8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR &ULDQGRXPUHODWyULRVLPSOHV

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR &ULDQGRXPUHODWyULRVLPSOHV"

Transcrição

1 &ULDQGRXPUHODWyULRVLPSOHV Vamos criar o nosso primeiro relatório usando o PostgreSQL e o Report Manager. Estando com o Report Manager aberto, a partir do menu $UTXLYR, escolha a opção 1RYR. Será aberta uma estrutura de relatório vazia, semelhante à figura acima. No canto superior esquerdo, logo abaixo da Barra de Formatação e Edição, temos um controle com duas abas, 6WUXFWXUH e 'DWD. A primeira conterá as bandas do relatório, enquanto a segunda conterá os campos e as variáveis que alimentarão o nosso relatório. Automaticamente uma estrutura Sub-relatório é criada, e na sua abertura, uma informação entre parêntesis, informa 1R 'DWDVHW, dizendo-nos que nenhum conjunto de dados ou Query está associado ao relatório. Clicando na aba 'DWD e expandindo o controle ao clicar na divisão da janela quando o cursor muda para R, verificamos que o Report Manager carrega automaticamente diversas variáveis que poderão ser utilizadas na estrutura do relatório. Na realidade são constantes que nos permitem inserir funções do tipo QRZ (agora), WLPH (hora) WRGD\ (data de hoje), WUXH (verdadeiro) PSDJHQXP (número de páginas e várias outras constantes. Nesta área, também serão exibidos os parâmetros definidos pelo usuário durante a criação do relatório. $GLFLRQDQGRXPFDEHoDOKR Agora, vamos adicionar uma banda (seção no nosso relatório). Vamos incluir um cabeçalho para a nossa página. Como este é um relatório muito simples, vamos fazer uma simples listagem de clientes, com &ygljr, 1RPH e 7HOHIRQH. A partir do menu 5HODWyULR, escolha a opção $GLFLRQD e, no menu que se abre à direita, escolha a opção &DEHoDOKRGH 3iJLQD. 7

2 Será criada uma nova seção na área de desenho do Report Manager, identificada como &DEHoDOKRGH3iJLQD. Ao mesmo tempo uma nova estrutura será adicionada no controle da aba 6WUXFWXUH. As setas amarelas indicam onde as coisas aconteceram no relatório. Você pode redimensionar o tamanho da área posicionado o mouse sobre a divisão entre o detalhe e o cabeçalho, e quando o cursor mudar para uma seta dupla, arrastar para cima, para diminuir ou para baixo para aumentar. R Observe que na parte superior da área de desenho temos uma regra que abrange todo o espaço reservado para definição do relatório. Já do lado esquerdo, temos uma regra para cada uma das bandas populadas no relatório. $GLFLRQDQGRXPWtWXORDRFDEHoDOKR A partir da Barra de Ferramentas, clique no ícone para adicionar um texto fixo (estático). Em seguida, clique na banda cabeçalho, na posição onde deseja inserir o texto. Aparecerá algo semelhante a um quadradinho preto, Redimensione de maneira que fique parecido com o exibido na figura ao lado. Você pode observar que o controle possui nas suas extremidades pontos para redimensionamento das suas medidas. Observe que ando o controle está selecionado, a sua &DL[DGH,QVSHomR, na área que fica a esquerda do relatório, logo abaixo da estrutura, apresenta todas as propriedades do controle que poderão ser configuradas. Vamos 8

3 primeiramente definir que o texto entrado por nós no controle deverá ser apresentado em estilo centralizado. Então, na guia $OO localize a propriedade $OLQKDPHQWR+ No controle drop list, escolha a opção &HQWUR. Note que a palavra 7H[WR que aparece como padrão no controle, no momento de sua criação, agora está centralizada. Se você redimensionar o controle, vai perceber que o texto sempre se manterá no centro do mesmo. Na mesma aba $OO, você pode definir outras propriedades do controle, tais como fonte, rotação, etc... A seguir, vamos definir o texto que aparecerá no cabeçalho do nosso relatório. Selecione a aba /DEHO. Observe que nesta aba, temos um campo onde aparece a palavra texto. Entre neste campo e mude para 5HODWyULR*HUDO GH &OLHQWHV. Agora, mude para a aba 7H[W e no campo Tamanho F. mude o tamanho da fonte para 36. Redimensione e reposicione o controle de texto na banda Cabeçalho. É hora de salvar o nosso trabalho. Clique na barra de ferramentas sobre o ícone representado por um disquete. Escolha a pasta onde deseja salvar o seu relatório (normalmente uma pasta chamada relatórios), abaixo da aplicação principal, ou na pasta relatórios do Servidor, e informe no campo apropriado o nome do relatório. Vamos chamar o nosso relatório de ReCli. Automaticamente este arquivo recebe a extensão.rep, o que determina 5H&OLUHS como nome do nosso arquivo de relatório. Note que agora, a Barra de Títulos conterá o caminho complete do arquivo de relatório. Se você clicar em 9LVXDOL]DU, no menu arquivo, ou no ícone correspondente da Barra de Ferramentas, já poderá ter uma prévia do seu relatório. $GLFLRQDQGRRQ~PHURGDSiJLQDDRFDEHoDOKRGR5HODWyULR Na área de estruturas do relatório, clique na aba 'DWD. Aparecerá um grupo com o texto 9DULDEOHV. Clique no sinal de + para expandir este grupo. Agora, entre as variáveis mostradas, localize a variável 03$*( e arraste-a para a área do cabeçalho, logo depois do título que identifica o relatório. 9

4 Posicione o controle, e defina a fonte que deseja usar. No meu exemplo, optei pela fonte com tamanho 12. A seguir, vamos colocar um controle, que nos vai retornar o número total de páginas, ou seja, se o nosso relatório tiver 10 páginas, aqui será mostrado, página 1 de 10. Primeiramente vamos colocar um texto fixo com a expressão GH. Agora, a partir da estrutura de variáveis, escolha 03$*(180 e arraste para o cabeçaho, posicionando ao lado do texto GH e definindo o tamanho da fonte como 12. Veja o resultado, na Pré visualização abaixo. No caso do nosso exemplo, como só temos ainda a página principal, aparece 1 de 1, mas após definidas todas as bandas do relatório e as suas conexões com bancos de dados, aqui aparecerá o total das páginas do relatório. Sem templates, sem códigos em embeds. Simplesmente utilizando uma constante pré definida do próprio Report Manager. /LJDQGRRUHODWyULRDXPD)RQWHGH'DGRV O Report Manager trabalha com SQL. Infelizmente, ou felizmente, não sei, não trabalha com TPS, embora me digam que se usar o ODBC para TPS funcione. Mas a minha necessidade quando optei pelo Report Manager são sentenças SQL. Para TPS nós temos o Gerador de Relatórios do Clarion e o Dot Matrix, entre outros. Vamos agora ligar o nosso relatório com uma fonte de dados. Para os fins deste exemplo simples, vamos utilizar uma conexão ODBC, definida na máquina, mas poderíamos perfeitamente utilizar uma string de conexão, ou até mesmo, passar a string de conexão como um parâmetro para o relatório, com a possibilidade de mudar a conexão em tempo de execução. Mas, isto é assunto para o futuro. Clique no menu 5HODWyULR e selecione a opção &RQILJXUDomR GH $FHVVRD'DGRV. Será aberta uma janela, contendo duas abas: &RQH[}HV GH EDQFRGH GDGRV e 7DEHODV GR UHODWyULR. É aqui que vamos definir como o relatório vai se comunicar com o nosso banco de dados. Há um drop list com diversos drivers de conexão a Banco de Dados. Para o PostgreSQL muitos utilizam o =RHV 'DWDEDVH 2EMHFWV. 10

5 Entretanto, para este exemplo, vou utilizar o DAO (ADO) da Microsoft, por ser um padrão que não apresenta grandes dificuldades de configuração, e requer somente o MDAC, que é automaticamente instalado na máquina junto com alguns aplicativos Microsoft. Ou seja, existe uma possibilidade muito grande de ele já estar instalado na sua máquina e na máquina do seu cliente. Desta forma, no list box selecione a opção 0LFURVRIW '$2, posicionando o cursor sobre ela. Agora, clique sobre o ícone com um sinal demais, e escolha 1RYR para criar uma nova conexão de Banco de Dados. Informe um nome para a conexão. Para o nosso exemplo escolhemos 5H&OLHQWHV. Seremos remetidos de volta à tela de conexões já com a conexão criada. Agora será necessário fazer as devidas configurações desta conexão. Em função da nossa escolha na tela anterior o driver de banco de dados HP 'DWDEDVHGULYHU veio definido como Microsoft DAO, mas se quiser você pode alterar aqui. Marque o check box $XWHQWLFDomR para forçar a autenticação no Banco de Dados. Para este exemplo vou deixar desmarcado. Marque o check box /HUSDUkPHWURV para que a conexão leia os parâmetros e também marque /HU SDUkPHWURV GR GULYHU para que sejam lidos os 11

6 parâmetros específicos do driver ADO, neste caso. Em seguida você pode digitar a string de conexão para o seu banco de dados. Vamos, entretanto, deixar que o Gerador de Conexões, faça o trabalho duro. Clique no botão 3URFXUDU. Será aberta a janela agora na aba &RQH[mR. Você pode tanto conectar-se a uma fonte de dados de máquinas, ou usar uma seqüência de conexão. Uma fonte de dados de máquina é aquela que você definiu no Gerenciador de Conexões do seu Windows, pelo painel de Controle. Marque o botão de rádio 8VDURQRPHGDIRQWHGHGDGRV e pelo drop list, selecione uma das fontes de dados registradas no seu sistema. Para o nosso exemplo, escolhemos uma 3URSULHGDGHV GH YLQFXODomR GH GDGRV, com as abas 3URYHGRU, &RQH[mR, $YDQoDGDV e 7RGDV. Na aba 3URYHGRU, temos um list box contendo todos os SURYLGHUV de objetos de bancos de dados. Escolha a opção 0LFURVRIW 2/( '% 3URYLGHUV IRU 2'%& 'ULYHUV, pois estamos acessando o banco de dados via ODBC. Existem providers para outras formas de conexão, conforme mostra a figura ao lado. Escolhido o Provedor, clique no botão $YDQoDU. Você será posicionado fonte de dados chamada /RMD. Se marcar usar a seqüência de conexão, poderá utilizar o botão FULDU para auxiliá-lo nesse trabalho. Este exemplo usa uma fonte de dados já existente. Aqui, pode ser que você tenha que redefinir algumas regras do seu firewall. Mas se tudo estiver OK, clique no botão 7HVWDU FRQH[mR. Uma mensagem informará se o acesso ao banco foi bem sucedido. 12

7 Para os efeitos do nosso exemplo, é tudo o que precisamos. Veja que não definimos nem usuário e nem senha para o banco, mas poderíamos perfeitamente fazê-lo. Nossa conexão ADO, está acessando agora um banco de dados via ODBC em um servidor PostgreSQL. Pressione o botão 2. para confirmar e no retorno à janela de conexão, pressione OK novamente para gravar os dados da conexão. /LJDQGRRUHODWyULRDXPD4XHU\64/±'DWD6HW Vamos agora, criar o conjunto de dados que retornará as colunas do banco de dados para o nosso relatório. Podemos dizer que o Dataset é um banco de dados virtual, onde a estrutura é alocada em memória, o que permite uma melhor dinâmica no gerenciamento e controle de grande quantidade de dados. Um único Dataset permite adicionar várias Tabelas. Estas tabelas podem vir de uma fonte de dados existente, como por exemplo, a tabela Clientes do banco de dados,como no nosso caso ou, ser criada através do próprio código. Clique na guia 7DEHODV GR UHODWyULR. Na realidade essa aba deveria chamar-se &RQVXOWDVGR5HODWyULR. Se quiser você pode alterar isto, usando uma ferramenta de tradução que é disponibilizada junto com o Report Manager. Clique sobre o ícone com um sinal de mais, para adicionar uma nova consulta. Será aberta a caixa de diálogo 1RYD 7DEHOD, onde iremos definir no campo 1RPH GH 5yWXOR, o nome da consulta que servirá de base para o nosso relatório. No caso do nosso exemplo, escolhemos como nome 4&OLHQWHV. Definindo o nome da consulta, clique no botão 2. Agora o sistema retornará a janela já com o DataSet criado. Como foi dito anteriormente, um DataSet poderá conter varias tabelas. Observe que a janela apresenta na parte de cima, o nosso DataSet4&OLHQWHV, e na parte de baixo, a nossa conexão com o banco de dados, à qual foi dado o nome de 5(&/,(17(6. Tenha cuidado para não confundir as conexões com os DataSets., no caso 5(&/,(17(6 é a nossa conexão, enquanto que QClientes é um dos nossos DataSets que utiliza a conexão 5(&/,(17(6. Observe que o check box 2SHQ RQ VWDUW, está marcado para que a consulta SQL seja realizada na abertura do nosso relatório. Existem casos, em 13

8 que este check box deverá vir desmarcado, para que a consulta SQL só seja realizada quando necessário, como veremos mais adiante. Na aba 64/, abaixo de 'DWDEDVH %URZVHU, estão todas as tabelas existentes na nossa conexão de banco de dados. Vamos agora configurar a sentença SQL que alimentará o nosso relatório. Note que os ícones + e permitem expandir as tabelas do banco de dados para que possamos visualizar as colunas de cada tabela. Agora, no lado direito, há uma área para que entremos a nossa conexão SQL. Vamos escrever então SELECT codcli, nome, telefone FROM cliente ORDER BY nome Estamos retornando para a nossa pesquisa, com esta sentença, todos os nomes do nosso cadastro de clientes, ordenados pelo campo nome. Se a quantidade de dados a ser retornada for pequena, você pode testar se a query está funcionando clicando em ([LELUGDGRV. Entretanto se o volume de dados for muito grande, não é aconselhável usar esta opção, pelo alto consumo de memória. É mais fácil visualiza o relatório. Agora que já temos o nosso DataSet devidamente formatado, já podemos montar o nosso relatório com base nos dados retornados por ele. Lembre-se que fizemos uma consulta somente com o código, nome e telefone do cliente, mas poderíamos retornar todas as colunas do Banco de Dados. 14

9 Pressione OK para encerrar a definição do DataSet. De volta ao Gerador de Relatórios, na área de estruturas do relatório, clique na aba 'DWD. Note que agora, juntamente com as variáveis do relatório, temos o nosso DataSet, onde somente aparecem as colunas que incluímos na nossa Query. Observe que, à direita da coluna da Query, está listado o tipo do campo e o seu tamanho. Isso ocorre porque a opção 'DWD 7\SH LQIRUPDWLRQ, está ativa no menu 3UHIHUrQFLDV. Se a opção for desativada, somente o nome da coluna será listado. Daqui para frente, colocar os controles no relatório é muito fácil. Clique sobre a coluna código e arraste para o detalhe. Em seguida arraste nome, posicionando em baixo do código. Finalmente arraste telefone, para baixo do código, como mostra a figura. Agora clique no botão para Visualizar o Relatório. Será mostrado o registro em formato de formulário, bastante útil para quando queremos criar coisas como duplicatas, cheques, pedidos, notas fiscais, e assemelhados, onde cada página representa um registro do banco de dados. Mas espere! 15

10 Mesmo havendo botões de navegação, a visualização não avança quando clicamos neles. Isto ocorre por que precisamos dizer ao Gerador de Relatórios que ele deve usar uma tabela. Para isto, clique na banda 6XE5HODWyULR, na área de estruturas, e preencha o drop list 7DEHOD 3ULQFLSDO, com o nome da Query a ser usada pelo relatório. Agora sim, os vários registros da tabela são apresentados, paginados e de acordo com o tamanho do formulário. Se quisermos que somente um registro seja apresentado por página, basta configurar o tamanho das bandas. Veja um resultado disto na figura abaixo. Você pode navegar pelas páginas do relatório utilizando os botões apropriados da Barra de Ferramentas do Preview. 5HODWyULRFROXQDGR Vamos modificar o relatório criado com a query acima em um relatório coluna, simplesmente mudando a disposição das colunas na banda detalhe e redimensionando a altura da mesma. A figura acima mostra uma visão aproximada do layout do nosso novo relatório. 16

11 Agora clique no botão 9LVXDOL]DUUHODWyULR para ter uma visão de como será a sua impressão. Como foi dito anteriormente, este é um relatório muito simples, apenas para dar uma idéia inicial dos recursos do Report Manager. $GLFLRQDQGRDOJXPD³SHUIXPDULD Vamos agora dar uma mehorada no nosso relatório, adicionando títulos para os cabeçalhos das colunas. Para isto, basta adicionar os títulos como Texto Fixo, na banda Cabeçalho. Muito parecido com o que fazemos no Gerador de Relatórios do Clarion. Adicionamos ainda uma linha dupla abaixo dos cabeçalhos das colunas, usando um objeto de desenho simples. Naturalmente que para isso tivemos que redimensionar a banda Cabeçalho e alinhar os cabeçalhos das colunas com os campos usando os componentes da Barra de Formatação e Edição. Vamos ainda adicionar uma imagem fixa à banda Cabeçalho, como se fosse um logo tipo. Neste exemplo vamos usar uma imagem.jpg fixa (o RM aceita bitmap e jpg), mas poderíamos usar uma imagem carregada 17

12 dinamicamente, como fazemos nos relatórios escritos em Clarion. A grande vantagem do Report Manager, é que eu posso também colocar uma imagem como fundo do relatório, como por exemplo, uma marca d água. Diminua o tamanho da fonte do título do relatório para 24 e reposicione-o na banda para alocar espaço para o controle de imagem que iremos colocar. Agora clique sobre o controle imagem na barra de ferramentas e clique com o cursor na banda Cabeçalho no local onde deseja posicionar a imagem. Na caixa de Propriedades que aparece quando o controle de imagem está selecionado, escolha no drop list 6KDUHG,PDJH a opção )L[HG,PDJHP, indicando que não iremos utilizar uma imagem dinâmica, ou uma 9DULDEOHLPDJHcomo identifica a opção Na seqüência, na mesma aba $OO, vamos escolher uma imagem no disco rígido. Clique sobre o campo imagem (com fundo amarelo). Será aberta uma janela do Windows Explorer para escolha de uma imagem em formato.jpg ou.bmp, Clique sobre o arquivo desejado e em seguida sobre o botão $EULU, ou simplesmente efetue um duplo clique de mouse sobre o nome do arquivo. O próximo passo é definir como a imagem será exibida na banda que escolhemos para apresentá-la. Selecione a guia 3RVLWLRQe informe a posição da imagem entre as disponíveis: Nada, Fundo/Direita, Fundo, Left/Right,Top/Botton e All Client. No nosso caso, escolhemos a opção Nada, pois apenas queremos exibir a imagem ao lado do título do relatório. Prosseguindo vamos definir a forma de apresentação do controle de imagem através da opção (VWLOR GH 7UDoR, na aba,pdjhp. Escolhemos a opção (VWLFDU. Isto fará com que a imagem seja dimensionada de acordo com o tamanho do controle de tela, não importando o seu tamanho original. Existem outras opções no controle drop list de Controle de Traço que você poderá testar, de acordo com as necessidades do seu relatório. 18

13 Vejamos então uma prévia do nosso relatório. Já adicionamos textos, objetos de desenho simples, um controle de imagem e agora, vamos adicionar um rodapé ao nosso relatório. A partir do menu 5HODWyULR, escolha $GLFLRQDU, e em seguida 5RGDSp GH3iJLQD. Será adicionada uma nova banda ao relatório denominada 5RGDSp GH SiJLQD. Nesta área vamos adicionar alguns controles típicos de um rodapé de relatório. Inicialmente vamos adicionar um desenho simples para separar o detalhe do rodapé. Agora, a partir da aba 'DWDarraste para a banda de rodapé da página, um controle chamado 7RGD\ e ao lado dele, um controle 7LPH. 19

14 Finalizamos a definição de um relatório muito simples baseado numa sentença SQL. O próximo passo é integrar esse Relatório à uma aplicação Clarion. Veja o resultado final no modo de visualização do relatório. Como você pode perceber, o Report Manager não fica devendo nada à ferramentas pagas como o Crystal Reports, Fomin Report Builder, Right Reports. Posso dizer que em se tratando de Gerador de Relatórios para SQL, é muito melhor que o Fomin Report Builder, pois aceita filtros, parâmetros, condições e muito mais. Não está atrelado a um Dicionário de Dados, e você pode, se quiser, chamar os relatórios a partir de uma aplicação Clarion só para exibir relatórios, integrá-lo no seu aplicativo em um Browse, que funcionaria como um menu dinâmico, ou simplesmente chamá-lo a partir de um botão, em qualquer procedimento Clarion. É aí que entra a Classe / Template, escrita pelo nosso amigo Johny Stein, e que tivemos a oportunidade de estudar, fazer algumas alterações para nosso uso, de modo a otimizar a integração entre Clarion e Report Manager. 20

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU $,'(GR5HSRUW0DQDJHU Neste capítulo vamos abordar o ambiente de desenvolvimento do Report Manager e como usar os seus recursos. $FHVVDQGRRSURJUDPD Depois de instalado o Report Manager estará no Grupo de

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 CAPÍTULO 01 PREPARAÇÃO DO AMBIENTE... 2 1.1 IMPORTAÇÃO DO DICIONÁRIO DE DADOS... 2 CAPÍTULO 02 CADASTRO E CONFIGURAÇÃO DE RELATÓRIOS... 4 2.1 CADASTRO DE RELATÓRIOS... 4 2.2 SELEÇÃO

Leia mais

Banco de Dados BrOffice Base

Banco de Dados BrOffice Base Banco de Dados BrOffice Base Autor: Alessandro da Silva Almeida Disponível em: www.apostilando.com 27/02/2011 CURSO TÉCNICO EM SERVIÇO PÚBLICO Apostila de Informática Aplicada - Unidade VI Índice Apresentação...

Leia mais

WecDB - 1 - WecDB Consulta Web Facilitada ao Banco de Dados

WecDB - 1 - WecDB Consulta Web Facilitada ao Banco de Dados WecDB - 1 - WecDB Consulta Web Facilitada ao Banco de Dados WecDB (Web Easy Consultation Database) é uma ferramenta para criação e disponibilização de consultas à Bancos de Dados na Internet. É composto

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

CRIANDO TEMPLATES E LEGENDAS

CRIANDO TEMPLATES E LEGENDAS CRIANDO TEMPLATES E LEGENDAS Este tutorial tem como objetivo instruir passo à passo como criar templates de peças, utilizar os novos recursos de cadastro de propriedade de peças e criação de legenda. 1-

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo:

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo: Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo: 1. Habilite a placa de rede (adaptador) caso não esteja

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

Questão - 01. Essência do Excel 2003...

Questão - 01. Essência do Excel 2003... Valdir Questão - 01 Como deve proceder o usuário do Microsoft para que sejam atualizados os cálculos das funções ou fórmulas utilizadas nas planilhas? a) Pressionar a tecla F9 no teclado b) Pressionar

Leia mais

Veja abaixo um exemplo de como os dados são mostrados quando usamos o

Veja abaixo um exemplo de como os dados são mostrados quando usamos o Objeto DataGridView O controle DataGridView é um dos objetos utilizados para exibir dados de tabelas de um banco de dados. Ele está disponível na guia de objetos Data na janela de objetos do vb.net. Será

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

GERENCIADOR DE CONTEÚDO

GERENCIADOR DE CONTEÚDO 1/1313 MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR DE CONTEÚDO CRISTAL 2/13 ÍNDICE 1. OBJETIVO......3 2. OPERAÇÃO DOS MÓDULOS......3 2.1 GERENCIADOR DE CONTEÚDO......3 2.2 ADMINISTRAÇÃO......4 Perfil de Acesso:... 4

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007 WORD 2007 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE TECNOLOGIA Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO ÍNDICE Relatórios Dinâmicos... 3 Requisitos de Sistema... 4 Estrutura de Dados... 5 Operadores... 6 Tabelas... 7 Tabelas x Campos... 9 Temas... 13 Hierarquia Relacionamento...

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT O PowerPoint é uma poderosa ferramenta que faz parte do pacote Office da Microsoft. O principal uso desse programa é a criação de apresentação de slides, para mostrar

Leia mais

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes.

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes. ACESSO REMOTO Através do Acesso Remoto o aluno ou professor poderá utilizar em qualquer computador que tenha acesso a internet todos os programas, recursos de rede e arquivos acadêmicos utilizados nos

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

Manual Simulador de Loja

Manual Simulador de Loja Manual Simulador de Loja Índice Início Menu Loja Modelo Loja Modelo Menu Criar Minha Loja Criar Minha Loja Abrir Projeto Salvo Teste Seu Conhecimento 0 04 05 08 09 8 9 0 Início 5 4 Figura 00. Tela inicial.

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Guia de conexão na rede wireless

Guia de conexão na rede wireless 1 Guia de conexão na rede wireless Este documento tem por objetivo orientar novos usuários, não ambientados aos procedimentos necessários, a realizar uma conexão na rede wireless UFBA. A seguir, será descrito

Leia mais

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1 Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1 Para conectar-se a rede sem fio no Windows 8 e 8.1 siga as orientações abaixo: 1. Habilite a placa de rede (adaptador) caso não esteja ativado.

Leia mais

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2013.

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2013. Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2013. 1º Passo: Para configurar uma nova conta de e-mail clique em Arquivo 2º Passo: Exibirá essa tela a seguir Clique em Informações Selecione

Leia mais

3UHSDUDQGRR64/([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP&ODULRQ

3UHSDUDQGRR64/([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP&ODULRQ 3UHSDUDQGRR64/([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP&ODULRQ &RQILJXUDQGRR0664/6HUYHU([SUHVVSDUDWUDEDOKDUFRP SURJUDPDV&ODULRQHSHUPLWLUDFHVVRDWUDYpVGHFRQH[}HV UHPRWDV Para habilitar as configurações remotas, e também conexões

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Clique no botão novo

Clique no botão novo Tutorial para uso do programa Edilim Criado pela profª Carina Turk de Almeida Correa 1- Abra o programa Edilim. Clique no botão novo, como mostrado abaixo: Clique no botão novo 2- Todos os arquivos a serem

Leia mais

Conexão ODBC do MySQL com Excel 2010

Conexão ODBC do MySQL com Excel 2010 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Curso: Banco de Dados Disciplina: Laboratório de Data Warehouse e Business Intelligence Professor: Fernando Zaidan Unidade 7 BI 2012 Crédito dos Slides: Clever Junior 2 Download

Leia mais

0DQLSXODQGR9tGHRVHP&ODULRQXVDQGRR:LQGRZV 0HGLD3OD\HU

0DQLSXODQGR9tGHRVHP&ODULRQXVDQGRR:LQGRZV 0HGLD3OD\HU 0DQLSXODQGR9tGHRVHP&ODULRQXVDQGRR:LQGRZV 0HGLD3OD\HU Quando o instalador do Windows instala este Sistema Operacional na nossa máquina, ou mesmo quando uma atualização do Windows é realizada, o Windows

Leia mais

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2010.

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2010. Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2010. 1º Passo: Para configurar uma nova conta de e-mail clique em Arquivo. 2 Passo: Selecione Informações. 3 Passo: Selecione Adicionar Conta como

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR 8VDQGRSDUkPHWURV

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR 8VDQGRSDUkPHWURV 8VDQGRSDUkPHWURV O envio de parâmetros para um relatório é uma das funções mais úteis do Report Manager, com eles você pode: Permitir que o usuário final altere palavras ou sentenças de um relatório; Atribuir

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica Conteúdo iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica... 3 1. Feedback do Cliente...3 1.1 Feedback do Cliente no Email da Pesquisa Dinâmica... 3 1.2 Página de

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

5.3.3.5 Lab - Monitorar e Gerenciar os Recursos do Sistema no Windows 7

5.3.3.5 Lab - Monitorar e Gerenciar os Recursos do Sistema no Windows 7 IT Essentials 5.0 5.3.3. - Monitorar e Gerenciar os Recursos do Sistema no Windows 7 Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você vai usar as ferramentas administrativas para

Leia mais

Guia de Demonstração MeusPets

Guia de Demonstração MeusPets 1. Objetivo e Principais Funcionalidades Com o email clique no link de ativação. E confirme a instalação. O MeusPets é um sistema simplificado para acompanhamento da vida do Pet. Pode ser usado de forma

Leia mais

APÊNDICES. Curso de Word Avançado Adicione um apêndice ao seu documento

APÊNDICES. Curso de Word Avançado Adicione um apêndice ao seu documento Curso de Word Avançado Adicione um apêndice ao seu documento Você precisa adicionar um apêndice ao seu livro, trabalho, relatório, manual ou outro documento? O apêndice é um conjunto de informações úteis

Leia mais

Aula 03 PowerPoint 2007

Aula 03 PowerPoint 2007 Aula 03 PowerPoint 2007 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o PowerPoint; 2. Conhecendo a Tela do PowerPoint; 3. Criando uma Nova

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Configurando o Sistema Operacional TC-OS

Configurando o Sistema Operacional TC-OS Configurando o Sistema Operacional TC-OS O TC-OS é o Sistema Operacional das soluções Thin Clients da ThinNetworks. Foi desenvolvido especialmente para servir a thin clients possibilitando-os se conectar

Leia mais

Novas Funcionalidades do MyABCM v.4.0

Novas Funcionalidades do MyABCM v.4.0 Novas Funcionalidades do MyABCM v.4.0 Seguem abaixo as novas funcionalidades e melhorias do MyABCM e um resumo de como utilizar essas funcionalidades. 1. Nova funcionalidade para aplicação de fatores de

Leia mais

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros:

Menu Notas Fiscais Entradas. Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Menu Notas Fiscais Entradas (não é um manual) Sugestão de Compras: 1º passo: selecionar os critérios de pesquisa e filtros: Loja desejada. Fornecedor desejado (com marcas homologadas). Filtro para ignorar

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

Janelas e seus elementos

Janelas e seus elementos Janelas e seus elementos As janelas são quadros que são exibidos na tela do monitor. Todos os aplicativos estudados nesse curso serão exibidos dentro de janelas. Nelas você poderá abrir, salvar e fechar

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Melhor do que driblar os vírus de pendrive, é não pegá-los! Mas como fazer isto?

Melhor do que driblar os vírus de pendrive, é não pegá-los! Mas como fazer isto? Melhor do que driblar os vírus de pendrive, é não pegá-los! Mas como fazer isto? Por padrão, a maioria dos pendrives vêm formatados com o padrão conhecido como FAT32. Este padrão já meio antigo, é muito

Leia mais

TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO. I. Criar um Novo Banco de Dados. Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo

TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO. I. Criar um Novo Banco de Dados. Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO I. Criar um Novo Banco de Dados Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo 3. Clicar em Banco de Dados em Branco 4. Escrever um nome na caixa de diálogo

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário SERVIÇO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ARQUIVO CENTRAL Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário Belém Pará Fevereiro 2000 Sumário Introdução... 3 Acesso ao Sistema...

Leia mais

5.3.3.6 Lab - Monitorar e Gerenciar os Recursos do Sistema no Windows Vista

5.3.3.6 Lab - Monitorar e Gerenciar os Recursos do Sistema no Windows Vista IT Essentials 5.0 5.3.3.6 Lab - Monitorar e Gerenciar os Recursos do Sistema no Windows Vista Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você vai usar as ferramentas administrativas

Leia mais

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice CAPA Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE Índice 1. Página da área administrativa... 1.1 Botões e campo iniciais... 2. Explicar como funcionam as seções... 2.1. Seções dinâmicos... 2.1.1 Como

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

Programação Visual. ireport Introdução. Prof. Edwar Saliba Júnior Novembro de 2012. Unidade 07 ireport - Introdução

Programação Visual. ireport Introdução. Prof. Edwar Saliba Júnior Novembro de 2012. Unidade 07 ireport - Introdução ireport Introdução Prof. Edwar Saliba Júnior Novembro de 2012 1 O que é o ireport? O ireport é um gerador de relatórios gratuito feito para a linguagem Java. Criado pela empresa Jaspersoft Corporation.

Leia mais

Esse manual é um conjunto de perguntas e respostas para usuários(as) do Joomla! 1.5.

Esse manual é um conjunto de perguntas e respostas para usuários(as) do Joomla! 1.5. Esse manual é um conjunto de perguntas e respostas para usuários(as) do Joomla! 1.5. Ele considera que você já tem o Joomla! instalado no seu computador. Caso você queira utilizá lo em um servidor na web,

Leia mais

Informática Básica para o PIBID

Informática Básica para o PIBID Universidade Federal Rural do Semi Árido Programa Institucional de Iniciação à Docência Informática Básica para o PIBID Prof. Dr. Sílvio Fernandes Roteiro O Tamanho e Resolução de imagens O Compactação

Leia mais

15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos

15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos 15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos Agora vamos fazer algo mais complexo, que vai demonstrar várias das facilidades do sistema. Vamos Incluir uma Nota Fiscal

Leia mais

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco).

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco). Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 2 Criando e compartilhando uma pasta - Prática Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Neste tópico vamos criar e compartilhar uma pasta chamada

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri SUMÁRIO 1. MICROSOFT WORD 2010.... 3 1.1 INICIANDO O WORD 2010.... 3 2. Pagina Inicial.... 6 2.1 Aba arquivo...

Leia mais

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos.

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos. Histórico de Alterações Versão Data Autor Função Descrição 1 14/09/2012 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Criação inicial 2 19/11/2013 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Atualização A partir de

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIFAP MACAPÁ-AP 2013 S U M Á R I O 1 Tela de Login...2 2 Acessando ao submenu cadastro de avaliação

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 1 Levante e ande - Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Ano: 02/2011 Nesta Edição

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Planilha Eletrônica Excel

Planilha Eletrônica Excel COLÉGIO LA SALLE CANOAS Técnico em Informática Planilha Eletrônica Excel Excel Prof. Valter N. Silva Colégio La Salle Canoas Página 2 1. NOÇÕES BÁSICAS O Microsoft Excel 7.0 é um programa de planilha eletrônica,

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

Tutorial do ADD Analisador de Dados Dinâmico.

Tutorial do ADD Analisador de Dados Dinâmico. Tutorial do ADD Analisador de Dados Dinâmico. Após clicarmos para entrar no Analisador de Dados Dinâmico aparecerá a tela acima. O Banco de dados já tem que estar configurado. (Ver como fazer em Como configurar

Leia mais

COMO CRIAR UMA APRESENTAÇÃO NO IMPRESS

COMO CRIAR UMA APRESENTAÇÃO NO IMPRESS COMO CRIAR UMA APRESENTAÇÃO NO IMPRESS 1 COMO CRIAR UMA APRESENTAÇÃO NO IMPRESS Como criar uma apresentação no Impress Primeiramente, localize na internet as imagens que utilizaremos, usando os endereços

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

Tutorial do programa

Tutorial do programa 1 Tutorial do programa I. Guia Rápido 1. Clique no produto. 2. Clique na pasta de imagens. 3. Clique em preenchimento auto. 4. Verificar pedido. 5. Finalizar pedido. 6. Fazer pagamento / Entrega. 7. Fazer

Leia mais

COMO INSTALAR O CATÁLOGO

COMO INSTALAR O CATÁLOGO Este guia tem por finalidade detalhar as etapas de instalação do catálogo e assume que o arquivo de instalação já foi baixado de nosso site. Caso não tenho sido feita a etapa anterior favor consultar o

Leia mais