(&RPXQLFDomR HVWUDWpJLDVGHFRPXQLFDomR RUJDQL]DFLRQDOQDZHE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "(&RPXQLFDomR HVWUDWpJLDVGHFRPXQLFDomR RUJDQL]DFLRQDOQDZHE"

Transcrição

1 (&RPXQLFDomR HVWUDWpJLDVGHFRPXQLFDomR RUJDQL]DFLRQDOQDZHE 3URI'U -RmR -RVp$]HYHGR &XUYHOOR 'LVFLSOLQD&RPXQLFDomRQDV2UJDQL]Do}HV 8QLYHUVLGDGH&iWyOLFDGH%UDVtOLD ž6hphvwuh GH &RPXQLFDomRQD:(% 9LVmR,QWHJUDGD,QWHUDomRFRP R&OLHQWH &LGDGmRV )URQW 2IILFH *HVWmR LQWHUQD 2IILFH,QWHJUDomRFRP DFDGHLDGHYDORU %DFN 2IILFH )RUQHFHGRUHV &RQYHQLDGRV $JHQWHV &50 :RUNIORZ:RUNJURXS (53,QWHUQHW,QWUDQHW ([WUDQHW 1

2 Critérios para análise de sites institucionais 6WULQJKHWWL HQXPHUD GLYHUVRVHOHPHQWRVHVVHQFLDLV SDUDRVXFHVVRQD,QWHUQHW conteúdo navegabilidade conveniência conectividade! " " # $ %'& (!)*%"+ "+ %, -.! )/0* !5687 " # 9!.! %'#%,"! ". :,; %! # <:=!% > ([SORUDQGRRDGPLUiYHOPXQGRQRYR &RQWH~GR GHVFULomRGDQDWXUH]DGDHPSUHVD GHVFULomRGRVSURGXWRVHVHUYLoRV FDSDFLGDGHGHSHUVRQDOL]DUDLQWHUIDFHRXRIHUWDPRQWDJHPGHSiJ 3HVVRDORSomRGHQmRUHFHEHURTXHxLQWHUHVVD FRQWH~GR~WLOQRWtFLDVHLQIRUPDo}HVPDLVUHFHQWHVVVHWRUGH DWXDomR FRQWH~GRLQWHUHVVDQWHRIHUHFHDOJRPDLV WtWXORVIRUPXODGRVGHDFRUGRFRPRFRQWH~GRGHFDGDSiJLQD &RQWH~GRGHFDGDSiJLQDDFUHVFHQWDRVPHVPRFXLGDGRVQDSiJLQD GHHQWUDGD 2

3 ([SORUDQGRRDGPLUiYHOPXQGRQRYR 1DYHJDELOLGDGH DUTXLWHWXUDGDLQIRUPDomRRUJDQL]DomROyJLFDIDFLOLWDHQFRQWUDU LQIR FRHUrQFLDQDGLVSRVLomRGRVFRPDQGRVOLQNVHDWDOKRV UDSLGH]GHDFHVVRjVSiJLQDVWDPDQKRGRVDUTXLYRV IXQo}HVGHEXVFDLQWXLWLYDV QDYHJDomROLYUHGHHUURVJUDPDWLFDLV HVWDELOLGDGHDXVrQFLDGHHUURV TXDOLGDGHGDLPDJHP SRVVXLPDSDVGHQDYHJDomRRULHQWDGRVSDUDRFOLHQWHFDSDFLGDGHGH SHQVDUFRPRXVXiULR ([SORUDQGRRDGPLUiYHOPXQGRQRYR 1DYHJDELOLGDGHFRQW DXVrQFLDGHiUHDVDLQGDHPFRQVWUXomR LQGLFDomRGHIUHT rqfldfrptxhrpdwhuldopdwxdol]dgr DSUHVHQWDPHGLo}HVGHWUDQVDo}HVHQ~PHURGHYLVLWDQWHV 3

4 ([SORUDQGRRDGPLUiYHOPXQGRQRYR &RQYHQLrQFLD QtYHOGHVHJXUDQoDSDUDWUDQVDo}HV JDUDQWLDGHSULYDFLGDGHGDVLQIRUPDo}HV )OH[LELOLGDGHGHDWHQGLPHQWRWHOHIRQHID[HPDLOFKDW SRVVLELOLGDGHGHEDL[DUDUTXLYRVGRZORDGV DFHVVRDSURGXWRVHVHUYLoRVGDHPSUHVD ([SORUDQGRRDGPLUiYHOPXQGRQRYR &RQHFWLYLGDGHFRPXQLFDomR SURPRomRGHFRQWDWRVHQWUHSHVVRDVFRPLQWHUHVVHVFRPXQV FULDomRGHFRPXQLGDGHVFRPDVVXQWRVGHVXDHVSHFLDOLGDGH JHUHQFLDPHQWRLQWHJUDGRGHWRGDVDVPtGLDVWHOHIRQHID[FHOXODU,QWHUQHW79HYtGHRFRQIHUrQFLD YDULHGDGHGHRSo}HVSDUDRXYLURFOLHQWHHPDLOFKDW WHOHIRQH YDULHGDGHGHIRUPDVGHGLiORJREDWHSDSRIyUXQVGHGLVFXVVmR SRVVXLSHVTXLVDVRQOLQH DJLOLGDGHQDUHVSRVWDGHHPDLOV LQWHUIDFHDWUDHQWHHIiFLOGHXVDU YDULHGDGHGHIRUPDVGHDWUDLUDDWHQomRGRFOLHQWHPDODGLUHWD 79 SDUFHULDVQHZVJURXSVOLVWDV 4

5 ([SORUDQGRRDGPLUiYHOPXQGRQRYR &RQHFWLYLGDGHFRPXQLFDomRFRQW XWLOL]DomRGHEDQQHUV FDSDFLGDGHGHEXVFDRQOLQH ([LVWrQFLDGH)$4)UHTXHQWO\$VNHG4XHVWLRQV TXHVW}HV SHUJXQWDGDVIUHT HQWHPHQWH $VIRUPDVGHRUJDQL]DULQIRUPDomR &DWHJRULD 7HPSR 2UJDQL]DomRGHEHQVPRGHORVWLSRVSRUVLPLODULGDGH ([ VLWHVGHHFRPPHUFHDPHULFDQDVFRP /LQKDVGRWHPSR 1RYLGDGH ([6LWHVGH~OWLPDVQRWtFLDVDJHVWDGRFRPEU /RFDOL]DomR 0DSDV 5

6 $VIRUPDVGHRUJDQL]DULQIRUPDomR $OIDEHWR x /LVWDVGLFLRQiULRVELEOLRWHFDV 6HT rqfld x 2UGHPGHJUDQGH]DGHLPSRUWkQFLD x +LHUDUTXLD Fonte: Wurman, Saul Ansiedade de Informação. São Paulo: Cultura, UJDQL]DomRSRUFDWHJRULD 6

7 2UJDQL]DomRSRUORFDOL]DomR 2UJDQL]DomRSRUWHPSR 7

8 2UJDQL]DomRSRUDOIDEHWR 2UJDQL]DomRSRUVHT rqfld 8

9 ,QWUDQHW&RUSRUDWLYD 3UHPLVVDV x Intranet é ambiente de trabalho x Intranet é veículo de acesso a informações x Intranet é meio de comunicação x Intranet agrega valor e gera negócios )LORVRILD x Radicalizar é integrar x Uma organização ZHE é uma organização que pensa ZHE e pratica ZHE,QWUDQHW&RUSRUDWLYD &HQiULRV (VWXGRFRPHPSUHVDVQRV(8$ A Report fromthetrenches-firms weighin onintranet deployment trends, in Intranet Design Magazine (21/05/2000), by John Desborough x Problemas detectados x A gestão tecnológica geralmente está dissociada da gestão de negócios x Os gestores de negócios desconhecem o potencial das novas tecnologias x A gestão da comunicação continua dissociada das demais 9

10 ,QWUDQHW&RUSRUDWLYD &HQiULRV (VWXGRFRPHPSUHVDVQRV(8$ x 3ULQFLSDLVUD]}HVGDIUXVWUDomR x ver a intranet apenas como um canal para enviar conteúdos para os funcionários x usar a intranet apenas como recurso para reduzir despesas e custos de impressão,qwudqhw&rusrudwlyd &HQiULRV (VWXGRFRPHPSUHVDVQRV(8$ x 3ULQFLSDLVUD]}HVGRVXFHVVR x ver a intranet como SURILW FHQWHU (centro de lucros) x incorporar interatividade (grupos de discussão, FKDWV, correio e suporte aos fluxos de trabalho) x integrar com a gestão de negócios x ver como instrumento da gestão de conhecimento x criar um ambiente de trabalho ZHE 10

11 B,QWUDQHW&RUSRUDWLYD %HQFKPDUNLQJ &RPSDT geração de negócios com intranet +HZOOHW3DFNDUG participação na estratégia )RUG alcance e filosofia ³WKHZHE LV WKHZD\ *HQHUDO(OHFWULF incentivo à inovação 'HOO integração intranet/internet &LVFR integração intranet/negócios &.6 prospecção de novas oportunidades negociais,qwudqhw&rusrudwlyd 7HQGrQFLDV CED FG H IJD F*K*K L*MON M PQN M I*N R*L SUTWVXUYZF[ \ ] N MG ] F*M LG*G ] L*M R*IZF#M RU^8D#FG*^"L8_F*Ma` LF*] M b ] \ YcG D L*YUd N Mae M G ] F#M LG f g*h G ] F#M#LGWijLILF*] _#DJkL*M G L*]Wl ^"^"^Zm _*N \ m _\ YJn do p8qn Ysrj\ ] POF#M 2VFOLHQWHVWRUQDPVHRIRFRGRVLVWHPD $LQIRUPDomRPRYHVHSDUDRQGHpQHFHVViULD $ZHEFRQYHUWHVHHPXPXWLOLWiULR $VLQWUDQHWVLQWHJUDPVHDWRGRVRVSURFHVVRVGRQHJyFLR $VLQWUDQHWV LQFUHPHQWDPDFRODERUDomR $SOLFDo}HVPDLVLQWHUHVVDQWHVVXUJHPQRPHUFDGR 0pWRGRVHHVWUDWpJLDVPDLVVRILVWLFDGDVHVWmRVHQGRGHVHQYROYLGDV 0HQRVpPDLV 0DLVHPSUHVDVFDPLQKDPSDUDDJHVWmRGRFRQKHFLPHQWR $VLQWUDQHWVHVWmROHYDQGRDQRYDVRSRUWXQLGDGHVGHQHJyFLRV 11

12 A A Intranet Corporativa Exemplo,QVWLWXFLRQDLV A UHODWyULRV 3URGXWRV A $Q~QFLRVHFDWiORJRV 3URILVVLRQDLV A )ROKHWRV 6HUYLoRV A $SUHVHQWDo}HVSDOHVWUDV (QWUHWHQLPHQWR A -RJRVJLQFDQDV 3URPRFLRQDLV +RWVLWHV &DPSDQKDVGHYDUHMR (GXFDWLYRV A 1HZVOHWWHUV &RPXQLGDGHV A (VSDoRVFRPXQLWiULRVSDWURFLQDGRV Tipos de websites 12

13 2 PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQFRP 0HUFDGRVVmRFRQYHUVDo}HV 0HUFDGRVFRQVLVWHPHPVHUHVKXPDQRV QmRVHWRUHVGHPRJUiILFRV &RQYHUVDo}HVHQWUHVHUHVKXPDQRV SDUHFHPKXPDQDV(ODVVmRFRQGX]LGDV HPXPDYR]KXPDQD 2PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQFRP $,QWHUQHWHVWiSHUPLWLQGRFRQYHUVDo}HVHQWUH VHUHVKXPDQRVTXHVLPSOHVPHQWHQmRHUDP SRVVtYHLVQDHUDGDPtGLDGHPDVVD +\SHUOLQNV VXEYHUWHPKLHUDUTXLD 7DQWRQRVPHUFDGRVLQWHUFRQHFWDGRVFRPRHQWUH IXQFLRQiULRVLQWUDFRQHFWDGRVSHVVRDVHVWmR IDODQGRXPDVFRPDVRXWUDVGHXPDIRUPDQRYD HSRGHURVD 13

14 2 PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQ $VSHVVRDVQRVPHUFDGRVHPUHGHSHUFHEHUDP TXHHODVWHPPHOKRULQIRUPDomRHVXSRUWHTXHD GRVIRUQHFHGRUHV-iEDVWDGDUHWyULFD FRUSRUDWLYDVREUHDJUHJDUYDORUQRVSURGXWRVGH FRQVXPR 2TXHHVWiDFRQWHFHQGRDRVPHUFDGRVWDPEpP HVWiDFRQWHFHQGRHQWUHRVIXQFLRQiULRV8PD FRQVWUXomRPHWDItVLFDFKDPDGD$(PSUHVDpD ~QLFDFRLVDHQWUHRVGRLV 2PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQFRP (PDSHQDVDOJXQVDQRVDDWXDO KRPRJHQHL]DGDYR]GRQHJyFLR RVRPGDVPLVV}HVFRUSRUDWLYDV HSURVSHFWRV SDUHFHUiWmR UHEXVFDGDHDUWLILFLDOTXDQWRD OLQJXDJHPGDFRUWHIUDQFHVDGR VpFXOR 14

15 2PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQFRP $VHPSUHVDVSUHFLVDP SHUFHEHUTXHVHXV PHUFDGRV>HVHXV HVWmRULQGR 'HODV 2PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQFRP $VHPSUHVDVSUHFLVDPVHU PDLVOHYHVHHQFDUDUVH PHQRVVHULDPHQWH(ODV SUHFLVDPWHUXPVHQVRGH KXPRU 15

16 2PXQGROiIRUD DTXL FOXHWUDLQFRP 7HUXPVHQVRGHKXPRUQmR VLJQLILFDFRORFDUDOJXPDVSLDGDV QR ZHEVLWH FRUSRUDWLYR$R FRQWUiULRLVWRUHTXHUJUDQGHV YDORUHVXPSRXFRGHKXPLOGDGH KRQHVWLGDGHHXPSRQWRGHYLVWD JHQXtQR Fonte: The Cluetrain Manifesto, in Muito Obrigado :-) 3URI'U-RmR-RVp$]HYHGR&XUYHOOR 8QLYHUVLGDGH&DWyOLFDGH%UDVtOLD FXUYHOOR#SRVXFEEU ZZZDFDRFRPXQLFDWLYDSUREU 16

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios

Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios 97 Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: Associar os instrumentos de divulgação utilizados nos Correios às suas respectivas características.

Leia mais

!"#!$% %" & ' ( )*+,)-. / 0123144 56789 :;667

Leia mais

Magazine Luiza - 48 anos. Menu

Magazine Luiza - 48 anos. Menu Magazine Luiza - 48 anos Magazine Luiza 360 pontos de venda 10.000 colaboradores 8 milhões de clientes cadastrados 70% das vendas a prazo Evolução do Faturamento Evolução Faturam ento 2.500 2.000 2.000

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Implementação de um programa de Auditoria de Conduta & Ética - Caso MRS Logística S.A. Eduardo da Costa Azevedo MRS Logística S.A

Implementação de um programa de Auditoria de Conduta & Ética - Caso MRS Logística S.A. Eduardo da Costa Azevedo MRS Logística S.A Implementação de um programa de Auditoria de Conduta & Ética - Caso MRS Logística S.A. Eduardo da Costa Azevedo MRS Logística S.A MRS Logística S.A A MRS Logística é uma concessionária que controla, opera

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

Comunicação Interna e Externa

Comunicação Interna e Externa Comunicação Interna e Externa Comunicação A origem da palavra comunicar está no latim communicare, que significa pôr em comum. Ela implica em compreensão, pressupondo entendimento entre as partes e, não

Leia mais

Desenvolvendo e avaliando programas de incentivos de remuneração de curto prazo

Desenvolvendo e avaliando programas de incentivos de remuneração de curto prazo Desenvolvendo e avaliando programas de incentivos de remuneração de curto prazo Com a competição por talentos e a cobrança maior por resultados financeiros, as empresas vem procurando criar ou alterar

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO UMA FERRAMENTA PARA AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE PORTAL INSTITUCIONAL

MARKETING DE RELACIONAMENTO UMA FERRAMENTA PARA AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE PORTAL INSTITUCIONAL MARKETING DE RELACIONAMENTO UMA FERRAMENTA PARA AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE PORTAL INSTITUCIONAL Prof. Dr. José Alberto Carvalho dos Santos Claro Mestrado em Gestão de Negócios Universidade

Leia mais

9. Quais as características a tecnologia de conexão à Internet denominada ADSL A) Conexão permanente, custo variável, linha telefônica liberada e

9. Quais as características a tecnologia de conexão à Internet denominada ADSL A) Conexão permanente, custo variável, linha telefônica liberada e 9. Quais as características a tecnologia de conexão à Internet denominada ADSL A) Conexão permanente, custo variável, linha telefônica liberada e velocidade maior do que as linhas tradicionais. B) Conexão

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Sobre Nós. NossaVisão

Sobre Nós. NossaVisão 2015 Sobre Nós 1 ArtsSec foi fundada por um grupo de profissionais dedicados à segurança da informação a fim de proporcionar soluções criativas e de alto valor aos seus clientes. A empresa surgiu em 2012,

Leia mais

Programa de Compliance da CCEE

Programa de Compliance da CCEE Programa de Compliance da CCEE O que é compliance São processos e procedimentos adotados pela empresa visando detectar, prevenir e combater fraudes e infrações às leis e regulamentos, bem como assegurar

Leia mais

SECRETARIA DE FAZENDA DO TOCANTINS PROJETO DE MODERNIZAÇÃO FISCAL DO ESTADO DO TOCANTINS - PMF-TO (PROFISCO-TO). PLANO DE COMUNICAÇÃO SEFAZ-TO

SECRETARIA DE FAZENDA DO TOCANTINS PROJETO DE MODERNIZAÇÃO FISCAL DO ESTADO DO TOCANTINS - PMF-TO (PROFISCO-TO). PLANO DE COMUNICAÇÃO SEFAZ-TO SECRETARIA DE FAZENDA DO TOCANTINS SEFAZ-TO PROJETO DE MODERNIZAÇÃO FISCAL DO ESTADO DO TOCANTINS - PMF-TO (PROFISCO-TO). PLANO DE COMUNICAÇÃO 10 de Outubro de 2013 LISTA DE ILUSTRAÇÕES 2 Quadro 1- Matriz

Leia mais

Programa de Certificação de Parceiros

Programa de Certificação de Parceiros Programa de Certificação de Parceiros Toshiba avance com o seu negócio Uma cultura de inovação Como companhia líder em inovação tecnológica, que desenvolve equipamentos portáteis desde 1985, a Toshiba

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO COMO AS MUDANÇAS NAS ORGANIZAÇÕES ESTÃO IMPACTANDO A ÁREA DE RECURSOS HUMANOS Paola Moreno Giglioti Administração

Leia mais

web2way Comunicações e Vídeos LTDA

web2way Comunicações e Vídeos LTDA web2way Comunicações e Vídeos LTDA Soluções em Comunicação da web2way que podem ser úteis para sua empresa Preparada por: Adriana Grasso sócia/administradora Data: 21/05/2012 Sobre a web2way A web2way

Leia mais

O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino

O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino Escolher o Sponte Educacional é escolher inteligente Sistema web para gerenciamento de instituições

Leia mais

Brasília (DF), 26 de novembro de 2010. Clarisse Droval

Brasília (DF), 26 de novembro de 2010. Clarisse Droval Brasília (DF), 26 de novembro de 2010 1 Propósito e Natureza Discussão dos grandes temas nacionais pertinentes ao conhecimento Papel de natureza social, desde 04/07/2008 está qualificada pelo Ministério

Leia mais

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos Agenda A Empresa História Visão Conceito dos produtos Produto Conceito Benefícios Vantagens: Criação Utilização Gestão Segurança Integração Mobilidade Clientes A empresa WF História Em 1998, uma ideia

Leia mais

Canal de Denúncia Fortaleça as bases da governança corporativa por meio da transparência

Canal de Denúncia Fortaleça as bases da governança corporativa por meio da transparência Canal de Denúncia Fortaleça as bases da governança corporativa por meio da transparência Desafios para os próximos anos Eventos de fraudes, irregularidades, comportamento antiético e má conduta corporativa

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna Estudo ABERJE 2012 JULHO DE 2012 20 2012 ABERJE Pesquisa 2012 Associação Brasileira de Comunicação Empresarial Concepção e planejamento: Prof. Dr. Paulo Nassar Coordenação: Carlos A. Ramello Desenvolvimento:

Leia mais

Banco Itaú Holding Financeira S.A.

Banco Itaú Holding Financeira S.A. Banco Itaú Holding Financeira S.A. O Site de Relações com Investidores como ferramenta de divulgação Geraldo Soares Superintendente de Relações com Investidores Dezembro de 2003 Exigências do Mercado de

Leia mais

4º Passo: Treinamento, integração e desenvolvimento

4º Passo: Treinamento, integração e desenvolvimento 4º Passo: Treinamento, integração e desenvolvimento Assim que você selecionar pessoas competentes, precisará ajudá-las a se adaptar à organização e assegurar que suas habilidades de trabalho e conhecimento

Leia mais

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441 1 2 Tenha acesso fácil e rápido para que os clientes vejam melhor meus produtos e serviços de forma objetiva. Expresse o que de fato vendemos, o que de fato solucionamos. Seja fácil de atualizar com sistema

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito!

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito! À medida que mais e mais empresas aderem ao marketing de conteúdo, notamos que as expectativas são por vezes incompatíveis com a realidade quando se trata de um Blog Corporativo B2B. A maioria dos profissionais

Leia mais

O Poder da Especialização. Crédito & Cobrança Treinamentos e Consultoria

O Poder da Especialização. Crédito & Cobrança Treinamentos e Consultoria O Poder da Especialização Crédito & Cobrança Treinamentos e Consultoria CMS Credit Management Solutions S.A. é uma empresa nova e ousada composta por profissionais de grande prestígio. Nosso principal

Leia mais

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer Tecnologia para Crescer Com o crescimento da banda larga e smartphones/ tablets, conteúdos têm sido criados e consumidos em uma taxa alarmante. Atualmente, a definição de conteúdo mudou e não se trata

Leia mais

Adequação dos Fornecedores

Adequação dos Fornecedores Melhores Práticas em E-Procurement Adequação dos Fornecedores Paulo Afonso dos Santos Abril, 2005 Promover o fortalecimento das competências tecnológicas Adotar práticas de e-business visando a redução

Leia mais

Agência digital especializada na consultoria, design e desenvolvimento de projetos de internet

Agência digital especializada na consultoria, design e desenvolvimento de projetos de internet Agência digital especializada na consultoria, design e desenvolvimento de projetos de internet Oferecemos ao mercado nossa experiência e metodologia amplamente desenvolvidas ao longo de 15 anos de experiência

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo. Um novo enfoque de RI para um novo mercado

Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo. Um novo enfoque de RI para um novo mercado + Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo Um novo enfoque de RI para um novo mercado + Menu Cenário Menu + + Cenário RI hoje: uma operação indiferenciada Comunicação muito limitada com foco quase

Leia mais

Política de Segurança Corporativa da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Política de Segurança Corporativa da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará Política de Segurança Corporativa da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará Agenda Projeto Realizado Política de Segurança da ALCE Próximos passos Projeto realizado Definição/Revisão da Política de

Leia mais

Linguagem: o desafio de quem quer se comunicar com o mundo RBS Debates Porto Alegre Setembro / 2008

Linguagem: o desafio de quem quer se comunicar com o mundo RBS Debates Porto Alegre Setembro / 2008 Linguagem: o desafio de quem quer se comunicar com o mundo RBS Debates Porto Alegre Setembro / 2008 www.lvba.com.br Web 2.0 Principais características Descentralização da produção de conteúdo Colaboração

Leia mais

Disciplina: Gestão Estratégica de TI Profº: João Carlos da Silva Junior

Disciplina: Gestão Estratégica de TI Profº: João Carlos da Silva Junior Disciplina: Gestão Estratégica de TI Profº: João Carlos da Silva Junior Conceitos Por que eu preciso deste curso? Não sou de TI Sou de TI conteúdo utilizado exclusivamente para fins didáticos 2 Não sou

Leia mais

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Avaliação desenvolvida por Mónica Galiano e Kenn Allen, publicado originalmente no livro The Big Tent: Corporate Volunteering in the Global Age. Texto

Leia mais

Liderança como função no grupo. Telma Rodrigues Gestão de Pessoas

Liderança como função no grupo. Telma Rodrigues Gestão de Pessoas Liderança como função no grupo Telma Rodrigues Gestão de Pessoas 1 Apresentação Institucional Setembro 2011 Destaques do Magazine Luiza Há mais de 50 anos crescendo no varejo brasileiro Liderança no varejo

Leia mais

A onda atual de BPM une conceitos que vão da estratégia à automação de processos de negócio

A onda atual de BPM une conceitos que vão da estratégia à automação de processos de negócio ELO Group A onda atual de BPM une conceitos que vão da estratégia à automação de processos de negócio Fonte: Paul Harmon, BPTrendsAssociates, 2009 2º Seminário Internacional de BPM ELO Group & Michael

Leia mais

MÍDIAS SOCIAIS 2011. CCBB s no Facebook. CCBB s no Facebook. CCBB s no Facebook

MÍDIAS SOCIAIS 2011. CCBB s no Facebook. CCBB s no Facebook. CCBB s no Facebook MÍDIAS SOCIAIS 2011 CCBB s no Facebook CCBB s no Facebook CCBB s no Facebook objetivos objetivos objetivos Objetivos Objetivos Objetivos Reunir subsídios para a decisão de aumentar a presença digital dos

Leia mais

Resposta de pergunta para funcionários

Resposta de pergunta para funcionários Resposta de pergunta para funcionários Sobre a EthicsPoint Geração de Denúncias - Geral Segurança e Confidencialidade da Geração de Denúncias Dicas e Melhores Práticas Sobre a EthicsPoint O que é a EthicsPoint?

Leia mais

7 motivos pelos quais as Redes Sociais Corporativas vão se consolidar na América Latina.

7 motivos pelos quais as Redes Sociais Corporativas vão se consolidar na América Latina. 7 motivos pelos quais as Redes Sociais Corporativas vão se consolidar na América Latina. Não é possível voltar atrás. As Redes Sociais Corporativas (RSC) chegaram à América Latina para ficar, e irão se

Leia mais

Não faz mais sentido se falar em Comunicação Interna

Não faz mais sentido se falar em Comunicação Interna Não faz mais sentido se falar em Comunicação Interna Rada Martini Administrador de Empresas com MBA em Gestão de Projetos. É co-fundador e Diretor-presidente da SocialBase, Plataforma de comunicação interna

Leia mais

Promoção Tá Chovendo Prêmios no Vivo Play

Promoção Tá Chovendo Prêmios no Vivo Play Promoção Tá Chovendo Prêmios no Vivo Play Telefonica Brasil Janeiro/2014 1 De outubro a dezembro de 2013, Vivo Play e Sony Pictures realizaram a promoção Tá Chovendo Prêmios no Vivo Play. Os clientes que

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG SUPERINTENDÊNCIA DE CONTROLE GERÊNCIA DE CONTROLE DE TESOURARIA ANÁLISE DE RISCO OPERACIONAL RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG Belo Horizonte 01 de Julho de 2008 1 SUMÁRIO 1. Introdução...02

Leia mais

Política Ambiental das Empresas Eletrobras

Política Ambiental das Empresas Eletrobras Política Ambiental das Empresas Eletrobras Versão 2.0 16/05/2013 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Princípios... 3 3 Diretrizes... 3 3.1 Diretrizes Gerais... 3 3.1.1 Articulação Interna... 3 3.1.2 Articulação

Leia mais

atuação Mídia Online e Offline Promoção, Eventos e Merchandising Branding, Criação e Design Vídeo e WebTV Marketing WEB

atuação Mídia Online e Offline Promoção, Eventos e Merchandising Branding, Criação e Design Vídeo e WebTV Marketing WEB atuação 360 Marketing Branding, Criação e Design Mídia Online e Offline Promoção, Eventos e Merchandising Vídeo e WebTV WEB atuação 360 DECISÃO COM (FOCO EM) RESULTADOS Quando falamos em Atuação 360 significa

Leia mais

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Auditoria em Sistemas de Informação Prof. Fabio Costa

Leia mais

Artur Patitucci Sobroza, Engenheiro Eletricista e Gerente do Produto @aglance da SoftBrasil Automação.

Artur Patitucci Sobroza, Engenheiro Eletricista e Gerente do Produto @aglance da SoftBrasil Automação. Artigos Técnicos Gestão de informações em tempo real Artur Patitucci Sobroza, Engenheiro Eletricista e Gerente do Produto @aglance da SoftBrasil Automação. Conectividade é a palavra do momento. A troca

Leia mais

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441 1 2 Tenha acesso fácil e rápido para que os clientes vejam melhor meus produtos e serviços de forma objetiva. Expresse o que de fato vendemos, o que de fato solucionamos. Seja fácil de atualizar com sistema

Leia mais

127$ ,GHQWLILTXHVHDSHQDVQRVFDPSRVSUySULRVDEDL[RGDOLQKD SRQWLOKDGD &21&85623Ò%/,&23$5$352)(6625'((16,12)81'$0(17$/,, 48(67 (6',6&856,9$6

127$ ,GHQWLILTXHVHDSHQDVQRVFDPSRVSUySULRVDEDL[RGDOLQKD SRQWLOKDGD &21&85623Ò%/,&23$5$352)(6625'((16,12)81'$0(17$/,, 48(67 (6',6&856,9$6 AOCP - CONCURSOS PÚBLICOS &21&85623Ò%/,&23$5$352)(6625'((16,12)81'$0(17$/,, 48(67 (6',6&856,9$6 È5($('8&$d 2)Ë6,&$ 127$,GHQWLILTXHVHDSHQDVQRVFDPSRVSUySULRVDEDL[RGDOLQKD SRQWLOKDGD AOCP CONCURSOS PÚBLICOS

Leia mais

mídia 2015 www.vendamais.com.br

mídia 2015 www.vendamais.com.br mídia 2015 www.vendamais.com.br A VENDAMAIS MÍDIA elabora projetos de comunicação utilizando diversos canais para impactar executivos de todo o Brasil. SOLUÇÕES VENDAMAIS MÍDIA Soluções cross mídia para

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Programa de Compliance Anticorrupção Case ArcelorMittal

Programa de Compliance Anticorrupção Case ArcelorMittal Programa de Compliance Anticorrupção Case ArcelorMittal Suzana Fagundes Ribeiro de Oliveira Diretora Jurídica e de Relações Institucionais Compliance Officer Setembro de 2014 Números ArcelorMittal - 2013

Leia mais

Informações Integradas

Informações Integradas Informações Integradas IMPLANTAÇÃO DO RELATO INTEGRADO: O CASE DA SANASA REUNIÃO TÉCNICA DE NORMAS INTERNACIONAIS Tatiana Gama Ricci São Paulo, 22 de maio de 2015 Evolução das Informações não financeiras

Leia mais

grandes oportunidades

grandes oportunidades Conecte-se a grandes oportunidades Carreiras sem limites Alcance além do que é possível Qualquer que seja o seu caminho, você pode ser parte das mudanças de vida para melhor no mundo todo. Uma carreira

Leia mais

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242.

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242. 1 2 Apresentação O Portal Brasil Postos é uma plataforma digital desenvolvida para a geração de negócios, relacionamento e informação para o segmento de postos de combustíveis, lubrificação e Lojas de

Leia mais

Capítulo 13: Tecnologia da Informação. Prof.: Roberto Franciscatto

Capítulo 13: Tecnologia da Informação. Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 13: Tecnologia da Informação Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Uma informação é um arranjo de dados (nomes, palavras, números, sons, imagens) capazes de dar forma ou sentido a algo do interesse

Leia mais

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação IFTI1402 T25 A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS Marcelo Eustáquio dos Santos

Leia mais

IN 105 ATENDIMENTO AO CLIENTE 001. Atividade Autoridade Responsabilidade

IN 105 ATENDIMENTO AO CLIENTE 001. Atividade Autoridade Responsabilidade IN 105 ATENDIMENTO AO CLIENTE 001 1 OBJETIVO Estabelecer as orientações e procedimentos para prestar o atendimento ao cliente que procura algum dos serviços ou produtos que compõe o portfólio e/ou o atendimento

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

Processo de Incentivo à Indicação de Novo Colaborador. Descritivo do Processo. Versão 2.0

Processo de Incentivo à Indicação de Novo Colaborador. Descritivo do Processo. Versão 2.0 Processo de Incentivo à Indicação de Novo Colaborador Descritivo do Processo Versão 2.0 1 INDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1. Objetivos... 3 1.1.1. Objetivos da definição do Processo de Incentivo à Indicação

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL Última atualização: Agosto/2014 EXCLUSIVO PARA USO INTERNO Produzido pelas área de Risco Operacional Aprovado e revisado pela Diretoria Executiva A reprodução

Leia mais

Tendências em Qualidade de Software. Robert Pereira Pinto robert@base2.com.br

Tendências em Qualidade de Software. Robert Pereira Pinto robert@base2.com.br Tendências em Qualidade de Software Robert Pereira Pinto robert@base2.com.br Tendências Tecnológicas Computação nas nuvens Análises avançadas para simulação e otimização de processos Aplicações RIA Social

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL FRANCOJUNIOR O PALESTRANTE QUE AJUDA AS PESSOAS A VENCEREM O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

APRESENTAÇÃO COMERCIAL FRANCOJUNIOR O PALESTRANTE QUE AJUDA AS PESSOAS A VENCEREM O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO APRESENTAÇÃO COMERCIAL FRANCOJUNIOR O PALESTRANTE QUE AJUDA AS PESSOAS A VENCEREM O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO Quem é Franco Junior Quando o assunto é vencer o medo de falar em público, Franco Junior, é

Leia mais

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL 10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL Os meses de dezembro e janeiro na maioria das empresas são marcados invariavelmente por atividades de planejamentos, orçamentos e metas para o ano novo. Para o próximo

Leia mais

POLÍTICA DE RELACIONAMENTO CORPORATIVO COM GRANDES CLIENTES

POLÍTICA DE RELACIONAMENTO CORPORATIVO COM GRANDES CLIENTES POLÍTICA DE RELACIONAMENTO CORPORATIVO COM GRANDES CLIENTES CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA CNI DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA SESI, SENAI E IEL GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO BRASÍLIA,

Leia mais

AGENDA. O Portal Corporativo. Arquitetura da Informação. Metodologia de Levantamento. Instrumentos Utilizados. Ferramentas

AGENDA. O Portal Corporativo. Arquitetura da Informação. Metodologia de Levantamento. Instrumentos Utilizados. Ferramentas AGENDA O Portal Corporativo Arquitetura da Informação Metodologia de Levantamento Instrumentos Utilizados Ferramentas PORTAL CORPORATIVO Na sociedade da informação é cada vez mais presente a necessidade

Leia mais

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Profa. Lillian Alvares Fóruns / Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias e experiências que

Leia mais

Soluções em semicondutores para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil

Soluções em semicondutores para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil Soluções em semicondutores para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil Diretor de Design e Relações Institucionais Presidente Interino MARCELO LUBASZEWSKI Agenda 1. Internet das Coisas 2. Mercado

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

INTRANET: UNIFICANDO A ORGANIZAÇÃO

INTRANET: UNIFICANDO A ORGANIZAÇÃO INTRANET: UNIFICANDO A ORGANIZAÇÃO Home ou Página Principal da INTRANET SBT, acessada pelo navegador Internet Explorer: http://intranet.sbt.com.br INTRANET: UNIFICANDO A ORGANIZAÇÃO INTRANET é uma rede

Leia mais

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Módulo 2 Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Origem do BSC Cenário Competitivos CONCORRENTE A CONCORRENTE C VISÃO DE FUTURO ESTRATÉGIA

Leia mais

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL 2 + 67.500.000 + 67,5 MILHÕES DE INTERNAUTAS NO BRASIL FONTE: IBOPE/NIELSEN 58.290.000 58,2 MILHOES DE INTERNAUTAS NO BRASIL ACESSAM A INTERNET SEMANALMENTE -87% FONTE:

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2014

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2014 MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O CICLO DIGITAL E A SUSTENTABILIDADE DO NOSSO NEGÓCIO O resultado alcançado em 2014 foi possível porque fomos ousados mais uma vez. Nossa decisão de patrocinar a Copa do Mundo de

Leia mais

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos. Produto Conceito Benefícios Mobilidade Vantagens. Clientes

Agenda. A Empresa História Visão Conceito dos produtos. Produto Conceito Benefícios Mobilidade Vantagens. Clientes Agenda A Empresa História Visão Conceito dos produtos Produto Conceito Benefícios Mobilidade Vantagens Clientes A empresa WF História Em 1998, uma ideia que continua atual: Soluções Corporativas via Web;

Leia mais

Case Fibria: Sustentabilidade em projetos sociais Programa Colmeias

Case Fibria: Sustentabilidade em projetos sociais Programa Colmeias Case Fibria: Sustentabilidade em projetos sociais Programa Colmeias QUEM Somos uma empresa brasileira com forte presença no mercado global de produtos florestais. SOMOS Empresa líder mundial na produção

Leia mais

PROF. LÍVIO GIOSA PRESIDENTE DO CENAM CENTRO NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO EMPRESARIAL (OUTUBRO/ 2010)

PROF. LÍVIO GIOSA PRESIDENTE DO CENAM CENTRO NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO EMPRESARIAL (OUTUBRO/ 2010) PROF. LÍVIO GIOSA PRESIDENTE DO CENAM CENTRO NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO EMPRESARIAL (OUTUBRO/ 2010) METODOLOGIA DA PESQUISA PESQUISA QUANTITATIVA POR AMOSTRAGEM. PROTEÇÃO E PRESERVAÇÃO DO SIGILO Dados para

Leia mais

Clique para editar o estilo do título mestre

Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar o estilo do título mestre Seminário Governança Corporativa Pequena e Média Empresa (ACRJ/IBGC) Diversos Aspectos de Governança Corporativa na Média Empresa Aspectos gerais: a empresa,

Leia mais

Política Ambiental janeiro 2010

Política Ambiental janeiro 2010 janeiro 2010 5 Objetivo Orientar o tratamento das questões ambientais nas empresas Eletrobras em consonância com os princípios da sustentabilidade. A Política Ambiental deve: estar em conformidade com

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE. Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação

PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE. Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos: - Disponibilizar a todos os servidores diversos serviços prestados pela Coordenadoria de Gestão de

Leia mais

Projeto FIERE. Empreendedorismo Inovador nas Regiões

Projeto FIERE. Empreendedorismo Inovador nas Regiões Projeto FIERE Empreendedorismo Inovador nas Regiões Nome da Organização: Localização da Organização: Qual o negócio / atividade da Organização? Que tipo de Organização é? (escolher uma das opções) Setor

Leia mais

Como Vender. Última atualização em 13.08.2015 por Leonardo Pacheco. Nossa melhor ligação é com você

Como Vender. Última atualização em 13.08.2015 por Leonardo Pacheco. Nossa melhor ligação é com você Última atualização em 13.08.2015 por Leonardo Pacheco Nossa melhor ligação é com você Passo a passo COMO VENDER A Porto Seguro sempre procurou criar produtos e serviços que facilitam a vida dos seus clientes.

Leia mais

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás Acordo de Parceria - Convênios 2011 AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás ACORDO DE PARCERIA - CONVÊNIOS 2011 Preparada Por: Empreza Educação e Serviços

Leia mais

Projeto Escola Brasil

Projeto Escola Brasil Projeto Escola Brasil Projeto Escola Brasil Programa de voluntariado corporativo do Grupo Santander Brasil Objetivos: Atuar pela melhoria da educação na escola pública Envolver a comunidade e estimular

Leia mais

Marcílio Pousada Diretor Presidente Livraria e Papelaria Saraiva Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y

Marcílio Pousada Diretor Presidente Livraria e Papelaria Saraiva Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y 1 Marcílio Pousada Diretor Presidente Livraria e Papelaria Saraiva Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y Portugal 2 O Grupo Saraiva Grupo Saraiva: Editora + Livraria

Leia mais

TAW Tópicos de Ambiente Web

TAW Tópicos de Ambiente Web TAW Tópicos de Ambiente Web Comércio Eletrônico rveras@unip.br Aula - 04 Agenda Comércio Eletrônico 2 Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico 3 O que é o comércio eletrônico Evolução Transações convencionais

Leia mais

MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS

MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes, os princípios e a estrutura a serem considerados no processo de gerenciamento de riscos do Magazine

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

ALGAR Programas PGP e PGI 1

ALGAR Programas PGP e PGI 1 ALGAR Programas PGP e PGI 1 O Grupo Algar atua nos setores de Telecomunicações, Agronegócios, Serviços e ainda tem participação acionária no Rio Quente Resorts, no segmento de turismo. A sede do Grupo

Leia mais

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO EM Dezembr o 2013 Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 RESUMO Em um período em que os profissionais de marketing acham que seu trabalho mudou mais em dois anos

Leia mais

O RELACIONAMENTO DA ORGANIZAÇÃO COM SEUS PÚBLICOS: o papel do profissional de Relações Públicas na estratégia de comunicação digital 1

O RELACIONAMENTO DA ORGANIZAÇÃO COM SEUS PÚBLICOS: o papel do profissional de Relações Públicas na estratégia de comunicação digital 1 O RELACIONAMENTO DA ORGANIZAÇÃO COM SEUS PÚBLICOS: o papel do profissional de Relações Públicas na estratégia de comunicação digital 1 Bianca Marder Dreyer 2 Escola de Comunicações e Artes da Universidade

Leia mais

O EVENTO A Maior Feira para Hotelaria e Gastronomia do interior do RJ

O EVENTO A Maior Feira para Hotelaria e Gastronomia do interior do RJ O EVENTO A Maior Feira para Hotelaria e Gastronomia do interior do RJ De 12 a 14 de Agosto de 2014 das 16h às 22h Local: Geribá Tennis Park em Búzios/RJ Tema: O novo perfil do turista: Tendências e Oportunidades

Leia mais