DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL"

Transcrição

1 comunic.action 4ª edição Porto Candidaturas até 31 de Julho [10% desconto] de Setembro 1ª edição Lisboa Candidaturas até 31 de Outubro [10% desconto] 31 de Dezembro Com o apoio: Av. Dr. António Macedo Leça da Palmeira T / F A EGE é uma escola de negócios criada pelas seguintes Instituições:

2 0 Candidaturas: Porto até 31 Julho 008 [10% desconto] até Setembro 008 Lisboa até 31 Outubro 008 [10% desconto] até 31 Dezembro Outubro 008» 1 Julho 009 Instalações da UCP - Campus da Foz - PORTO 30 Janeiro 009» 8 Novembro 009 Instalações da UCP - Campus de Sintra (contíguo ao Taguspark) - LISBOA As empresas compreenderam há muito que a sua sustentabilidade depende do desenvolvimento de uma actividade lucrativa, com progresso social e qualidade ambiental. O objectivo de garantir um desenvolvimento sustentável é uma realidade com tradição de décadas em muitas empresas, incluindo Portugal. Hoje, há, no entanto, desafios novos e desafios maiores. O mundo empresarial entendeu o carácter vital da resposta a estes desafios, para assegurar o seu futuro e participar na viabilidade das sociedades de que é parte. As empresas não podem ter sucesso em sociedades que falhem. A relevância e a oportunidade do tema justificam, por isso, o desenvolvimento de competências específicas nas organizações, que proporcionem melhorias efectivas na capacidade e na qualidade da resposta aos desafios do desenvolvimento sustentável. A iniciativa da EGE - Escola de Gestão Empresarial de criar um curso de pós-graduação neste domínio mereceu o apoio do BCSD - Portugal, desde o seu início em 005. Estou certo de que, para além de contribuir para uma maior consciência da necessidade de integrar o económico, o social e o ambiental, uma iniciativa desta natureza contribuirá de forma crescente para a criação das competências necessárias para as empresas, e também outras organizações, poderem construir uma economia mais competitiva, num mundo melhor. Vasco de Mello Presidente do BCSD - Portugal

3 04 Apresentação A busca do Desenvolvimento Sustentável - nos seus três pilares, económico, sócio-cultural e ambiental - constitui uma vaga de fundo que vai envolvendo cada vez mais países e regiões pelo mundo fora. A construção da sustentabilidade é um desafio que deve comprometer a Administração Pública, Central e Local, a Sociedade Civil, com as suas ONG's e as empresas e outros modos de organização da acção colectiva em ordem ao bem comum. A preocupação do mundo empresarial com o ambiente e a responsabilidade social tem ganho uma expressão crescente. Mas, na linha do que defende Michael Porter, a sustentabilidade deve ser vista como um factor que incrementa a competitividade interna e, mesmo, como uma oportunidade estratégica de negócio. A Pós-graduação em Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável (PGODS) tem como visão o carácter imperioso da construção de uma economia competitiva num mundo sustentável. Vocacionado para a formação de executivos na área da gestão das organizações, este programa pretende dotar os alunos com os conhecimentos das mais modernas teorias e das melhores práticas sobre a sustentabilidade e as suas relações com as empresas e a economia. Objectivos Sensibilizar para a necessidade do tratamento adequado da sustentabilidade a nível macro e micro económico. Adquirir uma base de conhecimentos que permita a identificação de novos riscos, desafios, dilemas e oportunidades, bem como a definição de estratégias empresariais pertinentes na área da sustentabilidade; Dar a conhecer as estratégias, métodos, sistemas e instrumentos de gestão sustentável mais utilizados na integração da sustentabilidade na cadeia de valor. Estudar os sistemas de informação e contabilidade, bem como os mecanismos de financiamento na perspectiva da sustentabilidade. Dar a conhecer as linhas mestras da regulação jurídica das principais questões ambientais. Contribuir para o desenvolvimento da indústria do ambiente em Portugal através dum maior conhecimento das oportunidades de negócio a ela associadas; Contribuir para a formação de diferentes tipos de agentes da mudança, ajudando a reconhecer a importância da alteração de atitudes e comportamentos individuais. Metodologia Sem prejuízo do rigor na apresentação dos conceitos o programa está concebido numa perspectiva eminentemente aplicada. Através da realização de Seminários, Conferências e Visitas de Estudo ao longo da pós-graduação os alunos terão um contacto mais estreito com a comunidade empresarial e o seu relacionamento com a problemática do desenvolvimento sustentável. Paralelamente e para além da análise de casos e trabalhos de grupos os alunos serão ainda confrontados com modernas técnicas de promoção da mudança, nomeadamente vivenciando situações através do teatro. Destinatários Dado o carácter transversal da sustentabilidade, a Pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável foi concebida a pensar em todos aqueles que desempenham ou possam vir a desempenhar funções nas várias áreas de gestão (estratégica, comercial, financeira, ambiental, etc.) em empresas industriais, na banca e seguradoras, em empresas de consultadoria, autarquias e outros organismos públicos e privados. A PGODS tem como principais destinatários quadros médios e superiores de empresas e outras organizações que queiram iniciar ou complementar os seus conhecimentos nesta área emergente, ficando assim habilitados a participar na criação, implementação e comunicação de estratégias de sustentabilidade de organizações. Coordenação Dra. Helena Gonçalves Dr. Sérgio Lopes Condições de Admissão Poderão ser admitidos os candidatos que possuam experiência profissional e/ou formação superior susceptíveis de ser complementados com a aquisição de conhecimentos nesta área. Os candidatos que não possuam formação superior ou os que, tendo essa formação, não pretendam submeter-se a avaliação, frequentarão o programa no regime de Formação Avançada.

4 0 Prazo de Entrega das Candidaturas Os processos de candidatura deverão dar entrada na Secretaria da Escola de Gestão Empresarial até ao dia de Setembro, para a edição do Porto e até 31 de Dezembro, para a edição de Lisboa. As candidaturas formalizadas até 31 de Julho para a edição do Porto, e até 31 de Outubro, para a edição de Lisboa, beneficiarão de um desconto [10% desconto]. Selecção dos Candidatos As candidaturas serão avaliadas e seriadas de acordo com a apreciação curricular e com o número de ordem de entrada. Os alunos serão informados da respectiva admissão até ao dia 30 de Setembro, para a edição do Porto, e até ao dia 15 de Janeiro de 009, para a edição de Lisboa. Elementos da Candidatura Preço Boletim de Candidatura devidamente preenchido; Certificados comprovativos das classificações académicas e /ou profissionais; Curriculum vitae detalhado; Duas fotografias actuais. Taxa de Candidatura: 15 Taxa de Inscrição: 35 Propina de Frequência anual: Inclui 4 convites para a sessão de abertura composta pela Conferência Será o Desenvolvimento Sustentável bom para os negócios? e a representação da peça de teatro sobre a responsabilidade social das empresas e o desenvolvimento sustentável, Para quê Mudar? Modalidades de pagamento Os alunos poderão optar pelas duas seguintes modalidades de pagamento: Numa única prestação, de Euro 5.000, no acto da inscrição; Em duas prestações de Euro.00, a primeira no acto de inscrição e a segunda até 31 de Janeiro de 009, para a edição de Lisboa e a segunda até 31 de Março de 009, para a edição do Porto. Os alunos que formalizarem a candidatura até 31 de Julho para a edição do Porto, e até 31 de Outubro, para a edição de Lisboa, beneficiarão de um desconto de 10%. Os associados da AEP, do BCSD-Portugal e os antigos alunos da UCP e da U. Aveiro beneficiarão de um desconto de 10%. As Organizações que inscrevam dois ou mais participantes, beneficiarão de um desconto de 0%. Este desconto não é acumulável com o desconto anterior. A Escola de Gestão Empresarial dispõe de protocolos com diversas instituições financeiras para financiamento dos estudos, às quais os alunos poderão recorrer. Funcionamento O Programa, com início 10 de Outubro de 008, para a edição do Porto, e a 30 de Janeiro de 009, para a edição de Lisboa terá a duração de 80 horas, distribuídas por três trimestres lectivos. As sessões decorrerão, em princípio, às sextas-feiras, das 14h00 às h00, e aos sábados, das 09h30 às 13h00. Excepcionalmente, nas aulas ministradas por docentes convidados, ou noutras situações que se considere mais adequado, poderá verificar-se um horário diferenciado; caso se venham a ocorrer situações destas, os alunos serão sempre atempadamente avisados no sentido de programarem as suas actividades. Local de realização O Programa realizar-se-á nas instalações da Universidade Católica, no Campus de Sintra (contíguo ao Taguspark), em Lisboa e no Campus da Foz, no Porto. Frequência em regime de tempo parcial Os alunos podem optar pela realização da Pós-Graduação em Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável em regime de tempo parcial, desde que respeitem a conclusão, obrigatória, do programa em duas edições sucessivas. Avaliação Todas as disciplinas serão avaliadas individualmente. O método de avaliação será, para cada disciplina, definido pelo respectivo docente. Haverá um período de avaliação no final de cada trimestre. Diploma Aos alunos que concluam o Programa com aproveitamento ser-lhes-á atribuído um Diploma de Pós- -Graduação em Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável; Aos alunos que frequentem o Programa no regime de Formação Avançada (ver Condições de Admissão ) ser-lhes-á atribuído um Diploma de Frequência de Programa Avançado em Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável.

5 08 Plano de Estudos Disciplinas Horas Sessões Docente 1.º Trimestre ( semanas)» 10 de Out. a 9 de Nov. 008, Porto 30 de Jan. a de Maio 009, Lisboa Recepção e Abertura Desenvolvimento Sustentável Economia e Politica do Ambiente Introdução à Gestão S1 - Direito Ambiental Total de horas 1.º Trimestre Helena Gonçalves Alexandra Leitão Miguel Lobo Mário Melo Rocha.º Trimestre (10 semanas)» 1 de Jan. a 8 de Mar. 009, Porto 8 de Maio a 19 de Julho 009, Lisboa Sistemas e Instrumentos de Gestão Sustentável Gestão Ambiental Contabilidade Ambiental Implementação de uma Estratégia de Sustentabilidade Teatro Fórum S - Globalização, sustentabilidade e estratégia empresarial S3 - O contributo do Terceiro Sector para o DS S4 - Eco-eficiência, inovação, tecnologia e sustentabilidade Total de horas.º Trimestre 3,5 3, Helena Gonçalves Carlos Cruz Teresa Eugénio Luís Pinto Ana Roque / Amadeu Neves Sérgio Hora Lopes Raquel Franco A. Neves Carvalho 3.º Trimestre (10 semanas)» 18 de Maio a 1 de Julho 009, Porto 18 de Set. a 8 de Nov. 009, Lisboa Marketing e Comunicação da Responsabilidade Social Finanças e Sustentabilidade O Relato da Sustentabilidade Teatro Fórum S5 - A Sustentabilidade e os negócios: uma visão prospectiva S - Agenda Local S - Energia e Ambiente S8 - Assurance, Compliance e Sustentabilidade S9 - Sustentabilidade e Criação de Valor para a Empresa Total de horas 3.º Trimestre 14 3,5 3, Carla Rijo / Nathalie Ballan Álvaro Nascimento Helena Gonçalves Ana Roque / Amadeu Neves Sérgio Hora Lopes Pedro Santos Ricardo Sá António Correia A. Neves Carvalho Seminários, Conferências, Visitas de Estudo e Teatro Fórum Ao longo do Programa serão promovidos, os nove Seminários previstos no plano de estudos, bem como várias Conferências e Visitas de Estudo ajustadas ao interesse dos alunos abordando alguns dos seguintes temas: Cidades Sustentáveis ; A indústria da água ; O turismo e o Desenvolvimento Sustentável ; Construção Sustentável ; Sociedade da Informação e Desenvolvimento Sustentável ; Risk management ; Diversidade Cultural ; O Mercado do Carbono. Durante o º e 3º trimestre os alunos participarão, como previsto no plano de estudos, em sessões de Teatro Fórum no âmbito das quais serão apresentadas problemáticas e dilemas que terão de ajudar a resolver. Os alunos, em grupos, deverão encontrar soluções alternativas e inovadoras, recorrendo eles próprios, também, ao teatro. A sessão de abertura, alargada a 4 convidados por aluno, será constituída pela conferência Será o desenvolvimento sustentável bom para os negócios? e a representação da peça de teatro Para Quê Mudar? sobre a responsabilidade social das empresas e o desenvolvimento sustentável, onde são retratados os principais passos, duvidas e dilemas de uma empresa que inicia este processo. Total de Horas da Pós-Graduação 80 80

6 10 Conteúdo programático resumido das disciplinas 1º TRIMESTRE O conceito de Desenvolvimento Sustentável (DS). Princípios do DS. As problemáticas associadas ao conceito. Interdependência entre os sistemas político, económico e ético-cultural. O contributo das empresas para o DS. ECONOMIA E POLITICA DO AMBIENTE Introdução à Economia e Política do Ambiente. Eficiência e mercados competitivos. Falha de mercado. Tipologia económica de bens e serviços. Externalidades. Correcção da falha de mercado. Direitos de Propriedade. Imposto de Pigou. Instrumentos de Política do Ambiente. Métodos de valorização de bens ambientais. Política Ambiental da União Europeia. INTRODUÇÃO À GESTÃO A organização: conceitos. Formas de Organização. A estrutura das organizações. A Estrutura Simples. A Estrutura Funcional. A Estrutura Divisional. A Estrutura vs Dimensão/Idade. A Estrutura e estilo de liderança. A Estrutura e a Tecnologia. A Estrutura e a Estratégia. A Estrutura e o Ambiente organizacional. A Cultura das organizações. Os 3 níveis da Cultura. As Culturas Nacionais. As Esferas Culturais. Estratégia-Conceito e Estratégia-Processo. SEMINÁRIO 1 Direito Ambiental º TRIMESTRE SISTEMAS E INSTRUMENTOS DE GESTÃO SUSTENTÁVEL Gestão Ética e Responsabilidade Social; diferentes teorias e abordagens. A proliferação de instrumentos socialmente responsáveis: instrumentos de Gestão, Consumo e Investimento e a sua interligação com outros instrumentos. Adesão a Princípios internacionais e/ou sectoriais; criação e implementação de códigos de ética/conduta; normas e referenciais (ISO 000, SA 8000, GRI, AA1000, NP 440, NP 449); rótulos ambientais e sociais; índices, rankings e prémios. A situação portuguesa. GESTÃO AMBIENTAL Introdução aos sistemas de gestão e ao pensamento sistémico. As prioridades estratégicas de uma organização para o ambiente. O levantamento ambiental. Os objectivos e metas ambientais e sua relação com as prioridades estratégicas, com os resultados do levantamento ambiental e a realidade financeira e tecnológica. Os Programas de Gestão Ambiental (PGA's). Análise crítica e comunicação num sistema de gestão. Fontes de poluição: emissões gasosas, efluentes líquidos e resíduos sólidos. Princípios de controlo e técnicas de gestão da poluição. Controlo integrado da prevenção da poluição - IPPC e produção mais limpa. Avaliação do Ciclo de Vida e Eco-design. CONTABILIDADE AMBIENTAL Noções introdutórias de Contabilidade. A contabilidade e o ambiente: normalização nacional e internacional. A Directriz Contabilística 9 - Matérias Ambientais. Reconhecimento dos dispêndios e passivos de carácter ambiental. Divulgação da Informação Financeira: relatórios ambientais e as demonstrações financeiras. O Eco Balanço e o orçamento ambiental. IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE Das Ideias à Acção - Modelos de implementação de uma Estratégia de Sustentabilidade nas Organizações. Concepção, desenvolvimento e gestão de projectos sustentáveis. Inovação em Sustentabilidade - modelo colaborativo e participativo. Identificação de oportunidades e reconhecimento de riscos. Visão sistémica e integrada da Organização, Stakeholders e processos. Gestão corrente, Medição de resultados, Ferramentas de análise e de melhoria contínua. Estabelecimento de compromissos em cooperação - Planos de acção. SEMINÁRIO Globalização, sustentabilidade e estratégia empresarial SEMINÁRIO 3 O contributo do Terceiro Sector para o Desenvolvimento Sustentável SEMINÁRIO 4 Eco-eficiência, inovação, tecnologia e sustentabilidade 3º TRIMESTRE MARKETING E COMUNICAÇÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL Noções Básicas de Marketing: O Comportamento do Consumidor, O Planeamento Estratégico e Operacional de Marketing. O Marketing sustentável: Consumidor Verde, a Influência dos Valores no Planeamento Estratégico e Operacional de Marketing, Marketing Verde, desenvolvimento de Novos Produtos Verdes, o Marketing Social. A comunicação da RS: ouvir e envolver os stakeholders, prestar contas e avaliar. Contribuir para a divulgação do conceito de sustentabilidade.

7 1 FINANÇAS E SUSTENTABILIDADE Fundamentos de Teoria Financeira. Conceitos introdutórios - empresa, risco, retorno, projectos de investimento e avaliação. Novas preocupações sociais e ambientais no século XXI. Conflitos de interesse e contributos para uma redefinição de riscos: riscos ambientais, riscos de enquadramento legal e regulamentar. Avaliação e quantificação dos novos riscos e incorporação nos modelos de avaliação económico-financeira. Implicações sobre o enquadramento financeiro institucional: crescimento económico, financiamento e fundos de sustentabilidade económica, valorização empresarial e responsabilidade social. O RELATO DA SUSTENTABILIDADE A Accountability e a prestação de contas não-financeiras. O relatório de sustentabilidade (RS); génese, evolução e tendências futuras. Os referenciais GRI 3 e AA1000 SES. O processo de consulta aos stakeholders. A situação portuguesa. SEMINÁRIO 5 A Sustentabilidade e os negócios: uma visão prospectiva SEMINÁRIO Agenda Local SEMINÁRIO Energia e Ambiente SEMINÁRIO 8 Assurance, Compliance e Sustentabilidade SEMINÁRIO 9 Sustentabilidade e Criação de Valor para a Empresa TEATRO FÓRUM Segundo a Unesco, que já adoptou a representação teatral para muitos dos seus programas, este meio permite: suscitar emoções fortes que favorecem uma detenção de informação durável; levar as pessoas a falarem, abertamente, de um problema; suscitar a reflexão e dinâmica de grupo. Assim, será promovida uma reflexão sobre as questões mais complexas do desenvolvimento sustentável. Serão abordados temas como a mudança de paradigmas na organização, a resolução de problemas e interesses divergentes e a gestão da relação com as partes interessadas. Perante um contexto/problema dramatizado, será desenvolvida uma pequena encenação, a apresentar publicamente, com base nas soluções/propostas concebidas pelos alunos. Breve nota biográfica do corpo docente ÁLVARO NASCIMENTO Doutorado em Finanças na Cass Business School - Londres, com especialização em política monetária e mercados interbancários. Foi investigador na London Business School em política de concorrência e regulação. Docente da Faculdade de Economia e Gestão da UCP. Coordenador da área de concentração em Finanças do International MBA da EGE. Desenvolve actividade de consultoria em organismos públicos e privados nas áreas da política económica, concorrência e regulação. ALEXANDRA LEITÃO Doutoramento em Economia, especialidade em Economia do Ambiente, pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa. Mestrado em Ciências Empresariais pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP). Licenciatura em Economia pela FEP. Professora Auxiliar na Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa, Porto. Comunicações em diversas conferências internacionais, nomeadamente, no III Congresso Mundial de Economistas do Ambiente e dos Recursos Naturais (Kyoto, 00), conferências organizadas pela Associação Europeia de Economistas do Ambiente e dos Recursos Naturais (EAERE), pela Associação Hispano-Portuguesa de Economia dos Recursos Naturais e do Ambiente (AERNA). Investigadora na área da Economia do Ambiente, com participação em projectos internacionais. Participa actualmente no projecto Acção Cost E45: European Forest Externalities apoiado pelo EU Framework Programme. AMADEU NEVES Bacharelato de Teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Professor de teatro, actor e encenador, desenvolve desde 004 projectos de teatro no âmbito da educação para a arte. Da sua experiência destacam-se os seguintes trabalhos: Encenação de os Sete Pecados Mortais de Brecht, no CCB; A Virgem Doida de Arthur Rimbaud, Casa conveniente; Vestir os Nus de Luigi Pirandello, Teatro o Século. É co-autor, encenador e actor da peça de teatro Para Quê Mudar desenvolvida pela Inspire, comunicação para o Desenvolvimento Sustentável. ANA ROQUE Partner da INSPIRE, Comunicação para o desenvolvimento sustentável. Frequentou o curso de licenciatura em Filosofia da Universidade Católica, fez o Master em Responsabilidad Social Corporativa, Contabilidad Y Auditoría Social pela Universidade de Barcelona e o Programa de Empreendedorismo Social do INSEAD. Foi jornalista e dirigente, durante 5 anos, da secção portuguesa da Amnistia internacional. Fundou em 1994 a primeira empresa portuguesa de consultoria na área da responsabilidade social (Sair da Casca), da qual se manteve como gerente até 005, tendo fundado a Inspire, em 00. É co-autora da peça Para quê Mudar sobre a responsabilidade social das empresas e o desenvolvimento sustentável.

8 14 ANTÓNIO BROCHADO CORREIA Partner da Pricewaterhouse Coopers nas áreas de Assurance (Auditoria) e Advisory. É licenciado em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica (UCP) e docente no Ensino Superior nas áreas de gestão e responsabilidade corporativa. Responsabilidades na firma pela auditoria em alguns dos principais grupos nacionais. Nas áreas de consultoria, é responsável no Perfomance Improvement, onde se incluem responsabilidades nas áreas da Eficácia Financeira, Governance (incluindo a Sustentabilidade), Riscos e Controlos. Participou em programas internacionais internos de Liderança, Diversidade, Gestão de equipas internacionais e Sustentabilidade, sob a orientação de monitores do INSEAD, IMD, Massachusetts Institute of Technology e Free University of Amsterdam. Programa de formação executiva no INSEAD na área da Gestão. CARLA RIJO Responsável pela área de Desenvolvimento do Departamento de Comunicação Institucional da SONAECOM. Licenciada em Gestão de Marketing pelo IPAM. Pós-Graduação em Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável pela EGE. Docente das disciplinas de Marketing Relacional (004 e 00) e de Comunicação e Persuasão (004) no ISCET. Foi responsável pelo Departamento de Marketing e Comunicação da RESIN, SA. CARLOS DA CRUZ Licenciado em Engenharia Química pela FEUP. Especialização em Engenharia da Qualidade. Experiência como gestor da qualidade em diversas empresas. Consultor e formador em Estratégia e Balanced Scorecard, Sistemas de Gestão da Qualidade e do Ambiente. Auditor coordenador - qualidade e ambiente. Gerente da Redsigma - Sistemas de Gestão da Qualidade e do Ambiente. HELENA GONÇALVES Licenciada em Economia pela FEP. Master em Responsabilidad Social Corporativa, Contabilidad Y Auditoría Social pela Universidade de Barcelona, pós-graduação em Gestão de Recursos Humanos pela UCP, Master em Direcção Geral de Empresas pela EUDEM e Social Accountability Auditor/Lead Auditor Training Course pela SGS U.K. Assistente convidada da FEG (UCP-Porto) e da EGE nas disciplinas de Ética Económica e Empresarial. Foi Senior Manager da Deloitte & Touche (Human Capital) e directora de filial norte da DTTI - Soluções Informáticas e da Time-Sharing. Actualmente conjuga docência com investigação e consultoria em Ética Empresarial. Co-autora do livro REGO et al. (00), Gestão ética e socialmente responsável: teoria e prática, Lisboa, RH Editora. JOSÉ MIGUEL LOBO Licenciado em Gestão e Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade Católica Portuguesa (UCP). MBA na área da Gestão de Operações Comerciais pela UCP. Desde 199 desenvolve actividade de Assessor da Presidência da UCP no Porto. Docente da Faculdade de Economia e Gestão da UCP desde LUÍS SILVEIRA PINTO Master em Sustainability & Design - Cranfield University, UK, com especialização na criação de projectos sustentáveis baseados em tecnologias de informação. É sócio e fundador da Sustinova, Lda, empresa de consultoria em Desenvolvimento Sustentável, que oferece serviços e soluções informáticas para a Sustentabilidade empresarial. Exerceu funções de consultor independente em tecnologias de informação, sustentabilidade e responsabilidade social. Foi membro da Direcção executiva da Microsoft Portugal na área comercial OEM. Organizational Stakeholder do Global Reporting Initiative (GRI) e membro da rede internacional de consultoria AtKisson. MÁRIO MELO ROCHA Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Coimbra. Pós-Graduação em Direito Comparado pela Universidade de Estrasburgo. Mestrado em Direito (Ciências Jurídico Públicas) pela Universidade Católica Portuguesa. Coordenador Científico dos Seminários de Direito do Ambiente da Universidade Católica Portuguesa. Várias monografias e artigos científicos publicados nas áreas do Direito Internacional, Direito Europeu e Direito do Ambiente. Coordenador do departamento de Direito do Ambiente da Simmons & Simmons Rebelo de Sousa - Sociedade de Advogados. Department Head Environmental Law - Simmons & Simmons (London). NATHALIE BALLAN Sócia fundadora e Presidente da Sair da Casca, Consultoria em Desenvolvimento Sustentável. Frequentou o Curso de Filosofia e Historia da Universidade la Sorbonne. Fez o Curso de Formação de Jornalistas do IPJ Paris, tendo desempenhado essa actividade durante 5 anos. Trabalhou como jornalista para o Grupo Bauer, no jornal Stratégies e no Grupo Express. Foi Directora de Contas na 18/5, a primeira agência francesa de comunicação para jovens durante dois anos. Trabalhou anos como voluntária na ATD Quart Monde e na Actions Ècoles. Em 1994 fundou a Sair da Casca que ganhou no mesmo ano o prémio ILE, Empresa Inovadora, atribuído pela União Europeia. PEDRO SANTOS Mestre em Gestão e Políticas Ambientais e licenciado em Engenharia do Ambiente, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Director-Delegado da EDV ENERGIA - Agência de Energia do Entre o Douro e Vouga, desde Dezembro de 00. Entre 003 e 00 foi Técnico Superior do Grupo de Estudos Ambientais da ESB-UCP e responsável pela coordenação de vários processos de Agenda Local, tendo colaborado ainda no Plano Estratégico

9 1 de Ambiente do Grande Projecto. É desde Fevereiro de 008 o Presidente da APEA - Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente, integrando ainda o Colégio Distrital de Engenharia do Ambiente da Ordem dos Engenheiros - Região Norte. RAQUEL CAMPOS FRANCO Doutoranda pela Universidade de Bath (Reino Unido). Mestrado em Responsabilidade e Prática Empresariais pela mesma Universidade. Licenciada em Administração e Gestão de Empresas pela FCEE da UCP-CRP. MBA com especialização em Marketing pela Escola de Pós-Graduação da UCP em Lisboa. Tem desenvolvido actividade docente da Escola das Artes e da FEG da UCP (Porto). Foi coordenadora-executiva da Equipa Associada Local (Portugal) do projecto Comparative Non-Profit Sector promovido pela Universidade de Johns Hopkins (Baltimore, EUA). Integra a equipa, em regime de voluntariado, do projecto de iniciativa comunitária EQUAL Acreditar - Agência de Consultoria Social, e investiga nas áreas da gestão das organizações sem fins lucrativos e ética das organizações. É autora de diversas publicações na área do Terceiro Sector. RICARDO SÁ Mestre em Engenharia Mecânica pela FEUP; Licenciado em Engenharia Mecânica pela FEUP. Tem colaborado na docência a vários níveis nos últimos dez anos, nomeadamente nos Cursos de Mestrado e Pós-Graduação em Manutenção Industrial (Mecânica) e Construção de Edifícios (Civil) da FEUP nas disciplinas, respectivamente, de Gestão de Energia e de Gestão Energético-Ambiental do Ambiente Construído. Director Geral da Edifícios Saudáveis e Consultor em Energia e Ambiente, nomeadamente na vertente urbana, tendo prestado serviços para as mais prestigiadas empresas e instituições nacionais e internacionais. SÉRGIO HORA LOPES Licenciado em Economia pela FEP. Docente na FEG-UCP na área da economia e gestão do ambiente. Foi Director Delegado dos SMAS de Matosinhos e Gestor do Programa Operacional do Ambiente e Interlocutor Sectorial do Ambiente para o Fundo de Coesão. Integra a administração de empresas do grupo Águas de Portugal desde Tem vários trabalhos publicados sobre economia do ambiente, economia da água, gestão estratégica do ambiente e ainda sobre gestão de empresas da indústria da água. TERESA EUGÉNIO Mestre em Ciências de Gestão pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE). Licenciada em Contabilidade e Administração Financeira pelo Instituto de Contabilidade e Administração de Lisboa. Doutoranda em Contabilidade social e ambiental. Docente Instituto Politécnico de Leiria (ESTG), onde lecciona disciplinas de contabilidade financeira, contabilidade de gestão e contabilidade ambiental. International associate do CSEAR (Centre for Social and Environmental Accounting Research), St Andrews University, UK. Vários trabalhos publicados na área da contabilidade e gestão ambiental. Testemunhos CARLA RIJO Departamento de Comunicação Institucional da SONAECOM (1ª edição) Todos, sem excepção, somos responsáveis pelo sucesso ou insucesso da sociedade onde estamos inseridos. Como tal, a responsabilidade das organizações passa por uma actuação que integre de forma plena os princípios e os objectivos do desenvolvimento sustentável. Este desafio requer uma nova visão, novos instrumentos e novas competências. A frequência da PGGODS permitiu-me adquirir e desenvolver esses instrumentos e competências, dotando-me de uma visão estratégica da sustentabilidade e da sua aplicabilidade na gestão estratégica das organizações. RUTE COSTA Departamento Sustentabilidade - Amorim & Irmãos S.A (1ª edição) Os ecossistemas naturais estão a ser irreversivelmente degradados e esta pós-graduação serviu de alerta para a necessidade de implementação de medidas, de forma a que as empresas pratiquem um crescimento económico sustentável e aprendam a viver com as limitações dos nossos recursos naturais. É necessário que haja um esforço de consciencialização global sobre a importância do tema "Desenvolvimento sustentável". Desta forma, este curso constituiu uma ferramenta a nível de estratégia da empresa, assunto de extrema complexidade já que a economia mundial está fortemente alicerçada no consumo de combustíveis fósseis. Verifica-se uma evolução em relação ao conceito de protecção, pois historicamente as áreas com mais relevo têm sido a protecção da qualidade de água dos rios e recentemente deparámo-nos com uma crescente preocupação por parte de todos com a destruição da camada de ozono, a desflorestação, o efeito de estufa e a extinção das espécies. Daí, a Amorim procurar formas de proteger os nossos recursos através da criação de parcerias e satisfação das exigências de colectividade, pois tem como objectivo ser uma empresa modelo na contínua procura para o desenvolvimento sustentável. LUCIANA MACEDO Sustentabilidade - BANIF - Grupo Financeiro (ª edição) Ter participado nesta pós-graduação foi uma experiência muito enriquecedora e um contributo decisivo para o meu percurso profissional. Permitiu-me adquirir ferramentas fundamentais para a gestão da sustentabilidade nas empresas, relacionar conceitos e ter uma visão mais ampla acerca da importância das empresas para o desenvolvimento sustentável.

10 18 ANTERO DINIS EFACEC (ª edição) Esta pós graduação, conseguiu que eu interiorizasse a importância do conceito de Desenvolvimento Sustentável no negócio levando a que a minha atitude, no dia a dia, perante o mesmo seja diferente, procurando chegar ao objectivo que a empresa pretende, mas utilizando processos sinónimos de sustentabilidade. Este trabalho nas empresas não é fácil porque é necessário que desde a gestão de topo até ao operário se saiba acrescentar valor com sustentabilidade, o que nem sempre acontece na maioria das empresas. Uma forma que poderá atenuar estes comportamentos, e salvaguardar o futuro, é que os futuros quadros e trabalhadores em geral pensem e raciocinem já em desenvolvimento sustentável, com a inserção destas matérias no sistema de ensino, como bem se fez com o ambiente e outras. Com isto (educação), pensamos que contribuiremos, para não comprometermos as gerações futuras. PEDRO SÁ GOMES Aluno de doutoramento na FEUP (ª edição) A minha participação, como aluno, na ª edição da PGDOS, permitiu-me o acesso a diversos conceitos, metodologias e ferramentas que hoje se assumem de todo relevantes na minha vida profissional. Sendo que, e em complemento da minha formação de base em Eng. Química, é-me agora possível actuar sobre os mais diversos problemas de uma forma bem mais integrada e em conta com as aquelas que considero as verdadeiras linhas directoras da investigação actual: economia, ambiente e responsabilidade social. MÁRCIA LEMOS Impact Consultores (ª edição) A aposta na PGODS foi antes de mais um desafio profissional, dado o âmbito de intervenção da nossa empresa (Ambiente) nos sectores de indústria e turismo. Em jeito de balanço diria que a PGODS permitiume ver a questão da sustentabilidade de uma forma técnica e não só estética como estava habituada. Face às profundas mudanças nos modelos de gestão empresarial, é cada vez mais importante acompanharmos e exigirmos novas posturas, e é meu objectivo pessoal poder ter um papel activo nessas mudanças. Esta é uma área profissional que espero poder explorar num futuro próximo, pelo que a participação nesta formação é uma ferramenta essencial. NUNO BARROS Gabinete de Sustentabilidade - LIPOR (3ª edição) Apesar de já trabalhar no meu dia-a-dia na área da Sustentabilidade, a frequência da Pós-graduação em Gestão das Organizações e Desenvolvimento Sustentável foi uma mais-valia significativa. De facto, a abrangência em termos de matérias e, acima de tudo, a integração das diversas áreas estudadas num fio condutor comum permite uma visão diferente da Sustentabilidade, preparando-nos para sermos intervenientes de facto num mundo cada vez mais alerta para estas questões. A Pós-graduação permite ainda o contacto com um conjunto de ferramentas e experiências que abrem, sem sombra de dúvida, o horizonte a quem a frequenta. INFORMAÇÕES Raquel Rodrigues T F Av. Dr. António Macedo Leça da Palmeira T / F

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL comunic.action 1ª edição Lisboa Candidaturas até 15 de Maio 4ª edição Porto Candidaturas até de Setembro Com o apoio: Av. Dr. António Macedo 4450-1 Leça da Palmeira T. 9 981 819 / 19 59 F. 9 981 18 e-mail:

Leia mais

EMDS GESTÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. 5ª edição - PORTO 2ª edição - LISBOA EXECUTIVE MASTER GESTÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

EMDS GESTÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. 5ª edição - PORTO 2ª edição - LISBOA EXECUTIVE MASTER GESTÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EMDS EXECUTIVE MASTER GESTÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL GESTÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 5ª edição - PORTO 2ª edição - LISBOA Apresentação Objectivos PORTO - 5ª edição 22 Jan. 10 17 Jul. 10 Instalações

Leia mais

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços Curso de Gestão Empresarial para Comércio e Serviços PROMOÇÃO: COLABORAÇÃO DE: EXECUÇÃO: APRESENTAÇÃO: > A aposta na qualificação dos nossos recursos humanos constitui uma prioridade absoluta para a Confederação

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver

Leia mais

enquadramento objectivos

enquadramento objectivos enquadramento O curso tem uma estrutura holística, integradora e procura trabalhar as competências da gestão de recursos humanos numa perspectiva de marketing interno no âmbito de temas marcadamente actuais,

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição

PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição O ISAG Instituto Superior de Administração e Gestão é um estabelecimento de ensino superior privado, fundado em 1979,

Leia mais

Curso de Gestão Para Empresários e Directores

Curso de Gestão Para Empresários e Directores Curso de Gestão Para Empresários e Directores Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso de Gestão para Empresários

Leia mais

www.ege.pt CURSO GERAL DE GESTÃO

www.ege.pt CURSO GERAL DE GESTÃO www.ege.pt CURSO GERAL DE GESTÃO PORQUÊ FAZER UM CURSO GERAL DE GESTÃO? Porque, tendo uma formação de base noutra área do conhecimento (ex: Engenharia, Direito,...) desempenha ou pretende vir a desempenhar

Leia mais

VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO FISCALIDADE PROGRAMAS EXECUTIVOS

VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO FISCALIDADE PROGRAMAS EXECUTIVOS VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMAS EXECUTIVOS UM COMPROMISSO DE DUAS INSTITUIÇÕES Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG e da IFACC. A união de sinergias

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: A Pós-Graduação em Gestão Estratégica dos Recursos Humanos e Inovação tem como objectivo geral dotar os gestores,

Leia mais

Banca, Seguros e Mercados Financeiros

Banca, Seguros e Mercados Financeiros Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama Sines Tecnopolo Pós-Graduação Banca, Seguros e Mercados Financeiros Edital 2ª Edição 2011 1 Enquadramento A Escola Superior

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Maio de 2011 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Esta Pós-Graduação resulta da parceria entre a APEL

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL DA MARTIFER - SGPS, S.A. 10 de Abril de 2013 PROPOSTA RELATIVA AO PONTO 7 DA ORDEM DE TRABALHOS

ASSEMBLEIA GERAL DA MARTIFER - SGPS, S.A. 10 de Abril de 2013 PROPOSTA RELATIVA AO PONTO 7 DA ORDEM DE TRABALHOS ASSEMBLEIA GERAL DA MARTIFER - SGPS, S.A. 10 de Abril de 2013 PROPOSTA RELATIVA AO PONTO 7 DA ORDEM DE TRABALHOS (Apreciar sobre a renúncia do Revisor Oficial de Contas e deliberar sobre a eleição do Revisor

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver

Leia mais

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS 4 de Maio a 12 de Outubro Índice 1. Denominação 2. Objectivos 3. Destinatários 4. Avaliação 5. Conteúdo Programático 6. Programa indicativo

Leia mais

HR Scorecard Linking Strategy, People and Performance

HR Scorecard Linking Strategy, People and Performance www.pwc.pt/academy Linking Strategy, People and Performance Lisboa, 8 e 9 de abril de 2013 Academia da PwC Um curso onde irá conhecer as tendências e melhores práticas de alinhamento da estratégia com

Leia mais

ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170

ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170 ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170 A Escola de Protocolo, Comunicação e Artes da Madeira (EPCA) surgiu para ir ao encontro

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO DE GESTÃO EM SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO DE COMUNICAÇÃO E MARKETING EM SAÚDE

PÓS-GRADUAÇÃO DE GESTÃO EM SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO DE COMUNICAÇÃO E MARKETING EM SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO DE GESTÃO EM SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO DE COMUNICAÇÃO E MARKETING EM SAÚDE Duração 2 semestres Condições de selecção Curriculum profissional; curriculum académico e entrevista (se necessário) ECTS

Leia mais

curso de especialização em gestão

curso de especialização em gestão F OR M A Ç Ã O A V A N Ç A D A curso de especialização em gestão FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS Enquadramento O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições.

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições. Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso Básico de Gestão (CBG) destinado a chefias intermédias e do Curso de

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão de Projectos

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão de Projectos Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama Sines Tecnopolo Pós-Graduação Gestão de s Edital 1ª Edição 2012 1 Enquadramento O Sines Tecnopolo apresenta, em parceria com

Leia mais

Revolução digital Da estratégia à gestão do risco

Revolução digital Da estratégia à gestão do risco Revolução digital Neste curso serão abordadas as melhores práticas a adoptar, da estratégia à gestão de risco, perante os desafios dos diferentes meios digitais. Porquê participar neste curso? O impacto

Leia mais

MLM Master in Law and Management

MLM Master in Law and Management MLM Master in Law and Management diploma CONJUNTO novaforum.pt MLM Master in Law and Management Os participantes que completem com aproveitamento a componente lectiva do Programa receberão um Diploma de

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

Apuramento do resultado fiscal em SNC

Apuramento do resultado fiscal em SNC www.pwcacademy.pt Apuramento do resultado fiscal em SNC Lisboa, 23 e 29 de Novembro Academia da PwC Lisboa, 7ª edição Esta formação reúne conteúdos para a atribuição de créditos, nos termos previstos no

Leia mais

CATÓLICA PORTO BUSINESS SCHOOL Gestão de Operações

CATÓLICA PORTO BUSINESS SCHOOL Gestão de Operações CATÓLICA PORTO BUSINESS SCHOOL Gestão de Operações Member of www.catolicabs.porto.ucp.pt A Católica Porto Business School Fundada em 2002, a Católica Porto Business School é a escola de negócios da Universidade

Leia mais

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT Associação Portuguesa de Bancos Pós-Graduação ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS [ Pós-Graduação na Área Comportamental e Inteligência

Leia mais

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Edital 4ª Edição 2012-2013 Barreiro, Julho de 2012 Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado 1 ENQUADRAMENTO A Pós-Graduação em Conservação

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais ÍNDICE CONTABILIDADE, FISCALIDADE E FINANÇAS EMPRESARIAIS... 3 OBJECTIVOS...

Leia mais

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO Pós-Graduação em MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO B ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão Logística

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão Logística Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação Gestão Logística Edital 1ª Edição 2012 1 Enquadramento Tem vindo a ser reconhecida, por políticas governamentais

Leia mais

NOTA CURRICULAR. Fundadora e membro da Direcção do ICA Instituto de Conciliação e Arbitragem (1990/2005).

NOTA CURRICULAR. Fundadora e membro da Direcção do ICA Instituto de Conciliação e Arbitragem (1990/2005). NOTA CURRICULAR Iva Carla Vieira Angolana Advogada Foi Directora Técnica de uma IPSS, com escopo Assistencial de Menores, entre 1977 e1984. No âmbito da Formação Profissional, exerceu o cargo de membro

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: Num mundo em constante aceleração económica, tecnológica e de produção de grandes quantidades de conhecimento,

Leia mais

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO 0101011010101001010 0101011010101001010 Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO no Sector Financeiro 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS COORDENAÇÃO Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof. Doutor Sérgio

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE valor acrescentado para a sua carreira GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE Coordenação Científica: Prof. Doutor José Miguel Soares PÓS-GRADUAÇÃO 06/07 Pós-Graduação // Gestão da Qualidade na Saúde PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

MBA Negócios Internacionais. Edital 1ª Edição 2013-2014

MBA Negócios Internacionais. Edital 1ª Edição 2013-2014 MBA Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2013-2014 Sines, Junho de 2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é um curso de pós-graduação desenvolvido pela Escola Superior de Ciências Empresariais

Leia mais

GESTÃO DA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA

GESTÃO DA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA 12ª edição PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA 2015 12ª edição Coordenação Científica Prof. Doutor José Augusto Felício direção executiva dr. José António Rousseau (Presidente do Fórum de

Leia mais

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015 Edição 1ª Edição Calendário outubro dezembro 2015 Duração 112 Horas / 3 meses Regime Pós-laboral e ao sábado MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS Em parceria com: SGS ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS COORDENAÇÃO

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional!

Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional! MBA EM GESTÃO DE PROJECTOS IMOBILIÁRIOS Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional! Introdução A ESAI é a única escola que se dedica exclusivamente ao ensino das actividades imobiliárias

Leia mais

Procura de Excelência

Procura de Excelência www.mba.deg.uac.pt Procura de Excelência MASTER IN BUSINESS ADMINISTRATION Mestrado em Gestão (MBA) Secretariado Departamento de Economia e Gestão Rua da Mãe de Deus Apartado 1422 E-mail: mba@uac.pt Tel:

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE valor acrescentado para a sua carreira GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE 2ª edição Coordenação Científica: Prof. Doutor José Miguel Soares Direcção Executiva: Mestre Sérgio Sousa PÓS-GRADUAÇÃO 07/08 Pós-Graduação

Leia mais

Finanças para Não Financeiros

Finanças para Não Financeiros www.pwc.pt/academy Finanças para Não Financeiros Academia da PwC Este curso permite-lhe compreender melhor as demonstrações financeiras, os termos utilizados e interpretar os principais indicadores sobre

Leia mais

MBA EM GESTÃO E PROMOÇÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS 12ª EDIÇÃO RECONHECIDO PELA CMVM

MBA EM GESTÃO E PROMOÇÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS 12ª EDIÇÃO RECONHECIDO PELA CMVM MBA EM GESTÃO E PROMOÇÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS 12ª EDIÇÃO RECONHECIDO PELA CMVM Objectivos Dotar os alunos de conhecimentos e consciência crítica sobre a teoria e a prática da Gestão e da Promoção Imobiliária,

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR Curso Coordenação CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR ESEnfCVPOA Manuela Ferreira Código: 7236 Descrição Objetivos Atualmente a especialização e a gestão da formação constituem medidas

Leia mais

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição Pós-Graduação Leadership & Management 3ª Edição 2010/2011 Leadership & Management Direcção Científica Prof. Doutor José Verissimo Doutora Teresa Passos A Direcção Executiva é partilhada entre o IDEFE e

Leia mais

GESTÃO DA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA

GESTÃO DA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA 12ª edição PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA DISTRIBUIÇÃO E LOGÍSTICA 2015 12ª edição Coordenação Científica Prof. Doutor José Augusto Felício direção executiva dr. José António Rousseau (Presidente do Fórum de

Leia mais

BFuture Soluções de Sustentabilidade

BFuture Soluções de Sustentabilidade BFuture Soluções de Sustentabilidade Porque existe um plano B! Hoje em dia é quase consensual que o estilo de vida que se segue nas sociedades ditas desenvolvidas, não é sustentável. Todos começam a ter

Leia mais

www.pwcacademy.pt Academia da PwC A formação profissional assume particular relevância no sucesso das empresas, a todos os

www.pwcacademy.pt Academia da PwC A formação profissional assume particular relevância no sucesso das empresas, a todos os www.pwcacademy.pt Das obrigações legais, às melhores p ráticas de gestão e oportunidades no seu financiamento Seminári o prático Lisboa, 29 de Junho Academia da PwC A formação profissional assume particular

Leia mais

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master www. indeg. iscte-iul. pt EXPERIÊNCIA DE IMERSÃO AVANÇADA NO STATE OF THE ART E NAS ALTERAÇÕES MAIS RECENTES NAS TEMÁTICAS, NORMATIVAS E MÉTODOS DE REPORTE INTEGRADO DAS ORGANIZAÇÕES VISANDO UM DESEMPENHO

Leia mais

Plano de Formação. Condicionamento ambiental das explorações pecuárias. REAP

Plano de Formação. Condicionamento ambiental das explorações pecuárias. REAP Plano de Formação 1. Enquadramento A produção animal encontra-se perante um aumento das pressões a partir da sociedade para cumprir a legislação ambiental, para que os sistemas de produção sejam explorados

Leia mais

ce tec CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA

ce tec CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA ce tec CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional O CEITEC (Centro de Empreendedorismo ISMAI-Tecmaia) apresenta a 3ª edição do Curso em Empreendedorismo,

Leia mais

CURRICULUM VITAE João Trabuco

CURRICULUM VITAE João Trabuco CURRICULUM VITAE João Trabuco Ponta Delgada, 1 de Março de 2008 1 DADOS BIOGRÁFICOS Nome: João Manuel Beliz Trabuco Filiação: Álvaro Velez Trabuco Catarina Lopes Beliz Data de nascimento: 20 de Abril de

Leia mais

EXECUTIVE MASTER/PÓS GRADUAÇÃO* GESTÃO & INOVAÇÃO PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO **

EXECUTIVE MASTER/PÓS GRADUAÇÃO* GESTÃO & INOVAÇÃO PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO ** Porquê fazer este Master? Empresas atentas entendem hoje que o uso de estratégias de gestão integradas e sistémicas, são a chave para a diferenciação e o crescimento sustentado futuro. A criação de efetivas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL COORDENAÇÃO Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof.ª Doutora Carla Curado Prof. Doutor Pedro Verga Matos APRESENTAÇÃO Este

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Administração Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de

Leia mais

Pós-Graduação. Mercados Internacionais e Diplomacia Económica. 1ª Edição

Pós-Graduação. Mercados Internacionais e Diplomacia Económica. 1ª Edição Pós-Graduação Mercados Internacionais e Diplomacia Económica 1ª Edição 2011/2012 Mercados Internacionais e Diplomacia Económica Coordenação Científica Prof. Doutor Joaquim Ramos Silva Prof. Doutor Manuel

Leia mais

EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação)

EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação) EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação) Rua Castilho 90 2ºesq 1250-071 Lisboa, Portugal Rua José Gomes Ferreira nº219 - Aviz 4150-442 Porto, Portugal info@beill.pt / www.beill.pt Sobre A Beill

Leia mais

Formação de Executivos / Executive Business Education

Formação de Executivos / Executive Business Education Formação de Executivos / Executive Business Education 2 ÍNDICE 05 06 07 08 09 09 11 12 13 14 15 15 15 Mensagem de Boas Vindas Apresentação Advisory Board Porquê Formação executiva? 7 razões para escolher

Leia mais

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE MBA em Este MBA resulta do protocolo de colaboração estabelecida entre a Escola da APEL e a UAL, e com a participação da Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias. Coordenador Científico

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 LUANDA PROGRAMA AVANÇADO PARA DECISORES CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 2.ª EDIÇÃO Inscrições e mais informações em: www.ambienteonline.pt/luanda-concursos-internacionais-2015

Leia mais

VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL PROGRAMAS EXECUTIVOS

VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL PROGRAMAS EXECUTIVOS VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMAS EXECUTIVOS UM COMPROMISSO DE DUAS INSTITUIÇÕES Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG e da IFACC. A união de sinergias

Leia mais

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG GESTÃO DE AUTARQUIAS Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG Pós-Graduação // Gestão de Autarquias PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE AUTARQUIAS NATUREZA

Leia mais

Com o apoio de. Programação e Gestão Cultural Formação Avançada

Com o apoio de. Programação e Gestão Cultural Formação Avançada Com o apoio de Programação e Gestão Cultural EAB Escola de Estudos Avançados das Beiras Programação Instalações da EAB, Edifício Expobeiras, Parque Industrial de Coimbrões, Viseu Contacto Ana Henriques

Leia mais

ce tec CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA CURSO DE EMPREENDEDORISMO

ce tec CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA CURSO DE EMPREENDEDORISMO ce tec CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA CURSO DE EMPREENDEDORISMO O CEITEC é uma organização juridicamente dependente da Maiêutica Cooperativa de Ensino Superior e, em termos científicopedagógicos,

Leia mais

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos Imobiliários A formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe Curso Coordenação Direção CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe ESEnfCVPOA Mestre Henrique Pereira Código: 3451 Descrição Objetivos Destinatários

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Negociação comercial Saber negociar com eficácia

Negociação comercial Saber negociar com eficácia Executive Revolution Programs Negociação comercial Neste curso serão abordadas as melhores práticas de negociação aplicadas para a rentabilidade das empresas. Porquê fazer este curso? O mundo actual é

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho ÍNDICE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

Natureza do curso e perfil da formação

Natureza do curso e perfil da formação 11ª EDIÇão 11ª EDIÇão COORDENAÇÃO CIENTÍFICA Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof. Doutor Sérgio Sousa Natureza do curso e perfil da formação A dinâmica da realidade empresarial e a maximização do contributo

Leia mais

Marketing Estratégico

Marketing Estratégico Marketing Estratégico Neste curso serão abordadas as melhores práticas para a elaboração de uma estratégia de Marketing. Porquê fazer este curso? Numa abordagem centrada no cliente, propõe-se um curso

Leia mais

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique.

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Um mar de oportunidades Mestrado em Gestão Portuária Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique A ENIDH é a Escola Superior pública portuguesa que assegura a formação de

Leia mais

BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK. ege. Programa de Especialização em Gestão Empresarial

BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK. ege. Programa de Especialização em Gestão Empresarial BE POSITIVE LEAVE YOUR MARK ege Programa de Especialização em Gestão Empresarial Edição Centro 2014 É melhor ter muitas ideias e algumas estarem erradas do que nunca errar por falta de ideias. Edward de

Leia mais

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU Programas de MESTRADO Online MBA Master in Business Administration Mestrado em Direcção de Empresas Mestrado em Direcção de Marketing e Vendas Mestrado em Direcção Financeira Mestrado em Comércio Internacional

Leia mais

Com o apoio. Formação Avançada. Key Account Management

Com o apoio. Formação Avançada. Key Account Management Com o apoio Formação Avançada Testemunhos A EAB é um exemplo extraordinário de uma aliança estratégica entre as empresas e o ensino superior. João Rebelo Cotta Presidente da Associação Empresarial da Região

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações

Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações Curso de Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa 2 A globalização da Sociedade da Informação em

Leia mais

1. Introdução... 3 1. 1. Objetivos... 3 1.2. Destinatários... 3

1. Introdução... 3 1. 1. Objetivos... 3 1.2. Destinatários... 3 1. Introdução... 3 1. 1. Objetivos... 3 1.2. Destinatários... 3 2. Plano de Estudos... 4 2.1. Coordenação do Curso... 4 2.2. Programa / Objetivos Específicos... 4 3. Estrutura funcional... 9 3.1. Custo...

Leia mais

As promoções no ponto de venda Ir ao encontro do seu consumidor

As promoções no ponto de venda Ir ao encontro do seu consumidor As promoções Neste curso serão abordadas as melhores práticas na comunicação e gestão do design aplicadas aos espaços comerciais, no seu contributo para a rentabilidade das empresas. Porquê participar

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO:

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO: CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO: SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA (SNC) Apresentação A Comissão de Normalização Contabilística aprovou em Julho de 2007 o projecto do novo Sistema de Normalização Contabilística

Leia mais

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança.

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança. Caderno de s 2 Objectivos A formação de executivos é, hoje em dia, uma necessidade incontornável, sendo um importante factor do sucesso, da competitividade e da sustentabilidade das organizações. Considerando

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo 2 ÍNDICE EMPREENDEDORISMO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 4 CONDIÇÕES DE ACESSO E SELECÇÃO DOS CANDIDATOS...

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Gestão

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Gestão O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Gestão ÍNDICE GESTÃO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 CONDIÇÕES DE ACESSO E SELECÇÃO DOS CANDIDATOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China

Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China 2ª Edição Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China Realizar Negócios na China é o sonho de qualquer empresário, mas pode ser uma realidade para os que

Leia mais

Testemunho pessoal do coordenador científico. Testemunhos. Coordenador: Nuno Côrte-Real

Testemunho pessoal do coordenador científico. Testemunhos. Coordenador: Nuno Côrte-Real Testemunho pessoal do coordenador científico Coordenador: Nuno Côrte-Real Como o próprio nome indica, trata-se de um programa generalista que aborda de uma forma integrada e sistémica os mais relevantes

Leia mais

MBA - Executivo. Edital 2ª Edição 2013-2014

MBA - Executivo. Edital 2ª Edição 2013-2014 MBA - Executivo Edital 2ª Edição 2013-2014 Sines, Junho de 2013 Enquadramento e Objectivos O MBA Executivo é uma realização da Escola Superior de Ciências Empresariais, do Instituto Politécnico de Setúbal

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA TESTEMUNHOS A Pós-Graduação Qualidade na Saúde permitiu-me adquirir e consolidar conhecimentos nesta área.

Leia mais