1) (TRT) Em um dia de trabalho no escritório, em relação aos funcionários Ana, Cláudia, Luis, Paula e João, sabe-se que:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1) (TRT) Em um dia de trabalho no escritório, em relação aos funcionários Ana, Cláudia, Luis, Paula e João, sabe-se que:"

Transcrição

1 Raciocínio Lógico TRT Prof. Benjamin Cesar 1) (TRT) Em um dia de trabalho no escritório, em relação aos funcionários Ana, Cláudia, Luis, Paula e João, sabe-se que: Ana chegou antes de Paula e Luis. Paula chegou antes de João. Cláudia chegou antes de Ana. João não foi o último a chegar. Nesse dia, o terceiro a chegar ao escritório para o trabalho foi (A) Ana (B) Cláudia (C) João. (D) Luis (E) Paula. 2) (TRF) Regina e Roberto viajaram recentemente e voltaram três dias antes do dia depois do dia antes de amanhã. Hoje é terça-feira. Em que dia Regina e Roberto chegaram? (A) Quarta-feira (B) Quinta-feira. (C) Sexta-feira. (D) Sábado. (E) Domingo. 3) (TRT) Aluísio, Bento e Casimiro compraram, cada um, um único terno e uma única camisa. Considere que: tanto os ternos quanto as camisas eram nas cores branca, preta e cinza; apenas Aluísio comprou terno e camisa nas mesmas cores; nem o terno e nem a camisa comprados por Bento eram brancos; a camisa comprada por Casimiro era cinza. Nessas condições, é verdade que (A) o terno comprado por Bento era preto e a camisa era cinza. (B) a camisa comprada por Aluísio era branca e o terno comprado por Casimiro era preto. (C) o terno comprado por Bento era preto e a camisa comprada por Aluísio era branca. (D) os ternos comprados por Aluísio e Casimiro eram cinza e preto, respectivamente. (E) as camisas compradas por Aluísio e Bento eram preta e branca, respectivamente.

2 4) (TRT) Alice, Bruna e Carla, cujas profissões são, advogada, dentista e professora, não necessariamente nesta ordem, tiveram grandes oportunidades para progredir em sua carreira: uma delas, foi aprovada em um concurso público; outra, recebeu uma ótima oferta de emprego e a terceira, uma proposta para fazer um curso de especialização no exterior. Considerando que: Carla é professora. Alice recebeu a proposta para fazer o curso de especialização no exterior; a advogada foi aprovada em um concurso público; é correto afirmar que (A) Alice é advogada. (B) Bruna é advogada. (C) Carla foi aprovada no concurso público. (D) Bruna recebeu a oferta de emprego. (E) Bruna é dentista. 5) (MPE AM) Considere que Sara, Mara e Lara pratiquem ou alpinismo, ou judô ou ciclismo, não necessariamente nessa ordem. Uma delas é brasileira, outra é espanhola e a outra é portuguesa. Sabe-se que Mara é a alpinista, Lara não é a ciclista, que a ciclista é portuguesa e que a judoca não é brasileira. Nessa situação, conclui-se que Lara é espanhola, Mara é brasileira e Sara é portuguesa. (AFTM PMV) Quatro amigos de infância André, Bruno, Carlos e Davi resolveram reunir-se novamente depois de muitos anos de separação. Todos têm profissões diferentes advogado, arquiteto, engenheiro e médico, moram em cidades diferentes Brasília, Campinas, Goiânia e Vitória e possuem diferentes passatempos violão, xadrez, pintura e artesanato. Além disso, sabe-se que André mora em Goiânia, não é arquiteto e não joga xadrez como passatempo. Bruno tem por passatempo o violão, não mora em Brasília e é médico. Carlos não tem o artesanato como passatempo, é engenheiro e não mora em Campinas. Sabe-se que o passatempo do arquiteto é a pintura e que ele mora em Brasília. Com base nessas informações, julgue os itens seguintes. 6) André é advogado. 7) Bruno mora em Vitória. 8) Carlos tem o xadrez por passatempo. 9) Davi é arquiteto. 10) O advogado mora em Goiânia.

3 (TRT) Uma empresa incentiva o viver saudável de seus funcionários. Para isso, dispensa mais cedo, duas vezes por semana, aqueles envolvidos em alguma prática esportiva. Aproveitando a oportunidade, Ana, Bia, Clara e Diana decidiram se associar a uma academia de ginástica, sendo que escolheram atividades diferentes, quais sejam, musculação, ioga, natação e ginástica aeróbica. O intuito é manter a forma e, se possível, perder peso. No momento, o peso de cada funcionária assume um dos seguintes valores: 50 kg, 54 kg, 56 kg ou 60 kg. O que também se sabe é que: (a) Ana não faz musculação e não pesa 54 kg. (b) Bia faz ioga e não tem 50 kg. (c) A jovem que faz musculação pesa 56 kg e não é a Clara. (d) A jovem com 54 kg faz natação. Com base nessas informações, é correto afirmar que 11) Diana faz musculação. 12) Bia é mais pesada que Clara. 13) o peso de Ana é 56 kg. 14) (TRF) Três irmãos, Huguinho, Zezinho e Luizinho, estão sentados lado a lado, em um cinema. Luizinho nunca fala a verdade, Zezinho às vezes fala a verdade e Huguinho sempre fala a verdade. Quem está sentado à direita diz: Luizinho está sentado no meio. Quem está sentado no meio diz: Eu sou Zezinho. Por fim, quem está sentado à esquerda diz: Huguinho está sentado no meio. Quem está sentado à direita, quem esta sentado no meio e quem está sentado à esquerda são, respectivamente: (A) Zezinho, Huguinho e Luizinho. (B) Luizinho, Zezinho e Huguinho. (C) Huguinho, Luizinho e Zezinho. (D) Luizinho, Huguinho e Zezinho. (E) Zezinho, Luizinho e Huguinho. 15) (AFT) Um crime foi cometido por uma pessoa de um grupo de cinco suspeitos: Armando, Celso, Edu, Juarez e Tarso. Perguntados sobre quem era culpado, cada um deles respondeu: Armando: Sou inocente ; Celso: Edu é culpado ; Edu: Tarso é o culpado ; Juarez: Armando disse a verdade ; Tarso: Celso mentiu.

4 Sabendo-se que apenas um dos suspeitos mentiu e que todos os outros disseram a verdade, pode-se concluir que o culpado é: (A) Armando (B) Celso (C) Edu (D) Juarez (E) Tarso (PF) Um líder criminoso foi morto por um de seus quatro asseclas: A, B, C e D. Durante o interrogatório, esses indivíduos fizeram as seguintes declarações. A afirmou que C matou o líder. B afirmou que D não matou o líder. C disse que D estava jogando dardos com A quando o líder foi morto e, por isso, não tiveram participação no crime. D disse que C não matou o líder. Considerando a situação hipotética apresentada acima e sabendo que três dos comparsas mentiram em suas declarações, enquanto um deles falou a verdade, julgue os itens seguintes. 16) A declaração de C não pode ser verdadeira. 17) D matou o líder. 18) (PF) Considere que, em um pequeno grupo de pessoas G envolvidas em um acidente, haja apenas dois tipos de indivíduos: aqueles que sempre falam a verdade e os que sempre mentem. Se, do conjunto G, o indivíduo P afirmar que o indivíduo Q fala a verdade, e Q afirmar que P e ele são tipos opostos de indivíduos, então, nesse caso, é correto concluir que P e Q mentem. 19) (TRT) O resultado de uma pesquisa com os funcionários de uma empresa sobre disponibilidade para um dia de jornada extra no sábado e/ou domingo, é mostrada na tabela abaixo: Disponibilidade Número de funcionários. apenas no sábado 25 no sábado 32 no domingo 37 Dentre os funcionários pesquisados, o total que manifestou disponibilidade para a jornada extra apenas no domingo é igual a (A) 7 (B) 14 (C) 27 (D) 30 (E) 37.

5 20) (MPE AM) Em uma empresa trabalham 20 técnicos em banco de dados e 17 técnicos em análise de sistemas. Nessa situação, se o número de técnicos que trabalham nessas duas habilitações é igual 10 então o número de técnicos dessa empresa é inferior a 30. (TRT) Considere que todos os 80 alunos de uma classe foram levados para um piquenique em que foram servidos salada, cachorro-quente e frutas. Entre esses alunos, 42 comeram salada e 50 comeram frutas. Além disso, 27 alunos comeram cachorro-quente e salada, 22 comeram salada e frutas, 38 comeram cachorro-quente e frutas e 15 comeram os três alimentos. Sabendo que cada um dos 80 alunos comeu pelo menos um dos três alimentos, julgue os próximos itens. 21) Dez alunos comeram somente salada. 22) Cinco alunos comeram somente frutas. 23) Sessenta alunos comeram cachorro-quente. 24) Quinze alunos comeram somente cachorro-quente. (MPE TO) Depois de uma campanha publicitária para melhorar o nível de conhecimento e de informação das pessoas, os 31 empregados de uma empresa passaram a assinar os jornais CT, FT e JT, da seguinte forma: cada um dos empregados assinou pelo menos um dos jornais; 2 empregados assinaram os 3 jornais; 3 empregados assinaram apenas os jornais CT e JT; 8 empregados assinaram apenas o jornal JT; 4 empregados assinaram os jornais CT e FT; 13 empregados assinaram o jornal JT; 16 empregados assinaram o jornal CT. Com base nessas informações, é correto afirmar que 25) nenhum empregado assinou apenas os jornais FT e JT. 26) 6 empregados assinaram os jornais CT e JT. 27) 3 empregados assinaram apenas os jornais CT e FT. 28) 7 empregados assinaram apenas o jornal FT. 29) 10 empregados assinaram apenas o jornal CT.

6 30) (Serpro) Hermes guardava suas gravatas em uma única gaveta em seu quarto. Nela encontram-se sete gravatas azuis, nove amarelas, uma preta, três verdes e três vermelhas. Uma noite, no escuro, Hermes abre a gaveta e pega algumas gravatas. O número mínimo de gravatas que Hermes deve pegar para ter certeza de ter pegado ao menos duas gravatas da mesma cor é: (A) 2 (B) 4 (C) 6 (D) 8 (E) 10 31) (TRT) Em uma repartição pública que funciona de 2ª a 6ª feira, 11 novos funcionários foram contratados. Em relação aos contratados, é necessariamente verdade que (A) todos fazem aniversário em meses diferentes. (B) ao menos dois fazem aniversário no mesmo mês. (C) ao menos dois começaram a trabalhar no mesmo dia do mês. (D) ao menos três começaram a trabalhar no mesmo dia da semana. (E) algum começou a trabalhar em uma 2ª feira. Estudo das Proposições. Serão consideradas como proposições apenas as sentenças declarativas, que mais facilmente são julgadas como verdadeiras V ou falsas F, deixando de lado as sentenças interrogativas, exclamativas, imperativas e outras. As proposições serão representadas por letras maiúsculas do alfabeto: A, B, C etc. A cada proposição supõe-se associado um julgamento ou um valor lógico, V ou F, que se excluem. Para a formação de novas proposições, denominadas proposições compostas, a partir de outras, usam-se os conectivos e, ou, se..., então e se e somente se e o modificador não, ou não é verdade que, simbolizados, respectivamente, por,,, e. Dessa forma, A B lido como A e B é V quando A e B forem ambos V e é F nos demais casos; A B lido como A ou B é F quando A e B forem F e é V nos demais casos; A B lido como se A, então B é F quando A for V e B for F, e é V nos demais casos; A B é lido como A, se e somente se B, significando, nesse caso, que A B e B A; A lido como não A é V quando A for F e é F quando A for V. Uma proposição é simples quando, em sua formulação, não se emprega nenhum dos conectivos. As proposições em que a tabela-verdade contém apenas V são denominadas tautologias, ou logicamente verdadeiras. Se a tabela-verdade contiver apenas F, a proposição será denominada uma contradição, ou logicamente falsa. Duas proposições são equivalentes quando têm os mesmos valores lógicos para todos os possíveis valores lógicos das proposições que as compõem.

7 Uma proposição também pode ser expressa em função de uma ou mais variáveis. Por exemplo, afirmativas tais como para cada x, P(x) ou existe x, P(x) são proposições que podem ser interpretadas como V ou F, de acordo com o conjunto de valores assumidos pela variável x e da interpretação dada ao predicado P. A negação da proposição para cada x, P(x) é existe x, P(x). A negação da proposição existe x, P(x) é para cada x, P(x). Uma sequência de proposições A 1, A 2,..., A k é uma dedução correta se a última proposição, A k, denominada conclusão, é uma consequência das anteriores, consideradas V e denominadas premissas. 32) (TRT) Na sequência de frases abaixo, há três proposições. < Quantos tribunais regionais do trabalho há na região Sudeste do Brasil? < O TRT/ES lançou edital para preenchimento de 200 vagas. < Se o candidato estudar muito, então ele será aprovado no concurso do TRT/ES. < Indivíduo com 50 anos de idade ou mais não poderá se inscrever no concurso do TRT/ES. 33) (TRT) Considerando as definições apresentadas no texto anterior, as letras proposicionais adequadas e a proposição Nem Antônio é desembargador nem Jonas é juiz, assinale a opção correspondente à simbolização correta dessa proposição. (A) (A B) (B) ( A) ( B) (C) ( A) ( B) (D) ( A) B (E) [A ( B)]. (TRT) Julgue os itens de 34 a ) Na tabela abaixo, a última coluna da direita corresponde à tabela-verdade da proposição ( A) B (A B). 35) A proposição (A B) ( A) B é uma tautologia.

8 36) Na tabela abaixo, a última coluna da direita corresponde à tabela-verdade da proposição (A B) A ( B). 37) A proposição A ( B) (A B) é uma tautologia. 38) Considerando que, além de A e B, C, D, E e F também sejam proposições, não necessariamente todas distintas, e que N seja o número de linhas da tabela-verdade da proposição [A (B C)] [(D E) F], então 2 N ) (TRE MT) A negação da proposição A, simbolizada por A, será F se A for V, e será V se A for F. Então, para todas as possíveis valorações V ou F atribuídas às proposições A e B, é correto concluir que a proposição [ A B] [B A] possui (A) 4 valores F. (B) 4 valores V. (C) 1 valor V e 3 valores F. (D) 1 valor F e 3 valores V. (E) 2 valores V e 2 valores F. 40) (TRF) Se Rodolfo é mais alto que Guilherme, então Heloísa e Flávia têm a mesma altura. Se Heloísa e Flávia têm a mesma altura, então Alexandre é mais baixo que Guilherme. Se Alexandre é mais baixo que Guilherme, então Rodolfo é mais alto que Heloísa. Ora, Rodolfo não é mais alto que Heloísa. Logo, (A) Rodolfo não é mais alto que Guilherme, e Heloísa e Flávia não têm a mesma altura. (B) Rodolfo é mais alto que Guilherme, e Heloísa e Flávia têm a mesma altura. (C) Rodolfo não é mais alto que Flávia, e Alexandre é mais baixo que Guilherme. (D) Rodolfo e Alexandre são mais baixos que Guilherme. (E) Rodolfo é mais alto que Guilherme, e Alexandre é mais baixo que Heloísa. 41) (TRF) Se Lúcia é pintora, então ela é feliz. Portanto: (A) Se Lúcia não é feliz, então ela não é pintora. (B) Se Lúcia é feliz, então ela é pintora. (C) Se Lúcia é feliz, então ela não é pintora. (D) Se Lúcia não é pintora, então ela é feliz. (E) Se Lúcia é pintora, então ela não é feliz.

9 42) (TRT) De acordo com a legislação, se houver contratação de um funcionário para o cargo de técnico judiciário, então ela terá que ser feita através concurso. Do ponto de vista lógico, essa afirmação é equivalente a dizer que: (A) se não houver concurso então não haverá contratação de um funcionário para o cargo de técnico judiciário. (B) se não houver concurso então haverá contratação de um funcionário para o cargo de técnico judiciário. (C) se não houver contratação de um funcionário para o cargo de técnico judiciário, então haverá concurso. (D) se não houver contratação de um funcionário para o cargo de técnico judiciário, então não houve concurso. (E) se houver contratação de um funcionário para o cargo de técnico judiciário, então não haverá concurso. 43) (TRT) As afirmações seguintes são resultados de uma pesquisa feita entre funcionários de certa empresa. Todo indivíduo que fuma tem bronquite. Todo indivíduo que tem bronquite costuma faltar ao trabalho. Relativamente a esses resultados, é correto concluir que (A) existem funcionários fumantes que não faltam ao trabalho. (B) todo funcionário que tem bronquite é fumante. (C) todo funcionário fumante costuma faltar ao trabalho. (D) é possível que exista algum funcionário que tenha bronquite e não falte habitualmente ao trabalho. (E) é possível que exista algum funcionário que seja fumante e não tenha bronquite. 44) (TRT) A correta negação da proposição todos os cargos deste concurso são de analista judiciário é (A) alguns cargos deste concurso são de analista judiciário. (B) existem cargos deste concurso que não são de analista judiciário. (C) existem cargos deste concurso que são de analista judiciário. (D) nenhum dos cargos deste concurso não é de analista judiciário. (E) os cargos deste concurso são ou de analista, ou no judiciário.

10 (TRT) Nos diagramas acima, estão representados dois conjuntos de pessoas que possuem o diploma do curso superior de direito, dois conjuntos de juízes e dois elementos desses conjuntos: Mara e Jonas. Julgue os itens subsequentes tendo como referência esses diagramas e o texto. 45) A proposição Mara é formada em direito e é juíza é verdadeira. 46) A proposição Se Jonas não é um juiz, então Mara e Jonas são formados em direito é falsa. (Ancine) 47) Considere a seguinte sequência de proposições. I Se Nicole é considerada uma ótima atriz, então Nicole ganhará o prêmio de melhor atriz do ano. II Nicole não é considerada uma ótima atriz. III Portanto, pode-se concluir que Nicole não ganhará o prêmio de melhor atriz do ano. Nesse caso, essa sequência constitui uma argumentação válida, porque, se as proposições I e II são verdadeiras, a proposição III também é verdadeira. 48) Suponha que as proposições I, II e III a seguir sejam verdadeiras. I Se o filme Dois Filhos de Francisco não teve a maior bilheteria de 2005, então esse filme não teve o maior número de cópias vendidas. II Se o filme Dois Filhos de Francisco teve a maior bilheteria de 2005, então esse filme foi exibido em mais de 300 salas de projeção. III O filme Dois Filhos de Francisco teve o maior número de cópias vendidas. Nessa situação, é correto concluir que a proposição O filme Dois filhos de Francisco foi visto em mais de 300 salas de projeção é uma proposição verdadeira.

11 49) Considere que duas proposições são equivalentes se e somente se possuem exatamente as mesmas valorações V e F. Nesse caso, se A e B são equivalentes, é correto afirmar que A B é sempre F. 50) (PF) A sequência de proposições a seguir constitui uma dedução correta. Se Carlos não estudou, então ele fracassou na prova de Física. Se Carlos jogou futebol, então ele não estudou. Carlos não fracassou na prova de Física. Carlos não jogou futebol. 51) (PF) Considere que as proposições da sequência a seguir sejam verdadeiras. Se Fred é policial, então ele tem porte de arma. Fred mora em São Paulo ou ele é engenheiro. Se Fred é engenheiro, então ele faz cálculos estruturais. Fred não tem porte de arma. Se Fred mora em São Paulo, então ele é policial. Nesse caso, é correto inferir que a proposição Fred não mora em São Paulo é uma conclusão verdadeira com base nessa sequência. (TRT) Considerando os argumentos I e II acima, julgue os próximos itens. 52) O argumento I não é válido porque, mesmo que as premissas P1 e P2 sejam verdadeiras, isto não acarreta que a conclusão seja verdadeira. 53) O argumento II é válido porque toda vez que as premissas P1 e P2 forem verdadeiras, então a conclusão também será verdadeira.

12 Gabarito: 1. E 2. E 3. B 4. B 5. C 6. C 7. E 8. C 9. C 10. C 11. C 12. C 13. E 14. C 15. E 16. C 17. C 18. C 19. D 20. C 21. E 22. C 23. C 24. E 25. C 26. E 27. E 28. C 29. E 30. C 31. D 32. C 33. C 34. E 35. C 36. E 37. C 38. C 39. B 40. A 41. A 42. A 43. C 44. B 45. E 46. E 47. E 48. C 49. C 50. C 51. C 52. C 53. E Problemas de Contagem. Princípio Fundamental da Contagem. 1º acontecimento (A): pode ocorrer de n modos distintos. 2º acontecimento (B): pode ocorrer de m modos distintos. Sucessivamente (A e B): poderá ocorrer de n m modos distintos. 1) Em uma sala há 6 portas. De quantos modos distintos se pode entrar e sair dessa sala por portas diferentes? 2) Uma corrida tem dez competidores. De quantas formas distintas podem ser distribuídas medalhas de ouro, prata e bronze?

13 3) Usando os algarismos 2,3,5,8,9, determine: a) Quantos números de 3 algarismos podem ser formados. b) Quantos números de 5 algarismos distintos podem ser formados. c) Quantos números pares de 3 algarismos distintos podem ser formados. d) Quantos números de 4 algarismos distintos maiores que 5000 podem ser formados. e) Quantos números de 3 algarismos têm os algarismos iguais. f) Quantos números de 4 algarismos apresentam algarismo repetido. 4) Dispondo dos algarismos 0,2,3,4,5, determine: a) Quantos números de 3 algarismos podem ser formados? b) Quantos números de 4 algarismos distintos podem ser formados? 5) Considere a palavra ESCOLAR e determine: a) O número de anagramas que podem ser formados. b) O número de anagramas que comecem por vogal. c) O número de anagramas que começam e terminam por consoante. d) O número de anagramas que começam com as letras AR nesta ordem. e) O número de anagramas que têm as letras A e R nos dois primeiros lugares. f) Quantos anagramas começam com as vogais juntas. g) Quantos anagramas têm as vogais juntas. h) Quantos anagramas têm as vogais juntas e as consoantes juntas. i) Quantos anagramas têm as vogais e as consoantes intercaladas.

14 Combinações Simples. Quando dispomos de n elementos distintos e vamos formar grupos de p elementos distintos de modo que a ordem de escolha dos p elementos não altera o grupo (por exemplo, o grupo ABCD é o mesmo grupo DBAC) temos um problema de Combinações Simples. C n, p = C n p = n! p!( n p)! 6) Dispondo de 10 recepcionistas de quantas maneiras distintas podemos organizar uma comissão com 4 dessas recepcionistas? 7) Seis pontos distintos são marcados sobre uma circunferência. Quantos triângulos podem ser formados com vértices nesses pontos? 8) Em um hospital há 8 cirurgiões e 5 anestesistas. Se num plantão são necessários 5 cirurgiões e 2 anestesistas, quantas equipes distintas podem ser formadas? 9) Com 5 professores e 8 alunos, quantas comissões de 4 pessoas podem ser formadas com pelo menos 2 professores? Permutações com elementos repetidos. Dispondo de n elementos com a, b, c,... quantidades de repetições. P n a, b, c,... = n! a! b! c!... 10) Determine o número de anagramas da palavra BANANADA.

15 Questões de Concursos. 1) (TRE) Em um restaurante que ofereça um cardápio no qual uma refeição consiste em uma salada entre salada verde, salpicão e mista, um prato principal cujas opções são bife com fritas, peixe com purê, frango com arroz ou massa italiana e uma sobremesa doce de leite ou pudim, a quantidade n de refeições possíveis de serem escolhidas por um cliente será (A) n 9. (B) 10 n 14. (C) 15 n 19. (D) 20 n 24. (E) n 25. 2) (TRE) Considere que um grupo de quatro indivíduos, em que dois deles quais são irmãos, tenham sido indicados para compor uma lista quádrupla, devendo ser definida a posição dos nomes desses indivíduos na lista. Sabendo que os nomes dos dois irmãos não podem aparecer em posições consecutivas nessa lista, o número de possíveis maneiras de se organizar a referida lista é igual a (A) 6. (B) 8. (C) 12. (D) 14. (E) 24. 3) (TRE) Considere a situação hipotética em que o presidente do tribunal regional eleitoral (TRE) de determinada região pretenda constituir uma comissão de seis pessoas, da qual devam participar pelo menos duas mulheres. A comissão deve ser composta por técnicos judiciários de um quadro efetivo de doze servidores lotados na sede desse tribunal, dos quais cinco são mulheres. Nessa situação, se N for o número de diferentes comissões que podem ser constituídas de acordo com essas informações, é correto afirmar que (A) N < 200. (B) 200 N < 330. (C) 330 N < 580. (D) 580 N < 840. (E) N ) (TRT) Se os números das matrículas dos empregados de uma fábrica têm 4 dígitos e o primeiro dígito não é zero e se todos os números de matrícula são números ímpares, então há, no máximo, 450 números de matrícula diferentes. (TRT) A diretoria da associação dos servidores de uma pequena empresa deve ser formada por 5 empregados escolhidos entre os 10 de nível médio e os 15 de nível superior. A respeito dessa restrição, julgue o item seguinte. 5) Há mais de 20 mil maneiras para se formar uma diretoria que tenha 2 empregados de nível médio e 3 empregados de nível superior. 6) (TRT) Considere que 8 processos jurídicos devam ser distribuídos entre 4 analistas do tribunal: Mário, Rui, Valéria e Cássia. Mário analisará 2 processos, Rui e Valéria analisarão 1 processo cada e Cássia analisará os outros 4 processos. Nessa situação, o número de possíveis formas de distribuir esses 8 processos é igual a 840.

16 7) (TRT) Considerando que as matrículas funcionais dos servidores de um tribunal sejam formadas por 5 algarismos e que o primeiro algarismo de todas as matrículas seja o 1 ou o 2, então a quantidade máxima de matrículas funcionais que poderão ser formadas é igual a (A) (B) (C) (D) (E) ) (TRT) Caso 5 servidores em atividade e 3 aposentados se ofereçam como voluntários para a realização de um projeto que requeira a constituição de uma comissão formada por 5 dessas pessoas, das quais 3 sejam servidores em atividade e os outros dois, aposentados, então a quantidade de comissões distintas que se poderá formar será igual a (A) 60. (B) 30. (C) 25. (D) 13. (E) 10. 9) (TRT) Se, em determinado tribunal, há 54 juízes de 1.º grau, entre titulares e substitutos, então a quantidade de comissões distintas que poderão ser formados por 5 desses juízes, das quais os dois mais antigos no tribunal participem obrigatoriamente, será igual a Probabilidades. Experimento Aleatório é aquele experimento para o qual o resultado não pode ser previsto Espaço Amostral S: conjunto de todos os resultados possíveis em um experimento aleatório. Evento E: conjunto de resultados desejados em um experimento aleatório. Probabilidade de ocorrência de E p(e) p(e) = n( E) n( S) Probabilidade do evento complementar. Evento:A A : evento complementar. p(a) + p( A ) = 1 Probabilidade da ocorrência de dois eventos, A e B. p(a ou B) = p(a) + p(b) p(a e B)

17 1) No lançamento de um dado honesto, qual a probabilidade de se obter resultado maior que 4? 2) No lançamento de um dado não viciado, duas vezes, qual a probabilidade de se obter resultado com soma 7? 3) No lançamento de dois dados qual a probabilidade de se obter resultados com soma diferente de 6? 4) Um casal tem três filhos. Qual a probabilidade de terem todos, o mesmo sexo? 5) Em uma urna há 8 bolas pretas e 5 bolas brancas. Se duas bolas serão retiradas sem reposição, determine a probabilidade de: a) ambas terem a mesma cor. b) a primeira ser preta e a segunda ser branca. c) pelo menos uma ser preta. 6) As probabilidades de três jogadores marcarem um gol cobrando um pênalti são, respectivamente, 1/2, 2/5 e 5/6. Se cada um bater um único pênalti, a probabilidade de todos errarem é: (A) 3% (B) 5% (C) 17% (D) 20% (E) 25% 7) No problema anterior, qual a probabilidade de apenas um acertar? 8) (TJ PA) Com relação ao consumo de carnes e verduras, considere que os hábitos alimentares dos 60 empregados de uma repartição pública sejam, em parte, descritos abaixo. Quantidade de pessoas que comem carnes e verduras: 15; Quantidade de pessoas que comem verduras: 30; Quantidade de pessoas que não comem carnes nem verduras: 5. Nessa situação, caso um empregado seja escolhido ao acaso, a probabilidade de ele pertencer ao grupo as pessoas que comem somente carne é (A) inferior a 0,45. (C) superior a 0,50 e inferior a 0,55. (B) superior a 0,45 e inferior a 0,50. (D) superior a 0,55. 9) (Contador TJSP) Jogam-se dois dados. A probabilidade de que a soma dos pontos obtidos seja múltiplo de três, sabendo-se que no primeiro dado saiu número par, é de (A) 1/2. (B) 2/3. (C) 1/4. (D) 1/6. (E) 1/3.

18 Questões de Concursos 10) (TJ RO) Dois dados comuns, honestos, são lançados simultaneamente. A probabilidade de que a soma dos resultados seja igual ou maior que 11 é (A) 11/12 (B) 1/6 (C) 1/12 (D) 2/36 (E) 1/36. 11) (TRE MT) Nas eleições majoritárias, em certo estado, as pesquisas de opinião mostram que a probabilidade de os eleitores votarem no candidato X à presidência da República ou no candidato Y a governador do estado é igual a 0,7; a probabilidade de votarem no candidato X é igual a 0,51 e a probabilidade de votarem no candidato Y é igual a 0,39. Nessa situação, a probabilidade de os eleitores desse estado votarem nos candidatos X e Y é igual a (A) 0,19. (B) 0,2. (C) 0,31. (D) 0,39. (E) 0,5. 12) (TRT) Uma micro-empresa possui 8 funcionários. Dentre eles, João e José, que são grandes amigos. Por conta de uma gincana interna, todos os funcionários serão divididos, ao acaso, em dois grupos com número igual de integrantes. Qual a probabilidade de João e José ficarem no mesmo grupo? (A) 3 7 (B) 1 2 (C) 5 8 (D) 1 4 (E) ) (TRT) Considere que uma pilha de 48 processos trabalhistas contenha 12 processos por recolhimento de INSS, 12 por não pagamento de FGTS, 12 por não pagamento de férias e 12 por não pagamento do 13.º salário. Suponha que 2 desses processos sejam retirados aleatoriamente dessa pilha. Nesse caso, a probabilidade de que nenhum dos processos retirados seja por não pagamento do FGTS é inferior a (TRT) Texto para as questões de 14 a 16 De acordo com informações apresentadas no endereço eletrônico em fevereiro de 2008, havia 16 empresas contratadas para atender à demanda de diversos serviços do TRT/1.ª Região, e a quantidade de empregados terceirizados era igual a 681. QUEST 2 1 2

19 14) Com base nos dados do texto, a quantidade de maneiras distintas para se formar uma comissão de representantes dos empregados terceirizados, composta por um presidente, um vice-presidente e um secretário, de modo que nenhum deles possa acumular cargos, é (A) inferior a 682. (B) superior a 682 e inferior a (C) superior a 10 4 e inferior a (D) superior a e inferior a (E) superior a ) Caso as empresas R e H sejam responsáveis pela manutenção de ar condicionado e possuam 17 e 6 empregados, respectivamente, à disposição do TRT, sendo que um deles trabalhe para ambas as empresas, nesse caso, o número de maneiras distintas para se designar um empregado para realizar a manutenção de um aparelho de ar condicionado será igual a (A) 5. (B) 11. (C) 16. (D) 22. (E) ) Se, entre as 16 empresas contratadas para atender aos serviços diversos do TRT, houver 4 empresas que prestem serviços de informática e 2 empresas que cuidem da manutenção de elevadores, e uma destas for escolhida aleatoriamente para prestar contas dos custos de seus serviços, a probabilidade de que a empresa escolhida seja prestadora de serviços de informática ou realize a manutenção de elevadores será igual a (A) 0,125. (B) 0,250. (C) 0,375. (D) 0,500. (E) 0,625. (TRT) Texto para as questões de 17 a 20. No TRT da 1.ª Região, o andamento de processo pode ser consultado no sítio seguindo as orientações abaixo: Consulta processual pelo sistema de numeração única processos autuados a partir de 2002: nesse tipo de consulta, a parte interessada, advogado ou reclamante/reclamada, poderá pesquisar, todo trâmite processual. Para efetuar a consulta, é necessário preencher todos os campos, de acordo com os seguintes procedimentos (os dígitos são sempre algarismos arábicos): campo 1: digite o número do processo com 5 dígitos; campo 2: digite o ano do processo com 4 dígitos;

20 campo 3: digite o número da Vara do Trabalho onde a ação se originou com 3 dígitos. Os números das Varas do Trabalho são codificados conforme tabela anexa do sítio e, nas ações de competência dos TRTs, esse campo receberá três zeros; campo 4: digite o número do TRT onde a ação se originou com 2 dígitos. No caso do TRT da 1.ª Região, 01, que virá digitado; campo 5: digite o número sequencial do processo com 2 dígitos. Na 1.ª autuação do processo, independentemente da instância em que for ajuizada, este campo deverá ser preenchido com 00. Após o preenchimento de todos os campos, clique o botão consultar e será apresentada a tela relacionada aos tipos de processos. Clique o tipo de processo desejado, por exemplo: RT, RO, AP, e será apresentada a tela de Consulta Processual, com todo o trâmite do processo. Exemplo de Número Novo: RT: QUESTÃO 15 17) Se for estabelecida a restrição de que no campo 1, referente ao número do processo, até 4 dos 5 dígitos poderão ser iguais, então a quantidade de possibilidades para esse número é igual a (A) (B) (C) (D) (E) ) Considere que no campo 3, correspondente ao número da Vara do Trabalho onde o processo se originou, a numeração possa variar de 001 até 100. Nesse caso, a quantidade dessas Varas que podem ser numeradas somente com números divisíveis por 5 é igual a (A) 15. (B) 20. (C) 22. (D) 25. (E) ) Considere que, em 2005, foram julgados 640 processos dos quais 160 referiam-se a acidentes de trabalho; 120, a nãorecolhimento de contribuição do INSS; e 80, a acidentes de trabalho e não-recolhimento de contribuição de INSS. Nesse caso, ao se escolher aleatoriamente um desses processos julgados, a probabilidade dele se referir a acidentes de trabalho ou ao não-recolhimento de contribuição do INSS é igual a 3 5 (A) (B) (C) (D) 7 16 (E) ) Considere um lote de processos especificados no Sistema de Numeração Única, em que os 2 dígitos do campo 5 formam um número par ou um número divisível por 3 e varia de 01 a 12. Nesse caso, a quantidade de possíveis números para esse campo 5 é igual a (A) 11. (B) 10. (C) 8. (D) 6. (E) 4.

Raciocínio Lógico. (A) Quarta-feira (B) Quinta-feira. (C) Sexta-feira. (D) Sábado. (E) Domingo. (A)5º (B) 6º (C) 8º (D) 10º (E) 11º

Raciocínio Lógico. (A) Quarta-feira (B) Quinta-feira. (C) Sexta-feira. (D) Sábado. (E) Domingo. (A)5º (B) 6º (C) 8º (D) 10º (E) 11º Raciocínio Lógico Questões de Argumentação. Professor:Benjamin César 1) (TRF) Regina e Roberto viajaram recentemente e voltaram três dias antes do dia depois do dia antes de amanhã. Hoje é terça-feira.

Leia mais

Resoluções de questões- Tropa de Elite Raciocínio Lógico Questões Pedro Evaristo

Resoluções de questões- Tropa de Elite Raciocínio Lógico Questões Pedro Evaristo Resoluções de questões- Tropa de Elite Raciocínio Lógico Questões Pedro Evaristo 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ESTRUTURA LÓGICA (CESPE) Na última corrida

Leia mais

PROFMAT - UNIRIO COORDENADOR GLADSON ANTUNES ALUNO JOÃO CARLOS CATALDO ANÁLISE COMBINATÓRIA

PROFMAT - UNIRIO COORDENADOR GLADSON ANTUNES ALUNO JOÃO CARLOS CATALDO ANÁLISE COMBINATÓRIA PROFMAT - UNIRIO COORDENADOR GLADSON ANTUNES ALUNO JOÃO CARLOS CATALDO ANÁLISE COMBINATÓRIA Questão 1: Entre duas cidades A e B existem três empresas de avião e cinco de ônibus. Uma pessoa precisa fazer

Leia mais

Módulo VIII. Probabilidade: Espaço Amostral e Evento

Módulo VIII. Probabilidade: Espaço Amostral e Evento 1 Módulo VIII Probabilidade: Espaço Amostral e Evento Suponha que em uma urna existam cinco bolas vermelhas e uma branca. Extraindo-se, ao acaso, uma das bolas, é mais provável que esta seja vermelha.

Leia mais

Princípio Fundamental da Contagem

Princípio Fundamental da Contagem Princípio Fundamental da Contagem 1. (Uem 2013) Seja A o seguinte conjunto de números naturais: A {1, 2, 4, 6, 8}. Assinale o que for correto. 01) Podem ser formados exatamente 24 números ímpares com 4

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO INSS. Condições de existência:

RACIOCÍNIO LÓGICO INSS. Condições de existência: RACIOCÍNIO LÓGICO Sentenças: Na linguagem natural utilizamos vários tipos de sentenças em nossa comunicação: - Afirmativas Curitiba é a capital do Paraná. O dia está ensolarado. - Interrogativas Qual time

Leia mais

Disciplina: Matemática Data da entrega: 18/04/2015.

Disciplina: Matemática Data da entrega: 18/04/2015. Lista de Exercícios - 02 Aluno (a): Nº. Professor: Flávio Turma: 2ª série (ensino médio) Disciplina: Matemática Data da entrega: 18/04/2015. Observação: A lista deverá apresentar capa, enunciados e as

Leia mais

QUESTÕES. t = 7, o valor de t é o número: SIMULADO. Olá pessoal! Como vocês estão?

QUESTÕES. t = 7, o valor de t é o número: SIMULADO. Olá pessoal! Como vocês estão? Olá pessoal! Como vocês estão? Nesse artigo apresento a vocês um simulado com questões de Raciocínio Lógico, Matemática e Matemática Financeira. Para os candidatos aos cargos de Auditor e Analista Tributário

Leia mais

INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA (CAp/UERJ) MATEMÁTICA ENSINO MÉDIO - PROF. ILYDIO SÁ CÁLCULO DE PROBABILIDADES PARTE 1

INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA (CAp/UERJ) MATEMÁTICA ENSINO MÉDIO - PROF. ILYDIO SÁ CÁLCULO DE PROBABILIDADES PARTE 1 1 INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA (CAp/UERJ) MATEMÁTICA ENSINO MÉDIO - PROF. ILYDIO SÁ CÁLCULO DE PROBABILIDADES PARTE 1 1. Origem histórica É possível quantificar o acaso? Para iniciar,

Leia mais

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 7

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 7 RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 7 TEORIA DAS PROBABILIDADES Vamos considerar os seguintes experimentos: Um corpo de massa m, definida sendo arrastado horizontalmente por uma força qualquer, em um espaço definido.

Leia mais

Tendo como referência as informações apresentados no texto acima, julgue o item que se segue.

Tendo como referência as informações apresentados no texto acima, julgue o item que se segue. COMENTÁRIO PROA POLICIA EDERAL 2009 COMENTÁRIO GERAL A prova foi bem fácil para o aluno que estudou. A CESPE continuou impecável, abordando todos os assuntos do edital. Existe apenas uma questão cujo gabarito

Leia mais

Faculdade Tecnológica de Carapicuíba Tecnologia em Logística Ênfase em Transportes Notas da Disciplina de Estatística (versão 8.

Faculdade Tecnológica de Carapicuíba Tecnologia em Logística Ênfase em Transportes Notas da Disciplina de Estatística (versão 8. Faculdade Tecnológica de Carapicuíba Tecnologia em Logística Ênfase em Transportes Notas da Disciplina de Estatística (versão 8.) PROBABILIDADE Dizemos que a probabilidade é uma medida da quantidade de

Leia mais

PROBABILIDADE PROFESSOR: ANDRÉ LUIS

PROBABILIDADE PROFESSOR: ANDRÉ LUIS PROBABILIDADE PROFESSOR: ANDRÉ LUIS 1. Experimentos Experimento determinístico: são aqueles em que o resultados são os mesmos, qualquer que seja o número de ocorrência dos mesmos. Exemplo: Um determinado

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA A REAVALIAÇÃO DE RACIOCÍNIO LÓGICO 8º ANO

ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA A REAVALIAÇÃO DE RACIOCÍNIO LÓGICO 8º ANO Nome: Data: / / Série: Turma: Turno: Nota: Professor(a): Adim ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA A REAVALIAÇÃO DE RACIOCÍNIO LÓGICO 8º ANO 1. Leia atentamente as proposições P e Q: P: o computador é uma máquina.

Leia mais

Considerando-se a expressão trigonométrica x = 1 + cos 30, um dos possíveis produtos que a representam é igual a

Considerando-se a expressão trigonométrica x = 1 + cos 30, um dos possíveis produtos que a representam é igual a Comentadas pelo professor: Vinicius Werneck Raciocínio Lógico 1- Prova: ESAF - 2012 - Receita Federal - Auditor Fiscal da Receita Federal Sabendo-se que o conjunto X é dado por X = {x R x² 9 = 0 ou 2x

Leia mais

Professor Mauricio Lutz PROBABILIDADE

Professor Mauricio Lutz PROBABILIDADE PROBABILIDADE Todas as vezes que se estudam fenômenos de observação, cumpre-se distinguir o próprio fenômeno e o modelo matemático (determinístico ou probabilístico) que melhor o explique. Os fenômenos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

LISTA DE EXERCÍCIOS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS LISTA DE EXERCÍCIOS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS 1. Construir um quadro e o gráfico de uma distribuição de probabilidade para a variável aleatória X: número de coroas obtidas no lançamento de duas moedas. 2. Fazer

Leia mais

LÓGICA 1_C Prof. Aurimenes

LÓGICA 1_C Prof. Aurimenes LÓGICA 1_C Prof. Aurimenes 01. Uma criança brincando em seu computador, digitou o número 861861861861...86, ela esqueceu de digitar o último dígito para completar a seqüência lógica. Sabe-se que o número

Leia mais

CAPÍTULO 04 NOÇÕES DE PROBABILIDADE

CAPÍTULO 04 NOÇÕES DE PROBABILIDADE CAPÍTULO 0 NOÇÕES DE PROBABILIDADE. ESPAÇO AMOSTRAL É o conjunto de todos os possíveis resultados de um experimento aleatório. No lançamento de uma moeda perfeita (não viciada) o espaço amostral é S =

Leia mais

CURSO DE QUESTÕES POTENCIAIS POLÍCIA FEDERAL/2012 - CESPE

CURSO DE QUESTÕES POTENCIAIS POLÍCIA FEDERAL/2012 - CESPE CURSO DE QUESTÕES POTENCIAIS POLÍCIA FEDERAL/2012 - CESPE Prof. Weber Campos webercampos@gmail.com Comparação entre os Programas de Raciocínio Lógico Polícia Federal de 2004 e 2009: 1 Compreensão de estruturas

Leia mais

Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Análise Combinatória 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO

Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Análise Combinatória 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Análise Combinatória 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 5 3º Bimestre/2013 Aluno(a): Número: Turma: 1) Resolva

Leia mais

AULA SEIS: Diagramas Lógicos

AULA SEIS: Diagramas Lógicos 1 AULA SEIS: Diagramas Lógicos Olá, amigos! Iniciamos nossa presente aula com uma notícia: hoje trataremos de um assunto que estava previsto para ser estudado em um encontro futuro. Todavia, melhor analisando,

Leia mais

Raciocínio Lógico Exercícios. Prof. Pacher A B P(A B) P(A/B) = P(B) n(a) P(A) = n(s) PROBABILIDADE DECORRÊNCIA DA DEFINIÇÃO

Raciocínio Lógico Exercícios. Prof. Pacher A B P(A B) P(A/B) = P(B) n(a) P(A) = n(s) PROBABILIDADE DECORRÊNCIA DA DEFINIÇÃO PROBBILIDDE Introdução teoria da probabilidade é o ramo da matemática que cria, desenvolve e em geral pesquisa modelos que podem ser utilizados para estudar experimentos aleatórios ou não determinísticos.

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ÍNDICE INSS - RLM...2 Proposições Conceitos Iniciais...2 1 Proposições Conceitos Iniciais Conceito: AlfaCon Concursos Públicos INSS - RLM _ Características: _ Valores: _ Princípios

Leia mais

Este material traz a teoria necessária à resolução das questões propostas.

Este material traz a teoria necessária à resolução das questões propostas. Inclui Teoria e Questões Inteiramente Resolvidas dos assuntos: Contagem: princípio aditivo e multiplicativo. Arranjo. Permutação. Combinação simples e com repetição. Lógica sentencial, de primeira ordem

Leia mais

Quantificadores. Quantificador Universal. Quantificador Existencial. Seja um conjunto não vazio e ) uma propriedade associada aos elementos.

Quantificadores. Quantificador Universal. Quantificador Existencial. Seja um conjunto não vazio e ) uma propriedade associada aos elementos. Quantificadores Seja um conjunto não vazio e ) uma propriedade associada aos elementos. Quantificador Universal Se é verdade que todos os elementos de possuem tal propriedade, podemos afirmar que: Todo

Leia mais

Teoria das Probabilidades

Teoria das Probabilidades Teoria das Probabilidades Qual a probabilidade de eu passar no vestibular? Leandro Augusto Ferreira Centro de Divulgação Científica e Cultural Universidade de São Paulo São Carlos - Abril / 2009 Sumário

Leia mais

a) ½ b) 1/3 c) 14 d) 1/5 e) 1/6

a) ½ b) 1/3 c) 14 d) 1/5 e) 1/6 PROBABILIDADE 1) (ANEEL) Ana tem o estranho costume de somente usar blusas brancas ou pretas. Por ocasião de seu aniversário, Ana ganhou de sua mãe quatro blusas pretas e cinco brancas. Na mesma ocasião,

Leia mais

UNITAU APOSTILA PROBABILIDADES PROF. CARLINHOS

UNITAU APOSTILA PROBABILIDADES PROF. CARLINHOS ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ ALI UNITAU APOSTILA PROAILIDADES ibliografia: Curso de Matemática Volume Único Autores: ianchini&paccola Ed. Moderna Matemática Fundamental - Volume Único Autores:

Leia mais

p: Breno é eletricista; q: Nestor passou no concurso; r: Ana se casou.

p: Breno é eletricista; q: Nestor passou no concurso; r: Ana se casou. EXERCÍCIOS EQUIVALÊNCIAS E DIAGRAMAS Prof. Walter Sousa 1) (Esaf) Maria foi informada por João que Ana é prima de Beatriz e Carina é prima de Denise. Como Maria sabe que João sempre mente, Maria tem certeza

Leia mais

Introdução à Probabilidade e Estatística

Introdução à Probabilidade e Estatística Professor Cristian F. Coletti Introdução à Probabilidade e Estatística (1 Para cada um dos casos abaixo, escreva o espaço amostral correspondente e conte seus elementos. a Uma moeda é lançada duas vezes

Leia mais

José Luiz de Morais. RACiOCÍNIO LÓGICO

José Luiz de Morais. RACiOCÍNIO LÓGICO RACIOCÍNIO LÓGICO José Luiz de Morais RACiOCÍNIO LÓGICO RACIOCÍNIO LÓGICO Prof José Luiz de Morais PROPOSIÇÕES Proposições Simples Proposições Simples Proposição simples átomo ou partícula atômica É a

Leia mais

MAT 461 Tópicos de Matemática II Aula 3: Resumo de Probabilidade

MAT 461 Tópicos de Matemática II Aula 3: Resumo de Probabilidade MAT 461 Tópicos de Matemática II Aula 3: Resumo de Probabilidade Edson de Faria Departamento de Matemática IME-USP 19 de Agosto, 2013 Probabilidade: uma Introdução / Aula 3 1 Probabilidade Discreta: Exemplos

Leia mais

Assim, de acordo com as regras do campeonato temos a seguinte tabela dos dois times:

Assim, de acordo com as regras do campeonato temos a seguinte tabela dos dois times: Raciocínio Lógico- Vinicius Werneck 1. Em um campeonato de futebol, a pontuação acumulada de um time é a soma dos pontos obtidos em cada jogo disputado. Por jogo, cada time ganha três pontos por vitória,

Leia mais

SIMULADO TERCEIRÃO e PRÉ-ENEM OUTUBRO - MATEMÁTICA PROFJUNIOR BARRETO

SIMULADO TERCEIRÃO e PRÉ-ENEM OUTUBRO - MATEMÁTICA PROFJUNIOR BARRETO SIMULADO TERCEIRÃO e PRÉ-ENEM OUTUBRO - MATEMÁTICA PROFJUNIOR BARRETO 01) (Enem 2014 Adaptada) Um cliente de uma videolocadora tem o hábito de alugar dois filmes por vez. Quando os devolve, sempre pega

Leia mais

MODÚLO 1. INTRODUÇÃO A LÓGICA MATEMÁTICA 1.1 SENTENÇA X PROPOSIÇÃO 1.2 NEGAÇÃO SIMPLES

MODÚLO 1. INTRODUÇÃO A LÓGICA MATEMÁTICA 1.1 SENTENÇA X PROPOSIÇÃO 1.2 NEGAÇÃO SIMPLES MODÚLO 1. INTRODUÇÃO A LÓGICA MATEMÁTICA 1.1 SENTENÇA X PROPOSIÇÃO Proposição: Permite ser julgado verdadeiro ou falso. Possui um valor lógico. Exemplos: Morro do Alemão só tem bandido A presidenta anulou

Leia mais

Resumo CEF 2014 Técnico Bancário Disciplina: Matemática & Raciocínio Lógico Professor: Valdenilson Garcia e-mail: profvaldenilson@hotmail.

Resumo CEF 2014 Técnico Bancário Disciplina: Matemática & Raciocínio Lógico Professor: Valdenilson Garcia e-mail: profvaldenilson@hotmail. Resumo CEF 2014 Técnico Bancário Disciplina: Matemática & Raciocínio Lógico Professor: Valdenilson Garcia e-mail: profvaldenilson@hotmail.com 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados

Leia mais

ACADEMIA DO CONCURSO

ACADEMIA DO CONCURSO ACADEMIA DO CONCURSO Aulão de Lógica - 2015 Prof. Quilelli ( TCU Auditor Federal - CESPE ) As cidades Alfa e Beta estão com suas contas de obras sob análise. Sabe-se que algumas dessas obras são de responsabilidade

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA CONTEÚDO: PROBABILIDADE 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO

EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA CONTEÚDO: PROBABILIDADE 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA CONTEÚDO: PROBABILIDADE a SÉRIE ENSINO MÉDIO ======================================================================= ) (UF SC) Em uma caixa há 8 bombons, todos com forma,

Leia mais

Questões de raciocínio lógico Aula 2

Questões de raciocínio lógico Aula 2 Questões de raciocínio lógico Aula 2 Tópicos abordados: Lógica da argumentação Diagramas lógicos Emerson Marcos Furtado* 1. (ESAF-adap.) Pedro toca piano se e somente se Vítor toca violino. Ora, Vítor

Leia mais

Lista 2 - Probabilidade. Probabilidade. 1. Uma letra é escolhida entre as letras da palavra PROBABILIDADE

Lista 2 - Probabilidade. Probabilidade. 1. Uma letra é escolhida entre as letras da palavra PROBABILIDADE Estatística 2 a LISTA DE EXERCÍCIOS Prof. Ânderson Vieira Probabilidade Espaço Amostral Em cada um dos exercícios a 0. Determine o espaço amostral.. Uma letra é escolhida entre as letras da palavra PROBABILIDADE

Leia mais

S U M Á R I O. Raciocínio Lógico para o INSS Resolução de questões Prof. Adeilson de melo Revisão 4 Bateria de questões CONTEÚDO DA AULA 01

S U M Á R I O. Raciocínio Lógico para o INSS Resolução de questões Prof. Adeilson de melo Revisão 4 Bateria de questões CONTEÚDO DA AULA 01 Olá pessoal! Este é o nosso quarto encontro. Nele faremos uma abordagem das mais variadas questões de Raciocínio Lógico. Assunto muito querido pela banca FCC. Aqui fiz uma seleção de muitas questões de

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO PROF PEDRÃO TABELA-VERDADE

RACIOCÍNIO LÓGICO PROF PEDRÃO TABELA-VERDADE TABELA-VERDADE 01) A negação da afirmação se o cachorro late então o gato mia é: A) se o gato não mia então o cachorro não late. B) o cachorro não late e o gato não mia. C) o cachorro late e o gato não

Leia mais

Teste Anpad Raciocínio Lógico Edição: JUNHO de 2005

Teste Anpad Raciocínio Lógico Edição: JUNHO de 2005 Teste Anpad Raciocínio Lógico Edição: JUNHO de 2005 01. Cinco pessoas, Flávio, Méricles, Armênio, Clodoaldo e Igor, utilizam um mesmo programa de computador, o qual facilita a comunicação online pela Internet,

Leia mais

Prof. Paulo Henrique Raciocínio Lógico

Prof. Paulo Henrique Raciocínio Lógico Prof. Paulo Henrique Raciocínio Lógico Comentário da prova de Agente Penitenciário Federal Funrio 01. Uma professora formou grupos de 2 e 3 alunos com o objetivo de conscientizar a população local sobre

Leia mais

1ª Lista de Exercícios - 2009.2 Lógica Informal - Gabarito

1ª Lista de Exercícios - 2009.2 Lógica Informal - Gabarito Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Disciplina: Lógica Matemática Professora: Joseluce de Farias Cunha Monitor:

Leia mais

4) Quais dos seguintes pares de eventos são mutuamente exclusivos:

4) Quais dos seguintes pares de eventos são mutuamente exclusivos: INE 7002 LISTA DE EXERCÍCIOS PROBABILIDADE Lista de Exercícios - Probabilidade 1 1) Lâmpadas que se apresentam em perfeitas condições são ensaiadas quanto ao tempo de vida. Um instrumento é acionado no

Leia mais

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Matemática e suas Tecnologias Matemática

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Matemática e suas Tecnologias Matemática Atividade extra Exercício 1 Considere o produto dos números naturais ímpares, 19 17 15... 3 1: Como pode ser reescrito utilizando fatorial? (a) 19! (b) 19! 20! (c) 19! 18 16... 2 (d) 19! 20 Exercício 2

Leia mais

100 QUESTÕES DE PROBABILIDADE PARA CONCURSOS

100 QUESTÕES DE PROBABILIDADE PARA CONCURSOS 100 QUESTÕES DE PROBABILIDADE PARA CONCURSOS R E S O L U Ç Ã O D E E X E R C ÍC IO S R A C IO C ÍN IO L Ó G IC O M A T E M Á T IC A F ÍS IC A /Q U ÍM IC A E m a il g a b a r ito c e rto @ h o tm a il.c

Leia mais

1 Probabilidade Condicional - continuação

1 Probabilidade Condicional - continuação 1 Probabilidade Condicional - continuação Exemplo: Sr. e Sra. Ferreira mudaram-se para Campinas e sabe-se que têm dois filhos sendo pelo menos um deles menino. Qual a probabilidade condicional que ambos

Leia mais

Atenção: Material do grupo do. adquiriu com outra pessoa, foi vítima de um falso rateio e em

Atenção: Material do grupo do. adquiriu com outra pessoa, foi vítima de um falso rateio e em Atenção: Material do grupo do Roger Rodrigues se você adquiriu com outra pessoa, foi vítima de um falso rateio e em breve não receberá mais material. Aula 03 Raciocínio Lógico p/ INSS - Técnico do Seguro

Leia mais

Calculando probabilidades

Calculando probabilidades A UA UL LA Calculando probabilidades Introdução evento E é: P(E) = Você já aprendeu que a probabilidade de um nº deresultadosfavoráveis nº total de resultados possíveis Nesta aula você aprenderá a calcular

Leia mais

Exercícios Análise Combinatória

Exercícios Análise Combinatória Exercícios Análise Combinatória 1. (Uemg 2014) Na Copa das Confederações de 2013, no Brasil, onde a seleção brasileira foi campeã, o técnico Luiz Felipe Scolari tinha à sua disposição 23 jogadores de várias

Leia mais

A probabilidade representa o resultado obtido através do cálculo da intensidade de ocorrência de um determinado evento.

A probabilidade representa o resultado obtido através do cálculo da intensidade de ocorrência de um determinado evento. Probabilidade A probabilidade estuda o risco e a ocorrência de eventos futuros determinando se existe condição de acontecimento ou não. O olhar da probabilidade iniciou-se em jogos de azar (dados, moedas,

Leia mais

Lógica Sentencial de 1ª ordem

Lógica Sentencial de 1ª ordem Lógica Sentencial de 1ª ordem Estudo das proposições 01. (CESPE/UnB) Considere as seguintes sentenças: O Acre é um estado da Região Nordeste. Você viu o cometa Halley? Há vida no planeta Marte. Se x

Leia mais

Questões Resolvidas de Lógica Verdades e Mentiras Professor Joselias http://professorjoselias.blogspot.com

Questões Resolvidas de Lógica Verdades e Mentiras Professor Joselias http://professorjoselias.blogspot.com Questões Resolvidas de Lógica Verdades e Mentiras Professor Joselias 1) Três amigas encontram-se em uma festa. O vestido de uma delas é azul, o de outra é preto, e o da outra é branco. Elas calçam pares

Leia mais

Uma proposição condicional sempre pode ser escrita da forma se p, então q, e é denotada por p q. Se amanhã é domingo, então hoje é sábado.

Uma proposição condicional sempre pode ser escrita da forma se p, então q, e é denotada por p q. Se amanhã é domingo, então hoje é sábado. Proposições condicionais e bicondicionais Proposições condicionais Num debate sobre algum tema importante, é comum utilizarmos ideias que procuram sustentar nossos argumentos. Essa sustentação, muitas

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES Olá pessoal! Resolverei neste ponto mais uma prova da FUNIVERSA. Desta vez é a prova para Economista do CEB Distribuição S/A realizada em fevereiro de 2010. Aproveito a oportunidade para falar dos cursos

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M16 Probabilidade

Matemática. Resolução das atividades complementares. M16 Probabilidade Resolução das atividades complementares Matemática M Probabilidade p. 7 (FGV-SP) Uma urna contém quinze bolinhas numeradas de a. a) Se uma bolinha for sorteada, qual a probabilidade de que o número observado

Leia mais

PROF. JOSIMAR PADILHA

PROF. JOSIMAR PADILHA RACIOCÍNIO LÓGICO Nós somos o que fazemos repetidamente, a excelência não é um feito, e sim, um hábito.aristóteles. Sucesso! PROF. JOSIMAR PADILHA 1 01 - NOÇÕES DE CONJUNTOS Nesta primeira aula iremos

Leia mais

AULA 9 - PROBABILIDADE. Numero de Resultados Desejado Numero de Resultados Possiveis EXERCÍCIOS DE AULA

AULA 9 - PROBABILIDADE. Numero de Resultados Desejado Numero de Resultados Possiveis EXERCÍCIOS DE AULA AULA 9 - PROBABILIDADE São duas as questões pertinentes na resolução de um problema envolvendo probabilidades. Primeiro, é preciso quantificar o conjunto de todos os resultados possíveis, que será chamado

Leia mais

Noções de Lógica - Teoria e Exercícios

Noções de Lógica - Teoria e Exercícios ALUNO(A) C O L É G I O PROFESSOR (A) Alan Jefferson Série 1º ano Noções de Lógica - Teoria e Exercícios PROPOSIÇÃO Chama-se proposição ou sentença toda oração declarativa que pode ser classificada em verdadeira

Leia mais

ANÁLISE COMBINATÓRIA. Princípio multiplicativo

ANÁLISE COMBINATÓRIA. Princípio multiplicativo ANÁLISE COMBINATÓRIA Princípio multiplicativo Generalizando Para descrição das d n sucessivas decisões a serem tomadas, temos que: Se d 1 : a primeira decisão a ser tomada, tenha m 1 opções distintas.

Leia mais

PROVA DO BANCO DO BRASIL - 2010 - MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO RESOLVIDA E COMENTADA Professor Joselias joselias@uol.com.

PROVA DO BANCO DO BRASIL - 2010 - MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO RESOLVIDA E COMENTADA Professor Joselias joselias@uol.com. Professor Joselias Abril de2010 MATEMÁTICA 11- Um investidor aplicou certa quantia em um fundo de ações. Nesse fundo, das ações eram da empresa A, eram da empresa B e as restantes, da empresa C. Em um

Leia mais

I. Experimentos Aleatórios

I. Experimentos Aleatórios A teoria do azar consiste em reduzir todos os acontecimentos do mesmo gênero a um certo número de casos igualmente possíveis, ou seja, tais que estejamos igualmente inseguros sobre sua existência, e em

Leia mais

O conceito de probabilidade

O conceito de probabilidade A UA UL LA O conceito de probabilidade Introdução Nesta aula daremos início ao estudo da probabilidades. Quando usamos probabilidades? Ouvimos falar desse assunto em situações como: a probabilidade de

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO

RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO Caro aluno, Disponibilizo abaixo a resolução das questões de Raciocínio Lógico- Matemático das provas para os cargos de Técnico do TRT/4ª Região (Rio

Leia mais

Primeira Lista de Exercícios de Estatística

Primeira Lista de Exercícios de Estatística Primeira Lista de Exercícios de Estatística Professor Marcelo Fernandes Monitor: Márcio Salvato 1. Suponha que o universo seja formado pelos naturais de 1 a 10. Sejam A = {2, 3, 4}, B = {3, 4, 5}, C =

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. DINIS 12º ANO DE ESCOLARIDADE DE MATEMÁTICA A. TESTE Nº 2 Grupo I

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. DINIS 12º ANO DE ESCOLARIDADE DE MATEMÁTICA A. TESTE Nº 2 Grupo I ESCOLA SECUNDÁRIA COM º CICLO D. DINIS º ANO DE ESCOLARIDADE DE MATEMÁTICA A TESTE Nº Grupo I As cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada uma delas são indicadas quatro alternativas,

Leia mais

VERDADES, MENTIRAS E OUTROS BICHOS CABELUDOS

VERDADES, MENTIRAS E OUTROS BICHOS CABELUDOS VERDADES, MENTIRAS E OUTROS BICHOS CABELUDOS 1) Três amigas encontram-se em uma festa. O vestido de uma delas é azul, o de outra é preto, e o da outra é branco. Elas calçam pares de sapatos destas mesmas

Leia mais

AV2 - MA 12-2012. (a) De quantos modos diferentes posso empilhá-los de modo que todos os CDs de rock fiquem juntos?

AV2 - MA 12-2012. (a) De quantos modos diferentes posso empilhá-los de modo que todos os CDs de rock fiquem juntos? Questão 1. Num porta-cds, cabem 10 CDs colocados um sobre o outro, formando uma pilha vertical. Tenho 3 CDs de MPB, 5 de rock e 2 de música clássica. (a) De quantos modos diferentes posso empilhá-los de

Leia mais

Estatística II. Capítulo 1:

Estatística II. Capítulo 1: 1 Estatística II Capítulo 1: Consciente ou inconsciente, a probabilidade é usada por qualquer individuo que toma decisão em situações de incerteza. Conhecendo ou não regras para seu cálculo, muitas pessoas

Leia mais

Construção de tabelas verdades

Construção de tabelas verdades Construção de tabelas verdades Compreender a Lógica como instrumento da ciência e como estrutura formal do pensamento, conhecendo e compreendendo as operações com os principais conceitos proposicionais

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO SEMANA 04

RACIOCÍNIO LÓGICO SEMANA 04 1) (FCC/TRT-PR) Considere a seguinte proposição: Na eleição para a prefeitura, o candidato A será eleito ou não será eleito. Do ponto de vista lógico, a afirmação da proposição caracteriza: (A) um silogismo;

Leia mais

Aula 05 Raciocínio Lógico p/ INSS - Técnico do Seguro Social - Com Videoaulas

Aula 05 Raciocínio Lógico p/ INSS - Técnico do Seguro Social - Com Videoaulas Aula 05 Raciocínio Lógico p/ INSS - Técnico do Seguro Social - Com Videoaulas Professor: Arthur Lima AULA 05: RESUMO Caro aluno, Para finalizar nosso curso, preparei um resumo de toda a teoria vista nas

Leia mais

1 cartão de crédito mais de 1 cartão de crédito Renda até 10 S.M. 250 80 20 10 a 20 S.M. 100 200 40 20 a 30 S.M. 50 40 60 mais de 30 S.M.

1 cartão de crédito mais de 1 cartão de crédito Renda até 10 S.M. 250 80 20 10 a 20 S.M. 100 200 40 20 a 30 S.M. 50 40 60 mais de 30 S.M. ([HUFtFLRVÃÃ&DStWXORÃÃ Ã Tomou-se uma amostra de 000 pessoas num shopping center com o objetivo de verificar a relação entre o número de cartões de crédito e a renda familiar (em salários mínimos). Os

Leia mais

Probabilidades Duds. A probabilidade de que este último lápis retirado não tenha ponta é igual a: a) 0,64 b) 0,57 c) 0,52 d) 0,42

Probabilidades Duds. A probabilidade de que este último lápis retirado não tenha ponta é igual a: a) 0,64 b) 0,57 c) 0,52 d) 0,42 Probabilidades Duds 1. (Upe 2013) Em uma turma de um curso de espanhol, três pessoas pretendem fazer intercâmbio no Chile, e sete na Espanha. Dentre essas dez pessoas, foram escolhidas duas para uma entrevista

Leia mais

EXERCÍCIOS. 02) (UFBA) Com os dígitos 1, 2, 3, 4, 6, e 8, quantos números naturais ímpares podem-se formar com três algarismos distintos cada um?

EXERCÍCIOS. 02) (UFBA) Com os dígitos 1, 2, 3, 4, 6, e 8, quantos números naturais ímpares podem-se formar com três algarismos distintos cada um? EXERCÍCIOS 0) Considerando os algarismos,,,, 5, 6, 7 e 8, responda: a) Quantos números de quatro algarismos podemos formar? b) Quantos números pares de quatro algarismos podemos formar? c) Quantos números

Leia mais

Exercícios para estudo Análise Combinatória

Exercícios para estudo Análise Combinatória Exercícios para estudo Análise Combinatória Prof: Marcelo Faria Questão 1 (CESGRANRIO) Joana deseja presentear uma amiga e só dispõe de dinheiro para comprar um único presente Sabe-se que, Renata, sua

Leia mais

Contagem II. Neste material vamos aprender novas técnicas relacionadas a problemas de contagem. 1. Separando em casos

Contagem II. Neste material vamos aprender novas técnicas relacionadas a problemas de contagem. 1. Separando em casos Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Combinatória - Nível 2 Prof. Bruno Holanda Aula 5 Contagem II Neste material vamos aprender novas técnicas relacionadas a problemas de contagem. 1. Separando em

Leia mais

Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística - SEPLAG-2010 - EPPGG

Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística - SEPLAG-2010 - EPPGG Resoluções comentadas de Raciocínio Lógico e Estatística - SEPLAG-010 - EPPGG 11. Em uma caixa há 1 bolas de mesmo tamanho: 3 brancas, 4 vermelhas e 5 pretas. Uma pessoa, no escuro, deve retirar n bolas

Leia mais

Raciocínio Lógico-Quantitativo Correção da Prova APO 2010 Gabarito 1 Prof. Moraes Junior RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO

Raciocínio Lógico-Quantitativo Correção da Prova APO 2010 Gabarito 1 Prof. Moraes Junior RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO 1 - Um viajante, a caminho de determinada cidade, deparou-se com uma bifurcação onde estão três meninos e não sabe que caminho tomar. Admita que estes três meninos, ao se

Leia mais

7- Probabilidade da união de dois eventos

7- Probabilidade da união de dois eventos . 7- Probabilidade da união de dois eventos Sejam A e B eventos de um mesmo espaço amostral Ω. Vamos encontrar uma expressão para a probabilidade de ocorrer o evento A ou o evento B, isto é, a probabilidade

Leia mais

Prova de Raciocínio Lógico Edição Junho 2006

Prova de Raciocínio Lógico Edição Junho 2006 Prova de Raciocínio Lógico Edição Junho 2006 1. Considere a seguinte seqüência, da esquerda para a direita: Dentre as alternativas abaixo, o próximo elemento que obedece à regra de formação até então seguida

Leia mais

Lista 5 - Introdução à Probabilidade e Estatística

Lista 5 - Introdução à Probabilidade e Estatística UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Lista 5 - Introdução à Probabilidade e Estatística Variáveis Aleatórias 1 Duas bolas são escolhidas aleatoriamente de uma urna que contém 8 bolas brancas, 4 pretas e 2 laranjas.

Leia mais

( ) ( ) RACIOCÍNIO LÓGICO. A p n = C p n C 2 20 = = = = 190 ANÁLISE COMBINATÓRIA. PERMUTAÇÃO SIMPLES (anagramas)

( ) ( ) RACIOCÍNIO LÓGICO. A p n = C p n C 2 20 = = = = 190 ANÁLISE COMBINATÓRIA. PERMUTAÇÃO SIMPLES (anagramas) ANÁLISE COMBINATÓRIA PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA CONTAGEM (PFC) n 1.n 2.n 3...= total de possibilidades Ex: Supondo que 5 colegas vão sair de carro, sentados nos 5 lugares disponíveis. De quantos modos podemos

Leia mais

Prova do Nível 1 (resolvida)

Prova do Nível 1 (resolvida) Prova do Nível (resolvida) ª fase 0 de novembro de 0 Instruções para realização da prova. Verifique se este caderno contém 0 questões e/ou qualquer tipo de defeito. Se houver algum problema, avise imediatamente

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO FCC LISTA 7

QUESTÕES COMENTADAS DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO FCC LISTA 7 QUESTÕES COMENTADAS DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO FCC LISTA 7 1. (TRF 4ª região 2014 Analista Judiciário) Da duração total de um julgamento, 7 3 do tempo foi utilizado pelos advogados de defesa e acusação,

Leia mais

Perguntas e Respostas Conselho de Usuários VIVO

Perguntas e Respostas Conselho de Usuários VIVO Perguntas e Respostas Conselho de Usuários VIVO Resolução n o 623, de 18 de Outubro de 2013 1. Qual a Resolução que trata sobre Conselho de Usuários e onde ela está disponível? Trata-se da Resolução n

Leia mais

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 18 PROBABILIDADE DE MAIS DE UM EVENTO

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 18 PROBABILIDADE DE MAIS DE UM EVENTO MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 18 PROBABILIDADE DE MAIS DE UM EVENTO Como pode cair no enem (ENEM) Em um jogo disputado em uma mesa de sinuca, há 16 bolas: 1 branca e 15 coloridas, as quais, de acordo com

Leia mais

(BB 2010/FCC) Um capital é aplicado, durante 8 meses, a uma taxa de juros simples de 15% ao ano, apresentando um montante igual a R$ 13.200,00 no final do prazo. Se este mesmo capital tivesse sido aplicado,

Leia mais

CORRELAÇÕES. É verdade que:

CORRELAÇÕES. É verdade que: CORRELAÇÕES 1. Três amigas encontram-se em uma festa. O vestido de uma delas é azul, o de outra é preto, e o da outra é branco. Elas calçam pares de sapatos destas mesmas três cores, mas somente Ana está

Leia mais

Resolverei neste artigo a prova de Raciocínio Lógico do concurso para a SEFAZ-SP 2009 organizada pela FCC.

Resolverei neste artigo a prova de Raciocínio Lógico do concurso para a SEFAZ-SP 2009 organizada pela FCC. Olá pessoal! Resolverei neste artigo a prova de Raciocínio Lógico do concurso para a SEFAZ-SP 2009 organizada pela FCC. 01. (SEFAZ-SP 2009/FCC) Considere o diagrama a seguir, em que U é o conjunto de todos

Leia mais

Espaço Amostral ( ): conjunto de todos os

Espaço Amostral ( ): conjunto de todos os PROBABILIDADE Espaço Amostral (): conjunto de todos os resultados possíveis de um experimento aleatório. Exemplos: 1. Lançamento de um dado. = {1,, 3, 4,, 6}. Doador de sangue (tipo sangüíneo). = {A, B,

Leia mais

PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA CONTAGEM, PERMUTAÇÕES, ARRANJOS E COMBINATÓRIA

PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA CONTAGEM, PERMUTAÇÕES, ARRANJOS E COMBINATÓRIA MATEMÁTICA PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DA CONTAGEM, PERMUTAÇÕES, ARRANJOS E COMBINATÓRIA 1 1. UFMS Sendo A n,3 = 3(n 1), então, n é: a) 3 ou 1 b) 1 ou 3 c) 3 d) 1 e) 3 ou 1 2. UFBA Com base nos conhecimentos

Leia mais

Bom serviço dentro da garantia Serviço deficiente dentro da garantia Vendedores de determinada marca de pneus 64 16

Bom serviço dentro da garantia Serviço deficiente dentro da garantia Vendedores de determinada marca de pneus 64 16 Lista de Probabilidade Básica com gabarito 1. Considere a experiência que consiste em pesquisar famílias com três crianças, em relação ao sexo das mesmas, segundo a ordem de nascimento. (a)determine o

Leia mais

Exercícios resolvidos sobre Definição de Probabilidade

Exercícios resolvidos sobre Definição de Probabilidade Exercícios resolvidos sobre Definição de Probabilidade Nesta Unidade de estudo, até este ponto você aprendeu definições de probabilidade e viu como os conceitos se aplicam a várias situações. Observe agora

Leia mais

RESUMO TEÓRICO. n(a) P(A) = n(u) 0 P(A) 1

RESUMO TEÓRICO. n(a) P(A) = n(u) 0 P(A) 1 RESUMO TEÓRICO Experimentos aleatórios: são aqueles que, mesmo repetidos várias vezes sob condições semelhantes, apresentam resultados imprevisíveis. Exemplo: Lançar um dado e verificar qual é a face voltada

Leia mais

Simulado OBM Nível 2

Simulado OBM Nível 2 Simulado OBM Nível 2 Gabarito Comentado Questão 1. Quantos são os números inteiros x que satisfazem à inequação? a) 13 b) 26 c) 38 d) 39 e) 40 Entre 9 e 49 temos 39 números inteiros. Questão 2. Hoje é

Leia mais