CAPÍTULO 3 A PRODUÇÃO E DIFUSÃO DO CONHECIMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAPÍTULO 3 A PRODUÇÃO E DIFUSÃO DO CONHECIMENTO"

Transcrição

1 CAPÍTULO 3 A PRODUÇÃO E DIFUSÃO DO CONHECIMENTO Canal oficial da SBI para divulgação de informações científicas, o The Brazilian Journal of Infectious Diseases (BJID) ganha espaço, credibilidade e prestígio ao publicar, a partir de 1996, informações valiosas sobre Infectologia no mundo.

2 Na história da Infectologia, em especial a partir do século 20, a informação sempre foi um dos recursos mais eficientes para o avanço da especialidade em seus diferentes desafios ou circunstâncias que envolve, sejam elas médicas, científicas ou mesmo de caráter econômico-social. Canal valioso produzido no Brasil e com repercussão mundial, The Brazilian Journal Of Infectious Diseases (BJID) foi lançado oficialmente no IX Congresso Brasileiro de Infectologia, em agosto de 1996, com o número Special Edition. Trazia a composição da revista, sua estrutura, editorial board, editor-chefe e co-editores, advertising board, um editorial informando a importância da criação de uma revista científica; um editorial assinado pelo Dr. Thomas C. Jones (que foi co-editor da revista até 2001), trazendo a importância do alcance internacional para uma revista científica, como critérios e periodicidade; um editorial de Dr. André Lomar, como ex-presidente da Sociedade à época e um exemplo de um artigo (caso clínico), além das normas de publicação e Statement of Editorial Policy da revista. Concretizava-se assim, pelas mãos do professor Roberto Badaró, criador e editor do BJID por oito anos consecutivos, o desejo de ter, no mesmo nível qualitativo, uma publicação feita nos moldes do Journal Of Infectious Diseases (JID), tanto no que se refere às questões editoriais, quanto a sua gerência administrativa. 25 ANOS DA SBI l 45

3 46 l 25 ANOS DA SBI À época, o BJID contatou o setor administrativo do JID com a intenção de buscar, em uma publicação científica de alto impacto internacional, um modelo a ser seguido para a implementação da revista brasileira. E foi por meio deste modelo que o BJID surgiu, como uma revista que não dependesse de recursos oriundos apenas de sócios e assinantes, nem tampouco dependesse, com exclusividade, administrativa e financeiramente, de uma associação, sociedade, fundação, ou qualquer órgão governamental de auxílio a publicações científicas. O objetivo era que ela pudesse sobreviver com recursos e gerência próprios. Portanto, seguindo os mesmos padrões de revistas científicas internacionais é que o BJID estabeleceu seu regimento interno, sempre com o vínculo obrigacional direto e subordinado à SBI, conforme estatuto aprovado em Assembléia. Os recursos financeiros do BJID sempre partiram do Advertising Board da revista, inicialmente com onze empresas participantes e, em 2005, com apenas três, sendo elas a Abbott Laboratórios, a Bristol Myers Squibb Brasil e a Produtos Roche. Esse modelo é de suma importância para a gerência do BJID, sem que haja nenhuma participação das empresas patrocinadoras no processo editorial da revista. Desde o surgimento da Aids em 1980, o volume de informações específicas na área de Infectologia cresceu de forma substancial. Associado a esta nova doença, o domínio das informações referentes à emergência de novos patógenos, o crescente problema da infecção hospitalar, a resistência aos antibióticos e o crescente avanço na área de antimicrobianos, praticamente criaram subespecialidades na área das doenças infecciosas e parasitárias. Atualmente, os periódicos de Medicina interna e revistas médicas de âmbito global já não comportam publicações especializadas. Portanto, fez-se clara a necessidade de uma revista especializada na área de doenças infecciosas com uma abordagem mais clínica e microbiológica. Mais de 70 % dos periódicos de alto índice de impacto e citações internacionais são editados em língua inglesa. Periódicos científicos editados em língua portuguesa acabam tendo baixo índice de impacto e são pouco lidos pela comunidade científica. Assim, decidiu-se publicar uma revista brasileira editada em língua inglesa a exemplo de outras nacionais que assim o fazem. Após consulta a Biblioteca Nacional dos Estados Unidos (Index

4 Medicus/Medline), o maior índice científico mundial, verificouse que pouquíssimas revistas da América Latina eram indexadas, devido a diversos fatores, entre eles a regularidade do periódico, a obediência às regras internacionais de citações, os critérios de seleção e revisão dos artigos publicados, o interesse da comunidade científica internacional e a própria independência do corpo editorial dos mecanismos de financiamento do periódico. Para garantir a qualidade científica da língua inglesa, foram contratados profissionais especializados no exterior em edições médicas para o assessoramento na edição e revisão da revista. O BJID também faz parte do mundo virtual (www.bjid.com.br), possibilitando uma maior abrangência de público, trazendo a possibilidade de conferência dos autores sobre o status de seu artigo, sem que para isto precise entrar em contato direto com os editores da revista. Além disso, o visitante virtual pode ter acesso a números anteriores da revista, disponibilizados na íntegra. O BJID sempre teve como propósito divulgar os trabalhos médicos originais na área de Infectologia, com uma periodicidade bimestral, atendida ao longo de todos esses anos, além de suplementos e separatas. Do ponto de vista médico-científico, os temas da Infectologia mais importantes e abrangentes foram os seguintes: O HIV, desde os aspectos históricos do surgimento da Aids aos mais novos tratamentos utilizados, bem como as pesquisas epidemiológicas e as realizadas pelos centros de referência nacionais e internacionais. O BJID também tratou com muita cautela e precisão os artigos referentes aos tratamentos adotados, principalmente no Brasil. A Virologia: HPV, HCV, HBV, suas tipagens, estudos de vacinas e estudos genéticos. As doenças tropicais também são temas freqüentes, principalmente em relato de casos, por meio de artigos originados a partir de pesquisas e estudos de coorte retrospectivos. Nestas estão incluídas, principalmente: leishmaniose, estrongiloidíase, malária, doença de Chagas e dengue. E, o que é mais importante, o BJID oferece um espaço para que a divulgação, especialmente de pesquisas de âmbito nacional, possa chegar e integrar-se àquelas do exterior, tendo em vista o grande número de indexadores nos quais a publicação encontra-se incluída. Atualmente, são distribuídos cerca de 4,8 mil exemplares da revista. 25 ANOS DA SBI l 47

5 Em 2003, uma pesquisa feita a partir de um questionário enviado ao mailing list do BJDI traçou um perfil do público leitor. No resultado, constatou-se que boa parte dos leitores e dos que submetem artigos para a revista são dirigentes de pesquisas ligadas à área de Infectologia e, o que é mais importante, normalmente são centros de pesquisa de reconhecimento nacional e internacional. Foi questionada, também, a razão pela qual o BJID era o escolhido para que um artigo fosse publicado e as respostas foram: qualidade e rigor de conteúdo (42,3%), indexação (47,5%) e circulação (10,2%). 48 l 25 ANOS DA SBI HISTÓRIA DE UMA OBRA Editor e co-autor de Tratado de Infectologia, livro-referência no Brasil, o professor Roberto Focaccia revela a evolução de um clássico na literatura médica nacional A história do Tratado de Infectologia começa em 1960, quando o professor Ricardo Veronesi conseguiu publicá-lo em primeira edição, patrocinado na época pelo Fundo Procienx. Tinha como título Doenças Infecciosas e Parasitárias. Foi um sucesso de vendas, com a primeira impressão esgotada em seis meses. Trazia nomes de grande expressão, além de uma diversidade de assuntos e a profundidade de um conteúdo inédito até então. O que era para ser um livro apenas didático veio a ocupar um enorme espaço editorial alcançando o interesse de profissionais de todas as áreas da Infectologia. A cada patologia apresentada, um convidado, especialista no assunto, fazia suas observações. Logo a editora Guanabara-Koogan se interessou comercialmente pelo livro e assim seguiram-se oito edições e reimpressões. O nome foi mantido e o conteúdo ampliado sucessivamente. O professor Veronesi costumava dizer que um livro só fica bom após sete edições, pois estava já maduro. Não foi à toa, portanto, que a Organização Panamericana de Saúde adotou oficialmente o livro. As últimas edições foram vendidas aos estudantes subsidiados pela OPAS. Fui convidado pelo professor Veronesi a co-editar o livro a partir de 1976, já na 7ª. edição. Ao final da 8ª. edição, o livro ficou um tempo guardado em razão de outros projetos do professor. Foi quando a Editora Atheneu nos procurou para propor uma edição totalmente atualizada, temas novos, abordagem mais ampla e modernização do projeto editorial.

6 Havia melhores condições para a realização da publicação. Impossibilitado então de dar seqüência à obra, Veronesi me consultou se estava interessado no projeto e que ele emprestaria o nome à publicação, confiando a mim toda a edição científica. O livro já era sucesso na maioria das faculdades da área de saúde do Brasil, da América Latina e Portugal. Aceitei o desafio. Reformulei todo o corpo de colaboradores, agora criando sub-capítulos e convidando especialistas para cada aspecto específico da doença estudada. Procurei ampliar o sumário com a introdução de síndromes clínicas até então existentes no livro e que se constituem excelentes modelos para o ensino. Ao longo de dois anos, trabalhando quase full time na edição, pudemos alcançar seu lançamento. Todo um trabalho com notável suporte da Editora Atheneu, sempre priorizando a publicação. Já não era um livro apenas didático, caminhava para um verdadeiro Tratado, a exemplo dos antigos tratados franceses,. Mudamos, ou adequamos o nome: Tratado de Infectologia. Uma publicação de consulta e estudo, abrangente, moderna, a contemplar toda a área da saúde, do estudante ao gestor de saúde. Seguiram-se mais uma edição e várias reimpressões. Em 1997, a recompensa e estímulo renovado ao ganharmos o Prêmio Jabuti da Academia Brasileira do Livro. Agora já amadurecido na profissão editorial, sem a presença física do professor Veronesi, parti para o desafio maior de reformular, atualizar e buscar o limite do conhecimento em cada área da Infectologia. Da etiologia à profilaxia, com ênfase especial à clínica. De novo, a grata satisfação de verificar que o infectologista brasileiro acompanhou o progresso científico global e já se poderia substituir vários expoentes estrangeiros por especialistas nacionais. Da mesma forma, constatei que poderia contar com a excelência de centros de referência em áreas até então inexistentes em nosso meio, como a de imunopatologia, biologia molecular, imunogenética, abordagem da epidemiologia clínica, experimentação laboratorial e clínica, entre outras, dimensionando o progresso de nossa Medicina de elite. Com a 3ª. edição, lançada no final de 2005, renova-se a alegria de manter esse ensino continuado a centenas de anônimos alunos. Certamente essa é a melhor edição de todas que pude participar, porque foi um projeto planejado minuciosamente no campo científico e na programação editorial. 25 ANOS DA SBI l 49

CAPÍTULO 2 FEDERADAS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INFECTOLOGIA

CAPÍTULO 2 FEDERADAS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INFECTOLOGIA CAPÍTULO 2 FEDERADAS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INFECTOLOGIA São 23 as sociedades federadas da SBI, presentes em quase todos os estados brasileiros. Elas representam os anseios dos infectologistas e, sobretudo,

Leia mais

Verificador de direitos de autor REDE DE BIBLIOTECAS ESCOLARES BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL

Verificador de direitos de autor REDE DE BIBLIOTECAS ESCOLARES BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL Verificador de REDE DE BIBLIOTECAS ESCOLARES BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL 2014 VERIFICADOR DE DIREITOS DE AUTOR 1 2 3 4 OBRAS DE AUTORES PESSOA FÍSICA OU AUTOR NÃO IDENTIFICADO É possível identificar

Leia mais

CAPÍTULO 5 AS PERSPECTIVAS

CAPÍTULO 5 AS PERSPECTIVAS CAPÍTULO 5 AS PERSPECTIVAS DA INFECTOLOGIA Entre os principais desafios da especialidade, questões como o uso racional dos antimicrobianos, a melhoria da infra-estrutura para diagnóstico etiológico e o

Leia mais

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP Curso de Graduação em Enfermagem Autorização em 04/12/00 Parecer No. 1115/00

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP Curso de Graduação em Enfermagem Autorização em 04/12/00 Parecer No. 1115/00 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE MICROBIOLOGIA Plano de Ensino Ano Letivo 2012 1º Semestre CHEFE DA DISCIPLINA: Profª Dra. Lycia Mara Jenné Mímica COORDENADOR DO CURSO: CORPO DOCENTE: Profª. Alessandra Navarini

Leia mais

Seleção de Temas. Questionário - Proficiência Clínica. Área: Imunologia Rodada: Julho/2008. Prezado Participante,

Seleção de Temas. Questionário - Proficiência Clínica. Área: Imunologia Rodada: Julho/2008. Prezado Participante, Seleção de Temas Prezado Participante, Gostaríamos de contar com a sua contribuição para a elaboração dos próximos materiais educativos. Cada questionário desenvolve um assunto (temas) específico dentro

Leia mais

Fundação Oswaldo Cruz. Ministério da Saúde

Fundação Oswaldo Cruz. Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Ministério da Saúde Missão A Fundação Oswaldo Cruz é um centro polivalente e multidisciplinar na área da saúde, que exerce um papel social de grande relevância para o país. Realiza

Leia mais

A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ

A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ A INFORMAÇÃO E A COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA NA FIOCRUZ Paulo Gadelha Vice-presidente de Desenvolvimento Institucional e Gestão do Trabalho Fundação Oswaldo Cruz 1900: Instituto Soroterápico Federal Objetivo

Leia mais

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes EDITAL Nº 1/2014 Chamada para Publicação Revista Brasileira de Pós-Graduação RBPG Edição Temática: A Cooperação Internacional e a Pós-Graduação

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL GOVERNO DO JAPÃO PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA TERCEIROS PAÍSES (TCTP) XII CURSO INTERNACIONAL SOBRE DOENÇAS TROPICAIS

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL GOVERNO DO JAPÃO PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA TERCEIROS PAÍSES (TCTP) XII CURSO INTERNACIONAL SOBRE DOENÇAS TROPICAIS REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL GOVERNO DO JAPÃO PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA TERCEIROS PAÍSES (TCTP) XII CURSO INTERNACIONAL SOBRE DOENÇAS TROPICAIS BRASIL - 2007 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 04 2. INFORMAÇÕES

Leia mais

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~

_áääáçíéå~= `Éåíêç=ÇÉ=fåÑçêã~ ç=é=oéñéêæååá~ _áääáçíéå~ `ÉåíêçÇÉfåÑçêã~ çéoéñéêæååá~ DIRETRIZES PARA A SELEÇÃO E AQUISIÇÃO DE LIVROS, MONOGRAFIAS E SIMILARES PARA A BIBLIOTECA DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA/ USP 1. INTRODUÇÃO O fluxo crescente de

Leia mais

REGULAMENTO DA REVISTA ELETRÔNICA MULTIDISCIPLINAR CIÊNCIA & INOVAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA

REGULAMENTO DA REVISTA ELETRÔNICA MULTIDISCIPLINAR CIÊNCIA & INOVAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA REGULAMENTO DA REVISTA ELETRÔNICA MULTIDISCIPLINAR CIÊNCIA & INOVAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA Art. 1º - A Revista Eletrônica Ciência & Inovação, em versão exclusivamente eletrônica, de orientação pluralista,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Artigo 1º Atendendo à Portaria de número

Leia mais

9º Congresso de História do ABC A classe operária depois do paraíso

9º Congresso de História do ABC A classe operária depois do paraíso 9º Congresso de História do ABC A classe operária depois do paraíso Mesa de debate: O papel das instituições de ensino superior do ABC no desenvolvimento regional. Centro Universitário Fundação Santo André

Leia mais

6 Metodologia. 6.1 Situando a pesquisa

6 Metodologia. 6.1 Situando a pesquisa 6 Metodologia Apresento neste capítulo a metodologia utilizada nesta pesquisa, o contexto em que ocorreu a coleta de dados, os participantes, os instrumentos usados e os procedimentos metodológicos para

Leia mais

EDITAL Nº 01 DE SELEÇÃO DE ARTIGOS

EDITAL Nº 01 DE SELEÇÃO DE ARTIGOS DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIVISÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO DIVEDUC ESCOLA PÚBLICA DE TRÂNSITO EPT EDITAL Nº 01 DE SELEÇÃO DE ARTIGOS A Divisão de Educação para o Trânsito

Leia mais

anos MEDIA KIT 2014 REVISTA TÉCNICA DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO DA SAÚDE www.tecnohospital.pt

anos MEDIA KIT 2014 REVISTA TÉCNICA DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO DA SAÚDE www.tecnohospital.pt anos MEDIA KIT 2014 REVISTA TÉCNICA DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO DA SAÚDE www.tecnohospital.pt Porquê anunciar na TecnoHospital? A TecnoHospital é uma revista técnica de engenharia, arquitetura

Leia mais

MANUAL DE PUBLICAÇÕES E COMUNICAÇÃO

MANUAL DE PUBLICAÇÕES E COMUNICAÇÃO MANUAL DE PUBLICAÇÕES E COMUNICAÇÃO Conselho de Direção do Departamento de Psicanálise gestão 2012-2014 Articuladora: Gisela Haddad Da publicação de livros Com o objetivo de facilitar aos membros do Departamento

Leia mais

Estruturação dos Projetos ENSINO IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Problema / Oportunidade

Estruturação dos Projetos ENSINO IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Problema / Oportunidade IMPLANTAÇÃO DE AUDITÓRIO PRÓPRIO Falta de estrutura física para o sócio estar presente na SAESP e espaço próprio para realização de eventos e cursos de aperfeiçoamento de pequeno e médio porte. Não temos

Leia mais

BOLSA PRIMITIVO DE VEGA DE ATENDIMENTO A PESSOAS IDOSAS

BOLSA PRIMITIVO DE VEGA DE ATENDIMENTO A PESSOAS IDOSAS BOLSA PRIMITIVO DE VEGA DE ATENDIMENTO A PESSOAS IDOSAS Convocatória 2015 Índice Apresentação 3 Bases da convocatória 4 Questionários: - Solicitação do Diretor do Projeto - Solicitação da equipe de pesquisa

Leia mais

Boletim Informativo SIERJ. Continuação da Programação do I Congresso. de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro

Boletim Informativo SIERJ. Continuação da Programação do I Congresso. de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro Ano 07 Nº 20 Out/Nov/Dez de 2006 Boletim Informativo SIERJ Continuação da Programação do I Congresso de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro 04 Congresso promove atualização e troca de experiência

Leia mais

1. A HISTÓRIA DA ACREDITAÇÃO

1. A HISTÓRIA DA ACREDITAÇÃO 1. A HISTÓRIA DA ACREDITAÇÃO Os registros sobre a origem da acreditação nos Estados Unidos identificam como seu principal precursor, em 1910, o Doutor e Professor Ernest Amony Codman, proeminente cirurgião

Leia mais

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP Conteúdo DISPOSIÇÕES GERAIS 3 APOIO AO APRIMORAMENTO DE RECURSOS HUMANOS 4 Participação em congressos e eventos científicos

Leia mais

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA DISCIPLINA: MICROBIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 150 HORAS CRÉDITOS: 07 CÓDIGO: SMP0002 PROFESSOR: CARMEN SARAMAGO

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPETÊNCIA

CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPETÊNCIA CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPETÊNCIA Art.1º - A SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE - SUSAM integra a Administração Direta do Poder Executivo, na forma da Lei nº 2783, de 31 de janeiro de 2003, como órgão responsável,

Leia mais

COMO MEIO DE DIFUNDIR A PROFISSÃO.

COMO MEIO DE DIFUNDIR A PROFISSÃO. A IMPORTÂNCIA DA CAMPANHA DE VALORIZAÇÃO DA BIOMEDICINA, COMO MEIO DE DIFUNDIR A PROFISSÃO. Rassan Dyego Romão Silva, Joice Lara Rosa, Antônio José Dias Martins, Resumo Odair Alves da Costa, Sabrina Fonseca

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno PARECER de CONTROLE Nº 048/07 ENTIDADE SOLICITANTE: Servidor requerente

Leia mais

Universidade Federal do Pará Núcleo de Meio Ambiente Editora Universitária NUMA/UFPA. Política editorial

Universidade Federal do Pará Núcleo de Meio Ambiente Editora Universitária NUMA/UFPA. Política editorial Universidade Federal do Pará Núcleo de Meio Ambiente Editora Universitária NUMA/UFPA A Editora: histórico e objetivo Política editorial A Editora Universitária NUMA/UFPA foi criada em 2002 para disseminar

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO.

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: ASSISTENTE DE PESQUISA Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE VAGAS POR ÁREA PERFIL 212 Antropologia 2

Leia mais

Apresentação. Critérios SciELO Brasil para admissão de periódicos e procedimentos do processo de seleção

Apresentação. Critérios SciELO Brasil para admissão de periódicos e procedimentos do processo de seleção Seleção SciELO Brasil: critérios e procedimentos para a admissão e permanência de periódicos científicos na coleção Fabiana Montanari Lapido BIREME/OPAS/OMS Unidade SciELO VI Encontro Internacional de

Leia mais

Relatório do I Seminário Semestral de Gerenciamento da Rede Nacional de Monitoramento da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde Rede RM

Relatório do I Seminário Semestral de Gerenciamento da Rede Nacional de Monitoramento da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde Rede RM Relatório do I Seminário Semestral de Gerenciamento da Rede Nacional de Monitoramento da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde Rede RM Data: 12 de dezembro de 2006 Local: OPAS - Brasília Participantes

Leia mais

BIBLIOTECA JOÃO PAULO II CATÁLOGO DE PERIÓDICOS ON LINE CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA

BIBLIOTECA JOÃO PAULO II CATÁLOGO DE PERIÓDICOS ON LINE CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA BIBLIOTECA JOÃO PAULO II CATÁLOGO DE PERIÓDICOS ON LINE CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA Palmas/TO 2013 APRESENTAÇÃO Dadas às dificuldades de assinatura de periódicos científicos por instituições de ensino

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE

REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE Uma publicação da Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde (SBRAFH) A Revista Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços

Leia mais

RECYT/MERCOSUL. ESCOLA VIRTUAL DE SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - Proposta Resumida -

RECYT/MERCOSUL. ESCOLA VIRTUAL DE SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - Proposta Resumida - CO-GR.MSUL.INOT.0003 Circulação Restrita RECYT/MERCOSUL ESCOLA VIRTUAL DE SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - Proposta Resumida - Resumo Esta nota resume proposta à RECYT/MERCOSUL de projeto de educação à distância

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA A SELEÇÃO DE ARTIGOS PARA A REVISTA ELETRÔNICA DE DIREITO INTERNACIONAL

PROCEDIMENTO PARA A SELEÇÃO DE ARTIGOS PARA A REVISTA ELETRÔNICA DE DIREITO INTERNACIONAL PROCEDIMENTO PARA A SELEÇÃO DE ARTIGOS PARA A REVISTA ELETRÔNICA DE DIREITO INTERNACIONAL 1. Os artigos poderão ser escritos em português, espanhol, inglês ou francês. 2. Os autores poderão ser estudantes

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL Rio de Janeiro 2002 Doenças Infecciosas e Parasitárias na BVS

Leia mais

COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de maio de 2012

COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de maio de 2012 COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de maio de 2012 IDENTIFICAÇÃO ÁREA DE AVALIAÇÃO: Ensino PERÍODO DE AVALIAÇÃO: 2012 ANO DE PUBLICAÇÃO DESTE DOCUMENTO:

Leia mais

Um Relato do Trabalho na Versão Restauração do Novo Testamento em Português

Um Relato do Trabalho na Versão Restauração do Novo Testamento em Português Um Relato do Trabalho na Versão Restauração do Novo Testamento em Português A Versão Restauração do Novo Testamento em português é resultado de mais de 20 anos de labor de irmãos e irmãs do Brasil, de

Leia mais

A SINAPSE é uma revista médica, propriedade da Sociedade Portuguesa de Neurologia (SPN), publicada em edição clássica e em suporte electrónico.

A SINAPSE é uma revista médica, propriedade da Sociedade Portuguesa de Neurologia (SPN), publicada em edição clássica e em suporte electrónico. SINAPSE A SINAPSE é uma revista médica, propriedade da Sociedade Portuguesa de Neurologia (SPN), publicada em edição clássica e em suporte electrónico. A SINAPSE é orgão oficial da Sociedade Portuguesa

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SMS EDITAL Nº. 001/2012 ANEXO VI CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ACS LÍNGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de textos

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS PARA A VI JORNADA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE DOENÇAS TROPICAIS HDT/HAA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS PARA A VI JORNADA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE DOENÇAS TROPICAIS HDT/HAA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS PARA A VI JORNADA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE DOENÇAS TROPICAIS HDT/HAA Período de envio dos resumos: 08/10/15 à 10/11/15. Envio dos resumos: os resumos deverão ser enviados

Leia mais

SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia

SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia SciELO Brasil e o processo de avaliação da área de odontologia Fabiana Montanari Lapido Projeto SciELO FAPESP, CNPq, BIREME, FapUNIFESP 27ª Reunião Anual da SBPqO Águas de Lindóia, 9 setembro 2010 Apresentação

Leia mais

FUNDAÇÃO LUSÍADA COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO.

FUNDAÇÃO LUSÍADA COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO. PROGRAMA DE MESTRADO EM CLÍNICA MÉDICA EDITAL 2012/2 - UNILUS A Coordenadora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário Lusíada, Profa. Me. Beatriz Berenchtein e o Prof. Dr. Wanderley

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 93-CEPE/UNICENTRO, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009. Aprova o Curso de Especialização em Saúde Pública com Ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias, modalidade regular, a ser ministrado no Campus

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 01/2010 1. Perfil: Iphan Central 15 3. Qualificação educacional: - Graduação concluída em Arquitetura e Urbanismo, desejável Pósgraduação

Leia mais

Microbiologia Clínica

Microbiologia Clínica Microbiologia Clínica A descoberta dos microrganismos Lentes 200 a 300 X As primeiras observações: Leeuwenhoek (em 1677) 1 Leeuwenhoek: microrganismos ("animálculos ) Pasteur (1822-1895) 2 A geração espontânea

Leia mais

na relação entre os sistemas de informação e as pessoas, negócio e organizações." - ISJ,

na relação entre os sistemas de informação e as pessoas, negócio e organizações. - ISJ, 1. Introdução Este trabalho enquadra-se na área de Engenharia de Requisitos (ER). O problema abordado é o da insatisfação com as aplicações das Tecnologias de Informação (TI), utilizadas para suportar

Leia mais

Assunto: Nomeação de novos membros para os comités científicos

Assunto: Nomeação de novos membros para os comités científicos CONVITE À MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA O LUGAR DE MEMBRO DE UM COMITÉ CIENTÍFICO Assunto: Nomeação de novos membros para os comités científicos Com a Decisão 97/579/CE, de 23 de Julho de 1997 ( 1 ),

Leia mais

Fundação SEADE. www.seade.gov.br

Fundação SEADE. www.seade.gov.br Outubro de 0 N o Monitoramento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ODMs Consulte A Fundação Seade disponibilizará, anualmente, as séries históricas do conjunto de indicadores dos ODMs

Leia mais

TUTORIAL DE ACESSO AO FATOR IMPACTO ATRAVÉS DO WEB OF SCIENCE JOURNAL CITATION REPORTS (JCR) SIBI/PUCPR Biblioteca Virtual

TUTORIAL DE ACESSO AO FATOR IMPACTO ATRAVÉS DO WEB OF SCIENCE JOURNAL CITATION REPORTS (JCR) SIBI/PUCPR Biblioteca Virtual TUTORIAL DE ACESSO AO FATOR IMPACTO ATRAVÉS DO WEB OF SCIENCE JOURNAL CITATION REPORTS (JCR) SIBI/PUCPR Biblioteca Virtual Objetivo Este tutorial tem a finalidade de orientar sobre o uso das ferramentas

Leia mais

Rede Brasileira de História da Geografia e Geografia Histórica

Rede Brasileira de História da Geografia e Geografia Histórica Terra Brasilis (Nova Série) Revista da Rede Brasileira de História da Geografia e Geografia Histórica Chamada de artigos: Número 4: História da Cartografia, Cartografia Histórica e Cartografia Digital

Leia mais

Normas de publicação de Neurociências & Psicologia

Normas de publicação de Neurociências & Psicologia Normas de publicação de Neurociências & Psicologia A revista Neurociências & Psicologia é uma publicação com periodicidade bimestral e está aberta para a publicação e divulgação de artigos científicos

Leia mais

Plano de Ação Global sobre Resistência aos Antimicrobianos/OMS Situação Atual

Plano de Ação Global sobre Resistência aos Antimicrobianos/OMS Situação Atual Plano de Ação Global sobre Resistência aos Antimicrobianos/OMS Situação Atual Maria Beatriz Ruy Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis

Leia mais

REGIMENTO DA EDITORA UFJF. TÍTULO I Da Instituição e seus fins

REGIMENTO DA EDITORA UFJF. TÍTULO I Da Instituição e seus fins REGIMENTO DA EDITORA UFJF TÍTULO I Da Instituição e seus fins Art. 1º - A Editora da Universidade Federal de Juiz de Fora (Editora UFJF), órgão suplementar vinculado à Reitoria da UFJF, tem por finalidade

Leia mais

Mesa - redonda. Programas Nacionais. Programa Nacional da Prevenção das Infecções Associadas aos Cuidados de Saúde

Mesa - redonda. Programas Nacionais. Programa Nacional da Prevenção das Infecções Associadas aos Cuidados de Saúde Mesa - redonda Programas Nacionais Programa Nacional da Prevenção das Infecções Associadas Cuidados de Saúde Cristina Costa Programa Nacional de Prevenção das Resistências antimicrobianos Ana Leça Moderadora

Leia mais

Editais da FIOCRUZ com oportunidades que incluem Enfermeiros divulgados no Diário Oficial da União

Editais da FIOCRUZ com oportunidades que incluem Enfermeiros divulgados no Diário Oficial da União Editais da FIOCRUZ com oportunidades que incluem Enfermeiros divulgados no Diário Oficial da União Classificação dos Cargos Tecnologista Requisito: Graduação ou Graduação com Especialização, Residência

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contrato por Produto REVISTA

TERMO DE REFERÊNCIA. Contrato por Produto REVISTA TERMO DE REFERÊNCIA Contrato por Produto REVISTA 1. Função no Projeto: Contratação de consultor para consultoria técnica especializada para elaboração de pareceres de avaliação dos artigos submetidos à

Leia mais

Governador Geraldo Alckmin entrega o maior laboratório destinado a pesquisas sobre o câncer da América Latina

Governador Geraldo Alckmin entrega o maior laboratório destinado a pesquisas sobre o câncer da América Latina MATEC ENGENHARIA ENTREGA O MAIOR LABORATORIO PARA PESQUISA DE CÂNCER DA AMÉRICA LATINA Qui, 14/04/11-11h00 SP ganha maior laboratório para pesquisa de câncer da América Latina Instituto do Câncer também

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV

RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV Fixa o currículo do Curso de Graduação em Medicina, na modalidade Bacharelado, da Universidade do Estado do Amazonas. A REITORA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE

Leia mais

CONTROLE DA INFECÇÃO HOSPITALAR É DEFICIENTE EM MAIS DE 90% DOS HOSPITAIS DE SÃO PAULO

CONTROLE DA INFECÇÃO HOSPITALAR É DEFICIENTE EM MAIS DE 90% DOS HOSPITAIS DE SÃO PAULO CONTROLE DA INFECÇÃO HOSPITALAR É DEFICIENTE EM MAIS DE 90% DOS HOSPITAIS DE SÃO PAULO 13/04/2009 Levantamento inédito sobre a situação do controle da infecção hospitalar realizado pelo Conselho Regional

Leia mais

REGIMENTO DAS SEÇÕES REGIONAIS. Art. 41, 42 e 43 do Estatuto

REGIMENTO DAS SEÇÕES REGIONAIS. Art. 41, 42 e 43 do Estatuto REGIMENTO DAS SEÇÕES REGIONAIS Art. 41, 42 e 43 do Estatuto 1. OBJETIVOS São objetivos das Seções Regionais: 1.1 Propiciar aos associados estabelecidos no Estado de São Paulo e fora da sua capital, uma

Leia mais

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

Índice 3.1 3.2 6.1 7.1 10. 11. 11.1 12. 1/19

Índice 3.1 3.2 6.1 7.1 10. 11. 11.1 12. 1/19 MEDIA KIT 2015 Índice 1. Perfil Editorial...2 2. Distribuição e Perfil do Leitor...3 3. Iniciativas e Eventos...4 3.1 Prémios Almofariz...5 3.2 Formação Farmácia Distribuição Farma Sessions...6 4. Protocolos

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO TAPAJÓS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

FACULDADES INTEGRADAS DO TAPAJÓS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO 2014.2 1. CURSO: Ciências Biológicas 2. DISCIPLINA: Parasitologia 3. PROFESSOR (A): José Almir Moraes da Rocha 4. CRÉDITOS: 04 5. SEMESTRE: 4º 6. CHS: 4 7. CHT: 80 9. OBJETIVO DO CURSO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA REGIMENTO INTERNO DA EDITORA UNIVERSITÁRIA - EDUNILA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA REGIMENTO INTERNO DA EDITORA UNIVERSITÁRIA - EDUNILA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA REGIMENTO INTERNO DA EDITORA UNIVERSITÁRIA - EDUNILA CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1 A Editora da Universidade Federal da

Leia mais

Ultramedical realiza solenidade de lançamento do curso. de Pós-Graduação

Ultramedical realiza solenidade de lançamento do curso. de Pós-Graduação Ultramedical realiza solenidade de lançamento do curso de Pós-Graduação A Ultramedical realizou nessa última quinta-feira, 11, uma solenidade de lançamento da Pós-Graduação em Ultrassonografia, que terá

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Sejam bem-vindos ao Litoral Piauiense!

APRESENTAÇÃO. Sejam bem-vindos ao Litoral Piauiense! APRESENTAÇÃO O I Congresso Norte/Nordeste de Doenças Negligenciadas e Reemergentes (I CONDONER) & I Congresso Piauiense de Doenças Negligenciadas têm o intuito de incentivar a pesquisa sobre doenças negligenciadas

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 023/2008

ATO NORMATIVO Nº 023/2008 EDIÇÃO Nº: 4600 DATA DE PUBLICAÇÃO:1/11/2008 SEXTA-FEIRA ANO:18 ATO NORMATIVO Nº 023/2008 Aprova o Regulamento do Sistema de Bibliotecas do Ministério Público do Estado da Bahia. O PROCURADOR-GERAL DE

Leia mais

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA. PROJETO BRA/12/013 Fortalecimento do Acesso à Justiça no Brasil

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA. PROJETO BRA/12/013 Fortalecimento do Acesso à Justiça no Brasil ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO BRA/12/013 Fortalecimento do Acesso à Justiça no Brasil 1. INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA DA CONTRATAÇÃO O projeto BRA/12/13 Fortalecimento do Acesso à Justiça tem como

Leia mais

THOMSON REUTERS INTEGRITY CONHECIMENTO ESSENCIAL PARA APRIMORAR A DESCOBERTA E O DESENVOLVIMENTO DE FÁRMACOS DIREITOS DA IMAGEM: REUTERS/MAX ROSSI

THOMSON REUTERS INTEGRITY CONHECIMENTO ESSENCIAL PARA APRIMORAR A DESCOBERTA E O DESENVOLVIMENTO DE FÁRMACOS DIREITOS DA IMAGEM: REUTERS/MAX ROSSI THOMSON REUTERS INTEGRITY CONHECIMENTO ESSENCIAL PARA APRIMORAR A DESCOBERTA E O DESENVOLVIMENTO DE FÁRMACOS DIREITOS DA IMAGEM: REUTERS/MAX ROSSI 2 THOMSON REUTERS INTEGRITY DIREITOS DA IMAGEM: istockphoto

Leia mais

UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA

UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Enfermagem Disciplina: Saúde Coletiva II Carga Horária: 90 h Teórica: 60 h Prática: 30 h Semestre: 2013.1 Professores: Maria Campos, Marta Guimarães,

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia Programa Sociedade da Informação - SocInfo

Ministério da Ciência e Tecnologia Programa Sociedade da Informação - SocInfo ANEXO 4: Proposta para Cooperação MERCOSUL/UE no âmbito do Projeto RECyT da Escola Virtual da Sociedade da Informação Ministério da Ciência e Tecnologia Programa Sociedade da Informação - SocInfo Proposta

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL ANEXO I DEMOSTRATIVO DE CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO,, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: TECNOLOGISTA JUNIOR Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE ÁREA 32 Arquitetura 12 Conservação e restauração de conjuntos

Leia mais

A evolução dos periódicos brasileiros e o acesso aberto

A evolução dos periódicos brasileiros e o acesso aberto XVII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias Gramado, 16-18 de Setembro de 2012 A evolução dos periódicos brasileiros e o acesso aberto Lewis Joel Greene Editor, Brazilian Journal of Medical and

Leia mais

Concurso Público - FIOCRUZ 2010 Relação Candidato/Vaga

Concurso Público - FIOCRUZ 2010 Relação Candidato/Vaga Belo Horizonte/ MG A103 Assistente Técnico de Gestão em Saúde Assistente Técnico de Gestão em Saúde 765 3 255,00 Belo Horizonte/ MG A204 Técnico em Saúde Pública Manutenção de Insetário 49 1 49,00 Belo

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Mestrado em Biologia Parasitária

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Mestrado em Biologia Parasitária EDITAL No. 012/GPG/2015 Estabelece Normas e Procedimentos de Seleção simplificada para o Programa de Pós- Graduação Stricto Sensu em Biologia Parasitária, nível de mestrado, para ingresso no 2º semestre

Leia mais

CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE EM RELAÇÃO À HEPATITE C

CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE EM RELAÇÃO À HEPATITE C CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE EM RELAÇÃO À HEPATITE C 1 Vieira, E. S.; 2 Cardoso E. M.; 3 Souza, J. R.; 4 Filipini. S. M., 5 Giaretta, V. M. A Faculdade de Ciências da Saúde, Curso de

Leia mais

ROTEIRO PARA CLASSIFICAÇÃO DE LIVROS Avaliação dos Programas de Pós graduação

ROTEIRO PARA CLASSIFICAÇÃO DE LIVROS Avaliação dos Programas de Pós graduação ROTEIRO PARA CLASSIFICAÇÃO DE LIVROS Avaliação dos Programas de Pós graduação Aprovada na 111ª Reunião do CTC de 24 de agosto de 2009 Considerações preliminares O propósito deste roteiro é estabelecer

Leia mais

!"!# N.º Semanas. Sub-Total. (Horas) 15 74 41 115 25 140 5,0 15 74 41 115 25 140 5,0 4 20 106 126 126 - - TOTAIS 442 272 840-840 30,0. 2.

!!# N.º Semanas. Sub-Total. (Horas) 15 74 41 115 25 140 5,0 15 74 41 115 25 140 5,0 4 20 106 126 126 - - TOTAIS 442 272 840-840 30,0. 2. 1.º Introdução Módulo I.I. Biologia Molecular, Celular e do Desenvolvimento Humano e Genética Módulo II.I. Sistemas Orgânicos e Funcionais Módulo III.I. 8 25 17 42-42 1,5 15 74 41 115 25 140 5,0 15 186

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Publicada no DJE/STF, n. 127, p. 1-3 em 3/7/2013. RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre a Governança Corporativa de Tecnologia da Informação no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras

Leia mais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais 1 Fernando Correia Fernando António Pinheiro Correia nasceu em Coimbra em 1942. Jornalista. Docente universitário, com o grau de Professor Associado Convidado. Investigador em Sociologia, História e Socioeconomia

Leia mais

1º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial dos países de Língua Portuguesa. 21 a 24 de junho de 2015, no Rio de Janeiro

1º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial dos países de Língua Portuguesa. 21 a 24 de junho de 2015, no Rio de Janeiro 1º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial dos países de Língua Portuguesa 21 a 24 de junho de 2015, no Rio de Janeiro Começo por saudar a realização deste 1º Congresso de Controlo da Qualidade

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: BIOQUÍMICA ESTRUTURA DO CURSO

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: BIOQUÍMICA ESTRUTURA DO CURSO REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: BIOQUÍMICA ESTRUTURA DO CURSO A estrutura do Curso dará ênfase à formação do pós-graduando como docente-pesquisador. O Curso buscará atribuir

Leia mais

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco 1_ DADOS BIOGRÁFICOS E FORMAÇÃO ESCOLAR JAIME DA CUNHA BRANCO, filho de Francisco Rodrigues Branco e de Dorinda Maria da Cunha Claro Branco( ), nasceu em Lisboa,

Leia mais

REVISTA DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS / FAeCC / UFMT. NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA A RCiC

REVISTA DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS / FAeCC / UFMT. NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA A RCiC NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA A 1 ARTIGO É o trabalho acadêmico que apresenta resultado de uma pesquisa, submetido ao exame de um corpo Editorial, que analisa as informações, os métodos

Leia mais

BOLETIM. Fundação Seade participa de evento para disseminar conceitos e esclarecer dúvidas sobre o Catálogo de

BOLETIM. Fundação Seade participa de evento para disseminar conceitos e esclarecer dúvidas sobre o Catálogo de disseminar conceitos O desenvolvimento do aplicativo de coleta de informações, a manutenção e a atualização permanente do CSBD estão sob a responsabilidade da Fundação Seade. Aos órgãos e entidades da

Leia mais

Programa. Prêmio Latino Americano de Excelência e Inovação na Higienização das Mãos 2015-2016

Programa. Prêmio Latino Americano de Excelência e Inovação na Higienização das Mãos 2015-2016 Programa Prêmio Latino Americano de Excelência e Inovação na Higienização das Mãos 2015-2016 Mensagem do Presidente da Iniciativa O Primeiro Desafio Global na área da Segurança do Paciente da OMS Clean

Leia mais

SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE

SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE Nome Completo: Lino Manuel Martins Gonçalves. Local e Data de Nascimento: Loulé - Portugal, 23 de Setembro de 1960. Estado civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Morada: Rua

Leia mais

Idade 28 anos Portfólio www.andersonmoco.com.br E-mail andersonmoco2@gmail.com. Celular + 55 11 99339-5893 Fixo + 55 11 3624-1917

Idade 28 anos Portfólio www.andersonmoco.com.br E-mail andersonmoco2@gmail.com. Celular + 55 11 99339-5893 Fixo + 55 11 3624-1917 Anderson Moço www.andersonmoco.com.br Jornalista com experiência em criação e desenvolvimento de sites, edição de textos, produção de reportagens e vídeos, planejamento e estratégias de ação em mídias

Leia mais

CRONOLOGIA DA POLIOMIELITE SÉCULO XX

CRONOLOGIA DA POLIOMIELITE SÉCULO XX CRONOLOGIA DA POLIOMIELITE SÉCULO XX Última atualização em 15 de maio de 2003 CRONOLOGIA DA POLIOMIELITE Primeira década 1908 Em Viena, Landsteiner e Popper identificam pela primeira vez o vírus da poliomielite.

Leia mais

REVISTA CIENTÍFICA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA CÂNDIDO SANTIAGO SEST-SUS/SES-GO

REVISTA CIENTÍFICA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA CÂNDIDO SANTIAGO SEST-SUS/SES-GO 1. NORMAS EDITORIAIS DA REVISTA A Revista da Escola de Saúde Pública (RESAP), editada pela Superintendência em Educação e Trabalho para o SUS da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, é uma revista científica

Leia mais

São Paulo, 17 de junho de 2009

São Paulo, 17 de junho de 2009 São Paulo, 17 de junho de 2009 VIII SEMINÁRIO ORGANIZADO PELO COMITÊ DE SAÚDE Tema: "Ambiente de Inovação em Saúde no Brasil" Nos conhecendo... Davi Sales - Engenheiro Eletrônico experiência em interação

Leia mais

CONTRATOS DE GESTÃO NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - UMA EXPERIÊNCIA DE DESCENTRALIZAÇÃO AO NÍVEL LOCAL 1

CONTRATOS DE GESTÃO NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - UMA EXPERIÊNCIA DE DESCENTRALIZAÇÃO AO NÍVEL LOCAL 1 CONTRATOS DE GESTÃO NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - UMA EXPERIÊNCIA DE DESCENTRALIZAÇÃO AO NÍVEL LOCAL 1 O sistema de serviços de saúde é um sistema complexo, composto por diferentes atores sociais,

Leia mais

Normas de publicação da Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício

Normas de publicação da Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício Normas de publicação da Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício A Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício é uma publicação com periodicidade bimestral e está aberta para a publicação e divulgação

Leia mais

Prefácio. Paulo Marchiori Buss

Prefácio. Paulo Marchiori Buss Prefácio Paulo Marchiori Buss SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros LEAL, MC., and FREITAS, CM., orgs. Cenários possíveis: experiências e desafios do mestrado profissional na saúde coletiva [online].

Leia mais

DECISÃO Nº 085/2015 D E C I D E. aprovar o Regimento Interno da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, como segue:

DECISÃO Nº 085/2015 D E C I D E. aprovar o Regimento Interno da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, como segue: CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 085/2015 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em sessão de 27/02/2015, tendo em vista o constante no processo nº 23078.034121/2014-61, de acordo com o Parecer nº 006/2015

Leia mais

150 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO

150 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE 150 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO Washington, D.C., EUA, 18 22 de junho de 2012 Tema 4.10 da Agenda Provisória CE150/20, Rev. 1 (Port.) 23

Leia mais

Conhecimento feito por Jornalistas

Conhecimento feito por Jornalistas Conhecimento feito por Jornalistas Lugar de jornalista não é só no jornal. É nos livros também, principalmente quando eles colocam em prática sua capacidade de informar com precisão, profundidade e didatismo.

Leia mais

Revista da Faculdade Mineira de Direito

Revista da Faculdade Mineira de Direito EDITAL - 35ª EDIÇÃO DA REVISTA DA FACULDADE MINEIRA DE DIREITO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS A Revista da Faculdade Mineira de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Minas

Leia mais