AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio."

Transcrição

1

2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida em qualquer forma e meio, sem autorização prévia expressa da GVDASA Sistemas. As informações contidas neste documento destinam-se somente para uso em capacitações ministradas pela GVDASA, e não nos responsabilizamos pelo uso dessas informações se aplicadas a outros fins.

3 Apresentação O ERP - GVcollege é um Sistema voltado ao gerenciamento de instituições de ensino. É formado pelos módulos a seguir: ERP GVcollege - Administrador de Programas e Sistemas ERP GVcollege Módulo Acadêmico Secretaria ERP GVcollege Módulo Acadêmico Pedagógico ERP GVcollege Módulo Financeiro Cobrança ERP GVcollege Módulo Financeiro Caixa/Bancos ERP GVcollege Módulo Financeiro Cheques a Receber ERP GVcollege Módulo Financeiro Contas a Pagar ERP GVcollege Portal Aluno ERP GVcollege Portal Professor ERP GVcollege Vestibular ERP GVcollege Protocolo ERP GVcollege Contábil Contabilidade ERP GVcollege Contábil Patrimônio ERP GVcollege Suprimentos Estoque ERP GVcollege Business Intelligence ERP GVcollege Ferramentas: Montagem de Ficha Complementar ERP GVcollege Ferramentas: Intercâmbio ERP GVcollege Gerador de Relatórios Este material serve de apoio ao treinamento ministrado pela GVDASA do módulo Gerador de Relatórios, versão Sua utilização é um complemento ao conhecimento das regras de negócio e processos de instituições de ensino.

4 Sumário 1. Introdução Diferença entre Gerenciador e Gerador de relatórios Gerenciador de Relatórios Elementos da interface Criando pastas Movendo pastas ou relatórios Excluindo pastas ou relatório Criando um relatório Alterando um relatório Compartilhamento de pastas e relatórios Editor de Relatórios Componentes de dados Campos data-aware agregados Componentes padrão Componentes GVDASA Componentes de cabeçalho e rodapé Componente para impressão em modo matricial Estrutura do relatório Bandas do relatório Grupos Campos Agregados nos grupos Armazenar páginas em memória Manipulação física de um arquivo Carregar relatório de arquivo Salvar relatório para arquivo RAP (Report Application Pascal) Code Explorer... 26

5 Code Editor Caixa de ferramentas Criando documentos Criando agrupamento de dados Importando e exportando um documento Criando etiquetas Modelos de etiquetas Criando um modelo de etiqueta Modificando um modelo de etiqueta Excluindo um modelo de etiqueta Criando uma etiqueta Gerador de Relatórios Criando, editando e excluindo um relatório Editor de relatórios Página de dados Criando uma fonte de dados Editando uma fonte de dados Exportar e importar um conjunto de fontes de dados Selecionando a fonte dados... 40

6 1. Introdução Visando flexibilizar a criação de relatórios, documentos e ou etiquetas de forma rápida foram desenvolvidas estas duas ferramentas que utilizam condutores de dados (fontes de dados previamente definidas ou customizadas via comandos SQL). Com a linguagem RAP (Report Application Pascal) é possível que desenvolvedores ou usuários finais criem relatórios codificando cálculos e eventos. Esta codificação é feita a partir de uma linguagem idêntica ao Object Pascal (Delphi) Diferença entre Gerenciador e Gerador de relatórios O Gerenciador de relatórios é disponibilizado a partir de um assistente de relatórios, que disponibiliza dados previamente filtrados. O Gerador de relatórios possibilita a criação de uma fonte de dados a partir de comandos SQL.

7 2. Gerenciador de Relatórios O gerenciador de relatórios é exibido ao término da etapa de seleção do relatório, realizada através de um assistente. Ele contém todos os relatórios, documentos e etiquetas desenvolvidos para a seleção realizada, e que serão armazenados no banco de dados Elementos da interface 1) Barra de ferramentas: contém botões de acesso rápido ao gerenciador. As ações serão executadas na aba de tipo de relatório selecionada. 2) Tipos de relatórios: nem sempre as três abas estarão habilitadas, dependendo do relatório poderá não ter suporte a documentos e/ou etiquetas. 3) Explorer: contém a árvore de diretórios, e ao lado, uma lista que mostra o conteúdo da pasta selecionada Manipulando pastas e relatórios

8 A manipulação das pastas e relatórios no gerenciador é idêntica para os três tipos de relatórios. A única diferença existente é no nome do item de menu de criação do arquivo que segue o tipo selecionado Criando pastas Clique com o botão direito do mouse na árvore ou no conteúdo de uma pasta. No menu popup que aparecerá, clique em Nova pasta. Digite um nome significativo e pressione a tecla Enter Movendo pastas ou relatórios Selecione a pasta ou relatório a ser movido. Clique sobre a pasta, arrastando-a por para a nova pasta Excluindo pastas ou relatório excluído. Clique com o botão direito do mouse na pasta ou relatório que deve ser No menu popup que aparecerá, clique em Excluir pasta. Você pode excluir uma pasta movendo-a para a lixeira ou clicando nela e, em seguida, no botão Criando um relatório Relatório: Selecione a aba Relatórios. Clique com o botão direito do mouse na pasta onde o relatório será salvo.

9 No menu popup que aparecerá, clique em Novo relatório. O editor será aberto para que o usuário possa iniciar a construção do seu relatório. No capítulo Criando relatórios haverão explicações mais detalhadas sobre este assunto. Documento: Selecione a aba Documentos. Clique com o botão direito do mouse na pasta onde o documento será salvo. No menu popup que aparecerá, clique em Novo documento. O Editor GVDASA será aberto para que o usuário possa iniciar a construção do documento. detalhadas sobre o assunto. No capítulo Criando documentos teremos explicações mais Etiquetas: Selecione a aba Etiquetas. Clique com o botão direito do mouse na pasta onde a etiqueta será salva. No menu popup que aparecerá, clique em Nova etiqueta. O Gerenciador de etiquetas será aberto para que o usuário possa iniciar a construção da sua etiqueta. No capítulo Criando etiquetas teremos explicações mais detalhadas sobre o assunto.

10 Alterando um relatório Selecione o tipo de relatório. Selecione o relatório desejado e clique com o botão direito do mouse. No menu popup que aparecerá, clique em Abrir. Edite seu documento no editor que será aberto e salve-o. É aconselhável fazer backup do modelo de relatório antes de alterá-lo Compartilhamento de pastas e relatórios Todos os arquivos criados no gerenciador de relatórios podem ser compartilhados entre as unidades, para que não seja necessário duplicá-lo. Em primeiro lugar, é necessário que a pasta onde está o arquivo seja compartilhada. Clique com o botão direito do mouse na pasta que será compartilhada. No menu popup que aparecerá, clique em Compartilhado. Clique com o botão direito do mouse no arquivo que será compartilhado. No menu popup que aparecerá, clique em Compartilhado. Existem 3 formas de compartilhamento: por Empresa: Compartilha para todas as unidades do banco de dados; por Unidade: Compartilha entre as unidades da empresa selecionada; Não Compartilhar: Fica disponível apenas para a unidade selecionada

11 3. Editor de Relatórios Para a criação de relatórios, o Gerenciador de relatórios possui uma ferramenta de edição chamada Editor de relatórios. Observe abaixo a ilustração dele: Os dados do relatório estão disponíveis no editor de relatórios através dos condutores de dados. Cada relatório possui um condutor de dados central, que define os dados principais do relatório. Todas as funcionalidades do relatório são obtidas através de componentes. Os componentes são agrupados por funcionalidades em barras de ferramentas de componentes. Existem atualmente 4 barras de ferramentas de componentes: Componentes padrão: são componentes específicos para desenhos e representações fixas. Componentes de dados: são componentes provedores de dados, ou seja, são alimentados a partir de dados originados pelos condutores. Componentes avançados: são componentes estruturais que podem ser provedores de dados ou não. Permitem grande flexibilidade de exibição de dados.

12 Existem outras barras de ferramentas para formatação de texto, alinhamento, estrutura do relatório e de dados, desenho, etc Componentes de dados Os componentes provedores de dados representam dados vindos dos Condutores de Dados. As propriedades comuns dos componentes de dados são: Nome do condutor de dados. Campo de dados. Configuração da Fonte Alinhamento, entre outras. Sempre verifique se a fonte de dados principal do relatório está selecionada. Sem ela, os dados não serão impressos.

13 Existem três fontes de dados padrão: plempresa, plunidade e pldadas. Estes condutores de dados trarão dados da empresa e unidade atuais e a data atual e/ou data emissão, em vários formatos Campos data-aware agregados Para configurar um campo data-aware (campo provedor de dados) agregado é preciso clicar com o botão direito do mouse sobre a opção Cálculo seguintes propriedades: e configurar as 3.3. Componentes padrão São componentes específicos para desenhos e representações fixas. Não representam dados, servem para montar o desenho do relatório.

14 3.4. Componentes GVDASA São componentes desenvolvidos e de propriedade da GVDASA: Cabeçalho e Rodapé Cabeçalho e Rodapé personalizados Componente para impressão em modo matricial. Para usar os componentes padrão de cabeçalho e rodapé, assim como o componente para conversão matricial, basta posicioná-los sobre uma das bandas do relatório. Como mostra a figura abaixo.

15 3.5. Componentes de cabeçalho e rodapé Os componentes cabeçalho e rodapé adicionam ao relatório uma estrutura padrão, que contém: O nome da empresa e o número de página atuais no alto da página. Data/hora atual no canto inferior esquerdo. Para que o cabeçalho e rodapé possam ser vistos, como no relatório acima, é necessário visualizá-lo a partir do Gerenciador de Relatórios. Se o relatório for visualizado a partir do Editor de Relatórios os items de cabeçalho e rodapé não serão exibidos. Pode-se alterar a estrutura dos dados exibidos por este componente acessando: PAD_GeradorRelatorios.dll Gerador de Relatórios -> menu Configuração -> Padrão -> aba Relatórios. Neste local pode-se configurar a fonte e quais dados deverão ser exibidos Componente para impressão em modo matricial Este componente é usado para transformar a saída do relatório de modo gráfico (fontes do windows) para modo matricial (fontes da impressora). Este componente a- dapta o relatório para que seja impresso dentro das linhas e colunas de um layout de impressão matricial. O Resultado do uso do componente para impressão em modo matricial em relação ao modo gráfico é o seguinte:

16 Impressão normal: Impressão matricial: 3.7. Componentes Avançados - Sub Relatório e Região

17 Estes componentes permitem criar novas áreas de impressão dentro do relatório. O componente de região, permitem mapear uma área específica do relatório para que a mesma possa ser tratada de maneira diferenciada do resto do relatório. Dessa forma, é possível inserir um sub relatório dentro da região criada, por exemplo. Outro e- xemplo seria tornar visível, ou não, determinada região do relatório, conforme parametrização do assistente. Com o componente de sub relatório, é possível criar uma nova estrutura de relatório dentro de uma banda ou mesmo de uma região de um relatório. Este novo subrelatório, tem o comportamento e a estrutura física de um relatório normal. Região: Sub relatório (figura 1):

18 Sub relatório (figura 2): 3.8. Estrutura do relatório Navegação pelos componentes do Editor de relatórios. Esta janela disponibiliza todos os componentes existentes no relatório, tornando possível encontrá-los e acessálos de forma direta. Neste navegador também é possível renomear os componentes do relatório. Para isso, basta clicar com o botão da direito do mouse sobre o componente desejado, e então, renomeá-lo.

19 Para acessar Estrutura do Relatório deve-se proceder da seguinte maneira: Dentro do editor de relatórios clique em Visualizar -> Barra de ferramentas -> Estrutura do relatório Bandas do relatório As bandas são áreas do relatório, cada uma com posicionamento e comportamento próprio. Elas podem ser de 5 tipos: Banda Título: Impressa somente na primeira página do relatório. Banda Cabeçalho: Impressa no topo de cada página do relatório. Banda Detalhe: Esta banda é responsável por imprimir a repetição (listagem) do relatório. Banda Rodapé: Impressa na base de cada página. Banda Sumário: Impressa na base da última página do relatório.

20 Bandas: Grupos Os agrupamentos servem para aglutinar conjuntos de dados, suprimindo as repetições e organizando de uma melhor forma, o layout do relatório. Para criar um agrupamento, selecione a opção de menu Relatório\Grupos. Esta opção abrirá a seguinte janela: Para criar o novo grupo, é preciso:

21 Especificar o campo de agrupamento. Informar se o campo é de dados ou é personalizado. Na opção Mudança de Grupo deve-se informar se é para começar nova página a cada troca de grupo, assim como, informar a necessidade, ou não de reiniciar a numeração das páginas na mudança do grupo. Informar se é para manter o grupo unido. E por último, selecionar a opção Reimprimir cabeçalho do grupo em páginas subseqüentes. Após a confirmação das alterações, o grupo será criado. É possível criar estruturas hierárquicas, com grupos dentro de outros grupos, formando assim, estruturas mais complexas e muitas vezes necessárias à montagem do relatório. Ex. Agrupamentos por Empresa/Unidade/Pessoa. O Resultado do novo grupo criado para manter os registros unidos (neste e- xemplo, os alunos da turma) é o seguinte: Visualização do relatório com o grupo Turma:

22 3.11. Campos Agregados nos grupos Usando campos agregados nos grupos é possível efetuar cálculos aritméticos (média, total, etc.) para cada grupo. Exemplo: Colocar o Total de alunos da turma: Criar o grupo turma, guiado pelo campo Turma. Colocar um campo do tipo agregado junto à banda de rodapé do grupo. Selecionar a fonte de dados do campo agregado para o PipeLine que contenha o campo turma. Selecionar o nome do campo de dados do campo agregado.

23 3.12. Armazenar páginas em memória Esta opção é importante para melhorar o desempenho da geração do relatório e evitar o recálculo do mesmo, caso seja necessário para a saída desejada Manipulação física de um arquivo No menu principal estão localizados as funções Carregar de Arquivo e Salvar para Arquivo. Estas funções manipulam fisicamente os arquivos de relatórios. Estes arquivos possuem a extensão.rtm.

24 Carregar relatório de arquivo Esta função carrega um arquivo do tipo.rtm no relatório aberto para que ele possa ser salvo no banco de dados Salvar relatório para arquivo Esta função salva o relatório que está aberto no momento, em um arquivo físico e em formato.rtm. Sempre que um layout de relatório for alterado, além de salvá-lo no banco de dados (opção...salvar do menu principal) o relatório deve ser salvo em arquivo no formato.rtm, que ficará no disco rígido. Este arquivo serve também como backup do layout.

25 3.14. RAP (Report Application Pascal) O RAP é uma linguagem idêntica ao object pascal (delphi), que fornece acesso total ao relatório, bandas, grupos, componentes, data pipelines (fontes de dados), bem como a criação de novos objetos, variáveis podem ser declaradas e pode ser feito acessos às propriedades públicas de componentes adicionados no relatório. Também é possível programar eventos de componentes tornando o relatório mais flexível. 1) Code Explorer: Contém uma árvore (esquerda) e um listview (direita) que dependendo da visualização mostrará dados de variáveis, módulos ou e- ventos. 2) Code Editor: Local onde é feita a programação do relatório. 3) Caixa de ferramentas: Contém os objetos do relatório (fontes de dados e componentes) que podem ser usados (arrastando) no Code Editor. 4) Caixa de mensagens: Local onde serão apresentadas mensagens de compilação.

26 Code Explorer O Code Explorer contém 2 painéis: Esquerda (árvore): usado para navegar pelo seu relatório, dependendo da visualização será mostrado os componentes do relatório, as variáveis e constantes criadas. Direita (lista): contém os itens da seleção realizada na árvore. Tipos de visualização: 1) Variáveis: Mostrará todos os campos agregados adicionados no relatório, separados pela banda adicionada. Neste momento é possível alterar o evento de cálculo do mesmo. 2) Eventos: Mostrará todos os componentes existentes no relatório na forma de árvore, ao clicar em um componente específico serão exibidos todos os eventos existentes, os quais podem ser programados. 3) Módulos: Nesta visualização é possível ver todos os eventos criados no relatório, bem como criar variáveis e constantes globais que podem ser utilizados em eventos.

27 Code Editor É o local onde você escreve e modifica o código RAP. A sintaxe utilizada é similar ao object pascal (Delphi). Neste editor será mostrado somente um método por vez. Você poderá criar variáveis internas para utilização no procedimento e também utilizar variáveis, constantes, funções e procedimentos criados no módulo global. Também é possível utilizar procedimentos e funções pré-definidas, acesso a propriedades públicas dos componentes do relatório (que estarão disponíveis na caixa de ferramentas), é possível também a criação de novos objetos. Você poderá compilar o código escrito no método clicando com o botão direito do mouse sobre o code editor, no menu popup que aparecerá clique em Compilar. Se algum erro de sintaxe for encontrado, ele será exibido na caixa de mensagens Caixa de ferramentas É um repositório de código, nele é possível encontrar todos os objetos existentes no relatório (fontes de dados e componentes) e suas propriedades públicas. Também é possível encontrar todos os elementos pré-definidos da linguagem RAP.

28 Para utilizar o elemento selecionado no Code editor, basta arrastá-lo na barra de ferramentas. A caixa de ferramentas é composta por 3 páginas: 1) Dados: Contém todas as fontes de dados e campos disponíveis para o relatório a- tual. 2) Objetos: Contém todos os objetos adicionados no relatório e suas propriedades públicas. 3) Linguagem: Contém todos os elementos pré-definidos da linguagem RAP. 4. Criando documentos Para a criação de documentos, o Gerenciador de relatórios disponibiliza uma ferramenta chamada Editor GVDASA. Observe abaixo, uma ilustração da ferramenta:

29 Este editor é muito semelhante a qualquer editor de texto existente no mercado, porém, ele possui integração com a fonte de dados previamente filtrada no assistente de relatório. O acesso a estes dados é feito através de macros que representam os campos das tabelas disponibilizadas pelo relatório. Também é possível programar os documentos utilizando um repositório de funções pré-definidas pelo editor. Para ver a lista de macros e funções disponíveis clique no menu exibir -> macros e funções. Será exibido no canto direito do editor um painel contendo 2 páginas: 1) Macros: Representam todos os campos disponíveis neste relatório para acesso a dados.

30 2) Funções: Representam todas as funções disponíveis para serem utilizadas no relatório. As macros e as funções são separadas por categoria para auxiliar a localização das mesmas. Para adicioná-los no documento basta dar um duplo-clique no item desejado, e o mesmo será inserido no documento no local onde o cursor estiver posicionado. clicando no botão. O painel de macros e funções pode ser habilitado/desabilitado 4.1. Criando agrupamento de dados É possível fazer agrupamento de dados em um documento, para que o mesmo não seja gerado em duplicidade. Para isso clique na opção de menu Editar -> Agrupamento.

31 É possível abrir a tela de agrupamento clicando em Importando e exportando um documento Todos os documentos criados podem ser exportados, a extensão padrão utilizada é.rtf, mas é possível exportar para.htm e.txt. Também é possível importar um documento existente. Exportar: Menu Arquivo -> Exportar Importar: Menu Arquivo -> Importar É possível importar/exportar documentos clicando em. 5. Criando etiquetas Para a criação de etiquetas, o Gerenciador de relatórios disponibiliza uma ferramenta chamada Gerenciador de etiquetas. Esta ferramenta auxilia a criação e configuração das etiquetas. Abaixo é possível visualizar uma ilustração da ferramenta:

32 As etiquetas são dividas em 2 tipos: 1) Caracter: Utilizadas para as impressoras matriciais. 2) Gráfica: Demais impressoras Modelos de etiquetas Criando um modelo de etiqueta Clique no botão Criar uma nova etiqueta. A tela do Assistente de criação de etiquetas será aberta. Defina o nome do modelo da etiqueta e selecione o tipo de impressão desejado.

33 Para tipo de impressão gráfica: Defina o número de colunas de etiquetas que o papel possui. Defina a altura, a largura e o espaçamento entre linhas das etiquetas (medidas em milímetros). Defina a altura, a largura e as margens da página do seu papel de etiquetas. Defina a orientação da página na sua impressora. Para tipo de impressão caracter: Defina o número de colunas que o papel possui. Defina a altura e a largura das etiquetas (medidas em milímetro). Defina a quantidade de linhas e colunas por polegada que a sua impressora deve fazer para preencher corretamente a etiqueta. Defina se usará compactação automática, definindo o tamanho que será utilizado para compactar quando não houver espaços.

34 Na última página do assistente de criação de etiquetas é exibida uma visualização em miniatura da etiqueta configurada Modificando um modelo de etiqueta Clique no botão Editar uma etiqueta. Siga os passos anteriores para configuração Excluindo um modelo de etiqueta Você só poderá excluir um modelo de etiquetas que não estiver sendo utilizado. Clique no botão Excluir uma etiqueta Criando uma etiqueta

35 Para criar uma etiqueta é necessário selecionar um modelo já existente e clicar no botão Criar etiqueta. Será aberta a tela de edição de etiquetas conforme o tipo de impressão selecionado, se a etiqueta for do tipo gráfica, será aberto o editor de relatórios; se for caracter, será aberto o editor de documentos. 6. Gerador de Relatórios O Gerador de relatórios é uma ferramenta que possibilita criação de relatórios e documentos customizados. A fonte de dados utilizada para os relatórios também é definida pelo usuário, que monta um comando SQL com auxilio de um assistente. O programa possui uma interface bem parecida com o Gerenciador de relatórios, com apenas algumas mudanças sutis. Os capítulos apresentados anteriormente (Criando relatórios e Criando documentos) podem ser utilizados como referência, pois não existe mudança em relação ao Gerador de Relatórios. Observe abaixo uma ilustração da ferramenta: Existem pequenas diferenças em relação ao gerenciador de relatórios: Não existem as abas de tipo de relatório, nem a lixeira.

36 Existe o menu Configuração que serve para informar dados padrões de cabeçalho da empresa. Os o editor de relatório possui internamente a diferenciação de documento e relatório. Os botões imprimir e visualizar permitem selecionar o tipo de arquivo (documento ou relatório) Criando, editando e excluindo um relatório 1) Criando um relatório: Clique com o botão direito do mouse na pasta onde será salvo o relatório. No menu popup que aparecerá, clique em Novo. O editor será aberto para que o usuário possa iniciar a construção do seu relatório ou documento. 2) Editando um relatório: Clique com o botão direito do mouse no relatório desejado. No menu popup que aparecerá, clique em Editar. O editor será aberto para que o usuário possa fazer suas alterações. 3) Excluindo um relatório: Clique com o botão direito do mouse no relatório que dever ser excluído. No menu popup que aparecerá, clique em Excluir.

37 6.2. Editor de relatórios O editor que será utilizado para a criação dos documentos e relatórios também é bem semelhante ao do gerenciador de relatórios, porém este é dividido em 3 páginas: 1) Dados: Local onde serão definidas as fontes de dados a serem utilizadas. 2) Relatório: Local onde será criado o relatório. 3) Editor de texto: Local onde será criado o documento texto Página de dados Nesta página serão criadas todas as fontes de dados que serão utilizadas no relatório em questão. A criação destas fontes de dados é feita através de comandos SQL que podem ser construídos com auxílio de um assistente ou simplesmente escrevendo o código. Quando a fonte de dados for criada através do assistente é possível fazer um relacionamento (ligação mestre-detalhe) com outras fontes anteriormente criadas. Esta e outras funcionalidades não serão possíveis quando o comando SQL for escrito. Abaixo temos uma ilustração da página de dados.

38 Criando uma fonte de dados Para criar uma nova fonte de dados existem duas formas, a primeira por intermédio de um assistente, e a segunda, através de uma tela chamada Consultor de consultas, a mesma utilizada quando for necessário fazer alguma modificação em uma fonte já existente. Clique no menu Arquivo -> Novo. Aparecerá uma tela de seleção, escolha assistente de consulta. Será exibido o assistente para criação de sua fonte de dados. Esta ferramenta é bem fácil de ser utilizada, basta seguir os passos apresentados e no final do assistente, definir um nome para a fonte de dados. Ao término da construção da fonte de dados será exibido na página, a fonte de dados com os seus campos adicionados Editando uma fonte de dados Você pode editar qualquer parte desejada da fonte de dados, adicionar/excluir tabelas, campos, agrupamentos, ordenação, campos calculados, campos de pesquisa e até mesmo o comando SQL gerado.

39 Você pode editar o comando SQL gerado pelo assistente, mas fazendo esta escolha você perderá muitas funcionalidades Exportar e importar um conjunto de fontes de dados Um conjunto de fontes de dados pode ser exportado/importado tanto para arquivo como salvo em uma pasta do assistente de relatórios. Quando for salvo no assistente de relatórios, ele ficará no banco de dados e poderá ser importado por outra pessoa que esteja utilizando outra máquina sem a necessidade de enviar por ou compartilhar um diretório.

40 É possível mesclar um conjunto de fontes de dados exportada, com as que foram criadas no relatório atual Selecionando a fonte dados Logo após a criação das fontes de dados na página de dados elas já estarão disponíveis para o relatório e documento. 1) No relatório: Clique em Relatório -> Dados. Na tela de seleção de fontes de dados selecione a fonte condutora de dados que será utilizada no relatório. 2) No editor de texto: Clique em Formatar -> Fontes de dados. Na tela de seleção de fontes de dados selecione a fonte condutora de dados que será utilizada no documento.

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Manual do Sistema de Notificação 1

Manual do Sistema de Notificação 1 Manual do Sistema de Notificação 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Ficha Complementar

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Ficha Complementar AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1

Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1 Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 CAPÍTULO 01 PREPARAÇÃO DO AMBIENTE... 2 1.1 IMPORTAÇÃO DO DICIONÁRIO DE DADOS... 2 CAPÍTULO 02 CADASTRO E CONFIGURAÇÃO DE RELATÓRIOS... 4 2.1 CADASTRO DE RELATÓRIOS... 4 2.2 SELEÇÃO

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO ÍNDICE Relatórios Dinâmicos... 3 Requisitos de Sistema... 4 Estrutura de Dados... 5 Operadores... 6 Tabelas... 7 Tabelas x Campos... 9 Temas... 13 Hierarquia Relacionamento...

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Cheques 1

2013 GVDASA Sistemas Cheques 1 2013 GVDASA Sistemas Cheques 1 2013 GVDASA Sistemas Cheques 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

GERADOR DE RELATÓRIOS WINREPORT VERSÃO 2.0. Conteúdo

GERADOR DE RELATÓRIOS WINREPORT VERSÃO 2.0. Conteúdo GERADOR DE RELATÓRIOS WINREPORT VERSÃO 2.0 Este manual foi desenvolvido com o objetivo de documentar as principais funcionalidades do Gerador de Relatórios WinReport versão 2.0. Conteúdo 1. Tela Principal...

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico 2015 GVDASA Sistemas Pedagógico 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU $,'(GR5HSRUW0DQDJHU Neste capítulo vamos abordar o ambiente de desenvolvimento do Report Manager e como usar os seus recursos. $FHVVDQGRRSURJUDPD Depois de instalado o Report Manager estará no Grupo de

Leia mais

Auto Treinamento. Versão 10.05.13

Auto Treinamento. Versão 10.05.13 Auto Treinamento Versão 10.05.13 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. CONCEITO DE BUSINESS INTELLIGENCE... 3 3. REALIZANDO CONSULTAS NO BI-PUBLIC... 4 3.2. Abrindo uma aplicação... 4 3.3. Seleções... 6 3.4. Combinando

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 1 9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 9.1 Cópia de Segurança (Backup)...2 9.1.a Adicionar ou Remover Empresas da Lista... 2 9.1.b Empresas Cadastradas no Sistema... 2 9.1.c Inserir uma Empresa...

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Banco de Dados BrOffice Base

Banco de Dados BrOffice Base Banco de Dados BrOffice Base Autor: Alessandro da Silva Almeida Disponível em: www.apostilando.com 27/02/2011 CURSO TÉCNICO EM SERVIÇO PÚBLICO Apostila de Informática Aplicada - Unidade VI Índice Apresentação...

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Mic crosoft Excel 201 0 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Interface... 4 Guias de Planilha... 5 Movimentação na planilha... 6 Entrada de textos e números... 7 Congelando painéis... 8 Comentários nas Células...

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

Microsoft Word INTRODUÇÃO

Microsoft Word INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O Word é uma ferramenta utilizada para o processamento e editoração eletrônica de textos. O processamento de textos consiste na possibilidade de executar e criar efeitos sobre um texto qualquer,

Leia mais

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD EMENTA

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA Autores Karina de Oliveira Wellington da Silva Rehder Consultores em Informática Editora Viena Rua Regente Feijó, 621 - Centro - Santa Cruz do Rio Pardo - SP CEP 18.900-000 Central de Atendimento (0XX14)

Leia mais

Manual do Sistema de Notificação 1

Manual do Sistema de Notificação 1 Manual do Sistema de Notificação 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Power Point ÍNDICE ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4 Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Guia Design... 14 Cores... 15 Fonte... 16 Efeitos... 17 Estilos de Planos

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

Superprovas Versão 9

Superprovas Versão 9 Superprovas Versão 9 1. Introdução...2 2. Novos Recursos Adicionados...4 3. Janela Principal...7 4. Janela de Questões...11 5. Janela de Desempenho...12 6. Barras de Ferramentas...13 7. Teclas de Atalho...14

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Análise de Dados do Financeiro

Análise de Dados do Financeiro Análise de Dados do Financeiro Introdução Para reunir em um só local as informações de contas a pagar e receber cadastradas e/ou geradas no sistema TTransp existe a interface de análise de dados do financeiro.

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14 Guia do Usuário idocsscan v.2.1.14 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 5 Instalação... 7 Inicializando a aplicação... 12 Barras de acesso e informações... 13 Teclas de atalho... 14 Barra de Ferramentas...

Leia mais

EXCEL: VISÃO GERAL 4

EXCEL: VISÃO GERAL 4 EXCEL: VISÃO GERAL 4 Conhecendo o Excel 4 Conhecendo a área de trabalho 5 Entrada na barra de Fórmulas 6 Iniciando o programa 6 Abrindo uma pasta de planilhas 6 Inserindo dados 6 Apagando o conteúdo de

Leia mais

MS-Excel 2010 Essencial (I)

MS-Excel 2010 Essencial (I) MS-Excel 2010 Essencial (I) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que necessitem agilizar os seus cálculos,

Leia mais

Aspectos Avançados. Conteúdo

Aspectos Avançados. Conteúdo Aspectos Avançados Conteúdo Vendo o que existe em seu computador Ambiente de Rede Lixeira Organizando arquivos e pastas Usando o Windows de maneira eficaz Trabalhando com documentos 34 Vendo o que existe

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Diferenças da versão 6.3 para a 6.4

Diferenças da versão 6.3 para a 6.4 Release Notes Diferenças da versão 6.3 para a 6.4 Melhorias Comuns ao Sistema Help O Help Online foi remodelado e agora é possível acessar os manuais de cada módulo diretamente do sistema. Mapeamento de

Leia mais

BrOffice.org - Impress

BrOffice.org - Impress BrOffice.org Impress 1 BrOffice.org - Impress Programa de apresentação, utilizado para criação e manipulação de slides. Os slides criados para uma eletrônica podem conter texto, gráficos, objetos, formas,

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

1. Introdução... 2. 2. Instalação máquinas cliente... 2. 3. Configurações gerais... 3. 4. Cadastro de pessoas... 4

1. Introdução... 2. 2. Instalação máquinas cliente... 2. 3. Configurações gerais... 3. 4. Cadastro de pessoas... 4 MANUAL DE UTILIZAÇÃO Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Instalação máquinas cliente... 2 3. Configurações gerais... 3 4. Cadastro de pessoas... 4 5. Cadastro de usuários para o sistema... 6 6. Cadastro de

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10 Sumário 1. Instalação GVcollege... 4 1.1. GVsetup... 4 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6 1.2. Configurações... 10 1.2.1. APS Licence Service... 11 1.2.2. APS Licence File... 11 1.2.3. DBXconfig...

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME Apresentação Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE POWER POINT 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha.

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Portaria

Treinamento GVcollege Módulo Portaria Treinamento GVcollege Módulo Portaria Sumário 1. Acesso portaria... 4 2. Manutenção de acessos... 4 3. Inclusão de acesso por turma... 6 4. Apuração de frequência... 6 5. Relatório de apurações... 7 6.

Leia mais

Objetivo do Sistema. Configuração Mínima (recomendada) Disposição do Manual

Objetivo do Sistema. Configuração Mínima (recomendada) Disposição do Manual Índice Objetivo do Sistema Configuração Mínima (recomendada) Disposição do Manual Módulo Básico Instalando o Mala Direta Abertura e tela de Senha Configuração de aparência Mudando o fundo da área de trabalho

Leia mais

Microsoft Office Excel 2007

Microsoft Office Excel 2007 1 Microsoft Office Excel 2007 O Excel é um programa dedicado a criação de planilhas de cálculos, além de fornecer gráficos, função de banco de dados e outros. 1. Layout do Excel 2007 O Microsoft Excel

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Objetivo do Sistema Organizar e aprimorar o atendimento à seus clientes. Configuração Mínima (recomendada) Disposição do Manual

Objetivo do Sistema Organizar e aprimorar o atendimento à seus clientes. Configuração Mínima (recomendada) Disposição do Manual Índice Objetivo do Sistema Configuração Mínima (recomendada) Disposição do Manual Módulo Básico Instalando o Gestão Abertura e tela de Senha Configuração de aparência Mudando o fundo da área de trabalho

Leia mais

BASE 2.0. Conhecendo BrOffice.org Base 2.0 Básico

BASE 2.0. Conhecendo BrOffice.org Base 2.0 Básico BASE 2.0 1 Autor: Alessandro da Silva Almeida alessandroalmeida.teledata@ancine.gov.br Elaborado em : Final Janeiro de 2006. Licença: O manual segue os termos e condições da Licença Creative Attribution-NonCommercial-ShareAlike

Leia mais

2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Aviso. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Aviso. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Guia de Utilização 2015 Aviso O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1 INFOGAB 3.0 Sistema de Automação de Gabinetes Manual do Usuário V 2.1 1. Descrição do Sistema O Sistema de Automação de Gabinetes da Câmara dos Deputados (Infogab) tem por finalidade apoiar as atividades

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática 2º Caderno Conteúdo Microsoft Excel 2010 - estrutura básica das planilhas; manipulação de células, linhas e colunas; elaboração de tabelas e gráficos; inserção de objetos; campos

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - TDE Apostila do BrOffice.org

Leia mais

Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel

Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel O Excel é um software de planilha eletrônica que integra o pacote dos produtos Microsoft Office, que pode ser utilizado para

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

Aula 04 Word. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 04 Word. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 04 Word Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Editor de Texto - Word Microsoft Office Conjunto de aplicativos para escritório que contém programas

Leia mais

Conhecimento de Transporte

Conhecimento de Transporte Página1 Conhecimento de Transporte No menu de navegação, este item é a opção para emissão e administração dos Conhecimentos de Transporte do sistema. Para acessar, posicione o mouse no local correspondente

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 COMO COMEÇAR... 3 5 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 4 6 CADASTRO DE VEÍCULO... 6 7 ALINHAMENTO...

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Arquivos e Pastas. Instrutor Antonio F. de Oliveira. Núcleo de Computação Eletrônica Universidade Federal do Rio de Janeiro

Arquivos e Pastas. Instrutor Antonio F. de Oliveira. Núcleo de Computação Eletrônica Universidade Federal do Rio de Janeiro Arquivos e Pastas Duas visões do Windows Explorer A Hierarquia do Explorer Aparência das pastas Personalizando o Explorer Manipulação de Arquivos e pastas Uso de atalhos Visões do Windows Explorer Para

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Manual do Usuário. Minha Biblioteca

Manual do Usuário. Minha Biblioteca Manual do Usuário Minha Biblioteca Sumário Acesso a Minha Biblioteca... 3 Tela Principal... 3 Para que serve o ícone Minha Biblioteca?... 3 O que você encontra no campo Pesquisar?... 4 Quando utilizar

Leia mais