FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,55% EM MAIO/2014

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,55% EM MAIO/2014"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,55% EM MAIO/2014 No mês de o de 2014, o valor da cesta básica do paulistano teve queda de 0,55%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP, em convênio com o Dieese. O preço médio que no dia 30/04/14 era R$ 409,53 passou para R$ 407,28, em 30/05/14. Por grupo, foram constatadas as seguintes variações: Alimentação = -0,34% Limpeza = -2,99% Higiene Pessoal = 0,30% A variação no ano é de 6,60% (base 27/12/2013), e nos últimos 12 meses, de 6,04% (base 29/05/2013). O último recorde da Cesta Básica do início do Plano Real até o mês de o/14 foi de R$ 412,90 (22/05/2014). No período de 02/05 a 30/05/14, os produtos que s subiram foram: Carne de Primeira (kg) 3,84% Linguiça Fresca (kg) 3,82% Margarina (pote 250g) 3,65% Carne de Segunda s/ Osso (kg) 3,37% Macarrão c/ Ovos (pacote 500g) 3,31% As ores quedas foram: Batata (kg) -28,17% Sabão em Pó (pacote 1 kg) -4,81% Ovos Brancos (dz) -3,69% Frango Resfriado Inteiro (kg) -2,86% Desodorante Spray (embalagem ml) -2,40% Dos 31 produtos pesquisados, na variação mensal, 16 apresentaram alta, 13 diminuíram de preço e 2 permaneceram estáveis. Os produtos que s pressionaram (positiva e negativamente) no período, considerando-se os respectivos pesos na cesta, foram, nesta ordem: 1- Carne de Primeira (kg) 0,49% 2- Carne de Segunda s/ Osso (kg) 0,44% 3- Arroz (pacote 5 kg) 0,23% 4- Leite em Pó Integral (embalagem g) 0,06% 5- Macarrão c/ Ovos (pacote 500g) 0,06% 1- Batata (kg) -1,37% 2- Sabão em Pó (pacote 1 kg) -0,22% 3- Frango Resfriado Inteiro (kg) -0,17% 4- Ovos Brancos (dz) -0,13% 5- Sabão em Barra (unidade) -0,07% EQUIPE DE PESQUISAS - DEP - FUNDAÇÃO PROCON/SP

2 Gráficos das séries dos Valores em Reais da Cesta Básica e de seus grupos - de /13 a /14 Valor em R$ da Cesta Básica Valor em R$ da Alimentação ,53 407,28 393,37 381,66 386,17 374,34 374,87 365,55 369,63 376,87 380,49 382, ,51 334,36 314,52 319,01 322,10 306,84 307,02 297,13 301,47 307,06 310,11 311, ,71 383,20 379,80 377,90 380, ,74 308,11 315,47 314,10 316, Valor em R$ da Limpeza Valor em R$ da Higiene ,97 37,20 38,03 40,18 38, ,09 32,59 33,24 33,84 33, ,75 35,33 36,20 35,95 35,78 36,19 35,90 36,49 36,73 37,51 36,43 36, ,39 31,83 31,04 31,40 31,31 31,95 30,92 31,93 31,43 32,30 33,95 33,

3 Análise da Alimentação Os motivos encontrados que justificam as oscilações nos preços dos produtos da Cesta Básica são inúmeros, como: problemas climáticos, questões sazonais, excesso ou escassez de oferta ou demanda pelos produtos, preços das commodities, variações cambiais, formação de estoques, desonerações de tributos, entre ros. Análise s detalhada, dos diferentes comportamentos de preços, é apresentada a seguir: Carne de 1ª e de 2ª Os preços da carne de 1ª passaram de R$ 17,44 (30/04/2014) para R$ 18,11 (30/05/2014) e a taxa foi de 3,84%; o quilo da de 2ª subiu de R$ 13,36 (30/04/2014) para R$ 13,81 em 30/05/2014, com variação de 3,37%. Como possuem os ores pesos na composição da Cesta Básica, as contribuições foram expressivas. As altas temperaturas, bem como a falta de chuva no início de 2014 prejudicaram as pastagens brasileiras, dificultando a engorda do gado e consequentemente restringindo a quantidade de anis para abate. Além disso, o bom desempenho das exportações brasileiras de carne bovina in natura também impacta na oferta de carne, o que explica os altos preços praticados no varejo, segundo pesquisadores do Cepea. 20,0 18,0 16,67 16,82 17,06 17,44 Preço em R$ da Carne de 1ª 18,11 16,0 14,0 12,0 15,54 15,37 14,96 14,45 14,80 14,25 14,54 14,75 15,40 15,90 16,20 16,72 10,0 3

4 Preço em R$ da Carne de 2ª 15,0 13,0 11,93 11,85 12,47 13,36 13,81 11,0 9,0 10,76 10,53 10,56 10,25 10,55 10,41 11,00 10,95 11,48 10,57 11,64 11,77 7,0 Em 2014, o preço da carne de 1ª aumentou 8,31%, seu valor passou de R$ 16,72 (27/12/2013) para R$ 18,11 em 30/05/2014. A carne de 2ª também apresentou alta, com taxa acumulada de 17,33% e seus preços passaram de R$ 11,77 (27/12/2013) para R$ 13,81 em 30/05/2014. Lingüiça Pelo terceiro mês consecutivo, o preço do quilo da lingüiça apresentou alta; quando passou de R$ 10,22 em 30/04/2014 para R$ 10,61 em 30/05/2014, com taxa de 3,82%. 12,0 11,0 10,0 10,22 9,88 10,05 10,22 Preço em R$ da Linguiça 10,61 9,0 8,0 9,82 9,68 9,62 9,45 9,32 9,38 8,77 8,79 8,72 9,79 9,80 9,53 7,0 6,0 4

5 Os preços da lingüiça sofrem influência do valor da carne suína, seu insumo básico. Os cortes dessa carne estão s caros, segundo os pesquisadores do Cepea, por dois motivos: a expectativa de crescimento das vendas para a Copa, que já está bem próxima, e as baixas temperaturas. Neste ano, a taxa acumulada da lingüiça ficou em 11,33%, quando seu preço passou de R$ 9,53 em 27/12/2013 para R$ 10,61 em 30/05/2014. Margarina O preço médio do pote de 250 gramas da garina passou de R$ 1,37 (30/04/2014) para R$ 1,42 (30/05/2014), registrando alta de 3,65%. A soja é o principal insumo da garina, portanto o comportamento do preço do grão se reflete, em parte, na cotação da garina. Segundo os pesquisadores do Cepea, as cotações da soja e do farelo de soja estão em alta tanto no mercado interno quanto externo. Apesar de a expectativa de oferta de soja para a safra 2014/2015 ser recorde, os produtores estão conseguindo preços s altos ao fechar contratos antecipadamente. No ano, a garina apresentou aumento de 2,16%; seu valor passou de R$ 1,39 (27/12/2013) para R$ 1,42 em 30/05/ ,0 Preço em R$ da Margarina 1,0 1,40 1,39 1,39 1,35 1,36 1,36 1,43 1,37 1,42 1,41 1,40 1,36 1,34 1,38 1,42 1,38 1,39 0,0 5

6 Macarrão Em 30/05/2014, o preço do pacote de 500 gramas do macarrão era de R$ 1,87, quando apresentou aumento de 3,31% frente ao valor encontrado em 30/04/2014, de R$ 1,81. O trigo, um dos insumos básicos do macarrão, esteve com o estoque interno de médio prazo baixo em meados de il, o que acabou por manter os preços elevados com a escassez do produto. A possibilidade de aumento da oferta de trigo, a partir do clima favorável, fez com que os produtores colocassem os estoques à venda, o que causou recuo nos valores do grão; entretanto essa diminuição de preço ainda não chegou ao mercado consumidor, segundo os analistas do Cepea. A taxa acumulada do macarrão é de 4,47%; seu preço passou de R$ 1,79 (27/12/2013) para R$ 1,87 em 30/05/ ,5 Preço em R$ do Macarrão com ovos 2,0 1,80 1,81 1,80 1,81 1,87 1,5 1,51 1,58 1,58 1,57 1,64 1,63 1,70 1,68 1,74 1,76 1,78 1,79 1,0 0,5 6

7 Arroz O preço do pacote de 5 quilos do arroz subiu 3,12% em o, quando passou de R$ 9,95 (30/04/2014) para R$ 10,26 (30/05/2014). Segundo os colaboradores do Cepea, os altos preços do arroz têm vários motivos. Do lado produtor, há or concentração na colheita - que avança lentamente - em detrimento da intenção de venda de arroz; já, as indústrias precisam atender às necessidades do mercado e ofertam o produto a preços s altos. E ainda, apesar de a produção de arroz ter aumentado os orizicultores não colocam grandes volumes à venda, pois aguardam melhores cotações para seu produto. Parte deles custeia a safra com recursos governamentais, ra parte com a venda de ros produtos como a soja ou o gado. Neste ano, a cotação deste grão aumentou em 5,56%, quando seu preço passou de R$ 9,72 (27/12/2013) para R$ 10,26 em 30/05/ ,0 Preço em R$ do Arroz 12,0 10,0 10,31 10,16 9,83 9,95 10,26 9,30 9,35 9,56 9,33 9,46 9,27 9,72 8,0 10,04 9,79 9,69 9,45 9,51 6,0 4,0 7

8 Leite em pó A cotação do leite em pó, no mês de o, aumentou em 0,97%, quando seu preço passou de R$ 8,26 (30/04/2014) para R$ 8,34 em 30/05/2014. A produção de leite encontra-se ainda em período de entressafra, o que acarreta alta nos preços, tanto da matéria-prima, quanto de seus derivados. A oferta restrita elevou as cotações no atacado e no varejo, segundo os pesquisadores do Cepea. A taxa acumulada do leite em pó em 2014 foi de 2,71%, passando de R$ 8,12 (27/12/2013) para R$ 8,34 em 30/05/ ,0 Preço em R$ do Leite em Pó 9,0 8,0 7,0 6,0 8,13 7,98 7,94 6,34 6,42 6,39 8,26 6,53 8,34 6,76 7,04 7,29 7,50 7,51 8,09 8,24 8,12 5,0 8

9 Batata Depois de três meses de alta, a batata foi o produto que apresentou or queda em o, com taxa de -28,17%. O preço do quilo do tubérculo passou de R$ 4,97 em 30/04/2014 para R$ 3,57 em 30/05/2014 e reduziu o cálculo da taxa em -1,37 ponto percentual. Segundo os pesquisadores do Cepea, grande parte da safra das secas de 2014 está sendo colhida, o que garante o abastecimento de batata no mercado interno. Com or oferta, os preços da batata diminuíram. Preço em R$ da Batata 6,0 4,0 2,0 2,98 2,32 3,38 2,66 3,96 3,74 4,97 4,26 4,47 3,57 4,12 3,92 2,81 2,46 2,11 2,98 2,55 0,0 A taxa acumulada da batata em 2014 é de 40,00%, seu preço passou de R$ 2,55 em 27/12/2013 para R$ 3,57 em 30/05/

10 Ovos Em o, a dúzia de ovos apresentou recuo de -3,69% em relação a il. Seu preço que era R$ 4,88 em 30/04/2014, passou para R$ 4,70 em 30/05/2014. As cotações dos ovos estiveram em alta nos primeiros quatro meses do ano, pois a oferta estava restrita. Segundo levantamento do Cepea, a demanda começou a diminuir com os altos preços praticados e em o os estoques se elevaram ligeiramente, o que culminou em retração de preços nos supermercados paulistanos. Nos primeiros cinco meses do ano, entretanto, a dúzia de ovos acumulou aumento de 14,63%, passando de R$ 4,10 em 27/12/2013 para R$ 4,70 (30/05/2014). Preço em R$ dos Ovos 6,0 5,0 4,0 3,0 3,97 3,91 4,85 4,88 4,70 4,40 4,39 4,43 4,60 4,51 4,17 4,38 4,42 4,41 4,37 3,99 4,10 2,0 10

11 Frango O quilo da carne de frango, em o, registrou queda de -2,86% em seu valor, que era de R$ 4,90 em 30/04/2014 e foi para R$ 4,76 em 30/05/2014. No início de 2014, os preços do frango estiveram altos, devido à menor oferta de anis, dada a mortalidade ocasionada pelo calor excessivo, e as altas nas cotações de milho, insumo que faz parte da ração destes anis. Houve, entretanto, o enfraquecimento na demanda interna por frango, segundo o levantamento do Cepea, o que elevou os estoques e reduziu os preços do produto. O frango permanece sendo o produto que s diminuiu de valor em 2014, com taxa acumulada de -6,85%; seu preço passou de R$ 5,11 (27/12/2013) para R$ 4,76 em 30/05/ ,0 Preço em R$ do Frango 6,0 5,0 4,0 5,53 5,62 4,98 4,52 5,32 4,91 4,90 4,86 4,76 4,48 4,34 4,34 4,35 5,28 5,22 5,14 5,11 3,0 11

12 Variações de valores dos produtos de Limpeza e Higiene Limpeza O grupo Limpeza, em o, apresentou queda de -2,99%, quando seu valor passou de R$ 40,18 (30/04/2014) para R$ 38,98 (30/05/2014). Dois itens diminuíram de valor: sabão em pó (-4,81%) e sabão em barra (-2,13%); o detergente não variou e a água sanitária teve variação positiva de 0,43%. 6,0 Preço em R$ do Sabão em Pó 5,0 4,17 4,34 4,47 4,78 4,55 4,0 3,0 3,76 3,81 3,93 4,04 4,04 4,11 4,08 4,20 4,16 4,32 4,09 4,22 2,0 1,5 Preço em R$ do Sabão em Barra 1,3 1,0 0,89 0,91 0,94 0,94 0,92 0,89 0,88 0,89 0,91 0,91 0,89 0,89 0,8 0,85 0,88 0,89 0,89 0,88 0,5 0,3 0,0 12

13 A Limpeza doméstica acumulou taxa de 5,44% em 2014, quando passou de R$ 36,97 (27/12/2013) para R$ 38,98 em 30/05/2014. Em 2014, todos os produtos pesquisados neste grupo apresentaram taxa positiva: sabão em pó (7,82%), água sanitária (4,04%), sabão em barra (3,37%) e detergente (2,63%). Higiene O valor do grupo Higiene passou de R$ 33,84 em 30/04/2014 para R$ 33,94 em 30/05/2014, com taxa positiva de 0,30%. Três de seus componentes tiveram alta: absorvente (2,88%), sabonete (1,18%) e papel higiênico (0,79%); o creme dental não variou e o desodorante apresentou taxa negativa de -2,40%. Preço do Desodorante 4,00 3,50 3,37 3,29 3,27 3,34 3,26 3,00 2,50 2,91 2,94 2,94 2,92 2,95 2,97 3,21 3,21 3,20 3,26 3,40 3,39 2,00 Os gastos com Higiene, cujo valor em 27/12/2013 eram de R$ 33,54, passaram para R$ 33,94 (30/05/2014). A taxa acumulada neste ano é de 1,19%. Três de seus componentes apresentaram alta: sabonete (4,88%), absorvente (3,62%) e creme dental (2,84%); não houve variação no papel higiênico e o desodorante apresentou taxa negativa de -3,83%. 13

14 período: 02/05 à 30/05/14 base: 30/04/14 Grupos Custo Médio (R$) 30/04/14 30/05/14 Variação Alimentação R$ 335,51 R$ 334,36-0,34% Limpeza R$ 40,18 R$ 38,98-2,99% Higiene Pessoal R$ 33,84 R$ 33,94 0,30% TOTAL R$ 409,53 R$ 407,28-0,55% Alimentação Arroz (pacote 5 kg) R$ 9,95 R$ 10,26 3,12% Feijão Carioquinha (pacote 1 kg) R$ 3,22 R$ 3,15-2,17% Açúcar Refinado (pacote 5 kg) R$ 8,11 R$ 8,10-0,12% Café em Pó Papel Laminado (pacote 500g) R$ 5,44 R$ 5,49 0,92% Farinha de Trigo (pacote 1 kg) R$ 2,50 R$ 2,48-0,80% Far. de Mandioca Torrada (pacote 500g) R$ 3,34 R$ 3,29-1,50% Batata (kg) R$ 4,97 R$ 3,57-28,17% Cebola (kg) R$ 2,57 R$ 2,59 0,78% Alho (kg) R$ 13,53 R$ 13,32-1,55% Ovos Brancos (dz) R$ 4,88 R$ 4,70-3,69% Margarina (pote 250g) R$ 1,37 R$ 1,42 3,65% Extrato de Tomate (embalagem g) R$ 2,08 R$ 2,05-1,44% Óleo de Soja (900 ml) R$ 2,83 R$ 2,87 1,41% Leite em Pó Integral (embalagem g) R$ 8,26 R$ 8,34 0,97% Macarrão c/ Ovos (pacote 500g) R$ 1,81 R$ 1,87 3,31% Biscoito Maisena (pacote 200g) R$ 1,57 R$ 1,59 1,27% Carne de Primeira (kg) R$ 17,44 R$ 18,11 3,84% Carne de Segunda s/ Osso (kg) R$ 13,36 R$ 13,81 3,37% Frango Resfriado Inteiro (kg) R$ 4,90 R$ 4,76-2,86% Salsicha Avulsa (kg) R$ 6,87 R$ 6,84-0,44% Linguiça Fresca (kg) R$ 10,22 R$ 10,61 3,82% Queijo Muçarela Fatiado (kg) R$ 21,51 R$ 21,96 2,09% Limpeza Sabão em Pó (pacote 1 kg) R$ 4,78 R$ 4,55-4,81% Sabão em Barra (unidade) R$ 0,94 R$ 0,92-2,13% Água Sanitária Candida (l) R$ 2,31 R$ 2,32 0,43% Detergente Líquido (embalagem 500 ml) R$ 1,17 R$ 1,17 0,00% Higiene Pessoal Papel Higiênico Fino Branco (pacote 4 un.) R$ 2,52 R$ 2,54 0,79% Creme Dental (tubo 90g) R$ 1,45 R$ 1,45 0,00% Sabonete (unidade g) R$ 0,85 R$ 0,86 1,18% Desodorante Spray (embalagem ml) R$ 3,34 R$ 3,26-2,40% Absorvente Aderente (pacote 10 unidades) R$ 2,78 R$ 2,86 2,88% Fonte: Procon/Dieese SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA Variação Mensal do Custo Médio da Cesta Básica Produto Preços Médios (R$) 14 EQUIPE DE PESQUISAS - DEP - FUNDAÇÃO PROCON/SP

15 Maiores variações da Cesta Básica período: 02/05 à 30/05/14 Maiores Aumentos Maiores Quedas Carne de Primeira (kg) 3,84% Batata (kg) -28,17% Linguiça Fresca (kg) 3,82% Sabão em Pó (pacote 1 kg) -4,81% Margarina (pote 250g) 3,65% Ovos Brancos (dz) -3,69% Carne de Segunda s/ Osso (kg) 3,37% Frango Resfriado Inteiro (kg) -2,86% Macarrão c/ Ovos (pacote 500g) 3,31% Desodorante Spray (embalagem ml) -2,40% Produtos com ores pesos na variação da Cesta Básica (em pontos%) * período: 02/05 à 30/05/14 Maior Peso positivo Maior Peso Negativo Carne de Primeira (kg) 0,49% Batata (kg) -1,37% Carne de Segunda s/ Osso (kg) 0,44% Sabão em Pó (pacote 1 kg) -0,22% Arroz (pacote 5 kg) 0,23% Frango Resfriado Inteiro (kg) -0,17% Leite em Pó Integral (embalagem g) 0,06% Ovos Brancos (dz) -0,13% Macarrão c/ Ovos (pacote 500g) 0,06% Sabão em Barra (unidade) -0,07% * Obs.: A tabela tem como objetivo identificar os produtos que s influenciam no custo da Cesta Básica. Um aumento no valor da Cesta significa pressão dos produtos de or peso positivo e uma queda representa pressão dos produtos de or peso negativo. 15 EQUIPE DE PESQUISAS - DEP - FUNDAÇÃO PROCON/SP

16 Variação Acumulada no Ano do Custo Médio da Cesta Básica período 03/01 à 30/05/14 base: 27/12/13 Grupos Custo Médio (R$) 27/12/13 30/05/14 Variação Alimentação R$ 311,57 R$ 334,36 7,31% Limpeza R$ 36,97 R$ 38,98 5,44% Higiene Pessoal R$ 33,54 R$ 33,94 1,19% TOTAL R$ 382,08 R$ 407,28 6,60% Alimentação Arroz (pacote 5 kg) R$ 9,72 R$ 10,26 5,56% Feijão Carioquinha (pacote 1 kg) R$ 3,08 R$ 3,15 2,27% Açúcar Refinado (pacote 5 kg) R$ 8,40 R$ 8,10-3,57% Café em Pó Papel Laminado (pacote 500g) R$ 5,26 R$ 5,49 4,37% Farinha de Trigo (pacote 1 kg) R$ 2,44 R$ 2,48 1,64% Far. de Mandioca Torrada (pacote 500g) R$ 3,02 R$ 3,29 8,94% Batata (kg) R$ 2,55 R$ 3,57 40,00% Cebola (kg) R$ 1,86 R$ 2,59 39,25% Alho (kg) R$ 12,05 R$ 13,32 10,54% Ovos Brancos (dz) R$ 4,10 R$ 4,70 14,63% Margarina (pote 250g) R$ 1,39 R$ 1,42 2,16% Extrato de Tomate (embalagem g) R$ 1,95 R$ 2,05 5,13% Óleo de Soja (900 ml) R$ 2,68 R$ 2,87 7,09% Leite em Pó Integral (embalagem g) R$ 8,12 R$ 8,34 2,71% Macarrão c/ Ovos (pacote 500g) R$ 1,79 R$ 1,87 4,47% Biscoito Maisena (pacote 200g) R$ 1,49 R$ 1,59 6,71% Carne de Primeira (kg) R$ 16,72 R$ 18,11 8,31% Carne de Segunda s/ Osso (kg) R$ 11,77 R$ 13,81 17,33% Frango Resfriado Inteiro (kg) R$ 5,11 R$ 4,76-6,85% Salsicha Avulsa (kg) R$ 6,46 R$ 6,84 5,88% Linguiça Fresca (kg) R$ 9,53 R$ 10,61 11,33% Queijo Muçarela Fatiado (kg) R$ 22,36 R$ 21,96-1,79% Limpeza Sabão em Pó (pacote 1kg) R$ 4,22 R$ 4,55 7,82% Sabão em Barra (unidade) R$ 0,89 R$ 0,92 3,37% Água Sanitária Cândida (l) R$ 2,23 R$ 2,32 4,04% Detergente Líquido (embalagem 500 ml) R$ 1,14 R$ 1,17 2,63% Higiene Pessoal Papel Higiênico Fino Branco (pacote 4 un.) R$ 2,54 R$ 2,54 0,00% Creme Dental (tubo 90g) R$ 1,41 R$ 1,45 2,84% Sabonete (unid g) R$ 0,82 R$ 0,86 4,88% Desodorante Spray (embalagem ml) R$ 3,39 R$ 3,26-3,83% Absorvente Aderente (pacotes 10 unidades) R$ 2,76 R$ 2,86 3,62% Fonte: Procon/Dieese Produto Preços Médios (R$) 16 EQUIPE DE PESQUISAS - DEP - FUNDAÇÃO PROCON/SP

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 2,32% EM AGOSTO/2011

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 2,32% EM AGOSTO/2011 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 2,32% EM AGOSTO/2011 No mês de sto de 2011, o valor da cesta básica do paulistano teve alta de 2,32%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 1,81% EM ABRIL/2012

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 1,81% EM ABRIL/2012 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 1,81% EM ABRIL/2012 No mês de il de 2012, o valor da cesta básica do paulistano teve alta de 1,81%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 0,50% EM SETEMBRO/2011

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 0,50% EM SETEMBRO/2011 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 0,50% EM SETEMBRO/2011 No mês de embro de 2011, o valor da cesta básica do paulistano teve alta de 0,50%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 0,36% EM FEVEREIRO/2016

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 0,36% EM FEVEREIRO/2016 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 0,36% EM FEVEREIRO/ No mês de ereiro de, o valor da cesta básica do paulistano teve alta de 0,36%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

Gráficos das séries dos Valores em Reais da Cesta Básica e de seus grupos - de jan/12 a abr/13

Gráficos das séries dos Valores em Reais da Cesta Básica e de seus grupos - de jan/12 a abr/13 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE - 0,45% EM ABRIL/2013 No mês de il de 2013, o valor da cesta básica do paulistano teve queda de 0,45%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

PESQUISA DA CESTA BÁSICA DEZEMBRO DE 2017

PESQUISA DA CESTA BÁSICA DEZEMBRO DE 2017 PESQUISA DA CESTA BÁSICA DEZEMBRO DE 2017 Natália Mariana de Souza Ribeiro Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos Econômicos

Leia mais

PESQUISA DA CESTA BÁSICA FEVEREIRO DE 2018

PESQUISA DA CESTA BÁSICA FEVEREIRO DE 2018 PESQUISA DA CESTA BÁSICA FEVEREIRO DE 2018 Natália Mariana de Souza Ribeiro Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos Econômicos

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA - JULHO/2017:

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA - JULHO/2017: NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA - JULHO/2017: Gabriela Schroder de Barros Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em

Leia mais

PESQUISA DA CESTA BÁSICA MARÇO DE 2018

PESQUISA DA CESTA BÁSICA MARÇO DE 2018 PESQUISA DA CESTA BÁSICA MARÇO DE 2018 No mês de Março, dentre as maiores valorizações estão os ovos brancos (8,4%), o alho (4,0%) e o frango resfriado (3,7%). As quedas são puxadas principalmente pela

Leia mais

Custo da cesta aumenta em metade das capitais pesquisadas

Custo da cesta aumenta em metade das capitais pesquisadas 1 São Paulo, 11 de março de 2014. Custo da cesta aumenta em metade das capitais pesquisadas NOTA À IMPRENSA Em fevereiro, os preços dos gêneros alimentícios essenciais subiram em nove das 18 capitais onde

Leia mais

PESQUISA DA CESTA BÁSICA ABRIL DE 2018

PESQUISA DA CESTA BÁSICA ABRIL DE 2018 PESQUISA DA CESTA BÁSICA ABRIL DE 2018 O valor médio da cesta básica do município recuou 0,33%, sendo esta a quarta redução consecutiva. As principais quedas foram observadas nos preços da batata (-9,6%),

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Gabriela Schroder de Barros Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Natália Mariana de Souza Ribeiro Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura

Leia mais

PESQUISA DA CESTA BÁSICA JUNHO DE 2018

PESQUISA DA CESTA BÁSICA JUNHO DE 2018 PESQUISA DA CESTA BÁSICA JUNHO DE 2018 Em relação a Maio, o preço médio da cesta básica do município apresentou extenso aumento, ainda sob influência da greve dos caminhoneiros do último mês. Segundo levantamento

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Natália Mariana de Souza Ribeiro Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura

Leia mais

PESQUISA DA CESTA BÁSICA MAIO DE 2018

PESQUISA DA CESTA BÁSICA MAIO DE 2018 PESQUISA DA CESTA BÁSICA MAIO DE 2018 No mês de maio, o preço médio da cesta básica araraquarense apresentou leve aceleração de 1,31% em relação ao mês de Abril, segundo levantamento feito pelo Núcleo

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA MARÇO/2017

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA MARÇO/2017 NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA MARÇO/2017 Délis Magalhães Economista do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Délis Magalhães Economista do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos Econômicos

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Gabriela Schroder de Barros Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,69% EM JULHO/2011

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,69% EM JULHO/2011 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,69% EM JULHO/2011 No mês de ho de 2011, o valor da cesta básica do paulistano teve queda de 0,69%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Gabriela Schroder de Barros Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura e Estudos

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Natália Mariana de Souza Ribeiro Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Junho 2011

Cesta Básica. Boletim Junho 2011 Cesta Básica Boletim Junho 2011 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus aumentou quase 5%, de R$187,25 em maio para R$196,39 em junho (Tabela 1). A elevação no preço do tomate de 21,90% foi o que mais

Leia mais

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA

NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA NÚCLEO DE ECONOMIA DO SINCOMÉRCIO: PESQUISA DA CESTA BÁSICA Natália Mariana de Souza Ribeiro Estagiária do Núcleo de Economia do Sincomércio Araraquara em parceria com o Núcleo de Extensão em Conjuntura

Leia mais

Valor da cesta básica recua em 10 capitais

Valor da cesta básica recua em 10 capitais 1 São Paulo, 07 de julho de 2014. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica recua em 10 capitais Em junho, os preços do conjunto de bens alimentícios essenciais diminuíram em 10 das 18 capitais onde o DIEESE

Leia mais

Custo da cesta básica recua em 11 capitais

Custo da cesta básica recua em 11 capitais 1 São Paulo, 3 de março de 2008. NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica recua em 11 capitais O custo do conjunto de itens de alimentação que compõem a cesta básica apresentou, em fevereiro, predominância

Leia mais

Custo da cesta básica tem forte alta na maioria das capitais em 2010

Custo da cesta básica tem forte alta na maioria das capitais em 2010 1 São Paulo, 11 de janeiro de 2011. NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica tem forte alta na maioria das capitais em 2010 Catorze, das 17 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Junho - 2012

Cesta Básica. Boletim Junho - 2012 Cesta Básica Boletim Junho - 2012 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus reduziu 0,98%, de R$214,06 em maio passou para R$211,97 em junho (Tabela 1). A diminuição de 7,77% no preço da carne foi o

Leia mais

CESTA BÁSICA da cidade de Catalão-GO

CESTA BÁSICA da cidade de Catalão-GO BOLETIM 46 CESTA BÁSICA da cidade de Catalão-GO Mês de Referência: 01/2014 Mês de Divulgação: 02/2014 Prof. Dr. Serigne Ababacar Cissé Ba ; Laila Cristina Rodrigues Silva; Karen Brina Borges de CATALÃO-GO

Leia mais

Valor da cesta básica recua em todas capitais

Valor da cesta básica recua em todas capitais 1 São Paulo, 06 de agosto de 2014. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica recua em todas capitais Em julho, os preços do conjunto de bens alimentícios essenciais diminuíram em todas as 18 capitais onde

Leia mais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais 1 São Paulo, 03 de novembro de 2011 Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais NOTA À IMPRENSA Ao contrário do que ocorreu em setembro, quando 09 cidades registraram queda no preço dos gêneros

Leia mais

Comportamento do custo da Cesta Básica se diferencia nas capitais do Brasil

Comportamento do custo da Cesta Básica se diferencia nas capitais do Brasil 1 São Paulo, 11 de abril de 2016. NOTA À IMPRENSA Comportamento do custo da Cesta Básica se diferencia nas capitais do Brasil Em março de 2016, houve aumento no custo do conjunto de alimentos básicos em

Leia mais

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO BOLETIM Novembro 2015 CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO Mês de Referência: 11/2015 Mês de Divulgação: 12/2015 Profa. Dra. Michelle da Silva Borges Karen Brina Borges de Deus; Luciene Maria Borges

Leia mais

Cesta básica tem comportamento diferenciado nas capitais

Cesta básica tem comportamento diferenciado nas capitais 1 São Paulo, 06 de fevereiro de 2014. NOTA À IMPRENSA Cesta básica tem comportamento diferenciado nas capitais Metade das 18 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos

Leia mais

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE IJUÍ

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE IJUÍ BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE IJUÍ Ano 5 - N 6 Junho de 2015 LEA Laboratório de Economia Aplicada Resumo - Comunicado para a Imprensa Os dados da coleta de preços nos principais supermercados do Município

Leia mais

CESTA BÁSICA ALIMENTAR Ração Essencial Mínima

CESTA BÁSICA ALIMENTAR Ração Essencial Mínima CESTA BÁSICA ALIMENTAR Ração Essencial Mínima FEVEREIRO/2008 Com o objetivo de avaliar o poder de compra do salário mínimo na aquisição de alimentos necessários à manutenção de um indivíduo-padrão, a Secretaria

Leia mais

Preço da cesta básica só recua em Brasília

Preço da cesta básica só recua em Brasília 1 São Paulo, 05 de maio de 2006 NOTA À IMPRENSA Preço da cesta básica só recua em Brasília Somente em Brasília onde o custo do conjunto de gêneros alimentícios de primeira necessidade recuou 2,52% - houve,

Leia mais

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO BOLETIM fevereiro 2016 CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO Mês de Referência: 02/2016 Mês de Divulgação: 03/2016 Profa. Dra. Michelle da Silva Borges; Tamara Lopes de Oliveira Brenner Camargo da Silva

Leia mais

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE TRÊS PASSOS 1 Ano 1 - N 6 Junho de 2015

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE TRÊS PASSOS 1 Ano 1 - N 6 Junho de 2015 BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE TRÊS PASSOS 1 Ano 1 - N 6 Junho de 2015 Laboratório de Gestão Laboratório de Economia Aplicada Resumo - Comunicado para a Imprensa Os dados da coleta de preços nos principais

Leia mais

Cesta básica mais barata em 12 cidades

Cesta básica mais barata em 12 cidades 1 São Paulo, 07 de junho 2013. NOTA À IMPRENSA Cesta básica mais barata em 12 cidades Em maio, houve predomínio de retração nos preços dos produtos alimentícios essenciais e em 12 das 18 capitais onde

Leia mais

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO BOLETIM março 2016 CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO Mês de Referência: 03/2016 Mês de Divulgação: 04/2016 Profa. Dra. Michelle da Silva Borges; Tamara Lopes de Oliveira Brenner Camargo da Silva

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Janeiro 2011

Cesta Básica. Boletim Janeiro 2011 Cesta Básica Boletim Janeiro 2011 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus aumentou 5,32%, de R$184,63 em dezembro passou para R$194,45 em janeiro (Tabela 1). A elevação de 73,65% no preço do tomate

Leia mais

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE PANAMBI 1 Ano 2 - N 6 Junho de 2015

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE PANAMBI 1 Ano 2 - N 6 Junho de 2015 BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE PANAMBI 1 Ano 2 - N 6 Junho de 2015 Laboratório de Gestão Laboratório de Economia Aplicada Resumo - Comunicado para a Imprensa Os dados da coleta de preços nos principais supermercados

Leia mais

Alimentos e combustíveis pressionam a inflação em março

Alimentos e combustíveis pressionam a inflação em março 1 São Paulo, 07 de abril de 2014. NOTA À IMPRENSA Alimentos e combustíveis pressionam a inflação em março Em março, a variação do custo de vida no município de São Paulo foi de 0,81%, segundo cálculo do

Leia mais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Novembro de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Novembro de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Novembro 2015 Novembro de 2015 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL REITOR Prof.

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Junho 2010

Cesta Básica. Boletim Junho 2010 Cesta Básica Boletim Junho 2010 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus reduziu 3,10%, de R$193,71 em maio passou para R$187,71 em junho (Tabela 1). A redução no preço do tomate (-17,77%) foi o que

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 3,10% EM ABRIL/2010

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 3,10% EM ABRIL/2010 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 3,10% EM ABRIL/2010 No mês de abril de 2010, o valor da cesta básica do paulistano teve alta de 3,10%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Janeiro de 2012 Cesta Básica de Caxias do Sul, jan./12 UNIVERSIDADE DE

Leia mais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Março de 2016. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Março de 2016. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Março 2016 Março de 2016 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL REITOR Prof. Evaldo

Leia mais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Maio de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Maio de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Maio 2015 Maio de 2015 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL REITOR Prof. Evaldo

Leia mais

Cesta Básica da Classe Média

Cesta Básica da Classe Média Cesta Básica da Classe Média Boletim de Divulgação da Cesta Básica da Classe Média Julho/ 2012 Cesta básica da classe média registra maior alta dos últimos 6 anos. Tomate e cenoura são os vilões. A cesta

Leia mais

Preços Agropecuários: alta de 2,99% em fevereiro de 2014

Preços Agropecuários: alta de 2,99% em fevereiro de 2014 Análises e Indicadores do Agronegócio ISSN 1980-0711 Preços Agropecuários: alta de 2,99% em fevereiro de 2014 O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) 1, 2 (que mede

Leia mais

Aumento de 2,69% no custo do cesto básico de produtos em fevereiro de 2016 em Chapecó

Aumento de 2,69% no custo do cesto básico de produtos em fevereiro de 2016 em Chapecó Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 21, Nº 02 Fevereiro/2016 Aumento de 2,69% no custo do cesto básico de produtos em fevereiro de 2016

Leia mais

Alimentos sobem em outubro

Alimentos sobem em outubro 1 São Paulo, 6 de novembro de 2008. NOTA À IMPRENSA Alimentos sobem em outubro Após dois meses com preços em queda, os gêneros alimentícios essenciais voltaram a apresentar predomínio de alta em outubro,

Leia mais

PERCENTUAL PERCENTUAL

PERCENTUAL PERCENTUAL PESQUISA: COLETA DE PREÇOS O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Volta Redonda - IPPU-VR - realiza semanalmente a pesquisa intitulada Coleta de Preços, com o objetivo de veicular através dos

Leia mais

Análise: O preço dos alimentos nos últimos 3 anos e 4 meses

Análise: O preço dos alimentos nos últimos 3 anos e 4 meses 1 São Paulo, 7 de maio de 2008. NOTA À IMPRENSA Análise: O preço dos alimentos nos últimos 3 anos e 4 meses O comportamento recente do preço dos alimentícios tem sido motivo de preocupação, uma vez que

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP E RIBEIRÃO PRETO/SP

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP E RIBEIRÃO PRETO/SP PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP E RIBEIRÃO PRETO/SP Fevereiro de 2018 Pesquisa realizada em supermercados de Franca/SP e Ribeirão Preto/SP revela oscilação negativa no preço médio, do

Leia mais

CESTA BÁSICA ALIMENTAR RESULTADOS OBTIDOS

CESTA BÁSICA ALIMENTAR RESULTADOS OBTIDOS CESTA BÁSICA ALIMENTAR JUNHO/ Com o objetivo de avaliar o poder de compra do salário mínimo na aquisição de alimentos necessários à manutenção de um indivíduo-padrão, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente,

Leia mais

Agosto de 2012. VALORIZAÇÃO DO FARELO DE SOJA E DO MILHO ELEVA GASTOS COM CONCENTRADO

Agosto de 2012. VALORIZAÇÃO DO FARELO DE SOJA E DO MILHO ELEVA GASTOS COM CONCENTRADO VALORIZAÇÃO DO FARELO DE SOJA E DO MILHO ELEVA GASTOS COM CONCENTRADO Em julho, o preço das principais matérias-primas que compõem o concentrado continuou subindo em todos os estados pesquisados pelo Cepea:

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Março de 2017

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Março de 2017 PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Março de 2017 Pesquisa realizada em supermercados de Franca/SP revela variação positiva no preço médio no conjunto de itens analisado, entre os meses de

Leia mais

Com aumento do custo da cesta básica em junho, família Chapecoense necessita de 0,458 salários para adquirir

Com aumento do custo da cesta básica em junho, família Chapecoense necessita de 0,458 salários para adquirir Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 21, Nº 06 Junho/2016 Com aumento do custo da cesta básica em junho, família Chapecoense necessita

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Abril de 2017

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Abril de 2017 PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Abril de 2017 Pesquisa realizada em supermercados de Franca/SP revela nova variação positiva no preço médio no conjunto de itens analisado, entre os meses

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP E RIBEIRÃO PRETO/SP

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP E RIBEIRÃO PRETO/SP PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP E RIBEIRÃO PRETO/SP Dezembro de 2017 Pesquisa realizada em supermercados de Franca/SP e Ribeirão Preto/SP revela oscilação positiva no preço médio, do

Leia mais

Preço da carne sobe em todas as capitais

Preço da carne sobe em todas as capitais 1 São Paulo, 07 de outubro de 2014. NOTA À IMPRENSA Preço da carne sobe em todas as capitais Em setembro, os preços do conjunto de bens alimentícios essenciais diminuíram em 11 das 18 cidades onde o DIEESE

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD Pesquisa realizada entre os dias 20 e 27 de setembro de 2010. PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD CENTRO MUSAMAR CONDOR MERCADORAMA VISCARDI PREÇO MÉDIO MÍNIMO MÁXIMO DIFERENÇA Produto Quant.

Leia mais

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2016

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2016 São Paulo, 04 de janeiro de 2017 NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2016 Em 2016, o valor acumulado da cesta básica aumentou nas 27 capitais do país, onde o DIEESE -

Leia mais

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Determinação do valor da cesta básica na cidade de Guarujá, SP. Análise do período de agosto de 2009 a julho de 2010. Bruno Silva

Leia mais

CESTA BÁSICA ALIMENTAR

CESTA BÁSICA ALIMENTAR CESTA BÁSICA ALIMENTAR MAIO/ Com o objetivo de avaliar o poder de compra do salário mínimo na aquisição de alimentos necessários à manutenção de um indivíduo-padrão, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente,

Leia mais

Cesta básica: preços aumentam em 16 capitais

Cesta básica: preços aumentam em 16 capitais 1 São Paulo, 04 de abril de 2014. NOTA À IMPRENSA Cesta básica: preços aumentam em 16 capitais Em março, os preços dos gêneros alimentícios essenciais subiram em 16 das 18 capitais onde o DIEESE - Departamento

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD Pesquisa realizada entre os dias 27 e 1 de janeiro de 2010. CENTRO MUSAMAR CONDOR MERCADORAMA* VISCARDI PREÇO MÉDIO MÍNIMO MÁXIMO DIFERENÇA Produto Quant. Preço Preço Preço Preço Preço Preço Preço % Achocolatado

Leia mais

Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais

Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais 1 São Paulo, 6 de dezembro de 2018 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais Pelo segundo mês consecutivo, houve aumento no preço do conjunto de alimentos essenciais em

Leia mais

O QUASE FINAL DA SAFRA DE GRÃOS 2010/11. E A CRISE?

O QUASE FINAL DA SAFRA DE GRÃOS 2010/11. E A CRISE? 1 O QUASE FINAL DA SAFRA DE GRÃOS 2010/11. E A CRISE? Fernando Homem de Melo 1 Professor Titular do Departamento de Economia da FEA-USP e Pesquisador da FIPE A safra de grãos, 2010/11 está terminando.

Leia mais

ESTIMATIVA DO VALOR DA CESTA BÁSICA CB UNAERP DA CIDADE DE GUARUJÁ SP - ANÁLISE DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016

ESTIMATIVA DO VALOR DA CESTA BÁSICA CB UNAERP DA CIDADE DE GUARUJÁ SP - ANÁLISE DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 ESTIMATIVA DO VALOR DA CESTA BÁSICA CB UNAERP DA CIDADE DE GUARUJÁ SP - ANÁLISE DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 Rubens Carneiro Ulbanere Autor e Orientador Coordenador do Núcleo de Pesquisas Fernando Eduardo

Leia mais

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2015

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2015 1 São Paulo, 08 de janeiro de 2016. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2015 Em 2015, o valor acumulado da cesta básica aumentou em todas as 18 capitais onde o DIEESE

Leia mais

Cesta básica aumenta em quase todas as capitais

Cesta básica aumenta em quase todas as capitais 1 São Paulo, 06 de fevereiro de 2015. NOTA À IMPRENSA Cesta básica aumenta em quase todas as capitais O conjunto dos gêneros alimentícios registrou alta em 17 das 18 capitais onde o DIEESE - Departamento

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD Pesquisa realizada entre os dias 22 e 29 de Fevereiro de 2012. CENTRO MUSAMAR CONDOR MERCADORAMA VISCARDI PREÇO MÉDIO MÍNIMO MÁXIMO DIFERENÇA Produto Quant.

Leia mais

Cesta básica diminui em 13 cidades

Cesta básica diminui em 13 cidades 1 São Paulo, 06 de outubro de 2015. NOTA à IMPRENSA Cesta básica diminui em 13 cidades Em setembro, o conjunto de bens alimentícios básicos teve seu valor reduzido em 13 das 18 cidades em que o DIEESE

Leia mais

Custo da cesta tem comportamento diferente entre as capitais

Custo da cesta tem comportamento diferente entre as capitais São Paulo, 4 de julho de 2019 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta tem comportamento diferente entre as capitais Em junho de 2019, o custo do conjunto de alimentos essenciais diminuiu em 10 capitais e aumentou

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD Pesquisa realizada entre os dias 11 e 14 de abril de 2011. CENTRO MUSAMAR CONDOR MERCADORAMA* VISCARDI PREÇO MÉDIO MÍNIMO MÁXIMO DIFERENÇA Produto Quant. Preço

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD

PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD Pesquisa realizada entre os dias 19 e 2 de fevereiro de 2010. PESQUISA DE PREÇOS - CESTA BÁSICA - PROCON-LD CENTRO MUSAMAR CONDOR MERCADORAMA VISCARDI PREÇO MÉDIO MÍNIMO MÁXIMO DIFERENÇA Achocolatado Nescau

Leia mais

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (CUSTO DE VIDA) TERESINA

Leia mais

Cesta básica aumenta em 15 cidades

Cesta básica aumenta em 15 cidades 1 São Paulo, 07 de novembro de 2013 NOTA À IMPRENSA Cesta básica aumenta em 15 cidades Em outubro, 15 das 18 capitais em que o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos

Leia mais

Pelo segundo mês consecutivo, feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica

Pelo segundo mês consecutivo, feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica 1 São Paulo, 04 de agosto de 2016 NOTA À IMPRENSA Pelo segundo mês consecutivo, feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica O custo do conjunto de alimentos básicos aumentou em 22 das 27 capitais

Leia mais

Feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica

Feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica 1 São Paulo, 06 de julho de 2016 NOTA À IMPRENSA Feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica Em junho, o custo do conjunto de alimentos básicos aumentou em 26 das 27 capitais do Brasil, de

Leia mais

1. O CUSTO DA CESTA BÁSICA APRESENTOU UMA VARIAÇÃO POSITIVA DE 1,13% NO MÊS DE MARÇO EM CASCA

1. O CUSTO DA CESTA BÁSICA APRESENTOU UMA VARIAÇÃO POSITIVA DE 1,13% NO MÊS DE MARÇO EM CASCA 1. O CUSTO DA CESTA BÁSICA APRESENTOU UMA VARIAÇÃO POSITIVA DE 1,13% NO MÊS DE MARÇO EM CASCA O Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Ciências Econômicas Administrativas e Contábeis (CEPEAC) divulga,

Leia mais

Valor da cesta básica aumenta em 17 capitais em 2014

Valor da cesta básica aumenta em 17 capitais em 2014 1 São Paulo, 09 de janeiro de 2015. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica aumenta em 17 capitais em 2014 Em 2014, o valor acumulado da cesta básica aumentou em 17 das 18 capitais onde o DIEESE - Departamento

Leia mais

Valor da Cesta Básica aumenta em 12 cidades

Valor da Cesta Básica aumenta em 12 cidades 1 São Paulo, 06 de novembro de 2014. NOTA À IMPRENSA Valor da Cesta Básica aumenta em 12 cidades Em outubro, houve aumento dos preços do conjunto de bens alimentícios essenciais em 12 das 18 cidades onde

Leia mais

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (CUSTO DE VIDA) TERESINA

Leia mais

Cesta Básica tem aumento em 12 cidades

Cesta Básica tem aumento em 12 cidades 1 São Paulo, 09 de dezembro de 2014. NOTA À IMPRENSA Cesta Básica tem aumento em 12 cidades Em novembro, houve aumento dos preços do conjunto de bens alimentícios essenciais em 12 das 18 cidades onde o

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Abril 2016

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Abril 2016 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Abril 2016 Rio de Janeiro, 06 de maio de 2016 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS Abril 2016 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Maio de 2017

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Maio de 2017 PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Maio de 2017 Pesquisa realizada em supermercados de Franca/SP revela estabilidade no preço médio no conjunto de itens analisado, entre os meses de abril

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Fevereiro de 2017

PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Fevereiro de 2017 PESQUISA DE PREÇOS NOS SUPERMERCADOS DE FRANCA/SP Fevereiro de 2017 Pesquisa realizada em supermercados de Franca/SP revela estabilidade no preço médio no conjunto de itens analisado, entre os meses de

Leia mais

Custo da cesta básica sobe em 20 capitais

Custo da cesta básica sobe em 20 capitais 1 São Paulo, 6 de abril de 2017 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica sobe em 20 capitais Em março, o custo do conjunto de alimentos essenciais aumentou em 20 das 27 capitais brasileiros, segundo dados

Leia mais

TÍTULO: ESTIMATIVA DO VALOR DA CESTA BÁSICA CB UNAERP DA CIDADE DE GUARUJÁ SP - ANÁLISE DO ANO DE 2014

TÍTULO: ESTIMATIVA DO VALOR DA CESTA BÁSICA CB UNAERP DA CIDADE DE GUARUJÁ SP - ANÁLISE DO ANO DE 2014 TÍTULO: ESTIMATIVA DO VALOR DA CESTA BÁSICA CB UNAERP DA CIDADE DE GUARUJÁ SP - ANÁLISE DO ANO DE 2014 CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE

Leia mais

Preço da cesta básica aumenta em 17 cidades

Preço da cesta básica aumenta em 17 cidades 1 São Paulo, 07 de maio de 2015. NOTA À IMPRENSA Preço da cesta básica aumenta em 17 cidades Do total de 18 cidades onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos -

Leia mais

Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais do Brasil

Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais do Brasil 1 São Paulo, 9 de setembro de 2016 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais do Brasil Em agosto, houve aumento no custo do conjunto de alimentos básicos em 18 das 27 capitais

Leia mais

A Carga Tributária Sobre Alimentos no Brasil.

A Carga Tributária Sobre Alimentos no Brasil. A Carga Tributária Sobre Alimentos no Brasil. Luiz Felipe de Oliveira Pinheiro * Luana Alessandra Chalub Llanco ** RESUMO O presente artigo tem como objetivo encontrar a carga tributária sobre alimentos

Leia mais

Pelo segundo mês consecutivo, custo da cesta básica aumenta em todas as capitais

Pelo segundo mês consecutivo, custo da cesta básica aumenta em todas as capitais 1 São Paulo, 7 de maio de 2019 NOTA À IMPRENSA Pelo segundo mês consecutivo, custo da cesta básica aumenta em todas as capitais Em abril de 2019, o custo do conjunto de alimentos essenciais subiu em todas

Leia mais