ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MEDICINA 1 EVOLUÇÃO DOS ÚLTIMOS 10 ANOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MEDICINA 1 EVOLUÇÃO DOS ÚLTIMOS 10 ANOS"

Transcrição

1 MEDICINA 1 EVOLUÇÃO DOS ÚLTIMOS 1 ANOS O presente documento apresenta a evolução do acesso ao ensino superior no curso de, no período entre e 21. São incluídos os dados referentes às vagas, candidatos e colocados no âmbito do concurso nacional, bem como as vagas fixadas para o concurso especial de acesso a por titulares de grau de licenciado. Por seu lado, apresentam-se ainda as vagas supranumerárias utilizadas na colocação de estudantes através dos diferentes regimes especiais de acesso ao ensino superior. No que se refere ao concurso nacional, apresenta-se ainda a evolução do número de candidatos por género, bem como das notas dos últimos colocados. CONCURSO NACIONAL Instituição Universidade dos Açores N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade da Beira Interior N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade de Coimbra - Faculdade de N.º de vagas N.º de candidatos O documento inclui os dados referentes ao curso de e aos Ciclos Básicos de que funcionam nas Universidades dos Açores e da Madeira, completando os estudantes o Mestrado Integrado nas Universidades de Coimbra e Lisboa, respectivamente, através de acordos celebrados entre as respectivas instituições 1

2 N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade de Lisboa - Faculdade de N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Médicas N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade do Minho N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade do Porto - Faculdade de N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade do Porto ICBAS N.º de vagas N.º de candidatos N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Universidade da Madeira N.º de vagas N.º de candidatos

3 Vagas N.º de candidatos em 1.ª opção N.º de colocados N.º de colocados - H N.º de colocados - M Classificação do último colocado Total de vagas (todas as instituições) Total de colocados (todas as instituições) Total de colocados - H (todas as instituições) Total de colocados - M (todas as instituições) Classificação do último colocado (todas as instituições) 181,3 184,3 183,5 181, ,8 176,3 177, ,2 35 EVOLUÇÃO DE VAGAS NO CONCURSO NACIONAL 3 Universidade dos Açores Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra - Faculdade de Universidade de Lisboa - Faculdade de Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Médicas Universidade do Minho Universidade do Porto - Faculdade de Universidade do Porto ICBAS Universidade da Madeira 3

4 Vagas Colocados 35 3 EVOLUÇÃO DE COLOCADOS NO CONCURSO NACIONAL Universidade dos Açores Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra - Faculdade de Universidade de Lisboa - Faculdade de Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Médicas Universidade do Minho 5 Universidade do Porto - Faculdade de Universidade do Porto ICBAS Universidade da Madeira EVOLUÇÃO DE VAGAS NO CONCURSO NACIONAL (TOTAL DAS INSTITUIÇÕES)

5 Classificação Colocados COLOCADOS POR GÉNERO NO CONCURSO NACIONAL (TOTAL DAS INSTITUIÇÕES) Total de colocados - M Total de colocados - H ,3 CLASSIFICAÇÃO DO ÚLTIMO COLOCADO PELO CONCURSO NACIONAL (TODAS AS INSTITUIÇÕES) 184,3 183,5 181,5 181, ,3 177, ,

6 CONCURSO ESPECIAL PARA ACESSO AO CURSO DE MEDICINA POR TITULARES DO GRAU DE LICENCIADO Decreto-Lei n.º 4/7, de 2 de Fevereiro Instituição de ensino Universidade do Algarve 32 Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra Faculdade de Universidade de Lisboa Faculdade de Universidade do Minho Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Médicas Universidade do Porto Faculdade de Universidade do Porto - ICBAS

7 REGIMES ESPECIAIS Decreto-Lei n.º 393-A/99, de 2 de Outubro Instituição Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra Faculdade de Universidade de Lisboa Faculdade de Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Médicas Universidade do Minho Universidade do Porto Faculdade de Universidade do Porto ICBAS Universidade da Madeira

8 Admissões Possíveis TOTAL DE ADMISSÕES POSSÍVEIS 2 Instituição Universidade dos Açores Universidade do Algarve 32 Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra Faculdade de Universidade de Lisboa Faculdade de Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Médicas Universidade do Minho Universidade do Porto Faculdade de Universidade do Porto ICBAS Universidade da Madeira Total TOTAL DE ADMISSÕES POSSÍVEIS Universidade dos Açores Universidade do Algarve Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra Faculdade de Universidade de Lisboa Faculdade de Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Médicas Universidade do Minho Universidade do Porto Faculdade de Universidade do Porto ICBAS Universidade da Madeira 2 Para efeitos de cálculos foram contabilizadas as vagas fixadas para o concurso nacional, para o concurso especial para licenciados e as vagas supranumerárias criadas no âmbito dos regimes especiais 8

9 Admissões Possíveis 18 TOTAL DE ADMISSÕES POSSÍVEIS Lisboa, 25 de Março de 21 9

S. R. MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR GABINETE DO MINISTRO NOTA

S. R. MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR GABINETE DO MINISTRO NOTA NOTA 1. Tem início no próximo dia 17, 2.ª feira, a apresentação da candidatura à 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público. 2. No ano lectivo de 2006-2007, os estabelecimentos

Leia mais

Valor em milhões de euros a investir nas Escolas Médicas e contratualizados no Plano Estratégico para a formação nas áreas da Saúde em 2001

Valor em milhões de euros a investir nas Escolas Médicas e contratualizados no Plano Estratégico para a formação nas áreas da Saúde em 2001 Valor em milhões de euros a investir nas Escolas Médicas e no Plano Estratégico para a formação nas áreas da Saúde em 21 21 Saúde - Beira 19.833 Fac. Medicina da Univ. Coimbra 32.828 Fac. Medicina Univ.

Leia mais

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015 RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO NOTA 1. Encontra se concluída a colocação na primeira fase do 39.º concurso nacional de acesso, tendo sido admitidos,

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2011

Leia mais

QUADRO I CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014 RESULTADOS POR SUBSISTEMA APÓS A COLOCAÇÃO NA 3.ª FASE

QUADRO I CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014 RESULTADOS POR SUBSISTEMA APÓS A COLOCAÇÃO NA 3.ª FASE NOTA 1. No ano letivo de 2014-2015 foram admitidos no ensino superior público 41 464 estudantes através do concurso nacional de acesso 1. 2. Esses estudantes distribuíram-se da seguinte forma: QUADRO I

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 2 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

Vestibular da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein/2016

Vestibular da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein/2016 Candidatos Classificados no curso de Medicina (ME6604) - Ordem de 1013951 3564.580 1 1 ME6604 1010829 3564.440 2 2 ME6604 1007780 3557.390 3 3 ME6604 1007882 3536.620 4 4 ME6604 1013204 3525.310 5 5 ME6604

Leia mais

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 pre que necessário, para a realização de entrevista e ou avaliação funcional das suas capacidades. 4 A comissão pode, face à prova documental

Leia mais

O projeto Exame da Especialidade tem como objectivo apoiar os jovens médicos Portugueses nas principais etapas da sua vida profissional.

O projeto Exame da Especialidade tem como objectivo apoiar os jovens médicos Portugueses nas principais etapas da sua vida profissional. O projeto Exame da Especialidade tem como objectivo apoiar os jovens médicos Portugueses nas principais etapas da sua vida profissional. Temos vindo a analisar quais as faculdades que capacitam melhor

Leia mais

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 202 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado No concurso de 202: 238 candidaturas recebidas: Ciências da Vida e da Saúde 35 propostas Ciências Exatas

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 0 Resumo de Candidaturas e Programas Aprovados No concurso de 0: 38 candidaturas recebidas: 35 propostas 90 propostas propostas 9 propostas 58 programas recomendados

Leia mais

Documentos indexados no ISI Web of Knowledge, 2000-2007

Documentos indexados no ISI Web of Knowledge, 2000-2007 Documentos indexados no ISI Web of Knowledge, 2000-2007 - Universidades do CRUP - Institutos Politécnicos públicos - Hospitais H. Nouws, J.T. Albergaria, E.S. Vieira, C. Delerue-Matos, J.A.N.F. Gomes Relatório

Leia mais

40 41 5 ENTRAM NO SUPERIOR

40 41 5 ENTRAM NO SUPERIOR 40 41 5 ENTRAM NO SUPERIOR ENSINO 40415 ESTUDANTES ENTRARAM ESTE ANO PARA AS INSTITUIÇÕES DO ESTADO Menos 1828 novos alunos no Superior Concurso de acesso registou mais de 45 mil candidatos. Médias de

Leia mais

Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira

Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira 1 Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira Artigo 1.º Enquadramento jurídico O presente articulado baseia-se

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços de

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012 PERCURSOS PÓS SECUNDÁRIO Desporto Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade 12º Ano.e agora? Ensino Superior Universitário/Politécnico Cursos de Especialização Tecnológica Inserção

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Santander Universidades oferecem aos alunos de graduação de todas as áreas

Leia mais

Acesso ao Ensino Superior 2004 Análise Descritiva

Acesso ao Ensino Superior 2004 Análise Descritiva Acesso ao Ensino Superior 2004 Análise Descritiva Reitoria da Universidade do Porto >> Gabinete de Comunicação e Imagem. 10 2004 ÍNDICE Introdução... 4 Cap. I 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao

Leia mais

Concurso de Educadores de Infância e de Professores dos Ensinos Básico e Secundário: ano escolar de 2015-2016

Concurso de Educadores de Infância e de Professores dos Ensinos Básico e Secundário: ano escolar de 2015-2016 Concurso de Educadores de Infância e de Professores dos Ensinos Básico e Secundário: ano escolar de 2015-2016 Nos termos do determinado no Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, na redação conferida

Leia mais

INVESTIR NO FUTURO CONTRATO DE CONFIANÇA ENSINO SUPERIOR PARA O FUTURO DE PORTUGAL. Janeiro de 2010

INVESTIR NO FUTURO CONTRATO DE CONFIANÇA ENSINO SUPERIOR PARA O FUTURO DE PORTUGAL. Janeiro de 2010 INVESTIR NO FUTURO UM CONTRATO DE CONFIANÇA NO ENSINO SUPERIOR PARA O FUTURO DE PORTUGAL Janeiro de 2010 UM CONTRATO DE CONFIANÇA NO ENSINO SUPERIOR PARA O FUTURO DE PORTUGAL No seu programa, o Governo

Leia mais

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores de novembro de 2012

Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores de novembro de 2012 Lisboa, 4 de fevereiro de 2013 Associação da Hotelaria de Portugal divulga indicadores de novembro de 2012 TAXA DE OCUPAÇÃO QUARTO SOBE 10,64%, NO PORTO, e 5,75% EM LISBOA COM BOM DESEMPENHO DE TODAS AS

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2016 VAGAS E ABERTURA DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO INFORMAÇÃO COM EMBARGO ATÉ ÀS 00H01 DE (QUINTA-FEIRA)

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2016 VAGAS E ABERTURA DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO INFORMAÇÃO COM EMBARGO ATÉ ÀS 00H01 DE (QUINTA-FEIRA) ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2016 VAGAS E ABERTURA DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO NOTA INFORMAÇÃO COM EMBARGO ATÉ ÀS 00H01 DE 21-07-2015 (QUINTA-FEIRA) 1. Inicia-se quinta-feira, 21 de julho, o prazo de candidatura

Leia mais

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Colocados CONCURSO NACIONAL DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Etapa 1: colocação dos candidatos às vagas

Leia mais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas. Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos.

João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas. Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos. João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas Portaria nº 151/85, de 13 de Março, D.R. 63, p. 712 Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos. Decreto-Lei nº 75/85, de 25 de

Leia mais

Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Indicadores de Oferta e de Procura 2009

Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Indicadores de Oferta e de Procura 2009 Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Indicadores de Oferta e de Procura 2009 UMA LEITURA DOS DADOS FACULTADOS PELA DGES 1. Introdução 2. Indicadores 3. Mobilidade Candidatos 4. Mobilidade Colocados

Leia mais

Reconhecimento de graus académicos - pares instituições PT/BR - Universidade dos Açores

Reconhecimento de graus académicos - pares instituições PT/BR - Universidade dos Açores Reconhecimento de graus académicos - pares instituições PT/BR - Universidade dos Açores posterior à implementação do Universidade dos Açores Engenharia Agronómica UFMT Engenharia agrícola e ambiental Universidade

Leia mais

Regulamento Geral de Acesso ao Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades

Regulamento Geral de Acesso ao Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades Regulamento Geral de Acesso ao Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades Artigo 1º Objecto 1. O presente regulamento visa definir as condições de acesso, os direitos e as obrigações para

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM CIÊNCIAS NUCLEARES APLICADAS NA SAÚDE (edição 2015-2017)

EDITAL MESTRADO EM CIÊNCIAS NUCLEARES APLICADAS NA SAÚDE (edição 2015-2017) EDITAL MESTRADO EM CIÊNCIAS NUCLEARES APLICADAS NA SAÚDE (edição 2015-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010

ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010 ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010 EMPREGABILIDADE A informação estatística recolhida neste documento é baseada no relatório

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Estab. Curso Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade Vagas 2009

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA HOTELARIA DE PORTUGAL: INDICADORES DE MAIO MARCADOS POR EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

ASSOCIAÇÃO DA HOTELARIA DE PORTUGAL: INDICADORES DE MAIO MARCADOS POR EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Lisboa, 30 de julho de 2014 ASSOCIAÇÃO DA HOTELARIA DE PORTUGAL: INDICADORES DE MAIO MARCADOS POR EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Grande Lisboa puxou o mês A AHP Associação da Hotelaria de Portugal

Leia mais

ACÇÃO SOCIAL NO ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL RAUI LISBOA 2008

ACÇÃO SOCIAL NO ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL RAUI LISBOA 2008 ACÇÃO SOCIAL NO ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL RAUI LISBOA 2008 Evolução do ensino superior em Portugal. Bases da acção social (Dec( Dec-Lei nº 129/93 de 22 de Abril) Evolução do ensino superior em Portugal

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações Congénere 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Leia mais

CANDIDATURAS AO ENSINO SUPERIOR. Divisão do Ensino Secundário e Profissional - Gabinete de Acesso ao Ensino Superior

CANDIDATURAS AO ENSINO SUPERIOR. Divisão do Ensino Secundário e Profissional - Gabinete de Acesso ao Ensino Superior CANDIDATURAS AO ENSINO SUPERIOR 2011 Nota Introdutória Com a elaboração do presente documento pretende-se reunir um conjunto de informação estatística relativamente ao processo de candidatura às 3 fases

Leia mais

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar:

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar: s previstos no art. 56.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-Lei n.º35/2003, de 27 de Fevereiro, na redacção dada pelo Decreto-Lei

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 215-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Instit. Curso Instituição Curso Grau Vagas Iniciais Ministério da Educação e Ciência - Direcção Geral do Ensino Superior

Leia mais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências e Tecnologia 0110 Universidade dos Açores - Angra

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Código Instit. Código Curso Instituição Curso Grau Vagas Iniciais Colocados Nota do últ. colocado (cont. geral) (1) (2)

Leia mais

Locais de Voto Eleições de Delegados Votantes

Locais de Voto Eleições de Delegados Votantes Zona A Minho, Porto, Vila Real e Ass. Cicloturismo Norte Local - Pista de Atletismo Gémeos Castro - Alameda dos Desportos, Candoso S. Tiago, 4835-235 Guimarães Clubes Dia 16/10/2010 Mesa I (4 urnas) Associação

Leia mais

Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro de higiene e limpeza

Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro de higiene e limpeza Anexo V.1 Proposta de preços Lote 1: Fornecimento de consumíveis de casa de banho para a Região Norte Identificação do Candidato 1 2 3 4 2 1 2 1 1 Largura 5 cm Largura 6 cm,35* +,35* +,15* +,5* +,5* +,5*

Leia mais

na captação de alunos.

na captação de alunos. O ISCTE-lUL e as universidades de Lisboa e Coimbra vão cobrar sete mil euros de propinas aos alunos internacionais por ano. A Nova SBE definiu seis mil euros. Aveiro propõe 5.500 euros. China, Brasil e

Leia mais

Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Portugueses. Documentos do CCISP. Sobre o Ensino Superior Português

Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Portugueses. Documentos do CCISP. Sobre o Ensino Superior Português Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Portugueses Documentos do CCISP Sobre o Ensino Superior Português 2010 Índice ÍNDICE... 2 1 BREVE CARACTERIZAÇÃO DO SISTEMA PORTUGUÊS DE ENSINO SUPERIOR...

Leia mais

Ciclo de estudos conducente ao grau de mestre

Ciclo de estudos conducente ao grau de mestre Ciclo de estudos conducente ao grau de mestre Data: 17-02-2012 Versão: 1 Direcção-Geral do Ensino Superior Av. Duque d Ávila, 137 1069-016 Lisboa Tel. +351 21 3126050 Fax +351 21 3126051 www.dges.mctes.pt

Leia mais

Associação da Hotelaria de Portugal divulga dados do Tourism Monitor do primeiro trimestre de 2014

Associação da Hotelaria de Portugal divulga dados do Tourism Monitor do primeiro trimestre de 2014 Lisboa, 3 de junho de 2014 Associação da Hotelaria de Portugal divulga dados do Tourism Monitor do primeiro trimestre de 2014 De acordo com a Associação da Hotelaria de Portugal, houve um crescimento de

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Nome da Instituição Nome do Grau Direção-Geral do Ensino Superior Página 1 de 25 Fase (cont. geral) 0110 8031 Universidade dos Açores

Leia mais

AVEIRO. vagas colocados Engenharia Geográfica L1 30 7 ALGARVE. Engenharia Geológica L1 20 8 Física L1 22 8 Finanças (regime pós-laboral) L1 20 6 UBI

AVEIRO. vagas colocados Engenharia Geográfica L1 30 7 ALGARVE. Engenharia Geológica L1 20 8 Física L1 22 8 Finanças (regime pós-laboral) L1 20 6 UBI AÇORES Ciências da Engenharia Civil L1 20 1 Património Cultural L1 20 6 Ciências Agrárias L1 10 10 Informática - Redes e Multimédia L1 25 8 Engenharia e Gestão do Ambiente L1 20 0 ALGARVE Engenharia Civil

Leia mais

MELHOR HOTELARIA Maria João Martins Gestora de Projetos & Research

MELHOR HOTELARIA Maria João Martins Gestora de Projetos & Research MELHOR HOTELARIA 2020 Maria João Martins Gestora de Projetos & Research Évora 21 de março de 2016 AGENDA 1. Desempenho do Sector Turístico Nacional 2. Balanço 2015 3. Evolução da Oferta Hoteleira 4. Programa

Leia mais

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Ministério da Educação Portaria n.º 1298/03 de de Novembro A unificação

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Código Código Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas

Leia mais

ATENUA-SE TENDÊNCIA DECRESCENTE DO NÚMERO DE EDIFÍCIOS LICENCIADOS

ATENUA-SE TENDÊNCIA DECRESCENTE DO NÚMERO DE EDIFÍCIOS LICENCIADOS Licenciamento de Obras Dezembro de 2005 1 09 de Fevereiro de 2006 ATENUA-SE TENDÊNCIA DECRESCENTE DO NÚMERO DE EDIFÍCIOS LICENCIADOS Em Dezembro de 2005, atenuou-se a tendência decrescente da variação

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações 0130 0130 0130 0130 0130 0130 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina Universidade dos Açores - Ponta Delgada Universidade dos Açores -

Leia mais

DELIBERAÇÃO N.º 3/2007

DELIBERAÇÃO N.º 3/2007 DELIBERAÇÃO N.º 3/2007 Considerando o disposto no Decreto-Lei n.º 296-A/98, de 25 de Setembro, alterado pelos Decretos-Leis n.ºs 99/99, de 30 de Março, 26/2003, de 7 de Fevereiro, 76/2004, de 27 de Março,

Leia mais

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 0203 0203 0204 0204 0204 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 Universidade do Algarve - Faculdade

Leia mais

5ª REUNIÃO DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE BRONQUIECTASIAS DA SPP

5ª REUNIÃO DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE BRONQUIECTASIAS DA SPP 5ª REUNIÃO DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE BRONQUIECTASIAS DA SPP Investigação Etiológica das BQ em Portugal Mafalda van Zeller Serviço de Pneumologia Centro Hospitalar de São João Alcobaça, 24 de Maio de 2014

Leia mais

Índice de estabelecimentos Ensino Superior Público - Universitário 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa

Índice de estabelecimentos Ensino Superior Público - Universitário 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa Índice de estabelecimentos Ensino Superior Público - Universitário 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa Universidade dos Açores 0110 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS GRUPO 2 CURSOS DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA REGISTADOS MAS AINDA NÃO ANALISADOS PELA ANET COLÉGIO DE ENGENHARIA CIVIL. Universidade Católica Portuguesa

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objeto de concurso nacional Código Instit. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Nome da Instituição Nome do Grau Fase (cont. geral) 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios)

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos cursos do ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado O presente regulamento estabelece as normas que complementam as que decorrem do regime

Leia mais

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA*

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* * CETs referenciados pelo Conselho Técnico-Científico da ESTGV para acesso

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ADMINISTRAÇÃO EDUCACIONAL DE MESTRADO EM. Universidade da Madeira

REGULAMENTO DO CURSO CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ADMINISTRAÇÃO EDUCACIONAL DE MESTRADO EM. Universidade da Madeira REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ADMINISTRAÇÃO EDUCACIONAL Universidade da Madeira O presente articulado baseia-se no regime jurídico instituído pelo Decreto- Lei n.º 74/2006, de

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Santander Universidades oferecem aos alunos de graduação da UFRGS a possibilidade

Leia mais

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O INQUÉRITO AOS DIPLOMADOS EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS 2011/2012 traçar o perfil

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE COIMBRA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA SERVIÇOS JURÍDICOS ANO LECTIVO 2012/2013

INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE COIMBRA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA SERVIÇOS JURÍDICOS ANO LECTIVO 2012/2013 INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE COIMBRA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA SERVIÇOS JURÍDICOS ANO LECTIVO 2012/2013 EDITAL 2ª Fase O Presidente do Instituto Superior de Contabilidade

Leia mais

DOCUMENTO DE TRABALHO

DOCUMENTO DE TRABALHO Projeto de Decreto -Lei Assim: Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 198.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte: Capítulo I Objeto e natureza Artigo 1.º Objeto O presente decreto-lei define

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012)

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012) EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS (edição 2010-2012) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações introduzidas

Leia mais

LINHAS DE CRÉDITO PME INVESTE TURISMO. Maria José Catarino. Loulé,, 5 Fevereiro de 2009

LINHAS DE CRÉDITO PME INVESTE TURISMO. Maria José Catarino. Loulé,, 5 Fevereiro de 2009 LINHAS DE CRÉDITO PME INVESTE TURISMO Maria José Catarino Loulé,, 5 Fevereiro de 2009 LINHAS DE CRÉDITO PME INVESTE ÍNDICE 1 OBJECTO 2 PME INVESTE II - Protocolo celebrado a 14 Outubro 2008 LINHA +RESTAURAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA. UTL em Números 2011 ISSN: 1645-3670. www.utl.pt

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA. UTL em Números 2011 ISSN: 1645-3670. www.utl.pt UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA UTL em Números 2011 ISSN: 1645-3670 www.utl.pt Ficha Técnica Coordenador: Prof. Doutor António Palma dos Reis Edição Reitoria/DPD - Departamento de Planeamento e Documentação

Leia mais

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais)

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais) (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 15 0 155,8 0 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN. Preâmbulo

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN. Preâmbulo ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN Preâmbulo De acordo com o novo Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, a Escola Superior de Artes

Leia mais

I Prémio. II Concurso A. ÂMBITO E CONCORRENTES

I Prémio. II Concurso A. ÂMBITO E CONCORRENTES I Prémio 1. O Prémio Secil Universidades 2014, atribuído através do «Concurso Engenharia Civil», tem como objectivo incentivar a qualidade do trabalho de jovens oriundos das Escolas de Engenharia Civil

Leia mais

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7264 - Corte e Tecnologia de Carnes 541 - Indústrias es Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7109 -

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA S. R. PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO MOVIMENTO DE MAGISTRADOS DE 12 DE JULHO DE 2000 BREVES NOTAS JUSTIFICATIVAS 1. As promoções a Procurador-Geral Adjunto ocorrem

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 2008. Provas de Ingresso - 2008. Ensino Superior Público

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 2008. Provas de Ingresso - 2008. Ensino Superior Público ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 2008 Provas de Ingresso - 2008 Ensino Superior Público Direcção-Geral do Ensino Superior Fevereiro de 2008 Ficha técnica Título: Acesso ao Ensino Superior 2008 - Provas de Ingresso

Leia mais

EMPREGABILIDADE DOS PSICÓLOGOS:

EMPREGABILIDADE DOS PSICÓLOGOS: EMPREGABILIDADE DOS PSICÓLOGOS: FACTOS E MITOS VÍTOR COELHO E ANA AMARO OBSERVATÓRIO DE EMPREGABILIDADE DA OPP Durante os últimos anos, periodicamente, têm sido apresentados dados contrastantes sobre os

Leia mais

Reitoria. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-40/2015

Reitoria. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-40/2015 Reitoria despacho RT-40/2015 Por proposta dos Serviços Académicos da Universidade do Minho, é homologado, para o ano letivo de 2015/16, o Regulamento dos Concursos Especiais para Acesso ao Ensino Superior

Leia mais

Concurso de Ingresso no Internato Médico

Concurso de Ingresso no Internato Médico ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO SISTEMA DE SAÚDE, I.P. AVISO Concurso de Ingresso no Internato Médico Por deliberação do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. (ACSS, I.P.), de 03

Leia mais

Apoios ao Investimento em Portugal

Apoios ao Investimento em Portugal Apoios ao Investimento em Portugal AICEP Abril 2015 FINANÇAS Índice Investimento Produtivo Auxílios Estatais Máximos Incentivos Financeiros Incentivos Fiscais Investimento em I&D Empresarial Incentivos

Leia mais

PROCEDIMENTO CONCURSAL COM VISTA AO EXERCÍCIO DE FUNÇÕES DOCENTES NO PROJETO CENTROS DE APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO ESCOLAR

PROCEDIMENTO CONCURSAL COM VISTA AO EXERCÍCIO DE FUNÇÕES DOCENTES NO PROJETO CENTROS DE APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO ESCOLAR PROCEDIMENTO CONCURSAL COM VISTA AO EXERCÍCIO DE FUNÇÕES DOCENTES NO PROJETO CENTROS DE APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO ESCOLAR No âmbito do Protocolo de Cooperação celebrado entre a República Portuguesa e a República

Leia mais

NOTA. 2. Concorreram a esta fase estudantes, o que representa um acréscimo de 5% em relação ao ano anterior ( em 2013).

NOTA. 2. Concorreram a esta fase estudantes, o que representa um acréscimo de 5% em relação ao ano anterior ( em 2013). NOTA 1. Concluída a primeira fase do 38.º concurso nacional de acesso 1, foram já admitidos no ensino superior público, em 2014, 37 778 novos estudantes, o que representa um ligeiro crescimento em relação

Leia mais

Ensino Superior. Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt

Ensino Superior. Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Ensino Superior Regulamento n.º 319/2013 Regulamento do Programa de Apoio Social a Estudantes através de atividades de tempo Parcial (PASEP) da Universidade

Leia mais

DESPACHO Nº 14/2007(a), com as alterações introduzidas pelo DESPACHO Nº 13/R/2011 de 11 de Abril de 2011 (Versão consolidada)

DESPACHO Nº 14/2007(a), com as alterações introduzidas pelo DESPACHO Nº 13/R/2011 de 11 de Abril de 2011 (Versão consolidada) DESPACHO Nº 14/2007(a), com as alterações introduzidas pelo DESPACHO Nº 13/R/2011 de 11 de Abril de 2011 (Versão consolidada) Assunto: Regulamento dos concursos especiais de acesso aos ciclos de estudo

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14

Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14 Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14 (Atualizado a 1.03.2013) Universidade dos Açores Universidade do Algarve Ciências Biológicas e da Saúde

Leia mais

CONTRATOS DE GESTÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Bernardo de Andrade da Rocha Loures Direito da Energia Mestrando em Direito Universidade de Coimbra

CONTRATOS DE GESTÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Bernardo de Andrade da Rocha Loures Direito da Energia Mestrando em Direito Universidade de Coimbra CONTRATOS DE GESTÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Bernardo de Andrade da Rocha Loures Direito da Energia Mestrando em Direito Universidade de Coimbra Conceito ORGANISMO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA, INDIRETA

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013)

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março, com as

Leia mais

«CIÊNCIA NA ESCOLA» REGULAMENTO DO PRÉMIO. 9ª Edição 2010/11

«CIÊNCIA NA ESCOLA» REGULAMENTO DO PRÉMIO. 9ª Edição 2010/11 «CIÊNCIA NA ESCOLA» REGULAMENTO DO PRÉMIO 9ª Edição 2010/11 REGULAMENTO PRÉMIO FUNDAÇÃO ILÍDIO PINHO "CIÊNCIA NA ESCOLA CAPÍTULO 1 Disposições gerais Artigo 1.º 1. A e o Ministério da Educação celebraram

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 11 1.ª FASE DEZEMBRO DE 2011 ÍNDICE Nota Introdutória... 3 Conceitos... 4 Grandes Números... 5 Candidatos, Vagas, Colocados e Matriculados... 6 OFERTA FORMATIVA... 7 Vagas por

Leia mais

SIALM SISTEMA DE INCENTIVOS DE APOIO LOCAL A MICROEMPRESAS 1 SIALM SISTEMA DE INCENTIVOS DE APOIO LOCAL A MICROEMPRESAS

SIALM SISTEMA DE INCENTIVOS DE APOIO LOCAL A MICROEMPRESAS 1 SIALM SISTEMA DE INCENTIVOS DE APOIO LOCAL A MICROEMPRESAS 1 SIALM 2 OBJETIVO COMPLEMENTARIDADE O SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Microempresas foi criado pela Portaria n.º 68, de 15 de fevereiro, e enquadra-se no Programa Valorizar, estabelecido

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14

Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14 Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14 (Atualizado a 17.04.2013) Universidade dos Açores Universidade do Algarve Ciências Biológicas e da Saúde

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor DESPACHO N.º 014/R/39 1. Nos termos dos Despachos n.ºs 17/007 e 18/007, de 0 de julho, as vagas para os Concursos Especiais de Acesso e para Regimes de Mudança de Curso e Transferência, 1.º ano, 1.º semestre,

Leia mais

E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access

E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access U. do Minho, Braga, 26 Nov 2009 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Estratégia

Leia mais

Recrutamento de um técnico superior jurista para a. Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª D1/AMT-2015. Regulamento do Concurso

Recrutamento de um técnico superior jurista para a. Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª D1/AMT-2015. Regulamento do Concurso Recrutamento de um técnico superior jurista para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª D1/AMT-2015 Regulamento do Concurso 1 A AMT pretende recrutar um técnico superior jurista para o desempenho

Leia mais

a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010

a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010 Reciclagem de Veículos em Fim de Vida (VFV) rumo a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010 Tópicos Empresa Sistema

Leia mais

EEUM Plano de Atividades e Orçamento 2012. Escola de Engenharia

EEUM Plano de Atividades e Orçamento 2012. Escola de Engenharia EEUM Plano de Atividades e Orçamento 2012 Escola de Engenharia Plano de Atividades e Orçamento 2014 i Introdução A Escola de Engenharia tem vindo a destacar-se pela consistência dos seus resultados e pela

Leia mais

INDEZ 2010. Pessoal existente em INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICO. Setembro 2011 V1.2 DSSRES

INDEZ 2010. Pessoal existente em INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICO. Setembro 2011 V1.2 DSSRES INDEZ 2010 Pessoal existente em INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICO Setembro 2011 V1.2 DSSRES INDEZ 2010 Pessoal existente em Instituições de Ensino Superior Público DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE Direcção

Leia mais