DISSOLUÇÃO DE CONTRATO DE TRABALHO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DISSOLUÇÃO DE CONTRATO DE TRABALHO"

Transcrição

1 DISSOLUÇÃO DE CONTRATO DE TRABALHO Da necessidade de assistência do sindicato, em caso de homologação de rescisão de contrato de trabalho com duração superior a um ano art. 477, 1º, CLT. Término cessação ou extinção do contrato de trabalho: 1) Resilição extinção imotivada do contrato Da parte do empregador dispensa sem justa causa Da parte do empregado demissão 2) Resolução extinção motivada do contrato Da parte do empregador dispensa por justa causa Da parte do empregado despedida indireta Da parte de ambos culpa recíproca 3) Outras formas 1/13

2 Falecimento de uma das partes, termo do contrato a prazo, força maior 1) Resilição 1.1) Dispensa sem justa causa iniciativa do empregador, não fundada em motivo disciplinar ( falha do empregado), podendo ter origem de ordem econômica, financeira, ou técnica. *Dispensa sem justa causa não se funda em motivo disciplinar subjetivo; *Dispensa arbitrária não se funda em motivo de ordem econômica, financeira ou técnica objetivos; **O tratamento legislativo para dispensa sem justa causa e dispensa arbitrária é idêntico art. 7º, I, CF/88; Direitos do empregado Saldo de salário; aviso prévio; férias, integrais e proporcionais; décimo terceiro salário vencido e proporcional; indenização de 40% sobre os depósitos de FGTS; levantamento dos depósitos do FGTS e guias para levantamento do seguro-desemprego. *O empregado público empregado da empresa pública ou sociedade de economia mista submetidos, pois, ao regime jurídico de direito privado, 2/13

3 podem ser dispensados sem justa causa, desde que apresentada simples motivação OJ 247, SBDI-1, TST e RE *O servidor público ocupante de cargo efetivo perante a União, Estado, DF, Município, autarquia e fundação pública submete-se a regime jurídico de direito público, de modo que há necessidade de motivação da dispensa, nos termos do art. 3º, Lei 9.962/2000. É permitida a rescisão unilateral somente em caso de: falta grave; acumulação ilegal de cargo, emprego ou função pública; redução de pessoal, por excesso de despesa; insuficiência de desempenho. 1.2) Demissão iniciativa do empregado, sem qualquer justificativa fundada. *Direitos do empregado: saldo salário, férias integrais e férias proporcionais (mesmo para empregado com menos de 01 ano Súmula 261, TST), 13º salário vencido, 13º salário proporcional (Súmula 157, TST). 2) Resolução 2.1) Dispensa por justa causa iniciativa do empregador, fundada em falta disciplinar praticada pelo empregado. 3/13

4 *Sendo o empregado estável é necessária falta grave falta grave é a prática de justa causa que por sua repetição ou natureza configura seria violação dos deveres e obrigações do empregado. *Rol taxativo das hipóteses de dispensa por justa causa previstas no art. 482, CLT e em outros dispositivos (artigos 158, parágrafo único; 433, II; 508, CLT). *A hipótese de dispensa por justa causa configura-se mediante: a) dolo ou culpa - elemento subjetivo; b) causa prevista em lei elemento objetivo; c) gravidade/proporcionalidade ato grave ou pequenos atos faltosos praticados reiteradas vezes, já punidos com advertências e/ou suspensões; d) imediatidade dispensa deve ocorrer logo depois que o empregador tomar ciência da falta ou após investigação; e) nexo causal; f) non bis in iden uma mesma falta não pode ser punida duas vezes. *Direitos do empregado: saldo de salário, férias integrais (e segundo Convenção 132 do OIT, férias proporcionais), 13º salário vencido (art. 3º, Lei 4090/62). 4/13

5 *Antes da dispensa por justa causa é possível: advertência, suspensão disciplinar (por, no máximo, 30 dias art. 474, CLT). Alguns doutrinadores defendem possibilidade de multa, acaso previsto em negociação coletiva. Entendimento contrário de Vólia Bomfim. *Hipóteses de dispensa por justa causa previstas no art. 482, CLT: a) Ato de improbidade desonestidade, lesando patrimônio do empregador (furto, roubo, apropriação indébita), segundo corrente restritiva. Segundo outra corrente, mais ampla, basta um ato desonesto grave, como falsificação de atestado médico. b) Incontinência de conduta ato imoral no âmbito sexual, por exemplo, ato de pornografia, assédio sexual. b.1 Mau procedimento conduta irregular faltosa e grave no âmbito da moralidade (exceto sexual) Conceito subjetivo. c) Negociação habitual atos de comércio, com frequência (continuidade), por conta própria ou alheia, sem permissão do empregador constituindo ato de concorrência à empresa para a qual trabalha (transferência de clientes...) ou prejuízo ao serviço (queda na produção...). 5/13

6 d) Condenação criminal transitada em julgado se não há suspensão condicional da pena, uma vez que neste caso é possível a continuidade da prestação de serviços. Nos casos em que a condenação é relacionada ao contrato de trabalho não há necessidade de aguardar o trânsito em julgado da condenação. e) Desídia falta de atenção, negligência, desinteresse, desleixo: pequenas faltas que, praticadas reiteradamente, autorizam a dispensa por justa causa, acaso tenham sido punidas com advertências ou suspensões atrasos e faltas constantes, por exemplo - ou mesmo uma única falta, quando suficientemente grave - vigia noturno que dorme no serviço, por exemplo. f) Embriaguez habitual ou em serviço por ingestão de bebida alcoólica ou droga. Acaso o empregado seja diagnosticado como alcoólatra/viciado em drogas, deixa de ser uma causa para dispensa e passa a ser tratado como um caso de doença, que deve levar ao afastamento pela Previdência Social. g) Violação de segredo de empresa devassa abusiva praticada pelo empregado sobre os dados e formulas sigilosas da empresa, sua atividade ou negócios. 6/13

7 h) Ato de indisciplina não respeita, não acata, não cumpre ordens gerais estabelecidas e dirigidas aos empregados da empresa como um todo. Ex.: desrespeito a norma que determina uso de uniforme. h.1. Ato de insubordinação descumprimento de ordens de natureza pessoal, dirigidos especificamente ao empregado. i) Abandono de emprego: a) elemento objetivo ausência continuada e prolongada ao serviço; b) elemento subjetivo intenção de não voltar ao trabalho, presumida, segundo jurisprudência, ante a falta superior a 30 dias. Vide Súmula 32, TST. *Não é necessária a notificação para dispensar por justa causa. Este ato somente é mais uma forma de se provar o elemento subjetivo. Alias, há entendimento de que a notificação via jornal de grande circulação expõe o empregado indevidamente. O mais prudente é enviar notificação, judicial ou extrajudicial, para o próprio endereço do empregado, deixando o edital somente para o caso de o empregado se encontrar em local incerto e não sabido. *O empregado, em que pese tenha se enquadrado no elemento objetivo, por ausência continuada e prolongada do serviço, pode comprovar a ausência do 7/13

8 elemento subjetivo: encontra-se sequestrado ou detido irregularmente em país estrangeiro, por exemplo. j) Ato lesivo da honra ou boa fama ou ofensas físicas, praticadas em serviço contra qualquer pessoa conduta que viola direitos de personalidade relacionados à imagem e a moral. k) Ato lesivo da honra ou boa fama ou ofensas físicas, contra o empregador, salvo em caso de legítima defesa, própria ou de outrem; l) Prática constante de jogos de azar (jogos que dependem da sorte). m) Art. 482, parágrafo único atos atentatórios contra a segurança nacional, apurado em inquérito administrativo. 2.2) Dispensa Indireta iniciativa do empregado, com justificativa em conduta do empregador. *Direitos do empregado mesmos direitos em caso de dispensa sem justa causa: saldo de salário; aviso prévio; férias integrais e proporcionais; 13º salário vencido e proporcional; indenização de 40% sobre dos depósitos de 8/13

9 FGTS; levantamento dos depósitos de FGTS e guias para levantamento do seguro-desemprego. Constituem justa causa para o empregado pedir afastamento art. 483, CLT: a.1 Exigência de serviços superiores às forças do empregado, tanto no sentido físico, quanto no sentido intelectual, a.2 Exigência de serviços defesos por lei; a.3 Exigência de serviços contrários aos bons costumes ex: empregador que exige que a empregada tire a roupe na frente dos colegas de serviço ou mantenha relacionamento íntimo com certa pessoa por ser cliente importante; a.4 Exigência de alheios ao contrato; b) Rigor excessivo lesão psicológica e moral ( perseguição ) c. Perigo manifesto de mal considerável perigo à saúde física, psíquica e psicológica. Ex.: execução de trabalho insalubre sem EPI. d. Não cumprimento das obrigações do contrato (e obrigações trabalhistas em geral). Ex.: redução de salário, não depósito de FGTS, não anotação da CTPS. 9/13

10 e. Ato lesivo da honra e boa fama contra o empregado ou pessoas de sua família. f. Ofensa física contra o empregado. g. Redução do trabalho por peça ou tarefa, afetando o salário. *Trabalho prejudicial ao menor rescisão indireta art. 407, parágrafo único, CLT. *Não sendo reconhecida judicialmente a rescisão indireta, o entendimento majoritário é no sentido de configurar pedido de demissão (e não abandono de emprego, por faltar o elemento subjetivo), sem necessidade de conceder aviso prévio. 2.3) Culpa Recíproca condutas faltosas tanto do empregado (art. 482) como do empregador (art. 483). As faltas devem ser simultâneas, graves e conexas. *Direitos do empregado: a) Verbas devidas pela metade (Súmula 14, TST e art. 18, 2º, Lei 8036/90): 50% do aviso prévio, 50% do 13º salário proporcional, 50% das férias proporcionais, indenização de 20% sobre depósitos de FGTS. 10/13

11 b) Verbas integrais saldo de salário, 13º salário vencido, férias integrais, levantamento dos depósitos de FGTS. Não tem direito a seguro-desemprego Falecimento do empregador pessoa física, sem cessação da atividade facultado ao empregado rescindir o contrato de trabalho (art. 483, 2º, CLT). Equiparado a extinção do contrato a prazo determinado pelo termo final. *Direitos do empregado: saldo de salário, férias integrais e proporcionais, 13º salário vencido e proporcional, levantamento dos depósitos de FGTS (art. 20, II, in fine, Lei 8.036/90) Falecimento do empregador com fechamento da empresa art. 485, CLT. mesmos efeitos da dispensa sem justa causa Falecimento do empregado Art. 1, Lei 6.858/80 - pagamento de verbas rescisórias aos dependentes, nos termos da Declaração de Dependentes emitida pelo INSS, ou sucessores do empregado, nos termos da indicação de alvará judicial, independentemente de inventário. Equiparado a extinção do contrato a prazo determinado pelo termo final. 11/13

12 *Direitos do empregado: saldo de salário, férias integrais e proporcionais, 13º salário vencido e proporcional, levantamento dos depósitos de FGTS. Se a causa da morte é responsabilidade do empregador rescisão indireta - art. 483, c, CLT Contrato de trabalho por prazo determinado a) Cessação antes do advento do termo: a1) com cláusula assecuratória do direito recíproco de rescisão contratual: aplicam-se as normas do contrato a prazo indeterminado art. 481, CLT. a2) sem cláusula assecuratória do direito recíproco de rescisão contratual: a.2.1) De iniciativa do empregador art. 479, CLT pagamento de indenização igual à metade da remuneração que seria devida até o fim do contrato, mais demais verbas típicas da dispensa sem justa causa do contrato a prazo indeterminado, com exceção do aviso prévio. a.2.2) De iniciativa do empregado art. 480, CLT pagamento de indenização dos prejuízos que causou, limitada àquela que receberia, mais verbas típicas do pedido de demissão, sem o dever de conceder aviso prévio. 12/13

13 b) Cessação pelo advento do termo: saldo de salário, levantamento dos depósitos de FGTS, férias integrais e proporcionais, 13 salário vencido e proporcional Força Maior art. 501, CLT todo acontecimento inevitável, em relação à vontade do empregador, e para a realização do qual este não concorreu, direta ou indiretamente. Equivale a dispensa sem justa causa, sem aviso prévio. *Direitos do empregado: saldo de salário, férias integrais e proporcionais (Súmula 171, TST), 13º salário vencido e proporcional, indenização de 20% sobre os depósitos de FGTS (art. 18, 2º, Lei 8036/90), levantamento dos depósitos de FGTS, guias para levantamento do seguro-desemprego. *Art. 502, CLT previsão de indenização em caso de extinção de contrato por força maior: inciso I e II, aplicáveis àqueles que, antes da CF, não optaram pelo regime do FGTS; inciso III aplicável aos contratos por prazo determinado metade da indenização. 13/13

INTERESSADO: MÓVEIS HOTELEIROS ASSUNTO: RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR JUSTA CAUSA DO EMPREGADO.

INTERESSADO: MÓVEIS HOTELEIROS ASSUNTO: RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR JUSTA CAUSA DO EMPREGADO. INTERESSADO: MÓVEIS HOTELEIROS ASSUNTO: RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR JUSTA CAUSA DO EMPREGADO. MÓVEIS HOTELEIROS, determina que elaboremos parecer jurídico acerca da possibilidade de rescisão de

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 06/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 06/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 06/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais

DISPENSA COM JUSTA CAUSA SEM JUSTA CAUSA RESCISÃO INDIRETA

DISPENSA COM JUSTA CAUSA SEM JUSTA CAUSA RESCISÃO INDIRETA DISPENSA COM JUSTA CAUSA SEM JUSTA CAUSA RESCISÃO INDIRETA Conceito A dispensa com justa causa é uma das modalidades de rescisão do contrato de trabalho por iniciativa do empregador, em virtude da prática

Leia mais

APLICAÇÃO DA DESPEDIDA POR JUSTA CAUSA PELO EMPREGADOR.

APLICAÇÃO DA DESPEDIDA POR JUSTA CAUSA PELO EMPREGADOR. APLICAÇÃO DA DESPEDIDA POR JUSTA CAUSA PELO EMPREGADOR. O Contrato de Trabalho, assim como os negócios jurídicos em geral, nasce, cumprem a sua finalidade que é a prestação de serviços, podendo sofrer

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Disciplina: Direito do Trabalho II Professora: Cláudia Glênia JUR: MATERIAL APENAS PARA ROTEIRO DISCIPLINAR, NÃO DEVE SER USADO

Leia mais

O que o trabalhador espera do agente homologador

O que o trabalhador espera do agente homologador O que o trabalhador espera do agente homologador Conhecimento da legislação trabalhista e inclusive CC ou ACT; Prática de cálculos rescisórios; Segurança; Linguagem fácil; Boa comunicação; Orientar sobre

Leia mais

empregado e dispensá-lo do trabalho no período, o empregador indenizará o empregado. Quando ocorre a extinção de contrato de trabalho?

empregado e dispensá-lo do trabalho no período, o empregador indenizará o empregado. Quando ocorre a extinção de contrato de trabalho? Quando ocorre a extinção de contrato de Quando houver a cessação definitiva do vínculo empregatício. Quais as hipóteses de extinção do contrato de por iniciativa do empregado ou do empregador; por culpa

Leia mais

1-Da preliminar de inépcia: O reclamante postulou a condenação da reclamada ao pagamento de diferenças salariais decorrentes de equiparação.

1-Da preliminar de inépcia: O reclamante postulou a condenação da reclamada ao pagamento de diferenças salariais decorrentes de equiparação. EXMO. DR JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE Processo número Concreto Duro, já qualificada, vem, respeitosamente, perante V. Exa, por meio de seu advogado, com endereço profissional na, com fundamento no art.

Leia mais

EXMO DR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE

EXMO DR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE EXMO DR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE Processo número: Concreto Duro, já qualificada, vem, respeitosamente, perante Vossa Excelência, por meio de seu advogado, com endereço profissional na, com fundamento

Leia mais

JUSTA CAUSA - BREVES APONTAMENTOS

JUSTA CAUSA - BREVES APONTAMENTOS JUSTA CAUSA - BREVES APONTAMENTOS A enumeração das justas causas, nos artigos 482 e 483 da CLT, são taxativas, mas existem outras disposições legais, inclusive na própria CLT, que se referem a outras justas

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Término do contrato de trabalho Prof. Hermes Cramacon Resilição do contrato de trabalho Uma ou ambas as partes resolvem, sem justo motivo, romper o pacto laboral. Dispensa sem justa

Leia mais

LICENÇA POR ACIDENTE EM SERVIÇO

LICENÇA POR ACIDENTE EM SERVIÇO LICENÇA POR ACIDENTE EM SERVIÇO DEFINIÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES PROCEDIMENTO FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO Licença concedida em decorrência de dano físico ou

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Morte do Empregado

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Morte do Empregado Morte do Empregado 08/12/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações Complementares... 6 6.

Leia mais

Profa. Joseane Cauduro. Unidade II DIREITO TRABALHISTA

Profa. Joseane Cauduro. Unidade II DIREITO TRABALHISTA Profa. Joseane Cauduro Unidade II DIREITO TRABALHISTA Introdução Direito Individual do Trabalho: Elementos que caracterizam a relação de trabalho; Contrato de Trabalho; Direitos e deveres; Tipos de Trabalhadores;

Leia mais

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PRIMEIRAS IMPRESSÕES

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PRIMEIRAS IMPRESSÕES VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PRIMEIRAS IMPRESSÕES PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL - ENDEREÇAMENTO: EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA 90ª VARA DO TRABALHO DE CAMPINAS/SP - Processo Nº 1598-73.2012.5.15.0090

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA Estado do Paraná LEI Nº 1024/2012 Dispõe sobre a criação dos empregos públicos de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate às Endemias e dá outras providências.

Leia mais

RESCISÃO INDIRETA DO CONTRATO DE TRABALHO - Considerações. Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 16/12/2010.

RESCISÃO INDIRETA DO CONTRATO DE TRABALHO - Considerações. Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 16/12/2010. RESCISÃO INDIRETA DO CONTRATO DE TRABALHO - Considerações Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 16/12/2010. Sumário: 1 - Introdução 2 - Conceito 3 - Figuras da Rescisão Indireta 3.1 - Exigência

Leia mais

Grupo de estudos Concursos TRT - TST PROFESSORA: DEBORAH PAIVA

Grupo de estudos Concursos TRT - TST PROFESSORA: DEBORAH PAIVA Olá pessoal, Espero que estejam todos bem e focados no estudo! Na aula de hoje, estudaremos temas que com certeza cairão nas provas do TST! Peço atenção especial! Nesta aula, embora não seja a banca dos

Leia mais

Direito do Trabalho Extinção do Contrato Konrad Mota Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito do Trabalho Extinção do Contrato Konrad Mota Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito do Trabalho Extinção do Contrato Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. SUMÁRIO Dispensa sem justa causa Dispensa por justa causa Rescisão indireta

Leia mais

JUSTA CAUSA POR EXCESSO DE FALTAS INJUSTIFICADAS OU REITERADOS ATRASOS

JUSTA CAUSA POR EXCESSO DE FALTAS INJUSTIFICADAS OU REITERADOS ATRASOS JUSTA CAUSA POR EXCESSO DE FALTAS INJUSTIFICADAS OU REITERADOS ATRASOS Copyright Ody & Keller Advocacia e Assessoria Empresarial, 2014. Todos os direitos reservados. Versão: 01 (outubro de 2014) Este material

Leia mais

EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO A extinção do contrato de trabalho revela o momento em que o acordo de vontades deixa de existir por faculdade de uma ou de ambas as partes. Não significa, no entanto,

Leia mais

Prof. Cleiton Coutinho

Prof. Cleiton Coutinho Prof. Cleiton Coutinho 01.Aos empregados domésticos, a Constituição assegura os mesmos direitos que aos trabalhadores urbanos e rurais, exceto (A) repouso semanal remunerado. (B) fundo de garantia do tempo

Leia mais

SUMÁRIO. Agradecimentos... 15. Apresentação... 17

SUMÁRIO. Agradecimentos... 15. Apresentação... 17 SUMÁRIO Agradecimentos... 15 Apresentação... 17 PREPARAÇÃO PARA CONCURSO PÚBLICO Breve relato da minha experiência durante a preparação para o concurso... 19 1. A decisão... 20 2. A preparação... 21 3.

Leia mais

TABELA DE INCIDÊNCIA TRIBUTÁRIA

TABELA DE INCIDÊNCIA TRIBUTÁRIA DE 01/08//97 A 10/12/97 DE 11/12/97 A 21/05/98 A PARTIR DE 22/05/98 ATÉ 31/07/97 VIGÊNCIA DA MP 1.523-7/97 VIGÊNCIA DA LEI Nº 9.528/97 VIGÊNCIA DA MP 1.586-9/98 TABELA DE INCIDÊNCIA TRIBUTÁRIA EVENTOS

Leia mais

PALESTRA HOMOLOGNET PALESTRANTE ALLAN MACIEL SANTOS

PALESTRA HOMOLOGNET PALESTRANTE ALLAN MACIEL SANTOS PALESTRA HOMOLOGNET PALESTRANTE ALLAN MACIEL SANTOS O HomologNet é um sistema de homologação das rescisões contratuais on-line instituído pela portaria do MTE n 1.620 de 14/07/2010. Os cálculos automáticos

Leia mais

JUSTA CAUSA ARTIGO 482, CLT RESOLUÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO DIREITO DO TRABALHO II. Atos faltosos praticados pelo empregador

JUSTA CAUSA ARTIGO 482, CLT RESOLUÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO DIREITO DO TRABALHO II. Atos faltosos praticados pelo empregador Aula 5 Hipóteses. Justa causa. Rescisão indireta. Culpa recíproca. FACEBOOK: MARIA INÊS GERARDO SITE: mariainesgerardo.com.br RESOLUÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO JUSTA CAUSA (art.482, CLT) RESCISÃO INDIRETA

Leia mais

Antônio Fabrício de M. Gonçalves

Antônio Fabrício de M. Gonçalves Antônio Fabrício de M. Gonçalves FORMAS DE CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO a) Por iniciativa do empregador a.1) Dispensa imotivada a.2) Dispensa por justa causa b) Por iniciativa do empregado b.1) Demissão

Leia mais

O abandono de emprego configura-se quando estão presentes o elemento objetivo ou material e o elemento subjetivo ou psicológico.

O abandono de emprego configura-se quando estão presentes o elemento objetivo ou material e o elemento subjetivo ou psicológico. Abandono de emprego O abandono de emprego constitui falta grave, o que enseja a rescisão por justa causa do contrato de trabalho, conforme dispõe o art. 482, alínea "i" da CLT. A falta contínua e sem motivo

Leia mais

CONTRATO DE EXPERIÊNCIA - Considerações. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 1º/04/2013. Sumário:

CONTRATO DE EXPERIÊNCIA - Considerações. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 1º/04/2013. Sumário: CONTRATO DE EXPERIÊNCIA - Considerações Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 1º/04/2013 Sumário: 1 - Introdução 2 - Contrato de Experiência 3 - Objetivo 4 - Prazo 4.1 - Prorrogação 4.2

Leia mais

PARTE 1 COMO TORNAR-SE UM EMPREGADOR E UM EMPREGADO DOMÉSTICO LEGAIS?

PARTE 1 COMO TORNAR-SE UM EMPREGADOR E UM EMPREGADO DOMÉSTICO LEGAIS? SUMÁRIO DO LIVRO INTRODUÇÃO... 23 PARTE 1 COMO TORNAR-SE UM EMPREGADOR E UM EMPREGADO DOMÉSTICO LEGAIS? Capítulo 1 Definições importantes... 31 1.1 O que é um empregador doméstico?... 31 1.2 O que é um

Leia mais

RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR JUSTA CAUSA DO EMPREGADO. Júlio César Zanluca

RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR JUSTA CAUSA DO EMPREGADO. Júlio César Zanluca RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR JUSTA CAUSA DO EMPREGADO Júlio César Zanluca Justa causa é todo ato faltoso do empregado que faz desaparecer a confiança e a boa-fé existentes entre as partes, tornando

Leia mais

LICENÇA PARENTAL INICIAL

LICENÇA PARENTAL INICIAL Direitos e Deveres da Parentalidade Lei n.º 59/2008, de 11 de Setembro Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas (art.º 33º do Código do Trabalho (vs. Da Lei n.º 7/2009, de 12/02) e art. 40º do

Leia mais

PEÇA: RT PURA - NOTA: 5.0... 2 PEÇA: CONTESTAÇÃO - NOTA: 1,4... 8 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 3,7... 16

PEÇA: RT PURA - NOTA: 5.0... 2 PEÇA: CONTESTAÇÃO - NOTA: 1,4... 8 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 3,7... 16 ESPELHOS E PROVAS 1 Sumário PEÇA: RT PURA - NOTA: 5.0... 2 PEÇA: CONTESTAÇÃO - NOTA: 1,4... 8 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 3,7... 16 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 2,0... 21 PEÇA: RECLAMAÇÃO

Leia mais

Sumário. Título II Do crime... 32

Sumário. Título II Do crime... 32 Sumário Parte geral... 9 Título I Da aplicação da lei penal... 9 Título II Do crime... 32 Título III Da imputabilidade penal... 71 Título IV Do concurso de pessoas... 76 Título V Das penas... 82 Capítulo

Leia mais

REGRAS DE ADVERTÊNCIA E DE SUSPENSÃO AO FUNCIONÁRIO

REGRAS DE ADVERTÊNCIA E DE SUSPENSÃO AO FUNCIONÁRIO REGRAS DE ADVERTÊNCIA E DE SUSPENSÃO AO FUNCIONÁRIO Quais são regras básicas previstas na lei para aplicação de advertências a funcionários que possuem atrasos recorrentes no início da jornada de trabalho.

Leia mais

Espelho Trabalho Peça

Espelho Trabalho Peça Espelho Trabalho Peça 1) Estrutura inicial O examinando deve elaborar uma contestação, indicando o fundamento legal (artigo 847 da CLT ou artigo 300 do CPC), com encaminhamento ao Excelentíssimo Senhor

Leia mais

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EMPREGO - MTE Nº 2.685 DE 26.12.2011 D.O.U: 27.12.2011

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EMPREGO - MTE Nº 2.685 DE 26.12.2011 D.O.U: 27.12.2011 PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EMPREGO - MTE Nº 2.685 DE 26.12.2011 D.O.U: 27.12.2011 Altera a Portaria nº 1.621, de 14 de julho de 2010, que aprovou os modelos de Termos de Rescisão de Contrato de

Leia mais

DISPENSA COM JUSTA CAUSA E RESCISÃO INDIRETA

DISPENSA COM JUSTA CAUSA E RESCISÃO INDIRETA DISPENSA COM JUSTA CAUSA E RESCISÃO INDIRETA 1 Dispensa com justa causa Classificação modalidades de rescisão do contrato de trabalho por iniciativa do empregador, em virtude da prática de falta grave

Leia mais

DIREITOS TRABALHISTAS

DIREITOS TRABALHISTAS 1 DIREITOS TRABALHISTAS Extinção do contrato de trabalho é o fim da relação jurídica de trabalho entre empregado e empregador, derivada de várias causas, com a extinção das obrigações entre as partes contratantes.

Leia mais

Direito Civil III Contratos

Direito Civil III Contratos Direito Civil III Contratos Extinção dos Contratos Prof. Andrei Brettas Grunwald 2011.1 1 INTRODUÇÃO As obrigações, direitos pessoais, têm como característica fundamental seu caráter transitório. A obrigação

Leia mais

Unidade II. Instituições de Direito. Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello

Unidade II. Instituições de Direito. Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Unidade II Instituições de Direito Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Direito do trabalho O direito do trabalho é o ramo do direito que vai estudar o trabalho subordinado e as proteções a este.

Leia mais

31 Código Sindical 32 CNPJ e Nome da Entidade Sindical Laboral DISCRIMINAÇÃO DAS VERBAS RESCISÓRIAS VERBAS RESCISÓRIAS

31 Código Sindical 32 CNPJ e Nome da Entidade Sindical Laboral DISCRIMINAÇÃO DAS VERBAS RESCISÓRIAS VERBAS RESCISÓRIAS ANEXO I TERMO DE RESCISÃO DO CONTRATO DE TRABALHO IDENTIFICAÇÃO DO EMPREGADOR 01 02 Razão Social/ 03 Endereço (logradouro, nº, andar, apartamento) 05 Município 06 UF 07 CEP 08 CNAE IDENTIFICAÇÃO DO TRABALHADOR

Leia mais

Como calcular uma rescisão trabalhista

Como calcular uma rescisão trabalhista Como calcular uma rescisão trabalhista Hoje iremos aprender como elaborar e calcular uma rescisão do contrato de trabalho. O primeiro passo a ser dado será descobrir qual o motivo da rescisão do funcionário,

Leia mais

ACIDENTE DO TRABALHO E RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR. Adriana Jardim Alexandre Supioni adrianajardim@terra.com.br

ACIDENTE DO TRABALHO E RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR. Adriana Jardim Alexandre Supioni adrianajardim@terra.com.br ACIDENTE DO TRABALHO E RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR Adriana Jardim Alexandre Supioni adrianajardim@terra.com.br ACIDENTES DO TRABALHO ESTATÍSTICAS No mundo: 2,34 milhões de pessoas morrem a cada

Leia mais

Documentos necessários para a homologação:

Documentos necessários para a homologação: Ÿ Orientações Gerais: O responsável pela homologação deve observar o comunicado do Sindicato sobre Lei 12.790 de 14/03/2013, que regulamenta a profissão de comerciário e o Enquadramento Sindical conforme

Leia mais

Direito do Trabalho. Curso e Discurso

Direito do Trabalho. Curso e Discurso Direito do Trabalho Curso e Discurso Direito do Trabalho Curso e Discurso Augusto César Leite de Carvalho Volume II Evocati 2013 SOBRE O AUTOR Augusto César Leite de Carvalho nasceu em Sergipe, na cidade

Leia mais

RETIFICAÇÃO ANEXO IV DECLARAÇÃO

RETIFICAÇÃO ANEXO IV DECLARAÇÃO RETIFICAÇÃO No Edital de Credenciamento nº 001/2008 Credenciamento de Entidades Médicas e Psicológicas, publicado no Diário Oficial Paraná Comércio, Indústria e Serviços, de 25 de junho de 2008, página

Leia mais

A) CARÁTER DETERMINANTE DA FALTA

A) CARÁTER DETERMINANTE DA FALTA A JUSTA CAUSA A) CARÁTER DETERMINANTE DA FALTA - deve haver uma relação de causa e efeito (nexo causal) entre a falta e a aplicação da pena - A aplicação da pena deve ser diretamente relacionado com a

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO LC 150 - ESQUEMATIZADA Prof. Antonio Daud Jr (www.facebook.com/adaudjr)

DIREITO DO TRABALHO LC 150 - ESQUEMATIZADA Prof. Antonio Daud Jr (www.facebook.com/adaudjr) Questão 1 FCC/TRT23 Técnico Judiciário - Área Administrativa - 2016 (FCC_TRT23_TÉCNICO_JUDICIÁRIO_ÁREA_ADMINISTRATIVA_2016) De acordo com a Lei Complementar no 150 de 2015, no tocante às férias do empregado

Leia mais

O mercado de trabalho para os engenheiros. Engenheiro Civil Valter Fanini

O mercado de trabalho para os engenheiros. Engenheiro Civil Valter Fanini para os engenheiros Engenheiro Civil Valter Fanini Formação do salário dos engenheiros O contexto macro-econômico O mercado de trabalho As informações do mercado (RAIS) As normas legais O contexto macro-econômico

Leia mais

7 - SUJEITOS DE DIREITO

7 - SUJEITOS DE DIREITO 7 - SUJEITOS DE DIREITO Pessoa Natural é o homem possuidor de capacidade para adquirir direitos e assumir obrigações; Todo ser humano é pessoa; 02 categorias: PN e PJ Personalidade jurídica é a aptidão

Leia mais

DEPARTAMENTO PESSOAL, RH E CÁLCULOS TRABALHISTAS

DEPARTAMENTO PESSOAL, RH E CÁLCULOS TRABALHISTAS DEPARTAMENTO PESSOAL, RH E CÁLCULOS TRABALHISTAS Instrutor(a): CLAUDIO SALDANHA Brasília(DF) - 10 e 11/09/2015 Quer esse curso Incompany para sua empresa ou órgão público? Clique no botão e solicite uma

Leia mais

DENOMINAÇÃO DE EXTINÇÃO DOS CT DE TRABALHO INDIVIDUAIS: RESCISÃO; EXTINÇÃO; TERMINAÇÃO; CESSAÇÃO, DISSOLUÇÃO.

DENOMINAÇÃO DE EXTINÇÃO DOS CT DE TRABALHO INDIVIDUAIS: RESCISÃO; EXTINÇÃO; TERMINAÇÃO; CESSAÇÃO, DISSOLUÇÃO. DIREITO DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: EXTINÇÃO DOS CONTRATOS INDIVIDUAIS DE TRABALHO PONTO 2: QUITAÇÃO DO CT TRABALHO PONTO 3: MODOS DE EXTINÇÃO DO CT DE TRABALHO DENOMINAÇÃO DE EXTINÇÃO DOS

Leia mais

Direito do Trabalho Estabilidades Provisórias Konrad Mota. 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito do Trabalho Estabilidades Provisórias Konrad Mota. 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito do Trabalho Estabilidades Provisórias Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. SUMÁRIO Estabilidades provisórias Dirigente sindical Representante

Leia mais

PARECER Nº, DE 2010. RELATOR: Senador GEOVANI BORGES I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2010. RELATOR: Senador GEOVANI BORGES I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2010 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em caráter terminativo, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 512, de 2007, do Senador Paulo Paim, que acrescenta parágrafo ao art. 764 da Consolidação

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR002952/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 23/07/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR047032/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.011168/2015-41 DATA DO PROTOCOLO: 23/07/2015 ACORDO COLETIVO

Leia mais

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Regulamentação dos planos Resolução CONSU 10 Art. 2º, 2º Nos contratos de planos coletivos, não é obrigatória a cobertura para os procedimentos relacionados

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO PROFESSORES. Dra. Sandra Marangoni

CONTRATO DE TRABALHO PROFESSORES. Dra. Sandra Marangoni CONTRATO DE TRABALHO PROFESSORES Dra. Sandra Marangoni PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO proteção ao trabalhador In dubio pro operário condição mais benéfica autonomia da realidade irredutibilidade salarial

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002654/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 23/11/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061630/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.005752/2011-34 DATA DO

Leia mais

BANCO DE HORAS. O banco de horas surgiu no Brasil através da Lei 9.601/98, através da alteração do art. 59 da CLT.

BANCO DE HORAS. O banco de horas surgiu no Brasil através da Lei 9.601/98, através da alteração do art. 59 da CLT. BANCO DE HORAS O banco de horas surgiu no Brasil através da Lei 9.601/98, através da alteração do art. 59 da CLT. Prevendo a lei que só é legal a utilização do Banco de Horas se for acordada em Convenção

Leia mais

Art. 1º - Ficam criados os cargos públicos de Agente Comunitário de Saúde, nos terem desta Lei.

Art. 1º - Ficam criados os cargos públicos de Agente Comunitário de Saúde, nos terem desta Lei. LEI nº 455/2008 de 22 de dezembro de 2008. "Dispõe sobre a criação de Cargos Públicos de Agente Comunitário de Saúde, com requisitos, atribuições e competências e dá outras providências". A PREFEITA MUNICIPAL

Leia mais

CÁLCULOS TRABALHISTAS

CÁLCULOS TRABALHISTAS Aviso prévio: CÁLCULOS TRABALHISTAS Conceito jurídico art. 487, da CLT; 1 mês de remuneração; Gorjetas Súmula 354/TST; Projeção do aviso OJ 82/SDI-1/TST; Culpa recíproca Súmula 14/TST. Aviso prévio: CÁLCULOS

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA DE INCENTIVO AO DESLIGAMENTO VOLUNTÁRIO PIDV ELETROBRAS ELETRONORTE

MANUAL DO PROGRAMA DE INCENTIVO AO DESLIGAMENTO VOLUNTÁRIO PIDV ELETROBRAS ELETRONORTE MANUAL DO PROGRAMA DE INCENTIVO AO DESLIGAMENTO VOLUNTÁRIO PIDV Julho, 2011 O calendário de implantação do Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário PIDV, da Eletrobras Eletronorte, foi aprovado

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL Processo número: 00559-2009-382-04-00-0 Reclamante: Angela Cassia Tisatto Reclamada: Sociedade Hospitalar de Caridade de Taquara Vistos e etc. ANGELA CASSIA TISATTO, qualificada nos autos, ajuíza em 22-04-2009,

Leia mais

COMO DIMINUIR RISCOS MINIMIZAR AÇÕES TRABALHISTAS. Instrutora: Cleonice Bitencourt

COMO DIMINUIR RISCOS MINIMIZAR AÇÕES TRABALHISTAS. Instrutora: Cleonice Bitencourt COMO DIMINUIR RISCOS E MINIMIZAR AÇÕES TRABALHISTAS Instrutora: Cleonice Bitencourt Porto Alegre/RS, Junho/2015 2 REQUISITOS PARA RECONHECIMENTO DE VÍNCULO EMPREGATÍCIO Prestador de serviço ser pessoa

Leia mais

A contestação na prova da 2ª fase da OAB (Direito do Trabalho)

A contestação na prova da 2ª fase da OAB (Direito do Trabalho) 1 A contestação na prova da 2ª fase da OAB (Direito do Trabalho) Carlos Augusto Marcondes de Oliveira Monteiro * Mais uma segunda fase se aproxima. Conforme mencionei no artigo anterior, 3 são as principais

Leia mais

ANEXO L PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS

ANEXO L PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS ANEXO L PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS Número do Processo Licitação nº Dia / / às : horas. Discriminação dos serviços: (Dados referentes à contratação) A Data de apresentação da proposta (dia/mês/ano)

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016. Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016. Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR002041/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030271/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.008568/2015-79 DATA DO

Leia mais

Trabalhador direitos e deveres

Trabalhador direitos e deveres Trabalhador direitos e deveres Carteira de trabalho Garantia de benefícios da Previdência Social Do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Seguro-Desemprego 13º salário Tem direito à gratificação

Leia mais

Acumulação de funções

Acumulação de funções Exmo. Sr. Presidente da Camara Municipal 3250-100 ALVAIÁZERE Acumulação de funções, trabalhador no com relação jurídica de emprego publico a tempo indeterminado / termo resolutivo desta Camara Municipal

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 13 RESPOSTAS. 1.1. As denominações Estabilidade e Garantia no Emprego são sinônimos?

ESTUDO DIRIGIDO 13 RESPOSTAS. 1.1. As denominações Estabilidade e Garantia no Emprego são sinônimos? ESTUDO DIRIGIDO 13 RESPOSTAS 1. Garantias no Emprego 1.1. As denominações Estabilidade e Garantia no Emprego são sinônimos? RESPOSTA: As duas figuras são extremamente próximas, já que ambas restringem

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Rescisão do contrato de trabalho Alessandro Espelocini Branco, Jorge André Faedo Mara Ribeiro Marcelo Ivo Stédile Omar Saleh Patrícia Faedo* Introdução Empregado e empregador se

Leia mais

DECRETO Nº 914, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2007.

DECRETO Nº 914, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2007. DECRETO Nº 914, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2007. Dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

ANÁLISE JURÍDICA DO ARTIGO 7º, I DA CF E SUA EFICÁCIA

ANÁLISE JURÍDICA DO ARTIGO 7º, I DA CF E SUA EFICÁCIA ANÁLISE JURÍDICA DO ARTIGO 7º, I DA CF E SUA EFICÁCIA Daniel Scapellato Pereira Rodrigues 1 Thaniggia Petzold Fonseca 2 RESUMO: O artigo tem como pretensão estudar o dilema existente acerca da eficácia

Leia mais

PORTARIA CEETEPS Nº 343, de 19 de agosto de 2009

PORTARIA CEETEPS Nº 343, de 19 de agosto de 2009 PORTARIA CEETEPS Nº 343, de 19 de agosto de 2009 Dispõe sobre a minuta de Contrato de Aprendizagem, a que se referem os dispositivos da Consolidação das Leis do Trabalho CLT, alterados pela Lei Federal

Leia mais

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Dispensa de Pagamento de Contribuições 1º

Leia mais

1. Relação de emprego, empregado e trabalhador:

1. Relação de emprego, empregado e trabalhador: 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Relação de emprego, empregado e trabalhador: 1. Contrato de Trabalho. 2. Empregado. 3. Empregador. PONTO 2: Teorias da natureza jurídica da relação de emprego 1. Relação

Leia mais

Estudos sobre valores limite para a. contratação de serviços de vigilância e. limpeza no âmbito da Administração Pública. Federal

Estudos sobre valores limite para a. contratação de serviços de vigilância e. limpeza no âmbito da Administração Pública. Federal Estudos sobre valores limite para a contratação de serviços de vigilância e limpeza no âmbito da Administração Pública Federal Caderno Técnico 28/2014 Serviços de Vigilância Unidade da Federação: RS Data

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N 4.330, DE 2004.

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N 4.330, DE 2004. COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N 4.330, DE 2004. Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços terceirizados e as relações de trabalho dele decorrentes.

Leia mais

Fique alerta: 12 motivos de dispensa por justa causa

Fique alerta: 12 motivos de dispensa por justa causa Fique alerta: 12 motivos de dispensa por justa causa O QUE É JUSTA CAUSA? Justa Causa é todo ato faltoso, que faz desaparecer a confiança e a boa-fé existentes entre as partes, tornando impossível ou muito

Leia mais

Audiência Pública CDH do Senado Federal iniciativa do Senador Paulo Paim Brasília, 5 de outubro de 2015

Audiência Pública CDH do Senado Federal iniciativa do Senador Paulo Paim Brasília, 5 de outubro de 2015 Audiência Pública CDH do Senado Federal iniciativa do Senador Paulo Paim Brasília, 5 de outubro de 2015 O negociado sobre o legislado, que rasga a CLT e arrasa o sistema de proteção dos direitos trabalhistas:

Leia mais

CIRCULAR GEPE N.º 007/2005. Gerências Regionais de Recursos Humanos, Unidades de Controle de Pessoal das demais Secretarias, gerências da GEPE.

CIRCULAR GEPE N.º 007/2005. Gerências Regionais de Recursos Humanos, Unidades de Controle de Pessoal das demais Secretarias, gerências da GEPE. CIRCULAR GEPE N.º 007/2005 De: Para: Gerências Regionais de Recursos Humanos, Unidades de Controle de Pessoal das demais Secretarias, gerências da GEPE. ASSUNTOS 1. PRESTAÇÃO DE SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES AVM FACULDADE INTEGRADA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES AVM FACULDADE INTEGRADA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES AVM FACULDADE INTEGRADA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU JUSTA CAUSA COMO FORMA DE RESOLUÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO AUTORA LEONOR RAMOS PINTO ALVES ORIENTADOR PROF. CARLOS AFONSO

Leia mais

LFG MAPS. Regime Jurídico dos Servidores 09 questões. O superior hierárquico do agente praticou crime de abuso de autoridade.

LFG MAPS. Regime Jurídico dos Servidores 09 questões. O superior hierárquico do agente praticou crime de abuso de autoridade. NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO Nível de importancia Tema QTDE de Questões Porcentagem (%) 1 Regime Jurídico dos Servidores 9 47% 2 Organização da Administração 4 21% 3 Improbidade 2 11% 4 Responsabilidade

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 9ª Turma SALÁRIO POR FORA. RESCISÃO INDIRETA. A prática de pagamento de salários por fora sem a respectiva repercussão nas verbas salariais, configura descumprimento de obrigação contratual pela

Leia mais

Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 05/11/2010.

Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 05/11/2010. DISPENSA POR JUSTA CAUSA - Considerações Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 05/11/2010. Sumário: 1 - Introdução 2 - Conceito 3 - Figuras da Justa Causa 3.1 - Ato de Improbidade 3.2 -

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL V EXAME UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA PROVA DO DIA 4/12/2011 DIREITO DO TRABALHO

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL V EXAME UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA PROVA DO DIA 4/12/2011 DIREITO DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL 1) Estrutura inicial O examinando deve elaborar uma contestação, com encaminhamento ao Excelentíssimo Senhor Juiz do Trabalho da 35ª Vara do Trabalho de Porto

Leia mais

PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA. Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições:

PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA. Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições: 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições: I 35 anos de contribuição para o homem e 30 anos de contribuição para a mulher; II 65 anos de

Leia mais

SEGUNDA TURMA RECURSAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ

SEGUNDA TURMA RECURSAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ Processo nº 2007.70.50.003369-6 Relatora: Juíza Federal Andréia Castro Dias Recorrente: UNIÃO FEDERAL Recorrido (a): VANISA GOLANOWSKI VOTO Dispensado o relatório, nos termos dos artigos 38 e 46 da Lei

Leia mais

TEMAS - STF DIREITO CIVIL - RESPONSABILIDADE CIVIL

TEMAS - STF DIREITO CIVIL - RESPONSABILIDADE CIVIL 37 RE-570690 TEMAS - STF DIREITO CIVIL - RESPONSABILIDADE CIVIL Responsabilidade objetiva do Estado por indenização referente a danos morais decorrentes de emissão de números idênticos de CPF para pessoas

Leia mais

TRT-RO-0007900-20.2004.5.01.0041

TRT-RO-0007900-20.2004.5.01.0041 PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Gloria R egina Ferreira Mello Av. Presidente Antonio Carlos,251 7o andar - Gab.34 Castelo Rio de Janeiro

Leia mais

SINDPD-RJ SEPRORJ CLÁUSULA 1ª - ABRANGÊNCIA, OBJETIVO E VIGÊNCIA:

SINDPD-RJ SEPRORJ CLÁUSULA 1ª - ABRANGÊNCIA, OBJETIVO E VIGÊNCIA: TERMO ADITIVO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO FIRMADA ENTRE O SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS E SERVIÇOS PÚBLICOS E PRIVADOS, DE INFORMÁTICA, INTERNET E SIMILARES DO ESTADO, DORAVANTE DENOMINADO

Leia mais

PROCURADORIA A GERAL DO ESTA T DO DE SÃO PA P ULO

PROCURADORIA A GERAL DO ESTA T DO DE SÃO PA P ULO PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO V Curso de Aperfeiçoamento e Prática Forense dos Estagiários da Procuradoria Judicial da Capital 06/11/2014 PREVIDENCIÁRIO DE PENSÃO POR MORTE CONCEDIDO EM DESCONFOMIDADE

Leia mais

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS. Pregão Eletrônico. Contratação de empresa para prestação dos serviços de apoio ao Meio Circulante em Brasília

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS. Pregão Eletrônico. Contratação de empresa para prestação dos serviços de apoio ao Meio Circulante em Brasília Nº Processo: 66710 Licitação Nº 85/2014 Dia 25/9/2014 às 10h (horário de Brasília) PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS Pregão Eletrônico Contratação de empresa para prestação dos serviços de apoio

Leia mais

PARECER Nº, DE 2015. RELATOR: Senador JOSÉ PIMENTEL

PARECER Nº, DE 2015. RELATOR: Senador JOSÉ PIMENTEL PARECER Nº, DE 2015 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 285, de 2011 Complementar, do Senador Ciro Nogueira, que altera o art. 191-A da Lei nº 5.172, de 25 de outubro

Leia mais