Número: / Unidade Examinada: Município de Beberibe/CE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Número: 00206.001249/2011-97 Unidade Examinada: Município de Beberibe/CE"

Transcrição

1 Número: / Unidade Examinada: Município de Beberibe/CE

2 Relatório de Demandas Externas n / Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados da ação de controle desenvolvida pela Controladoria- Geral da União (CGU) no Município de Beberibe/CE, cujos trabalhos foram realizados entre 05/01/2012 a 14/02/2012. Esclarecemos que os executores dos recursos federais foram previamente informados sobre os fatos relatados, tendo se manifestado por meio do Ofício nº 086/2012, de 25/01/2012. Cabe ao Ministério supervisor, nos casos pertinentes, adotar as providências corretivas visando à consecução das políticas públicas, bem como à apuração das responsabilidades. Foram analisados itens financiados com recursos repassados ao Município, no período compreendido entre 01/01/2010 a 24/10/2011, pelo Ministério da Educação, com o objetivo de verificar a aplicação de recursos federais envolvendo o Programa Brasil Escolarizado. Principais Fatos Encontrados Ministério da Educação Programa: Brasil Escolarizado Ação: Complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). Recebimentos e pagamentos por equipamentos adquiridos mediante Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP, com especificações divergentes do licitado e contratado. Dano ao erário: R$ ,00 Deficiências nos registros e controles do almoxarifado da Prefeitura Municipal de Beberibe, referentes à entrada de bens, evidenciando a não comprovação do recebimento de 207 notebooks nas datas atestadas por servidor da Prefeitura. Evidências de montagem de pesquisa de preço para fins de elevação do preço de referência do Pregão presencial nº 007/2010EDUCA-PP. Perda de garantia de equipamentos de informática causada por descumprimento de cláusula contratual. Principais Recomendações Este Relatório é destinado aos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, gestores centrais dos programas de execução descentralizada, para a adoção de providências quanto

3 às situações evidenciadas, especialmente, para a adoção de medidas preventivas e corretivas, visando à melhoria da execução dos Programas de Governo. Foram feitas recomendações ao gestor federal no sentido utilizar os resultados das fiscalizações para subsidiar a avaliação dos resultados do Fundeb preceituada no inciso VI do art. 30 e o planejamento da capacitação dos membros dos conselhos de que trata o inciso II do mesmo artigo 30, da lei /2007. Além disso, foi recomendado comunicar o fato ao Tribunal de Contas Estadual/Munícipios e ao Ministério Público Estadual.

4 1 de 21 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE DEMANDAS ESPECIAIS Número: /

5 2 de 21 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. DAS SITUAÇÕES VERIFICADAS 2.1 Ministério da Educação Programa: Brasil Escolarizado Ação: Complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB 3. OUTRAS AÇÕES 3.1 Ministério da Educação Programa: Brasil Escolarizado 4. CONCLUSÃO 1. INTRODUÇÃO 1.1. Este Relatório apresenta os resultados de ação de controle desenvolvida em função de situação presumidamente irregular ocorrida no Município de Beberibe-CE, apontada à Controladoria-Geral da União - CGU, que originou o processo nº / Sobre o assunto, encontra-se em andamento Procedimento Administrativo nº 049/2011 junto ao Ministério Público do Estado do Ceará (Procuradoria Geral de Justiça) O presente trabalho foi realizado no período de 05/01/2012 a 14/02/2012. Foram analisados os itens financiados com recursos repassados ao Município no período de 01/01/2010 a 24/10/2011 pelo Ministério da Educação As situações irregulares apontadas à CGU e examinadas neste trabalho dizem respeito à seguinte situação: - supostas irregularidades na execução do Contrato nº 2010/ , celebrado entre a Prefeitura Municipal de Beberibe e a empresa Étina Comercial de Informática LTDA, CNPJ / , em 23/12/2010, no valor total de R$ ,00, referente à compra de 207 "notebooks" por aquela municipalidade, com recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação FUNDEB Registramos que a análise efetuada limitou-se ao exame do Pregão Presencial 007/2010EDUC-PP, realizado em 23/12/2010 pela Prefeitura de Beberibe, com recursos do FUNDEB; a identificar a regulariadade na execução do Contrato nº 2010/ ; aos respectivos pagamentos; à verificação dos "notebooks" adquiridos por meio do contrato em tela, e ao sistema de controle do almoxarifado quanto a entrada e saída de bens Ainda, além das questões indicadas no item 1.4 deste relatório, foram apuradas as seguintes situações relacionadas aos programas que são objeto desta ação de controle: (a) evidências de montagem de pesquisa de preço para fins de eleveção do preço de referência do Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP; (b) perda de Garantia de equipamentos de informática causada por descumprimento de cláusula contratual.

6 3 de Para a execução dos trabalhos de fiscalização, foram adotadas as seguintes ações: - análise da demanda apresentada para fins de planejamento dos trabalhos de fiscalização; - emissão de Solicitação Prévia de Fiscalização para obtenção de informações e documentações necessárias às ações de fiscalização; - fiscalização "in loco", para inspeção física dos notebooks e verificação da existência dos mesmos, e - visita ao almoxarifado central da Prefeitura Municipal de Beberibe para verificação do sistema de controle de entrada e saída de bens do almoxarifado. 1.8 Os resultados pormenorizados dos trabalhos realizados, organizados por órgão superior e por programa/ação de governo, estão apresentados no item 2, onde estão relatadas as constatações relacionadas às situações contidas na demanda apresentada. 2. DAS SITUAÇÕES VERIFICADAS A seguir apresentamos as constatações relacionadas às situações que foram examinadas, agrupadas por Programa/Ação, e vinculadas aos respectivos órgãos superiores. 2.1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Programa: Brasil Escolarizado Ação: Complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB Objeto Examinado: Assegurar a participação da União, a título de complementação, na composição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB, de forma a garantir, no âmbito dos Estados onde o valor per capita do Fundo encontrar-se abaixo do valor mínimo nacional por aluno/ano, o alcance desse valor mínimo nacional. Agente Executor Local: Montante de Recursos Financeiros Aplicados: / MUNICIPIO DE BEBERIBE - PREFEITURA MUNICIPAL R$ ,88 Ordem de Serviço: Forma de Transferência: Não se Aplica Situação Verificada O Ministério Público do Estado do Ceará - MPE/CE encaminhou Ofício nº 281/2011, solicitando a fiscalização na Prefeitura de Beberibe-CE por esta Controladoria Regional da União no Estado do Ceará, visando averiguar a regularidade do contrato referente à compra de 207 notebooks por aquela municipalidade, com recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da

7 4 de 21 Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação FUNDEB, anexando ao Ofício cópia do processo administrativo nº 049/2011 do MPE/CE. Na folha 10 deste, consta a seguinte narrativa: Outra gravíssima irregularidade é o fato de que no Termo de Contrato Nº 2010/ (docs 14,15,16,17,18,19,20) celebrado entre o Município de Beberibe e a empresa Etina Comercial de Informática Ltda ME, a especificação do Objeto Contratado (doc 20) destaca que os notebooks deveriam ter entre outras características SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 E TELA DWIDESCREEN 14.1 LED. ( ), e mediante inspeção realizada nos notebooks dos mesmos a CPI constatou que a tela tem a especificação 14 WIDESCREEN LCD, ou seja, os notebooks foram entregues aos professores com as especificações inferiores ao contratado pelo executivo municipal. (doc 27,28,29,30). CONSTATAÇÃO Recebimento e pagamentos por equipamentos adquiridos mediante Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP, com especificações divergentes do licitado e contratado. a) Fato: Visando verificar o fato apontado, foram analisados o Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP, cujo objeto é aquisição de 207 computadores tipo "notebooks" para Secretaria de Educação do Município de Beberibe, o Termo de Contrato e seus respectivos processos de pagamento. Conforme Ata de Continuação da Sessão Pública do Pregão nº 007/2010EDUC-PP - Resultado do Julgamento das Propostas Escritas, fase de lances verbais e habilitação dos licitantes, constante às fls. 224/228, verificou-se que as empresas participantes foram: Etina Comercial de Informática Ltda., CNPJ nº / , Antônio Vilamar Neri da Silva - ME, CNPJ nº / , Comercial Piedade Ltda. - ME, CNPJ nº / , e Brasint Industria Eletrônica Com. Imp. e Exp. Ltda., CNPJ nº / Das empresas participantes, constatou-se que foram desclassificados os licitantes: Antônio Vilamar Neri da Silva - ME, por não apresentar o modelo do produto conforme exigido no edital e por não apresentar os valores unitários e totais em algarismo e por extenso, e a empresa Comercial Piedade Ltda - ME, por apresentar tela e resolução de webcam inferiores às exigidas no edital. Já a empresa Brasint Indústria Eletrônica Com. Imp. e Exp. Ltda. desistiu da participação na fase de lances, porém, sem constar o motivo da desistência, restando apenas a empresa Etina Comercial de Informática Ltda., CNPJ nº / , a qual foi habilitada por cumprir com todas as exigências do edital, sendo posteriormente sagrada vencedora do certame licitatório. Com vistas a constatar o cumprimento de todas as exigências em relação às especificações dos equipamentos, foi realizada visita ao almoxarifado da Prefeitura de Beberibe, em 03/02/2012. No momento da visita da equipe de fiscalização, encontravam-se no almoxarifado o servidor municipal, responsável por esse departamento, e outro servidor municipal, os quais informaram que, apesar do atesto de recebimento constante na NF-e nº , datada de 29/12/2010, da empresa Étina Comercial de Informática LTDA, referente à venda de 207 "notebooks" para a Prefeitura Municipal de Beberibe, as inspeções relativas à conferência das especificações dos "notebooks", quando do recebimento destes, não foram realizadas pelos mesmos,por não terem, segundo eles, conhecimentos técnicos para realizar tais avaliações. Foi informado ainda, que as caixas contendo os equipamentos foram armazenadas em uma sala do almoxarifado até o dia 18/02/2011, data da distribuição dos equipamentos aos professores da rede de ensino do Município. Conforme leitura da citada "Ata de Continuação da Sessão Pública do Pregão nº 007/2010EDUC-PP - Resultado do Julgamento das Propostas Escritas", evidencia-se que a

8 5 de 21 comissão de licitação demonstrou preciosismo no julgamento de cada item cotado, desclassificando duas empresas por apresentarem especificações inferiores àquelas exigidas no edital. Entretanto, ficou demonstrado que a Secretaria de Educação não foi uniforme com os procedimentos adotados anteriormente pela comissão de licitação, tendo em vista que não executou, com esmero, as inspeções físicas necessárias, dando cumprimento às exigências constantes no edital de licitação quando do recebimento e posterior pagamento à empresa vendedora. No contrato nº 2010/ , consta anexo contendo as especificações do "notebook", sendo estas as mesmas constantes do Edital de Licitação, quais sejam: *Tabela retirada do Edital de Licitação Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP. A fim de verificar se os "notebooks" foram entregues à Prefeitura Municipal de Beberibe conforme o contratado, a equipe de fiscalização verificou, por meio de amostragem aleatória, o total de 91 notebooks, dos 92 constantes na amostra. Ressalta-se que a amostra trabalhada apresenta nível de confiança de 80% e margem de erro 5, com intervalos aleatórios de 2, num universo de 207. A seleção aleatória foi feita em listagem contendo o número do patrimônio do "notebook", bem como do professor responsável pela guarda do mesmo, fornecida pela Prefeitura de Beberibe à equipe de fiscalização, em resposta à Solicitação de Fiscalização nº , de 23/01/2011. Como os "notebooks" foram adquiridos para dar suporte aos professores nas atividades pedagógicas, e sendo ofertado aos mesmos por meio de um contrato de comodato realizado entre estes e a Prefeitura Municipal de Beberibe, em que cada professor tem posse de um "notebook", a equipe de fiscalização entrevistou 85 professores constantes na amostra selecionada. Dessa forma, a equipe de fiscalização constatou: 1- dos 92 notebooks selecionados, sendo inspecionados 91, verificou-se que 05 apresentam o sistema operacional Linux UBUTU, 14 apresentam os sistemas operacionais Linux UBUTU e Windows 7, e 72, o sistema Operacional Windows durante entrevista, os professores que possuem "notebook" com o sistema operacional Windows 7 relataram ter instalado este sistema por iniciativa própria, em virtude de terem recebido da Prefeitura Municipal de Beberibe, no dia 18/02/2011, o equipamento com o sistema operacional Linux e não terem conhecimentos a respeito deste sistema ou por terem preferência pelo Windows. Alguns destes professores informaram que tiveram um custo para a instalação do sistema, que variou entre R$ 20,00 a 120,00. Outros informaram ter obtido o sistema Windows sem custo algum, sendo instalado por familiar ou amigo, e ainda, pelo próprio Técnico de Informática da Prefeitura Municipal de Beberibe. Importante ressaltar que nenhum dos professores entrevistados apresentou a licença do sistema Operacional Windows 7, instalado no respectivo "notebook"; 3- aqueles professores que possuem apenas o sistema operacional Linux instalado no "notebook" informaram ter recebido o equipamento já com esse sistema instalado. 4- com base nos itens anteriores, vê-se que todos os notebooks vistoriados pela equipe da CGU

9 6 de 21 possuíam o sistema operacional Linux como sistema original, e 5- todos os notebooks vistoriados são da marca Ibyte, modelo Active 4, apresentam tela de LCD tamanho de 14", conforme registro fotográfico a seguir: Notebook da marca Ibyte, modelo Active 4, vistoriado pela equipe de fiscalização da CGU. Nota-se que há selo no canto inferior esquerdo no equipamento especificando ser a tela de 14" e de LCD. Constatou-se, então, que os equipamentos entregues pelo fornecedor Étina Comercial de Informática LTDA diferem do objeto licitado. O computador portátil contratado continha o sistema operacional Windows 7, tela de LED e tamanho de 14.1", e o efetivamente entregue contém o sistema operacional Linux, tela de LCD com tamanho de 14". O sistema operacional Linux, embora seja um software livre, com sua utilização em ascensão no mercado de informática, é ainda, no presente, preterido por muitos usuários devido à interface menos amigável que a dos sistema operacional Windows, bem como por este último ter sido amplamente difundido junto aos usuários no Brasil. E também por ser um software gratuito, o equipamento que o comporta possui preço de mercado inferior àquele que é comercializado com o sistema operacional Windows 7. Ressalta-se que a Prefeitura Municipal de Beberibe, até a presente data, não adotou nenhum procedimento legal junto à Étina Comercial de Informática Ltda., contratada, para o cumprimento das exigências contratuais, haja vista que a entidade municipal efetuou pagamentos à empresa, autorizados pela Secretária Municipal de Educação de Beberibe e ordenadora de despesa, realizados com recursos do FUNDEB, parcela dos 40%, por meio de cheques da conta corrente específica do fundo no Município, qual seja, conta nº , da agência do Banco do Brasil nº , conforme descrito a seguir: Data Cheque Valor 26/01/ ,00 08/02/ ,00 25/02/ ,00 Total ,00

10 7 de 21 b) Dano ao Erário: R$ ,00 c) Manifestação da Unidade Examinada: A Prefeitura Municipal de Beberibe/CE apresentou justificativa por meio do Oficio nº 086/2012, de 25/01/2012, nos seguintes termos: "O Ponto de Fiscalização procede parcialmente. Quando do recebimento dos equipamentos adquiridos, constatou-se que os Notebooks não tinham instalados os Sistemas Operacionais Windows 7, e que, em seu lugar, estavam instalados os Sistemas LlNUX. A Prefeitura solicitou uma nova avaliação e inspeção, através da Secretaria de Educação, para que fosse dirimida qualquer dúvida a respeito das especificações dos equipamentos. Ficou constatada a falha, em primeira análise do Técnico em Informática, que, erroneamente, atestou os equipamentos, não percebendo as especificações corretas, no caso, a não instalação do Sistema Windows 7, conforme pode-se verificar na Declaração do Técnico em Informática, onde afirma o seu erro. (Anexo 01). Imediatamente, a Prefeitura oficiou à Empresa fornecedora, no caso, a Étina Comercial de Informática Ltda., através do Ofício N 35/2011, de 11/02/2011, solicitando a imediata entrega das referidas licenças do Windows 7, no prazo de 05 dias. (Anexo 02). Em resposta, a Fornecedora, através do Ofício nº 75/2011, de 14/02/2011, informou que foi verificado que realmente não foram entregues as devidas licenças do Sistema Operacional Windows 7, devido a que, grande parte destes equipamentos foram retirados em consignação de diversos fornecedores, para o pronto atendimento da data limite de entrega dos equipamentos, em 30/12/2010, sendo que dada a urgência da entrega, pois se tratava de período natalino e festas de final de ano, havendo falha na inspeção, por parte da Empresa. Para a garantia da aquisição, a Empresa vencedora apresentou, imediatamente, uma Carta de Crédito, relativa ao valor das 207 licenças do Sistema Operacional Windows 7, até que a devida entrega fosse feita, desta forma, não ocasionando qualquer prejuízo financeiro, material ou operacional à Prefeitura Municipal de Beberibe.( Anexo 03 - Oficio e Carta de Crédito). Quanto à constatação de que as especificações de tela, nos Notebooks, não estavam de acordo com o Edital, esta informação não procede. Conforme Declaração da Fabricante dos equipamentos, no caso a Ibyte - Técno Industria e Comércio de Computadores Ltda., destinada à Empresa revendedora e á Prefeitura Municipal, nos quais comunica que os Notebooks Ibyte, Modelo Active 4, possuem telas de 14.1 polegadas, em LCD Widescren, - LED BACK Light, conforme consta nos anexos.(anexos 4 e 6) Anexamos também, o Ofício solicitando que fosse feita análise nos computadores adquiridos no Pregão (Anexo 05), bem como, Declaração da IbYte (Anexo 6), comunicando que as especificações da tela dos notebooks adquiridos, estão em conformidade com as especificações do referido Edital do Pregão, conforme cópias das páginas de números 161 e 162, do Processo Licitatório, onde se vê as especificações definidas pelo Edital. (Anexo 07).. d) Análise do Controle Interno: Diante da manifestação do gestor em relação ao tamanho e tipo da tela dos notebooks, entende-se que a situação foi esclarecida, haja vista os documentos apresentados mediante os Anexos 4 e 6. Todavia, permanece a constatação no que se refere à divergência do sistema operacional entregue e o que foi licitado. Em que pese terem sido apresentadas cópias dos selos de licenças de Windows 7, nada comprova que estas licenças dizem respeito aos notebooks vistoriados pela equipe de fiscalização. Ademais, quando da vistoria, a equipe constatou que os equipamentos que hoje apresentam o sistema operacional Windows 7, o têm pelo fato de terem sido instalados pelos próprios professores, sem qualquer ingerência da Prefeitura Municipal de Beberibe, bem como não foi apresentado à equipe de fiscalização qualquer licença do sistema operacional instalado pelos professores. Ademais, em relação ao Ofício encaminhado pela Prefeitura de Beberibe à empresa contratada para fornecimentos dos "notebooks" (anexo 3 da manifestação), este comprova que os equipamentos foram entregues à Prefeitura fora das especificações contratadas e pagas. Segundo a Lei nº 8.666/93, em seu artigo 3º, caput, a licitação será "processada e julgada em estrita

11 conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhe são correlatos." (grifo nosso). Os artigos 54, 1º e 55, XI, definem que o contrato deve ser celebrado de conformidade com os termos da licitação e da proposta que o geraram. O edital da licitação e a minuta de contrato que o integra definem, entre outros pontos, o objeto, os modos de execução. (grifo nosso). Considerando-se o que a legislação determina e, diante da justificativa apresentada pela Prefeitura de Beberibe, ficou demonstrado que os atos praticados pela Prefeitura quanto ao recebimento dos equipamentos e respectivos pagamentos estão em discordância com edital, em dissonância com a Lei nº 8.666/93. Recomendação : 1 1. Comunicar o fato ao Tribunal de Contas Estadual/Municípios e ao Ministério Público Estadual; 2. Utilizar os resultados das fiscalizações para subsidiar a avaliação dos resultados do Fundeb preceituada no inciso VI do art. 30 e o planejamento da capacitação dos membros dos conselhos de que trata o inciso II do mesmo artigo 30, da lei /2007. e) Conclusão sobre a situação verificada: As evidências expostas neste fato demonstram que a Prefeitura Municipal de Beberibe recebeu "notebooks" com especificações inferiores ao contratado com a empresa Etina Comercial de Informática LTDA, efetuando pagamentos à mesma com recursos provenientes do FUNDEB, na parcela dos 40%, sem que tenha ocorrido a verificação da compatibilidade entre o licitado e o contratado Situação Verificada O Ministério Público do Estado do Ceará - MPE/CE encaminhou Ofício nº 281/2011, solicitando a fiscalização na Prefeitura de Beberibe-CE por esta Controladoria Regional da União no Estado do Ceará, visando averiguar a regularidade do contrato referente à compra de 207 notebooks por aquela municipalidade, com recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação FUNDEB, anexando ao Ofício cópia do processo administrativo nº 049/2011 do MPE/CE. Na folha 09 deste, consta a seguinte narrativa: O rastro de irregularidades se inicia no recebimento dos notebooks no almoxarifado da Prefeitura, pois a nota fiscal emitida pela empresa Etina em 29/12/2010, é recebida no almoxarifado da Prefeitura de Beberibe em 30/12/2010, conforme atesto de recebimento firmado na própria nota pelo servidor municipal A. S. B.. Ocorre que a empresa Etina forneceu a esta Comissão as notas fiscais de aquisição dos notebooks, e nestas notas as datas de compra dos notebooks pela Etina são posteriores aquela fornecida à Prefeitura de Beberibe, 07/01/2011 e 22/02/2011 respectivamente. Fica a pergunta: como a Etina entregou os 207 notebooks em 30/12/2010 se a mesma adquiriu os equipamentos em 07/01/2011 e 22/02/2011, conforme informação da própria empresa? CONSTATAÇÃO

12 Deficiências nos registros e controles do almoxarifado da Prefeitura Municipal de Beberibe referentes à entrada de bens, evidenciando a não comprovação do recebimento de 207 notebooks nas datas atestadas por servidor da Prefeitura. a) Fato: Nos processos de pagamento do FUNDEB, parcela dos 40%, do Município de Beberibe, referentes à compra de 207 "notebooks" para a Secretaria Municipal de Educação, consta a NF-e nº , da empresa Étina Comercial de Informática LTDA, datada de 29/12/2010, com atesto do servidor responsável pelo Almoxarifado da Prefeitura Municipal de Beberibe, confirmando o recebimento dos equipamentos no dia 30/12/2010. A equipe de Fiscalização esteve no almoxarifado da Prefeitura Municipal de Beberibe, no dia 03/02/2012, e constatou que o registro do sistema informatizado do Almoxarifado não apresenta confiabilidade, visto que a data de entrada no almoxarifado é registrada de acordo com a data da nota fiscal, e não da efetiva entrada de bens e mercadorias. O servidor A.S.B. informou que há divergências em relação ao registrado e à efetiva entrega, visto que poderá haver um lapso temporal entre a entrada dos bens e a data da nota fiscal. O próprio servidor atestou, com carimbo da Prefeitura de Beberibe e rubrica, a entrada dos 207 "notebooks" em datas distintas: - na NF-e nº , o atesto de recebimento foi posto pelo servidor da Prefeitura no dia 30/12/2010;

13 - já no relatório do sistema do almoxarifado, o mesmo servidor atestou a entrada dos "notebooks" como sendo no dia 29/12/2010. Ressalta-se ainda, que o relatório está com data de 08/04/2011. Isto significa que o carimbo de atesto do servidor, juntamente com a rubrica do mesmo, foram postos nesta última data, portanto, muito posterior a 29/12/2010: 10 de 21

14 11 de 21 Assim, as divergências de datas atestadas demonstram fragilidade nos controles de entrada dos "notebooks" no almoxarifado da Prefeitura de Beberibe, não comprovando o recebimento dos equipamentos em data certa. Corrobora para o fato, a empresa Étina Comercial de Informática LTDA. ter adquirido, dos 207 "notebooks" entregues à Prefeitura de Beberibe, o total de 182 da empresa Ibyte Tecno Indústria e Comércio de Computadores LTDA., conforme NF-e , de 07/01/2011; e 25 "notebooks" da empresa Hangar 5 Indústria de Comércio Importação e Exportação de Materiais de Informática LTDA., conforme NF-e nº , de 22/02/2011, para fins de entrega à Prefeitura de Beberibe. Dessa forma, a data em que a empresa Étina Comercial de Informática LTDA. comprou os equipamentos nos fornecedores é posterior àquelas que foram registradas pela Prefeitura Municipal de Beberibe nos atestos de recebimento dos equipamentos, quais sejam 29/12/2010 (contante no relatório de entrada do sistema do almoxarifado) ou 30/12/2010 (constante na nota fiscal NF-e nº ). A fim de confirmar se houve ou não compra destes "notebooks" pela empresa Étina em data anterior a 30/12/2010, data em que teria sido entegue os equipamentos à Prefeitura de Beberibe, nos fornecedores Ibyte Tecno Indústria e Comércio de Computadores LTDA. e Hangar 5 Indústria de Comércio Importação e Exportação de Materiais de Informática LTDA, a equipe de fiscalização realizou circularização junto às respectivas empresas. A empresa Ibyte afirmou, em resposta à Circularização nº /2012/NAC1/CGU - Regional/CE, de 12/01/2012, que a data de saída dos equipamentos constantes na nota fiscal NF-e foi 07/01/2011, assim como não houve venda do mesmo "notebook" em data anterior a 07/01/2011 para a empresa Étina Comercial de Informática LTDA. Segue a nota de venda dos notebooks à empresa Étina Comercial de Informática LTDA, encaminhada pela Ibyte à equipe de fiscalização, em resposta à circularização:

15 Já a empresa Hangar 5 não foi localizada pela equipe de fiscalização no endereço constante no Sistema CNPJ da Receita Federal. 12 de 21

16 13 de 21 b) Manifestação da Unidade Examinada: A Prefeitura Municipal de Beberibe/CE apresentou justificativa por meio do Oficio nº 086/2012, de 25/01/2012, nos seguintes termos: O ponto em apreço não tem qualquer procedência, haja visto que a entrega dos equipamentos se deu, efetivamente em dois momentos distintos. A primeira entrega de Notebooks se deu na tarde do dia 29/12/2010, ficando a segunda partida para ser entregue na manhã do dia 30/12/2010, em face da quantidade de caixas, que excedeu a capacidade de carga do veículo utilizado. A Nota Fiscal, relativa aos produtos só foi emitida e entregue no dia 30/12/2010, e acompanhou a segunda remessa dos equipamentos, para efeito fiscal. Daí esta sensação de fragilidade nos controles internos do almoxarifado. Se houve alguma atecnia, esta foi de responsabilidade exclusiva da Contratada e não desta Prefeitura, que lançou, na Contabilidade e nos Registros de Entrada, a data constante da Nota Fiscal, procedimento normal e adequado para o controle interno do Setor. Ressaltamos que este fato não provocou e nem poderia provocar qualquer prejuízo financeiro ou operacional ao Contrato e à Prefeitura, sendo apenas um lapso da Licitante vencedora. Quanto à afirmativa, de que o Relatório de Entrada esta com data de 08/04/2011, o que poderia levar-se a crer que a entrada dos equipamentos deu-se apenas naquela data, não tem a menor validade, uma vez que este Relatório foi impresso em 08/04, como poderia ser em qualquer outra data. Para ilustrar o que afirmamos, fazemos anexar duas cópias do referido Relatório, com datas de 02/05/2011 e 05/03/2012, atestando, assim, que nada tem a ver com a efetiva entrada dos equipamentos. (Anexo 09). Quanto à afirmação de que a aquisição dos equipamentos, via Notas Fiscais N , de 07/01/2011, e N , de 22102/2011, das Empresas Ibyte e Hangar, se deu para a Prefeitura, afirmamos que não temos qualquer responsabilidade, uma vez que é da inteira responsabilidade dos fornecedores a emissão dos Documentos Fiscais, os quais não temos qualquer ingerência. Solicitamos esclarecimentos à Empresa Étina, sobre o fato em espécie, que nos respondeu, através do Ofício 91/2012, afirmando que, quando da entrega, não dispunha de estoque suficiente para honrar o compromisso assumido, complementando o estoque com a aquisição de equipamentos, realizada através de consignação em outros fornecedores de informática. (Anexo 10).. c) Análise do Controle Interno: Em que pese a justificativa apresentada, mantém-se a constatação apontada, tendo em vista que a manifestação do gestor corrobora para os fatos apontados nesta constatação, justamente quando admite que o "Relatório de Entrada do Sistema" pode ser emitido em qualquer data. Assim, o atesto colocado por servidor da Prefeitura no citado relatório em data anterior à data em que foi emitido, evidencia que a data efetiva de entrega dos equipamentos pela Étina nâo foi a data atestada. Portanto, não ficou comprovado pela Prefeitura de Beberibe a data efetiva de entrega dos equipamentos pela empresa Étina Comercial de Informática LTDA. Recomendação : 1 1. Comunicar o fato ao Tribunal de Contas Estadual/Municípios e ao Ministério Público Estadual; 2. Utilizar os resultados das fiscalizações para subsidiar a avaliação dos resultados do Fundeb preceituada no inciso VI do art. 30 e o planejamento da capacitação dos membros dos conselhos de que trata o inciso II do mesmo artigo 30, da lei /2007.

17 14 de 21 e) Conclusão sobre a situação verificada: Diante da deficiência dos controles de entrada de bens no almoxarifado da Prefeitura de Beberibe e de divergências de datas apostadas por servidor municipal nos atestos do servidor responsável na nota e no relatório dos sistema do almoxarifado, não ficou comprovado pela Prefeitura de Beberibe a data efetiva de entrega dos equipamentos pela empresa Étina Comercial de Informática LTDA. Ademais, constatou-se que a compra dos "notebooks" entregues à Prefeitura, no fornecedor Ibyte Tecno Indústria e Comércio de Computadores LTDA ocorreu em data posterior a 30/12/ OUTRAS AÇÕES A seguir apresentamos constatações identificadas por ocasião dos trabalhos realizados, agrupadas por Programa/Ação, e vinculadas aos respectivos órgãos superiores, relativas a situações não mencionadas na demanda original: 3.1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Programa: Brasil Escolarizado Objeto Examinado: Assegurar a participação da União, a título de complementação, na composição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB, de forma a garantir, no âmbito dos Estados onde o valor per capita do Fundo encontrar-se abaixo do valor mínimo nacional por aluno/ano, o alcance desse valor mínimo nacional. Agente Executor Local: Montante de Recursos Financeiros Aplicados: R$ ,88 Ordem de Serviço: Forma de Transferência: / MUNICIPIO DE BEBERIBE - PREFEITURA MUNICIPAL Não se Aplica CONSTATAÇÃO Evidências de montagem de pesquisa de preço para fins de elevação do preço de referência do Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP. a) Fato: De acordo com a Cotação de Preço nº , datada de 06/12/2010, fls. 04/10 do processo licitatório Pregão Presencial nº 007/2010EDUC-PP, foram realizadas pesquisas de preço junto à empresa PC Comércio de Papelaria Ltda. ME, CNPJ nº / , a qual apresentou o valor de R$ 2.099,00, à empresa Etina Comercial de Informática Ltda, CNPJ nº / , a qual apresentou o valor de R$ 1.950,00, e à empresa Maxi Distribuidora, CNPJ nº / , com o valor de R$ 1.450,00. Analisando-se as cotações, verificou-se que: 1 - as empresas Etina Comercial de Informática Ltda. e PC Comércio de Papelaria Ltda. ME apresentaram cotações com valores próximos e bem superiores à da empresa Maxi Distribuidora. O fato elevou o preço de referência da licitação;

18 15 de na cotação de preço da empresa PC comércio de papelaria Ltda. ME, no valor de R$ 2.099,00, fl. 07, consta o endereço Rua Boa Vista nº 1020, Bairro João XXIII, cidade Beberibe-CE. Entretanto, não existe essa Rua no Município; 3 - o resumo de cotação de preços tem o carimbo e rubrica da comissão de licitação nas fls. 05/06, no entanto, as planilhas de solicitação de cotação de preços estão carimbadas e rubricadas nas fls.07 à 10 do processo licitatório. Em visita realizada a duas das três empresas que foram consultadas pela Prefeitura de Beberibe para fins de cotação de preço do citado Pregão Presencial, da verificação dos registros cadastrais no sistema CNPJ e da pesquisa em circularizações anteriores, por ocasião de outros trabalhos desta CGU/Regional-CE, verificou-se que a empresa PC Comércio de Papelaria Ltda. ME (CNPJ / ), cito à Rua Aluísio Azevedo, nº 829-D, João XXIII, Fortaleza/CE, não funciona no endereço indicado. O local é constituído de uma galeria de pequenas salas comerciais, encontrando-se a sala referente à empresa, fechada. Segundo informações coletadas nos estabelecimentos das redondezas, nunca funcionou nenhum tipo de comércio no referido endereço, sendo que as salas do centro comercial não estão disponíveis para locação, permanecendo sempre fechadas. Através de contato telefônico com o número (85) , afixado em uma das salas do centro comercial com a placa de aluga-se, confirmou-se que a sala D está locada, porém, não está sendo utilizada, reforçando as evidências de empresa de fachada da PC Comércio de Papelaria Ltda. ME. Ressalte-se que foi realizada visita ao antigo endereço da PC Comércio de Papelaria Ltda. ME, quando constatou-se não haver movimento comercial no local, conforme relato de funcionários de estabelecimentos localizados nas redondezas. Já a empresa Étina Comercial de Informática Ltda. foi apontada em constatação do Relatório de Fiscalização nº 01677, de 26/07/2010, desta CGU-Regional/CE, que evidenciou irregularidades em licitações anteriores realizadas pela Prefeitura de Beberibe, tendo a empresa participado destas licitações. As evidências postas na constatação daquele relatório culminaram na manifestação encaminhada pela Prefeitura de Beberibe à CGU, por meio do documento s/n, datado de 20/9/2010, nos seguintes termos: "...Ressaltamos que já enviamos esta Constatação para a Assessoria Jurídica do Município para que providencie a instauração de Sindicância Administrativa, objetivando a apuração de suposto conluio...". Ainda assim, já tendo conhecimento de envolvimento da empresa em conluios com outras empresas na participação de processos licitatórios realizados por aquela municipalidade, esta procedeu coleta de preço que amparou a elaboração de custos, inclusa na dotação orçamentária e na solicitação de despesa nº , constante da fls. 03 do processo licitatório. Com base em levantamento de despesa, da mesma natureza, ocorrida em igual período da realização da pesquisa de preço efetuada pela Secretaria Municipal de Educação de Beberibe, verificou-se que: - um notebook Ibyte Active4-W7S(C2D2.0,2G,320,14) foi negociado à pessoa física pelo valor de R$ 1.387,99, conforme cupom fiscal nº , de 04/12/2010 emitido pela empresa Ibyte Tecno Ind. e Com. Comp. Ltda, CNPJ nº / :

19 *o valor em destaque, no cumpom fiscal, de R$ 2.775,98 refere-se à quantidade de dois equipamentos, tendo cada um o custo de R$ 1.387, de 21

20 17 de 21 - a N.F-e nº , emitida em 07/01/2011 pela empresa Ibyte Tecno Industria e Comercio de Computadores Ltda., CNPJ nº / , refere-se ao faturamento de um notebook Ibyte Active4 C2DI 66.2G,320,14 no valor de R$ 1.060,00: Portanto, as evidências apontam para a montagem do Mapa de Cotação de Preços, fls.04, com o

Número: 00205.000107/2010-31 Unidade Examinada: Município de Santo Amaro/BA.

Número: 00205.000107/2010-31 Unidade Examinada: Município de Santo Amaro/BA. Número: 00205.000107/2010-31 Unidade Examinada: Município de Santo Amaro/BA. Relatório de Demandas Externas n 00205.000107/2010-31 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de

Leia mais

Número: 00213.000058/2010-38 Unidade Examinada: Município de Portel/PA.

Número: 00213.000058/2010-38 Unidade Examinada: Município de Portel/PA. Número: 00213.000058/2010-38 Unidade Examinada: Município de Portel/PA. Relatório de Demandas Externas n 00213.000058/2010-38 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00213.000123/2010-25 Unidade Examinada: Município de Bujaru/PA

Número: 00213.000123/2010-25 Unidade Examinada: Município de Bujaru/PA Número: 00213.000123/2010-25 Unidade Examinada: Município de Bujaru/PA Relatório de Demandas Externas n 00213.000123/2010-25 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Relatório de Demandas Externas n 00190.012047/2013-59 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações

Leia mais

Número: 00225.000795/2012-63 Unidade Examinada: Município de Taubaté/SP

Número: 00225.000795/2012-63 Unidade Examinada: Município de Taubaté/SP Número: 00225.000795/2012-63 Unidade Examinada: Município de Taubaté/SP Relatório de Demandas Externas n 00225.000795/2012-63 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00224.000897/2010-27 Unidade Examinada: Município de Belo Horizonte/MG e Associação para Organização e Administração de Eventos, Educação e

Número: 00224.000897/2010-27 Unidade Examinada: Município de Belo Horizonte/MG e Associação para Organização e Administração de Eventos, Educação e Número: 00224.000897/2010-27 Unidade Examinada: Município de Belo Horizonte/MG e Associação para Organização e Administração de Eventos, Educação e Capacitação CAPACITAR. Relatório de Demandas Externas

Leia mais

Número: 00190.010534/2012-04. Unidade Examinada: Município de Diadema/SP

Número: 00190.010534/2012-04. Unidade Examinada: Município de Diadema/SP Número: 00190.010534/2012-04 Unidade Examinada: Município de Diadema/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.010534/2012-04 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00225.000175/2012-24 Unidade Examinada: Município de Mogi Guaçu/SP

Número: 00225.000175/2012-24 Unidade Examinada: Município de Mogi Guaçu/SP Número: 00225.000175/2012-24 Unidade Examinada: Município de Mogi Guaçu/SP Relatório de Demandas Externas n 00225.000175/2012-24 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00190.004342/2013-31 Unidade Examinada: Município de Marília/SP

Número: 00190.004342/2013-31 Unidade Examinada: Município de Marília/SP Número: 00190.004342/2013-31 Unidade Examinada: Município de Marília/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.004342/ 2013-31 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00190.010346/2010-14 Unidade Examinada: Município de Avanhandava/SP

Número: 00190.010346/2010-14 Unidade Examinada: Município de Avanhandava/SP Número: 00190.010346/2010-14 Unidade Examinada: Município de Avanhandava/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.010346/2010-14 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 04/2012/DENOR/SGCN/SECOM-PR Brasília, 20 de abril de 2012. Referência:

Leia mais

Número: 00218.001006/2012-09 Unidade Examinada: Universidade Federal Fluminense

Número: 00218.001006/2012-09 Unidade Examinada: Universidade Federal Fluminense Número: 00218.001006/2012-09 Unidade Examinada: Universidade Federal Fluminense Relatório de Demandas Externas n 00218.001006/2012-09 Sumário Executivo Este Relatório apresenta o resultado da ação de controle

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013 1. O que é Registro de Preços? PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013 O Sistema de Registro de Preços é "o conjunto de procedimentos para seleção de proposta

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República na Paraíba PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 Referência: Processo n.º 1.24.000.001591/2011-14. Interessado: OMEGATI COMÉRCIO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 25004.005767/2007-09 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI Dispõe sobre as atribuições dos agentes de compras

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PROCESSO N 2004.QXD.TCE.03953/07 ENTIDADE: PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ INTERESSADO: ANA KARINE SERRA LEOPÉRCIO PROMOTORA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE QUIXADÁ RESPONSÁVEIS: ANTÔNIO ALMEIDA VIANA PRESIDENTE

Leia mais

Número: 00201.000726/2012-90 Unidade Examinada: IBGE / RR

Número: 00201.000726/2012-90 Unidade Examinada: IBGE / RR Número: 00201.000726/2012-90 Unidade Examinada: IBGE / RR Relatório de Demandas Externas n 00221.000726/2012-90 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle desenvolvidas

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO GABINETE DO CONSELHEIRO ROBSON MARINHO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO GABINETE DO CONSELHEIRO ROBSON MARINHO Segunda Câmara Sessão: 8/4/2014 41 TC-001268/007/12 Representante(s): Dyar Indústria e Comércio de Móveis, Máquinas e Equipamentos Ltda. EPP. Representado(s): Prefeitura Municipal de Jacareí. Responsável(is):

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2008 PROCESSO Nº

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO - CGU-REGIONAL/MT MATRIZ DE PLANEJAMENTO - CONTRATOS EM GERAL E TERCEIRIZADOS

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO - CGU-REGIONAL/MT MATRIZ DE PLANEJAMENTO - CONTRATOS EM GERAL E TERCEIRIZADOS CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO - CGU-REGIONAL/MT MATRIZ DE PLANEJAMENTO - CONTRATOS EM GERAL E TERCEIRIZADOS 1. GERAL - O contrato contém todas as cláusulas essenciais e necessárias, define com precisão

Leia mais

Volume V. Suprimento de Fundos MACONFI. Manual de Procedimentos da Coordenadoria de Contabilidade e Finanças. 1ª Edição Janeiro / 2013

Volume V. Suprimento de Fundos MACONFI. Manual de Procedimentos da Coordenadoria de Contabilidade e Finanças. 1ª Edição Janeiro / 2013 Volume V Suprimento de Fundos MACONFI Manual de Procedimentos da Coordenadoria de Contabilidade e Finanças 1ª Edição Janeiro / 2013 Sumário 1. Conteúdo... 3 2. Conceitos... 3 3. Restrições à concessão

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DO ACRE

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DO ACRE PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DO ACRE RELATO GERENCIAL ESTADO DO ACRE 1. Trata o presente Relato

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2014 SCLCS - SISTEMA DE COMPRAS, LICITAÇÕES, CONTRATOS E SERVIÇOS N.º 01/2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2014 SCLCS - SISTEMA DE COMPRAS, LICITAÇÕES, CONTRATOS E SERVIÇOS N.º 01/2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2014 SCLCS - SISTEMA DE COMPRAS, LICITAÇÕES, CONTRATOS E SERVIÇOS N.º 01/2014 Versão: 01 Data de aprovação: 7 de outubro de 2014. Ato de aprovação: Resolução n.º 112 /2014 Unidade

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL FALHAS CONSTATADAS POR ÁREA DA GESTÃO

PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL FALHAS CONSTATADAS POR ÁREA DA GESTÃO PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL FALHAS CONSTATADAS POR ÁREA DA GESTÃO OBJETIVOS CONHECER AS PRINCIPAIS FALHAS POR ÁREAS DA GESTÃO PREVENIR A OCORRÊNCIA FUTURA DESSAS FALHAS APRESENTAÇÃO

Leia mais

Objeto: Aquisição de um Mamógrafo e um Digitalizador de Imagens, conforme especificações descritas no Anexo II Termo de Referência.

Objeto: Aquisição de um Mamógrafo e um Digitalizador de Imagens, conforme especificações descritas no Anexo II Termo de Referência. SOCORRO, 18 DE JUNHO DE 2015. À Exmo. Sr. Prefeito Municipal PROCESSO Nº 030/2015/PMES PREGÃO PRESENCIAL Nº 011/2015 Objeto: Aquisição de um Mamógrafo e um Digitalizador de Imagens, conforme especificações

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA: Auditoria de Gestão EXERCÍCIO: 2010 PROCESSO: 00190-015347/2011-28

Leia mais

Número: 00190.019840/2013-89 Unidade Examinada: Município de Boituva/SP.

Número: 00190.019840/2013-89 Unidade Examinada: Município de Boituva/SP. Número: 00190.019840/2013-89 Unidade Examinada: Município de Boituva/SP. Relatório de Demandas Externas n 00190.019840/2013-89 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Número: 00190.001435/2011-42 Unidade Examinada: Município de Pindamonhagaba/SP.

Número: 00190.001435/2011-42 Unidade Examinada: Município de Pindamonhagaba/SP. Número: 00190.001435/2011-42 Unidade Examinada: Município de Pindamonhagaba/SP. Relatório de Demandas Externas n 00190.001435/2011-42 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS ANEXO I AO DECRETO Nº 732, DE 6 DE MARÇO DE 2014. PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS Data: / / Nº: SECRETARIA MUNICIPAL DE SOLICITAÇÃO DE COMPRAS DE BENS E SERVIÇOS / TERMO DE REFERÊNCIA (art. 14 da Lei nº

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº : 00217.000181/2008-02 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 23087.000109/2007-14 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA 1 de 10 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA CERTIFICADO Nº :201108660 UNIDADE AUDITADA :110008 - MINISTERIO DA PESCA E

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

Brasília, 27 de maio de 2013.

Brasília, 27 de maio de 2013. NOTA TÉCNICA N o 20 /2013 Brasília, 27 de maio de 2013. ÁREA: Desenvolvimento Social TÍTULO: Fundo para Infância e Adolescência (FIA) REFERÊNCIAS: Lei Federal n o 4.320, de 17 de março de 1964 Constituição

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO ASSESSORIA JURÍDICA PROTOCOLO Nº 963.852/2010. INTERESSADA: Divisão de Licitações

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO ASSESSORIA JURÍDICA PROTOCOLO Nº 963.852/2010. INTERESSADA: Divisão de Licitações DEPARTAMENTO DO PROTOCOLO Nº 963.852/2010 INTERESSADA: Divisão de Licitações ASSUNTO: Contratação de empresa para a prestação de serviços de agenciamento, reserva e fornecimento de passagens aéreas e/ou

Leia mais

Resposta à Impugnação

Resposta à Impugnação GECOL/SSEAF, 11 de outubro de 2011. Assunto: Contratação de Fábrica de Software Resposta à Impugnação Diante da Impugnação recebida às 16h39 de 10/10/2011, do Edital do Pregão Eletrônico nº 22/2011, esta

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO INTERPOSTA PELA EMPRESA: R.V. CONSULT TRANSPORTES E LOGÍSTICA LTDA REFERENTE AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 035/2013

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO INTERPOSTA PELA EMPRESA: R.V. CONSULT TRANSPORTES E LOGÍSTICA LTDA REFERENTE AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 035/2013 RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO INTERPOSTA PELA EMPRESA: R.V. CONSULT TRANSPORTES E LOGÍSTICA LTDA REFERENTE AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 035/2013 Trata-se da análise da impugnação interposta às fls. 129/138,

Leia mais

Número: 00220000037-2008-17 Unidade Examinada: Município de Cerejeiras/RO

Número: 00220000037-2008-17 Unidade Examinada: Município de Cerejeiras/RO Número: 00220000037-2008-17 Unidade Examinada: Município de Cerejeiras/RO Relatório de Demandas Externas n 00220000037-2008-17 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO MUNICÍPIO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: DECISÓRIO FEITO: RECURSO ADMINISTRATIVO REFERÊNCIA: - Pregão Presencial nº.: 010/2011 PROCESSO nº.: 319/2011 RAZÕES: CLASSIFICAÇÃO DA PROPOSTA DAS

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2009 PROCESSO Nº

Leia mais

Número: 00225.000218/2013-52 Unidade Examinada: Município de Turmalina/SP.

Número: 00225.000218/2013-52 Unidade Examinada: Município de Turmalina/SP. Número: 00225.000218/2013-52 Unidade Examinada: Município de Turmalina/SP. Relatório de Demandas Externas n 00225.000218/2013-52 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

EMPENHO. O pagamento de despesas através de empenho é composto de etapas esplanadas no fluxograma anexo.

EMPENHO. O pagamento de despesas através de empenho é composto de etapas esplanadas no fluxograma anexo. EMPENHO O empenho da despesa é o ato emanado de autoridade competente que cria para o Estado obrigação de pagamento pendente ou não de implemento de condição (Art 58 da Lei 4.320/64). Nos comentários à

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 23036.000146/2007-28 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PROCESSO Nº 2006.ICA.PCS.12773/07 ENTIDADE: SECRETARIA DE TURISMO E ESPORTES DE ICAPUÍ INTERESSADO: JOSÉ EDILSON DA SILVA NATUREZA: CONTAS DE GESTÃO RELATOR: CONSELHEIRO MANOEL BESERRA VERAS INFORMAÇÃO

Leia mais

Presidência da República - Controladoria-Geral da União - Secretaria Federal de Controle Interno

Presidência da República - Controladoria-Geral da União - Secretaria Federal de Controle Interno Presidência da República - Controladoria-Geral da União - Secretaria Federal de Controle Interno Certificado: 201203352 Unidade Auditada: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 08/2013 *******************************

RESOLUÇÃO Nº 08/2013 ******************************* RESOLUÇÃO Nº 08/2013 ******************************* Promulgo a presente Resolução de conformidade com a legislação vigente. Em 30 de agosto de 2013. Silvio Rodrigues de Oliveira =Presidente da Câmara=

Leia mais

MANUAL PARA PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS

MANUAL PARA PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS MANUAL PARA PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS Elaboração: Rainer de Paula Coordenador de Monitoramento e controle PROPLAN/IFMG Dezembro de 2013 SUMÁRIO 1 SOLICITAÇÃO DE COMPRA... 3 2 ESTIMATIVA DE PREÇOS E PROPOSTAS...

Leia mais

ANEXO X ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Pregão para Registro de Preços nº 004/2015

ANEXO X ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Pregão para Registro de Preços nº 004/2015 ANEXO X ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Pregão para Registro de Preços nº 004/2015 1) DO OBJETO Constitui objeto desta especificação a contratação de empresa para o fornecimento de peças originais de reposição de

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso QUESTIONAMENTO 01 BRUNA APARECIDA SOUZA AO SR. PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO CERTAME DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO, PREGÃO ELETRÔNICO Nº 100/2015 - SRP, MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS. Prezados, bom dia! A

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS

REGULAMENTO DE COMPRAS REGULAMENTO DE COMPRAS A SPDM /PAIS Associação Paulista Para O Desenvolvimento da Medicina, vem por meio deste dar publicidade ao Regulamento Próprio utilizado contendo os procedimentos que adotará para

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO PLANO ANUAL DE AUDITORIA (PAA) 2014 Sumário: 1 INTRODUÇÃO... 4 2 DO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO (PALP)... 6 3 DAS ATIVIDADES DE MONITORAMENTO E ACOMPANHAMENTO.... 6 3.1 Apoio ao Tribunal de Contas

Leia mais

-------------------------------------- I GERAL ----------------------------------------

-------------------------------------- I GERAL ---------------------------------------- REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DO CATAVENTO E FÁBRICAS DE CULTURA -------------------------------------- I GERAL ---------------------------------------- Artigo 1º - Este regulamento

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 01350.000002/2007-76 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

Síntese do Relatório da CGU

Síntese do Relatório da CGU Síntese do Relatório da CGU Trata o presente documento de síntese do Relatório nº 201406949, da Controladoria Geral da União CGU, que dispõe sobre os trabalhos de auditoria, realizados por amostragem nos

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 06/2013 de 16 DE DEZEMBRO de 2013

PORTARIA NORMATIVA N 06/2013 de 16 DE DEZEMBRO de 2013 PORTARIA NORMATIVA N 06/2013 de 16 DE DEZEMBRO de 2013 Dispõe sobre a concessão, aplicação e prestação de contas de suprimento de fundos no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno PARECER N 123/2006 ORIGEM: Auditoria Regular DAE ASSUNTO: Departamento

Leia mais

Assunto: Representação acerca de procedimento licitatório - inexigibilidade.

Assunto: Representação acerca de procedimento licitatório - inexigibilidade. Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 323/94 - Segunda Câmara - Ata 44/94 Processo nº TC 625.141/94-6 Responsável: Dra. Marga Inge Barth Tessler, Juiza Federal Diretora do Foro. Órgão: Justiça

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

TÍTULO 17 VENDA DE PONTAS DE ESTOQUE DA CONAB Documento 2 - Edital de Venda de Pontas de Estoque

TÍTULO 17 VENDA DE PONTAS DE ESTOQUE DA CONAB Documento 2 - Edital de Venda de Pontas de Estoque REGULAMENTO DE VENDA CONAB/DIRAB/DECEG Nº 001/97 A COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO-CONAB, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento, torna público as condições

Leia mais

Dos fornecedores credenciados, 03 (três) incluíram propostas comerciais, conforme abaixo:

Dos fornecedores credenciados, 03 (três) incluíram propostas comerciais, conforme abaixo: ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 055/7068-2014, PARA O REGISTRO DE PREÇOS, PELO PRAZO DE 12 (DOZE) MESES, PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ORGANIZAÇÃO DE BUFÊ COM FORNECIMENTO DE ALIMENTOS,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2013 PROCESSO N 787-09.00/13-4

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2013 PROCESSO N 787-09.00/13-4 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2013 PROCESSO N 787-09.00/13-4 Contrato AJDG n.º 031/2013 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

OBRIGATORIEDADE DA EXIGÊNCIA DA CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS NAS LICITAÇÕES

OBRIGATORIEDADE DA EXIGÊNCIA DA CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS NAS LICITAÇÕES OBRIGATORIEDADE DA EXIGÊNCIA DA CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS NAS LICITAÇÕES A Lei 8.666/93 foi alterada em 11 de julho de 2011 (artigos 27 e 29), pela Lei 12.440, sendo implementada a exigência

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 001/2010 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 001/2010 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 001/2010 Estabelece normas e procedimentos para aquisição de serviços e recebimento, controle, guarda e distribuição de materiais permanentes e de consumo no âmbito do Poder Legislativo

Leia mais

ANEXO IV ORIENTAÇÕES E FORMULÁRIOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS

ANEXO IV ORIENTAÇÕES E FORMULÁRIOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXO IV ORIENTAÇÕES E FORMULÁRIOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS Em conformidade às competências do CAU/BR previstas na Lei nº 12.378/2010 e em seu Regimento Geral, são apoiados projetos que contribuem para

Leia mais

Número: 00190.023433/2010-23 Unidade examinada: Alto Paraíso de Goiás/GO

Número: 00190.023433/2010-23 Unidade examinada: Alto Paraíso de Goiás/GO Número: 00190.023433/2010-23 Unidade examinada: Alto Paraíso de Goiás/GO Relatório de Demandas Externas n 00190.023433/2010-23 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

PORTARIA Nº 572, DE 22 DE MARÇO DE 2010

PORTARIA Nº 572, DE 22 DE MARÇO DE 2010 PORTARIA Nº 572, DE 22 DE MARÇO DE 2010 O MINISTRO DE ESTADO DO CONTROLE E DA TRANSPARÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II do parágrafo único do art. 87 da Constituição, nos termos

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Número: 00209.000506/2009-29 Unidade Examinada: Município de Alcântara/MA

Número: 00209.000506/2009-29 Unidade Examinada: Município de Alcântara/MA Número: 00209.000506/2009-29 Unidade Examinada: Município de Alcântara/MA Relatório de Demandas Externas n 00209.000506-2009-29 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. PORTARIA Nº 372/2014-GR, de 17 de março de 2014.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. PORTARIA Nº 372/2014-GR, de 17 de março de 2014. PORTARIA Nº 372/2014-GR, de 17 de março de 2014. A DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, e tendo em vista o que consta no Processo UFRPE Nº 23082.022258/2012-41,

Leia mais

ANEXO IV MINUTA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE AQUISIÇÃO DE BOLSA PASTA PARA NOTEBOOKS PREGÃO ELETRÔNICO DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 006/2011

ANEXO IV MINUTA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE AQUISIÇÃO DE BOLSA PASTA PARA NOTEBOOKS PREGÃO ELETRÔNICO DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 006/2011 ANEXO IV MINUTA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE AQUISIÇÃO DE BOLSA PASTA PARA NOTEBOOKS PREGÃO ELETRÔNICO DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 006/2011 Compromisso celebrado entre o Estado do Rio de Janeiro, por intermédio

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA Outubro de 2013 1 1 OBJETO Prestação de Serviço de Manutenção da licença

Leia mais

FLUXO 360 TERMOS E CONDIÇO ES

FLUXO 360 TERMOS E CONDIÇO ES FLUXO 360 TERMOS E CONDIÇO ES CADASTRO DE CLIENTES Recebimento de equipamentos somente com cadastro completo; O cadastro do e-mail é obrigatório; É de responsabilidade do cliente manter seus dados sempre

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2008 PROCESSO Nº

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2012 Licitações e Contratos

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2012 Licitações e Contratos RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2012 Licitações e Contratos 1. INTRODUÇÃO Em atenção ao preceituado no item nº 11 do PAINT/2012, devidamente aprovado ad referendum pelo Reitor da UNIFAL-MG, em 28/12/2011

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO

RIO GRANDE DO SUL CONTROLE INTERNO 1/15 A Coordenadoria do Sistema de Controle Interno do Município, considerando: - O volume de recursos recebidos pelo Município a título de repasse de outros entes da Federação via Convênio ou Contrato

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RORAIMA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RORAIMA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RORAIMA TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 018 /2011/CSCI Versão: 01 Aprovação em: 17 de novembro de 2011 Ato de Aprovação: 018/2011 Unidades Responsáveis: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO - RELATÓRIO DE AUDITORIA nº 07/ 2012 Página 1 de 5 SUMÁRIO EXECUTIVO

SUMÁRIO EXECUTIVO - RELATÓRIO DE AUDITORIA nº 07/ 2012 Página 1 de 5 SUMÁRIO EXECUTIVO SUMÁRIO EXECUTIVO - RELATÓRIO DE AUDITORIA nº 07/ 2012 Página 1 de 5 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO AUDITORIA INTERNA SUMÁRIO EXECUTIVO Documento: Relatório de Auditoria EBC nº

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE AUDITORIA

RELATÓRIO FINAL DE AUDITORIA RELATÓRIO FINAL DE AUDITORIA Relatório AUDIN nº 01/2014 Tipo de auditoria: Especial Ação de auditoria: Acúmulo de cargos Área: Recursos Humanos 1. ESCOPO DOS EXAMES Em resposta ao Ofício da Reitoria UFABC/REIT

Leia mais

Apresentação PostgreSQL 8.2/ 8.3 Domingos Martins ES

Apresentação PostgreSQL 8.2/ 8.3 Domingos Martins ES Apresentação 1 PostgreSQL 8.2/ 8.3 Domingos Martins ES v. 1.0 2 Introdução: O foi desenvolvido com o objetivo de simplificar e agilizar o processo de aquisição de materiais e serviços, atendendo as exigências

Leia mais

SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03

SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03 SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03 Capítulo I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO RELATÓRIO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO RELATÓRIO DE AUDITORIA 1 de 6 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO TIPO DE AUDITORIA : ESPECIAL UNIDADE AUDITADA : HOSPITAL FEDERAL DE BONSUCESSO CÓDIGO : 250042 CIDADE : Rio de Janeiro/RJ RELATÓRIO Nº : 201204188

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 O Instituto Tribos Jovens, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Rua Saldanha

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA 1 de 5 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA CERTIFICADO Nº : 201109414 UNIDADE AUDITADA :225001 - CIA.DE ENTREPOSTOS E ARMAZENS

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007

LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007 LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007 Súmula: Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno Municipal, nos termos do artigo 31 da Constituição Federal e do artigo 59 da Lei Complementar n 101/2000 e cria a

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº : 04600.001267/2008-71 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS O MOVIMENTO DAS DONAS DE CASA E CONSUMIDORES DE MINAS GERAIS MDC, doravante denominada OSCIP, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ sob o n. 20.966.842/0001-00, com

Leia mais

LICITAÇÃO N 003/2014 CARTA CONVITE N 003/2014

LICITAÇÃO N 003/2014 CARTA CONVITE N 003/2014 LICITAÇÃO N 003/2014 CARTA CONVITE N 003/2014 O PREFEITO MUNICIPAL DE ESPERANÇA DO SUL/RS., no uso de suas atribuições legais, e em conformidade com a Lei 8666/93, alterações posteriores e legislação pertinente,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL Departamento de Administração Divisão de Material e Patrimônio Seção de Compras

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL Departamento de Administração Divisão de Material e Patrimônio Seção de Compras PROPOSTA DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 025 / 2009. Senhor Chefe da DMP, Considerando o Despacho DTI/DG/PGT N 017 ( fl. 02), o Memorando 07/2009/ASCOM (fl. 08), o despacho de V.Sa. (fl.10-verso), e as propostas

Leia mais