Codificação da tabela de Movimentos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Codificação da tabela de Movimentos"

Transcrição

1 A Informatização da Contabilidade CAP VII Modelo 22; Comprovativo do pagamento do IVA trimestral; Comprovativo do pagamento da Informação Empresarial Simplificada; etc. Os documentos como a Nota de encomenda e a Guia de remessa não dão lugar a qualquer registo contabilístico. Codificação da tabela de Diários Codificação da tabela de Movimentos Como a empresa tem de processar os ordenados dos sócios tem também de entregar a Declaração de remunerações na Segurança Social. Essa entrega é feita utilizando a Segurança Social Directa, através do site da Segurança Social. Lidel-Edições Técnicas 97

2 Prática Contabilística de acordo com o SNC Criação do ficheiro para enviar para a Segurança Social e referente aos dois sócios. Escolher a opção adesão DR On-Line (Dirigido apenas a Entidades com menos de 10 trabalhadores). Dias depois é recebida a palavra-chave. 7.2 Execução de uma contabilidade EXEMPLO A PROJEN, Lda. que se dedica à prestação de serviços de energia e venda de um instrumento de medida ING298 iniciou a sua actividade em 1 de Janeiro de 2010 com 5.000,00 euros igualmente repartidos por dois sócios e depositados no Banco Ibérico. Durante o mês de Janeiro, a empresa realizou as seguintes operações: 1) Compra a 60 dias de bens a OFFICE CENTER para utilizar na prestação de serviços no valor de 1.200,00 euros (Factura n. 238); IVA 20%; 2) Prestação de serviços ao Centro Comercial Oeiras Vila no valor de 1.000,00 euros (Factura recibo n. 1); 3) Levantamento bancário: 100,00 euros (Cheque n. 7632); 4) Pagamento da electricidade: 20,00 euros (Recibo 897); IVA 5%; 5) Processamento de ordenados: 900,00 euros (recibos n. o s 1 e 2); Segurança Social referente aos sócios; 6) Compra a prazo de material de escritório ao Office Park no valor de 80 euros (Factura recibo n. 2234); IVA 20%. 98 Lidel-Edições Técnicas

3 A Informatização da Contabilidade CAP VII Durante o mês de Fevereiro, a empresa realizou as seguintes operações: 1) Pagamento à Segurança Social: 281,25 (Doc n. 5893); 2) Processamento de ordenados: 900,00 euros (recibos 3 e 4). Segurança social referente ao sócios. Durante o mês de Março, a empresa realizou as seguintes operações: 3) Pagamento à Segurança Social: 20,00 euros (Doc n. 987); 4) Processamento de ordenados: 900,00 euros (recibos 5 e 6). Segurança Social referente aos sócios. A execução da Contabilidade terá por base o seguinte esquema: Nesta lição o trabalho contabilístico incide sobre o 1. Trimestre. No capítulo 9 trataremos do trabalho de fim de exercício. Para entregar a declaração de remunerações há que seguir os seguintes passos: Escolher a opção entrega DR On-Line (Dirigido apenas a Entidades com menos de 10 trabalhadores); Inserir o NISS e a palavra-chave; Adicionar os sócios que passam a descontar para a Segurança Social com base na remuneração de 450 euros (1). Preencher a declaração de remunerações para o mês de Janeiro de O código da taxa é 669 porque se trata de sócios gerentes. Se forem trabalhadores seria 000; (1) A partir de Abril os sócios são remunerados ao salário mínimo nacional de 475 euros, que entrou em vigor em Janeiro de Lidel-Edições Técnicas 99

4 Prática Contabilística de acordo com o SNC Imprimir a declaração de remuneração referente a Janeiro de 2010; Pagar o valor da contribuição 281,25 euros até ao dia 15 de Fevereiro. A primeira fase está relacionada com a classificação dos documentos. Consideremos alguns deles: (continua) 100 Lidel-Edições Técnicas

5 A Informatização da Contabilidade CAP VII , , Para os meses de Fevereiro e Março seria: , , (continua) Lidel-Edições Técnicas 101

6 Prática Contabilística de acordo com o SNC (continuação) , , , , , ,25 Vamos utilizar o software ARTSOFT para executar a Contabilidade da PROJEN do 1. trimestre. MENU 1) Criar contas específicas à empresa, com base no SNC: Clicar em 121 Banco Ibérico 211 Clientes c/c CENTRO COMERCIAL OEIRAS VILA SHERIGAN 221 Fornecedores c/c Office Center 102 Lidel-Edições Técnicas

7 A Informatização da Contabilidade CAP VII 2) Criar as fichas de Clientes e Fornecedores: Clicar em 3) Lançamentos no Diário: Clicar em Após uma fase inicial, o utilizador inicia o registo contabilístico com: Abertura das contas; Registo das operações nos Diários: Abertura; Caixa; Clientes; Fornecedores; Ordenados. Lidel-Edições Técnicas 103

8 Prática Contabilística de acordo com o SNC Mês: Janeiro Diário de Caixa Diário de Bancos Diário de Fornecedores Diário de Clientes 104 Lidel-Edições Técnicas

9 A Informatização da Contabilidade CAP VII Diário de Ordenados Mês: Fevereiro Diário de Ordenados Mês: Março Diário de Ordenados Lidel-Edições Técnicas 105

10 Prática Contabilística de acordo com o SNC 4) Declaração Periódica do IVA O Técnico de Contas entregou a declaração dentro do prazo. A declaração do 1.º Trimestre tinha de ser entregue até 17 de Maio de Escolher ENTREGAR 106 Lidel-Edições Técnicas

11 A Informatização da Contabilidade CAP VII Lidel-Edições Técnicas 107

12 Prática Contabilística de acordo com o SNC 5) Listagens Diários Contas Balancete de verificação Nota: A partir do 3.º trimestre de 2010 as taxas do IVA passaram a ser de 6%, 13% e 21% para o Continente. 108 Lidel-Edições Técnicas

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS CONTABILIDADE GERAL I III - CADERNO DE EXERCÍCIOS Terceiros e Antecipações Exercício 17 A empresa

Leia mais

Aplicação Administrativa de Gestão

Aplicação Administrativa de Gestão Aplicação Administrativa de Gestão DIAGNIMAGEM, Sociedade Unipessoal, Lda Clínica de Exames e Diagnósticos de Imagiologia A Empresa é constituída por 4 departamentos: Gerência (1) Administrativo/ Contabilidade

Leia mais

2. Regra geral, o IVA não dedutível deve ser registado na conta 68111 : a) Verdadeira; b) Falsa Justificação:

2. Regra geral, o IVA não dedutível deve ser registado na conta 68111 : a) Verdadeira; b) Falsa Justificação: 1. A aplicação do princípio da prudência está exclusivamente relacionada com o registo de perdas de imparidade em activos e provisões : a) Verdadeira; b) Falsa 2. Regra geral, o IVA não dedutível deve

Leia mais

Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2013/2014 1º Semestre. 28 de NOVEMBRO de 2013 Duração da prova: 60 minutos

Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2013/2014 1º Semestre. 28 de NOVEMBRO de 2013 Duração da prova: 60 minutos Contabilidade Financeira Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2013/2014 1º Semestre 28 de NOVEMBRO de 2013 Duração da prova: 60 minutos 3º TESTE INTERMÉDIO NOME: NÚMERO: Atenção

Leia mais

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 À Semelhança de medidas tomadas por administrações Fiscais de outros países, foi publicada em Portugal a portaria a regulamentar a Certificação

Leia mais

UFCD 6222 - Introdução ao código de contas e normas contabilísticas

UFCD 6222 - Introdução ao código de contas e normas contabilísticas UFCD 6222 - Introdução ao código de contas e normas contabilísticas C O M P I L A Ç Ã O D E M A T E R I A I S Conteúdo programático Código das contas Meios Financeiros Líquidos Contas a receber e a pagar

Leia mais

Manual da Área Financeira. 2Ás Contabilidade e Consultoria, Lda

Manual da Área Financeira. 2Ás Contabilidade e Consultoria, Lda Manual da Área Financeira 2Ás Contabilidade e Consultoria, Lda Rev. 1/2014 de 11/09/2014 Sumário 1. INTRODUÇÃO 3 2. REPORTS: CONSULTA 4 2.1 CRITÉRIOS DE SELEÇÃO 4 3. IMPOSTOS E OUTROS: CONSULTA 6 3.1 CRITÉRIOS

Leia mais

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Ficha de Fornecedor Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Consulta de todas as entradas de material deste Fornecedor Poderá realizar Notas de Encomenda, Devoluções,

Leia mais

sage Infologia50 Contabilidade

sage Infologia50 Contabilidade Contabilidade Nova Versão SAFT-PT Sage 2008 e Analisador SAFT: Validação, consulta e exploração de dados do ficheiro SAFT. Automatização do CMVMC: Automatização do CMVMC, permitindo a introdução da existência

Leia mais

CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL

CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL Contabilidade e Processamento Salarial A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã disponibiliza às empresas alemãs com sucursal ou estabelecimento estável em Portugal, o serviço de contabilidade organizada

Leia mais

Regime de IVA de Caixa

Regime de IVA de Caixa Regime de IVA de Caixa Versão 1.4 maio de 2014 (Última atualização a 05.05.2014) Índice Índice... 2 Introdução... 3 Notas prévias... 4 Configurações Gerais... 4 Administrador...4 ERP PRIMAVERA...8 Perfis

Leia mais

GM CONTABILIDADE. O parceiro ideal nas tecnologias de Informação

GM CONTABILIDADE. O parceiro ideal nas tecnologias de Informação GM CONTABILIDADE O GM Contabilidade é uma aplicação concebida para o eficaz controlo informático de toda a área da Contabilidade Geral, Analítica e Orçamental Com um interface intuitivo e bastante profissional,

Leia mais

A aplicação desenvolvida em ambiente Windows foi preparada para permitir a utilização simultânea do teclado e do rato.

A aplicação desenvolvida em ambiente Windows foi preparada para permitir a utilização simultânea do teclado e do rato. CTA CONTABILIDADE CARACTERÍSTICAS GERAIS A aplicação desenvolvida em ambiente Windows foi preparada para permitir a utilização simultânea do teclado e do rato. Uma das características fundamentais deste

Leia mais

Manual do utilizador da aplicação. MaisCondominio

Manual do utilizador da aplicação. MaisCondominio da aplicação MaisCondominio Este software destina-se a ser usado tanto por quem administra, apenas, um condomínio, como pelos profissionais, que administram vários condomínios. O MaisCondominio caracteriza-se

Leia mais

Contabilidade Financeira I

Contabilidade Financeira I Contabilidade Financeira I O sistema de informação contabilística Ponto da situação Visão global dos principais produtos ( outputs ) da contabilidade como sistema de informação: Balanço, Demonstração de

Leia mais

Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa

Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa Descritivo completo Contabilidade 2008 Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa Benefícios Fácil de utilizar; Totalmente integrada com o restante

Leia mais

Sumário. Obrigações e enquadramento fiscal decorrentes do exercício duma actividade empresarial. (síntese)

Sumário. Obrigações e enquadramento fiscal decorrentes do exercício duma actividade empresarial. (síntese) Obrigações e enquadramento fiscal decorrentes do exercício duma actividade empresarial (síntese) Sumário 1. Início de actividade 2. Enquadramento em sede de IRS 3. Enquadramento em sede de IVA 4. Obrigações

Leia mais

Perguntas e Respostas via WebCast Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC

Perguntas e Respostas via WebCast Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC Perguntas e Respostas via WebCast Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC PERGUNTAS VIA WEB CAST: Dado que vamos ter necessariamente durante o período de transição que efectuar lançamentos manuais na contabilidade,

Leia mais

Facturação Guia do Utilizador

Facturação Guia do Utilizador Facturação Guia do Utilizador Facturação Como se utiliza 2 1 Como se utiliza Todas as opções do sistema estão acessíveis através do menu: ou do menu: O Menu caracteriza-se pelas seguintes funcionalidades:

Leia mais

Transformamos Informação em Conhecimento

Transformamos Informação em Conhecimento Transformamos Informação em Conhecimento Contabilidade Parametrização automática de uma estrutura para centros de custo. Automatização de tipos de lançamentos. Tratamento automático do final do exercício.

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projeto de Informatização Gas GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11 A empresa Criada em

Leia mais

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Manual básico do Utilizador Software de Facturação e Gestão Comercial On-line Level 7 Basic, Light & Premium Este Software é fornecido com um número de

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS CONTABILIDADE II CADERNO DE EXERCÍCIOS CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS Ano Lectivo 2009/2010 Maio de 2010 EXERCÍCIO N º 1C A sociedade M possui 60% de voto da sociedade A, a qual possui, por sua vez, 40% de direitos

Leia mais

Perguntas e Respostas Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC

Perguntas e Respostas Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC Perguntas e Respostas Roadshow Mais PHC 2009 O novo SNC Perguntas do RoadShow Mais PHC O novo SNC O que é necessário para produzir a demonstração de fluxos de caixa pelo método directo (único aceite a

Leia mais

Fecho de Ano WEuroGest 2000

Fecho de Ano WEuroGest 2000 Fecho de Ano WEuroGest 2000 INTRODUÇÃO Neste documento são descritos os passos a seguir para uma boa execução do fecho de ano e respectiva conversão da empresa em euros. No final é apresentada uma checklist

Leia mais

Manual Atualização 4.2 Singest POS Touch. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda

Manual Atualização 4.2 Singest POS Touch. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Introdução A versão 4.2 do Singest foi lançada de forma a responder às obrigatoriedades legais impostas pelo Decreto-lei 71/2013, que regulamenta

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projecto de Informatização Parafarmácia GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11 Data: 30

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM ECONOMIA

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM ECONOMIA INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM ECONOMIA CONTABILIDADE IV - CADERNO DE EXERCÍCIOS Existências ANO LECTIVO 2005/2006 2º SEMESTRE Exercício 24 Durante um determinado mês, a sociedade

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projeto de Informatização Ginásio GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 2011 Data: 14 / 01 /

Leia mais

WORKSHOP PROCEDIMENTOS DE EXECUÇÃO DO SUBPROGRAMA 3 DO PRODER

WORKSHOP PROCEDIMENTOS DE EXECUÇÃO DO SUBPROGRAMA 3 DO PRODER SP3 PRODER INTERIOR DO ALGARVE CENTRAL WORKSHOP PROCEDIMENTOS DE EXECUÇÃO DO SUBPROGRAMA 3 DO PRODER Campus da Boa Esperança São Brás de Alportel, 29 de maio de 2014 SP3 PRODER INTERIOR DO ALGARVE CENTRAL

Leia mais

Curso EFA: Técnicos/as Administrativas Modulo: Ficheiros de Armazém Formador: Rui Carvalho ANEXOS. Curso de Técnico/ a Administrativa

Curso EFA: Técnicos/as Administrativas Modulo: Ficheiros de Armazém Formador: Rui Carvalho ANEXOS. Curso de Técnico/ a Administrativa ANEXOS Curso de Técnico/ a Administrativa Tabela Classificação Fora da Factura Financeiros Compras D 221 C 782 Vendas D 682 C 221 Na Factura D 311 C 221/782 D 211/ 682 C 71 Fora da Factura Comerciais D

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais:

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: GESTÃO DE STOCKS Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: 1. Garantir que têm os artigos todos criados no Sublime 2. Fazer a contagem de todos os artigos que estão a uso, em expositores

Leia mais

Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto

Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto FactuPlus Evolução Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto base* Funcionalidades gerais dos produtos Nº de postos 1 3 5 1 Nº de empresas 2 25 50 2 Muti-Utilizador Base de Dados MDB MDB MDB MDB

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão Profissional Certificado

Sistema Integrado de Gestão Profissional Certificado elabora Gestão é um sistema integrado de gestão por incluir no mesmo programa controlo de contas correntes de clientes, fornecedores, controlo de stocks e armazéns. Aplicação 32 Bits para ambiente Windows

Leia mais

Manual de utilizador - Parametrização Contabilística. TOConline Suporte. Página - 1

Manual de utilizador - Parametrização Contabilística. TOConline Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Parametrização Contabilística Manual de utilizador Página - 2 Parametrização Código de Contas SNC Manual de utilizador - Parametrização Contabilística Na área Empresa -> Definições

Leia mais

GM Light GM POS GESTÃO COMERCIAL. O parceiro ideal nas tecnologias de Informação

GM Light GM POS GESTÃO COMERCIAL. O parceiro ideal nas tecnologias de Informação GM As soluções de Gestão comercial GM são uma ferramenta essencial e indispensável para a correcta gestão de negócio e fomentador do crescimento sustentado das Empresas. Criado de raiz para ser usado em

Leia mais

Contabilidade Financeira I

Contabilidade Financeira I Operações de Fim de Exercício Terminado o exercício contabilístico a empresa efectua diversos trabalhos ou operações de fim de exercício contabilístico. Contabilidade Financeira I Operações de Fim de Exercício

Leia mais

Caderneta de Estágio 2007/2008. Curso Tecnológico de Administração. Aluno: Marisa Daniela Antunes Santos, nº 9 da turma G, do 12º ano.

Caderneta de Estágio 2007/2008. Curso Tecnológico de Administração. Aluno: Marisa Daniela Antunes Santos, nº 9 da turma G, do 12º ano. Caderneta de Estágio 2007/2008 ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMARES Curso Tecnológico de Administração Aluno:, nº 9 da turma G, do 12º ano. IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO-FORMANDO Nome: Data de Nascimento: 26 02 1989 B.I.

Leia mais

Relatório de alterações efectuadas no sistema NetBusiness 2.0

Relatório de alterações efectuadas no sistema NetBusiness 2.0 Net Business Soluções de Software Standard * Contabilidade Geral, Analítica e Orçamental * Salários e Gestão de Recursos Humanos * Gestão de Imobilizado * Gestão de Contas Correntes * Gestão de Stocks

Leia mais

ANALISADOR SAF-T MANUAL

ANALISADOR SAF-T MANUAL ATD-CTOC ANALISADOR SAF-T MANUAL Introdução A Portaria nº. 321-A/2007, de 26 de Março, que instituiu o SAF-T, dispõe que O ficheiro deve abranger a informação constante dos sistemas de facturação e de

Leia mais

Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep

Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep Julho de 2009 Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep A aplicação dbgep é constituída pelos seguintes módulos: Aplicação Função Situação comercial dbgep C Contabilidade em comercialização dbgep

Leia mais

Contabilidade Financeira II 2008/2009

Contabilidade Financeira II 2008/2009 Contabilidade Financeira II 2008/2009 Locações Locações Formas de Financiamento Noções de Leasing Leasing Financeiro vs Leasing Operacional Lançamentos: Leasing Financeiro Contrato Pagamento das rendas

Leia mais

Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade.

Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade. Módulo TOC Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade. A partir deste menu, o seu Contabilista tem a possibilidade de consultar

Leia mais

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Página 1 de 37 Software de Gestão Comercial Portátil NOTA IMPORTANTE: O SEU SOFTWARE DE GESTÃO É FORNECIDO COM UM NUMERO DE IDENTIFICAÇÃO QUE SE ENCONTRA

Leia mais

Manual Atualização 4.2 Singest Faturação. 04-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda

Manual Atualização 4.2 Singest Faturação. 04-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Singest Faturação 04-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Introdução A versão 4.2 do Singest foi lançada, de forma a responder às obrigatoriedades legais impostas pelo decreto de lei 71/2013,

Leia mais

ERP Cinple Gest. O sistema procura contemplar a empresa como um todo, cada módulo correspondendo a uma área especifica: Programa certificado 372 ATA

ERP Cinple Gest. O sistema procura contemplar a empresa como um todo, cada módulo correspondendo a uma área especifica: Programa certificado 372 ATA ERP Cinple Gest Software de gestão com arquitetura modular, que cobre os principais processos das empresas de média e pequena dimensão, e que se distingue pela transmissão e partilha de dados entre as

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES]

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Módulo de CRM Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Um software com cada vez mais funcionalidades a pensar no seu negócio! A quem se destina As empresas que pretendem

Leia mais

Vantagens da solução Starter Easy

Vantagens da solução Starter Easy Vantagens da solução Starter Easy Software certificado A solução Starter Easy obedece às regras de certificação dos programas informáticos de faturação definidos pela Autoridade Tributária, conforme o

Leia mais

GESTOR E FICHEIROS COMUNS

GESTOR E FICHEIROS COMUNS GESTOR E FICHEIROS COMUNS VERSÃO 5.100 Petronilho, Magalhães & Ramalhete, Lda. Rua Sarmento de Beires, 23 B 1900-410 LISBOA Telfs.: 218 472 590 / 1 / 2 URL: www.pmr.pt E-Mail: pmr@kqnet.pt FTP: ftp.pmr.pt

Leia mais

INFORMAÇÃO SOBRE REGRAS DE FATURAÇÃO/MERCADORIAS E OUTRAS REGRAS CONTABILÍSTICAS

INFORMAÇÃO SOBRE REGRAS DE FATURAÇÃO/MERCADORIAS E OUTRAS REGRAS CONTABILÍSTICAS INFORMAÇÃO SOBRE REGRAS DE FATURAÇÃO/MERCADORIAS E OUTRAS REGRAS CONTABILÍSTICAS Só os Técnicos Oficiais de Contas estão habilitados técnica e legalmente a responsabilizarem-se pela sua contabilidade.

Leia mais

Grupo I Múltipla Escolha

Grupo I Múltipla Escolha Grupo I Múltipla Escolha 1 A empresa comprou 250 USD a 0,98 USD/EUR com o pagamento de despesas bancárias de 10. Qual das seguintes afirmações está correcta? a) Movimentar a conta 11 Caixa a crédito por

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO / (MBA)

MESTRADO EM GESTÃO / (MBA) MESTRADO EM GESTÃO / (MBA) (2008/2009) DISCIPLINA: CONTABILIDADE FINANCEIRA FINANCIAL ACCOUNTING Docente: Professor Auxiliar Convidado do ISEG/UTL jlacunha@iseg.utl.pt Síntese 1. A contabilidade como sistema

Leia mais

Manual do utilizador da aplicação web GOcondomínios. GOcondomínios Gestão de Condomínios 100% online

Manual do utilizador da aplicação web GOcondomínios. GOcondomínios Gestão de Condomínios 100% online Manual do utilizador da aplicação web GOcondomínios GOcondomínios Gestão de Condomínios 100% online www.gocondominio.pt desenvolvido por: SOPENFOR Sociedade de Projetos de Engenharia e Informática Lda.

Leia mais

Manual Atualização 4.2 Singest Restauração. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda

Manual Atualização 4.2 Singest Restauração. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Singest Restauração 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Introdução A versão 4.2 do Singest foi lançada de forma a responder às obrigatoriedades legais impostas pelo Decreto-lei 71/2013,

Leia mais

Gestão de Empresas de Contabilidade

Gestão de Empresas de Contabilidade Gestão de Empresas de Contabilidade Pensada especificamente para as Empresas de Contabilidade, esta solução ARTSOFT permite-lhe o controlo total da gestão a dois níveis: o trabalho da sua empresa e a contabilidade

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias

Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias Página 1 de 11 Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias Deverá iniciar a utilização criando as tabelas relacionadas com bancos. Note que no GESPOS estão previamente configurados uma

Leia mais

GESTÃO DE EMPRESAS DE CONTABILIDADE

GESTÃO DE EMPRESAS DE CONTABILIDADE GESTÃO DE EMPRESAS DE CONTABILIDADE AUTOMATIZAÇÃO DE PROCESSOS GESTÃO DE EMPRESAS DE CONTABILIDADE Pensada especificamente para as Empresas de Contabilidade, esta solução ARTSOFT permite-lhe o controlo

Leia mais

Apresentação do Segplus FX 2014

Apresentação do Segplus FX 2014 1 Apresentação do Segplus FX 2014 Alguns destaques do software Segplus gestão seguros Digitalização, visualização e gravação de documentos ligados a segurados, apólices, sinistros etc. Criação, envio,

Leia mais

0612- Noções Básicas de Gestão Técnica de Recursos Humanos

0612- Noções Básicas de Gestão Técnica de Recursos Humanos 0612- Noções Básicas de Gestão Técnica de Recursos Humanos Trabalho elaborado por: Vera Valadeiro, nº20 TAG 4 Índice Conteúdo Função:... 3 Descrição da Função:... 3 Perfil da Função:... 4 Processo de Recrutamento:...

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

Regime de contabilidade de caixa em sede de IVA

Regime de contabilidade de caixa em sede de IVA Nuno Albuquerque Regime de contabilidade de caixa em sede de IVA VERBO jurídico TAX NEWS Junho 2013 O Novo Regime de IVA de caixa O DL n.º 71/2013, de 30 de Maio, aprovou, com efeitos a partir de 1.10.13,

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a Administrativo/a Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a Administrativo/a Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a Administrativo/a Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL - ADMINISTRAÇÃO/GESTÃO -

Leia mais

Frequência de Contabilidade Financeira I

Frequência de Contabilidade Financeira I Classificação I II III IV V NOME: Prova cotada para 5,00 valores 1.ª Teste A Frequência de Docentes: Ana Paula Matias e Francisco Antunes N.º: Prova: Frequência Data: 2011 11 29 Comprovativo de entrega

Leia mais

Contabilidade Financeira II 2008/2009

Contabilidade Financeira II 2008/2009 Contabilidade Financeira II 2008/2009 Valores a receber e a pagar, Acréscimos e Diferimentos e Provisões Valores a receber e a pagar, Acréscimos e Diferimentos e Provisões Contas a receber e a pagar Acréscimos

Leia mais

www.sysdevsolutions.com Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português

www.sysdevsolutions.com Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Índice Configuração dos documentos no Backoffice.... 3 Driver ERP Artsoft... 5 Configurações principais... 5 Configurações do vendedor... 6 Configurações

Leia mais

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 ÍNDICE Pág. I. Instalação do Software 2 II. Selecção de Empresas / Manutenção de Empresas 5 III. Criação da Base de Dados (Clientes, Fornecedores e Pessoal)

Leia mais

Curso EFA Empregado Comercial

Curso EFA Empregado Comercial 1 INTRODUZIR OS DADOS DA EMPRESA Começe por abrir o programa Administrador. Posicione-se na empresa EXPRESS Empresa de Trabalho. Com o botão direito do rato escolha a opção Propriedades e preencha os campos

Leia mais

Folhas de Cálculo Excel Ficha Prática 6 Pág. 1 de 7

Folhas de Cálculo Excel Ficha Prática 6 Pág. 1 de 7 Folhas de Cálculo Excel Ficha Prática 6 Pág. 1 de 7 OBJECTIVOS: GESTÃO DE DADOS EM EXCEL Pretende-se que o aluno utilize as várias ferramentas do Excel vocacionadas para a Gestão de Dados, i.e., ferramentas

Leia mais

Balancete Geral (Acumulado até Regularizações) - 2012

Balancete Geral (Acumulado até Regularizações) - 2012 Pág. 1/5 Data b.: 31-13-2012 11 Caixa 2.628,04 2.297,40 330,64 0,00 111 Caixa 2.628,04 2.297,40 330,64 0,00 Soma Líquida 2.628,04 2.297,40 330,64 0,00 Soma Saldos 330,64 0,00 12 Depósitos à ordem 152.341,84

Leia mais

TESOURARIA. Âmbito. Avisos a Clientes Proposta e emissão de avisos de débitos em atraso de clientes.

TESOURARIA. Âmbito. Avisos a Clientes Proposta e emissão de avisos de débitos em atraso de clientes. Página1 TESOURARIA Âmbito Recibos O módulo de recibos do Multi permite associar os valores recebidos de terceiros aos documentos regularizados, registar os meios de liquidação e emitir o Recibo. O recibo

Leia mais

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. 2 REFERENCIAL DE FORMAÇÃO O r g a n i z a ç ã o e m U n i d a d e s C a p i t a l i z á v e i s Área de Formação 346. Secretariado e Trabalho Administrativo Itinerário de Formação 34601. Práticas Administrativas

Leia mais

Manual de utilização versão 4

Manual de utilização versão 4 Manual de utilização versão 4 Manual de Referência GMI-Gabinete de Manutenção Informática Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 * Fax. 21 274 34 43 Geral: geral@gmi.mail.pt Assistência:

Leia mais

SIDER. Guia para o preenchimento do Formulário de Pedido de Pagamento do Incentivo

SIDER. Guia para o preenchimento do Formulário de Pedido de Pagamento do Incentivo REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA ECONOMIA DIREÇÃO REGIONAL DE APOIO AO INVESTIMENTO E À COMPETITIVIDADE SIDER Guia para o preenchimento do Formulário de Pedido de Pagamento do Incentivo

Leia mais

Projecto de Informatização

Projecto de Informatização Projecto de Informatização GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 Telefone: 224 078 089 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11

Leia mais

Desenhada para trabalhar em rede Número de utilizadores da aplicação

Desenhada para trabalhar em rede Número de utilizadores da aplicação é uma aplicação exclusivamente concebida para servir a Gestão de Associações Desportivas, Culturais e Recreativas. Outras colectividades, como clubes desportivos, têm nesta aplicação a ferramenta ideal

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

Relatório de Estágio. Introdução. Filipa Pissarra 1

Relatório de Estágio. Introdução. Filipa Pissarra 1 Introdução O presente relatório tem como objectivo descrever todas as actividades desenvolvidas durante o período de estágio, mais concretamente ao longo de dois meses e meio (Agosto, Setembro e Outubro

Leia mais

Gestão de Armazéns Gestão de Fabrico Gestão de Bobines Registo de Chegadas Sistema para Agentes

Gestão de Armazéns Gestão de Fabrico Gestão de Bobines Registo de Chegadas Sistema para Agentes Laserdata, Lda. Especificidades Para além dos módulos tradicionais num sistema de gestão (Facturação, Stocks, Contas a Receber e Contas a Pagar, Gestão de Encomendas, Orçamentos, etc.), o Lasernet 2000

Leia mais

PHC dgestão. ππ Área de Clientes. ππ Área de Fornecedores ππ Área de Stocks e Serviços ππ Área de Tesouraria. ππ Todas as empresas com

PHC dgestão. ππ Área de Clientes. ππ Área de Fornecedores ππ Área de Stocks e Serviços ππ Área de Tesouraria. ππ Todas as empresas com PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

PHC Contabilidade CS

PHC Contabilidade CS PHC Contabilidade CS A execução e o controlo de todas as tarefas contabilísticas da sua empresa ou organização O controlo total das necessidades contabilísticas nas vertentes geral, analítica e orçamental.

Leia mais

Alterações ao Gestor de Documentos

Alterações ao Gestor de Documentos Procuraremos neste documento descrever algumas das alterações mais significativas implementadas na versão 3.5 do Gestor de Documentos, principalmente no que respeita às modificações a implementar por força

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de faturação, encomendas, compras,

Leia mais

PHC Faturação CS. Chegou o software de faturação para todos

PHC Faturação CS. Chegou o software de faturação para todos PHC Faturação CS Chegou o software de faturação para todos Simples e fácil de usar para pequenos negócios, PME e trabalhadores independentes. Tudo o que precisa para começar a faturar. BUSINESS AT SPEED

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais

2 A ESTRUTURA CONCEPTUAL DE ACORDO COM O SNC

2 A ESTRUTURA CONCEPTUAL DE ACORDO COM O SNC 1 INTRODUÇÃO Neste capítulo serão desenvolvidos os conceitos-base, princípios e normas que permitem à contabilidade processar os dados de forma a obter as Demonstrações Financeiras. 2 A ESTRUTURA CONCEPTUAL

Leia mais

PHC Gestão. Execute e controle de uma forma eficaz toda a Gestão Comercial e Financeira da sua empresa

PHC Gestão. Execute e controle de uma forma eficaz toda a Gestão Comercial e Financeira da sua empresa PHCGestão DESCRITIVO Com o Módulo PHC Gestão pode gerir clientes e fornecedores, stocks e encomendas, propostas e folhas de obra, tesouraria e bancos, enfim todas as áreas vitais de uma organizacão. PHC

Leia mais

Sessão de esclarecimento sobre o euro. impacto nos negócios, na contabilidade e na fiscalidade 1998.Novembro.28. etapas

Sessão de esclarecimento sobre o euro. impacto nos negócios, na contabilidade e na fiscalidade 1998.Novembro.28. etapas Sessão de esclarecimento sobre o euro impacto nos negócios, na contabilidade e na fiscalidade 1998.Novembro.28 Consultores de Gestão etapas 1.Jan.1999 entra em vigor o EURO (moeda escritural) não obrigação

Leia mais

CTB CONTABILIDADE NÃO ORGANIZADA

CTB CONTABILIDADE NÃO ORGANIZADA CTB CONTABILIDADE NÃO ORGANIZADA CARACTERÍSTICAS GERAIS A aplicação do módulo de Contabilidade não Organizada tem como Público-Alvo os sujeitos passivos que fazem parte da Categoria B Rendimentos Profissionais

Leia mais

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Ao abrir a caixa do CD que contém o programa EMPRESÁRIO, o utilizador aceita os termos do contracto de licenciamento deste acordo. Licença Garantias A T&T outorga-lhe

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS VERSÃO 4.83

GESTÃO DE STOCKS VERSÃO 4.83 GESTÃO DE STOCKS VERSÃO 4.83 Petronilho, Magalhães & Ramalhete, Lda. Rua Sarmento de Beires, 23 B 1900-410 LISBOA Telfs.: 218 472 590 1 2 URL: www.pmr.pt E-Mail: pmr@mail.telepac.pt FTP: ftp.pmr.pt CONTEÚDO

Leia mais

PARTE II - Duração: 2 horas. Leia com atenção as seguintes instruções:

PARTE II - Duração: 2 horas. Leia com atenção as seguintes instruções: PARTE II - Duração: 2 horas Leia com atenção as seguintes instruções: Na folha de respostas escreva o seu nome, o número de membro estagiário e a versão da prova. A não indicação de qualquer um destes

Leia mais

Facturação em 10 minutos

Facturação em 10 minutos Facturação em 10 minutos Tudo o que sempre quis saber mas nunca teve coragem de perguntar Saiba ainda o que mudou nas Regras de Facturação em 2013 Fica deprimido sempre que pensa em preencher uma factura?

Leia mais

PHC Contabilidade CS

PHC Contabilidade CS PHC Contabilidade CS A execução e o controlo de todas as tarefas contabilísticas da sua empresa ou organização O controlo total das necessidades contabilísticas nas vertentes geral, analítica e orçamental.

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

4200-314 PORTO 1250-102 LISBOA Telef. 22 5512000 Telef. 21 3976961/2 Fax 22 5512099 Fax 21 3962187

4200-314 PORTO 1250-102 LISBOA Telef. 22 5512000 Telef. 21 3976961/2 Fax 22 5512099 Fax 21 3962187 Gestão Definição A Gestão determina as características da actividade da empresa no mercado, controlando as relações entre a tesouraria, o potencial e a rotação de produtos, os vendedores, os clientes,

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

Manual do Usuário. Controle Financeiro. Copyright 2014 - ControleNaNet

Manual do Usuário. Controle Financeiro. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Controle Financeiro Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo Menu Principal...3 Clientes... 4 Consulta... 5 Inclusão...6 Alteração... 8 Exclusão...8 Fornecedores...9 Consulta... 10 Inclusão...

Leia mais