COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE º Bimestre METODOLÓGICO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014. 1º Bimestre METODOLÓGICO"

Transcrição

1 COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 Professor: Amilton Uber Disciplina: MATEMÁTICA Turma: 8º ano D 1º Bimestre CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS DIDÁTICOS AVALIAÇÃO Revendo Números Números naturais. Números inteiros. Números racionais. Os Números reais e a reta Números inteiros. Números racionais não inteiros. Números irracionais. Números reais. Representação dos conjuntos numéricos. Operações em IR. matemática no tempo. Classificar números já conhecidos. Determinar a representação decimal infinita e periódica de qualquer número racional dado sob forma frácionária. Explorar a decomposição em fatores primos. Reconhecer que os números racionais não preenchem a reta numérica. Reconhecer um número irracional como um número cuja representação decimal infinita não é periódica. Reconhecer que existe uma correspondência biunívoca entre o número realne o conjunto dos pontos da reta. Determinar o valor absoluto de um número Atividades com os alunos para verificar os conhecimentos que estes possuem sobre o conteúdo. Leitura de textos e/ou curiosidades dos livros didáticos e Situações problemas que envolvam o cotidiano do aluno. Jogos e desafios. Explicação com exemplos e atividades na lousa. Atividades dos livros didáticos e Atividade extraclasse. Correção das atividades no quadro e individual quando necessário. Apresentação de trabalhos e/ou entrega de trabalhos. Atividades do livro didático. Atividades complementares conforme a necessidade da turma e/ou aluno. Pesquisa em livros, jornais e revistas. Resolução de desafios matemáticos durante a aula. propostos Livros didáticos e paradidáticos. TV Pen Drive. Jornais e Revistas.. A avaliação ocorrerá da seguinte forma: Será atribuído peso 3,0 (três pontos) para as seguintes atividades Trabalhos na forma de pesquisa individual ou em grupo e apresentação dos mesmos. Raciocínio lógico e calculo mental. Interpretação, argumentação e participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula. Atividades propostas em sala de aula e tarefas. Organização do material e assiduidade. Será atribuído peso 7,0 (sete pontos) para : Prova escrita ou oral ou com consulta ao material do aluno. No final do bimestre será realizada uma avaliação de recuperação escrita com peso 10,0 (dez pontos) sobre os conteúdos estudados no bimestre e retomados pelo professor conforme as dificuldades apresentadas

2 Potência de base real e expoente inteiro Recordando potências. Cálculo de potências. Potências de base 10 e notação científica. Raiz Quadrada Raiz quadrada aritmética. Algoritmo da raiz quadrada. real qualquer. Operar com números reais fazendo aproximações. Elevar qualquer número real a um expoente inteiro aplicar as propiedades da potenciação em cálculos com números reais. Reconhecer a notação científica. Reconhecer a, sendo a um número real positivo. Determinar a raiz quadrada positiva. Extrair raízes quadradas por decomposição em fatores primos. Verificar quando as raízes quadradas são números racionais ou números irracionais. Transportar segmentos. Medir segmentos. Verificar que dois segmentos congruentes tem medidas iguais. Pesquisa em jornais, revistas, internet, etc. pelos alunos. Simulado até 1,5 na média Observação: A média bimestral será calculada da seguinte forma: N1 = prova + trabalho = 10,0 N2 Recuperação = 10,0 Média final = (N1 + N2)/2 Com relação aos alunos com necessidades educacionais especiais haverá flexibilização das atividades avaliativas conforme as suas necessidades.

3 Segmentos Segmento de reta. Transporte segmentos. de Congruência de segmentos. Medida de um segmento. Ponto médio de um segmento. Uso do esquadro. Ângulos Semireta. O que é ângulo? Transporte Ângulos. de Congruência de ângulos. Nome dado aos ângulos. Bissetriz de um ângulo. Retas coplanares Retas coplanares. Identificar o ponto médio de um segmento usando a congruência de segmentos. Obter e representar a mediatriz de um segmento. Transportar ângulos. Verificar que dois ângulos congruentes tem medidas iguais. Obter e representar a bissetriz de um ângulo. Estabelecer a relação de inclusão entre reta e plano e traduzi-la simbolicamente. Identificar e representar retas coplanares concorrentes e paralelas. representar os vértices, os lados e os ângulos internos de um triângulo. Determinar o perímetro de um triângulo. Classificar um triângulo quanto aos lados. Compreender que a soma dos ângulos internos de um triângulo

4 Posições relativas de duas retas. Ângulos de duas retas com uma transversal. Triângulos Triângulo. Classificação dos triângulos quanto aos lados. Soma dos ângulos de um triângulo. Congruência de triângulos. Pontos notáveis do triângulo. Triângulo isósceles. Triângulo eqüilátero. é 180º. Classificar um triângulo quanto aos ângulos. Reconhecer triângulos congruentes por meio da congruência dos lados e dos ângulos. Reconhecer a mediatriz de um triângulo. Construir a mediatriz de um triângulo. construir a bissetriz de um triângulo. Determinar o ortocentro de um triângulo. Reconhecer um triângulo isósceles. Aplicar as propriedades de um triângulo isósceles. Estatística MÉDIAS(média Conceituar e calcular as médias aritméticas, aritmética, média geométricas e ponderada, média ponderada. geométrica e cálculo da Identificar situações média numa tabela de onde aplicação de cada freqüências). média.

5 2º Bimestre CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS DIDÁTICOS AVALIAÇÃO Expressões Algébricas Expressões contendo letras. Valor numérico. Polinômios. Reconhecer uma expressão algébrica determinar o valor numérico de uma expressão algébrica. Reconhecer termos ou monômios. Distinguir a parte numérica e a parte literal de um monômio. Reconhecer termos semelhantes. Determinar a soma algébrica de termos semelhantes. Reconhecer polinômios. Identificar o polinômio na variável x, ordenados segundo os expoentes decrescentes da variável. Determinar o grau de um polinômio a uma variável. Atividades com os alunos para verificar os conhecimentos que estes possuem sobre o conteúdo. Leitura de textos e/ou curiosidades dos livros didáticos e Situações problemas que envolvam o cotidiano do aluno. Jogos e desafios. Explicação com exemplos e atividades na lousa. Atividades dos livros didáticos e Atividade extraclasse. Correção das atividades no quadro e individual quando necessário. Apresentação de trabalhos e/ou entrega de trabalhos. Atividades do livro didático. Atividades complementares conforme a necessidade da turma e/ou aluno. Jogos matemáticos. Pesquisa no laboratório de informática. Resolução de desafios matemáticos propostos durante a aula. Livros didáticos e paradidáticos. Laboratório informática. de A avaliação ocorrerá da seguinte forma: Será atribuído peso 3,0 (três pontos) para as seguintes atividades Trabalhos na forma de pesquisa individual ou em grupo e apresentação dos mesmos. Interpretação, argumentação e participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula. Atividades propostas em sala de aula e tarefas. Será atribuído peso 7,0 (sete pontos) para : Prova escrita ou oral ou com consulta ao material do aluno. No final do bimestre será realizada uma avaliação de recuperação escrita com peso 10,0 (dez pontos) sobre os conteúdos estudados no bimestre e retomados pelo professor conforme as dificuldades apresentadas pelos alunos. Observação: A média bimestral será calculada da

6 Operações com polinômios Adição. Subtração. Multiplicaçã o. Divisão. Determinar a soma de polinômios. determinar o oposto de um polinômio. Determinar a diferença de polinômios. Simplificar expressões algébricas, eliminando parênteses, colchetes e chaves e reduzindo os semelhantes. Efetuar multiplicação termos e divisão de monômios por monômios e de monômios por polinômios Pesquisa em jornais, revistas, internet, etc. seguinte forma: N1 = prova + trabalho = 10,0 N2 Recuperação = 10,0 Média final = (N1 + N2)/2 Com relação aos alunos com necessidades educacionais especiais haverá flexibilização das atividades avaliativas conforme as suas necessidades.

7 3º Bimestre CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS DIDÁTICOS AVALIAÇÃO Produtos notáveis Quadrado da soma de dois termos Quadrado da diferença de dois termos Produto da soma pela diferença de dois termos. Fatoração de polinômios Fração algébrica e simplificação. Fatoração. Quadrados perfeitos Operações com frações algébricas. calcular o quadrado da soma de dois termos. calcular o quadrado da diferença de dois termos. calcular o produto da soma pela diferença de dois termos. Reconhecer os fatores comuns dos termos de um polinômio e colocálos em evidência. Atividades com os alunos para verificar os conhecimentos que estes possuem sobre o conteúdo. Leitura de textos e/ou curiosidades dos livros didáticos e Situações problemas que envolvam o cotidiano do aluno. Explicação com exemplos e atividades na lousa. Atividades dos livros didáticos e Atividade extraclasse. Correção das atividades no quadro e individual quando necessário. Reconhecer a possibilidade de se fatorar certos polinômios agrupando seus termos. Reordenar os termos de um polinômio e Apresentação transformá-lo em produto. Reconhecer um monômio quadrado perfeito. de trabalhos e/ou entrega de trabalhos. Pesquisa em jornais, revistas, internet, etc. Atividades do livro didático. Atividades complementares conforme a necessidade da turma e/ou aluno. Pesquisa no laboratório de informática. Livros didáticos e paradidáticos. Jogos e desafios. Multimídia e Sítios especializados Laboratório de informática. A avaliação ocorrerá da seguinte forma: Será atribuído peso 3,0 (três pontos) para as seguintes atividades Trabalhos na forma de pesquisa individual ou em grupo e apresentação dos mesmos. Raciocínio lógico e calculo mental. Interpretação, argumentação e participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula. Atividades propostas em sala de aula e tarefas. Organização do material e assiduidade. Será atribuído peso 7,0 (sete pontos) para : Prova escrita, oral ou com consulta ao material do aluno. No final do bimestre será realizada uma avaliação de recuperação escrita com peso 10,0 (dez pontos) sobre os conteúdos estudados no bimestre e retomados pelo professor conforme as dificuldades

8 Reconhecer uma diferença de dois quadrados. Determinar a forma fatorada de uma diferença de dois quadrados. Reconhecer um trinômio quadrado perfeito. Determinar a forma fatorada de um trinômio quadrado perfeito Simplificar e operar com frações algébricas. apresentadas pelos alunos. Observação: A média bimestral será calculada da seguinte forma: N1 = prova + trabalho = 10,0 N2 Recuperação = 10,0 Média final = (N1 + N2)/2 Com relação aos alunos com necessidades educacionais especiais haverá flexibilização das atividades avaliativas conforme as suas necessidades. Quadriláteros Conceito elementos. Quadriláteros convexos côncavos. Quadriláteros notáveis. Propriedades quadriláteros notáveis. Definir quadriláteros e representar os vértices, os lados e e os ângulos internos de um quadrilátero. Determinar o perímetro de um quadrilátero. dos Reconhecer quadriláteros convexos e côncavos. Determinar a soma dos ângulos de um quadrilátero convexo.

9 identificar os diferentes tipos de quadriláteros. Aplicar as propriedades dos diferentes tipos de quadriláteros. Verificar que todo quadrado é paralelogramo, retângulo e losango. Equações Produto igual a zero. Fatoração e resolução de equações Equações impossíveis e equações indeterminadas. Equação 1ºgrau do Equacionar e resolver problemas de de 1º grau. Reconhecer uma equação de 1 grau. Reconhecer uma equação impossível como uma equação redutível por operações elementares à forma 0.x = b, em que b é real e não nulo. Determinar a solução geral de uma equação literal, observando as condições de validade. Reconhecer uma equação fracionária como uma equação em que pelo menos um dos termos é uma

10 Sistema de equações Problemas com duas incógnitas. Método de adição. Método de substituição. Método de comparação. Interpretação geométrica. Sistemas impossíveis e sistemas indeterminados. fração algébrica. Estabelecer sua condição de existência de uma equação fracionária determinando seu conjunto universo. Resolver um sistema de equações de 1 grau com duas variáveis pelo método de substituição, de adição ou da comparação. Resolver problemas de 1 grau com duas variáveis usando o sistema de equações. Associar as soluções de equação do 1 grau com duas variáveis pontos que pertencem a uma mesma reta. Chamada de gráfico da equação. Representar o gráfico da equação. Distinguir sistema impossíveis, indeterminados e determinados.

11 4º Bimestre CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS DIDÁTICOS AVALIAÇÃO Inequações do 1 grau Inequaçoes. Representação na reta Sistemas de inequações. Circunferência e círculo Distância entre dois pontos. Circunferência. Corda. Resolver inequações de 1 grau. Reconhecer o conjunto verdade de uma inequação. Representar na reta numérica o conjunto verdade de uma inequação. Reconhecer um um sistema de inequações como ma sentença aberta formada por duas inequações ligadas com o conectivo e. Representar e determinar o conjunto verdade de um sistema de equações. Verificar que a distância entre dois pontos é a medida do segmento que tem extremidades nesses Atividades do livro Atividades com os didático. alunos para verificar Atividades os conhecimentos complementares que estes possuem conforme a necessidade sobre o conteúdo. da turma e/ou aluno. Leitura de textos Resolução de desafios e/ou curiosidades matemáticos propostos dos livros didáticos e durante a aula. Situações problemas que envolvam o cotidiano do aluno. Jogos e desafios. Explicação com exemplos e atividades na lousa. Atividades dos livros didáticos e Atividade extraclasse. Correção das atividades no quadro e individual quando necessário. Apresentação trabalhos de e/ou Livros didáticos e paradidáticos. Desafios. Multimídia. Laboratório informática. de A avaliação ocorrerá da seguinte forma: Será atribuído peso 3,0 (três pontos) para as seguintes atividades Trabalhos na forma de pesquisa individual ou em grupo e apresentação dos mesmos. Raciocínio lógico e calculo mental. Interpretação, argumentação e participação nas atividades desenvolvidas em sala de aula. Atividades propostas em sala de aula e tarefas. Organização do material e assiduidade. Será atribuído peso 7,0 (sete pontos) para : Prova escrita ou oral ou com consulta ao material do aluno. No final do bimestre será realizada uma avaliação de recuperação escrita com peso 10,0 (dez pontos) sobre os conteúdos estudados no bimestre e

12 Diâmetro. Posição de ponto e circunferência Posições relativas de reta e circunferência Posições relativas de duas circunferências. Segmentos tangentes. Arcos de ângulos inscritos em Quadriláteros inscritíveis. Arco capaz. pontos. representar uma Discriminar em uma circunferência o centro,o raio, a corda e o diâmetro. Verificar se um ponto é interno ou externo a uma Reconhecer o círculo como a reunião da circunferência com um conjunto de pontos internos. Verificar que a distância entre um ponto e uma reta é a medida do segmento perpendicular a reta, com extremidades no ponto e na reta. Verificar e aplicar a propriedade da secante. Verificar e aplicar a propriedade da tangente. Conhecer as posições relativas de reta e de Conhecer as posições relativas de reta e entrega de trabalhos. Pesquisa em jornais, revistas, internet, etc. retomados pelo professor conforme as dificuldades apresentadas pelos alunos. Observação: A média bimestral será calculada da seguinte forma: N1 = prova + trabalho = 10,0 N2 Recuperação = 10,0 Média final = (N1 + N2)/2 Com relação aos alunos com necessidades educacionais especiais haverá flexibilização das atividades avaliativas conforme as suas necessidades.

13 Reconhecer circunferências concêntricas. Verificar a propriedade de dois segmentos com uma extremidade comum, tangentes a uma Reconhecer quadrilátero circunscrito a uma Reconhecer se um quadrilátero é circunscritível pela soma de lados opostos. Reconhecer um arco de uma Identificar uma semi Reconhecer o ângulo central relativo a uma Construir as tangentes a uma circunferência por um ponto dado. Reconhecer um quadrilátero inscrito em uma Reconhecer um arco capaz de segmento dado.

14 Conhecer a propriedade dos pontos do arco capaz. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARANÁ. Secretaria do Estado da Educação. Departamento de Ensino de Primeiro Grau. Diretrizes Curriculares da Educação Básica. Curitiba: SEED/DEPG, GELSON IEZZI, OSVALDO DOLCE e ANTONIO MACHADO. Matemática e Realidade: 8 o ano 6 a Edição - São Paulo: Atual, ALVARO ANDRINI, MARIA JOSÉ C. DE V. ZAMPIROLO, Novo Praticando Matemática. São Paulo: Editora Brasil, JOSÉ RUY GIOVANNI JUNIOR, BENEDICTO CASTRUCCI, A Conquista da Matemática 8 o Ano, Ed. Renovada - São Paulo: FTD, ANTONIO JOSÉ LOPES. Matemática hoje é feita assim. 2 a Ed. Atual. São Paulo: FTD ANDRINI, Álvaro e Vasconcellos Maria José. Praticando Matemática, Editora do Brasil, 2002 Diretrizes Curriculares de Matemática para o Ensino Fundamental Versão preliminar / julho 2006 DANTE Luiz Roberto.Tudo é matemática. Editora Ática (7ªsérie, PNLD, 2008,2009 ). DANTE, Luiz Roberto. Tudo é Matemática. Editora Ática, São Paulo, 2008 DUARTE Vewton. O Compromisso Político do Educador da Matemática. Universidade Federal de São Carlos. IMENES, Luiz M.; LELLIS, Marcelo. Coleção Matemática, 7ª série. 1ª edição. São Paulo. Scipione JAKUBO, José; LELLIS, Marceloa. Matemática na Medida Certa. Coleção Matemática, 7ª série. São Paulo. Scipione, 1998 NAME Miguel Assis. Tempo de Matemática OBSERVAÇÕES Os conteúdos referentes a História e cultura afro-brasileira, africana e indígena (Lei nº 11645/08). Prevenção ao uso indevido de drogas, sexualidade humana; educação ambiental; educação Fiscal; enfrentamento a violência contra a criança e o adolescente L.F. Nº 11525/07; Educação Tributária Dec. Nº 1143/00, Portaria nº 413/03, Educação Ambiental nº 9795/99; Dec. Nº 4201/02, serão trabalhados na disciplina na medida em que se encontrarem relacionados com o conteúdo em questão e em projetos desenvolvidos pela escola.

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014. 1º Bimestre METODOLÓGICO

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014. 1º Bimestre METODOLÓGICO COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 Professor: Amilton Uber Disciplina: MATEMÁTICA Turma: 8º ano 1º Bimestre CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Disciplina: MATEMÁTICA Trimestre: 1º Professora: Ana Eudóxia Alux Bessa Série: 8º Turma: 81,82,83 e 84

Disciplina: MATEMÁTICA Trimestre: 1º Professora: Ana Eudóxia Alux Bessa Série: 8º Turma: 81,82,83 e 84 COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: MATEMÁTICA Trimestre: 1º Professora: Ana Eudóxia Alux Bessa Série:

Leia mais

Disciplina: Matemática Ano letivo: 2014 8º ANO Professor(a): Josiane Caroline Protti

Disciplina: Matemática Ano letivo: 2014 8º ANO Professor(a): Josiane Caroline Protti Colégio Estadual Senador Attílio Fontana Ensino Fundamental, Médio e Profissional PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Disciplina: Matemática Ano letivo: 2014 8º ANO Professor(a): Josiane Caroline Protti Fundamentação

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD Professor (a): ELINALVA GOMES Disciplina: MATEMÁTICA Ano: 9º C 1º BIMESTRE CONTEÚDOS ESTRUTURANTES: NÚMEROS, ÁLGEBRAS,

Leia mais

1º BIMESTRE Encaminhamentos Metodológicos (como?)

1º BIMESTRE Encaminhamentos Metodológicos (como?) NRE - TOLEDO PLANO DE TRABALHO DOCENTE MATEMÁTICA COLÉGIO SENADOR ATILIO FONTANA Ensino Fundamental e Médio SÉRIE: 8º ano B ANO LETIVO: 2014 PROF: TEREZA HENRIQUETTA BENETTI Conjuntos numéricos Números

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD Professor (a):marcelo ANTONO MOREIRA Disciplina: MATEMÁTICA Ano: 9º D 1º BIMESTRE CONTEÚDOS ESTRUTURANTES: NÚMEROS

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2014. Objetivos. Os objetivos específicos do ensino de Matemática para o ensino fundamental devem levar ao aluno a.

PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2014. Objetivos. Os objetivos específicos do ensino de Matemática para o ensino fundamental devem levar ao aluno a. COLEGIO ESTADUAL DARIO VELLOZO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL Rua Haroldo Hamilton, 271 Centro - CEP 85905 390 Fone/Fax 45 3378-5343 - Email: colegiodariovellozo@yahoo.com.br Toledo Paraná PLANO

Leia mais

NÚMEROS, ÁLGEBRA E FUNÇÕES

NÚMEROS, ÁLGEBRA E FUNÇÕES Colégio Estadual Senador Attílio Fontana - Ensino Fundamental, Médio e Profissionalizante Plano Trabalho Docente 2014 Professora: Silvia Cella Finger Disciplina: Matemática Ano:1º C 1º BIMESTRE NÚMEROS,

Leia mais

CONTEÚDOS PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL AGOSTO / 2016 MATEMÁTICA

CONTEÚDOS PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL AGOSTO / 2016 MATEMÁTICA CONTEÚDOS PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL AGOSTO / 2016 ANO: 6º A e B Prof: Zezinho e Admir MATEMÁTICA PROGRAMA II DATA DA PROVA: 09 / 08 / 2016 HORÁRIO: 14h GRUPO 2 - ORIGEM E EVOLUÇÃO CAPÍTULO

Leia mais

Eixo Temático ITema 1: Conjuntos Numéricos. Números e Operações

Eixo Temático ITema 1: Conjuntos Numéricos. Números e Operações Eixo Temático ITema 1: Conjuntos Numéricos Números e Operações 1. Conjunto dos números naturais 2. Conjunto dos números inteiros 1.0. Conceitos 3 1.1. Operar com os números naturais: adicionar, multiplicar,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE C.E. ATTÍLIO FONTANA 1º BIMESTRE JUSTIFICATIVA

PLANO DE TRABALHO DOCENTE C.E. ATTÍLIO FONTANA 1º BIMESTRE JUSTIFICATIVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE C.E. ATTÍLIO FONTANA Professora: Andréia Bamberg Vieira Disciplina: Matemática AnO7 H Período: Vespertino 1º BIMESTRE NÚMEROS E ÁLGEBRA - Números Naturais: - A sequência dos números

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 MATEMÁTICA DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação CENTRO EDUCACIONAL LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Trimestre:

Leia mais

Planificação Anual de Matemática 5º Ano

Planificação Anual de Matemática 5º Ano Planificação Anual de Matemática 5º Ano DOMÍNI OS CONTEÚDOS METAS AULA S Números naturais Compreender as propriedades e regras das operações e usá-las no cálculo. Propriedades das operações e regras operatórias:

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL ANASTÁCIA KRUK - ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO

COLÉGIO ESTADUAL ANASTÁCIA KRUK - ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO COLÉGIO ESTADUAL ANASTÁCIA KRUK - ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD E PLANEJAMENTO 2011 DISCIPLINA: MATEMÁTICA PROFESSOR EVANDRO ORTIZ DA SILVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD 2011 PROFESSOR:

Leia mais

ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS

ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS COLÉGIO ESTADUAL SANTO ANTONIO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE MATEMÁTICA 1º SEMESTRE /2012 SÉRIE:9 ANO A PROFESSORA: MARIA ANGELA DE LIMA CONTEÚDOS Conteúdos Estruturantes: Números

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 8.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL 1. Representação, comparação e ordenação. Representar números racionais

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 1º BIMESTRE DA DISCIPLINA

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 1º BIMESTRE DA DISCIPLINA COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 Professor MARISTELA Disciplina: MATEMÁTICA Turma: 1º ANO 1º BIMESTRE S Grandezas e medidas,

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL RELAÇÃO

Leia mais

8º Ano Planificação Matemática 14/15

8º Ano Planificação Matemática 14/15 8º Ano Planificação Matemática 14/15 Escola Básica Integrada de Fragoso 8º Ano Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números e Operações Geometria e medida Dízimas finitas e infinitas periódicas

Leia mais

Plano de Curso. Matemática Ensino Fundamental. Fase final ( 6º a 9º ano )

Plano de Curso. Matemática Ensino Fundamental. Fase final ( 6º a 9º ano ) Plano de Curso Matemática Ensino Fundamental Fase final ( 6º a 9º ano ) 2012 2 APRESENTAÇÃO Caro(a) professor(a), (...) Protege-me das incursões obrigatórias que sufocam o prazer da descoberta e com o

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 1 semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 1 semestre EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Matemática FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( X ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( X ) Presencial ( ) PROEJA ( ) EaD

Leia mais

ORIENTAÇÕES CURRICULARES 7º ANO MATEMÁTICA

ORIENTAÇÕES CURRICULARES 7º ANO MATEMÁTICA ORIENTAÇÕES CURRICULARES 7º ANO MATEMÁTICA Objetivos Conteúdos Habilidades Reconhecer números inteiros, e as diferentes formas de representá-los e relacioná-los, apropriando-se deles. Números inteiros:

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 5.º ANO DE MATEMÁTICA 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de conhecer e aplicar propriedades dos divisores e efetuar operações com números racionais

Leia mais

Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Escola Básica Tecnopolis

Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Escola Básica Tecnopolis Teorema de Pitágoras- Unidade 2 1.ºP Tema Calendarização Domínio N.º de aulas de 45 minutos Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Escola Básica Tecnopolis Planificação Curricular a Longo Prazo Matemática

Leia mais

Planejamento Anual OBJETIVO GERAL

Planejamento Anual OBJETIVO GERAL Planejamento Anual Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2016 Professor(s): Eni e Patrícia OBJETIVO GERAL Desenvolver e aprimorar estruturas cognitivas de interpretação, análise, síntese,

Leia mais

PLANEJAMENTO 2016. Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental Prof.: Rafael

PLANEJAMENTO 2016. Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental Prof.: Rafael Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental Prof.: Rafael 1ª UNIDADE II ) Compreensão de fenômenos Contagem 1. Números pra quê? 2. Sistemas de numeração 3. O conjunto dos números naturais

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RAINHA D. LEONOR ESCOLA BÁSICA 2/3 EUGÉNIO DOS SANTOS Matemática Conteúdos 8ºAno de Escolaridade Ano Letivo 2013/14

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RAINHA D. LEONOR ESCOLA BÁSICA 2/3 EUGÉNIO DOS SANTOS Matemática Conteúdos 8ºAno de Escolaridade Ano Letivo 2013/14 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RAINHA D. LEONOR ESCOLA BÁSICA 2/3 EUGÉNIO DOS SANTOS Matemática Conteúdos 8ºAno de Escolaridade Ano Letivo 2013/14 DOMÍNIO: NÚMEROS E OPERAÇÕES SUB-DOMÍNIO: NÚMEROS REAIS Números

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1º BIMESTRE 1-Conjuntos numéricos, regularidades numéricas e/ou geométricas ( conjuntos numéricos; seqüências numéricas e/ou geométricas; termo geral

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD Professor (a):_diana Maria Hoffmann Disciplina: Física 3C Ano: 2015 Bimestre: 1º ESTRUTURANTE: ELETROMAGNETISMO

Leia mais

1º ano. Unidade 1: Conjuntos Numéricos. Unidade 2: Expressões Algébricas. Capítulo 9 - Itens: 2, 3 (2º ano) Unidade 3: Equações

1º ano. Unidade 1: Conjuntos Numéricos. Unidade 2: Expressões Algébricas. Capítulo 9 - Itens: 2, 3 (2º ano) Unidade 3: Equações 1º ano Unidade 1: Conjuntos Numéricos Expressão Numérica Unidade 2: Expressões Algébricas Classificação Valor numérico Monômios e polinômios Produtos notáveis Fatoração Equação do 1º grau (inteiras e fracionadas)

Leia mais

2.2. ÁLGEBRA E GEOMETRIA - Circunferências e círculos (Unidade 3 - Capítulo 3).

2.2. ÁLGEBRA E GEOMETRIA - Circunferências e círculos (Unidade 3 - Capítulo 3). ROTEIRO DE ESTUDOS 3 NOME Nº 8 ANO MATEMÁTICA - 3º BIMESTRE Profs. Yuri, Marcello e Décio 1. APRESENTAÇÃO Caro aluno, A estrutura da recuperação paralela do Colégio Pentágono pressupõe uma revisão dos

Leia mais

Em um terreiro, há galinhas e carneiros, num total de 21 animais e 50 pés. Quantos animais de cada espécie há nesse terreiro? 5, sendo U = R.

Em um terreiro, há galinhas e carneiros, num total de 21 animais e 50 pés. Quantos animais de cada espécie há nesse terreiro? 5, sendo U = R. EXERÍIO OMPLEMENTRES - MTEMÁTI - 8º NO - ENSINO FUNMENTL - ª ETP 0- ssunto: Equação Nominal Resolva a equação literal a - a. 0- ssunto: Sistema de Equação Em um terreiro, há galinhas e carneiros, num total

Leia mais

1º período. Conhecer os algarismos que compõem o SND (0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9). Diferenciar algarismos e números. e vice-versa.

1º período. Conhecer os algarismos que compõem o SND (0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9). Diferenciar algarismos e números. e vice-versa. 1º período Os números naturais: Sistema de Numeração Decimal. (SND) Um pouco de história: sistema de numeração dos romanos. Os números naturais Sistema de Numeração Decimal (SND). Unidades e dezenas. Unidades,

Leia mais

Aula de Matemática. Semana do período zero Turma 2 28/03/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP

Aula de Matemática. Semana do período zero Turma 2 28/03/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP Aula de Matemática Semana do período zero Turma 2 28/03/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP Cursinho TRIU -Matemática Ementa Geometria plana Congruência de figuras

Leia mais

MATEMÁTICA B 10ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Módulo Inicial

MATEMÁTICA B 10ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Módulo Inicial ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA B 10ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Módulo Inicial Revisões de conceitos do 3º ciclo Efetuar cálculos com números reais utilizando valores exatos

Leia mais

CURRICULO DE MATEMÁTICA

CURRICULO DE MATEMÁTICA CURRICULO DE MATEMÁTICA Esta grade curricular é baseada nos objetivos do sistema UNOi, nas habilidades da matriz ENEM e nas diretrizes do SARESP. 1 MATEMÁTICA 6ºANO 6ºano MOD. CONTEÚDO OBJETIVO HABILIDADES

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

Processo Seletivo 2016. Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental

Processo Seletivo 2016. Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Avaliação do Desenvolvimento e Desempenho da Criança nos aspectos cognitivo, afetivo, socialização e psicomotor, através de atividades compatíveis com

Leia mais

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação. Avaliação diagnóstica. Observação e registo das atitudes dos alunos

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação. Avaliação diagnóstica. Observação e registo das atitudes dos alunos Escola E.B. 2.3 Pedro Santarém Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividas Recursos Avaliação Preparar e organizar o trabalho a realizar com os alunos Distinguir número inteiro número fraccionário. Reconhecer

Leia mais

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Médio (1º Ano) Língua Portuguesa

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Médio (1º Ano) Língua Portuguesa Ensino Médio (1º Ano) Língua Portuguesa Em Língua Portuguesa (com foco em leitura) serão avaliadas habilidades e competências, agrupadas em 8 tópicos que compõem a Matriz de Referência dessa disciplina,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO Este Anexo integra o Edital Nº 40/2007, que disciplina o Concurso Público destinado ao provimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. Planos de Ensino Matemática 2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. Planos de Ensino Matemática 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO Planos de Ensino Matemática 2016 Ensino Fundamental UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA-Ensino Médio Componente Curricular: Matemática

MATRIZ DE REFERÊNCIA-Ensino Médio Componente Curricular: Matemática MATRIZ DE REFERÊNCIA-Ensino Médio Componente Curricular: Matemática Conteúdos I - Conjuntos:. Representação e relação de pertinência;. Tipos de conjuntos;. Subconjuntos;. Inclusão;. Operações com conjuntos;.

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: GEOMETRIA Período: Anual Professor: JOÃO MARTINS Série e segmento: 9º ANO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE vários campos da matemática**r - Reconhecer que razão

Leia mais

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO Matemática

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO Matemática PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL CENFOP Centro de Formação Pedagógica PROPOSTA CURRICULAR PARA

Leia mais

Valores eternos. a + c² - 3x, para a = 3, c = 0 e x = 4 MATÉRIA PROFESSOR(A) ---- ----

Valores eternos. a + c² - 3x, para a = 3, c = 0 e x = 4 MATÉRIA PROFESSOR(A) ---- ---- Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA Matemática I PROFESSOR(A) Steve ANO SEMESTRE DATA 8º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. Considere que x é a fração geratriz da

Leia mais

SUMÁRIO. 1. REVISÃO DE GINÁSIO Critérios de divisibilidade. 2. CONJUNTOS Introdução. Operações de conjuntos. Conjuntos numéricos

SUMÁRIO. 1. REVISÃO DE GINÁSIO Critérios de divisibilidade. 2. CONJUNTOS Introdução. Operações de conjuntos. Conjuntos numéricos SUMÁRIO 1. REVISÃO DE GINÁSIO Critérios de divisibilidade Reconhecimento de número primo Decomposição em fatores primos Aplicação Potência Expressão numérica 2. CONJUNTOS Introdução Representação de um

Leia mais

PLANO DE CURSO REFERENCIAL MATEMÁTICA/GESTAR 7ª SÉRIE (8º ANO)

PLANO DE CURSO REFERENCIAL MATEMÁTICA/GESTAR 7ª SÉRIE (8º ANO) PLANO DE CURSO REFERENCIAL MATEMÁTICA/GESTAR 7ª SÉRIE (8º Processo Avaliativo Unidade Didática Competências e Habilidades Conhecimento/Conteúdo Transversalidade/ Diálogos Possíveis Metodologia Forma e

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA Aula 01 Introdução a Geometria Plana Ângulos Potenciação Radiciação Introdução a Geometria Plana Introdução: No estudo da Geometria Plana, consideraremos três conceitos primitivos:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação (Matemática) 3º Ciclo - 8.º Ano de Escolaridade Despacho

Leia mais

Planificação do 2º Período

Planificação do 2º Período Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro Planificação do 2º Período Disciplina: Matemática A Grupo: 500 Ano: 10º Número de blocos de 45 minutos previstos: 0 Ano

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS NÍVEIS DA ESCALA DE DESEMPENHO DE MATEMÁTICA SAEB

DESCRIÇÃO DOS NÍVEIS DA ESCALA DE DESEMPENHO DE MATEMÁTICA SAEB DESCRIÇÃO DOS NÍVEIS DA ESCALA DE DESEMPENHO DE MATEMÁTICA SAEB 5º e 9º. Ano do Ensino Fundamental (continua) e exemplos de competência Nível 0 - abaixo de 125 A Prova Brasil não utilizou itens que avaliam

Leia mais

Planificação anual de Matemática A 11º ano

Planificação anual de Matemática A 11º ano Planificação anual de Matemática A 11º ano Ano Letivo 2015/201 OBJETIVOS GERAIS A VALORES/ATITUDES A 1 Desenvolver a autonomia e a solidariedade; A 2 Desenvolver o espírito de tolerância e cooperação;

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELOZZO RUA HAROLDO HAMILTOM CENTRO TOLEDO PARANÁ CEP 85900-000 FONE (45)3378-5343 PLANO DE TRABALHO DOCENTE

COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELOZZO RUA HAROLDO HAMILTOM CENTRO TOLEDO PARANÁ CEP 85900-000 FONE (45)3378-5343 PLANO DE TRABALHO DOCENTE COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELOZZO RUA HAROLDO HAMILTOM CENTRO TOLEDO PARANÁ CEP 85900-000 FONE (45)3378-5343 PLANO DE TRABALHO DOCENTE ENSINO FUNDAMENTAL(8 e 9 ano) EDUCACAO FÍSICA TOLEDO- PR FEV/2014 COLÉGIO

Leia mais

Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014

Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 ABEU COLÉGIOS Disciplina: Matemática Série: 1 ano / Fundamental I (Bimestres) 1 Caderno 1 Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 Módulos Primeiras Noções - Comparação de tamanhos - Noções de

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase Curso 1503 - Licenciatura em Matemática Ênfase Identificação Disciplina 0006308A - Fundamentos de Matemática Elementar Docente(s) Ivete Maria Baraldi Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento

Leia mais

1-) Transforme os seguintes números decimais em frações decimais: a) 0,5 = b) 0,072. c) 347,28= d) 0,481 =

1-) Transforme os seguintes números decimais em frações decimais: a) 0,5 = b) 0,072. c) 347,28= d) 0,481 = 1-) Transforme os seguintes números decimais em frações decimais: a) 0,5 = b) 0,072 c) 347,28= d) 0,481 = 2-) Transforme as seguintes frações decimais em números decimais: 46 a) 100000 c) 13745 100 b)

Leia mais

CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS

CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática 5º Ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

Unidade 5. A letra como incógnita equações do segundo grau

Unidade 5. A letra como incógnita equações do segundo grau Unidade 5 A letra como incógnita equações do segundo grau Para início de conversa... Vamos avançar um pouco mais nas resoluções de equações. Desta vez, vamos nos focar nas equações do segundo grau. Esses

Leia mais

Potenciação e radiciação

Potenciação e radiciação Sequência didática para a sala de aula 6 MATEMÁTICA Unidade 1 Capítulo 6: (páginas 55 a 58 do livro) 1 Objetivos Associar a potenciação às situações que representam multiplicações de fatores iguais. Perceber

Leia mais

1 PONTOS NOTÁVEIS. 1.1 Baricentro. 1.3 Circuncentro. 1.2 Incentro. Matemática 2 Pedro Paulo

1 PONTOS NOTÁVEIS. 1.1 Baricentro. 1.3 Circuncentro. 1.2 Incentro. Matemática 2 Pedro Paulo Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA PLANA VIII 1 PONTOS NOTÁVEIS 1.1 Baricentro O baricentro é o encontro das medianas de um triângulo. Na figura abaixo, é o ponto médio do lado, é o ponto médio do lado

Leia mais

Conteúdo do Exame de Admissão para o 1º Ano do Ensino Médio

Conteúdo do Exame de Admissão para o 1º Ano do Ensino Médio Conteúdo do Exame de Admissão para o 1º Ano do Ensino Médio MATEMÀTICA 1) NÚMEROS E OPERAÇÕES Identificação de um número irracional como um número de representação decimal infinita, e não periódica, e

Leia mais

Anexo à NORDNAVBRA N o 10-03F

Anexo à NORDNAVBRA N o 10-03F ASSUNTOS ABORDADOS NA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA (EXTRATO DO R-69) Candidatos à 5ª série do Ensino Fundamental a) Identificar os elementos da narrativa; b) Identificar a estrutura superficial do texto; c) Identificar

Leia mais

= 0, 4343 = 0, 43 = 1, 0222 = 1, 02

= 0, 4343 = 0, 43 = 1, 0222 = 1, 02 1 Conjuntos Numéricos Neste capítulo, serão apresentados conjuntos cujos elementos são números e, por isso, são denominados conjuntos numéricos. 1.1 Números Naturais (N) O conjunto dos números naturais

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1503 - Licenciatura em Matemática. Ênfase Curso 1503 - Licenciatura em Matemática Ênfase Identificação Disciplina 0006308A - Fundamentos de Matemática Elementar Docente(s) Maria Edneia Martins Salandim Unidade Faculdade de Ciências Departamento

Leia mais

CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS

CONTEÚDOS METAS/DESCRITORES RECURSOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática 5º Ano Ano Letivo 2014/2015

Leia mais

Escola Básica Integrada Canto da Maia

Escola Básica Integrada Canto da Maia Escola Básica Integrada Canto da Maia Ano Letivo 2014/2015 Matriz da Prova de Exame a Nível de Escola Matemática 2º Ciclo MODALIDADE: Exame escrito. ESTRUTURA DA PROVA: A prova é constituída por dois cadernos

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 2 ano do Ensino Médio

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 2 ano do Ensino Médio EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 2 ano do Ensino Médio Datas 11/fevereiro 17/fevereiro 18/fevereiro Conteúdos Apresentação da ementa da

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: MATEMÁTICA Período: Anual Professor: AMPARO MAGUILLA RODRIGUEZ Série e segmento: 2º ENSINO MÉDIO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE Objetivo Geral * Desenvolver

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS - INSCRIÇÃO

INFORMAÇÕES GERAIS - INSCRIÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS INCONFIDENTES PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº. 20/2015 MANUAL DO CANDIDATO 2016/1 CURSOS TÉCNICOS INTEGRADOS AO ENSINO MÉDIO

Leia mais

Construções Geométricas

Construções Geométricas Desenho Técnico e CAD Técnico Prof. Luiz Antonio do Nascimento Engenharia Ambiental 2º Semestre Ângulo - é a região plana limitada por duas semirretas de mesma origem. Classificação dos ângulos: Tipos

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA Nome: Nº 6ºAno Data: / / Professores: Leandro e Renan Nota: (Valor 2,0) 1. Apresentação: Prezado aluno, A estrutura da recuperação bimestral paralela do Colégio

Leia mais

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática Oficina de Matemática tica 3º ano EM Objetivo Análise, interpretação e utilização dos resultados do SAEPE para promoção da equidade e melhoria da qualidade da educação dos estudantes pernambucanos. Prof

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 9º ANO - ETAPA 1

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 9º ANO - ETAPA 1 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR(A): SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 9º ANO - ETAPA 1 DISCIPLINA Matemática TURMA Conjunto dos números reais (como

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO Simplif icado

RACIOCÍNIO LÓGICO Simplif icado Sérgio Carvalho Weber Campos RACIOCÍNIO LÓGICO Simplif icado Volume 21 2ª edição Revista, atualizada e ampliada Inclui Gráficos, tabelas e outros elementos visuais para melhor aprendizado Exercícios resolvidos

Leia mais

- As letras e do alfabeto grego.

- As letras e do alfabeto grego. 7.º ano Domínio NO7 Números racionais Conteúdos 18 tempos GM7 66 tempos - Simétrico da soma e da diferença de racionais; - Extensão da multiplicação a todos os racionais; - Extensão da divisão ao caso

Leia mais

AULA 1 EQUAÇÕES E SISTEMAS DO 1º GRAU

AULA 1 EQUAÇÕES E SISTEMAS DO 1º GRAU AULA EQUAÇÕES E SISTEMAS DO º GRAU EQUAÇÕES DO º GRAU Uma equação é classificada como sendo do º grau quando puder ser escrita na forma ax + b 0 onde a e b são reais com a 0. Uma equação do º grau admite

Leia mais

Lista de exercícios Recuperação Semestral 9º Ano 1 Semestre

Lista de exercícios Recuperação Semestral 9º Ano 1 Semestre ALUNO (S) SÉRIE / TURMA Lista de exercícios Recuperação Semestral 9º Ano 1 Semestre 01. Observe o par de polígonos semelhantes e responda: b) Calcule o valor de x: a) Qual é a razão de semelhança? 02.

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS Este material foi elaborado como requisito de avaliação final da Oficina de Softwares Educacionais JClic, sob orientação da docente e assessora pedagógica Adriana Regina Perez Rech, da equipe da Coordenação

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Caderno do Professor. 8º ano do Ensino Fundamental MATEMÁTICA

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Caderno do Professor. 8º ano do Ensino Fundamental MATEMÁTICA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Caderno do Professor 8º ano do Ensino Fundamental MATEMÁTICA São Paulo Agosto de 2015 9ª edição Gabarito 7ª Série / 8º Ano QUESTÃO A B C D 01 02 03 04 05 06 07 08

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA Fatoração Equação do 1º Grau Equação do 2º Grau Aula 02: Fatoração Fatorar é transformar uma soma em um produto. Fator comum: Agrupamentos: Fatoração Quadrado Perfeito Fatoração

Leia mais

Geometria Analítica. Geometria Analítica. Geometria Analítica 15/08/2012. Objetivos gerais da disciplina. Prof. Luiz Antonio do Nascimento

Geometria Analítica. Geometria Analítica. Geometria Analítica 15/08/2012. Objetivos gerais da disciplina. Prof. Luiz Antonio do Nascimento Prof. Luiz Antonio do Nascimento Objetivos gerais da disciplina Desenvolver a capacidade lógica para resolução de problemas, e de tomada de decisões. Fornecer as noções básicas de Geometria Analítica.

Leia mais

Francisco Magalhães Gomes IMECC UNICAMP. Matemática básica. Volume 1 Operações, equações, funções e sequências

Francisco Magalhães Gomes IMECC UNICAMP. Matemática básica. Volume 1 Operações, equações, funções e sequências Francisco Magalhães Gomes IMECC UNICAMP Matemática básica Volume 1 Operações, equações, funções e sequências 2016 Sumário Prefácio vii Capítulo 1 Números reais 1 1.1 Conjuntos de números..............................

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA Docente: FABIO LUIS BACCARIN Telefones: (43) 3422-0725 / 9116-4048 E-mail: fbaccarin@fecea.br Nome da Disciplina: Álgebra Elementar Curso: Licenciatura em Matemática Carga

Leia mais

Percursos temáticos de aprendizagem

Percursos temáticos de aprendizagem Novo Programa de Matemática - 1.º, 2.º e 3.º Ciclos Percursos temáticos de aprendizagem Os percursos temáticos de aprendizagem que se apresentam constituem possíveis sequências para o desenvolvimento do

Leia mais

Percursos temáticos de aprendizagem

Percursos temáticos de aprendizagem Novo Programa de Matemática - 1.º, 2.º e 3.º Ciclos Percursos temáticos de aprendizagem Os percursos temáticos de aprendizagem que se apresentam constituem possíveis sequências para o desenvolvimento do

Leia mais

Em linguagem matemática, essa proprieade pode ser escrita da seguinte maneira: x. 1 = x Onde x representa um número natural qualquer.

Em linguagem matemática, essa proprieade pode ser escrita da seguinte maneira: x. 1 = x Onde x representa um número natural qualquer. MATEMÁTICA BÁSICA 5 EXPRESSÕES ALGÉBRICAS - EQUAÇÕES A expressão numérica é aquela que apresenta uma sequência de operações e de números. Também já sabemos que as letras são usadas em Matemática para representar

Leia mais

Bolsão 2015. Regulamento 2015

Bolsão 2015. Regulamento 2015 Bolsão 2015 HMS ONDE E COMO SE INSCREVER Regulamento 2015 LOCAL: As inscrições serão feitas na Secretaria do Colégio HMS ou pelo endereço eletrônico www.colegiohms.com.br/bolsao PERÍODO: As inscrições

Leia mais

NIVELAMENTO 2009/2 MATEMÁTICA BÁSICA. Núcleo Básico da Primeira Fase

NIVELAMENTO 2009/2 MATEMÁTICA BÁSICA. Núcleo Básico da Primeira Fase NIVELAMENTO 009/ MATEMÁTICA BÁSICA Núcleo Básico da Primeira Fase ÍNDICE. Regras dos Sinais.... Operações com frações.... Adição e Subtração.... Multiplicação.... Divisão.... Potenciação.... Radiciação....

Leia mais

Razões e proporções. Profa. Dra. Denise Ortigosa Stolf

Razões e proporções. Profa. Dra. Denise Ortigosa Stolf Razões e proporções Profa. Dra. Denise Ortigosa Stolf Sumário Página Razão... 1 Razões inversas... Algumas razões especiais... 5 As razões escritas na forma percentual... 6 Calculando a porcentagem...

Leia mais

Propriedade: Num trapézio isósceles os ângulos de uma mesma base são iguais e as diagonais são também iguais.

Propriedade: Num trapézio isósceles os ângulos de uma mesma base são iguais e as diagonais são também iguais. 125 19 QUADRILÁTEROS Propriedades 1) Num quadrilátero qualquer ABCD a soma dos ângulos internos é 1800. 2) Um quadrilátero ABCD é inscritível quando seus vértices pertence a uma mesma circunferência. 3)

Leia mais

1º Ano do Ensino Médio

1º Ano do Ensino Médio MINISTÉRIO DA DEFESA Manaus AM 18 de outubro de 009. EXÉRCITO BRASILEIRO CONCURSO DE ADMISSÃO 009/010 D E C E x - D E P A COLÉGIO MILITAR DE MANAUS MATEMÁTICA 1º Ano do Ensino Médio INSTRUÇÕES (CANDIDATO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Matemática Trimestre: 1º 1- Função exponencial Propriedades de potenciação Equações exponenciais Função exponencial Condição de existência: Domínio Inequações exponenciais 2 - Logaritmos Definição

Leia mais

Prática. Exercícios didáticos ( I)

Prática. Exercícios didáticos ( I) 1 Prática Exercício para início de conversa Localize na reta numérica abaixo os pontos P correspondentes aos segmentos de reta OP cujas medidas são os números reais representados por: Exercícios didáticos

Leia mais

3- O resto da divisão do polinômio 8x² +6x+5 pelo polinômio 2x+1 é: 4- Calcule o quadrado da soma e o quadrado da diferença nos seguintes itens.

3- O resto da divisão do polinômio 8x² +6x+5 pelo polinômio 2x+1 é: 4- Calcule o quadrado da soma e o quadrado da diferença nos seguintes itens. Atividade de fixação(2º semestre) 1-O retângulo abaixo tem a medida de um dos lados e a área representada por polinômio. Determine o polinômio que representa a medida do outro lado. A=4x +12x +4x² x 4x

Leia mais

Aula de Matemática. Turma 1 28/03/13 e 05/04/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP

Aula de Matemática. Turma 1 28/03/13 e 05/04/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP Aula de Matemática Turma 1 28/03/13 e 05/04/13 Prof. Silvânia Alves de Carvalho Cursinho TRIU Barão Geraldo Campinas /SP Cursinho TRIU -Matemática Ementa do curso CURSINHO TRIU Conteúdo de Matemática (

Leia mais

POTENCIAÇÂO. A potenciação é uma forma de representar uma multiplicação de fatores iguais.

POTENCIAÇÂO. A potenciação é uma forma de representar uma multiplicação de fatores iguais. POTENCIAÇÂO A potenciação é uma forma de representar uma multiplicação de fatores iguais. A potência é o resultado. x x x cada termo desta multiplicação é chamado de fator, portanto temos 4 fatores iguais

Leia mais

Equipe de Matemática MATEMÁTICA

Equipe de Matemática MATEMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 5B Ensino Médio Equipe de Matemática Data: MATEMÁTICA Conjunto dos números racionais O conjunto dos números racionais é uma ampliação do conjunto dos números inteiros.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) ESCOLA MUNICIPAL HERMANN GMEINNER

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) ESCOLA MUNICIPAL HERMANN GMEINNER UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) ESCOLA MUNICIPAL HERMANN GMEINNER Bolsistas: Jacqueline Cristina de Medeiros Supervisora: Patrícia

Leia mais