MEMORIAL DESCRITIVO ASSOCIAÇÃO MATOGROSSENSE DOS MUNICÍPIOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MEMORIAL DESCRITIVO ASSOCIAÇÃO MATOGROSSENSE DOS MUNICÍPIOS"

Transcrição

1 SITE: AV. RUBENS DE MENDONÇA, N CEP CUIABÁ MT FONE: (65) FAX: (65) MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL MODALIDADE: REGULARIZAÇÃO LOCAL: VILA RICA - MT PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL ÁREA CONSTRUÍDA: (556,57m²); Recebi: / /2012 Nome: Cargo/Função: Telefones: CUIABÁ - MT FEVEREIRO / 2012

2 MEMORIAL DESCRITIVO GENERALIDADES: O presente memorial descritivo tem por objetivo fixar normas específicas para a reforma de um PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL, com uma área construída de 556,57M²; implantada em um terreno localizado no município VILA RICA MT, dados conforme projeto arquitetônico em anexo. Todos os projetos foram elaborados conforme as normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Segue, em anexo, pranchas de 01 a 02 do projeto arquitetônico. I) SERVIÇOS PRELIMINARES: Deverá ser executada a limpeza geral do terreno com retirada dos entulhos, oferecendo a área totalmente livre para a construção, armazenamento de materiais, circulação de veículos, equipamentos e pessoas. As instalações provisórias placas, barracão da obra, andaimes, etc, deverão estar dispostas no canteiro de forma a dar perfeita funcionalidade aos trabalhos a serem executados. II) MOVIMENTO DE TERRA: Será executada escavação manual em material de primeira categoria, terra em geral, piçarra ou argila, rochas em adiantado estado de decomposição, seixo rolado ou não, inclusive remoção de material escavado pelas laterais. As escavações serão feitas até a profundidade estipulada pelo calculista conforme especificações do projeto básico estrutural.

3 Será executado aterro entre baldrames, com transporte de matéria de primeira categoria, inclusive escavação, carga e descarga manual, sendo o aterro executado em camadas de 20 cm, umedecido e fortemente apiloado com masso de 30 Kg. III) FUNDAÇÃO: Foi desenvolvido um projeto de fundações básico devido à falta de realização do estudo de sondagem do terreno a ser implantada a obra. Para o projeto básico da fundação adotou-se solo arenoso com pressão admissível de 1,5 kgf/cm², sem presença de lençol freático, coesão 0,5 kgf/cm², peso específico δ=1600 kgf/m³ e ângulo de atrito Φ=30º. A profundidade de apoio das sapatas é de 1,80m, conforme consta nos projetos básicos de estrutura. Sendo assim, torna-se necessário que o município verifique a adequação da fundação proposta ao tipo do solo existente no terreno escolhido para a construção da unidade da obra em questão. Ressalta-se que para a correta adequação da fundação, o município deve realizar um estudo de sondagem, conforme determinam as normas 8036/83 Programação de Sondagens de Simples Reconhecimento de Solos para Fundações de Edifícios e 6484/2001 Solos - Sondagens de Simples Reconhecimento com SPT - Método de Ensaio. Caso torne-se não aplicável a solução estrutural proposta, o município deverá providenciar projeto de fundação completo, inclusive sua respectiva anotação de responsabilidade técnica (ART). Conforme NBR 6122/96 a fundação, segundo projeto básico proposto, será executada em concreto armado, com resistência: fck=30mpa para as sapatas, e fck=30mpa para vigas baldrames e toco de pilar. Para a execução da fundação, além das especificações constantes no projeto básico, deve-se obedecer as seguintes especificações: 1º - Apiloamento do fundo de valas com masso de 30 Kg.

4 2º - Lastro de concreto magro com 5cm de espessura e aumento de 10cm em cada dimensão de sapata lançada antes da concretagem para regularizar o fundo da mesma. 3º - Fôrmas: comum com gravatas obedecendo um espaçamento máximo de 40cm. 4º - Sapatas: deverão ser escavadas até o encontro de solo rígido sendo sua profundidade mínima de 1,80m com dimensões especificadas no projeto estrutural em anexo. Serão executadas em concreto ciclópico, armado, com fck=30mpa, ferragens nas duas direções com diâmetros das barras, comprimento e espaçamentos conforme as especificações do projeto básico estrutural. As sapatas devem receber barras de aço como esperas para amarração dos pilares como indicado no projeto básico estrutural. As peças devem ser executadas de modo a garantir o cobrimento das armaduras c=5,00cm. 5º - Vigas de fundação (baldrames): as fôrmas serão comuns com gravatas obedecendo a um espaçamento máximo de 40 cm. As vigas de fundação (baldrames) terão dimensões de 0,15x0,30m, com ferragem conforme especificações do projeto básico estrutural. Serão executadas em concreto com fck de 30MPa e devem garantir o cobrimento das armaduras c= 3,00cm. Os tocos de pilares serão executados em concreto com fck=30mpa, com ferragens conforme especificações do projeto básico estrutural e devem garantir o cobrimento das armaduras c= 3,00cm. IV) ESTRUTURA: Conforme NBR 6118/2003 a estrutura será executada em concreto armado com resistência: fck=30 MPa, aço CA-50 e CA-60, fôrmas apropriadas de madeira, executadas rigorosamente e conforme projeto básico estrutural.

5 A qualidade dos materiais como concreto, aço e madeira deverão ser inspecionados e acompanhada no seu preparo para uso na obra, por profissional legalmente habilitado junto ao Conselho Regional de Engenharia, Agronomia e Arquitetura CREA-MT. As Vigas de amarração (cinta) possuem dimensões de 0,15x0,30m, com armaduras longitudinais e transversais conforme especificações do projeto básico estrutural. As vigas cintas devem ser executadas de modo a garantir o cobrimento das armaduras c= 3,00cm. As Vigas de respaldo possuem dimensões de 0,15x0,30m, com armaduras longitudinais e transversais conforme especificações do projeto básico estrutural. As vigas de respaldo devem garantir o cobrimento das armaduras c= 3,00cm. Os pilares possuem dimensões e ferragens, com diâmetros das barras de aço, comprimento e espaçamentos, conforme especificações do projeto básico estrutural. Os pilares em concreto armado devem garantir o cobrimento das armaduras c= 3,00cm. Será executada laje na região de apoio das caixas d água e nas varandas de frente e fundo, conforme especificações do projeto básico estrutural. A laje será de concreto armado com fck=30mpa, com espessura h=10cm, com comprimento, espaçamento e diâmetros das barras de aço especificados no projeto estrutural. As lajes devem garantir cobrimento das armaduras c=2,50cm. Todas as informações sobre comprimento das barras, bitolas, alojamento e demais detalhes construtivos encontram-se no projeto básico estrutural. O concreto deverá ser preparado no próprio canteiro com uso de betoneira, obedecendo à homogeneização da mistura de todos os componentes necessários (brita, areia, cimento e água), e tendo um tempo mínimo de amassamento, conforme NB-1. A concretagem seguirá um planejamento prévio para transporte, lançamento e adensamento.

6 Após a concretagem, enquanto não atingir o endurecimento satisfatório do concreto, este deverá ser protegido contra agentes prejudiciais como mudança de temperatura, chuva forte, agentes químicos, bem como choques e vibrações. A proteção contra secagem prematura deverá ser exigida pelo menos durante os sete primeiros dias, após o lançamento do concreto, com umedecimento constante da superfície. As fôrmas e escoramentos devem ser executados de forma a atender as dimensões das peças da estrutura projetada. Estas serão construídas, obedecendo a Norma NB-11, referente ao tema. A retirada das fôrmas e escoramentos só poderá ser feita quando o concreto estiver suficientemente endurecido para resistir às ações de cargas estabelecidas na elaboração do projeto básico. Caso não tenham sido utilizados aditivos aceleradores de pega ou cimento de alta resistência inicial, a retirada das fôrmas e escoramentos não deverá dar-se antes dos seguintes prazos: 03 dias; faces laterais, 14 dias; face inferior, deixando pontaletes devidamente encunhados e contra-ventados, 21 dias; face inferior sem pontaletes. V) IMPERMEABILIZAÇÃO: Será feita a impermeabilização das faces superiores e laterais das vigas baldrames com duas demãos de tinta betuminosa tipo Neutrolin. Será feita a impermeabilização nas faces superiores das lajes, cuja superfície deve ser regularizada para receber a manta asfáltica impermeabilizante com espessura e=4mm. Posteriormente, executa-se uma camada com argamassa de cimento e areia no traço 1:3 para proteção da manta impermeabilizante.

7 VI) ALVENARIA: As paredes serão executadas com tijolos 08 furos (9x19x19cm), de 1/2 vez formando fiadas perfeitamente niveladas, amarradas, com junta de 12 mm, assente com argamassa mista no traço 1:2:8, rebocados nas partes internas e externas. Os contornos da rampa e do palco serão executadas com tijolos maciços, formando fiadas perfeitamente niveladas, amarradas, com junta de 12 mm, assente com argamassa mista no traço 1:2:8, rebocados nas partes internas e externas. Os tijolos utilizados deverão ser inspecionados pelo profissional responsável, devendo apresentar resistência adequada, arestas vivas, igualdade de dimensões, cor homogênea sem manchas, e não deverá absorver água em excesso. Sobre os vãos de portas, janelas e demais aberturas, será executado vergas em concreto armado com sobrepasse além da medida do vão não inferior a 20 cm de cada lado. VII) COBERTURA: Estrutura do telhado executada com estrutura de madeira. Cobertura com telha metálica, de alumínio, de qualidade comprovada, com inclinação conforme projeto arquitetônico. VIII) ESQUADRIAS: A) Esquadrias de vidro: arquitetônico. As portas de vidro terão as dimensões conforme projeto

8 B) Esquadrias de madeira: com projeto arquitetônico. As portas de madeira, serão de abrir com dimensões de acordo C) Esquadrias de ferro: As janelas de ferro serão de correr e Maximo ar, com vidro, com as dimensões de acordo com projeto arquitetônico. IX) REVESTIMENTO: Execução de chapisco de aderência com argamassa de cimento e areia traço 1:3, espessura e=5mm, nas duas faces das paredes a serem revestidas. Reboco para parede interna ou externa, com argamassa préfabricada, e=5 mm. As paredes internas dos banheiros, cozinha e dml serão revestidas com azulejo até o teto, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante, juntas a prumo. As superfícies a serem azulejadas, deverão ser emboçadas com argamassa no traço 1:4, perfeitamente aprumada. X) PISOS: Preparar a superfície, apiloando fortemente o local destinado a receber o piso. Executar lastro de concreto não estrutural impermeabilizado, e=6,0cm. Revestimento do piso em granilite moldado in loco.

9 A calçada será executada em concreto com uma espessura de 0,07m. Piso cerâmico antiderrapante nos ambientes especificados no projeto arquitetônico. XI) LAJE: Será executado laje de concreto armado com espessura de 10cm. XII) PINTURA: As paredes externas serão pintadas com látex PVA em duas demãos sem massa corrida. As paredes internas e lajes serão pintadas com tinta especificada no quadro de materiais do projeto arquitetônico, em duas demãos sobre massa corrida, em superfície devidamente lixada para retirada das imperfeições. As esquadrias de madeira serão pintadas com duas demãos de esmalte sintético sem massa corrida. As esquadrias de ferro serão pintadas com tinta esmalte duas demãos e 1 demão de zarcão. XIII) SERVIÇOS COMPLEMENTARES: Fornecimento e instalação de placa de inauguração em alumínio fundido 40x60cm. Fornecimento e instalação de barra de apoio para deficientes físicos nos banheiros.

10 XIV) - REVISÃO GERAL, LIMPEZA DA OBRA: Deverá ser removidos depósitos de água, tapumes, cercas, bem como entulhos e resíduos que ainda existirem. Todas as instalações serão revisadas e testadas devendo apresentar-se em perfeito funcionamento na entrega. Execução de limpeza geral da obra. XV ) Armazenamento de resíduos: O deposito de resíduos do hospital será divido em três partes, sendo elas: Grupo A. Grupo B e Grupo D. Grupo A - Biológicos: Contem Área de 1/3 da área construída de tijolo cogobo com tela milimétrica para evitar entrada de bichos ou roedores. Porta metálica abrindo para fora com veneziana e tela milimétrica. Ponto de água, e esgoto, acabamento de material lavável. Grupo B - Químicos: Contem Área de 1/3 da área construída de tijolo cogobo com tela milimétrica para evitar entrada de bichos ou roedores. Porta metálica abrindo para fora com veneziana e tela milimétrica. Ponto de água, e esgoto, acabamento de material lavável. Grupo D - Comuns: Contem Área de 1/3 da área construída de tijolo cogobo com tela milimétrica para evitar entrada de bichos ou roedores. Porta metálica abrindo para fora com veneziana e tela milimétrica. Ponto de água, e esgoto, acabamento de material lavável.

11 Cuiabá, 23 de Fevereiro de 2012.

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva PREFEITURA MUNICIPAL DE ILICÍNEA Estado de Minas Gerais CNPJ: 18.239.608/0001-39 Praça. Padre João Lourenço Leite, 53 Centro Ilicínea Tel (fax).: (35) 3854 1319 CEP: 37175-000 Memorial Descritivo Escola

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - MT MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - MT MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO MELHORIAS SANITÁRIAS DOMICILIARES BANHEIROS -(Área = 2,73m 2 ). O memorial descritivo a seguir determina as normas para construção do MÓDULO SANITÁRIO SIMPLIFICADO padrão, de área construída

Leia mais

PLANILHA AUXILIAR A DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 01. ÁREA TOTAL TERRENO: 352,87m²

PLANILHA AUXILIAR A DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 01. ÁREA TOTAL TERRENO: 352,87m² DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 0 ENDEREÇO: Rua nº 0 - Loteamento Maria Laura - INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas. Unidade:

Leia mais

Todo concreto estrutural deverá ser usinado e dosado em peso, não se aceitando dosagens volumétricas.

Todo concreto estrutural deverá ser usinado e dosado em peso, não se aceitando dosagens volumétricas. 03.00.000 FUNDAÇÕES E ESTRUTURAS DE CONCRETO 03.02.000 ESTRUTURAS DE CONCRETO 03.02.100 CONCRETO ARMADO A estrutura de concreto armado será executada em estrita obediência às disposições do projeto estrutural,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO/EQUIPE DE APOIO PROJETO BASICO

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO/EQUIPE DE APOIO PROJETO BASICO ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO/EQUIPE DE APOIO CNPJ 03.238.581/0001-92, Home Page: www.prefeituranovosaojoaquim.com.br PROJETO BASICO Endereço:

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m² ÁREA TOTAL CASA: 50,90m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 67,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m² ÁREA TOTAL CASA: 50,90m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 67,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra e

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Obra: MUROS CEMITÉRIO MUNICIPAL Localização: RUA MONTEIRO LOBATO, BAIRRO: INDUSTRIAL Cidade: NÃO-ME-TOQUE 1 OBJETIVO O presente memorial tem por objetivo definir os materiais a serem

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE IJACI Legislatura 2009/2012

CÂMARA MUNICIPAL DE IJACI Legislatura 2009/2012 ANEXO II TOMADA DE PREÇO Nº 001/2010 MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES DE SERVIÇOS Considerações gerais: Destina se o presente Memorial Descritivo e as Especificações Técnicas constantes no mesmo prestar

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO Acessibilidade A solução arquitetônica, exigência do programa e característica do uso da edificação prioriza a acessibilidade. Os banheiros são adaptados ao uso de pessoas

Leia mais

Construções e Eletrificação Rural

Construções e Eletrificação Rural Universidade Federal de Goiás Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos Setor de Engenharia Rural Construções e Eletrificação Rural Prof. Dr. Regis de Castro Ferreira rcastro@agro.ufg.br INTRODUÇÃO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL

MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL MEMORIAL DESCRITIVO CONCEPÇÃO E IMAGENS DO LOCAL REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA DA MATRIZ, COM A TROCA DO PAVIMENTO, INSTALAÇÃO DE NOVA ILUMINAÇÃO, NOVOS BANCOS E RESTAURAÇÃO DO ENTORNO DA PROTEÇÃO DA ESTATUA

Leia mais

Memorial Descritivo. 2.0 Transportes 2.1 Deverá ser feita retirada de entulho por conta da contratada;

Memorial Descritivo. 2.0 Transportes 2.1 Deverá ser feita retirada de entulho por conta da contratada; Memorial Descritivo I Introdução A obra objeto deste memorial consiste na descrição dos elementos para CONSTRUÇÃO DE ACADEMIA DA SAUDE, a ser edificada no município de Gaúcha do Norte MT.. II - Descrição

Leia mais

Resistência mecânica Isolamento térmico e acústico Resistência ao fogo Estanqueidade Durabilidade

Resistência mecânica Isolamento térmico e acústico Resistência ao fogo Estanqueidade Durabilidade APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE: Escolher a alvenaria adequada; Orientar a elevação das paredes (primeira fiada, cantos, prumo, nível); Especificar o tipo de argamassa de assentamento;

Leia mais

PLANILHA AUXILIAR B DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 02. ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m²

PLANILHA AUXILIAR B DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 02. ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m² - INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas. Unidade: m² Critério de medição: Pela área de projeção horizontal do abrigo.

Leia mais

Bloco de Concreto CONCEITO

Bloco de Concreto CONCEITO CONCEITO A alvenaria de bloco de concreto é empregada em paredes com função estrutural ou mesmo como vedação em edifícios com estrutura de concreto armado. Substituem a alvenaria de tijolos que, por falta

Leia mais

PLANILHA AUXILIAR C DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 03. ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m²

PLANILHA AUXILIAR C DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 03. ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ENDEREÇO: Rua 580, S/Nº - INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas. Unidade: m² Critério de medição: Pela área de projeção

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO

MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO OBRA: CONSTRUÇÃO-BLOCO DIREITO PROPRIETÁRIO: FUNDAÇAO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE MINEIROS (FIMES) ENDEREÇO OBRA:RUA 22 ESQ.

Leia mais

MEMORIAL DE CALCULO - QUANTITATIVOS

MEMORIAL DE CALCULO - QUANTITATIVOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES Preparo do terreno será considerado uma área de : área: 22,76 m² Container escritório com 1 sanitário - mínimo 9,20 m² será utilizado container, no espaço destinado á estacionamento

Leia mais

Painéis de Concreto Armado

Painéis de Concreto Armado CONCEITO É constituído por painéis estruturais pré-moldados maciços de concreto armado e pelas ligações entre eles. Destina-se à construção de paredes de edifícios habitacionais de até 5 pavimentos. A

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Item Descriminação dos serviços Unid. Quantidade Unitário Unitário C/ BDI Total % CÓDIGO REFERÊNCIAL 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 Locação de obra - casas M² 0,00 6,08 7,60 0,00 SN-73992/001 Raspagem e Limpeza

Leia mais

07/05/2014. Professor

07/05/2014. Professor UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Introdução a Engenharia Civil Área de Construção Civil MSc. Dr. André Luís Gamino Professor Definição

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária Ministério da Educação Obra: Proinfância - Espaço Educativo Infantil Tipo C BDI adotado Município: Endereço: Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$) 1.0

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS PRELIMINARES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS PRELIMINARES MEMORIAL DESCRITIVO Data: 02/10/2012 Estabelecimento: PSFS: 01,02,03,04,06,07,08, LABORATÓRIO MUNICIPAL E SECRETÁRIA DE SAÚDE. Endereço: Diversas Ruas Diversos Bairros Jaciara - MT Objetivo: Ampliação

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. 03.01.01 ESCAVAÇÃO MANUAL EM SOLO-PROF. ATE 1,50 m

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. 03.01.01 ESCAVAÇÃO MANUAL EM SOLO-PROF. ATE 1,50 m ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 03.01 MOVIMENTO DE TERRA 03.01.01 ESCAVAÇÃO MANUAL EM SOLO-PROF. ATE 1,50 m A escavação manual das valas será feita de acordo com o projeto estrutural e as necessidades do terreno.

Leia mais

ANEXO 02 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: SUBST PISO RESIDEN 01 CONDOM SOBRAL LOCALIZAÇÃO: CONDOMINIO SOBRAL

ANEXO 02 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: SUBST PISO RESIDEN 01 CONDOM SOBRAL LOCALIZAÇÃO: CONDOMINIO SOBRAL OBRA: SUBST PISO RESIDEN 01 CONDOM SOBRAL LOCALIZAÇÃO: CONDOMINIO SOBRAL ANEXO 02 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS O reboco será demolido com ferramentas adequadas, tendo todo o cuidado para não causar nenhum dano

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Serviços Preliminares

MEMORIAL DESCRITIVO. Serviços Preliminares MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial refere-se aos serviços a serem executados para construção de ponte mista, com longarinas em vigas metálicas perfil I bi-apoiadas, sendo as bases de apoio construídas

Leia mais

Estaca Escavada Circular

Estaca Escavada Circular Estaca Escavada Circular 1 Definição e Recomendações da Norma NBR 6122 / 96 A Norma NBR 6122 / 96 define estaca escavada como o tipo de fundação profunda executada por escavação mecânica, com uso ou não

Leia mais

OFICINA CULTURAL GLAUCO PINTO DE MORAIS

OFICINA CULTURAL GLAUCO PINTO DE MORAIS SECRETARIA DA CULTURA PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO DE CÁLCULO ESTRUTURAL OFICINA CULTURAL GLAUCO PINTO DE MORAIS BAURU / SP SETEMBRO/2013 SUMÁRIO 1. PROJETO ESTRUTURAL... 2 1.1. Reforço estrutural...

Leia mais

Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente.

Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente. PROJETO BÁSICO: Adaptação do galpão de aqüicultura do campus Fazenda Experimental e da sala destinada aos técnicos do núcleo de atendimento ao dicente e docente 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Título do

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL CÓDIGO PISO ELEVADO PARA ÁREAS TEMPORÁRIAS PTEN 01_02_03 PISO ELEVADO PARA ÁREAS TEMPORÁRIAS PTEN 01_02_03 Descrição

Leia mais

Materiais de Construção Civil. Aula 09 parte 2. Concreto

Materiais de Construção Civil. Aula 09 parte 2. Concreto Materiais de Construção Civil Aula 09 parte 2 Concreto Taciana Nunes Arquiteta e Urbanista Traço do concreto Existem tabelas prontas de traço que dão o valor aproximado da resistência esperada ou pode-se

Leia mais

Orçamento: RESIDENCIA - ANDRE CONGONHAS

Orçamento: RESIDENCIA - ANDRE CONGONHAS Orçamento: RESIDENCIA - ANDRE CONGONHAS Orçamento parcial nº 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 m2 Corte de capoeira fina a foice 900,000 0,19 171,00 1.2 m2 Raspagem e limpeza manual de terreno 900,000 0,63 567,00

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S

E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S SUBGRUPO: 180400 CERCA / MURO FOLHA: SUMÁRIO 1. CERCA COM TELA DE ARAME GALVANIZADO E ESTACAS DE CONCRETO...1 1.1 OBJETIVO E DEFINIÇÕES...1 1.2 MATERIAIS...1 1.3 EQUIPAMENTOS...2 1.4 EXECUÇÃO...2 1.5 CONTROLE...2

Leia mais

MURO DE CONTENÇÃO. As juntas de assentamento serão de aproximadamente 2,5 cm, com traço de 1:3 (cim:areia). Conforme a imagem 01.

MURO DE CONTENÇÃO. As juntas de assentamento serão de aproximadamente 2,5 cm, com traço de 1:3 (cim:areia). Conforme a imagem 01. MURO DE CONTENÇÃO Será executado um muro de alvenaria, com sapatas, pilares e vigas de concreto armado. Terá 50 centímetros (cm) de espessura e 3,00 metros (m) de altura com funcionalidade de retenção

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - TIPO 02 - ÁREA = 2,73 m² BDI 19,69% 1,1969 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES. SUB TOTAL 112,67 1.1 74077/001 LOCACAO CONVENCIONAL DE OBRA, ATRAVÉS DE GABARITO DE TABUAS CORRIDAS PONTALETADAS, SEM REAPROVEITAMENTO

Leia mais

G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R I C O É P A Í S S E M P O B R E Z A QUADRA ESCOLAR 02 CGEST - C Geral de Infraestrutura Educacional PLANTA BAIXA, CORTE A-B e DETALHES EST FORMATO A1 (841 X 594) R.01

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Figura 01: Meio fio de concreto

MEMORIAL DESCRITIVO. Figura 01: Meio fio de concreto MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO: MELHORIAS CALÇADAS QUADRA CENTRO ADMINISTRATIVO PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL SERAFINA CORRÊA-RS LOCALIZAÇÃO: QUADRA COMPREENDIDA ENTRE RUA ORESTES ASSONI, RUA CASTELO

Leia mais

Construção de casas populares no Município de Primavera-Pa

Construção de casas populares no Município de Primavera-Pa Estado do Pará Prefeitura Municipal de Primavera Secretaria Municipal de Obras Urbanismo e Transportes ANEXO I MEMORIAL DISCRITIVO Construção de casas populares no Município de Primavera-Pa Paulo José

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 2.500,00 2.500,00 81,97 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 18,03 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA 1. OBJETIVO O presente memorial descritivo tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais a utilizar e normatizar a execução de uma obra comercial, pavimento

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO. 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m²

MEMORIAL DE CÁLCULO. 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m² MEMORIAL DE CÁLCULO 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m² 10214 Retirada de portas e janelas de madeira, inclusive batentes

Leia mais

CEAA COMÉRCIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA-ME CNPJ / MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO

CEAA COMÉRCIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA-ME CNPJ / MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO SECRETÁRIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE -PROJETO BASE PARA BALANÇA DE CONCRETO, -PROJETO ESCRITÓRIO DE CONTROLE DE CARGAS. -DESCRIÇÃO BALANÇA RODOVIÁRIA

Leia mais

SUMÁRIO. 2 Fundações 29. 1 Construindo Edifícios 3. 3 Madeira 85

SUMÁRIO. 2 Fundações 29. 1 Construindo Edifícios 3. 3 Madeira 85 SUMÁRIO 2 Fundações 29 1 Construindo Edifícios 3 Aprendendo a construir 4 Sustentabilidade 4 O trabalho do projetista: a escolha de sistemas construtivos 8 Normas para construção e fontes de informação

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO TABELAS DE CUSTOS SIN-RN X SINAPI-RN (JAN-2013)

ESTUDO COMPARATIVO TABELAS DE CUSTOS SIN-RN X SINAPI-RN (JAN-2013) CÓDIGO DESCRIÇ CLA UNIDA SS DE QUANT. 01.0 SEVIÇOS PRELIMINARES PREÇO UNIT. S/ BDI (R$) SINAPI 2013 PREÇO TOTAL S/ BDI (R$) SINAP 2013 REFERÊNC IA SINAPI 2013 PREÇO UNIT. S/ BDI (R$) SIN-RN 2013 PREÇO

Leia mais

Atividade. 04) Qual a finalidade da cura do concreto? De que maneira a cura pode ser realizada (cite no mínimo 3 exemplos)?

Atividade. 04) Qual a finalidade da cura do concreto? De que maneira a cura pode ser realizada (cite no mínimo 3 exemplos)? Curso: Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios - Disciplina: Construções de Concreto Armado - Data: / / Aluno: Turma: Professor: Marcos Valin Jr Atividade 01) Defina: A- Concreto B- Concreto

Leia mais

OBRA: CONSTRUÇÃO DE CISTERNA E CAIXA D'ÁGUA ESCOLA: EEM MARIA BERNARDO DE CASTRO ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

OBRA: CONSTRUÇÃO DE CISTERNA E CAIXA D'ÁGUA ESCOLA: EEM MARIA BERNARDO DE CASTRO ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: CONSTRUÇÃO DE CISTERNA E CAIXA D'ÁGUA ESCOLA: EEM MARIA BERNARDO DE CASTRO ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 01. OBJETO: 01.01. Estas especificações dizem respeito à construção de cisterna e estrutura

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO ANEXO X MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DO USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO - BOMSUCESSO 1. Histórico A unidade de Saúde Familiar Cornélia da Conceição do Bairro Bom Sucesso atende cerca de 70 usuários por dia, abrangendo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DESCRIÇÃO DA OBRA

MEMORIAL DESCRITIVO DESCRIÇÃO DA OBRA MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Rampas para passagem de caminhões de grande porte. Área: 115,20 m² Local: Localidade Boa Vista Saída para Marau (Sede Coleta de Lixo) Contratante: Cia de Desenvolvimento de Passo

Leia mais

CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (CMEI) DE SANTA LÚCIA Presidente Kennedy, E.S. MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS

CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (CMEI) DE SANTA LÚCIA Presidente Kennedy, E.S. MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL (CMEI) DE SANTA LÚCIA Presidente Kennedy, E.S. MEMORIAL DESCRITIVO DOS ACABAMENTOS O presente memorial integra o projeto arquitetônico do

Leia mais

Responsável Técnico: Arquiteta Michelle Scherch CAU A MEMORIAL DESCRITIVO

Responsável Técnico: Arquiteta Michelle Scherch CAU A MEMORIAL DESCRITIVO Responsável Técnico: Arquiteta Michelle Scherch CAU A52432-8 MEMORIAL DESCRITIVO Natureza da Obra: Residencial - Sobrados Geminados Proprietário: 3S Construções Ltda Local: Rua Vereador Adão Santos - Quadra

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. - ÁREAS Do terreno ,92 M2 A construir ,08 M2

MEMORIAL DESCRITIVO. - ÁREAS Do terreno ,92 M2 A construir ,08 M2 MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: UBS Local: AV. DOS ESTUDANTE Cidade: APARECIDA DO TABOADO - BAIRRO: REDIDENCIAL PRIMAVERA Prop.: PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA DO TABOADO/MS - ÁREAS Do terreno... 4.085,92

Leia mais

Quantificação de Materiais e Mão-de-obra

Quantificação de Materiais e Mão-de-obra Quantificação de Materiais e Mão-de-obra INFRA-ESTRUTURA 20501 LOCAÇÃO DA OBRA Madeiras e pregos (locação) 144,71 1 144,71 m2 2,5 361,775 Execução da locação da obra Mão-de-obra 144,71 1 144,71 m2 2 289,42

Leia mais

01- SERVIÇOS PRELIMINARES

01- SERVIÇOS PRELIMINARES MEMORIAL DESCRITIVO Este memorial descritivo destina-se a descrever e especificar os serviços e materiais a serem utilizados na construção de um PRÉDIO EM ALVENARIA E CONCRETO PARA INSTALAÇÃO DA PREFEITURA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA I - IDENTIFICAÇÃO DA OBRA E DO PROPRIETÁRIO: PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO DE ABREU -

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA I - IDENTIFICAÇÃO DA OBRA E DO PROPRIETÁRIO: PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO DE ABREU - MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA I - IDENTIFICAÇÃO DA OBRA E DO PROPRIETÁRIO: PR PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO DE ABREU - OBRA: Pista de Skate ENDEREÇO: Centro da Criança e do Adolescente TIPO:

Leia mais

RELATÓRIO 2ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO 2ª MEDIÇÃO RELATÓRIO 2ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA NO FÓRUM TRABALHISTA DE CORNÉLIO PROCÓPIO - IMÓVEL LOCADO. CONTRATADA: NS ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA - EPP. Considerando a instituição da Comissão de Recebimento

Leia mais

unid. 1, Locação da obra: execução de gabarito m² 67, Raspagem e limpeza manual de terreno

unid. 1, Locação da obra: execução de gabarito m² 67, Raspagem e limpeza manual de terreno 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE ELEMENTOS ESTRUTURAIS. Prof. Janine Gomes da Silva

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE ELEMENTOS ESTRUTURAIS. Prof. Janine Gomes da Silva LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS ELEMENTOS ESTRUTURAIS ELEMENTOS ESTRUTURAIS - LAJES Elementos estruturais Elementos Lajes Elemento plano bidimensional Duas dimensões são da mesma ordem de grandeza

Leia mais

4.2.5. Vigas baldrame

4.2.5. Vigas baldrame 33 fundação do tipo profunda, sendo a de estaca de concreto armado moldada em loco. Com o trado mecânico foram realizadas escavações que resultaram em forma cilíndrica de 8,50 a 9,00m de altura para chegar

Leia mais

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1 Projeto Será um edifício residencial contendo subsolo, térreo, mezanino, 13 pavimentos tipo com 04 (quatro) apartamentos

Leia mais

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ SECRETARIA MUNCIPAL DE INFRAESTRUTURA E URBANISMO

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ SECRETARIA MUNCIPAL DE INFRAESTRUTURA E URBANISMO SECRETARIA MUNCIPAL DE INFRAESTRUTURA E URBANISMO MEMORIAL DESCRITIVO PARA A REFORMA E AMPLIAÇÃO DA E. M. E. F. IZAURA DOMINGOS COSTA, LOCALIZADA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ-PA Praça

Leia mais

Técnicas de construção Profa. Keila Bento TIJOLOS CERÂMICOS

Técnicas de construção Profa. Keila Bento TIJOLOS CERÂMICOS Técnicas de construção Profa. Keila Bento TIJOLOS CERÂMICOS TIPOS DE TIJOLOS PARA ALVENARIA 1 - Tijolos maciços cerâmicos 2 - Tijolos de solo cimento 1 - TIJOLOS MACIÇOS Definições Componente industrializado

Leia mais

TOTAL DO ITEM 1 4.326,42

TOTAL DO ITEM 1 4.326,42 OBRA - CONSTRUÇÃO DE 40 BLOCOS RESIDENCIAIS PAGINA: 1 / 10 1 SERVIÇOS PRELIMINARES (Habitacao) 1.1 Locação da obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 349,19

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Os projetos somente poderão ser alterados por motivo plenamente justificado mediante autorização escrita da Fiscalização.

MEMORIAL DESCRITIVO. Os projetos somente poderão ser alterados por motivo plenamente justificado mediante autorização escrita da Fiscalização. 1 MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: EXECUÇÃO DE OBRAS DE AMPLIAÇÃO E ADEQUAÇÃO PARA SALA DE CIDADANIA DO PRÉDIO DA CAMARA MUNICIPAL DE ITIQUIRA, MT. LOCAL: RUA JOÃO BATISTA VIDOTTI, Nº407, CENTRO, ITIQUIRA,ESTADO

Leia mais

NORMAS, OMISSÕES E DIVERGÊNCIAS.

NORMAS, OMISSÕES E DIVERGÊNCIAS. DISPOSIÇÕES GERAIS O presente caderno tem por objetivo estabelecer as normas e encargos que presidirão o desenvolvimento da construção de um em terreno de propriedade do Município de Soledade, no Bairro

Leia mais

CONSUMO DE MATERIAIS MADEIRAS E FERROS

CONSUMO DE MATERIAIS MADEIRAS E FERROS CONSUMO DE MATERIAIS MADEIRAS E FERROS ROTEIRO Prof. Marco Pádua É NECESSÁRIO DEFINIR O TIPO DE CONCRETAGEM. A seguir vamos fornecer os passos necessários para planejar a execução das formas e escoramentos,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Itambé

Prefeitura Municipal de Itambé MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA CAPELA MORTUÁRIA CONSIDERAÇÕES INICIAIS Este memorial tem por objetivo descrever de forma clara a reforma e ampliação da capela mortuária. Todos os materiais

Leia mais

02. ENCARGOS: 02.01. Os encargos do construtor são aqueles estipulados no Caderno de Encargos do DERT/SEINFRA, que o empreiteiro declara conhecer.

02. ENCARGOS: 02.01. Os encargos do construtor são aqueles estipulados no Caderno de Encargos do DERT/SEINFRA, que o empreiteiro declara conhecer. OBRA: IMPERMEABILIZAÇÃO DA COBERTA DO AUDITÓRIO; REFORMA DA COBERTA DOS GALPÕES; IMPERMEABILIZAÇÃO DO HALL ESCOLA: EEEP JOSÉ IVANILTON NOCRATO ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 01. OBJETO: 01.01. Estas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA. IPPUC Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba OBRA REQUALIFICAÇÃO AV.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA. IPPUC Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba OBRA REQUALIFICAÇÃO AV. PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA IPPUC Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba OBRA REQUALIFICAÇÃO AV. MARECHAL FLORIANO ALARGAMENTO DA PONTE CANAL PARALELO RIO IGUAÇU PROJETO DE OBRA DE

Leia mais

EXECUÇÃO DE CERCA CASA DO MEL

EXECUÇÃO DE CERCA CASA DO MEL ESTADO DE MATO GROSSO AV. CARLOS HUGUENEY, 552 CENTRO - CEP: 78.780-000 TEL/FAX: (66) 3481 1165 MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE CERCA CASA DO MEL Agosto 2014 ESTADO DE MATO GROSSO AV. CARLOS HUGUENEY,

Leia mais

GALPÃO PARA AVE DE CORTE

GALPÃO PARA AVE DE CORTE MEMÓRIA DE CÁLCULO OBRA: GALPÃO PARA AVES DE POSTURA LOCAL: Povoado Santa Teresa - KM 05 - Zona Rural - CEP 77950-000 - Araguatins-TO RESP. TÉCNICO: Engº Civil CARLOS CEZAR A. LEAL - CREA./ Nº: 3967-D

Leia mais

Estaca pré-fabricada de concreto

Estaca pré-fabricada de concreto CONCEITO Podem ser de concreto armado ou protendido. São utilizadas com maior frequência em obras de pequeno e médio porte e causam grande vibração no solo. TIPOS/MODELOS Sua seção pode ser quadrada, hexagonal,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE GINÁSIO POLIESPORTIVO LOCAL: SEDE DO MUNICÍPIO MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

TRABALHO DE CONSTRUÇÕES DE EDIFÍCIOS II

TRABALHO DE CONSTRUÇÕES DE EDIFÍCIOS II TRABALHO DE CONSTRUÇÕES DE EDIFÍCIOS II ORÇAMENTO E CRONOGRAMA FÍSICO FINANCEIRO PROF. ANA LÚCIA ALUNOS: Camila Dias Ferreira RA. 610542 Leandro Nogueira Ayres RA. 610593 Marília Machado Vaz RA. 610445

Leia mais

Estudo dos Traços. Prof. Amison de Santana Silva

Estudo dos Traços. Prof. Amison de Santana Silva Estudo dos Traços Prof. Amison de Santana Silva Traços - Definição Relação entre as proporções de cimento e os outros materiais componentes (areia, cal, água, aditivos) = Traço. Pode ser especificado em

Leia mais

INFORME O NOME DA EMPRESA Orçamento Sintético Global (GLOBAL)

INFORME O NOME DA EMPRESA Orçamento Sintético Global (GLOBAL) CÓDIGO DESCRIÇÃO CLASS UNID. QUANT. 1 Instalação do Canteiro de Obras 01520.8.1.1 ABRIGO PROVISÓRIO de madeira executado na obra para alojamento e depósito de materiais e ferramentas SER.CG M² 7,50 217,91

Leia mais

Câmara Municipal de Céu Azul

Câmara Municipal de Céu Azul Câmara Municipal de Céu Azul Estado do Paraná MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: REORMA E AMPLIAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CÉU AZUL. (Edificação da antiga biblioteca)

Leia mais

PLANILHA CONTRATUAL VIGENTE - RECOPA

PLANILHA CONTRATUAL VIGENTE - RECOPA 1. MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO 8.550.312,46 1.1 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE PESSOAL PESS 70,000 1.778,00 124.460,00 1.2 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS VG 40,000 22.225,00 889.000,00

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. Esquadrias Metálicas Ltda. PORTA DE CORRER A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração

Leia mais

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Técnicas da Construção Civil

Faculdade Sudoeste Paulista Curso de Engenharia Civil Técnicas da Construção Civil AULA 10 - ALVENARIA Alvenaria, pelo dicionário da língua portuguesa, é a arte ou ofício de pedreiro, ou ainda, obra composta de pedras naturais ou artificiais, ligadas ou não por argamassa. Modernamente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUPORANGA PRAÇA GRUTA MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUPORANGA PRAÇA GRUTA MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUPORANGA PRAÇA GRUTA MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO INTRODUÇÃO. O presente memorial refere-se a construção da praça Gruta, com área de 697,76 m², mais 161,03 m² de passeio

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Cliente: Unidade: Assunto: Banco de Brasília - BRB DITEC Reforma das instalações Código do Projeto: 1564-12 Pág. 2 Índice Sumário 1. Memorial Descritivo

Leia mais

ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO 1. APRESENTAÇÃO O presente MEMORIAL DESCRITIVO tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados na reforma do

Leia mais

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra 1 PREPARAÇÃO DO TERRENO 2709.43 20202 RASPAGEM e limpeza manual de terreno M2 25.00 0.00 0.87 0.00 0.87 21.75 20301 LIGAÇÃO provisória de água para obra e instalação sanitária provisória, instalação mínima

Leia mais

NBR 5629 Execução de tirantes ancorados no solo, 17/03/206.

NBR 5629 Execução de tirantes ancorados no solo, 17/03/206. ATENDIMENTO DE DE SERVIÇOS E TECNOLÓGICO 1 DE 8 1. NORMAS DE DE SERVIÇOS 1.1 LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO NBR 13133 - Execução de levantamento topográfico, 30/05/1994. Errata em 30/12/1996. 1.2 SOLOS E FUNDAÇÕES

Leia mais

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS P.UNIT.S/ P.UNIT.C/ ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID QUANT ITEM S/ BDI ITEM C/BDI BDI BDI 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 Terreno 1.1.1 Limpeza do terreno m2 24,99 1.1.2 Locação da obra m2 24,99 1.2 Ligações provisórias

Leia mais

Aula de Laboratório de Materiais de Construção Civil Professora: Larissa Camporez Araújo

Aula de Laboratório de Materiais de Construção Civil Professora: Larissa Camporez Araújo Aula de Laboratório de Materiais de Construção Civil Professora: Larissa Camporez Araújo De acordo com a NBR 12655, o responsável pelo recebimento do concreto é o proprietário da obra ou o responsável

Leia mais

Distribuição de Cargas Verticais

Distribuição de Cargas Verticais Distribuição de Cargas Verticais Disponível em http://www.chasqueweb.ufrgs.br/~jeanmarie/eng01208/eng01208.html jean.marie@ufrgs.br Funções das paredes de alvenaria Compressão axial Transmite as cargas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA RESPONSÁVEL: ARQ. Cesar Luiz Basso CAU: A5819-0 OBRA: LOCAL: 6098 NÚCLEO PEDAGÓGICO CAMPUS JORGE AMADO - SUBESTAÇÃO SECUNDÁRIA BR415 Rodovia Itabuna/ Ilhéus - BA 1 CONTROLE

Leia mais

Aços Longos. Treliças Nervuradas Belgo

Aços Longos. Treliças Nervuradas Belgo Aços Longos Treliças Nervuradas Belgo Treliças Nervuradas As Treliças Nervuradas Belgo utilizam aço Belgo 60 Nervurado (CA 60) em todos os fios que as compõem: uma garantia de procedência e qualidade.

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA 3.6. OBRAS DE CONTENÇÃO Sempre que a movimentação de terra implicar em riscos de perda de estabilidade do solo, há a necessidade da execução de estruturas ou obras de contenção para segurança da própria

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E/OU CONSTRUTIVO

MEMORIAL DESCRITIVO E/OU CONSTRUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO E/OU CONSTRUTIVO 1.0 PRELIMINARES O presente memorial faz constar informações sobre o fechamento e acabamento do plenário da obra do Centro de Cultura e sede do Poder Legislativo de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA RESPONSÁVEL: ARQ. Cesar Luiz Basso CAU: A5819-0 OBRA: LOCAL: 6098 NÚCLEO PEDAGÓGICO CAMPUS JORGE AMADO - SUBESTAÇÃO PRIMÁRIA BR415 Rodovia Itabuna/ Ilhéus - BA 1 CONTROLE

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES ANEXO - I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1 - OBJETIVO: Tem este o objetivo de esclarecer e orientar os diversos serviços para a construção de um abrigo para o grupo gerador de 380/220 V, 55 KVA e interligações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra Estado de Mato Grosso Secretaria de Coordenação e Planejamento Departamento de Estudos e Projetos

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra Estado de Mato Grosso Secretaria de Coordenação e Planejamento Departamento de Estudos e Projetos M E M O R I A L D E S C R I T I V O Obra Construção em alvenaria térrea CENTRO DE EVENTOS MUNICIPAL Endereço da Obra Rodovia MT 358 Cidade Tangará da Serra - MT Proprietária Prefeitura Municipal de Tangará

Leia mais

MEMÓRIA DE CÁLCULO UBS

MEMÓRIA DE CÁLCULO UBS MEMÓRIA DE CÁLCULO UBS MEMÓRIA DE CÁLCULO UBS 1 Mobilização - canteiro de obras e demolições Placa de obra em chapa de aco galvanizado-padrão ministério da saúde Área = 4,50m² Locação convencional de obra,

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO

PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Fabia Roberta P. Eleutério

Leia mais

L A U D O T É C N I C O. Segurança estrutural contra incêndio

L A U D O T É C N I C O. Segurança estrutural contra incêndio L A U D O T É C N I C O Segurança estrutural contra incêndio GINASIO POLIESPORTIVO TAPEJARA RS MAIO DE 2015 OBJETIVO: Este laudo tem por objetivo estabelecer as condições mínimas que os materiais existentes

Leia mais

RELATÓRIO VISTORIA NA ESTRUTURA DO CARTÓRIO ELEITORAL DE GURINHÉM - SEARQ

RELATÓRIO VISTORIA NA ESTRUTURA DO CARTÓRIO ELEITORAL DE GURINHÉM - SEARQ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura / COSEG RELATÓRIO VISTORIA NA ESTRUTURA DO CARTÓRIO ELEITORAL DE GURINHÉM

Leia mais

sistema construtivo Steel Frame

sistema construtivo Steel Frame sistema construtivo Steel Frame A Allmas é uma indústria da construção civil, especializada na fabricação de estruturas e na construção em Steel Frame ou Light Steel Frame (LSF). Atua nos segmentos residenciais,

Leia mais