Em, janeiro, as escolas ficam com a corda toda. Confira o que você encontra na edição:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Em, janeiro, as escolas ficam com a corda toda. Confira o que você encontra na edição:"

Transcrição

1

2 Em, janeiro, as escolas ficam com a corda toda. Confira o que você encontra na edição: Brincadeiras e jogos Atividades escritas baseadas em brincadeiras Origem das brincadeiras Cartaz volta às aulas Projeto Copa do Mundo 2014 Formação de professores planejamento parte 1 Arte cooperativa Atividades com sucessos do cinema em 2014 TOTAL DE PÁGINAS DA EDIÇÃO: 101

3

4 ATENÇÃO: A ATIVIDADE TEM AINDA AS CARTELAS DE BINGO E AS RESPOSTAS DO PROFESSOR. Nome: Data: Professora: BINGO MATEMÁTICO Este bingo é diferente, pois, para jogar, o participante precisa resolver adições. Cada participante deve receber uma cartela diferente. O cantador do bingo deve falar os três números que deverão ser somados. O participante que tiver os três números deverá fazer a soma e preencher o resultado no espaço vazio. Quem tiver os três conjuntos de números chamados e fizer os cálculos corretamente, vence o jogo.

5

6 ATENÇÃO: A ATIVIDADE TEM UM TOTAL DE 4 PAGINAS. APENAS 1 PÁGINA DE AMOSTRA. NOME: DATA: PROFESSORA: AMARELINHA DIFERENTE Aprenda um novo jogo e divirta-se. Comece desenhando o campo do jogo no chão, quase como se fosse a amarelinha. Com um giz, desenhe um grande retângulo de 3 a 5 metros aproximadamente; em seguida divida-o em sete partes. Desenhe um semicírculo em uma extremidade e escreva o nome de um país. COMO JOGAR BRASIL 1. Os jogadores devem se posicionar fora do retângulo, a um metro de distância da parte onde não foi desenhado o semicírculo. 2. O jogo começa com um deles jogando uma pedrinha sobre o tabuleiro desenhado no chão. 3. Quando a pedra cair dentro de uma área do tabuleiro, o jogador inicia sua marcação, desenhando com giz uma pessoa, começando com uma cabeça ou um círculo. 4. Nas jogadas seguintes, cada jogador deve tentar jogar a pedra no local onde já desenhou um cabeça e, então, deverá adicionar o corpo, depois uma perna e depois outra perna. 5. Quando tiver completado um desenho (uma cabeça, um corpo e duas pernas), ele começa uma nova pessoa quando a pedra cair no mesmo espaço. 6. Se a pedra cair no semicírculo onde está escrito o nome de um país, o jogador poderá escolher um espaço e desenhar uma cabeça ou adicionar uma parte do corpo de uma pessoa que ele já começou a desenhar.

7 .

8 ATENÇÃO: ATIVIDADE COM 3 PÁGINAS. APENAS 1 NA AMOSTRA. Nome: Data: Professora: Objetivos: ampliar conhecimentos culturais, aprimorar a interpretação de textos e produzir textos coerentes, preocupando-se ainda com a coesão. Se você não lembra quem é Malévola, já deve pelo menos tê-la visto alguma vez em sua vida. Até o momento, ela ficou eternizada por ter participado do desenho de longa metragem A Bela Adormecida, produzido pelos estúdios Walt Disney. MALÉVOLA! Ultimamente, os vilões têm ganhado bastante destaque entre o público e, apostando nisso, a Disney apostou em um filme no qual a grande vilã de Bela Adormecida é a protagonista. Com estreia marcada para maio de 2014 e com Angelina Jolie no papel principal, o filme, antes mesmo de ser lançado, está dando o que falar. No filme, Malévola é uma bela e ingênua jovem que leva uma vida campestre, crescendo em um reino pacífico, até que um exército ameaça a harmonia da região. Malévola se torna a protetora local, porém acaba sendo vítima de uma traição, que transforma seu coração tão puro em pedra. Para se vingar, enfrenta uma batalha épica contra o rei dos humanos e amaldiçoa sua filha recém-nascida, Aurora, a Bela Adormecida. A aposta no filme é tão alta, que terá até uma linha de cosméticos em estilo dark, inspirada na protagonista, além de alguns outros produtos que ainda serão divulgados em data mais próxima à estreia do filme.

9

10 ATENÇÃO: APENAS 1 PÁGINA NA AMOSTRA. O DOCUMENTO TEM 11 PÁGINAS. Justificativa: a Copa do Mundo é um evento de caráter internacional, que costuma atingir diretamente o público dos países participantes de uma forma como nenhum outro evento faz. Este ano, teremos a Copa em nosso país e nada melhor que um evento dessa magnitude para explorar curiosidades e ensinar conceitos e valores, já que os alunos estarão atentos à tudo o que se refere a este evento. Além disso, o tema dá a oportunidade da realização de um trabalho bem completo, que pode ser realizado por todas as turmas da escola. Objetivos: Desenvolver estratégias de leitura; Refletir sobre a escrita; Perceber a necessidade das regras em convívio social; Reconhecer a importância do gênero notícia, notando seu caráter informativo; Ampliar conhecimentos culturais; Compreender melhor as regras do futebol; Notar valores humanos referentes ao evento, de modo a compreender que é preciso respeitar os demais, manter a união e ter atitudes bem intencionadas durante os jogos; Desenvolver habilidades e competências ligadas à pesquisa; Aprimorar o raciocínio lógico matemático por meio de situações propostas pelo professor, que englobem números ligados ao tema. Duração do projeto: quatro meses Desenvolvimento:

11

12 ATENÇÃO: A FORMAÇÃO COMPLETA TEM 6 PÁGINAS. APENAS 1 DE AMOSTRA. Formação de professores Especial Planejamento Parte 1 Início de ano letivo... Início de ano é sinônimo de planejamento nas escolas. Esta parte do trabalho do professor é essencial ao desenvolvimento de uma boa rotina e também de bons resultados ao final do ano letivo. Embora planejar seja algo corriqueiro em nossas vidas, quando se trata de planejamento escolar, muitos professores apresentam dúvidas sobre o que escolher como parte de seu plano anual. Para ajudar a escolha, temos no Brasil os PCNs ( Parâmetros Curriculares Nacionais ), que é o documento que nos auxilia a direcionar nossos objetivos e escolher os conteúdos a serem tratados. Algo que não facilita muito é a delimitação desse documento, pois foi elaborado de forma a dar certa autonomia à escola, para uso dos conteúdos entre duas séries a princípio. Cabe ao professor e à escola decidir quais serão os conteúdos de determinada série, obedecendo aos limites dos Parâmetros. Na teoria parece ótimo, mas será que na prática é realmente assim? Bem, embora os professores elaborem, geralmente, seu planejamento com base nesses Parâmetros, nem sempre é possível segui-lo à risca. São muitos os fatores que dificultam o bom alinhamento do que foi planejado e o que se faz na sala de aula. Nós, seres humanos, temos uma tendência ao prático e à experiência. Por mais que tentemos nos ater à teoria, para aprimorar nossas habilidades e competências, não há como negar que nossa parcela prática fala sempre mais alto. No momento em que estamos na aula, sabemos o que aqueles alunos precisam dominar de conteúdos para poder caminhar para o próximo ano escolar, mas nem sempre, ao nos depararmos com o calor da aula, é possível pensar friamente que temos um planejamento anual e que delimitamos alguns objetivos para um bimestre ou trimestre e menos ainda que devemos elaborar atividades baseadas nesses dois tipos de planejamento.

13

Serão suficientes quatro cores para pintar um mapa plano de forma a que dois países vizinhos não partilhem a mesma cor?

Serão suficientes quatro cores para pintar um mapa plano de forma a que dois países vizinhos não partilhem a mesma cor? MAPA DAS QUATRO CORES Um dos mais famosos problemas em Matemática, relacionado com gráfico e regiões, é o problema do mapa das quatro cores. Serão suficientes quatro cores para pintar um mapa plano de

Leia mais

METODOLOGIA E PRÁTICA DO ENSINO DA MATEMÁTICA

METODOLOGIA E PRÁTICA DO ENSINO DA MATEMÁTICA Unidade II METODOLOGIA E PRÁTICA DO ENSINO DA MATEMÁTICA E CIÊNCIAS Prof. Me. Guilherme Santinho Jacobik Recursos para o planejamento das aulas Resolução de problemas. Portadores numéricos. Lúdico: Jogos,

Leia mais

As estrelas são bastante inspiradoras... Confira os assuntos tratados na revista:

As estrelas são bastante inspiradoras... Confira os assuntos tratados na revista: As estrelas são bastante inspiradoras... Confira os assuntos tratados na revista: Natal Extraterrestres Signos Super Mário Galaxy Signos Star Wars Dicas de fim de ano Feliz ano novo, adeus ano velho TOTAL

Leia mais

Calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas

Calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas Calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas A UU L AL A Vamos supor que você seja dono de uma pequena empresa mecânica e alguém lhe encomende 10.000 peças de fixação, que deverão ser fabricadas

Leia mais

Potenciação e radiciação

Potenciação e radiciação Sequência didática para a sala de aula 6 MATEMÁTICA Unidade 1 Capítulo 6: (páginas 55 a 58 do livro) 1 Objetivos Associar a potenciação às situações que representam multiplicações de fatores iguais. Perceber

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO - PIBID. Professoras: Fernanda Menegotto, Jéssica Tumelero, Leidi Simonini, Maiara Ghiggi e Patricia Balbinot.

COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO - PIBID. Professoras: Fernanda Menegotto, Jéssica Tumelero, Leidi Simonini, Maiara Ghiggi e Patricia Balbinot. COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO - PIBID Plano de aula ABRIL E MAIO de 2014 Professoras: Fernanda Menegotto, Jéssica Tumelero, Leidi Simonini, Maiara Ghiggi e Patricia Balbinot. Supervisora: Raquel

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Bianca Bitencourt da Silva 1.2 Público alvo: 8º e 9º anos 1.3 Duração: 2,5 horas 1.4 Conteúdo desenvolvido: Operações com números inteiros

Leia mais

Tudo vem dos sonhos. Primeiro sonhamos, depois fazemos.

Tudo vem dos sonhos. Primeiro sonhamos, depois fazemos. Nível 1 5 a e 6 a séries do Ensino Fundamental 2ª FASE - 8 de outubro de 2005 Cole aqui a etiqueta com os dados do aluno. Nome do(a) aluno(a): Assinatura do(a) aluno(a): Parabéns pelo seu desempenho na

Leia mais

O JOGO COMO METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA (MULTIPLICAÇÃO - TABUADA)

O JOGO COMO METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA (MULTIPLICAÇÃO - TABUADA) O JOGO COMO METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA (MULTIPLICAÇÃO - TABUADA) 3º ANO Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Março/2015 1 JOGOS PARA O ENSINO DA MULTIPLICAÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) NOME DO LIVRO: O MENINO QUE APRENDEU A VER

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) NOME DO LIVRO: O MENINO QUE APRENDEU A VER PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): JANETE FASSINI ALVES NOME DO LIVRO: O MENINO QUE APRENDEU A VER AUTOR: RUTH ROCHA Competências Objetivo Geral Objetivos específicos Estratégias em Língua Portuguesa

Leia mais

O PENSAMENTO ALGÉBRICO

O PENSAMENTO ALGÉBRICO NOME: ANO: 8º ENSINO: FUNDAMENTAL TURMA: DATA: / / PROF(ª): GREGORIO TOMAS GONZAGA LÓGICA E MATEMÁTICA - APOSTILA (2º BIMESTRE) IMPORTANTE 1 Organize-se, guardando cada lista de exercícios que receber

Leia mais

7ª série / 8º ano do Ensino Fundamental

7ª série / 8º ano do Ensino Fundamental 7ª série / 8º ano do Ensino Fundamental Instruções: 1. Você deve estar recebendo um caderno com 8 questões. Verifique, portanto, se está completo, e, caso haja algum problema, solicite outro ao fiscal

Leia mais

é um círculo A tampa A face é um retângulo

é um círculo A tampa A face é um retângulo No cotidiano, estamos cercados de objetos que têm diferentes formas. Por exemplo, uma caixa de papelão: suas faces são retângulos, e a caixa é um paralelepípedo. Outro exemplo: uma lata de óleo tem a forma

Leia mais

ATENÇÃO PARA O BOLETIM DO SEU FILHO!!

ATENÇÃO PARA O BOLETIM DO SEU FILHO!! ATENÇÃO PARA O BOLETIM DO SEU FILHO!! Denominação Abreviação Porcentagem Equivalente Ótimo OT 100% a 90% Muito bom MB 89% a 81% Bom B 80% a 70% Regular R 69% a 50% Insuficiente I menos de 50% Ficou com

Leia mais

Matéria: Matemática Assunto: Unidade de Tempo Prof. Dudan

Matéria: Matemática Assunto: Unidade de Tempo Prof. Dudan Matéria: Matemática Assunto: Unidade de Tempo Prof. Dudan Matemática Sistema de Medida de Tempo Medidas de tempo É comum em nosso dia-a-dia pergunta do tipo: Qual a duração dessa partida de futebol? Qual

Leia mais

Brincando com operações de adição e subtração; unidade, dezena e centena; horas; números pares e ímpares e sequência numérica

Brincando com operações de adição e subtração; unidade, dezena e centena; horas; números pares e ímpares e sequência numérica PPGECE Brincando com operações de adição e subtração; unidade, dezena e centena; horas; números pares e ímpares e sequência numérica Contextualização Maria Madalena Dullius Adriana Belmonte Bergmann Fernanda

Leia mais

O currículo do Ensino Religioso: formação do ser humano a partir da diversidade cultural

O currículo do Ensino Religioso: formação do ser humano a partir da diversidade cultural O currículo do Ensino Religioso: formação do ser humano a partir da diversidade cultural Prof. Ms. Henri Luiz Fuchs Pedagogo e teólogo. Professor no Centro Universitário La Salle, Canoas, RS. Integrante

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática. 7 11 do total de shapes, 2. segunda semana, na terceira semana,

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática. 7 11 do total de shapes, 2. segunda semana, na terceira semana, GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 7 o ano do Ensino Fundamental Turma 2 o semestre de 2014 Data / / Escola Aluno 16 Questão 01 A empresa

Leia mais

PROJETO PILOTO O uso do Material Dourado como ferramenta para compreender o Sistema de Numeração Decimal-posicional.

PROJETO PILOTO O uso do Material Dourado como ferramenta para compreender o Sistema de Numeração Decimal-posicional. ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM DO RÊGO CAVALCANTI PROJETO PILOTO O uso do Material Dourado como ferramenta para compreender o Sistema de Numeração Decimal-posicional. Ipojuca/2012 O uso do Material Dourado como

Leia mais

Oficina de Jogos. Jorge Sabatucci. Universidade Federal de Minas Gerais

Oficina de Jogos. Jorge Sabatucci. Universidade Federal de Minas Gerais Oficina de Jogos Jorge Sabatucci Universidade Federal de Minas Gerais 1 o Colóquio da Região Sudeste Abril de 2011 Prefácio Neste encontro trabalharemos com algumas atividades utilizadas no projeto VISITAS

Leia mais

Programa de Matemática 2º ano

Programa de Matemática 2º ano Programa de Matemática 2º ano Introdução: A Matemática é uma das ciências mais antigas e é igualmente das mais antigas disciplinas escolares, tendo sempre ocupado, ao longo dos tempos, um lugar de relevo

Leia mais

Boas situações de Aprendizagens. Atividades. Livro Didático. Currículo oficial de São Paulo

Boas situações de Aprendizagens. Atividades. Livro Didático. Currículo oficial de São Paulo Atividades Boas situações de Aprendizagens Livro Didático Currículo oficial de São Paulo LÓGICA NUMA CONCEPÇÃO QUE SE APOIA EXCLUSIVAMENTE EM CONTEÚDOS E ATIVIDADES Enfoque fragmentado, centrado na transmissão

Leia mais

Reforço em Matemática. Professora Daniela Eliza Freitas. Disciplina: Matemática

Reforço em Matemática. Professora Daniela Eliza Freitas. Disciplina: Matemática Reforço em Matemática Professora Daniela Eliza Freitas Disciplina: Matemática PROPOSTA PEDAGÓGICA Justificativa: Existe um grande número de alunos que chegam no ensino médio sem saberem a matemática básica

Leia mais

MATEMÁTICA ENSINO FUNDAMENTAL

MATEMÁTICA ENSINO FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP PARABÉNS!!! VOCÊ JÁ É UM VENCEDOR! Voltar a estudar é uma vitória que poucos podem dizer que conseguiram. É para você, caro aluno, que desenvolvemos esse material.

Leia mais

COPA DO MUNDO NA ESCOLA B.F.C

COPA DO MUNDO NA ESCOLA B.F.C COPA DO MUNDO NA ESCOLA B.F.C Responsável: Profº. Rafael da Costa Colaboradores: Profª. Sueli Alves de Oliveira, Profª. Berenice T Grube e Progetec. Edivaldo S de Abreu INTRODUÇÃO Um dos esportes mais

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA I MATEMÁTICA - ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA I MATEMÁTICA - ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA I MATEMÁTICA - ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO Título do Podcast Área Segmento Duração Geometria do Cotidiano Ciências da Natureza I Matemática Ensino

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Combinatória - Nível 2. Jogos. 1. Simetria. Prof. Bruno Holanda

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Combinatória - Nível 2. Jogos. 1. Simetria. Prof. Bruno Holanda Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Combinatória - Nível 2 Prof. Bruno Holanda Aula 6 Jogos Quando falamos em jogos, pensamos em vários conhecidos como: xadrez, as damas e os jogos com baralho. Porém,

Leia mais

Solução da prova da 2a fase OBMEP 2014 Nível 2. Questão 1. item a)

Solução da prova da 2a fase OBMEP 2014 Nível 2. Questão 1. item a) Questão 1 Cada nova pilha tem dois cubinhos a mais em sua base. Assim, como a terceira pilha tem 5 cubinhos em sua base, a quarta pilha tem 5 + 2 = 7 cubinhos e a quinta pilha tem 7 + 2 = 9 cubinhos em

Leia mais

Medida de ângulos. Há muitas situações em que uma pequena

Medida de ângulos. Há muitas situações em que uma pequena A UUL AL A Medida de ângulos Há muitas situações em que uma pequena mudança de ângulo causa grandes modificações no resultado final. Veja alguns casos nos quais a precisão dos ângulos é fundamental: Introdução

Leia mais

Usando potências de 10

Usando potências de 10 Usando potências de 10 A UUL AL A Nesta aula, vamos ver que todo número positivo pode ser escrito como uma potência de base 10. Por exemplo, vamos aprender que o número 15 pode ser escrito como 10 1,176.

Leia mais

Resolução da Prova de Raciocínio Lógico do STJ de 2015, aplicada em 27/09/2015.

Resolução da Prova de Raciocínio Lógico do STJ de 2015, aplicada em 27/09/2015. de Raciocínio Lógico do STJ de 20, aplicada em 27/09/20. Raciocínio Lógico p/ STJ Mariana é uma estudante que tem grande apreço pela matemática, apesar de achar essa uma área muito difícil. Sempre que

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática. 3ª Série do Ensino Médio Turma 2º bimestre de 2015 Data / / Escola Aluno

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática. 3ª Série do Ensino Médio Turma 2º bimestre de 2015 Data / / Escola Aluno AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 3ª Série do Ensino Médio Turma 2º bimestre de 2015 Data / / Escola Aluno Questão 1 O perímetro de um piso retangular de cerâmica mede 14 m e sua área, 12

Leia mais

Resolução de problemas, diversificar para estimular diferentes habilidades de raciocínio

Resolução de problemas, diversificar para estimular diferentes habilidades de raciocínio Resolução de problemas, diversificar para estimular diferentes habilidades de raciocínio Ler e buscar informações... Segundo Smole & Diniz, em qualquer área do conhecimento, a leitura deve possibilitar

Leia mais

Exercícios de Matemática para Concurso Público. Lógica Matemática

Exercícios de Matemática para Concurso Público. Lógica Matemática Exercícios de Matemática para Concurso Público Lógica Matemática TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Um jogo é disputado por duas pessoas em um tabuleiro quadrado 5 5. Cada jogador, de maneira alternada, escolhe

Leia mais

Orientações gerais. Apresentação

Orientações gerais. Apresentação Apresentação O professor no Ensino Fundamental anos iniciais é um profissional polivalente e portanto seu campo de atuação é amplo. Seu dever é aproximar o aluno das quatro áreas do conhecimento: Linguagem

Leia mais

Polígonos e mosaicos

Polígonos e mosaicos A UUL AL A Polígonos e mosaicos A regularidade de formas encontradas na natureza tem chamado a atenção do ser humano há muitos séculos. Ao observar e estudar essas formas, o homem tem aprendido muitas

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO EM MATEMÁTICA Manual do Professor Módulo 3 Números Inteiros e Racionais Negativos

PROJETO DE RECUPERAÇÃO EM MATEMÁTICA Manual do Professor Módulo 3 Números Inteiros e Racionais Negativos PROJETO DE RECUPERAÇÃO EM MATEMÁTICA Manual do Professor Módulo 3 Números Inteiros e Racionais Negativos Prezado(a) Professor(a) Este manual de orientações tem a finalidade de sugerir um planejamento das

Leia mais

Todas as crianças possuem um conjunto de experiências e. saberes que foram acumulando ao longo da sua vida, no contacto

Todas as crianças possuem um conjunto de experiências e. saberes que foram acumulando ao longo da sua vida, no contacto I Descrição do Projecto Introdução Todas as crianças possuem um conjunto de experiências e saberes que foram acumulando ao longo da sua vida, no contacto como meio que as rodeia. Cabe à escola valorizar,

Leia mais

0. Objectivo. 1. Erros no remate. 1.1. Ângulo de erro

0. Objectivo. 1. Erros no remate. 1.1. Ângulo de erro 0. Objectivo Vamos ver como algumas situações nos jogos de futebol podem ser estudadas de um ponto de vista matemático. Para isso, vamos considerar um modelo muito simplificado do que acontece realmente

Leia mais

PROVA DE REDAÇÃO. A partir da leitura dos textos 1 e 2, desenvolva o seguinte tema: A GERAÇÃO NEM-NEM E O FUTURO DO PAÍS

PROVA DE REDAÇÃO. A partir da leitura dos textos 1 e 2, desenvolva o seguinte tema: A GERAÇÃO NEM-NEM E O FUTURO DO PAÍS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO 2016 CADERNO DE REDAÇÃO INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Você deverá ter recebido o Caderno com a Proposta de Redação, a

Leia mais

DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO INTRODUÇÃO O curso de Engenharia de Produção da Escola Superior de Tecnologia e Educação de

Leia mais

Plano 7 - Jogo do Alvo Junho/2015

Plano 7 - Jogo do Alvo Junho/2015 ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI Plano 7 - Jogo do Alvo Junho/2015 Bolsistas: Mévelin Maus e Natacha Subtil Supervisora: Marlete Basso Romam Disciplina: Matemática Série: 8º ano Ensino Fundamental

Leia mais

Oficina: Jogar para gostar e aprender matemática. Profa. Dra. Adriana M. Corder Molinari dri.molinari@uol.com.br

Oficina: Jogar para gostar e aprender matemática. Profa. Dra. Adriana M. Corder Molinari dri.molinari@uol.com.br Oficina: Jogar para gostar e aprender matemática Profa. Dra. Adriana M. Corder Molinari dri.molinari@uol.com.br 1 Implicações do Jogo Quatro Cores: Para jogar bem, é preciso economia de cores e consideração

Leia mais

Programa Competências Transversais

Programa Competências Transversais Programa Competências Transversais o Consumo Consciente de Energia o Desenho Arquitetônico o Educação Ambiental o Empreendedorismo o Fundamentos de Logística o Finanças Pessoais o Legislação Trabalhista

Leia mais

Aula expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva

Aula expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva. Aula teórica expositiva Componente Curricular: Biologia Professor (a): Aline Danieli da Silva Ano/ Série: 1 Turma: A e B Mês: Maio Data Habilidades Objetivos para adaptação curricular 04-05 Identificar quais as vitaminas Identificar

Leia mais

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar?

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Vamos aos requisitos!! Se formar diretora até 1 de agosto

Leia mais

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL. Silvia Helena Vieira Cruz

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL. Silvia Helena Vieira Cruz A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Silvia Helena Vieira Cruz INTRODUÇÃO Os ganhos decorrentes das experiências vividas pelas crianças em creches e pré-escolas dependem diretamente

Leia mais

Plano de Aula Integrado com Hipermídia

Plano de Aula Integrado com Hipermídia Plano de Aula Integrado com Hipermídia Sumário Estrutura Curricular Dados da Aula Duração das atividades Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Estratégias e recursos da aula Recursos

Leia mais

COMO JOGAR SINUCA. Link:http://www.jogatina.com/como-jogar-sinuca.html

COMO JOGAR SINUCA. Link:http://www.jogatina.com/como-jogar-sinuca.html COMO JOGAR SINUCA Link:http://www.jogatina.com/como-jogar-sinuca.html Para começar a jogar clique em "JOGAR AGORA!" na nova janela se abrirá, mostrando o lobby, que é onde disposição. Em cada sala, você

Leia mais

ANEXO B. CABO DE GUERRA - 2ª Edição

ANEXO B. CABO DE GUERRA - 2ª Edição ANEXO B CABO DE GUERRA - 2ª Edição 1. FINALIDADE Regular a competição denominada Cabo de Guerra que ocorrerá nos Jogos Internos da Academia Bombeiro Militar 2014-2ª Edição. Competições onde o Comando da

Leia mais

Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação.

Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação. GESTÃO COMERCIAL Entidade Proponente: IEL/NR Minas Gerais e SEBRAE Minas Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação. OBJETIVOS Geral: Apresentar abordagens integradas

Leia mais

A criança de 6 anos, a linguagem escrita e o ensino fundamental de nove anos

A criança de 6 anos, a linguagem escrita e o ensino fundamental de nove anos A criança de 6 anos, a linguagem escrita e o ensino fundamental de nove anos Organizadoras: Francisca Izabel Pereira Maciel Mônica Correia Baptista Sara Mourão Monteiro Estrutura da exposição 1. O contexto

Leia mais

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática Oficina de Matemática tica 3º ano EM Objetivo Análise, interpretação e utilização dos resultados do SAEPE para promoção da equidade e melhoria da qualidade da educação dos estudantes pernambucanos. Prof

Leia mais

Descobrindo medidas desconhecidas (I)

Descobrindo medidas desconhecidas (I) Descobrindo medidas desconhecidas (I) V ocê é torneiro em uma empresa mecânica. Na rotina de seu trabalho, você recebe ordens de serviço acompanhadas dos desenhos das peças que você tem de tornear. Vamos

Leia mais

A primeira coisa ao ensinar o teorema de Pitágoras é estudar o triângulo retângulo e suas partes. Desta forma:

A primeira coisa ao ensinar o teorema de Pitágoras é estudar o triângulo retângulo e suas partes. Desta forma: As atividades propostas nas aulas a seguir visam proporcionar ao aluno condições de compreender de forma prática o teorema de Pitágoras em sua estrutura geométrica, através do uso de quadrados proporcionais

Leia mais

TENDÊNCIA TECNICISTA. Denise Cristiane Kelly Mendes Mariane Roque

TENDÊNCIA TECNICISTA. Denise Cristiane Kelly Mendes Mariane Roque TENDÊNCIA TECNICISTA Denise Cristiane Kelly Mendes Mariane Roque O PAPEL DA ESCOLA A tendência tecnicista, na educação, tem como objetivo inserir a escola nos modelos de racionalização do sistema de produção

Leia mais

Regulamento Torneio Futebol Total 2016 (Futebol 7)

Regulamento Torneio Futebol Total 2016 (Futebol 7) Regulamento Torneio Futebol Total 2016 (Futebol 7) 1. REGRAS O Torneio Futebol Total (Futebol 7) será jogado de acordo com as regras em vigor para a época de 2015/2016, na Federação Portuguesa de Futebol.

Leia mais

O profissional da informação e o papel de educador em uma Escola Técnica de Porto Alegre-RS

O profissional da informação e o papel de educador em uma Escola Técnica de Porto Alegre-RS Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) O profissional da informação e o papel de educador em uma Escola Técnica de Porto Alegre-RS Luciane Berto Benedetti (GHC) - lucianeberto@yahoo.com.br Resumo: Relata a experiência

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO ADRIANNE HENRIQUES FILIPE MACHADO. Plano de aula. Jovens na criação de blogs.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO ADRIANNE HENRIQUES FILIPE MACHADO. Plano de aula. Jovens na criação de blogs. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO ADRIANNE HENRIQUES FILIPE MACHADO Plano de aula Jovens na criação de blogs São Paulo Setembro de 2012 ADRIANNE HENRIQUES FILIPE MACHADO (7.153.974 vespertino)

Leia mais

Linguagens e códigos digitais

Linguagens e códigos digitais 2 Linguagens e códigos digitais SUMÁRIO DO VOLUME LINGUAGENS E CÓDIGOS DIGITAIS 1. Operações com números naturais 5 2. Números positivos e negativos 10 3. Média aritmética simples e ponderada 12 4. Plano

Leia mais

Serão disputadas as seguintes modalidades esportivas em formato de INTERCLASSES:

Serão disputadas as seguintes modalidades esportivas em formato de INTERCLASSES: O Departamento de Educação Física e Esportes convida os amigos dos alunos do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, a participarem da III Copa Interclasses ENIAC 2015. Esta copa será realizada

Leia mais

Soletrando o Br- As- I- L com símbolos químicos

Soletrando o Br- As- I- L com símbolos químicos Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Química DQ PIBID - Química Soletrando o Br- As- I- L com símbolos químicos Antônio Joaquim Franco- Mariscal e Maria José Cano- Iglesias Bolsista:

Leia mais

Acerte no discurso e dê o seu recado

Acerte no discurso e dê o seu recado Acerte no discurso e dê o seu recado Escolher as palavras certas e falar com clareza. Aprender a escutar e entender o que as outras pessoas dizem. Estar atento aos gestos, aos movimentos e às expressões

Leia mais

SOLUÇÕES N2 2015. item a) O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2.

SOLUÇÕES N2 2015. item a) O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2. Solução da prova da 1 a fase OBMEP 2015 Nível 1 1 SOLUÇÕES N2 2015 N2Q1 Solução O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2. Com um

Leia mais

Flexibilização do currículo do Ensino Médio

Flexibilização do currículo do Ensino Médio Flexibilização do currículo do Ensino Médio Proposta de redação: Ensinar o verbo que precisa ser conjugado no presente e no futuro. Flexibilização do currículo do EM: Os adolescentes do novo milênio fazem

Leia mais

Oficina para identificação do Desafio Produtos:

Oficina para identificação do Desafio Produtos: Oficina para identificação do Desafio Produtos: 1. Análise de contexto do tema realizado; 2. Elaboração do Cenário Desejado; 3. Identificação dos bloqueios e desafios 4. Priorização de 01 Desafio Fundamental

Leia mais

Raciocínio Lógico Matemático Cap. 8 Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação

Raciocínio Lógico Matemático Cap. 8 Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação Raciocínio Lógico Matemático Cap. 8 Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação Estudaremos, neste capítulo, várias sequências lógicas e buscaremos explorar quais

Leia mais

Prova Objetiva. Grupo: 09 Cargos: 48 AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS; 49 COVEIRO; 50 GARI; 51 PEDREIRO; 52 SERVENTE DE PEDREIRO; 53 VIGILANTE.

Prova Objetiva. Grupo: 09 Cargos: 48 AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS; 49 COVEIRO; 50 GARI; 51 PEDREIRO; 52 SERVENTE DE PEDREIRO; 53 VIGILANTE. PREFEITURA MUNICIPAL DE CUBATI - PB CONCURSO PÚBLICO 2007 DEMOCRACIA LIBERDADE JUSTIÇA Prova Objetiva Grupo: 09 Cargos: 48 AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS; 49 COVEIRO; 50 GARI; 51 PEDREIRO; 52 SERVENTE DE

Leia mais

Somando os termos de uma progressão aritmética

Somando os termos de uma progressão aritmética A UA UL LA Somando os termos de uma progressão aritmética Introdução Um pouco de História Na aula passada, mostramos como calcular qualquer termo de uma progressão aritmética se conhecemos um de seus termos

Leia mais

Que algarismos devem ser colocados nos pontinhos da conta abaixo? ... 34 x 41... O. IS x 12 = 180 300-180 = 120

Que algarismos devem ser colocados nos pontinhos da conta abaixo? ... 34 x 41... O. IS x 12 = 180 300-180 = 120 Que algarismos devem ser colocados nos pontinhos da conta abaixo?... 34 x 41... O Invente um problema que tenha como solução os cálculos abaixo: IS x 12 = 180 300-180 = 120 Em diversas situações do nosso

Leia mais

Professores Regentes: Angela Aparecida Bernegozze Marlei Aparecida Lazarin Asoni Marlene Antonia de Araujo

Professores Regentes: Angela Aparecida Bernegozze Marlei Aparecida Lazarin Asoni Marlene Antonia de Araujo 4 1. IDENTIFICAÇÃO Título do Projeto: Trabalhando a tabuada através de jogos on-line Público Alvo: Alunos do 3º e 5º do Ensino Fundamental Turno: Matutino Disciplinas Envolvidas: Matemática Professores

Leia mais

Shopper Marketing: A Influência no Momento da Compra MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP.

Shopper Marketing: A Influência no Momento da Compra MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Shopper Marketing: A Influência no Momento da Compra MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a

Leia mais

INTEGRAR ESCOLA E MATEMÁTICA

INTEGRAR ESCOLA E MATEMÁTICA INTEGRAR ESCOLA E MATEMÁTICA BONFIM, Isabela Prado 1 NETTO, Geisson Fernandes 2 SILVA, Élida Alves da 3 CUNHA, Juliana Bernardes Borges da 4 PALAVRAS-CHAVE: Educação, Matemática, Oficinas, Laboratório.

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: ENSINO RELIGIOSO Período: Anual Professor: MARIA LÚCIA DA SILVA Série e segmento: 7º ANO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE * conhecer os elementos básicos que compõe

Leia mais

Arduino E.E. Profª Amira Homsi Chalella Sala 12 - Sessão 1

Arduino E.E. Profª Amira Homsi Chalella Sala 12 - Sessão 1 Arduino E.E. Profª Amira Homsi Chalella Sala 12 - Sessão 1 Professor Apresentador: Sebastião Carlos Silva Realização: Foco O projeto arduino conta com o diálogo entre as disciplinas de Física, Matemática,

Leia mais

COMUNICADO DE OFERTA DAS DISCIPLINAS DOS MÓDULOS 1

COMUNICADO DE OFERTA DAS DISCIPLINAS DOS MÓDULOS 1 COMUNICADO DE OFERTA DAS DISCIPLINAS DOS MÓDULOS 1. 2 E 3 E DAS PROVAS DE TERCEIRA OPORTUNIDADE PARA OS MÓDULOS 4 E 5 DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO Prezado aluno, prezada

Leia mais

ÍNDICE GIRA VOLEI REGRAS DE JOGO CAPÍTULO I FUNDAMENTOS E REGRAS DO JOGO. REGRA 1 Terreno de jogo (figs. 1 e 2) 1.1 Superfície de jogo. 1.

ÍNDICE GIRA VOLEI REGRAS DE JOGO CAPÍTULO I FUNDAMENTOS E REGRAS DO JOGO. REGRA 1 Terreno de jogo (figs. 1 e 2) 1.1 Superfície de jogo. 1. ÍNDICE CAPÍTULO I FUNDAMENTOS E REGRAS DO JOGO REGRA 1 Terreno de jogo (figs. 1 e 2) 1.1 Superfície de jogo 1.2 Linhas 1.3 Zona de serviço REGRA 2 Rede e postes 2.1 Altura da rede 2.2 Postes REGRA 3 Equipas

Leia mais

Universidade de São Paulo. Escola de Comunicação e Artes, ECA-USP

Universidade de São Paulo. Escola de Comunicação e Artes, ECA-USP Universidade de São Paulo Escola de Comunicação e Artes, ECA-USP Qual a USP que queremos: A USP hoje e daqui a 20 anos Estela Damato NUSP 7693618 São Paulo 2014 Introdução Pensar no futuro de uma universidade

Leia mais

ACD Loteca Chaves e Filtro PRO 1.0 Dicas

ACD Loteca Chaves e Filtro PRO 1.0 Dicas ACD Loteca Chaves e Filtro PRO 1.0 Dicas Antes de fazer a sua jogada, atualize os resultados e a programação de jogos, clicando nos botões Atualiza. É necessário estar conectado à Internet. Faça muitos

Leia mais

VI GINCANA NACIONAL DE ECONOMIA

VI GINCANA NACIONAL DE ECONOMIA VI GINCANA NACIONAL DE ECONOMIA Dicas para a organização da etapa regional .A GINCANA NACIONAL DE ECONOMIA. É um evento importantíssimo para motivar a comunidade acadêmica. Por meio de uma competição saudável,

Leia mais

IDEIAS QUE INSPIRAM KIT DE VENDAS

IDEIAS QUE INSPIRAM KIT DE VENDAS IDEIAS QUE INSPIRAM KIT DE VENDAS DMM Um sonho compartilhado A 5ª edição do Dental Marketing Meeting DMM2016 - ABMO, maior evento de marketing em odontologia do mundo, será realizada em 26 de novembro

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO

REGULAMENTO ESPECÍFICO REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES ESPORTIVAS INTERCLASSES E INTERESCOLAS REGULAMENTO ESPECÍFICO Segue o Regulamento com os ajustes realizados e informado previamente. Lembrando que todas as crianças

Leia mais

História das Frações

História das Frações 5ª LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES DE MATEMÁTICA Ensino Fundamental 6 Ano Olá pessoal, nesta lista de exercícios vamos verificar quais são os conhecimentos que vocês possuem sobre frações. Lembrem-se

Leia mais

ENSAIO SOBRE AS FASES DA LUA

ENSAIO SOBRE AS FASES DA LUA Introdução ENSAIO SOBRE AS FASES DA LUA Denis E. Peixoto NASE Brasil Compreender e explicar as fases da tem sido um dos maiores obstáculos enfrentados pelos professores de ciências tanto do Ensino Fundamental

Leia mais

Sugestão de Avaliação. Praticando. Edição Renovada. Matemática. 6 o ano 1 o bimestre Unidades 1, 2 e 3

Sugestão de Avaliação. Praticando. Edição Renovada. Matemática. 6 o ano 1 o bimestre Unidades 1, 2 e 3 Sugestão de Avaliação Edição Renovada Praticando 6 Matemática 6 o ano 1 o bimestre Unidades 1, e 3 Nome: n o : Série/Turma: Escola: Professor: Data: / / a) 1 Que números são estes? Escreva-os utilizando

Leia mais

EJA 3ª FASE PROF.ª CHRISTIANE MELLO PROF.ª JEANNE ARAÚJO

EJA 3ª FASE PROF.ª CHRISTIANE MELLO PROF.ª JEANNE ARAÚJO EJA 3ª FASE PROF.ª CHRISTIANE MELLO PROF.ª JEANNE ARAÚJO ÁREA DO CONHECIMENTO Linguagens Matemática 2 TEMA 2º Bimestre Cotidiano de Convivência, Trabalho e Lazer 3 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 60 Conteúdos

Leia mais

5 são flamenguistas. A metade dos restantes é

5 são flamenguistas. A metade dos restantes é Simulado de matemática Professor Quilelli Academia do Concurso Público 1) Joana comeu metade das balas que haviam em um saco. Marina comeu a terça parte das balas do saco. Eulália comeu as 5 balas restantes.

Leia mais

PROVA DE AFERIÇÃO DO ENSINO BÁSICO 2011 A PREENCHER PELO ALUNO

PROVA DE AFERIÇÃO DO ENSINO BÁSICO 2011 A PREENCHER PELO ALUNO PROVA DE AFERIÇÃO DO ENSINO BÁSICO 2011 A PREENCHER PELO ALUNO Rubrica do Professor Aplicador Nome A PREENCHER PELO AGRUPAMENTO Número convencional do Aluno Número convencional do Aluno A PREENCHER PELA

Leia mais

ELAINE TEREZINHA MATTIOLI COVIELLO PIRANGI SÃO PAULO MODELO MATEMÁTICO

ELAINE TEREZINHA MATTIOLI COVIELLO PIRANGI SÃO PAULO MODELO MATEMÁTICO MODELAGEM E MODELAÇÃO MATEMÁTICA: uma nova visão do ensino e da aprendizagem de matemática ELAINE TEREZINHA MATTIOLI COVIELLO PIRANGI SÃO PAULO MODELO MATEMÁTICO Para definir Modelo Matemático Bassanezi

Leia mais

TESTES DE HABILIDADES TÉCNICAS: THT

TESTES DE HABILIDADES TÉCNICAS: THT TESTES DE HABILIDADES TÉCNICAS: THT OBJETIVO Analisar o nível de habilidade técnica de crianças escolares nas faixas etárias de 06 a 14 anos de idade; através dos procedimentos de avaliação específicos

Leia mais

Edital para Concurso de Pôsteres do Portal de Periódicos da Capes (ano 2015)

Edital para Concurso de Pôsteres do Portal de Periódicos da Capes (ano 2015) Edital para Concurso de Pôsteres do Portal de Periódicos da Capes (ano 2015) Realização: Portal de Periódicos Prazo para submissões: 20 de outubro de 2015 Data das apresentações: 12 de novembro de 2015,

Leia mais

Jogos de radiação e potenciação

Jogos de radiação e potenciação ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID Plano de aula 5 Maio de 2015 Jogos de radiação e potenciação Bolsistas: Mévelin Maus e Natacha Subtil Supervisora: Marlete

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA FÍSICA - ENSINO MÉDIO

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA FÍSICA - ENSINO MÉDIO SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA FÍSICA - ENSINO MÉDIO Título do Podcast Área Segmento Duração Relações matemáticas entre grandezas físicas Ciências da Natureza Física e Matemática

Leia mais

APLICAÇÃO DO JOGO O LABIRINTO DE TABUADA NA 5ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL

APLICAÇÃO DO JOGO O LABIRINTO DE TABUADA NA 5ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL APLICAÇÃO DO JOGO O LABIRINTO DE TABUADA NA 5ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL Resumo Elcio Pasolini Milli Universidade Federal do Espírito Santo - UFES (elciomilli@hotmail.com) Pammela Ramos da Conceição

Leia mais

01. Mario, ao chegar a uma cidade com princípios lógicos, viu na placa de Bem Vindo! o ( ) x Px Bx Vx. Mais adiante, em outra placa, havia a

01. Mario, ao chegar a uma cidade com princípios lógicos, viu na placa de Bem Vindo! o ( ) x Px Bx Vx. Mais adiante, em outra placa, havia a PROVA DE RACIOCÍNIO LÓGICO EDIÇÃO JUNHO 2009 01. Mario, ao chegar a uma cidade com princípios lógicos, viu na placa de Bem Vindo! o ( ) seguinte escrito: ( ) x Px Bx Vx. Mais adiante, em outra placa, havia

Leia mais

Novo Programa de Matemática do Ensino Básico 3º ANO

Novo Programa de Matemática do Ensino Básico 3º ANO Novo Programa de Matemática do Ensino Básico 3º ANO Tema: Geometria Tópico: Orientação Espacial Posição e localização Mapas, plantas e maquetas Propósito principal de ensino: Desenvolver nos alunos o sentido

Leia mais

Onde está o peso extra? Série Problemas e Soluções. Objetivos 1. Estudar uma estratégia que valoriza ao máximo as informações disponíveis.

Onde está o peso extra? Série Problemas e Soluções. Objetivos 1. Estudar uma estratégia que valoriza ao máximo as informações disponíveis. Onde está o peso extra? Série Problemas e Soluções Objetivos 1. Estudar uma estratégia que valoriza ao máximo as informações disponíveis. Onde está o peso extra? Série Problemas e soluções Conteúdos Lógica,

Leia mais

Colégio de Aplicação. Universidade Federal do Rio de Janeiro. 1ª série ensino médio. Matemática

Colégio de Aplicação. Universidade Federal do Rio de Janeiro. 1ª série ensino médio. Matemática Colégio de Aplicação Universidade Federal do Rio de Janeiro 1ª série ensino médio 1 Matemática 2 PROTESTOS NO BRASIL Mais de 1 milhão de pessoas participaram de protestos em várias cidades do Brasil no

Leia mais

INSTITUTO CASA DA PHOTOGRAPHIA CURSO REFERENCIAL 1. Programa. Turma Sábado. manhnã. outubro

INSTITUTO CASA DA PHOTOGRAPHIA CURSO REFERENCIAL 1. Programa. Turma Sábado. manhnã. outubro INSTITUTO CASA DA PHOTOGRAPHIA CURSO REFERENCIAL 1 2013 Programa. Turma Sábado. manhnã. outubro INSTITUTO CASA DA PHOTOGRAPHIA PROGRAMA DE CURSO. 2013 Criada em 1997, por Marcelo Reis, o Instituto Casa

Leia mais

Liga CDLPC- Basquetebol - 5.º /6.º Anos

Liga CDLPC- Basquetebol - 5.º /6.º Anos Informações Gerais Os torneios disputar-se-ão em sistema de campeonato, ao longo do ano letivo. De acordo com o número de equipas participantes, poderá haver uma fase final em sistema de playoffs. A data

Leia mais