PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES PARA UM ESCRITÓRIO DE PROCESSOS: PRODUTOS, ESTRUTURA E FERRAMENTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES PARA UM ESCRITÓRIO DE PROCESSOS: PRODUTOS, ESTRUTURA E FERRAMENTAS"

Transcrição

1 PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES PARA UM ESCRITÓRIO DE PROCESSOS: PRODUTOS, ESTRUTURA E FERRAMENTAS Flavio Augusto Buge Zucateli (IFES ) Bruno Gomes Correa (IFES ) Felipe Zanellato Coelho (IFES ) lucas marchesi groberio (IFES ) Lucas Bissoli Garcia (IFES ) Em função da crescente complexidade e abrangência dos processos nas organizações, e a frequência com que a modelagem, melhoria, implantação, integração e coordenação de processos têm acontecido, muitas vezes de forma isolada, é cada vez maiior a necessidade de que as empresas e instituições se estruturem para gerenciar seus processos. Nessa perspectiva este artigo tem como objetivo responder como as organizações estão estruturadas para a gestão de seus processos, as principais atribuições, ferramentas e quais os produtos de um escritório de processos. Para isso criou-se um questionário semiestruturado que foi aplicado em 20 empresas de diferentes segmentos. Com isso foi detectado que as empresas estudadas não apresentam uma estrutura centralizada de processos, sendo que a gestão desses processos é feita pelas próprias áreas funcionais, áreas essas correspondente a cada processo em particular, portanto, a utilização de ferramentas para a Gestão de Processos se remete a gestão da qualidade e a tecnologia da informação e comunicação em todos os casos estudados. Palavras-chaves: Processos de Negócios; Escritório de Processos; Gestão de Processos.

2 1. Introdução Modelos de processos de negócios estão se tornando disponíveis em grande número devido à sua utilização generalizada em muitas aplicações industriais, como as empresas e projetos de engenharia de qualidade (La Rosa, 2011). Em função da crescente complexidade e abrangência dos processos nas organizações, e a frequência com que a modelagem, melhoria, implantação, integração e coordenação de processos têm acontecido, muitas vezes de forma isolada, é cada vez maior a necessidade de que as empresas e instituições se estruturem para gerenciar seus processos (PAIM; 2007). Como solução para suprir a crescente demanda por serviços de gerenciamento de processos, muitas organizações estão investindo na estruturação e criação de departamentos com função afim, segundo a ELO Group (2004), de institucionalizar a gestão dos processos e/ou dos projetos tornando-as, de forma efetiva, parte do cotidiano das tarefas e, ainda, da cultura da organização. Nessa perspectiva este artigo tem como objetivo responder como as organizações estão estruturadas para a gestão de seus processos, as principais atribuições, ferramentas e quais os produtos de um escritório de processos. Para isso criou-se um questionário semiestruturado que foi aplicado em 20 empresas de diferentes segmentos. Inicialmente foi identificado se existe uma estrutura de apoio centralizada e como está formalizada, em seguida, foi proposto um conjunto de atribuições dos escritórios de processos para identificar quais delas tem maior importância no processo global, a partir daí analisou-se quais ferramentas são utilizadas para o suporte da gestão de processos e como saída, foi identificado quais os produtos estão dentro do escopo do escritório de processos. 2. Metodologia Foi aplicado um questionário semiestruturado em 20 empresas de diferentes segmentos de mercado, e as informações obtidas foram tabuladas para posterior análise. Cada etapa do questionário apresentou um bloco de perguntas específicas para atingir cada objetivo proposto, que foi dividido em quatro grupos: 1 Quanto à Estrutura dos escritórios; 2

3 2 Quanto às atribuições; 3 Quanto às Ferramentas utilizadas; 4 Quanto às Interfaces e produtos obtidos de cada processo; Para identificar se às empresas possuem uma estrutura centralizada para formalização de processos e como estes funcionam, foram realizadas perguntas relacionadas à existência de um centro de referência para desenvolvimento de processos e como está organizado. Com base nas atribuições de Paim (2007), expressas na figura abaixo, foi possível propor alternativas para análise, a fim de, verificar a relevância das tarefas realizadas pelo escritório de processos e sua contribuição para o processo global da empresa. Figura 1 - Diagrama de Objetivos do Escritório de Processos Concebido Fonte: Paim et al. (2008) Para avaliação deste item foi feita uma análise estatística de frequência através de uma planilha eletrônica para ter como fim o atributo de maior relevância, da mesma forma as análises foram feitas para as ferramentas utilizadas para gestão de processos. Como forma de investigação dos produtos obtidos em um escritório de processos buscaram-se meios para 3

4 definir quais deles estão no escopo de processos e se estes são mensurados e proporcionam ganhos reais de otimização de recursos. 3. Referencial Teórico Um processo de negócio é a combinação de um conjunto de atividades dentro de uma empresa com uma estrutura que descreve a sua ordem lógica e dependência, cujo objetivo é produzir um resultado desejado (AGUILAR-SAVÉN, 2004). Processos, em termos simples, são conjuntos ou sequências, de atividades, que resultam na realização de uma tarefa ou de um resultado (BUCHANAN E MCMENEMY, 2012). A Gestão de processos de negócios (BPM) deve traduzir a estratégia específica de uma empresa em necessidades e permitir a execução da estratégia (TRKMAN, 2010). Uma importante característica da Gestão de Processos é ajudar as empresas a incorporar mudanças, desenvolver novas tecnologias e introduzir inovações (AMARAL, 2011). O BPM também integra um conjunto de tecnologias capazes de traduzir modelos de processos de negócios em atividades no computador, abrindo mão do gerenciamento da rotina e tarefas de controle dos agentes organizacionais (ANTUNES et al., 2011). Vale ressaltar ainda que o BPM fornece governança de um ambiente de negócios de processos para melhorar a agilidade e o desempenho operacional (CHINOSI, 2012). Quanto aos benefícios tecnológicos da modelagem de processos de negócios estes têm ajudado reduzindo os erros, o custo e aumentando a produtividade em várias organizações, como empresas de manufatura, provedores de telecomunicações e governos (FERNÁNDEZ E FERNÁNDEZ et al., 2010). Smart et al. (2009) classificam BPM como uma filosofia de gestão que busca criar valor a partir de um foco sustentado nos processos empresariais. É fundamentada na visão de que os processos são os veículos através dos quais as necessidades dos clientes são satisfeitas. Para o Processo de Melhoria Contínua Pyon, Woo e Park (2011) afirmam que o processo deve basear-se nos dados sobre o desempenho de cada processo de negócio e devem ser estrategicamente considerado do ponto de vista do cliente, por isso, os processos não mensuráveis devem ser avaliados, tais como as respostas dos clientes. Empresas de alto desempenho tornam a melhoria de processos de negócios uma competência essencial. Para Armistead e Machin (1997) os processos de negócios podem ser pensados como uma série de atividades inter-relacionadas, cruzando as fronteiras funcionais, com entradas e 4

5 saídas. De acordo com a visão de Kaj Storbacka (2011) as empresas que desejam oferecer soluções efetivas de negócio precisam do apoio seguro de todas as funções, incluindo desenvolvimento de produto, marketing, vendas, operações e finanças. Nesse contexto Turetken e Demirors (2011) afirmam que as organizações usam modelos de processos para compreender, analisar e comunicar o conhecimento organizacional, bem como um degrau na automatização de seu processamento. Hajo (2006) salienta ainda que as empresa que adotam sistemas de gerenciamento de processos de negócios tem como resultados recompensas consideráveis. A medição e avaliação do desempenho geral de um processo antes de redesenho de negócios pode contribuir para uma melhor compreensão do processo global, reduzir os custos de implementação, menos resistência organizacional, implementação mais rápida e com menos complicações durante a mudança organizacional (LEE E AHN, 2008). A Progress Software Corporation (2010) afirma que um Centro de Excelência ou Competency Center é uma equipe interfuncional, com uma estrutura organização formal, tarefas definidas, funções, responsabilidades e processos de suporte e promove a adoção da metodologia BPM, o uso efetivo do BPM e ainda a melhoria contínua em toda a organização. Já Paim (2007), menciona o conceito e objetivo dos escritórios de processos da seguinte forma: o escritório de processos surge como uma proposta de resposta à necessidade de institucionalizar a gestão dos processos, tornando-a, de forma efetiva, parte do cotidiano das tarefas e, ainda, da cultura da organização. Ainda falando sobre escritório de processos Lindsay (2003) faz distinção entre processo de produção que se baseia frequentemente na hipótese de que a produção leva em conta o fluxo de trabalho e tradicionalmente é analisada pelas atividades que estão sendo realizadas, enquanto os escritórios são mais objetivos, pois as pessoas trabalham com intuito de atingir um objetivo. Conceitos e orientações sobre como estruturar um centro de excelência ou escritório de processo têm sido buscados pelas organizações (HAMMER, 1999). Para Paim (2007) uma vez contextualizado e definido o escopo de atuação do escritório de processos, podem-se delinear os macros objetivos que visam ser alcançados e que justificam a implantação de uma unidade como esta proposta. Para acrescentar o conceito sobre os macro objetivos dos escritórios de processos, também conhecido como Center Of Excellence (CoE), Richardson (2006) diz que os CoE s são encarregados por: Priorizar e implementar 5

6 processos, manter a biblioteca de processos, estabelecer as melhores práticas de processo e avaliar o desempenho do processo. Como relação à estrutura dos escritórios de processos a Progress Software Corporation (2010), afirma que eles desenvolvem e mantém uma biblioteca de padrões reutilizáveis, metodologias e técnicas para garantir contínuo sucesso com projetos de BPM e para minimizar o tempo e o esforço necessário para alcançar tais sucessos. O CoE, se concentra em seguir atividades críticas: Criação e manutenção da visão BPM e seus planos; Tomando inventários e captura de processos; Melhorar continuamente os processos existentes; e Criação de novas capacidades. A estrutura organizacional do escritório de processos pode ser sintetizada pela Figura 2. Nela pode se perceber que há diferentes modelos de gestão de processos, com variações entre uma lógica prioritariamente funcional, passando por uma gestão funcional de processos transversais e podendo chegar a uma gestão por processos (PAIM, 2007). Figura 2 - Estruturação de um Escritório de Processos Fonte: Paim (2007) Descrevendo sobre qual estrutura organizacional deverá ser apoiado o escritório de processos, Clark & Fujimoto (1991) afirma que esta seria uma estrutura matricial forte. Paim (2007) 6

7 complementa relatando que o escritório de processos, pode assumir, além da função normativa, um papel coordenador, tornando-se o responsável prioritário pela gestão dos processos no dia a dia. Skrinjar (2012) reporta as estruturas das organizações, salientando que estruturas organizacionais e trabalhos estão sendo baseadas em processos e funções tradicionais para começar a ser igual ou por vezes, subordinada aos processos. Lawson (2007), fez duas considerações importantes a respeito do posicionamento do centro de excelência (CoE), dentro da estrutura organizacional. Primeiramente o Centro deve ser estrategicamente colocado de forma adequada na organização em termos de nível e localização. Ela precisa ser alta o suficiente para ser capaz de ter um nível de organização do ponto vista organizacional e ter suficiente "influência". Por outro lado, ele precisa ser baixo o suficiente dentro da organização para estar em contato com o "mundo real". E em segundo, está a questão sobre onde localizar o CoE na estrutura hierárquica. Ainda Lawson (2007) relata que onde quer que o CoE está localizada, é importante que seja relacionado com a missão estratégica da organização e que é capaz de efetivamente se envolver em atividades multifuncionais. Gestão de Processos envolve diversas ferramentas gerenciais e técnicas que buscam a melhoria da qualidade dos processos (AHIRE E DREYFUS, 2000). Cada vez mais, as organizações utilizam técnicas e ferramentas de BPM para promover a eficácia e eficiência de negócios (HUANG, LU E DUAN, 2011). Weske, Mendling e Weidlich (2012) afirmam que modelos de processos como representações formais de processos de negócios facilitam muitas tarefas no domínio da gestão de processos. Para justificar a utilização de ferramentas de tecnologia da informação (TI), Hatten (1999) menciona que as melhorais nas ferramentas de TI proporcionam progressos e melhoria na produtividade, além de premiar competitivamente aqueles que as utilizam na gestão integrada de processos de negócios. Contrapondo essa visão Aguilar-Savén (2004) ressalta que para ser totalmente eficaz, o BPM não deve ser abordado como simplesmente outro conjunto de ferramentas de TI, mas sim como um ambiente onde uma visão de gerenciamento de processos é o meio de comunicação, requisitos de negócios por toda a organização. Como ferramenta para apoio a gestão de processos em centros de referência, podemos mencionar outro auxílio ao BPM que foi a arquitetura orientada ao serviço (SOA), que 7

8 segundo Vela et al. (2007) é utilizado afim de facilitar a aplicação de um serviço que é responsável pela função de controle de acesso em sistemas corporativos. 3. Discussão e Análise Como análise inicial a partir do questionário aplicado em 20 diferentes empresas atuantes em diversos segmentos, percebe-se que, nas empresas pesquisadas há uma prática generalizada da Gestão de Processos, embora não possuam uma estrutura centralizada para gerenciar tais processos e ainda as empresas desconhecem o termo Escritório de Processos em todos os casos estudados. Nota-se também que, como não existe um departamento responsável por gerenciar os processos, não há uma estrutura organizacional voltada para processos, ou seja, a gestão de processos encontra-se fragmentada em diversas áreas funcionais principalmente na área de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) sendo esta, em alguns casos, a responsável por controlar os processos, já que nesses casos a mesma é responsável por formalizar estes processos. Vale ainda ressaltar que o escritório de processo institucionaliza a Gestão de Processos tornando a ação como parte do cotidiano e da cultura organizacional. Quanto ao processo de melhoria, as empresas afirmam ser o principal produto do gerenciamento de processos e utilizam ferramentas da qualidade como meio para a melhoria contínua, tais como, Círculo de Controle da Qualidade (CCQ s), Ciclo de PDCA, melhores práticas de fabricação (BPF), Controle Estatístico da Qualidade (CEQ) e outras próprias dos métodos de trabalho. Salientando ainda que na maioria dos casos essa melhoria advém dos próprios colaboradores de diversos níveis hierárquicos. As principais atribuições estratificadas no quadro 1 abaixo foram extraídas do questionário aplicado em que foi relacionada uma série de tarefas de escritório de processos, através disso as opções assinaladas pelas empresas com maior frequência foram descritas na tabela abaixo, bem como, as funções onde são desempenhadas estas atribuições: 8

9 Quadro 1: Principais Atribuições das empresas pesquisadas Principais Atribuições das empresas pesquisas Atribuição Gerenciar levantamento dos processos Gerenciar melhoria de processos Gerenciar o processo de mudança e implementação Definir indicadores de desempenho Acompanhar os processos Controlar execução dos processos Avaliar os desempenhos dos processos Unidade desempenhada TIC e Produção Todas as áreas organizacionais TIC Gerências Gerências e TIC Gerência da área específica Gerências Fonte: Desenvolvido pelos autores Percebeu-se através dos dados tabulados que essas atribuições estão designadas dentro das empresas em diferentes áreas, resultando em um problema que seria encontrar um responsável por gerir a execução e controlar as etapas dos processos, bem como, realizar outras atribuições do gerenciamento de processos. Como principais ferramentas utilizadas pelas empresas para gerenciar seus processos a que mais se destaca é o fluxograma de processos, por ser de fácil compreensão por todos envolvidos, além disso, as empresas utilizam sistemas integrados de gestão acreditando que corresponde a uma ferramenta para gerenciar processos mesmo não extraindo informações gerenciais destes sistemas. A prática da modelagem ficou constatada em 3 empresas das 20 pesquisadas, ficando evidenciada a utilização do Business Process Model and Notation (BPMN) para modelagem de seus processos com auxílio da ferramenta Microsoft Visio, estes processos encontram-se em pastas de Padrões Operacionais e são disponíveis para todos da organização. 9

10 Pode-se notar também que as empresas utilizam outras ferramentas como estão estratificadas no quadro 2 abaixo: Quadro 2: Ferramentas e Sistemas utilizados para gerenciamento de processos Ferramentas e Sistemas utilizados para o gerenciamento de processos Ferramentas e Sistemas Intranet Sistema de Análise Qualitativa de Processos Sistema de Análise Estatística de Processos (Microsoft Excel, Minitab etc.) Benckmarking Indicadores de Qualidade de Processos Sistemas de relacionamento com os clientes (CRM) (Softwares comerciais adaptados) Sistema de Modelagem de Processos (Fluxogramas e o Microsoft Vísio) Sistema de Recursos Empresariais (ERP) (Softwares comerciais adaptados) Fonte: Desenvolvido pelos autores 4. Conclusão As empresas estudadas não apresentam uma estrutura centralizada de processos, sendo que a gestão desses processos é feita pelas próprias áreas funcionais, áreas essas correspondente a cada processo em particular, é possível se notar que tais empresas não possuem uma estrutura centralizada, pois não reconhecem a importância dessa estrutura como um fator crítico para melhoria de seus processos. Nota-se também que, quando há uma estrutura centralizada, a área que é a principal responsável por fazer a gestão dos processos é a área de TIC e não profissionais especialistas em processos, daí nascem duas principais dificuldades encontradas que é fazer uso desses processos para atingir ganhos reais e alcançar melhorias para o negócio. 10

11 Como não existe Centro de Referência de processos, notou-se uma dispersão das atribuições que deveriam fazer parte do escopo de um escritório de processos, sendo que dessa forma não há uma estruturação das responsabilidades e nem um gestor direto a quem se remeter no que tange ao Gerenciamento de Processos. Toda essa falta de gerenciamento pode acabar acarretando conflitos internos quanto ao processo de melhoria, perda da fixação de metas, padrões e medidas de desempenho. Fica evidenciado também que com a divisão das atribuições como é feita nessas empresas, entramos em uma inconsistência quanto à atribuição relacionada ao Gerenciamento dos Processos globais da organização, já que, como cada área funcional gerencia seus próprios processos, quem seria o responsável por alinhar esses subprocessos ao processo global? A utilização de ferramentas para a Gestão de Processos se remete a gestão da qualidade e a tecnologia da informação e comunicação em todos os casos estudados. Percebe-se que não se utilizam ferramentas para mensurar ganhos dos processos e o que estes ganhos representam da receita total. Os benefícios advindos da gestão de processos não são mensurados, tendo em vista que as empresas pesquisadas não possuem uma estrutura de escritório de processos, o que impossibilita a obtenção de tais resultados e avaliação de desempenho. REFERÊNCIAS AGUILAR-SAVÉN, R. S. Business process modeling: Review and framework. International Journal of production economics. V. 90, p , AHIRE, S. L., DREYFUS, P.; The impact of design management and process management on quality: an empirical investigation. Journal of Operations Management, V. 18, p , ARMISTEAD, C.; MACHIN, S.; Implications of business process management for operations management. International Journal of Operations & Production Management, V. 17 (9), p , AMARAL, C. S. T. et al. Improvement of radiology services based on the process Management approach. European Journal of Radiology, V. 78, p , ANTUNES, P.; MOURÃO, H.; Resilient Business Process Management: Framework and services. Expert Systems With Applications, V. 38 (2), , BUCHANAN, S., MCMENEMY, S.; Digital service analysis and design: The role of process modeling. International Journal of Information Management, V. 32 (3), p ,

12 CHINOSI, M.; TROMBETTA, A.; BPMN: An introduction to the standard. Computer Standards & Interfaces, V. 34, p , CLARK, K.; FUJIMOTO, T., Product development performance: strategy, organization and management in the world auto industry. Harvard Business Review, Boston, Massachusetts, COLIN ARMISTEAD, SIMON MACHIN. Implications of business process management for operations management. Journal of Operations & Production Management, V. 17, p , FERNÁNDEZ FERNÁNDEZ, H.; et al.; SBPMN An easier business process modeling notation for business users. Computer Standards & Interfaces. V. 32, p , HAJO A. REIJERS. Implementing BPM systems: the role of process orientation. Business Process Management Journal. V.12, p HAMMER, M.; STANTON, S. How Process Enterprise Really Work. Harvard Business Review, Boston, 1999, p HATTEN, K.; ROSENTHAL, S. Managing the Process-centred Enterprise, Long Range Planning, V. 32, n. 3, p , HUANG, Z., LU, X., DUAN, H.; Mining association rules to support resource allocation in business process management. Expert Systems With Applications. V. 38(8), p , KAJ STORBACKA. A solution business model: Capabities and management practices for integrated solutions. Industrial Marketing Management. V.40, p , KALPIC, B.; BERNUS, P. Business process modeling in industry - the powerful tool in enterprise management. Computers in Industry, V. 47, p , LA ROSA, M. et al. APROMORE: An advanced process model repository. Expert Systems with Applications, V. 38, p , LINDSAY, A., DOWNS, D.; LUNN, K., Business processes attempts to find a definition. Information and Software Technology, n. 45, p , OKTAY TURETKEN, ONUR DEMIRORS. Plural: A decentralized business modeling method. Information & Management. V.48, p ,2011. PAIM RAFAEL et al. Estruturação de escritório de processos. Relatório Técnico UNIRIO. N Progress Software Corporation; Process Center of Execellence: Introduction, Benefits and Approach to Set-up. Progress Savvion,

13 PYON, C. U.; WOO, J. Y.; PARK, S. C. Service improvement by business process management using customer complaints in financial service industry. Expert Systems with Applications, V.38, p , RAEF A. LAWSON. Creating a BPM center of excellence. Performance management RICHARDSON, CLAY. Process Governance Best Practices: Building a BPM Center of Excellence. Project Performance Corporation SANGJAE LEE A, HYUNCHUL AHN B. Assessment of process improvement from organizational change. Information & Management, V. 45, p , ŠKRINJAR, R.; TRKMAN, P.; Increasing process orientation with business process management: Critical practices. International Journal of Information Management. V. 1161, p. 13, SMART, P. A.; MADDERN H.; MAULL, R. S. Understanding Business Process Management: Implications for Theory and Practice. British Journal of Management, V. 20, p , Turetken, O.; Demirors, O.; Plural: A decentralized business process modeling method. Information & Management, v.48, p , TRKMAN, P. The critical success factors of business process management. International Journal of Information Management, V. 30, p , WESKE, M.; MENDLING, J.; WEIDLICH, M.; Action patterns in business process model repositories. Computers in Industry. V. 63, p , VELA, F. L. G.; et al.; An architecture for access for control management in collaborative enterprise systems based on organization models. Science of Computer Programming, Vol. 66, p ,

MODELO DE REFERÊNCIA PARA O PROCESSO DE INSPEÇÃO PREDIAL DE CONCLUSÃO DE OBRA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

MODELO DE REFERÊNCIA PARA O PROCESSO DE INSPEÇÃO PREDIAL DE CONCLUSÃO DE OBRA DE CONSTRUÇÃO CIVIL MODELO DE REFERÊNCIA PARA O PROCESSO DE INSPEÇÃO PREDIAL DE CONCLUSÃO DE OBRA DE CONSTRUÇÃO CIVIL Felipe Zanellato Coelho (IFES ) felipezc_1902@yahoo.com.br Lucas Marchesi Groberio (IFES ) lucas.groberio@hotmail.com

Leia mais

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR Introdução ao BPM e CBOK Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR BPM CBOK O Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento

Leia mais

Abordagens para a Governança de BPM (parte 2)

Abordagens para a Governança de BPM (parte 2) Abordagens para a Governança de BPM (parte 2) Introdução...... 2 Apresentação de abordagens de Governança de BPM (Parte 2)... 3 Governança em Richardson... 4 Governança em Hammer... 5 Governança em Miers...

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Uma Análise Comparativa de Metodologias para Estruturação de Escritórios de Processos

Uma Análise Comparativa de Metodologias para Estruturação de Escritórios de Processos ! Uma Análise Comparativa de Metodologias para Estruturação de Escritórios de Processos Joyce Aline Oliveira, George Valença, Higor Monteiro, Carina Alves Centro de Informática Universidade Federal de

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 5.Mapeamento e análise de processos organizacionais. Indicadores de Desempenho.

Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 5.Mapeamento e análise de processos organizacionais. Indicadores de Desempenho. Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 5.Mapeamento e análise de processos organizacionais. Indicadores de Desempenho. AULA 07 - ATPS Prof. Leonardo Ferreira 1 A Estrutura Funcional X Horizontal Visão

Leia mais

1. Centros de Competência de BI

1. Centros de Competência de BI Pagina: 1 1. Centros de Competência de BI Originalmente, o termo Centro de competência de BI (conhecido também como BICC Business Intelligence Competence Center) foi utilizado pelo instituto de pesquisa

Leia mais

Roadmap para implantação de um Escritório de Processos

Roadmap para implantação de um Escritório de Processos - Promovendo a inovação organizacional e a governança de BPM - Introdução... 2 A necessidade de governança das ações de BPM... 3 O papel do Escritório de Processos como promotor da inovação organizacional

Leia mais

Uma Abordagem para Condução de Iniciativas de Melhoria de Processos de Software

Uma Abordagem para Condução de Iniciativas de Melhoria de Processos de Software Uma Abordagem para Condução de Iniciativas de Melhoria de Processos de Software Mariano Montoni, Cristina Cerdeiral, David Zanetti, Ana Regina Rocha COPPE/UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Leia mais

A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso

A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso Fernando Cesar Camilo Centro Universitário de Araraquara- UNIARA SP Brasil fc_camilo@yahoo.com.br Prof. Dr.

Leia mais

Gestão de Processos. Principais etapas, decisões e desafios da implantação de processos de TI com base no ITIL

Gestão de Processos. Principais etapas, decisões e desafios da implantação de processos de TI com base no ITIL Conhecimento em Tecnologia da Informação Gestão de Processos Principais etapas, decisões e desafios da implantação de processos de TI com base no ITIL 2011 Bridge Consulting Apresentação É comum que as

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio

Gerenciamento de Processos de Negócio Gestão por Processos By Alan Lopes +55 22-99202-0433 alopes.campos@mail.com http://prof-alan-lopes.weebly.com Gerenciamento de Processos de Negócio - Conceitos e fundamentos - Modelagem de processo - Análise

Leia mais

Análise de Negócios & da Informação Alexandra Hütner M.Sc. Engineer

Análise de Negócios & da Informação Alexandra Hütner M.Sc. Engineer Análise de Negócios & da Informação Alexandra Hütner M.Sc. Engineer 1 O QUE REALMENTE MUDOU??? 2 1 O Que Realmente MUDOU??? Você S/A Agosto/2011 O Que Realmente MUDOU??? Você S/A Agosto/2011 2 CENÁRIO

Leia mais

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI e Negócio 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

Gestão por Processos

Gestão por Processos Gestão por Processos Ponta Grossa SC Setembro de 2011 Simone de Andrade Klober. Graduado em Psicologia - ACE/SC, Mestre em Gestão Estratégica ESAG/UDESC, Especialista em dinâmica dos Grupos SBDG, Formação

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização 15 DE MAIO DE 2014 Hotel Staybridge - Sao Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO BRONZE APOIO REALIZAÇÃO Desafios para a Implementação por Processos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

Aplicação do Método AHP na Seleção de Software para Modelagem de Processos de Negócios Amanda Alves 1, Thiago Depoi Stoll 1, Rafael Baldiati Parizi 1

Aplicação do Método AHP na Seleção de Software para Modelagem de Processos de Negócios Amanda Alves 1, Thiago Depoi Stoll 1, Rafael Baldiati Parizi 1 242 Aplicação do Método AHP na Seleção de Software para Modelagem de Processos de Negócios Amanda Alves 1, Thiago Depoi Stoll 1, Rafael Baldiati Parizi 1 1Instituto Federal Farroupilha Campus São Borja

Leia mais

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Comunidades de Prática Grupos informais e interdisciplinares de pessoas unidas em torno de um interesse

Leia mais

Ciclo BPM: da Estratégia à Medição

Ciclo BPM: da Estratégia à Medição Treinamentos em Gestão por Processos Ciclo BPM: da Estratégia à Medição Da modelagem e análise ao monitoramento da execução de processos automatizados: tudo o que você precisa saber para fazer a Gestão

Leia mais

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS Vanice Ferreira 12 de junho de 2012 GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais DE QUE PROCESSOS ESTAMOS FALANDO? GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais

Leia mais

Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional

Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional Fonte: Tipos de Sistemas de Informação (Laudon, 2003). Fonte: Tipos de Sistemas

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

Novas Tendências da Gestão e Governança de Dados

Novas Tendências da Gestão e Governança de Dados Novas Tendências da Gestão e Governança de Dados Bergson Lopes contato@bergsonlopes.com.br www.bergsonlopes.com.br Dados do Palestrante Bergson Lopes Rego, PMP é especialista em Gestão de Dados, Gerenciamento

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

Leandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.br

Leandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.br Escritório de Processos: Atuações possíveis e arranjos em estruturas organizacionais Leandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.br ELO Group - Visão Institucional Consultoria especializada nas áreas de Gestão

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r v.1.8 de 14/07/2010 1 1993: fundada como Integradora de Sistemas 2009: reconhecida Inteligência em Projetos 16 anos de realizações: + 350 projetos no

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social DISCIPLINA Controlo Informático da Gestão LICENCIATURA Informática

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: Agosto de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação em empresas industriais e de serviços: estudo de casos

Gestão da Tecnologia da Informação em empresas industriais e de serviços: estudo de casos Gestão da Tecnologia da Informação em empresas industriais e de serviços: estudo de casos Carlos Augusto Angrisano (USP) carlos.angrisano@poli.usp.br Fernando José Barbin Laurindo (USP) fjblau@usp.br Resumo

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 25/05/2015 Término das aulas: Maio de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

Dados x Informações. Os Sistemas de Informação podem ser:

Dados x Informações. Os Sistemas de Informação podem ser: CONCEITOS INICIAIS O tratamento da informação precisa ser visto como um recurso da empresa. Deve ser planejado, administrado e controlado de forma eficaz, desenvolvendo aplicações com base nos processos,

Leia mais

O desafio de uma visão mais ampla

O desafio de uma visão mais ampla com SAP NetWeaver BPM Descrição de Solução A competição acirrada tem levado as organizações a adotar novas disciplinas de gestão e empregar recursos tecnológicos avançados, a fim de atingir melhores índices

Leia mais

PROPOSTA DE UM MODELO PARA GESTÃO DOS PROJETOS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL

PROPOSTA DE UM MODELO PARA GESTÃO DOS PROJETOS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL PROPOSTA DE UM MODELO PARA GESTÃO DOS PROJETOS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL Álvaro Augusto Neto 1, Germano de Souza Kiembaum 2, Antônio Wellington Sales Rios 3, Clayton Martins

Leia mais

SIMPROS 2007 03 a 05 Dezembro de 2007

SIMPROS 2007 03 a 05 Dezembro de 2007 Conciliando Modelos: Arquitetura Corporativa, COBIT, PMBOK e CMMI em Harmonia Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI E NEGÓCIO 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

Review e dos Benefícios

Review e dos Benefícios Process Improvement Project: Customer Engagement Workflow Visão do Visio 2010 Sales Representative 1.1 Handle Request Status Inactive 2 2.1 Assess Technical Feasibility Status Inactive 3 2.2 Assess Financial

Leia mais

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS Cilene Loisa Assmann (UNISC) cilenea@unisc.br Este estudo de caso tem como objetivo trazer a experiência de implantação

Leia mais

ANÁLISE DE UM PROCESSO ATRAVÉS DA REDE PETRI NO SERVIÇO DE TRANSPORTE DE CARGA ANALYSIS OF A PROCESS THROUGH PETRI NET IN TRANSPORT OF CARGO

ANÁLISE DE UM PROCESSO ATRAVÉS DA REDE PETRI NO SERVIÇO DE TRANSPORTE DE CARGA ANALYSIS OF A PROCESS THROUGH PETRI NET IN TRANSPORT OF CARGO 27 ANÁLISE DE UM PROCESSO ATRAVÉS DA REDE PETRI NO SERVIÇO DE TRANSPORTE DE CARGA ANALYSIS OF A PROCESS THROUGH PETRI NET IN TRANSPORT OF CARGO RICARDO MÂNICA Mestrado de Engenharia de Produção, ênfase

Leia mais

Escritório de Projetos e Escritório de Processos: Diferenças e Tendências ELO Group

Escritório de Projetos e Escritório de Processos: Diferenças e Tendências ELO Group Escritório de Projetos e Escritório de Processos: Diferenças e Tendências ELO Group contato@elogroup.com.br tel: 21 2561-5619 Agenda Algumas confusões práticas As funções básicas do(s) escritório(s) de

Leia mais

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r Microsoft Mobile BI v.0.0.1 de 05/11/2015 Projetos Digitais 1 G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r 1993: fundada como Integradora de Sistemas

Leia mais

Governança de TI. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de TI. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de TI Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança Governar Governança Ato de governar(-se), governo, governação Governar ter mando, direção, dirigir, administrar tratar

Leia mais

Organização de Gerenciamento de Processos. Palestrante: Samyra Salomão

Organização de Gerenciamento de Processos. Palestrante: Samyra Salomão Organização de Gerenciamento de Processos Palestrante: Samyra Salomão Contextualização O foco do gerenciamento de processos de negócio pode também modificar a forma como os executivos pensam e estruturam

Leia mais

Helping your business grow faster

Helping your business grow faster Helping your business grow faster Espírito de Inovação TECNOLOGIA E INOVAÇÃO A FAVOR DAS EMPRESAS Fundada em 1995, a NOESIS é uma consultora portuguesa que fornece soluções para aumentar a competitividade,

Leia mais

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1 Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii Parte I - Empresa e Sistemas, 1 1 SISTEMA EMPRESA, 3 1.1 Teoria geral de sistemas, 3 1.1.1 Introdução e pressupostos, 3 1.1.2 Premissas

Leia mais

BPM, ISO 9000 e ISO 14000: uma abordagem teórica sobre sinergias entre iniciativas de gestão

BPM, ISO 9000 e ISO 14000: uma abordagem teórica sobre sinergias entre iniciativas de gestão BPM, ISO 9000 e ISO 14000: uma abordagem teórica sobre sinergias entre iniciativas de gestão Karen Vassoler Martins (IFES) karenvmartins@gmail.com Roquemar de Lima Baldam (IFES) roquemar.baldam@iconenet.com.br

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

DCC133 Introdução à Sistemas de Informação. E-business global e colaboração

DCC133 Introdução à Sistemas de Informação. E-business global e colaboração Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação DCC133 Introdução à Sistemas de Informação TÓPICO 2 E-business global e colaboração Prof. Tarcísio de Souza Lima OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever

Leia mais

BPM (Business Process Management)

BPM (Business Process Management) Instituto Superior de Economia e Gestão Ano lectivo 2007/2008 Cadeira de Tecnologias de Informação BPM (Business Process Management) Planeamento e Controlo de Gestão Baseados nos Processos de Negócio José

Leia mais

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação Capítulo 2 E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação 2.1 2007 by Prentice Hall OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever as principais características das empresas que são importantes

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Processos como elo entre a TI e estratégia

Processos como elo entre a TI e estratégia RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Processos como elo entre a TI e estratégia Leandro Jesus Copyright ELO Group 2012 - Confidencial Quem é a ELO Group? Consultoria de Transformação 1. Desdobramento

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES Rigoleta Dutra Mediano Dias 1, Lívia Aparecida de Oliveira Souza 2 1, 2 CASNAV, MARINHA DO BRASIL, MINISTÉRIO DA DEFESA, BRASIL Resumo: Este

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

IBM Rational Requirements Composer

IBM Rational Requirements Composer IBM Requirements Composer Aprimore os resultados do projeto por meio da melhor definição e gerenciamento de requisitos Destaques Obter maior agilidade, foco no cliente, qualidade e menor tempo de lançamento

Leia mais

A aplicação do BPM e as suas soluções na modelagem de processos de negócio

A aplicação do BPM e as suas soluções na modelagem de processos de negócio A aplicação do BPM e as suas soluções na modelagem de processos de negócio Meire Helen Batista Dias Faculdade de Tecnologia da Zona Leste/FATEC-ZL São Paulo SP Brasil meirehelenbdias@bol.com.br Cristina

Leia mais

EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE MES

EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE MES MAXMES EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE MES White Paper Maxmes # 01 07/2009 MAXMES www.maxmes.com.br 1.0 Introdução A AMR Research conceituou o MES em 1990 como um sistema de informação que residia entre a automação

Leia mais

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation.

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. O SoftExpert PPM Suite é a solução mais robusta, funcional e fácil para priorizar, planejar, gerenciar e executar projetos, portfólios

Leia mais

Definições. BPM - Business Process Management. BPMN Business Process Modeling Notation. BPMS Business Process Management System

Definições. BPM - Business Process Management. BPMN Business Process Modeling Notation. BPMS Business Process Management System Definições BPM - Business Process Management BPMN Business Process Modeling Notation BPMS Business Process Management System Erros da Gestão de Processos / BPM 1. Fazer a Gestão sem Automação Desenho,

Leia mais

Dinamize Processos e Reduza Custos na Esfera de Governo Adm. Deborah Arôxa, CBPP Blue Seal

Dinamize Processos e Reduza Custos na Esfera de Governo Adm. Deborah Arôxa, CBPP Blue Seal Dinamize Processos e Reduza Custos na Esfera de Governo Adm. Deborah Arôxa, CBPP Blue Seal CBPP (Certified Business Process Professional) DESAFIOS DE NEGÓCIO GOVERNO Agilidade e Adequação de Serviços ao

Leia mais

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde Luis Augusto dos Santos 1, Heimar de Fátima Marin 2 1 Engenheiro Eletricista, membro do NIEn e pós-graduando pela

Leia mais

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY)

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

Entendendo o Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM através da Taxonomia de Bloom RESUMO

Entendendo o Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM através da Taxonomia de Bloom RESUMO Entendendo o Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM através da Taxonomia de Bloom Andre Ricardo Wesendonck Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina

Leia mais

PROPOSTA PARA AUTOMAÇÃO DO PROCESSO DE ELABORAÇÃO DE HORÁRIOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

PROPOSTA PARA AUTOMAÇÃO DO PROCESSO DE ELABORAÇÃO DE HORÁRIOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES XIV COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA CIGU A Gestão do Conhecimento e os Novos Modelos de Universidade Florianópolis Santa Catarina Brasil 3, 4 e 5 de dezembro de 2014. ISBN: 978-85-68618-00-4

Leia mais

Modelo de Gestão por Processos da Anatel

Modelo de Gestão por Processos da Anatel Modelo de Gestão por Processos da Anatel 1º Evento de Intercâmbio em Planejamento & Gestão das Agências Reguladoras 03 de abril de 2009 Superintendência de Administração-Geral - SAD Gerência-Geral de Talentos

Leia mais

Divulgação Portal - METROCAMP. Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)?

Divulgação Portal - METROCAMP. Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)? Divulgação Portal - METROCAMP Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)? Torne se um Trabalhador de Conhecimento (Kowledge Worker) de Werner Kugelmeier WWW.wkprisma.com.br

Leia mais

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br Workflow como Proposta de Automação Flexível O Gerenciamento de Processos Planejamento do BPM Diretrizes e Especificações Seleção de processo críticos Alinhamento de processos à estratégia www.iconenet.com.br

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO João Felipe D Assenção Faria Arquiteto JEE Especialista SOA/BPM JOÃO FELIPE D ASSENÇÃO FARIA Arquiteto JEE (12 anos) Especialista SOA/BPM (aprox. 4 anos)

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

Visão Geral (problema resolvido)

Visão Geral (problema resolvido) 1 Trabalho: Elaborar uma sintese do artigo sôbre o papel e natureza de uma arquitetura empresarial e comparar com o que esta sendo apresentado no curso arquitetura de informação Solução : Visão Geral (problema

Leia mais

Fasci-Tech MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Fasci-Tech MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Resumo: Carlos Alberto dos Santos 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Abstract: Num ambiente globalizado e em constante

Leia mais

1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos de Brasília. LOCAL: Brasília DF - 22/05/2014

1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos de Brasília. LOCAL: Brasília DF - 22/05/2014 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos de Brasília LOCAL: Brasília DF - 22/05/2014 TEMA DA PALESTRA: Ferramentas de Gestão Estratégica x Desafio na Excelência

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil Elicitação de Requisitos a partir de Modelos de Processos de Negócio e Modelos Organizacionais: Uma pesquisa para definição de técnicas baseadas em heurísticas Marcos A. B. de Oliveira 1, Sérgio R. C.

Leia mais

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO Jorge Luiz Maria Junior 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Resumo Através dos sistemas de informação, as organizações mundiais buscam práticas

Leia mais

INT-3: Realistic Service Oriented Architecture Approaches Michael Boyd & Bernard Bresser

INT-3: Realistic Service Oriented Architecture Approaches Michael Boyd & Bernard Bresser Abordagens Realistas da Arquitetura Orientada a Serviços Rodrigo Baptista e Paulo Costa Progress Software Abordagens Realistas de SOA O que você verá Como implementar uma Arquitetura Orientada a Serviços

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 LEVANTAMENTO, MODELAGEM

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP Sistema Integrado de Gestão

Sistema Integrado de Gestão ERP Sistema Integrado de Gestão Sistema Integrado de Gestão ERP Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema ERP; Processos de Desenvolvimento, Seleção, Aquisição, Implantação de ERP; Aderência e divergência

Leia mais

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 New Standards for Business SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 Quem Somos A SCORE INNOVATION é uma empresa que tem como objecto social a prestação de serviços em consultoria,

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio

Modelagem de Processos de Negócio Treinamentos em Gestão por Processos Modelagem de Processos de Negócio Documentando o conhecimento sobre processos de negócio de forma clara e completa Conhecida como a base para iniciativas de processos,

Leia mais

Pós-Graduação Business Intelligence

Pós-Graduação Business Intelligence Pós-Graduação Business Intelligence Tendências de Mercado de Business Intelligence Aula 04 Como se organizar para o sucesso em BI Dinâmica Organizacional Complexa Cria o maior ônus para o sucesso de BI

Leia mais

Soluções Oracle para Modernização e Otimização da Gestão Pública

Soluções Oracle para Modernização e Otimização da Gestão Pública Soluções Oracle para Modernização e Otimização da Gestão Pública Roberto Talarico roberto.talarico@oracle.com Representante de Fusion Middleware Setor Público Oracle Corporation Maior fornecedora de software

Leia mais

Os Sistemas de Informação e a Evolução das Organizações

Os Sistemas de Informação e a Evolução das Organizações Os Sistemas de Informação e a Evolução das Organizações Leonardo C. de Oliveira1, Diogo D. S. de Oliveira1, Noemio C. Neto 1, Norberto B. de Araripe1, Thiago N. Simões1, Antônio L. M. S. Cardoso 1,2 1.Introdução

Leia mais

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA Constata-se que o novo arranjo da economia mundial provocado pelo processo de globalização tem afetado as empresas a fim de disponibilizar

Leia mais

O Desenvolvimento de Sistemas de Informação como campo privativo do Administrador

O Desenvolvimento de Sistemas de Informação como campo privativo do Administrador O Desenvolvimento de Sistemas de Informação como campo privativo do Administrador Com o advento da Escola Clássica da Administração, Taylor e Fayol proporcionaram para o mundo corporativo um método científico

Leia mais

Análise da gestão de portfólio de projetos de produtos com base nos conceitos da medição de desempenho: estudo de caso

Análise da gestão de portfólio de projetos de produtos com base nos conceitos da medição de desempenho: estudo de caso Análise da gestão de portfólio de projetos de produtos com base nos conceitos da medição de desempenho: estudo de caso Maicon G. Oliveira a (maicongdo@gmail.com); Henrique Rozenfeld b (roz@sc.usp.br) a,

Leia mais

Preparatório CBPP Gerenciamento de Processos Corporativos Exercícios Luis Takada, CBPP.

Preparatório CBPP Gerenciamento de Processos Corporativos Exercícios Luis Takada, CBPP. Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil Preparatório CBPP Gerenciamento de Processos Corporativos Exercícios Luis Takada, CBPP. 1. Assinale a afirmativa incorreta: A. O gerenciamento

Leia mais

Uma nova cultura em processos e projetos

Uma nova cultura em processos e projetos Uma nova cultura em processos e projetos 10 KPMG Business Magazine Mercado caminha para a maturidade, com uma maior percepção dos benefícios da gestão por processos para atender aos objetivos estratégicos

Leia mais

Information Technology Infrastructure Library (ITIL)

Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Metodologias de Sistemas 1 Profa. Rosângela Penteado Grupo Guilherme Leme Janito V. Ferreira Filho João Victor Martins Patrícia Inoue Nakagawa Rafael

Leia mais

Artigo de Conclusão de curso sobre BPM - Gestão de Processo de Negócio

Artigo de Conclusão de curso sobre BPM - Gestão de Processo de Negócio Artigo de Conclusão de curso sobre BPM - Gestão de Processo de Negócio Este é um artigo sobre BPM que merece destaque no Portal GSTI. No trabalho abaixo, de Francisco Sobreira Neto, é elaborado um apanhado

Leia mais