QUALIDADE SUSTENTÁVEL NO ÂMBITO HOSPITALAR QUALITY SUSTENABLE ON HOSPITALAR AMBIT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUALIDADE SUSTENTÁVEL NO ÂMBITO HOSPITALAR QUALITY SUSTENABLE ON HOSPITALAR AMBIT"

Transcrição

1 1 QUALIDADE SUSTENTÁVEL NO ÂMBITO HOSPITALAR Daniele Moreira da Silveira 1 Resumo Este artigo tem como objetivo fazer uma reflexão sobre a importância da sustentabilidade no ambiente hospitalar. A relevância do tema se dá pelas várias discussões que apresentam em seminários, congressos e palestras, e ainda assim, ser um tema amplo e de difícil abordagem. Aplica-se, aos que entendem o ambiente hospitalar como formador socioeconômico-ambiental. Palavras-Chave: Sustentabilidade. Ambiente Hospitalar. Sócioeconômico-ambiental. QUALITY SUSTENABLE ON HOSPITALAR AMBIT Abstract This article has the objective to do a reflexion o f the importance of the sustainability in the hospitalar environment. The relevancy of the theme is given for the over and over discussions presented in seminars, congresses and lectures and still be na ample theme with a difficult approach. Applies that the understand the hospitalar environement as a former social economic environmental. Key- words: Sustainability, Hospital Environement, Socialeconomic-environmental. 1 Introdução O homem vem transformando a Terra desde seu primeiro aparecimento, utilizando a natureza para tudo o que fizesse, caçar para sua alimentação, fogo para se aquecer e aquecer seu alimento, a água para beber e se banhar, colher alimentos direto da terra, mas o impacto de suas atitudes com o meio ambiente era ínfimo perto dos dias de hoje. 1 Graduada em Administração pela UTP - Universidade Tuiuti do Paraná, aluna do MBA em Sustentabilidade e Gerenciamento Ambiental Empresarial da UTP.

2 Com a Revolução Neolítica, a criação de animais e o cultivo de lavouras, começou a modificar este conceito do impacto ambiental feito pelo homem tornando-se cada vez mais intenso, derrubaram-se árvores e desmataram matas para criações de animais, plantações e pela madeira. 2 Após este feito, começaram a aparecer os impactos ambientais visíveis e descontrolados como a extinção de espécies por causa de alterações na cadeia alimentar, a erosão do solo por práticas agrícolas impróprias, a poluição do ar, a poluição do solo e a poluição da água. Com o surgimento das cidades, o seu crescimento acelerado, o crescimento populacional, e as descobertas tecnológicas, esta destruição do meio ambiente ficou cada vez pior, provocando desequilíbrio em escala global. Sabe-se que os ecossistemas tem capacidade de regeneração e recuperação contra eventuais impactos sobre ela, mas a agressão que o homem causa é diária e o meio ambiente não consegue se refazer, tamanho é o problema que está sendo criado. O homem não respeita a natureza, mas é parte integrante do meio ambiente, é um componente da cadeia que sustenta a vida no planeta, pois precisa dela para sobreviver. Por isso, a necessidade de discussão sobre a forma na qual os homens estão se desenvolvendo, o padrão de consumo, a desigualdade de distribuição de rendas e as tecnologias existentes no mundo atual. 2 Sustentabilidade Hospitalar O meio ambiente é tudo que envolve ou cerca os seres vivo. Por esta razão, o meio ambiente e os hospitais proporcionam equilíbrio e qualidade de vida. Ambos devem ser protegidos por serem importantes para a manutenção da saúde e bem estar do homem. A questão ambiental é um problema social, por isso os hospitais devem respeitar o meio ambiente e usar seu papel socioambiental para incentivar a comunidade para que cuidem cada vez mais do meio ambiente. As empresas não possuem condições de arcar com a responsabilidade social se não houver disposição da sociedade em fazê-lo. (França, 2007)

3 Os hospitais são grandes geradores de resíduos, criando um problema sério para os seus gestores, e principalmente, a falta de informações a seu respeito por funcionários, pacientes, familiares e comunidade. 3 O lixo hospitalar é um assunto polêmico e amplamente discutido por tratar-se de lixo contaminante e agressivo ao meio ambiente. Esses resíduos hospitalares, quando inadequadamente gerenciados causam problemas ambientais graves, poluindo água, solo e ar. O gerenciamento é indispensável para o destino correto desses resíduos, respeitando a legislação, e proporcionando biossegurança para a sociedade e instituição. Imediatamente se retoma uma discussão filosófica a respeito de nosso papel na sociedade, nossa responsabilidade perante o planeta, sobre o que estamos deixando de legado para as futuras gerações, sobre o quanto a visão do homem está embaralhada diante da armadilha da competição global, do crescimento desenfreado e da luta pelo poder econômico, esquecendo-se das verdadeiras razões da existência e da autopreservação da humanidade. (França, 2007). A direção estratégica irá impulsionar a empresa para trabalhar interativamente com fatores ambientais e com a alavancagem das relações interpessoais. O tratamento de questões ambientais e sociais como estratégia trazem uma vantagem competitiva as organizações que a utilizam, desta forma, aos poucos passam a serem percebidas por concorrentes e sociedade, gerando um ganho e valorização da instituição. Se todas as empresas, a partir de um determinado momento, passassem a adotar, por exemplo, práticas de responsabilidade social e de recuperação do meio ambiente a despeito de suas margens operacionais, não haveria problema dentro do cenário competitivo, porém não é assim que o sistema econômico funciona. (França, 2007). A sustentabilidade é uma ferramenta que melhora processos no hospital levando integridade e responsabilidade social, o que eleva a capacidade dos profissionais e oferece uma perspectiva de desenvolvimento e crescimento para eles. Desta forma, estes profissionais trabalharão com percepção mais aguçada para desenvolver a compra de medicamento pensando na matéria prima do fornecedor e como funciona o processo de manufatura e logística, e como deve ser reduzido a compra para evitar o desperdício.

4 4 Um ingrediente-chave subjacente à eficácia dessas diversas iniciativas é o envolvimento em cada um, do conceito à implementação, de uma coalizão de formadores de opinião ambientais. De acordo com Thomlison, Mesclar as habilidades e recursos complementares tornou os programas maiores e melhores. (Ottman, 1994). O desperdício e a poluição são imagens comumente vinculadas ao ambiente hospitalar. Infelizmente, o impacto ambiental gerado por hospitais é expressivo, e isso tudo ocorre pelo funcionamento ininterrupto, intensa circulação de pessoas, instalações de alto consumo de energia, muitos materiais que não são reaproveitados, e principalmente, falta de recursos. Mas a sustentabilidade não é burlada ou esquecida, somente é feito o que realmente se consegue e é estritamente necessário para a preservação do bem estar de todos. 3 Conclusão As Instituições Hospitalares estão entre as organizações mais complexas de serem administradas. Tal preocupação deve-se, sobretudo, pela empresa ser importante na sociedade, e em hipótese nenhuma elas devem deixar de observar o seu papel na melhoria das condições socioambientais. No entanto, os hospitais sustentáveis serão cada vez mais uma exigência, pois com a conscientização pela conservação do meio ambiente, ela também estará melhorando a qualidade de vida dos funcionários da organização, dos pacientes, e da comunidade. Portanto, a proposta de hospitais sustentáveis vem para melhorar cada vez mais a qualidade de vida de todos nós, porém os valores para viabilização de projetos ambientais ainda estão insustentáveis e fora do alcance das organizações da saúde. E, para os hospitais mostrarem resultados mais expressivos em sustentabilidade, precisa-se de facilidade na participação de programas de incentivo do governo para quem tem interesse em realizar projetos ambientais, e colaboração e educação ambiental para todos.

5 5 4 Referências FRANÇA, Marco Aurélio de. Além do Lucro: o desafio da competição responsável. São Paulo: Saraiva, LEFF, Enrique. Saber Ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. Rio de Janeiro: Vozes, OTTMAN, Jacquelyn A. Marketing Verde: desafios e oportunidades para a nova era do marketing. São Paulo: Makron Books, 1994.

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

PAPEL DO GESTOR AMBIENTAL NA EMPRESA

PAPEL DO GESTOR AMBIENTAL NA EMPRESA PAPEL DO GESTOR AMBIENTAL NA EMPRESA Copyright Proibida Reprodução. NECESSIDADE EMERGENTE - Apresentam-se hoje, em países desenvolvidos e em desenvolvimento, as preocupações com a sustentabilidade empresarial

Leia mais

MEIO AMBIENTE COMO UMA QUESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS

MEIO AMBIENTE COMO UMA QUESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS MEIO AMBIENTE COMO UMA QUESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS Prover uma compreensão básica : do desenvolvimento da abordagem das empresas com relação às questões ambientais, dos benefícios provenientes de melhorias

Leia mais

SUSTENTABILIDADE EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

SUSTENTABILIDADE EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA SUSTENTABILIDADE EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA Fabíola Santos Silva 1 Márcio Santos Godinho 1 Sara Floriano 1 Vivian Alves de Lima 1 Akira Yoshinaga 2 Helio Rubens Jacintho Pereira Junior 2 RESUMO Este trabalho

Leia mais

CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS

CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS VI.1. Introdução A avaliação de riscos inclui um amplo espectro de disciplinas e perspectivas que vão desde as preocupações

Leia mais

MARKETING AMBIENTAL: UMA FERRAMENTA EMPRESARIAL ESTRATÉGICA

MARKETING AMBIENTAL: UMA FERRAMENTA EMPRESARIAL ESTRATÉGICA 1 MARKETING AMBIENTAL: UMA FERRAMENTA EMPRESARIAL ESTRATÉGICA Felipe Rogério Pereira (UniSALESIANO Araçatuba/SP) HerculesFarnesi Cunha ( Docente das Faculdades Integradas de Três Lagoas- AEMS e UniSALESIANO

Leia mais

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque Darlyne de Aquino Silva Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia de São Paulo. São Roque, SP 2011

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio Ambiente 4 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURAIS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando,

Leia mais

AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Prof.Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Faculdade de Engenharia de Sorocaba Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Engenheiro Agrônomo CCA/UFSCar 1998 Mestre em Desenvolvimento

Leia mais

A ÉTICA E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SOB A ÓTICA DAS ORGANIZAÇÕES

A ÉTICA E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SOB A ÓTICA DAS ORGANIZAÇÕES A ÉTICA E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SOB A ÓTICA DAS ORGANIZAÇÕES Ítalo Camilo da Silva Nogueira Mestrando em Desenvolvimento Regional (mídias sociais), docente na Faculdade Nossa Senhora Aparecida/FANAP-GO.

Leia mais

Legislação Territorial Agenda 21. Alunos: Allan Gomes Murian Rafael Di Cicco Clauber Rogério da Costa Leandro Benicio de Souza

Legislação Territorial Agenda 21. Alunos: Allan Gomes Murian Rafael Di Cicco Clauber Rogério da Costa Leandro Benicio de Souza Legislação Territorial Agenda 21 Alunos: Allan Gomes Murian Rafael Di Cicco Clauber Rogério da Costa Leandro Benicio de Souza O que é Agenda 21? Agenda 21 é um conjunto de resoluções tomadas Eco-92, que

Leia mais

PUC Goiás. Prof. Ricardo Resende Dias, MSc.

PUC Goiás. Prof. Ricardo Resende Dias, MSc. PUC Goiás Prof. Ricardo Resende Dias, MSc. 1 2 3 4 RAZÕES PARA ADOÇÃO DE PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS AUMENTAR A QUALIDADE DO PRODUTO AUMENTAR A COMPETITIVIDADE DAS EXPORTAÇÕES ATENDER O CONSUMIDOR COM PREOCUPAÇÕES

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO GESTAO AMBIENTAL LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Doverlandia 2014 LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Trabalho de Gestão Ambiental

Leia mais

O Homem foi contemporâneos dos Dinossauros?

O Homem foi contemporâneos dos Dinossauros? Gestão Ambiental Eras Geológicas O Homem foi contemporâneos dos Dinossauros? Humanos Modernos. Quaternário Primeiros humanos e glaciações 11.000 Terciário Surgimento dos mamíferos. Cretáceo Desaparecimento

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS Título do Podcast Área Segmento Duração Consumo, consumismo e impacto humano no meio ambiente Ciências Humanas Ensino Fundamental; Ensino Médio 6min29seg Habilidades:

Leia mais

Justificativa. Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas.

Justificativa. Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas. Justificativa Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas. A Escola de Ensino Fundamental Mondrian, fundada em 2011, começou suas atividades em

Leia mais

Pecuária Orgânica Certificada

Pecuária Orgânica Certificada Pecuária Orgânica Certificada O Pantanal Planície de inundação periódica, reconhecida internacionalmente como de relevante importância para a biodiversidade, o Pantanal está inserido na bacia hidrográfica

Leia mais

Energia, Sustentabilidade e Produção Mais Limpa. Prof. Dr. Douglas Wittmann. São Paulo - 2015

Energia, Sustentabilidade e Produção Mais Limpa. Prof. Dr. Douglas Wittmann. São Paulo - 2015 Energia, Sustentabilidade e Produção Mais Limpa Prof. Dr. Douglas Wittmann São Paulo - 2015 Prof. Dr. Douglas Wittmann Doutor em Ciências (USP). Mestre em Engenharia de Produção (UNIP). Pós-graduado em

Leia mais

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis A Produção de Empreendimentos Sustentáveis Arq. Daniela Corcuera arq@casaconsciente.com.br www.casaconsciente.com.br A construção sustentável começa a ser praticada no Brasil, ainda com alguns experimentos

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

Jardim Escola Aladdin

Jardim Escola Aladdin Jardim Escola Aladdin Os 4 Rs da Sustentabilidade Rio de janeiro 2016 Objetivo geral Esse projeto tem como objetivo promover o envolvimento dos alunos, professores, pais e comunidade em defesa à sustentabilidade

Leia mais

ENCONTRO TEMÁTICO 2009 A criança e o meio ambiente: cuidados para um futuro sustentável. Educação Infantil

ENCONTRO TEMÁTICO 2009 A criança e o meio ambiente: cuidados para um futuro sustentável. Educação Infantil ENCONTRO TEMÁTICO 2009 A criança e o meio ambiente: cuidados para um futuro sustentável Educação Infantil Objetivos Gerais : 1. Instigar a sensibilização para os problemas relacionados à saúde do planeta,

Leia mais

Política de Responsabilidade Sócio Ambiental (PRSA) w w w. b a n c o g u a n a b a r a. c o m. b r

Política de Responsabilidade Sócio Ambiental (PRSA) w w w. b a n c o g u a n a b a r a. c o m. b r Sócio Ambiental (PRSA) w w w. b a n c o g u a n a b a r a. c o m. b r ÍNDICE: 1. SOBRE A DOCUMENTAÇÃO... 3 1.1. CONTROLE DE VERSÃO... 3 1.2. OBJETIVO... 4 1.3. ESCOPO... 4 2. RESPONSABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL...

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E EMPRESAS

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E EMPRESAS RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E EMPRESAS RESUMO DIADOSK, A.; FERREIRA, A. H. Valendo-se da real mudança de valores, as empresas estão engajadas à ideia de desenvolvimento sustentável e à preservação

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL NO SETOR HOTELEIRO ENVIRONMENTAL MANAGEMENT IN THE HOTEL SECTOR

GESTÃO AMBIENTAL NO SETOR HOTELEIRO ENVIRONMENTAL MANAGEMENT IN THE HOTEL SECTOR Eixo Temático: Inovação e Sustentabilidade RESUMO GESTÃO AMBIENTAL NO SETOR HOTELEIRO ENVIRONMENTAL MANAGEMENT IN THE HOTEL SECTOR Francielly Ocaña da Costa e Tatiane Lopes Duarte Ultimamente os assuntos

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL: O EMPREENDEDORISMO VERDE

GESTÃO AMBIENTAL: O EMPREENDEDORISMO VERDE GESTÃO AMBIENTAL: O EMPREENDEDORISMO VERDE AUTOR: RILDO BARROS FERREIRA RESUMO A inconseqüente exploração dos recursos planetários, na escala da sociedade industrial de consumo de massas e sob uma perspectiva

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

A EMPRESA COMO MODELO DE SUSTENTABILIDADE. Barbara Augusta PAULETO¹ RGM 071257 Fabiane Aparecida RODRIGUES¹ RGM 072625

A EMPRESA COMO MODELO DE SUSTENTABILIDADE. Barbara Augusta PAULETO¹ RGM 071257 Fabiane Aparecida RODRIGUES¹ RGM 072625 A EMPRESA COMO MODELO DE SUSTENTABILIDADE Barbara Augusta PAULETO¹ RGM 071257 Fabiane Aparecida RODRIGUES¹ RGM 072625 Renato Francisco Saldanha SILVA² Ailton EUGENIO 3 Resumo Muitas empresas mostram ser

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL COMO RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS ORGANIZAÇÕES RESUMO

GESTÃO AMBIENTAL COMO RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS ORGANIZAÇÕES RESUMO GESTÃO AMBIENTAL COMO RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS ORGANIZAÇÕES Alessandra Aparecida da Silva, Unisalesiano de Lins e-mail: alessandrasilvamig@yahoo.com.br Renata Angélica Freitas, Unisalesiano de Lins

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Sr. Vittorio Medioli)

REQUERIMENTO (Do Sr. Vittorio Medioli) 1 REQUERIMENTO (Do Sr. Vittorio Medioli) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo sugerindo à Agência Nacional de Águas que determine às empresas concessionárias deste serviço a divulgação em suas

Leia mais

X Encontro de Extensão

X Encontro de Extensão 5CCADCFSPEX01 Construindo novas relações: Projeto de Educação Ambiental com estudantes de ensino público na cidade de Areia - PB Jaciara Bomfim dos Santos (1); Thiago Bernardino de Sousa Castro (2); Josilene

Leia mais

Seres vivos. Mensagens aos jovens. Proposta 1

Seres vivos. Mensagens aos jovens. Proposta 1 Mensagens aos jovens Nós, jovens, devemos nos organizar para a construção de projetos, em que possamos, juntos com a população e os órgãos responsáveis, nos responsabilizar pelo bem-estar do nosso patrimônio.

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Aula 8 a A Engenharia e o Meio Ambiente Parte I Edgar Aberto de Brito PRIMEIRA PARTE As questões ambientais e os problemas para a engenharia. ENGENHARIA

Leia mais

ARTIGO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO

ARTIGO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO ARTIGO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RECICLAGEM DO LIXO Resumo: O presente artigo pretende refletir sobre os problemas ambientais em nossa sociedade, em especial, sobre o

Leia mais

PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE HABITANTE DO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL-RS ENVIRONMENTAL PERCEPTION FROM THE CITY OF SÃO GABRIEL-RS'S HABITANTS

PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE HABITANTE DO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL-RS ENVIRONMENTAL PERCEPTION FROM THE CITY OF SÃO GABRIEL-RS'S HABITANTS Eixo Temático: Inovação e Sustentabilidade PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE HABITANTE DO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL-RS RESUMO ENVIRONMENTAL PERCEPTION FROM THE CITY OF SÃO GABRIEL-RS'S HABITANTS Ana Paula Fleig Saidelles,

Leia mais

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO LASSU - LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Por que fazer um MBA LASSU USP? Grande parte do mercado e da sociedade ainda

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O E. M. E. F. P R O F ª. D I R C E B O E M E R G U E D E S D E A Z E V E D O P

Leia mais

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL: SENSIBILIZANDO ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL: SENSIBILIZANDO ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL: SENSIBILIZANDO ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL Paloma Rodrigues Cunha¹, Larissa Costa Pereira¹, Luã Carvalho Resplandes², Renata Fonseca Bezerra³, Francisco Cleiton da Rocha 4

Leia mais

ESCOLA SENAI CELSO CHARURI CFP 5.12 PROGRAMA DE CONTROLE E REDUÇÃO DO CONSUMO DE PAPEL

ESCOLA SENAI CELSO CHARURI CFP 5.12 PROGRAMA DE CONTROLE E REDUÇÃO DO CONSUMO DE PAPEL ESCOLA SENAI CELSO CHARURI CFP 5.12 PROGRAMA DE CONTROLE E REDUÇÃO DO CONSUMO DE PAPEL PROGRAMA Nº 06/ 2012 SENAI-SP. Projeto desenvolvido pelo CFP 5.12 Escola SENAI Celso Charuri. 2ª edição, atualização

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL DA EMPRESA: PROTEÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO

CAPITAL INTELECTUAL DA EMPRESA: PROTEÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO CAPITAL INTELECTUAL DA EMPRESA: PROTEÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO Resende, J.M.; Nascimento Filho, W.G.; Costa S.R.R. INEAGRO/UFRuralRJ INTRODUÇÃO O patrimônio de uma empresa é formado por ativos tangíveis

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS?

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? Ensino Fundamental II e Ensino Médio O sistema capitalista move a nossa sociedade, sendo um modelo econômico atual que pressupõe uma

Leia mais

Política Ambiental das Empresas Eletrobras

Política Ambiental das Empresas Eletrobras Política Ambiental das Empresas Eletrobras Versão 2.0 16/05/2013 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Princípios... 3 3 Diretrizes... 3 3.1 Diretrizes Gerais... 3 3.1.1 Articulação Interna... 3 3.1.2 Articulação

Leia mais

APRESENTAÇÃO...06 A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA...07 RIO FELIZ...08 RIO TRISTE...09 MATA CILIAR...10 DESTRUÍNDO A NATUREZA: DESMATAMENTO...11 A FAUNA...

APRESENTAÇÃO...06 A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA...07 RIO FELIZ...08 RIO TRISTE...09 MATA CILIAR...10 DESTRUÍNDO A NATUREZA: DESMATAMENTO...11 A FAUNA... Mei Ambiente em ALERTA! Mei Ambiente em ALERTA! ÍNDICE APRESENTAÇÃO...06 A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA...07 RIO FELIZ...08 RIO TRISTE...09 MATA CILIAR...10 DESTRUÍNDO A NATUREZA: DESMATAMENTO...11 A FAUNA...13

Leia mais

PROPOSTA DE SEMINARIO: PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS

PROPOSTA DE SEMINARIO: PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS PROPOSTA DE SEMINARIO: PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS Vitória 2006 1. JUSTIFICATIVA O mundo começa a respirar ares novos de cidadania. Um número cada vez maior de empresas se engajam no aprimoramento

Leia mais

A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO NO CONTROLE DO MEIO AMBIENTE

A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO NO CONTROLE DO MEIO AMBIENTE 546 A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO NO CONTROLE DO MEIO AMBIENTE Irene Caires da Silva 1, Ana Carlina Toni Pereira 2, Carlile Serafim Pestana 2, Fernando Henrique Grigoletto dos Santos 2, Henrique

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PROCESSO EMPRESARIAL: UMA ESTRATÉGIA NA INTEGRAÇÃO DAS AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PROCESSO EMPRESARIAL: UMA ESTRATÉGIA NA INTEGRAÇÃO DAS AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE Revista Ceciliana Jun 5(1): 1-6, 2013 ISSN 2175-7224 - 2013/2014 - Universidade Santa Cecília Disponível online em http://www.unisanta.br/revistaceciliana EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PROCESSO EMPRESARIAL: UMA

Leia mais

Perfil das empresas. Porte da Empresa. Tipo de indústria. (NA) (%) Média 84 55 De 100 a 499 funcionários Grande 69 45 500 ou mais funcionários

Perfil das empresas. Porte da Empresa. Tipo de indústria. (NA) (%) Média 84 55 De 100 a 499 funcionários Grande 69 45 500 ou mais funcionários Perfil das empresas Porte da Empresa (NA) Média 84 De 00 a 499 funcionários Grande 69 4 00 ou mais funcionários 3 00 Tipo de indústria (NA) Indústria/agência de embalagens 33 Usuária de embalagens 02 67

Leia mais

FETREMIS-FACULDADE DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DA REGIÃO MISSIONÁRIA SIRLÉIA APARECIDA DE REZENDE SILVA

FETREMIS-FACULDADE DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DA REGIÃO MISSIONÁRIA SIRLÉIA APARECIDA DE REZENDE SILVA FETREMIS-FACULDADE DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DA REGIÃO MISSIONÁRIA SIRLÉIA APARECIDA DE REZENDE SILVA CONSCIENTIZAÇÃO E RESPONSABILIDADE SOCIAL Contagem-MG 2013 2 FETREMIS - FACULDADE DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

Leia mais

Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas.

Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas. Justificativa Meio ambiente conforme o Dicionário Aurélio é aquilo que cerca ou envolve os seres vivos ou as coisas. A Escola de Ensino Fundamental Mondrian, fundada em 2011, começou suas atividades em

Leia mais

Grandes Problemas Ambientais

Grandes Problemas Ambientais Grandes Problemas Ambientais O aumento do efeito de estufa; O aquecimento global; A Antárctica; A desflorestação; A Amazónia; A destruição da camada de ozono; As chuvas ácidas; O clima urbano; Os resíduos

Leia mais

MMX - Controladas e Coligadas

MMX - Controladas e Coligadas POLITICA CORPORATIVA PC. 1.16.01 Política de Meio Ambiente Emissão: 02/10/06 1 Objetivo: Estabelecer diretrizes visando proteger os recursos naturais e o meio ambiente em todas das unidades operacionais.

Leia mais

de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia Anais do I Seminário Internacional de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia OS RECURSOS NATURAIS E A SUSTENTABILIDADE: UM ESTUDO DOS MODOS DE VIDA NA COMUNIDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS - BAIXO

Leia mais

Marketing Ambiental. Abril, 2011

Marketing Ambiental. Abril, 2011 Baseado em: Marketing Ambiental, de Joaquim Caetano, Marta Soares, Rosa Dias, Rui Joaquim e Tiago Robalo Gouveia, Plátano Editores, 2008 Abril, 2011 O ambiente de hoje Ao longo das últimas décadas têm

Leia mais

A ética e o desenvolvimento sustentável sob a ótica das organizações

A ética e o desenvolvimento sustentável sob a ótica das organizações A ética e o desenvolvimento sustentável sob a ótica das organizações Ítalo Camilo da Silva Nogueira Faculdade Nossa Senhora Aparecida /GO - italocamilo@hotmail.com Karlla Junara Cintra Azambuja Soares

Leia mais

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras Por Marcelo Bandeira Leite Santos 13/07/2009 Resumo: Este artigo tem como tema o Customer Relationship Management (CRM) e sua importância como

Leia mais

PÓS-CONSUMO: a logística reversa - fragmentos de leitura.

PÓS-CONSUMO: a logística reversa - fragmentos de leitura. 1 PÓS-CONSUMO: a logística reversa - fragmentos de leitura. É do conhecimento de todos que o consumo é uma constante na contemporaneidade. Em decorrência, os gestores das organizações planejam e operacionalizam

Leia mais

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional Carlos Henrique Cangussu Discente do 3º ano do curso de Administração FITL/AEMS Marcelo da Silva Silvestre Discente do 3º ano do

Leia mais

Governança Clínica. As práticas passaram a ser amplamente utilizadas em cuidados de saúde à partir de 1.995.

Governança Clínica. As práticas passaram a ser amplamente utilizadas em cuidados de saúde à partir de 1.995. Governança Clínica As práticas passaram a ser amplamente utilizadas em cuidados de saúde à partir de 1.995. O Modelo de Gestão Atual foi desenvolvido a 100 anos. Repensar o Modelo de Gestão nos serviços

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE MAIO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE MAIO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE MAIO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIA José Augusto

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Objetivos da Aula Sistema de Gestão Ambiental 1. Sistemas de gestão ambiental em pequenas empresas Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

A práxis do homem não é atividade prática contraposta à teoria; existência humana como elaboração da realidade.

A práxis do homem não é atividade prática contraposta à teoria; existência humana como elaboração da realidade. INTRODUÇÃO Autores: SILVA, Marco Aurélio da KAYSER, Aristéia Mariane A práxis do homem não é atividade prática contraposta à teoria; existência humana como elaboração da realidade. é determinação da Karel

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM DESAFIO AO ENSINO DE HISTÓRIA

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM DESAFIO AO ENSINO DE HISTÓRIA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM DESAFIO AO ENSINO DE HISTÓRIA Fabricia Evellyn Araújo Medeiros 1 Email: fabriciaevellyn3@gmail.com Amelia Neta Diniz de Oliveira 2 Email: ameliadiniz.uepb.@gmail.com Daniela Santos

Leia mais

CERTIFICAÇAO AMBIENTAL

CERTIFICAÇAO AMBIENTAL ISO 14000 - A NOVA NORMA GERENCIAMENTO E -- CERTIFICAÇAO AMBIENTAL DE AMBIENTAL *Francesco De Cicco A futura norma internacional para o meio ambiente - a série ISO 14000 - e a importância para as empresas

Leia mais

Visão integrada. da conservação

Visão integrada. da conservação para sempre Em busca do equilíbrio entre a produção econômica e a conservação do Pantanal, o WWF-Brasil atua na Bacia Hidrográfica do Alto Paraguai em uma perspectiva transfronteiriça e em articulação

Leia mais

Nota técnica Março/2014

Nota técnica Março/2014 Nota técnica Março/2014 Sistemas de Saneamento no Brasil - Desafios do Século XXI João Sergio Cordeiro O Brasil, no final do ano de 2013, possuía população de mais de 200 milhões de habitantes distribuídos

Leia mais

APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO POLITICA PPS PR Curso Haj Mussi Tema Sustentabilidade

APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO POLITICA PPS PR Curso Haj Mussi Tema Sustentabilidade APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO POLITICA PPS PR Curso Haj Mussi Tema Sustentabilidade Desenvolvido por: Neuza Maria Rodrigues Antunes neuzaantunes1@gmail.com AUMENTO DA POPULAÇÃO URBANA 85% NO BRASIL (Censo

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL SEBRAE - SP

PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL SEBRAE - SP PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL SEBRAE - SP DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das futuras gerações satisfazerem suas próprias

Leia mais

Responsabilidade Socioambiental

Responsabilidade Socioambiental Responsabilidade Socioambiental A Fecomércio-RS busca a sustentabilidade e o compromisso socioambiental das partes interessadas, por meio da melhoria contínua de serviços, processos e instalações, a partir

Leia mais

DISCIPLINA: SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL AULA 01 => HISTÓRICO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.

DISCIPLINA: SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL AULA 01 => HISTÓRICO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. DISCIPLINA: SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL AULA 01 => HISTÓRICO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. PROBLEMÁTICA: REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INTENSIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES ANTRÓPICAS LINHA DO TEMPO:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013 MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

PRÁTICAS AMBIENTAIS EM UMA INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES

PRÁTICAS AMBIENTAIS EM UMA INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES PRÁTICAS AMBIENTAIS EM UMA INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES BAIOTTO, Alexandre 1 ; COSTA, Augusto Cesar da 1 ; SCHMIDT, Alberto 2 Palavras-Chave: Gestão ambiental. Empresa. Produção sustentável. Introdução Agregados

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Setembro de 2010 Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente

Leia mais

VOCÊ CONSOME O QUE? - CONSUMO, STATUS, RESÍDUOS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL GULLA, CLAUDIO EDUARDO 1 - UERJ. DUARTE, Luana 2 UERJ. SILVA, Tairis 3 UERJ

VOCÊ CONSOME O QUE? - CONSUMO, STATUS, RESÍDUOS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL GULLA, CLAUDIO EDUARDO 1 - UERJ. DUARTE, Luana 2 UERJ. SILVA, Tairis 3 UERJ VOCÊ CONSOME O QUE? - CONSUMO, STATUS, RESÍDUOS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL GULLA, CLAUDIO EDUARDO 1 - UERJ claudioeduardouerjped@gmail.com DUARTE, Luana 2 UERJ Luanycristine_87@hotmail.com SILVA, Tairis 3 UERJ

Leia mais

NOSSO BAIRRO SEM POLUIÇÃO: REPENSAR HÁBITOS E ATITUDES, SENSIBILIZAR PARA UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA.

NOSSO BAIRRO SEM POLUIÇÃO: REPENSAR HÁBITOS E ATITUDES, SENSIBILIZAR PARA UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA. NOSSO BAIRRO SEM POLUIÇÃO: REPENSAR HÁBITOS E ATITUDES, SENSIBILIZAR PARA UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA. BERTON, Vânia Lúcia 1 Resumo: Este estudo foi desenvolvido através de um projeto de Educação Ambiental

Leia mais

A ética do consumo sustentável: a atividade do Núcleo de Prática em Direito Ambiental

A ética do consumo sustentável: a atividade do Núcleo de Prática em Direito Ambiental A ética do consumo sustentável: a atividade do Núcleo de Prática em Direito Ambiental Ricardo Libel Waldman Doutor em Direito UniRitter-Laureate International Universities e PUC-RS ricardo_waldman@uniritter.edu.br

Leia mais

Carta de Apresentação Documento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura 11/06/15

Carta de Apresentação Documento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura 11/06/15 Carta de Apresentação Documento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura 11/06/15 Formada por associações empresariais, empresas, organizações da sociedade civil e indivíduos interessados na construção

Leia mais

EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROJETO SEMENTE DO AMANHÃ NA CIDADE DE GUARATINGUETÁ-SP

EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROJETO SEMENTE DO AMANHÃ NA CIDADE DE GUARATINGUETÁ-SP EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROJETO SEMENTE DO AMANHÃ NA CIDADE DE GUARATINGUETÁ-SP RESUMO Carneiro Junior, J. L. 1 ; Freitas, R. C. M. 2 ; Rosa, A. C.

Leia mais

A POLÍTICA AMBIENTAL NAS EMPRESAS

A POLÍTICA AMBIENTAL NAS EMPRESAS SEMANA AMBIENTAL NA BRASIMET 2006 CIDADANIA E EDUCAÇÃO PARA UM PLANETA MELHOR A POLÍTICA AMBIENTAL NAS EMPRESAS A atual conjuntura econômica e os novos cenários sócio-ambientais nacionais e internacionais

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO FEEDBACK NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO REALIZADO NAS ORGANIZAÇÕES DA ZONA DA MATA MINEIRA RESUMO

A IMPORTÂNCIA DO FEEDBACK NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO REALIZADO NAS ORGANIZAÇÕES DA ZONA DA MATA MINEIRA RESUMO 1 A IMPORTÂNCIA DO FEEDBACK NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO REALIZADO NAS ORGANIZAÇÕES DA ZONA DA MATA MINEIRA Daniel de Souza Ferreira 1 RESUMO Ferreira, Daniel de Souza. A Impostância do Feedback

Leia mais

Curso de Desenvolvimento. sustentável.

Curso de Desenvolvimento. sustentável. 50 Série Aperfeiçoamento de Magistrados 17 Curso de Desenvolvimento Sustentável Juliana Andrade Barichello 1 O objetivo deste trabalho é discorrer sobre os principais pontos das palestras proferidas sobre

Leia mais

Sumário. 1. Visão Geral do EcoLega 3. 2. Alinhamento Estratégico 3. 3. Orientações essenciais 4. 4. Oficinas e Formação 5

Sumário. 1. Visão Geral do EcoLega 3. 2. Alinhamento Estratégico 3. 3. Orientações essenciais 4. 4. Oficinas e Formação 5 2 Para acessar cada item do Sumário, clique nele. Para retornar ao sumário, clique na logo do ecolega em qualquer página. Sumário 1. Visão Geral do EcoLega 3 2. Alinhamento Estratégico 3 3. Orientações

Leia mais

FERRAMENTAS DA QUALIDADE. Prof. Dr. Renato Montini FATEC MC

FERRAMENTAS DA QUALIDADE. Prof. Dr. Renato Montini FATEC MC FERRAMENTAS DA QUALIDADE Prof. Dr. Renato Montini FATEC MC As ferramentas da qualidade têm os seguintes objetivos: Facilitar a visualização e o entendimento dos problemas; Sintetizar o conhecimento e as

Leia mais

RECICLANDO ATITUDES. Ana MariaVenquiaruti 1 ;Janice de Fátima Preuss dacruz 2 ;Natanael Martins Ajala 3 ; Tanise da Silva Moura 4 ;

RECICLANDO ATITUDES. Ana MariaVenquiaruti 1 ;Janice de Fátima Preuss dacruz 2 ;Natanael Martins Ajala 3 ; Tanise da Silva Moura 4 ; RECICLANDO ATITUDES Ana MariaVenquiaruti 1 ;Janice de Fátima Preuss dacruz 2 ;Natanael Martins Ajala 3 ; Tanise da Silva Moura 4 ; 1 Farmacêutica, Bioquímica e Pós Graduada em Educação Ambiental- Professora

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS O mundo inteiro discute, nos dias de hoje, a adoção de medidas globais e locais com o objetivo de diminuir ou, quem sabe, reverter o avanço dos efeitos do aquecimento global. Ações

Leia mais

CONSUMO SUSTENTÁVEL E AÇÕES PRÁTICAS PARA O COTIDIANO

CONSUMO SUSTENTÁVEL E AÇÕES PRÁTICAS PARA O COTIDIANO CONSUMO SUSTENTÁVEL E AÇÕES PRÁTICAS PARA O COTIDIANO CONCEITO CONSUMO: Ato ou efeito de consumir, gastar as riquezas produzidas pela sociedade. CONSUMISMO: Consumo exagerado de produtos que se adquire

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

O papel da empresa na relação com o meio natural

O papel da empresa na relação com o meio natural Gestão Ambiental O papel da empresa na relação com o meio natural Visão Tradicional Empresa Consumidor Compreensão Básica: - Relações econômicas determinadas pela Oferta/Procura -Visão do lucro como o

Leia mais

PROPRIEDADE REGISTRADA. Mundo Insustentável. Desenvolvimento Sustentável

PROPRIEDADE REGISTRADA. Mundo Insustentável. Desenvolvimento Sustentável Mundo Insustentável x Desenvolvimento Sustentável Resumo da Insustentabilidade no Mundo Contemporâneo 50% dos 6,1 bilhões de habitantes do planeta vivem com menos de US$2 por dia e um terço está abaixo

Leia mais

Crescimento global da consciência socioambiental

Crescimento global da consciência socioambiental Programa de Sustentabilidade Bunge 1. Contextualização Crescimento global da consciência socioambiental Sociedade Importância do tema Estruturação e articulação das entidades civis Pressões comerciais

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE S (ÁREA: GESTÃO) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

PRESERVAÇÃO AMBIENTAL PRESERVAÇÃO AMBIENTAL Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás O Ministério Público do Estado de Goiás MPGO tem a missão de defender a ordem jurídica, o regime democrático e os interesses sociais

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL Introdução A partir da década de 90 as transformações ocorridas nos aspectos: econômico, político, social, cultural,

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL LÚDICO-EXPOSITIVA PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Josiane Teresinha Cardoso 1 (Coordenador da Ação de Extensão)

EDUCAÇÃO AMBIENTAL LÚDICO-EXPOSITIVA PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Josiane Teresinha Cardoso 1 (Coordenador da Ação de Extensão) EDUCAÇÃO AMBIENTAL LÚDICO-EXPOSITIVA PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL Área Temática: Meio Ambiente Josiane Teresinha Cardoso 1 (Coordenador da Ação de Extensão) Moira Ramos Rabeschini 2 Helen Hayra

Leia mais

A FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO

A FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO A FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Bruna Medeiros David de Souza Advogada. Pós-graduanda em Direito Civil pela Faculdade de Direito Milton Campos. A função social da

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL DA PGR PROJETO PARA AQUISIÇÃO DE COLETORES PARA COLETA SELETIVA

PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL DA PGR PROJETO PARA AQUISIÇÃO DE COLETORES PARA COLETA SELETIVA Programa de Gestão Ambiental da PGR PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL DA PGR PROJETO PARA AQUISIÇÃO DE COLETORES PARA COLETA SELETIVA Brasília, abril de 2007 Considerações Gerais Finalmente a questão ambiental

Leia mais

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico

Como saber se sua empresa é. Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico Como saber se sua empresa é Sustentável Guia Definitivo para Diagnóstico Sumário 02 Introdução Presença na estratégia Práticas Pré produção Práticas Produção Práticas Gestão Como verificar 03 04 06 07

Leia mais

RELATÓRIO REDE DE SUSTENTABILIDADE - APC

RELATÓRIO REDE DE SUSTENTABILIDADE - APC APC - MOÇAMBIQUE ASSOCIAÇĂO PROJETO CIDADĂO Fazendo Jesus Conhecido Através da Convivência e Serviço RELATÓRIO REDE DE SUSTENTABILIDADE - APC Introdução A Rede de Sustentabilidade é uma equipe multi setorial

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente. EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente. 1 1 TÍTULO DO PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente. 2 QUEM

Leia mais