Macropus Sistema de Gestão de Incubadoras

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Macropus Sistema de Gestão de Incubadoras"

Transcrição

1 Macropus Sistema de Gestão de Incubadoras Página 1 de 62

2 Sumário 1. O que é o Macropus Principais Características Finalidade Requisitos Estratégia de Implantação - Foco na Prática-chave Metodologia de Implantação Acesso ao Sistema Visão Geral Grid Form Módulos Funcionalidades do Módulo Ger. Operacional Funcionalidades do Módulo CERNE Funcionalidades do Módulo Seleção Funcionalidades do Módulo Contas a Receber Funcionalidades do Módulo Contas a Pagar Funcionalidades do Módulo Operacional Funcionalidades do Módulo Terminal Funcionalidades do Módulo Recepção Funcionalidades do Módulo Avaliador Funcionalidades do Módulo Pretendente Funcionalidades do Módulo Adm. Empresa Funcionalidades do Módulo Sec. Empresa Página 2 de 62

3 1. O que é o Macropus É um ERP completo de Gestão de Incubadoras que atende todas as práticas estabelecidas pelo modelo Cerne Principais Características Desenvolvido exclusivamente para Gestão de Incubadoras; Homologado pela Anprotec; 100% Web; Plataforma única; Operação intuitiva, integrado, modular e altamente configurável; Testado e em operação; Sistema de registros de chamados via 0800net. 3. Finalidade Este é um manual de Operação do Sistema de Gestão de Incubadoras Macropus. A finalidade é apresentar os principais elementos para melhor operação do mesmo e reforçar os conhecimentos adquiridos nos treinamentos (presencial ou remoto) indispensáveis da ferramenta. Uma das principais características do Macropus é a sua padronização no uso. Praticamente todas as telas e relatórios se comportam da mesma maneira, com pequenas variações. Por exemplo, de forma intuitiva sabendo-se como se comportam os elementos de um formulário de Manutenção de Usuários, este será o mesmo para a Manutenção de Incubadas. Só muda o conteúdo. Funcionalidades descritas como Manutenção são tabelas mantidas pelos Usuários. Funcionalidades descritas como Consulta são tabelas mantidas e atualizadas pelos Gestores do Macropus. Assim sendo, detalharemos todos os elementos possíveis, com exemplos e descrições dos mesmos. Página 3 de 62

4 4. Requisitos O Macropus é um Sistema de Gestão de Incubadoras para execução na plataforma Web, desenvolvido nativamente para os navegadores Google Chrome (preferencial), Firefox e Internet Explorer. Se observado, solicitamos o envio de informações, de mau funcionamento do Macropus. Isso pode acontecer em função das várias versões que cada um dos dos navegadores pode ter. Para ambos navegadores é necessário a instalação do plugin Adobe Flash Player, responsável pela exibição dos gráficos. Está em fase de desenvolvimento atualização do Macropus para exibição dos gráficos em HTML5. Desta forma, navegadores das plataformas mobile (Smartphones e Tablet s) também poderão ser utilizados. 5. Estratégia de Implantação - Foco na Prática-chave O Macropus foi desenvolvido seguindo as orientações descritas no Manual de Implantação Cerne - Anprotec, onde observamos: O processo de implantação do CERNE segue uma ordem inversa àquela utilizada para construção do modelo, ou seja, inicia-se pelas Práticas-chave para garantir que os Processos-Chave estejam implantados para que, no final, a Incubadora possa demonstrar que está em um dado nível de maturidade. Página 4 de 62

5 6. Metodologia de Implantação O processo de implantação do CERNE está estruturado em uma metodologia que consiste de seis fases sequenciais e complementares. Seleção: O objetivo desta fase é a definição sobre qual nível de maturidade do CERNE (1, 2, 3 ou 4) e qual estágio de evolução das práticas (inicial, definida, estabelecida e sistematizada) que a Incubadora irá implantar. Diagnóstico: O objetivo é avaliar o grau de adequação da Incubadora a cada uma das práticas-chave propostas pelo CERNE. Priorização: Esta fase tem como objetivo definir a ordem na qual os processos-chave e as práticas-chave serão implantados, tomando como base o contexto e as características específicas da Incubadora. Implantação: Trata da efetiva implantação dos processos-chave e práticaschave do CERNE, preparando a Incubadora para o processo de certificação. Auditoria Interna: O objetivo é avaliar o grau de adequação das práticaschave implantadas pela Incubadora de acordo com o proposto pelo CERNE 1. Certificação: Trata da avaliação, de forma independente, por terceira parte do grau de adequação das práticas-chave com relação ao proposto pelo CERNE 1. Para que essas fases sejam implementadas com sucesso, a equipe de gestão pode utilizar tanto profissionais de sua própria equipe quanto profissionais externos contratados para auxiliar em uma ou mais etapas. O Macropus é a ferramenta que contribui para o sucesso da implementação na Incubadora. Página 5 de 62

6 7. Acesso ao Sistema O primeiro passo para acessar o Sistema é informar no navegador um dos seguintes endereços (links), onde incubadora indica o nome de cada instalação. Neste manual o nome da Incubadora é avaliacao, indicado nas telas capturadas como O Usuário deve informar o e senha previamente cadastrastrados nos locais indicados destinado aos Usuários em geral; destinado aos Pretententes que se inscreveram para preencher o Edital bem como Avaliadores que serão os responsáveis para avaliação dos mesmos. São considerados acessos externos ao sistema. Página 6 de 62

7 8. Visão Geral Acessando-se o Sistema, é apresentado ao Usuário todos os Módulos disponíveis para a função do mesmo. Isto é automático Módulos Os Módulos são grupos de Pastas e Relatórios e Menus organizados e relacionados às funcionalidades do mesmo. O módulo selecionado é indicada com a cor verde. Para escolher um Módulo, basta clicar na sua denominação Pastas A Pastas, exibidas à esquerda sob o título Principal, dão acesso às consultas/manutenções e formulários das tabelas/cadastros dos Módulos. Pastas agrupadas são apresentadas com um sinal de mais ( ). Basta clicar no sinal para expandi-las e inversamente clicar no sinal de menos ( ) para agrupá-las. Página 7 de 62

8 8.3. Relatórios Os Relatórios são as informações do negócio organizadas para melhor visualização, seja para consulta ou tomada de decisão e são apresentados em forma de Relatório ou Gráfico. No menu os nomes dos mesmo são precedidos de ( ) ou ( ), que indicam o tipo. Relatórios agrupados são apresentadas com um sinal de mais ( ) que também podem ser expandidos e agrupados, clicando-se no sinal de menos ( ) Últimos Registros São atalhos das últimas dez operações realizadas pelo Usuário, ordenados de 1 a 10, sendo 1 a última operação. Por exemplo, para acessar rapidamente a terceira operação, basta pressionar simultaneamente as teclas Ctrl 3 seguida da tecla Enter Menus Exibidos ao centro, são atalhos para as principais funcionalidades do Módulo. Para acessar rapidamente uma funcionalidade, basta teclar o número correspondente à mesma Nome do Usuário Sempre exibido no canto superior direito, exibe no nome do Usuário que está logado. Ao clicar no nome é exibido um menu suspenso permitindo ao Usuário, dentre outras, trocar a sua senha, ver informações técnicas do ambiente e também finalizar o uso do Sistema Atualizações Exibido no canto superior direito, ao lado do nome do usuário, este botão apresenta todas atualizações do Sistema. Quando há uma nova atualização, o mesmo botão aparece piscando Finalizar o uso do Sistema Como medida de segurança, sugerimos sempre que não estiver em uso, finalizar o uso Sistema. Basta clicar no botão indicado no canto superior à direita. Página 8 de 62

9 9. Grid Tela de visualização das informações em forma de tabela. Praticamente toda manutenção cadastral é precedida de um Grid, onde são apresentados os primeiros registros da tabela, previamente ordenados em ordem crescente pela coluna destacada. As flechas de navegação (cima e baixo) permitem posicionar a barra de seleção em registro (destacado em verde) desejado. Elementos apresentados num Grid: Botão Novo: Link que dá acesso ao formulário para inclusão de novo registro. Acesse rapidamente pressionando-se Ctrl N. Ações : Acessa formulário para consulta ou alteração de registro. Acesse rapidamente pressionando-se Ctrl Enter. : Exclusão de registro selecionado. Acesse rapidamente pressionandose Ctrl Delete. Será solicitado confirmação. Página 9 de 62

10 Ao clicar no título da coluna, a mesma fica em destaque (fundo alaranjado), apresentando os registros classificados de acordo com conteúdo da coluna em ordem crescente ( ) ou decrescente ( ). A cada novo clique no título a ordem de exibição dos registros é alternada. O filtro indicado acima das Ações vai se basear nessa coluna para filtrar os registros. Informe o argumento desejado e tecle Enter (ou clique em ). Para limpar o argumento já informado clique em. No Rodapé do Grid é apresentado a quantidade de registros selecionados. Estes podem ser exibidos em páginas de 15, 30 ou 60 elementos. Para avançar a exibição das páginas, clique em (ou tecle PgDown). Para retroceder a exibição das páginas, clique em (ou tecle PgUp). Clicando-se em Grid., será gerado um relatório dos registros selecionados no Página 10 de 62

11 Um Grid pode apresentar Filtro de Grid, exibido ao topo do mesmo. Este elemento amplia e qualifica os registros que serão exibidos no Grid. No exemplo, este filtro exibe apenas os Usuários Ativos que estão registrados com a função Empresário. Para obter esse resultado, basta informar os argumentos de pesquisa e clicar no botão Filtrar. Acesse rapidamente pressionando-se Ctrl Alt Enter. Como facilitador há como Limpar Filtro para novas pesquisas. Acesse rapidamente pressionando-se Alt L. Quando um argumento de pesquisa informado contiver palavras separadas por espaços, somente serão exibidos registros que contém ambas palavras. Se separadas por ou serão exibidos registros quem contém uma ou outra palavra. Página 11 de 62

12 Ações e Comandos Num Grid, podemos ter algumas Ações e Comandos especiais. No Exemplo da funcionalidade envio de Mensagens em Grupo, vemos uma Ação combinada que exclui todos os s selecionados anteriormente. Há comandos de Grid. No Exemplo clique em Externo para inclusão/informação de que fará parte do grupo que receberá a mensagem. Página 12 de 62

13 10. Form Tela de formulário para Manutenções e/ou Consultas cadastrais. Os formulários, quase na totalidade, são precedidos de uma ação (Consulta ou Inclusão) proveniente do Grid da tabela/cadastro em questão. Todos os campos apresentados nos formulários são relevantes. Alguns são obrigatórios (precedidos por ) e serão sempre validados quando ação de Salvar for aplicada. Serão apresentados nos formulários vários tipos de campos (textos simples, numéricos, datas, textos, listas, etc) que são de fácil associação. Importante observar os campos que denominamos LookUp. São apresentados associados ao botão e observados no exemplo nos campos Empresa e Função. Esses campos estão relacionados em outra tabela. No caso este Usuário tem a Função Gerência Operacional. Podemos fazer essa relação das seguintes maneiras: Ao clicar no botão, o Sistema mostra um Grid com todas as Funções, onde podemos escolher/relacionar a Função desejada. Após confirmação da escolha, a descrição será exibida e o Grid é fechado, demonstrando resolução do Lookup. Podemos também informar na descrição da Função um argumento para pesquisa, seguidos das teclas Tab (preferencialmente) ou Enter. No caso de pressionar Tab, se houver apenas um registro que atenda ao argumento, este será exibido sem apresentação do Grid. Se houver mais que um registro, serão exibidos no Grid todos os registros que atendam ao argumento para que se escolha apenas o desejado. No caso de pressionar Enter o Grid sempre será exibido, independente do número de registros que atendam ao argumento Página 13 de 62

14 Elementos apresentados num Form: Ações Salvar: Salva as informações registradas nos campos do formulário. Acesse rapidamente pressionando-se Alt S. Salvar\Voltar: Após Salvar as informações registradas nos campos do formulário retorna ao Grid. Acesse rapidamente pressionando-se Alt V (dependendo da versão do navegador, pode haver conflito). Salvar\Novo: Salva as informações registradas nos campos do formulário e permite inclusão de novo registro. Acesse rapidamente pressionando-se Alt N. Excluir: Botão para Exclusão do registro corrente. Sempre haverá uma mensagem solicitando confirmação. Acesse rapidamente pressionando-se Alt Del (ou Ctrl Del). A Exclusão respeita todas as regras de integridade dos bancos de dados, que determina se um registro é dependende de outro, este não pode ser excluído. Numa condição dessas, o sistema exibe mensagem em destaque. Página 14 de 62

15 Voltar: Botão para retornar ao Grid. Acesse rapidamente pressionando-se Esc. Links: Exibidos no rodapé do formulário, permitem acesso às informações relacionadas ao registro selecionado. No exemplo podemos consultar/registrar os Veículos dos Usuários bem como consultar os últimos acessos ao Sistema. Normalmente um Link, cujo nome é precedido de nos remete ao um Grid, que pode remeter a um Form e assim sucessivamente. Links cujo nome é precedido de nos remete a um Gráfico e precedido de nos remete ao um Relatório, sempre relacionados ao contexto do Form. Por exemplo, para acessar rapidamente um Link, basta pressionar simultaneamente as teclas Alt e um número correspondente à ordem que este se apresenta seguida da tecla Enter. Página 15 de 62

16 Outros elementos que podem ser apresentados num Form: Help sensível ao contexto Como afirmado anteriormente, o Usuário que tem acesso à determinanda funcionalidade do Sistema, certamente tem domínio e reconhece seu conteúdo. Porém, quando queremos destacar e/ou enfatizar determinado conteúdo, explicitamente o fazemos precedendo o campo com. Basta apontar o mouse para que seja exibido explicação do mesmo. Entranto, alguns campos também tem essa funcionalidade. Explore os Forms sempre que em dúvida. Quando identificar alguma informação que deveria ter help sensível ao contexto, nos informe. Página 16 de 62

17 Comandos São ações especiais apresentados em determinados Forms. Ao clicar em Comandos, será exibido menu com as ações disponíveis. No exemplos abaixo vemos uma funcionalidade bastante interessante no Registro de Atividades que é a replicação da mesma e no processo de Seleção comandos que permite a contratação de um Pretendente ou rejeição de Proposta. Página 17 de 62

18 11. Módulos Quando o Usuário acessa o Sistema, todos os Módulos disponíveis para a Função do mesmo são apresentados. São eles: Ger. Operacional CERNE Seleção Contas a Receber Contas a Pagar Operacional Terminal Recepção Avaliador Pretendente Adm. Empresa Sec. Empresa Mesmo que o Módulo seja apresentado ao Usuário e este possa ter acesso às funcionalidades, em determinadas condições certas funcionalidades se comportam diferentemente devidos às regras de permissão definidas aos grupos de Usuários. Por exemplo, se configurado, somente o Administrador da Incubadora pode estornar um Recebimento, mesmo que a Gerência tenha permissão para consultar e/ou informar o devido Recebimento. Página 18 de 62

19 12. Funcionalidades do Módulo Ger. Operacional Estados Consulta à tabela de Estados e Municípios CNAE Consulta à tabela de Classificação Nacional de Atividades Econômicas Áreas de Atuação Manutenção da tabela de Áreas de Atuação dos Usuários Graduações Manutenção da tabela de Graduações dos Usuários Cursos Manutenção da tabela de Cursos dos Usuários Localização das Empresas Manutenção da tabela de Localização das Empresas Entidades Parceiras Manutenção da tabela de Entidades Parceiras ligadas à Incubadora Marcas de Veículo Manutenção da tabela de Marcas de Veículo dos Usuários que tem acesso ao condomínio da Incubadora Cores de Veículos Manutenção da tabela de Cores de Veículos dos Usuários Especializações Manutenção da tabela de Especializações dos Usuários Página 19 de 62

20 Seleção Registro do Estágio de Evolução a ser objetivado pela Incubadora no Período de Certificação Diagnóstico Manutenção e Consulta do registro de Diagnóstico de cada uma das práticas-chaves Registro do Estágio de Evolução apontado na fase de Seleção e o Estágio de Evolução (Inicial, Definida, Estabelecida e Sistematizada) a ser desenvolvido, bem como descrição das linhas gerais das atividades e ações serem desenvolvidas pela Incubadora Também é possível (e recomendável) anexar arquivos que melhor descrevam as atividades e ações relacionadas à prática-chave Priorização Permite a manutenção da sequência de execução das práticas-chaves Após definição e registro das ordens, índices e grau de importância aplicar o comando "Reordenar Práticas-chaves" A ordem de priorização será apresentada nos Grids onde as Práticas são exibidas Página 20 de 62

21 Também é possível anexar arquivos bem como exibir Gráfico da Priorização Indicadores Definição e registros de Indicadores por Prática-chave Prática Estabelecida - Planejo o que fazer, comprovo que executo conforme o planejado e estabeleço indicadores Página 21 de 62

22 Auditoria Manutenção e Consulta do registro de Auditoria (interna ou externa) de cada uma das práticas-chaves Informa-se qual o Estágio de Evolução (Inicial, Definida, Estabelecida e Sistematizada), data e comentários do Auditor observados na avaliação Também é possível anexar arquivo da auditoria, bem como consultar demais outros registros anteriores Revisão Crítica Registro de Revisão das práticas definidas no Estágio de Evolução Prática Sistematizada proposta pelo modelo Cerne Prática Sistematizada - Planejo o que fazer, comprovo que executo conforme o planejado, defino indicadores e realizo a melhoria contínua dos meus processos Certificações Registro de Certificado emitido pelo órgão certificador homologado pela Anprotec Página 22 de 62

23 Modelo Cerne Consulta às tabelas do Modelo Cerne Impressão do Modelo Modelo Planos Negócio Manutenção das tabelas de Planos de Negócio da Incubadora Modelo Monitoramento Avaliações Manutenção de Modelos para Monitoramento e Avaliações das Incubadas Registro dos Quesitos por Dimensão Fases de Incubação Consulta da tabela das Fases de Incubação Manutenção de % de subsídio de desconto que podem ser aplicados aos recursos e serviços disponibilizados às Incubadas Estágios de Evolução Consulta à tabela dos Estágios de Evolução do Modelo Cerne Evidências Manutenção da tabela de Evidências a serem informadas nas Ações das Atividades desenvolvidas pela Incubadora Indicadores Manutenção dos Indicadores de Desempenho Geração de Requisições para as Incubadas Requisições Manutenção e Consultas das Requisições informadas pelas Incubadas Usuários Manutenção da tabela de Usuários que tem autorização para acesso ao Sistema Registro de Função, Dados Pessoais, Veículos Permite acompanhamento dos acessos do Usuário ao Sistema A Incubadora tem acesso a todos os Usuários A Incubada e Prestadores de Serviço só tem acesso aos seus Usuários Incubadora Manutenção e configuração dos dados da Incubadora Registro de Usuários Registro de Arquivos Página 23 de 62

24 Incubadas Manutenção e configuração dos dados das Incubadas Registro de Usuários Registro de Arquivos Prest. Serviço Manutenção e configuração dos dados de Prestadores Serviço do Condomínio Registro de Usuários Registro de Arquivos Investidores Manutenção dos dados de Investidores ligados aos Projetos de captação de Recursos da Incubadora Registro de Arquivos Clientes Manutenção dos dados de Clientes que são fontes de Recebimentos de Serviços prestados pela Incubadora Mensagens Grupo Ferramenta para envio de s em massa Disponível para Grupos de Usuários, Usuário específico, externo e/ou qualquer combinação dos mesmos Página 24 de 62

25 Projetos Manutenção e acompanhamento financeiro dos Projetos desenvolvidos pela Incubadora Relacionar Investidores Programar Desembolsos Plano de Contas Manutenção e customização de Plano de Contas. Os demonstrativos econômicos financeiros exibem os resultados baseados na estrutura desse Plano Grupos Manutenção da tabela de Grupos associados aos Recursos e Serviços disponibilizados pela Incubadora Locais de Retirada Manutenção da tabela de Locais de Retirada associados aos Recursos e Serviços disponibilizados pela Incubadora Recursos Manutenção e configuração de todos os Recursos e Serviços disponibilizados pela Incubadora Definição de valores a serem cobrados pelos Recursos Página 25 de 62

26 Configurações Configuração dos dados da Incubadora Incubadas Relatório das Incubadas Reserva de Recursos Relatório completo e detalhado das Reservas de Recursos solicitados Reserva de Recursos Simplificada Relatório simplificado das Reservas de Recursos solicitados Reserva de Recursos Agrupados Relatório das Reservas de Recursos alocados por Solicitante Página 26 de 62

27 Demonstrativo Econômico Financeiro Relatório do Demonstrativo Econômico Financeiro exibe os resultados baseados na estrutura do Plano de Contas da Incubadora É possível aplicar filtro para exibição de um Projeto ou todos de forma consolidada Página 27 de 62

28 Resumo Modelo Cerne Relatório das Atividades Cerne desenvolvidas pela Incubadora em determinado período Exibe Valores e Horas (Previsto e Realizado) das Ações dessas Atividades Página 28 de 62

29 Registros de Indicadores Relatório dos Registros de Indicadores das Práticas-chaves Página 29 de 62

30 Revisão Crítica Relatório das Práticas-chaves que sofreram Revisão Crítica Página 30 de 62

31 Comparativo Receitas x Despesas Gráfico Comparativo Receitas e Despesas da Incubadora Opção de Agrupamento Mensal ou Semanal Página 31 de 62

32 Demonstrativo Fases de Incubação das Empresas Gráfico Demonstrativo das Fases de Incubação das Empresas Página 32 de 62

33 Tipo Gráfico das Receitas da Incubadora por Tipo de Receita Página 33 de 62

34 Período Gráfico das Receitas da Incubadora por Período Página 34 de 62

35 Fonte Gráfico das Receitas da Incubadora por Fonte Página 35 de 62

36 13. Funcionalidades do Módulo CERNE Status das Práticas-Chave Consulta consolidada de Status das Práticas-Chave Estágio de Evolução, Diagnóstico, Auditoria e Revisão Crítica Consulta dos documentos de Diagnóstico e Registros de Auditoria Relação das Atividades desenvolvidas em cada Prática-chave Registro de Atividades Manutenção e configuração das Atividades desenvolvidas pela Incubadora Informar em Empresa (Incubada ou Prestador de Serviço) quando a Atividade for direcionada para Empresa específica. Caso contrário, manter Incubadora Como facilitador, aplicar Comando para Replicar Atividade Prática Inicial - Mostro como faço e registro o que faço Página 36 de 62

37 13.3. Registro de Atividades / Ações Manutenção e configuração das Ações que compõem a Atividade Acompanhamento e planejamento de Valores e Horas de cada Ação Registro de Evidências, Problemas e Soluções bem como convite de Incubadas e Entidades Parceiras relacionadas à Ação Prática Definida - Planejo o que fazer e comprovo que executo conforme o planejado Página 37 de 62

38 13.4. Registro de Atividades / Estabelecer Métricas Manutenção e configuração de registro de Métricas que compõem a Atividade Registro de Atividades / Registros das Métricas Registros das Métricas estabelecidas Prática Estabelecida - Planejo o que fazer, comprovo que executo conforme o planejado e estabeleço indicadores Página 38 de 62

39 13.6. Cronograma Gráfico das Atividades Prática Definida - Planejo o que fazer e comprovo que executo conforme o planejado Consultas de Atividades Consulta completa das Atividades distribuídas nos Processos-chave e Práticas-chave Página 39 de 62

40 13.8. Avaliações Registro de Avaliação de Incubada, com a indicação das notas aplicadas nos quesitos de avaliação bem como informações gerais para todas as 5 (cinco) Dimensões Na aba Geral é possível configurar Fase de Incubação e novo período de Monitoramento Página 40 de 62

41 13.9. Avaliações Gráfico da Avaliação Página 41 de 62

42 Apoio à Graduação Registro de ações/projetos a serem desenvolvidos em conjunto entre a Incubadora e Empresa (Incubada já graduada) Registro de Atas Manutenção e Consultas de Registros de Atas Relação de Convocados Registro de Arquivos Evidências Manutenção da tabela de Evidências a serem informadas nas Ações das Atividades desenvolvidas pela Incubadora Entidades Parceiras Manutenção da tabela de Entidades Parceiras ligadas à Incubadora Modelo Monitoramento Avaliações Manutenção de Modelo para Monitoramento e Avaliações das Incubadas Registro dos Quesitos por Dimensão Resumo Modelo Cerne Relatório das Atividades Cerne desenvolvidas pela Incubadora em determinado período Exibe Valores e Horas (Previsto e Realizado) das Ações dessas Atividades Página 42 de 62

43 Cronograma de Atividades Relatório Cronograma de Atividades Ações por Atividade Relatório das Ações por Atividade Página 43 de 62

44 Métricas por Atividade Relatório das Métricas por Atividade Página 44 de 62

45 Monitoramento Avaliações Gráfico da Avaliação Exibe todas as séries de Avaliações da Incubada no período informado Página 45 de 62

46 14. Funcionalidades do Módulo Seleção Modelo Planos Negócio Manutenção das tabelas de Planos de Negócio da Incubadora Editais Manutenção e configuração dos Editais É possível associar o mesmo modelo de Plano de Negócio a vários Editais Na opção Arquivo para Download sugerimos associar ao nome físico do arquivo alguma relação com nome do Edital Página 46 de 62

47 14.3. Pretendentes Consulta dos Pretendentes que se inscreveram no Edital e confirmaram acesso ao Sistema Propostas Enviadas Consulta das Propostas Enviadas pelos Pretendentes Permite visualização da Proposta Permite visualização de arquivos anexos Avaliadores Associação dos Avaliadores das Propostas do Edital Definição das Dimensões que serão analisadas pelo Avaliador bem como o % do peso que os Conceitos representarão na composição da Avalição geral da Proposta Avaliações Consulta das Avaliações das Propostas Enviadas pelos Pretendentes Visualização de Avaliação Geral bem como Avaliação de cada Avaliador Página 47 de 62

48 14.7. Contratação Funcionalidade que permite indicar quais Propostas serão contratadas ou rejeitadas Permite registros do processo de Contratação dos préselecionados via Banca de Entrevistas Conceitos Consulta da tabela dos Conceitos aplicados nas Avaliações Dimensões Consulta da tabela das Dimensões descritas no Modelo Cerne Propostas Enviadas Relatório das Propostas Enviadas Propostas em Preenchimento Relatório das Propostas em Preenchimento Página 48 de 62

49 15. Funcionalidades do Módulo Contas a Receber Geração Recebimentos Gera Recebimentos dos Recursos e Serviços disponibilizados às Empresas do Condomínio (Incubadas e Prestadores de Serviço) Recebimentos Manutenção dos Recebimentos da Incubadora provenientes de várias fontes (Incubadas, Projetos de captação de recursos de Investidores e serviços prestados à Clientes) Registro de pagamentos (Baixa) dos Recebimentos Inclusão de Recebimentos individuais Consulta de Extratos de Recebimentos das Incubadas Extratos Consulta de Extratos de Recebimentos das Incubadas Alterar Recebimento Manutenção do Recebimento de um Recurso ou Serviço depois da geração dos mesmos Correção de Valor Cancelamento da cobrança do Recurso ou Serviço Incubadas Manutenção e configuração dos dados das Incubadas Registro de Usuários Registro de Arquivos Prest. Serviço Manutenção e configuração dos dados de Prestadores Serviço do Condomínio Registro de Usuários Registro de Arquivos Investidores Manutenção dos dados de Investidores ligados aos Projetos de captação de Recursos da Incubadora Registro de Arquivos Página 49 de 62

50 15.8. Clientes Manutenção dos dados de Clientes que são fontes de Recebimentos de Serviços prestados pela Incubadora Bancos Manutenção da tabela de Bancos Extrato Financeiro Relatório de Extratos de Recebimentos das Incubadas Recebimentos Emitidos Relatório de Recebimentos Emitidos Recebimentos Vencidos Relatório de Recebimentos Vencidos Recebimentos em Aberto Relatório de Recebimentos em Aberto (vencidos ou a vencer) Recebimentos Liquidados Relatório de Recebimentos Liquidados Histórico Financeiro Relatório do Histórico Financeiro de uma Fonte de Receita (Incubada, Prestador de Serviço, Investidor ou Cliente) Página 50 de 62

51 16. Funcionalidades do Módulo Contas a Pagar Compromissos Manutenção e Consulta de Compromissos e Parcelas Todo Compromisso deve ser associado a Projeto e Conta Possível anexar Documento que deu origem ao mesmo O Valor Total é calculado automaticamente pela soma das Parcelas do Compromisso Página 51 de 62

52 16.2. Parcela do Compromisso Manutenção e Consulta de Parcela do Compromisso No Tipo de Vencimento temos: Real (exige Documento da Parcela) Previsto Página 52 de 62

53 16.3. Baixa da Parcela Funcionalidade para registro do Pagamento da despesa Página 53 de 62

54 16.4. Autorizar Pagamentos É possível na Configuração geral da Incubadora indicar se haverá controle de autorização de Pagamentos Nessa condição, as baixas só serão permitidas se o pagamento for autorizado (normalmente uma tarefa associada ao Administrador) Fornecedores Manutenção do cadastro de Fornecedores Bancos Manutenção da tabela de Bancos Pagamentos a Serem Efetuados Relatório dos Pagamentos a Serem Efetuados Agrupados por data de Vencimento no período informado Página 54 de 62

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013 Florianópolis, 26 de fevereiro de 2013. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.11.1.7 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Manual do Usuário Instituição

Manual do Usuário Instituição 1 Manual do Usuário Instituição Área Restrita Site de Certificação Controle: D.04.36.00 Data da Elaboração: 13/08/2014 Data da Revisão: - Elaborado por: TIVIT / Certificação ANBIMA Aprovado por: Gerência

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site Manual de Navegação Básica Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site 1 Conteúdo Iniciando a implantação:... 3 para o treinamento no encontro de executivos... 3 Siga Relacionamento... 4 O que é Unidade de

Leia mais

WF Processos. Manual de Instruções

WF Processos. Manual de Instruções WF Processos Manual de Instruções O WF Processos é um sistema simples e fácil de ser utilizado, contudo para ajudar os novos usuários a se familiarizarem com o sistema, criamos este manual. Recomendamos

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Sumário 1 INTRODUÇÃO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3 DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4 COMO ACESSAR O SISTEMA... 3 5 COMO NAVEGAR

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...4 3 Como enviar torpedos...6 3.1 Envio

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE.

AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE. GUIA RÁPIDO DE USO AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE. 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...3 2.1 Contatos...3 2.2 Mensagens...4

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Volpe Enterprise Resource Planning

Volpe Enterprise Resource Planning Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido, traduzido ou reduzido a qualquer mídia eletrônica ou máquina de leitura, sem a expressa

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

www.siteware.com.br Versão 2.6

www.siteware.com.br Versão 2.6 www.siteware.com.br Versão 2.6 Sumário Apresentação... 4 Login no PortalSIM... 4 Manutenção... 5 Unidades... 5 Unidades... 5 Grupos de CCQ... 5 Grupos de unidades... 6 Tipos de unidades... 6 Sistema de

Leia mais

Ajuda do Sistema Aquarius.

Ajuda do Sistema Aquarius. Ajuda do Sistema Aquarius. Esta ajuda é diferenciada da maioria encontrada nos sistemas de computador do mercado. O objetivo desta ajuda é literalmente ajudar o usuário a entender e conduzir de forma clara

Leia mais

Manual Usuário Sistema Audatex

Manual Usuário Sistema Audatex Manual Usuário Sistema Audatex Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 24.08.2010 MT Versão

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Cetac - Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com.

Cetac - Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com. Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com.br SÃO PAULO - SP SUMÁRIO Introdução... 3 Autenticação no sistema administrativo... 4 Apresentação do sistema administrativo... 5 Gerenciamento

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário Vanderlei Manual de Apoio Resumo Módulo Básico Especifico para Instalação e Usabilidade Lista de Distribuição Nome Área / Função Histórico de modificações Versão Data Descrição Responsável 13/12/2013 Versão

Leia mais

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio Fundap Fundação do Desenvolvimento Administrativo Programa de Estágio Programa de Estágio Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio Plano de Estágio Julho de 2008 SABE - Sistema

Leia mais

Manual Controle de Estoque

Manual Controle de Estoque 2014 Manual Controle de Estoque ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Manual de Utilização... 3 1 - Cadastro... 3 1.1 Cadastro de Fornecedores... 4 1.2 Grupo de Materiais... 6 1.3 Unidades

Leia mais

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG 2015 Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Cliente Institucional e Atualizado em: 11 de setembro de 2015 Sumário 1. Conceito do software... 1 2. Abertura de

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços

Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços Departamento de Logística Integrada Versão 1.0 novembro/2008 Utilização do sistema de transcrição de notas fiscais de serviços. Preferencialmente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1 INFOGAB 3.0 Sistema de Automação de Gabinetes Manual do Usuário V 2.1 1. Descrição do Sistema O Sistema de Automação de Gabinetes da Câmara dos Deputados (Infogab) tem por finalidade apoiar as atividades

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica Conteúdo iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica... 3 1. Feedback do Cliente...3 1.1 Feedback do Cliente no Email da Pesquisa Dinâmica... 3 1.2 Página de

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE. 1 Acesso ao sistema...

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE. 1 Acesso ao sistema... Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE 1 Acesso ao sistema... 2 2 Entenda o Menu...... 3 2.1 Contatos...... 3 2.2 Mensagens......

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Manual de utilização do STA Web

Manual de utilização do STA Web Sistema de Transferência de Arquivos Manual de utilização do STA Web Versão 1.1.7 Sumário 1 Introdução... 3 2 Segurança... 3 2.1 Autorização de uso... 3 2.2 Acesso em homologação... 3 2.3 Tráfego seguro...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS V PORTAL WEB Revisão: 07 Versão: 7.9.109 JM Soft Informática Março, 2015 SUMÁRIO 1 AVALIAÇÕES... 9 2 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0)

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0) MANUAL DE UTILIZAÇÃO HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0) 1 Sumário 1 Introdução...3 2 O que é o HELP Suporte?...3 3 Cadastro no Help Suporte...3 4 Como Acessar e Utilizar o HELP SUPORTE...3

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Manual Operacional do Plenoweb

Manual Operacional do Plenoweb Manual Operacional do Plenoweb 1 Sumário 1. Introdução...3 2. Primeiro Acesso...4 2.1. Requisitos Mínimos...4 2.2. Tela inicial...4 2.3. Menus...5 3. Cadastro de Pessoa...7 4. Cadastro de Cotas...9 5.

Leia mais

Manual de utilização do sistema OTRS (Atendimento) Cliente Externo

Manual de utilização do sistema OTRS (Atendimento) Cliente Externo Manual de utilização do sistema OTRS (Atendimento) Cliente Externo 1 LISTA DE ILUSTRAÇÕES FIGURA 1 - TELA DE LOGIN... 5 FIGURA 2 - TELA INICIAL... 6 FIGURA 3 PREFERÊNCIAS DO USUÁRIO... 6 FIGURA 4 NOVO

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI Secretaria Nacional de Missões Manual do Usuário Apresentamos a seguir um guia básico contendo informações gerais para utilização do Sistema de Gerenciamento

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 ACESSANDO O PRONAVTECH... 4 Primeiro Acesso... 5 Demais Acessos... 6 Esqueci Minha Senha... 7 Esqueci o usuário principal... 7 ÁREA DE TRABALHO DO PRONAVTECH...

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

Guia de Uso. O Pro-Treino tem uma divisão clara de funções, apresentada a seguir: E três tipos de usuários que executam as funções descritas acima:

Guia de Uso. O Pro-Treino tem uma divisão clara de funções, apresentada a seguir: E três tipos de usuários que executam as funções descritas acima: Sumário 1. Introdução... 2 2. Conceitos básicos... 2 2.1. Fluxo do sistema... 3 2.2. Acesso ao sistema... 4 2.2.1. Login... 4 2.2.2. Logoff... 4 2.2.3. Esqueci minha senha... 5 2.3. Conhecendo o Sistema...

Leia mais

Modo Estrutura é o ambiente de definição e estruturação dos campos, tipos de dados, descrição e propriedades do campo.

Modo Estrutura é o ambiente de definição e estruturação dos campos, tipos de dados, descrição e propriedades do campo. Unidade 02 A- Iniciando o Trabalho com o ACCESS: Criar e Salvar um Banco de Dados Acessar o ACCESS Criar e Salvar o Banco de Dados Locadora Encerrar o Banco de Dados e o Access Criando um Banco de Dados

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador MANUAL DE INSTRUÇÕES Versão 1.0 Visão Transportador 2 Sumário Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Acesso... 3 Primeiro acesso... 5 Navegando pelo sistema... 6 Menu Perfil... 7 Dados do Fornecedor...

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

Expresso Livre Correio Eletrônico

Expresso Livre Correio Eletrônico Expresso Livre Correio Eletrônico 1. EXPRESSO LIVRE Para fazer uso desta ferramenta de correio eletrônico acesse seu Navegador de Internet e digite o endereço eletrônico expresso.am.gov.br. Figura 1 A

Leia mais

Auto Treinamento. Versão 10.05.13

Auto Treinamento. Versão 10.05.13 Auto Treinamento Versão 10.05.13 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. CONCEITO DE BUSINESS INTELLIGENCE... 3 3. REALIZANDO CONSULTAS NO BI-PUBLIC... 4 3.2. Abrindo uma aplicação... 4 3.3. Seleções... 6 3.4. Combinando

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo Versão 3.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Controla Tudo Manual do Controla Tudo SOFTWARE PARA CONTROLE DE PONTO VIA IMPRESSÃO DIGITAL OU DÍGITOS Manual do Controla Tudo Versão 3.0 Carbon System Rua Coronel

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Versão 2.1 2013 Cuiabá MT Sumário Usuários do SISCOFRE... 3 Fases

Leia mais

Manual do Assinador de Documentos

Manual do Assinador de Documentos Manual do Usuário Manual do Assinador de Documentos PROJUDI Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Requisitos Básicos... 3 2. Atualizar a Versão do Java... 3 2.1 Adicionar Site à Lista de Exceções... 10 3. Baixar

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador 2015 TUTORIAL SIGAMAZÔNIA Desenvolvido por: FAPESPA LABES-UFPA Sumário Sumário... 3 CADASTRO NO SISTEMA... 5 FAZENDO LOGIN NO SIGAMAZÔNIA... 5 MENU INICIAL... 6

Leia mais

Manual de Versionamento

Manual de Versionamento Manual de Versionamento Versão de Site Sumário 1. Group Reports... 3 2. Pesquisa de Relatórios... 8 3. Notificações de atualização de versão... 9 4. Templates de Relatórios... 11 Criação de Templates...

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012 Florianópolis, 05 de dezembro de 2012. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.10.1.8-05-12-2012 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA SIGPLAN - ELABORAÇÃO DA FASE QUALITATIVA DO PPA 2008-2011

MANUAL DO SISTEMA SIGPLAN - ELABORAÇÃO DA FASE QUALITATIVA DO PPA 2008-2011 MANUAL DO SISTEMA SIGPLAN - ELABORAÇÃO DA FASE QUALITATIVA DO PPA 2008-2011 O trabalho faz a diferença. Manaus, maio de 2007. Manual de Operação do Sistema de Informações Gerenciais e de Planejamento -

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

Manual do Usuário. Manual do Usuário - Versão 1.0. 1

Manual do Usuário. Manual do Usuário - Versão 1.0. 1 Manual do Usuário Manual do Usuário - Versão 1.0. 1 Índice 1. Visão Geral... 3 2. Acessar o sistema... 3 3. Módulo Inicial... 6 3.1. Cabeçalho do sistema... 6 3.2. Fale Conosco... 6 3.3. Meu Cadastro...

Leia mais

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND...

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND... Sage CND Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma Sage... 4 1.2.1. Seleção de Empresa de Trabalho... 4 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações... 5 1.2.3.

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA MANUAL BÁSICO PARA ACESSO EXTERNO I N D Í C E 1 - ACESSO AO SISTEMA 2 - NAVEGAÇÃO ENTRE MÓDULOS (Aplicações) 3 - MÓDULOS 4 - BARRA DE FERRAMENTAS / TECLAS DE FUNCÃO E NAVEGAÇÃO

Leia mais

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal.

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal. MANUAL DO SISCOOP Sumário 1 Menu de Navegação... 3 2 Gerenciar País... 5 3- Gerenciamento de Registro... 8 3.1 Adicionar um registro... 8 3.2 Editar um registro... 10 3.3 Excluir um registro... 11 3.4

Leia mais

Manual do sistema SMARsa Web

Manual do sistema SMARsa Web Manual do sistema SMARsa Web Módulo Gestão de atividades RS/OS Requisição de serviço/ordem de serviço 1 Sumário INTRODUÇÃO...3 OBJETIVO...3 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo gestão de atividades...4

Leia mais

Ministério do Turismo. ONLINE Manual do Gerente. SNRHos

Ministério do Turismo. ONLINE Manual do Gerente. SNRHos Ministério do Turismo ONLINE ÍNDICE 1) OBJETIVOS... 3 2) APLICAÇÃO... 3 3) GLOSSÁRIO... 3 4) DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 3 4.1 NAVEGABILIDADE... 3 4.2 BOTÕES... 4 5) DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 6 5.1 LOGIN...

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM DA SPR (AVA)

MANUAL DE ACESSO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM DA SPR (AVA) MANUAL DE ACESSO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM DA SPR (AVA) 1 2 MANUAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM DA SPR Sumário 1) INTRODUÇÃO... 3 2) NAVEGADORES HOMOLOGADOS... 3 3) ACESSO AO CURSO...

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade do Sistema Índice Página 1. Como acessar o sistema 1.1 Requisitos mínimos e compatibilidade 03 2. Como configurar o Sistema 2.1 Painel de Controle 2.2 Informando o nome da Comissária 2.3 Escolhendo a Cor

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 2. Tela Inicial... 2 3. Abrindo uma nova Solicitação... 3 4. Acompanhando as solicitações abertas... 4 5. Exibindo Detalhes da Solicitação... 6 6.

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais