FÓRUM NACIONAL DE PRÓ-REITORES DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DAS IES BRASILEIRAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÓRUM NACIONAL DE PRÓ-REITORES DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DAS IES BRASILEIRAS"

Transcrição

1 REUNIÃO DIRETÓRIO NACIONAL REGIÃO SUDESTE UNIRIO, Rio de Janeiro Nos dias 07 e 08 de maio foi realizada, no Rio de Janeiro, a segunda reunião de 2009 do Diretório Nacional do FOPROP, em conjunto com a reunião do FOPROP da Região Sudeste. A organização do evento esteve sob responsabilidade da Regional Sudeste, envolvendo a Profa. Tereza (secretária executiva do DN e ex-coordenadora da regional sudeste do Foprop) e a Profa. Marilza (UNESP), nova coordenadora da regional sudeste. O evento foi muito bem organizado e contou com painéis e palestras bem focadas em temas definidos pela regional, e com a participação de representantes do CNPq, CAPES, FAPERJ e Universidades da região sudeste. Os organizadores do evento atingiram os objetivos propostos, criando um clima de discussão e reflexão sobre importantes temas na áreas de pesquisa e PG no país, com destaque para a participação do novo Diretor de Avaliação da CAPES. Essa reunião manteve o alto padrão da reunião da Regional Norte, realizada em abril, em São Luís do Maranhão. Lembro a todos que nosso próximo encontro do DN será na reunião da Regional Centro-Oeste, no mês de junho (dias 15 e 16), com coordenação da Profa. Divina. O DN nacional contou com a presença de seus membros, exceto as Profas. Núbia e Edna, que justificaram suas ausências. Diversos membros do DN somente tomaram parte na reunião do dia 7/5, em função de estarem participando de avaliações na FINEP. Segue breve relato do evento, incluindo um relato específico da reunião do Diretório Nacional, que ocorreu durante o mesmo. 1. Reunião do DN O DN realizou a sua reunião durante o evento e teve a seguinte pauta e deliberações: a. Situação da renovação das Bolsas DT pelo CNPq i. Posição do FOPROP ii. Ação junto ao CNPq Foi informado pelo CNPq que a agência está realmente analisando a possibilidade de cancelar o Programa de Bolsas DT, incorporando as bolsas existentes no Programa de Bolsas PQ. Se esse cenário for confirmado, as bolsas atuais seriam postergadas até fevereiro de 2010 e nesta data haveria a renovação em conjunto com as Bolsas PQ. Ficou definido que será marcada uma reunião com o Presidente do CNPq, para entender os motivos dessa situação. A reunião está prevista para acontecer na última semana de maio.

2 b. Relato do Grupo do Rio (ANP Petrobras) i. Encaminhamentos definidos e recomendações A representante do FOPROP Nacional no Grupo do Rio, Profa. Angela Uller, fez um relato das análises e recomendações do Grupo do Rio com relação aos projetos com a Petrobras e o papel da ANP nesse processo, em especial no tocante à prestação de contas. Neste sentido, encaminho atachado a este relato o texto do escritório Martins Associados, conforme solicitado na reunião do Grupo do Rio em 09 de abril deste ano. Sugerimos que as IES analisem o texto e o encaminhem, se julgarem conveniente e oportuno, para suas Procuradorias Jurídicas, para análise e conhecimento. c. Relato da reunião do FORTEC i. Realizado em Campinas ii. Encaminhamento da proposta das funções dos NITs A reunião nacional do FORTEC de 2009 ocorreu no mês de maio na UNICAMP e teve como tema central a questão que envolve o Acórdão do TCU referente às Fundações de Apoio à IES e seus reflexos na área de pesquisa. Foi identificado que esse assunto no governo está com o MEC e a gestora responsável é a secretária da SESu, Profa. Maria Paula Dallari. Ficou clara a necessidade de uma ação dos Pró-Reitores junto aos seus Reitores, visando alertar para a importância e necessidade das Fundações de Apoio na área de projetos de pesquisa cooperados com empresas e agências como a FINEP. Outro tema relevante foi a descrição das funções relativas aos NITs, cujo documento será entregue pelo FOPROP para a SESU ainda nesta semana, tendo o FORTEC como parceiro. d. Atualização do site do FOPROP i. Ofícios ii. Relatos de reuniões (Conselho Superior da CAPES, CTC, Conselho de Administração do CGEE, agências etc.) iii. Datas das reuniões Foi informado que o site do FOPROP está totalmente atualizado, com todos os relatos e ofícios emitidos no ano. Ficou definido que todas as regionais irão atualizar os dados dos associados (mailing list) e que, a partir desta reunião, os relatos serão disponibilizados no site do Foprop e não mais distribuídos diretamente pelos coordenadores de regiões. Neste sentido, o fluxo de comunicação passa a ser o seguinte: a presidência do Foprop prepara o relato e envia para todo o DN. A secretária executiva realiza a análise do texto, fazendo as correções e complementações necessárias e atualiza o site. Na sequência os Pró-Reitores são informados de que o relato está disponível no site, via , com o link correspondente.

3 e. Convites aos representantes das agências CAPES e CNPq i. Ação do DN ii. Apoio (hospedagem e passagem) Foi esclarecido que cada coordenador de regional deve contatar os gestores das agências previamente convidados para participar dos eventos (Profa. Wrana do CNPq e Profs. Livio e Emídio da CAPES), visando acertar os detalhes das participações nos mesmos, bem como verificar o apoio a ser concedido (passagem aérea ou hospedagem, conforme a disponibilidade de recursos dos organizadores do evento). f. Indicação do membro do CONAIC i. Comissão Nacional de Avaliação e Acompanhamento de (CONAIC) ii. Pró-Reitor com conhecimento e atuação na área iii. Área dos CEFETs terá representante próprio Em conversas com a Profa. Wrana, Vice-Presidente do CNPq, ficou alinhado que o FOPROP Nacional teria um representante (seria membro nato) no CONAIC. Foi definido pelo DN que nossa representante no CONAIC do CNPq será a Profa. Divina (Coordenadora da Regional Centro-Oeste) e o suplente será o Prof. Alamir (Coordenador da Regional Sul). O ofício, neste sentido, será enviado ao CNPq na semana seguinte ao evento da Regional Sudeste. g. PL/ Reforma Universitária i. Relato da reunião (audiência) com Presidente das Comissões de Educação do Congresso (Dep. Maria do Rosário e Flávio Arnt) ii. Maior atuação do Foprop (conhecimento das áreas de pesquisa e PG) Foi feito relato da participação da presidência do FOPROP em audiência com os congressistas presidentes das Comissões de Educação na Câmara de Deputados (Dep. Maria do Rosário) e no Senado (Se. Flávio Arnt). Foi destacada a importância de os Pró-Reitores colocarem na pauta das reuniões com seus Reitores o tema da Pesquisa e da PG, a fim de pôr este tema no centro das discussões no Congresso sobre a reforma universitária ( PL 4212/ Altera dispositivos da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, e dá outras providências.). Foi relatada a existência de três frentes parlamentares envolvidas na discussão da Reforma Universitária no Congresso: das IFES, das IES comunitárias e das IES particulares. h. Área Multidisciplinar da CAPES

4 i. Critérios de avaliação dos APCNs novos e dos Programas existentes dentro de uma visão realmente sistêmica Foi entendimento dos membros do DN que esse tema deva ser abordado com o novo Diretor de Avaliação da CAPES, tendo em vista a complexidade dessa área na agência e o alto volume de demandas (é a área com o maior número de APCNs). Foi feito um breve relato dos tipos de problemas típicos na área (divergências em avaliações de comissões e pareceres do comitê de área). i. PAPG i. Relato das ações junto à CAPES Foi feito o relato da situação dos estudos, visando à proposta do PAPG, que envolve a participação de um grupo de trabalho do FOPROP junto à ANDIFES, composto pelos Profs. Helio, Divina, Edna, Fernando e Tereza. Na reunião do dia 25/5 com o presidente Lula esse tema deverá ser pautado. Os estudos envolvem três linhas: infraestrutura, consolidação e crescimento. Já estão sendo concluídos os questionários que serão enviados para as regionais (visando enfocar assimetrias regionais e definir prioridades). Esta etapa está prevista até o dia 19/5. Na sequência, ocorrerá uma séries de reuniões com os Pró-Reitores das IFES para apresentar o entendimento das regionais sobre o PAPG. As reuniões serão nos dias 18/6 (norte), 19/6 (nordeste), 24/6 (sul) e 25/6 (centro-oeste). Finalmente, no dia 9/7, os Profs. Hélio e Sá Barreto farão a apresentação da visão nacional do PAPG. O Prof. Hélio enviará relato detalhado aos Pró-Reitores das IFES. Ficou confirmado que o Prof. Hélio, representante do segmento das IFES no FOPROP Nacional, será um dos membros da comissão interministerial nomeada para desenvolver a proposta do PAPG. j. Bolsas Prosup i. Relato das ações junto à CAPES Foi feito o relato da situação dos estudos, visando ao desenvolvimento do novo PROSUP, sob responsabilidade dos Profs. Bergmann e Audy, com apoio e representação da ABRUC. No dia 13/5, na Universidade São Francisco, em Campinas, ocorrerá uma reunião com o segmento das comunitárias em que esse tema será abordado, bem como o Programa de Apoio aos Programas de PG em Engenharias e Computação. k. Representações em eventos i. CBEU ii. Tripla Hélice Foi destacada a importância das representações nos eventos e relatada a situação desconfortável pela não-presença do representante designado pelo FOPROP Nacional na reunião dos Pró-Reitores de Extensão, no mês de abril, em

5 Dourados. Vamos enviar uma carta de desculpas pela situação gerada, após contato com o professor indicado pelo Foprop, para sabermos as razões que impediram sua participação. Sobre o evento da Tripla Hélice, ficamos de fazer contato com o FORTEC e com o Prof. Schmitt, a fim de convidá-lo para organizar nossa participação no evento, que ocorrerá no mês de novembro em Porto Alegre. l. Web Qualis i. Atualização de todas as áreas e definição quanto ao critério que será utilizado na avaliação neste ano, inclusive dos novos APCNs. Esse tema foi retirado de pauta em função da atuação do novo Diretor de Avaliação da CAPES. Ele foi informado disso durante sua palestra. m. Parcerias amplas nos programas interinstitucionais i. Coordenação única ii. Regionais e Segmentos Esse tema foi retirado de pauta em função da atuação do novo Diretor de Avaliação da CAPES. Ele foi informado disso durante sua palestra. n. Atualização das listas dos Pró-Reitores i. Repasse de informações ii. Atualização do site do FOPROP (envio de informações) Conforme citado anteriormente, as regionais são as responsáveis por manter o mailing list dos Pró-Reitores atualizado, com apoio dos coordenadores de cada Estado. O novo site do FOPROP está devidamente atualizado e disponível para consultas. o. Cursos Especialização Lato Sensu i. Falta de controle, regulação e avaliação pelas agências do Governo ii. Restrições de cobranças nas IES Públicas iii. Aceitação de matrículas de graduandos Foi relatada a resposta da CAPES referente à possibilidade de uma atuação da agência atualmente na área de cursos lato sensu, visando organizar este segmento da PG no país. O FOPROP entende e apoia a posição atual da CAPES de aguardar ao menos até o final da avaliação trienal para endereçar o tema (lato sensu), em função do acumúlo de atividades e responsabilidades neste período. O FOPROP retomará esse assunto no próximo ano como uma de suas prioridades junto à CAPES. p. Pendências i. Contato com FORGRAD (definido no Plano de Ação)

6 ii. Participação dos encontros com CNPq regionais e ENPROP sobre IC Gostaríamos de aproximar o FORGRAD das reuniões do DN com as regionais do FOPROP e o projeto na área de IC com o CNPq. Já enviamos convites para os encontros da Região Norte (abril) e Sudeste (maio). Faremos nova tentativa na reunião do Centro-Oeste, em junho, aproveitando o fato de a presidente do FORGRAD (Profa. Sandramara) ser Pró-Reitora de Graduação da UFG, que organizará a reunião da Regional Centro-Oeste, sob responsabilidade da Profa. Divina. q. Projeto do ENPROP i. Responsável: Prof. Anisio e Regional Nordeste ii. Proposta preliminar para discussão iii. Enviar convites iv. Captação de recursos O Prof. Anisio, coordenador geral do ENPROP, a ser realizado em novembro, na cidade de Recife (confirmado que será em Recife e não em Porto de Galinhas), apresentou os encaminhamentos que estão sendo feitos, em termos de captação de recursos junto às agências CAPES, FAP e CNPq, bem como as IES parcerias da UFPE na organização do evento: Católica de Recife, UF Rural, UNIVASP, Universidade do Estado de Pernambuco e IFET Pernambuco. Informou que o site do evento deverá ser disponibilizado nos próximos dias. r. Eleição do novo Representante do Segmento das Comunitárias i. Chamada de reunião do segmento com esse objetivo na próxima semana Foi destacado o ótimo trabalho desenvolvido pela Profa. Anna Cintra à frente do segmento das comunitárias e informado que no próximo dia 13/5 ocorrerá reunião na cidade de Campinas, na Universidade São Francisco, com o apoio da ABRUC, para a eleição do novo coordenador do segmento, tendo em vista modificações na PUC-SP, com a mudança na Pró-Reitoria de PG deste IES. A Profa. Anna Cintra passará a função ao novo representante a ser eleito no dia 13/5, conforme estatuto do FOPROP, na reunião da Região Centro-Oeste, no mês de junho. s. Nova Coordenadora da Regional Sudeste i. Início das atividades como coordenadora da regional A Profa. Marilza (UNESP) já assumiu a função de Coordenadora da Regional Sudeste no momento da eleição da Profa. Tereza para a secretaria executiva do DN, visto que era a vice-coordenadora eleita. Nesta reunião foi eleito o Prof. Protásio (Unicastelo) como vice-coordenador da Regional Sudeste.

7 t. Avaliação do Triênio i. Alinhamento visando à reunião com o Diretor da DAV/CAPES Foi analisada a postura do FOPROP com relação ao novo Diretor de Avaliação da CAPES, e a visão do DN foi no sentido de continuar atuando de forma alinhada com a CAPES, a fim de qualificar continuamente o processo de avaliação da PG brasileira. Especial preocupação foi destacada com relação à avaliação trienal, em função das instabilidades ainda presentes nos instrumentos de avaliação (Qualis, critérios de avaliação etc.). Existe uma percepção de que o sistema de avaliação deverá ser revisto ao final deste triênio, para se desenvolver um novo sistema no futuro, que contemple os anseios de maior estabilidade e viabilidade ao mesmo, inserindo novos componentes de avaliação, novos mecanismos e prazos em função do forte crescimento do sistema de PG brasileiro. 2. Abertura do Evento Na abertura do evento estiveram presentes seus organizadores, (sob coordenação das Profas. Tereza e Marilza), a Magnífica Reitora da UNIRIO, Profa. Malvina, o Diretor Científico e Presidente da FAPERJ, e Profª. a Wrana Panizzi, do, CNPq. Durante a abertura foi destacada a importância da Universidade no desenvolvimento da sociedade e, em especial, seu papel no desenvolvimento da cultura do nosso povo. 3. Mesa de Discussão sobre Iniciação Científica Essa parte do evento foi muito boa e reproduziu o ambiente que teve seu início na Regional Norte, com a participação da Profa. Wrana, Vice-Presidente do CNPq. Também participaram do painel o presidente da FAPERJ, Prof. Rui Marques, e a profa. Marilza, como coordenadora da mesa. Esse painel abordou a situação e principais demandas da região com relação ao tema da Iniciação Científica. A Profa. Wrana é a responsável no CNPq pela gestão e reorganização das políticas de apoio e avaliação da IC no país, em especial dos programas PIBIC e PIBIT. A Profa. Wrana destacou a importância da IC não somente para a formação de futuros pesquisadores, mas também para a formação de bons profissionais, com capacidade de aprendizado e pesquisa. A questão da avaliação do PIBIC e a reformulação do CONAIC, com a participação ativa do FOPROP, foram outros temas abordados com ênfase na sua palestra. A Regional Sudeste apresentou um panorama geral da IC na região, em especial no RJ, e uma série de sugestões e reflexões para o trabalho que está sendo conduzido pelo CNPq com apoio do FOPROP ao longo deste ano. O painel foi muito produtivo e certamente contribuiu para o entendimento das demandas e desafios da IC na Região Sudeste do país.

8 Como sugestão final da Profa. Wrana, na reunião do Centro-Oeste em junho, vamos organizar uma reunião com os coordenadores de IC (do PIBIC) para conversarem a respeito do Programa PIBIC e o analisarem em conjunto com a Profa. Wrana. 4. Segundo dia do evento, com temáticas definidas pela Região Norte, conforme proposto para o formato das reuniões das regionais com o DN A Regional Norte montou dois painéis no segundo dia, com as seguintes temáticas: i. Fomento à pesquisa e pós-graduação, inclusive ao Mestrado Profissional, com a presença do Prof. Emídio Cantídio (CAPES) e Profa. Claudia Morgado (UFRJ): especial destaque ao ótimo debate gerado sobre o Mestrado Profissional. A participação da Profa. Cláudia é uma opção indicada para as Regionais que queiram aprofundar o tema MP em suas reuniões; ii. Avaliação da CAPES e Programas em Associação, com a presença do Prof. Lívio Amaral, novo Diretor de Avaliação da CAPES, e das Profas. Alice Lopes (UERJ) e Martha Ulhôa (UNIRIO): o Prof. Lívio apresentou uma visão muito abrangente e sólida sobre o processo de avaliação da CAPES, sua evolução e estágio atual. A reunião foi particularmente aberta e transparente, com ótima interação entre os Pró-Reitores participantes e o novo Diretor da DAV/CAPES. As debatedoras complementaram muito bem os temas centrais apresentados pelo Prof. Lívio, em reunião que durou mais de 3 horas e 30 minutos. A Regional Sudeste também realizou uma reunião específica da Regional, em que foram identificadas as principais demandas apresentadas aos painelistas e palestrantes durante o evento. Nos próximos dias as Profas. Tereza e Marilza deverão distribuir o relato oficial e detalhado do evento e dos encaminhamentos definidos pelos colegas da Regional Sudeste do FOPROP.

FÓRUM NACIONAL DE PRÓ-REITORES DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DAS IES BRASILEIRAS

FÓRUM NACIONAL DE PRÓ-REITORES DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DAS IES BRASILEIRAS REUNIÃO DIRETÓRIO NACIONAL REGIÃO NORTE UFMA, São Luís, Maranhão Nos dias 16 e 17 de abril foi realizada em São Luís (Maranhão) a reunião do Diretório Nacional do FOPROP, em conjunto com a reunião do FOPROP

Leia mais

XXV Encontro Nacional dos Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação ENPROP 2009

XXV Encontro Nacional dos Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação ENPROP 2009 O XXV ENPROP vai se realizar de 18 a 20 de novembro de 2009, no Recife Palace Hotel, em Recife PE. Tema Central: Perspectivas para a Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação no Brasil. Idéia Central: Como a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (PROPESQ) EDITAL BOLSA PROF-EMPRÉSTIMO Nº.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (PROPESQ) EDITAL BOLSA PROF-EMPRÉSTIMO Nº. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (PROPESQ) EDITAL BOLSA PROF-EMPRÉSTIMO Nº. 01/2011 A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio da Pró-Reitoria

Leia mais

4ª REUNIÃO DO DIRETÓRIO NACIONAL DO FOPROP 2006/2007 (em conjunto com a Regional Centro-Oeste)

4ª REUNIÃO DO DIRETÓRIO NACIONAL DO FOPROP 2006/2007 (em conjunto com a Regional Centro-Oeste) 4ª REUNIÃO DO DIRETÓRIO NACIONAL DO FOPROP 2006/2007 (em conjunto com a Regional Centro-Oeste) DATA: 18 à 20/06/2007 LOCAL: Corumbá/ MS PARTICIPANTES: Presidente: Prof. José Luiz Fontes Monteiro Universidade

Leia mais

Histórico. Formação de Recursos Humanos para o Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia do Brasil

Histórico. Formação de Recursos Humanos para o Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia do Brasil Histórico 40 ANOS DE Pós-graduação NO IME Formação de Recursos Humanos para o Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia do Brasil Wilma de Araújo Gonzalez a, Itamar Borges Júnior a,b, José Luiz Lima Vaz

Leia mais

Subsídios para o Plano de Reordenamento dos Recursos Humanos no âmbito do Ministério da Saúde

Subsídios para o Plano de Reordenamento dos Recursos Humanos no âmbito do Ministério da Saúde Universidade de Brasília - UnB Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares - CEAM Núcleo de Estudos de Saúde Pública - NESP Programa de Políticas de Recursos Humanos de Saúde - POLRHS Subsídios para

Leia mais

pagamento. A liberação de recursos ocorrerá em conformidade com a disponibilidade orçamentária e financeira.

pagamento. A liberação de recursos ocorrerá em conformidade com a disponibilidade orçamentária e financeira. EDITAL 01/2015 da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Processo de Seleção de Propostas para os Programas Institucionais de Iniciação Científica (PIBIC, PIBITI e PIBIC Jr/PIBIC-EM) A Pró-Reitoria de

Leia mais

Fernando Carvalho Silva, D.Sc.

Fernando Carvalho Silva, D.Sc. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Fernando Carvalho Silva, D.Sc. Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFMA Ex-Coordenador da Região Norte do FOPROF

Leia mais

A Construção de Categorias e Indicadores para Avaliação Institucional de Cursos, Projetos e Atividades de Extensão Universitária

A Construção de Categorias e Indicadores para Avaliação Institucional de Cursos, Projetos e Atividades de Extensão Universitária Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004 A Construção de Categorias e Indicadores para Avaliação Institucional de Cursos, Projetos e Atividades

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROPPI N o 06 de 09 de Julho de 2015 EDITAL FOPIN 2015 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA DAS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 0, de 05 de abril de 0, publicado no Diário Oficial da União nº 66, de 08 de abril de 0. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES,

Leia mais

Promover o Ensino Superior Associado ao Desenvolvimento Sustentável de Belém e Região

Promover o Ensino Superior Associado ao Desenvolvimento Sustentável de Belém e Região Promover o Ensino Superior Associado ao Desenvolvimento Sustentável de Belém e Região Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica- PIC A iniciação científica viabiliza, aos universitários

Leia mais

Reunião de Trabalho da Regional SE do FONAPRACE realizada na UNIFAL-MG, nos dias 10 e 11 de setembro de 2009. Relatório

Reunião de Trabalho da Regional SE do FONAPRACE realizada na UNIFAL-MG, nos dias 10 e 11 de setembro de 2009. Relatório Reunião de Trabalho da Regional SE do FONAPRACE realizada na UNIFAL-MG, nos dias 10 e 11 de setembro de 2009. Relatório Dia 10/09/2009. Abertura fizeram parte da mesa de abertura do evento o Vice-Reitor,

Leia mais

MANUAIS DCCAc/PROPLAN

MANUAIS DCCAc/PROPLAN MANUAIS DCCAc/PROPLAN Nº 2: TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DE TERCEIROS DIRETAMENTE PARA A UFPE OU COM INTERVENIÊNCIA DE FUNDAÇÃO DE APOIO (CONVÊNIO/ CONTRATO) I. Informações Iniciais I.I I.II I.III I.IV Este

Leia mais

EDITAL Nº 18 de 11 de dezembro de 2014

EDITAL Nº 18 de 11 de dezembro de 2014 EDITAL Nº 18 de 11 de dezembro de 2014 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), comunica aos interessados

Leia mais

Relação os membros do Diretório Nacional presentes à Reunião

Relação os membros do Diretório Nacional presentes à Reunião DIRETÓRIO NACIONAL DO FOPROP: GESTÃO 2014/2015 RELATO 6ª REUNIÃO DN/FOPROP/2015 16/10/2015 Local: CAPES Brasília Relação os membros do Diretório Nacional presentes à Reunião Diretoria Executiva: Isac Almeida

Leia mais

RELATÓRIO DA REUNIÃO DE COORDENADORES DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO. Dias 03 e 04 de novembro de 2011

RELATÓRIO DA REUNIÃO DE COORDENADORES DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO. Dias 03 e 04 de novembro de 2011 RELATÓRIO DA REUNIÃO DE COORDENADORES DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO Dias 03 e 04 de novembro de 2011 Local: CAPES Brasília/DF Nos dias 3 e 4 de novembro

Leia mais

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR 3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV 0DUoR $'0,1,675$d 2 Aprovação junto a CPPG da Resolução nº 01/2001 que dispõe sobre as atribuições da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

II Seminário do Observatório do Desenvolvimento Regional OBSERVA- DR. Relato das atividades desenvolvidas

II Seminário do Observatório do Desenvolvimento Regional OBSERVA- DR. Relato das atividades desenvolvidas II Seminário do Observatório do Desenvolvimento Regional OBSERVA- DR Relato das atividades desenvolvidas Nos dias 18 e 19 de abril de 2013 realizou-se o II Seminário do Observatório do Desenvolvimento

Leia mais

Programa de Iniciação Científica Universidade de São Paulo

Programa de Iniciação Científica Universidade de São Paulo EDITAL 2014/2015 A Pró-Reitoria de e o Comitê Institucional do da USP, com base em diretrizes debatidas e acordadas pelo Conselho de tornam público o presente Edital de abertura de inscrições, visando

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA. 2013 a 2020

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA. 2013 a 2020 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA 2013 a 2020 Comissão: Élice Fernando de Melo Erivelton Geraldo Nepomuceno Lane Maria Rabelo Baccarini Leonidas Chaves Resende Márcio Falcão

Leia mais

COLÉGIO BRSILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE RELATÓRIO DE GESTÃO DIREÇÃO NACIONAL BIÊNIO 2007-2009 2009 Fernando Mascarenhas Presidente Dinah Vasconcellos Terra Vice-Presidente Yara Maria de Carvalho Diretora

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o afastamento do país e concessão de passagens para servidores da UNIRIO. O Conselho de

Leia mais

AUXILIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES EM EVENTOS CONVÊNIO PROAP/SICONV Nº 806138/2014 EDITAL Nº 08/2014 - PROPG

AUXILIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES EM EVENTOS CONVÊNIO PROAP/SICONV Nº 806138/2014 EDITAL Nº 08/2014 - PROPG AUXILIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES EM EVENTOS CONVÊNIO PROAP/SICONV Nº 806138/2014 EDITAL Nº 08/2014 - PROPG A Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG), no âmbito de sua atuação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE XXX DEPARTAMENTO DE XXX

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE XXX DEPARTAMENTO DE XXX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE XXX DEPARTAMENTO DE XXX CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 10, de 06 de março de 2015, publicado no Diário

Leia mais

64 pontos não remunerada.

64 pontos não remunerada. UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RESOLUÇÃO 001/2015 ESTABELECE PROCEDIMENTOS E PARÂMETROS AVALIATIVOS PARA PROGRESSÃO DE DOCENTES À CLASSE E PROFESSOR TITULAR ANEXO

Leia mais

1A 5 6 1B 5 6 1C 8 11 1D 18 15 2 56 54

1A 5 6 1B 5 6 1C 8 11 1D 18 15 2 56 54 CNPq Julgamento de Bolsas de Produtividade em Pesquisa, Bolsas Especiais e ARC RELATÓRIO DA REUNIÃO DO COMITÊ ASSESSOR DA ÁREA DE EDUCAÇÃO PERÍODO DA REUNIÃO: 03 a 07 de novembro de 2014 A reunião do CA-Ed

Leia mais

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011.

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. INFORMAÇÕES GERAIS: O processo seletivo do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação

Leia mais

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional 1 PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (PROFIAP) tem

Leia mais

A ÁREA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E O PAPEL DAS IES COMUNITÁRIAS NO SISTEMA NACIONAL DE PG

A ÁREA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E O PAPEL DAS IES COMUNITÁRIAS NO SISTEMA NACIONAL DE PG A ÁREA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E O PAPEL DAS IES COMUNITÁRIAS NO SISTEMA NACIONAL DE PG Jorge Audy (audy@pucrs.br) Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da PUCRS Este texto procura abordar dois temas

Leia mais

8. Excelência no Ensino Superior

8. Excelência no Ensino Superior 8. Excelência no Ensino Superior PROGRAMA: 08 Órgão Responsável: Contextualização: Excelência no Ensino Superior Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - SETI O Programa busca,

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Diretoria de Gestão Estratégica

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Diretoria de Gestão Estratégica Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Diretoria de Gestão Estratégica RESGATE HISTÓRICO DO CENÁRIO EM QUE O CEFET/RJ DISCUTE E ENCAMINHA PROPOSTA DE TRANSFORMAÇÃO EM UNIVERSIDADE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Diretoria de Políticas e Programas de Graduação Coordenação-Geral de Relações Acadêmicas de Graduação Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º Este Regulamento estabelece as políticas da disciplina de Trabalho

Leia mais

2.4. São objetivos específicos do Programa de Intercâmbio:

2.4. São objetivos específicos do Programa de Intercâmbio: PROGRAMA DE INTERCÂMBIO 11 a EDIÇÃO EDITAL 01/2015 A Secretaria de Assuntos Legislativos - SAL do Ministério da Justiça, com atribuições previstas no art. 20 do Decreto n o 6.061, de 15 de março de 2007,

Leia mais

COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de Maio de 2012

COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de Maio de 2012 COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de Maio de 2012 IDENTIFICAÇÃO ÁREA DE AVALIAÇÃO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PERÍODO DE AVALIAÇÃO: 2012 ANO

Leia mais

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013)

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Presidente: SENADOR CRISTOVAM BUARQUE Vice-Presidente: SENADOR HÉLIO JOSÉ Relator: SENADOR OMAR AZIZ Proposta de Plano de Trabalho Avaliação de

Leia mais

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011.

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. INFORMAÇÕES GERAIS: O processo seletivo do Programa de Iniciação Científica da USP na Faculdade de Medicina da USP baseia-se no edital 2011/

Leia mais

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Fórum dos Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação Diretório Regional Nordeste 28 e 29 de Maio de 2009 AVALIAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO: MUDANÇAS RECENTES

Leia mais

Original assinado Vicente Pereira de Almeida Presidente do CS

Original assinado Vicente Pereira de Almeida Presidente do CS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 037/2013 DE 27

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO PROEX (2015)

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO PROEX (2015) UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Instituto de Medicina Social Rua São Francisco Xavier, 524 / 7º andar / Bloco D - Maracanã CEP: 20550-013 - Rio de Janeiro - BRASIL TEL: 55-021- 2334-0235 FAX:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 Normatiza os procedimentos para concessão de Afastamentos de Curta Duração, Licença para Capacitação, Afastamentos para Pós- Graduação Stricto Sensu e Pós-Doutorado

Leia mais

Of. 36 FOPROP Porto Alegre, 25 de agosto de 2009.

Of. 36 FOPROP Porto Alegre, 25 de agosto de 2009. Of. 36 FOPROP Porto Alegre, 25 de agosto de 2009. Prezado Secretário Ronaldo Motta: Seguem as sugestões do FOPROP (Fórum dos Pró-Reitores de Pesquisa e PG das Universidades Brasileiras) com relação ao

Leia mais

O Comitê Gestor da CEIHC é composto por postos deliberativos e postos consultivos.

O Comitê Gestor da CEIHC é composto por postos deliberativos e postos consultivos. REGIMENTO DA COMISSÃO ESPECIAL DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO (CEIHC-SBC) Data de Aprovação em Assembléia: 26 de outubro de 2011 1 Objetivo A Comissão Especial de

Leia mais

EDITAL 001/2015-DP/PROPESP/UFAM

EDITAL 001/2015-DP/PROPESP/UFAM EDITAL 001/2015-DP/PROPESP/UFAM PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (IC) (PERÍODO DE VIGÊNCIA: AGOSTO/2015 A JULHO/2016) A, em conformidade com as diretrizes dos

Leia mais

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU A Pesquisa e a Pós-Graduação Stricto Sensu são atividades coordenadas por uma mesma

Leia mais

Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Diretoria de Avaliação. 32.ssoc@capes.gov.br

Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Diretoria de Avaliação. 32.ssoc@capes.gov.br RELATÓRIO DA REUNIÃO DE COORDENADORES DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO DA ÁREA DE SERVIÇO SOCIAL Dia 09 e 10 de Novembro de 2011 Local: CAPES Brasília/DF Presença Estiveram presentes 25 programas de Pós

Leia mais

Planejamento de TI em universidades: relato dos primeiros anos do PDTI na UFSM

Planejamento de TI em universidades: relato dos primeiros anos do PDTI na UFSM Planejamento de TI em universidades: relato dos primeiros anos do PDTI na UFSM Fernando Pires Barbosa a, Marcelo Lopes Kroth b, Gustavo Chiapinotto da Silva b, Sérgio João Limberger b, Fernando Bordin

Leia mais

A IMPLANTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - PARFOR EM UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA

A IMPLANTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - PARFOR EM UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA 1 A IMPLANTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - PARFOR EM UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA Ms. Rafael Ângelo Bunhi Pinto UNISO - Universidade de Sorocaba/São Paulo Programa de Pós-Graduação

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 136/2007

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 136/2007 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 136/2007 Dispõe sobre o Programa de Iniciação Científica da Universidade de Taubaté Normas Operacionais Calendário 2007/2008. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do disposto

Leia mais

Plano Estratégico do Programa de Mestrado em Direito da UniBrasil PLANO ESTRATÉGICO 2010 2015

Plano Estratégico do Programa de Mestrado em Direito da UniBrasil PLANO ESTRATÉGICO 2010 2015 PLANO ESTRATÉGICO 2010 2015 MAPA ESTRATÉGICO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO DA UNIBRASIL MISSÃO Promover, desenvolver e publicar pesquisas de qualidade, com sólida base jurídica e contextualização

Leia mais

Adequação das Normas do Programa IC da UNITAU

Adequação das Normas do Programa IC da UNITAU Adequação das Normas do Programa IC da UNITAU Alteração da Deliberação Consuni N o 080/2010 Artigo 4 o Os projetos de Iniciação Científica poderão ser aprovados por um período de até 24 (vinte e quatro)

Leia mais

NORMA DO PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE

NORMA DO PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE NORMA DO PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE As Pró-Reitorias de Graduação e de Pesquisa e Pós-Graduação, CONSIDERANDO a necessidade

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal de Ciências

Leia mais

Edital de Seleção de Pessoal 127.006/2011. EDITAL DE SELEÇÃO Consultores - Unitrabalho/MDA

Edital de Seleção de Pessoal 127.006/2011. EDITAL DE SELEÇÃO Consultores - Unitrabalho/MDA Edital de Seleção de Pessoal 127.006/2011 EDITAL DE SELEÇÃO Consultores - Unitrabalho/MDA PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES POR TEMPO DETERMINADO A Fundação Interuniversitária de Estudos

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC PIC - UNIG Capítulo I Das Finalidades Art. 1º A iniciação científica é uma atividade oferecida

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC PIC - UNIG Capítulo I Das Finalidades Art. 1º A iniciação científica é uma atividade oferecida REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC PIC - UNIG Capítulo I Das Finalidades Art. 1º A iniciação científica é uma atividade oferecida com intuito de estimular vocação e identificar talentos

Leia mais

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA BOLSA PIBIC E BOLSA INSTITUCIONAL PROCESSO SELETIVO 2015-2016

Leia mais

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) e a Fundação de Amparo e

Leia mais

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos RELATÓRIO OFICINA FNEPAS ESTADUAL MINAS GERAIS INTEGRALIDADE E QUALIDADE NA FORMAÇÃO E NAS PRÁTICAS EM SAÚDE: Integrando Formação, Serviços, Gestores e Usuários Local: COBEM Uberlândia Data: 22 de outubro

Leia mais

INSTRUÇÕES NORMATIVAS Aprovada pelo Conselho do Programa em 16/06/2015 Aprovado pelo Conselho Deliberativo do CAUNESP em 03/07/2015

INSTRUÇÕES NORMATIVAS Aprovada pelo Conselho do Programa em 16/06/2015 Aprovado pelo Conselho Deliberativo do CAUNESP em 03/07/2015 INSTRUÇÕES NORMATIVAS Aprovada pelo Conselho do Programa em 16/06/2015 Aprovado pelo Conselho Deliberativo do CAUNESP em 03/07/2015 O Conselho do Programa de Pós-Graduação em Aquicultura aprova as Instruções

Leia mais

Dispõe sobre o Regimento Geral de Pós-graduação da UNESP.

Dispõe sobre o Regimento Geral de Pós-graduação da UNESP. RESOLUÇÃO UNESP Nº 30, DE 17 DE JUNHO DE 2010. Texto consolidado Dispõe sobre o Regimento Geral de Pós-graduação da UNESP. O Reitor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, tendo em vista

Leia mais

Regulamento Interno da Comissão de Bolsas PPGCOM- ESPM/SP,

Regulamento Interno da Comissão de Bolsas PPGCOM- ESPM/SP, Escola Superior de Propaganda e Marketing ESPM SP Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo PPGCOM Regulamento Interno da Comissão de Bolsas PPGCOM- ESPM/SP, Dispõe sobre a política

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01 DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 01 DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE HUMANIDADES UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01 DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 01/2008 que estabelece

Leia mais

Políticas de Educação a Distância

Políticas de Educação a Distância Políticas de Educação a Distância Prof. Fernando Jose Spanhol Prof. Fernando Jose Spanhol LED/UFSC/ABED- Avaliador SESU-INEP-CEE/SC A Evolução da Legislação 1930 - Criação do Ministério dos Negócios e

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO INTERNA Nº 03/2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO INTERNA Nº 03/2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO INTERNA Nº 03/2014 Aprova a Resolução Interna que regulamenta normas complementares para o trabalho da Comissão de Bolsas e Acompanhamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) GABINETE DA REITORIA ORDEM DE SERVIÇO GR N 001, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2007

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) GABINETE DA REITORIA ORDEM DE SERVIÇO GR N 001, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2007 ORDEM DE SERVIÇO GR N 001, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2007 Normatiza procedimentos para solicitação de apoio institucional para participação em Eventos Acadêmico-Científico-Culturais e de representação estudantil,

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação - PIBITI/CNPq 2015/2016. EDITAL de 08 de Abril de 2015

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação - PIBITI/CNPq 2015/2016. EDITAL de 08 de Abril de 2015 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação - PIBITI/CNPq 2015/2016 EDITAL de 08 de Abril de 2015 1 Apresentação A Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), dentro

Leia mais

ENCAMINHAMENTOS FINAIS Ao longo das discussões alguns encaminhamentos foram indicados em torno dos diferentes temas constantes da pauta.

ENCAMINHAMENTOS FINAIS Ao longo das discussões alguns encaminhamentos foram indicados em torno dos diferentes temas constantes da pauta. XXI Encontro Nacional do Fórum Nacional de Diretores de Faculdades/Centros de Educação ou Equivalentes das Universidades Públicas Brasileiras (FORUMDIR) Campinas-SP/novembro/2005 No período 24 a 26 de

Leia mais

Manual dos Procedimentos de Pesquisa no IFSC

Manual dos Procedimentos de Pesquisa no IFSC Manual dos Procedimentos de Pesquisa no IFSC abril de 2014 Manual dos Procedimentos de Pesquisa no IFSC Florianópolis, abril de 2014. Sumário 1. Introdução...7 2. Procedimentos da Pesquisa...8 Caso 1

Leia mais

V Seminário Interno do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da UFRGS (08 de Abril de 2015) A Pós-graduação em Zootecnia Uma visão do sistema

V Seminário Interno do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da UFRGS (08 de Abril de 2015) A Pós-graduação em Zootecnia Uma visão do sistema V Seminário Interno do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da UFRGS (08 de Abril de 2015) A Pós-graduação em Zootecnia Uma visão do sistema Papel da CAPES na Condução da Pós-Graduação Fundação vinculada

Leia mais

ANEXO II. FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO 2ª Chamada PIBITI/CNPq PIBInova/PDI/UFF 2013 2014

ANEXO II. FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO 2ª Chamada PIBITI/CNPq PIBInova/PDI/UFF 2013 2014 ANEXO II FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO 2ª Chamada PIBITI/CNPq PIBInova/PDI/UFF 2013 2014 Avaliador: Identificação do projeto (Título) - link do Projeto Projeto Total Máximo: 50 pontos Atende ao

Leia mais

Reunião da PROPG/UFSC com os Coordenadores de Programas de Pós-Graduação

Reunião da PROPG/UFSC com os Coordenadores de Programas de Pós-Graduação Dezembro/2015 Reunião da PROPG/UFSC com os Coordenadores de Programas de Pós-Graduação Prof. Dra. Joana Maria Pedro Pró-Reitora Prof. Dr. Juarez V. do Nascimento Pró-Reitor Adjunto Pauta da Reunião de

Leia mais

Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional PROFMAT

Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional PROFMAT Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional PROFMAT Projeto de adesão da UFOP ao PROFMAT para submissão a CAPES em 2014. 2014 Identificação

Leia mais

1 Orientações 1.1 Inscrições: As inscrições poderão ser realizadas até 13 de fevereiro de 2015.

1 Orientações 1.1 Inscrições: As inscrições poderão ser realizadas até 13 de fevereiro de 2015. UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA UNISC DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL 2/2015 - PUIC Inovação Tecnológica A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG)

Leia mais

PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã. ção o das IFES

PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã. ção o das IFES PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã ção o das IFES (Açõ ções propostas em discussão) o) Objetivo Geral Consolidar e expandir os programas de formaçã ção o pós-graduada p de pessoas pelas Instituiçõ

Leia mais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação 4. PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO 4.1 Apresentação Toda Instituição necessita de um mundo amadurecido cientifica e tecnologicamente,

Leia mais

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 I. Chamada de Ordem Adm. Glaucia Pascoaleto Araujo Conselho Regional dos Administradores de São Paulo. Reunião com Coordenadores dos

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DISCENTE DO INSTITUTO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CHAPA RDs 2014

REPRESENTAÇÃO DISCENTE DO INSTITUTO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CHAPA RDs 2014 REPRESENTAÇÃO DISCENTE DO INSTITUTO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CHAPA RDs 2014 Atualmente, o IRI é composto por conselhos e comissões. São eles: Congregação do Instituto; Comissão de Graduação, Cultura

Leia mais

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Proppex Supervisão de Extensão 1. IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO 1.1. TÍTULO: Viagens de Estudos e Visitas Técnicas Internacionais

Leia mais

NUCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - UESC

NUCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - UESC Boletim 13 Editais / FAPESB Visite nosso blog: / Edital 029/2010 Popularização da Ciência Educação Científica - financiamento de projetos institucionais de educação científica que propiciem a difusão e

Leia mais

MEC/CAPES. Portal de Periódicos

MEC/CAPES. Portal de Periódicos MEC/CAPES Portal de Periódicos A CAPES e a formação de recursos de alto nível no Brasil Criada em 1951, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma agência vinculada ao

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 056/2013 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

PROCIÊNCIA 2014 Comprovação do Currículo e Aplicação de Critérios de Pontuação

PROCIÊNCIA 2014 Comprovação do Currículo e Aplicação de Critérios de Pontuação PROCIÊNCIA 2014 Comprovação do Currículo e Aplicação de Critérios de Pontuação. Considerando o expresso no art. 7 da Deliberação 25/2013, e nos itens 9.5, 9.6 e 9.7 do Edital PROCIÊNCIA/2014, o DEPESQ/SR-2

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró - Reitor ia de Planejamento, Gestão e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas (62) 3328-1123 - radoc@ueg.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró - Reitor ia de Planejamento, Gestão e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas (62) 3328-1123 - radoc@ueg. EDITAL INTERNO - PrPGF 001/2014 - A Pró-Reitoria de Planejamento, Gestão e Finanças (PrPGF) da Universidade Estadual de Goiás (UEG), tendo em vista o disposto na Resolução CsU nº 051/2013, torna público

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal

Leia mais

Portaria nº 64, de 24 de março de 2010

Portaria nº 64, de 24 de março de 2010 Portaria nº 64, de 24 de março de 2010 O PRESIDENTE DA COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR CAPES, no uso das atribuições conferidas pelo art. 26, inciso IX, do Decreto nº 6.316,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 01/2015 - PRPGP/UEPB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 01/2015 - PRPGP/UEPB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 01/2015 - PRPGP/UEPB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq A Reitoria da Universidade Estadual da Paraíba, por intermédio de sua Pró-Reitoria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 567/UFFS/2013 - SELEÇÃO DE TUTOR PARA CURSO PRESENCIAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 567/UFFS/2013 - SELEÇÃO DE TUTOR PARA CURSO PRESENCIAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 567/UFFS/2013 - SELEÇÃO DE TUTOR PARA CURSO PRESENCIAL O REITOR PRO TEMPORE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA

Leia mais

Reunião do Conselho Deliberativo da ABGE - Gestão 2014/2015 Data: 15/04/2014 - Horário: 16h00 - Local: Sede da ABGE

Reunião do Conselho Deliberativo da ABGE - Gestão 2014/2015 Data: 15/04/2014 - Horário: 16h00 - Local: Sede da ABGE Reunião do Conselho Deliberativo da ABGE - Gestão 2014/2015 Data: 15/04/2014 - Horário: 16h00 - Local: Sede da ABGE Presentes: Adalberto, Bartorelli, Eduardo, Francisco N. Jorge, João Jerônimo, Kátia,

Leia mais

COORDENAÇÃO NACIONAL DO FORPLAD PROPOSTA DE PLANEJAMENTO FORPLAD 2014/2015. 07 de fevereiro de 2014 ANDIFES Brasília - DF

COORDENAÇÃO NACIONAL DO FORPLAD PROPOSTA DE PLANEJAMENTO FORPLAD 2014/2015. 07 de fevereiro de 2014 ANDIFES Brasília - DF COORDENAÇÃO NACIONAL DO FORPLAD PROPOSTA DE PLANEJAMENTO FORPLAD 2014/2015 07 de fevereiro de 2014 ANDIFES Brasília - DF 1. INTRODUÇÃO Este é o relatório síntese da REUNIÃO DE PLANEJAMENTO DA COORDENAÇÃO

Leia mais

Diretoria de Pesquisa e Extensão - DPE Coordenação de Pesquisa

Diretoria de Pesquisa e Extensão - DPE Coordenação de Pesquisa Diretoria de Pesquisa e Extensão - DPE Coordenação de Pesquisa 1. Objetivo Capacitação e Qualificação do Docente Edital. 01/2015 Subsidiar a capacitação dos docentes da UNIT, visando ao aperfeiçoamento

Leia mais

CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSUNI

CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSUNI CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSUNI PROCESSO Nº 011/2012 ASSUNTO: Proposta de adequação das diretrizes para a parceria FURB-UFSC. INTERESSADO: Administração Superior. PROCEDÊNCIA: Reitoria. I - HISTÓRICO: Em

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE ESTUDOS, PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS DE SAÚDE DO INSTITUTO MÁRIO PENNA (CEPDe/IMP)

REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE ESTUDOS, PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS DE SAÚDE DO INSTITUTO MÁRIO PENNA (CEPDe/IMP) REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE ESTUDOS, PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS DE SAÚDE DO INSTITUTO MÁRIO PENNA (CEPDe/IMP) CAPÍTULO I Da Natureza, Sede e Vinculação Artigo 1 - O Centro de Pesquisas,

Leia mais

Ministério da Justiça SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS SAL. Casa Civil SUBCHEFIA PARA ASSUNTOS JURÍDICOS SAJ PROGRAMA DE INTERCÂMBIO 7ª EDIÇÃO

Ministério da Justiça SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS SAL. Casa Civil SUBCHEFIA PARA ASSUNTOS JURÍDICOS SAJ PROGRAMA DE INTERCÂMBIO 7ª EDIÇÃO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO 7ª EDIÇÃO EDITAL 02/2011 1. OBJETIVOS A Secretaria de Assuntos Legislativos - SAL, órgão do Ministério da Justiça que tem como objetivo institucional a preservação da ordem jurídica,

Leia mais

FOPROP MEMBROS DO DIRETÓRIO NACIONAL 2010/2011 VICE-PRESIDENTE PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE

FOPROP MEMBROS DO DIRETÓRIO NACIONAL 2010/2011 VICE-PRESIDENTE PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE PRESIDENTE MARIA TEREZA SERRANO BARBOSA Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO End.: Av. Pasteur, 296- Urca CEP: 22290-240 Rio

Leia mais

Busca do equilíbrio ACADEMIA

Busca do equilíbrio ACADEMIA Busca do equilíbrio Conquistar sustentabilidade financeira e qualificar recursos humanos são alguns dos principais objetivos dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) no Brasil POR CAMILA AUGUSTO Ilustrações:

Leia mais

R E G I M E N T O I N T E R N O

R E G I M E N T O I N T E R N O , REDE DE BIODIVERSIDADE E BIOTECNOLOGIA DA AMAZÔNIA LEGAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PPG-BIONORTE R E G I M E N T O I N T E R N O DOS OBJETIVOS Art. 1º - O Programa objetiva a formação de Doutores para

Leia mais

Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação - FOPROP

Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação - FOPROP Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação - FOPROP ANEXO I REQUERIMENTO ELEIÇÕES DA DIRETORIA EXECUTIVA DO FOPROP (GESTÃO 2014-2015) I- NOME DA CHAPA: II- INTEGRANTES DA CHAPA: NOME CARGO CPF EMAIL

Leia mais

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1286

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1286 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1286 Disciplina o afastamento de docentes da UFG para a realização de cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu e Estágios de Pós-Doutorado,

Leia mais

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC UFABC. TÍTULO I Dos Objetivos

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC UFABC. TÍTULO I Dos Objetivos Regimento REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC UFABC TÍTULO I Dos Objetivos Art. 1º - As atividades dos Cursos de Pós-Graduação abrangem estudos e trabalhos de formação

Leia mais