ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO FÍSICA"

Transcrição

1 CONHECIMENTO CORPORAL ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO FÍSICA A educação escolar tem como objetivo transmitir o conhecimento acumulado pela humanidade que o leve a compreender e a refletir com autonomia a vida pessoal, de grupo e da coletividade/sociedade; desenvolver as habilidades para apreender esses conhecimentos; alicerçada em valores éticos; visando contribuir para o desenvolvimento integral do sujeito histórico; estimular, promover e oportunizar o processo de construção coletiva, participativa na sociedade para manter e/ou transformá-la de forma consciente, crítica, criativa e responsável. O trabalho se pautará em valores éticos de respeito às diferenças naturais e culturais, na busca da igualdade social, na solidariedade, na cooperação entre os sujeitos, na tolerância, reflexão e da superação sobre as diferentes opiniões, na justiça pessoal e social e outros valores coerentes à formação do sujeito social. Objetivo geral de Educação Física: Proporcionar a vivência dos alunos na esfera da cultura corporal de movimento, tendo aprendizagem significativa, para que possam usufruir, reproduzir, reconstruir e transformar a práxis da área no âmbito escolar e no cotidiano. 1º. ANO/ 2º. ANO/ 3º. ANO CICLO DA 4º ANO/ 5º ANO CICLO DO CONHECI MENTO as estruturas e efeitos dos moviment os sobre: músculo, esqueleto, circulação (freqüência cardíaca), articulaçã o, respiração. os princípios Explorar os diferentes movimentos do corpo. adquirido hábitos de algumas capacidades físicas: flexibilidade, resistência, força, velocidade, agilidade, equilíbrio, coordenação. as estruturas e efeitos dos movimentos sobre: músculo, esqueleto, circulação (freqüência cardíaca), articulação, respiração. os princípios da Conceito de cultura corporal: influências da sociedade sobre as atividades físicas nos diversos momentos históricos e sociedades. Explorar os diferentes movimentos do corpo. adquirido hábitos de algumas capacidades físicas: flexibilidade, resistência, força, velocidade, agilidade, equilíbrio, coordenação.

2 da Conceito de cultura corporal: influência s da sociedade sobre as atividades físicas nos diversos momentos históricos e sociedades. habilidades motoras: locomoção, manipulação, estabilidade. consciência corporal: percepção, lateralidade e orientação espaçotemporal. habilidades motoras: locomoção, manipulação, estabilidade. consciência corporal: percepção, lateralidade e orientação espaçotemporal.

3 ATIVIDADES RÍTMICAS E EXPRESSIVAS JOGOS E BRINCADEIRAS CONHECIMENT O o brincadeiras e de jogos. regras e tipos de jogos. CONHECIMENT O histórico e tipos de danças e de rodas cantadas. Realizar brincadeiras populares e/ou folclóricas. Realizar jogos: simbólicos; construção; de regras; cooperativos; de mesa. o brincadeiras e de jogos. regras e tipos de jogos. Realizar brincadeiras populares e/ou folclóricas. Realizar jogos: de regras; cooperativos; pré-desportivos; de mesa. de: dança; atividades rítmicas; rodas cantadas. expressão corporal. histórico e tipos de danças. de: dança; atividades rítmicas; expressão corporal.

4 ATIVIDADES DE FUNDAMENTAÇÃO DO ESPORTE, GINÁSTICAS E LUTAS CONHECIMENTO ginásticas e lutas. Realizar movimentos de ginástica: artística, rítmica ou geral. e brincadeiras referentes às lutas. ginásticas e lutas e/ou capoeira. diferenças entre os diversos tipos de ginásticas, esportes e lutas. Realizar movimentos de ginástica: artística, rítmica ou geral. de Capoeira. e brincadeiras referentes às lutas. Realizar os fundamentos básicos de modalidades individuais: atletismo, tênis de campo ou tênis de mesa. Realizar os fundamentos básicos de modalidades coletivas: basquetebol, handebol, futebol, futsal, ou voleibol. (e nas modalidades não convencionais)

5 ATIVIDADES EVENTUAIS CONHECIMENTO atividades que estiverem ocorrendo na sociedade. Realizar atividade circense; de aventura e/ou as contempladas nos eventos de notoriedade. histórico de atividades que estiverem ocorrendo na sociedade. conhecimentos sobre alimentação. Realizar atividade circense; de aventura e/ou nas contempladas nos eventos de notoriedade.

COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELOZZO RUA HAROLDO HAMILTOM CENTRO TOLEDO PARANÁ CEP 85900-000 FONE (45)3378-5343 PLANO DE TRABALHO DOCENTE

COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELOZZO RUA HAROLDO HAMILTOM CENTRO TOLEDO PARANÁ CEP 85900-000 FONE (45)3378-5343 PLANO DE TRABALHO DOCENTE COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELOZZO RUA HAROLDO HAMILTOM CENTRO TOLEDO PARANÁ CEP 85900-000 FONE (45)3378-5343 PLANO DE TRABALHO DOCENTE ENSINO FUNDAMENTAL(8 e 9 ano) EDUCACAO FÍSICA TOLEDO- PR FEV/2014 COLÉGIO

Leia mais

EIXOS TEMÁTICOS EDUCAÇÃO FÍSICA

EIXOS TEMÁTICOS EDUCAÇÃO FÍSICA EIXOS TEMÁTICOS EDUCAÇÃO FÍSICA 1º ANO Jogo Ginástica experimentação em dança Corpo humano e saúde Jogos e brincadeiras da cultura popular Dança, cultura popular e criação possibilidades e limitações do

Leia mais

Currículo do Curso de Bacharelado em Educação Física 2006.1

Currículo do Curso de Bacharelado em Educação Física 2006.1 Currículo do Curso de Bacharelado em Educação Física 2006.1 Criação: Resolução Nº 003/CEG/2005, de 08 de junho de 2005 Portaria Nº 164/PREG/2005 Objetivo do Curso: O objetivo do Curso de Bacharelado em

Leia mais

Horário de Aula 2016/1 - Educação Física - LICENCIATURA

Horário de Aula 2016/1 - Educação Física - LICENCIATURA TURMA L1 (1º Período) Horário de Aula 2016/1 - Educação Física - LICENCIATURA 07:00 Antropologia e Ed. Fís. Formação e Atuação em Ed. História e Ed. Física Ginástica ESP055 ESP054-11:40 Física EEF021 EFI041

Leia mais

Introdução ao Pensamento Científico 40 34 Atividades Acadêmico-Científico- Culturais

Introdução ao Pensamento Científico 40 34 Atividades Acadêmico-Científico- Culturais MATRIZ CURRICULAR Licenciatura em Educação Física 1º período da História da Educação Física 40 34 Fundamentos Sociofilosóficos da 60 50 Educação Bases Biológicas 60 50 Anatomia I* 20 + 40* 17 + 34* Psicomotricidade

Leia mais

COLEÇÃO ESPORTE DA ESCOLA

COLEÇÃO ESPORTE DA ESCOLA COLEÇÃO ESPORTE DA ESCOLA PRÁTICAS CORPORAIS E A ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO PRÁTICAS CORPORAIS E A ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO PRÁTICAS CORPORAIS E A ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO PRÁTICAS CORPORAIS E A

Leia mais

5.4 PLANO DE EXECUÇÃO CURRICULAR

5.4 PLANO DE EXECUÇÃO CURRICULAR 5.4 PLANO DE EXECUÇÃO CURRICULAR Bacharelado em Educação Física 429F Plano Curricular de Duração Média 4 anos Autorização: Resolução CEPE nº 55/01, de 18 de setembro de 2001. Carga Horária Mínima CFE:

Leia mais

4. PROPOSTA PEDAGÒGICA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO 4.1 - APRESENTAÇÃO

4. PROPOSTA PEDAGÒGICA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO 4.1 - APRESENTAÇÃO 48 4. PROPOSTA PEDAGÒGICA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO 4.1 - APRESENTAÇÃO A proposta Curricular discutida pelos professores do Colégio Estadual Mário de Andrade leva

Leia mais

ARTES - 1º AO 5º ANO

ARTES - 1º AO 5º ANO 1 Ano Artes Visuais 1 Bimestre O fazer artístico do aluno desenho, pintura, dobradura, colagem e modelagem. Competências/Habilidades Reconhecimento e utilização dos elementos da linguagem visual; Música

Leia mais

Audiência Pública Capoeira no Brasil. Câmara dos Deputados no dia 25 de agosto de 2015

Audiência Pública Capoeira no Brasil. Câmara dos Deputados no dia 25 de agosto de 2015 Audiência Pública Capoeira no Brasil Câmara dos Deputados no dia 25 de agosto de 2015 Bem Cultural Nacional Marco: 20 de novembro de 2008 o IPHAN Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Leia mais

CONTEÚDOS DE ARTE POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE ARTE POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONTEÚDOS DE ARTE POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas

Leia mais

PLANEJAMENTO REFERENCIAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA - VERSÃO 2016

PLANEJAMENTO REFERENCIAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA - VERSÃO 2016 PLANEJAMENTO REFERENCIAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA - VERSÃO 2016 ESCOLA: PROFESSOR (A): PEDAGOGO(A): DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA TURMA (S): 8 ANO PERÍODO: ANUAL OBJETO DE ESTUDO: CULTURA CORPORAL OBJETIVO: Reconhecer

Leia mais

Cursos Vocacional Informática e Tecnologias Web Planificação Anual 2015-2016 Educação Física

Cursos Vocacional Informática e Tecnologias Web Planificação Anual 2015-2016 Educação Física Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Cursos Vocacional Informática e Tecnologias Web Planificação Anual 2015-2016

Leia mais

GINÁSTICA NA ESCOLA CONTEÚDO DAS AULAS EXTRA-CURRICULAR CURRICULAR. Gláucia Bocalon Pilla

GINÁSTICA NA ESCOLA CONTEÚDO DAS AULAS EXTRA-CURRICULAR CURRICULAR. Gláucia Bocalon Pilla GINÁSTICA NA ESCOLA CONTEÚDO DAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EXTRA-CURRICULAR CURRICULAR Gláucia Bocalon Pilla CONTEÚDO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA A FORMA MAIS COMUM DE SER ENCONTRADA NAS ESCOLAS PARTICULARES,

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVO GERAL Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, consolidar hábitos

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: ANATOMIA HUMANA Estudo da forma, estrutura e função dos órgãos e sistemas do corpo humano de forma geral e segmentar. DISCIPLINA:

Leia mais

Projeto de Lecionação da Expressão e Educação Físico Motora no 1º Ciclo do Ensino Básico

Projeto de Lecionação da Expressão e Educação Físico Motora no 1º Ciclo do Ensino Básico Universidade Técnica de Lisboa - Faculdade de Motricidade Humana Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Núcleo de Estágio de Educação Física Agrupamento de Escolas de Alfornelos

Leia mais

CURRÍCULO BÁSICO COMUM EDUCAÇÃO FÍSICA ANOS INICIAIS VERSÃO PRELIMINAR

CURRÍCULO BÁSICO COMUM EDUCAÇÃO FÍSICA ANOS INICIAIS VERSÃO PRELIMINAR SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL CURRÍCULO BÁSICO

Leia mais

O que é a Educação Física?

O que é a Educação Física? O que é a Educação Física? Educação Física A educação física é uma disciplina para todos, independentemente da habilidade ou das qualidades físicas de cada um: abrange um leque diversificado de modalidades

Leia mais

Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Planejamento, Gestão e Legado. 20 de maio de 2015

Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Planejamento, Gestão e Legado. 20 de maio de 2015 Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Planejamento, Gestão e Legado 20 de maio de 2015 INTRODUÇÃO 1ª Olimpíada da América do Sul 2 de outubro de 2009 LEGADO OPORTUNIDADES RESULTADOS JOGOS OLÍMPICOS

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Médio Etec PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Área de conhecimento: LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: EDUCAÇÃO FÍSICA Série:

Leia mais

ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS E RECURSOS DIDÁTICOS

ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS E RECURSOS DIDÁTICOS , PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 2ºB ano BIMESTRE: 1º PROFESSORA: SELMA MARIA DE MELLO DE SOUZA FREIRE CONTEÚDO ESTRUTURAN TE CONTEÚDOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA/ OBJETIVOS

Leia mais

1º Ano 1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre Diagnóstico - fevereiro. Jogo Brincadeiras Populares

1º Ano 1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre Diagnóstico - fevereiro. Jogo Brincadeiras Populares 1º Ano Diagnóstico - fevereiro Brinquedos Cantados Brincadeiras Populares Habilidades Motoras Básicas - Locomoção Dança/Ativ. Rítmica Brincadeiras Populares Infantis Básicas - Manipulação s Simples com

Leia mais

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 9º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL Área: Linguagens, Códigos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO PARA ATUAR NO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL Nº 02/2013

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO PARA ATUAR NO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL Nº 02/2013 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO PARA ATUAR NO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL Nº 02/2013 NOME DO CANDIDATO: Nº DE INSCRIÇÃO: CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Leia mais

REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA RELEITURA

REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA RELEITURA REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA RELEITURA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL CARLA JAMILLE C. DE ARAÚJO Mestranda em Educação, UFBA, jamillecarla@hotmail.com REFERENCIAL CURRICULAR

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA: BACHARELADO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA: BACHARELADO MTRIZ CURRICULR DO CURSO DE EDUCÇÃO FÍSIC: BCHRELDO CRCTERÍSTICS CURRICULRES/ PERÍODO % D FORMÇÃO MPLID RD FORMÇÃO ESPECÍFIC TURD DISCIPLINS DE PROFUNDMENTO RD 1º. PERÍODO Fundamentos Históricos e Epistemológicos

Leia mais

Gabarito do Caderno do Aluno para o professor

Gabarito do Caderno do Aluno para o professor Gabarito do Caderno do Aluno para o professor Prezado(a) Professor(a), O Caderno do Aluno é mais um instrumento para servir de apoio ao seu trabalho e ao aprendizado do aluno. Elaborado a partir do Caderno

Leia mais

Nº ATLETA DATA DE NASC MATRÍCULA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Nº ATLETA DATA DE NASC MATRÍCULA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 PRÓ-REITORIA DE ENSINO IV JOGOS DO IFCE - SOBRAL 0 MODALIDADE: BASQUETEBOL FEMININO Nº ATLETA DATA DE NASC MATRÍCULA 9 0 PRÓ-REITORIA DE ENSINO IV JOGOS DO IFCE - SOBRAL 0 MODALIDADE: BASQUETEBOL MASCULINO

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE

CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE Planificação Anual - 2015-2016 Ensino Básico 9º Ano 2º Ano - Atividade Vocacional FOTOGRAFIA DIGITAL MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS Conteúdos Procedimentos

Leia mais

SUBPROJETO PIBID/PUCPR LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: PRODUÇÕES, IMPACTOS E DIFICULDADES

SUBPROJETO PIBID/PUCPR LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: PRODUÇÕES, IMPACTOS E DIFICULDADES SUBPROJETO PIBID/PUCPR LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: PRODUÇÕES, IMPACTOS E DIFICULDADES Resumo Luís Rogério de Albuquerque 1 - PUCPR Maria Cristina Kogut 2 - PUCPR Grupo de Trabalho Formação de Professores

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Educação Física

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Educação Física MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSCA GRADE 1 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2010 1º SEMESTRE 1425-1 ANATOMIA HUMANA I 3 60 30 30 10555-2 CULTURA TEOLOGICA 2 40 40-10713-9

Leia mais

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996 Tramitação 1988 Promulgação da Constituição Federal 1988 a 1991 Início de discussão do projeto Jorge Hage na Câmara

Leia mais

GINÁSTICA PARA TODOS

GINÁSTICA PARA TODOS GINÁSTICA PARA TODOS uma manifestação sociocultural Profa.Margareth de Paula Ambrosio Prof.Marcus Vinicius Bonfim Ambrosio Maio/2011 CONCEITOS 1. A Ginástica Geral (GG) é um fenômeno sócio-cultural, expressado

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM LÓGICA DAS EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM: As Expectativas de aprendizagem apresentadas abaixo são versões preliminares para auxiliar o professor nas vivências práticas com seus

Leia mais

É importante considerar a distribuição dos conteúdos ao longo de um determinado período

É importante considerar a distribuição dos conteúdos ao longo de um determinado período PLANEJAMENTO O desafio é equacionar a relação entre o tempo necessário para ensinar todos os conhecimentos das mais diferentes práticas corporais e o tempo efetivamente disponível para o projeto É importante

Leia mais

A DANÇA NO CONTEXTO DA ESCOLA ESPECIAL. Tatiane Boruch (PIBIC/CNPq - UNICENTRO - Irati) E-mail: tatiboruch@hotmail.com

A DANÇA NO CONTEXTO DA ESCOLA ESPECIAL. Tatiane Boruch (PIBIC/CNPq - UNICENTRO - Irati) E-mail: tatiboruch@hotmail.com A DANÇA NO CONTEXTO DA ESCOLA ESPECIAL Tatiane Boruch (PIBIC/CNPq - UNICENTRO - Irati) E-mail: tatiboruch@hotmail.com Universidade Estadual do Centro Oeste UNICENTRO Setor de Ciências da Saúde Palavra-Chave:

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM DE EDUCAÇÃO FÍSICA

METAS DE APRENDIZAGEM DE EDUCAÇÃO FÍSICA METAS DE APRENDIZAGEM DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO SECUNDÁRIO AUTORES LEONARDO ROCHA (Coordenador da equipa) JOÃO COMÉDIAS JORGE MIRA MÁRIO GUIMARÃES SETEMBRO de 2011 METAS DE APRENDIZAGEM DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Leia mais

METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS

METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):selma Maria de Mello - Disciplina: Educação Física - Ano: 2014 - Período: 1º Bimestre Curso: Ensino Médio e Profissionalizante Turma: 1º ano A matutino ESTRUTURANTES

Leia mais

UMA CRIANÇA EM MOVIMENTO, UM DESAFIO, UMA AVENTURA, UM CONVITE: DESCUBRA-SE! 1

UMA CRIANÇA EM MOVIMENTO, UM DESAFIO, UMA AVENTURA, UM CONVITE: DESCUBRA-SE! 1 UMA CRIANÇA EM MOVIMENTO, UM DESAFIO, UMA AVENTURA, UM CONVITE: DESCUBRA-SE! 1 Eduarda Virginia Burckardt 2, Jussara Pietzczak Appelt 3. 1 Projeto realizado pelas professora regente e de educação física

Leia mais

17º Congresso de Iniciação Científica EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO E SEUS CONTEÚDOS HISTÓRICOS- ANO 2

17º Congresso de Iniciação Científica EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO E SEUS CONTEÚDOS HISTÓRICOS- ANO 2 17º Congresso de Iniciação Científica EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO E SEUS CONTEÚDOS HISTÓRICOS- ANO 2 Autor(es) CARINA DA SILVA DE LARA Orientador(es) IDA CARNEIRO MARTINS Apoio Financeiro FAPIC/UNIMEP

Leia mais

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS UNIFIMES

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS UNIFIMES CENTRO UNIVERSITARIO DE MINEIROS (UNIFIMES) PRÓ-REITORIA DE ENSINO, DE PESQUISA E DE EXTENSÃO DIRETORIA DE EXTENSÃO, ASSUNTOS COMUNITÁRIOS, ESTUDANTIS E CULTURAIS REGULAMENTO DA POLÍTICA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2015-16

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2015-16 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2015-16 Critérios de : Disciplina de Instrumento Departamento de Sopros, Canto e Percussão Critérios Gerais Critérios Específicos Instrumentos Indicadores de reflexo no domínio dos

Leia mais

REPRESENTANTE DE TURMA: DESENVOLVENDO A CIDADANIA

REPRESENTANTE DE TURMA: DESENVOLVENDO A CIDADANIA REPRESENTANTE DE TURMA: DESENVOLVENDO A CIDADANIA "A participação em uma sociedade democrática como membro responsável exige que se produzam mudanças e renovações na organização da escola." Juan Deval

Leia mais

Prof. Humberto Luís de Deus Inácio 1 Prof. Ricardo Lira de Rezende Neves Profa. Renata de Lima Silva Coordenadores dos Cursos presenciais da FEFD/UFG

Prof. Humberto Luís de Deus Inácio 1 Prof. Ricardo Lira de Rezende Neves Profa. Renata de Lima Silva Coordenadores dos Cursos presenciais da FEFD/UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO VESPERTINO 2º PERIODO FUNDAMENTOS SÓCIO-PEDAGÓGICOS DA 16h50-18h30 13h10-14h50 EDUCAÇÃO FÍSICA Bloco A Sala 2 Prof. Rúbia PESQUISA

Leia mais

Currículo do Curso de Educação Física

Currículo do Curso de Educação Física Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO A formação do Bacharel em concentra-se na área não- escolar e tem o objetivo de formar um profissional nos princípios da flexibilidade curricular, capaz de acompanhar

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula. As turmas das Atividades Extraclasse, para cada modalidade, são divididas de acordo

Leia mais

PROGRAMAS De 14 de junho a 22 de julho

PROGRAMAS De 14 de junho a 22 de julho 2016 PROGRAMAS De 14 de junho a 22 de julho O Verão MAIS consiste na dinamização de vários programas lúdico/pedagógicos, que decorrem entre o final das aulas e a partida para férias. Através das atividades

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANO DE TRABALHO DOCENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO DE TRABALHO DOCENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PROF. RAVILSON CAMPINA DO SIMÃO/2012 SÉRIE: 7ª TURMA: A/B/C HORAS/AULA: 03 PERÍODO: 08/02/2012 a 19/12/2011 populares -Elástico, 5 maria bulica, bets,peteca, queimada

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Educação Física Currículo do Curso

Currículo do Curso de Licenciatura em Educação Física Currículo do Curso Currículo do Curso de Licenciatura em Educação Física 2006.1 Currículo do Curso Curso: Licenciatura em Educação Física CRIAÇÃO DO CURSO PORTARIA Nº 470/GR DE 07/10/74 RECONHECIMENTO DO CURSO PARECER -

Leia mais

II. Educação, Cultura e Cidadania na Sociedade 02 40 Contemporânea II.1.Psicologia da à Educação Física I 02 40

II. Educação, Cultura e Cidadania na Sociedade 02 40 Contemporânea II.1.Psicologia da à Educação Física I 02 40 MATRIZ CURRICULAR SEMESTRAL DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 1º SEMESTRE HORÁRIA EM I. Fundamentos da Anatomia Humana I I 02 40 I.1 - Fundamentos Biológicos 02 40 Conteúdos Curriculares II. Educação, Cultura

Leia mais

Atletismo na escola, uma possibilidade de ensino. E.E. Alfredo Paulino. Professor(es) Apresentador(es): Prof. Eduardo Maia Simões.

Atletismo na escola, uma possibilidade de ensino. E.E. Alfredo Paulino. Professor(es) Apresentador(es): Prof. Eduardo Maia Simões. Atletismo na escola, uma possibilidade de ensino E.E. Alfredo Paulino Professor(es) Apresentador(es): Prof. Eduardo Maia Simões Realização: Foco do Projeto O foco era oferecer aos alunos dos 4ºs. Anos

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO Introdução à Educação Física Apresentação e contextualização da Educação Física e da cultura universitária em geral; Discussão

Leia mais

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL. Silvia Helena Vieira Cruz

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL. Silvia Helena Vieira Cruz A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Silvia Helena Vieira Cruz INTRODUÇÃO Os ganhos decorrentes das experiências vividas pelas crianças em creches e pré-escolas dependem diretamente

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2015 MATRÍCULAS: DE 25 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2015 MATRÍCULAS: DE 25 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2015 MATRÍCULAS: DE 25 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Prof.ª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio Pedro Fabro, Sala 303 Unidade

Leia mais

COLÉGIO RESSURREIÇÃO ESCOLA DE ESPORTES 2009 NORMAS E PROCEDIMENTOS

COLÉGIO RESSURREIÇÃO ESCOLA DE ESPORTES 2009 NORMAS E PROCEDIMENTOS COLÉGIO RESSURREIÇÃO ESCOLA DE ESPORTES 2009 NORMAS E PROCEDIMENTOS Ficha de Inscrição Eu autorizo meu filho (a) da série a participar das atividades esportivas relacionadas nesta cartilha. Estou ciente

Leia mais

Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo. Critérios de Avaliação em Língua Estrangeira. (1º ciclo)

Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo. Critérios de Avaliação em Língua Estrangeira. (1º ciclo) Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo Critérios de Avaliação em Língua Estrangeira (1º ciclo) Departamento de Línguas Estrangeiras Ano Letivo 2015/2016 1 Considerações Gerais 1. Pretende-se que a

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO DE GINÁSTICA RÍTMICA

REGULAMENTO ESPECIFICO DE GINÁSTICA RÍTMICA REGULAMENTO ESPECIFICO DE GINÁSTICA RÍTMICA (CÓDIGO DE PONTUAÇÃO) 2002-2003 Programa individual: CORDA ARCO BOLA Programa conjuntos: CORDA ARCO BOLA MOVIMENTOS LIVRES INTRODUÇÃO A sistematização dos Desportos

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 2016

EDUCAÇÃO FÍSICA 2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 2016 Prova 311 Ensino Secundário I - OBJETO DE AVALIAÇÃO A prova tem por referência o Programa do ensino secundário da disciplina de Educação

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME: EDUCAÇÃO FÍSICA II PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO ANO: 2º CARGA HORÁRIA: 3 A/S - 120 H/A 100 H/R DOCENTE RESPONSÁVEL: ANA

Leia mais

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO ESTRUTURA DE TRABALHO Os CCEB atendem a comunidade escolar no contra turno com oficinas diversificadas que atendem os alunos da faixa etária de 6 à 12 anos que estudam

Leia mais

CRONOGRAMA ANUAL DA ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA

CRONOGRAMA ANUAL DA ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA CRONOGRAMA ANUAL DA ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA 1º e 2º Anos de Escolaridade 3º e 4º anos de Escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período ATIVIDADES FÍSICAS A ABORDAR Perícia e Manipulação Atividades

Leia mais

Boas situações de Aprendizagens. Atividades. Livro Didático. Currículo oficial de São Paulo

Boas situações de Aprendizagens. Atividades. Livro Didático. Currículo oficial de São Paulo Atividades Boas situações de Aprendizagens Livro Didático Currículo oficial de São Paulo LÓGICA NUMA CONCEPÇÃO QUE SE APOIA EXCLUSIVAMENTE EM CONTEÚDOS E ATIVIDADES Enfoque fragmentado, centrado na transmissão

Leia mais

ANÁLISE CRÍTICA DO VÔLEI DO MINTONETTE AO VOLEIBOL TELEVISIONADO Lucas Gonçalves de Santana Colégio Antônio Vieira (Salvador, BA)

ANÁLISE CRÍTICA DO VÔLEI DO MINTONETTE AO VOLEIBOL TELEVISIONADO Lucas Gonçalves de Santana Colégio Antônio Vieira (Salvador, BA) ANÁLISE CRÍTICA DO VÔLEI DO MINTONETTE AO VOLEIBOL TELEVISIONADO Lucas Gonçalves de Santana Colégio Antônio Vieira (Salvador, BA) Apresentação O Vôlei é hoje um dos esportes favoritos do brasileiro. Isso

Leia mais

Educação Física. Código: 28. Agrupamento de Escolas de Abação. Escola EB 2,3 Abação. Informação n.º 1. Data: 12/05/2014

Educação Física. Código: 28. Agrupamento de Escolas de Abação. Escola EB 2,3 Abação. Informação n.º 1. Data: 12/05/2014 Agrupamento de Escolas de Abação Escola EB 2,3 Abação Informação n.º 1 Data: 12/05/14 Prova de Equivalência à Frequência de Educação Física Código: 28 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/12,

Leia mais

Prof. Maria Emilia Nunes Rodrigues Arenas Secretaria Municipal de Educação São José do Rio Preto - SP

Prof. Maria Emilia Nunes Rodrigues Arenas Secretaria Municipal de Educação São José do Rio Preto - SP Área de Linguagens Educação Física Ensino Fundamental O Ensino Fundamental Duas fases Quatro eixos de formação Anos Iniciais (1 ao 5 ano) Anos Finais (6 ao 9 ano) Letramentos e capacidade de aprender;

Leia mais

Treinamento de Força

Treinamento de Força Treinamento de Força O B J E T I V O Possibilitar aos alunos de educação física uma experiência teórica e prática no estudo generalizado da ciência dos exercícios contra-resistência. Apresentar em linhas

Leia mais

PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE

PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE "Viajar pela leitura sem rumo sem direção só para viver aventura que é ter um livro nas mãos" 1. 1. APRESENTAÇÃO O Projeto de Incentivo

Leia mais

Currículo Referência em Dança 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos

Currículo Referência em Dança 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos Bimestre Objetivos Currículo Referência em Dança 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos Conceitos Modalidades Expectativas Sugestão de Atividades em diferentes Modalidades 1º Bimestre 2º Bimestre Realizar

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS - CBV CENTRO ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS - CBV CENTRO ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS - CBV CENTRO ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / DA ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto Ginástica

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS GERAIS Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, a melhoria

Leia mais

Nataniel Lopes 913091989 nataniel-lopes@juventudevidigalense.org. Contactos alternativos 912727166 / 244833799 geral@juventudevidigalense.

Nataniel Lopes 913091989 nataniel-lopes@juventudevidigalense.org. Contactos alternativos 912727166 / 244833799 geral@juventudevidigalense. Programa de Ocupação de Férias Introdução O Programa de Ocupação de Férias, licenciado pelo IPDJ com o número de registo 143/DRC, é um projeto destinado a crianças com idades entre os 6 e os 17 anos (6-9,

Leia mais

CONTEÚDOS DE FILOSOFIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE FILOSOFIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE FILOSOFIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas SECRETÁRIA

Leia mais

Critérios de Avaliação na Educação Pré Escolar

Critérios de Avaliação na Educação Pré Escolar Critérios de Avaliação na Educação Pré Escolar O princípio consensualmente partilhado de que a avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa em cada nível de educação e de ensino

Leia mais

Matriz 2008... 02. Matriz 2010... 05. Matriz 2013... 08

Matriz 2008... 02. Matriz 2010... 05. Matriz 2013... 08 Página 1 Matriz Curricular Sumário Matriz 2008... 02 Matriz 2010... 05 Matriz 2013... 08 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2008 1º Período 2º Período 3 º Período 4º Período Anatomia do Aparelho Locomotor 72 Biologia

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Capoeira - menino Pé no Chão Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação Casa

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL1 1

TRANSFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL1 1 TRANSFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL1 1 Isadora Somavila 2, Fernando Jaime González 3. 1 Trabalho vinculado ao projeto Transformação da Educação

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017 Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017 PARECER RECURSOS PROVA 2 EDUCAÇÃO FÍSICA 11) Conforme a Proposta Curricular

Leia mais

60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h Desenvolvimen to de Ações. 60h

60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h. 60h Desenvolvimen to de Ações. 60h UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS XII GUANAMBI CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA CARGA HORÁRIA INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR TEMPO MÍNIMO TEMPO MÁXIMO 3.165

Leia mais

Projecto Desporto para Todos. EB 1/PE do Pedregal 2008 / 09

Projecto Desporto para Todos. EB 1/PE do Pedregal 2008 / 09 EB 1/PE do Pedregal 2008 / 09 Todos os alunos têm direito a uma escola aberta àdiferença, que reconheça que cada criança éúnica, tendo as suas próprias necessidades específicas e que progride de acordo

Leia mais

PLANO DE AÇÃO - EQUIPE PEDAGÓGICA

PLANO DE AÇÃO - EQUIPE PEDAGÓGICA PLANO DE AÇÃO - EQUIPE PEDAGÓGICA JUSTIFICATIVA O ato de planejar faz parte da história do ser humano, pois o desejo de transformar sonhos em realidade objetiva é uma preocupação marcante de toda pessoa.

Leia mais

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009 Desporto Coletivo 1. Origem e evolução do Desporto Coletivo no Brasil: histórico e tendências atuais 2. Processos pedagógicos de iniciação do Desporto Coletivo no contexto escolar 3. A utilização de equipamentos

Leia mais

Funções Assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho Docente, permitindo ao Professor e Escola um ensino de qualidade, evitando

Funções Assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho Docente, permitindo ao Professor e Escola um ensino de qualidade, evitando Funções Assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho Docente, permitindo ao Professor e Escola um ensino de qualidade, evitando a improvisação e a rotina. Explicitar princípios, diretrizes

Leia mais

O QUE É DESENVOLVIMENTO CURRICULAR? Tradicionalistas vs Progressistas

O QUE É DESENVOLVIMENTO CURRICULAR? Tradicionalistas vs Progressistas O QUE É DESENVOLVIMENTO CURRICULAR? Tradicionalistas vs Progressistas O PROGRAMA SILABICO E O CURRÍCULO O que você acha que é a diferença? Definição de Silabos Um plano geral do conteúdo que a escola deve

Leia mais

SISTEMA DE EDUCAÇÃO. www.logosofico.com.br. 9 de abril - sábado, das 8h às 12h15

SISTEMA DE EDUCAÇÃO. www.logosofico.com.br. 9 de abril - sábado, das 8h às 12h15 SISTEMA 9 de abril - sábado, das 8h às 12h15 SISTEMA Local: Colégio Logosófico Unidade Funcionários Rua Piauí, 742 Bairro Funcionários Fone: (31) 3218-1717 Inscrições pelo e-mail: cursos-fc@colegiologosofico.com.br

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA CÓD. 01. A evolução da dança e suas relações com o ensino aprendizagem

EDUCAÇÃO FÍSICA CÓD. 01. A evolução da dança e suas relações com o ensino aprendizagem PROCESSSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL Nº 19, de 20/08/2007, publicado no DOU de 24/08/2007, republicado no DOU de 28/08/2007. EDUCAÇÃO FÍSICA CÓD. 01 1. Unidade I A evolução

Leia mais

Departamento de Expressões. Critérios de Avaliação Educação Física

Departamento de Expressões. Critérios de Avaliação Educação Física Departamento de Expressões Critérios de Avaliação Educação Física Ano letivo 2015/2016 Domínio Cognitivo, Operacional e Instrumental (60 %) Domínio Socio afetivo (40%) DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES - CRITÉRIOS

Leia mais

O TRABALHO PEDAGÓGICO COMO MEDIADOR NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA.

O TRABALHO PEDAGÓGICO COMO MEDIADOR NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. O TRABALHO PEDAGÓGICO COMO MEDIADOR NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Roseane Soares Almeidai Rroseane Cruz Freire Rodriguesii Palavras-chave: trabalho pedagógico; formação de professor; educação

Leia mais

EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais. Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR

EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais. Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR EDUCAÇÃO prática social NÃO-ESCOLAR - fábrica - igreja - mídia - partido político - ONGs -

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Profª. Drª. Cintia de La Rocha Freitas 37219367

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Profª. Drª. Cintia de La Rocha Freitas 37219367 Documentação: Objetivo: Curso Reconhecido pela Portaria nº 1.097 de 24.12.2015 e Publicado no D.O.U em 30.12.2015. Portaria Criacao = 470-07/10/1974-GABINETE DO REITOR Decreto nº 81.759, 06/06/1978 - DOU

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência 2.º Ciclo do Ensino Básico 2015/2016 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Decreto -Lei nº 17/2016, de 4 de abril Aprovado

Leia mais

Orientações Programáticas 2015/2016

Orientações Programáticas 2015/2016 Orientações Programáticas 2015/2016 Orientações Programáticas - Projeto do Desporto Escolar no 1.º Ciclo Ano Letivo 2015/2016 Índice 1. Fundamentação 3 2. Objetivos do Projeto do Desporto Escolar no 1.º

Leia mais

Escola Básica 2,3 Pêro de Alenquer Ano letivo 2015/16 Disciplina: Educação Física, prova escrita e prática Ano de escolaridade: 9º ano

Escola Básica 2,3 Pêro de Alenquer Ano letivo 2015/16 Disciplina: Educação Física, prova escrita e prática Ano de escolaridade: 9º ano Informação DA PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA º Ciclo do Ensino Básico Escola Básica, Pêro de Alenquer Ano letivo 0/6 Código:6 Disciplina: Educação Física, prova escrita e prática Ano de escolaridade:

Leia mais

PROGRAMA VIVA O ESPORTE, VIVA MELHOR : UMA PROPOSTA INCLUSIVISTA NA CIDADE DE BETIM

PROGRAMA VIVA O ESPORTE, VIVA MELHOR : UMA PROPOSTA INCLUSIVISTA NA CIDADE DE BETIM PROGRAMA VIVA O ESPORTE, VIVA MELHOR : UMA PROPOSTA INCLUSIVISTA NA CIDADE DE BETIM Fábio Urcelino da Silva 1 Vera Cardoso 1 Rita Melo 1 Ana Leonídia Soares 1 Rua Mato Grosso, 450 bl.2, ap.303, bairro

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora. Introdução s de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora A definição de s de Aprendizagem na Área Curricular de Educação Física tem como base os seguintes instrumentos legais: Programas Nacionais

Leia mais

Checklist. Funções do Corpo

Checklist. Funções do Corpo Checklist Funções do Corpo Nota: Assinale com uma cruz (X), à frente de cada categoria, o valor que considera mais adequado à situação de acordo com os seguintes qualificadores: 0- Nenhuma deficiência;

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Currículo de Cursos por Período(Modelo UFES)

Universidade Federal do Espírito Santo Currículo de Cursos por Período(Modelo UFES) Curso: 253 - Educação Física - Bacharelado Nivel: Ensino Superior Grau Conferido: Bacharel em Educação Física Turno: Noturno Tipo: Curso Modalidade: Bacharelado Funcionamento: Em atividade Documento de

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2015 / 2016 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais