I Convocatória. RedEmprendia Trading. Missão Comercial a Medellín Colômbia 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I Convocatória. RedEmprendia Trading. Missão Comercial a Medellín Colômbia 2014"

Transcrição

1 I Convocatória RedEmprendia Trading Ligando empresários para facilitar os negócios internacionais Missão Comercial a Medellín Colômbia 2014 O RedEmprendia Trading é um programa de RedEmprendia destinado a apoiar a internacionalização de empresas. Está dirigido para as empresas nascidas de e/ou com a colaboração das universidades da Red e foca-se no comércio internacional, tencionando aproveitar o potencial de relacionamento entre instituições universitárias da nossa rede e empresários, atendendo, ao mesmo tempo, para critérios de oportunidade comercial, impacto previsto nos negócios, internacionalização e reforço de novas empresas. A RedEmprendia convida as empresas relacionadas com as 24 universidades da nossa rede, que satisfazerem as condições, para apresentarem candidaturas de modo a serem escolhidas como beneficiárias do Programa, o qual levará entre 10 e 20 empresas a Medellín - Colômbia, com vista à realização de encontros empresariais com grandes empresas colombianas. O programa está vocacionado para ser convocado, pelos menos, anualmente e orientado para distintos tópicos, cidades destino e tipos de negócio a realizar. Tema da presente Convocatória Para a sua Convocatória I, o RedEmprendia Trading selecionará empresas com capacidade comercial em múltiplos setores, visto o nosso parceiro na Colômbia, a Asociación Nacional de Industriales ANDI-, reunir diversos setores empresariais. Condições de Referência A participação nesta convocatória implica a adequação das candidaturas apresentadas às seguintes condições de referência e respetivo cumprimento. 1. Objetivos Apoiar empresas nascidas de e/ou com o auxílio de universidades da RedEmprendia nos seus processos de internacionalização, através de exercícios de aproximação comercial a empresas consolidadas e de reconhecida trajetória noutros países que contarem com presença dos associados e aliados da RedEmprendia. Dar impulso às atividades de inovação, promovendo a participação de empresas que implementarem atividades produtivas ou de serviços, apostarem na PD&i e com capacidade comercial.

2 2. Destinatários Empresas nascidas de e/ou com o apoio de universidades da RedEmprendia em Portugal e Brasil. 3. Tipologia dos candidatos - Requisitos As empresas que desejarem candidatar-se para a presente convocatória, deverão ter o seguinte perfil: o Ter registado, no último ano, vendas no valor ou superiores aos USD o Ter efetuado vendas a mais de três clientes do seu país no último ano. Desejável Capacidade exportadora / experiência o Ter efetuado vendas no estrangeiro o Provar regularidade em vendas para o estrangeiro. o Ter elaborado um plano exportador Línguas: Entender e falar espanhol. Inovação Fomentar ações de PD&i: serão priorizadas empresas que provarem despesas atribuíveis a PD&i acima de 15% do seu orçamento (certificado por um contabilista). 4. Requisitos para apresentação de candidaturas: Preencher devidamente todos os pontos do Formulário de Inscrição disponível no site RedEmprendia Trading (www.redemprendia.org/trading) anexando ainda as seguintes informações suplementares: o Catálogo dos seus produtos e/ou serviços (digitalizado em PDF ou semelhantes) o CV da pessoa que se deslocará. Dispor de site 5. Critérios de Avaliação As candidaturas serão avaliadas em três fases, acompanhando os critérios definidos no formulário de participação e anexos: Filtro 1: A RedEmprendia confirmará o cumprimento dos requisitos básicos e excluirá do processo quem não os cumprir. A RedEmprendia poderá solicitar documentos suplementar por forma a verificar o cumprimento dos referidos requisitos. Filtro II: A ANDI e a UdeA, receberão o formulário dos candidatos que respeitarem os requisitos básicos com os seus catálogos, e priorizará as empresas que reunirem maior potencial comercial aparente e que despertarem maior interesse entre as empresas de Medellín. Finalmente e por forma a poder tomar uma decisão definitiva, ser-lhes-ão pedidas informações pormenorizadas. Filtro III: ANDI selecionará as empresas que deverão enviar informações pormenorizadas (desde que essa entidade o ache necessário). 2

3 Notas: A RedEmprendia reserva-se o direito de recusar qualquer candidatura recebida. Será visada a adequação da empresa (produto/serviço) ao mercado. A RedEmprendia não efetuará qualquer tramitação que disser respeito à viagem até ela não dispor da aceitação de cada empresa para participar no programa de missão comercial, uma vez a decisão for comunicada. As empresas deverão preencher os critérios estabelecidos pelos organizadores. 6. Orçamento e conceitos passíveis de financiamento. Na presente convocatória, a RedEmprendia destina um montante máximo de 1500 para o bilhete de avião de cada candidato selecionado, ou até 1000 para cobrir despesas de alojamento e manutenção. 7. Tramitação dos projetos A empresa interessada em participar deverá efetuar a sua inscrição site: seguindo as instruções e anexando os documentos requeridos. 8. Proteção de dados e confidencialidade Em conformidade com o disposto na Lei Orgânica 15/1999, de 13 de dezembro, de Proteção de Dados de Caráter Pessoal (LOPD), a RedEmprendia informa que os dados pessoais recolhidos nas propostas selecionadas serão tratados com estrita confidencialidade e incorporados a um ficheiro de dados pessoais, inscrito na AEPD, de modo a dar cumprimento ao seu pedido e gerir a sua participação no programa. Assim, comunicamos-lhe que a RedEmprendia garante o tratamento seguro dos dados pessoais fornecidos em conformidade com o estabelecido pela Lei Orgânica 15/1999, de 13 de dezembro, de Proteção de Dados de caráter pessoal e respetiva legislação aplicável. E obriga-se a observar o sigilo profissional relativamente aos dados incluídos no ficheiro. Igualmente, o utilizador poderá solicitar o acesso às informações relativas à sua pessoa para a sua consulta, retificação, cancelamento ou ainda opor-se a qualquer outra possível utilização dos seus casos, exceto, se for caso disso, os dados necessários para atendê-lo. Agradecemos que, para exercer os seus direitos ou para quaisquer outras informações ou esclarecimentos a este respeito, contate: Red Universitaria Iberoamericana de Incubación de Empresas (RedEmprendia), Edificio Emprendia, Campus Vida, Santiago de Compostela (A Corunha), ou para o endereço electrónico: A RedEmprendia garante o tratamento seguro dos dados fornecidos pelas empresas que não forem selecionadas. Logo que o júri torne pública a sua decisão, poderão ser divulgadas as informações gerais das empresas escolhidas, a sua imagem de marca, a sua atividade e o nome dos representantes na missão comercial. A aceitação destas Bases não invalida a observação da legislação vinculativa aplicável como as Leis de Propriedade Intelectual, de Direitos Autorais, de Propriedade Industrial e de Criminalidade Informática. É proibida a apresentação de vídeos, imagens e quaisquer outros materiais que conterem imagens ou sons para os quais não disponha dos respetivos direitos de autor. A RedEmprendia não assume qualquer responsabilidade pelas ideias, opiniões, textos, imagens e sons representados nos documentos subidos ao Programa e reserva o direito de exclui-los do Programa sem aviso prévio desde que comprovada a inadequação dos seus conteúdos para os fins indicados ou no caso de o utilizador destes conteúdos vir a infringir quaisquer direitos de propriedade intelectual, de terceiros ou de privacidade. 3

4 O participante autoriza, expressamente, a RedEmprendia, a referir, divulgar e dar a conhecer a participação da empresa e dos seus representantes, na presente missão, delegação ou ação de promoção internacional, através dos meios de comunicação que, se for caso disso, acharem pertinentes. 9. Observações e esclarecimentos Ações vinculativas As empresas finalmente beneficiadas deverão: Divulgar a sua experiência adequadamente na comunidade universitária e no nível local, ao mesmo tempo que apoiar a divulgação global da mesma 1. Acompanhar os relatórios sobre os avanços da missão nas fases inicial, intermédia e final (três relatórios de acompanhamento durante um ano) Preencher devidamente a avaliação do desempenho. Esta avaliação deverá ser entregue, no máximo, uma semana depois da ação ter finalizado. Fornecer as informações suplementares que, sobre a ação, a RedEmprendia determinar. No caso de não assistir à ação ou anulação da participação: A RedEmprendia não irá suportar as despesas que se tenham produzido ou devido à participação da empresa na ação. Portanto, a empresa aceita pagar à organização os referidos montantes logo que for informada e faturada pela própria organização. Se a atividade tivesse que ser cancelada por qualquer causa não imputável à RedEmprendia ou por motivos de força maior. A RedEmprendia ficará isenta de qualquer responsabilidade, entre outras, perante a circunstância de eventuais erros na tramitação administrativa dos vistos impedirem os participantes de entrarem no país, e tudo isto, embora a RedEmprendia e instituições parceiras tenham podido participar na tramitação dos referidos documentos. A RedEmprendia também não assume qualquer responsabilidade se ocorrerem ações que não estavam previstas ou, se previstas, desde que fossem inevitáveis. A RedEmprendia não reporá à empresa, no caso em que houver, as despesas atribuídas à sua participação, Em todos estes casos, a RedEmprendia não assumirá as eventuais despesas que decorrerem ou se gerarem da participação da empresa na ação, sendo que as referidas despesas serão cobertas exclusivamente pela empresa, sem a Red assumir qualquer responsabilidade neste caso. 1 Fórum RedEmprendia, Boletim de Empresas, Boletim de Universidades, Site RedEmprendia, Site universidade e incubadora sede da empresa ou com ela relacionada, meios locais, internacionais ou nacionais, etc. 4

5 10. Fases da Convocatória - Cronograma das atividades. Atividade Data Início-Final Instância / meio Prazo de inscrições 15 junho - 8 setembro Filtro I: verificação de 9 setembro RedEmprendia cumprimento de requisitos. Filtro II: priorização de candidatos setembro ANDI UdeA USP - UPorto Publicação de pré-selecionados 3 outubro Filtro III: Seleção final 6 outubro ANDI UdeA USP - UPorto Publicação de selecionados 10 outubro Curso preparatório da missão comercial - Reunião com a ANDI e pormenores da missão novembro Videoconferência Missão Comercial novembro ANDI UdeA USP - UPorto Documento atualizado a 05/08/2014 5

BASES DE PARTICIPAÇÃO. Programa RedEmprendia Desafio Millennials

BASES DE PARTICIPAÇÃO. Programa RedEmprendia Desafio Millennials BASES DE PARTICIPAÇÃO Programa RedEmprendia Desafio Millennials I. Âmbito e objetivos O Programa RedEmprendia - Desafio Millennials - Programa doravante- é uma iniciativa lançada pela RedEmprendia, uma

Leia mais

Bases do Programa REDEMPRENDIA BoosterE

Bases do Programa REDEMPRENDIA BoosterE Bases do Programa REDEMPRENDIA BoosterE CONTEÚDO Características do programa... 1 Participantes... 2 Inscrição... 3 Prazos... 5 Seleção de candidaturas... 5 Despesas subvencionadas... 8 Confidencialidade

Leia mais

Condições de participação

Condições de participação Condições de participação A RedEmprendia tem origem num novo perfil universitário, o das universidades empreendedoras, que visam dar um incentivo à inovação e à cultura empreendedora tanto nas suas academias

Leia mais

Termos e Condições de Participação. SmartMoney4Stars

Termos e Condições de Participação. SmartMoney4Stars Termos e Condições de Participação SmartMoney4Stars Spin2016 CONTEÚDO 1. Descrição do programa... 2 2. Participantes... 2 3. Fases do programa... 2 4. Idioma... 4 5. Reconhecimentos:... 4 6. Inscrição

Leia mais

MISSÕES COMERCIAIS PARA EMPRESAS INOVADORAS

MISSÕES COMERCIAIS PARA EMPRESAS INOVADORAS MISSÕES COMERCIAIS PARA EMPRESAS INOVADORAS RedEmprendia Trading organiza missões comerciais internacionais para empresas inovadoras relacionadas com as universidades da RedEmprendia, através de ações

Leia mais

BOLSAS FUNDACIÓN UNIVERSIA CAPACITAS PARA ACCIONISTAS E/OU FAMILIARES DE ACCIONISTAS DO BANCO SANTANDER S.A. CURSO 2015-2016 1

BOLSAS FUNDACIÓN UNIVERSIA CAPACITAS PARA ACCIONISTAS E/OU FAMILIARES DE ACCIONISTAS DO BANCO SANTANDER S.A. CURSO 2015-2016 1 BOLSAS FUNDACIÓN UNIVERSIA CAPACITAS PARA ACCIONISTAS E/OU FAMILIARES DE ACCIONISTAS DO BANCO SANTANDER S.A. CURSO 2015-2016 1 A Fundación Universia, com CIF G-84545409 e domicílio social na Av. da Cantábria

Leia mais

Programa Gulbenkian Inovar em Saúde

Programa Gulbenkian Inovar em Saúde REGULAMENTO DO CONCURSO Concurso para financiamento de projetos em Literacia em Saúde 2013 Artigo 1º Objeto O presente Regulamento estabelece as normas de acesso ao concurso para financiamento de projetos

Leia mais

REGULAMENTO CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015

REGULAMENTO CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015 REGULAMENTO CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015 1. OBJETO 1.1. O Concurso CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015 é promovido pela COMISSÃO DE FESTAS DO BARREIRO e tem por objeto a seleção de 1 (uma) proposta criativa

Leia mais

REGULAMENTO PASSATEMPO "CONHEÇA LISBOA COM CELINA TOURS"

REGULAMENTO PASSATEMPO CONHEÇA LISBOA COM CELINA TOURS REGULAMENTO PASSATEMPO "CONHEÇA LISBOA COM CELINA TOURS" A Celina Tours, Animação Turistica Lda, sociedade comercial por quotas com sede na Rua Carlos Reis, 25-4, com identificação de pessoa coletiva 509

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio.

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio. Missão Empresarial Moçambique 28 agosto 3 setembro 2014 Moçambique: porta de entrada na África Austral Moçambique é hoje um mercado em expansão com mais de 24 milhões de consumidores, que tem vindo a registar

Leia mais

O projeto Griffin Art Prize2014 Iberia tem três fases no processo de seleção.

O projeto Griffin Art Prize2014 Iberia tem três fases no processo de seleção. HOME O Griffin Art Prize2014 Iberia é uma excelente oportunidade para artistas emergentes em pintura e desenho. Apoiado pelas marcas mundiais de materiais de belas artes, como Winsor & Newton, Liquitex

Leia mais

Prémios ao Valor Social

Prémios ao Valor Social OBJETO DOS PRÉMIOS Prémios ao Valor Social REGULAMENTO 2015 A COMPAÑIA ESPAÑOLA DE PETROLEOS, S.A.U. (CEPSA) anuncia a edição anual dos seus Prémios ao Valor Social, uma iniciativa que pretende reconhecer

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A COMBINAÇÃO PERFEITA

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A COMBINAÇÃO PERFEITA REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A COMBINAÇÃO PERFEITA 1. Promoção 1.1. A Promoção A Combinação Perfeita, adiante Promoção, é uma iniciativa da Johnson & Johnson, Lda., empresa com sede na Estrada Consiglieri Pedroso,

Leia mais

OBRAS NACIONAIS ATRAVÉS DE ASSOCIAÇÕES DO SETOR

OBRAS NACIONAIS ATRAVÉS DE ASSOCIAÇÕES DO SETOR ANEXO XX PROGRAMA DE APOIO À INTERNACIONALIZAÇÃO SUBPROGRAMA DE APOIO À DIVULGAÇÃO E PROMOÇÃO INTERNACIONAL DE OBRAS NACIONAIS ATRAVÉS DE ASSOCIAÇÕES DO SETOR 1. Âmbito O ICA apoia projetos promovidos

Leia mais

REGULAMENTO. Artigo 1º. Objeto e âmbito

REGULAMENTO. Artigo 1º. Objeto e âmbito REGULAMENTO O presente regulamento estabelece os procedimentos associados à medida «Passaporte para o Empreendedorismo», regulamentada pela Portaria n.º 370-A/2012, de 15 de novembro de 2012, estabelecida

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE APOIO ÀS AÇÕES COLETIVAS INTERNACIONALIZAÇÃO Índice 1. Objetivo temático, prioridade de investimento e objetivo específico... 3 2. A área geográfica

Leia mais

Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016

Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016 Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016 1.º ARTIGO OBJETO DO REGULAMENTO O presente Regulamento do Concurso Universitário CAP Cultiva o teu futuro, doravante designado somente por Regulamento,

Leia mais

OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS

OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS 2015 REGULAMENTO Artigo 1º Âmbito e Enquadramento A Ciência Viva Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica promove o programa Ocupação Científica

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

Apoio. Programa NOVOS EXPORTADORES

Apoio. Programa NOVOS EXPORTADORES Programa NOVOS EXPORTADORES Artº 1º Definição e Âmbito 1. A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E., adiante designada por AICEP, está a promover o Programa NOVOS EXPORTADORES.

Leia mais

REGULAMENTO Formação pós-graduada em modalidade de e-learning

REGULAMENTO Formação pós-graduada em modalidade de e-learning REGULAMENTO Formação pós-graduada em modalidade de e-learning Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor 3.1 (José João Amoreira) (Professor Doutor Rui Oliveira) Revisto e Confirmado por: Data de Aprovação

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO

REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO Artigo 1º Âmbito Ao abrigo do n.º 1 do artigo 8.º da Portaria n.º 370-A/2012, de 15 de novembro de 2012, o presente regulamento estabelece os procedimentos

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPO DE FÉRIAS DO MUNICIPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR

REGULAMENTO DO CAMPO DE FÉRIAS DO MUNICIPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR REGULAMENTO DO CAMPO DE FÉRIAS DO MUNICIPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR O presente regulamento, tem como objetivo principal ocupar o tempo livre das crianças com idades compreendidas entre os 6 e os is anos,

Leia mais

Artigo 1º Âmbito. Artigo 2º Objetivos

Artigo 1º Âmbito. Artigo 2º Objetivos Artigo 1º Âmbito O WANTED BUSINESS IDEAS é uma iniciativa de captação de novas ideias e negócios promovido e organizado pela Rede Regional de Empreendedorismo Viseu Dão Lafões, sob a coordenação da Comunidade

Leia mais

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013.

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013. Preâmbulo. O startweb é um programa de caça talentos na Madeira nas áreas da programação, design, informática, gestão, mas também destinado a todos os empreendedores que ambicionam novos desafios. CAPÍTULO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À TRADUÇÃO DE OBRAS DE AUTORES PORTUGUESES E DE AUTORES AFRICANOS DE LÍNGUA OFICIAL PORTUGUESA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À TRADUÇÃO DE OBRAS DE AUTORES PORTUGUESES E DE AUTORES AFRICANOS DE LÍNGUA OFICIAL PORTUGUESA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À TRADUÇÃO DE OBRAS DE AUTORES PORTUGUESES E DE AUTORES AFRICANOS DE LÍNGUA OFICIAL PORTUGUESA CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Objecto 1 - O presente regulamento

Leia mais

IMPORTANTE - LEIA COM ATENÇÃO:

IMPORTANTE - LEIA COM ATENÇÃO: IMPORTANTE - LEIA COM ATENÇÃO: Este contrato de licença do utilizador final (EULA) é um contrato entre o Adquirente (pessoa singular ou coletiva) e o GRUPOPIE ( GRUPOPIE ) de software GRUPOPIE identificado(s)

Leia mais

PROGRAMA GULBENKIAN QUALIFICAÇÂO DAS NOVAS GERAÇÕES REGULAMENTO DO CONCURSO. Educação Especial. Enquadramento

PROGRAMA GULBENKIAN QUALIFICAÇÂO DAS NOVAS GERAÇÕES REGULAMENTO DO CONCURSO. Educação Especial. Enquadramento PROGRAMA GULBENKIAN QUALIFICAÇÂO DAS NOVAS GERAÇÕES REGULAMENTO DO CONCURSO Educação Especial 2014 Enquadramento A Fundação Calouste Gulbenkian tem vindo, desde há vários anos, a prestar particular atenção

Leia mais

S. R. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR

S. R. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Regulamento de Formação Avançada e Qualificação de Recursos Humanos da Direção-Geral do Ensino Superior (Aprovado por despacho, de 15 de junho de 2012, do Presidente do Conselho Diretivo da Fundação para

Leia mais

1/11 REGULAMENTO. A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/11 REGULAMENTO. A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/11 REGULAMENTO A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 7.ª Edição 2013 2/11 Regulamento EDP University Challenge 2013 Artigo 1º Objetivo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO. Projetos de Desenvolvimento do Ensino Superior. Projetos Inovadores no Domínio Educativo. Enquadramento

REGULAMENTO DO CONCURSO. Projetos de Desenvolvimento do Ensino Superior. Projetos Inovadores no Domínio Educativo. Enquadramento REGULAMENTO DO CONCURSO Projetos de Desenvolvimento do Ensino Superior Projetos Inovadores no Domínio Educativo 2015 Enquadramento A Fundação Calouste Gulbenkian, desde a sua criação, tem atribuído grande

Leia mais

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estágio dos estudantes de Licenciatura

Leia mais

V A L E I N O V A Ç Ã O Page 1 VALE INOVAÇÃO (PROJETOS SIMPLIFICADOS DE INOVAÇÃO)

V A L E I N O V A Ç Ã O Page 1 VALE INOVAÇÃO (PROJETOS SIMPLIFICADOS DE INOVAÇÃO) V A L E I N O V A Ç Ã O Page 1 VALE INOVAÇÃO (PROJETOS SIMPLIFICADOS DE INOVAÇÃO) Março 2015 V A L E INO V A Ç Ã O Pag. 2 ÍNDICE 1. Enquadramento... 3 2. Objetivo Específico... 3 3. Tipologia de Projetos...

Leia mais

REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM. CAPÍTULO I Âmbito de aplicação

REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM. CAPÍTULO I Âmbito de aplicação REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM CAPÍTULO I Âmbito de aplicação Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo

Leia mais

1.1. O passatempo Desenha a Bandeira da Seleção é promovido pelos Jogos Santa Casa (JSC) em associação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF)

1.1. O passatempo Desenha a Bandeira da Seleção é promovido pelos Jogos Santa Casa (JSC) em associação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) 1. OBJETO 1.1. O passatempo Desenha a Bandeira da Seleção é promovido pelos Jogos Santa Casa (JSC) em associação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) 1.2. A proposta criativa deverá ser original

Leia mais

Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana

Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana 1- Entidade responsável e objecto da promoção A COLGATE-PALMOLIVE UNIPESSOAL, LDA., com sede no Lagoas Park, Edifício 15,

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA - Formação Interempresa (formação externa) -

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA - Formação Interempresa (formação externa) - REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA - Formação Interempresa (formação externa) - CAPÍTULO I ENQUADRAMENTO 1. O presente Regulamento é aplicável às Acções de Formação promovidas pela SIPRP

Leia mais

MARÇO EXPORTAR A 1ª VEZ MISSÕES EMPRESARIAIS NORTE DE ÁFRICA MARROCOS ARGÉLIA AMÉRICA DO SUL CHILE & COLÔMBIA. Condições de participação

MARÇO EXPORTAR A 1ª VEZ MISSÕES EMPRESARIAIS NORTE DE ÁFRICA MARROCOS ARGÉLIA AMÉRICA DO SUL CHILE & COLÔMBIA. Condições de participação EXPORTAR NORTE DE ÁFRICA AMÉRICA DO SUL MARROCOS ARGÉLIA CHILE & COLÔMBIA Condições de participação CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO MERCADOS PARTIDA CHEGADA 1 Marrocos 23-03- 26-03- 2 Argélia 23-03- 26-03- 3

Leia mais

Regulamento de Funcionamento da Formação. Disposições Gerais da Prestação de Serviços no âmbito da Formação

Regulamento de Funcionamento da Formação. Disposições Gerais da Prestação de Serviços no âmbito da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação Disposições Gerais da Prestação de Serviços no âmbito da Formação Agosto 2013 Índice Pág. Introdução. 3 Objetivo... 3 Inscrição nos cursos de formação 3 Condições

Leia mais

Programa Operacional de Potencial Humano EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

Programa Operacional de Potencial Humano EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL Programa Operacional de Potencial Humano EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL TIPOLOGIA DE INTERVENÇÃO 3.1.1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO-AÇÃO PARA PME REGULAMENTO DE CANDIDATURA PARA ENTIDADES

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 24 de fevereiro de 2015. Série. Número 33

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 24 de fevereiro de 2015. Série. Número 33 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 Série 2.º Suplemento Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Decreto Regulamentar Regional n.º 1/2015/M Aprova o Regulamento

Leia mais

PREÂMBULO ARTIGO 1º ARTIGO 2º JANEIRO DE 2015 OBJETIVOS CANDIDATOS

PREÂMBULO ARTIGO 1º ARTIGO 2º JANEIRO DE 2015 OBJETIVOS CANDIDATOS JANEIRO DE 2015 PREÂMBULO A TAP Portugal e a Startup Lisboa, promovem o concurso de ideias TAP Creative Launch Making ideas fly, doravante designado por TAP Creative Launch ou concurso de ideias. O TAP

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE APOIO ÀS AÇÕES COLETIVAS PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL Índice 1. Objetivo temático, prioridade de investimento e objetivo específico... 3 2. A área

Leia mais

BOLSAS DA FUNDACIÓN IBERDROLA. Chamada para Estudos de Pós-Graduação em Energia e Meio Ambiente na Espanha

BOLSAS DA FUNDACIÓN IBERDROLA. Chamada para Estudos de Pós-Graduação em Energia e Meio Ambiente na Espanha BOLSAS DA FUNDACIÓN IBERDROLA Chamada para Estudos de Pós-Graduação em Energia e Meio Ambiente na Espanha Fevereiro de 2015 1 1. Apresentação O Grupo IBERDROLA quer reforçar a sua contribuição para a melhoria

Leia mais

6 DAS QUESTÕES FINANCEIRAS

6 DAS QUESTÕES FINANCEIRAS EDITAL AREX 2015 PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS 2014 DO SANTANDER UNIVERSIDADES Estão abertas as inscrições para seleção de estudantes para período de estudos a partir do segundo semestre de 2015,

Leia mais

AVISO LEGAL CONDIÇÕES DE ACESSO AO PORTAL

AVISO LEGAL CONDIÇÕES DE ACESSO AO PORTAL AVISO LEGAL Tendo por objetivo cumprir o que está disposto na Lei 34/2002, de 11 de julho, sobre os serviços da sociedade de informação e de comércio eletrónico, a SAN PATRICK, S.L.U. coloca à sua disposição

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO. Recuperação, Tratamento e Organização de Acervos Documentais. Enquadramento

REGULAMENTO DO CONCURSO. Recuperação, Tratamento e Organização de Acervos Documentais. Enquadramento REGULAMENTO DO CONCURSO Recuperação, Tratamento e Organização de Acervos Documentais 2015 Enquadramento A recuperação, tratamento e organização de acervos documentais com relevante interesse histórico,

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu. Guia de preenchimento do Formulário de Candidatura da Entidade Organizadora

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu. Guia de preenchimento do Formulário de Candidatura da Entidade Organizadora UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Guia de preenchimento do Formulário de Candidatura da Entidade Organizadora ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1. Descrição... Erro! Marcador não definido. 2. Entidade Gestora...

Leia mais

Linha de Crédito PME Crescimento 2015 - Respostas a questões das Instituições de Crédito - Versão v.1

Linha de Crédito PME Crescimento 2015 - Respostas a questões das Instituições de Crédito - Versão v.1 1. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias Condições genéricas: 1.1. Localização (sede social) em território nacional; inclui Regiões Autónomas da Madeira e Açores, bem como Portugal Continental.

Leia mais

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO. capacitação e missões empresariais INTERNACIONALIZAÇÃO ESPANHA + FRANÇA COLÔMBIA GUINÉ EQUATORIAL EUA MOÇAMBIQUE CABO VERDE

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO. capacitação e missões empresariais INTERNACIONALIZAÇÃO ESPANHA + FRANÇA COLÔMBIA GUINÉ EQUATORIAL EUA MOÇAMBIQUE CABO VERDE INTERNACIONALIZAÇÃO capacitação e missões empresariais 2015 2016 ESPANHA + FRANÇA COLÔMBIA GUINÉ EQUATORIAL EUA MOÇAMBIQUE CABO VERDE CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO ALEMANHA Promotor CHINA 1 EUA mar.2016 Nova

Leia mais

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt 1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt O site www. www.estrelacoop.pt encontra-se registado ao abrigo do Regulamento do registo de domínios/subdomínios de. PT", e é propriedade Estrelacoop Cooperativa

Leia mais

Regulamento do Passatempo Go to Festival Village 16

Regulamento do Passatempo Go to Festival Village 16 Regulamento do Passatempo Go to Festival Village 16 Cláusula Primeira A Canon Portugal S.A., com sede no Lagoas Park, Edifício 15, Piso 0 e 1, 2740-262 Porto Salvo, Oeiras, registada na Conservatória do

Leia mais

Carta de Princípios do Enquadramento do Voluntariado na UC

Carta de Princípios do Enquadramento do Voluntariado na UC Carta de Princípios do Enquadramento do Voluntariado na UC Considerando: A importância do voluntariado no exercício ativo de cidadania, traduzido na relação solidária com o próximo; A sua relevância cultural

Leia mais

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site TERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site, ou a qualquer conteúdo do mesmo, o utilizador toma conhecimento e estabelece um acordo com a SDEA Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores, EPER

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

Regulamento. Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock

Regulamento. Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock Regulamento Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock 1. Passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock Super Rock O passatempo Lay s dá + sabor á tua bebida no Super Bock

Leia mais

ÍNDICE DO REGULAMENTO DO CONCURSO HOTSPOT DESIGN

ÍNDICE DO REGULAMENTO DO CONCURSO HOTSPOT DESIGN ÍNDICE DO REGULAMENTO DO CONCURSO HOTSPOT DESIGN 0- Enquadramento/Objectivos 1- Tema do Concurso 2- Cronograma 3- Elegibilidade 4- Fases de Candidatura 5- Descrição detalhada da Fases 1 e 2 6- Submissão

Leia mais

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Manila, 18 a 22 de Março de 2013 1 Enquadramento: No âmbito do Acordo de Parceiros celebrado entre a AICEP e o GPEARI (Ministério

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes 1. Conteúdo 1. Estas Condições Gerais de Utilização regem a relação entre a HomeAway Spain, S.L. (Fornecedor) e o utilizador do site (Viajante),

Leia mais

CONCURSO MELHOR RESTAURANTE MEDITERRÂNICO 2015 FICHA DE INSCRIÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO MELHOR RESTAURANTE MEDITERRÂNICO 2015 FICHA DE INSCRIÇÃO REGULAMENTO CONCURSO MELHOR RESTAURANTE MEDITERRÂNICO 2015 FICHA DE INSCRIÇÃO FICHA DE INSCRIÇÃO NOME DO RESTAURANTE CANDIDATO MORADA TELEFONE GERAL DIA DE DESCANSO DO RESTAURANTE PESSOA DE CONTACTO TELEFONE PESSOA

Leia mais

Passatempo Apoie Portugal na Arménia Regulamento e Condições de Participação

Passatempo Apoie Portugal na Arménia Regulamento e Condições de Participação Passatempo Apoie Portugal na Arménia Regulamento e Condições de Participação A Modelo Continente Hipermercados, S.A., com sede na Rua João Mendonça, 505, freguesia de Senhora da Hora, concelho de Matosinhos,

Leia mais

Missão empresarial a Santiago do Chile. Multisetorial

Missão empresarial a Santiago do Chile. Multisetorial Missão empresarial a Santiago do Chile Multisetorial 25 a 29 de Novembro de 2013 Enquadramento: Missão empresarial Chile multisetorial O Chile constitui uma das economias mais desenvolvidas, estáveis e

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Objectivo 1.1 O concurso Glassberries Design Awards, instituído pela BA Vidro, pretende promover a participação de jovens designers, na área de design de produto,

Leia mais

MISSÕES EMPRESARIAIS

MISSÕES EMPRESARIAIS EXPORT 2º SEMESTRE 2014 1º SEMESTRE 2015 MISSÕES EMPRESARIAIS ÁFRICA ARGÉLIA TUNÍSIA MOÇAMBIQUE ÁSIA AMÉRICA CHINA CUBA PERU EQUADOR ESTADOS UNIDOS EUROPA POLÓNIA CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 1 DESCRIÇÃO

Leia mais

Candidatura ao FIAEA Regulamento

Candidatura ao FIAEA Regulamento Candidatura ao FIAEA Regulamento ARTIGO 1 Objectivos 1.1 A Candidatura ao FIAEA é um processo sistemático e ágil para a avaliação de projetos de investimento de capital de risco no âmbito da Agenda Açoriana

Leia mais

POR PORTUGAL vamos dar toques até ao Brasil

POR PORTUGAL vamos dar toques até ao Brasil Regulamento de Ação Promocional POR PORTUGAL vamos dar toques até ao Brasil O presente Regulamento visa estabelecer os termos e condições aplicáveis à Ação Promocional POR PORTUGAL Vamos dar toques até

Leia mais

REGULAMENTO PASSATEMPO LAY S DÁ + SABOR À TUA BEBIDA NO MEO SUDOESTE

REGULAMENTO PASSATEMPO LAY S DÁ + SABOR À TUA BEBIDA NO MEO SUDOESTE REGULAMENTO PASSATEMPO LAY S DÁ + SABOR À TUA BEBIDA NO MEO SUDOESTE 1. Passatempo Lay s dá + sabor à tua bebida no MEO Sudoeste O passatempo Lay s dá + sabor à tua bebida no MEO Sudoeste é uma acção promocional

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Digitalização de documentos analógicos em suporte magnético 2014/S 180-316768. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Digitalização de documentos analógicos em suporte magnético 2014/S 180-316768. Anúncio de concurso. Serviços 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:316768-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Digitalização de documentos analógicos em suporte magnético 2014/S 180-316768

Leia mais

2. CALENDÁRIO 3. ELEGIBILIDADE 4. INSCRIÇÃO DAS PROPOSTAS

2. CALENDÁRIO 3. ELEGIBILIDADE 4. INSCRIÇÃO DAS PROPOSTAS 1. INTRODUÇÃO A Universidade do Porto (U.Porto) e a Universidade de São Paulo (USP) celebraram um Acordo de Cooperação Internacional objetivando a cooperação académica em todas as áreas do conhecimento,

Leia mais

MISSÕES EMPRESARIAIS

MISSÕES EMPRESARIAIS EXPORT 2º SEMESTRE 2014 1º SEMESTRE 2015 MISSÕES EMPRESARIAIS ÁFRICA MOÇAMBIQUE ARGÉLIA TUNÍSIA ÁSIA AMÉRICA CHINA PERU EQUADOR CUBA ESTADOS UNIDOS EUROPA POLÓNIA CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3 CUSTOS: MOÇAMBIQUE

Leia mais

REGULAMENTO INTRODUÇÃO OBJETIVOS PÚBLICO-ALVO

REGULAMENTO INTRODUÇÃO OBJETIVOS PÚBLICO-ALVO REGULAMENTO INTRODUÇÃO O DNS.PT e a DECO promovem a 3ª edição do Concurso Sitestar.pt, uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a desenvolver sites em português e sob domínio.pt durante

Leia mais

EDITAL N 006/2015 ARII/REITORIA

EDITAL N 006/2015 ARII/REITORIA EDITAL N 006/2015 ARII/REITORIA DISPÕE SOBRE PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBEROAMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. A UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 145 30 de julho de 2014 4027. Portaria n.º 151/2014

Diário da República, 1.ª série N.º 145 30 de julho de 2014 4027. Portaria n.º 151/2014 Diário da República, 1.ª série N.º 145 30 de julho de 2014 4027 Portaria n.º 151/2014 de 30 de julho O Governo tem vindo a desenvolver uma estratégia nacional de combate ao desemprego jovem assente numa

Leia mais

Edital N 10/2014 DRI/UFF

Edital N 10/2014 DRI/UFF Edital N 10/2014 DRI/UFF Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Federal Fluminense para o segundo semestre de 2015 e primeiro de 2016. A Diretoria de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 1º CONCURSO DE IDEIAS LUSO-BRASILEIRO EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 1º CONCURSO DE IDEIAS LUSO-BRASILEIRO EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 1º CONCURSO DE IDEIAS LUSO-BRASILEIRO EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-Brasil) e o Instituto Politécnico do

Leia mais

BIOENERGIA E INCUBADORA DE BASE TECNOLOGICA BUSINESS INCUBATOR OF PORTALEGRE BIOENERGY AND. BioBIP

BIOENERGIA E INCUBADORA DE BASE TECNOLOGICA BUSINESS INCUBATOR OF PORTALEGRE BIOENERGY AND. BioBIP BIOENERGIA E INCUBADORA DE BASE TECNOLOGICA BIOENERGY AND BUSINESS INCUBATOR OF PORTALEGRE BioBIP 1 IPP.BioBIP.1-Rev.0 REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO ARTIGO 1.º ÂMBITO O presente regulamento define

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO. Atividades Culturais e Científicas Circum-Escolares. Enquadramento

REGULAMENTO DO CONCURSO. Atividades Culturais e Científicas Circum-Escolares. Enquadramento REGULAMENTO DO CONCURSO Atividades Culturais e Científicas Circum-Escolares 2015 Enquadramento A Fundação Calouste Gulbenkian tem vindo a apoiar praticamente desde o início da sua atividade, através do

Leia mais

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ]

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Preâmbulo O Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal

Leia mais

Regulamento Ação Qualidade de Vida Edição de 2015

Regulamento Ação Qualidade de Vida Edição de 2015 Regulamento Ação Qualidade de Vida Edição de 2015 Preâmbulo Muitas pessoas com deficiência motora não têm os recursos financeiros necessários para ter uma vida com dignidade ou os meios para estarem integradas

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 É do interesse das Instituições de Ensino Superior promover a excelência do ensino, propiciando aos seus estudantes

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES 1 PERGUNTAS FREQUENTES Última atualização: 08.03.2013 Encontrará neste documento esclarecimentos para questões de preenchimento do formulário, de enquadramento da atividade no programa de apoio, instruções

Leia mais

Requerimento para a concessão de Bolsa de Estudos no Exterior (Programa Portugal) - FMU

Requerimento para a concessão de Bolsa de Estudos no Exterior (Programa Portugal) - FMU Requerimento para a concessão de Bolsa de Estudos no Exterior (Programa Portugal) - FMU (1) Nome completo e sem abreviaturas: (2) Nome completo dos pais: (3) Declara expressamente que está ciente de que

Leia mais

MAYBELLINE NEW YORK PORTUGAL. Regulamento

MAYBELLINE NEW YORK PORTUGAL. Regulamento Regulamento Passatempo denominado 100% TU! by Maybelline New York 1. Passatempo 100% TU! by Maybelline New York O passatempo 100% TU! By Maybelline new York é uma ação promocional promovida pela L Oréal

Leia mais

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Regulamento 1. Introdução O presente concurso destina-se à criação da Mascote da Eficiência Energética, que estará associada à COGEN Portugal, e que será

Leia mais

1º TRIMESTRE EXPORTAR A 1ª VEZ MISSÕES EMPRESARIAIS. Condições de participação ARGÉLIA CHINA E MACAU MARROCOS TURQUIA FEVEREIRO MARÇO

1º TRIMESTRE EXPORTAR A 1ª VEZ MISSÕES EMPRESARIAIS. Condições de participação ARGÉLIA CHINA E MACAU MARROCOS TURQUIA FEVEREIRO MARÇO FEVEREIRO MARÇO ARGÉLIA CHINA E MACAU MARROCOS TURQUIA ÁFRICA DO SUL E MOÇAMBIQUE COLÔMBIA E CHILE ÍNDIA ISRAEL Condições de participação CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 1 AS são uma ação financiada pelo FEDER,

Leia mais

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade.

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade. Regulamento do EDP University Challenge 2011 EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade 2ª Edição Artigo 1º Objectivo do prémio 1. O EDP University Challenge

Leia mais

Iniciativa igeo Mentes Criativas. Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App)

Iniciativa igeo Mentes Criativas. Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App) Iniciativa igeo Mentes Criativas Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App) Coordenação: Equipa: Apoio: 1/8 REGULAMENTO Concurso de ideias para divulgação de

Leia mais

Sessão de Divulgação - ALBUFEIRA

Sessão de Divulgação - ALBUFEIRA Sessão de Divulgação - ALBUFEIRA Entidade: Centro de Emprego de Loulé Tema: Apoios à de Empresas e Criação do Próprio Emprego IEFP,I.P. 1. O Plano de Negócios 2. Apoios à Criação do Próprio Emprego ou

Leia mais

www.iesalc.unesco.org.ve

www.iesalc.unesco.org.ve Edital para concorrer aos Fundos do Projeto Diversidade Cultural Com o propósito de apoiar a criação e o fortalecimento de programas e projetos de pesquisa e/ou de promoção do bem-estar social desenvolvidos

Leia mais

MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO Na sequência dos trabalhos desenvolvidos pelo Fórum para a Cooperação, implementado em 2008, e reconhecendo o papel que

Leia mais

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Braga, Maio 2012 REGULAMENTO O Prémio rege-se pelo presente regulamento, sendo o Júri soberano na sua interpretação, aplicação, e resolução de eventuais lacunas.

Leia mais

Anúncio de concurso. Fornecimentos

Anúncio de concurso. Fornecimentos 1/8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:268336-2015:text:pt:html Itália-Ispra: Fornecimento, instalação e manutenção de 2 sistemas de armazenamento por baterias

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU 1.- Entidade organizadora. - A entidade organizadora deste concurso é a empresa Vacaciones edreams, S.L. Sociedad Unipersonal (a partir desde momento designada como edreams),

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso Regulamento do Concurso Preâmbulo Considerando que, constituem objectivos do CRÉDITO AGRÍCOLA, enquanto Entidade Promotora: - Promover iniciativas empresariais inovadoras e conciliadoras com sinergias

Leia mais

ANEXO II. Condições Gerais aplicáveis aos Contratos de Subvenção financiados pela União Europeia no âmbito das Ações Externas

ANEXO II. Condições Gerais aplicáveis aos Contratos de Subvenção financiados pela União Europeia no âmbito das Ações Externas ANEXO II Condições Gerais aplicáveis aos Contratos de Subvenção financiados pela União Europeia no âmbito das Ações Externas ÍNDICE As explicações dos termos utilizados nas presentes Condições Gerais podem

Leia mais

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das

Leia mais