Curso de Pós-Graduação Lato Sensu FISIOLOGIA AVANÇADA DO EXERCÍCIO E PERSONAL TRAINER. Balneário Camboriú SC EMENTÁRIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso de Pós-Graduação Lato Sensu FISIOLOGIA AVANÇADA DO EXERCÍCIO E PERSONAL TRAINER. Balneário Camboriú SC EMENTÁRIO"

Transcrição

1 Curso de Pós-Graduação Lato Sensu FISIOLOGIA AVANÇADA DO EXERCÍCIO E PERSONAL TRAINER EMENTÁRIO Professores Disciplina Personal Trainer: Gestão, Tendências e Otávio Moscatello Perspectivas Mercadológicas; Periodização do Treinamento de Força Ementa: Estruturação do Business em Personal Training; Como realizar o marketing na captação e retenção dos clientes; Gestão de carreira em Personal Training; Noições de Gestão finaceira do se negócio; Como estruturar seu negócio a fim de que o mesmo gere lucratividade e regularidade de ganhos; CONTEÚDO 2: Como aplicar e utilizar os controles e avaliações funcionais ligadas ao treinamento neuromuscular específicas em personal training; Metodologia da prescrição de treinamento de Força na Musculação (Neuromuscular); Divisões da Força; Métodos e sistemas de treinamento em Força; Como estruturar programas de treinamento voltados ao aumento de massa isenta de gordura; Montagem do Planejamento de treinamento personalizado voltada à atividade física e baseado na Periodização; Noções dos processos de controle de carga total e comparativo de volume de séries por exercícios e grupos musculares; A influência da informática e tecnologia no trabalho do profissional no processo de controle de dados; Como converter todos os esforços profissionais em lucratividade. Dr. Jones Macagnan Biologia Celular e Histologia Nível Celular: Membrana Celular:Transporte atravé das membrana( Difusão, osmose, Transporte Ativo, Transporte Vesicular); Citoplasma: organelas Núcleo Sintese Proteica Histologia:Tipos de tecidos : Epitelial, Conjuntivo, Tecido Muscular e Nervoso

2 Profª Ms.Ileana Arminda Mourão Nutrição Humana Carboidratos, Proteínas e Gorduras: Classificação, Digestão, Absorção até armazenamento Papel do Fígado no metabolismo lipídico( síntese de colesterol, e metabolsimo protéico) Micronutrientes Hidratação Alimentos Funcionais Bioquímica Aplicada ao Exercício Prof. Cesar Bolzan - Físico:Metabolismo Metabolismo Energético: : anabolismo e catabolismo Sistemas Energéticos : Anaerobios, Aeróbios VO2 MÁXIMO, VO2 Pico, Potencia Crítica, Limiar Lactato Interações Metabólicas e os tipos de exercício físico Ana Dãmaso -UNIFESP Fisiopatologia da Obesidade e Estratégias de Emagrecimento Etiologia, Fisiopatologia e Metabolismo do Tecido Adiposo, Regulação Neuro endócrina do balanço energético- Modelo de Terapia interdisciplinar do Grupo de Estudos da Obesidade - GEO-CEPE-UNIFESP (Orientação Clinica, Nutricional, Psicológica e Prescrição do Exercício) O papel do exercício físico no emagrecimento Prof. Dr. Lian Tock Farmacologia Farmacologia no Tratamento da Obesidade Principais Fármacos e aplicabilidade Mecanismos de ação, efeitos colaterais. Fisiologia Neuromuscular aplicada ao Prof. Dr. João Augusto Reis Moura Excercício Físico Neuroanatomia ( controle Neural do Movimento) Estrutura macro e microscopia do sistema muscular Contração muscular; Unidades Motoras; Tipos de fibras mmrs; tipos de contração Curva Comprimento/tensão Recrutamento Força Muscular, fatores determinantes:recrutamento, somação, sincronização Ação Muscular e controle do movimento

3 Mecanismo de hipertrofia muscular Fatores Determinantes da Fadiga DMET ( dor muscular de início tardio) Propioceptores Fisiologia do Sistema Cardiorrepsiratório Prof. Dr. Carlos Alberto da Silva Aplicada ao exercício Físico Fisiologia do Sistema Cardiorrespiratório Controle Neural do Sistema Cardiovascular e Respiratório Hemodinâmica: fluxo, resistência Adaptações agudas e crônicas das variáveis cardiovasculares e respiratórias ao exercício físico Diferenciação e do exercício do tipo endurance e resistido Exercícios Concorrentes Fisiologia do Sistema Cardiorrepsiratório Prof. Dr. Carlos Alberto da Silva aplicada ao exercício Físico Fisiopatologia das Cardiopatias e Reabilitação Cardíaca Síndrome Plurimetabólica Prof. Ms. Altair Argentino Metodologia da Pesquisa Científica: Artigos e Seminários ABNT Normas e Procedimentos para confecção de Artigos Científicos, Monografias e Resenhas Fisiologia do Sistema Endócrino aplicada ao Prof. Dra Elaine Farina Exercício físico Hormônios: síntese, secreção, atuação,metabolização e excreção dos hormônios envolvidos no Metabolismo energético Principais distúrbios hormonais Adaptações agudas e crônicas ao exercício resistido e de endurance Prof. Dr. Rui Cury Fisiologia do Sistema Imunológico aplicado ao exercício físico Adaptações agudas e crônicas do sistema imunológico ao exercício resistido de endurance e Ms. Fábio Rodrigues José- USP; Biomaterias: ossos, cartilagens e tendões Respostas agudas e crônicas ao exercício. Análise da sobrecarga: curva de deformação do stress Fisiologia do Sistema Ósteo articular Prof. Abadala Achour Fisiologia da Flexibilidade

4 Biomaterias: tendões e ligamentos Respostas agudas e crônicas ao exercício. Fisiologia da flexibilidade Aplicabilidade do Treinamento de Flexibilidade nas crianças, adolescentes, adultos, atletas e idosos Ms. Fábio Rodrigues José Biomecânica aplicada ao exercício físico Princípios de Alavanca Análise biomecânica das articulações:tornozelo, joelho e quadril,punho, cotovelo e ombro Coluna Vertebral Maria Valéria GUglielmetto Figueiredo Antropometria: métodos de análise da composição corporal Análise da Gordura Visceral e Subscutanea Marcelo Henrique de Andrade Bueno Ergoespirometria: aplicação prática e análise das variáveis Curvas Mtabólicas: interpretação Zona Alvo Realização e Interpretação do Eletrocardiograma Diretrizes para Aplicação dos Testes de Esforço Avaliação Física : Composição Corporal Ergoespirometria e Eletrocardiografia César Bolzan Avaliação Cardiorrespiratória Limiar Lactato Protocolos de Avaliação Cardiorrespiratória Limiar de Lactato Pista, esteiras, cicloergômetros, piscina(prática) Ileana Arminda Mourão Nutrição e Suplementação Esportiva Suplementos Esportivos Recursos Ergogênicos Refeições pré e pós treino Legislação Jucemar Benedet Fisiopatolgia dos Grupos Especiais e o Exercício Físico

5 Fisiopatologia dos grupos especiais E o exercício Físico:Gestantes, crianças, idosos, asmáticos, diabéticos, aidéticos Obs: as cardiopatias serão trabalhadas na disciplina: Fisiopatologia das Cardiopatias Avaliação Neuromuscular: teoria e prática Prof. Dra Elaine Farina Avaliação Postural: estática e dinâmica Métodos de Avaliação Neuromsucular: teoria e prática Principais Doenças Neuromusculares e Efeitos do Exercícios Métodos de Avaliação Postural Treinamento Resistido com Pesos: Eduardo Cartirer Diretrizes e Periodização Métodos e Protocolos de Treinamento Diretrizes para prescrição dos Exercícios Resistidos e Periodização Análise Biomecanica dos Principais Exercícios Resisitidos ( Prática) Treinamento de Endurance: Prof. Dr. Carlos Alberto da Silva Diretrizes e Periodização Métodos e Protocolos de Treinamento de Endurance Diretrizes para prescrição dos Exercícios Endurance e periodização Periodização do Treinamento de Endurance Heloisa Helena Zimmer R.Dias Técnicas de RCP Uso do Desfibrilador/ Princípios gerais do atendimento pré-hospitalar: manipulação, monitorização e manutenção dos sinais vitais; Competências legais dos profissionais da Educação Física (ou Personal Training) na prestação do atendimento pré-hospitalar. Traumas, entorses, contusões, luxações, ténicas básicas de imobilizações, principais emergências cardiológicas e cerebrovasculares (IAM*, AV*, PCR*) e técnicas de suporte básico de vida. Legenda *IAM = Infarto Agudo do Miocárido *AVC = Acidente Vascular Cerebral ("Derrame") *PCR = Parada cárdiorrespiratória Bola Suiça, Step, mini trampolim, glúteos Adriana Cavalheiro e Ícaro de Barros e abdominais: estratégais de condicionamento Utilização da Bola Suiça, mini trmapolins, cordas, theraband, como estratégias de condicionamento Como escolher as músicas como estratégia de entretenimebnto e motivação Glúteos e Abdomen: exercícios especiais Meio Líquido como Estratégia de César Augusto Bolzan Condicionamento Físico Propriedades Físicas da água e sua interferências nas variáveis fisiológicas Cardiorrespiratórias, vasculares, ósseas e articulares) Temperatura da água e as populações: infantil, idosos e atletas

6 Exercícios resistidos na água: como otimizar Exercícios de Endurance na água Exercícios de Relaxamento Natação: Análise Biomecanica Prof. Drd. João Derli Didática e Metodologia do Ensino Superior Métodos e Padrões didáticos e metodológicos no ensino superior

Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h)

Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h) Ementário: Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h) Ementa: Organização Celular. Funcionamento. Homeostasia. Diferenciação celular. Fisiologia

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO(ESPECIALIZAÇÃO)

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO(ESPECIALIZAÇÃO) CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO(ESPECIALIZAÇÃO) APRESENTAÇÃO, Os Cursos de Pós-Graduação da Faculdade La Salle de Manaus estão amparados pelo Art.34 de seu Regimento Interno

Leia mais

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO APLICADA À SAÚDE E AO CONDICIONAMENTO FÍSICO

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO APLICADA À SAÚDE E AO CONDICIONAMENTO FÍSICO FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO APLICADA À SAÚDE E AO CONDICIONAMENTO FÍSICO DISCIPLINA: Fisiologia neural: estrutura, funcionamento e adaptações ao treinamento EMENTA: Arranjo funcional das unidades motoras e

Leia mais

BASES FISIOLÓGICAS DO TREINAMENTO ESPORTIVO

BASES FISIOLÓGICAS DO TREINAMENTO ESPORTIVO BASES FISIOLÓGICAS DO TREINAMENTO ESPORTIVO Dr. José Maria Santarem* Exercícios físicos são parte integrante da prática e preparação esportiva, e podem ser utilizados em medicina com diversas finalidades.

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) ANÁLISE BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO (1504) C/H 68 Análise anátomo-funcional do movimento humano com ênfase no

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA DISCIPLINA: FISIOLOGIA HUMANA EXERCÍCIO FÍSICO PARA POPULAÇÕES ESPECIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA DISCIPLINA: FISIOLOGIA HUMANA EXERCÍCIO FÍSICO PARA POPULAÇÕES ESPECIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA DISCIPLINA: FISIOLOGIA HUMANA EXERCÍCIO FÍSICO PARA POPULAÇÕES ESPECIAIS Prof. Mestrando: Marcelo Mota São Cristóvão 2008 POPULAÇÕES ESPECIAIS

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

AUMENTO DRAMÁTICO DO INTERESSE E PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS NO ESPORTE DE ALTO NÍVEL

AUMENTO DRAMÁTICO DO INTERESSE E PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS NO ESPORTE DE ALTO NÍVEL AUMENTO DRAMÁTICO DO INTERESSE E PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS NO ESPORTE DE ALTO NÍVEL NECESSIDADE DO MELHOR CONHECIMENTO EM ÁREAS COMO: CRESCIMENTO NORMAL, DESENVOLVIMENTO, EFEITOS DO EXERCÍCIO EM CRIANÇAS

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

EXERCÍCIOS RESISTIDOS. Parte I

EXERCÍCIOS RESISTIDOS. Parte I EXERCÍCIOS RESISTIDOS Parte I DESEMPENHO MUSCULAR Capacidade do músculo realizar trabalho. Elementos fundamentais: Força Potência muscular Resistência à fadiga FATORES QUE AFETAM O DESEMPENHO MUSCULAR

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DO ABC EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA DO ABC FMABC

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DO ABC EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA DO ABC FMABC RELATÓRIO DOS EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL PELA FACULDADE DE MEDICINA DO ABC FMABC O Núcleo de Saúde no Esporte da Faculdade de Medicina do ABC FMABC, utilizando as suas

Leia mais

EXERCÍCIOS RESISTIDOS : Uma visão dentro da Escola

EXERCÍCIOS RESISTIDOS : Uma visão dentro da Escola EXERCÍCIOS RESISTIDOS : Uma visão dentro da Escola Professora Mestre em Ciências Escola de Educação Física e Esporte Universidade de São Paulo CONTEÚDO Conceitos básicos. Princípios biológicos do treinamento.

Leia mais

Duração do curso - 13 meses (março de 2011 a março de 2012)

Duração do curso - 13 meses (março de 2011 a março de 2012) Duração do curso - 13 meses (março de 2011 a março de 2012) Início das aulas - 12/03/2011 Aulas presenciais - aos sábados, manhã e tarde (2 ou 3 encontros mensais, perfazendo um total de 30 encontros)

Leia mais

Check-up Performance

Check-up Performance A Saúde pelo Esporte é nosso lema maior. É o nosso ponto de partida e também nosso norteador. Dr. Felix Abuquerque Drummond Parceria REMOSUL O INSTITUTO O Instituto de Medicina do Esporte - IME é um centro

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO 1 CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2012.2 BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA... 4 02 BIOLOGIA HUMANA... 4 03 NATAÇÃO... 4 04 ESPORTE INDIVIDUAL

Leia mais

As Atividades físicas suas definições e benefícios.

As Atividades físicas suas definições e benefícios. As Atividades físicas suas definições e benefícios. MUSCULAÇÃO A musculação, também conhecida como Treinamento com Pesos, ou Treinamento com Carga, tornou-se uma das formas mais conhecidas de exercício,

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) ADMINISTRAÇÃO EM FISIOTERAPIA C/H 68 (2435) Introdução, princípios, bases legais e elementos da administração. Atuação da

Leia mais

CURRÍCULO PLENO/ 2015 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT PCC CHA

CURRÍCULO PLENO/ 2015 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT PCC CHA Curso: Graduação: Regime: MATRIZ CURRICULAR EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO SERIADO ANUAL NOTURNO Duração: 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO: Fisioterapia TURMA: Terceiro Período A HORARIO: Segundas-feiras às 21hs (1) e Terças-feiras às 20hs10mim (2) COMPONENTE

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO

EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO 1 PERÍODO DISCIPLINA: Elementos de Anatomia B108478 04 1º 80 DE APRENDIZAGEM Introdução ao estudo da Anatomia. Nomenclatura anatômica, estudo descritivo dos sistemas orgânicos.

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Educação Física

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Educação Física EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS Disciplina: BIOLOGIA Características gerais dos seres vivos. Química da célula. Citologia. Microscopia. Divisão celular. Formas de reprodução. Histologia. Disciplina: ANATOMIA

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Fisiologia Humana Professor: Ricardo Marques Nogueira Filho e-mail: ricardonogfilho@ig.com.br Código: Carga Horária:

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO 1 CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) Atualizado em 15 de janeiro de 2015 pela 2014 Assessoria de Desenvolvimento, conforme Parecer 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4

Leia mais

CONCEITO: PRC. (Moraes RS, et al. Diretriz de Reabilitação Cardíaca. Arq Bras Cardiol 2005; 84: 431-40.)

CONCEITO: PRC. (Moraes RS, et al. Diretriz de Reabilitação Cardíaca. Arq Bras Cardiol 2005; 84: 431-40.) CONCEITO: PRC OMS: é o somatório das atividades necessárias para garantir aos pacientes portadores de cardiopatia as melhores condições física, mental e social, de forma que eles consigam, pelo seu próprio

Leia mais

Treinamento Personalizado para Idosos. Discentes: Dulcineia Cardoso Laís Aguiar

Treinamento Personalizado para Idosos. Discentes: Dulcineia Cardoso Laís Aguiar Treinamento Personalizado para Idosos Discentes: Dulcineia Cardoso Laís Aguiar Idosos Indivíduos com idade superior a 60anos Segundo o estatuto do idoso -é assegurando o direito à vida, à saúde, à alimentação,

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1 CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 BRUSQUE (SC) Atualizado em 26 de agosto de 2014 2014 pela Assessoria de Desenvolvimento. 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO

Leia mais

Informação Institucional

Informação Institucional ACM / YM CA Sorocaba 15..32349115 www.fefiso.edu.br O NOV FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO: Avaliação e Prescrição de Atividade Física Musculação e Personal Training Educação Física Escolar Gestão Estratégica e

Leia mais

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS - NUTRIÇÃO

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS - NUTRIÇÃO PROGRAMA DAS DISCIPLINAS - NUTRIÇÃO 1º PERÍODO DISCIPLINA: Metodologia Científica H1032 : Características do conhecimento científico. A linguagem científica, sua estrutura e sua lógica. O papel da teoria:

Leia mais

Atividade Física e Saúde na Escola

Atividade Física e Saúde na Escola Atividade Física e Saúde na Escola *Eduardo Cardoso Ferreira ** Luciano Leal Loureiro Resumo: Atividade física pode ser trabalhada em todas as idades em benefício da saúde. O objetivo do artigo é conscientizar

Leia mais

Educação Física 1.ª etapa- 9. o ano

Educação Física 1.ª etapa- 9. o ano Educação Física 1.ª etapa- 9. o ano CONHECENDO MEU CORPO DURANTE O EXERCÍCIO DESCUBRA PORQUE É TÃO IMPORTANTE ACOMPANHAR OS BATIMENTOS CARDÍACOS ENQUANTO VOCÊ SE EXERCITA E APRENDA A CALCULAR SUA FREQUÊNCIA

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2010

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2010 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2010 1. Apresentação: A Fundação Barra Bonita de Ensino, por intermédio de sua mantida, Faculdade de Educação Física de Barra Bonita, firmou parceria com a Universidade Gama Filho

Leia mais

exercício físico na obesidade e síndrome metabólica

exercício físico na obesidade e síndrome metabólica exercício físico na obesidade e síndrome metabólica CONCEITOS Atividade Física é qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos que resultam em gasto energético; Exercício é uma atividade

Leia mais

Mais saúde, menos stress

Mais saúde, menos stress iate especial Mais saúde, menos stress conheça Os BenefÍcIOs DA prática esportiva e AprOveIte para escolher A MODALIDADe IDeAL por JOãO rodrigues Um dos maiores diferenciais da Academia do Iate Clube de

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do curso

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do curso ANEXO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do Metabolismo (anabolismo x catabolismo) Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Lipídeos Motilidade no trato gastrointestinal Introdução ao Metabolismo

Leia mais

1.5. Vice-Coordenador: 1.6. Instituição Promotora Faculdade de Juazeiro do Norte FJN

1.5. Vice-Coordenador: 1.6. Instituição Promotora Faculdade de Juazeiro do Norte FJN COLÉGIO CULTURAL MÓDULO S/C LTDA Coordenadoria de Pós-Graduação e Pesquisa Projeto de Curso de Pós-Graduação (Lato Sensu) 1. Dados de Identificação 1.1. Nome do Curso: Especialização em Nutrição Esportiva

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Currículo n 1 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Currículo n 1 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Turno: INTEGRAL Currículo n 1 Reconhecido pelo Decreto n 7.879, de 29.07.10, D.O.E. nº 8.273 de 29.07.2010. Para completar o currículo pleno do curso superior de

Leia mais

EFEITOS DA ATIVIDADE FÍSICA INTENSA NO CRESCIMENTO DE CRIANÇAS NA FASE ESCOLAR INICIAL

EFEITOS DA ATIVIDADE FÍSICA INTENSA NO CRESCIMENTO DE CRIANÇAS NA FASE ESCOLAR INICIAL EFEITOS DA ATIVIDADE FÍSICA INTENSA NO CRESCIMENTO DE CRIANÇAS NA FASE ESCOLAR INICIAL Acadêmicos da UCB: Helio Carlos Lima de Abreu e Natali Rodrigues RESUMO A atividade física intensa em crianças na

Leia mais

Certificação Personal Trainer Bases Técnicas

Certificação Personal Trainer Bases Técnicas Certificação Personal Trainer Bases Técnicas Prof. Givanildo Holanda Matias Givanildo Holanda Matias - Graduado em Educação Física UNICID - Pós-Graduado em Fisiologia do Exercício ICB/USP - Pós-Graduado

Leia mais

NUTRIÇÃO APLICADA À FARMÁCIA

NUTRIÇÃO APLICADA À FARMÁCIA NUTRIÇÃO APLICADA À FARMÁCIA METABOLISMO BASAL GASTO ENERGÉTICO TOTAL Profª. Alcinira Furtado Farias METABOLISMO BASAL Conjunto de processos por meio dos quais o organismo vivo recolhe e transforma as

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Currículo n 1. Reconhecido pelo Decreto n 7.879, de 29.07.10, D.O.E. nº 8.273 de 29.07.2010.

CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Currículo n 1. Reconhecido pelo Decreto n 7.879, de 29.07.10, D.O.E. nº 8.273 de 29.07.2010. CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Turno: INTEGRAL Currículo n 1 Reconhecido pelo Decreto n 7.879, de 29.07.10, D.O.E. nº 8.273 de 29.07.2010. Para completar o currículo pleno do curso superior de

Leia mais

Variáveis Manipuláveis do Treino de Força

Variáveis Manipuláveis do Treino de Força Variáveis Manipuláveis do Treino de Força Lucimere Bohn lucimerebohn@gmail.com Área de Formação: 813 Desporto. Curso: Musculação e Cardiofitness. Módulo: Bases Morfofisiológicas VARIÁVEIS MANIPULÁVEIS

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo humano,

Leia mais

ALTERAÇÕES METABÓLICAS NA GRAVIDEZ

ALTERAÇÕES METABÓLICAS NA GRAVIDEZ ALTERAÇÕES METABÓLICAS NA GRAVIDEZ CUSTO ENERGÉTICO DA GRAVIDEZ CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO FETAL SÍNTESE DE TECIDO MATERNO 80.000 kcal ou 300 Kcal por dia 2/4 médios 390 Kcal depósito de gordura- fase

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

45 3 OP - Aspectos elementares dos processos de neurotransmissão.

45 3 OP - Aspectos elementares dos processos de neurotransmissão. Código Disciplina CH CR Nat Ementa BIQ808 BIOQUÍMICA CELULAR (DOMÍNIO CONEXO) BIQ826 TÓPICOS DE BIOQUÍMICA AVANÇADA EFI804 FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO FAE914 DIDÁTICA ENSINO SUPERIOR FAR815 IMUNOFARMACOLOGIA

Leia mais

A MULHER E A ATIVIDADE FÍSICA

A MULHER E A ATIVIDADE FÍSICA A MULHER E A ATIVIDADE FÍSICA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA DEFICIENTE DIFICULDADES METODOLÓGICAS SEXO FRÁGIL (????) PARTICIPAÇÃO REDUZIDA EQUIPARAÇÃO DE RENDIMENTO CARACTERÍSTICAS GERAIS DO SEXO FEMININO

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1. ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO 99-7233-02

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1. ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO 99-7233-02 MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA SERIADO ANUAL - MATUTINO/NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS

Leia mais

Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício CEFE UNIFESP / EPM

Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício CEFE UNIFESP / EPM Prof a. Ms. Carolina Rivolta Ackel Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício CEFE UNIFESP / EPM DEFINIÇÃO Acúmulo de estresse provocado pelo treinamento resultando em queda persistente da capacidade

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração de Adm. em Serviços de Enfermagem Hospitalar Enfermagem Administração Mercadológica I / Marketing / Administração Mercadológica II Algoritmos e Técnicas de Programação Análise Ambiental Biomedicina

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO A coordenadora do curso de Medicina, Profa. Alessandra Duarte Clarizia, nos termos das regras fixadas pela Pró-Reitoria de Graduação do

Leia mais

EFEITO DO TREINAMENTO FÍSICO NA GLICEMIA EM MULHERES. UM ESTUDO CONTROLADO. Thaís Caroline da Silva¹; Rose Mizuta²; Silvio Lopes Alabarse³

EFEITO DO TREINAMENTO FÍSICO NA GLICEMIA EM MULHERES. UM ESTUDO CONTROLADO. Thaís Caroline da Silva¹; Rose Mizuta²; Silvio Lopes Alabarse³ EFEITO DO TREINAMENTO FÍSICO NA GLICEMIA EM MULHERES. UM ESTUDO CONTROLADO Thaís Caroline da Silva¹; Rose Mizuta²; Silvio Lopes Alabarse³ Estudante do Curso de Educação Física; e-mail: thaiscarol_94@hotmail.com¹

Leia mais

Orientações para montagem

Orientações para montagem Orientações para montagem das aulas de condicionamento CONCEITO CORAÇÃO RELAXAMENTO ESTRUTURA Finalidade do treinamento disponibilização de mais energia química aos músculos em velocidades maiores reposição

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO 1. CURSO: Pós-graduação em Nutrição Esportiva aplicada à saúde, estética e desempenho físico. 1.1 Área de Conhecimento:

Leia mais

Cultura Física Autor: Ricardo Wesley Alberca Custódio 1 1

Cultura Física Autor: Ricardo Wesley Alberca Custódio 1 1 1 Atividades Recreativas Cultura Física Autor: Ricardo Wesley Alberca Custódio 1 1 Educador Físico, Pós graduação: Fisiologia do exercício(unifesp) MBA em Gestão e Estratégia Empresarial, Membro de 2 grupos

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA.

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. 1 EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. Tales de Carvalho, MD, PhD. tales@cardiol.br Médico Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte; Doutor em

Leia mais

Programação das apresentações dos Trabalhos de Conclusão de Curso - Educação Física - Unifesp

Programação das apresentações dos Trabalhos de Conclusão de Curso - Educação Física - Unifesp Dia 03/12/2009 AUDITÓRIO DA PONTA DA PRAIA Manhã 08h30 Rodolfo Marinho Efeito do treinamento físico sobre a proteína TRB3 e seu papel Prof. Dr. José Rodrigo Pauli Banca 1 em restaurar a sensibilidade à

Leia mais

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 1º Semestre Pré requisito bacharelado em Metodologia da Pesquisa aplicada à Saúde Embriologia Humana Biologia Celular Psicologia Sociologia Produção

Leia mais

Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção

Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção Processo de Trabalho em saúde: Integralidade e Cuidado do 6º ou 7º Biossegurança no trabalho, aspectos legais, suas classificações

Leia mais

Grau de hipertrofia muscular em resposta a três métodos de treinamento de força muscular

Grau de hipertrofia muscular em resposta a três métodos de treinamento de força muscular Object 1 Grau de hipertrofia muscular em resposta a três métodos de treinamento de força muscular Curso de Educação Física. Centro Universitário Toledo de Araçatuba - UNITOLEDO. (Brasil) Prof. Mário Henrique

Leia mais

Teoria e Prática do Treinamento Aplicada na Corrida de Rua

Teoria e Prática do Treinamento Aplicada na Corrida de Rua Teoria e Prática do Treinamento Aplicada na Corrida de Rua Prof. Ricardo Freitas M.Sc. CREF 008822-G/MG. Formação Acadêmica Atuação Profissional Linha de Pesquisa E-mail: ricardo.dias@upe.pe.gov.br www.lifegroup.com.br

Leia mais

Exercícios específicos para a barriga que enrijecem os músculos da região e ajudam na manutenção de uma boa postura.

Exercícios específicos para a barriga que enrijecem os músculos da região e ajudam na manutenção de uma boa postura. 13/05/2004-05h31 Atividades físicas trazem riscos ocultos para o corpo KATIA DEUTNER Free-lance para a Folha de S.Paulo Você sabe: eles fazem bem ao coração, aos ossos, ao colesterol, à pressão, às articulações,

Leia mais

A patroa quer emagrecer

A patroa quer emagrecer A patroa quer emagrecer A UU L AL A Andando pela rua, você passa em frente a uma farmácia e resolve entrar para conferir seu peso na balança. E aí vem aquela surpresa: uns quilinhos a mais, ou, em outros

Leia mais

da saúde, graduados em Nutrição, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina e áreas afins.

da saúde, graduados em Nutrição, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina e áreas afins. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO: Nutrição Esportiva Lato Sensu MODALIDADE: Presencial CARGA-HORÁRIA: 376 horas. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: maio de 2014 a outubro de 2015. As disciplinas serão ministradas com aulas

Leia mais

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br Todo mundo quer viver muitos anos, não é mesmo? Mas você já se questionou se está somando mais pontos contra do que a favor na busca pela longevidade? Por isso mesmo, um estudo da Universidade da Califórnia,

Leia mais

FATORES INTERVENIENTES NO GANHO DA MASSA MUSCULAR Jakeline Castro de Oliveira Ana Maria da Silva Rodrigues

FATORES INTERVENIENTES NO GANHO DA MASSA MUSCULAR Jakeline Castro de Oliveira Ana Maria da Silva Rodrigues FATORES INTERVENIENTES NO GANHO DA MASSA MUSCULAR Jakeline Castro de Oliveira Ana Maria da Silva Rodrigues RESUMO: O presente trabalho, de cunho bibliográfico, tem como objetivo discutir os fatores intervenientes

Leia mais

Page 1. Tipos de Força. Força máxima. Força rápida. Força de resistência. Força reactiva

Page 1. Tipos de Força. Força máxima. Força rápida. Força de resistência. Força reactiva Bibliografia Adaptações do aparelho locomotor ao exercício físico e à inactividade Cap. 5 (pp. 107-138). Efeitos da actividade física nos tecidos não contrácteis. Cap. 8 (pp. 124-183). Adaptações neuromusculares

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel DIABETES MELLITUS Diabetes mellitus Definição Aumento dos níveis de glicose no sangue, e diminuição da capacidade corpórea em responder à insulina e ou uma diminuição ou ausência de insulina produzida

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 104-GR/UNICENTRO, DE 28 DE MAIO DE 2014. Especifica a estrutura curricular do Curso de Especialização em Atividade Física e Saúde, modalidade de educação a distância, aprovado pela Resolução

Leia mais

Treinamento concorrente

Treinamento concorrente UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DEPARTAMENTO DE ESPORTES MARCELO VIDIGAL COSCARELLI Treinamento concorrente Trabalho apresentado ao Curso de Especialização em Treinamento

Leia mais

EDITAL Nº 33/2013. Art. 4º O candidato deverá atender ao perfil estabelecido nos quadros abaixo:

EDITAL Nº 33/2013. Art. 4º O candidato deverá atender ao perfil estabelecido nos quadros abaixo: EDITAL Nº 33/23 Processo Seletivo de Docentes dos Cursos da área da saúde do Centro Universitário Estácio do Ceará - Estácio FIC 23 A REITORIA do Centro Universitário Estácio do Ceará - Estácio FIC, no

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Produção II Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração Financeira e Orçamentária I Administração

Leia mais

CHEGUE ELEGANTE À PRAIA E TENHA MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

CHEGUE ELEGANTE À PRAIA E TENHA MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA CHEGUE ELEGANTE À PRAIA E TENHA MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA Por Personal Trainer Rui Barros BENEFICIOS DO EXERCICIO FISICO E INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA: Os benefícios de um estilo de vida fisicamente

Leia mais

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista A Enfermagem e o Serviço de Nutrição e Dietética tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista 1 A enfermagem e o Serviço

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração de Sistemas de Informação Administração Financeira e Orçamentária

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO E AS VALÊNCIAS FÍSICAS RELACIONADAS À SAÚDE

EXERCÍCIO FÍSICO E AS VALÊNCIAS FÍSICAS RELACIONADAS À SAÚDE DISCIPLINA: Educação Física II CARGA HORÁRIA: 40hs PROFESSOR(A): Paulo Fernando Mesquita Junior paulo.junior@ifc-sombrio.edu.br EXERCÍCIO FÍSICO E AS VALÊNCIAS FÍSICAS RELACIONADAS À SAÚDE APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA

Leia mais

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA 2009/2010 COMISSÃO CIENTÍFICA Celínia Antunes Cristina Baião Fernanda Príncipe Henrique Dias Jorge Coelho José Alberto Martins José David Ferreira Marcos Pacheco Nuno Tavares Lopes Paulo Amorim Paulo Figueiredo

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA, ADAPTAÇÃO E SAÚDE. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

ATIVIDADE FÍSICA, ADAPTAÇÃO E SAÚDE. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior ATIVIDADE FÍSICA, ADAPTAÇÃO E SAÚDE Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior A quebra do Equilíbrio Durante a atividade física ocorre uma quebra do equilíbrio homeostático; O organismo tenta se adaptar

Leia mais

Alexandre Sérgio Silva Laboratório de Estudos do Treinamento Físico Aplicado ao Desempenho e Saúde (LETFADS) ass974@yahoo.com.br

Alexandre Sérgio Silva Laboratório de Estudos do Treinamento Físico Aplicado ao Desempenho e Saúde (LETFADS) ass974@yahoo.com.br Alexandre Sérgio Silva Laboratório de Estudos do Treinamento Físico Aplicado ao Desempenho e Saúde (LETFADS) ass974@yahoo.com.br Cognitiva, emocional, Motivacional, lolitiva Tarefas realizadas Tarefas

Leia mais

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO O método pilates é um trabalho que se baseia em exercícios de força e mobilidade utilizando para tal técnicas e exercícios específicos. Este método permite

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA, APTIDÃO FÍSICA, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

ATIVIDADE FÍSICA, APTIDÃO FÍSICA, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA ATIVIDADE FÍSICA, APTIDÃO FÍSICA, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA Revolução industrial Antes da revolução industrial as pessoas eram mais ativas porque viviam constantemente se movimentando no trabalho na escola,

Leia mais

Ementário do Curso de Educação Física com Habilitação em Licenciatura 2010.2

Ementário do Curso de Educação Física com Habilitação em Licenciatura 2010.2 ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS Fase: -x- Carga Horária: 200h Prática: -x- Créditos: -x- Desenvolvidas durante o curso, o acadêmico poderá buscá-las dentro ou fora da instituição. Os certificados

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS Cursos de Pós-Graduação a Distância em Administração Pública - EAD Administração de Casas Legislativas Administração de RH no Setor Público Administração Patrimonial em Organizações

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009).

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009). EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009). ABASTECIMENTO E CUSTOS EM NUTRIÇÃO 1593 C/H 68 Conceito, processo e classificação de custos. Custos de mão-de-obra. Custos diversos. Política,

Leia mais

Naturais Profa. Dra. Andyara Lena P. de Barros Camargo Resistência e virulência antimicrobiana

Naturais Profa. Dra. Andyara Lena P. de Barros Camargo Resistência e virulência antimicrobiana NÚCLEO DE PESQUISA DE ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Núcleo de Pesquisa Centro Integrado de Biologia Molecular CIBmol Composição do Núcleo de Pesquisa em Biologia Molecular CIBmol Coordenador Prof. Dr. Carlos

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

Bases Metodológicas do Treinamento Desportivo

Bases Metodológicas do Treinamento Desportivo Bases Metodológicas do Treinamento Desportivo Unidade II Controle e Prescrição do Treinamento Prof. Esp. Jorge Duarte Prescrição de Atividades Físicas Condições de saúde; Estado geral do aluno (cliente);

Leia mais

XlII ÍNDICE GLICÊMICO E CARGA GLICÊMICA ÍNDICE GLICÊMICO

XlII ÍNDICE GLICÊMICO E CARGA GLICÊMICA ÍNDICE GLICÊMICO XlII ÍNDICE GLICÊMICO E CARGA GLICÊMICA ÍNDICE GLICÊMICO O índice glicêmico dos alimentos é hoje reconhecidamente o fator mais importante na elaboração de qualquer dieta que vise perda e manutenção de

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Quadro I. Disciplinas obrigatórias por carga horária (horas), créditos e pré-requisitos, aprovado na 63ª reunião do CEPE, de 25 de novembro de 2014. 2015/2º 1ª FASE Anatomia Médica I 1 33h20 50h00 83h20

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 3. Educação em Saúde 30 20 10 02 4. Introdução a Enfermagem

Leia mais

Exercícios além da academia

Exercícios além da academia Exercícios além da academia Pilates É uma modalidade de atividade física realizada em aparelhos, bolas e no solo, que proporciona fortalecimento muscular, aumento da flexibilidade e correção da postura.

Leia mais

Ementário do Curso de Educação Física com Habilitação em Licenciatura ou Licenciatura e Bacharelado

Ementário do Curso de Educação Física com Habilitação em Licenciatura ou Licenciatura e Bacharelado ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS Fase: -x- Carga Horária: 175h Prática: -x- Créditos: -x- Desenvolvidas durante o curso, o acadêmico poderá buscá-las dentro ou fora da instituição. Os certificados

Leia mais

5.1 Doenças do esôfago: acalasia, esofagite, hérnia hiatal, câncer de cabeça e pescoço, câncer de esôfago, cirurgias

5.1 Doenças do esôfago: acalasia, esofagite, hérnia hiatal, câncer de cabeça e pescoço, câncer de esôfago, cirurgias MÓDULO I NUTRIÇÃO CLÍNICA 1-Absorção, digestão, energia, água e álcool 2-Vitaminas e minerais 3-Proteínas, lipídios, carboidratos e fibras 4-Cálculo das necessidades energéticas 5-Doenças do aparelho digestivo

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Ridailda de Oliveira Amaral * RESUMO A atividade física e o exercício foram reconhecidos formalmente como fatores que desempenham um papel essencial no aprimoramento da saúde e

Leia mais

ESTUDO BASE 8 ANO. Prof. Alexandre

ESTUDO BASE 8 ANO. Prof. Alexandre ESTUDO BASE 8 ANO Prof. Alexandre FORMA E FUNÇÃO Natureza FORMA E FUNÇÃO Artificiais FORMA E FUNÇÃO Todos os objetos apresentam uma relação intíma entre sua forma e função Relação = FORMA/FUNÇÃO BIOLOGIA

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 8º ANO PROFESSORA: LUCIANA PERES

Leia mais