Versão 6.1.x MANUAL DE USUÁRIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Versão 6.1.x MANUAL DE USUÁRIO"

Transcrição

1 Versão 6.1.x MANUAL DE USUÁRIO

2 SmartLPR Engine Manual de Usuário (v 6.1.x) 2014 maio 2014 Quercus Technologies. Todos os direitos reservados. Este manual, assim como o software descreveu em ele, é fornecido sob licença e pode ser usado ou pode ser copiado só de acordo com os termos de tal licença. O conteúdo deste manual é fornecido para uso instrutivo só, é assunto

3 mudar sem aviso, e não deve ser interpretado como um compromisso pela Quercus Technologies. Quercus Technologies não supõe nenhuma responsabilidade nem responsabilidade para erros nem imprecisões que podem aparecer nesta documentação. Exceto como permitido por tal licença, nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenou num sistema de recuperação, nem transmitido, em qualquer forma nem por qualquer meio, eletrônico, mecânico, registrar, nem contrariamente, sem a permissão escrito prévia da Quercus Technologies.

4 Tabela de conteúdo Conceitos básicos Que é SmartLPR Engine Confiabilidade Integração Atualizar pólice e compatibilidade Número de versão Compatibilidade entre versões Edições disponíveis...8 Instalação Enumeração de material Requisitos de sistema Plataforma MS Windows Plataforma Linux Instalação de software Plataforma de MS Windows Plataforma de Linux Arquivos instalados Licença Licença hardware Licença software...12 Uso de software Engine tool GUI Barra de botões Zona de visualização Resultados do reconhecimento Estatísticas das resultados Controle deslizante de atraso Opções...16

5 Regiões de Engine Parâmetros de Engine Opções gerais Configurar SmartLPR Engine Arquivos de configuração Arquivo de seleção.txt Arquivo global.ini Configurar SmartLPR Engine usando EngineTool ConfigurarSmartLPR Engine manualmente básica C Gerência de memória Crie o arquivo executável NET Construir a DLL Crie o arquivo executável Outros exemplos API Definição de estruturas de dados Imagem Ponto Retângulo License Engine Definições das funções Initialize Ler placa Ler imagem usando o modo multi-imagem Ler placa de arquivo bmp Reconhecimento de Multi-placas Multi reconhecimento de placa usando modo multi-imagem...37

6 Leia placa de ROI Que licença é melhor Terminate Carregue imagem Criar imagem Salvar à arquivo bmp Recortar retângulo Destruir imagem Executar o mixer Códigos de erros Estruturas obsoletas e funções...44 Apêndice Apêndice A: Especificações técnicas Apêndice B: Suporte...46

7 SmartLPR Engine Manual do Usuário Conceitos básicos Conceitos básicos Esta seção fornece um resumo básico das características de SmartLPR Engine. 1. Que é SmartLPR Engine Um leitor das placas (LPR) é um conjunto de elementos de hardware e software que são usados para identificar veículos mediante suas placas. Ou seja, através de uma imagem de um veículo, um LPR fornecerá a placa em formato de texto. LPR 1445 BGY SmartLPR Engine é uma biblioteca de software implementando os algoritmos principais de sistema SmartLPR Access/Speed desenvolvido por Quercus Technologies. SmartLPR Engine capacita o reconhecimento de placas em imagens onde a placa não é destacada do resto do veículo, de modo que não importa se a imagem foi tirada com luz visível ou com luz infravermelha. O propósito do SmartLPR Engine é reconhecer a placa de um veículo que aparece em uma ou mais imagens. O período curto de tempo tomado por SmartLPR Engine, capacita o reconhecimento de placas com vídeo livre de fluxo, que transforma SmartLPR Engine no motor ideal de reconhecimento para aplicações de controle de veículo de velocidade. Um conjunto completo de informações sobre a placa e seu processo de reconhecimento está disponível aos desenvolvedores, então SmartLPR Engine pode ser usado em uma grande variedade de aplicações. SmartLPR Engine é fornecido como uma biblioteca dinâmica de conexão disponível para plataformas Linux e MS Windows. Quercus Technologies 7

8 SmartLPR Engine Manual do Usuário Conceitos básicos 1.1. Confiabilidade SmartLPR Engine foi provado mundialmente com altos índices de reconhecimento. O índice do sistema de identificações bem-sucedidas depende do estado de conservação das placas de matrícula, a frota de veículo, e o país. As placas de matrícula que não são reconhecidos corretamente, correspondem a placas com caráteres desconhecidos que a unidade substitui com pontos de interrogação. Portanto, os problemas causados por confusões de caráter são reduzidos. O alto índice de reconhecimentos de placas, com quase nenhuma confusão de caráteres, e seu ângulo de captura de até 60º, fornece um conjunto excelente de características de desempenho para implementar em qualquer tipo sistema de leitura de placas Integração A aplicação de cliente receberá uma imagem ou um conjunto de imagens de uma fonte externa, tal como uma câmera. Estas imagens serão usadas pela biblioteca dinamicamente ligada de SmartLPR Engine (DLL), que inclui todas as funcionalidades do sistema, para extrair a placa. O resultado retornado pela DLL será o Reconhecimento óptico de caracteres (OCR). Computador do cliente Aplicação cliente Imagem Câmera Imagem Resultado de OCR SmartLPR Engine Biblioteca dinamicamente ligada Quercus Technologies 8

9 SmartLPR Engine Manual do Usuário Conceitos básicos 1.3. Atualizar pólice e compatibilidade O software entregado é válido para cada produto de reconhecimento de placas da família SmartLPR. Este software pode ser atualizado Número de versão Cada número de versão de software/firmware é composto de três números (para exemplo 2.4.5): O primeiro número (nomeou "major") mostra a versão principal de software/firmware. Indica quantas vezes que mudanças externo/internos importantes foram feitas. O segundo número (nomeou "menor") indica o número de vezes que novas funcionalidades foram adicionados à versão importante. O terceiro (nomeou "revisão") indica o número de correções feitas ao "importante.menor" versão para fixar erros Compatibilidade entre versões O software de cliente é sempre compatível "para atrás", então todas as versões de SmartLPR Engine pode ser controlado com a última versão de software, a menos que o contrário explicitamente seja concordado. Para saber se uma atualização de software é compatível com sua configuração, a versão atual deve ser verificado e deve ser comparada com a versão de atualização. Versão Compatível Primeiro numero diferente Não 1 Mesmo primeiro numero Segundo número diferente Mesmo primeiro e segundo numero Terceiro número diferente Sim Sim Edições disponíveis Há quatro edições disponíveis com níveis diferentes de funcionalidade. Edição O número de exemplos de execução Limitação de tempo SmartLPR Engine F400 Ilimitado Ilimitado SmartLPR Engine S300 1 Ilimitado 1 A compatibilidade não é excluída, simplesmente não é garantida. Verifique-o com o departamento de suporte de Quercus Technologies. Quercus Technologies 9

10 SmartLPR Engine Manual do Usuário Conceitos básicos SmartLPR Engine T petições por segundo SmartLPR Engine P petições por 5 segundos Quercus Technologies 10

11 Instalação Instalação Esta seção mostra os passos seguir para instalar o software com êxito. 2. Enumeração de material O material fornecido por uma licença de SmartLPR Engine é: Um CD-ROM de instalação com o software, as bibliotecas e arquivos de desenvolvimento, as mostras de programa com código fonte, e o manual de desenvolvimento. Uma chave USB dongle de Quercus (em caso da utilização da licença hardware). 3. Requisitos de sistema 3.1. Plataforma MS Windows A seguinte lista detallha os requisitos mínimos para desenvolver com SmartLPR MS Windows: Intel Pentium IV de 2.0 GHz com 256 MB de RAM Microsoft Windows XP Microsoft Visual C express edition 2 Engine em Microsoft Visual Studio.NET 2010 and.net Framework Plataforma Linux A seguinte lista detalha os requisitos mínimos para desenvolver com SmartLPR Linux: Intel Pentium IV em 2,0 GHz com 256 MB de RAM x86 Linux libc.so.6 GNU Make + gcc 2 Engine em MONO 2.10 e MonoDevelop 3 2 Este software é necessário só para abrir as amostras de C. A DLL em C fornecida é compatível com qualquer compilador. 3 Este software é necessário só para trabalhar com. NET framework. A amostras foram programadas e testadas com este software, mas não quer dizer que eles não trabalham com antigas versões. O projeto de DLL tem que ser compilado para gerar a DLL em. NET. Quercus Technologies 11

12 Instalação 4. Instalação de software 4.1. Plataforma de MS Windows Para instalar o software, execute \Windows\SmartLPR Engine 6.1\setup.exe de seu CD. O programa de configuração segue automaticamente os seguintes passos: Lhe Pergunta aceitar ou decair a licença de programa. Pergunte-o escolher o diretório de alvo. Instale arquivos de programa. Estabelece variáveis de ambiente Plataforma de Linux Para instalar o software, execute "Linux/SmartLPR_Engine_6.1.run" de seu CD. Os passos automaticamente seguidos pelo programa de setup são: Aceita ou não a licença de programa. Escolha o diretório de destino. Instala arquivos de programa. Estabelece variáveis de ambiente. Lembre-o instalar o daemon de dongle (em caso da utilização da licença hardware). Para instalar o daemon de dongle, extrair o driver apropriado do dongle localizado no diretório "INSTALL_DIR/Dongle" e siga as instruções descritas no arquivo "readme.html". 5. Arquivos instalados As seguintes subpastas são achadas na pasta de instalação: Bin: executáveis e bibliotecas. Os arquivos mais relevantes que contém são: SmartLPR.dll (Windows) ou libsmartlpr.então (Linux) : Arquivo SmartLPR Engine DLL. SLPRMixer(.exe): Mixer de regiões. EngineTool(.exe): programa de teste SmartLPR Engine. Data. Os arquivos que são exigidos pelo SmartLPR Engine e suas ferramentas. Seus arquivos mais relevantes são: Engine.ini: configuração de SmartLPR Engine. As variáveis relacionadas com as regiões. Global.ini: configuração de SmartLPR Engine. Variáveis de comportamento global. Selection.txt: arquivo de seleção de país. Engine.dat: arquivo de licença. Quercus Technologies 12

13 Instalação Doc: contém esse manual e o arquivo de licença do SmartLPR Engine. Dongle: contém os drivers para o Dongle USB. Include: Contém o C/C + arquivos de cabeçalho exigiram desenvolver uma aplicação que usa o SmartLPR Engine. Lib (Windows): Contém o arquivo "lib" usado para ligar com SmartLPR Engine. Redist (Windows): paquete redistribuible Microsoft VC 8.0. Samples: C/C + e programas de VB.NET mostrando a maioria de SmartLPR funcionalidades de Motor. Veja o "readme.txt" arquivo na pasta para mais informações. Src: Contém os arquivos de fonte exigiu desenvolver uma aplicação que usa o SmartLPR Engine, usando C ou framework.net. 6. Licença Quercus Technologies oferece licença hardware o software Licença hardware SmartLPR Engine verifica se o produto é autorizado ao operador com a ajuda de um dongle. O dongle fornecido deve ser ligado à porta USB Licença software O software autorizando permite que você execute SmartLPR Engine numa máquina específica. Para obter uma licença de software que você deve: Executar a aplicação HWFingerPrint fornecida pela Quercus Technologies na máquina onde deseja receber uma licença. Criará um arquivo de impressão digital que você deve enviar à Quercus Technologies (ex: computerx.dat). Repita o processo em cada máquina que você deseja receber uma licença. É importante você identifica cada máquina com seu arquivo fingerprint. Depois de validar os arquivos fingerprint fornecidos, Quercus Technologies forcenerá un arquivo "Engine.dat" específico para cada máquina (ex: Engine.dat.computerX.serialnumber). Cada arquivo deve ser renomeado como "Engine.dat" e substituir o encontrado no diretório "Data\" da própria máquina depois da instalação. Quercus Technologies 13

14 Uso do software Uso de software 7. Engine tool EngineTool pode ser usado para o operador testar o desempenho de SmartLPR Engine assim como configurá-lo graficamente. Para executar EngineTool, execute a aplicação EngineTool do diretório "Bin\" ou selecioná-lo no menu de início GUI A aplicação é dividida em cinco zonas: Barra de botões. Zona de visualização. Resultados do reconhecimento. Resultados estatísticos. Controle deslizante. Barra de botões. Zona de visualiza ção. Resultad os estatístic os. Resultados estatísticos. Controle deslizante. Quercus Technologies 14

15 Uso do software Barra de botões A barra de botões ocupa a parte esquerda da tela. Os botões são agrupados por funcionalidade. Alguns botões estão aplicáveis só em circunstâncias específicas. Os botões disponíveis são: 1. Saída: Desliga a aplicação. 2. Pasta de seleção: Seleciona a pasta contendo as imagens para reconhecer. 3. Start: Disponível somente quando uma pasta estiver selecionada e carregada, inicia o processo de reconhecimento, processamento de cada imagem da pasta. 4. Reset: Disponível somente quando uma pasta estiver selecionada e carregada, repõe na posição do primeiro arquivo e inicializa as estatísticas. 5. Pausa: Disponível somente quando o processo de reconhecimento está sendo executado, pausa a aplicação. 6. Posterior: Disponível somente quando o aplicativo estiver em pausa, Reconhece a próxima imagem na pasta. 7. Anterior: Disponível somente quando o aplicativo estiver em pausa, reconhece a imagem anterior na pasta. Note-se que quando uma imagem foi reconhecida previamente as estatísticas não são atualizadas. 8. Exportar para CSV: Exporta os resultados das estatísticas em um arquivo CSV. 9. Configuração: Configura as diferentes opções de SmartLPR Engine (ver secção 7.2). 10. Manual de SmartLPR Engine: Mostra o manual de referência de SmartLPR Engine. É necessario ter um visualizador de PDF associado a este tipo de arquivos (Acrobat Reader que vai encontrar no CD de instalação de SmartLPR Engine). 11. Sobre: Mostra informações sobre Quercus Technologies. Quercus Technologies 15

16 Uso do software Zona de visualização A zona de visualização mostra a imagem e a localização da imagem de placa reconhecida Resultados do reconhecimento Os resultados de reconhecimento consistem em: a placa extraida em formato de texto, a placa corrigida na imagem extraida, a posição de cada caráter reconhecido, a qualidade de cada caráter assim como a qualidade média do reconhecimento. Formato de texto Imagem da placa e posição de caráter A qualidade de cada caráter e qualidade média Estatísticas das resultados Os resultados das estatísticas são atualizados a cada nova imagem reconhecida. Eles são organizados em três seções: Arquivos Atual: O arquivo atual na pasta selecionada. Total: O número total de arquivos na pasta selecionada. Tempo: Atual: O tempo de processo de reconhecimento para a imagem atual. Media: O tempo médio de processo de reconhecimento. Min: O tempo mínimo de processo de reconhecimento. Max: O tempo máximo de processo de reconhecimento. Confiabilidade Estes parâmetros serão computados se as opções de demo estão ativadas para comparar o nome do arquivo da imagem com a placa detectada (vê seção para mais detalhes). Acertos: O número de acertos no processo de reconhecimento. Falhas: O número de falhos no processo de reconhecimento. Porcentagem: A porcentagem de placas corretamente reconhecidas até agora Controle deslizante de atraso O controle deslizante de atraso lhe permite escolher o tempo que o resultado de Quercus Technologies 16

17 Uso do software reconhecimento será mostrado em tela antes que a próxima imagem seja processada. Os valores aceitadas são entre 0 e 4 segundos Opções Quando o botão "Opções" é pressionado, a janela de configuração com três etiquetas é carregada. Cada etiqueta é descrita nas seguintes subseções Regiões de Engine SmartLPR Engine pode trabalhar com vários países (nomeou "regiões" no sistema SmartLPR Engine). Os países disponível são mostrados na coluna "Disponível" classificada em ordem alfabética. Esses países que você quer que SmartLPR Engine reconheça são mostrados na coluna "Atual". Pode adicionar ou retirar os países atuais usando os botões direito-esquerdo e os classifica usando as setas. Lembre-se de que a ordem dos países atuais é importante para aumentar a velocidade máxima e a confiabilidade. As mudanças só serão aceitas quando o botão "Aceita" é pressionado. Para descartar as mudanças pressiona o botão "Cancela" Parâmetros de Engine SmartLPR Engine deve ser configurado para usar vários parâmetros (vê seção para o Quercus Technologies 17

18 Uso do software significado de cada parâmetro). Pode personalizar os parâmetros de configuração marcando a caixa "Personalizada" ou carrega uma configuração predefinida. Quatro níveis de configuração são criados para aumentar ao máximo a confiabilidade ou aumentar ao máximo o desempenho. Pode escolher um dos níveis mencionados utilizando o controle deslizante fornecido. As mudanças só serão aceitadas quando o botão "Aceita" é pressionado. Para descartar as mudanças pressiona o botão "Cancela" Opções gerais Engine Tool também fornece algumas utilidades que você pode capacitar ou incapacitar. Modo de demo Quando o modo de demo está ativo, o processo de reconhecimento é cíclico (o processo é começado de novo depois que foi terminado). O resto das opções estarão indisponíveis enquanto o modo de demo está ativo. Teste Compare o nome do arquivo com a placa detectada. Esta opção capacita a computação de sucessos, falhos e porcentagem dos resultados de estatística. Copie as imagens corretamente detectadas à pasta selecionada (quando a opção de comparação é ativada). Copie as imagens detectadas incorretamente na pasta selecionada (quando a opção de Quercus Technologies 18

19 Uso do software comparação é ativada). Renomear Renomee as imagens usando a placa detectada e as guarda na pasta selecionada. Classificação Classifica as imagens pelo país detectado, criando uma nova pasta para cada país detectado na pasta selecionada. As mudanças só serão guardadas quando o botão "Aceita" é pressionado. Para descartar as mudanças pressionar o botão "Cancela". Quercus Technologies 19

20 8. Configurar SmartLPR Engine 8.1. Arquivos de configuração Arquivo de seleção.txt SmartLPR Engine pode trabalhar com vários países. Os países disponíveis são esses que pode achar no diretório "Data\Regions". A biblioteca pode ser configurada para trabalhar com um país até com todos os países juntos. É importante anotar que o tempo de reconhecimento aumentará com o número de países escolhidos. Também nota que a confiabilidade podia diminuir se o número de países escolhidos aumenta. O arquivo "Data\Selection.txt" contém várias linhas. Cada linha refere a um arquivo de "ini" do diretório "Data\Regions" (refere a um país). Para aumentar ao velocidade máximo e a confiabilidade, as linhas devem ser ordenados de acordo com a probabilidade de sua ocorrência Arquivo global.ini O arquivo "Global.ini" armazena todos os parâmetros de configuração necessarios para executar o SmartLPR Engine. O significado de cada parâmetro e seus valores convenientes é explicado aqui. Quando SmartLPR Engine procura candidatos para placas, usa vários parâmetros para construir a lista de candidatos. Uma vez um candidato de placa foi achado e foi completamente processado para um país, a placa de matrícula resultante é testada. Se o número de carácteres desconhecidos não é maior que MaxBadChars, e a qualidade média é igual o maior que MinQuality, o processo é terminado e o resultado é liberado imediatamente. Contrariamente, o processo continua para o resto de países, candidatos a placas (se mais de um está disponível). Uma vez uma imagem foi processada, a placa resultante é testada outra vez. Se o número de caráteres desconhecidos não é maior que MaxCandidateBadChars, e a qualidade média é igual o maior que MinCandidateQuality, o processo é terminado e o resultado é liberado imediatamente. Contrariamente, o processo continua para as próximas imagens (se existem). Valores aceitos para MinQuality e MinCandidateQuality são entre 850 e 999, e para MaxBadChars e MaxCandidateBadChars são entre 0 e 2. Quercus Technologies 20

21 O parâmetros MinCharHeight e MaxCharHeight limitam a altura (em pixels) dos caráteres no quadro. Dar um intervalo mais exato reduzirá o número de falsos candidatos acharam no quadro, reduzindo por conseqüência o tempo necessitou processá-lo. Valores aceitos para MinCharHeight e MaxCharHeight devem estar entre 1 e 120. Quando o algoritmo procura a placa de matrícula no quadro, vários candidatos podem ser achados. Nesse caso, candidatos são classificados de acordo com sua probabilidade de ser uma placa de matrícula. O parâmetro MaxNumberOfCandidates limita o número máximo de extra candidatos que o algoritmo processará, sem levar em conta o número de placas que você quer achar numa imagem. O mais alto é este parâmetro, a mais alta a probabilidade de achar o candidato que contém a placa. No entanto, o tempo de reconhecimento aumentará com o número de candidatos para ser processado. Um valor razoável para este parâmetro é 1. O identificador MinCharsPerLicense define o número mínimo de caráteres numa placa de matrícula. SmartLPR Engine implementa quatro algoritmos distintos para procurar a placa de matrícula na imagem. Cada país é configurado para usar os algoritmos que fornecem os melhores resultados. Se o identificador Algoritmos não é achado em arquivo "Global.ini", cada país usarão o próprios algoritmos. Contrariamente, o operador pode forçar o Engien a usar certos algoritmos. Se utiliza todos os algoritmos a confiabilidade aumenta ligeiramente, mas tempo médio de leitura podia ser multiplicado por quatro em algumas circunstâncias. Os valores válidos para Algoritmos são "straight", "slope", "sides" e "bruteforce". O identificador MatchingPenalization é um parâmetro interno usado no processo de reconhecimento de caráter, para fazer a correspondência mais rigorosa. Valores aceitos para MatchingPenalization são entre 0 e 30. O parâmetro que Mixing é usado por SLPRMixer para trabalhar com vários países. É recomendado não mudar o valor deste parâmetro. Em alguns países o resultado de reconhecimento de placa pode ser expressado usando a codificação Ocidental ou Arábe. O identificador ExtendedCodification estabelecido a 1 capacita a codificação Arábe, e a 0 capacita a codificação Ocidental. Quercus Technologies 21

22 8.2. Configurar SmartLPR Engine usando EngineTool Os passos para configurar SmartLPR Engine usando EngineTool são como segue: 1. Selecione os países que quer que SmartLPR Engine reconheça (vê seção 7.2.1). 2. Estabelece os parâmetros (vê seção 7.2.2). 3. Salva mudanças ConfigurarSmartLPR Engine manualmente Os passos para configurar SmartLPR Engine manualmente são como segue: 1. Edite o arquivo "Data\Selection.txt" (vê a seção para mais detalhes) para configurar SmartLPR Engine trabalhar com os países desejados. 2. Edite o arquivo "Data\Global.ini" (vê a seção para mais detalhes) para estabelecer os parâmetros. 3. Uma vez estes arquivos são salvados execute a aplicação SLPRMixer do diretório "Bin\". O arquivo "Data\Current\Engine.ini" refletirá suas mudanças, e o SmartLPR Engine estará preparado para reconhecer placas dos países que você escolheu usando os parâmetros que você configurou. Quercus Technologies 22

23 9. básica Os passos exigidos para desenvolver um programa que é capaz de reconhecer placas usando SmartLPR Engine são descritos próximo. É necessario um conhecimento básico de programação para entender este capítulo (C ou VB.NET). Se você trabalha geralmente com esta tecnologia, não terá nenhum problema para seguir os exemplos. O código de fonte dos exemplos é achado em <installation folder>/samples C Um programa curto em C é mostrado a continuação, que é capaz de reconhecer uma placa de uma imagem BMP, de um buffer de dados lendo o conteúdo de um arquivo RAW, e de um conjunto de imagens codificadas em vários arquivos RAW, usando a biblioteca de SmartLPR Engine. O código fonte dos exemplos é achado em <installation folder>/samples/capi_basicsample/. /* , Copyright (C) 2013 Quercus Technologies All rights reserved. ` */ #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include "SmartLPR.h" /* */ /* Change this values in order to change the behavior of the program */ /* */ #define IMAGE_NAME "1445BGY.bmp" #define NUM_MULTI_IMAGES 3 /*multi image filenames: img1.bmp, image2.bmp,..., imagen.bmp*/ /* */ SmartLPRError ReadFromBmp(int h, SmartLPRLicense* plicense); SmartLPRError ReadFromBuffer(int h, SmartLPRLicense* plicense); SmartLPRError ReadMultifile(int h, SmartLPRLicense* plicense); int main(int argc, char* argv[]) { SmartLPRLicense license; SmartLPRError err; int h; /* Initializing */ err = SmartLPRInitialize(&h); printf("initialized -> 0x%x\n", err); if (err) return -1; /* Reading license from bmp file */ err = ReadFromBmp(h, &license); Quercus Technologies 23

24 if (!err) printf("%s, %s (%f)\n", IMAGE_NAME, license.license, license.avgquality); else printf("%s, Error found (0x%x)\n", IMAGE_NAME, err); /* Reading license from raw buffer */ err = ReadFromBuffer(h, &license); if (!err) printf("%s, %s (%f)\n", IMAGE_NAME, license.license, license.avgquality); else printf("%s, Error found (0x%x)\n", IMAGE_NAME, err); /* Reading license from a set of raw buffers */ err = ReadMultifile(h, &license); if (!err) printf("%s, %s (%f) bestimage=img%d\n", "multifiles", license.license, license.avgquality, license.bestimage+1); else printf("%s, Error found (0x%x)\n", "multifiles", err); /* Terminating */ err = SmartLPRTerminate(h); printf("terminated -> 0x%x\n", err); } return 0; SmartLPRError ReadFromBmp(int h, SmartLPRLicense* plicense) { plicense->size = sizeof(smartlprlicense); SmartLPRCreateImage(&pLicense->PlateImage, 0, 0); return SmartLPRReadLicenseFromBmp(h, IMAGE_NAME, plicense); } SmartLPRError ReadFromBuffer(int h, SmartLPRLicense* plicense) { SmartLPRError err; SmartLPRImage image; err = SmartLPRLoadImage(IMAGE_NAME, &image); if (err!= SLPR_OK) return err; } plicense->size = sizeof(smartlprlicense); SmartLPRCreateImage(&pLicense->PlateImage, 0, 0); err = SmartLPRReadLicense(h, image.height, image.width, image.linewidth, image.data, plicense); SmartLPRDestroyImage(&image); return err; SmartLPRError ReadMultifile(int h, SmartLPRLicense* plicense) { void *pdata[num_multi_images]; char filename[256]; SmartLPRError err; int i; SmartLPRImage image[num_multi_images]; for (i=0; i<num_multi_images; i++) { sprintf(filename, "img%d.bmp", i+1); err = SmartLPRLoadImage(filename, &image[i]); pdata[i] = image[i].data; } } plicense->size = sizeof(smartlprlicense); SmartLPRCreateImage(&pLicense->PlateImage, 0, 0); err = SmartLPRReadLicenseMultiImage(h, image[0].height, image[0].width, image[0].linewidth, NUM_MULTI_IMAGES, pdata, plicense); for (i=0; i<num_multi_images; i++) SmartLPRDestroyImage(&image[i]); return err; As partes do código de amostra: #include "SmartLPR.h" Quercus Technologies 24

25 O único arquivo de cabeçalho exigido para interagir com SmartLPR Engine em C. O código é estruturado em vários métodos, para distinguir cómo ler uma licença de: um arquivo BMP SmartLPRError ReadFromBmp(int h, SmartLPRLicense* plicense); a buffer SmartLPRError ReadFromBuffer(int h, SmartLPRLicense* plicense); um conjunto de buffers (multi image) SmartLPRError ReadMultifile(int h, SmartLPRLicense* plicense); As informações sobre a placa e seu processo de reconhecimento são retornadas numa estrutura de SmartLPRLicense. No processo de leitura de multi-imagem, a imagem de índice de base zero em que a placa foi achada (ou em que a placa com a mais alta qualidade foi achada) também é armazenada na estrutura de SmartLPRLicence. O processo principal é basicamente composto de: Carregar a configuração. SmartLPRInitialize(int &h); Ler a licença de um quadro ou um jogo de quadros, usando os métodos mencionados acima. Faça algo com a placa, neste caso imprimindo alguma informação. Descarregar a configuração. SmartLPRTerminate(int h); Agora, será explicado em detalhe cómo é lida uma licença de cada fonte mencionada antes. Leitura da placa de um arquivo BMP Isto é a maneira mais simple para reconhecer a placa de uma imagem. Só tem que: Inicializar o tamanho de estrutura de SmartLPRLicense. plicense->size = sizeof(smartlprlicense); SmartLPRCreateImage(&pLicense->PlateImage, width, height); Ler a placa do arquivo de imagem BMP. O resultado do processo será retornado utilizando a estrutura SmartLPRLicense. SmartLPRReadLicenseFromBmp(h, imagename, plicense); Libere as imagens usadas se for necessário, usando a função SmartLPRDestroyImage. Leitura da placa de um buffer Os passos para ler uma licença de um buffer de dados são: Quercus Technologies 25

26 Inicialize e reserva o buffer. Pode usar a função SmartLPRLoadImage para carregar e inicializar o buffer de dados de um arquivo JPG ou BMP usando uma estrutura de SmartLPRImage. Inicialize o tamanho de estrutura SmartLPRLicense. plicense->size = sizeof(smartlprlicense); SmartLPRCreateImage(&pLicense->PlateImage, width, height); Leia a placa do buffer de dados, indicando a altura e largura de imagem, e largura de linha. Como de costume, o resultado do processo será retornado utilizando a estrutura SmartLPRLicense. SmartLPRReadLicense(h, image.height, image.width, image.linewidth, image.data, plicense); Libere o buffer de dados e imagens usadas se for necessário. Leitura de placa de um conjunto de buffers Uma placa pode ser lida de um conjunto de várias imagens do mesmo veículo. Para fazer isso, você deve: Inicializar e reservar o buffer de dados com o conteúdo de cada quadro. Inicializar o tamanho de estrutura SmartLPRLicense. plicense->size = sizeof(smartlprlicense); SmartLPRCreateImage(&pLicense->PlateImage, width, height); Ler a placa do buffer de dados, indicando a altura e largura de imagem, a largura de linha, e o número de imagens armazenadas no buffer. O resultado do processo será retornado ussando uma estrutura SmartLPRLicense, e a imagem em que a placa foi achada também é retornada. SmartLPRReadLicenseMultiImage(h, imageheight, imagewidth, imagelinewidth, numimages, pdata, plicense); Libere o buffer de dados e imagens usadas se for necessário Gerência de memória A estrutura SmartLPRImage exige um pouco de atenção para ser usada corretamente. Esta estrutura tem um membro de dados chamado Dados que é uma indicação ao conteúdo de dados da imagem. Este buffer de dados tem que ser alocado pelo operador antes que a estrutura de SmartLPRImage seja usada, e liberado quando seja necessário. Aquí, um pequeno código de amostra é fornecido. Inicialização A inicialização de estrutura de SmartLPRImage consiste em reservar o buffer de dados e Quercus Technologies 26

Manual do Usuário - JIDOSHA

Manual do Usuário - JIDOSHA Manual do Usuário - JIDOSHA Biblioteca de Software para Reconhecimento Automático de Placas Veiculares Versão 1.5.18 Última atualização: 2015/07 1 Visão Geral 1.1 Condições Gerais 1.2 Licença de software

Leia mais

A-61750_pt-br. Guia do Administrador

A-61750_pt-br. Guia do Administrador A-61750_pt-br Guia do Administrador INTRODUÇÃO 1-1 CONFIGURAÇÃO DO TRABALHO 2-1 CONFIGURAÇÃO DE CORREÇÃO 3-1 CONFIGURAÇÃO DO CÓDIGO DE BARRAS E DO OCR 4-1 CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA 5-1 ATALHOS DE PRODUTIVIDADE

Leia mais

Chapter 2 Guia de referência rápida 2-

Chapter 2 Guia de referência rápida 2- Chapter 2 Guia de referência rápida 2- Este capítulo descreve como descompactar e exibir imagens de maneira rápida com o kit de desenvolvimento de software (SDK) para captura de imagens.net RasterMaster.

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Apresentação da ferramenta Professor: Danilo Giacobo Página pessoal: www.danilogiacobo.eti.br E-mail: danilogiacobo@gmail.com 1 Introdução Visual

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

A-61629_pt-br. Smart Touch versão 1.4

A-61629_pt-br. Smart Touch versão 1.4 A-61629_pt-br Smart Touch versão 1.4 Usando a função Smart Touch Conteúdo Visão geral... 1 Inicializando o Smart Touch... 2 Usando o Smart Touch com números de função padronizados e tarefas predefinidas...

Leia mais

Introdução ao Veridis Biometrics SDK VERIDIS

Introdução ao Veridis Biometrics SDK VERIDIS Introdução ao Veridis Biometrics SDK Versão do SDK: 5.0 2013 Veridis Biometrics VERIDIS BIOMETRICS Versão do Documento Versão Data Modificações 1 2 3 4 5 23/mar/2011 17/mai/2011 29/jul/2011 3/out/2011

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Manual de Instalação Flex

Manual de Instalação Flex Manual de Instalação Flex Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5 4.1.1. Instalação do sistema...

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14 Guia do Usuário idocsscan v.2.1.14 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 5 Instalação... 7 Inicializando a aplicação... 12 Barras de acesso e informações... 13 Teclas de atalho... 14 Barra de Ferramentas...

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo COMPILADORES Toda linguagem de programação

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 3.1. Estação... 4 3.2. Servidor... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5

Leia mais

SKF TKTI. Software de câmera térmica. Instruções de uso

SKF TKTI. Software de câmera térmica. Instruções de uso SKF TKTI Software de câmera térmica Instruções de uso Conteúdo 1. Introdução...4 1.1 Instalação e inicialização do software... 5 2. Dados sobre a utilização...6 3. Propriedades das imagens...7 3.1 Como

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais

AVG File Server. Manual do Usuário. Revisão do documento 2013.07 (03/12/2013)

AVG File Server. Manual do Usuário. Revisão do documento 2013.07 (03/12/2013) AVG File Server Manual do Usuário Revisão do documento 2013.07 (03/12/2013) Copyright AVG Technologies CZ, s.r.o. Todos os direitos reservados. Todas as outras marcas comerciais pertencem a seus respectivos

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Meu Monitor do SQL Server mysql série 1.4 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia O material contido neste documento é fornecido

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP Guia de instalação do software HP LaserJet Enterprise M4555 MFP Series Guia de instalação do software Direitos autorais e licença 2011 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia

Leia mais

Lumitester PD-20. Manual de uso. Índice. Software de controlo

Lumitester PD-20. Manual de uso. Índice. Software de controlo Índice Lumitester PD-20 Software de controlo Manual de uso Muito obrigado por comprar o aparelho Lumitester PD-20. Antes de pôr em operação este manual deve ser lido na sua totalidade para o uso seguro

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

V O C Ê N O C O N T R O L E.

V O C Ê N O C O N T R O L E. VOCÊ NO CONTROLE. VOCÊ NO CONTROLE. O que é o Frota Fácil? A Iveco sempre coloca o desejo de seus clientes à frente quando oferece ao mercado novas soluções em transportes. Pensando nisso, foi desenvolvido

Leia mais

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES 0800 550 250 www.ppa.com.br CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOPPAR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE AUTOMATIZADORES LTDA. Av. Dr. Labieno da Costa Machado, 3526 - Distrito Industrial CEP 17400-000 - Garça - SP

Leia mais

Auslogics BoostSpeed 5 Manual

Auslogics BoostSpeed 5 Manual Página 1 Auslogics BoostSpeed 5 Manual [ Instalando e usando o Auslogics BoostSpeed 5 ] Página 2 Sumário O que é o Auslogics BoostSpeed?... 3 Recursos... 3 Comparando edições... 4 Instalação do programa...

Leia mais

GraphicsLib Biblioteca Gráfica 2D. Documentação

GraphicsLib Biblioteca Gráfica 2D. Documentação GraphicsLib Biblioteca Gráfica 2D Documentação Edirlei Soares de Lima elima@inf.puc-rio.br Sumário 1 Instalação e Configuração... 4 2 Manual de Utilização... 10 2.1 Estrutura de um Programa... 10 2.2 Loop

Leia mais

Tutorial Instalando o software Gismaps Viewer

Tutorial Instalando o software Gismaps Viewer Tutorial Instalando o software Gismaps Viewer versão 1.2-10/02/2007 Autores: Vitor Pires Vencovsky, Rodrigo Viviani Conteúdo 1. Introdução 2. Requisitos de sistema 3. Instalação do Gismaps Viewer 4. Desinstalação

Leia mais

Auto-Suporte Perguntas Frequentes - FAQ

Auto-Suporte Perguntas Frequentes - FAQ Linha Tópico Produtos Objetivo QL e TD Como operar diretamente a impressora a partir de um software aplicativo proprietário e imprimir uma etiqueta. QL e TD Operar a impressora de etiquetas através do

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P Características da Look 312P 1 2 3 Lente Foco manual pelo ajuste da lente. Bolso Você pode colocar o cabo no bolso. Corpo dobrável Ajuste a Look 312P em diferentes posições. Instalação da Look 312P 1.

Leia mais

Manual do Desenvolvedor Criptografia de Arquivos do WebTA

Manual do Desenvolvedor Criptografia de Arquivos do WebTA Manual do Desenvolvedor Criptografia de Arquivos do WebTA Versão 1.4 Índice 1. Objetivo..3 2. Processo..3 3. API de Criptografia - Biblioteca Java..4 3.1 WEBTACryptoUtil..4 3.1.1 decodekeyfile..4 3.1.2

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

KM-NET for Accounting. Guia de Operação

KM-NET for Accounting. Guia de Operação KM-NET for Accounting Guia de Operação Informações legais e gerais Aviso É proibida a reprodução não autorizada deste guia ou parte dele. As informações neste guia estão sujeitas a alterações sem aviso

Leia mais

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Utilitário de Ajuda do Software Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Introdução ao Software O software do registrador de dados é um programa que coleta dados do registrador

Leia mais

Plugins TerraView. Versão TerraLib/TerraView: 3.3.1. Código fonte completo da TerraLib na estrutura de diretórios sugerida no site da TerraLib 1.

Plugins TerraView. Versão TerraLib/TerraView: 3.3.1. Código fonte completo da TerraLib na estrutura de diretórios sugerida no site da TerraLib 1. Plugins TerraView Versão TerraLib/TerraView: 3.3.1 Requisitos Código fonte completo da TerraLib na estrutura de diretórios sugerida no site da TerraLib 1. Código completo do TerraView na estrutura de diretórios

Leia mais

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a instalar e começar a usar o IRIScan Express 3.

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a instalar e começar a usar o IRIScan Express 3. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a instalar e começar a usar o IRIScan Express 3. O software fornecido com este produto é o Readiris Pro 12. Para obter informações detalhadas sobre todos os recursos

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitor de resposta do SQL. sql_response série 1.6

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitor de resposta do SQL. sql_response série 1.6 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitor de resposta do SQL sql_response série 1.6 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente para fins informativos

Leia mais

KID MANUAL DE SOFTWARE

KID MANUAL DE SOFTWARE KID MANUAL DE SOFTWARE Sumário 1.1. O que é Programação em Blocos?... 3 1.2. Conhecendo o KID Programador... 3 1.2.1. Instalação do Software... 3 1.2.2. Áreas do Software... 5 1.3. Blocos usados para Programação...

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA APLICADA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA APLICADA Responda 1) Quem desenvolveu a linguagem C? Quando? 2) Existe alguma norma sobre a sintaxe da linguagem C? 3) Quais são os tipos básicos de dados disponíveis na linguagem C? 4) Quais são as principais

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

Tornando sites mais fáceis para visualização 16

Tornando sites mais fáceis para visualização 16 Primeiros passos com o essential Accessibility 3 O que é essential Accessibility? essential Accessibility : uma visão geral Sobre este manual Como instalar o essential Accessibility Requisitos do sistema

Leia mais

Manual do Usuário. Cadastro e Manutenção de Pacientes Controle de Consultas Acompanhamento Gráfico Montagem de Plano Alimentar.

Manual do Usuário. Cadastro e Manutenção de Pacientes Controle de Consultas Acompanhamento Gráfico Montagem de Plano Alimentar. Cadastro e Manutenção de Pacientes Controle de Consultas Acompanhamento Gráfico Montagem de Plano Alimentar Manual do Usuário Página 1 de 45 PowerNet Guia do Usuário Página 2 de 45 PowerNet Tecnologia

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

TUTORIAL. TP - Versão 3.1

TUTORIAL. TP - Versão 3.1 TUTORIAL TP - Versão 3.1 Criação: Andréia Rauber 1, Anabela Rato 2, Denise Kluge 3 e Giane Santos 4 Desenvolvimento: Marcos Figueiredo 5 O TP (Teste/Treinamento de Percepção) é um aplicativo de software

Leia mais

Seu Guia. Este manual descreve como usar Magic Desktop. Vista Geral... 2 Aparência... 3 Operações... 4 Especificações... 19

Seu Guia. Este manual descreve como usar Magic Desktop. Vista Geral... 2 Aparência... 3 Operações... 4 Especificações... 19 Seu Guia Este manual descreve como usar Magic Desktop. Vista Geral... 2 Aparência... 3 Operações... 4 Especificações... 19 PFU LIMITED 2013 Magic Desktop Magic Desktop é um aplicativo que organiza as informações

Leia mais

Guia do utilizador Ulead Systems, Inc. Janeiro de 2005. DVD MovieFactory

Guia do utilizador Ulead Systems, Inc. Janeiro de 2005. DVD MovieFactory Guia do utilizador Ulead Systems, Inc. Janeiro de 2005 DVD MovieFactory Ulead DVD MovieFactory versão 4 2000-2005 Ulead Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 COMO COMEÇAR... 3 5 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 4 6 CADASTRO DE VEÍCULO... 6 7 ALINHAMENTO...

Leia mais

Junho de 2012 05-0846-200. XMS PC Connect Guia do usuário

Junho de 2012 05-0846-200. XMS PC Connect Guia do usuário Junho de 2012 05-0846-200 Design 2012 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. XEROX, XEROX e Design e DocuMate são marcas comerciais da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países.

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O conteúdo deste documento tem como objetivos geral introduzir conceitos mínimos sobre sistemas operacionais e máquinas virtuais para posteriormente utilizar

Leia mais

Seu manual do usuário ARCSOFT PHOTOBASE http://pt.yourpdfguides.com/dref/536271

Seu manual do usuário ARCSOFT PHOTOBASE http://pt.yourpdfguides.com/dref/536271 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para ARCSOFT PHOTOBASE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009

ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009 ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009 1 INDICE 1. Instalação do Software...3 2. Tela Inicial...3 3. Criando arquivo de configurações (Alt + C + C)...4 3.1 Sensores

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS NO PICASA

PRIMEIROS PASSOS NO PICASA HOW TO PARTE 1 (UM GUIIA BÁSIICO) Almada, JAN2010 PRIMEIROS PASSOS NO PICASA Primeiros passos no Picasa : Primeiros passos - Ajuda do Picasa http://picasa.google.com/support/bin/answer.py?hl=br&answer=93183

Leia mais

Guia do EasyMP Slide Converter. Projetor multimídia

Guia do EasyMP Slide Converter. Projetor multimídia Guia do EasyMP Slide Converter Projetor multimídia Índice Geral 2 Perspectiva Geral do EasyMP Slide Converter Resumo do EasyMP Slide Converter............................ 4 Tipos de documentos suportados

Leia mais

Grifon Alerta. Manual do Usuário

Grifon Alerta. Manual do Usuário Grifon Alerta Manual do Usuário Sumário Sobre a Grifon Brasil... 4 Recortes eletrônicos... 4 Grifon Alerta Cliente... 4 Visão Geral... 4 Instalação... 5 Pré-requisitos... 5 Passo a passo para a instalação...

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta de JDBC. jdbc_response série 1.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta de JDBC. jdbc_response série 1.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta de JDBC jdbc_response série 1.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente para fins

Leia mais

Como enviar fotos de câmeras digitais

Como enviar fotos de câmeras digitais Como enviar fotos de câmeras digitais Se as fotos que você deseja enviar para o Geo-Obras foram capturadas com uma câmera digital, será necessário copiá-las para o computador. A maioria dos modelos utiliza

Leia mais

vb Inno Script Conversor

vb Inno Script Conversor vb Inno Script Conversor 1 vb Inno Script Conversor Copyright 2006-2007, Lizaro Soft Lizaro Soft All rights Reserved vb Inno Script Conversor 2 1 Descrição vb Inno Scrip Conversor é um conversor de projetos

Leia mais

ArcSoft MediaConverter

ArcSoft MediaConverter ArcSoft MediaConverter User Manual Português 1 201004 Índice Índice... 2 1. Índice... 3 1.1 Requisitos do sistema... 4 1.2 Extras... 4 2. Convertendo arquivos... 7 2.1 Passo1: Selecionar mídia... 7 2.1.1

Leia mais

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br Capture Pro Software Guia de referência A-61640_pt-br Iniciando o Kodak Capture Pro Software Este guia foi projetado para fornecer instruções simples para início rápido, incluindo a instalação e a inicialização

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

Disparando o interpretador

Disparando o interpretador Capítulo 2: Usando o interpretador Python Disparando o interpretador O interpretador é frequentemente instalado como /usr/local/bin/python nas máquinas onde está disponível; adicionando /usr/local/bin

Leia mais

Primeiramente lemos a seguinte citação, copiada de Excel-Ajuda:

Primeiramente lemos a seguinte citação, copiada de Excel-Ajuda: 33 Capítulo 3 Procedimentos (macros) Primeiramente lemos a seguinte citação, copiada de Excel-Ajuda: O objetivo de uma macro é automatizar as tarefas usadas com mais freqüência. Embora algumas macros sejam

Leia mais

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0 Conteúdo do Manual. Introdução. Capítulo Requisitos. Capítulo Instalação 4. Capítulo Configuração 5. Capítulo 4 Cadastro de Devolução 6. Capítulo 5 Relatório 7. Capítulo 6 Backup 8. Capítulo 7 Atualização

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento do Jboss do Nimsoft jboss série 1.3 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE P-touch P700 O conteúdo deste manual e as especificações deste produto estão sujeitos a alterações sem prévio aviso. A Brother reserva-se o direito de fazer alterações sem

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data 13/06/2012 Autor Rodrigo Cristiano Descrição

Leia mais

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/35 LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS No Microsoft Office Word 2007 é possível automatizar tarefas usadas frequentemente criando

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Para ClassPad 300. ClassPad Manager. (ProgramLink) Versão limitada. Manual de Instruções. http://world.casio.com/edu_e/ RJA510188-4

Para ClassPad 300. ClassPad Manager. (ProgramLink) Versão limitada. Manual de Instruções. http://world.casio.com/edu_e/ RJA510188-4 Para ClassPad 300 Po ClassPad Manager (ProgramLink) Versão limitada Manual de Instruções RJA510188-4 http://world.casio.com/edu_e/ Nota Os exemplos de visualização mostrados neste manual de instruções

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Avaya DEFINITY Servers, Avaya S8100, S8300, e S8700 Media Servers 555-233-830 Edição 2

Avaya DEFINITY Servers, Avaya S8100, S8300, e S8700 Media Servers 555-233-830 Edição 2 0 Visão geral Propósito Esta introdução contém informações gerais e dicas sobre como usar o seu CD-ROM da Avaya. Facilidades Essa oferta é direcionada para todos os usuários que quiserem ter acesso à documentação

Leia mais

MQSeries Everyplace. Leia-me primeiro G517-7010-00

MQSeries Everyplace. Leia-me primeiro G517-7010-00 MQSeries Everyplace Leia-me primeiro G517-7010-00 MQSeries Everyplace Leia-me primeiro G517-7010-00 Primeira Edição (Junho de 2000) Esta edição se aplica ao MQSeries Everyplace Versão 1.0 e a todos os

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013 Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5 Guia de gerenciamento de ativos Julho de 2013 2004-2013 Dell, Inc. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reprodução deste material

Leia mais

CargoBoss 2.0 Guia de Configuração

CargoBoss 2.0 Guia de Configuração CargoBoss 2.0 Guia de Configuração INFORMAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS Este documento não pode ser reproduzido, no todo ou em parte e por quaisquer meios, sem a autorização prévia da HONEYWELL MARINE. CargoBoss

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

QuarkXPress 9.5.2 ReadMe

QuarkXPress 9.5.2 ReadMe QuarkXPress 9.5.2 ReadMe CONTEÚDO Conteúdo QuarkXPress 9.5.2 ReadMe...4 Requisitos de Sistema...5 Requisitos do sistema: Mac OS...5 Requisitos do sistema: Windows...5 Instalação: Mac OS...7 Execução de

Leia mais

Aula Prática 1: Introdução ao Ambiente de Programação Dev-C++

Aula Prática 1: Introdução ao Ambiente de Programação Dev-C++ Aula Prática 1: Introdução ao Ambiente de Programação Dev-C++ 1. Introdução Em nossa primeira aula prática de programação em linguagem C iremos escrever e testar programas de computador básicos. Mas antes,

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

Printer Driver. Antes de utilizar o controlador da impressora, certifique-se de que lê o ficheiro Readme. Antes de utilizar o software 4-539-577-71(1)

Printer Driver. Antes de utilizar o controlador da impressora, certifique-se de que lê o ficheiro Readme. Antes de utilizar o software 4-539-577-71(1) 4-539-577-71(1) Printer Driver Guia de instalação Este manual descreve a instalação dos controladores da impressora para o Windows 8, Windows 7, Windows Vista, Windows XP e. Antes de utilizar o software

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012

MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012 MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012 Editado por: Idéias e programas, S.L. San Román de los Montes 25-Março-2012. ARKITool, Arkiplan, Além disso ARKITool são marcas comerciais de idéias e programas, S.L. REQUISITOS

Leia mais

CyberLink. PowerDVD Mobile. Guia do Usuário

CyberLink. PowerDVD Mobile. Guia do Usuário CyberLink PowerDVD Mobile Guia do Usuário Copyright e aviso de isenção Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada em um sistema de recuperação ou transmitida

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8 Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Ficha Complementar

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Ficha Complementar AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Xerox EX Print Server, Powered by Fiery, para a Xerox igen4 Press. Bem-vindo

Xerox EX Print Server, Powered by Fiery, para a Xerox igen4 Press. Bem-vindo Xerox EX Print Server, Powered by Fiery, para a Xerox igen4 Press Bem-vindo 2010 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste

Leia mais