SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE"

Transcrição

1 SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE SILiAmb Felisbina Quadrado Manuel Lacerda XIII CONFERENCIA DE DIRECTORES IBEROAMERICANOS DEL AGUA Foz do Iguaçu, 20 a 23 Novembro 2012

2 Desenvolvimento Sustentável LICENCIAMENTO Permite conhecer as pressões existentes, avaliar os impactes e definir as condições de utilização promovendo o desenvolvimento sustentável PLANEAMENTO Definir estratégias de gestão e medidas que permitam atingir o bom estado das massas de água MONITORIZAÇÃO Permite avaliar a eficácia e a eficiência das medidas definidas, bem como ajudar a definir as condições de licenciamento das utilizações GESTÃO Implementação das medidas e das estratégias de gestão dos recursos.

3 Licenciamento Licenciamento é crucial na vida das pessoas e das empresas. Simplificação harmonização significa mais eficiência. Ferramentas de análise permitem diminuir tempo de decisão. Promover uma plataforma electrónica única destinada à desmaterialização de processos de licenciamento de diferentes áreas sob a competência da APA, IP. Sistema Integrado de Licenciamento do Ambiente https://siliamb.apambiente.pt

4 SILiAmb Novo paradigma Passado Presente Com o SILiAmb é possível: Qualificar os serviços de licenciamento e fiscalização das utilizações de RH. Optimizar os recursos humanos e financeiros mais eficiência e eficácia. Dar maior coerência e transparência na aplicação do regime de utilização de RH. Dar melhor coordenação entre os diferentes intervenientes. Diminuir os períodos de pedidos, apreciação e emissão dos títulos de utilização. Facilitar o acesso a informação relevante e em tempo útil necessária à elaboração de relatórios de âmbito nacional, a apoiar o processo de decisão e de planeamento.

5 SILiAmb Vantagens Acesso pela Internet, sem necessidade de recursos tecnológicos especiais. Interface amigável e única a nível nacional. Plataforma consolidada sobre a qual são alargados os horizontes de utilização para outras áreas para além da água, como é o caso do Movimento Transfronteiriço de Resíduos, sempre com o mesmo padrão de usabilidade, a pensar nos diferentes tipos de utilizadores. Desmaterialização de processos administrativamente pesados. Está desenhado de forma a facilitar as ligações, que interna ou externamente, sejam necessárias para complementar os processos de licenciamento.

6 SILiAmb Navegação Navegação repetitiva: De cima para baixo e da esquerda para a direita

7 SILiAmb Arquitetura Gestão documental Facturas RH Licenciamento e Emissão de Títulos Gestão de Títulos Fiscalização e Sanções Contabilidade Informação geográfica Interoperabilidade interna AMBIENTE Movimentos Transfronteiriços de Resíduos Futuramente: Licencças Ambientais, Integração com SIRAPA Fiscalização Outros Processos: AIA Interoperabilidade com exterior Sistemas de outros organismos ligados ao licenciamento dos sectores, fiscalização e inspecção

8 SILiAmb Hardware e Software Máquina SILiAmb Geovisualizador BD Geovisualizador nome publico siliamb.apambiente.pt geosiliamb.apambiente.pt RAM GB CPU Intel Xeon E5649 (6 core, 2.53GHz, 12mb cache) Dual Core 2,53 Ghz Dual Core 2,53 Ghz Discos GB SO Debian Linux Windows Server 2008 R2 Standard - 64 bits SP1 Windows Server 2008 R2 Standard - 64 bits SP1 Software Apache, Resin, java, postgresql,postgis ESRI ArcGIS Server Enterprise Standard 10 SP4; GIS Services (SOM/SOC/Server Manager/APIs);ESRI ArcSDE 10 for Microsoft SQL Server 64 bits - SP4;ESRI ArcGIS Desktop 10 SP4;ESRI ArcGIS License Manager 10 SP3 Microsoft SQL Server 2008 R2 64bits Desenvolvido em colaboração com a Chimp (www.chimp.pt) e com a ESRI Portugal

9 SILiAmb O que mudou para o utilizador? Menos tempo para formular o pedido e para receber as respostas solicitadas. Maior facilidade na interação com a APA, IP. Harmonização de procedimentos a nível nacional. Maior transparência e coerência. Gestão de dados pessoais Pedidos de novos Títulos Georreferenciação dos pedidos através do Google (na aplicação) Envio e recepção de mensagens Envio de documentos solicitados Visualização do Título Carregamento dos dados de autocontrolo e monitorização Pedidos de renovação, alteração, transmissão e cessação. Alertas

10 SILiAmb Pedido de utilização Dados já existentes no sistema são sempre associados ao requerente, simplificando o preenchimento. Selecção automática dos campos a preencher, à medida que se vão incluindo as opções. Antes de submeter pode ir gravando, preenchendo à medida da sua disponibilidade.

11 SILiAmb Georreferenciar o pedido Permite georreferenciar o pedido com um simples clique, após identificação do concelho e freguesia.

12 SILiAmb Pedido de utilização Indicação dos elementos a anexar. Validação do formulário preenchido. Visualização de toda a informação incluída no pedido, permitindo uma validação rápida pelo utilizador antes de submeter. Após submissão pode sempre consultar mas não pode alterar.

13 SILiAmb Anexar informação Facilidade de incluir documentos em formato digital desmaterialização do processo.

14 SILiAmb Licenciamento de recursos hídricos Com um simples clique o seu pedido chega ao Departamento da APA que o vai analisar Mais rápido (o que poderia demorar 1 semana, agora em menos de 24 horas vai estar no técnico que o vai analisar) Mais cómodo (envio dos pedidos não está sujeito aos horários de funcionamento) Menos custos (papel, impressão e envio pelo correio).

15 SILiAmb O que mudou para os técnicos? Maior facilidade na interacção com os requerentes. Ferramentas de análise e sistematização dos procedimentos a utilizar diminuem os tempos necessários à análise dos processos. FrontOffice Carregamento de Pedidos em papel ou ao balcão de atendimento Atribuição dos Pedidos aos técnicos Envio e recepção de mensagens Solicitação de documentos Avaliação dos Pedidos (recurso a avaliação automática de condicionantes por cruzamento de informação geográfica) Carregamento de documentos Emissão do Título Gestão dos Título Carregamento do Histórico Consulta a relatórios de performance de resposta Alertas

16 SILiAmb Funcionalidades para os técnicos Recepção pelo técnico responsável pela análise do pedido no prazo máximo de 24 horas. Procedimentos de análise harmonizados a nível nacional, permitindo incluir excepções. Utilização de ferramentas de geoprocessamento para avaliação imediata (2 min.) dos condicionantes ambientais e outras utilizações existentes elaboração de um relatório anexado ao processo. Actualização automática de dados de caracterização por ligação ao SIG.

17 SILiAmb Geovisualizador

18 SILiAmb Relatório de condicionantes ambientais Relatório Condicionantes (±2 min.) Identificação Mapa e legenda Massa de Água Subterrânea/Massa de Água Superficial Identificação do tipo de utilização Coordenadas Geográficas e Limites Administrativos Hidrogeologia ou Hidrologia Zonas Protegidas da Lei da Água e Perímetros de Protecção de Captações Regadios Sistemas Públicos e Drenagem de Águas Residuais Solo e Ordenamento do Território Conservação da Natureza Utilizações de Recursos Hídricos

19 SILiAmb Mensagens Troca de mensagens com o requerente para complementar o processo, de forma rápida e directa.

20 SILiAmb Emissão de parecer Indicação dos procedimentos a seguir Lista de verificação que permitem concluir o deferimento ou indeferimento.

21 SILiAmb Definição das condições do título Selecção de condições a considerar no título em listas prédefinidas.

22 SILiAmb Definição do autocontrolo Definição do autocontrolo e programas de monitorização de forma harmonizada a nível nacional.

23 SILiAmb Licenciamento de recursos hídricos Com um simples clique o seu título fica disponível no processo on-line do requerente Emissão e envio de título por correio ou por .

24 SILiAmb Gestão dos títulos Carregamento pelo titular dos dados de autocontrolo, podendo anexar boletim de laboratorial. Poupança de tempo e de custos (papel e envio pelo correio). Pedidos de transmissão de títulos. Pedidos de alteração de títulos. Personificação do requerente ou do utilizador para incluir os dados que ainda chegam em papel, ficando registado no sistema quem introduziu os dados.

25 SILiAmb Carregamento de dados de autocontrolo

26 SILiAmb Consulta Consulta por outros organismos da Administração Definição de diferentes perfis de consulta atendendo aos objectivos: Organismos de fiscalização e inspecção - consulta apenas aos títulos Organismos responsáveis pelo licenciamento da actividade consulta os processos associados ao sector em causa e os títulos.

27 SILiAmb Administração do sistema Permite gerir conteúdos das funcionalidades sem depender dos serviços especializados. Obtenção de relatórios de gestão

28 SILiAmb O que mudou? Por exemplo para um pedido de captação de águas subterrâneas Acção Antes Agora Formulação do pedido Dias 30 min Envio do pedido 2 dias a semana Um clique Chegada do pedido ao técnico 1 semana Menos 24 h Análise do pedido 1 mês 2 dias Solicitação de mais elementos 1 semana Envio de uma mensagem (minutos) Envio dos elementos 1 semana Envio de uma mensagem (minutos) Emissão do título 1 semana 1 dia

29 SILiAmb Componente móvel de fiscalização OBJECTIVOS Dotar a equipa de fiscalização de meios tecnológicos que permitam optimizar o seu trabalho no terreno, bem como a articulação com a informação existente no SILiAmb, evitando relatórios de campo manuscritos e garantindo a introdução imediata dos dados na base de dados. Promover a articulação entre os serviços de fiscalização, licenciamento e jurídicos. Tornar mais célere todo o processo de fiscalização. Harmonizar procedimentos. Funciona num telemóvel android ou tablet. Permitir georreferenciar os locais de fiscalização e de recolha de amostras. Nos locais onde não existe rede a informação fica armazenada na memória.

30 SILiAmb Componente móvel de fiscalização Consulta títulos e localização geográfica Fiscalização pró-activa Planeamento APA/SEPNA GPS Após aprovação dos processos pelo SEPNA, serão analisados pela APA/ARH. Os processos iniciados pelos fiscais da APA são avaliados pelas chefias respectivas Acções no campo planeadas / Infracções detectadas tanto pelo SEPNA como pelos técnicos da APA. Ficha de fiscalização Ficha de recolha amostras Fotografias Georreferenciação dos locais Consulta e complementa informação obtida no campo. Aprovação pelo SEPNA. O seguimento dos processos pode ser acompanhado no SILiAmb

31

32 Mobile

33 Mobile Georreferenciação dos locais de fiscalização e de recolha de mostras

34 SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE SILiAmb Felisbina Quadrado Manuel Lacerda XIII CONFERENCIA DE DIRECTORES IBEROAMERICANOS DEL AGUA Foz do Iguaçu, 20 a 23 Novembro 2012

Sistema Integrado de Licenciamento do Ambiente. Andreia Franco

Sistema Integrado de Licenciamento do Ambiente. Andreia Franco Sistema Integrado de Licenciamento do Ambiente Andreia Franco LICENCIAMENTO Licenciamento é crucial na vida das pessoas e das empresas Simplificação e harmonização promovem eficiência e eficácia Ferramentas

Leia mais

Implementação do Web SIG para o PGRH

Implementação do Web SIG para o PGRH Implementação do Web SIG para o PGRH ARH Centro, I.P. Requisitos do Sistema Ref.: 30/11/2010 FICHA TÉCNICA Referência: Projecto: Implementação do Web SIG para o PGRH Gestor de Projecto: Miguel Rodrigues

Leia mais

Encontro de Utilizadores Esri 2013. ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal

Encontro de Utilizadores Esri 2013. ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal Encontro de Utilizadores Esri 2013 ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal ArcGIS Server Administração e Configuração João Ferreira Agenda Arquitectura Instalação do ArcGIS

Leia mais

Sistema de Certificação de Competências TIC

Sistema de Certificação de Competências TIC Sistema de Certificação de Competências TIC Portal das Escolas Manual de Utilizador INDICE 1 Introdução... 5 1.1 Sistema de formação e certificação de competências TIC...6 1.1.1 Processo de certificação

Leia mais

Licenciamento de fossas séticas com sistemas de infiltração

Licenciamento de fossas séticas com sistemas de infiltração SEMINÁRIO OTIMIZAÇÃO NA GESTÃO DE FOSSAS SÉTICAS SESSÃO 1 GESTÃO DE FOSSAS SÉTICAS BOAS PRÁTICAS Licenciamento de fossas séticas com sistemas de infiltração Fernanda Gomes (APA) Simone Martins (APA) Teatro

Leia mais

FAQ Sistema de Informação do Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos (SILOGR)

FAQ Sistema de Informação do Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos (SILOGR) FAQ Sistema de Informação do Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos (SILOGR) 1. O que é o SILOGR?... 2 2. O que mudou no novo SILOGR?... 2 3. Como posso pesquisar no SILOGR os estabelecimentos

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão, incluindo os de Corrupção e Infracções conexas

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão, incluindo os de Corrupção e Infracções conexas Plano de Prevenção de Riscos de Gestão, incluindo os de Corrupção e Infracções conexas Relatório Anual O presente relatório pretende demonstrar o acompanhamento e a forma como os diversos serviços do Município

Leia mais

GeoLoulé: Plataforma SIG da C. M. Loulé. Agenda. Objectivo. Enquadramento. Historial. Equipa. Arquitectura. MuniSIG Web. Casos Práticos.

GeoLoulé: Plataforma SIG da C. M. Loulé. Agenda. Objectivo. Enquadramento. Historial. Equipa. Arquitectura. MuniSIG Web. Casos Práticos. Agenda Objectivo Enquadramento Historial Equipa Arquitectura MuniSIG Web Casos Práticos ArcGIS Mobile Futuro Objectivo Criar uma infra-estrutura de suporte a todas as aplicações de informação geográfica

Leia mais

GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL

GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL Versão: 1.0 Data: 05-06-2009 Índice Acesso e estados dos Formulários... 3 Escolha do Formulário e submissão... 4 Bases para a navegação

Leia mais

Simplificar a Vida às Pessoas as motivações

Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Visibilidade Capacidade Autarca Quem são os munícipes? Que recursos existem? Que desempenho? Como melhorar? Quem são os munícipes? Como prestar o serviço? Que

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

Tarefas Geográficas. uma solução para atualização cartográfica num município. Alexandrina Meneses Engª Geógrafa

Tarefas Geográficas. uma solução para atualização cartográfica num município. Alexandrina Meneses Engª Geógrafa Tarefas Geográficas uma solução para atualização cartográfica num município Alexandrina Meneses Engª Geógrafa SUMÁRIO 1. GABINETE DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA 2. TAREFAS GEOGRÁFICAS 3. CONCLUSÕES 1. GABINETE

Leia mais

SIARL / Sistema de Administração do recurso Litoral. ajherdeiro@dgterritorio.pt mota.lopes@apambiente.pt

SIARL / Sistema de Administração do recurso Litoral. ajherdeiro@dgterritorio.pt mota.lopes@apambiente.pt SIARL / Sistema de Administração do recurso Litoral Uma Plataforma Colaborativa para apoiar a Gestão do Litoral ajherdeiro@dgterritorio.pt j @ g p mota.lopes@apambiente.pt Lugares comuns de quem lida com

Leia mais

Factura Electrónica. Diminua os custos do processo de facturação da empresa. Factura Electrónica. Página 1

Factura Electrónica. Diminua os custos do processo de facturação da empresa. Factura Electrónica. Página 1 Diminua os custos do processo de facturação da empresa Página 1 O software PHC é uma ferramenta imprescindível na gestão diária de uma empresa. Trata-se de um software cuidadosamente estudado por utilizadores

Leia mais

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2)

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) Duração: 3 dias (24 horas) Versão do ArcGIS: 10.2 Material didático: Inglês Descrição Projetado para administradores, este curso ensina como

Leia mais

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota

Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Descrição dos serviços Especificações de oferta Monitorização da infra-estrutura remota Este serviço oferece serviços de Monitorização da infra-estrutura remota Dell (RIM, o Serviço ou Serviços ) conforme

Leia mais

Simplificação nas PMEs

Simplificação nas PMEs Simplificação nas PMEs Aproveitamento das Novas Tecnologias DGITA Portal Declarações Electrónicas Dezembro 2007 Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 1 Agenda O que é a DGITA? Estratégia

Leia mais

Guia de Referência do Formulário Online

Guia de Referência do Formulário Online 08 de Junho de 2009 Guia de Referência do Formulário Online Versão 2.0 Índice Introdução Glossário Que equipamento devo ter? Como aceder ao Formulário? Quais os dados que devo saber para preencher o formulário?

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica

Sistema de Informação Geográfica Sistema de Informação Geográfica Conteúdo Apresentação da Empresa Implementação do SIG na Prestiteca, porquê? SIG na Prestiteca Constituição do SIG Vantagens na implementação do SIG Principais dificuldades

Leia mais

Requisitos de Hardware - Humanus

Requisitos de Hardware - Humanus 1 Requisitos Mínimos Hardware: 1.1 Client Servidor Processador Intel Xeon X3430 2.4GHz ou superior Disco Rígido de 500 GB ou superior Intel Pentium G6950 2.80GHz ou superior Memória de 2GB ou superior

Leia mais

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen. Concebido para a Vodafone

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen. Concebido para a Vodafone Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen Concebido para a Vodafone 1 Bem-vindo ao mundo das comunicações móveis 1 2 3 4 5 6 8 9 9 10 13 2 Bem-vindo Configuração da sua Connect Pen Iniciar o software

Leia mais

GPA O SIG NA GESTÃO E ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DE MEDIDAS DE MINIMIZAÇÃO NA VERTENTE DE PATRIMÓNIO CULTURAL

GPA O SIG NA GESTÃO E ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DE MEDIDAS DE MINIMIZAÇÃO NA VERTENTE DE PATRIMÓNIO CULTURAL GPA O SIG NA GESTÃO E ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DE MEDIDAS DE MINIMIZAÇÃO NA VERTENTE DE PATRIMÓNIO CULTURAL EDIA DUARTE CARREIRA EDIA, S.A. Miguel Martinho, Paulo Marques, Valdemar Canhão, Rui Carraça

Leia mais

O Sig como Ferramenta de Apoio à Gestão

O Sig como Ferramenta de Apoio à Gestão O Sig como Ferramenta de Apoio à Gestão Apresentação da Empresa 2 Actividades Distribuição de Água Recolha e Tratamento de Águas Residuais Gestão das Águas Pluviais Gestão das Praias Gestão das Ribeiras

Leia mais

A implementação do balcão único electrónico

A implementação do balcão único electrónico A implementação do balcão único electrónico Departamento de Portais, Serviços Integrados e Multicanal Ponte de Lima, 6 de Dezembro de 2011 A nossa agenda 1. A Directiva de Serviços 2. A iniciativa legislativa

Leia mais

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda?

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda? O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde Pedir Receitas A de pela Internet, no âmbito do Programa Simplex, surge no seguimento do

Leia mais

Plataforma SIG da EDIA: um sistema misto. 2º Encontro de Utilizadores QGIS Portugal. Duarte Carreira. 2 de Junho, 2014 - Coimbra

Plataforma SIG da EDIA: um sistema misto. 2º Encontro de Utilizadores QGIS Portugal. Duarte Carreira. 2 de Junho, 2014 - Coimbra 2º Encontro de Utilizadores QGIS Portugal Plataforma SIG da EDIA: um sistema misto Duarte Carreira 2 de Junho, 2014 - Coimbra Agenda EDIA Plataforma SIG Desafios Soluções escolhidas Notas técnicas Reflexões

Leia mais

5ª Sessão. Helpdesk e Ticketing. A complementaridade do. reporting de erros com a gestão. de desenvolvimento aplicacional. Mónica Henriques (IEFP, IP)

5ª Sessão. Helpdesk e Ticketing. A complementaridade do. reporting de erros com a gestão. de desenvolvimento aplicacional. Mónica Henriques (IEFP, IP) 5ª Sessão Helpdesk e Ticketing A complementaridade do reporting de erros com a gestão de desenvolvimento aplicacional Mónica Henriques (IEFP, IP) Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP Departamento

Leia mais

ArcGIS 10.1 - Instalação e Licenciamento

ArcGIS 10.1 - Instalação e Licenciamento ArcGIS 10.1 - Instalação e Licenciamento Este documento descreve os passos necessários para efectuar o download, instalação e activação das licenças de ArcGIS 10.1. Efectuar o download do software Extracção

Leia mais

Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis

Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis 1. Pré-requisitos para Servidores - até 2 licenças: 1.1 Plano Básico: Processador: 3.0 GHz ou superior. Recomenda-se 3.2 GHz Dual-Core.

Leia mais

SIARL Sistema de Administração do Recurso Litoral

SIARL Sistema de Administração do Recurso Litoral SIARL Sistema de Administração do Recurso Litoral João HERDEIRO 1, Marisa SILVA 1 e Paulo PATRÍCIO 1 1 Direção-Geral do Território, Portugal (ajherdeiro@dgterritorio.pt; marisas@dgterritorio.pt; ppatricio@dgterritorio.pt)

Leia mais

Movimento Transfronteiriço de Resíduos Lista Verde Desmaterialização do Anexo VII

Movimento Transfronteiriço de Resíduos Lista Verde Desmaterialização do Anexo VII Movimento Transfronteiriço de Resíduos Lista Verde Desmaterialização do Anexo VII Versão 2.4 agosto de 2015 Perfil SILiAmb O perfil de utilizador 3. Pessoa que trata da transferência em Movimentos Transfronteiriços

Leia mais

Informação Útil Já disponível o SP1 do Exchange Server 2003

Informação Útil Já disponível o SP1 do Exchange Server 2003 Novidades 4 Conheça as principais novidades do Internet Security & Acceleration Server 2004 Membro do Microsoft Windows Server System, o ISA Server 2004 é uma solução segura, fácil de utilizar e eficiente

Leia mais

Monitor Wall 4.0. Manual de Instalação e Operação

Monitor Wall 4.0. Manual de Instalação e Operação Monitor Wall 4.0 pt Manual de Instalação e Operação Monitor Wall 4.0 Índice pt 3 Índice 1 Introdução 4 1.1 Sobre este manual 4 1.2 Convenções neste manual 4 1.3 Requisitos mínimos de Instalação e Operação

Leia mais

3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências

3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências 3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências Dar a cana para ensinar a pescar (adágio popular) 3.1 O Centro de Competência O Centro de Competência Softciências, instituição activa desde

Leia mais

Servidores Virtuais. Um servidor à medida da sua empresa, sem investimento nem custos de manutenção.

Servidores Virtuais. Um servidor à medida da sua empresa, sem investimento nem custos de manutenção. es Virtuais Um servidor à medida da sua empresa, sem investimento nem custos de manutenção. O que são os es Virtuais? Virtual é um produto destinado a empresas que necessitam de um servidor dedicado ligado

Leia mais

SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO

SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO 2009 2010 MEDIDAS INTERSECTORIAIS: LICENÇAS, AUTORIZAÇÕES PRÉVIAS E OUTROS CONDICIONAMENTOS ADMINISTR ATIVOS SIMILARES Identificar e inventariar todas as licenças, autorizações

Leia mais

Guia de Websites para a Administração Pública

Guia de Websites para a Administração Pública Guia de Websites para a Administração Pública Portugal precisa de um desafio de exigência e de conhecimento que nos eleve aos níveis de competência e de produtividade dos países mais desenvolvidos, de

Leia mais

Guia de instalação JMap 5.0

Guia de instalação JMap 5.0 Guia de instalação JMap 5.0 Instalação JMap A instalação de JMap é normalmente feita em um servidor que será acessado pelo conjunto de usuários. Durante a instalação, todos os componentes de JMap são instalados

Leia mais

Uma Autarquia Sem Papel

Uma Autarquia Sem Papel Uma Autarquia Sem Papel Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Visibilidade Capacidade Autarca Quem são os munícipes? Que recursos existem? Que desempenho? Como melhorar? Quem são os munícipes? Como

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL Automatização do processo de Controlo Ambiental Auto-controlo ambiental Sendo a Indústria que detém fontes poluidoras (Cimenteiras, Produção de energia, Incineradoras, etc.), uma das mais intervenientes

Leia mais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais Manual de Procedimentos Câmaras Municipais índice PÁGINA INICIAL... 4 1. Acesso à área reservada... 4 2. Recuperar senha de acesso... 4 3. Lembrar palavra-passe... 5 4. Consulta de legislação relacionada

Leia mais

Mobile Business. Your sales on the move.

Mobile Business. Your sales on the move. Pág/02 O PRIMAVERA é um produto destinado a empresas que utilizem processos de auto-venda e/ou pré-venda com Equipas de Vendas que necessitem de um conjunto de informação e funcionalidades avançadas, disponíveis

Leia mais

Instruções para aceder ao correio electrónico via web

Instruções para aceder ao correio electrónico via web Caro utilizador(a) Tendo por objectivo a melhoria constante das soluções disponibilizadas a toda a comunidade do Instituto Politécnico de Santarém, tanto ao nível de serviços de rede como sistema de informação.

Leia mais

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO O Microsoft Business Solutions for Supply Chain Management Navision Business Notification ajudao a gerir a sua empresa mais facilmente e eficazmente. Pode identificar qualquer problema

Leia mais

A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias

A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias Rui Ribeiro e Luís Correia EP Gabinete de Sistemas de Informação Agenda Os Sistemas de Informação na EP

Leia mais

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDOC Sistema de Gestão Documental Dossier de Produto DP10.02 02.01.2009 www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDoc Sistema de Gestão Documental A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais,

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

Aplicações SIG como Instrumento de Ordenamento e Gestão do Território

Aplicações SIG como Instrumento de Ordenamento e Gestão do Território Aplicações SIG como Instrumento de Ordenamento e Gestão do Território Evolução da última década Manuela Sampayo Martins (Eng.ª) Sistemas de Informação Sistemas de Geográfica, Informação Lda. Geográfica,

Leia mais

Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais

Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais Presidente Vice-Presidente Vogal Secretário-Geral Director Coordenador a) 9 8 1 Director a) 24 23 1 Prestação de assessoria técnica especializada ao Conselho Directivo 2 2 0 Monitorização e avaliação da

Leia mais

GeoMob Gestão de Recursos Móveis. Sistema de Monitorização de Logística

GeoMob Gestão de Recursos Móveis. Sistema de Monitorização de Logística GeoMob Gestão de Recursos Móveis 1 Objectivo GERIR O QUE SE MOVE NO TERRITÓRIO É o grande desafio que as empresas de distribuição enfrentam diariamente. A solução da GEOGLOBAL responde aos requisitos técnicos

Leia mais

Enterprise 2007. A gama PHC Enterprise é um ERP desenvolvido de forma a satisfazer as exigentes necessidades das médias e grandes empresas.

Enterprise 2007. A gama PHC Enterprise é um ERP desenvolvido de forma a satisfazer as exigentes necessidades das médias e grandes empresas. Enterprise 2007 Descritivo completo A gama PHC Enterprise é um ERP desenvolvido de forma a satisfazer as exigentes necessidades das médias e grandes empresas. Com vista a satisfazer totalmente cada empresa

Leia mais

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Versão 4.10 PDF-SERVER-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação sem aviso

Leia mais

PLATAFORMA DE SUPORTE AO REGIME PARA O EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL (REAI)

PLATAFORMA DE SUPORTE AO REGIME PARA O EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL (REAI) PLATAFORMA DE SUPORTE AO REGIME PARA O EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL (REAI) O presente documento contém informação complementar às acções de formação/workshop realizadas no âmbito da Plataforma de

Leia mais

SiDEI. Sistema de Avaliação Automática de Alunos. Gestão e Desenvolvimento de Aplicações Informáticas

SiDEI. Sistema de Avaliação Automática de Alunos. Gestão e Desenvolvimento de Aplicações Informáticas SiDEI Sistema de Avaliação Automática de Alunos Gestão e Desenvolvimento de Aplicações Informáticas Disciplina de Engenharia de Software Instituto Superior de Engenharia do Porto Alunos: André Serafim

Leia mais

Plano de Projecto Multimédia

Plano de Projecto Multimédia Plano de Projecto Multimédia Equipa: (nomes dos elementos e emails respectivos) Vitor Manuel Gonçalves vg@ipb.pt Armindo Dias armindo.dias@dhvmc.pt Definição de objectivos: (indique os objectivos principais

Leia mais

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard 3 3INSTALAÇÃO DE UM SERVIDOR 2008 Feita a apresentação das funcionalidades do Windows Server 2008, eis que chega a hora mais desejada: a da implementação do nosso servidor. No entanto não é de todo recomendável

Leia mais

WEEBOX GESTÃO SIMPLIFICADA. Características e requisitos técnicos DE DOCUMENTOS WHITE PAPER SERIES

WEEBOX GESTÃO SIMPLIFICADA. Características e requisitos técnicos DE DOCUMENTOS WHITE PAPER SERIES WEEBOX GESTÃO SIMPLIFICADA DE DOCUMENTOS Características e requisitos técnicos WHITE PAPER SERIES Sobre o documento Identificador WP11132 Autor Luís Faria, Miguel Ferreira Contribuição Amazing Ideas Distribuição

Leia mais

1. Rede de Apoio Topográfico... 2. 1.1. Características da Rede... 2. 2. Acesso e Utilização... 2. 2.1. Visualizador de mapa... 3

1. Rede de Apoio Topográfico... 2. 1.1. Características da Rede... 2. 2. Acesso e Utilização... 2. 2.1. Visualizador de mapa... 3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO... 2 1. Rede de Apoio Topográfico... 2 1.1. Características da Rede... 2 2. Acesso e Utilização... 2 2.1. Visualizador de mapa... 3 2.1.1. Elementos do mapa... 3 2.1.2. Tarefas...

Leia mais

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas 4. Desafios para 2009 2 Propósito Estratégico: Agência Nacional

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual de Utilização Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM Novembro de 2014 SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual

Leia mais

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3772-Z

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3772-Z Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3772-Z Bem-vindo ao mundo da Banda Larga Móvel 1 2 3 4 5 6 8 9 9 10 12 Bem-vindo Configuração da Connect Pen Iniciar a aplicação Ligar Janela Normal Definições

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ACÇÃO 2.4.1 APOIO À GESTÃO DAS INTERVENÇÕES TERRITORAIS INTEGRADAS GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO Fevereiro 2010 PRODER Pág. 1 de 11 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO Funcionamento

Leia mais

LABWAY ROAD SHOW 2007 - Sessão #3

LABWAY ROAD SHOW 2007 - Sessão #3 Pedro Coutinho Paulo Rego jpcoutinho@ambidata.pt paulorego@ambidata.pt Agenda Porquê um LIMS? Os Nossos Pontos Fortes O Nosso Objectivo Características do LabWay - LIMS O Processo LabWay - LIMS Projectando

Leia mais

Solução de gestão de frota automóvel

Solução de gestão de frota automóvel Solução de gestão de frota automóvel Gisgeo Information Systems www.gisgeo.pt UPTEC Parque de Ciência e Tecnologia R. Actor Ferreira da Silva, 100 gisgeo@gisgeo.pt 4200-298 Porto +351 220301572 Portugal

Leia mais

Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia. Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions.

Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia. Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions. Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions.pt Conteúdo Introdução... 2 Gestão de acessos... 3 Ficha de

Leia mais

O Consentimento Informado é um elemento necessário ao atual exercício da medicina, como um direito do paciente e um dever moral e legal do médico.

O Consentimento Informado é um elemento necessário ao atual exercício da medicina, como um direito do paciente e um dever moral e legal do médico. O Consentimento Informado é um elemento necessário ao atual exercício da medicina, como um direito do paciente e um dever moral e legal do médico. Índice Temático A empresa C3im Soluções para a área da

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Manual de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparativos 2. Opções de 3. 4. 5. 6. 1. Personalizar 2. Sem fios 3.

Leia mais

ÍNDICE 1 Introdução... 2 Acesso do utilizador público... 3 Processo de apresentação e resolução de reclamação... 4 Acesso ao sistema...

ÍNDICE 1 Introdução... 2 Acesso do utilizador público... 3 Processo de apresentação e resolução de reclamação... 4 Acesso ao sistema... ÍNDICE 1 Introdução... 2 2 Acesso do utilizador público... 3 3 Processo de apresentação e resolução de reclamação... 4 4 Acesso ao sistema... 5 4.1 Como aceder ao website das BNTs... 5 4.2 Como criar uma

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 3 - MANUAL DO UTILIZADOR Diogo Mateus 3.1. REQUISITOS MÍNIMOS * Computador Pessoal com os seguintes Programas * Microsoft Windows 95 * Microsoft Access 97 A InfoMusa

Leia mais

Service Appliance IVETIME. Disponibilidade de serviço instantânea! Plug and Play. Segurança. Tolerância a falhas. Manutenção zero. Elevada Performance

Service Appliance IVETIME. Disponibilidade de serviço instantânea! Plug and Play. Segurança. Tolerância a falhas. Manutenção zero. Elevada Performance IVETIME Service Appliance Disponibilidade de serviço instantânea! Aumentar a produtividade Transformar o serviço a Clientes Proteger o capital intelectual Plug and Play Segurança Tolerância a falhas Manutenção

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

OneTouch ZOOM Pro Diabetes Management Software. Guia de Instalação. Procedimento de instalação

OneTouch ZOOM Pro Diabetes Management Software. Guia de Instalação. Procedimento de instalação OneTouch ZOOM Pro Diabetes Management Software com SnapShot Guia de Instalação Procedimento de instalação 1. Insira o CD de instalação do OneTouch Zoom Pro na unidade de CD-ROM. NOTA: Se instalar o programa

Leia mais

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto ECONOMIA DIGITAL E DIREITO E-FACTURA Serena Cabrita Neto Partilhamos a Experiência. Inovamos nas Soluções. 20 Novembro 2013 A Factura na era digital Adequação e adaptação da Factura aos novos meios digitais

Leia mais

GIBDQA: GESTÃO INTEGRADA DE BASES DE DADOS DA QUALIDADE DA ÁGUA

GIBDQA: GESTÃO INTEGRADA DE BASES DE DADOS DA QUALIDADE DA ÁGUA GIBDQA: GESTÃO INTEGRADA DE BASES DE DADOS DA QUALIDADE DA ÁGUA Sandra CARVALHO 1, Pedro GALVÃO 2, Cátia ALVES 3, Luís ALMEIDA 4 e Adélio SILVA 5 RESUMO As empresas de abastecimento de água gerem diariamente

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 Domínios de referência Competências Conteúdos Calendarização Conceitos Essenciais e

Leia mais

Leia-me do QuarkXPress 9.5

Leia-me do QuarkXPress 9.5 Leia-me do QuarkXPress 9.5 ÍNDICE Índice Leia-me do QuarkXPress 9.5...4 Requisitos do sistema...5 Requisitos do sistema: Mac OS...5 Requisitos do sistema: Windows...5 Instalar: Mac OS...7 Efectuar uma

Leia mais

Desenvolvimento de um sistema de informação de apoio à gestão do domínio público marítimo: uma ferramenta para o ordenamento do litoral.

Desenvolvimento de um sistema de informação de apoio à gestão do domínio público marítimo: uma ferramenta para o ordenamento do litoral. Desenvolvimento de um sistema de informação de apoio à gestão do domínio público marítimo: uma ferramenta para o ordenamento do litoral. Célia Pata celia.pata@hidrografico.pt Sumário As delimitações do

Leia mais

a emergência das tecnologias open source no SIG municipal de guimarães

a emergência das tecnologias open source no SIG municipal de guimarães a emergência das tecnologias open source no SIG municipal de guimarães processo de modernização administrativa prestação de um melhor serviço aos cidadãos utilização mais eficiente dos seus recursos no

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão do Investimento Privado

Sistema Integrado de Gestão do Investimento Privado Conferência Internacional de Promoção de Investimentos Para a Província de Malanje Sistema Integrado de Gestão do Investimento Privado Painel I: Economia e Negócio em Angola Sistema Integrado de Gestão

Leia mais

CADASTRO COMÉRCIO E SERVIÇOS

CADASTRO COMÉRCIO E SERVIÇOS TOPONÍMIA CADASTRO COMÉRCIO E SERVIÇOS GEOREFERENCIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS COLECTIVOS GEOREFERENCIAÇÃO DE PATRIMÓNIO GEOREFERENCIAÇÃO DE ESPAÇOS VERDES CIRCUITOS RECOLHA SELECTIVA (ECOPONTOS) GEOREFERENCIAÇÃO

Leia mais

www.cingo.com.br www.cingo.com.br

www.cingo.com.br www.cingo.com.br www.cingo.com.br Cingo Release 2.6 Release 2.6 Cingo Release 2.6 Com o objetivo de tornar a experiência de navegação e a dinâmica de gestão muito mais natural e objetiva, o Cingo CODES trás uma nova experiência

Leia mais

PROCEDIMENTO DE REGISTO DAS ORGANIZAÇÕES NO SISTEMA COMUNITÁRIO DE ECOGESTÃO E AUDITORIA (EMAS) Índice. Alterações Não aplicável 1ª Edição

PROCEDIMENTO DE REGISTO DAS ORGANIZAÇÕES NO SISTEMA COMUNITÁRIO DE ECOGESTÃO E AUDITORIA (EMAS) Índice. Alterações Não aplicável 1ª Edição PROCEDIMENTO DE REGISTO DAS ORGANIZAÇÕES NO SISTEMA COMUNITÁRIO DE ECOGESTÃO E AUDITORIA (EMAS) SQ.E.O.01 - Dezembro 2008 Índice Página 1. Objectivo 2 2. Campo de aplicação 2 3. Documentos de referência

Leia mais

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação O Business Analytics for Microsoft Business Solutions Navision ajuda-o a ter maior controlo do seu negócio, tomar rapidamente melhores decisões e equipar os seus funcionários para que estes possam contribuir

Leia mais

Going Spatial - criando e expandindo o alcance do seu Sistema de Informação Geográfica

Going Spatial - criando e expandindo o alcance do seu Sistema de Informação Geográfica Rua Julieta Ferrão, 10-10.ºA 1600-131 Lisboa Tel.: 21 781 66 40 Fax: 21 793 15 33 info@esri-portugal.pt www.esri-portugal.pt Going Spatial - criando e expandindo o alcance do seu Sistema de Informação

Leia mais

Base de Dados para Saneamento. Sanepar Companhia de Saneamento do Paraná

Base de Dados para Saneamento. Sanepar Companhia de Saneamento do Paraná Base de Dados para Saneamento Sanepar Companhia de Saneamento do Paraná Área de Atuação S.A.A. 635 localidades 9,51 milhões de pessoas 100% pop. atendida 1,7 milhão análises de Água/Ano S.A.A. Infra-Estrutura

Leia mais

PHC Doc. Electrónicos CS

PHC Doc. Electrónicos CS PHC Doc. Electrónicos CS A diminuição dos custos da empresa A solução que permite substituir a típica correspondência em papel, agilizando os processos documentais e reduzindo os custos das empresas. BUSINESS

Leia mais

ACÇÃO 1.1.2 INVESTIMENTOS DE PEQUENA DIMENSÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO

ACÇÃO 1.1.2 INVESTIMENTOS DE PEQUENA DIMENSÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ACÇÃO 1.1.2 INVESTIMENTOS DE PEQUENA DIMENSÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO Funcionamento genérico Os formulários estão disponíveis apenas nos

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores Software de Localização GSM para o modem Siemens MC35i Manual do Utilizador Índice

Leia mais

Requisitos de Sistema Impressão Comerciale Editorial

Requisitos de Sistema Impressão Comerciale Editorial Impressão Comerciale Editorial OneVision Software AG Sumário Asura 10.2, Asura Pro 10.2, Garda 10.2...2 PlugBALANCEin 10.2, PlugCROPin 10.2, PlugFITin 10.2, PlugRECOMPOSEin 10.2, PlugSPOTin10.2,...2 PlugTEXTin

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão G POR Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado o seguinte ícone: As Notas indicam o que fazer perante

Leia mais

Projecto eb.pos em Java

Projecto eb.pos em Java Projecto eb.pos em Java Introdução O presente documento apresenta de forma sucinta os principais processos de negócio e funcionalidades permitidos pelo sistema eb.pos da Eugénio Branco. Ao descrever o

Leia mais

PHC Workflow CS. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa

PHC Workflow CS. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa PHCWorkflow CS DESCRITIVO O PHC Workflow permite que o conjunto de acções a executar, sigam uma ordem pré- -definida de acordo com as normas da empresa, aumentando a agilidade e produtividade dos colaboradores.

Leia mais

Direcção Regional de Educação do Algarve

Direcção Regional de Educação do Algarve MÓDULO 1 Folha de Cálculo 1. Introdução à folha de cálculo 1.1. Personalização da folha de cálculo 1.2. Estrutura geral de uma folha de cálculo 1.3. O ambiente de da folha de cálculo 2. Criação de uma

Leia mais

Leia-me do QuarkXPress 9.3

Leia-me do QuarkXPress 9.3 Leia-me do QuarkXPress 9.3 ÍNDICE Índice Leia-me do QuarkXPress 9.3...4 Requisitos do sistema...5 Requisitos do sistema: Mac OS...5 Requisitos do sistema: Windows...5 Instalar: Mac OS...6 Efectuar uma

Leia mais

Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016

Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016 Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016 Outubro de 2013 Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016 Ciente da relevância estratégica

Leia mais

A Gisgeo. Web SIG Sistemas de Informação Geográfica via web. Geo Marketing e Geo Turismo. Localização de pessoas. Gestão de frota automóvel

A Gisgeo. Web SIG Sistemas de Informação Geográfica via web. Geo Marketing e Geo Turismo. Localização de pessoas. Gestão de frota automóvel A Gisgeo Web SIG Sistemas de Informação Geográfica via web Geo Marketing e Geo Turismo Localização de pessoas Gestão de frota automóvel App de localização para smartphones Sistemas de navegação GPS A Gisgeo

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

GeoMob: Solução de Gestão e Controlo de Bens e Recursos Móveis

GeoMob: Solução de Gestão e Controlo de Bens e Recursos Móveis GeoMob: Solução de Gestão e Controlo de Bens e Recursos Móveis Luis Cabral IDC - Mobility & RFID, CCB 26 de Fevereiro de 2008 1 Miguel Setas GeoMob Gestão de Bens e Recursos Móveis Apresentação divida

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais