BIM BUILDING INFORMATION MODELLING UMA TECNOLOGIA PARA O FUTURO IMEDIATO DA CONSTRUÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BIM BUILDING INFORMATION MODELLING UMA TECNOLOGIA PARA O FUTURO IMEDIATO DA CONSTRUÇÃO"

Transcrição

1 BIM BUILDING INFORMATION MODELLING UMA TECNOLOGIA PARA O FUTURO IMEDIATO DA CONSTRUÇÃO

2 PROGRAMA DO EVENTO 13 :30 13:45 Abertura - Dr. Antonio Carlos, diretor SINDUSCON RIO 13:45 14:30 Introdução ao BIM: conceitos gerais e processos de implantação, arqt Sergio Leusin, GDP; 14:30-15:15; Modelagem para gestão de produto e planejamento de obra com plataforma AUTODESK, Jealva Fonseca, Gerente de Produtos, Syene Empreendimentos. 15:15 16:00 Projeto MDIC para difusão BIM : aplicação ao Programa MCMV, artº Luiz Contier, CONTIER ARQUITETURA 16:00-16:15 Intervalo para café, 16:15-17:00 ARCHICAD aplicado a projetos e orçamentos de obras públicas: a experiência de São José dos Pinhais, arqtº Cervantes Ayres, Prefeitura de S.J.P. 17:00 17:45 BIM (Building Information Modeling): Implantação e aplicações práticas em empresa de engenharia e construção MATEC, apres.do Engº Adolfo Ribeiro. 17:45 18:00 Encerramento 2

3 3 INTRODUÇÃO AO BIM: CONCEITOS GERAIS E PROCESSOS DE IMPLANTAÇÃO Sergio Leusin de Amorim,

4 O QUE É BIM? Building information Modelling Modelagem da Informação da construção representação virtual das características físicas e funcionais de uma edificação, por todo o seu ciclo de vida, servindo como um repositório compartilhado de informações para colaboração (NIBS, 2007) BIM é baseada em modelagem 3D paramétrica avançada, orientada a objetos, e promete benefícios para todos os envolvidos num empreendimento imobiliário (EASTMAN et al., 2008) 4

5 INCEPÇÃO VIABILIDADE PROJ BÁSICO PROJ EXEC. PLANEJAMENTO EXECUÇÃO OPERAÇÃO MANUTENÇÃO RECICLAGEM LICENCIAMENTO CONTRATAÇÃO COMISSIONAMENTO DECOMISSIONAMEN. ARQUITEURA DE PROCESSO - BIM BIM E CICLO DE VIDA DA CONSTRUÇÃO BIM: BASE DE DADOS COMUM CONCEPÇÃO 5% CONSTRUÇÃO 25% Recursos aplicados USO 70% 5

6 BIM: VISÃO INTEGRADA DO EMPREENDIMENTO 6

7 BIM :UMA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Uma nova tecnologia de processo de projeto e de gestão da operação Novos processos de comunicação entre agentes do projeto Leva a reorganização de fases, agentes e produtos no projeto 7

8 DIFUSÃO NOS USA E EUROPA Uma progressão segura GSA (General Services Admin.), exige BIM em projetos desde 2007, USACE (U.S. Army Corps of Engineers), desde

9 INTEROPERABILIDADE Interoperabilidade é a habilidade de dois ou mais sistemas trocarem informações (necessárias e disponíveis) e fazer uso delas (IEEE, 1990; HIETANEN; LEHTINEN, 2006). A IAI desenvolve o conceito OPEN BIM, baseado no arquivo IFC e seus padrões derivados IFD International Framework for Dictionaries (ISO ), Model View Definition, MVD e Information Delivery Manual (IDM) BIM depende da interoperabilidade, já que a informação contida no modelo do edifício deve fluir entre os vários agentes e durante as diversas fases do empreendimento (SANTOS, 2009b), sendo importada e exportada pelos vários aplicativos que participam em diferentes etapas do ciclo de vida da edificação 9

10 VANTAGENS DO BIM 10

11 PERCEPÇÃO DE BENEFÍCIOS Os mais experientes indicaram maiores benefícios; Oito entre dez especialistas indicaram alto benefício pela redução de retrabalho; Sete entre dez indicaram benefícios mercadológicos 11

12 MÚLTIPLAS VISÕES DO MESMO MODELO Global V6 engine plant for General Motors Flint, MI (Courtesy: GHAFARI Associates)

13 COMPATIBILIZAÇÃO DE TODAS DISCIPLINAS 13

14 DETECÇÃO AUTOMÁTICA DE CONFLITOS ARQUITEURA DE PROCESSO - BIM

15 IMPORTÂNCIA DAS BIBLIOTECAS DE OBJETOS No modelo BIM, a informação transita na forma de parâmetros dentro de componentes ou objetos BIM (HJELSETH, 2009), usualmente selecionados do acervo de bibliotecas BIM. 15

16 MÚLTIPLAS INFORMAÇÕES DE CADA ELEMENTO OU COMPONENTE 16

17 TODOS OS OBJETOS SÃO CLASSIFICADOS 17

18 IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO Todos os objetos se vinculam a um sistema de classificação de modo a facilitar a interoperabilidade. A base para estes sistemas é uma norma ISO já traduzida: NBR ISO Construção de edificação Organização de informação da construção Parte 2: Estrutura para classificação de informação O OMNICLASS é uma proposta de sistema internacional, A ABNT deve publicar em janeiro o texto base da NBR equivalente. 2C Janelas 2C Janelas de aço Especificação geral Especificação complementar 18

19 PROJETO DE NORMA ABNT O PN 134: , sob o título geral Sistema de Classificação da Informação da Construção tem previsão de conter as seguintes partes: Parte 1: Características dos Objetos da Construção (Tabelas 0M e 0P ); Parte 2: Processos da Construção (Tabelas 1F, 1S e 1D); Parte 3: Recursos da Construção( Tabelas 2O, 2Q e 2C ); Parte 4: Resultados da Construção ( Tabelas 3E e 3R ); Parte 5: Unidades da Construção ( Tabelas 4U e 4A ); Parte 6: Informação da Construção ( Tabela 5I ); 19

20 RELAÇÃO DA PROPOSTA COM O OMNICLASS 0 Característica dos Objetos Materiais Propriedades M P OMNCLASS T41 T49 1 Processos Fases Serviços Disciplinas F S D T31 T32 T33 2 Recursos Funções Equipamentos Componentes O Q C T34 T35 T23 3 Resultados Elementos Resultados E R T21 T22 4 Unidades e Espaços da Construção Unidades Espaços U T11,12 A T13,14 5 Informação da Construção Informação I T36 20

21 ESTRUTURA DO SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO GRUPO NÍVEL 1 NÍVEL 2 NÍVEL 3 NÍVEL 4 NÍVEL 5 NÍVEL M P F S D 2 O Q C A A A A A 3 4 E R U A

22 BIM NA PRÁTICA, NO BRASIL... Apesar de não termos ainda condições de aplicação plena de todo o conceito BIM, já é possível usufruir de algumas de suas vantagens. Como nos USA e Europa sua aplicação se inicia nos projetos de arquitetura e depois se difunde para as outras disciplinas. É preciso planejar esta transição nos diferentes níveis: Na empresa de projetos Na construtora, No Governo, Nos fornecedores 22

23 KBTU/ano ARQUITEURA DE PROCESSO - BIM ÁREA FACHADA Type Área Fachada Hotel Bloco ,97 m² Fachada Hotel Bloco ,97 m² Fachada Hotel Bloco ,97 m² Generic - 200mm ,92 m² Generic - 300mm 3 411,66 m² Vidro - 200mm 1 340,11 m² Grand total: ,61 m² , , , , , , , , , ,00 0,00 2 PAVIMENTOS BLOCO ÚNICO BLOCO EM "U" BLOCO EM "L" Incidência Absorção 23

24 Quadro Janelas Type Count Area janela 80 x 110cm Total 2 1,76 janela 120 x 110cm Total 9 11,9 Grand total: 11 13,6 Quadro Paredes Type Area Grand total: ,12 m² 24

25 Quadro de Fundações Descrição Área Quantidade Perímetro Volume 146,41 m² 150mm Laje de fundação 146,41 m² 1 48,4 21,96 m³ 1,90 m² Quadro sapata de paredes 100 x 100 x 450cm 1,90 m² 1 0,45 m³ Type sapata 100 x 100 x Área 450cm Individual 1,90 m² Volume Custo 1 em R$ 0,45 m³ sapata 100 x 100 x 450cm 1,90 m² 1 0,45 m³ Parede sapata 10cm 100 x 100 x 2,58 450cm m² 1,90 m² 0,26 m³ 1 0 0,45 m³ Parede sapata 10cm 100 x 100 x 2,70 450cm m² 1,90 m² 0,27 m³ 1 0 0,45 m³ Parede sapata 10cm 100 x 100 x 3,96 450cm m² 1,90 m² 0,39 m³ 1 0 0,45 m³ Parede sapata 10cm 100 x 100 x 4,71 450cm m² 1,90 m² 0,47 m³ 1 0 0,45 m³ Parede sapata 10cm 100 x 100 x 6,10 450cm m² 1,90 m² 0,61 m³ 1 0 0,45 m³ Parede Grand 10cm total: 9 6,87 m² 161,61 m² 0,69 m³ ,4 25,56 m³ Parede 10cm 8,32 m² 0,83 m³ 0 Parede 10cm 33,74 m² 3,37 m³ 0 Parede 10cm 17,29 m² 1,73 m³ 0 Parede 10cm 26,59 m² 2,65 m³ 0 Parede 10cm 28,44 m² 2,83 m³ 0 Parede 10cm 29,10 m² 2,89 m³ 0 Parede 10cm 32,08 m² 3,19 m³ 0 25 Parede 10cm 39,33 m² 3,93 m³ 0 Parede 10cm 40,89 m² 4,09 m³ 0 Grand total: ,73 m² 28,21 m³ 0

26 Quadro de Portas Tipo Quantidade porta 70x210 cm porta 70x210 cm 1 porta 70x210 cm 1 porta 70x210 cm 1 porta 90x210 cm porta 90x210 cm 1 porta 90x210 cm 1 porta 90x210 cm 1 porta dupla vidro 120x210cm porta dupla vidro 120x210cm 1 Grand total: 7 7 Structural Foundation Schedule Type Area Count Perimeter Volume 146,41 m² 150mm Laje de fundação 146,41 m² 1 48,4 21,96 m³ 1,90 m² Quadro de Estruturas sapata 100 x 100 x 450cm 1,90 m² 1 0,45 m³ Tipo Quantidade Custo Volume kg sapata 100 x 100 x 450cm 1,90 m² 1 0,45 m³ 0,02 m³ m³ sapata 100 x 100 x 450cm 1,90 m² 1 0,45 m³ 200x200xSHS 1 0, x200xSHS sapata x 100 x 450cm 0, ,90 m² 1 0,45 m³ 200x200xSHS sapata x 100 x 450cm 0, ,90 m² 1 0,45 m³ 200x200xSHS sapata x 100 x 450cm 0, ,90 m² 1 0,45 m³ 200x200xSHS sapata x 100 x 450cm 0, ,90 m² 1 0,45 m³ 0,02 m³ sapata 100 x 100 x 450cm 1,90 m² 1 0,45 m³ pilar metálico circular 12,5cm Grand total: 1 9 0, ,61 m² 9 48,4 25,56 m³ pilar metálico circular 12,5cm 1 0, pilar metálico circular 12,5cm 1 0, pilar metálico circular 12,5cm 1 0, pilar metálico circular 12,5cm 1 0, pilar metálico circular 12,5cm 1 0, pilar metálico circular 12,5cm 1 0, pilar metálico circular 12,5cm 1 0, Grand total: ,38 m³

27 BIM E SUSTENTABILIDADE Maior facilidade para análises: Soluções construtivas Absorção de radiação solar; Desempenho energético, Sustentabilidade, Adequação aos requisitos legais etc Maior precisão e confiabilidade no projeto Como resultados: Menores perdas de recursos naturais, Menor impacto da obra Mais sustentabilidade! 27

28 CASO DA UNIVERSIDADE RURAL - RJ Licitação de projeto básico 14 prédios, sendo 12 similares. Análise de alternativas de solução e otimização de projeto Alternativas consideradas: Proposta de projeto: construção convencional Alvenaria estrutural Alvenaria e estrutura modular 28

29 MONTAGEM IMEDIATA DE VARIANTES DE QUANTITATIVOS 29

30 ANÁLISE DE CUSTOS PRELIMINAR Alternativa 0: convencional custo unitário custo total Formas/ escoramento m² 557,34 26, ,92 Concreto c/armação etc m³ 41,41 319, ,53 alvenarias 19 cm m² 954,91 33, ,02 alvenarias 13 cm m² 97,8 31, ,89 Custo total R$ ,36 Alternativa 1: alvenaria estrutural 22% a alvenarias de 14 cm m² 97,8 58, ,33 menos alvenarias de 19 cm m² 884,18 69, ,69 7% a Grout / armação m³ 54,2 254, ,05 menos Custo total R$ ,07 Alternativa 2: alv. Modular e estrutura simplificada Formas m2 436,53 26, ,12 Concreto c/armação etc m³ 41,41 319, ,53 alvenarias bloco concreto não estrutural m² 19 cm 884,18 34, ,64 alvenarias bloco concreto não estrutural m² 9 cm 97,8 24, ,00 Custo total R$ ,29 12% a menos 30

31 OUTROS BENEFÍCIOS Redução de volume de aterro através da análise de implantação e eliminação de laje sobre aterro, de m³ para 6.000m³. (-89%!) Menor prazo de obra, pois o sistema construtivos é mais simples; Resolução antecipada de conflitos ( estrutura vs esquadrias, por exemplo). Uma obra mais sustentável! 31

BIM: Fundamentos básicos e processo de implantação. Apresentador: Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc.

BIM: Fundamentos básicos e processo de implantação. Apresentador: Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc. BIM: Fundamentos básicos e processo de implantação Apresentador: Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc. A GDP, Gerenciamento e Desenvolvimento de Projetos Ltdª, nasceu da convicção de que o projeto deve ser o protagonista

Leia mais

BIM Um Processo integrado de projeto

BIM Um Processo integrado de projeto BIM Um Processo integrado de projeto Metodologia BIM de projeto, planejamento e controle de obras, com integração com BD externos Minimização de riscos de projeto, inclusive os derivados da NBR 15.575

Leia mais

11/05/2015. Quem somos. Clientes BIM MERCADO & IMPLANTAÇÃO. Rogerio Suzuki Consultor BIM/4D/FM. O que oferecemos

11/05/2015. Quem somos. Clientes BIM MERCADO & IMPLANTAÇÃO. Rogerio Suzuki Consultor BIM/4D/FM. O que oferecemos O que oferecemos 11/05/2015 BIM MERCADO & IMPLANTAÇÃO Rogerio Suzuki Consultor BIM/4D/FM Quem somos Clientes 1 2 3 Agenda 1. Introdução 2. O que é BIM? 3. Por que BIM? 4. O que ganho com BIM? 5. BIM &

Leia mais

BIM BIM. Building Information Modeling no Projeto Estrutural. Impactos e benefícios potenciais. Modelagem de Informação do Edifício Projeto Estrutural

BIM BIM. Building Information Modeling no Projeto Estrutural. Impactos e benefícios potenciais. Modelagem de Informação do Edifício Projeto Estrutural BIM Building Information Modeling no Impactos e benefícios potenciais Nelson Covas BIM Building Information Modeling ou Modelagem de Informação da Construção ou Modelagem de Informação do Edifício Premissas

Leia mais

Implementation of BIM (Building Information Modeling) in the Brazilian Real Estate Market. Eng. Fernando Correa Diretor da Sinco Engenharia

Implementation of BIM (Building Information Modeling) in the Brazilian Real Estate Market. Eng. Fernando Correa Diretor da Sinco Engenharia Implementation of BIM (Building Information Modeling) in the Brazilian Real Estate Market Eng. Fernando Correa Diretor da Sinco Engenharia 27 Anos no mercado da construção Civil Área de atuação: Incorporação

Leia mais

BIM- Building Information Modeling no Brasil

BIM- Building Information Modeling no Brasil BIM- Building Information Modeling no Brasil Experiences Exchange in BIM - Building Information Modeling Apoio aos Diálogos Setoriais UE-Brasil, Fase II Sergio Leusin, Arqtº, D.Sc. Agenda Conceitos e vantagens

Leia mais

BIM na prática: Como uma empresa construtora pode fazer uso da tecnologia BIM

BIM na prática: Como uma empresa construtora pode fazer uso da tecnologia BIM BIM na prática: Como uma empresa construtora pode fazer uso da tecnologia BIM Joyce Delatorre Método Engenharia O uso da Tecnologia BIM promete trazer ganhos em todas as etapas no ciclo de vida de um empreendimento.

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO BIM NA CONSTRUTORA. Eng.Fernando Augusto Correa da Silva

IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO BIM NA CONSTRUTORA. Eng.Fernando Augusto Correa da Silva IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO BIM NA CONSTRUTORA Eng.Fernando Augusto Correa da Silva BIM SINCO IMPLANTAÇÃO BIM CASOS DE SUCESSO SINCO ENGENHARIA 27 Anos no mercado da construção Civil Área de atuação: Incorporação

Leia mais

Integração entre o Revit, o orçamento e o planejamento de obras com uso de Keynotes

Integração entre o Revit, o orçamento e o planejamento de obras com uso de Keynotes Integração entre o Revit, o orçamento e o planejamento de obras com uso de Keynotes Sergio Leusin, Raquel Canellas e Luciano Capistrano GDP Gerenciamento e Desenvolvimento de Projetos Ltda. A integração

Leia mais

www.espacotempo.com.br quarta-feira, 25 de setembro de 13

www.espacotempo.com.br quarta-feira, 25 de setembro de 13 www.espacotempo.com.br 1 PALESTRA EARQ 2013 Goiânia, 10 de Setembro de 2013 FERNANDO DAHER ALVARENGA Arquiteto e Urbanista Diretor e proprietário da Espaço Tempo www.espacotempo.com.br www.fernandodaher.com

Leia mais

MÉTODO ÁREAS DE ATUAÇÃO DIFERENCIAIS / TECNOLOGIA TECNOLOGIA BIM

MÉTODO ÁREAS DE ATUAÇÃO DIFERENCIAIS / TECNOLOGIA TECNOLOGIA BIM MÉTODO ÁREAS DE ATUAÇÃO DIFERENCIAIS / TECNOLOGIA TECNOLOGIA BIM Método Engenharia O futuro em construção 40 anos de experiência 6 milhões de m² construídos em projetos realizados no Brasil e no exterior

Leia mais

LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS ARQUITETÔNICOS

LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS ARQUITETÔNICOS LOCAIS DE TRABALHO COM QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PROJETOS ARQUITETÔNICOS PROJETOS ARQUITETÔNICOS 01 NOSSOS SERVIÇOS Após 35 anos de experiência na área de edificações para o mercado imobiliário gaúcho,

Leia mais

DESDE 19 JULHO DE 2013 A NORMA DE DESEMPENHO TAMBÉM...

DESDE 19 JULHO DE 2013 A NORMA DE DESEMPENHO TAMBÉM... DESDE 19 JULHO DE 2013 A NORMA DE DESEMPENHO TAMBÉM... A QUE VIEMOS ü Norma de Desempenho ü BIM (Uso em Projeto) ü Exemplos Práticos de Softwares no auxílio de Simulação teórica Projeto para desempenho

Leia mais

Agenda. Gafisa S.A. Planejamento Estratégico. Novas Idéias: BIM + Padronização. BIM: Primeiros Desafios. BIM: Implementação e Diretrizes

Agenda. Gafisa S.A. Planejamento Estratégico. Novas Idéias: BIM + Padronização. BIM: Primeiros Desafios. BIM: Implementação e Diretrizes Agenda Gafisa S.A. Planejamento Estratégico Novas Idéias: BIM + Padronização BIM: Primeiros Desafios BIM: Implementação e Diretrizes 2 Gafisa S.A. Uma das empresas líderes do mercado de incorporação e

Leia mais

ILHA PURA. Utilização do BIM no Empreendimento. Rio de Janeiro, Março 2015

ILHA PURA. Utilização do BIM no Empreendimento. Rio de Janeiro, Março 2015 ILHA PURA Utilização do BIM no Empreendimento Rio de Janeiro, Março 2015 CONHECENDO A ILHA PURA Marcio Teixeira O EMPREENDIMENTO LOCALIZAÇÃO IMPLANTAÇÃO Vila dos Atletas Lagoa de Jacarepaguá MASTERPLAN

Leia mais

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015 QUANTIFICAÇÃO BASEADA EM MODELAGEM BIM: VALIDAÇÃO E FOMENTO DE PRÁTICA PROJETUAL A PARTIR DA MODELAGEM DA CASA BAETA. Diogo Humberto Muniz¹;Rodrigo Luiz Minot Gutierrezr 2 1, 2 Universidade de Uberaba

Leia mais

Painéis de concreto pré-moldados e soluções complementares para o segmento econômico. Otávio Pedreira de Freitas Pedreira Engenharia Ltda

Painéis de concreto pré-moldados e soluções complementares para o segmento econômico. Otávio Pedreira de Freitas Pedreira Engenharia Ltda Painéis de concreto pré-moldados e soluções complementares para o segmento econômico Otávio Pedreira de Freitas Pedreira Engenharia Ltda Painéis de concreto pré-moldados e soluções complementares para

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL PROJETOS CORPORATIVOS / INDUSTRIAIS

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL PROJETOS CORPORATIVOS / INDUSTRIAIS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL PROJETOS CORPORATIVOS / INDUSTRIAIS MISSÃO Oferecer soluções que aliem beleza, funcionalidade e inovação, ao contribuir para a satisfação de nossos clientes e colaboradores,

Leia mais

Pré-Construção Virtual BIM com foco na Compatibilização de Projetos

Pré-Construção Virtual BIM com foco na Compatibilização de Projetos Pré-Construção Virtual BIM com foco na Compatibilização de Projetos Bruno Maciel Angelim FortBIM Engenharia Esta classe mostra o fluxo de trabalho do Autodesk Building Design Suite para pré-construção

Leia mais

PROJETOS EM ALVENARIA ESTRUTURAL: MODULAÇÃO E COMPATIBILIZAÇÃO

PROJETOS EM ALVENARIA ESTRUTURAL: MODULAÇÃO E COMPATIBILIZAÇÃO PROJETOS EM ALVENARIA ESTRUTURAL: MODULAÇÃO E COMPATIBILIZAÇÃO PRINCIPÍOS BÁSICOS PARA PROJETOS/ MODULAÇÃO E COMPATIBILIZAÇÃO EM ALVENARIA ESTRUTURAL EM BLOCOS DE CONCRETO ARQUITETA NANCI CRUZ MODULAÇÃO

Leia mais

Atualização do Processo BIM na Construção Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB

Atualização do Processo BIM na Construção Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Apresentação Principais Utilizações do BIM Iniciativas Governamentais Mercados Crescentes Setor imobiliário Setor AEC Produtos e Serviços de TI Desafios Principais

Leia mais

Sobre os Palestrantes ANDRÉ WENDLER EMPRESA WENDLER PROJETOS /CAMPINAS-SP SITE: http://www.wendlerprojetos.com.br/

Sobre os Palestrantes ANDRÉ WENDLER EMPRESA WENDLER PROJETOS /CAMPINAS-SP SITE: http://www.wendlerprojetos.com.br/ Demonstrar o fluxo de trabalho e Gestão de Orçamento REVIT/BIM da Construtora FA OLIVA com o Escritório de Engenharia Wendler Projetos para projetos de alvenaria estrutural. Apresentadores: Marcelo Antoniazzi

Leia mais

Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM

Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM BIM SINCO IMPLANTAÇÃO BIM CASOS DE SUCESSO SINCO BIM PROCESSO INTEGRADO Sinco Empresa 26 Anos no mercado da construção

Leia mais

O desenvolvimento de um aplicativo de verificação de requisitos através do Revit API

O desenvolvimento de um aplicativo de verificação de requisitos através do Revit API O desenvolvimento de um aplicativo de verificação de requisitos através do Revit API Silvia Maria Soares de Araujo Pereira Fundação Oswaldo Cruz / Universidade Federal Fluminense Sergio Roberto Leusin

Leia mais

BIM(Building Information Modeling): implantação e aplicaçoes práticas em empresa de engenharia e construção

BIM(Building Information Modeling): implantação e aplicaçoes práticas em empresa de engenharia e construção BIM(Building Information Modeling): implantação e aplicaçoes práticas em empresa de engenharia e construção É o processo de elaboração e gerenciamento das informações de uma edificação durante seu ciclo

Leia mais

IV Seminário de Inovação na Construção Civil BIM Building Information Modeling Implantação e aplicações práticas em empresa de engenharia e

IV Seminário de Inovação na Construção Civil BIM Building Information Modeling Implantação e aplicações práticas em empresa de engenharia e IV Seminário de Inovação na Construção Civil BIM Building Information Modeling Implantação e aplicações práticas em empresa de engenharia e construção É o processo de elaboração e gerenciamento das informações

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP

DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP DIAGNÓSTICO DA GESTÃO DOS PROCESSOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA: ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DE SÃO CARLOS-SP Raquel Ragonesi Permonian (UFSCAR) raquelrpermonian@hotmail.com Jose da Costa Marques

Leia mais

Quarta 04/11 14:45-16:25. Quinta 05/11 13:50-15:30. Sexta 06/11 14:10-15:30. Edificações, Infraestrutura e Cidade: do BIM ao CIM

Quarta 04/11 14:45-16:25. Quinta 05/11 13:50-15:30. Sexta 06/11 14:10-15:30. Edificações, Infraestrutura e Cidade: do BIM ao CIM 1A Tic Em Apoio A Projeto 1 1 A Realidade Virtual Imersiva Como Tecnologia De Suporte À Compreensão De Modelos Computacionais 37 O Uso De Tecnologias De Realidade Aumentada Como Estratégia De Empoderamento

Leia mais

Ferramenta BIM para Projetos de Estruturas Pré-Fabricadas

Ferramenta BIM para Projetos de Estruturas Pré-Fabricadas Ferramenta BIM para Projetos de Estruturas Pré-Fabricadas Marco Moschini CSG Engineering Local: UNIDAVI - Rio do Sul / SC BIM ( Building Information Modeling ) ( Modelagem da Informação da Construção )

Leia mais

BIM - Conceitos e Aplicações!

BIM - Conceitos e Aplicações! BIM - Conceitos e Aplicações! Introdução Como Projetávamos no Passado? Quais eram as Ferramentas Utilizadas? Introdução Resultados! Introdução Avanço da Tecnologia Surgimento das Ferramentas CAD CAD -

Leia mais

PROC-IBR-EDIF 046/2015 Análise de Projeto de Estrutura Metálica

PROC-IBR-EDIF 046/2015 Análise de Projeto de Estrutura Metálica INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS IBRAOP INSTITUTO RUI BARBOSA IRB / COMITÊ OBRAS PÚBLICAS PROC-IBR-EDIF 046/2015 Análise de Projeto de Estrutura Metálica Primeira edição válida a partir

Leia mais

Panorama da modernização da construção no Brasil Sergio Leusin de Amorim UNIGRANRIO. 2ª Semana de Tecnologia da Construção - AEAARP

Panorama da modernização da construção no Brasil Sergio Leusin de Amorim UNIGRANRIO. 2ª Semana de Tecnologia da Construção - AEAARP Panorama da modernização da construção no Brasil Sergio Leusin de Amorim UNIGRANRIO 2ª Semana de Tecnologia da Construção - AEAARP Panorama da modernização da construção no Brasil Resumo: Visão de contexto

Leia mais

IMPACTOS DO USO X PERFIL DAS EMPRESAS E ANALISAR SEUS PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS

IMPACTOS DO USO X PERFIL DAS EMPRESAS E ANALISAR SEUS PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS IMPACTOS DO USO X PERFIL DAS EMPRESAS E ANALISAR SEUS PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS Vinicius Coutinho dos Santos BARBOSA (1); Michele Tereza Marques CARVALHO (2) (1) Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

poder de compra x custo da construção poder de compra:

poder de compra x custo da construção poder de compra: w ALVENARIA ESTRUTURAL COM BLOCOS DE CONCRETO poder de compra x custo da construção poder de compra: - Conceito Geral - Engenheiro Civil - Ph.D. (85)3244-3939 (85)9982-4969 luisalberto1@terra.com.br custo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO BIM MIRIAM ADDOR

INTRODUÇÃO AO BIM MIRIAM ADDOR INTRODUÇÃO AO BIM MIRIAM ADDOR Definições Conceitos de BIM Curso CMU ago/08 IFC Penn State Carnegie Mellon University 1905-1912 PITTSBURGH- PA- aço Fallingwater FLW 3 LEED building B = BUILDING I= INFORMATION

Leia mais

FCH Consultoria e Projetos de Engenharia Escritório: São Paulo Atuação: Nacional

FCH Consultoria e Projetos de Engenharia Escritório: São Paulo Atuação: Nacional Projeto de Revestimento de Fachada em Argamassa Engª MSc Fabiana Andrade Ribeiro www.fchconsultoria.com.br Projeto de Revestimento de Fachada Enfoque na Racionalização FCH Consultoria e Projetos de Engenharia

Leia mais

Experiência do uso de REVIT em Projeto de Estrutura

Experiência do uso de REVIT em Projeto de Estrutura REVIT em Projeto de Estrutura Angelo Ricardo Rech REFE engenharia Descrição do processo de implantação e treinamento no uso do Revit Structure, e relato das vantagens alcançadas no uso diário profissional.

Leia mais

O Panorama do BIM como Ferramenta de Gestão

O Panorama do BIM como Ferramenta de Gestão BIM Building Information Modeling O Panorama do BIM como Ferramenta de Gestão Prof. Dr. Eduardo Toledo Santos Escola Politécnica da USP A Modelagem da Informação da Construção (BIM) é o processo de produção,

Leia mais

Guia da Construção Construção virtual - Para ganhar em cronograma, precisão e cust...

Guia da Construção Construção virtual - Para ganhar em cronograma, precisão e cust... Page 1 of 5 NOTICIÁRIO REVISTAS TCPO LIVROS SOFTWARE EVENTOS PINI ENGENHARIA GUIA DA CONSTRUÇÃO PINI EMPREGOS Archicad Arcon Artlantis AutoPower Concreto 100 ICAD Plus OrçaCasa Orçamento Expresso Strap

Leia mais

Benefícios da Utilização do BIM no desenvolvimento da Orçamentação na Construção Civil

Benefícios da Utilização do BIM no desenvolvimento da Orçamentação na Construção Civil Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projetos/turma 149 29 de julho de 2015 Benefícios da Utilização do BIM no desenvolvimento da Orçamentação na Construção Civil Flávia Ciqueira

Leia mais

Modulação Automática de Edifícios em Alvenaria Estrutural com a utilização da Plataforma CAD: Programa AlvMod

Modulação Automática de Edifícios em Alvenaria Estrutural com a utilização da Plataforma CAD: Programa AlvMod Modulação Automática de Edifícios em Alvenaria Estrutural com a utilização da Plataforma CAD: Programa AlvMod Davi Fagundes Leal 1,, Rita de Cássia Silva Sant Anna Alvarenga 2, Cássio de Sá Seron 3, Diôgo

Leia mais

Aspectos Relevantes da Qualidade do Software Estrutural e Sua Influência na Elaboração de Projetos

Aspectos Relevantes da Qualidade do Software Estrutural e Sua Influência na Elaboração de Projetos Aspectos Relevantes da Qualidade do Software Estrutural e Sua Influência na Elaboração de Projetos Eng. Nelson Covas São Paulo, 23 de outubro de 2008 1. Introdução 2. Relação Software / Projeto Estrutural

Leia mais

Oferece soluções de engenharia viáveis tecnicamente que proporcionam maior economia e flexibilidade no cronograma.

Oferece soluções de engenharia viáveis tecnicamente que proporcionam maior economia e flexibilidade no cronograma. A mais de 20 anos no mercado, a Econômica Engenharia atua no mercado da construção com PROJETOS, PLANEJAMENTOS E GERENCIAMENTOS de obras residenciais, comerciais e industriais. Tem como principal objetivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL MICHAEL ANTONY CARVALHO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL MICHAEL ANTONY CARVALHO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL MICHAEL ANTONY CARVALHO EFICÁCIA DE INTEROPERABILIDADE NO FORMATO IFC ENTRE MODELOS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

TQS Informática Ltda. Tecnologia e Qualidade em Sistemas Rua dos Pinheiros, 706 c/2-05422-001 - São Paulo - SP Tel.: (11) 3883-2722 Fax: (11)

TQS Informática Ltda. Tecnologia e Qualidade em Sistemas Rua dos Pinheiros, 706 c/2-05422-001 - São Paulo - SP Tel.: (11) 3883-2722 Fax: (11) Produção de Projeto Estrutural no Ambiente BIM - uma visão TQS Introdução Nos últimos tempos um novo requisito surgiu na contratação de projeto estrutural: a capacitação para troca de informações em BIM

Leia mais

VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DA ALVENARIA ESTRUTURAL COM BLOCOS DE CONCRETO

VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DA ALVENARIA ESTRUTURAL COM BLOCOS DE CONCRETO VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DA ALVENARIA ESTRUTURAL COM BLOCOS DE CONCRETO 1a. parte: TÉCNICA Engenheiro Civil - Ph.D. 85-3244-3939 9982-4969 la99824969@yahoo.com.br skipe: la99824969 de que alvenaria

Leia mais

Cronograma das Aulas do Curso Revit Structure (260h):

Cronograma das Aulas do Curso Revit Structure (260h): Para adquirir esse Combo agora e garantir seus estudos, acesse o site abaixo: http://www.escoladesoftware.com.br/combo-cursos-revitarquitetura-revit-structure-robot Cronograma das Aulas do Curso Revit

Leia mais

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015 CONCEITOS QUE INFLUENCIAM NA ELABORAÇÃO DO PROJETO ESTRUTURAL Marco Antônio Nunes de Melo 1 ; Carolina Oliveira Pinto n 1 Universidade de Uberaba marconunes_eng@outlook.com 1; carolina.pinto@uniube.br

Leia mais

APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS EM EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS ANDARES

APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS EM EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS ANDARES Autor: Paulo André Brasil Barroso Eng. Civil. Pós-graduado em cálculo estrutural McGill University Montreal Canadá 1975/1977. Sócio de uma das maiores empresas fabricantes de estruturas metálicas do país

Leia mais

Implantação e Resultados do BIM CCDI Carlos Cabral Salles Leandro Duarte Marveis

Implantação e Resultados do BIM CCDI Carlos Cabral Salles Leandro Duarte Marveis Implantação e Resultados do BIM CCDI Carlos Cabral Salles Leandro Duarte Marveis Agenda 1 2 3 4 A Empresa Desafio Fases do Processo Sistema Integrado de Gestão de Projetos 5 Hoje na CCDI 6 Conclusão A

Leia mais

Dificuldades Vida Profissional após a Graduação:

Dificuldades Vida Profissional após a Graduação: Dificuldades Vida Profissional após a Graduação: Arq. Graduação: Arquitetura e Urbanismo 2004 - Universidade de Passo Fundo UPF Especialização: Construção Civil 2008 NORIE - UFRGS Master: MDI Dirección

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS NUMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS NUMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL RELATO DE EXPERIÊNCIA EM GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS NUMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL Áurea Araujo Bruel, Msc candidate Engenheira Civil, Mestranda do PPGCC/UFPR e-mail aabruel@yahoo.com.br

Leia mais

CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA

CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA Alguns conceitos GESTÃO PROFISSIONAIS TECNOLOGIA 2D Gestão de Informação documental (digital 2D ou impressa) ESCRITORIO DE ARQUITETURA EMPRESA

Leia mais

ESCRITÓRIOS Carril de la Condesa, 58 Edificio Torre Proconsa Escritório 509 30010 Murcia ( España) Coordenadas: N 37º 58' 5.4588" W -1º 8' 1.

ESCRITÓRIOS Carril de la Condesa, 58 Edificio Torre Proconsa Escritório 509 30010 Murcia ( España) Coordenadas: N 37º 58' 5.4588 W -1º 8' 1. Anovel engenharia Integral desenvolve seus trabalhos no mundo da engenharia e da construção, podendo desenvolver projetos em todas as fases, desde o desenho inicial, passando pelo desenvolvimento e detalhamento

Leia mais

Como melhorar o projeto em BIM utilizando informações de obras anteriores

Como melhorar o projeto em BIM utilizando informações de obras anteriores Como melhorar o projeto em BIM utilizando informações de obras anteriores Marlon Camara Garrido Campestrini Gestão de Projetos Tiago Francisco Campestrini Campestrini Gestão de Projetos Objetivo de aprendizado

Leia mais

Ensinando Colaboração aos Estudantes

Ensinando Colaboração aos Estudantes Arq. Fernando Lima Autodesk Education ED4900_V Essa aula vai demonstrar o processo básico de colaboração usando o Autodesk Revit 2013, depois de preparar o projeto básico de arquitetura vamos simular um

Leia mais

CURSOS DE BIM EM BELO HORIZONTE

CURSOS DE BIM EM BELO HORIZONTE CURSOS DE BIM EM BELO HORIZONTE Cursos de BIM em Belo Horizonte O SindusCon-SP reconhecido como pioneiro na difusão da Tecnologia BIM (Modelagem da Informação da Construção) no Brasil, preparou um curso

Leia mais

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL X ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO 18-21 julho 2004, São Paulo. ISBN 85-89478-08-4. PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO

Leia mais

A contribuição do BIM para a representação do ambiente construído

A contribuição do BIM para a representação do ambiente construído Análise e representação em contextos diversos: projeto, técnica e gestão do ambiente construído A contribuição do BIM para a representação do ambiente construído HIPPERT, Maria Aparecida Steinherz (1)

Leia mais

Budget estimating of construction: Parametric technique for studies of viability of residential enterprises.

Budget estimating of construction: Parametric technique for studies of viability of residential enterprises. 1 VII Seminário Internacional da LARES 25 26 de outubro de 2007, São Paulo, Brasil Budget estimating of construction: Parametric technique for studies of viability of residential enterprises. Estimativa

Leia mais

Concepção do Projeto Estrutural com Ênfase em Prédios Altos

Concepção do Projeto Estrutural com Ênfase em Prédios Altos Concepção do Projeto Estrutural com Ênfase em Prédios Altos Engº Cláudio Creazzo Puga CONCRETESHOW São Paulo, 27 a 29 de agosto de 2008 Por que se Constrói i em Alvenaria Estrutural? A busca pela redução

Leia mais

VIABILIDADE E RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DO BLOCO DE CONCRETO EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO - Construtora Dacaza. Elaine Valentim

VIABILIDADE E RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DO BLOCO DE CONCRETO EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO - Construtora Dacaza. Elaine Valentim VIABILIDADE E RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DO BLOCO DE CONCRETO EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO - Construtora Dacaza Elaine Valentim CONSTRUTORA DACAZA CENÁRIO - 2005 Mais de 20 anos no mercado; Focada na qualidade

Leia mais

BIM. Um Novo Paradigma. BIM: Um Novo Paradigma TQS. Vantagens, Desvantagens e Dificuldades. O BIM do ponto de vista do projeto estrutural

BIM. Um Novo Paradigma. BIM: Um Novo Paradigma TQS. Vantagens, Desvantagens e Dificuldades. O BIM do ponto de vista do projeto estrutural BIM Um Novo Paradigma O BIM do ponto de vista do projeto estrutural O BIM do ponto de vista de um fornecedor de software de projeto estrutural Abram Belk - abram@tqs.com.br 2 Metodologia de projeto Automação

Leia mais

Virtualização da Construção em Fase Orçamentária Construction Virtualization in Budget Phase

Virtualização da Construção em Fase Orçamentária Construction Virtualization in Budget Phase Virtualização da Construção em Fase Orçamentária Construction Virtualization in Budget Phase Morgana Braga Universidade de Brasília Obras Militares do Exército Brasileiro, Brasil morganabraga@yahoo.com.br

Leia mais

Visita de Analistas Janeiro, 2010

Visita de Analistas Janeiro, 2010 Visita de Analistas Janeiro, 2010 Aviso Nenhuma declaração ou garantia é feita com relação a correição, completude ou suficiência das informações apresentadas. A Direcional Engenharia não assume qualquer

Leia mais

Documentação de Projeto Executivo em BIM

Documentação de Projeto Executivo em BIM Jano Quintanilha Felinto GDP Gerenciamento e Desenvolvimento de Projetos Apresentação das oportunidades de extração e apresentação de informações e documentação de projeto executivo e seus desafios no

Leia mais

O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL? ALVENARIA ESTRUTURAL O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL? Conceituação: O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL?

O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL? ALVENARIA ESTRUTURAL O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL? Conceituação: O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL? Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL? AULA 5 ALVENARIA ESTRUTURAL Prof. Dr. Luiz Sérgio Franco PREDIO COM BLOCO DE VEDAÇÃO MACEIO

Leia mais

2.0 - METODOLOGIA BIM, SEUS BENEFÍCIOS E APLICAÇÃO NO PROJETO DE SUBESTAÇÕES

2.0 - METODOLOGIA BIM, SEUS BENEFÍCIOS E APLICAÇÃO NO PROJETO DE SUBESTAÇÕES XXIII SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA FI/GSE/12 18 a 21 de Outubro de 2015 Foz do Iguaçu - PR GRUPO VIII GRUPO DE ESTUDO DE SUBESTAÇÕES E EQUIPAMENTO DE ALTA TENSÃO

Leia mais

DOC. 52 - Manual BB de utilização de Template Revit

DOC. 52 - Manual BB de utilização de Template Revit DINOP- DF DOC. 52 - Manual BB de utilização de Template Revit Sumário 1. Objetivos... 2 2. Sistema de trabalho em BIM... 2 2.1. Orientações Iniciais... 2 2.2. Tipos de arquivos... 3 3. Organização dos

Leia mais

BIM E PROJETOS NO SETOR PÚBLICO

BIM E PROJETOS NO SETOR PÚBLICO BIM E PROJETOS NO SETOR PÚBLICO Cervantes Ayres Filho Arq. MSc. SÃO JOSÉ DOS PINHAIS ATÉ 2009: CONTRATAÇÃO DE PROJETOS (INCLUSIVE PROGRAMA) BAIXA QUALIDADE DAS OBRAS E FALTA DE IDENTIDADE A PARTIR DE 2009:

Leia mais

TQSN EWS. Integração: Projeto Estrutural, Arquitetura, Geotecnia, Construção e Centrais de C&D com os Sistemas CAD/TQS - V12

TQSN EWS. Integração: Projeto Estrutural, Arquitetura, Geotecnia, Construção e Centrais de C&D com os Sistemas CAD/TQS - V12 Edição especial Dezembro de 2006 Integração: Projeto Estrutural, Arquitetura, Geotecnia, Construção e Centrais de C&D com os Sistemas CAD/TQS - V12 Prezados clientes, Com o processo acelerado da globalização

Leia mais

Desempenho, gestão e controle da qualidade na construção e a satisfação do cliente

Desempenho, gestão e controle da qualidade na construção e a satisfação do cliente OFICINA TEMÁTICA Desempenho, gestão e controle da qualidade na construção e a satisfação do cliente Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO NA CADEIA PRODUTIVA DA CONSTRUÇÃO 1. EMPREENDIMENTOS 5.

Leia mais

3. O projeto fornecido para a modelagem paramétrica 3D

3. O projeto fornecido para a modelagem paramétrica 3D 3. O projeto fornecido para a modelagem paramétrica 3D Com finalidade de avaliar alguns aspectos da metodologia BIM e algumas das ferramentas computacionais envolvidas, buscou-se um projeto de engenharia

Leia mais

CUSTO UNITÁRIO DE CONSTRUÇÃO 1/10. Renato da Silva SOLANO

CUSTO UNITÁRIO DE CONSTRUÇÃO 1/10. Renato da Silva SOLANO INDICADORES OPERACIONAIS DE PRODUTIVIDADE E QUALIDADE PARA EDIFICAÇÕES DE ALTO PADRÃO NA CIDADE DE PORTO ALEGRE: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DE LEVANTAMENTO NA FASE DE PROJETO E RELACIONAMENTO COM A FUNÇÃO

Leia mais

Concebendo para ser viável Arq a. Renata Semin

Concebendo para ser viável Arq a. Renata Semin Concebendo para ser viável Arq a. Renata Semin Agosto / Setembro / Outubro 2014 PROJETOS EM AÇO Linha do tempo de alguns dos projetos em estrutura metálica desenvolvido pelo escritório PROJETOS EM AÇO

Leia mais

Inovação, tecnologia e sustentabilidade na construção. Roberto de Souza Diretor Presidente CTE

Inovação, tecnologia e sustentabilidade na construção. Roberto de Souza Diretor Presidente CTE Inovação, tecnologia e sustentabilidade na construção Roberto de Souza Diretor Presidente CTE Atuação O CTE oferece aos seus clientes serviços e consultorias de forma integrada em quatro áreas: e mantém

Leia mais

PAULUZZI BLOCOS CERÂMICOS

PAULUZZI BLOCOS CERÂMICOS Conheça a PAULUZZI BLOCOS CERÂMICOS Mais de 80 anos de experiência O imigrante italiano Giovanni Pauluzzi e seus filhos Theo e Ferrucio construíram a primeira unidade da empresa em 1928, especializada

Leia mais

Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB. Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB

Brasileira. Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB. Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB A Aplicação do processo BIM na Construção Brasileira Alexandre Fitzner do Nascimento CIO-CTO DOM/EB Washington Gultenberg Lüke BIM Manager DOM/EB Apresentação Conceituação Elos do BIM Cadeia de Valor Produtivo

Leia mais

AUBR-83 Dicas e Truques. Objetivos:

AUBR-83 Dicas e Truques. Objetivos: [AUBR-83] BIM na Prática: Implementação de Revit em Escritórios de Arquitetura e Engenharia Paulo Henrique Giungi Galvão Revenda TECGRAF Consultor técnico Revit da Revenda TECGRAF AUBR-83 Dicas e Truques

Leia mais

Gestão da Informação de Infraestrutura e edificações no Setor Público

Gestão da Informação de Infraestrutura e edificações no Setor Público Gestão da Informação de Infraestrutura e edificações no Setor Público Alexandre Fitzner do Nascimento Exército Brasileiro Diretoria de Obras Militares Washington Gultenberg Lüke Exército Brasileiro Diretoria

Leia mais

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO Planejamento, gestão e governança corporativa de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO

Leia mais

RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA

RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA Prof. Dr. Luiz Sérgio Franco Depto. Eng. Construção Civil da EPUSP ARCO Assessoria em Racionalização Construtiva S/C ltda. arco@uol.com.br A busca de soluções para o aumento

Leia mais

UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica

UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica NBR 15575:2013 Desempenho de edificações habitacionais Professora Dra. Maria

Leia mais

3 - BIM. 3.1 Histórico

3 - BIM. 3.1 Histórico 3 - BIM 3.1 Histórico O modelamento de geometrias 3D foi objeto de extensiva pesquisa devido a sua ampla aplicação não só na Arquitetura, no Design e na Engenharia, mas também no desenvolvimento de jogos

Leia mais

LOGÍSTICA DE OBRAS. Eng. GUILHERME COELHO DE ANDRADE

LOGÍSTICA DE OBRAS. Eng. GUILHERME COELHO DE ANDRADE LOGÍSTICA DE OBRAS Eng. GUILHERME COELHO DE ANDRADE Integração Sistêmica GESTÃO DA IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO CONSTRUTIVO NA EMPRESA Parede Controles, Indicadores de desempenho Laje Organização lay-out, fluxo

Leia mais

PROJETO APOIO AOS DIÁLOGOS SETORIAIS UNIÃO EUROPEIA BRASIL BIM BUILDING INFORMATION MODELING

PROJETO APOIO AOS DIÁLOGOS SETORIAIS UNIÃO EUROPEIA BRASIL BIM BUILDING INFORMATION MODELING PROJETO APOIO AOS DIÁLOGOS SETORIAIS UNIÃO EUROPEIA BRASIL BIM BUILDING INFORMATION MODELING NO BRASIL E NA UNIão europeia Brasília 2015 2 O conteúdo desta publicação é de exclusiva responsabilidade dos

Leia mais

BIM, 2 Cases e 1 Miragem Luiz Augusto Contier Contier Arquitetura. Realização:

BIM, 2 Cases e 1 Miragem Luiz Augusto Contier Contier Arquitetura. Realização: BIM, 2 Cases e 1 Miragem Luiz Augusto Contier Contier Arquitetura Apresentação Contier Arquitetura Luiz Augusto Contier Dedicou-se: por 30 anos ao magistério por 22 anos à direção de curso de arquitetura

Leia mais

IMPACTOS DO USO DO SISTEMA CAD GEOMÉTRICO E DO USO DO SISTEMA CAD-BIM NO PROCESSO DE PROJETO EM ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA

IMPACTOS DO USO DO SISTEMA CAD GEOMÉTRICO E DO USO DO SISTEMA CAD-BIM NO PROCESSO DE PROJETO EM ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA IMPACTOS DO USO DO SISTEMA CAD GEOMÉTRICO E DO USO DO SISTEMA CAD-BIM NO PROCESSO DE PROJETO EM ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA Sérgio SCHEER D.Sc / Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Construção

Leia mais

UniVap - FEAU CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Prof. Minoru Takatori ESTUDO PRELIMINAR

UniVap - FEAU CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Prof. Minoru Takatori ESTUDO PRELIMINAR 1 ESTUDO PRELIMINAR OBJETIVOS Analise e avaliação de todas as informações recebidas para seleção e recomendação do partido arquitetônico, podendo eventualmente, apresentar soluções alternativas. Tem como

Leia mais

ENSINO PARA A PRÁTICA DE PROJETO DE ESTRUTURAS

ENSINO PARA A PRÁTICA DE PROJETO DE ESTRUTURAS ENSINO PARA A PRÁTICA DE PROJETO DE ESTRUTURAS Henrique Innecco Longo hlongo@civil.ee.ufrj.br Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Escola de Engenharia Rua Brigadeiro Trompowsky s/n, Centro de

Leia mais

Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço

Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço Maria Emília Penazzi mepenazzi@yahoo.com.br Prof. Dr. Alex Sander Clemente

Leia mais

A importância dos projetos no processo (executivo de paredes de concreto)

A importância dos projetos no processo (executivo de paredes de concreto) A importância dos projetos no processo (executivo de paredes de concreto) - Fatores Críticos de Sucesso Francisco Paulo Graziano Características necessárias das estruturas dos em parede estrutural Facilidade

Leia mais

SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos

SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos Prof. Marco Pádua Se a superestrutura do edifício for definida por um conjunto de elementos estruturais formados por lajes, vigas e pilares caracterizando

Leia mais

ANALISE DA INFLUÊNCIA DE DIFERENTES SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL NO CUSTO FINAL DE UMA ESTRUTURA EM CONCRETO ARMADO

ANALISE DA INFLUÊNCIA DE DIFERENTES SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL NO CUSTO FINAL DE UMA ESTRUTURA EM CONCRETO ARMADO Artigo submetido ao Curso de Engenharia Civil da UNESC - Como requisito parcial para obtenção do Título de Engenheiro Civil ANALISE DA INFLUÊNCIA DE DIFERENTES SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL NO CUSTO FINAL

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

PALESTRA: Como o BIM contribui para o crescimento de empresas no Brasil?

PALESTRA: Como o BIM contribui para o crescimento de empresas no Brasil? PALESTRA: Como o BIM contribui para o crescimento de empresas no Brasil? A AUTODESK possui parceiros denominados CSI Consulting System Integrator para ampliar o valor das suas soluções, sendo uma consultoria

Leia mais

Desenvolvimento de construtoras e empreiteiros

Desenvolvimento de construtoras e empreiteiros Desenvolvimento de construtoras e empreiteiros Renato Regazzi Impacto do crescimento da construção Números em 2010 R$ 152,4 bilhões PIB do setor 2010 Emprego formal 2,8 milhões de trabalhadores no estoque

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 6 1. OBJETIVO Realizar o gerenciamento dos projetos desde o seu planejamento, desenvolvimento, recebimento, análise crítica, controle e distribuição nas obras. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual

Leia mais

INSTRUÇÃO TÉCNICA 02 PROJETOS DE INFRAESTRUTURA : FUNDAÇÃO

INSTRUÇÃO TÉCNICA 02 PROJETOS DE INFRAESTRUTURA : FUNDAÇÃO INSTRUÇÃO TÉCNICA 02 PROJETOS DE INFRAESTRUTURA : FUNDAÇÃO 1. OBJETIVO 1.1. Estas Instruções Normativas de Projeto apresentam os procedimentos, critérios e padrões a serem adotados para elaboração dos

Leia mais

OFICINA TEMÁTICA Canteiros de obras sustentáveis: inovação, redução de custos e riscos. Por Roberto Souza

OFICINA TEMÁTICA Canteiros de obras sustentáveis: inovação, redução de custos e riscos. Por Roberto Souza OFICINA TEMÁTICA Canteiros de obras sustentáveis: inovação, redução de custos e riscos Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO NA CADEIA PRODUTIVA DA CONSTRUÇÃO 1. EMPREENDIMENTOS 5. USO E OPERAÇÃO

Leia mais