOGIA E ASTRONOMIA: UMA CONVERSA ENTRE AS DUAS CARLOTA SIMÕES JOÃO FERNANDES Universidade de Coimbra 1. Introdução A Astrologia e a Astronomia são hoje áreas independentes e sem nenhuma relação entre

Leia mais

Tarot versus Astrologia O Caminho Real da Vida

Tarot versus Astrologia O Caminho Real da Vida Tarot versus Astrologia O Caminho Real da Vida Nº Arcanos Significados Positivos Significados Negativos I Mago Iniciativa, criatividade, astúcia Insegurança, desorganização II Sacerdotisa Intuição, mistério,

Leia mais

A MISSÃO DE CADA SIGNO

A MISSÃO DE CADA SIGNO A MISSÃO DE CADA SIGNO...E então, naquela manha Deus compareceu ante suas doze crianças e em cada uma delas plantou a semente da vida humana. Uma por uma, cada criança deu um passo à frente para receber

Leia mais

Fundação Wilson Marcelino Filho

Fundação Wilson Marcelino Filho Fundação Wilson Marcelino Filho Rua Canadá, 1039 Boa Vista Fone(s): 236.1110 91174990 CEP: 82.510-290 CNPJ. 04.002.128/0001-45 Projeto Desporto ao Alcance de Todos Contrato De um lado, Funwilson, CNPJ.

Leia mais

PERFIL PESSOAL COM FOCO NA VIDA PROFISSIONAL BASEADO NO MAPA ASTROLÓGICO

PERFIL PESSOAL COM FOCO NA VIDA PROFISSIONAL BASEADO NO MAPA ASTROLÓGICO CURRICULO DE HABILIDADES Devemos tornar-nos o mais possível imortais, e fazer de tudo por viver segundo aquela parte que em nós é mais excelente, a qual, embora pequena de amplitude, em potência e em dignidade

Leia mais

Plutão era um planeta, mas...

Plutão era um planeta, mas... Sistema Solar Plutão era um planeta, mas... Em termos científicos, não existe uma verdade absoluta. Como demonstrou o filósofo Karl Popper (1902-1994), a ciência só produz teorias falseáveis ou refutáveis,

Leia mais

Astronomia: mitos, crendices, causos e nomes populares atribuídos aos objetos celestes

Astronomia: mitos, crendices, causos e nomes populares atribuídos aos objetos celestes Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas Palestra da Lua Cheia 06 / 06 / 2015 Astronomia: mitos, crendices, causos e nomes populares atribuídos aos objetos celestes Prof a Esp. Maria José Barros Fidelis

Leia mais

Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento. Bons Estudos!

Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento. Bons Estudos! EXERCÍCIO DE REVISÃO - GEOGRAFIA 6º ano Profª. Ms. Graziella Fernandes de Castro Queridos alunos, Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento.

Leia mais

Aspectos entre planetas. Um estudo comparativo tempo/espaço

Aspectos entre planetas. Um estudo comparativo tempo/espaço Aspectos entre planetas Um estudo comparativo tempo/espaço Clélia Romano, copyright 2011 Os aspectos foram vistos de forma totalmente diferente pela astrologia Helenista e pela Árabe Medieval. Na astrologia

Leia mais

ESSMF. Constituição. Biologia Geologia Sistema Solar. Pleiades. Estrela - Massa luminosa de plasma (gás ionizado).

ESSMF. Constituição. Biologia Geologia Sistema Solar. Pleiades. Estrela - Massa luminosa de plasma (gás ionizado). ESSMF Biologia Geologia Sistema Solar 1 Constituição Estrela - Massa luminosa de plasma (gás ionizado). Sol Alfa centauro Pleiades 2 Constituição Planetas - Corpo celeste que orbita à volta de uma estrela,

Leia mais

Olá, bom dia, aqui fala Kaypacha com o boletim semanal Pele, sim!

Olá, bom dia, aqui fala Kaypacha com o boletim semanal Pele, sim! Olá, bom dia, aqui fala Kaypacha com o boletim semanal Pele, sim! Hoje, 28 de outubro de 2015. Gostaria de dar-lhes a perspectiva de fora, do espaço sideral, pois podemos ver esse grande alinhamento de

Leia mais

FERNANDO PESSOA E O SEU DUPLO ASTROLÓGICO

FERNANDO PESSOA E O SEU DUPLO ASTROLÓGICO FERNANDO PESSOA E O SEU DUPLO ASTROLÓGICO Maria Antónia Jardim Professora auxiliar Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - UFP mjardim@ufp.pt RESUMO É um texto que focaliza o perfil esotérico de Fernando

Leia mais

Quem será eleito presidente do Brasil em 2014?

Quem será eleito presidente do Brasil em 2014? Quem será eleito presidente do Brasil em 2014? Um estudo de astrologia tradicional Copyright Clélia Romano 2013 Os autores tradicionais mais renomados, tais como Abu Mashar e Masha allah lidaram com situações

Leia mais

Mensageiros da Cura (1 a 34)

Mensageiros da Cura (1 a 34) Mensageiros da Cura (1 a 34) 1 2 1 Mensageiro (Mestre,95) Te levanta, te levanta Levanta quem está sentado Para receber o Mensageiro Dentro do Jardim Dourado. Vai seguindo, vai seguindo Dentro do jardim

Leia mais

PROF. RICARDO TEIXEIRA O UNIVERSO E O SISTEMA SOLAR

PROF. RICARDO TEIXEIRA O UNIVERSO E O SISTEMA SOLAR PROF. RICARDO TEIXEIRA O UNIVERSO E O SISTEMA SOLAR Teorias da origem do Universo O Universo É tudo que existe; é o conjunto formado pelos planetas, cometas, estrelas, galáxias, etc. Existem várias teorias

Leia mais

SEU SIGNO E SUAS VIDAS PASSADAS UM ESTUDO SOBRE CARMA E SÍMBOLOS ASTROLÓGICOS

SEU SIGNO E SUAS VIDAS PASSADAS UM ESTUDO SOBRE CARMA E SÍMBOLOS ASTROLÓGICOS Elaine Bernardes SEU SIGNO E SUAS VIDAS PASSADAS UM ESTUDO SOBRE CARMA E SÍMBOLOS ASTROLÓGICOS SEU SIGNO E SUAS VIDAS PASSADAS -UM ESTUDO SOBRE CARMA E SÍMBOLOS ASTROLÓGICOS- ELAINE BERNARDES Canção do

Leia mais

IANSÃ PONTOS DE LINHA. 1. Oh, Iansã menina é do cabelo loiro Sua espada é de prata Sua coroa é de ouro

IANSÃ PONTOS DE LINHA. 1. Oh, Iansã menina é do cabelo loiro Sua espada é de prata Sua coroa é de ouro IANSÃ PONTOS DE LINHA 1. Oh, Iansã menina é do cabelo loiro Sua espada é de prata Sua coroa é de ouro 2. Iansã mãe virgem Do cabelo louro Ela desceu do céu Num cordel de ouro 3. Ventou nas matas Ventou

Leia mais

pra você 2011... Guia astral Atenção, meninas Nós conversamos com a astróloga Titi Vidal e te contamos como vai ser o próximo ano

pra você 2011... Guia astral Atenção, meninas Nós conversamos com a astróloga Titi Vidal e te contamos como vai ser o próximo ano Guia astral pra você 2011... Nós conversamos com a astróloga Titi Vidal e te contamos como vai ser o próximo ano POR KARINA MATIAS 2012! Atenção, meninas românticas: o amor estará no ar em 2012. É o que

Leia mais

MINIGUIA DO UTILIZADOR

MINIGUIA DO UTILIZADOR MINIGUIA DO UTILIZADOR ~ VERSÂO 1.6.1. Windows e Mac Guia Realizado por: André Vieira, 27063 Inês Conde, 26018 Docente: Sr. Prof. António Vieira INTRODUÇÃO Muitos de nós, numa noite escura, já olharam

Leia mais

Blog da Autora: http://www.escrita.blogspot.com

Blog da Autora: http://www.escrita.blogspot.com A Astrologia e o futuro de Portugal em 2013 Publicado por Ágata Ramos Simões na Smashwords Copyright 2012 Ágata Ramos Simões Image credit: NASA/JPL-Caltech Blog da Autora: http://www.escrita.blogspot.com

Leia mais

Oração Científica e Auxílio Espiritual

Oração Científica e Auxílio Espiritual MAX HEINDEL Oração Científica e Auxílio Espiritual Alegoria Zodiacal, JAKnaap FRATERNIDADE ROSACRUZ CENTRO DO RIO DE JANEIRO 1 Oração Para compreender-se o que é a Oração, façamos uma comparação com uma

Leia mais

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010 CAPÍTULO 7 ÓRBITA DOS PLANETAS. LEIS DE KEPLER E DE NEWTON. Movimento dos Planetas. O Modelo Geocêntrico. O Modelo Heliocêntrico. Leis de Kepler. Isaac Newton e Suas Leis. Recapitulando as aulas anteriores:

Leia mais

15 O sistema solar e seus planetas

15 O sistema solar e seus planetas A U A UL LA Atenção O sistema solar e seus planetas Leia com atenção as notícias abaixo, que apareceram em jornais de diferentes épocas. ANO DE 1781 CIENTISTAS DESCOBREM NOVO PLANETA De há quase 2.000

Leia mais

Sociedade das Ciências Antigas. Iniciação Astrológica. Papus

Sociedade das Ciências Antigas. Iniciação Astrológica. Papus Página 1 de 74 Sociedade das Ciências Antigas Iniciação Astrológica Por Papus Traduzido do original francês InitiAtion Astrologique La Sirène Paris 1920 ALGUMAS PALAVRAS AO LEITOR É NECESSÁRIO ESTUDAR

Leia mais

CURSO BÁSICO DE ASTROLOGIA VOLUME I

CURSO BÁSICO DE ASTROLOGIA VOLUME I CURSO BÁSICO DE ASTROLOGIA VOLUME I MARION D. MARCH JOAN McEVERS Curso Básico de Astrologia VOLUME I Princípios Fundamentais Tradução CARMEM YOUSSEF EDITORA PENSAMENTO SÃO PAULO Título do original: The

Leia mais

Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Ciências Físico-Químicas Teste Intermédio Ciências Físico-Químicas Caderno 2 Duração do Teste: 40 min (Caderno 1) + 10 min (pausa) + 40 min (Caderno 2) 19.05.2011 9.º Ano de Escolaridade

Leia mais

2º Bimestre Aula 98 Revisão e avaliação de Ciências Humanas

2º Bimestre Aula 98 Revisão e avaliação de Ciências Humanas 2 E HABILIDADES REVISÃO 1 REVISÃO 2 2º Bimestre Aula 98 Revisão e avaliação de Ciências Humanas 3 Vídeo - Sistema solar 4 Curiosidades sobre o espaço 1. Saturno não é o único planeta com anéis. 2. Você

Leia mais

O Sistema Solar 11/12/2014. Unidade 2 O SISTEMA SOLAR. 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar

O Sistema Solar 11/12/2014. Unidade 2 O SISTEMA SOLAR. 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar Ciências Físico-químicas - 7º ano de escolaridade Unidade 2 O SISTEMA SOLAR O Sistema Solar 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar 2 1 Competências a desenvolver: Caracterização do

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: FIS02010

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia. Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: FIS02010 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Física Departamento de Astronomia Fundamentos de Astronomia e Astrofísica: FIS02010 Prof. Tibério B. Vale Como se calcula o comprimento da sombra?

Leia mais

Considera-se que o Sistema Solar teve origem há cerca de 5 mil milhões de anos.

Considera-se que o Sistema Solar teve origem há cerca de 5 mil milhões de anos. 19 e 20 17/11/2011 Sumário Correção do TPC. Como se formou o Sistema Solar? Constituição do Sistema Solar. Os planetas do Sistema Solar. Principais características dos planetas do Sistema Solar. Outros

Leia mais

Análise de Uma Carta de Evento. -Um Caso de Assassinato-

Análise de Uma Carta de Evento. -Um Caso de Assassinato- Análise de Uma Carta de Evento -Um Caso de Assassinato- Dezenas de milhares de pessoas são mortas anualmente no Brasil, mas o assassinato de uma criança de cinco anos de idade manteve o Brasil, a opinião

Leia mais

MODELO RESUMIDO DO MAPA ASTRAL COMPLETO PARA REFERÊNCIA A interpretação original deste modelo possui de 56 páginas.

MODELO RESUMIDO DO MAPA ASTRAL COMPLETO PARA REFERÊNCIA A interpretação original deste modelo possui de 56 páginas. MODELO RESUMIDO DO MAPA ASTRAL COMPLETO PARA REFERÊNCIA A interpretação original deste modelo possui de 56 páginas. Sagitário, eu peço a você para fazer os homens rirem, pois no meio das incompreensões

Leia mais

OCASIÕES ESPECIAIS. Batismo 1. Composição: Bitty/ Gilda Máximo

OCASIÕES ESPECIAIS. Batismo 1. Composição: Bitty/ Gilda Máximo OCASIÕES ESPECIAIS Amaci Composição: Leonardo Guimarães A todos que olham > A todos que estão aqui > Muita atenção, hoje é noite de Amaci >2x Filhos de fé respeitem o pano branco Babalaô preparou seu banho

Leia mais

OLIMPÍADAS NACIONAIS DE FÍSICA 2011. Problema 1

OLIMPÍADAS NACIONAIS DE FÍSICA 2011. Problema 1 OLIMPÍADAS NACIONAIS DE FÍSICA 2011 4 DE JUNHO DE 2011 DURAÇÃO DA PROVA: 1 h 15 min PROVA TEÓRICA ESCALÃO A Problema 1 Os planetas: grãozinhos areia num Universo a perr vista! A Luana adora olhar o céu

Leia mais

Gustavo Rolan e Luana 2º ano Fantástico

Gustavo Rolan e Luana 2º ano Fantástico 2º ano F Gustavo Rolan e Luana 2º ano Fantástico O Sistema Solar O sistema solar é o conjunto de planetas, planetas anões, asteroides e demais corpos celestes que orbitam ao redor do Sol. Os oito planetas

Leia mais

I Olimpíada Brasileira de Astronomia Brasil, 22 de agosto de 1998. Nível 1 GABARITO OFICIAL

I Olimpíada Brasileira de Astronomia Brasil, 22 de agosto de 1998. Nível 1 GABARITO OFICIAL I Olimpíada Brasileira de Astronomia Brasil, 22 de agosto de 1998. Nível 1 GABARITO OFICIAL Questão 1 a) (VALOR: 0,2 pts) Quais os planetas do Sistema Solar que têm sistema de anéis? R: Saturno, Júpiter,

Leia mais

OS ORIXÁS. Na aurora de sua civilização, o povo africano mais tarde conhecido pelo nome de iorubá,

OS ORIXÁS. Na aurora de sua civilização, o povo africano mais tarde conhecido pelo nome de iorubá, OS ORIXÁS UM POUCO DE HISTÓRIA: Na aurora de sua civilização, o povo africano mais tarde conhecido pelo nome de iorubá, chamado de nagô no Brasil e lucumi em Cuba, acreditava que forças sobrenaturais impessoais,

Leia mais

As cônicas. c, a 2 elipse é uma curva do plano em que qualquer um de seus pontos, por exemplo,, satisfaz a relação:

As cônicas. c, a 2 elipse é uma curva do plano em que qualquer um de seus pontos, por exemplo,, satisfaz a relação: As cônicas As cônicas podem ser definidas a partir de certas relações que caracterizam seus pontos. A partir delas podemos obter suas equações analíticas e, a partir delas, suas propriedades.. A elipse

Leia mais

Apostila de Atividades

Apostila de Atividades Apostila de Atividades IMAX A viagem pelo espaço continua aqui Transforme a sua sala de aula em uma divertida aventura pelo espaço. Assim que sua classe viver a experiência sem limites pelo universo com

Leia mais

Sociedade de Astronomia do Maranhão SAMA. Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Por que Plutão não é mais um planeta?

Sociedade de Astronomia do Maranhão SAMA. Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Por que Plutão não é mais um planeta? Sociedade de Astronomia do Maranhão SAMA Semana Nacional de Ciência e Tecnologia Por que Plutão não é mais um planeta? Carlos Eduardo Portela Serra de Castro 2011 Definições Estrela: 1 um corpo celeste

Leia mais

A ciência astronômica feita pelas civilizações da Mesopotâmia

A ciência astronômica feita pelas civilizações da Mesopotâmia EAD - Astrofísica Geral 2013 Home Informações Gerais Cronograma do Curso Contato Inscrições A ciência astronômica feita pelas civilizações da Mesopotâmia O que era a Mesopotâmia A mesopotâmia não foi um

Leia mais

Universidade da Madeira Estudo do Meio Físico-Natural I Astronomia Problemas propostos

Universidade da Madeira Estudo do Meio Físico-Natural I Astronomia Problemas propostos Universidade da Madeira Estudo do Meio Físico-Natural I Astronomia Problemas propostos J. L. G. Sobrinho 1,2 1 Centro de Ciências Exactas e da Engenharia, Universidade da Madeira 2 Grupo de Astronomia

Leia mais

Como Sou e Como Estou: Astrologia e Tarot

Como Sou e Como Estou: Astrologia e Tarot Como Sou e Como Estou: Astrologia e Tarot Janeiro 2014 Introdução A Astrologia e o Tarot são duas ferramentas essenciais para o autoconhecimento e desenvolvimento da consciência individual e Universal.

Leia mais

Como surgiu o universo

Como surgiu o universo Como surgiu o universo Modelos para o universo Desde os tempos remotos o ser humano observa o céu, buscando nele pistas para compreender o mundo em que vive. Nessa busca incansável, percebeu fenômenos

Leia mais

UNIDADE 2: ASTRONOMIA

UNIDADE 2: ASTRONOMIA UNIDADE 2: ASTRONOMIA ARISTÓTELES (384-322 a.c.) Afirmou que a Terra era redonda devido à sombra esférica deixada por ela durante o eclipse lunar. ERATÓSTENES (273-194 a.c.) Mediu a circunferência da Terra

Leia mais

Nota: Lê com atenção as questões que te são propostas e responde de forma clara e precisa. Indique todos os cálculos que efectuar. Bom trabalho!

Nota: Lê com atenção as questões que te são propostas e responde de forma clara e precisa. Indique todos os cálculos que efectuar. Bom trabalho! Escola Secundária de Mirandela Avaliação Sumativa de Ciências Físico-Químicas 7º Ano Nome:_ N: Turma: Data: Classificação: Ass. da prof.: Ass. do Enc. Educ.:_ Nota: Lê com atenção as questões que te são

Leia mais

CartaNatal - Comparação Mapas astrais entre John e Yoko

CartaNatal - Comparação Mapas astrais entre John e Yoko ƒ } John 19,46 Casa do parceiro 07 š Š 1 12 2 11 3 10 4 5 9 8 6 7 ± ¾ ª «[ 7,04 ƒ 16,16 «6 3,32 11 ¾ 8,34 7 ± 3,13 ª 6 2,40 «6 13,41 š 1 13,11 š 1 25,32 š 1 26,01 ª 6 ˆ 4,10 5 10,35 «6 10,35 12 03 01 04

Leia mais

UMA PROPOSTA INSTERDISCIPLINAR: O SISTEMA SOLAR EM ESCALAS. Palavras-chave: Escalas numéricas; Sistema Solar; Escalas.

UMA PROPOSTA INSTERDISCIPLINAR: O SISTEMA SOLAR EM ESCALAS. Palavras-chave: Escalas numéricas; Sistema Solar; Escalas. UMA PROPOSTA INSTERDISCIPLINAR: O SISTEMA SOLAR EM ESCALAS Ueslei Galvão do Rosário Santos Universidade Federal do Recôncavo da Bahia uelgalvao@hotmail.com Wériton de Souza Lobo Universidade Federal do

Leia mais

Palavras-chave: Condições de produção. Interdiscurso. Memória discursiva. Horóscopo.

Palavras-chave: Condições de produção. Interdiscurso. Memória discursiva. Horóscopo. XIX CONGRESSO NACIONAL DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA DISCURSO ASTROLÓGICO: UM GESTO DE INTERPRETAÇÃO NO HORÓSCOPO DA REVISTA CAPRICHO Ana Júlia Tavares Staudt (UNEB) anajuliastaudt@gmail.com RESUMO Este trabalho

Leia mais

Informativo Observacional do NEOA-JBS, 02/2016

Informativo Observacional do NEOA-JBS, 02/2016 Informativo Observacional do NEOA-JBS, 02/2016 Assunto: Visibilidade simultânea dos cinco planetas Temos lido em várias mídias recentemente sobre o alinhamento de planetas visíveis a olho nu durante a

Leia mais