Câmara dos Solicitadores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Câmara dos Solicitadores"

Transcrição

1 Exmos. Colegas, As alterações introduzidas com vista à conciliação dos movimentos bancários têm, conforme já se havia previsto, provocado alguns problemas na infra-estrutura, obrigando a várias intervenções que visam melhorar os tempos de resposta da aplicação. Ao longo desta semana vamos continuar a analisar as necessidades aplicacionais, corrigir as anomalias que são detectadas e introduzir novas funcionalidades que facilitem o trabalho da conciliação. Temos vindo a receber vários contributos para melhorar a nova funcionalidade de conciliação, contributos que estão a ser inseridos na aplicação. Importa, no entanto, deixar algumas notas: INSTALAÇÃO DA APLICAÇÃO OFF-LINE Ao aceder ao SISAAE/GPESE, é mostrado um formulário para pedido de instalação da aplicação de conciliação off-line. A instalação desta aplicação é facultativa. Depois de se efectuar o pedido, será contactado no sentido de ser agendada a instalação da aplicação. FORMAÇÃO - CONCILIAÇÃO E PAGAMENTOS NO SISAAE/GPESE Está também disponível um formulário para inscrição na formação para conciliação bancária no SISAAE/GPESE. Poderá aceder a este formulário através da página de entrada do SISAAE/GPESE, na área de manuais, seleccionando a opção Formação: conciliação bancária. Os horários e locais de formação estão disponíveis no formulário de inscrição. PAGAMENTO DE REFERÊNCIAS MB E DE DUC As ordens de pagamento passam a possibilitar a utilização de referências MB e DUC (ver perguntas frequentes em anexo). COMUNICAÇÕES COM OS TRIBUNAIS Verificaram-se alguns atrasos nas comunicações com os tribunais, situação que ficou totalmente recuperada durante o presente fim-de-semana. No mês de Janeiro findo foram ultrapassadas, pela primeira vez, comunicações remetidas pelos agentes de execução para os tribunais. Por outro lado, em consequência da extinção de algumas unidades orgânicas, foram renumerados e redistribuídos alguns milhares de processos, pelo que aumentou também o volume de dados transitados. Estas alterações obrigaram a um aumento da largura do canal de comunicações entre a e o ITIJ. Aproveita-se o ensejo para junto remeter a resposta a algumas das perguntas frequentes que nos têm sido colocadas. O Presidente da José Carlos Resende O Presidente do Colégio da Especialidade de Agentes de Execução Carlos de Matos

2 ANEXO Perguntas Frequentes 1. Existem referências MB da fase 1 que não estão pagas mas não aparecem conciliadas? As referências MB da fase 1 têm que ser previamente confirmada pelo agente de execução no menu de entrada Honorários da Fase 1 não registados. Este registo tem que ser obrigatoriamente efectuado, dado que tem que ser indicada a entidade pagadora. Todas as restantes referências MB emitidas no SISAAE/GPESE não têm que ser verificadas, uma vez que, no momento em que são emitidas, já é indicada a entidade pagadora. Para validar o pagamento da fase, faça o seguinte: Clique no valor Será apresentado um ecrã onde deve indicar a favor de quem quer que o comprovativo de pagamento seja expedido (atenção que não é uma factura) e em que conta é que vai ser lançado o pagamento (no caso, um dos exequentes). Tenha em atenção que, para que se possa fazer o lançamento na conta de qualquer entidade, é obrigatório que esteja inserido o respectivo nif. Indique o mandatário Indique um dos exequentes (tem que ter nif inserido) Clique no botão criar Se aceder à conta do processo, o valor da provisão da fase 1 já deverá estar inserido.

3 2. Quando acedo ao extracto do banco já existem movimentos com a data de hoje, mas na conciliação não me aparecem. A conciliação de movimentos bancários só pode ser feita decorridas 48 horas sobre a data dos movimentos. 3. Tenho movimentos na conta que dizem respeito a processos que nunca foram comunicados ao SISAAE/GPESE. Como posso conciliar os movimentos bancários? Terá que criar primeiro um processo virtual e só depois conciliar os movimentos. Para criar um processo virtual aceda ao menu Gestão de Processos Virtuais e depois, no canto superior esquerdo, faça inserir. Depois de completar o preenchimento dos dados necessários à criação de processo virtual, este vai aparecer como um processo novo. Faça a aceitação tal qual se tratasse de um processo recebido através do Tribunal. Tenha em atenção que, num processo virtual, não há comunicações com o Tribunal. 4. Como posso fazer pagamento de referência multibanco ou de um DUC? Os documentos de pagamento já disponibilizam várias opções de pagamento: a) Transferência bancária (IUP); b) Referência multibanco; c) Documento Único de Cobrança (Estado);

4 Tenha em atenção que: a) Para fazer o pagamento por transferência bancária deverá utilizar a nova operativa do Millennium BCP; b) Para fazer pagamentos de DUC e Ref. MB deve continuar a utilizar a anterior operativa. 5. O que devo fazer com os movimentos existentes na conta relativos aos juros creditados nas contas? Por agora, deve deixar esses movimentos por conciliar. Vão ser desenvolvidas funcionalidades para albergar esses movimentos. 6. Posso conciliar vários movimentos na conta com vários movimentos no SISAAE/GPESE? Sim, desde que o saldo seja igual e que os saldos a créditos e os saldos a débito sejam iguais, conforme se exemplifica: CERTO ERRADO Banco SISAAE Banco SISAAE -20,00-10,00 35,00-10,00 30,00-10,00-15,00-10,00 30,00 30,00 Saldo 10,00 Saldo 10,00 Saldo 10,00 Saldo 10,00 7. Tenho um processo em que o saldo foi penhorado à ordem de outro processo (crédito transferido de um processo para outro). Como é que posso fazer a conciliação? Ainda não se encontra disponível um movimento contabilístico para o efeito. Tome nota desse movimento para que mais tarde quando estiver disponibilizado o movimento contabilístico possa fazer a conciliação. 8. Tenho que fazer imediatamente a conciliação de todos os processos? Não. Tem que fazer a conciliação dos movimentos nos processo onde pretende realizar pagamentos. Nos processos já extintos pode fazer gradualmente a conciliação, sendo suficiente atribuir o movimento ao processo, ou seja, não será necessário especificar a natureza do movimento. Deve ter, no entanto, em consideração que, em sede de fiscalização, poder-lhe-á ser imposta a identificação inequívoca da natureza dos movimentos.

5 9. Devo começar a conciliação pelos movimentos mais antigos ou pelos mais recentes? Deve efectuar a conciliação, em primeiro lugar, nas contas clientes executados, começando pelos movimentos mais recentes. 1) Faça um filtro dos movimentos num determinado período (15 dias); 2) Analise os movimentos que aparecem, escolha um que, presumivelmente, seja periódico (por exemplo, penhora de salários), alargue o filtro de datas (se o processo for de 2005, alargue o filtro de datas desde até à data de hoje); 3) No campo Descrição, coloque uma parte do descritivo (no exemplo 3724); 4) Verifique a lista de movimentos que foram devolvidos; 5) Concilie agora os movimentos com o respectivo processo; 6) Volte a limitar as datas e volte a repetir a operação.

Artigo 17º do RCP. Boas práticas processuais.

Artigo 17º do RCP. Boas práticas processuais. Artigo 17º do RCP Boas práticas processuais. O presente documento descreve a aplicação prática das alterações ao artigo 17º do RCP (cobrança do custo pelas consultas ao abrigo do 833ºA do CPC) Data: 20

Leia mais

CÂMARA DOS SOLICITADORES

CÂMARA DOS SOLICITADORES 1. O SISAAE/GPESE disponibiliza uma agenda que permite gerir as actividades do escritório do agente de execução, articulando ocorrências e prazos resultantes da movimentação de processos, tarefas e actividades.

Leia mais

Câmara dos Solicitadores Conselho Geral. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução

Câmara dos Solicitadores Conselho Geral. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução Exame Conhecimentos Básicos Processuais e do Programa SISAAE Duração: 1 hora 16 de Março Nome completo e legível Identificação do Agente de Execução 1 Instruções de preenchimento: Resposta: A resposta

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0 Novas funcionalidades do Snc2010 e melhoramentos em relação ao Poc2005 Versão 7.0 1. Sistema de Normalização Contabilística: 1.1 Tabela de equivalências do POC para o SNC. 1.2 Conversão automática do plano

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias

Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias Página 1 de 11 Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias Deverá iniciar a utilização criando as tabelas relacionadas com bancos. Note que no GESPOS estão previamente configurados uma

Leia mais

ANALISADOR SAF-T MANUAL

ANALISADOR SAF-T MANUAL ATD-CTOC ANALISADOR SAF-T MANUAL Introdução A Portaria nº. 321-A/2007, de 26 de Março, que instituiu o SAF-T, dispõe que O ficheiro deve abranger a informação constante dos sistemas de facturação e de

Leia mais

Manual de Colaboração

Manual de Colaboração Manual de Colaboração 2 Introdução O zerozero.pt permite aos seus colaboradores a introdução de resultados e datas de jogos de diversas competições. Depois da óptima experiência desenvolvida com a nossa

Leia mais

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas 01-01-2006 SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas Rev 1.0 1 INDICE 1 Indice... 2 2 Introdução... 3 2.1 Acesso ao sistema... 3 3 Login... 4 3.1 Primeiro Login... 4 4 Gestão de Declarações...

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

Como proceder à renovação ou à confirmação de dados estimados

Como proceder à renovação ou à confirmação de dados estimados Como proceder à renovação ou à confirmação de dados estimados Para efectuarem qualquer operação de certificação (ex: confirmação de dados estimados, renovação da certificação), as empresas devem aceder

Leia mais

Novas Funções do módulo Financeiro

Novas Funções do módulo Financeiro Novas Funções do módulo Financeiro Contas a receber: Lançamentos de contas a receber. Contas a pagar: Lançamentos de contas a pagar. Conciliação Bancária: Permite controlar os saldos da Conta Banco como

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

MANUAL TPROFESSOR VERSÃO 1.0. Com base na versão 34 da aplicação

MANUAL TPROFESSOR VERSÃO 1.0. Com base na versão 34 da aplicação MANUAL DO TPROFESSOR VERSÃO 1.0 Com base na versão 34 da aplicação Truncatura / "Manual TProfessor" / 2 INDICE INTRODUÇÃO... 3 CONVENÇÕES... 3 INÍCIO DA UTILIZAÇÃO... 4 SUMÁRIOS... 5 COMO SUMARIAR....

Leia mais

ACÇÃO EXECUTIVA PENHORA DE IMÓVEIS. Armando A Oliveira Agente de Execução

ACÇÃO EXECUTIVA PENHORA DE IMÓVEIS. Armando A Oliveira Agente de Execução ACÇÃO EXECUTIVA PENHORA DE IMÓVEIS Armando A Oliveira Agente de Execução Parecendo, à primeira vista, uma forma simples de assegurar o pagamento do crédito, há que ter em consideração que a penhora de

Leia mais

Usar o PO Convert para criar uma factura a partir de uma Nota de Encomenda

Usar o PO Convert para criar uma factura a partir de uma Nota de Encomenda 1 / 7 Como Usar o PO Convert para criar uma factura a partir de uma Nota de Encomenda 1. Inicie sessão na sua conta OB10 2. Seleccione a lista Aceites - Na página inicial da sua Conta OB10, clique na lista

Leia mais

ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS

ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS Este documento destina-se a apoiar os serviços processadores na elaboração dos protocolos dos documentos de despesa em

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Grupo I Múltipla Escolha

Grupo I Múltipla Escolha Grupo I Múltipla Escolha 1 A empresa comprou 250 USD a 0,98 USD/EUR com o pagamento de despesas bancárias de 10. Qual das seguintes afirmações está correcta? a) Movimentar a conta 11 Caixa a crédito por

Leia mais

GUIA PRÁTICO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES À SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES À SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES À SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Pagamento de Contribuições à Segurança Social (2015 v5.14) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

MANUAL DO GESTOR DE FINANÇAS

MANUAL DO GESTOR DE FINANÇAS MANUAL DO GESTOR DE FINANÇAS Manual de utilização e dicas para que conheça melhor esta nova ferramenta do millenniumbcp.pt. e da App Millennium para equipamentos ipad/ iphone / ipod touch.. 1 02 ÍNDICE

Leia mais

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda)

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda) Manual de Iniciação FrontOffice (ponto de venda) 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Início de Operador... 5 b) Fazer login de Empregado:... 5 c) Botões de Acção:...

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

Guia para a declaração de despesas no Programa SUDOE

Guia para a declaração de despesas no Programa SUDOE Guia para a declaração de despesas no Programa SUDOE CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO... 2 CAPÍTULO 2: ACESSO AO MÓDULO DE GESTÃO DE DESPESAS PAGAS... 3 CAPÍTULO 3: GESTÃO DAS DESPESAS PAGAS... 4 3.1 Incorporação

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados Acesso ao Direito Portal da Ordem dos Advogados Manual de Utilizador Versão 3.2 Fevereiro de 2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 2 DESCRIÇÃO FUNCIONAL 2.1 ESCALAS

Leia mais

Configuração de Séries, Tipos e Numeradores de Documentos. Séries

Configuração de Séries, Tipos e Numeradores de Documentos. Séries Configuração de Séries, Tipos e Numeradores de Documentos Séries A aplicação permite configurar Noventa e Nove (99) séries de documentos. As séries são identificadas numericamente mas é possível configurar

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador

Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador O Banco de todos os momentos. Mobile Banking BAI Guia Rápido do Utilizador Índice 1. Introdução ao Mobile Banking BAI... 5 2. Regras de Segurança... 8 3. Guia

Leia mais

Actualização. Versão 5.1.22

Actualização. Versão 5.1.22 Actualização Versão 5.1.22 Março 2009 2 JURINFOR Av. Engº Duarte Pacheco, 19 9º - 1099-086 LISBOA PORTUGAL Introdução Este documento descreve as características principais adicionadas ao JURINFOR JuriGest.

Leia mais

Portal Web de Apoio às Filiadas

Portal Web de Apoio às Filiadas Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: 2014-02-03 Versão: 1 1 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades 4 2.1. Entrada no sistema e credenciação de

Leia mais

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Página 1 de 9 Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Ferramenta de controle financeiro das empresas cadastradas no Sigla Digital. Por essa ferramenta

Leia mais

Actualização. Versão 5.3.1

Actualização. Versão 5.3.1 Actualização Versão 5.3.1 Janeiro 2011 2 JURINFOR Rua de Artilharia 1, Nº 79 3º Dtº - 1250-038 LISBOA PORTUGAL 1 Índice 2 Facturação Certificada Conformidade de procedimentos... 4 2.1 Documentos Certificados...

Leia mais

actualização gratuita *para clientes SOLUTIO Local com contrato de manutenção activo.

actualização gratuita *para clientes SOLUTIO Local com contrato de manutenção activo. novidades da versão 2.0 Registo automóvel o Pedido de certidão automóvel o Pedidos de registo automóvel o Estado dos pedidos Registo predial o Pedido de certidão predial o Pedido de depósito o Pedido de

Leia mais

Projecto de Implementação da. Modelo 11

Projecto de Implementação da. Modelo 11 Projecto de Implementação da Reforma da Tributação do Património Modelo 11 MANUAL DO UTILIZADOR VERSÃO 1.0 DGITA Lisboa, 2004 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 2 1.1 Principais Funcionalidades da Aplicação...2 1.2

Leia mais

ADSE DIRETA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE

ADSE DIRETA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE ADSE DIRETA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO ÀS ENTIDADES EMPREGADORAS Este documento destina-se a apoiar as entidades empregadoras na elaboração dos protocolos dos documentos de

Leia mais

Serviço de Faturação Eletrónica

Serviço de Faturação Eletrónica E-Invoicing Serviço prestado em acordo de interoperabilidade com a: Nov.2013 Ref. 02.007.14353 ÍNDICE 1 O que é uma Fatura Eletrónica? 3 2 Porquê a Faturação Eletrónica? 4 3 Quais as Vantagens? 7 4 O papel

Leia mais

Guia de utilização. Acesso Universal

Guia de utilização. Acesso Universal Guia de utilização Março de 2009 Índice Preâmbulo... 3 Acesso à Plataforma... 4 Área de Trabalho... 5 Apresentar Propostas... 12 Classificar Documentos... 20 Submeter a Proposta... 21 Solicitação de Esclarecimentos/Comunicações...

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

MATRÍCULAS/INSCRIÇÕES ON-LINE. 1.º e 2.º Ciclo

MATRÍCULAS/INSCRIÇÕES ON-LINE. 1.º e 2.º Ciclo MATRÍCULAS/INSCRIÇÕES ON-LINE 1.º e 2.º Ciclo (apenas para alunos dos 1.º ano repetentes, 2.º e 3.º anos) Caro aluno do 1.º (repetente), 2.º ou 3.º ano, A Escola Superior de Desporto de Rio Maior permite

Leia mais

Além dos cadastros básicos Financeiro

Além dos cadastros básicos Financeiro Além dos cadastros básicos Financeiro Até agora vimos como cadastrar algumas informações básicas para a utilização do CIAF, enquanto cadastramos estas informações também treinamos o modo de utilização

Leia mais

O CITIUS é uma ferramenta mais avançada do que a antiga aplicação Habilus.net, permitindo um conjunto de novas funcionalidades.

O CITIUS é uma ferramenta mais avançada do que a antiga aplicação Habilus.net, permitindo um conjunto de novas funcionalidades. Projecto CITIUS CITIUS (do latim mais rápido, mais célere) é o projecto de desmaterialização dos processos nos tribunais judiciais desenvolvido pelo Ministério da Justiça. Englobando aplicações informáticas

Leia mais

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores ENTRADA: Abrir o browser de internet e digitar um dos seguintes endereços: Para aceder à área reservada de alunos: http://myescola.exemplo.pt Para aceder

Leia mais

Factura Mod #1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 19 18 20 21

Factura Mod #1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 19 18 20 21 2 Factura Mod #1 1 4 5 3 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 19 18 20 21 Factura Mod #1 Factura Mod #2 21 Factura Mod #2 LEGENDA 1 Contactos. Telefone e horário de atendimento da Vimágua. 2 Dados do titular

Leia mais

prodj Condições Gerais de Venda On-line

prodj Condições Gerais de Venda On-line Índice 1. Contactos da prodj... 2 2. Processo de compra na loja on line da prodj... 2 2.1. Registo introdução, correcção e eliminação de dados pessoais... 2 2.2. Segurança no registo... 2 2.2. Compra...

Leia mais

Modelos artigo 15ºA da Portaria 331-B/2009

Modelos artigo 15ºA da Portaria 331-B/2009 Modelos artigo 15ºA da Portaria 331-B/2009 Implementação de actos específicos para cumprimento do disposto no artigo 15ºA da Portaria 331-B/2009 de 30 de Março. Proposta de modelos para SISAAE/GPESE e

Leia mais

Sessão de Esclarecimento Ordens de Pagamento 08-01-2009

Sessão de Esclarecimento Ordens de Pagamento 08-01-2009 Ordens de Pagamento A partir de Janeiro de 2009 não é possível efectuar qualquer tipo de pagamento sem que sejam emitidas previamente as ordens de pagamento. A Ordem de Pagamento, devidamente autorizada

Leia mais

GUIA PRÁTICO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES À SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES À SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES À SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Pagamento de Contribuições à Segurança Social (2015 v5.11) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

Rua Latino Coelho, 37-B 1050-132 Lisboa Portugal T. +351 213 232 960 F. +351 213 232 999

Rua Latino Coelho, 37-B 1050-132 Lisboa Portugal T. +351 213 232 960 F. +351 213 232 999 Guia do Utilizador 1. Abertura de Conta... 3 1.1 Manual... 3 1.2 Online... 3 1.2.1 Introdução... 3 1.2.2 Titulares... 4 1.2.3 Confirmar dados... 6 1.2.4 Finalizar... 7 2 Iniciar sessão... 9 3 A Minha Conta...

Leia mais

actualização gratuita *para clientes Gnotarium com contrato de manutenção activo.

actualização gratuita *para clientes Gnotarium com contrato de manutenção activo. novidades da versão 4.0 Registo automóvel o Pedido de certidão automóvel o Pedidos de registo automóvel o Estado dos pedidos Registo predial o Pedido de certidão predial o Pedido de depósito o Pedido de

Leia mais

Manual do Fénix. Inscrições (Portal do Estudante) Serviços de Informática 2011-09-08 (Versão 2.0)

Manual do Fénix. Inscrições (Portal do Estudante) Serviços de Informática 2011-09-08 (Versão 2.0) Manual do Fénix Inscrições (Portal do Estudante) Serviços de Informática 2011-09-08 (Versão 2.0) Este manual tem como objectivo auxiliar os alunos na inscrição às unidades curriculares. Índice 1 Entrar

Leia mais

TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA

TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA PASSO-A-PASSO PARA SOLICITAR PEDIDO DE ALTERAÇÃO DE ESCALÃO ATRAVÉS DA SEGURANÇA SOCIAL DIRETA Aceda à Segurança Social Direta, em https:///consultas/ssdirecta/

Leia mais

TENHA MAIS MÃO NAS SUAS CONTAS

TENHA MAIS MÃO NAS SUAS CONTAS de Finanças Pessoais Dicas para que conheça melhor esta nova ferramenta do activobank TENHA MAIS MÃO NAS SUAS CONTAS 02 ÍNDICE 03 1.VANTAGENS DO Gestor Activo 04 2.ATIVAÇÃO 04 Para ativar 05 Agora que

Leia mais

XD SPA. www.xdsoftware.pt

XD SPA. www.xdsoftware.pt 1. Introdução XD SPA é uma aplicação direcionada à gestão de Institutos de Beleza, Cabeleireiros e SPA s. É desenvolvido na mesma base da aplicação XD POS tirando todo o partido das mesmas funcionalidades

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006)

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Este documento tem como objectivo ajudar os nossos clientes a trabalhar com o nosso site. Se necessitar de alguma ajuda extra não hesite em contactar-nos. Apesar

Leia mais

Conversão do POC para o SNC

Conversão do POC para o SNC Manual do Utilizador Conversão do POC para o SNC Data última versão: 18.02.2010 Versão: 128 Data criação: 3.12.2009 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas

Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas 1 Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas 1- Controles de saldos financeiros por Fonte e Aplicação Abaixo estão listadas as telas do sistema que sofreram adequações na nova versão do Módulo

Leia mais

Operações Documentárias no Portal de Empresas

Operações Documentárias no Portal de Empresas Operações Documentárias no Portal de Empresas www.millenniumbcp.pt Apresentação para Clientes MT2569 - Versão 2 Ref.02.002.1921 Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico Índice 1. Introdução/Enquadramento

Leia mais

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores MANUAL DE PROCEDIMENTOS Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores Ecopilhas Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores, Lda. JUNHO 2011 Índice 1. Início do Registo de Produtor de Pilhas

Leia mais

Conta de Gerência em formato eletrónico

Conta de Gerência em formato eletrónico CONTAB Contabilidade para o Setor da Educação Versão 2.5.51 FEVEREIRO de 2012 MUITO IMPORTANTE - Faça uma cópia de segurança para guardar em arquivo; - Leia atentamente este documento, facultando-o a todos

Leia mais

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE 2 ÍNDICE ADSE Direta... 4 Serviços Disponíveis... 6 Atividade Convencionada... 7 Atualizar/Propor Locais de Prestação... 9 Propor Novo

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Apresentação do Segplus FX 2014

Apresentação do Segplus FX 2014 1 Apresentação do Segplus FX 2014 Alguns destaques do software Segplus gestão seguros Digitalização, visualização e gravação de documentos ligados a segurados, apólices, sinistros etc. Criação, envio,

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Manual de Utilizador Portal TRH Novembro de 2009 ÍNDICE 1. Introdução...2 2. Registo...4 3. Visualização e criação de operadores...8 4. Introdução

Leia mais

www.bca-europe.com A Maior Empresa de Leilões e Remarketing Automóvel em Portugal e na Europa

www.bca-europe.com A Maior Empresa de Leilões e Remarketing Automóvel em Portugal e na Europa Configure o seu servidor de email para receber as informações BCA Seguem as instruções para configuração nos servidores de email mais comuns: - WindowsLive Mail - Hotmail - MSN - Yahoo - Gmail - Outlook

Leia mais

Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora

Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora Perfil Candidato MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo: Candidaturas online (2.º/3.º Ciclo, e outros Cursos não conferentes de Grau) O Módulo de Candidaturas

Leia mais

Agenda. 1. Configuração. 2. Introdução de documentos. 3. Manutenção de cofre. 4. Fecho diário. 5. Fecho mensal. 6. Interligação contabilística

Agenda. 1. Configuração. 2. Introdução de documentos. 3. Manutenção de cofre. 4. Fecho diário. 5. Fecho mensal. 6. Interligação contabilística Agenda 1. Configuração 2. Introdução de documentos 3. Manutenção de cofre 4. Fecho diário 5. Fecho mensal 6. Interligação contabilística 1 1. Configuração Documentos Prestações de contas Caixas Seguranças

Leia mais

Manual Gestix Guia do Utilizador. Gestix.com

Manual Gestix Guia do Utilizador. Gestix.com Manual Gestix Guia do Utilizador Gestix.com Copyright Este documento é Copyright 2008 Westix TI Lda. Todos os direitos reservados. Todas as marcas registadas referidas neste Manual são propriedade dos

Leia mais

Guião para as ferramentas etwinning

Guião para as ferramentas etwinning Guião para as ferramentas etwinning Registo em etwinning Primeiro passo: Dados de quem regista Segundo passo: Preferências de geminação Terceiro passo: Dados da escola Quarto passo: Perfil da escola Ferramenta

Leia mais

Gescom Enterprise 8.9. Questões legais

Gescom Enterprise 8.9. Questões legais Gescom Enterprise 8.9 A versão GESCOM Enterprise 8.9 sofreu várias alterações com o intuito de permitir uma maior usabilidade, cumprir com as obrigações legais (despacho n.º 8632/2014) e garantir uma maior

Leia mais

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/fazer? Consultar as Normas do Programa e as Perguntas mais Frequentes disponíveis

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

[MANUAL DO NOVO PROGRAMA DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES SENIORES]

[MANUAL DO NOVO PROGRAMA DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES SENIORES] Dez 2014, v1 RUTIS Associação Rede de Universidades da Terceira idade [MANUAL DO NOVO PROGRAMA DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES SENIORES] Desenvolvido por RUTIS Manual do Novo programa de Gestão de Universidades

Leia mais

Sistema de Movimento Judicial dos Tribunais Administrativos e Fiscais

Sistema de Movimento Judicial dos Tribunais Administrativos e Fiscais Sistema de Movimento Judicial dos Tribunais Administrativos e Fiscais CSTAF - 2013 Maio 2013 Índice Índice... i Enquadramento... 2 Sistema de Movimento Judicial dos TAFs... 3 Acesso... 3 Acções... 4 Requerimento...

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS CONTABILIDADE GERAL I III - CADERNO DE EXERCÍCIOS Terceiros e Antecipações Exercício 17 A empresa

Leia mais

Guia de utilização do sistema de candidatura online relativo à Bolsa de Mérito Especial

Guia de utilização do sistema de candidatura online relativo à Bolsa de Mérito Especial Guia de utilização do sistema de candidatura online relativo à Bolsa de Mérito Especial O candidato deve, em primeiro lugar, inscrever-se como membro do Clube dos Amigos da Fundação Macau para que, posteriormente,

Leia mais

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos:

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Prestação de Contas Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Acessar o Sistema NEGOCIUS. Clicar em Tesouraria do menu lateral esquerdo, em seguida clicar em Prestação

Leia mais

SITE DA ANATEL Passo a Passo

SITE DA ANATEL Passo a Passo SITE DA ANATEL Passo a Passo APOIO AO RADIOAMADOR Você não precisa sair de sua casa até a Labre ou Anatel para solicitar os seguintes serviços.: - Cadastramento na ANATEL - Inscrição para as provas (seja

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO DOS RECENSEAMENTOS

PROGRAMA DE GESTÃO DOS RECENSEAMENTOS PROGRAMA DE GESTÃO DOS RECENSEAMENTOS APLICAÇÃO TRATAIHRU Versão 03.04 INDICE 1. CANDIDATURA...3 a) Tratar... Error! Bookmark not defined. b) Fechar... Error! Bookmark not defined. c) Converter...3 d)

Leia mais

Paulo Mota (versão 1.2)

Paulo Mota (versão 1.2) Paulo Mota (versão 1.2) 2007 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 2 ÍNDICE 1. Aceder à aplicação SIIE... 3 2. Importar dados... 4 2.1. Dados gerais dos elementos... 4 2.2. Dados gerais do

Leia mais

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 ÍNDICE Pág. I. Instalação do Software 2 II. Selecção de Empresas / Manutenção de Empresas 5 III. Criação da Base de Dados (Clientes, Fornecedores e Pessoal)

Leia mais

ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES

ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES MANUAL DE APOIO Este manual de apoio destina-se aos docentes do ensino oficial que pretendam requerer autorização para acumular funções. Exceptuam-se aqueles que se encontram na situação

Leia mais

Emissão de Recibos a Clientes e Avisos de Lançamento a Fornecedores

Emissão de Recibos a Clientes e Avisos de Lançamento a Fornecedores Emissão de Recibos a Clientes e Avisos de Lançamento a Fornecedores Página 1 de 1 O Recibo é documento de quitação, isto é, é um documento que certifica que determinados documentos foram pagos por parte

Leia mais

Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno

Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno GESTÃO DE ESTÁGIOS E PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO MANUAL DE UTILIZADOR - ALUNO Passaremos a demonstrar quais os passos a dar para

Leia mais

ZSRest. Manual de Configuração. Serviço de Entregas. V2011-Certificado

ZSRest. Manual de Configuração. Serviço de Entregas. V2011-Certificado Manual de Configuração Serviço de Entregas V2011-Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Configuração... 3 4. Funcionamento Frontoffice... 4 a) Pedido normal... 4 b) Pedido baseado noutras encomendas...

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

Portal Internet Empresas GUIA DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO

Portal Internet Empresas GUIA DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO Portal Internet Empresas GUIA DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO Linha de Apoio ao Utilizador AVISO Os conteúdos apresentados aqui são apenas para informação, sendo revelado ao destinatário como uma ferramenta auxiliar,

Leia mais

INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS

INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS anual Índice de conteúdos INTRODUÇÃO...3 CONFIGURAR DADOS PESSOAIS...5 Preferências Pessoais...6 Alterar senha...7 Consultar dados...8 SECÇÃO INTRANET...9 Conteúdo Intranet...12

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA. Sua referência Sua comunicação de Nossa referência. Proc. DGF/001.05/3.

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA. Sua referência Sua comunicação de Nossa referência. Proc. DGF/001.05/3. Todos os Serviços Dependentes OFICIO-CIRCULAR Sua referência Sua comunicação de Nossa referência N. º N. S-DRE/2005/2551 Proc. Proc. DGF/001.05/3.46 ASSUNTO: GESTOR - PROCEDIMENTOS PARA USO DO SISTEMA

Leia mais

Índice. Índice de figuras

Índice. Índice de figuras PASSO-A-PASSO Índice 1 Entrar no Portal das Escolas 3 2 Registo 3 2.1 Preencher o registo 3 2.2 Campos de registo a preencher 4 2.3 Autorização para tratamento de dados do Portal das Escolas 6 2.4 Mensagem

Leia mais

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA O que é? É um comparativo entre as movimentações existentes em uma conta bancária e as existentes no controle financeiro. Todos sabem, por exemplo, que existe

Leia mais

Manual SMS24. 1. O que é o SMS24?... 1. 2. Quais as Funcionalidades Disponíveis?... 1. 3. Como Activar o SMS24?... 2. 4. Como funciona o SMS24?...

Manual SMS24. 1. O que é o SMS24?... 1. 2. Quais as Funcionalidades Disponíveis?... 1. 3. Como Activar o SMS24?... 2. 4. Como funciona o SMS24?... Manual SMS24 Índice 1. O que é o SMS24?... 1 2. Quais as Funcionalidades Disponíveis?... 1 3. Como Activar o SMS24?... 2 4. Como funciona o SMS24?... 4 5. Personalização de Contas... 4 6. Estrutura das

Leia mais

PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM. Utilização da plataforma SMUH-AIM

PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM. Utilização da plataforma SMUH-AIM PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM Utilização da plataforma SMUH-AIM INFARMED Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. 1 Pré-Submissão eletrónica de pedidos de AIM Pedidos de

Leia mais

LNDnet. Lançamento de notas pelos docentes. Portal académico

LNDnet. Lançamento de notas pelos docentes. Portal académico LNDnet Lançamento de notas pelos docentes Portal académico A base para elaboração do presente manual foi o manual da Digitalis (SIGES.11.0.0 Manual de Utilizador) ao no qual foram registada as adaptações

Leia mais