Mensagens de SYSLOG. Linha DmSwitch. Descrição simplificada das mensagens disponíveis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mensagens de SYSLOG. Linha DmSwitch. Descrição simplificada das mensagens disponíveis"

Transcrição

1 Mensagens de SYSLOG Linha DmSwitch Descrição simplificada das mensagens disponíveis Informações adicionais podem ser obtidas através do setor de Suporte DATACOM ou telefone ). Versão /02/ Documento Público

2 Nesta listagem estão documentados os LOGs possíveis até a versão para a linha Dm3000 que podem ser enviados para o servidores de SYSLOG configurados nos switches da Datacom. Números entre < > indicam a criticidade das mensagens enviadas, sendo aquelas de número maior as de menor importância, conforme apresentado na tabela abaixo. Os 3 pontos (...) indicam preenchimento variável nestas lacunas com, por exemplo, número de unidade de stacking, número da interface, usuário, endereço IP, percentual, quantidade de dados, endereços MAC, comandos, etc... 0 Emergency O sistema está inutilizável. 1 Alert Uma ação deve ser tomada imediatamente. 2 Critical Condições críticas. 3 Error Condições de erro. 4 Warning Condições de alerta. 5 Notice Condição normal, mas significante. 6 Informational Mensagens informativas. 7 Debug Mensagens de depuração. Por padrão, o modo de logging está ativado e mas pode ser desativado sem necessitar remover configurações dos servidores remotos ou dos parâmetros locais. DmSwitch3000(config)#no logging on Para reativar o envio de mensagens para os servidores de Syslog, ou registros locais, deve se negar o comando acima que retorna a configuração para a configuração default de logs. DmSwitch3000(config)#logging on Para configurar o envio de mensagens para um determinado servidor, necessita se apenas o cadastro do IP dos 5 servidores possíveis. DmSwitch3000(config)#logging host DmSwitch3000(config)#logging host Documento Público

3 <1> "Unit...: Fan... not working. Esta mensagem indica a ocorrência de uma falha em alguma FAN. <1> "Unit...: Fan... started working." Esta mensagem indica a correta inicialização de cada FAN. <1> "Unit...: Power source... ok" Esta mensagem indica detecção de energia suficiente em cada fonte de alimentação. <1> "Unit...: Power source... fail" Esta mensagem indica qualquer falha na alimentação de qualquer fonte. <1> "Unit...: Power source... removed" Esta mensagem indica a remoção física de alguma fonte removível de algum equipamento. <6> "Unit...: SFP present on port..." Esta mensagem indica a detecção de um transceiver SFP na porta em qualquer interface. <6> "Unit...: SFP not present on port...", Esta mensagem indica a remoção de um transceiver SFP em qualquer interface. <3> "Unit...: Error initialing transceiver on port..." Esta mensagem indica algum erro físico na inicialização de qualquer SFP. <3> "Unit...: Error... PHY configuration on port..." Esta mensagem indica qualquer erro ao tentar configurar qualquer SFP. <1> "Unit...: External alarm input... turned..." Esta mensagem indica que algum alarme externo foi ativado ou desativado em alguma das entradas de eventos externos. <1> "Unit...: Alarm..." Esta mensagem indica a ativação ou desativação de alguma ação externa executada a partir do equipamento. <2> "CPU Memory >... kb (Increasing)" Esta mensagem indica que a quantidade de memória livre está acima de algum valor pré definido. (8 / 11 / 14 MB) <2> "CPU Memory <... kb (Decreasing)" Esta mensagem indica que a quantidade de memória livre está abaixo de algum valor pré definido (8 / 11 / 14 MB). <2> "CPU usage >...% (...)" Esta mensagem indica que a utilização de CPU foi maior do que certo valor considerado crítico nos últimos 5 seg. <2> "CPU usage <...%" Esta mensagem indica que a utilização de CPU voltou a um valor considerado normal nos últimos 5 seg. <5> "802.1x disabled, all ports are open." Esta mensagem indica que a autenticação de usuários 3 Documento Público

4 via IEEE 802.1X foi desabilitada globalmente e que todas as interfaces estão desbloqueadas. <5> "802.1x enabled." Esta mensagem indica que a autenticação de usuários via IEEE 802.1X foi habilitada globalmente. <5> "802.1x port.../... opened by..." Esta mensagem indica que determinada interface foi desbloqueada por determinado host com endereço MAC indicado. <4> "802.1x RADIUS server timeout while authenticating port.../..." Esta mensagem indica que o switch não obteve resposta do servidor Radius durante a tentativa de validação do host. <4> "802.1x RADIUS server denied access port.../..." Esta mensagem indica que o servidor desconhece a senha do host e assim bloqueia a interface. <5> "802.1x port.../... closed." Esta mensagem indica que o usuário digitou uma senha incorreta ao tentar re autenticar a permissão de determinada interface. <5> "Equipment... started, configuration applied." Esta mensagem indica que o equipamento foi iniciado e a configuração de startup foi aplicada corretamente. <3> "Running firmware is not the one that was configured." Esta mensagem indica que o firmware ativo não é o firmware configurado como sendo o startup. <5> "MAC address limit reached on port channel... (...)" Esta mensagem indica que o limite de endereços MAC pré definido via port security foi atingido no port channel. <5> "MAC address limit reached on ethernet.../... (...)" Esta mensagem indica que o limite de endereços MAC pré definido via port security foi atingido na interface. <5> "MAC address limit reached on port channel... VLAN... (...)" Esta mensagem indica que o limite de endereços MAC pré definido via port security para cada interface pertencente a uma determinada VLAN foi atingido no port channel. <5> "MAC address limit reached on ethernet.../... VLAN... (...)"Esta mensagem indica que o limite de endereços MAC pré definido via port security para cada interface pertencente a uma determinada VLAN foi atingido na interface. <5> "Security violation on port channel...: address..." Esta mensagem indica que determinado host com MAC informado foi um novo excedente do limite de endereços MAC pré definidos via port security para um interface port channel. <5> "Security violation on ethernet.../...: address..." Esta mensagem indica que determinado host com MAC informado foi um novo excedente do limite de endereços MAC pré definidos via port security para um interface ethernet. <5> "Shutting down port channel... due to security violation" Esta mensagem indica que o limite de endereços MAC pré definidos via port security para uma interface port channel foi atingido e que o modo shutdown foi configurado para esta situação, desativando a interface. 4 Documento Público

5 <5> "Shutting down ethernet.../... due to security violation" Esta mensagem indica que o limite de endereços MAC pré definidos via port security para uma interface ethernet foi atingido e que o modo shutdown foi configurado para esta situação, desativando a interface. <4> "Duplicated IP on network: VLAN..., IP..., MAC address..." Esta mensagem indica que algum endereço IP foi detectado com 2 MACs diferentes na mesma VLAN. <5> "Interface port channel... changed state to..." Esta mensagem indica que a interface portchannel alterou seu estado para DOWN ou UP. <5> "Interface ethernet.../... changed state to..." Esta mensagem indica que a interface ethernet alterou seu estado para DOWN ou UP. <1> "... CRC... occurred in interface ethernet.../..." Esta mensagem indica que um erro de CRC foi detectado numa interface Ethernet. <1> "BPDU received on edge port channel..., shutting down" Esta mensagem indica que uma BPDU foi recebida indevidamente numa interface port channel configurada como edge port, e assim esta foi desativada. <1> "BPDU received on edge port.../..., shutting down" Esta mensagem indica que uma BPDU foi recebida indevidamente numa interface ethernet configurada como edge port, e assim esta foi desativada. <5> "Session closed from..." Esta mensagem indica que uma sessão CLI foi encerrada. <5> "Session opened from..., user..." Esta mensagem informa que determinado usuário se logou no CLI a partir de determinado endereço IP. <5> "Batch... started execution."esta mensagem indica que um script de comandos agendado (batch) iniciou sua execução. <5> "Batch... finished execution." Esta mensagem indica que um script de comandos agendado (batch) finalizou sua execução. <5> "Timeout: closing session from..., user..., Process ID..." Esta mensagem indica a sessão que foi encerrada por inatividade. <3> "Execute error \" \" in batch... command: \"...\"" Esta mensagem indica que um erro ao tentar executar algum comando considerado inválido no momento de execução do script. <4> "Firmware upgraded through web interface..." Esta mensagem indica que ocorreu um upgrade de firmware comandado pela gerência WEB. <5> "Software application restarted itself." Esta mensagem indica que o software reinicializouse para contornar uma falha devido a algum problema grave detectado. 5 Documento Público

6 <2> "Software application unexpectly restarted (signal...)." Esta mensagem indica o motivo da reinicialização forçada do processo principal. <2> "Software application unexpectly restarted." Esta mensagem indica não ser possível detectar o motivo da reinicialização do processo principal. <4> "Unit...: Firmware updated by..., file..." Esta mensagem indica o responsável pelo upgrade de firmware e também o nome da imagem enviada. <4> "Unit...: Bootloader updated by..., file..." Esta mensagem indica o responsável pelo upgrade de bootloader e também o nome da imagem enviada. <6> "System rebooted with ports..." Esta mensagem indica que o equipamento foi reinicializado informando a opção selecionada das interfaces (UP/DOWN). <4> "Authentication failed for user..." Esta mensagem indica a falha na autenticação de algum usuário para gerência do equipamento. <5> "User... authenticated by..." Esta mensagem indica o sucesso na autenticação de determinado usuário e a forma do login (via servidor TACACS / RADIUS ou base LOCAL). <5> "Configuration saved in flash... by user..." Esta mensagem indica o responsável por salvar determinada configuração na flash do equipamento. <5> "Configuration saved in flash..." Esta mensagem indica que a configuração foi salva na flash de forma automática. <4> "Loopback detected on port.../..., blocking" Esta mensagem indica que foi detectado um loopback numa interface e assim esta foi bloqueada. <4> "Loopback no more detected on port.../..., unblocking" Esta mensagem indica a não observação de um loopback numa interface, podendo desbloqueá la. <4> "Unidirectional link detected or link down on port.../..., blocking" Esta mensagem indica que o OAM recebeu uma mensagem do seu par remoto informando que este perdeu a comunicação (RX) entre eles, sendo neste considerado crítico. <4> "Unidirectional link recovered or link up on port.../..., unblocking" Esta mensagem indica que a comunicação com seu par remoto foi re estabelecida, recebendo novamente mensagens de OAM (RX). <4> "OAM: critical event detected on port..., blocking" Esta mensagem indica que foi detectada a perda de comunicação com seu par remoto, não recebendo mais mensagens de OAM (RX). <4> "OAM: critical event recovered on port..., unblocking" Esta mensagem indica que foi reestabelecida a comunicação com seu par remoto, novamente recebendo mensagens de OAM (RX). 6 Documento Público

7 <4> "Link Flap detected on port.../..., blocking" Esta mensagem indica que determinada interface oscilou e foi bloqueada por atingir o limite aceitável configurado. <4> "Link Flap no more detected on port.../..., unblocking" Esta mensagem indica que determinada interface não mais oscilou e foi desbloqueada por atingir o tempo estável configurado. <5> "Error in encoding while parsing XML config (...), tag..." Esta mensagem indica um erro na interpretação do XML recebido da gerência feita via DmView. <5> "RMON event... was fired." Esta mensagem mostra o LOG do evento programado para determinada rotina de RMON. <3> "Error erasing flash" Esta mensagem indica algum erro na tentativa de limpar a memória flash. <3> "Error writing log to flash." Esta mensagem indica algum erro na tentativa de escrever na memória flash. <3> "Error in flash device." Esta mensagem indica um erro físico detectado na memória flash. <3> "Error reading log from flash device." Esta mensagem indica algum erro na tentativa de ler algum LOG guardado na memória não volátil. <3> "Error opening flash device." Esta mensagem indica algum erro na tentativa de identificar e inicializar a memória flash. <4> "Connection attempt from unauthorized address... to... refused." Esta mensagem indica o endereço IP de origem e a forma de acesso para um serviço não autorizado para determinada rede ou endereço host com destino à gerência do equipamento. <4> "Connection attempt from address... to... refused due to maximum number of connections reached." Esta mensagem indica o bloqueio de nova conexão à gerência devido a ser atingido o limite máximo de conexões simultâneas. <3> "Could not send to..., from..., using server..." Esta mensagem indica algum erro ao tentar enviar e mails automáticos configurados pelo sendmail usando determinado servidor. <5> "Current time updated by sntp." Esta mensagem indica que o clock do equipamento foi sincronizado com o servidor de relógio remoto (NTP). <5> "Interface VLAN... changed operation status to up" Esta mensagem indica que determinada VLAN retornou ao status ativo após voltar do estado desligado. <5> "Interface VLAN... changed operation status to down" Esta mensagem indica que determinada VLAN foi para o estado desligado, impedindo qualquer comunicação de interfaces presentes nesta. 7 Documento Público

8 <4> "Running firmware version:... (...)" Esta mensagem indica o firmware colocado em execução após a inicialização do equipamento. <4> "Startup configuration is: flash config..." Esta mensagem indica a posição da flash que contém a configuração aplicada para execução. <4> "Startup configuration is: default config" Esta mensagem indica que não havia nenhuma configuração selecionada e que a configuração default foi aplicada. <3> "Unit...: Ready (model..., ID...)" Esta mensagem indica a unidade que tornou se ativa na pilha de switches ou unidades no modo chassis. <3> "Unit...: Removed (model..., ID...)" Esta mensagem indica a remoção de determinada unidade da pilha. <4> "VRRP ID... on VLAN... (prio:...) :... became master router." Esta mensagem indica as informações que fizeram com que o equipamento se tornasse master na redundância de router via VRRP. <4> "VRRP ID... on VLAN... (prio:...) :... became backup router." Esta mensagem indica as informações que fizeram com que o equipamento se tornasse backup na redundância de router via VRRP. <4> "EAPS domain... changed to state FAILED." Esta mensagem indica que determinado domínio foi para o modo falho, onde o master desbloqueia as 2 interfaces do domínio. <6> "EAPS domain... changed to state COMPLETE." Esta mensagem indica que determinado domínio foi para o modo completo, onde o master bloqueia uma das 2 interfaces do domínio. <4> "EAPS domain...: Got HEALTH CHECK packet" Esta mensagem indica o recebimento de um pacote de controle do EAPS que chegou após o tempo normal esperado. <4> "EAPS domain...: LINK DOWN packet received on..." Esta mensagem indica que algum elemento do anel EAPS detectou falha num link e avisou o master para possibilitar convergência rápida. <4> "EAPS domain...: Possible control packet loss (FailCount=...)" Esta mensagem indica que o master do EAPS não recebeu o próximo pacote de controle na sequência correta. <4> "EAPS domain...: Possible HEALTH CHECK packet loss" Esta mensagem indica que um elemento transit do anel EAPS não recebeu o pacote de controle da sequencia no período esperado. <5> "Default configuration applied by user..." Esta mensagem indica que a configuração default foi copiada para a configuração em execução na RAM. <5> "Profile configuration (...) applied by user..." Esta mensagem indica quem copiou uma configuração pré definida em profile para a configuração em execução. 8 Documento Público

9 <5> "Startup configuration (Flash...) applied by user..." Esta mensagem indica a posição da flash onde se encontra a configuração selecionada como startup e copiada para a configuração em memória RAM. <5> "Flash... configuration applied by user..." Esta mensagem indica a posição da configuração na memória flash que foi copiada para a configuração em execução. <5> "Configuration file (...) from... applied by user..." Esta mensagem indica o nome e a origem da configuração copiada via TFTP por determinado usuário. <5> "Running configuration exported to file... at... by user..." Esta mensagem informa que a configuração em execução foi salva em um servidor de TFTP com determinado nome e pelo usuário indicado. <5> "Flash... exported to file... at... by user..." Esta mensagem indica a configuração de determinada posição da flash foi salva em um servidor de TFTP com determinado nome e pelo usuário indicado. <5> "Running configuration saved to flash... by user..." Esta mensagem indica que a configuração em execução foi salva em determinada posição da flash pelo usuário informado. <5> "Profile configuration (...) saved to flash... by user..." Esta mensagem informa que determinado usuário salvou uma configuração pré definida em certa posição da flash. <5> "Flash... saved to flash... by user..." Esta mensagem indica que determinado usuário copiou uma configuração da flash diretamente para outra posição desta memória. <5> "Configuration file (...) from... saved to flash... by user..." Esta mensagem indica que certo usuário copiou uma configuração binária de um servidor remoto para alguma posição da flash. 9 Documento Público

Application Notes: SNMP. Configuração do protocolo SNMP

Application Notes: SNMP. Configuração do protocolo SNMP Application Notes: SNMP Configuração do protocolo SNMP Application Notes: SNMP Configuração do protocolo SNMP. Data 10/05/2010, Revisão 1.1 Introdução Desenvolvimento Configurando o Protocolo SNMP Traps

Leia mais

Application Notes: OAM - EFM. Ethernet in the First Mile

Application Notes: OAM - EFM. Ethernet in the First Mile Application tes: OAM - EFM Ethernet in the First Mile Application tes: OAM - EFM Ethernet in the First Mile. Data 28/04/2010, Revisão 1.17 Parecer Introdução Desenvolvimento Habilitando o OAM Visualização

Leia mais

Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal

Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway

Leia mais

Application Notes: DmSwitch AAA. Uso do TACACS

Application Notes: DmSwitch AAA. Uso do TACACS Application Notes: DmSwitch AAA Uso do TACACS Application Notes: DmSwitch AAA Uso do TACACS. Data 11/06/2010, Revisão 1.0 1. Introdução 2. Instalação do tacplus 2.1. Instalação do tacplus 2.1.1. Atualizar

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch)

Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch) Unisul Sistemas de Informação Redes de Computadores Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch) Roteamento e Switching Academia Local Cisco UNISUL Instrutora Ana Lúcia Rodrigues Wiggers

Leia mais

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Este documento explica como instalar ou atualizar o software do sistema no Fiery Network Controller para DocuColor 240/250. NOTA: O termo Fiery

Leia mais

adquiriu eventos para um período de tempo especificado. Mostra todos os erros para um período de tempo especificado.

adquiriu eventos para um período de tempo especificado. Mostra todos os erros para um período de tempo especificado. Relatórios Descrição Resumida Firewall Alerts Mostra alertas do dispositivos solicitado para um período Firewall Configuration Activity Mostra todas as alterações de configurações reportadas para um período

Leia mais

Cisco ASA Firewall Guia Prático

Cisco ASA Firewall Guia Prático Cisco ASA Firewall Guia Prático 2014 v1.0 Renato Pesca 1 Sumário 2 Topologia... 3 3 Preparação do Appliance... 3 3.1 Configurações de Rede... 7 3.2 Configurações de Rotas... 8 3.3 Root Básico... 9 3.4

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DE REDE

MANUAL DO USUÁRIO DE REDE MANUAL DO USUÁRIO DE REDE Armazenar registro de impressão na rede Versão 0 BRA-POR Definições de observações Utilizamos o seguinte ícone neste Manual do Usuário: Observações indicam como você deve reagir

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

Compatibilidade de Firmwares do DM810 Versões de Firmware e Funcionalidades. Características das Versões de Firmwares

Compatibilidade de Firmwares do DM810 Versões de Firmware e Funcionalidades. Características das Versões de Firmwares Compatibilidade de s do Versões de e Funcionalidades Características das Versões de s Versão Release Arquivo 09/02/2015 0434-16.im 4.2 06/10/2014 0434-15.im 10/05/2013 0434-13.im 23/10/2012 0434-12.im

Leia mais

Manual do Monitor Telecentro. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual do Monitor Telecentro. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual do Monitor Telecentro Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 0.1 Como acessar a interface de Gerenciamento?........................ 2 0.2 Ativação............................................

Leia mais

Lista de Erros Discador Dial-Up

Lista de Erros Discador Dial-Up Lista de Erros Discador Dial-Up Erro Código Descrição Ok 1 Usuário autenticado com sucesso e conexão encerrada pelo usuário OK 11 Usuário autenticado com sucesso e discador terminado pelo usuário OK 21

Leia mais

WiNGS Wireless Gateway WiNGS Telecom. Manual. Índice

WiNGS Wireless Gateway WiNGS Telecom. Manual. Índice Wireless Network Global Solutions WiNGS Wireless Gateway Manual Índice Pagina Características Técnicas 3 Descrição do Aparelho 4 Quick Start 5 Utilizando a interface de administração WEB 7 Login 7 Usuários

Leia mais

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento Capítulo 3 - Configurando um Roteador 1 Objetivos do Capítulo Dar nome a um roteador; Definir senhas; Examinar comandos show; Configurar uma interface

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Como utilizar a central de gerenciamento VPN.

Como utilizar a central de gerenciamento VPN. Como utilizar a central de gerenciamento VPN. Construir conexões VPN entre vários roteadores pode ser uma tarefa demorada. Em cada um dos roteadores há diversos parâmetros que precisam ser sincronizados,

Leia mais

Application Notes: VRRP. Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch

Application Notes: VRRP. Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch Application Notes: VRRP Aplicabilidade do Virtual Router Redundancy Protocol no DmSwitch Parecer Introdução Desenvolvimento inicial Setup básico Setup com roteamento dinâmico Explorando possibilidades

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.51)

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.51) Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1 (Firmware 1.51) Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br PRECAUÇÕES 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize

Leia mais

Procedimentos para configuração de Filters

Procedimentos para configuração de Filters 1 Procedimentos para configuração de Filters 1- Para realizar o procedimento de configuração de Filters, acesse agora a página de configuração do Roteador. Abra o Internet Explorer e digite na barra de

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 - MANUAL

Leia mais

Troubleshooting Versão 1.0

Troubleshooting Versão 1.0 Troubleshooting Versão 1.0 As informações contidas neste documento estão sujeitas a alteração sem notificação prévia. Os dados utilizados nos exemplos contidos neste manual são fictícios. Nenhuma parte

Leia mais

Switch>: User mode Limitado a comandos básicos de monitoramento.

Switch>: User mode Limitado a comandos básicos de monitoramento. Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Laboratório de Redes I Professor Eduardo Maroñas Monks Resumo de Comandos Cisco IOS (Switch 2960) versão 1b Modos

Leia mais

ConneXium TCSESM, TCSESM-E Managed Switch

ConneXium TCSESM, TCSESM-E Managed Switch ConneXium TCSESM, TCSESM-E Managed Switch Exemplo de configuração de VLAN s com portas compartilhadas e bloqueio das portas por endereçamento IP utilizando as ferramentas Ethernet Switch Configurator e

Leia mais

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Equipamento compacto e de alto poder de processamento, ideal para ser utilizado em provedores de Internet ou pequenas empresas no gerenciamento de redes e/ou no balanceamento

Leia mais

ETI/Domo. Português. www.bpt.it. ETI-Domo Config 24810180 PT 29-07-14

ETI/Domo. Português. www.bpt.it. ETI-Domo Config 24810180 PT 29-07-14 ETI/Domo 24810180 www.bpt.it PT Português ETI-Domo Config 24810180 PT 29-07-14 Configuração do PC Antes de realizar a configuração de todo o sistema, é necessário configurar o PC para que esteja pronto

Leia mais

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento. Capítulo 5 - Gerenciamento do Software Cisco IOS

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento. Capítulo 5 - Gerenciamento do Software Cisco IOS CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento Capítulo 5 - Gerenciamento do Software Cisco IOS 1 Objetivos do Capítulo Descrever a seqüência e a importância da inicialização do IOS nos roteadores

Leia mais

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO O controlador CDE4000 é um equipamento para controle de demanda e fator de potência. Este controle é feito em sincronismo com a medição da concessionária, através dos dados

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

FiberHome: 10.100.40.2

FiberHome: 10.100.40.2 FiberHome: 10.100.40.2 Verificar se o tipo de rede é GPON ou EPON, pois na OLT, cujas placas a nomenclatura que tem a letra inicial E é do tipo EPON e com a inicial G é do tipo GPON. AUTORIZAR INTERNET/CLIENTE

Leia mais

Guia do Aplicativo Bomgar B200 Índice

Guia do Aplicativo Bomgar B200 Índice Guia do Aplicativo Bomgar B200 Índice Introdução 2 Configuração do Bomgar Box 2 Fundamentos 2 Armazenamento 3 Minha conta 3 Configuração do IP 4 Rotas estáticas 5 Administração de aplicativo 5 Configuração

Leia mais

Iniciando a configuração do BOT

Iniciando a configuração do BOT Iniciando a configuração do BOT Traduzido por: Antonio Edivaldo de O. Gaspar, edivaldo.gaspar(at)gmail(dot)com Texto original: http://www.blockouttraffic.de/gettingstarted.php Revisado em: 25/07/06 09:00

Leia mais

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x Laboratório de RCO2 10 o experimento Objetivos: i) Configurar o controle de acesso IEEE 802.1x em uma LAN ii) Usar VLANs dinâmicas baseadas em usuário Introdução A norma IEEE 802.1x define o controle de

Leia mais

EAI Manual do Administrador

EAI Manual do Administrador EAI Manual do Administrador 1 Definição de Host Application O que é um Host Application? Significa Aplicativo Hospedeiro, é o nome dado ao ambiente EAI que estará executando no seu computador ou em um

Leia mais

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Regras de exclusão são grupos de condições que o Kaspersky Endpoint Security utiliza para omitir um objeto durante uma varredura (scan)

Leia mais

Como utilizar o ScadaBR para monitorar os sensores da linha Comet.

Como utilizar o ScadaBR para monitorar os sensores da linha Comet. Como utilizar o ScadaBR para monitorar os sensores da linha Comet. Para acessar os dados dos monitores de temperatura da linha Comet utilizando a solução open source ScadaBR, basta seguir a rotina abaixo.

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 Conteúdo 1. LogWeb... 3 2. Instalação... 4 3. Início... 6 3.1 Painel Geral... 6 3.2 Salvar e Restaurar... 7 3.3 Manuais... 8 3.4 Sobre... 8 4. Monitoração... 9 4.1 Painel Sinóptico...

Leia mais

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP):

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Abaixo segue informações com os passos a serem tomados, bem como os campos a serem preenchidos na interface web

Leia mais

Origin manual. 1.1 Cadastrando usuário : Get manager License ID. Quem deve se cadastrar: Como se cadastrar. origin manual. 1 de 14

Origin manual. 1.1 Cadastrando usuário : Get manager License ID. Quem deve se cadastrar: Como se cadastrar. origin manual. 1 de 14 1 de 14 Origin manual 1.Registro do Usuário - Get user I.D. 2. Single license Install 3. Concurrent Network install 1.1 Cadastrando usuário : Get manager License ID. Quem deve se cadastrar: Uma única instalação

Leia mais

Mensagens De Erro. Versão: 1.0

Mensagens De Erro. Versão: 1.0 Mensagens De Erro Versão: 1.0 Tabela de Mensagens - EAGarçom MENSAGENS Possíveis Causas Possíveis Soluções Não foi possível atualizar. Dispositivo não conectado." - Erro no banco de dados do servidor;

Leia mais

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Para usuários de conexão banda larga do tipo PPPoE (autenticação por usuário e senha) Capítulo 1 Conectando-se à Internet Alguns provedores

Leia mais

Configurações básicas de telefones INOC-DBA

Configurações básicas de telefones INOC-DBA Configurações básicas de telefones INOC-DBA O projeto INOC opera atualmente com dois modelos de telefone, CISCO 7940 e CISCO 7942. Confira algumas opções importantes de configuração dos dois modelos a

Leia mais

Ajuda das opções Fiery 1.3 (cliente)

Ajuda das opções Fiery 1.3 (cliente) 2015 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 29 de janeiro de 2015 Conteúdo 3 Conteúdo...5 Ativar uma opção Fiery...6

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy Prof.: Roberto Franciscatto Introdução FIREWALL Introdução Firewall Tem o objetivo de proteger um computador ou uma rede de computadores,

Leia mais

Como utilizar a Função de Alta Disponibilidade (High Availability - HA).

Como utilizar a Função de Alta Disponibilidade (High Availability - HA). Como utilizar a Função de Alta Disponibilidade (High Availability - HA). Alta Disponibilidade (HA) é a função que garante a continuidade de negócios da sua empresa. A equipe de TI pode usar o HA como uma

Leia mais

VTP VLAN TRUNKING PROTOCOL

VTP VLAN TRUNKING PROTOCOL VTP VLAN TRUNKING PROTOCOL VLAN Trunking Protocol O VLAN Trunking Protocol (VTP) foi criado pela Cisco (proprietário) para resolver problemas operacionais em uma rede comutada com VLANs. Só deve ser utilizado

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO

PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO A primeira coisa a ser verificada é a navegação dos servidores e isso será possível com o Programa PuTTY. Selecione o servidor que está na caixa Load,

Leia mais

Instruções de operação Guia de segurança

Instruções de operação Guia de segurança Instruções de operação Guia de segurança Para um uso seguro e correto, certifique-se de ler as Informações de segurança em 'Leia isto primeiro' antes de usar o equipamento. CONTEÚDO 1. Instruções iniciais

Leia mais

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML...

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML... 1 Sumário 1 Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 3 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

Alarmes e Erros CNC Proteo

Alarmes e Erros CNC Proteo Alarmes e Erros CNC 1 Códigos de Erro 1.1 Erro ( 0 ) : NO ERROR Texto: "Código de erro inválido" "Invalid Error Code" 1.2 Erro ( 1 ) : ERROR_BP_WAS_UNABLE_TO_OPEN_INPUT_FILE Texto: "Não foi possível abrir

Leia mais

Parte 2 Usando o CLI do Roteador

Parte 2 Usando o CLI do Roteador Parte 2 Usando o CLI do Roteador O acesso à CLI Comand Line Interface, é feita pelo usuário no roteador com um terminal ou remotamente. Quando acessamos um roteador, devemos efetuar login nele antes de

Leia mais

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT SUMÁRIO Prefácio... 1 A quem se destina... 1 Nomenclatura utilizada neste documento... 1 Tela de login... 2 Tela Inicial... 4 Gestão de Dispositivo Acompanhar

Leia mais

Overflow na tabela CAM

Overflow na tabela CAM Overflow na tabela CAM Grupo: Marcelo Cavalcante Paulo Martins Romulo Alves Samuel Fontes O transbordamento na tabela CAM (Overflow Tabela CAM), é um ataque direcionado em switchs na camada 2 do modelo

Leia mais

Manual. Haxorware 1.1 PT-BR. http://cmhack.leet.la. www.sbhacker.net. www.haxorware.com. Feito por IcE_WiNd

Manual. Haxorware 1.1 PT-BR. http://cmhack.leet.la. www.sbhacker.net. www.haxorware.com. Feito por IcE_WiNd Manual Haxorware 1.1 PT-BR Feito por IcE_WiNd www.sbhacker.net www.haxorware.com http://cmhack.leet.la Aqui nesse manual vou descrever as funções do firmware Haxorware 1.1, aqui foram usadas imagens do

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.61)

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.61) Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1 (Firmware 1.61) Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br PRECAUÇÕES 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize

Leia mais

Manual para configuração. Linksys/Sipura SPA-2102

Manual para configuração. Linksys/Sipura SPA-2102 Manual para configuração Linksys/Sipura SPA-2102 Indice Guia de Instalação Sipura - Modelo SPA-2102... 3 Conhecendo o SPA... 4 Conectando a SPA... 5 Instruções para conectar a SPA... 5 Usando o menu interativo

Leia mais

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4 Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência Versão 12.1.4 Sumário 1. Descrição... 3 2. Pré-requisitos... 4 3. Etapas da instalação/atualização... 8 1. Iniciando a aplicação de instalação/atualização...

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP)

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) teste 1 Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) Rafael Fernando Diorio www.diorio.com.br Tópicos - Atualizações e segurança do sistema - Gerenciamento do computador -

Leia mais

CONFIGURAÇÃO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7

CONFIGURAÇÃO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 CONFIGURAÇÃO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 Check list de configuração do windows 7 Check Ordem Descrição 1 Windows Embedded 7 com template "Application Compatibility " 2 Drivers 3 Memória virtual 4 Ajustar

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Capítulo 6: Firewall Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução Qual a função básica de um firewall? Page 2 Introdução Qual a função básica de um firewall? Bloquear

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE

MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE Guardar o registo de impressão na rede Versão 0 POR Definições de notas Ao longo do Manual do utilizador, é utilizado o seguinte ícone: Notas sobre como enfrentar situações

Leia mais

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x Laboratório de IER 8 o experimento Objetivos: i) Configurar o controle de acesso IEEE 802.1x em uma LAN ii) Usar VLANs dinâmicas baseadas em usuário Introdução A norma IEEE 802.1x define o controle de

Leia mais

Kaseya 2. Guia do usuário. Version R8. Português

Kaseya 2. Guia do usuário. Version R8. Português Kaseya 2 vpro Guia do usuário Version R8 Português Outubro 23, 2014 Agreement The purchase and use of all Software and Services is subject to the Agreement as defined in Kaseya s Click-Accept EULATOS as

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MySQL

Manual de Instalação e Configuração MySQL Manual de Instalação e Configuração MySQL Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: 1. Baixar os seguintes arquivos no através do link http://ip.sysfar.com.br/install/ mysql-essential-5.1.46-win32.msi mysql-gui-tools-5.0-r17-win32.msi

Leia mais

Escrito por Daniel Donda Qui, 06 de Novembro de 2008 18:21 - Última atualização Qui, 06 de Novembro de 2008 18:47

Escrito por Daniel Donda Qui, 06 de Novembro de 2008 18:21 - Última atualização Qui, 06 de Novembro de 2008 18:47 Conhecendo o Event Viewer Muito importante na manutenção e monitoramento de servidores o Event Viewer é uma ferramenta que gera logs de eventos tudo o que ocorre no servidor. Como o sistema nunca para

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos racks RIO1608-D & RIO3224-D. (Firmware 1.50)

Guia para atualização de Firmware dos racks RIO1608-D & RIO3224-D. (Firmware 1.50) Guia para atualização de Firmware dos racks RIO1608-D & RIO3224-D (Firmware 1.50) PRECAUÇÕES 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize o Firmware de uma unidade por vez.

Leia mais

PIX/ASA: Autenticação de Kerberos e de servidor de autorização LDAP grupos para usuários de cliente VPN através do exemplo de configuração ASDM/CLI

PIX/ASA: Autenticação de Kerberos e de servidor de autorização LDAP grupos para usuários de cliente VPN através do exemplo de configuração ASDM/CLI PIX/ASA: Autenticação de Kerberos e de servidor de autorização LDAP grupos para usuários de cliente VPN através do exemplo de configuração ASDM/CLI Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de conectividade de rede net_connect série 2.9 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

ManualdeInstalação. Win

ManualdeInstalação. Win ManualdeInstalação 10100101010 101010101010101010101 1100110101100101101010001011 + 55 (61) 3037-5111 suporte@thinnet.com.br www.thinnet.com.br Skype: thinnetworks Skype2: thinnetworks1 SAAN Quadra 2 Número

Leia mais

Compartilhamento de recursos de forma a racionar e otimizar o uso de equipamentos e softwares. Servidores e Workstations. Segurança é um desafio, por

Compartilhamento de recursos de forma a racionar e otimizar o uso de equipamentos e softwares. Servidores e Workstations. Segurança é um desafio, por $XWDUTXLD(GXFDFLRQDOGR9DOHGR6mR)UDQFLVFR± $(96) )DFXOGDGHGH&LrQFLDV6RFLDLVH$SOLFDGDVGH3HWUROLQD± )$&$3( &XUVRGH&LrQFLDVGD&RPSXWDomR $8',725,$'$7(&12/2*,$'$,1)250$d 2 &\QDUD&DUYDOKR F\QDUDFDUYDOKR#\DKRRFRPEU

Leia mais

PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 Obrigado por escolher o DVR USB ST-104 DIMY S. Por favor, certifique-se que a operação do produto esta de acordo com este manual para garantir a estabilidade do sistema

Leia mais

Manual Operacional SAT TS-1000

Manual Operacional SAT TS-1000 Manual Operacional SAT TS-1000 APRESENTAÇÃO O TS-1000 é o equipamento SAT da Tanca destinado a emissão de Cupons Fiscais Eletrônicos. Equipado com o que há de mais moderno em Tecnologia de Processamento

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

Manual do Usuário. Tag List. Tag List Generator. smar FIRST IN FIELDBUS JUL / 02. Tag-List VERSÃO 1.0 TAGLSTC3MP

Manual do Usuário. Tag List. Tag List Generator. smar FIRST IN FIELDBUS JUL / 02. Tag-List VERSÃO 1.0 TAGLSTC3MP Tag List Tag List Generator Manual do Usuário smar FIRST IN FIELDBUS JUL / 02 Tag-List VERSÃO 1.0 TAGLSTC3MP www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS GPRS STUDIO V3.03 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO 3i Soluções Ind. Com. de Equip. Eletrônicos e Serviços em Materiais Elétricos Ltda. Rua Marcilio Dias, 65 Lapa CEP 05077-120 São Paulo - SP Brasil

Leia mais

Guia de Instalação do Software Mesa Virtual 2.0 Impacta

Guia de Instalação do Software Mesa Virtual 2.0 Impacta Guia de Instalação do Software Mesa Virtual 2.0 Impacta Este documento descreve os passos necessários para a correta instalação e configuração inicial do software Mesa Virtual 2.0 funcionando com uma central

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Gonçalves, Adriel {adriel@digitel.com.br} - Porto Alegre, RS Brazil. Guia de Configuração TACACS+ no NR2G-3200.

Gonçalves, Adriel {adriel@digitel.com.br} - Porto Alegre, RS Brazil. Guia de Configuração TACACS+ no NR2G-3200. ! " # "$$% % % Folha de Rosto... 01 Índice... 02 I. Introdução... 03 II. O que é TACACS+... 03 III. Topologia... 03 IV. Configuração do Servidor... 04 01. Adicionando Grupo... 04 02. Adicionando Usuário...

Leia mais

1. DHCP a. Reserva de IP

1. DHCP a. Reserva de IP Configuração de recursos do roteador wireless Tenda 1. DHCP a. Reserva de IP Ao se conectar uma rede que possua servidor DHCP, o host recebe um IP dentro da faixa de distribuição. A cada conexão, o host

Leia mais

Guia de configuração dos parâmetros básicos para inicialização do Tesys T utilizando o Power Suíte v2.5 / v2.6

Guia de configuração dos parâmetros básicos para inicialização do Tesys T utilizando o Power Suíte v2.5 / v2.6 Guia de configuração dos parâmetros básicos para inicialização do Tesys T utilizando o Power Suíte v2.5 / v2.6 Objetivo: Apresentar de forma objetiva e simplificada os parâmetros básicos de configuração

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: NDDigital n-access Embedded for Lexmark FRM4x Versão do produto: 1..5 Autor: Glauber Dias Barbara Versão do documento: 1 Versão do template: Data: 1/06/013 Documento destinado

Leia mais

Application Notes: Monitoramento SNMP. Monitoramento SNMP com Cacti

Application Notes: Monitoramento SNMP. Monitoramento SNMP com Cacti Application Notes: Monitoramento SNMP Monitoramento SNMP com Cacti Application Notes: Monitoramento SNMP Monitoramento SNMP com Cacti. Data 30/04/2010, Revisão 1.1 Introdução Desenvolvimento Introdução

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

ITALC - Intelligent Teaching and Learning with Computers

ITALC - Intelligent Teaching and Learning with Computers ITALC - Intelligent Teaching and Learning with Computers Italc Ensino e aprendizado inteligente em computadores Antônio Ricardo Leocádio Gomes, Prof. Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH Manual

Leia mais

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR.

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. Neste senário temos um roteador de internet que vai ser nosso gateway do MK1,

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais