Adilson Zampieri é o novo provedor da Santa Casa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Adilson Zampieri é o novo provedor da Santa Casa"

Transcrição

1 DR/SPI PARA USO DOS CORREIOS MUDOU-SE FALECIDO DESCONHECIDO AUSENTE RECUSADO NÃO PROCURADO ENDEREÇO INSUFICIENTE NÃO EXISTE NÚMERO INFORMAÇÃO PORTEIRO/SÍNDICO DR/SPI REINTEGRADO AO SERVIÇO POSTAL EM: RESP.: Informativo Santa Casa ABRIL 2011 Adilson Zampieri é o novo provedor da Santa Casa Num ato simbólico, João Orlando Pavão (dir.) entrega a bandeira da Santa Casa ao provedor eleito Adilson Zampieri O engenheiro Adilson Zampieri (50) é o novo provedor da Santa Casa de Piracicaba. A eleição ocorreu no último dia 21 de março, mas a posse festiva aconteceu na noite do dia 31 de março, quando os membros da Mesa Diretora eleita para o triênio 2011/2014 foram oficialmente empossados e apresentados à comunidade em evento que reuniu familiares, amigos, autoridades e convidados. A solenidade foi marcada pela leitura do Termo de Posse e do Termo de Compromisso; pela entrega da medalha José Pinto de Almeida aos membros da Diretoria e pelo lançamento de livro histórico que resgata as ações que projetaram a Santa Casa nos últimos 12 anos. Pág. 3 Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba - Av. Independência, Bairro Alto - CEP Piracicaba - SP IMPRESSO

2 2 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Pavão transmite cargo ao provedor eleito, Adilson Zampieri A noite do último dia 31 de março marcou a solenidade festiva de posse da Mesa Diretora da Santa Casa de Piracicaba eleita para a gestão 2011/2014. A cerimônia aconteceu no Salão de Convenções da Instituição para receber o empresário Adilson Zampieri como novo provedor da Irmandade. O momento solene empossou ainda os demais membros da Diretoria, composta pelo vice-provedor, quatro diretores, seis mesários, seis suplentes e dez membros do Conselho Consultivo. Além do provedor eleito, o ato teve à frente o então provedor João Orlando Pavão que, depois de comandar os rumos da Irmandade nos últimos 12 anos, promoveu a transmissão do cargo, seguindo-se um ritual simbólico e extremamente marcante. Primeiro procedeu-se à leitura do Termo de Posse pelo diretor e secretário da Mesa, Mário José Ronsini, para que, depois então, o provedor eleito pudesse fazer a leitura do Termo de Compromisso firmado com a Instituição e receber a bandeira da Santa Casa, símbolo da grandiosidade da missão que ele assume junto com o cargo, revela Pavão que, na atual Mesa, passa a exercer a função de vice-provedor. Permanecer à frente da Vice-Provedoria foi a forma encontrada para que eu pudesse continuar me dedicando à Santa Casa, aos meus afazeres profissionais e também à Fehosp- Federação das Santas Casas e Entidades Filantrópicas do Estado de São Paulo, justifica Pavão, revelando a importância da Fehosp para o fortalecimento das filantrópicas. Membro da diretoria da Fehosp desde 2002, Pavão foi eleito no último dia 4 de abril para exercer agora o cargo de diretor jurídico da Federação, mantendo-se à frente também da coordenadoria regional da Fehosp/Piracicaba. Outro momento marcante da solenidade de posse foi a entrega da medalha José Pinto de Almeida a todos os componentes da nova Mesa Diretora. A medalha foi entregue pelo médico Walter Checoli, diretor clínico durante a gestão de João Orlando Pavão, e pelo diretor clínico eleito para o próximo triênio, Nivaldo Lavoura. José Pinto de Almeida foi um visionário ao fundar esta Instituição e os 24 prove- dores que antecederam Zampieri tiveram o grande mérito de dar prosseguimento a esta causa, contribuindo para que a Santa Casa de Piracicaba chegasse aos 156 anos tornando-se referência de gestão hospitalar, ressalta Pavão. Ao lado de Zampieri, ele revela também a satisfação da Mesa Diretora em promover o lançamento do livro intitulado Provedor... Adilson Zampieri Vice-Provedor... João Orlando Pavão 1º secretário... Mário José Ronsini 2º secretário... Diovaldo Ângelo Pizzinatto 1º tesoureiro... Alexandre Valvano Neto 2º tesoureiro... Adilson Toniolo Mesários: Antônio Orlando Bertholdi Piacentini, Cesário de Campos Ferrari, José Pino, José Rosário Losso Netto, Manuel Rodrigues Tavares de Almeida e Samir Tufic Arbex. Membros da Mesa Diretora eleita para o triênio 2011/2014 A História da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba 1999 a A Provedoria de João Orlando Pavão, escrito pela jornalista Nilma de Oliveira Moratori, responsável pelo Departamento de Comunicação do Hospital. O livro certamente se traduz numa importante contribuição da Santa Casa para a memória histórica da saúde pública de Piracicaba e região na A nova Mesa Diretora medida em que registra as principais ações empreendidas pela Santa Casa nos últimos 12 anos, revelam. O ato de posse da nova Mesa Diretora foi complementado com a entronização do quadro de João Orlando Pavão na galeria de ex provedores da Santa Casa. O quadro (óleo sobre tela) é de autoria da artista plástica Maria Cecília Neves. Suplentes: Antônio Carlos Copatto, Jenival Dias Sampaio, João Ferraz de Arruda, José Luis Alcarde, Júlio Makoto Assari e Valderes Perosse. Conselho Consultivo: Ary Marconi, Evandro Luiz de Almeida Haddad, Júlio Lázaro Sierra, Luis Guilherme Schnor, Salvador Cassano, Valter Manoel Maroço, Waldemar Romano, Wander Pereira Rossette Júnior, Wolney Luis Stolf e Joaquim Marth. MESA DIRETORA: EXPEDIENTE: Mesa Diretora: Adilson Zampieri (provedor) / João Orlando Pavão (vice-provedor) e os diretores: Adilson Toniolo / Alexandre Valvano Neto / Diovaldo Ângelo Pizzinatto / Mário José Ronsini. Mesários: Manuel Rodrigues Tavares de Almeida / José Pino / José Rosário Losso Netto / Cezário de Campos Ferrari / Antonio Orlando B. Piacentini / Samir Tufic Arbex. Suplentes: Antonio Carlos Copatto / Jenival Dias Sampaio / Júlio Makoto Assari / Valderes Perosse / José Luis Alcarde / João Ferraz de Arruda. Conselho Consultivo: Wander Pereira Rossette Júnior / Júlio Lázaro Sierra / Luis Guilherme Schonor / Ary Marconi / Salvador José Cassano / Evandro Luiz de Almeida Haddad / Waldemar Romano / Wolney Luis Stolf / Joaquim Marth / Valter Manoel Maroço. Diretor Clínico: Dr. Nivaldo Lavoura CRM Diretor Técnico: Dr. Ruy Nogueira CRM Administração: Vanda de Carvalho Petean Esta é uma publicação mensal da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba, Avenida Independência, 953, Bairro Alto, CEP: Piracicaba / SP. (19) Jornalista responsável: Nilma de Oliveira Moratori (MTb ) Fotos: arquivo Santa Casa Projeto Gráfico: Comunique Propaganda Impressão: A Tribuna Piracicabana - Tiragem: exemplares

3 Abril O provedor eleito, Adilson Zampieri O empresário Adilson Zampieri (50), engenheiro civil por formação, foi eleito provedor da Santa Casa de Piracicaba para o triênio 2011/2014 durante a Assembléia Ordinária realizada no dia 21 de março de Vice-provedor na gestão anterior (2008/2011), Zampieri conhecia bem a dinâmica de atuação da Irmandade, rotina vivenciada por ele também no período de 2002 a 2008, quando integrou a Mesa Diretora da Santa Casa como mesário. A experiência junto à Irmandade permitiu-lhe traçar seu Plano de Gestão de forma a manter a austeridade e o dinamismo que vinham marcando a trajetória da Instituição nos últimos dez anos, período em que acompanhou de perto toda a movimentação da Mesa Diretora para prover o Hospital das melhorias e avanços necessários à sua evolução. Plano de Gestão Adilson Zampieri pautou os principais pontos de sua plataforma de trabalho para o triênio 2011/2014, diretrizes estabelecidas com base nas necessidades da San-ta Casa e na capacidade de investimento do Hospital. Com relação à estrutura física, a proposta foi formatada de forma a prever a reforma do Hospital Santa Isabel, dotando o espaço de uma hotelaria diferenciada; construção de um novo prédio para o Plano Santa Casa Saúde, ampliando os serviços de prevenção e assistência domiciliar; e im-plantação de um centro para cirurgias plásticas, garantindo ao Hospital a estrutura necessária à prestação de atendimento diferenciado aos clientes deste segmento. O novo provedor projetou também a melhora contínua dos serviços já existentes e, para isso, projetou investimentos ainda mais consistentes nas áreas de cardiologia, urologia e oncologia. A modernização do Hospital, prioridade para a Mesa Diretora, levou Zampieri a anunciar ainda a intenção de renovar o parque tecnológico e incorporar novas tecnologias, aprimorando conhecimentos e processos com impactos diretos no nível de segurança e conforto do usuário. Na visão do provedor eleito, todas as ações devem convergir para a excelência do atendimento por meio de ações com foco na assistência humanizada. Neste contexto, o Plano de Gestão da Mesa Diretora eleita foi elaborado para evidenciar, sobretudo, a manutenção do processo de educação continuada, permitindo ao Hospital conquistar níveis de acreditação cada vez mais elevados. A Mesa se propôs a atuar também para ampliar as parcerias com a iniciativa privada com vistas à melhoria da hotelaria das unidades que dispensavam atendimento pelo Sistema Único de Saúde-SUS, ratificando os valores e a missão da Santa Casa enquanto instituição filantrópica. Esse, aliás, foi um dos itens que ganhou destaque nas projeções feitas por Zampieri ao lembrar que todos os membros da Mesa Diretora trabalham voluntariamente, seguindo um ritual consolidado ao longo dos 156 anos de existência da Irmandade. O novo provedor da Santa Casa, Adilson Zampieri Em ata, ele registraria seu compromisso, sua disposição e orgulho em contribuir para que essa história prosseguisse com resultados cada vez mais promissores à Instituição e, consequentemente, às comunidades por ela atendidas. A Santa Casa pertence à comunidade e a ela deve se dedicar com afinco, amor e perseverança. Espero contribuir com esta grande e valiosa missão, disse. Dr. André Luis Tucci Semeghini - CRM: 89929

4 4 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba 156 anos depois, a Santa Passados mais de 156 anos, a Santa Casa de Piracicaba honra a memória de José Pinto de Almeida, seu fundador, e mantém visão de futuro constituindo-se, hoje, num dos complexos hospitalares mais respeitados do país; referência para 27 cidades da região. Estrategicamente localizada em área central, de fácil acesso e estacionamento próprio, reúne os mais diversos serviços em 60 mil metros quadrados de área, evitando que o paciente deixe o Hospital para exames e procedimentos. Hospital terciário, mantém 358 leitos e serviços de alta complexidade que garantem, inclusive, a realização de cirurgias cardíacas, além de transplantes renais e de córneas. Seu Centro Cirúrgico é amplo, dotado de 13 salas, onde são realizadas em média 50 cirurgias todos os dias. O respaldo a tamanho movimento é garantido por uma moderna e eficiente estrutura hospitalar que agrega Unidades altamente complexas como UTI para adultos, UTI Pediátrica, UTI Neonatal, Centro Obstétrico com Maternidade e transmissão on line de partos, moderno laboratório, Central de Esterilização de O prédio da Santa Casa de Piracicaba na década de 1940 Material modelo e moderna Lavanderia. O avanço tecnológico é outra vertente deste crescimento e está presente também na atuação 24 horas do Serviço de Pronto Atendimento; do EMCOR - Serviço de Emergências do Coração e seu Centro de Hemodinâmica; do Instituto de Urologia; do Serviço de Imagenologia, com ressonância magnética e tomografia computadorizada; do Setor de Hemodiálise; do Centro do Câncer e da Clínica de Reprodução Humana. Um complexo hospitalar gigantesco que realiza em media 20 mil atendimentos/mês e cuja experiência e credibilidade têm proporcionado campos de estágios para escolas de ensino superior nas áreas de enfermagem, fisioterapia, psicologia e nutrição. Um respeito tão grande que levou para dentro do Hospital também o Hemonúcleo Regional, o Banco de Olhos de Piracicaba e a Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas. Mas nem só de alta tecnologia se faz o bom atendimento médico-hospitalar. O segredo está no dia-a-dia e na motivação de uma equipe composta por mais de colaboradores e 295 médicos altamente especializados. Todos comprometidos com o processo de evolução científica e qualificação profissional que levam à humanização do atendimento. Profissionais que se dedicam de corpo e alma para projetar e atender as expectativas e necessidades dos clientes em cada gesto; em todas as atividades, desempenhadas para que o usuário e sua família tenham sempre a melhor acolhida. Para isso, o Hospital investiu em aspectos voltados à humanização da assistência, mantendo uma série de programas e projetos que passaram a contar, inclusive, com o auxílio de voluntários para atuar junto à Brinquedoteca, à Biblioteca Viva, à Pastoral da Saúde, à Capelania Evangélica, ao Grupo de Vicentinas e ao Grupo Clown Manutenção do Riso. A atuação do Hospital na última Dr. André Augusto Júnior Gemeinder de Moraes CRM: 55620

5 Abril Casa de Piracicaba hoje década foi tão expressiva que a Federação dos Hospitais do Estado de São Paulo escolheu a Santa Casa de Piracicaba como uma das parceiras do Projeto EDUCASUS para educação à distância. A Irmandade também foi indicada como parceira do Estado em projeto modelo de revitalização de hospitais, garantindo à Instituição a certificação nível ouro, conferida pela excelência dos serviços prestados. Mas, como qualidade é sinônimo de um processo contínuo de aperfeiçoamento, o plano estratégico da Santa Casa de Piracicaba propõe um nível de excelência ainda maior, impondo ao Hospital o desafio de buscar, sempre, certificações de qualidade cada vez mais abrangentes. Um cenário no qual o aprimoramento tecnológico, o conhecimento científico e a qualificação profissional com vistas à humanização da assistência são constantes e fundamentais à filosofia do Hospital. Tudo isso com apoio irrestrito do Santa Casa Saúde, plano de assistência médico-hospitalar que coloca ao alcance de seus usuários os benefícios e avanços proporcionados pela Medicina através de seu Centro de Prevenção e Promoção de Saúde, espaço onde qualidade de vida associa-se às ações preventivas promovidas por um amplo e completo Programa Vista aérea do complexo hospitalar da Santa Casa de Piracicaba de Saúde Inteligente e por um atuante Comitê de Saúde nas Empresas. É assim que a Santa Casa de Piracicaba alimenta a cada dia a Missão de promover a saúde por meio de assistência hospitalar especializada de forma humanizada. É assim que a Irmandade projeta seus Valores, voltados à ética, à transparência, à humanização, ao comprometimento, à valorização profissional, ao compromisso com o meio ambiente e ao estímulo à fraternidade. Santa Casa de Piracicaba, modelo de gestão hospitalar! Dr. Gustavo de Mendonça Borges CRM: Dr. José Henrique Mello de Freitas CRM: 64230

6 6 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Familiares e autoridades prestigiam Nivaldo Lavoura, José Pino, José Rosário Losso Neto e Walter Checoli Nilma de Oliveira Moratori e João Orlando Pavão Maria Cecília Neves e João Orlando Pavão Joaquim Marth, Salvador Cassano, Valter Maroço, José Luis Alcarde, Cesário Ferrari, José Pino e Jenival Dias Sampaio Roberto Morais, João Orlando Pavão, Jenival Dias Sampaio, Ary Pedroso Júnior e Adilson Zampieri Alessandra e Joaquim Marth e Wilson Tietz Pérsio Azenha Faber, Antônio Ananias, João Orlando Pavão, Edson Angeli e Humberto Passos José Arantes de Carvalho, Antonio Carlos e Roseli Copato Luis Guilherme Schonor, comendador Manuel Rodrigues Tavares de Almeida, João Orlando Pavão e Odinei Assarisse Carlos e Vanda Petean, Adilson Zampieri e Diovaldo Pizzinatto Alexandre Valvano, José Vicente Caixeta Filho, Samir Arbex e Rogério Teixeira da Cruz Cláudio e Fernanda Bini, Mário José Ronsini, Marilene Lemos, Regina Pozar e Ruy Nogueira Acipi

7 Abril solenidade de posse da nova Mesa Diretora Alex Gonçalves, João Orlando Pavão, Rubens Cenci Motta e Adilson Zampieri Orlando Piacentini, Alexandre Valvano, Adilson Zampieri, Walter Checoli, Ruy Nogueira e Wolney Stolf João Orlando Pavão, Jorge Aversa Júnior, Adilson Zampieri, José Arantes de Carvalho e Pedro Cruz Lucilene Marrano, Vera Valvano, Camila e Carina Zampieri, Maicon Zilio, Luiza Valvano e Jonas Volpato Pedro Cruz, Jorge Aversa Júnior, Wander Pereira Rossette Júnior, Luis Guilherme Schonor, César Colombo e Humberto Passos Maria Cecília Neves, José Dalton Moraes, Rui Zampieri, Maria Cecília e João Orlando Pavão e Cidinha Moraes Maria Amélia, Sônia Antoniolo, Amábile Filete e Adair Rainha Vanda Petean, Fernando Cárdenas e Wagner Marrano Adilson Zampieri, Nilma de Oliveira, Vanda Petean e João Orlando Pavão Maria Marreiro, Claudenice Sterde, Melina Ducatti, Vanda Petean, Sueli Lopes, Daniela Machado e Fernanda Lopes Família do novo provedor da Santa Casa, Adilson Zampieri Família de João Orlando Pavão Dr. Walter Checoli - CRM: 49748

8 8 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Pavão encerra gestão 1999 No primeiro ano de sua gestão, Pavão cuidou de conhecer profundamente a estrutura hospitalar e estreitar laços com médicos e funcionários, ao mesmo tempo em que ia amadurecendo um estilo próprio de liderança. A Irmandade absorvia a grande demanda de atendimentos de Piracicaba e região e, naquele ano, articulou-se junto à Fehosp para discutir a estratégia a ser adotada pelas filantrópicas, que organizavam ato público em Brasília em defesa da saúde. Enquanto isso, estimulava a realização de campanhas internas para redução dos custos hospitalares e investia na aquisição de máquinas para a Lavanderia, equipamentos para a UTI e na ampliação da Maternidade Teve início com a estruturação de programas preventivos, iniciativa que resultou também na reestruturação da Maternidade e do Hospital Santa Isabel, que passou a abrigar a Pediatria Monsenhor Rosa, garantindo maior grau de conforto e comodidade ao usuário. O Hospital investiu também na ampliação de seu parque tecnológico adquirindo modernos equipamentos para a realização de cirurgias inovadoras e com o credenciamento da Instituição para captação de órgãos de doadores com morte encefálica constatada Foi o ano dedicado à incorporação da informática aos procedimentos cirúrgicos e à revolução do conceito e das técnicas cirúrgicas por meio da reconstrução 3D. Para isso, a Santa Casa apostou na qualificação de suas equipes e na importação de equipamentos para a UTI e para o Centro Cirúrgico. Os investimentos proporcionaram, inclusive, a conquista junto ao Ministério da Saúde da João Orlando Pavão ingressou na Mesa Diretora da Santa Casa de Piracicaba em 1996 em atendimento a um convite do Dr. Antônio Dumit Neto, então diretor da Instituição. Três anos depois, em 1999, foi eleito provedor. classificação Nível III para a UTI Geral, o mais complexo. A Irmandade dedicou-se ainda à adequação de sua estrutura para instalação da Biblioteca Hospitalar e implantação do Projeto Mãe Canguru na UTI Neonatal. Também investiu na reestruturação do Lactário e na implantação do Centro de Prevenção e Promoção da Saúde do Santa Casa Saúde Foi o ano em que o processo de humanização da assistência ganhou maior projeção com a inauguração da Brinquedoteca e ampliação do projeto Biblioteca Viva. A Instituição investiu também na reestruturação e ampliação de setores, a exemplo da reformulação do sexto andar do Hospital Sta Isabel para abrigar a UTI Pediátrica, da remodelação dos Pavilhões de atendimento SUS, da construção de prédio para abrigar o Pronto Socorro Cardiológico do EMCOR, da remodelação da Cozinha, ampliação da UTI Neonatal, adequação do Centro Cirúrgico e reestruturação da Hemodiálise. Foi o ano também em que João Orlando Pavão foi reeleito provedor, eleito membro da diretoria da Fehosp e, depois, presidente da Coordenadoria Regional da Fehosp/Piracicaba Ficou caracterizado como o ano de repúdio ao SUS, pois o velho problema da defasagem da tabela SUS voltaria a assombrar as instituições filantrópicas, dificultando o equilíbrio das contas. Assim, semelhante ao que ocorreu em diversos pontos do país, a Santa Casa expressou seu descontentamento e preocupação através de ato público em frente ao Hospital. Enquanto isso, a Instituição prosseguia registrando uma série de avanços, como a realização do primeiro transplante renal cadáver da região, a elevação do número de leitos da Unidade Coronariana do Emcor, a implantação do Instituto de Urologia Clínica e o início das obras de construção do novo prédio do Centro do Câncer Foi marcado pelo amplo movimento em reverência aos 150 anos da Santa Casa, processo que mobilizou e envolveu diversas entidades e órgãos representativos, culminando com a restauração do túmulo do comerciante português José Pinto de Almeida, fundador da Instituição em 1854, e na implantação do Museu da Santa Casa. O Hospital investiu também na aquisição de máquina para a Central de Esterilização de Materiais, instalou o terceiro elevador no Hospital Santa Isabel para atender as Unidades de Terapia Intensiva que seriam instaladas no sexto andar e adquiriu diversos equipamentos O movimento que alteraria a concepção, o nível e o padrão da assistência médico-hospitalar na Santa Casa foi registrado em abril, quando a Instituição deu início a um amplo trabalho de gestão com vistas à acreditação hospitalar. O objetivo era atingir os padrões determinados pelas normativas da certificação e o resultado das ações desenvolvidas naquele ano levou a Fehosp a indicar a Entidade como um dos hospitais-piloto trópicos. Outra grande conquista foi a liberação de verba estadual, via DIR XV, para aquisição dos equipamentos necessários à instalação da primeira UTI pediátrica da região Foi o ano em que a Santa Casa recebeu o Certificado de Acreditação categoria Bronze, conferido pela CPFL/CE- ALAG através do Programa de Revitalização de Hospitais Filantrópicos. O título, destinado a hospitais que conseguiam atender as rígidas normas de qualidade e seguran ça e que se destacavam pela sua estrutura, capacitação profissional e padrão de atendimento, revelava o bom nível dos padrões de excelência, tornando a Instituição merecedora da confiança da população. O Hospital também investiu em educação continuada, instituindo o NADEP (Núcleo de Aprimoramento e Desenvolvimento de Pessoas) e o Setor de Controladoria Hospitalar para o levantamento e arquivamento de dados e indicadores Graças ao empenho de médicos, colaboradores e dirigentes, o Hospital passou da acreditação nível Bronze diretamente ao Ouro. O ano foi marcado também pelo início de obras e projetos que propiciariam a instalação de um Centro de Reprodução Humana e a ampliação do Centro Cirúrgico. A Irmandade também instituiu a Comissão de Saúde Ambiental, o Programa de Gerenciamento de Resíduos e aderiu ao projeto Plante Vida, instituído pela Prefeitura para fortalecer o programa Piracicaba Mais Verde. O Hospital implantou ainda sua Comissão de Hospitalidade, para ações lúdicas junto ao paciente hospitalizado de forma a reduzir o estresse causado pela internação hospitalar.

9 Abril com grandes conquistas 2008 Teve início com a conquista do 2º Certificado de Acreditação Nível Ouro. A Santa Casa também comemorou os 15 anos do Santa Casa Saúde, implantou a Comissão Intra-Hospitalar de Captação e Doação de Órgãos para Transplantes, efetivou a mudança da UTI Neonatal e da UTI Geral para o 6º andar do Hospital Santa Isabel, inaugurou o Centro de Reprodução Humana, as novas instalações do Centro do Câncer, reestruturou o Setor Pronto Atendimento e a Cozinha, inaugurou a sala pré-anestésica do Centro Cirúrgico e adquiriu 24 novas máquinas para a Hemodiálise. Também foi indicada pela Fehosp para sediar o lançamento do Projeto EDUCASUS, para educação à distância Foi o ano em que a Santa Casa inaugurou a primeira UTI Pediátrica da região; reestruturou o Centro Obstétrico e investiu na estrutura de atendimento da UTI e do Setor Pronto Atendimento através da aquisição de novos equipamentos. A Irmandade registrou ainda a aquisição de uma máquina para a Central de Esterilização de Materiais A primeira UTI Pediátrica da região foi inaugurada pela Santa Casa de Piracicaba em julho de 2009 e duas máquinas para a Lavanderia. Também lançou a nova identidade visual que passou a simbolizar o esforço da Instituição em associar a tradição que sempre lhe foi peculiar à modernidade exigida por uma nova realidade de mercado, movimento que resultou na entrega do Título de Cidadão Praeclarus ao provedor João Orlando Pavão como forma de enaltecer seu desempenho à frente da Irmandade Foi o ano em que, através do Santa Casa Saúde, a Santa Casa investiu na ampliação do Comitê de Saúde nas Empresas. Enquanto isso, a Irmandade ampliava o processo de qualificação da assistência, tornando-se uma das poucas entidades filantrópicas do país a se submeter à acreditação pela ONA- Organização Nacional de Acreditação. O Hospital registrou ainda a expansão de setores, como a Farmácia, a Maternidade e o Centro Obstétrico, deu início à troca total do telhado com colocação de manta protetora e instituiu o projeto Talentos da Casa, desvendando dons artísticos dos colaboradores. Na área científico-tecnológica, destaque para a troca de todos os focos de luz do Centro Cirúrgico, para a aquisição de equipamento pelo Departamento de Tomografia e Ressonância Magnética (IMEDI) e para os 20 anos do EMCOR A Santa Casa abriu 2011 usufruindo dos benefícios proporcionados pela plataforma eletrônica que permitiu à Instituição adquirir 100% dos medicamentos que utiliza pela internet, modernizando sua gestão e economizando recursos. O hospital registrou também os avanços proporcionados pelo moderno sistema digital de raio-x em substituição ao sistema convencional de revelação de radiografias. A grande conquista, porém, foi a inauguração do novo prédio que, em março, passou a abrigar a Unidade de Hemodiálise (Clínica de Nefrologia). Quadro comparativo Ao encerrar sua gestão em março de 2011, João Orlando Pavão orgulhava-se do profícuo resultado creditado à sua gestão. Quadro comparativo estabelecido entre os anos de 1999 e 2011 revelou que a quantidade de funcionários saltou de 920 para 1.439, aumento de 56,41% no período. O número de médicos também cresceu, passando de 234 para 295; assim como a quantidade de roupas lavadas, qu e saltou de quilos para quilos; e a quantidade de refeições servidas, que passou de para O maior impacto, porém, considerando-se a complexidade da assistência e a quantidade de atendimentos estaria no número de leitos. Em 1999, a Santa Casa disponibilizava 330 leitos, 213 deles destinados ao SUS e 23 às unidades de terapia intensiva (UTIs). Em 2011, a Instituição contabilizava 358 leitos, 47 deles destinados às UTIs. O cálculo permite afirmar que, ao longo da gestão de João Orlando Pavão, a Santa Casa ampliou em 8,5% a quantidade geral de leitos e em 104% a quantidade de leitos nas UTIs. Pavão estava convicto de que a estratégia para manter o ritmo de crescimento acentuado da Instituição e fortalecer o respeito conquistado junto à comunidade estaria, de fato, no comprometimento de todos: Mesa Diretora, Administração, médicos, funcionários, serviços terceirizados, voluntários, comunidade, autoridades e poder público. Foi o que fizemos ao longo dos últimos 12 anos: conquistar parceriros em defesa de uma causa justa e fraterna, fortalecendo a história e a atuação de uma das instituições mais antigas do estado de São Paulo e que, graças a seus próprios méri-tos, revelaria- -se também uma das casas de saúde mais respeitadas do país. Sinto-me honrado neste momento, finalizou.

10 10 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Livro resgata história da Santa Casa nos últimos 12 anos Os 12 anos da Provedoria de João Orlando Pavão à frente da Santa Casa de Piracicaba foram retratados no livro A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba /2011, escrito pela jornalista Nilma de Oliveira Moratori, coordenadora do Departamento de Comunicação da Instituição. De acordo com Nilma, o trabalho foi executado em tempo recorde com base nas atas da Santa Casa e no jornal publicado mensalmente pela Irmandade desde que João Orlando Pavão assumiu a Provedoria. A jornalista, que já teve a experiência de escrever o livro da Irmandade por ocasião de seus 150 anos, em 2004, disse que registrar a trajetória de Pavão foi um grande prazer. O primeiro livro exigiu mais tempo para ser concluído. Afinal, trabalhamos reconstituindo 150 anos de história. A publicação atual levou menos tempo, pois já tínhamos como base o documento histórico anterior, além de um criterioso registro de todas as ações empreendidas pela Santa Casa desde que Pavão assumiu a Provedoria, explicou. Para concluir seu trabalho em tempo, Nilma conta que foi necessário alterar sua agenda de trabalho, já que ela é coordenadora de comunicação da Santa Casa. A diretoria da Irmandade entendeu a necessidade que tive de me ausentar por alguns momentos para me dedicar exclusivamente a esse trabalho, disse. Para a jornalista, o livro sobre a trajetória do provedor João Orlando Pavão é mais que uma prestação de contas à comunidade. É um complemento histórico de seu primeiro livro. Penso que concluímos um ciclo e fico muito satisfeita ao imaginar quando as pessoas tiverem acesso a esse material daqui há 50, 100, 150 anos, pois quando executamos o primeiro trabalho de resgate histórico não tínhamos nenhum material pronto, a não ser as atas da Santa Casa, que são manuscritas e precisaram ser digitadas e manuseadas com extremo cuidado. A jornalista Nilma de Oliveira Moratori, autora da publicação Segundo a autora, as gerações futuras, interessadas na história da Instituição, terão facilidade de acesso a informações que traduzem a trajetória de uma das instituições de saúde mais respeitadas do país. Foi uma grande honra contar com o apoio e com a confiança da Santa Casa para elaboração de mais este trabalho, disse. Nilma revela que o processo de elaboração do livro contou com apoio da Agência Comunique, através do publicitário Marco Moratori, que desenvolveu o projeto gráfico da publicação, que tem 200 páginas e 215 ilustrações. Foram impressos 350 exemplares que serão distribuídos gratuitamente entre as Santas Casas, autoridades, entidades e órgãos de classe. É uma quantidade suficiente para a proposta do Hospital, disse. MAIS MARCANTE Dividido em 12 capítulos, o livro revela ano a ano as principais ações de João Orlando Pavão em sua função como provedor. No entanto, os capítulos que mais marcaram a autora Nilma de Oliveira Moratori, de acordo com ela, foram os que identificam detalhes do processo de humanização, condensado no capítulo intitulado O ano da assistência humanizada, e o que registra o empenho da Instituição com a implantação de uma cultura genuinamente voltada à qualidade da assistência, nominado O movimento pela qualidade. Senti que esses dois pontos foram fundamentais para que a Santa Casa apresentasse um crescimento constante e gradativo, levando a Instituição a conquistar certificações de acreditação e à classificação de modelo de gestão hospitalar não apenas para a região, mas também para o Estado. Segundo Nilma, foi possível observar claramente uma grande movimentação do Hospital, com envolvimento de suas equipes multiprofissionais, em torno de um trabalho amplo e meticuloso que resultou na mudança significativa de conceitos e valores dentro da Instituição. Ela aponta ainda outro fato considerado de extrema importância, que foi justamente o crescimento pessoal provocado nos funcionários através das mudanças pelas quais passou a Santa Casa. Tudo ocorreu de forma tranqüila e gradativa por meio de ações e atitudes que ganharam força e amplitude em cada departamento, abrindo a mente e os corações dos funcionários até provocar mudanças profundas em todos nós, disse.

11 Abril Unidade de Hemodiálise faz parte da história da medicina de Piracicaba, afirma secretário História da Unidade começou em 1976 com a chegada do rim artificial doado pela família Dedini e culmina com a inauguração de prédio que já se apresenta como modelo regional de assistência em nefrologia A cerimônia de inauguração do novo prédio da Unidade de Hemodiálise (Clínica de Nefrologia) da Santa Casa de Piracicaba aconteceu no último dia 25, com a presença do secretário de Estado da Saúde, Giovanni Guido Cerri. O secretário participou de um café da manhã com a direção da Instituição e autoridades locais que, depois, visitaram as novas estruturas do Serviço. O novo prédio, concebido com base nas normatizações propostas pela RDC 50 e NR 32, foi edificado com três pavimentos e um subsolo, distribuídos em m2 de área; 900 m2 deles destinados à Hemodiálise. Ampla, arejada e iluminada, a Unidade amplia o nível de segurança, bem como a qualidade e a quantidade de atendimento. Assim, a assistência antes dispensada a 126 pacientes/mês, passa a beneficiar mensalmente 200 pacientes em hemodiálise, atendendo a demanda de Piracicaba e região por meio de um serviço altamente complexo, qualificado e humanizado que passa a direcionar também 85% dos atendimentos pelo SUS- Sistema Único de Saúde. Atualmente, 78% dos atendimentos são feitos pelo SUS. A reestruturação permite elevar de 21 para 34 o número de pacientes por turno, processo que contou com apoio financeiro do Estado para aquisição de dez novas e modernas máquinas, equipamentos que se somaram às 24 máquinas que já haviam sido adquiridas pela própria Santa Casa em outubro de Temos compromisso com a responsabilidade social e não nos abatemos pelos entraves. Foi o que fizemos e conseguimos apoio da secretaria. Hoje estamos com 34 máquinas de Hemodiálise, conta o provedor João Orlando Pavão. Com os 34 equipamentos e o amplo ambulatório, a Unidade ampliou e modernizou a estrutura de atendimento necessária ao tratamento conservador de insuficiência renal aguda, transplante renal, diálise peritoneal, hemodiálise, biopsia renal diagnóstica e tratamento de glomerulopatias, assistência prestada inclusive em unidades de terapia intensiva (UTIs). A construção do novo prédio contou com os esforços da própria Instituição através Autoridades deslaçam fita na nova Unidade de Hemodiálise da Santa Casa de financiamentos e parcerias com empresas; a exemplo do Grupo Cosan Piracicaba, que contribuiu com valor financeiro, e da Votorantim Cimentos, que doou milhares de sacos do produto. O contato com as empresas para apresentação do projeto de reestruturação da Unidade e solicitação de apoio logístico- -financeiro para consolidação da obra partiu do comendador Manuel Rodrigues Tavares de Almeida que, através de sua família, também contribuiu financeiramente com a proposta. O Hospital une a técnica de seu corpo clínico à preocupação com a humanização no atendimento, afirma o secretário. Cerri enaltece ainda o modelo de gestão hospitalar aplicado pela Santa Casa e destaca a Instituição como um patrimônio de Piracicaba. Unindo a saúde de qualidade pelo SUS com o seu plano privado, o Hospital conseguiu se tornar um equilíbrio de gestão. Por atender mais de 85% de seus pacientes pelo SUS, sempre deve contar com recursos públicos finaliza. Um pouco de história A história da Unidade de Hemodiálise da Santa Casa de Piracicaba tem pelo menos 35 anos. Documentos revelam que, em setembro de 1976, a Irmandade registrou a chegada do rim artificial, numa alusão à primeira máquina de hemodiálise, doada pela família Dedini. Em 1982, a Unidade entrou em funcionamento e, em setembro de 1983, o Hospital adquiriu mais duas máquinas inaugurando, em 1984, as novas instalações do Serviço em área anexa ao Hospital. Em novembro de 1985, o Departamento registrou o primeiro transplante renal realizado na Santa Casa, número que, em maio de 1991, saltou para 25 transplantes realizados. Em maio de 1998, uma ampla reforma garantiu a reestruturação e modernização da Unidade. Mas foi em 2002, depois da visita e do pedido do então ministro da Saúde Barjas Negri, que a Santa Casa instalou cinco aparelhos de TV na Hemodiálise. Em 2003, reforçando o processo de humanização da assistência, a Unidade implantou o Projeto Luz, coordenado por artista plástico para a produção de telas e desenhos por paciente e sua posterior exposição no Hospital. Em 2005, a Santa Casa investiu na ampliação do Serviço e, em 2007, a Instituição retomou os projetos de expansão da Hemodiálise, projetando a revitalização da Unidade através da construção de um novo prédio e aquisição de novos equipamentos. Em outubro de 2008, a Mesa Diretora anunciou a troca de todo arsenal tecnológico da Unidade com a chegada de 24 novas máquinas hemodialisadoras. Em 2010, a história da Unidade de Hemodiálise começou a ser completamente revitalizada com o início das obras de construção do prédio que, em março de 2011, passou a abrigar o Serviço, que logo se configuraria numa das grandes realizações do provedor João Orlando Pavão. Depois da inauguração, autoridades conhecem a nova Hemodiálise. No destaque, o provedor João Orlando Pavão, o secretário Giovanni Guido Cerri, o prefeito Barjas Negri e o deputado Roberto Morais

12 Dr. Ruy Nogueira Costa Filho CRM: Dr. Norio Ikari - CRM: Dr. Norio Ikari - CRM: 24789

VITAH A R Q U I T E T U R A

VITAH A R Q U I T E T U R A EXPERTISE EM PROJETOS ARQUITETÔNICOS na área da saúde SOBRE A ARQUITETURA sócios MARCIO WELLINGTON, Arquiteto/Diretor Formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Anhembi Morumbi em 2003 e pós-graduado

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR

MANUAL DO FORNECEDOR MANUAL DO FORNECEDOR 2 ÍNDICE 1.APRESENTAÇÃO:...3 1.1 Introdução...3 1.2 Missão...3 1.3 Negócio...3 1.4 Visão...3 1.5 Princípios...3 1.6 Objetivos...3 1.7 Compromissos Éticos do P.S.D.C. de Caxias do Sul...4

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento

Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento 1 Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento I Congresso Informação de Custos e Qualidade do Gasto no Setor Público Oficina II Informação de Custo para

Leia mais

Uma área em expansão. Radiologia

Uma área em expansão. Radiologia Uma área em expansão Conhecimento especializado e treinamento em novas tecnologias abrem caminho para equipes de Enfermagem nos serviços de diagnóstico por imagem e radiologia A atuação da Enfermagem em

Leia mais

Como se Tornar um Município Amigo do Idoso. Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso

Como se Tornar um Município Amigo do Idoso. Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso Como se Tornar um Município Amigo do Idoso Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso 2 3 GERALDO ALCKMIN Governador do Estado de São Paulo ROGERIO HAMAM Secretário de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

Eventos Fehosp. Promovendo e fortalecendo as relações para o aprimoramento das ações na saúde.

Eventos Fehosp. Promovendo e fortalecendo as relações para o aprimoramento das ações na saúde. Eventos Fehosp. Promovendo e fortalecendo as relações para o aprimoramento das ações na saúde. Quem Somos A Fehosp Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, é uma instituição

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ Origem A preocupação com as questões sociais fez com que o professor e sacerdote italiano D. Luigi Maria Verzé chegasse ao Brasil, em 1974, através do Monte

Leia mais

FRANQUIA O BOTICÁRIO SÃO FRANCISCO DO SUL (SC) RELAÇÃO COM A COMUNIDADE

FRANQUIA O BOTICÁRIO SÃO FRANCISCO DO SUL (SC) RELAÇÃO COM A COMUNIDADE FRANQUIA O BOTICÁRIO SÃO FRANCISCO DO SUL (SC) RELAÇÃO COM A COMUNIDADE RESUMO A reconstituição e o resgate da memória do centro de histórico da cidade foi o audacioso trabalho que a franquia O Boticário

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL A SANTA CASA BH TEM TODOS OS CUIDADOS PARA VOCÊ CONQUISTAR UMA CARREIRA SAUDÁVEL. Missão Humanizar a assistência

Leia mais

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 No passado, até porque os custos eram muito baixos, o financiamento da assistência hospitalar

Leia mais

Instituto Sócrates Guanaes

Instituto Sócrates Guanaes Instituto Sócrates Guanaes Instituição de direito privado sem fins lucrativos; Fundado em 13 de julho de 2000; Qualificado como Organização Social; Reconhecido como instituição de utilidade pública municipal

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ O contexto Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio Libanês (2005) Assistencialismo Hospital Municipal Infantil Menino Jesus (2005) Responsabilidade

Leia mais

Unidades de Negócios

Unidades de Negócios Grupo Clivale Como surgiu? História Tudo começou com a iniciativa de Raphael Serravalle ao perceber a carência de um serviço médico especializado na cidade do Salvador, calçada, induziu dois de seus filhos:

Leia mais

Esse é o nome do jogo.

Esse é o nome do jogo. Esse é o nome do jogo. 23º CONGRESSO DE PRESIDENTES, PROVEDORES, DIRETORES E ADMINISTRADORES HOSPITALARES DE SANTAS CASAS E HOSPITAIS BENEFICENTES DO ESTADO DE SÃO PAULO 23ª MOSTRA DE MATERIAIS, EQUIPAMENTOS

Leia mais

I SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE II

I SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE II Ministério da Educação Secretaria de Ensino Superior Diretoria de Hospitais Univ ersitários e Residências em Saúde A articulação da Graduação em Saúde, dos Hospitais de Ensino e das Residências em Saúde

Leia mais

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final www.aciaanapolis.com.br Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final De 1º a 07 de Fevereiro de 2014 - Ano 09 - Nº 224 - Diretoria 2013/2015 Diretoria da Associação Comercial e Industrial

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

Junho 2013 1. O custo da saúde

Junho 2013 1. O custo da saúde Junho 2013 1 O custo da saúde Os custos cada vez mais crescentes no setor de saúde, decorrentes das inovações tecnológicas, do advento de novos procedimentos, do desenvolvimento de novos medicamentos,

Leia mais

Plano de Comunicação para o Hospital Infantil Varela Santiago¹

Plano de Comunicação para o Hospital Infantil Varela Santiago¹ Plano de Comunicação para o Hospital Infantil Varela Santiago¹ José Alves de SOUZA² Maria Stella Galvão SANTOS³ Universidade Potiguar (UnP ), Natal, RN RESUMO Este Plano de Comunicação refere-se a um estudo

Leia mais

Gestão de Qualidade. HCFMRP - USP Campus Universitário - Monte Alegre 14048-900 Ribeirão Preto SP Brasil

Gestão de Qualidade. HCFMRP - USP Campus Universitário - Monte Alegre 14048-900 Ribeirão Preto SP Brasil Gestão de Qualidade O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, visando a qualidade assistencial e a satisfação do cliente compromete-se a um entendimento

Leia mais

ERRATA. Campinas, 04 de outubro de 2012

ERRATA. Campinas, 04 de outubro de 2012 Campinas, 04 de outubro de 2012 ERRATA Notificamos através deste documento que o briefing divulgado nos dia 03 e 04 de outubro de 2012, referente à campanha estudantil do MÍDIA FESTIVAL 2012, o qual foi

Leia mais

Educação Para O Sistema

Educação Para O Sistema QUALIHOSP 2012 Educação Para O Sistema Marcos Roberto Ymayo Pedro Felix Vital Jr Objetivos História Programas de ensino Mercado local, desafios e realidade Perfil do profissional Vocação institucional

Leia mais

Gestão Estratégica da Cadeia de Suprimentos: Modelos e Tendências SANTA CASA DE SÃO PAULO. Dr. Antonio Carlos Forte

Gestão Estratégica da Cadeia de Suprimentos: Modelos e Tendências SANTA CASA DE SÃO PAULO. Dr. Antonio Carlos Forte Gestão Estratégica da Cadeia de Suprimentos: Modelos e Tendências SANTA CASA DE SÃO PAULO Dr. Antonio Carlos Forte SANTA CASA DE SÃO PAULO Complexo hospitalar formado por dez unidades de assistência a

Leia mais

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade.

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade. MISSÃO Oferecer serviços imobiliários de qualidade, gerando valor para os clientes, colaboradores, sociedade e acionistas. VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários

Leia mais

PROJETO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SAINT PASTOUS. Comissão Própria de Avaliação

PROJETO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SAINT PASTOUS. Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SAINT PASTOUS Comissão Própria de Avaliação Porto Alegre, março de 2005. 1 Diretora Vera Lucia Dias Duarte Coordenador do Curso Dr. Dakir Lourenço Duarte

Leia mais

Ensino. Principais realizações

Ensino. Principais realizações Principais realizações Reestruturação dos Programas de ; Início do Projeto de Educação à Distância/EAD do INCA, por meio da parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública ENSP/FIOCRUZ; Três novos Programas

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas.

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. Quando o campo se expande, mais profissionais chegam ao mercado, mais áreas de atuação se formam e a categoria conquista mais visibilidade.

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Antonio Donizeti de Oliveira Presidente das Empresas Eba

Antonio Donizeti de Oliveira Presidente das Empresas Eba Empresas Eba Antonio Donizeti de Oliveira Presidente das Empresas Eba Caros senhores A Eba Consultoria Empresarial é uma empresa versátil, comprometida com os resultados e pronta para atender os clientes

Leia mais

Produtos Unimed Grande Florianópolis

Produtos Unimed Grande Florianópolis Produtos Unimed Grande Florianópolis A Unimed é o plano de saúde que oferece os melhores médicos do Brasil. Vamos além para que sua saúde seja plena e de qualidade. Para nós, o importante é ver você bem

Leia mais

Gestão da manutenção hospitalar

Gestão da manutenção hospitalar Gestão da manutenção hospitalar Rômulo Lessa Aragão (HGF) romulolessa@gmail.com João Luis Pianco de Oliveira (UFC) jotaehli@gmail.com Resumo O artigo trata de um plano de melhorias desenvolvido no Hospital

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde CONSCIENTIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA REDE FHEMIG QUANTO À IMPORTÂNCIA DA REALIZAÇÃO DO EAME PERIÓDICO Maria de Lourdes

Leia mais

Santa Casa: medicamentos na era digital

Santa Casa: medicamentos na era digital 99 122 33030-2009 - DR/SPI PARA USO DOS CORREIOS MUDOU-SE FALECIDO DESCONHECIDO AUSENTE RECUSADO NÃO PROCURADO ENDEREÇO INSUFICIENTE NÃO EXISTE NÚMERO INFORMAÇÃO PORTEIRO/SÍNDICO 99 122 33030-2009 - DR/SPI

Leia mais

"Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES

Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade? Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES "Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES AGENDA Programação do Evento - Histórico do Centro Integrado de Atenção a

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CENTRO DE ENSINO ATENAS MARANHENSE FACULDADE ATENAS MARANHESE DIRETORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE ASSESSORAMENTO E DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO - NADEP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL SÃO

Leia mais

Política de humanização no estado de São Paulo

Política de humanização no estado de São Paulo Artigo Política de humanização no estado de São Paulo Por Eliana Ribas A autora é psicanalista e doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como coordenadora

Leia mais

Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações

Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações Nº 08/2012 Av. Teotônio Segurado, Quadra 401 Sul, ACSU-SO 40, conjunto 1, Lote 17, 1º andar (prédio do antigo Sine) Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações Diante da crescente procura por

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR...o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff Julho/2014 0 APRESENTAÇÃO Se fôssemos traduzir o Plano de Governo 2015-2018

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

II Seminário de Hospitais de Ensino do Estado de São Paulo

II Seminário de Hospitais de Ensino do Estado de São Paulo II Seminário de Hospitais de Ensino do Estado de São Paulo Conhecendo o Grupo 18 COLÉGIOS - PR / SC / RJ / SP/ RS 1 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO - HUSF FUNCLAR FUNDAÇÃO CLARA DE ASSIS UNIFAG UNIDADE DE PESQUISA

Leia mais

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII Rua Rio Branco, 216, Centro, CEP 650-490, São Luís /MA - Fone: (98) 3878.21 Credenciado pela Portaria Ministerial nº 1764/06, D.O.U. 211 de 03.11.06, Seção 01, Folha14 ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

Leia mais

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios...

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... Abra e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... anos Chegou a hora de crescer! Conte com a Todescredi e faça bons negócios. Há 5 anos, iniciavam as operações daquela que se tornou a única financeira

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES MARIÁ BARBALHO NARDI Orientadora: Prof.ª Drª Isabel Cristina Echer

Leia mais

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher.

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher. Sinopse As últimas décadas marcaram o avanço do papel da mulher na economia. Cada vez mais mulheres são responsáveis pela administração de seus lares e é crescente sua participação no mercado de trabalho,

Leia mais

RESUMO FRANQUIA O BOTICÁRIO BELÉM (PA) PROMOÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

RESUMO FRANQUIA O BOTICÁRIO BELÉM (PA) PROMOÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE FRANQUIA O BOTICÁRIO BELÉM (PA) PROMOÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE RESUMO As franquias que apresentam um alto grau de proximidade, exposição e envolvimento com a comunidade, possuem conhecimento da sua

Leia mais

UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA

UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA 2 Business View Brasil Agosto 2015 UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA Diagnóstico humanizado e um nome que é sinônimo de credibilidade Quando um grupo de médicos da cidade de Maringá, no Estado do Paraná,

Leia mais

Plano de Trabalho ESTADO DE SANTA CATARINA. Descrição

Plano de Trabalho ESTADO DE SANTA CATARINA. Descrição Proponente 83.883.306/0011-32 SOCIEDADE DIVINA PROVIDENCIA Transferência 2014TR000185 Programa Transferência 2013000299 REAPARELHAMENTO DAS UNIDADES DE ATENDIMENTO Unidade Gestora 480091 Fundo Estadual

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

O Amarelinho mantém liderança

O Amarelinho mantém liderança Mídia Kit O CAMPEÃO DAS BANCAS! O melhor jornal de empregos mídia exclusiva Empregos, estágios, cursos e concursos Páginas 6, 7 e 8 perfil do leitor Instituto define quem é o leitor do Amarelinho Página

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES A (LAAET), fundada em 23 de Setembro de 2011, afiliada à Universidade Federal do Acre, Grupo HEPATO, Central

Leia mais

VISITA TÉCNICA AO HOSPITAL ALBERTO RASSI

VISITA TÉCNICA AO HOSPITAL ALBERTO RASSI VISITA TÉCNICA AO HOSPITAL ALBERTO RASSI A Comissão de Saúde e Promoção Social, de acordo com a competência regimental que lhe confere o Art. 45, inciso V, do Regimento Interno desta Casa de Leis, por

Leia mais

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015 Portal D24 AM Saúde 03 de Setembro de 2015. Fonte: http://new.d24am.com/noticias/saude/semsa-anuncia-estrategias-paradiminuir-filas-ubss-manaus/139451 Semsa

Leia mais

PROJETO DE REDUÇÃO DOS RESÍDUOS INFECTANTES NAS UTI S DO HOSPITAL ESTADUAL DE DIADEMA

PROJETO DE REDUÇÃO DOS RESÍDUOS INFECTANTES NAS UTI S DO HOSPITAL ESTADUAL DE DIADEMA Hospital Estadual Diadema Prêmio Amigo do Meio Ambiente 2013 PROJETO DE REDUÇÃO DOS RESÍDUOS INFECTANTES NAS UTI S DO HOSPITAL ESTADUAL DE DIADEMA Hospital Estadual de Diadema Responsáveis: João Paulo

Leia mais

Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados

Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados Hospital de Clínicas de Porto Alegre Administração Central Responsável: Sérgio Carlos Eduardo

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO

INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO Sugestão de nota de agenda INCOR Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP 16 de maio de 2011 INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO No sábado, 7 de maio, o coração dos profissionais

Leia mais

PROPOSTA DE REORIENTAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFMS: Formando Profissionais Integrados ao SUS.

PROPOSTA DE REORIENTAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFMS: Formando Profissionais Integrados ao SUS. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS Coordenação do Curso de Enfermagem PROPOSTA DE REORIENTAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFMS: Formando Profissionais Integrados ao SUS. RESUMO DO PROJETO 1. INTRODUÇÃO:

Leia mais

no Brasil O mapa da Acreditação A evolução da certificação no país, desafios e diferenças entre as principais

no Brasil O mapa da Acreditação A evolução da certificação no país, desafios e diferenças entre as principais O mapa da Acreditação no Brasil A evolução da certificação no país, desafios e diferenças entre as principais metodologias Thaís Martins shutterstock >> Panorama nacional Pesquisas da ONA (Organização

Leia mais

Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB FGV. Debates. As tendências do Sistema Único de Saúde

Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB FGV. Debates. As tendências do Sistema Único de Saúde Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB Debates FGV As tendências do Sistema Único de Saúde Hospitais sem fins lucrativos Estabelecimentos de saúde que

Leia mais

Patrimônio. Foco na história

Patrimônio. Foco na história Patrimônio Foco na história 30 metrópole campinas 19/6/11 À esquerda, a foto vencedora Corredor, de Matheus Spina; abaixo, detalhe da Mandala, por José Roberto Magalhães: exposição que vai até 31 de julho

Leia mais

B. Braun Avitum. Fornecedora de Sistemas em Terapia de Substituição Renal. Avitum

B. Braun Avitum. Fornecedora de Sistemas em Terapia de Substituição Renal. Avitum B. Braun Avitum Fornecedora de Sistemas em Terapia de Substituição Renal Avitum B. Braun Avitum. Sempre com Paixão. Paixão pela Vida Pois fazer a vida ficar melhor é o melhor de tudo Pois não há nada melhor

Leia mais

SAÚDE MENTAL NA RODA :A SENSIBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA

SAÚDE MENTAL NA RODA :A SENSIBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA SAÚDE MENTAL NA RODA :A SENSIBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA Romaldo Bomfim Medina Jr 1 Luciane Silva Ramos 2 Fernanda Franceschi de Freitas 3 Carmem Lúcia Colomé Beck 4 O movimento

Leia mais

DIREITO. Pós-Graduação

DIREITO. Pós-Graduação DIREITO Pós-Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SER EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA,

Leia mais

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Família Secretaria Municipal de Saúde CASC - Centro de Atenção a Saúde Coletiva Administração Municipal Horizontina RS Noroeste do Estado Distante 520 Km da

Leia mais

Projeto IE Passo Fundo 2014

Projeto IE Passo Fundo 2014 Projeto IE Passo Fundo 2014 Apresentação O Instituto Educacional Metodista de Passo Fundo, Unidade de Passo Fundo, pertence ao Instituto Metodista de Ensino Superior, instituição confessional, que visa

Leia mais

Hospital. Pró Criança Cardíaca. Case PRÓ CRIANÇA. hospitais. Projeto da RAF Arquitetura possui oito pavimentos voltados totalmente às crianças

Hospital. Pró Criança Cardíaca. Case PRÓ CRIANÇA. hospitais. Projeto da RAF Arquitetura possui oito pavimentos voltados totalmente às crianças Case PRÓ CRIANÇA Hospital Pró Criança Cardíaca Projeto da RAF Arquitetura possui oito pavimentos voltados totalmente às crianças A Fundação Pró Criança Cardí- blicos, que geralmente carecem de o Hospital

Leia mais

V. CONSIDERAÇÕES FINAIS

V. CONSIDERAÇÕES FINAIS AGENDA I. PERSPECTIVAS DA GESTÃO Trabalhando DA SAÚDE em Redes Cooperativas: Compartilhamento II. ABORDAGENS para DE CUSTEIO SUStentabilidade Case I Apresentação do III. EXPERIÊNCIA DAS SANTAS CASAS DE

Leia mais

2009, um ano de grandes realizações e conquistas

2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009 foi um ano de grandes realizações e conquistas para o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade que integra o Sistema Federação das Indústrias no

Leia mais

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha.

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. Qualidade máxima e confiança são fundamentais no momento de escolher um hospital, e você precisa do que há de melhor na área médica. Por isso, prepare-se para

Leia mais

PROJETO ESCOLA PARA PAIS

PROJETO ESCOLA PARA PAIS PROJETO ESCOLA PARA PAIS Escola Estadual Professor Bento da Silva Cesar São Carlos São Paulo Telma Pileggi Vinha Maria Suzana De Stefano Menin coordenadora da pesquisa Relator da escola: Elizabeth Silva

Leia mais

DO FIM AO RENASCIMENTO

DO FIM AO RENASCIMENTO Foto: Arquivo Sistema de Procura de Órgãos e Tecidos do Hospital das Clínicas (SPOT-HC) DO FIM AO RENASCIMENTO A MORTE DE UNS PODE SALVAR A VIDA DE OUTROS QUE ESTÃO EM RISCO 6 Não há lado bom quando uma

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Unidade de Coordenação do PROFAZ/ES

Unidade de Coordenação do PROFAZ/ES Governo do Estado do Espírito Santo Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo Subsecretaria de Estado da Receita Subsecretária do Tesouro Estadual Subsecretário de Estado para Assuntos Administrativos

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por:

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por: PRÊMIO ABF- AFRAS Destaque em Responsabilidade Social Elaborado por: Depyl Action Franchising Av. Bias Fortes, 932 sl. 304 Lourdes CEP: 30170-011 Belo Horizonte / MG Fone: 31 3222-7701 Belo Horizonte,

Leia mais

Neste estudo apresenta-se uma breve análise de como era a Santa Casa de Caridade de Bagé desde a sua fundação em 1883 até a atualidade.

Neste estudo apresenta-se uma breve análise de como era a Santa Casa de Caridade de Bagé desde a sua fundação em 1883 até a atualidade. Neste estudo apresenta-se uma breve análise de como era a Santa Casa de Caridade de Bagé desde a sua fundação em 1883 até a atualidade. Neste sentido, os estudos bibliográficos que compõem o referencial

Leia mais

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Além do atendimento especializado que somente a UTI Neonatal pode oferecer aos bebês prematuros, o leite materno é fundamental para que se desenvolvam

Leia mais

IV WORKSHOP GESTÃO DA QUALIDADE COM FOCO EM CLÍNICA DE DIÁLISE

IV WORKSHOP GESTÃO DA QUALIDADE COM FOCO EM CLÍNICA DE DIÁLISE IV WORKSHOP GESTÃO DA QUALIDADE COM FOCO EM CLÍNICA DE DIÁLISE 18 e 19 de marco de 2011 Recife/PE Case da Unidade de Diálise da Santa Casa de Belo Horizonte NEFROMG Raquel Mendes Administradora Marco /

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

PORTARIA Nº 1.038, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013

PORTARIA Nº 1.038, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 PORTARIA Nº 1.038, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 A SECRETÁRIA-EXECUTIVA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE, no uso das suas atribuições legais que lhe confere o art. 54 do Anexo I do Decreto n 8.065, de 7 de agosto de

Leia mais

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II Centro Comunitário Vila Gaúcha Projeto Experimental II Apresentação da Empresa O Centro Comunitário Vila Gaúcha presta atendimento regular em Educação Infantil, Serviço de Apoio Sócio Educativo, Trabalho

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE Prioritária 1: Manter o incentivo aos Programas do Núcleo Apoio da Saúde da Família

Leia mais

Publicado nos Anais do VI Workshop GESITI e Evento Acoplado II GESITI/Saúde. 17/18 Juno de 2010. ISSN: 1807-9350. Relatório:

Publicado nos Anais do VI Workshop GESITI e Evento Acoplado II GESITI/Saúde. 17/18 Juno de 2010. ISSN: 1807-9350. Relatório: Relatório: UMA AVALIAÇÃO DA GESTÃO DOS SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOS HOSPITAIS DO MUNICÍPIO DE JAÚ E GARÇA, REGIÃO CENTRO-OESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO Paulo Fernando R. de Almeida Prof. Ms.

Leia mais

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM 1.1. TÍTULO DO PROJETO: Programa História e Memória Regional 1.2. CURSO: Interdisciplinar 1.3. IDENTIFICAÇÃO DO(A) PROFESSOR(A) /PROPONENTE 1.3.1.

Leia mais