1º Período Tarefa / Actividades Conteúdos abordados Metodologia utilizada Aulas

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1º Período Tarefa / Actividades Conteúdos abordados Metodologia utilizada Aulas"

Transcrição

1 1º Período Tarefa / Actividades Conteúdos abordados Metodologia utilizada Aulas Caixas de bolachas Caixa de bombons Garrafas de água Caixas de sumo Sólidos platónicos Teorema de Pitágoras Áreas e perímetros de polígonos Propriedades do hexágono inscritos numa circunferência Áreas e volumes de sólidos Razões de semelhança Arredondamentos Áreas e volumes Razões de semelhança Ampliação e redução Regras de três simples Percentagens Dizimas Arredondamentos Sólidos Polígono Poliedros Poliedros regulares Ângulos internos Ângulos externos Soma dos ângulos internos de um polígono regular Relação de Euler Classificação de polígonos Classificação de sólidos Trabalho de grupo em contexto de resolução de problemas. Trabalho de grupo em contexto de resolução de problemas. Trabalho de grupo com polidrons (blocos)

2 Dízimas Fracções irredutíveis Números primos Factorização de um número em factores primos Dizimas finitas e infinitas Conjuntos de números Trabalho individual 1 Exercícios de cálculo Casos notáveis da multiplicação Equações de 1º grau Equações de º grau Inequações Sistemas de equações Conjuntos de números Trabalho individual

3 Conteúdos Objectivos Específicos Estratégias Aulas (Blocos) Modos de definir um plano; posições relativas entre rectas, recta e plano e planos; Conhecer os modos de definir um plano. Identificar posições relativas de rectas e planos no espaço. Utilização de materiais manipulativos critérios de paralelismo e de Interpretar um desenho que represente no plano uma figura no (polidrons e poliedros). perpendicularidade. espaço. Trabalho em grupo. Conhecer e aplicar os critérios de paralelismo e de Utilização de cubos perpendicularidade de rectas e planos no espaço. em palhinhas. Resolver problemas de paralelismo e perpendicularidade, no Resolução de fichas plano e no espaço, por via intuitiva. de trabalho e de apoio. Intersecção de sólidos por um plano dado; caracterização da secção obtida no corte de um sólido. Desenhar secções de corte. Caracterizar secções de corte obtidas num sólido. Identificar planos de corte. Resolver problemas de áreas de secções feitas em sólidos por planos. Utilização de cubos de enchimento, oásis e cubos em acetato com secções em cartolina.

4 Estabelecimento de caracterizações Estabelecer relações métricas entre figuras. Elaboração de métricas entre figuras, nomeadamente entre Operar com números reais (radicais). relatórios e composições. medidas lineares, áreas e volumes. Calcular áreas e volumes. Resolver problemas utilizando raciocínios geométricos. Referenciais cartesianos, ortogonais e monométricos no plano; Correspondência entre o plano e R. Representar pontos no plano. Identificar as coordenadas de um ponto no plano. Escrever as coordenadas de pontos pertencentes aos eixos coordenados no plano. 1 Rectas paralelas aos eixos. Bissectrizes dos quadrantes. Escrever a equação de uma recta paralela em relação a qualquer um dos eixos coordenados. Escrever a equação das bissectrizes dos quadrantes. Descobrir as relações entre as coordenadas de pontos simétricos relativamente ao eixo das abcissas, ao eixo das ordenadas, à origem do referencial e às bissectrizes dos quadrantes. Utilização de referenciais cartesianos em madeira e acrílico. Utilização do manual adoptado para resolução de exercícios na aula e como trabalho de casa. 4

5 Conjuntos de pontos e condições. Definir um conjunto de pontos do plano correspondente a uma dada condição e vice-versa. Representar geometricamente intersecção e a reunião de semi-planos. Distância entre dois pontos no plano. Determinar a distância entre dois pontos no plano. 1 Conjunto de pontos e condições: mediatriz, circunferência e círculo. Escrever a equação da mediatriz de um segmento de recta. Identificar geometricamente a equação da mediatriz de um segmento de recta. Escrever a condição que define a circunferência e o círculo. Referenciais cartesianos, ortogonais e monométricos no espaço; Correspondência entre o espaço e R. Escrever as coordenadas de pontos dos eixos coordenados. Escrever a equação de planos perpendiculares aos eixos coordenados. Escrever as coordenadas de um ponto no espaço. Descobrir as relações entre as coordenadas de pontos simétricos relativamente aos planos e aos eixos coordenados. Escrever as coordenadas de um ponto no espaço. 5

6 Descobrir as relações entre as coordenadas de pontos simétricos relativamente aos planos e aos eixos coordenados. Distância entre dois pontos no espaço. Conjunto de pontos e condições: plano mediador, superfície esférica e esfera. Vector livre no plano e no espaço. Determinar a distância entre dois pontos no espaço. Escrever uma equação do plano mediador de um segmento de recta. Identificar geometricamente o plano mediador de um segmento de recta. Escrever uma condição que define uma esfera e uma superfície esférica. Definir segmento orientado; vector livre no plano e no espaço. Identificar um vector como um ser matemático, caracterizado por uma direcção, um sentido e um comprimento. 1 1 Operações com vectores no plano e no espaço. Representar o vector soma de dois vectores do plano. Determinar o produto de um número real por um vector. 6

7 Operar com vectores. Identificar vectores colineares. Escrever as coordenadas de um ponto como soma das Coordenadas e componentes de um vector. coordenadas de outro ponto e das coordenadas de um vector. Determinar as componentes e coordenadas de um vector no plano e no espaço. Determinar a norma de um vector no plano e no espaço. Determinar as coordenadas do ponto médio de um segmento de recta conhecidas as coordenadas dos extremos. Instrumentos avaliação de 6 Total 9 7

8 Conteúdos Objectivos Específicos º Período Estratégias Aulas (Blocos) Equações de uma recta no plano e no Escrever a equação vectorial de uma recta no plano e no espaço: vectorial e reduzida. espaço. Escrever a equação reduzida de uma recta no plano. Determinar o declive de uma recta dados dois dos seus pontos. Saber interpretar a informação que se obtém com o declive de uma recta no plano. Resolver sistemas de duas equações. Resolver problemas Gráfico cartesiano de uma função em referencial ortogonal. Definição de função, gráfico e representação gráfica de uma função. Estudo intuitivo das propriedades de uma função. Definir uma função. Identificar uma função. Definir objecto e imagem. Fazer a distinção entre gráfico e representação gráfica de uma função. Analisar gráficos que descrevam situações da vida real. Identificar o domínio e contradomínio de uma função a partir do gráfico da mesma. 8

9 Identificar a partir do gráfico de uma função, se esta é crescente ou decrescente, em sentido lato ou estrito. Definir o intervalo de monotonia de uma função. Identificar a função constante. Definir extremos absolutos e relativos de uma função. Definir zeros de uma função. Identificar zeros de uma função no seu gráfico. Construir o quadro de sinal de uma função. Identificar os intervalos do domínio para os quais a função é positiva ou negativa. Definir função injectiva. Observar a injectividade no gráfico de uma função. Identificar o domínio e contradomínio de uma função a partir do gráfico da mesma. Identificar a paridade de uma função, recorrendo às simetrias em relação à origem do referencial e ao eixo dos yy. Identificar a partir do gráfico se uma dada função é contínua. Interpretar a monotonia e a continuidade de uma função. 9

10 Função afim. Definir por uma expressão analítica a função afim. Identificar uma função afim. Conhecer as designações de função linear e função constante como casos particulares de uma função afim. Obter gráficos de funções utilizando a calculadora gráfica. Indicar, a partir do gráfico, o domínio, contradomínio, zeros, monotonia, quadro de variação e quadro de sinal. Utilização do CBL e CBR. Análise de funções que envolvam a comunidade escolar. Resolução de fichas de trabalho e de apoio. Função módulo. Definir a função módulo. Representar geometricamente a função módulo. Estudar as funções definidas por f(x) = a bx + c + d. Realização de actividades de modelação. Trabalho em grupo. Resolver equações e inequações com modulo, usando métodos algébricos e/ou calculadora gráfica. 10

11 Função quadrática. Estudo da função f(x) = x : Domínio e contradomínio; Pontos notáveis; Monotonia; Vértices; Simetria em relação ao eixo dos yy; Limites nos ramos infinitos. Definir por uma expressão analítica a função quadrática. Interpretar gráficos de funções quadráticas. Identificar geometricamente as propriedades das funções quadráticas. Identificar os pontos notáveis de uma função quadrática geométrica e analiticamente. Estudo das várias funções da família y = ax (a 0). Estabelecer relações entre a variação do valor a e o comportamento da função y = ax. Estudo das funções da família y = a(x h) + k (a 0, k R). Resolução de inequações do º grau. Estudo dos zeros e do sinal do trinómio ax + bx + c. Investigar o comportamento de uma função do tipo y = a(x h) + k. Resolver graficamente problemas da vida real que envolvam funções afins, quadráticas e definidas por ramos. Resolver equações e inequações do º grau gráfica e analiticamente. 11

12 Operações com funções polinomiais: Estudo da função soma; Estudo da função diferença; Estudo da função produto; Estudo de funções polinomiais e polinómios com particular incidência nos graus e 4; Decomposição de um polinómio em factores por divisão de polinómios recorrendo ou não à regra de Ruffini; Identificar expressões que definam polinómios. Identificar o grau de um polinómio. Reduzir um polinómio. Operar algebricamente com polinómios. Definir função polinomial. Operar algébrica e graficamente com funções polinomiais. Utilizar o algoritmo da divisão inteira de polinómios. Determinar zeros ou raízes de um polinómio. Decompor um polinómio em factores. Utilizar a regra de Ruffini. Aplicar o teorema do resto. Estudo do gráfico de inequações envolvendo polinómios, com recurso à calculadora gráfica ou a partir de uma decomposição em factores, usando uma tabela de variação de Resolver gráfica e analiticamente inequações de grau superior ao segundo. Utilização do CBL e do CBR. Análise de dados que envolvam a comunidade sinais. escolar. 1

13 Resolução de problemas da vida real envolvendo funções polinomiais. Transformações simples de funções. Resolução de fichas de trabalho e de apoio. Realização de actividades de modelação. Trabalho em grupo. Revisões, avaliação e 6 correcção dos testes de avaliação sumativa. Relatórios e composições. Total 6 1

14 Conteúdos Objectivos Específicos º Período Estratégias Aulas (Blocos) Noções básicas de estatística. Conhecer o objecto da Estatística. 1 Objecto da Estatística. Conhecer o desenvolvimento histórico da Estatística. Evolução da Estatística. Interpretar e dar informações usando instrumentos estatísticos. Censo e sondagem. Distinguir censo de sondagem. Noções de população e amostra. Variáveis estatísticas. Identificar a população e a amostra num estudo estatístico. Reconhecer razões para utilizar uma amostra. Conhecer diferentes formas de definir uma amostra. Estatística Descritiva e Estatística Indutiva. Identificar variáveis qualitativas, quantitativas, discretas e contínuas. Análise gráfica de atributos qualitativos. Determinação da moda. Distinguir Estatística Descritiva de Estatística Indutiva. 0.5 Calcular percentagens e estimativas 14

15 Análise de atributos quantitativos: variável discreta e variável contínua. Dados agrupados em classes. Variável discreta: Tabelas de frequências (absolutas, relativas e relativas acumuladas); Gráficos de barras; Gráficos circulares e pictogramas; Função cumulativa. Variável contínua: Tabelas de frequências (absolutas, relativas e relativas acumuladas); Gráficos (histograma e polígono de frequências); Função cumulativa. Construir tabelas de frequências absolutas, de frequências relativas e de frequências relativas acumuladas para variáveis discretas. Construir gráficos circulares, pictogramas e gráficos de barras relativos a variáveis discretas. Interpretar informações dadas através de gráficos. Representar a função cumulativa de uma variável discreta. Utilizar a calculadora gráfica para construir gráficos e tabelas. Construir tabelas de frequências absolutas, de frequências relativas e de frequências relativas acumuladas para variáveis contínuas

16 Construir histogramas e polígonos de frequências. Representar a função cumulativa de uma variável contínua. Utilizar a calculadora gráfica para construir gráficos Medidas de localização de uma e tabelas. amostra: Moda; Média; Mediana; Calcular a média para dados não classificados e Quartis. dados classificados. Determinar a moda. Identificar a classe modal e representar geometricamente a moda. Calcular a mediana em dados simples e dados classificados. Diagrama de extremos e quartis. Utilizar a calculadora gráfica para determinar as medidas de localização de uma amostra. Determinar os quartis. 1.5 Medidas de dispersão de uma amostra: Construir o diagrama de extremos e quartis. Interpretar o significado das medidas de localização. 16

17 Amplitude; Variância; Desvio padrão; Amplitude interquartis. Discussão das limitações destes parâmetros estatísticos. Diagrama de dispersão: Dependência estatística; Ideia intuitiva de correlação; Exemplos gráficos de correlação positiva, negativa ou nula. Coeficiente de correlação e a sua variação em [ 1, 1]. Definição de centro de gravidade de um conjunto de pontos; sua interpretação física. Ideia intuitiva da recta de regressão; sua interpretação e limitações. Utilizar a calculadora gráfica na construção de diagramas de extremos e quartis. Determinar a amplitude. Calcular a variância e o desvio padrão. Utilizar a calculadora gráfica na determinação das medidas de dispersão. Discutir as limitações dos parâmetros estatísticos. Usar distribuições bidimensionais. Construir o diagrama de dispersão. Utilizar a calculadora gráfica na construção de diagramas de dispersão. Conhecer o significado de correlação. Determinar, com a utilização da calculadora, o coeficiente de correlação linear. Ter uma ideia intuitiva acerca da escala de correlação. Utilizar a correlação para modelar algumas funções

18 Representar a recta de regressão. Utilizar a calculadora gráfica para estudar distribuições bidimensionais. 6 Revisões, avaliação e correcção dos testes de avaliação sumativa. Relatórios e composições. Total 4 18

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS PLANIFICAÇÃO ANUAL. Ano letivo 2014 / 2015

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS PLANIFICAÇÃO ANUAL. Ano letivo 2014 / 2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA A 10º ANO Ano letivo 01 / 015 Gorete Branco, José Temporão, M.ª Arminda Machado, Paula Gomes, Teresa Clain GESTÃO DO TEMPO 1.º PERÍODO INICIO: 15 / 09 / 01 FIM: 16 /1 / 01

Leia mais

MATEMÁTICA B 10ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Módulo Inicial

MATEMÁTICA B 10ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Módulo Inicial ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA B 10ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Módulo Inicial Revisões de conceitos do 3º ciclo Efetuar cálculos com números reais utilizando valores exatos

Leia mais

TEMA TÓPICOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS AVALIAÇÃO. Reconhecer figuras semelhantes. Calcular perímetros, áreas e volumes. Saber operar com valores exatos

TEMA TÓPICOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS AVALIAÇÃO. Reconhecer figuras semelhantes. Calcular perímetros, áreas e volumes. Saber operar com valores exatos AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática A 10º ano Ano Letivo

Leia mais

Planificação a longo prazo

Planificação a longo prazo Planificação a longo prazo Temas específicos Pré-requisitos Aulas de 90 minutos previstas Temas transversais Recursos Módulo inicial Geometria no plano e no espaço Funções e gráficos. Funções polinomiais.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 8.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL 1. Representação, comparação e ordenação. Representar números racionais

Leia mais

Planificação do 2º Período

Planificação do 2º Período Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro Planificação do 2º Período Disciplina: Matemática A Grupo: 500 Ano: 10º Número de blocos de 45 minutos previstos: 0 Ano

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA. MATEMÁTICA B Curso de Artes Visuais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA. MATEMÁTICA B Curso de Artes Visuais Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA MATEMÁTICA B Curso de Artes Visuais ANO LECTIVO: 2015/2016 11º ANO 1º PERÍODO PLANIFICAÇÃO

Leia mais

8º Ano Planificação Matemática 14/15

8º Ano Planificação Matemática 14/15 8º Ano Planificação Matemática 14/15 Escola Básica Integrada de Fragoso 8º Ano Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números e Operações Geometria e medida Dízimas finitas e infinitas periódicas

Leia mais

Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Escola Básica Tecnopolis

Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Escola Básica Tecnopolis Teorema de Pitágoras- Unidade 2 1.ºP Tema Calendarização Domínio N.º de aulas de 45 minutos Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Escola Básica Tecnopolis Planificação Curricular a Longo Prazo Matemática

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RAINHA D. LEONOR ESCOLA BÁSICA 2/3 EUGÉNIO DOS SANTOS Matemática Conteúdos 8ºAno de Escolaridade Ano Letivo 2013/14

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RAINHA D. LEONOR ESCOLA BÁSICA 2/3 EUGÉNIO DOS SANTOS Matemática Conteúdos 8ºAno de Escolaridade Ano Letivo 2013/14 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RAINHA D. LEONOR ESCOLA BÁSICA 2/3 EUGÉNIO DOS SANTOS Matemática Conteúdos 8ºAno de Escolaridade Ano Letivo 2013/14 DOMÍNIO: NÚMEROS E OPERAÇÕES SUB-DOMÍNIO: NÚMEROS REAIS Números

Leia mais

Planificação de Unidade TEMA II Introdução ao Cálculo Diferencial I. Funções Racionais. Taxa de Variação e Derivada.

Planificação de Unidade TEMA II Introdução ao Cálculo Diferencial I. Funções Racionais. Taxa de Variação e Derivada. Planificação Unida TEMA II Introdução ao Cálculo Diferencial I. Funções Racionais. Taxa Variação e Derivada. Conteúdos Objectivos Específicos Pré-Requisitos Avaliação Aulas Recursos - Estudo intuitivo

Leia mais

TEXTO DE APOIO - MATEMÁTICAS GERAIS

TEXTO DE APOIO - MATEMÁTICAS GERAIS TEXTO DE APOIO - MATEMÁTICAS GERAIS Matemática A - 10.º Ano Geometria I e Funções I de Maria Augusta Ferreira Neves, Luís Guerreiro, António Leite, Armando Neves Editora: Porto Editora ISBN-13: 978-972-0-42061-

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA-Ensino Médio Componente Curricular: Matemática

MATRIZ DE REFERÊNCIA-Ensino Médio Componente Curricular: Matemática MATRIZ DE REFERÊNCIA-Ensino Médio Componente Curricular: Matemática Conteúdos I - Conjuntos:. Representação e relação de pertinência;. Tipos de conjuntos;. Subconjuntos;. Inclusão;. Operações com conjuntos;.

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 5.º ANO DE MATEMÁTICA 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de conhecer e aplicar propriedades dos divisores e efetuar operações com números racionais

Leia mais

Planificação Anual de Matemática 5º Ano

Planificação Anual de Matemática 5º Ano Planificação Anual de Matemática 5º Ano DOMÍNI OS CONTEÚDOS METAS AULA S Números naturais Compreender as propriedades e regras das operações e usá-las no cálculo. Propriedades das operações e regras operatórias:

Leia mais

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação. Avaliação diagnóstica. Observação e registo das atitudes dos alunos

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação. Avaliação diagnóstica. Observação e registo das atitudes dos alunos Escola E.B. 2.3 Pedro Santarém Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividas Recursos Avaliação Preparar e organizar o trabalho a realizar com os alunos Distinguir número inteiro número fraccionário. Reconhecer

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO DE ESCOLARIDADE 10.º DISCIPLINA: Matemática A

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO DE ESCOLARIDADE 10.º DISCIPLINA: Matemática A PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO DE ESCOLARIDADE 10.º DISCIPLINA: Matemática A Ano lectivo: 2008/09 Prof. António Calaxa, Aparecida Santos e Silvéria Sabugueiro Objectivos Gerais/Competências Conteúdos Avaliação*

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Escola Secundária de Castro Daire

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Escola Secundária de Castro Daire 3º Período 2º Período º Período AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Escola Secundária de Castro Daire Grupo de Recrutamento 500 MATEMÁTICA Ano lectivo 202/203 Planificação Anual Disciplina: Matemática

Leia mais

E. S. JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROISMO. Conteúdo Programáticos / Matemática e a Realidade. Curso de Nível III Técnico de Laboratório

E. S. JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROISMO. Conteúdo Programáticos / Matemática e a Realidade. Curso de Nível III Técnico de Laboratório E. S. JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROISMO Curso de Nível III Técnico de Laboratório Técnico Administrativo PROFIJ Conteúdo Programáticos / Matemática e a Realidade 2º Ano Ano Lectivo de 2008/2009

Leia mais

Rever e aprofundar conhecimentos de geometria no Plano e no Espaço. Resolver problemas de Geometria Plana e no Espaço.

Rever e aprofundar conhecimentos de geometria no Plano e no Espaço. Resolver problemas de Geometria Plana e no Espaço. Temas/Conteúdos Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva Departamento de Ciências Exactas e da Natureza e Tecnologias Grupo Disciplinar: Matemática Código: 500 Ano Lectivo 2008/09 Planificação

Leia mais

Percursos temáticos de aprendizagem

Percursos temáticos de aprendizagem Novo Programa de Matemática - 1.º, 2.º e 3.º Ciclos Percursos temáticos de aprendizagem Os percursos temáticos de aprendizagem que se apresentam constituem possíveis sequências para o desenvolvimento do

Leia mais

Percursos temáticos de aprendizagem

Percursos temáticos de aprendizagem Novo Programa de Matemática - 1.º, 2.º e 3.º Ciclos Percursos temáticos de aprendizagem Os percursos temáticos de aprendizagem que se apresentam constituem possíveis sequências para o desenvolvimento do

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ENSINO RECORRENTE DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS CURSO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS DISCIPLINA : MATEMÁTICA A ANO: 10.º - CONJUNTO DOS MÓDULOS 1-2-3 DURAÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Matemática Trimestre: 1º 1- Função exponencial Propriedades de potenciação Equações exponenciais Função exponencial Condição de existência: Domínio Inequações exponenciais 2 - Logaritmos Definição

Leia mais

Planificação anual de Matemática A 11º ano

Planificação anual de Matemática A 11º ano Planificação anual de Matemática A 11º ano Ano Letivo 2015/201 OBJETIVOS GERAIS A VALORES/ATITUDES A 1 Desenvolver a autonomia e a solidariedade; A 2 Desenvolver o espírito de tolerância e cooperação;

Leia mais

Eixo Temático ITema 1: Conjuntos Numéricos. Números e Operações

Eixo Temático ITema 1: Conjuntos Numéricos. Números e Operações Eixo Temático ITema 1: Conjuntos Numéricos Números e Operações 1. Conjunto dos números naturais 2. Conjunto dos números inteiros 1.0. Conceitos 3 1.1. Operar com os números naturais: adicionar, multiplicar,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação (Matemática) 3º Ciclo - 8.º Ano de Escolaridade Despacho

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual

Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual MATEMÁTICA 10º ANO (CURSO PROFISSIONAL) ANO LETIVO 201/2014 Módulo I: Estatística Nº de Aulas Previstas (90 m): 18 Conteúdos Objetivos Estratégias/

Leia mais

MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007, DE 29 DE OUTUBRO

MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007, DE 29 DE OUTUBRO MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007, DE 29 DE OUTUBRO (Duração: 90 minutos + 30 minutos de tolerância) MATEMÁTICA A 11º+12º ANO (Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação CENTRO EDUCACIONAL LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Trimestre:

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL RELAÇÃO

Leia mais

Disciplina: MATEMÁTICA Trimestre: 1º Professora: Ana Eudóxia Alux Bessa Série: 8º Turma: 81,82,83 e 84

Disciplina: MATEMÁTICA Trimestre: 1º Professora: Ana Eudóxia Alux Bessa Série: 8º Turma: 81,82,83 e 84 COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: MATEMÁTICA Trimestre: 1º Professora: Ana Eudóxia Alux Bessa Série:

Leia mais

Medidas de Localização

Medidas de Localização MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS RESUMO Estatística 2 Medidas de Localização e Dispersão 10º ano Cláudia Henriques Medidas de Localização Estatísticas Medidas que se calculam a partir dos dados

Leia mais

Conteúdo do Exame de Admissão para o 1º Ano do Ensino Médio

Conteúdo do Exame de Admissão para o 1º Ano do Ensino Médio Conteúdo do Exame de Admissão para o 1º Ano do Ensino Médio MATEMÀTICA 1) NÚMEROS E OPERAÇÕES Identificação de um número irracional como um número de representação decimal infinita, e não periódica, e

Leia mais

SUMÁRIO. 1. REVISÃO DE GINÁSIO Critérios de divisibilidade. 2. CONJUNTOS Introdução. Operações de conjuntos. Conjuntos numéricos

SUMÁRIO. 1. REVISÃO DE GINÁSIO Critérios de divisibilidade. 2. CONJUNTOS Introdução. Operações de conjuntos. Conjuntos numéricos SUMÁRIO 1. REVISÃO DE GINÁSIO Critérios de divisibilidade Reconhecimento de número primo Decomposição em fatores primos Aplicação Potência Expressão numérica 2. CONJUNTOS Introdução Representação de um

Leia mais

GEOMETRIA DESCRITIVA A (Bloco I)

GEOMETRIA DESCRITIVA A (Bloco I) ACTIVIDADES LECTIVAS 1º Período 2º Período 3º Período para o ano lectivo Apresentação 2 ----- ----- 2 x 45 minutos Avaliação 3 Testes 3 Testes 2 Testes 16 x 45 minutos Auto-avaliação 2 2 2 6 x 45 minutos

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 MATEMÁTICA DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

Planificação Anual Departamento 1.º Ciclo

Planificação Anual Departamento 1.º Ciclo Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento 1.º Ciclo Ano 3º Ano letivo 2013.2014 Disciplina: Matemática Turmas: 3º ano Professores: todos os docentes do 3º

Leia mais

1º ano. Unidade 1: Conjuntos Numéricos. Unidade 2: Expressões Algébricas. Capítulo 9 - Itens: 2, 3 (2º ano) Unidade 3: Equações

1º ano. Unidade 1: Conjuntos Numéricos. Unidade 2: Expressões Algébricas. Capítulo 9 - Itens: 2, 3 (2º ano) Unidade 3: Equações 1º ano Unidade 1: Conjuntos Numéricos Expressão Numérica Unidade 2: Expressões Algébricas Classificação Valor numérico Monômios e polinômios Produtos notáveis Fatoração Equação do 1º grau (inteiras e fracionadas)

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMNTO D SCOLAS DR. VIIRA D CARVALHO scola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências xperimentais Planificação Anual de Matemática A 12º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas

Escola Básica e Secundária de Velas Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual do 12º Ano Matemática A Ano letivo 2013 /2014 1º Período 2º Período 3º Período Nº DE BLOCOS PREVISTOS 39 37(32) 20 Apresentação 0,5 1º Período 2º

Leia mais

Universidade dos Açores Curso de Especialização Tecnológica Gestão da Qualidade Matemática

Universidade dos Açores Curso de Especialização Tecnológica Gestão da Qualidade Matemática Universidade dos Açores Curso de Especialização Tecnológica Gestão da Qualidade Matemática Sinopse: Nesta disciplina são abordados conceitos básicos da teoria dos erros, funções e gráficos, derivadas,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS, AGUALVA SINTRA

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS, AGUALVA SINTRA ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS, AGUALVA SINTRA ENSINO RECORRENTE DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS CURSO DE ARTES VISUAIS DEPARTAMENTO: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DISCIPLINA : MATEMÁTICA

Leia mais

Preparação para o teste intermédio de Matemática 8º ano

Preparação para o teste intermédio de Matemática 8º ano Preparação para o teste intermédio de Matemática 8º ano Conteúdos do 7º ano Conteúdos do 8º ano 1 Conjuntos numéricos 6 9-1 -4 IN 1 4 IN - Conjunto dos números Naturais IN = {1;;3;4;5;6 } Z - Conjunto

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA PLANIFICAÇÃO ANUAL Matemática Aplicada às Ciências Sociais Ensino Regular Curso Geral de Ciências Sociais e Humanas 11º ANO Ano Letivo 2014 / 2015 PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO

Leia mais

Matemática Básica Intervalos

Matemática Básica Intervalos Matemática Básica Intervalos 03 1. Intervalos Intervalos são conjuntos infinitos de números reais. Geometricamente correspondem a segmentos de reta sobre um eixo coordenado. Por exemplo, dados dois números

Leia mais

Tema 0: Módulo Inicial Nº de Aulas Previstas (90 m): 18

Tema 0: Módulo Inicial Nº de Aulas Previstas (90 m): 18 Planificação Anual Matemática A 0º Ano Ano Lectivo 0/0 Tema 0: Módulo Inicial Nº de Aulas Previstas (90 m): 8 (BLOCOS DE 90M) Revelar espírito crítico, de rigor e confiança nos seus raciocínios. Abordar

Leia mais

PLANEJAMENTO 2016. Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental Prof.: Rafael

PLANEJAMENTO 2016. Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental Prof.: Rafael Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental Prof.: Rafael 1ª UNIDADE II ) Compreensão de fenômenos Contagem 1. Números pra quê? 2. Sistemas de numeração 3. O conjunto dos números naturais

Leia mais

Sumário 1. PROBLEMAS DE RACIOCÍNIO INTUITIVO ESPACIAL, NUMÉRICO E VERBAL...1 2. PROBLEMAS DE ARGUMENTAÇÃO LÓGICA INTUITIVA...55

Sumário 1. PROBLEMAS DE RACIOCÍNIO INTUITIVO ESPACIAL, NUMÉRICO E VERBAL...1 2. PROBLEMAS DE ARGUMENTAÇÃO LÓGICA INTUITIVA...55 IX Sumário 1. PROBLEMAS DE RACIOCÍNIO INTUITIVO ESPACIAL, NUMÉRICO E VERBAL...1 Solução dos exercícios... 29 2. PROBLEMAS DE ARGUMENTAÇÃO LÓGICA INTUITIVA...55 Solução dos exercícios... 64 3. conjuntos...77

Leia mais

Aula de Matemática. Semana do período zero Turma 2 28/03/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP

Aula de Matemática. Semana do período zero Turma 2 28/03/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP Aula de Matemática Semana do período zero Turma 2 28/03/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP Cursinho TRIU -Matemática Ementa Geometria plana Congruência de figuras

Leia mais

Os dados quantitativos também podem ser de natureza discreta ou contínua.

Os dados quantitativos também podem ser de natureza discreta ou contínua. Natureza dos Dados Às informações obtidas acerca das características de um conjunto dá-se o nome de dado estatístico. Os dados estatísticos podem ser de dois tipos: qualitativos ou quantitativos. Dado

Leia mais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos 1 Seja um número real. Considere, num referencial o.n., a reta e o plano definidos, respetivamente, por e Sabe-se

Leia mais

- As letras e do alfabeto grego.

- As letras e do alfabeto grego. 7.º ano Domínio NO7 Números racionais Conteúdos 18 tempos GM7 66 tempos - Simétrico da soma e da diferença de racionais; - Extensão da multiplicação a todos os racionais; - Extensão da divisão ao caso

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 1º BIMESTRE DA DISCIPLINA

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 1º BIMESTRE DA DISCIPLINA COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 Professor MARISTELA Disciplina: MATEMÁTICA Turma: 1º ANO 1º BIMESTRE S Grandezas e medidas,

Leia mais

CONTEÚDOS PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL AGOSTO / 2016 MATEMÁTICA

CONTEÚDOS PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL AGOSTO / 2016 MATEMÁTICA CONTEÚDOS PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL AGOSTO / 2016 ANO: 6º A e B Prof: Zezinho e Admir MATEMÁTICA PROGRAMA II DATA DA PROVA: 09 / 08 / 2016 HORÁRIO: 14h GRUPO 2 - ORIGEM E EVOLUÇÃO CAPÍTULO

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 1.º Matemática PROGRAMA-A ANO: 10º ANO LECTIVO : 2008 /2009 p.

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 1.º Matemática PROGRAMA-A ANO: 10º ANO LECTIVO : 2008 /2009 p. ANO: 10º ANO LECTIVO : 2008 /2009 p.1/9 CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Nº. AULAS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO Módulo Inicial Geometria e Números Reais. - Função afim, Equações e inequações do 1º.

Leia mais

No Edital nº 06/2014-Reitoria/IFRN, na alínea d do item 6.1, onde

No Edital nº 06/2014-Reitoria/IFRN, na alínea d do item 6.1, onde INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE RETIFICAÇÃO Nº 03 DO EDITAL Nº 06/2014-REITORIA/IFRN CONCURSO PÚBLICO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO se lê: No Edital nº 06/2014-Reitoria/IFRN,

Leia mais

Grupo de planificação: Alexandrina Gonçalves, Alda Ferreira, Graça Campos, José Milheiro, Paulo Sousa, Ana Rosa

Grupo de planificação: Alexandrina Gonçalves, Alda Ferreira, Graça Campos, José Milheiro, Paulo Sousa, Ana Rosa Planificação a médio e longo prazo Matemática A 12º Ano de escolaridade. Total de aulas previstas 222 Ano letivo 2015/2016 Grupo de planificação Aleandrina Gonçalves, Alda Ferreira, Graça Campos, José

Leia mais

PLANO DE CURSO REFERENCIAL MATEMÁTICA/GESTAR 7ª SÉRIE (8º ANO)

PLANO DE CURSO REFERENCIAL MATEMÁTICA/GESTAR 7ª SÉRIE (8º ANO) PLANO DE CURSO REFERENCIAL MATEMÁTICA/GESTAR 7ª SÉRIE (8º Processo Avaliativo Unidade Didática Competências e Habilidades Conhecimento/Conteúdo Transversalidade/ Diálogos Possíveis Metodologia Forma e

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL ANASTÁCIA KRUK - ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO

COLÉGIO ESTADUAL ANASTÁCIA KRUK - ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO COLÉGIO ESTADUAL ANASTÁCIA KRUK - ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD E PLANEJAMENTO 2011 DISCIPLINA: MATEMÁTICA PROFESSOR EVANDRO ORTIZ DA SILVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD 2011 PROFESSOR:

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS NÍVEIS DA ESCALA DE DESEMPENHO DE MATEMÁTICA SAEB

DESCRIÇÃO DOS NÍVEIS DA ESCALA DE DESEMPENHO DE MATEMÁTICA SAEB DESCRIÇÃO DOS NÍVEIS DA ESCALA DE DESEMPENHO DE MATEMÁTICA SAEB 5º e 9º. Ano do Ensino Fundamental (continua) e exemplos de competência Nível 0 - abaixo de 125 A Prova Brasil não utilizou itens que avaliam

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DEPARTAMENTO: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS ÁREA DISCIPLINAR: MATEMÁTICA DISCIPLINA: MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DEPARTAMENTO: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS ÁREA DISCIPLINAR: MATEMÁTICA DISCIPLINA: MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL DEPARTAMENTO: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS ÁREA DISCIPLINAR: 500 - MATEMÁTICA DISCIPLINA: MATEMÁTICA CURSO PROFISSIONAL: Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos

Leia mais

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática Oficina de Matemática tica 3º ano EM Objetivo Análise, interpretação e utilização dos resultados do SAEPE para promoção da equidade e melhoria da qualidade da educação dos estudantes pernambucanos. Prof

Leia mais

ORIENTAÇÕES CURRICULARES 7º ANO MATEMÁTICA

ORIENTAÇÕES CURRICULARES 7º ANO MATEMÁTICA ORIENTAÇÕES CURRICULARES 7º ANO MATEMÁTICA Objetivos Conteúdos Habilidades Reconhecer números inteiros, e as diferentes formas de representá-los e relacioná-los, apropriando-se deles. Números inteiros:

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L 1 º A N O

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L 1 º A N O P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L 1 º A N O DEPARTAMENTO: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS ÁREA DISCIPLINAR: Matemática DISCIPLINA: Matemática CURSO PROFISSIONALTécnico de Gestão ANO: 1º - ANO LETIVO:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS De CASTRO DAIRE Escola Secundária de Castro Daire Grupo de Recrutamento 00 MATEMÁTICA Ano letivo 202/203 Planificação Anual Disciplina: Matemática A Ano: 0º Carga horária semanal:

Leia mais

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO Matemática

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO Matemática PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL CENFOP Centro de Formação Pedagógica PROPOSTA CURRICULAR PARA

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas Engenheiro Nuno Mergulhão

Agrupamento Vertical de Escolas Engenheiro Nuno Mergulhão 2013/1 16/09/2013 1 1:30-15:15 _Apresentação do professor e dos alunos. _Definição de normas de funcionamento das aulas. _Material necessário. _Programa anual da disciplina. _Apresentação dos Critérios

Leia mais

Matriz de Referência de Matemática da 3ª série do Ensino Médio Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens

Matriz de Referência de Matemática da 3ª série do Ensino Médio Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Matriz de Referência de Matemática da ª série do Ensino Médio Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens TEMA I ESPAÇO E FORMA Os conceitos geométricos constituem parte importante

Leia mais

Informação n.º 27.12. Data: 2012.01.05 (Republicação) Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com 3.

Informação n.º 27.12. Data: 2012.01.05 (Republicação) Para: Inspeção-Geral de Educação. Direções Regionais de Educação. Escolas com 3. Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 92 2012 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro Para: Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspeção-Geral de Educação

Leia mais

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A.

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A. Teste Intermédio de Matemática A Versão 1 Teste Intermédio Matemática A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 7.01.011 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março Na sua folha de respostas,

Leia mais

Escola Básica Integrada Canto da Maia

Escola Básica Integrada Canto da Maia Escola Básica Integrada Canto da Maia Ano Letivo 2014/2015 Matriz da Prova de Exame a Nível de Escola Matemática 2º Ciclo MODALIDADE: Exame escrito. ESTRUTURA DA PROVA: A prova é constituída por dois cadernos

Leia mais

Processo Seletivo 2016. Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental

Processo Seletivo 2016. Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Avaliação do Desenvolvimento e Desempenho da Criança nos aspectos cognitivo, afetivo, socialização e psicomotor, através de atividades compatíveis com

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: GEOMETRIA Período: Anual Professor: JOÃO MARTINS Série e segmento: 9º ANO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE vários campos da matemática**r - Reconhecer que razão

Leia mais

Prova Escrita de MATEMÁTICA A - 12o Ano 2015-2 a Fase

Prova Escrita de MATEMÁTICA A - 12o Ano 2015-2 a Fase Prova Escrita de MATEMÁTICA A - o Ano 205-2 a Fase Proposta de resolução GRUPO I. O valor médio da variável aleatória X é: µ a + 2 2a + 0, Como, numa distribuição de probabilidades de uma variável aleatória,

Leia mais

ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS

ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 1.0 Conceitos A estatística descritiva tem o objetivo de organizar, resumir e apresentar de forma adequada os dados, para que estes se tornem informativos. A análise exploratória

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO Simplif icado

RACIOCÍNIO LÓGICO Simplif icado Sérgio Carvalho Weber Campos RACIOCÍNIO LÓGICO Simplif icado Volume 21 2ª edição Revista, atualizada e ampliada Inclui Gráficos, tabelas e outros elementos visuais para melhor aprendizado Exercícios resolvidos

Leia mais

Plano de Ensino PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA APLICADA À ENGENHARIA - CCE0292

Plano de Ensino PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA APLICADA À ENGENHARIA - CCE0292 Plano de Ensino PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA APLICADA À ENGENHARIA - CCE0292 Título PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA APLICADA À ENGENHARIA Código da disciplina SIA CCE0292 16 Número de semanas de aula 4 Número

Leia mais

Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014

Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 ABEU COLÉGIOS Disciplina: Matemática Série: 1 ano / Fundamental I (Bimestres) 1 Caderno 1 Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 Módulos Primeiras Noções - Comparação de tamanhos - Noções de

Leia mais

Plano de Curso. Matemática Ensino Fundamental. Fase final ( 6º a 9º ano )

Plano de Curso. Matemática Ensino Fundamental. Fase final ( 6º a 9º ano ) Plano de Curso Matemática Ensino Fundamental Fase final ( 6º a 9º ano ) 2012 2 APRESENTAÇÃO Caro(a) professor(a), (...) Protege-me das incursões obrigatórias que sufocam o prazer da descoberta e com o

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 11º Ano de Matemática A Tema II Introdução ao Cálculo Diferencial I Funções Racionais e com Radicais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 11º Ano de Matemática A Tema II Introdução ao Cálculo Diferencial I Funções Racionais e com Radicais Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 11º Ano de Matemática A Tema II Introdução ao Cálculo Diferencial I Funções Racionais e com Radicais Taxa de Variação e Derivada TPC nº 6 (entregar no dia 14 01

Leia mais

PLANO DE ENSINO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Unidade 1: MEDIDAS E GRANDEZAS. 1.1.- Introdução. 1.2.- Padrões usados para avaliar grandezas físicas

PLANO DE ENSINO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Unidade 1: MEDIDAS E GRANDEZAS. 1.1.- Introdução. 1.2.- Padrões usados para avaliar grandezas físicas PLANO DE ENSINO FACULDADE: CIÊNCIAS DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA CURSO: FARMÁCIA Período: 2º DISCIPLINA: MATEMÁTICA E BIOESTATÍSTICA Ano: 2015 CARGA HORÁRIA: 40 H PRÉ-REQUISITO: - SEMANAL: 02 T TOTAL: 02 AULAS

Leia mais

PLANO DE AULA I. Escrito por Eliani Pereira de Souza Nascimento. Supervisionado por Rosana Silva Bonfim

PLANO DE AULA I. Escrito por Eliani Pereira de Souza Nascimento. Supervisionado por Rosana Silva Bonfim PLANO DE AULA I Escrito por Eliani Pereira de Souza Nascimento Funções no Geogebra 1 º Série do Ensino Médio (Matemática) Compreender a construção do gráfico de funções de 1o - grau, sabendo caracterizar

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1º BIMESTRE 1-Conjuntos numéricos, regularidades numéricas e/ou geométricas ( conjuntos numéricos; seqüências numéricas e/ou geométricas; termo geral

Leia mais

Programa de Matemática 2º ano

Programa de Matemática 2º ano Programa de Matemática 2º ano Introdução: A Matemática é uma das ciências mais antigas e é igualmente das mais antigas disciplinas escolares, tendo sempre ocupado, ao longo dos tempos, um lugar de relevo

Leia mais

CURRICULO DE MATEMÁTICA

CURRICULO DE MATEMÁTICA CURRICULO DE MATEMÁTICA Esta grade curricular é baseada nos objetivos do sistema UNOi, nas habilidades da matriz ENEM e nas diretrizes do SARESP. 1 MATEMÁTICA 6ºANO 6ºano MOD. CONTEÚDO OBJETIVO HABILIDADES

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO Este Anexo integra o Edital Nº 40/2007, que disciplina o Concurso Público destinado ao provimento

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS

CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática 5º Ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 MATEMÁTICA- 3º ANO. Calendarização Domínio/ Subdomínio Objetivos gerais Descritores de desempenho Números e Operações

PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 MATEMÁTICA- 3º ANO. Calendarização Domínio/ Subdomínio Objetivos gerais Descritores de desempenho Números e Operações PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 MATEMÁTICA- 3º ANO Calendarização Domínio/ Subdomínio Objetivos gerais Descritores de desempenho Números e Operações Conhecer os números Números naturais ordinais 1.Utilizar

Leia mais

Escola Secundária com 3º CEB de Lousada. Ficha de Trabalho de Matemática do 8º ano N.º 29 Assunto: Estatística

Escola Secundária com 3º CEB de Lousada. Ficha de Trabalho de Matemática do 8º ano N.º 29 Assunto: Estatística Escola Secundária com 3º CEB de Lousada Ficha de Trabalho de Matemática do 8º ano N.º 29 Assunto: Estatística Lições nº e Data /05/2011 Estatística A Estatística é um ramo da Matemática que tem por objectivo:

Leia mais

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano Escola Secundária/ da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática no Lectivo 00/0 Geometria - Revisões º no Nome: Nº: Turma: região do espaço definida, num referencial ortonormado, por + + = é: [] a circunferência

Leia mais

Matemática 10º ANO. Curso Profissional de Técnico de Informática - Sistemas. Cursos Profissionais. Planificação Anual 2017/2018

Matemática 10º ANO. Curso Profissional de Técnico de Informática - Sistemas. Cursos Profissionais. Planificação Anual 2017/2018 Planificação Anual 2017/2018 Curso Profissional de Técnico de Informática - Sistemas Matemática 10º ANO Professora: Isaura Marques Leal 1 MÓDULO 1 - Geometria 48 aulas de 45 = 36h Data Início/Final: 13

Leia mais

Prova Escrita de MATEMÁTICA A - 12o Ano 2015 - Época especial

Prova Escrita de MATEMÁTICA A - 12o Ano 2015 - Época especial Prova Escrita de MATEMÁTICA A - 1o Ano 015 - Época especial Proposta de resolução GRUPO I 1. Como P A B = P A + P B P A B, substituindo os valores conhecidos, podemos calcular P A: 0,7 = P A + 0,4 0, 0,7

Leia mais

Universidade Lusíada (Vila Nova de Famalicão) MATEMÁTICA. Regente da unidade curricular: Manuel Arménio Almeida (Eng. Civil )

Universidade Lusíada (Vila Nova de Famalicão) MATEMÁTICA. Regente da unidade curricular: Manuel Arménio Almeida (Eng. Civil ) Universidade Lusíada (Vila Nova de Famalicão) Faculdade de Arquitectura e Artes Licenciatura em Arquitectura MATEMÁTICA Regente da unidade curricular: Manuel Arménio Almeida (Eng. Civil ) Unidade curricular

Leia mais

Depois de estudares bem a matéria leccionada, resolve:

Depois de estudares bem a matéria leccionada, resolve: Escola Secundária com 3ºCEB de Lousada Ficha de Trabalho de Matemática do 8º ano - nº Data / / 010 Assunto: Preparação para a ficha de avaliação de Matemática Lições nº,, Apresentação dos Conteúdos e Objectivos

Leia mais

Escola Secundária com 3º CEB de Lousada. Ficha de Trabalho de Matemática do 7º ano - Nº 24

Escola Secundária com 3º CEB de Lousada. Ficha de Trabalho de Matemática do 7º ano - Nº 24 Escola Secundária com º CEB de Lousada Ficha de Trabalho de Matemática do 7º ano - Nº Assunto: Objectivos para o teste de de Março/ Ficha de preparação para o teste Lições nº e Data / 0/ 00 Conteúdos para

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE C.E. ATTÍLIO FONTANA 1º BIMESTRE JUSTIFICATIVA

PLANO DE TRABALHO DOCENTE C.E. ATTÍLIO FONTANA 1º BIMESTRE JUSTIFICATIVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE C.E. ATTÍLIO FONTANA Professora: Andréia Bamberg Vieira Disciplina: Matemática AnO7 H Período: Vespertino 1º BIMESTRE NÚMEROS E ÁLGEBRA - Números Naturais: - A sequência dos números

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase Curso 1503 - Licenciatura em Matemática Ênfase Identificação Disciplina 0006308A - Fundamentos de Matemática Elementar Docente(s) Ivete Maria Baraldi Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento

Leia mais

Análise de Regressão. Notas de Aula

Análise de Regressão. Notas de Aula Análise de Regressão Notas de Aula 2 Modelos de Regressão Modelos de regressão são modelos matemáticos que relacionam o comportamento de uma variável Y com outra X. Quando a função f que relaciona duas

Leia mais