ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO OSORIO PROFESSORA: REGINA CÉLIA DA SILVA ANDRADE ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016 TEXTO TEATRAL Características: Texto escrito para ser representado Escrito em forma de diálogo O nome dos personagens vem antes de suas falas Presença de rubricas (notações cênicas de como os personagens devem agir e se movimentar em cena), vêm marcadas na escrita com letra diferente do texto que será dito pelos personagens (geralmente em itálico) MORFOSSINTAXE TIPOS DE SUJEITO Indeterminado não é possível identificar quem pratica a ação verbal. Esse tipo de sujeito se apresenta de duas formas: _ verbo na 3ª pessoa do plural, sem qualquer identificação anterior de quem tenha praticado a ação verbal; Ex.: Falaram mal de você. _ verbo intransitivo, transitivo indireto ou de ligação na 3ª pessoa do singular + SE. Ex.; Precisa-se de bons profissionais. TIPOS DE PREDICADOS Predicado Verbal - núcleo verbo significativo, indica ação, localização ou fenômenos da natureza (verbos intransitivos, transitivos diretos, transitivos indiretos e transitivos direto e indireto). Predicado Nominal núcleo é o nome. Os verbos que aparecem nesse tipo de predicado são os verbos de ligação. Predicado Verbo-Nominal apresenta dois núcleos: um verbal e outro nominal.

2 O núcleo verbal é sempre um verbo significativo e o núcleo nominal é sempre um nome, no caso um predicativo do sujeito ou do objeto. O PREDICATIVO O núcleo do predicado nominal recebe o nome de PREDICATIVO. O PREDICATIVO é um NOME (SUBSTANTIVO ou ADJETIVO) que se refere ao sujeito, atribuindo-lhe um ESTADO, MUDANÇA DE ESTADO OU CARACTERÍSTICA. Por isso, de um modo geral, é representado por um ADJETIVO. O PREDICATIVO também pode se referir a um OBJETO DIRETO OU INDIRETO, quando o predicado é VERBO-NOMINAL. Portanto, quando o predicado é VERBO-NOMINAL, o PREDICATIVO pode se referir ao SUJEITO ou ao OBJETO. Ex.: A criança brincava distraída. Nessa oração, o predicado é verbo-nominal porque apresenta dois núcleos: um verbal (brincava) e outro nominal (distraída). O núcleo nominal se refere ao sujeito, por isso se denomina PREDICATIVO DO SUJEITO. Ex.: A mãe encontrou todos os filhos felizes. Nessa oração, o predicado também é verbo-nominal, pois apresenta dois núcleos: um verbal (encontrou) e outro nominal (felizes). O núcleo nominal se refere ao objeto, por isso se denomina PREDICATIVO DO OBJETO. PREDICAÇÃO VERBAL É a classificação dos verbos de acordo com o tipo de complemento que pedem. Verbo de ligação é aquele que indica estado ou mudança de estado do sujeito. Verbo intransitivo - é aquele que tem sentido completo, não precisa de complemento. Verbo transitivo direto é aquele que não tem sentido completo, precisa de complemento sem preposição. Verbo transitivo indireto é aquele que não tem sentido completo, precisa de complemento com preposição. Verbo transitivo direto e indireto é aquele que não tem sentido completo, precisa de dois complementos ao mesmo tempo, um sem preposição e outro com preposição, ou vice-versa. COMPLEMENTOS VERBAIS Os verbos transitivos, como não têm sentido completo, precisam de

3 complementos para expressarem suas ideias de forma plena. O nome dos complementos dos verbos transitivos é OBJETO. OBJETO DIRETO completa o sentido de verbo transitivo direto, por isso vem sem preposição. OBJETO INDIRETO completa o sentido de verbo transitivo indireto, por isso vem acompanhado de preposição. OBS.: Os pronomes oblíquos exercem a função sintática de objetos diretos ou objetos indiretos. Os pronomes oblíquos O, A, OS, AS só exercem a função de OBJETO DIRETO; já os pronomes oblíquos LHE e LHES, só exercem a função de OBJETO INDIRETO. Os demais pronomes oblíquos (ME, TE, SE, NOS, VOS) podem exercer a função de OBJETO DIRETO ou OBJETO INDIRETO, dependendo da predicação do verbo que acompanhem. EXERCÍCIOS: 1- Faça a correspondência entre as colunas, relacionando os verbos destacados na coluna da esquerda a sua predicação na coluna da direita. a) ( ) Saiu o resultado do concurso. ( 1 ) Verbo Intransitivo b) ( ) Chegaram os convidados ilustres. ( 2 ) Verbo Transitivo Direto c) ( ) Desejo-lhe muitas felicidades! ( 3 ) Verbo Transitivo Direto Indireto d) ( ) Eu te amo! ( 4 ) Verbo Transitivo Direto e Indireto e) ( ) Você não veio aqui. ( 5 ) Verbo de Ligação f) ( ) Todas as crianças precisam de carinho e atenção. g) ( ) A empresa enviou presentes aos seus funcionários. h) ( ) A matéria parece fácil. i) ( ) O menino virou o copo na mesa. j) ( ) O menino virou um belo rapaz. 2- Classifique os complementos verbais destacados abaixo em objeto direto ou objeto indireto: a) Desejo-lhe felicidade! b) Eu te amo!

4 c) Você precisa de mim. d) Eu fiz todos os deveres. e) Eu não o compreendo. f) Quero vê-la feliz. 3- Transforme as orações abaixo com sujeito simples em oração com sujeito indeterminado. Utilize as duas formas de se indeterminar o sujeito. a) Eu não desconfio de você. b) Não responda à professora. 4- Assinale nos parênteses OSS, quando for oração sem sujeito e SI, quando o sujeito for indeterminado: a) ( ) Faz calor no Rio de Janeiro. b) ( ) Precisa-se de bons funcionários. c) ( ) Houve muitos aplausos na apresentação do espetáculo. d) ( ) São 12 horas. e) ( ) É inverno. f) ( ) Falaram mal de você. g) ( ) Vive-se bem no Rio de Janeiro. h) ( ) Há anos não o vejo. i) ( ) Chove muito na cidade. j) ( ) São 400 Km do Rio de Janeiro a São Paulo. 5- Una as orações abaixo, uma com predicado verbal e a outra com o predicado nominal, transformando-as em uma com predicado verbo-nominal. a) A criança saiu da escola. / A criança estava exausta.

5 b) A menina ganhou um vestido. / O vestido era vermelho de bolinhas brancas. 6- Classifique os predicativos das orações abaixo em: predicativo do sujeito ou predicativo do objeto. a) O professor encontrou a turma animada. b) Os adolescentes assistiram ao filme apavorados. c) Nós chegamos à festa atrasados. d) As crianças conversavam curiosas. e) A gripe deixou o menino sem apetite. f) O trânsito do Rio de Janeiro deixa os cariocas malucos. g) O mar estava agitado. h) O juiz considerou-o inocente. i) a plateia permaneceu silenciosa. j) As plantas ficaram viçosas após a chuva. k) O operário tem mãos calejadas. l) A cidade está destruída. m) o promotor acusou-o de assassino. n) A chuva deixou os agricultores animados. o) o menino abriu a porta contente. p) Os brasileiros consideram os políticos corruptos.

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Vocativo Tipos de predicado COMPLEMENTO NOMINAL OU ADJUNTO

Leia mais

Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas

Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas Revisão para o Simulado da 2ª bimestral Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas 1) ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS A oração subordinada substantiva tem valor de substantivo

Leia mais

TER 3º Bimestre- 7º ano - Português. Verbo Intransitivo e Verbo Transitivo

TER 3º Bimestre- 7º ano - Português. Verbo Intransitivo e Verbo Transitivo TER 3º Bimestre- 7º ano - Português Verbo Intransitivo e Verbo Transitivo Leia as frases a seguir: A- Durante a aula, a garotinha chorou. B- Durante a aula, a garotinha quebrou. Na frase 1, o verbo tem

Leia mais

Exercícios Sobre Sujeito

Exercícios Sobre Sujeito Exercícios Sobre Sujeito Questão 01- Com relação à classificação do sujeito, analise as orações abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I O meu primeiro ímpeto foi correr ao café. II Cheguei a pegar na

Leia mais

Revisão sujeito e predicado. Prof.ª Lucimar

Revisão sujeito e predicado. Prof.ª Lucimar Revisão sujeito e predicado Prof.ª Lucimar Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo e este vem escrito. Exemplos: - Deus é perfeito! Sujeito simples Deus Núcleo do sujeito simples Deus

Leia mais

Período simples: conceitos e exemplos

Período simples: conceitos e exemplos Período simples: conceitos e exemplos Frase é todo enunciado (palavra ou conjunto de palavras) que apresente sentido completo. Ei! Olá! Até logo. Oração é a frase ou fragmento de frase que contém um verbo

Leia mais

Verbo que precisa de um complemento SEM preposição. Ex.: A criança encontrou o brinquedo. A criança encontrou. (o quê?) o brinquedo = objeto direto

Verbo que precisa de um complemento SEM preposição. Ex.: A criança encontrou o brinquedo. A criança encontrou. (o quê?) o brinquedo = objeto direto TRANSITIVO DIRETO Verbo que precisa de um complemento SEM preposição. Ex.: A criança encontrou o brinquedo. A criança encontrou. (o quê?) o brinquedo = objeto direto TRANSITIVO INDIRETO Precisa de um complemento

Leia mais

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO LABORATÓRIOS MISTOS DE PESQUISA E EXTENSÃO, LINGUAGEM CULTURA E COGNIÇÃO LINC-COGNITION PORTUGUÊS PARA CONCURSO Profa. Magarete Alfreta TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO Para haver uma comunicação entre os personagens

Leia mais

SINTAXE PERÍODO SIMPLES

SINTAXE PERÍODO SIMPLES SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES A N Á L I S E S I N T Á T I C A Sujeito: é o termo da oração com o qual o verbo concorda em pessoa (1ª, 2ª, 3ª) e número (singular, plural). O sujeito comanda a concordância

Leia mais

AGENTE DA PASSIVA. É o termo da oração que se refere a um verbo na voz passiva, sempre introduzido por preposição.

AGENTE DA PASSIVA. É o termo da oração que se refere a um verbo na voz passiva, sempre introduzido por preposição. AGENTE DA PASSIVA AGENTE DA PASSIVA É o termo da oração que se refere a um verbo na voz passiva, sempre introduzido por preposição. As terras foram desapropriadas pelo governo. Sujeito (paciente) Verbo

Leia mais

SINTAXE DA ORAÇÃO. O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase.

SINTAXE DA ORAÇÃO. O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. O QUE DEVEMOS APRENDER? Identificar e reconhecer os constituintes sintáticos de uma oração (sujeito,

Leia mais

Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período)

Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período) TD1-1º BIMESTRE (1º Período) Aluno (a): nº VALE: 2 pontos OBS: Devolver o TD 1 a professora no dia 16/04/09 (quinta-feira). Usar caneta azul ou preta. Não use 1- Leia o quadrinho de Glauco e faça o que

Leia mais

REVISÃO: SINTAXE. Tipos de sujeito, complementos verbais, adjuntos adnominais e adverbiais e complementos nominais.

REVISÃO: SINTAXE. Tipos de sujeito, complementos verbais, adjuntos adnominais e adverbiais e complementos nominais. REVISÃO: SINTAXE Tipos de sujeito, complementos verbais, adjuntos adnominais e adverbiais e complementos nominais. Sujeito e Predicado: termos essenciais da oração Sujeito: termo da oração com o qual o

Leia mais

Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico...

Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico... Sumário I A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1 A língua portuguesa no ensino superior... 3 POR QUE ESTUDAR PORTUGUÊS NO ENSINO SUPERIOR... 5 Concepções de gramática... 6 O novo acordo ortográfico...

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 3º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 3º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 3º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Leia a tira a seguir: a) Classifique sintaticamente o pronome me no segundo quadrinho da tira. b) Compare o sentido

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal II

Português 3º ano João J. Concordância Verbal II Português 3º ano João J. Concordância Verbal II CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com o seu sujeito. Caso geral: o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Ex: Ela não acredita em Deus.

Leia mais

Orações Subordinadas Substantivas. Profª Grayce Rodrigues 2º Ano - EM

Orações Subordinadas Substantivas. Profª Grayce Rodrigues 2º Ano - EM Orações Subordinadas Substantivas Profª Grayce Rodrigues 2º Ano - EM Orações Subordinadas Substantivas Oração subordinada substantiva: é aquela que tem valor de substantivo e exerce, em relação à oração

Leia mais

SUMÁRIO PERÍODO SIMPLES............................. 01

SUMÁRIO PERÍODO SIMPLES............................. 01 SUMÁRIO Capítulo 1 PERÍODO SIMPLES... 01 Frase... 02 Oração... 02 Oração coordenada... 03 Oração justaposta... 03 Oração principal... 03 Oração reduzida... 03 Oração relativa... 03 Oração subordinada...

Leia mais

Para que saber? Conhecer o papel desempenhados pelos relativos é importante porque:

Para que saber? Conhecer o papel desempenhados pelos relativos é importante porque: Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Exemplos: O jogo será no domingo. O jogo decidirá o campeonato. Reunindo

Leia mais

4. Ação recíproca 5. Outras três funções do se 6. Vozes verbais e transitividade verbal 7. Contextualizando a teoria 8. Exercícios

4. Ação recíproca 5. Outras três funções do se 6. Vozes verbais e transitividade verbal 7. Contextualizando a teoria 8. Exercícios SUMÁRIO CAPÍTULO 1 ACENTUAÇÃO GRÁFICA 1. Diferença entre acento tônico e acento gráfico 2. Palavras tônicas e palavras átonas 3. Classificação da palavra pela posição da vogal tônica 4. Timbre da vogal

Leia mais

Orações Subordinadas. Apostila 3, Capítulo 8 Unidades 35 a 38 (pág. 313 a 321)

Orações Subordinadas. Apostila 3, Capítulo 8 Unidades 35 a 38 (pág. 313 a 321) Orações Subordinadas d Apostila 3, Capítulo 8 Unidades 35 a 38 (pág. 313 a 321) Professora Simone 2 Período Composto por Subordinação É aquele formado por uma oração principal e uma ou mais orações subordinadas;

Leia mais

Questão 01 Os hobbits

Questão 01 Os hobbits Educador: Angela Régia C. Curricular: Língua Portuguesa Data: / /2013 Estudante: 7º Ano Questão 01 Os hobbits Os hobbits são um povo discreto, mas muito antigo, que já foi mais numeroso do que é hoje.

Leia mais

Antes de iniciarmos o trabalho sobre sintaxe de termos, convém distinguir classe gramatical de função sintática.

Antes de iniciarmos o trabalho sobre sintaxe de termos, convém distinguir classe gramatical de função sintática. PROJETO DOMINGÃO SINTAXE DE TERMOS prof. ROBSON MORAES 1 A Análise Sintática possui cinco (5) divisões: 1 sintaxe de termos; 2 sintaxe de orações; 3 sintaxe de concordância (verbal e nominal); 4 sintaxe

Leia mais

Sintaxe do período composto

Sintaxe do período composto Lição 9 Sintaxe do período composto Estudo do Período Na lição 8, fizemos uma análise interna da oração. Examinamos os termos essenciais, os integrantes e os acessórios e, para isso, utilizamos exemplos

Leia mais

Língua Portuguesa Mara Rúbia

Língua Portuguesa Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Regência nominal é o nome da relação existente entre um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) e os termos regidos por esse nome. Determina se os seus complementos são acompanhados

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS Parte 1

CLASSES GRAMATICAIS Parte 1 CLASSES GRAMATICAIS Parte 1 Professora Idilvânia 1 Existem 10 Classes Gramaticais Artigo Substantivo Adjetivo Advérbio Preposição Pronomes Verbo Conjunção Numeral Interjeição 2 ARTIGO Qualifica ou determina

Leia mais

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração.

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. SINTAXE Período Composto Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. O período composto pode ser período composto por coordenação ou subordinação. Período composto por subordinação No período

Leia mais

Sumário. Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 Um novo perfil de prova...

Sumário. Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 Um novo perfil de prova... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 Um novo perfil de prova... PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração

Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração Apoio Pedagógico ao Núcleo Comum Tutora: Thais Torres Guimarães thaistorresg@gmail.com O que é SINTAXE? Parte da gramática que se ocupa da combinação

Leia mais

Conteúdos: Funções do QUE e SE I

Conteúdos: Funções do QUE e SE I Conteúdos: Funções do QUE e SE I Habilidades: Conhecer a partícula QUE a qual pertence a diferentes classes gramaticais e funções sintáticas Habilidades: Saber empregar as funções do SE como partícula

Leia mais

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima.

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Termos essenciais 1) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma

Leia mais

9 ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL

9 ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL Aula ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL META Explicar a função adjetiva do adjunto adnominal, um acessório do núcleo do sujeito e de outros núcleos, mostrando as classes adjuntas. Apresentar a importância

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 1º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 1º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 1º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS 1. Leia o texto abaixo. Como se forma o chulé? Tiago Jokura O chulé - ou bromidrose - é uma espécie de pum emitido por bactérias que se

Leia mais

Na prática, acha-se o sujeito fazendo-se a pergunta: Quem (Que) + verbo da oração? : Quem quebrou os discos? Pedro!

Na prática, acha-se o sujeito fazendo-se a pergunta: Quem (Que) + verbo da oração? : Quem quebrou os discos? Pedro! OS CASOS EM LATIM Segundo os gramáticos antigos, podíamos encontrar seis elementos na oração simples: 1º. O nominativo; 2º. O vocativo; 3º. O genitivo; 4º. O acusativo; 5º. O dativo; 6º. O ablativo. 1º.

Leia mais

Exercícios sobre tipos de predicado

Exercícios sobre tipos de predicado Exercícios sobre tipos de predicado Exercício 1: Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam

Leia mais

SINTAXE Termos integrantes 1) Objeto direto: o complemento de um verbo transitivo direto. Ex.: Perdi os documentos. Encontrei-os.

SINTAXE Termos integrantes 1) Objeto direto: o complemento de um verbo transitivo direto. Ex.: Perdi os documentos. Encontrei-os. SINTAXE Termos integrantes 1) Objeto direto: o complemento de um verbo transitivo direto. Ex.: Perdi os documentos. Encontrei-os. * Objeto direto preposicionado: aquele cuja preposição não é exigência

Leia mais

Lista 3 - Língua Portuguesa 1

Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Frase, oração e período; sujeito e predicado LISTA 3 - LP 1 - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; SUJEITO E PREDICADO Frase, oração e período; sujeito e predicado Na fala ou na escrita,

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

Gramática Eletrônica. Uma dificuldade relacionada com a regência refere-se ao fenômeno da crase. A crase só ocorre quando há a fusão de duas vogais:

Gramática Eletrônica. Uma dificuldade relacionada com a regência refere-se ao fenômeno da crase. A crase só ocorre quando há a fusão de duas vogais: Lição 12 Crase Uma dificuldade relacionada com a regência refere-se ao fenômeno da crase. A crase só ocorre quando há a fusão de duas vogais: a + a = à preposição artigo ou pronome demonstrativo a + aquele

Leia mais

Parte 1 - Leitura e interpretação de texto. Leia o texto atenciosamente e responda as perguntas abaixo. Seja coerente, responda com clareza.

Parte 1 - Leitura e interpretação de texto. Leia o texto atenciosamente e responda as perguntas abaixo. Seja coerente, responda com clareza. 8º Gramática Lino Aval. Trimestral 24/03/11 - Leia todas as questões com muita atenção, antes de respondê-las; - Não esqueça de colocar o ponto final nas frases; - Faça letra legível; - Não rasure; - Não

Leia mais

Sumário. 2. Regras para emprego do hífen...14 Exercícios para fixação...17 2.1 Quadro prático para verificação de emprego de hífen...17 Gabarito...

Sumário. 2. Regras para emprego do hífen...14 Exercícios para fixação...17 2.1 Quadro prático para verificação de emprego de hífen...17 Gabarito... Sumário Capítulo 1 Ortografia.... 1 1. Regras de acentuação gráfica...1 1.1. Acentuação dos vocábulos monossilábicos...1 1.2. Acentuação dos vocábulos oxítonos...1 1.3. Acentuação dos vocábulos paroxítonos...2

Leia mais

Lembre-se: normalmente, o substantivo funciona como núcleo de um termo da oração, e o adjetivo, como adjunto adnominal.

Lembre-se: normalmente, o substantivo funciona como núcleo de um termo da oração, e o adjetivo, como adjunto adnominal. Estudante: Educador: Suzana Borges 8ºAno/Turma: C.Curricular: Português A concordância nominal se baseia na relação entre um substantivo (ou pronome, ou numeral substantivo) e as palavras que a ele se

Leia mais

Classes Gramaticais: Pronomes

Classes Gramaticais: Pronomes Classes Gramaticais: Pronomes Aula ao Vivo Demonstrativos São pronomes utilizados para indicar a posição de alguma coisa (no espaço, no tempo ou no discurso) em relação às pessoas do discurso. Ex.: Este

Leia mais

Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período)

Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período) Centro Educacional C.C.G. TD1-1º BIMESTRE (1º Período) VALE: 2 pontos OBS: Devolver o TD 1 a professora no dia 16/04/09 (quinta-feira). Usar caneta azul ou preta. Não use 1- Em 1991, por ocasião da visita

Leia mais

2.Diferenças semânticas entre as orações subordinadas adjetivas. 3.Funções sintáticas dos pronomes relativos nas orações adjetivas.

2.Diferenças semânticas entre as orações subordinadas adjetivas. 3.Funções sintáticas dos pronomes relativos nas orações adjetivas. OITAVA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adjetivas. 2.Diferenças semânticas entre as orações subordinadas adjetivas. 3.Funções sintáticas dos

Leia mais

Exercícios de revisão para o APE Mensal 2º trimestre- 8º ano

Exercícios de revisão para o APE Mensal 2º trimestre- 8º ano Exercícios de revisão para o APE Mensal 2º trimestre- 8º ano 1:Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição.

Leia mais

Lingua_Portuguesa_CESP_DudaNogueira_16x23.indb 1 19/11/2015 15:46:49

Lingua_Portuguesa_CESP_DudaNogueira_16x23.indb 1 19/11/2015 15:46:49 Lingua_Portuguesa_CESP_DudaNogueira_16x23.indb 1 19/11/2015 15:46:49 SOBRE A AUTORA DUDA NOGUEIRA Professora de Língua Portuguesa Gramática e Interpretação de Texto para concursos públicos, pós-graduada

Leia mais

SINTAXE CONCORDÂNCIA VERBAL

SINTAXE CONCORDÂNCIA VERBAL SINTAXE CONCORDÂNCIA VERBAL CONCEITO Mecanismo gramatical em que, por meio de desinências, as palavras se flexionam indicando que estão relacionadas e combinadas. QUANTO AO TIPO: VERBAL : a forma verbal

Leia mais

Pronomes. Apostila 3, Capítulo 11 Unidades 33 a 38 (pág. 391 a 408)

Pronomes. Apostila 3, Capítulo 11 Unidades 33 a 38 (pág. 391 a 408) Pronomes Apostila 3, Capítulo 11 Unidades 33 a 38 (pág. 391 a 408) Professora Simone 2 O bundão Joaquim foi a um psicólogo porque a mulher batia nele e toda a vizinhança lá do prédio o via como um frouxo.

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE SEPLAG/SE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA

ESTADO DE SERGIPE SEPLAG/SE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA ESTADO DE SERGIPE SEPLAG/SE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA Resposta aos Recursos contra a Prova Objetiva Cargo: S01 - P.E.B. - E. F. (6º AO 9º ANO) E MÉDIO - ARTE Disciplina: LINGUA PORTUGUESA Questão Resposta

Leia mais

Pronomes e quantificadores universais e indefinidos

Pronomes e quantificadores universais e indefinidos Pronomes e quantificadores universais e indefinidos Pronomes e quantificadores indefinidos: referem uma pessoa, coisa ou fenómeno de uma forma imprecisa ou indeterminada, indicando quantidade ou diferença.

Leia mais

PREDICATIVO INTEGRANTE OU ACESSÓRIO?

PREDICATIVO INTEGRANTE OU ACESSÓRIO? PREDICATIVO INTEGRANTE OU ACESSÓRIO? Gabriela Soares Castilhos Gabriel de Ávila Othero¹ Resumo: O artigo a seguir questiona o posicionamento do termo oracional - predicativo, sendo do sujeito ou do objeto,

Leia mais

Aula ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (II)

Aula ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (II) ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (II) META Rever o conceito de oração subordinada substantiva. Discorrer sobre os quatro últimos tipos de orações subordinadas substantivas. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula,

Leia mais

UM ESTUDO DA TRANSITIVIDADE DO VERBO SER A STUDY OF THE TRANSITIVITY OF THE VERB "TO BE"

UM ESTUDO DA TRANSITIVIDADE DO VERBO SER A STUDY OF THE TRANSITIVITY OF THE VERB TO BE UM ESTUDO DA TRANSITIVIDADE DO VERBO SER A STUDY OF THE TRANSITIVITY OF THE VERB "TO BE" Alcebíades Fernandes Jr. 1 RESUMO: Em análise de estruturas sintagmáticas através de descrições linguísticas e semânticas

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL. Amanda de Oliveira.

REGÊNCIA VERBAL. Amanda de Oliveira. REGÊNCIA VERBAL. Amanda de Oliveira. Como se classificam os verbos tem e executar quanto à transitividade? Resposta: São transitivos diretos. Que termos funcionam como complemento desses verbos? Resposta:

Leia mais

Crase. Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Deve ser assinalada com o acento grave (`).

Crase. Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Deve ser assinalada com o acento grave (`). 1 Crase Crase é a fusão de duas vogais idênticas. Deve ser assinalada com o acento grave (`). Princípios básicos para o emprego da crase: a) Antes de palavra feminina, clara ou subentendida; Dirijo-me

Leia mais

BATERIA DE EXERCÍCIOS - PORTUGUÊS I

BATERIA DE EXERCÍCIOS - PORTUGUÊS I Colégio: Nome: nº Sem limite para crescer Professor(a): Turma: 7º ANO BATERIA DE EXERCÍCIOS - PORTUGUÊS I 2º Trimestre 1 Leia o poema a seguir: Receita de plantar uma árvore Bem cedinho quando a estrela

Leia mais

PARTE I - PROVA OBJETIVA (Valendo 5 pontos cada questão)

PARTE I - PROVA OBJETIVA (Valendo 5 pontos cada questão) PREFEITURA DE VÁRZEA ALEGRE CE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2014 - SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA - PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR Educação Infantil ao 5º ano ASSINATURA

Leia mais

Ano: 9 Turma: 9.1 / 9.2

Ano: 9 Turma: 9.1 / 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: Português Professor (a): Cris Souto Ano: 9 Turma: 9.1 / 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Português Desafio Gramatical - Atividades Criadas

Português Desafio Gramatical - Atividades Criadas Português Desafio Gramatical - Atividades Criadas Aluno: Ficha: Turma: Data: Material\fundamental_II\Português\F8\F_037 Por: Julia, Laura, Pedro e Vitor. 1) Identifique os modos verbais das orações abaixo:

Leia mais

Português Professora Raquel 9º ano / 1º trimestre

Português Professora Raquel 9º ano / 1º trimestre Português Professora Raquel 9º ano / 1º trimestre EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA GABARITO Observe os exemplos de análise sintática nas tirinhas abaixo. 1. Co mplete os p er í odos

Leia mais

c) O complemento nominal também se confunde com o adjunto adnominal. As diferenças serão explicitadas quando falarmos de desse termo acessório.

c) O complemento nominal também se confunde com o adjunto adnominal. As diferenças serão explicitadas quando falarmos de desse termo acessório. b) Os estudantes inexperientes podem confundir o complemento nominal o objeto indireto. Essa dúvida é facilmente resolvida. O OI completa o sentido de um verbo e o CN, o de um nome. Ex.: Necessito de ajuda.

Leia mais

Mortal, quente e branco são adjetivos explicativos, em relação a homem, fogo e leite.

Mortal, quente e branco são adjetivos explicativos, em relação a homem, fogo e leite. Adjetivo é a classe gramatical que modifica um substantivo, atribuindo-lhe qualidade, estado ou modo de ser. Um adjetivo normalmente exerce uma dentre três funções sintáticas na oração: Aposto explicativo,

Leia mais

ESTRUTURA DA ORAÇÃO Luci Mary (UERJ)

ESTRUTURA DA ORAÇÃO Luci Mary (UERJ) ESTRUTURA DA ORAÇÃO Luci Mary (UERJ) Silvio Elia em seu artigo intitulado Para uma teoria sintática da Revista Confluência afirma que oração é a frase sintaticamente articulada e continua: as orações são

Leia mais

Prova de Conhecimentos Específicos

Prova de Conhecimentos Específicos Prova de Conhecimentos Específicos Leia o texto e responda às perguntas que se seguem: Texto 5 10 15 O ensino tradicional de língua portuguesa investiu, erroneamente, no conhecimento da descrição da língua

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Aula de Pronomes Moré: Hemerson Siqueira Pronomes Critério Semântico Sob o ponto de vista semântico, a classe de pronomes tem uma característica singular: trata-se de palavras quase vazias de significado.

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal;

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal; EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo;

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

Aula 36.1 Conteúdos: Período simples e composto; Coordenação LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 36.1 Conteúdos: Período simples e composto; Coordenação LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 36.1 Conteúdos: Período simples e composto; Coordenação 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Reconhecer

Leia mais

Pronomes e determinantes demonstrativos

Pronomes e determinantes demonstrativos Pronomes e determinantes demonstrativos Pronomes e determinantes demonstrativos - formas Masculino Feminino Formas variáveis Singular este esse aquele esta essa aquela Formas invariáveis (neutras) isto

Leia mais

Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo. Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21

Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo. Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21 Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo Português, língua materna 16 Português, língua padrão 17 Outras variedades do português 18 Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21 Parte

Leia mais

Gramática Eletrônica

Gramática Eletrônica Lição 5 Classes de palavras Na elaboração de um texto escrito, utilizamos palavras para exprimirem nossas idéias. De acordo com a idéia que expressam, as palavras são agrupadas, na nossa língua, em dez

Leia mais

Professor Paulo Alexandre

Professor Paulo Alexandre Professor Paulo Alexandre O conteúdo dos slides a seguir foi baseado em um percurso didático para dinamizar o processo de explicação do conteúdo em sala de aula. Trata-se de um recorte teórico e aprofundado

Leia mais

Unidade I Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 7.2 Conteúdo: Funções sintáticas dos pronomes relativos. 7.2 Habilidades: Aprender a classificar e identificar as funções sintáticas dos pronomes

Leia mais

Português. Crase. Professor Carlos Zazmbeli.

Português. Crase. Professor Carlos Zazmbeli. Português Crase Professor Carlos Zazmbeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português CRASE Eles foram à praia no fim de semana (A prep. + A artigo) A aluna à qual me refiro é estudiosa (A prep. + A do pronome

Leia mais

Prevenir a) Transitivo direto (= evitar dano, mal, etc): A prudência previne as desgraças.

Prevenir a) Transitivo direto (= evitar dano, mal, etc): A prudência previne as desgraças. Prevenir a) Transitivo direto (= evitar dano, mal, etc): A prudência previne as desgraças. b) Transitivo direto e indireto (= avisar com antecedência) Vou prevenir minha irmã de que Teresa de Jesus irá

Leia mais

DE VILA POUCA DE AGUIAR SUL (150666) 1º PERÍODO

DE VILA POUCA DE AGUIAR SUL (150666) 1º PERÍODO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA POUCA DE AGUIAR SUL (150666) ANO LETIVO: 2013/2014 ANO: 6º CURRÍCULO DA DISCIPLINA: Português CONTEÚDOS 1º PERÍODO Leitura Texto poético. Compreensão. Texto narrativo. Narrador.

Leia mais

Sistema COC de Educação Unidade Portugal

Sistema COC de Educação Unidade Portugal Sistema COC de Educação Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2008. Nome: 3º ano (2ª série) AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO IV 2º BIMESTRE Eixo temático Comunidades e organizações Disciplina/Valor Português

Leia mais

Nome: N o : 8 ano: Prof a. Inês - Língua Portuguesa - Revisão -

Nome: N o : 8 ano: Prof a. Inês - Língua Portuguesa - Revisão - CENTRO EDUCACIONAL PIONEIRO Data: / /2009 Nome: N o : 8 ano: Prof a. Inês - Língua Portuguesa - Revisão - Faça esta atividade com muita atenção e calma. Quando tiver dúvidas consulte suas folhas já estudadas

Leia mais

REF: Parecer sobre recursos Gabarito Processo Seletivo - Edital 03/2010.

REF: Parecer sobre recursos Gabarito Processo Seletivo - Edital 03/2010. CARGO: Orientador Social Candidata: Vanessa Lorena Severo Guimaraes PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS Questão 07) A candidata afirma que o enunciado da questão é pouco compreensível. Recurso Improcedente:

Leia mais

2. A Frase. Ex: Apareceram 10 marceneiros, 20 carpinteiros e 40 envernizadores.

2. A Frase. Ex: Apareceram 10 marceneiros, 20 carpinteiros e 40 envernizadores. 2. A Frase A frase é um conjunto de palavras ordenadas que transmite uma ideia com sentido, começa com letra maiúscula e termina num sinal de pontuação. Os sinais de pontuação auxiliam a leitura e esclarecem

Leia mais

Período Composto por Coordenação

Período Composto por Coordenação Período Composto por Coordenação Questão 01 - O período composto por coordenação é formado por orações sintaticamente independentes. Elas podem ser sindéticas e assindéticas. Já no período composto por

Leia mais

EXPRESSÃO ESCRITA. O Sumário aqui presente é a continuação do que desenvolvemos na aula anterior: 1. Introdução. 2.

EXPRESSÃO ESCRITA. O Sumário aqui presente é a continuação do que desenvolvemos na aula anterior: 1. Introdução. 2. EXPRESSÃO ESCRITA Sejam bem-vindos à quarta videoaula de Expressão Escrita. Sou a Maj Anna Luiza professora de Português da Seção de Idiomas da ECEME. Esta aula se destina a você, aluno do CP/ECEME e aos

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

4 As concepções de objeto direto

4 As concepções de objeto direto 4 As concepções de objeto direto Assim como se fez necessário para meu trabalho investigar as noções de sujeito, faz-se importante um capítulo sobre o objeto direto que, sendo de natureza nominal, constituindo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdos 6ºano

LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdos 6ºano LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdos 6ºano 1º Período UNIDADE 0 Ponto de partida Reportagem televisiva - memória - texto narrativo - narrador - argumentação Regulamento A visita de estudo -narrativa Fotografia

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Capítulo 1 Introdução ao estudo da sintaxe...1 Capítulo 2 Termos essenciais da oração I... 1 Capítulo 3 Termos essenciais da oração II... 3 Capítulo 4 Termos integrantes

Leia mais

Pronomes Relativos. Gramatica Morfologia

Pronomes Relativos. Gramatica Morfologia Pronomes Relativos Gramatica Morfologia Definição São pronomes relativos aqueles que representam nomes já mencionados anteriormente e com os quais se relacionam. Introduzem as orações subordinadas adjetivas.

Leia mais

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Tipos de sujeitos: Sujeito simples Sujeito composto Sujeito indeterminado Sujeito inexistente O que

Leia mais

Verbos Parte I. Apostila 4, Capítulo 12 Unidades 45 a 47 (pág. 343 a 354)

Verbos Parte I. Apostila 4, Capítulo 12 Unidades 45 a 47 (pág. 343 a 354) Verbos Parte I Apostila 4, Capítulo 12 Unidades 45 a 47 (pág. 343 a 354) Professora Simone 2 Verbo É uma palavra de forma variável, que exprime ação, estado ou fenômeno, indicando ainda, de acordo com

Leia mais

Jimboê. História. Avaliação. Projeto. 5 o ano. 3 o bimestre

Jimboê. História. Avaliação. Projeto. 5 o ano. 3 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao terceiro bimestre escolar ou à Unidade 3 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê 5 o ano Avaliação 3 o bimestre 1 Avaliação NOME: ESCOLA: PROFESSOR: TURMA:

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS Tutora: Ariana de Carvalho O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS As orações subordinadas adverbiais exercem a função sintática de adjunto adverbial da oração principal. Exemplo: Eles chegaram quando amanhecia.

Leia mais

META Discorrer sobre o conceito de oração subordinada substantiva e sobre três tipos dessas orações.

META Discorrer sobre o conceito de oração subordinada substantiva e sobre três tipos dessas orações. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS (I) Aula 3 META Discorrer sobre o conceito de oração subordinada substantiva e sobre três tipos dessas orações. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá: terminada

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Prof. Albert Iglésia

LÍNGUA PORTUGUESA. Prof. Albert Iglésia LÍNGUA PORTUGUESA Regência Nominal Relação entre um adjetivo, advérbio ou substantivo abstrato transitivo e seu complemento, por meio de preposição. 1. Os cursos do Ponto têm sido úteis a muitos candidatos.

Leia mais

Eduardo e Mônica. Aluno(a): Nº. Disciplina: Língua Portuguesa Data da prova: 31/10/2014. P2-4º BIMESTRE

Eduardo e Mônica. Aluno(a): Nº. Disciplina: Língua Portuguesa Data da prova: 31/10/2014. P2-4º BIMESTRE Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 7º ano Disciplina: Língua Portuguesa Data da prova: 31/10/2014. P2-4º BIMESTRE Para um relacionamento amoroso dar certo, será que as pessoas precisam

Leia mais

Aposto. Professora: Caliana Medeiros

Aposto. Professora: Caliana Medeiros Aposto Professora: Caliana Medeiros É um termo que se junta a outro de valor substantivo ou pronominal para explicá-lo ou especificá-lo melhor. Vem separado dos demais termos da oração por vírgula, dois-pontos

Leia mais