Water consumption management system at SABESP Sistema de Gestão do Consumo de Água na SABESP Ricardo Reis Chahin & Fabricio Mardegan

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Water consumption management system at SABESP Sistema de Gestão do Consumo de Água na SABESP Ricardo Reis Chahin & Fabricio Mardegan"

Transcrição

1 Water consumption management system at SABESP Sistema de Gestão do Consumo de Água na SABESP Ricardo Reis Chahin & Fabricio Mardegan

2 Water consumption management system at SABESP Ricardo Reis Chahin, SABESP, Brazil Fabricio Mardegan, Sensus Metering Systems, Brazil Considered as one of the best sanitation companies in the world, Sabesp spares no effort to maintain the high quality service if offers to its clients. The primary water utility in Sao Paulo and one of the largest in the world is Sabesp with over 5.3m water services. As one can imagine, it takes a lot of infrastructure to distribute water to over 25 million people in the City of Sao Paulo and surrounding area. In addition to providing potable water service, the utility has the responsibility to provide extra services which support the wise use of this natural resource. One of these services is water conservation programs. To have an effective conservation program, there must be incentives to those using the product and a way to monitor and provide feedback as to how well the conservation program is working. The incentive portion deals with not only being a good steward of a natural resource such as water, but also to save dollars and sense to only use what is needed for the task of using the water. The feedback is needed to provide the water use information that indicates that an actual conservation program is indeed taking effect and that less of the resource is being consumed and/or wasted. As part of a program to provide water conservation, Sabesp worked with some building owners to install water metering points in certain areas of a building s plumbing where key intersections of water pipe were in place. The meters were connected with a communications system that transported the meter data back to a local data collection point in the building. From the building collection unit, the data was transferred via telephone communications to a central data host location where the meter reading information could be saved and analyzed. While the system is running well today, there were some items that needed to be addressed during the initial phases of the project. While the meters operated to specification, the communications infrastructure did not handle all of the data provided by the reading system as well as expected. The utility used the CDMA ONE technology which was not the best for telecom data services. However, shortly after the project began, GSM/GPRS technology was introduced. With this new communications technology available, Sabesp changed the modem at the local building site to a GPRS modem. Because the type of technology is better able to handle data traffic, the system operated more efficiently. And besides more efficiency, the telecom service was less expensive. The utility is now requesting upgrades to the meter data collection software and even better ways to collect the meter data. As a result of the conservation program, Sabesp saw a % reduction of water use for this building. This equates to approximately $$XX savings for the building owner and tenants.

3 Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo Programa de Uso Racional da Água PURA Sistema de Gestão do Consumo de Água na SABESP Autores: Engº Ricardo Reis Chahin Engº Fabrício Mardegan Distribuição da água no Planeta ¾ do Planeta = Água Salgada: 97,3% Doce: 2,7% Polos, geleiras e icebergs: 2,34 Lagos e pântanos:0,35% Rios: 0,01%

4 Disponibilidade Hídrica no Brasil O Brasil é possuidor de 12 a 14 % da água da terra Mais de 70 % das águas brasileiras estão nos rios da Amazônia 1,6% dessas águas estão no Estado de São Paulo, que abriga cerca de 22% da população brasileira Disponibilidade Hídrica per capta m 3 /hab/ano CLASSIFICAÇÃO ONU ABUNDANTE > m³/hab.ano CORRETA > m³/hab.ano POBRE < m³/hab.ano CRÍTICA < m³/hab.ano

5 Disponibilidade Hídrica nos Estados Valores em m³/hab.ano BRASIL ESTADO DO MARANHÃO ESTADO DE MINAS GERAIS ESTADO DO PIAUÍ ESTADO DA BAHIA ESTADO DE SÃO PAULO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DISTRITO FEDERAL ESTADO DE PERNAMBUCO Programa do Uso Racional da Água PURA Objetivo Atuar na demanda, incentivando o Uso Racional através de ações tecnológicas e medidas de conscientização dos clientes, visando enfrentar a escassez de recursos hídricos. Foco principal Bacias hidrográficas com condições críticas de disponibilidade hídrica. Prioridade: Bacia do Alto Tietê

6 Estrutura do Programa do Uso Racional da Água TECNOLÓGICOS EDUCACIONAIS / CULTURAIS ATUAR NA DEMANDA LEIS / NORMAS Estrutura do Programa do Uso Racional da Água LEIS / NORMAS Participação na elaboração de Normas Técnicas da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Subsídio para elaboração de Decretos e Leis Estaduais. EDUCACIONAIS / CULTURAIS Palestras e Cursos; Campanhas Institucionais contemplando: Vídeos; panfletos; materiais para TV; jornais; rádios; revistas; etc. Teatro de fantoches; feiras e convenções; etc. TECNOLÓGICOS Alavancagem do mercado de fabricantes para desenvolvimento de novas tecnologias para equipamentos economizadores de água. Implantação de planos, programas e projetos para economia de água nos clientes

7 Intervenções Serviços Oferecidos Pelo PURA Levantamento do perfil de consumo; Diagnóstico preliminar das instalações hidráulicas; Caracterização de hábitos e vícios de desperdício; Cadastro da rede de água; Pesquisa e correção de vazamentos em rede, reservatórios e pontos de consumo; Estudo econômico e/ou substituição de equipamentos hidráulicos convencionais por equipamentos economizadores de água; Sistema de gerenciamento de consumo de água setorizado utilizando hidrômetros eletrônicos; Estudo de alternativas para reaproveitamento de água de processo Educação Sanitária: programa específico para cozinhas industriais, hotelaria, lanchonetes; Controle sanitário das águas (reservatórios/pontos de consumo). Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos Data logger M bus DL20 Repeater PW 60

8 Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos Medidor com HRI Medidor Multi jato HRI Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos Registros anteriores do consumo da EEE3

9 Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos Período: de 05 a 17/08/04 Etapa 1 MPQ/A identifica consumo elevado na refrigeração da EEE3 (~16m³/hora) Etapa 3 MTMO elimina falha no processo (consumo cai de 16 para 10 m³/hora) Etapa 4 MP/MC identificam vazamento, consumo cai para 4,5m³/hora Etapa 2 MTMO realiza parada para manutenção (neste momento, o consumo deveria ser próximo de zero) Falha na medição devido a queda de energia Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos

10 Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos PERÍODO SEM VAZAMENTO PERÍODO COM VAZAMENTO Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos

11 Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos Diretoria Metropolitana Superintendência de Planejamento e apoio da Distribuição Departamento de Suporte Operacional e Qualidade Célula do Programa de Uso Racional da Água para RMSP

12 Sistema de gerenciamento do consumo de água utilizando hidrômetros eletrônicos LOCAL DO VAZAMENTO: alimentação dos reservatórios de contingência da EEE3 Vazamento em tubulação de 4 que escoava por galerias de águas pluviais Tubulação após reparo Solapamento do solo e rachadura na estrutura devido ao vazamento Pesquisa de vazamento em reservatório Vazamento encontrado na alimentação de um reservatório no CEAGESP

13 Pesquisa de vazamento em rede Detalhe de Vazamento, em tubulação de 4, localizado na entrada do reservatório R02 no Hospital do Servidor Público Estadual IAMSPE. Vazão Estimada em L/hora Curso Virtual Módulo I: Disponibilidade Hídrica. Módulo II:. Programa do Uso Racional da Água PURA. Módulo III: Equipamentos Economizadores de Água. Curso para gestores via Internet Desenvolvimento do Curso à Distância, em parceria com a Universidade Empresarial SABESP. Contratação da empresa Livronline, para formatação pedagógica dos 06 módulos: Módulo IV: Dicas de Economia de Água Módulo V: Procedimentos de Controle de Consumo Módulo VI: Legislação e Fechamento.

14 Biography Speaker: Position: Company: Country: Ricardo Reis Chahin Water Conservation Program Coordenator São Paulo State Sanitation Company (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) SABESP Brazil Ricardo is Environmental Engineer of SABESP. After graduating from E.E. Mauá with degree in Environmental Engineering in 1993, Chahin was admissed at SABESP trough a public contest. He started working at SABESP with environmental projects in August/1994. After that, in January 1995 started developing water conservation programs for RMSP. He is responsible to assist the customers in specific conservation programs envolving leak detection and repair, on line meter monitoring and other actions to provide water consumption reduction.

15 Biography Speaker: Position: Company: Country: Fabricio Mardegan Engineer Sensus Metering Systems do Brasil Ltda Brazil Fabricio Mardegan is Engineer of Sensus Metering Systems do Brasil Ltda. After graduating from Unisal University with degree in Electronic Engineer in 1999, Mardegan worked as na Engineer for telecomunications at Ericsson from Brazil. He started working at Sensus in November/2002 developing telemetering systems for water meter (AMR). He is responsible to adapt solutions of telemetering to assist the customers need.

Sistemas produtores capacidades

Sistemas produtores capacidades Sistemas produtores capacidades CAPACIDADES DE PRODUÇÃO ATUAIS SISTEMA INTEGRADO SISTEMA PRODUTOR Nominal Máxima (m³/s) (m³/s) Cantareira 33,0 35,0 Guarapiranga 14,0 15,0 Alto Tietê 10,0 12,0 Rio Claro

Leia mais

Sustentabilidade Programa de Uso Racional da Água - PURA

Sustentabilidade Programa de Uso Racional da Água - PURA Sustentabilidade Programa de Uso Racional da Água - PURA 27/05/2008 Distribuição da Água no Planeta ¼ do Planeta = Terra ¾ do Planeta = Água algada: 97,3% Doce: 2,7% Calotas Polares: 68,9% Água subterrânea

Leia mais

Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP

Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP R. R. Chahin a a. Companhia de Saneamento Básico do Estado de

Leia mais

Programa de Uso Racional da Água: Sabesp Soluções Ambientais

Programa de Uso Racional da Água: Sabesp Soluções Ambientais Programa de Uso Racional da Água: Sabesp Soluções Ambientais Pontos Principais... Provocar mudanças de hábitos e eliminar vícios de desperdício Conscientizar os usuários quanto à correta utilização dos

Leia mais

Cenário atual da disponibilidade hídrica na RMSP e contribuições para inovação e uso racional da água.

Cenário atual da disponibilidade hídrica na RMSP e contribuições para inovação e uso racional da água. 28 de maio de 2014 Cenário atual da disponibilidade hídrica na RMSP e contribuições para inovação e uso racional da água. Edson Geraldo V. Souza - SABESP AGENDA SABESP ÁGUA NO PLANETA ADMINISTRAÇÃO DA

Leia mais

Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul

Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul Seminário Socioambiental Água Fonte de Vida PURA Programa de Uso Racional da Água Unidade de Negócio Sul Sabesp Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul Panorama Mundial - Escassez A SOBREVIVÊNCIA DA

Leia mais

Gestão de Recursos Hídricos no Complexo da Penitenciária Feminina de Santana

Gestão de Recursos Hídricos no Complexo da Penitenciária Feminina de Santana Gestão de Recursos Hídricos no Complexo da Penitenciária Feminina de Santana Autor Edson Geraldo Vitorino de Souza SABESP Superintendência de Gestão de Empreendimentos da Metropolitana Disponibilidade

Leia mais

AJUDE a salvar O PLANETA. Feche a TORNEIRA do desperdício.

AJUDE a salvar O PLANETA. Feche a TORNEIRA do desperdício. AJUDE a salvar O PLANETA. Feche a TORNEIRA do desperdício. O que é a água? A água é um elemento essencial para a existência de vida no planeta, com papel fundamental nas funções biológicas de animais e

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO DE ÁGUA EM EMPRESA DE TRANSPORTES NO NORTE DO PARANÁ - BRASIL

PROPOSTA DE PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO DE ÁGUA EM EMPRESA DE TRANSPORTES NO NORTE DO PARANÁ - BRASIL PROPOSTA DE PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO DE ÁGUA EM EMPRESA DE TRANSPORTES NO NORTE DO PARANÁ - BRASIL Shaiany Corrêa Ferreira Nogas 1 ; Stella Maris da Cruz Bezerra 2 ; Celimar Azambuja Teixeira 3 ; Bruna

Leia mais

Camila Rosani Beal², Reginaldo Ferreira Santos²

Camila Rosani Beal², Reginaldo Ferreira Santos² Revista Brasileira de Energias Renováveis Estudo sobre o consumo de água em restaurantes na cidade de Cascavel - PR¹ Camila Rosani Beal², Reginaldo Ferreira Santos² ¹ Aceito para publicação em 1 de outubro

Leia mais

ÁGUA: Petróleo do Século XXI?

ÁGUA: Petróleo do Século XXI? Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp Diretoria de Sistemas Regionais R Sugestão opcional para título ÁGUA: Petróleo do Século XXI? Disponibilidade Hídrica no Brasil O Brasil

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML

SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML Sabesp a Partir de 1995 Reestruturação dos processos críticos para reduzir: Satisfação do cliente e qualidade de vida Aumento da qualidade dos serviços Custo Tempo

Leia mais

PROGRAMA DE DEMISSÃO RESPONSÁVEL COOPERATIVA

PROGRAMA DE DEMISSÃO RESPONSÁVEL COOPERATIVA PROGRAMA DE DEMISSÃO RESPONSÁVEL COOPERATIVA Kallise Garcia Leite PETRO BRASIL SERVIÇOS 1 TEMA: Boas Práticas RESUMO O Programa de Demissão Responsável Cooperativa surgiu como uma proposta da empresa Petro

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação

A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação Clarice Stella Porciuncula 1 Analista de Sistemas da PUC-RS Especialista em Sistemas de Informação e Telemática na UFRGS Analista

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO DE TRECHO DE ADUTORA RESULTA EM ECONOMIA DE 50% NA CONTA DE ENERGIA ELÉTRICA CORSAN / SÃO LOURENÇO DO SUL - RS

SUBSTITUIÇÃO DE TRECHO DE ADUTORA RESULTA EM ECONOMIA DE 50% NA CONTA DE ENERGIA ELÉTRICA CORSAN / SÃO LOURENÇO DO SUL - RS SUBSTITUIÇÃO DE TRECHO DE ADUTORA RESULTA EM ECONOMIA DE 50% NA CONTA DE ENERGIA ELÉTRICA CORSAN / SÃO LOURENÇO DO SUL - RS João Ferreira Almeida 1 ; Antonio Comunello Accorsi 2 Resumo Em um sistema de

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UMA NOVA SISTEMÁTICA PARA DESENVOLVER HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UMA NOVA SISTEMÁTICA PARA DESENVOLVER HABILIDADES E COMPETÊNCIAS ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UMA NOVA SISTEMÁTICA PARA DESENVOLVER HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Maria Daniela S. Cavalcanti mdaniela@unifor.br Universidade de Fortaleza Centro de Ciências Tecnológicas Av. Av.

Leia mais

Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres

Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres Naira da Costa Muylaert Lima Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Energy balance: A strategy to reduce losses Balanço energético: uma estratégia para redução de perdas Marcos Aurélio Madureira da Silva & Denis Maia

Energy balance: A strategy to reduce losses Balanço energético: uma estratégia para redução de perdas Marcos Aurélio Madureira da Silva & Denis Maia Energy balance: A strategy to reduce losses Balanço energético: uma estratégia para redução de perdas Marcos Aurélio Madureira da Silva & Denis Maia Balanço energético: uma estratégia para redução de perdas

Leia mais

ANÁLISE DO ESTÁGIO DA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS EM BACIAS DE ESPECIAL INTERESSE

ANÁLISE DO ESTÁGIO DA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS EM BACIAS DE ESPECIAL INTERESSE ANÁLISE DO ESTÁGIO DA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS EM BACIAS DE ESPECIAL INTERESSE Andrade, L. A. Z. 1 de & Teixeira, A. L. de F. 2 * & Brasil, M. A. 3 Dubois, G. S. J. 4 & Ayrimoraes Soares, S. R. 5 Resumo

Leia mais

Metering concentrators: Key points are flexibility and integration Concentradores de medição: Flexibilidade e integração são a chave do sucesso Célio

Metering concentrators: Key points are flexibility and integration Concentradores de medição: Flexibilidade e integração são a chave do sucesso Célio Metering concentrators: Key points are flexibility and integration Concentradores de medição: Flexibilidade e integração são a chave do sucesso Célio Gonçalves Junior & Paulo Roberto de Souza Pimentel

Leia mais

Operação de Instalações Marítimas

Operação de Instalações Marítimas ENIDH, Abril 2011 Sumário 1 Steering Gear 2 Bow Thrust 3 Propeller Servo 1 Steering Gear 2 Bow Thrust 3 Propeller Servo Steering Gear System Comprises two identical hydraulic systems. Each system includes:

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

IV th WORLD WATER FORUM Developing and Implementing Shared Water Information Systems

IV th WORLD WATER FORUM Developing and Implementing Shared Water Information Systems IV th WORLD WATER FORUM Developing and Implementing Shared Water Information Systems OFFICIAL SESSION n FT 5-13 March, 21 st 2005-16 H 30-18 H 30 BANAMEX CENTER ROOM ITURBIDE N 3 Mr. Oscar Cordeiro NETTO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2012 (Do Sr. Laércio Oliveira)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2012 (Do Sr. Laércio Oliveira) PROJETO DE LEI Nº, DE 2012 (Do Sr. Laércio Oliveira) Institui o Programa Nacional de Conservação, Uso Racional e Reaproveitamento das Águas. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º A presente lei tem por

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

XII SIMPÓSIO DE RECURSOS HIDRÍCOS DO NORDESTE

XII SIMPÓSIO DE RECURSOS HIDRÍCOS DO NORDESTE XII SIMPÓSIO DE RECURSOS HIDRÍCOS DO NORDESTE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DAS ÁGUAS DA SUB-BACIA DOS RIO JURUENA-ARINOS, MT COM APLICAÇÃO DO ÍNDICE DE QUALIDADE DE ÁGUA (IQA NSF ) PARA OS ANOS DE 2012 E 2013

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

Following up the Brazilian Smart Grid Roadmap Current D&D Smart Grid Projects in Brazil. Nelson Kagan University of Sao Paulo - Brazil

Following up the Brazilian Smart Grid Roadmap Current D&D Smart Grid Projects in Brazil. Nelson Kagan University of Sao Paulo - Brazil 1 Following up the Brazilian Smart Grid Roadmap Current D&D Smart Grid Projects in Brazil Nelson Kagan University of Sao Paulo - Brazil The Brazilian RoadMap The SG Roadmap was finished in 2012. It consisted

Leia mais

Teoria Económica Clássica e Neoclássica

Teoria Económica Clássica e Neoclássica Teoria Económica Clássica e Neoclássica Nuno Martins Universidade dos Açores Jornadas de Estatística Regional 29 de Novembro, Angra do Heroísmo, Portugal Definição de ciência económica Teoria clássica:

Leia mais

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente BEMVENUTI, Abel; NAIME, Roberto Harb Súmula Considerando algumas premissas clássicas de gestão em meio ambiente, são apresentados alguns

Leia mais

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015 ATUADORES e TRAVAS 2015 TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL Atuante no setor de mobilidade, orientando-se pela tecnologia, inovação e sustentabilidade, a Drift Brasil desenvolve soluções para o segmento automotivo

Leia mais

POTENCIAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA NA MESORREGIÃO NORDESTE PARAENSE POTENTIAL OF RAIN WATER UTILIZATION IN NORTHEAST MESOREGION PARAENSE

POTENCIAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA NA MESORREGIÃO NORDESTE PARAENSE POTENTIAL OF RAIN WATER UTILIZATION IN NORTHEAST MESOREGION PARAENSE POTENCIAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA NA MESORREGIÃO NORDESTE PARAENSE Larissa Lima Rodrigues 1 ; Ronaldo Lopes Rodrigues Mendes 2 ; Ricardo Angelim da Silva 3 ; Jairo Lima Martins 4 ; Gustavo Neves

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A EXECUÇÃO DE REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS

DIRETRIZES PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A EXECUÇÃO DE REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS DIRETRIZES PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA DURANTE A EXECUÇÃO DE REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS Marina da Costa Carmo Terra Barth (1) Lúcia Helena de Oliveira (2) (1) Departamento

Leia mais

Implantação do programa de uso racional de água PROÁGUA em escritório comercial: avaliação preliminar

Implantação do programa de uso racional de água PROÁGUA em escritório comercial: avaliação preliminar Sistemas Produtivos e Desenvolvimento Profissional: Desafios e Perspectivas Implantação do programa de uso racional de água PROÁGUA em escritório comercial: avaliação preliminar ÁLVARO DIOGO SOBRAL TEIXEIRA

Leia mais

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 2ª Reunião Extraordinária da Câmara Setorial de Alimentos Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS PARA O MONITORAMENTE E GERENCIAMENTO DA CADEIA DE FRIO Luis Madi / Eloísa

Leia mais

CELSO GALLIZA PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO PREDIAL NO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA

CELSO GALLIZA PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO PREDIAL NO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA CELSO GALLIZA PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO PREDIAL NO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS SC 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Antonio Donatelli Desenvolvendo relacionamento com clientes

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name Subject: The finance source/ new application/ project submission form All questions must be answered in details to receive an informed response. All information & data are to be provided directly by the

Leia mais

Peter Øye, CEO & President, Markleen AS. Response and Containment systems

Peter Øye, CEO & President, Markleen AS. Response and Containment systems Peter Øye, CEO & President, Markleen AS Response and Containment systems What we do: Markleen supplies complete Oil Spill Response Systems for PSVs to NOFO and Petrobras standards. Oil Booms Skimmer Fast

Leia mais

Propostas para redução de desperdícios ambientais numa Universidade Pública Projeto de reutilização de água de destiladores no CT - Leamet

Propostas para redução de desperdícios ambientais numa Universidade Pública Projeto de reutilização de água de destiladores no CT - Leamet Propostas para redução de desperdícios ambientais numa Universidade Pública Projeto de reutilização de água de destiladores no CT - Leamet Karina Marckmann 1, Rejane Maria Candiota Tubino 2, Monica Tagliari

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DO SERVIÇO NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA RENATO AUGUSTO PEDREIRA LEONNI EM SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO-BA.

FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DO SERVIÇO NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA RENATO AUGUSTO PEDREIRA LEONNI EM SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO-BA. UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM SAÚDE- GESTÃO HOSPITALAR KARLA MICHELLINE OLIVEIRA BOAVENTURA FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DO

Leia mais

Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL

Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL AMR AMI nas distribuidoras de água Objetivos da Medição Criação dos dados Melhora

Leia mais

Crise da Água em São Paulo Balanço e Propostas contribuição para o debate

Crise da Água em São Paulo Balanço e Propostas contribuição para o debate Crise da Água em São Paulo Balanço e Propostas contribuição para o debate Câmara dos Deputados 14 de Julho de 2015 Comissão Especial da Crise Hídrica O porque do colapso dos sistemas A Pergunta é: Precisávamos

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

ANÁLISES FISICO-QUÍMICAS DA ÁGUA CONSUMIDA POR ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA

ANÁLISES FISICO-QUÍMICAS DA ÁGUA CONSUMIDA POR ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA ANÁLISES FISICO-QUÍMICAS DA ÁGUA CONSUMIDA POR ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA L. G. Berno 1 L. Bernardo. 2 F. M. G. Oliveira. 3 RESUMO: O uso de índices de qualidade de água é uma tentativa que todo programa

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

ESTUDO DE VAZÕES E COTAS EM UMA BACIA HIDROGRÁFICA, CEARÁ, BRASIL

ESTUDO DE VAZÕES E COTAS EM UMA BACIA HIDROGRÁFICA, CEARÁ, BRASIL ESTUDO DE VAZÕES E COTAS EM UMA BACIA HIDROGRÁFICA, CEARÁ, BRASIL B. P. H. G. Cardoso 1 ; F. F de. Araújo 2 RESUMO: Este trabalho objetivou possibilitar um levantamento estatístico das vazões e cotas de

Leia mais

AVALIAÇÃO DURANTE OPERAÇÃO DE SISTEMAS DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS

AVALIAÇÃO DURANTE OPERAÇÃO DE SISTEMAS DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS AVALIAÇÃO DURANTE OPERAÇÃO DE SISTEMAS DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS Alberto Renner Bueno Peres (1); Lúcia Helena de Oliveira (2) (1) Departamento de Sistemas Prediais Escola

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS A LOGISTICA REVERSA APLICADA NO ÓLEO LUBRIFICANTE E SEUS RESÍDUOS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS A LOGISTICA REVERSA APLICADA NO ÓLEO LUBRIFICANTE E SEUS RESÍDUOS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS A LOGISTICA REVERSA APLICADA NO ÓLEO LUBRIFICANTE E SEUS RESÍDUOS ALINE THAIS MARQUEZIM ELOÁ PLETITSCH FIGUEIREDO JULIÊ GALIPI

Leia mais

Acelerando Seus Negócios Riverbed Performance Platform

Acelerando Seus Negócios Riverbed Performance Platform Acelerando Seus Negócios Riverbed Performance Platform 1 2 Onde Nós Começamos: Um Rápido Caminho do Ponto A ao B Sucesso depende de performance Steelhead entrega Data Center Branch Office herein belong

Leia mais

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal The future debate on occupational pensions in continental Europe will no longer solely depend on the economic efficiency values of these pensions but on their role in social protection model Yves Stevens,

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

POLÍTICA PÚBLICA DE APOIO A ECONOMIA SOLIDÁRIA NO BRASIL: CONCEPÇÕES E DIRETRIZES DOS PROGRAMAS E AÇÕES DO GOVERNO NOS ANOS RECENTES

POLÍTICA PÚBLICA DE APOIO A ECONOMIA SOLIDÁRIA NO BRASIL: CONCEPÇÕES E DIRETRIZES DOS PROGRAMAS E AÇÕES DO GOVERNO NOS ANOS RECENTES POLÍTICA PÚBLICA DE APOIO A ECONOMIA SOLIDÁRIA NO BRASIL: CONCEPÇÕES E DIRETRIZES DOS PROGRAMAS E AÇÕES DO GOVERNO NOS ANOS RECENTES Autor (a): Sabrina Carla A. da Silva Departamento de Economia - UFRN

Leia mais

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com UBIQUITOUS COLLABORATION http://www.trprocess.com Our Company TR PROCESS SMART PROCESS EXPERTS A expressão Smart Process Application, como utilizamos hoje, foi definida e utilizada em seus relatórios pelos

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 61/2013. TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 61/2013. TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple In the ten years of the Bolsa Familia program, completed on Sunday, the biggest change in the federal government's budget was

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Núcleo União Pró-Tietê. Água : O ouro azul do planeta

Núcleo União Pró-Tietê. Água : O ouro azul do planeta Núcleo União Pró-Tietê Água : O ouro azul do planeta Água A água é um mineral, elemento químico simples (H 2 O) fundamental para o planeta. Forma oceanos, geleiras, lagos e rios. Cobre ¾ da superfície

Leia mais

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O D I S S E R T A Ç Ã O D E M E S T R A D O M A S T E R I N G D I S S E R T A T I O N A V A L I A Ç Ã O D A C O N D I Ç Ã O D E T Ã O B O M Q U A N T O N O V O U M A A P L I C A Ç Ã O E N V O L V E N D O

Leia mais

Doing Business in Brazil : Pathways to success, Innovation and Access under the Legal Framework

Doing Business in Brazil : Pathways to success, Innovation and Access under the Legal Framework Doing Business in Brazil : Pathways to success, Innovation and Access under the Legal Framework BY FABIANO ANDREATTA L E G A L A F F A I R S M A N A G E R E L I L I L L Y D O B R A S I L L T D A. * A s

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL

REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL 1 FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG FÁBIO PROVIN - 200711664 REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL CASCAVEL - FAG 2009 FACULDADE ASSIS GURGACZ - FAG FÁBIO PROVIN - 200711664 2 REDUZIR, REUTILAR E RECICLAR PAPEL

Leia mais

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH ÍNDICE PORTUGUÊS 1. Características... 2 2. Conteúdo da Embalagem... 3 3. Como usar o Receptor de TV Digital... 3 4. Tela de Vídeo... 6 5.Requisitos Mínimos... 6 6. Marcas Compatíveis... 8 INDEX ENGLISH

Leia mais

PRESENT PERFECT. ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa;

PRESENT PERFECT. ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa; ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa; 2. Associa-se o Present Perfect entre uma ação do passado que tenha uma relação com o presente; My life has changed

Leia mais

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP Know-how setorial e global pré-configurado Índice 1.Disponibilidade dos pacotes SAP Best Practices 2.Efetuar

Leia mais

Perspectivas do Setor de Saneamento em relação à Cobrança

Perspectivas do Setor de Saneamento em relação à Cobrança Seminário Cobrança pelo Uso dos Recursos Hídricos Urbanos e Industriais Comitê da Bacia Hidrográfica Sorocaba e Médio Tietê Perspectivas do Setor de Saneamento em relação à Cobrança Sorocaba, 10 de setembro

Leia mais

Water resources management and metering regulation A gestão de recursos hídricos e a regulação da medição de água Gisela Forattini

Water resources management and metering regulation A gestão de recursos hídricos e a regulação da medição de água Gisela Forattini Water resources management and metering regulation A gestão de recursos hídricos e a regulação da medição de água Gisela Forattini A Gestão de Recursos Hídricos H e a Regulação da Medição de Água Situação

Leia mais

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Engenharia de Requisitos Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br O Documento de Requisitos Introdução The requirements for a system are the descriptions

Leia mais

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ÁGUA DE CONSUMO: BUSCA E VALIDAÇÃO DE EQUIVALENTES EM TEXTOS NORMATIVOS

ÁGUA DE CONSUMO: BUSCA E VALIDAÇÃO DE EQUIVALENTES EM TEXTOS NORMATIVOS ÁGUA DE CONSUMO: BUSCA E VALIDAÇÃO DE EQUIVALENTES EM TEXTOS NORMATIVOS Aluna: Cristina Sandri bolsista PIBIC UFRGS/CNPq email: kittysandri@yahoo.com.br Orientadora: Anna Maria Becker Maciel TERMISUL www.ufrgs.br/termisul

Leia mais

e-uea - Um Ambiente de Suporte ao Ensino Presencial e Educação a Distância

e-uea - Um Ambiente de Suporte ao Ensino Presencial e Educação a Distância e-uea - Um Ambiente de Suporte ao Ensino Presencial e Educação a Distância Marly G. F. Costa 1, Ada Carvalho 2, Jorge Smorigo 2, Waldir Nonato 2 1 Universidade do Amazonas Núcleo de Tecnologia Eletrônica

Leia mais

GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS. Ano letivo 2011/2012. Exercício: Sistema de apoio à decisão para eucalipto (Aplicação de Programação Linear)

GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS. Ano letivo 2011/2012. Exercício: Sistema de apoio à decisão para eucalipto (Aplicação de Programação Linear) GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS Ano letivo 2011/2012 Exercício: Sistema de apoio à decisão para eucalipto (Aplicação de Programação Linear) Exercise: Decision support system for eucalyptus (Linear programming

Leia mais

Sistema de Monitoramento de Poços Tubulares

Sistema de Monitoramento de Poços Tubulares Sistema de Monitoramento de Poços Tubulares Pedro Antonio Roehe Reginato 1, Marcos Imério Leão 1, Fernando Pons da Silva 2, Carlos Alvin Heine 3 1 DHH/IPH/UFRGS (imerio@iph.ufrgs.br; pedro.reginato@ufrgs.br)

Leia mais

Os desafios da gestão de recursos hídricos e as ações para redução do potencial de escassez de água

Os desafios da gestão de recursos hídricos e as ações para redução do potencial de escassez de água Os desafios da gestão de recursos hídricos e as ações para redução do potencial de escassez de água Mierzwa, José Carlos Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

- RJ O Gerenciamento dos Recursos HídricosH nas grandes Cidades. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp

- RJ O Gerenciamento dos Recursos HídricosH nas grandes Cidades. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp III Pré-ENCOB - RJ O Gerenciamento dos Recursos HídricosH nas grandes Cidades Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp 5ª Maior

Leia mais

Sistema de Reciclagem da Água dos Restos de Concreto

Sistema de Reciclagem da Água dos Restos de Concreto Águas de Restos de Concretos Reciclagem Notas de aula Prof. Eduardo C. S. Thomaz Sistema de Reciclagem da Água dos Restos de Concreto Exemplo: Firma Sohnt / USA - Concrete Reclaimer Conjunto do Sistema

Leia mais

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015 Pets reality There are about 30 millions abandoned pets only in Brazil. Among these amount, about 10 millions are cats and the other 20 are dogs, according to WHO (World Health Organization). In large

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/2.ª Fase Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais