Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) I: Importância para o Setor de Telecom

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) I: Importância para o Setor de Telecom"

Transcrição

1 Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) I: Importância para o Setor de Telecom Este tutorial apresenta a parte I da contribuição ao processo de implantação de Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP) no setor de Telecom. Andréia Pereira Martins PMP (2001), Analista de Sistemas (PUC RJ 1994), Engenheira Eletrônica (CEFET RJ 1991) tendo atuado na área de desenvolvimento, suporte e implantação de sistemas desde 1992, no Banco Nacional e Marinha do Brasil. Desde 1998, vem atuando em gerenciamento de projetos de Tecnologia da Informação, ocupando posições em empresas tais como: Arthur Andersen e APPI Tecnologia. Atualmente, trabalha na VIVO, onde participou da implantação da cultura de Gerenciamento de Projetos e do Escritório de Projetos que realiza a gestão dos grandes projetos de consolidação de TI. Mestranda do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica, da Escola Politécnica da USP, onde desenvolve sua dissertação relacionada à Gestão de Projetos. Marcia Moreira Martins Pereira Engenheira Civil (EPUSP 2000), Especialista em Gestão de Projetos (FCAV 2003), tendo atuado com planejamento e controle em projetos de Telecom na Promon Tecnologia desde Atualmente trabalha na Fundação Aplicações de Tecnologias Críticas Atech e cursa o Programa de Mestrado em Gerenciamento de Projetos do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica da EPUSP. 1

2 Vergílio Antonio Martins Engenheiro de Eletrônica e Teleco, formado em 1983, FACENS-Sorocaba, tendo atuado nas áreas de Implantação e Gerenciamento de Projetos de Redes Ópticas, Sistemas Celulares e Sistemas de Automação e Controle. Mestre em engenharia pela Faculdade de Engenharia Naval - POLI-USP, com ênfase em Gerenciamento de Projetos. Especialista em Gestão de Projetos pela CEGP Fundação Carlos Alberto Vanzolini. MBA em Gestão Empresarial , pela EPGE-RJ da FGV. Doutorando, com ingresso em 2007, pela Faculdade de Engenharia Naval - POLI-USP. A partir de 1998 passou a se dedicar ao segmento de telecom, tendo sido Gerente de Operação e Manutenção da Pegasus Telecom e Gerente de Planejamento e Controle de Projetos da BMT-Bechtel Método Telecom. Atualmente atua como diretor da Teleco em serviços de operações de outsourcing estratégico. Atua também em sua empresa a Kuai Tema Engenharia, criada em 2001, que tem por finalidade a prestação de serviços de gerenciamento de projetos. Categoria: Operação e Gestão Nível: Introdutório Enfoque: Técnico Duração: 20 minutos Publicado em: 06/06/2005 2

3 EGP: O que é um EGP A realização de projetos tem sido uma marca nas atividades das equipes de trabalho das empresas. Os projetos, e não as tarefas repetitivas, são as bases para a superioridade nos negócios. (Tom Peters). Na busca pela efetividade dos resultados dos projetos, não é mais possível alcançar bons resultados sem o auxílio de técnicas apropriadas de gerenciamento dos projetos. Isto tem levado ao crescimento pelo interesse, por parte dos profissionais, equipes de trabalho e organizações, no conhecimento e implantação de modelos e técnicas modernas de gerenciamento de projetos. Um dos fatores que indicam o estágio de maturidade das organizações no tratamento de seus projetos, é a presença dos chamados Escritórios de Gerenciamento de Projetos EGP. Trata-se do conceito de estrutura funcional que suporta os gerentes e equipes de projetos na aplicação de métodos adequados de gerenciamento de projetos. A presença de escritórios de gerenciamento de projetos - EGP já é uma realidade em grande parte das empresas do setor de telecomunicações. Vemos EGPs nas empresas operadoras, nas prestadoras de serviços, nos fornecedores de equipamentos e sistemas de telecom. Para abordar esse assunto, dividimos o tema em dois tutoriais. Esta parte I apresenta os conceitos gerais e etapas de implantação do EGP. A parte II trata com mais detalhes dos processos de implantação dos EGP. Antes de apresentarmos a definição de EGP é importante recapitularmos o conceito de projetos e gerenciamento de projetos. Para isso, trazemos a reprodução de uma parte do tutorial, já publicado pelo Teleco: Gerenciamento de Projetos. Esses conceitos estão referenciados na vasta literatura disponível no mercado, sendo parte dela citada ao final do tutorial. O que é Projeto? A literatura define projeto como sendo um empreendimento temporário desenvolvido para criar um produto ou serviço único como resultado. Também, é um conjunto de atividades com um ponto de início, um ponto definido para encerramento, um escopo de trabalho e um orçamento claramente definido, tendo por finalidade alcançar um objetivo pré-determinado. Portanto, na sua definição clássica, um conjunto de trabalhos repetitivos não é considerado como sendo um projeto. Todavia, na vida prática de nossas organizações, um grande número de pessoas está gerenciando algo que podemos chamar de projetos, mas sem saber que poderiam obter melhores resultados, na medida em que compreendessem a natureza de gestão de um projeto. Para aqueles que trabalham no desenvolvimento de projetos de produtos e sistemas, cabe aqui uma pequena observação. Na língua inglesa há distinção entre os termos design e project. Para nós, em especial aqui no Brasil, usamos o termo projeto para os dois casos. Mas há uma diferença: design refere-se aos projetos técnicos de engenharia, arquitetura, as plantas de civil etc. Já o project, como alguns preferem traduzir, é o que se pode chamar de empreendimento. Aqui neste contexto, estamos tratando, portanto, do project. O que é Gerenciamento de Projeto? Harold Kerzner, famoso escritor americano em gerenciamento de projetos (project management), diz: Com a entrada no século 21, nossa percepção de gerenciamento de projetos vem mudando. Gerenciamento de projeto, uma vez considerada como algo interessante se ter, é agora reconhecido como uma necessidade para 3

4 a sobrevivência. Joseph M. Duran disse que um projeto é um problema escalonado no tempo para ser resolvido. Podemos entender que os projetos são conduzidos para resolverem os problemas, os desafios das organizações. Daí remete-se a questão de como melhor conduzir um projeto para o seu sucesso, ou seja, como se gerenciar um projeto. De acordo com o Project Management Institute PMI: Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades de um projeto, visando atender ou exceder as necessidades e expectativas dos envolvidos neste projeto. O gerenciamento de projetos é feito para se fazer melhor uso dos recursos da empresa, para um determinado empreendimento. O time de gestão do projeto traz consigo seu universo de conhecimentos de gestão aplicados ao gerenciamento de recursos (pessoas, processos e sistemas), contudo tendo como limitantes, ou elementos restritivos de um projeto, como diz a definição de gestão do PMI: Custo - representação financeira dos recursos alocados para o projeto Tempo período de tempo em que o projeto deve completar o seu ciclo de vida Escopo - magnitude ou tamanho do trabalho no projeto Performance - produtos resultantes do projeto que devem atender às expectativas do cliente Havendo recapitulados os conceitos de projeto (project) e de gerenciamento de projetos (project management), podemos agora apresentar o conceito de Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP). O que é Escritório de Gerenciamento de Projeto? Na medida em que as equipes de trabalho das empresas passam a adotar de forma mais sistemática as técnicas de gerenciamento de projetos, percebe-se uma tendência à normalização na condução dos projetos. O passo mais recomendado nessas situações é a criação do EGP. O termo Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) é tradução do inglês do termo Project Management Office (PMO). O PMBoK Guide (Project Management Body of Knowledge) do PMI define o PMO, ou então o EGP, como sendo o local da organização que serve aos gerentes de projetos nas funções de treinamento, uso de sistemas, procedimentos padrões de gestão de projetos; que lhe ajudem a alcançar os objetivos do projeto. Ou seja, o EGP teria como atribuições: Atuar como Ponto de Informações do projeto, seja para o controle interno da organização, ou para acompanhamento pelo cliente; Controlar os componentes restritivos do projeto (custo, prazo e qualidade); Garantir que todos os trabalhos estejam documentados e distribuídos para as pessoas chaves do projeto; Garantir que todos os trabalhos programados estejam autorizados e fundamentados em documentação contratual; Suportar os projetos no que diz respeito às atividades analíticas de planejamento e controle, propondo ações preventivas e/ou corretivas, de forma a conduzir o projeto ao cumprimento dos seus objetivos. O gerente do projeto é a pessoa que responde pelos resultados do projeto. No entanto, a depender das composições de forças políticas da organização, nem sempre isso é verdadeiro. As decisões nos projetos podem estar distribuídas dentro de uma hierarquia particular de cada organização. A figura 1 ilustra um 4

5 modelo conceitual que apresenta uma relação típica da função de apoio que o EGP exerce na gestão do projeto. Figura 1: Apresentação do modelo conceitual do EGP, como apoio ao Gerente do Projeto. Não se trata de um modelo de estrutura organizacional do EGP, mas sim, ressalta a separação das funções consideradas técnicas de um projeto: engenharia, suprimentos e construção, também conhecidas pelas siglas EPC (engineering, procurement e construction), das funções de gestão do projeto: escopo, prazo, custo e demais. A sigla EPC leva também ao entendimento do escopo global do projeto em questão. 5

6 EGP: Modelos de Organizações Assim como para as demais áreas ou funções da estrutura organizacional das empresas não há um só modelo padrão a ser adotado pelas organizações, o mesmo se aplica para o EGP. Cada organização deve criar seu modelo de EGP, que pode evidentemente considerar indicações daquilo que esteja sendo praticado por outras empresas. O modelo mais adequado é aquele que esteja alinhado com os aspectos culturais da organização, dos indivíduos e equipes de trabalho. O modelo do EGP é influenciado pelo modelo geral em que a empresa está organizada. O PMBoK, um guia de práticas, assim como em outras tantas literaturas de administração organizacional, classifica em três tipos básicos de estrutura organizacional: Organização Funcional estrutura onde cada pessoa tem um superior claramente definido. As equipes são organizadas por grupo de especialidade (marketing, engenharia, controladoria). A autoridade do gerente de projeto é pequena o quase nula, pois sua ações esbarram nos limites de comando das áreas funcionais. Organização Orientada a Projetos (projectized) estrutura onde as pessoas estão alocadas diretamente nos projetos. Cada projeto tem seus departamentos que se reportam ao gerente do projeto. Organização Matricial estrutura que é um mix das duas anteriores. Nesse modelo, as pessoas são alocadas nos projetos, onde lhes são ditas o que e quando fazer as atividades, mas pertencem a uma área funcional, que lhe definem como se fazem as atividades. Como todo modelo, eles tentam representar a realidade. Esses três modelos são os mais usuais, mas, na aplicação real das organizações o que se constata é uma gama de variedades em torno disso. Assim, a título ilustrativo, apresentamos a seguir dois modelos de posicionamento de EGP numa estrutura de gerenciamento de projetos. A figura 2 apresenta uma estrutura de gerenciamento de um programa de projetos de TI para uma operadora de telecom. Neste caso o EGP exerce o papel de apoio ao líder de projetos. Figura 2: Modelo com o EGP apoiando projetos de TI numa operadora de telecom. 6

7 A figura 3 apresenta um modelo de organização de equipe de gestão de um projeto, em que destaca a presença de recursos do time do EGP para realização de tarefas de planejamento de controle do projeto. Figura 3: Modelo com o EGP apoiando equipe de projetos de implantação de infra-estrutura de telecom. Gerente do Projeto função e cargo que representa e responde de forma geral pelos resultados do projeto; Engenharia função responsável pela definição das soluções técnicas do projeto, aquilo que se chama de projetos de engenharia. Por vezes, esta função pode ser dividida por sub-áreas de conhecimento (civil, IT, elétrica e teleco); Construção ou Implantação Função que tem por responsabilidade a coordenação da implantação física do projeto (trabalho de campo); Suprimentos Função que tem por responsabilidade a coordenação das contratações de serviços e compra de equipamentos e matérias, garantindo os fornecimentos ao tempo de cada etapa de implantação; Planejamento e Controle do Projeto Função que tem por responsabilidade o planejamento, programação e controle dos recursos alocados ao projeto, sejam eles de natureza físico ou financeira. 7

8 EGP: Etapas de Implantação Os projetos bem sucedidos são aqueles que contém desde o seu início um bom planejamento, nisso todos parecem concordar. Entretanto, a questão que muitas vezes leva o planejamento a ser abandonado ao longo do projeto, é a falta de disciplina e persistência em manter o planejamento como um processo de análise constante dos recursos alocados ao projeto, e não o que poderíamos chamar de camisa de força, que trava o andamento projeto. Mesmo com o crescimento do gerenciamento de projetos e com a comprovação dos benefícios associados à existência do Escritório de Gerenciamento de Projetos, implementá-lo é um desafio, principalmente por envolver pessoas e representar uma mudança cultural para a organização. Assim, uma vez que a implantação de um Escritório de Projeto procura ser um veículo de mudança organizacional, deve-se estabelecer as condições para que esta mudança ocorra de forma bem sucedida. Podemos entender a jornada de implantação em três etapas (Englund, 2003). Na primeira etapa, há um descongelamento da situação atual, ou seja, são criadas as condições para a mudança. A etapa seguinte consiste da mudança em si, ou seja, os agentes de mudança implementam a mudança. A terceira e última etapa é a do recongelamento da nova situação, onde é necessário estabelecer a motivação para que a situação pós-mudança seja a nova realidade. A primeira etapa pode ser entendida como uma etapa de planejamento e é crítica para o sucesso do projeto. Os passos propostos a serem percorridos pelos agentes da mudança nesta primeira etapa: 1. Descobrir os processos necessários à mudança organizacional; 2. Estabelecer, junto aos membros da organização, a importância da mudança e a razão pela qual deve ocorrer nesse momento. Isso pode ocorrer através da apresentação das taxas de insucesso em projetos ou através de benchmarking. Outra maneira de justificar esta mudança está em mostrar o valor adicionado à organização com a implantação. 3. Desenvolver coalizões com membros da empresa, bem como um patrocinador poderoso 4. Estabelecer a visão do futuro da organização e a estratégia do Escritório de Gerenciamento de Projetos para atingir essa visão. 5. Elaborar o plano de implantação e comunicá-lo à organização. Estratégia para Implantação do EGP Assim como qualquer ação de mudança de grande impacto, a implantação da cultura de gerenciamento de projetos deve ser fazer parte da estratégia da empresa e, preferencialmente, deve estar documentada no Planejamento Estratégico. É evidente que a implantação de um EGP deve fazer parte de uma estratégia maior de mudança de cultura, que deve ser suportada por ações que vão além do próprio EGP, ou seja, somente a implantação de um EGP não garante que os projetos passarão a ser bem sucedidos ou que a empresa passará a adotar a cultura de gerenciamento de projetos. Todas as iniciativas para implantação desta mudança, incluindo a implantação do EGP deve estar vinculada a um objetivo do plano estratégico. Sendo assim, podemos propor quatro grandes etapas para implantação de um EGP: 8

9 Etapa 1: Avaliação do grau de maturidade em gerenciamento de projetos da organização. Nesta etapa, cabe avaliar através de um método estruturado, em qual nível de maturidade a organização se encontra. Para isto, pode-se escolher algum modelo de maturidade já disponível, tais como: Kerzner, ESI, OPM3 dentre outros. O objetivo desta etapa é identificar o quanto preparada, a empresa está para receber um escritório de projeto, permitindo que sejam identificadas quais ações prévias devem ser executadas na etapa 2, além de começar a avaliação do modelo de EGP mais adequado para a organização em questão. Através desta avaliação é possível identificar os principais processos de negócio já existentes na empresa e como os processos de gerenciamento de projetos se integrarão com eles. Logo, o principal produto desta etapa é a Estratégia para Implantação do EGP, que fica explícita no detalhamento das Etapas 2 e 3. Etapa 2: Planejamento e Execução de ações prévias à implantação do EGP. Nesta etapa devem ser planejadas e executadas todas as ações que suportarão a implantação do EGP e que, juntamente com o EGP elevarão o nível de maturidade da organização. O escopo destas ações prévias vai depender o nível de maturidade identificado. Considerando um nível elementar, podem ser necessárias as seguintes ações: Formação em Gerenciamento de Projetos dos principais profissionais envolvidos com os processos do escritório, incluindo certificação como PMP Project Management Professional. Formação dos gestores funcionais, incluindo o nível executivo. Cabe ressaltar que, tão importante quanto à formação do gerente de projeto, é a formação dos principais stakeholders. Como forma de garantir o sucesso de um programa de formação, pode-se adotar a realização de coaching formal, ou seja a aplicação dos conceitos aprendidos em sala de aula, em projetos reais da empresa. Esta ação deve contar com profissionais especializados e dedicados e, embora signifiquem um incremento de investimento financeiro, costumam apresentar um bom retorno com relação à sedimentação dos conceitos aprendidos. Além disso, o coaching pode utilizar a metodologia de gerenciamento de projetos a ser implantada para apresentação dos conceitos. Desta forma, também funciona como quality control da etapa de implantação da metodologia, fornecendo feedback para melhoria da metodologia, antes da mesma ser implantada. Dependendo do nível de maturidade, a abrangência destas ações pode ser maior ou menor, envolvendo uma maior ou menor quantidade de colaboradores. De qualquer forma, vale lembrar que esta abrangência deve ser estendida às áreas da empresa que estão mais comumente envolvidas em projetos e não se limitar à área de Tecnologia da Informação e/ou Engenharia, por exemplo. Devido à importância das ações mencionadas, cada uma delas pode ser tratada como um projeto específico, assim como a própria implantação do EGP será. Principalmente, porque são ações de longa duração, normalmente com um investimento elevado, que precisam da formalidade de um projeto para terem sucesso. Etapa 3: Planejamento e Execução do Projeto para Implantação do EGP 9

10 Esta etapa trata das ações específicas para garantir o funcionamento do EGP após a etapa 4. Considerando que esta etapa é o principal foco deste tutorial, a mesma será apresentada de forma detalhada a seguir. Etapa 4: Implantação do EGP Esta etapa consiste na entrega do produto do projeto, ou seja, na entrega do EGP em funcionamento. Os processos, as responsabilidades e funções definidas na etapa 3 são postos em funcionamento e a transição do EGP para a operação é realizada, concluindo o projeto. 10

11 EGP: Desafios para Operação A tarefa de manter em operação o EGP deve ser uma ação contínua por parte de seus patrocinadores. Por se tratar de uma estrutura de apoio à gestão, é comum haverem retrocessos no empenho de manter os recursos necessários à operação do EGP. Pensando nisso, sugerimos a atenção aos seguintes fatores na operação do EGP: Expandir a cultura do EGP para as áreas externas à área na qual o EGP estiver implantado. Isto caracteriza a comprovação da mudança de cultura e ocorre quando as áreas começam a solicitar a presença de um EGP nos seus projetos. Tornar o EGP flexível e adaptável ao dinamismo da companhia, fazendo com que ele permaneça, apesar de eventuais mudanças. Mostrar resultado nos projetos. Não é o EGP que deve ter os resultados, mas sim os projetos. Somente através do sucesso dos projetos, o EGP se justifica. Garantir a transparência e confiança sobre o status dos projetos é outro resultado obtido. Ganhar a legimitidade da organização para cuidar dos projetos. Não cair no micro gerenciamento dos projetos, deixando de perseguir os objetivos da companhia. Garantir que a metodologia de gerenciamento de projetos seja simples e bem aderente aos processos da companhia, pois não pode ser encarada como mais uma atividade a ser cumprida, mas sim algo que não pode deixar de ser feito como forma a garantir o sucesso dos projetos. A implantação de um EGP não é simples, envolve pessoas e empresas com interesses próprios. Sendo assim, manter a constância de propósito, saber recuar e ter paciência são fatores fundamentais para o sucesso. 11

12 EGP: Considerações Finais Nesses anos pudemos participar de diversos projetos de implantação de telecom. Temos presenciado um crescimento no domínio e aplicação de técnicas modernas de gerenciamento de projetos, e na implantação de EGP. Acreditamos que essa área de conhecimento esteja em franco desenvolvimento no país, e muito em breve as nossas organizações poderão perceber, se não por opção, mas por necessidade de mercado que a aplicação de modelos de gestão por projeto é uma questão de sobrevivência mediante a necessidade de respostas às demandas no prazo, custo e qualidade exigida. Considerações a respeito de funções de Outsourcing Como se pode observar neste trabalho, o gerenciamento de projetos é uma função complexa e diversificada. Para atender satisfatoriamente todos os requisitos internamente nas empresas de telecom, são necessárias quantidades enormes de especialidades nas equipes de trabalho. Em muitas situações não se justificam a formação de especialistas dentro da organização, que só serão acionados ocasionalmente. O outsourcing permite uma organização expandir suas capacidades e recursos sem a necessidade de expansão de sua força de trabalho. Outsourcing significa portanto a aquisição de serviços pela contratação de fornecedores especializados. Os benefícios chaves para o outsourcing de funções de operação e manutenção incluem: Tempo focado no core business da operação e manutenção; Reengenharia dos processos de trabalho; Atualização de tecnologias; Compartilhamento de riscos. Para que haja sucesso no outsourcing, essa decisão deve estar claramente fundamentada em objetivos e metas da organização. Um dos primeiros impactos é o eventual conflito na relação da equipe de trabalho da operadora com as pessoas da empresa contratada. Importante também não confundir esta modalidade de contratação com formas desvirtuadas de terceirização, que tem por finalidade apenas redução de custos. No ciclo de implantação e operação do EGP, o outsourcing pode ser uma opção viável para composição da estrutura de recursos humanos e de sistemas. Na etapa de implantação, os serviços de consultoria são exemplos de utilização de competências externas para o auxílio da estruturação do EGP. Na fase de operação, a empresa pode utilizar recursos externos, tais como na contratação temporária (over-load) de especialistas em planejamento e controle de projetos, ou mesmo na contração de sistemas de apoio aos projetos. Referências Project Planning & Control 3th Edition - James P. Lewis Project Management 7 th Edition Harold Kerzner, Phd Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) 2000 Edition PMI 12

13 EGP: Teste seu Entendimento 1. Pelas definições clássicas de Gerenciamento de Projeto, qual das alternativas não está correta: Projeto é um empenho temporário, desenvolvido para criar um produto ou serviço único como resultado; Gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas, visando atender ou exceder as necessidades dos envolvidos no projeto; Escopo e performance de um projeto podem ser considerados, em alguns casos, como sendo a mesma coisa. 2. De acordo com o texto, qual das Etapas a seguir não fazem parte do Ciclo de Implantação do EGP: Avaliação do grau de maturidade em gerenciamento de projetos da organização; Planejamento e Execução de ações prévias à implantação do EGP; Especificação de projeto de implantação do EGP; Planejamento e Execução do Projeto para implantação do EGP; Implantação do EGP. 3. De acordo com o texto, qual das afirmativas está incorreta: Organização Funcional - estrutura onde as pessoas estão alocadas diretamente nos projetos. Cada "projeto" tem seus departamentos que se reportam ao gerente do projeto; Expandir a cultura do EGP para as áreas externas à área na qual o EGP estiver implantado. Isto caracteriza a comprovação da mudança de cultura e ocorre quando as áreas começam a solicitar a presença de um EGP nos seus projetos; Assim como qualquer ação de mudança de grande impacto, a implantação da cultura de gerenciamento de projetos deve ser fazer parte da estratégia da empresa e, preferencialmente, deve estar documentada no Planejamento Estratégico. 13

Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP) no setor de Telecom

Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP) no setor de Telecom Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP) no setor de Telecom Este tutorial apresenta a parte I da contribuição ao processo de implantação de Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP) no setor

Leia mais

Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) II: Importância para o Setor de Telecom

Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) II: Importância para o Setor de Telecom Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP) II: Importância para o Setor de Telecom Este tutorial apresenta a parte II da contribuição ao processo de implantação de Escritórios de Gerenciamento de Projetos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos: Conceitos Básicos e Aplicação em Telecom. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 10/03/2003).

Gerenciamento de Projetos: Conceitos Básicos e Aplicação em Telecom. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 10/03/2003). Gerenciamento de Projetos: Conceitos Básicos e Aplicação em Telecom Este tutorial apresenta a descrição de conceitos de gerenciamento de projetos aplicados à implantação em Teleco. (Versão revista e atualizada

Leia mais

Este tutorial apresenta o enhanced Telecom Operations Map (etom) desenvolvido pelo Tele Management Forum (TM Forum).

Este tutorial apresenta o enhanced Telecom Operations Map (etom) desenvolvido pelo Tele Management Forum (TM Forum). Mapa de Processos de uma Operadora de Telecomunicações (etom) Este tutorial apresenta o enhanced Telecom Operations Map (etom) desenvolvido pelo Tele Management Forum (TM Forum). Eduardo Tude Engenheiro

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS

IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS Claudio Oliveira Aplicações de CRM Claudio Oliveira Apresentação Claudio Oliveira (cloliveira@usp.br) Professor da Fundação Vanzolini

Leia mais

Mapa de Processos de uma Operadora de Telecomunicações (etom)

Mapa de Processos de uma Operadora de Telecomunicações (etom) Mapa de Processos de uma Operadora de Telecomunicações (etom) Este tutorial apresenta o enhanced Telecom Operations Map (etom) desenvolvido pelo Tele Management Forum (TM Forum). Vergílio Antonio Martins

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares GESTÃO DE PROJETOS Prof. Anderson Valadares Projeto Empreendimento temporário Realizado por pessoas Restrições de recursos Cria produtos, ou serviços ou resultado exclusivo Planejado, executado e controlado

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos de Operação e Manutenção de Redes de Teleco.

Este tutorial apresenta os conceitos de Operação e Manutenção de Redes de Teleco. Operação e Manutenção de Redes de Teleco Este tutorial apresenta os conceitos de Operação e Manutenção de Redes de Teleco. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 01/09/2003). Augusto

Leia mais

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combining the ISO 10006 and PMBOK to ensure successful projects 1 Por Michael Stanleigh Tradução e adaptação para fins didáticos

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS Ana Carolina Freitas Teixeira¹ RESUMO O gerenciamento de projetos continua crescendo e cada

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP

CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP Em um ambiente de negócios competitivo, a condução de projetos de forma eficiente e sem desperdícios é um grande diferencial para o sucesso.

Leia mais

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1.

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 1.1 2 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 3 1 Leitura

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis Vamos nos conhecer e definir as diretrizes de nosso curso??? www.eadistancia.com.br

Leia mais

Gerenciamento de projetos. prof. Mário Garcia

Gerenciamento de projetos. prof. Mário Garcia Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia MBA em Gestão de Energia PROPPEX Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Centro Universitário Fundação Santo André Gerenciamento de projetos prof.

Leia mais

Elaboração e Análise de Projetos

Elaboração e Análise de Projetos 1 ADM 0395 Elaboração e Análise de Projetos Isnard Martins Referencial Bibliográfico Gerenciamento de Projetos Cláudio Jordão et Al O Projeto pode ser entendido como a alocação de recursos com um objetivo

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge)

GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge) GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge) Governança de TI AULA 08 2011-1sem Governança de TI 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos HISTÓRIA PMI Project Management Institute: Associação

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. FAE S.J. dos Pinhais Projeto e Desenvolvimento de Software Conceitos Básicos Prof. Anderson D. Moura O que é um projeto? Conjunto de atividades que: 1. Objetivo específico que pode ser concluído 2. Tem

Leia mais

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3.

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3. 02m Conteúdo Apresentação do PMBOK Brasília, 25 de Junho de 2015 Fase 01 1.PMBOK e PMI 2. Conceitos 3.Processos Fase 02 4. Áreas de Conhecimento 10m Gerenciamento de Projetos Projeto A manifestação da

Leia mais

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Tutorial de Gerenciamento de Projetos Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Apresentação Erika Yamagishi Engenheira de Computação pela UNICAMP Consultora associada

Leia mais

1 Introdução. 1.1. Considerações finais

1 Introdução. 1.1. Considerações finais 11 1 Introdução 1.1. Considerações finais O presente trabalho tem por finalidade analisar a área de TI de uma empresa que se estrutura por meio de projetos, dando ênfase nos modelos motivacionais que são

Leia mais

Desenvolvimento Produto e Projetos

Desenvolvimento Produto e Projetos 1 ADM Desenvolvimento Produto e Projetos Isnard Martins Referencial Bibliográfico Gerenciamento de Projetos - Ralph Kelling Gestão de Projetos - Cláudio Jordão et Al A Natureza de um Projeto Projeto é

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

APLICAÇÃO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE PMI- OPM3 NA PETROBRAS E&P-SERV/US-PO ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA MUNDO PM - ANO 1 - NRO 06

APLICAÇÃO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE PMI- OPM3 NA PETROBRAS E&P-SERV/US-PO ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA MUNDO PM - ANO 1 - NRO 06 APLICAÇÃO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE PMI- OPM3 NA PETROBRAS E&P-SERV/US-PO Marco Antônio Gomes de Lima 1, Alonso Mazini Soler 2 e Luciana Palmieri 3 1 Coordenador de Projeto de Poço Exploratório

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Organização da Aula Gestão de Projetos

Organização da Aula Gestão de Projetos Organização da Aula Gestão de Projetos Aula 6 Profa. Me. Carla Patricia S. Souza Gestão de processos do projeto Integração, comunicações, recursos humanos, escopo, tempo, custos, aquisições, qualidade

Leia mais

2. Gerenciamento de projetos

2. Gerenciamento de projetos 2. Gerenciamento de projetos Este capítulo contém conceitos e definições gerais sobre gerenciamento de projetos, assim como as principais características e funções relevantes reconhecidas como úteis em

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS O que é PROJETO Um empreendimento com começo e fim definidos, dirigido por pessoas, para cumprir objetivos estabelecidos dentro de parâmetros de custo, tempo e especificações.

Leia mais

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS ISSN 1984-9354 GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Emerson Augusto Priamo Moraes (UFF) Resumo Os projetos fazem parte do cotidiano de diversas organizações, públicas e privadas, dos mais diversos

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

IV Seminário Internacional. Maturidade em Gerenciamento de Projetos. Como Medir o Nível de Maturidade em GP de uma Empresa

IV Seminário Internacional. Maturidade em Gerenciamento de Projetos. Como Medir o Nível de Maturidade em GP de uma Empresa IV Seminário Internacional Maturidade em Gerenciamento de Projetos Como Medir o Nível de Maturidade em GP de uma Empresa Palestrante: Leon Herszon F.,MSc, PMP Leon Herszon F., MSc, PMP Diretor Executivo

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO Temporário: significa que cada projeto tem um início e um fim muito bem definidos. Um projeto é fundamentalmente diferente: porque ele termina quando seus objetivos propostos

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos Secretaria das Cidades Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Evolução da Administração no Setor Público Melhores práticas de gestão

Leia mais

Metodologia de Projetos. André Gomes Coimbra

Metodologia de Projetos. André Gomes Coimbra Metodologia de Projetos André Gomes Coimbra Cronograma Aula 3 Trabalho (10 pts) Aula 5 Avaliação (5 pts) Aula 9 Exercício (10 pts) Aula 10 Apresentação do projeto REDES (25 pts) Aula 11 Avaliação (10 pts)

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO)

IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) Msc. Cassio Germano, PMP Diretor PORTFOLIO Gestão e Capacitação Presidente Project Management Institute Seção Ceará 06/11/2009 Apresentação Prof. Msc. Cassio

Leia mais

Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc. PMP, PMI-RMP, CSM, ITIL & CobiT Certified. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc. PMP, PMI-RMP, CSM, ITIL & CobiT Certified. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Gerenciamento de Projetos Tecnológicos Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, CSM, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Mestre em Informática em Sistemas de Informação

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br. PALESTRA Duração prevista: 01:30 h

Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br. PALESTRA Duração prevista: 01:30 h Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br PALESTRA Duração prevista: 01:30 h Breve Currículo do Palestrante Filme Ilustrativo O Veleiro Objetivos do Tema : Projeto e Gestão Teoria x Prática de Gestão

Leia mais

Ambientação nos conceitos

Ambientação nos conceitos Ambientação em Gestão de Projetos Maria Lúcia Almeida Ambientação nos conceitos Gestão de áreas funcionais e gestão de projetos Qualquer um pode ser gerente de projetos? Qual a contribuição da gestão de

Leia mais

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo A metáfora bala de prata se aplica a qualquer ação que terá uma extrema

Leia mais

PMBOK 4ª Edição I. Introdução

PMBOK 4ª Edição I. Introdução PMBOK 4ª Edição I Introdução 1 PMBOK 4ª Edição Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos Seção I A estrutura do gerenciamento de projetos 2 O que é o PMBOK? ( Project Management Body of Knowledge

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

Aula 04 - Planejamento Estratégico

Aula 04 - Planejamento Estratégico Aula 04 - Planejamento Estratégico Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam permitir com que você saiba definir o escopo do projeto. Para tal, serão apresentados elementos que ajudem a elaborar

Leia mais

Portifólio de Serviços

Portifólio de Serviços Portifólio de Serviços A PM11K conta com uma abrangência de mercado muito grande graças ao seu modelo inovador. Aqui você contrata um consultor e, junto dele, mais centenas de outros consultores em rede,

Leia mais

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1ª edição - 2015 ÍNDICE INTRODUÇÃO...03 O QUE É UM PROJETO?...04 O QUE É UM PROGRAMA?...07 ESTUDOS E PROJETOS...08 O QUE É O GERENCIAMENTO DE PROJETOS...09 QUEM É

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS PREPARAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO PMP / PMI PROJECT MANAGEMENT PROFESSIONAL

GESTÃO DE PROJETOS PREPARAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO PMP / PMI PROJECT MANAGEMENT PROFESSIONAL GESTÃO DE PROJETOS PREPARAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO PMP / PMI PROJECT MANAGEMENT PROFESSIONAL Num cenário onde as empresas precisam se tornar mais competitivas e atentas às rápidas transformações do mercado,

Leia mais

Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco Engenharia Civil. Planejamento Operacional de Obras. Gerenciamento de Escopo

Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco Engenharia Civil. Planejamento Operacional de Obras. Gerenciamento de Escopo Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco Engenharia Civil Planejamento Operacional de Obras Gerenciamento de Escopo 1 GERENCIAMENTO DE PROJETOS INTRODUÇÃO PROCESSOS DE GERENCIAMENTO

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam tratar da identificação bem como do estabelecimento de uma estrutura organizacional apropriada ao

Leia mais

PMI Project Management Institute

PMI Project Management Institute PMP - Project Management Professional desde 1998 Presidente do Project Management Institute RS 00/04 Coordenador Latino-Americano do PMI-ISSIG por Projetos na Abordagem PMI Vice-Presidente da SUCESU-RS

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS PMO PROJETOS PROCESSOS MELHORIA CONTÍNUA PMI SCRUM COBIT ITIL LEAN SIX SIGMA BSC ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS DESAFIOS CULTURAIS PARA IMPLANTAÇÃO DANIEL AQUERE DE OLIVEIRA, PMP, MBA daniel.aquere@pmpartner.com.br

Leia mais

Aula 7 Elaboração do Plano de Gerenciamento da Qualidade

Aula 7 Elaboração do Plano de Gerenciamento da Qualidade Aula 7 Elaboração do Plano de Gerenciamento da Qualidade Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam definir termos e conceitos da qualidade. Para tal, pretende-se discutir a relação que se estabelece

Leia mais

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos Orientações para o Projeto, Implantação, Gerenciamento e Avaliação de Maturidade do Escritório de Projetos Objetivo O que leva as

Leia mais

Carlos Magno da Silva Xavier

Carlos Magno da Silva Xavier Carlos Magno da Silva Xavier Metodologia de Gerenciamento de Projetos Qual a melhor para a sua Organização? magno@beware.com.br O QUE ESSES EVENTOS TÊM EM COMUM? Agenda Introdução Padrões Metodologias

Leia mais

Informação Verde Green IT Citizen Certification O caminho da Informação do Papel ao Digital

Informação Verde Green IT Citizen Certification O caminho da Informação do Papel ao Digital Informação Verde Green IT Citizen Certification O caminho da Informação do Papel ao Digital 39 Gestão de Projeto PMI Project Management Institute Vídeo Jandira O que é um Projeto? Empreendimento Temporário

Leia mais

Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos. Agenda da Teleaula. Vídeo. Logística 28/8/2012

Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos. Agenda da Teleaula. Vídeo. Logística 28/8/2012 Logística Profª. Paula Emiko Kuwamoto Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos Agenda da Teleaula Reforçar a importância dos projetos no cenário atual. Apresentar os principais conceitos envolvendo

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Fundamentos Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira Atenção! Este material inclui anotações, imagens e notas que têm como objetivo exemplificar e esquematizar alguns dos conceitos

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS EM TELECOMUNICAÇÕES

GESTÃO DE PROJETOS EM TELECOMUNICAÇÕES GESTÃO DE PROJETOS EM TELECOMUNICAÇÕES Ricardo Pajeu da Silva 1 Msc. Marta Alves de Souza 2 Msc. Helder Rodrigues da Costa 3 RESUMO Este artigo objetiva analisar processos de gerenciamento de projetos

Leia mais

Comparação da Metodologia TenStep PGP (Processo de Gerenciamento de Projetos), com o Guia PMBOK 4ª Edição - PMI

Comparação da Metodologia TenStep PGP (Processo de Gerenciamento de Projetos), com o Guia PMBOK 4ª Edição - PMI Comparação da Metodologia TenStep PGP (Processo de Gerenciamento de Projetos), com o Guia PMBOK 4ª Edição - PMI 2010 TenStep Comparação da Metodologia TenStep PGP (Processo de Gerenciamento de Projetos)

Leia mais

CADEMP FGV. CADEMP ADMINISTRAÇÃO - Gerenciamento de Projetos e Portfólio. Referência em Educação Executiva REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA

CADEMP FGV. CADEMP ADMINISTRAÇÃO - Gerenciamento de Projetos e Portfólio. Referência em Educação Executiva REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA CADEMP FGV CADEMP ADMINISTRAÇÃO - Gerenciamento de Projetos e Portfólio Coordenação Acadêmica: Prof. Fernando Salgado A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de

Leia mais

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2014 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA Prof.º André Bittencourt do Valle 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição de direito privado,

Leia mais

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano Unidade I GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Objetivo Estimular o aluno no aprofundamento do conhecimento das técnicas de gestão profissional de projetos do PMI. Desenvolver em aula

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos Capítulo 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 2 1.1 DEFINIÇÃO DE PROJETOS O projeto é entendido como um conjunto de ações, executadas de forma coordenada por uma organização transitória, ao qual são

Leia mais

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA

FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA Jorge Luciano Gil Kolotelo (UTFPR) kolotelo@uol.com.br Pedro Carlos Carmona Gallego (FESP) carmona@fesppr.br

Leia mais

QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS?

QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS? QUAL O ESCOPO ADEQUADO DE UM PROJETO DE MELHORIA DA MATURIDADE DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS? APRESENTAÇÃO: CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER magno@beware.com.br www.beware.com.br O QUE ESSES EVENTOS TÊM EM

Leia mais

Modelo de Maturidade Organizacional de Gerência de Projetos. Organizational Project Management Maturity Model - OPM3

Modelo de Maturidade Organizacional de Gerência de Projetos. Organizational Project Management Maturity Model - OPM3 Modelo de Maturidade Organizacional de Gerência de Projetos Introdução Organizational Project Management Maturity Model - OPM3 Um trabalho voluntário A idéia de um modelo não é novidade, as organizações

Leia mais

Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia

Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia Escritórios de Processos (BPM Office) e de Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia Introdução...2 Uniformizando o entendimento dos conceitos... 4 Entendendo as principais similaridades... 5 Entendendo

Leia mais

Gestão de Projetos Héstia_UFRGS_2011. Istefani Carísio de Paula, Dr.

Gestão de Projetos Héstia_UFRGS_2011. Istefani Carísio de Paula, Dr. Gestão de Projetos Héstia_UFRGS_2011 Istefani Carísio de Paula, Dr. 1 Apresentação Istefani Carísio de Paula Graduação em Processos Farmacêuticos USP Doutorado em Engenharia de Produção (PPGEP/UFRGS) com

Leia mais

PMBOK e Gerenciamento de Projetos

PMBOK e Gerenciamento de Projetos PMBOK e Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de projetos (GP) é uma área de atuação e conhecimento que tem ganhado, nos últimos anos, cada vez mais reconhecimento e importância. Um dos principais difusores

Leia mais

PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas

PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas As organizações precisam mudar de um enfoque funcional para um enfoque orientado a projetos, o que demanda mudanças na estrutura organizacional

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS Versão 1 2010 A SIX SIGMA BRASIL apresenta a seguir seu portfolio de capacitação e consultoria de serviços de gerenciamento de projetos, processos (lean e seis sigma)

Leia mais

Escritório de Projetos

Escritório de Projetos 1 Escritório de Projetos Módulo 3 Gestão de Projetos Aluno: Humberto Rocha de Almeida Neto hran@cin.ufpe.br Professores: Hermano Perrelli e Alexandre Vasconcelos 19 de outubro de 2009 Agenda Índice do

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de TI. Alércio Bressano, MBA

Gerenciamento de Projetos de TI. Alércio Bressano, MBA Gerenciamento de Projetos de TI Alércio Bressano, MBA Os projetos possuem em seu código genético o fracasso! Eles nasceram para dar errado! Nós é que temos a responsabilidade de conduzí-los ao sucesso!

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos Pesquisa realizada durante o 16 Seminário Nacional de, ocorrido em Belo Horizonte em Junho de, apresenta

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis MBA em Gestão de Projetos Gerenciamento de Projetos Prática essencial para gerar negócios sustentáveis Prof: Ângelo Braga, PMP, MBA angelo.braga@fgv.br eu@angelobraga.com.br 2/154 Contatos Prof. Ângelo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Implantação de Obras Planejamento Administração de Empresas. Orçamentação Contratos Marketing Apoio Técnico

Gerenciamento de Projetos Implantação de Obras Planejamento Administração de Empresas. Orçamentação Contratos Marketing Apoio Técnico Gerenciamento de Projetos Implantação de Obras Planejamento Administração de Empresas Orçamentação Contratos Marketing Apoio Técnico www.bethonico.com.br APRESENTAÇÃO Desde o ano 2000, a Bethonico Planejamento

Leia mais

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos Orientações para o Projeto, Implantação, Gerenciamento e Avaliação de Maturidade do Escritório de Projetos Objetivo O estudo da teoria

Leia mais

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) 2 Gerente Sênior de Projetos e Processos, 18 anos de experiência

Leia mais

Declaração de trabalho do projeto. Caso de negócio. Fatores ambientais da empresa. Estratégia de gerenciamento das partes interessadas.

Declaração de trabalho do projeto. Caso de negócio. Fatores ambientais da empresa. Estratégia de gerenciamento das partes interessadas. 30 Estratégia de gerenciamento das partes interessadas. Eles serão descritos nas subseções a seguir. Declaração de trabalho do projeto A declaração de trabalho do projeto descreve o produto, serviço ou

Leia mais

Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos. Setembro de 2012

Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos. Setembro de 2012 Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos Setembro de 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2004 2000 1997 1990 1979 1965 Hors concours no Top of Mind no Fórum Nacional de Benchmarking em

Leia mais

Introdução. AULA 2 A Organização empresarial e a gestão de projetos. Tema relevante em diversas áreas

Introdução. AULA 2 A Organização empresarial e a gestão de projetos. Tema relevante em diversas áreas Universidade do Sagrado Coração Introdução a Gestão de Projetos Paulo Cesar Chagas Rodrigues AULA 2 A Organização empresarial e a gestão de projetos Iniciação 30/set/2008 Engenharia de Produto 2 2 Introdução

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA Jundiaí / SP QUESTÕES SIMULADAS DE GESTÃO DE PROJETOS PARA 1ª AVALIAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA Jundiaí / SP QUESTÕES SIMULADAS DE GESTÃO DE PROJETOS PARA 1ª AVALIAÇÃO QUESTÕES SIMULADAS DE GESTÃO DE PROJETOS PARA 1ª AVALIAÇÃO Gabarito: 1D, 2B, 3A, 4C, 5C, 6A, 7C, 8B, 9D, 10A, 11D, 12B, 13A, 14B, 15D, 16B, 17D, 18D, 19B Fórmulas: VC = VA - CR VPR = VA - VP IDC = VA /

Leia mais

Estar apto a utilizar técnicas, ferramentas e terminologias básicas do gerenciamento de projetos após a realização do curso.

Estar apto a utilizar técnicas, ferramentas e terminologias básicas do gerenciamento de projetos após a realização do curso. Curso sobre Gerenciamento de Projetos Apresentação O Gerenciamento de Projetos evoluiu nos últimos anos, ampliando sua área de atuação dentro das organizações. Nos mais variados campos da administração,

Leia mais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais Tecnologia e Mídias Digitais PUC SP Prof. Eduardo Savino Gomes 1 Afinal, o que vem a ser Gestão? 2 Gestão/Gerir/Gerenciar Gerenciar, administrar, coordenar

Leia mais

Desafio Profissional PÓS-GRADUAÇÃO 2012. Gestão de Projetos - Módulo C Prof. Me. Valter Castelhano de Oliveira

Desafio Profissional PÓS-GRADUAÇÃO 2012. Gestão de Projetos - Módulo C Prof. Me. Valter Castelhano de Oliveira Desafio Profissional PÓS-GRADUAÇÃO 12 Gestão de Projetos - Módulo C Prof. Me. Valter Castelhano de Oliveira 1 DESAFIO PROFISSIONAL Disciplinas: Ferramentas de Software para Gestão de Projetos. Gestão de

Leia mais

EAD 615 Gerenciamento de Projetos. Estruturas Organizacionais para Gerenciamento de Projetos e o Papel do PMO

EAD 615 Gerenciamento de Projetos. Estruturas Organizacionais para Gerenciamento de Projetos e o Papel do PMO EAD 615 Gerenciamento de Projetos Estruturas Organizacionais para Gerenciamento de Projetos e o Papel do PMO Professores: Prof. Dr. Antonio C. Amaru Maximiano Prof. Dr. Roberto Sbragia Colaboradores: Benedito

Leia mais

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO)

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) MBA em Gestão de Projetos Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) Flávio Feitosa Costa, MSc. PMP (flaviopmp@gmail.com) MBA em Gerência de Projetos Escritório de Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Profa Msc Lidiane Reis -lreis@radial.br Plano de Ensino / Aula Inaugural Onde você quer chegar??? Por quê estudar Gestão de Projetos??? O que vamos estudar? (Ementa) O aluno aprenderá

Leia mais