informativo do grupo santa casa bh nº 258 maio DE 2013 ALMIR GOMES 114 ANOS Crescimento - página 3 Reconhecimento - página 4 Comemoração - página 7

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "informativo do grupo santa casa bh nº 258 maio DE 2013 ALMIR GOMES 114 ANOS Crescimento - página 3 Reconhecimento - página 4 Comemoração - página 7"

Transcrição

1 informativo do grupo santa casa bh nº 258 maio DE ANOS Crescimento - página 3 Reconhecimento - página 4 Comemoração - página 7

2 2 SANTA CASA NOTÍCIAs maio de 2013 Palavra do provedor Prezado(a) amigo(a), Se maio foi um mês festivo para nós da Santa Casa, quando a instituição registrou seu 114º aniversário de fundação, não deixou também de ser de muito trabalho para os que a ela se devotam. Os amigos- -leitores desta publicação mensal terão aqui uma síntese de quanto e como trabalhamos. Não nos restringimos ao cotidiano, aos serviços de assistência aos que recorrem à Santa Casa para internações, exames, consultas, cirurgias e a infinidade de outras atividades em que nos desdobramos. Estivemos presentes em reuniões, encontros, audiências nos organismos municipais, estaduais e federais, visando resolver problemas ainda pendentes e conseguirmos condições para atender mais e mais perfeitamente os que nos depositam confiança. É uma responsabilidade muito séria, de que não nos seria lícito abdicar. Constitui uma responsabilidade histórica que deita raízes a anos precedentes à própria descoberta do Brasil, quando se criaram as Misericórdias. O superintendente Gonçalo Barbosa revela dados da situação da economia e finanças da instituição, nossos avanços, em entrevista na presente edição. O superintendente-geral, Porfírio Andrade, compareceu à Câmara Municipal de Belo Horizonte para reunião de discussão do zoneamento da região hospitalar e à ampliação do número de leitos nos estabelecimentos existentes na Capital. Em outra comissão, estiveram nossos representantes para debater a qualidade do serviço funerário à população de baixa renda. A propósito, nossa Instituição foi a primeira a atuar no setor, no início do século passado. Posteriormente, assumiu a missão de oferecer gratuitamente os serviços às famílias de baixa renda, o que vem fazendo sem interrupção e com elevado sentimento de seu papel social e humano. A assistência aos idosos, outro importante item de nossos trabalhos, é relatada em noticiário especial. O ser humano aqui é preocupação permanente e objeto de ações que começam com a gravidez e o nascimento, com a preparação da futura mãe. Mas temos a ressaltar que estamos empenhados ainda em duas frentes específicas: em âmbito federal, o refinanciamento das dívidas das Santas Casas e hospitais filantrópicos, em que pessoalmente me envolvo como provedor da SCBH e como presidente da Confederação das Misericórdias, mantedoras presentemente de estabelecimentos. Internamente, demos em maio especial atenção ao Projeto de Acreditação do Grupo Santa Casa BH, que exige renovado esforço de todos os segmentos da instituição e para cuja sensibilização se realizaram numerosas reuniões. Outras virão. Finalmente, é oportuno verificar que o trabalho coletivo visando à segurança na praça Hugo Werneck, congregando esforços do poder público e da comunidade da região hospitalar, já produz seus primeiros e efetivos frutos. É trabalhar mais e sem parar. O segundo semestre, que logo terá inicio, espera muito de cada um e de todos nós. Até o próximo mês. Saulo Levindo Coelho Provedor DOAÇÕES ABRIL DE 2013 Receitas (em reais) Doações via contas da CEMIG ,60 Doações via boletos bancários ,14 Doações em dinheiro 190,00 Doações via sentenças judiciais 490,00 TOTAL ,74 Fonte: Provedoria da Santa Casa BH Contribua com a Santa Casa BH. Faça contato com a Central de Doações: (31) Espaço leitor Senti muita necessidade de fazer meu comentário chegar até vocês. Refiro-me a todos que, de alguma forma, cuidaram da minha querida vovó (Tereza Ferreira de Sena) que esteve internada no 6º andar. Queria deixar aqui, em nome de toda a minha família, um sincero agradecimento ao carinho, dedicação, atenção, respeito, empenho e consideração que todos tiveram com ela. Obrigado a cada um que contribuiu para que minha avó de 98 anos voltasse para casa feliz e gozando de boa saúde. Cláudia Gonzaga - Ipatinga, Minas Gerais Em março de 2013 a minha mãe, Elza Clementoni, ficou internada no CTI do 4º andar e na enfermaria do 5º andar, mas veio a falecer em 21 de abril. Devo dizer que recebeu excelente tratamento hospitalar e humano por parte de médicos, enfermeiras e por toda a equipe que dela cuidou. Agradeço a todos a atenção dispensada nesse momento de dor e sofrimento que ela enfrentou. A ajuda de todos vocês na luta pela manutenção da vida nos conforma e nos torna mais fortes. Em nome da minha família, quero expressar os melhores agradecimentos desejando que Deus estenda as bênçãos a todos vocês. Solange Clementoni - Belo Horizonte, Minas Gerais Expediente Conselho da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte Provedor Saulo Levindo Coelho 1º Secretário Lindolfo Coelho Paoliello 2º Secretário Roberto Otto Augusto de Lima Agostinho Patrus Filho, Carlos Batista Alves de Souza, Jésus Trindade Barreto Júnior, João Batista do Couto, José Ângelo Lima Duarte, José Fernando Aparecido de Oliveira, José Rafael Guerra Pinto Coelho, Luiz Fellipe de Lima Vieira, Maria Regina Calsolari, Newton Paiva Ferreira Filho, Olguinha Géo Leite Soares, Oswaldo Fortini Levindo Coelho, Reynaldo Arthur Ramos Ferreira, Wladimir Eustáquio Costa. Conselho Fiscal Amilcar Viana Martins, Carlos Ediber Richard Carvalhais, Christiano Renault, Delson de Miranda Tolentino, João Afonso Baeta da Costa Machado, Saulo Converso Lara. Secretária da Irmandade Abadia Nunes do Nascimento Diretor Clínico Hermann Alexandre Vivacqua Von Tiesenhausen Vice-Diretor Clínico Francisco Eustáquio Valadares Comitê Executivo Operacional Superintendente-geral Porfírio Marcos Rocha Andrade Superintendente de Assistência à Saúde Guilherme Gonçalves Riccio Superintendente de Planejamento, Finanças e Recursos Humanos Gonçalo de Abreu Barbosa Santa Casa Notícias Informativo mensal do Grupo Santa Casa BH Registrado no Cartório de Pessoas Jurídicas de Belo Horizonte sob o número 911, Livro B, em Av. Francisco Sales, Santa Efigênia - BH - CEP Telefone: (31) Editor: Manoel Hygino dos Santos (MG JP) Jornalistas: Almir Gomes (17.248/MG) Juliana Guedes (17.658/MG) Estagiário: Lucas Freitas Revisão: Rodrigo Almeida (5.817/MG) Projeto Gráfico: G30 MKT & COM Impressão: Editora Fapi Ltda Tiragem: 2500 exemplares Assessor de Comunicação Institucional Rodrigo Almeida O conteúdo deste informativo pode ser republicado por outros veículos de comunicação desde que citada a fonte: Santa Casa Notícias - Grupo Santa Casa BH.

3 GRUPO SANTA CASA BH PREVÊ CRESCIMENTO DE 11% EM 2013 maio DE 2013 SANTA CASA NOTÍCIAS 3 O Grupo Santa Casa BH espera alcançar um crescimento de 11% no faturamento de 2013 na comparação com o exercício anterior. A Instituição, que celebrou 114 anos no mês de maio, obteve um faturamento de R$ 474 milhões em 2012, ante R$ 424 milhões em Para este ano, a perspectiva é atingir uma receita operacional bruta de R$ 532 milhões. rodrigo almeida O patrimônio líquido do Grupo Santa Casa BH obteve em 2012 um saldo positivo de R$ 40 milhões. O principal destaque é a unidade Santa Casa BH, que passou de valores negativos nos anos anteriores a um valor positivo no ano passado, com R$ 35 milhões. Esse resultado só foi possível graças ao modelo de gestão adotado Santa Casa BH deve atingir receita de 532 milhões em 2013 pelo Comitê Executivo Operacional, criado em 2003, que promoveu a implantação de processos gerenciais modernos e o seguimento de normas internacionais de contabilidade determinadas pela lei /07. Neste sentido, houve melhorias significativas na gestão que resultaram em pareceres de auditoria externa independente, sem ressalvas, na Santa Casa BH, Fundação Santa Casa BH e no Instituto de Ensino e Pesquisa. Recentemente, as unidades do Grupo passaram a ter certidão de quitação de ISS: em 2008, a Santa Casa BH acordou um parcelamento histórico junto à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e, desde então, vem recolhendo regularmente o ISS corrente. Destaque também para o passivo trabalhista da Instituição, equacionado tendo em vista o dissídio coletivo de 2011 que vem sido cumprido à risca. Há vários anos o Grupo Santa Casa BH não atrasa os salários de seus funcionários, bem como o 13º que vem sendo antecipado nos últimos anos. Também houve a implementação de adiantamentos de salários efetuados até o dia 15 de cada mês, explica o superintendente de Planejamento, Finanças e Recursos Humanos da Instituição, Gonçalo de Abreu Barbosa. Outra solução que tem contribuído para a gestão eficaz do Grupo foi o parcelamento, em 2010, de aproximadamente R$ 52 milhões do FGTS junto à Caixa, o maior valor da história já negociado com o banco estatal. A partir daí, os valores passaram a ser recolhidos mensalmente. Arquivo asscom No âmbito dos Recursos Humanos, o Grupo tem oferecido uma política de reconhecimento e valorização funcional, com recomposições salariais pelo INPC aliadas a aumentos reais aos mais de 5 mil colaboradores, entre contratados, residentes, especializandos e estagiários. Prova disso é o acordo salarial com o Sindicato dos Gonçalo de Abreu Barbosa: soluções expressivas na área de Recursos Humanos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Belo Horizonte, Vespasiano, Nova Lima e Sabará (Sindeess) para o triênio , oferecendo aos funcionários aumento real de, no mínimo, 3% ao ano mais correção pelo INPC. Nos últimos 4 anos, a instituição já investiu mais de R$ 30 milhões em treinamentos e qualificação de seus funcionários. Nosso modelo de gestão tem sido um exemplo para a saúde pública brasileira, principalmente por meio do projeto Mil Leitos SUS, pelo qual disponibilizamos leitos ao atendimento do Sistema Único de Saúde. Estamos trabalhando com austeridade para seguir oferecendo à população mineira serviços em saúde eficazes e de qualidade, completou Gonçalo Barbosa.

4 4 SANTA CASA NOTÍCIAs maio DE 2013 AERONáUTICA NA PEDIATRIA Em homenagem ao Dia das Mães, os pacientes mirins da Pediatria e da Unidade de Oncologia Pediátrica da Santa Casa BH receberam a visita e assistiram a uma apresentação especial dos músicos do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) no dia 15 de maio. Além dos pais e familiares das crianças, voluntárias da Avosc, funcionários e corpo clínico da Santa Casa BH também compareceram ao show da banda composta pelos sargentos Silveira, Viviane, Levy, Barbosa e pelo soldado Pedro. almir gomes café com o provedor 28ª edição do Café com o Provedor Reunindo funcionários de diversos setores do Grupo SCBH para analisar melhorias e atividades cotidianas da instituição, foi realizada em maio mais uma edição do Café com o Provedor. Confira os nomes dos sorteados para a próxima edição do encontro que será realizada no dia 12 de junho: Franklim Sguizzato Bortolini, Fabiana Batista Cândido, Luciana Maria de Barros Ferreira, Miriam Paula Vieira, Paula Cristina Siqueira, Erica Fabrícia Rocha, Maria Aparecida Ferreira da Silva, Valdiana Síria dos Santos, Flaviana Hidi Martins, Marilda de Carvalho Moura, Nivânia Fernandes Correa, Rita de Araújo Sousa, Cintia Darlene Franca, Isabel Cristina de Ávila Correia, Kézia Mirian Ferreira, Edvânia de Fátima Caetano, Maria Aparecida de Assis, Sonia Ferreira Santos, Luciele Alves de Faria, Ângelo Ricardo Coutinho, Carla Soares Nunes e Maria da Conceição Nogueira. RECONHECIMENTO No ano em que completa 114 anos, a Santa Casa BH continua sendo reconhecida por várias entidades e veículos de comunicação. A Clínica de Olhos Santa Casa BH recebeu do Rotary Internacional o troféu do VII Prêmio EGD Fernando Brandão em virtude do Projeto de Diagnóstico e Tratamento da Retinopatia Diabética, Retinopatia da Prematuridade, Glaucoma e Entrega Gratuita de Colírios para os Portadores de Glaucoma. Conforme o dr. João Agostini Netto, chefe da Clínica de Olhos da Santa Casa BH, o programa foi escolhido como o melhor em assistência médica, neste segmento, em todo o distrito rotariano do Brasil. Este é o reconhecimento do trabalho social e humanitário da Santa Casa BH para a comunidade, destacou o oftalmologista. Simultaneamente, a revista Análise Editorial conferiu à Santa Casa BH o certificado Análise Saúde - Admirados 2013 na categoria Instituição mais admirada, pelos próprios médicos, nas especialidades de clínica geral, endocrinologia, metabologia e patologia. Em sua terceira edição, o Análise Saúde é o mais completo levantamento sobre indicações pessoais de médicos e hospitais no Brasil. As listas são construídas pela indicação de profissionais de saúde convidados a citar nomes de colegas e estabelecimentos de saúde que se destacaram no período. Dr. João Agostini Netto QUALIDADE TOTAL No dia 22 de maio, a Comissão de Administração Pública da Câmara Municipal de BH realizou audiência para discutir a qualidade do serviço funerário, oferecido pelo poder municipal, à população de baixa renda. A reunião contou com a participação do superintendente adjunto Carlos Eloy e do gerente Jefferson Florêncio - representando a Funerária SCBH - e de lideranças comunitárias e representantes do Legislativo e Executivo. A Fundação de Parques, responsável pela gestão de necrópoles do município, informou que famílias carentes podem solicitar isenção de taxas e gratuidade na realização de velórios, sepultamentos e na obtenção de jazigos. Durante a audiência, o gerente da Funerária Santa Casa BH, Jefferson Florêncio, esclareceu que a funerária presta este serviço à PBH, gratuitamente, há décadas, fornecendo urnas fúnebres, serviços de traslado e preparações de corpos.

5 maio DE 2013 SANTA CASA NOTÍCIAS 5 BOM DIA DOUTOR O Instituto de Ensino e Pesquisa Santa Casa BH promoveu, no dia 8 de maio, o Bom Dia Doutor - um coffee break para apresentação do Núcleo de Extensão e Pós-Graduação Lato Sensu - no intuito de buscar parcerias para lançamento de novos cursos de extensão médica destinados a todas as especialidades do Grupo Santa Casa BH. Participaram do evento médicos e representantes do IEP. Os projetos criados pelo NEP serão avaliados pelo corpo clínico e lançados em O objetivo é ampliar a oferta de cursos para capacitar um maior número de profissionais e dar visibilidade à atuação educacional da Santa Casa BH. SANTA CASA BH E ACADEMIA MINEIRA DE MEDICINA SOMAM ESFORÇOS A diretoria da Academia Mineira de Medicina foi recebida pelo provedor da Santa Casa BH, Saulo Coelho, na Sala de Reuniões da Provedoria. Representando a AMM, estiveram presentes Ernesto Lentz, Walter Pereira, Geraldo Magela Gomes da Cruz, Maria Regina Celsolari e Francisco dos Reis Bastos. Durante a reunião foi destacado o propósito das instituições de somarem esforços para execução de seus objetivos estatutários, buscando enfatizar o alto significado das ciências médicas para o Homem e a comunidade. Para o provedor Saulo Coelho, também presidente da Confederação Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Brasil, este é um desígnio de elevado sentido social, econômico e humano para todas as entidades de saúde do País, visando o aprimoramento de assistência ao povo brasileiro e a conscientização de seu papel junto à sociedade. Também participaram da reunião o superintendente-geral do Grupo Santa Casa BH, dr. Porfírio Andrade, e o ouvidor da Santa Casa BH, Manoel Hygino dos Santos, da Academia Mineira de Letras.

6 6 SANTA CASA NOTÍCIAs maio DE 2013 SANTA CASA BH COMEMORA 114 ANOS Para comemorar 114 anos de fundação, a Santa Casa BH organizou uma programação especial de aniversário. Com a presença do provedor da Instituição, Saulo Coelho, e dos superintendentes dr. Porfírio Andrade, dr. Guilherme Riccio e Gonçalo Barbosa, a comemoração foi iniciada com uma missa em Ação de Graças na capela da Instituição. Antes da benção final, Saulo Coelho anunciou oficialmente a criação da Medalha Dr. Aloysio de Andrade Faria, honraria que será concedida anualmente às pessoas, instituições ou empresas que prestem relevantes serviços à sociedade no campo assistencial na Capital, no Estado e no País. Após a cerimônia religiosa, os convidados se dirigiram aos jardins da portaria C para a entrega das chaves do Cadillac Fleetwood 1963 ao empresário Otacílio Tadeu Silva Oliveira, de Belo Horizonte, ganhador da rifa promovida pela Instituição. Com a iniciativa, foram arrecadados cerca de R$ 200 mil que serão utilizados na reforma do antigo prédio da Maternidade Hilda Brandão, local que abrigará o Centro Administrativo e Memorial da Santa Casa BH. Finalizando a programação, foi realizado no hall do Salão Nobre o lançamento do livro Pelos Bosques da Memória - Professor José de Laurentys Medeiros, do jornalista, escritor e membro da Academia Mineira de Letras, Manoel Hygino dos Santos. Na obra, a trajetória do dr. José de Laurentys Medeiros, grande personalidade da medicina mineira e fundador da 1ª Clínica de Gastroenterologia da SCBH. Estiveram presentes ao lançamento os conselheiros da Irmandade da Santa Casa BH, Fellipe Lima Vieira e João Batista do Couto, médicos, chefes de clínica, gerentes e funcionários do hospital, o presidente da Academia Mineira de Medicina, dr. Nicomedes Ferreira Filho, o diretor da Faculdade de Ciências Médicas, dr. Lucas Viana Machado, dr. Geraldo Caldeira, do Conselho Regional de Medicina, os filhos do dr. José de Laurentys, dr. José de Laurentys Medeiros Junior e Lúcio Flávio Laurentys de Medeiros, o vereador Pablito, o deputado Miguel Correa e o presidente do Instituto Cultural Amilcar Martins, Amilcar Viana Martins. RODRIGO ALMEIDA Fundada em 1899, Santa Casa BH atende pacientes da Capital e do interior de Minas Dr. Saulo Coelho durante anúncio da medalha Aloysio de Andrade Faria Entrega das chaves do Cadillac ao empresário Otacílio Tadeu Oliveira QUEM TE VIU, QUEM TE VÊ Fundada em 1899, a Santa Casa BH, principal unidade do Grupo Santa Casa BH, é o maior núcleo de prestação de serviços na área de saúde de Minas Gerais atuando em 35 especialidades médicas. Durante 114 anos, prestou assistência a pacientes da Grande BH e de municípios do interior do Estado, tornando-se referência em tratamentos de média e alta complexidade. Dr. Saulo Coelho, Manoel Hygino dos Santos (autor do livro), dr. Porfírio Andrade e Amilcar Martins A partir de 2000, um novo modelo de gestão inaugurou um novo capítulo na história da Santa Casa BH. Exemplos não faltam: neste período, o número de partos mensais, realizados pela maternidade Hilda Brandão, saltou de 220 para 302. As unidades de terapia intensiva, que em 1997 somavam apenas 20 leitos, contam hoje com 100 leitos de alto padrão. Em 2001, haviam 571 leitos destinados a pacientes do Sistema Único de Saúde. A Santa Casa BH fechou o ano de 2012 com um total de 1085 leitos SUS.

7 maio de 2013 SANTA CASA NOTÍCIAS 7 Saulo Coelho, provedor da Santa Casa BH desde 2000, comemora os avanços obtidos nos 13 anos à frente da Instituição. Encontramos a Santa Casa em uma situação operacional difícil, mas com muito trabalho promovemos mudanças significativas, comentou. Dados de 2012, relativos a todas as unidades do Grupo Santa Casa BH, demonstram o resultado de sua administração: mais de 3,5 milhões de atendimentos (entre consultas, procedimentos ambulatoriais, exames, internações, partos e cirurgias), leitos, médicos credenciados e trabalhadores (entre funcionários contratados, residentes, especializandos e estagiários). A implantação de modernos processos gerenciais, através do modelo de gestão adotado pelo Comitê Executivo Operacional, criado em 2004, foi decisiva no processo de soerguimento do Grupo Santa Casa BH. Seu patrimônio líquido obteve, em 2012, um saldo positivo de R$ 40 milhões, além de outros significativos avanços comprovados pelas demonstrações contábeis publicadas pela Instituição nos últimos anos. 45 anos de dedicação Antigas enfermarias dão lugar A NOVA SANTA CASA BH a instalações revitalizadas com alto padrão de atendimento Arquivo asscom almir gomes Simeão Pedro de Mendonça, crachá número Com 71 anos de idade, trabalha na Santa Casa BH há 45 anos. Homem simples, mineiro de Bom Despacho, veio do interior para tratamento dermatológico quando recebeu uma proposta de emprego no hospital. Nos primeiros 2 meses, ajudou nas atividades diárias da Santa Casa BH, em troca de comida e um lugar para dormir, até ter sua carteira assinada no dia 1 de maio de A partir de então, Simeão passou por diversos setores: 4 andar, Ambulatório e Centro de Diagnóstico e Tratamento, trabalhando nas áreas de Colonoscopia e Broncoscopia por 10 anos. Desde 2011, presta serviços na Hemodinâmica. almir gomes De forma saudosa, Simeão conta que, por volta de 1970, os próprios pacientes participavam da limpeza do hospital. Aqueles que tinham condições, ajudavam. Passavam palha de aço e cera no Simeão Mendonça: testemunha da evolução da SCBH nas últimas 4 décadas chão, varriam, faziam de tudo um pouco, relembrou. Segundo Simeão, todos os funcionários que moravam no hospital - ao receberem seus salários (o dele era de 25 cruzeiros) - eram obrigados a doar 5 cruzeiros para a ajudar a Santa Casa BH. A doação só foi cancelada quando os empregados não puderam mais utilizar o alojamento. Sinto muita falta dos colegas de antigamente, mas hoje o serviço prestado no hospital melhorou muito. Nestes 45 anos de casa, nunca pensei em sair daqui. A Santa Casa é a minha segunda mãe, gosto muito daqui. Conheci muita gente boa nesse lugar, completou.

8 8 SANTA CASA NOTÍCIAs maio de 2013 REFINANCIAMENTO DA DÍVIDA A Câmara dos Deputados aprovou, no dia 21 de maio, o refinanciamento em 30 anos das dívidas das Santas Casas e hospitais filantrópicos com o Governo Federal. Parte dos juros e multas cobradas sobre as dívidas será abatida, sendo descontados 60% das multas, 20% dos juros e de 100% nos demais encargos legais, com prazo de até 120 dias para adesão das instituições ao refinanciamento. O parcelamento foi incluído no texto da Medida Provisória nº 600/2012 que já foi aprovado pela Câmara e pelo Senado. A presidente Dilma tem o prazo constitucional de 15 dias úteis (contados da data do recebimento do texto) para sancionar a medida. A dívida dos hospitais filantrópicos e das Santas Casas do país deve chegar a R$ 15 bilhões nos próximos meses, segundo o relatório da Câmara dos Deputados que analisou a situação do setor em Cerca de hospitais filantrópicos respondem por 45% das internações do Sistema Único de Saúde e por 31% do total de leitos existentes no Brasil. Segundo o superintendente de Planejamento, Finanças e Recursos Humanos da Santa Casa BH, Gonçalo Barbosa, a Santa Casa BH possui uma dívida de R$ 203 milhões com a União. A causa principal dessa dívida é a existência de uma defasagem de 35% entre o que o serviço custa e o que a Santa Casa recebe do Governo, completou. CURSO DE GESTANTES Realizada a 54 edição do tradicional Curso Gratuito para Gestantes promovido pela Associação das Voluntárias da Santa Casa BH. Com o objetivo de preparar as gestantes para o momento do parto e os primeiros cuidados do bebê, o evento é realizado na última quinta-feira do mês no Salão Nobre Santa Casa BH (av. Francisco Sales, Santa Efigênia), de 8:30 às 17:30 h,. Nos últimos 15 anos, o curso já atendeu aproximadamente 4 mil gestantes. As palestras são ministradas por uma equipe multidisciplinar da Santa Casa BH composta por médicos, enfermeiros, anestesistas, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas. A próxima edição do curso será no dia 27 de junho e as inscrições devem ser feitas pelo telefone (31) As vagas são limitadas. ACREDITAÇÃO Dando continuidade ao Projeto de Acreditação do Grupo Santa Casa BH, em maio foram realizadas diversas palestras de sensibilização para funcionários e reuniões com gestores e corpo clínico da Instituição. Desenvolvidos pela Gerência de Qualidade, os eventos promoveram apresentação detalhada do projeto, identificando seus impactos e benefícios e sensibilizando os funcionários sobre a importância de um efetivo envolvimento nas atividades propostas. A Acreditação Hospitalar é uma certificação direcionada exclusivamente a instituições de saúde que comprovam processos que priorizam segurança e qualidade, no atendimento a pacientes, através de padrões e métodos previamente definidos. Para cerca de 100 gerentes e coordenadores do GSCBH, foram realizadas reuniões de caráter didático, demonstrando os principais tópicos envolvidos na primeira fase do projeto. No dia 7 de maio foi realizada uma apresentação exclusiva para o corpo clínico da Instituição. CORAL PRESTA HOMENAGEM às mães O Coral da Santa Casa BH e a Banda de Música do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais fizeram apresentação conjunta nos jardins da Cidade Administrativa, no dia 8 de maio (foto). O evento foi uma homenagem antecipada às servidoras estaduais pelo Dia das Mães. O coral, criado em julho de 2009, realizou no ano passado cerca de 10 apresentações em solenidades do Grupo Santa Casa BH. Para participar, o funcionário deverá procurar o departamento de Gestão de Pessoas da Instituição. Informações pelo telefone (31) Curso gratuito para gestantes realizado pela AVOSC Treinamento de gerentes no Salão Nobre CB FÁBIO

9 maio DE 2013 SANTA CASA NOTÍCIAS 9 UNIÃO DE FORÇAS Devido à constante ocorrência de crimes e à presença de adolescentes em situação de risco e usuários de drogas na região hospitalar, a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais organizou no dia 20 de maio uma visita à praça Hugo Werneck com a presença de autoridades municipais, estaduais e do poder judiciário - para verificar a situação no local. O provedor da Santa Casa BH, Saulo Levindo Coelho, ressaltou durante a visita que adolescentes que frequentam a praça usam tíner, abordam médicos, pacientes e acompanhantes e muitas vezes invadem o hospital. Eles enfrentam todo mundo, usam do poder de serem menores, completou. A juíza da Vara Infracional da Infância e Juventude de Belo Horizonte, Valéria da Silva Rodrigues, criticou a falta de ações. Não adianta só apreender com visão punitiva. É necessária uma força coercitiva do Estado, afirmou. Saulo Coelho, provedor da SCBH: empenho na busca de soluções Presentes também na visita o presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública da região hospitalar (Consep), Daniel Nasser, o Comandante do 1 Batalhão da PMMG, Welton Baião, o promotor de justiça Lucas Rolla e os deputados João Leite e Ivair Nogueira. Como resultado efetivo desta ação, a Comissão de Segurança Pública da ALMG apresentou um requerimento sugerindo a criação de uma força tarefa para monitorar crianças e adolescentes que circulam pela região hospitalar. No dia 22 de maio, a PMMG instalou uma base móvel na praça Hugo Weneck para atender a comunidade e garantir a segurança. Base móvel da PMMG instalada na praça Hugo Werneck CÂMARA MUNICIPAL DISCUTE AMPLIAÇÃO DE HOSPITAIS Mila Milowski Dr. Porfírio Andrade: criação de oportunidades para geração de recursos A Comissão de Saúde e Saneamento da Câmara Municipal de Belo Horizonte realizou, no dia 7 de maio, uma audiência pública para discutir a questão de zoneamento da região hospitalar. Na reunião, foram debatidas questões ligadas ao Projeto de Lei 239/13 que visa estabelecer incentivo à construção e à ampliação de hospitais na Capital. Proposto pela Prefeitura de BH, o projeto pretende criar condições que possibilitem a ampliação da estrutura de assistência à saúde no município, compatibilizando a demanda da população com a oferta de serviços médicos e leitos hospitalares. O objetivo primordial é incentivar a construção de empreendimentos e minimizar a saturação do sistema de saúde em Belo Horizonte. Para o superintendente-geral do Grupo Santa Casa BH, Porfírio Andrade, a capacidade de atendimento da Santa Casa BH pode ser ampliada. No entanto, é necessária a criação de oportunidades para geração de recursos a serem aplicados no hospital. A aprovação da lei 239/13 permitirá a construção, no terreno situado na esquina das avenidas Bernardo Monteiro com Andradas, de propriedade do GSCBH, de um edifício maior do que o permitido pelo atual zoneamento da região. Durante a audiência, também foram discutidas propostas de ampliação dos serviços oferecidos pela Santa Casa BH. Semana da Enfermagem 2013 Para homenagear enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, o Grupo Santa Casa BH organizou a Semana da Enfermagem 2013 entre os dias 13 e 17 de maio. A programação, dividida em turnos diurnos e noturnos, contou com eventos na Santa Casa BH, no Hospital São Lucas, no Centro de Especialidades Médicas e no Instituto Geriátrico Afonso Pena. Além de participar de oficinas de Cuidados com a Pele e Automaquiagem, os profissionais de saúde assistiram a palestras educativas e se divertiram com as apresentações teatrais do Grupo Grafite no Salão Nobre.

10 10 SANTA CASA NOTÍCIAs maio de 2013

11 maio DE 2013 SANTA CASA NOTÍCIAS 11 TUDO A SEU TEMPO... Envelhecer é um processo natural, gradativo e contínuo, iniciado desde o nascimento e prolongado por todas as fases da vida. Trata-se de uma evolução degenerativa das células, com diminuição ou interrupção temporal, aliada à diminuição progressiva da eficiência de funções orgânicas. RODRIGO ALMEIDA Após a fase adulta, os indivíduos passam a vivenciar com mais evidência o irreversível processo de envelhecimento. O melhor exemplo é a presbiopia, ou vista cansada, caracterizada pela perda natural e progressiva da capacidade de focalização. Com o passar do tempo, o cristalino (a lente interna do olho) perde a flexibilidade necessária para ajuste do foco. A partir dos 40 anos, a presbiopia afeta quase 90% da população. A perda natural de audição é outra ocorrência comum Óculos para leitura: indispensável para pessoas com presbiopia (vista cansada) entre os idosos, atingindo cerca de 25% entre pessoas de 55 a 65 anos e quase 50% da população com mais de 70 anos. Esta alteração é chamada de presbiacusia, doença multifatorial caracterizada pela perda progressiva da audição em ambos os ouvidos. Algumas doenças são próprias da velhice, como doenças cardíacas, orteoartrose, osteoporose e doenças neurológicas degenerativas, onde as demências têm destaque especial. A demência é uma perturbação psicológica que afeta milhões de idosos, estando muitas vezes associadas a doenças como Alzheimer ou a um AVC. Entretanto, o declínio de algumas funções do corpo humano, em decorrência da idade, nem sempre é considerado como doença. Conforme o dr. Andy Petroianu, cirurgião geral da Santa Casa BH, o que acontece muitas vezes é o desinteresse dos mais velhos. As pessoas confundem falta de interesse dos idosos com demência. Eles apenas têm interesses diferentes do adulto, do jovem, ressaltou. À medida que envelhece, o corpo sofre alterações. O desempenho físico, o cansaço e a perda de visão são alguns sinais do envelhecimento. Segundo o cirurgião, muitas doenças da velhice estão relacionadas à predisposição. A maior probabilidade é que o idoso tenha as doenças da família. Alguns têm problemas cardíacos, outros catarata, cegueira, derrame. Depende de cada pessoa, completou. O oftalmologista Guilherme Mourão, preceptor da unidade de córnea da Clínica de Olhos da Santa Casa BH, afirma que a doença mais comum nos idosos é a catarata, aparecendo com mais frequência após os 50 anos de idade. A catarata senil, por exemplo, não tem como evitar. O que as pessoas podem fazer para retardar seu aparecimento é manter uma vida saudável, se alimentar bem, praticar atividades físicas e usar óculos escuros, explicou. Outra doença comum é a degeneração macular relacionada à idade, conhecida como DMRI. É uma doença degenerativa da retina que provoca a perda da visão central e pode levar a cegueira, informou dr. Guilherme Mourão. A população mundial está envelhecendo, principalmente nos países em desenvolvimento como o Brasil, com cerca de 15 milhões de pessoas acima de 60 anos. Daqui a 20 anos, serão mais de 32 milhões. Nos dias de hoje, contudo, a terceira idade não é mais sinônimo de doença. Com os recentes avanços da medicina, a expectativa de vida vem crescendo em todo o mundo. É possível agora ter uma vida saudável, mesmo com idade avançada. Cuidados com a saúde, incorporados ainda na infância, diminuem interferências negativas no processo de envelhecimento. A forma como as pessoas vivem sua juventude também interfere em seus históricos clínicos. A adoção de um estilo de vida saudável - com alimentação equilibrada e prática de atividades físicas - ajuda a prevenir algumas doenças. MESTRADO E DOUTORADO Estão abertas as inscrições para formação da 8ª turma de Mestrado Acadêmico e Doutorado em Medicina e Biomedicina. O Instituto de Ensino e Pesquisa Santa Casa BH está oferecendo cursos em 22 linhas de pesquisa, indicados para quem deseja seguir carreira acadêmica ou se tornar um pesquisador. Composto por experiente e renomado corpo docente, além de modernos laboratórios, o programa de mestrado do IEP possui nota 4 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O Mestrado Acadêmico é voltado para as áreas de ensino e pesquisa e, o Doutorado, para a formação de pesquisadores dedicados à vida acadêmica. A seleção para o Doutorado é realizada em processo de fluxo contínuo, ou seja, candidatos com Mestrado concluído poderão pleitear o título em qualquer época do ano, de acordo com normas estabelecidas pelo Colegiado de Coordenação Didática. Informações detalhadas e inscrições, até 21 de junho, pelo portal santacasabh.org.br. Informações adicionais pelo telefone (31) ou pelo

12 12 SANTA CASA NOTÍCIAs maio de 2013 SEGURANÇA NA REGIÃO HOSPITALAR A Comissão de Segurança Pública de Belo Horizonte discutiu, no dia 7 de maio, em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, a situação da segurança na região hospitalar da Capital. O objetivo foi debater os problemas nas proximidades da Praça Hugo Werneck, ao lado da Santa Casa BH, local de grande número de ocorrências registradas nos últimos anos pela Polícia Militar de Minas Gerais. A gerente de hotelaria e representante da Santa Casa BH no Conselho Comunitário de Segurança Pública 3, Camila Resende, representou a Instituição durante a audiência. Segundo a gerente, a instalação de uma base móvel da PMMG, o aumento do efetivo policial e a implantação do projeto Olho Vivo foram assuntos de destaque na reunião. DIVULGAÇÃO Em março deste ano foi criado o Conselho Comunitário de Segurança Pública da Região Hospitalar (Consep 3), entidade privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública, organizada para discutir, analisar, planejar e acompanhar soluções de problemas comunitários de segurança, além de desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as lideranças locais. O Consep 3 congrega representantes de instituições de saúde, comerciantes, moradores e agências bancárias, atuando na área de abrangência da 3ª Companhia do Batalhão da PMMG. O presidente do conselho, Daniel Nasser, gerente do Hotel Thess Square, informou que seus membros se reúnem mensalmente para tratar dos problemas de segurança da região. Discutimos juntos soluções e providências, encaminhando-as às autoridades competentes e acompanhando seu andamento, completou. GERIATRIA E CIRURGIA GERIÁTRICA Segurança na região hospitalar foi tema de audiência pública na ALMG O Grupo Santa Casa BH, através de seu Instituto de Ensino e Pesquisa, está promovendo um curso gratuito sobre Geriatria e Cirurgia Geriátrica. Com carga horária de 15 horas/aula, serão abordados temas relacionados aos cuidados médicos com o paciente idoso e seus aspectos éticos e legais. Voltado a residentes e especializandos, o curso será realizado na Sala Ouro da Escola Técnica da Santa Casa BH (rua Domingos Vieira, Santa Efigênia) nos dias 12, 20, 26 de junho e 3 e 10 de julho. Os grupos de discussão e as aulas serão ministradas pelo dr. Andy Petroianu, cirurgião geral da Santa Casa BH. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de junho pelo portal santacasabh.org.br. Informações: (31) DIA MUNDIAL DE HIGIENE DAS MÃOS francisco camargo Melhorar a higienização das mãos e reduzir as infecções relativas à assistência à saúde, promovendo a segurança de pacientes, profissionais e demais usuários nos serviços de saúde. Com este objetivo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) instituiu, em 2007, o dia 5 de maio como o Dia Mundial de Higiene das Mãos. A enfermeira Viviane Lima, da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da Santa Casa BH (CCIH), informou que a higienização das mãos diminui em 80% o índice de infecção. As mãos são as principais vias de transmissão de microorganismos. Não é importante simplesmente lavá-las, mas lavá-las corretamente, destacou. CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM Estão abertas as inscrições para o curso técnico em enfermagem da Santa Casa BH. As vagas são para os turnos da manhã, com início das aulas previsto para para a 2ª quinzena de junho. A carga horária é de horas, para as aulas teóricas, e 600 horas de estágio curricular. O curso tem duração de 26 meses e ocorre em dias alternados. Informações e inscrições na secretaria da Escola Técnica (rua Domingos Viera, Santa Efigênia), pelos telefones (31) (31) ou pelo VIII CLÍNICA CIRÚRGICA DA SCBH O médico Fábio Pimentel Martins foi nomeado chefe da VIII Clínica Cirúrgica da Santa Casa BH pelo provedor Saulo Coelho. Sua equipe já está em atividade, consoante o programa de Cirurgia Geral e Videolaporoscopia da Instituição. FECHAMENTO AUTORIZADO PODE SER ABERTO PELA ECT PARA USO DOS CORREIOS AUSENTE NÃO EXISTE O Nº INDICADO INFORMAÇÃO ESCRITA POR TERCEIROS MUDOU-SE NÃO PROCURADO DESCONHECIDO ENDEREÇO INSUFICIENTE RECUSADO ASSINATURA E Nº DO CARTEIRO: OUTROS: REMETENTE Grupo Santa Casa BH Av. Francisco Sales, 1111 Santa Efigênia Belo Horizonte - MG CEP

Santa casa. Unidade de Cuidados Prolongados Inaugurados 31 novos leitos no Hospital Central

Santa casa. Unidade de Cuidados Prolongados Inaugurados 31 novos leitos no Hospital Central Santa casa N O T Í C I A S informativo oficial do grupo santa casa bh nº 244 jan/fev 2012 Foto de Rodrigo Almeida Unidade de Cuidados Prolongados Inaugurados 31 novos leitos no Hospital Central Página

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

A EBSERH e os Recursos Humanos

A EBSERH e os Recursos Humanos Informativo do Hospital das Clínicas da UFMG - Janeiro de 2013 ano XVIII n 288 Boletim do HC Foto: Arquivo Assessoria de Comunicação do HC/UFMG A EBSERH e os Recursos Humanos Esclareça as suas dúvidas

Leia mais

FACULDADE MONTES BELOS FISIOTERAPIA

FACULDADE MONTES BELOS FISIOTERAPIA FACULDADE MONTES BELOS FISIOTERAPIA PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA LIGA ACADÊMICA DE REABILITAÇÃO EM ORTOPEDIA DA FACULDADE MONTES BELOS Francisco Dimitre Rodrigo Pereira Santos Marillia Pereira Cintra Sintia

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS A Fundace Fundação para Pesquisa do Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, fundação de apoio formada pelos professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade FEA/

Leia mais

Evento acontece na cidade de Caxambu e começa nesta sexta (18)

Evento acontece na cidade de Caxambu e começa nesta sexta (18) https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/178 3-educacao-amplia-interlocucao-com-representantes- do-movimento-sindical Notícia veicula no site Portal da Educação em 17/02/11 Secretária Ana Lúcia

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Crack, é possível vencer

Crack, é possível vencer Crack, é possível vencer Prevenção Educação, Informação e Capacitação Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários Autoridade Enfrentamento ao tráfico de drogas e às organizações criminosas

Leia mais

I SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE II

I SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE II Ministério da Educação Secretaria de Ensino Superior Diretoria de Hospitais Univ ersitários e Residências em Saúde A articulação da Graduação em Saúde, dos Hospitais de Ensino e das Residências em Saúde

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO REGULAMENTAÇÃO Resolução CNE/CES nº 1/2007, Diário Oficial da União, Brasília, 08/06/2007, Seção 1, pág. 9 Estabelece normas para o funcionamento

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

DADOS. Histórico de lutas

DADOS. Histórico de lutas MULHERES O partido Solidariedade estabeleceu políticas participativas da mulher. Isso se traduz pela criação da Secretaria Nacional da Mulher e por oferecer a esta Secretaria completa autonomia. Acreditamos

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1- O QUE É UMA LIGA ACADÊMICA? As Ligas Acadêmicas são entidades sem fins lucrativos. As Ligas Acadêmicas

Leia mais

Longo caminho. Acontece no mundo inteiro. Os doentes crônicos

Longo caminho. Acontece no mundo inteiro. Os doentes crônicos Gestão Foto: dreamstime.com Longo caminho Medida da ANS inicia discussão sobre a oferta de medicamentos ambulatoriais para doentes crônicos pelas operadoras de saúde Por Danylo Martins Acontece no mundo

Leia mais

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Ao Ministério da Saúde Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de Gestão da Educação na Saúde E-mail: deges@saude.gov.br - prosaude@saude.gov.br CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria e Consultoria Tributária para as empresas do Arranjo Produtivo Local. 1. OBJETIVO

Leia mais

Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações

Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações Nº 08/2012 Av. Teotônio Segurado, Quadra 401 Sul, ACSU-SO 40, conjunto 1, Lote 17, 1º andar (prédio do antigo Sine) Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações Diante da crescente procura por

Leia mais

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

2015 HPM COMEMORA 102 ANOS

2015 HPM COMEMORA 102 ANOS HPM Informa Seção de Comunicação Organizacional 1ª edição Agosto/Setembro de 2015 HPM COMEMORA 102 ANOS págs. 4 e5 Seminário de Saúde Mental Prevenção ao Suicídio págs. 3 Dia dos Pais Passagem de Comando

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania

Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania 1. Sobre o Projeto 1.1. O que é o Projeto Serviços e Cidadania? É um canal de serviços gratuitos que oferece apoio nas áreas de gestão, jurídica e comunicação

Leia mais

Quanto mais, melhor? 14 Luta Médica Outubro/2015 a Janeiro/2016

Quanto mais, melhor? 14 Luta Médica Outubro/2015 a Janeiro/2016 Quanto mais, melhor? A abertura indiscriminada de cursos de Medicina pode prejudicar a formação de futuros médicos e não garante saúde de qualidade para a população A cada ano, as pessoas que desejam se

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO BOLETIM INTERNO N o 39 ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO BOLETIM INTERNO N o 39 ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO BOLETIM INTERNO N o 39 Brasília-DF, 26 de setembro de 2014 - Para conhecimento e devida execução, publica-se o seguinte: ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS CONTROLADORIA-GERAL

Leia mais

Prazos a serem observados sob pena de indeferimento da inscrição

Prazos a serem observados sob pena de indeferimento da inscrição 1 Prazos a serem observados sob pena de indeferimento da inscrição O candidato deverá realizar sua inscrição on line no portal www.lfg.com.br (Acessar menu Pós-Graduação) Até 27/03/09 Até 20h do dia 31/03/09

Leia mais

Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica.

Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica. EDITAL COMPLEMENTAR PROCESSO SIMPLIFICADO ESPECIALIZAÇÃO 2015 Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica. A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE,

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004 A Fundação Aprender, no ano de 2004, procurou cumprir as etapas previstas no Planejamento 2003, levando a efeito iniciativas no sentido de ampliar

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA Unidade Dias

Leia mais

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA 1- DO CURSO O Curso de Especialização em Gestão em Análise Sanitária destina-se a profissionais com curso superior em áreas correlatas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos Diretora Escolar e Gerente de Ensino Helena Mercedes Monteiro Supervisora

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria, Consultoria e Treinamento na área de Recursos Humanos. 1. OBJETIVO Os objetivos

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ESTADO: GOIÁS COORDENADOR: HENRIQUE RICARDO BATISTA PERÍODO DO RELATÓRIO: Ano de 20 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ATIVIDADE DATA N o DE HORAS LOCAL (Município) OBJETIVO N o PART RESULTADO/

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. R E S O L V E: I DA CONCEITUAÇÃO

RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. R E S O L V E: I DA CONCEITUAÇÃO RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO, no

Leia mais

UNIPAC ITABIRITO (VAGAS REMASCENTES) PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ORÇAMENTO E GESTÃO PÚBLICA (LEIA PAG. 2) CONTROLADORA E FINANÇAS (LEIA PAG.

UNIPAC ITABIRITO (VAGAS REMASCENTES) PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ORÇAMENTO E GESTÃO PÚBLICA (LEIA PAG. 2) CONTROLADORA E FINANÇAS (LEIA PAG. UNIPAC ITABIRITO (VAGAS REMASCENTES) PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ORÇAMENTO E GESTÃO PÚBLICA (LEIA PAG. 2) CONTROLADORA E FINANÇAS (LEIA PAG. 4) TURMA 2008/1 UNIPAC ITABIRITO Pensando no seu futuro Profissional

Leia mais

Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher

Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher A Defensoria Pública do Estado de São Paulo, através de seu Núcleo Especializado de Promoção e Defesa, vem por meio deste, apresentar os projetos apresentados por conta da assinatura do Termo de Cooperação

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 6.981, DE 2006

PROJETO DE LEI Nº 6.981, DE 2006 PROJETO DE LEI Nº 6.981, DE 2006 (do deputado Zezéu Ribeiro - PT/BA) Assegura às famílias de baixa renda assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes Superintendente Anselmo Guedes de Castilho Diretora Escolar Helena Mercedes Monteiro Gerente de Ensino Adeane Nunes

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Manual de Recursos Humanos

Manual de Recursos Humanos Manual de Recursos Humanos Associação dos Amigos do Paço das Artes Francisco Matarazzo Sobrinho Organização Social de Cultura 1 Finalidade: Disponibilizar princípios básicos de gestão de pessoal que devem

Leia mais

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL - MARANHÃO

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL - MARANHÃO 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015 Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

Leia mais

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ Origem A preocupação com as questões sociais fez com que o professor e sacerdote italiano D. Luigi Maria Verzé chegasse ao Brasil, em 1974, através do Monte

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO (*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 04/12/2007. (*) Portaria / MEC n 1.151, publicada no Diário Oficial da União de 04/12/2007. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DE MG Rua Tomaz Gonzaga 686 Bairro de Lourdes CEP 30180 140 Belo Horizonte MG RESOLUÇÃO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DE MG Rua Tomaz Gonzaga 686 Bairro de Lourdes CEP 30180 140 Belo Horizonte MG RESOLUÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DE MG Rua Tomaz Gonzaga 686 Bairro de Lourdes CEP 30180 140 Belo Horizonte MG RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO N. 162/2015 Institui o Regimento Interno da Escola Judicial Militar do Estado

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA - CURITIBA Unidade

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Derdic / PUC-SP

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Derdic / PUC-SP RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Missão 03 Valores Institucionais 03 Escola Especial de Educação Básica 04 Clínica de Audição, Voz e Linguagem Prof. Dr. Mauro Spinelli

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

MATO GROSSO: MUITO ALÉM DO DEVER FUNCIONAL

MATO GROSSO: MUITO ALÉM DO DEVER FUNCIONAL MATO GROSSO: MUITO ALÉM DO DEVER FUNCIONAL Cuiabá-MT teve a primeira Promotoria de Justiça a aplicar a Lei Maria da Penha no Brasil, iniciando seus trabalhos no dia 22/09/2006, dia em que a Lei Maria da

Leia mais

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP Conteúdo DISPOSIÇÕES GERAIS 3 APOIO AO APRIMORAMENTO DE RECURSOS HUMANOS 4 Participação em congressos e eventos científicos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010 RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010 Define os parâmetros nacionais para a inscrição das entidades e organizações de assistência social, bem como dos serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE CARTILHA DO VOLUNTÁRIO

Leia mais

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 1 VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 Anna Maria de Oliveira Salimena 2 Maria Carmen Simões Cardoso de Melo 3 Ívis Emília de Oliveira

Leia mais

RELATÓRIO EXECUTIVO N 004/14 32ª REUNIÃO DE DIRETORIA GERIR/HUGO

RELATÓRIO EXECUTIVO N 004/14 32ª REUNIÃO DE DIRETORIA GERIR/HUGO RELATÓRIO EXECUTIVO N 004/14 32ª REUNIÃO DE DIRETORIA GERIR/HUGO Data: 04/02/2014 Horário: 10h Presentes: Ciro Ricardo Pires de Castro (Diretor Geral - HUGO), Sr. Thulio Lorentz (Diretor Administrativo

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar MINISTÉRIO DA SAÚDE HOSPITAL FEDERAL DOS SERVIDORES DO ESTADO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar JUSTIFICATIVA A Promoção de saúde só será completa

Leia mais

Trote Solidário INTRODUÇÃO

Trote Solidário INTRODUÇÃO 1 Trote Solidário Ana Claudia Muniz Douglas Ramos Teixeira Maria Marlene Antunes de Oliveira Marina de Fátima Batista Renata Chenchi 1 Maria Eliza Zandarim 2 Sumário: Introdução. 1. O Que é Trote Solidário.

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 Dispõe sobre o atendimento obrigatório aos portadores da Doença de Alzheimer no Sistema Único de Saúde - SUS, e dá outras providências.

Leia mais

Edital para Complementação Especializada em Geriatria - 2016

Edital para Complementação Especializada em Geriatria - 2016 Edital para Complementação Especializada em Geriatria - 2016 Público Alvo: Médicos com residência ou especialização completa em Geriatria. Objetivos do Programa Aperfeiçoar os conhecimentos de médicos

Leia mais

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética Comissão de Ética Introdução As ações desenvolvidas pela Comissão de Ética em 2014 foram pautadas nos parâmetros do Questionário de Avaliação da Ética elaborado pela Comissão de Ética Pública (CEP) que

Leia mais

EDITAL PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS A PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM MEDICINA FETAL

EDITAL PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS A PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM MEDICINA FETAL EDITAL PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS A PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM MEDICINA FETAL 2014 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO CURSO... 3 3. PRÉ-REQUISITOS... 4 4. INSCRIÇÃO... 4 5.

Leia mais

COMO INICIAR UM OS FLUXO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL (OS)

COMO INICIAR UM OS FLUXO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL (OS) COMO INICIAR UM OS FLUXO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM OBSERVATÓRIO SOCIAL (OS) 1 A seguir apresentamos o fluxo para a Implantação de um Observatório Social(OS), dentro do Sistema de Franquia Social da Rede

Leia mais

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ 3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ Windsor Barra Hotel & Congressos Av. Sernambetiba, 2630 Barra da Tijuca José Gomes Temporão Presidente de Honra Marcos Moraes Presidente do Congresso Luiz

Leia mais

EDITAL Nº 019/2015 Chamamento para Inscrição no Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil - Lei 13.019 Aspectos Jurídicos e Práticos

EDITAL Nº 019/2015 Chamamento para Inscrição no Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil - Lei 13.019 Aspectos Jurídicos e Práticos EDITAL Nº 019/2015 Chamamento para Inscrição no Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil - Lei 13.019 Aspectos Jurídicos e Práticos 1. OBJETIVO DO CURSO Capacitar os participantes acerca das

Leia mais

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 02 CEPPE, DE 25 DE JUNHO DE 2015

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 02 CEPPE, DE 25 DE JUNHO DE 2015 FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 02 CEPPE, DE 25 DE JUNHO DE 2015 Oferta de curso de pós-graduação (lato sensu), em nível de especialização em

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Fisioterapia 6ª. Edição 2013

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Fisioterapia 6ª. Edição 2013 Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Fisioterapia 6ª. Edição 2013 Apresentação O Curso de Especialização em Fisioterapia será mantido e realizado sob a responsabilidade do Departamento

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

LEI Nº 1543, DE 10 DE ABRIL DE 2008 DE 2008.

LEI Nº 1543, DE 10 DE ABRIL DE 2008 DE 2008. LEI Nº 1543, DE 10 DE ABRIL DE 2008 DE 2008. Autoria: Poder Legislativo Estabelece normas para as cerimônias públicas e a ordem geral de precedência no Município de Lucas do Rio Verde - MT. O Prefeito

Leia mais

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 022/2014 Curso de Qualificação para Conselheiros Municipais e Distritais de Saúde e

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Submissão de Trabalho para o II Encontro TRT's Norte/Nordeste

Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Submissão de Trabalho para o II Encontro TRT's Norte/Nordeste Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Submissão de Trabalho para o II Encontro TRT's Norte/Nordeste 1. Estrutura: a) Identificação do Órgão/Unidade: Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região /

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor Dados da empresa Razão Social: Visa do Brasil Empreendimentos Ltda. Nome Fantasia:

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS

Leia mais

Quinta-feira, 24.03.11

Quinta-feira, 24.03.11 Quinta-feira, 24.03.11 Pensamento do dia Não pondero, sonho. Não me sinto inspirado, deliro. Fernando Pessoa A frase é: Espero que não haja obstáculos à realização das provas, daqui HÁ ou A uma semana?

Leia mais

Como se Tornar um Município Amigo do Idoso. Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso

Como se Tornar um Município Amigo do Idoso. Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso Como se Tornar um Município Amigo do Idoso Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso 2 3 GERALDO ALCKMIN Governador do Estado de São Paulo ROGERIO HAMAM Secretário de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

Serviços públicos destinados à pessoa idosa em Minas Gerais

Serviços públicos destinados à pessoa idosa em Minas Gerais Serviços públicos destinados à pessoa idosa em Minas Gerais Serviços instituídos pelo poder público, organizados de acordo com a parte do Estatuto do Idoso à qual estão relacionados. Serviços relacionados

Leia mais

Grupo Humana Alimentar

Grupo Humana Alimentar ONG +VIDA Você também pode ajudar Nos seus cinco anos de existência, várias conquistas foram possíveis. No entanto, esta organização não governamental precisa constantemente do auxílio da comunidade. Uma

Leia mais

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM Faça parte desse abraço A Fundação Solidariedade ponto focal do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,braço social do Sistema Correio de Comunicação, é uma Associação

Leia mais

ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DE PERNAMBUCO DISCIPLINA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DA UFPE

ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DE PERNAMBUCO DISCIPLINA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DA UFPE ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DE PERNAMBUCO DISCIPLINA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DA UFPE Capítulo I - Da liga e seus fins Art. 1 - A Liga de Cirurgia Pediátrica, a seguir designada LACIPE,

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS A Congregação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010. LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre a transformação da Universidade Virtual do Estado de Roraima UNIVIRR, para a categoria de Fundação Pública e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

Mestrado em Ciências Contábeis Centro Universitário Álvares Penteado

Mestrado em Ciências Contábeis Centro Universitário Álvares Penteado Processo Seletivo 1º Semestre de 2016 Programa de Mestrado em Ciências Contábeis A FECAP Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado de maneira especial foca suas atividades no Programa de Mestrado em

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETO E ACOMPANHAMENTO DE EMPRESAS Contatos Vladimir de Souza Alves (Assessor Jurídico) Sheila Ribeiro Marques (Comitê

Leia mais

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE Conselho Universitário - CONSUNI

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE Conselho Universitário - CONSUNI REGULAMENTO DA CLÍNICA ESCOLA E SERVIÇOS DE PSICOLOGIA - CESP Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 11/15 de 08/04/15. CAPÍTULO I DO OBJETIVO DO REGULAMENTO Art. 1º A Clínica Escola de Psicologia é o ambiente

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

Relatórios. Financeiro... 3. Detalhes financeiros da classe... 3. Detalhes financeiros do plano... 4. Detalhes financeiros dos alunos...

Relatórios. Financeiro... 3. Detalhes financeiros da classe... 3. Detalhes financeiros do plano... 4. Detalhes financeiros dos alunos... Relatórios Financeiro... 3 Detalhes financeiros da classe... 3 Detalhes financeiros do plano... 4 Detalhes financeiros dos alunos... 5 Vencimento diferenciado... 6 Não emitir boleto... 7 Diferenças entre

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROLOGIA CLÍNICA E INTENSIVA Unidade

Leia mais

Desafios da maturidade

Desafios da maturidade Desafios da maturidade PATRÍCIA ESTER Ação de extensão da UFMG enfrenta contratempos após trajetória de mais de duas décadas Foto: patientsafetyauthority.org Q uando a velhice chega, poucos sabem para

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico A decisão pela realização do Planejamento Estratégico no HC surgiu da Administração, que entendeu como urgente formalizar o planejamento institucional. Coordenado pela Superintendência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR II REALIZADO NA UNIDADE BÁSICA DE SÁUDE VILA GAÚCHA PRISCILA DOS SANTOS LEDUR Porto Alegre 2011 PRISCILA DOS

Leia mais

ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL

ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL Desde a publicação da lei nº 12.317, de 27 de agosto de 2010, que estabeleceu a jornada de trabalho

Leia mais