Prestação de Contas 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prestação de Contas 2013"

Transcrição

1 Jornal do Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo Março 2014 Nº 1039 Prestação de Contas 2013 A direção Mobilização: União e Lutas assumiu a gestão no final de outubro de 2013, enfrentando uma situação atípica no cotidiano administrativo da entidade, além das adversidades internas. Foram 06 meses de baixa arrecadação devido a redução da contribuição sindical e das despesas feitas pelas gestões que não tinham sido liquidadas. Tivemos pouco tempo para colocar a casa em ordem. A desorganização financeira e as dívidas herdadas, fatalmente, comprometeram as atividades da gestão. A situação só se equilibrou a partir de janeiro deste ano, após a negociação e Lisura nos procedimentos e transparência na gestão As contas da entidade passaram pelo crivo do Conselho Fiscal que aprovou todos os balancetes. O Sindipetro-ES deverá convocar nos próximos dias, conforme prazo estatutário, as Assembleias Gerais Extraordinárias para apresentar as contas e aprová-las ou não pelos associados. Nas assembleias serão feitos todos os esclarecimentos necessários sobre a situação acima mencionada, bem como das iniciativas desenvolvidas pela direção do Sindicato para sanear as dívidas acumuladas no período. Entregamos a gestão com as contas equilibradas, inclusive com os recursos do Fundo de Greve depositados em conta poupança. Novos trabalhadores se associaram, outros retornaram, e com isso o número de filiados vem crescendo, respaldando o trabalho desta gestão e seu compromisso com a responsabilidade e transparência com dinheiro dos filiados. pagamento das pendências junto aos fornecedores do Sindipetro-ES. Foram adotadas medidas de austeridade nas contas do Sindipetro-ES, com reduções de pagamento de diárias, viagens, etc. Foi possível cancelar e reduzir contratos de serviços e planos de telefonia, melhorando a qualidade dos serviços prestados. As eleições serão realizadas com um custo (otimização) muito menor. A secretaria de finanças e o apoio financeiro trabalharam de forma integra e com responsabilidade. Coodernador do Sindipetro-ES, funcionária do apoio financeiro, contador e membro do conselho fiscal reunidos na prestação de contas.

2 Março Vitória nas ações trabalhistas O Sindipetro-ES ganhou algumas ações importantes, como a do ATS da Transpetro, a do repasse das contribuições sindicais da MAFRAN e PREST PERFURAÇÕES LTDA, que contribuíram também para equilibrar as contas da entidade e garantir um fundo de reserva. Certamente as ações da RMNR Transpetro e Petrobras serão exitosas. Mais eficiência na comunicação com o trabalhador A fim de aproximar mais o Sindicato do trabalhador, por meio de seus canais de comunicação (jornais, informativos, facebook e site institucional), a direção contratou uma agência de comunicação integrada para desenvolver atividades nas áreas de jornalismo e publicidade, visando à transparência, profissionalismo e a democratização da informação. Um novo site da entidade foi construído de forma otimizada para abrigar informações institucionais e de interesse da categoria. Mais conforto para o associado A sede de Vitória recebeu melhorias. Uma pequena reforma foi realizada para oferecer mais conforto e infraestrutura para os associados e funcionários. Novos Carros A frota de veículos está renovada e com rastreadores para preservar o patrimônio da instituição. O uso de BDV nos veículos é uma realidade que demonstra responsabilidade e zelo com o dinheiro do associado. Expediente Boca de Ferro - Informativo do Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo - filiado à - Responsabilidade Secretaria de Comunicação e Imprensa. - Rua João Evangelista Monteiro Lobato, 400, Sernamby, CEP , (27) , SEDE VITÓRIA - Rua Carlos Alves, 101, Bento Ferreira, CEP , (27) , - Av. Governador Afonso Cláudio, 68, Q2, Bairro Juparanã, CEP , (27) , EDITORAÇÃO E TEXTOS - Pulso Comunicação e Design, (27) /4576,

3 3 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Janeiro/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS VALE TRANSPORTE FGTS - MULTA 50% DE VIAGENS E ESTADAS C/ VEÍCULOS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 60,84_ ,87_ 3.781,89_ 1,40_ 4.345,78_ 516,88_ 9.959,33_ 3.953,34_ 1.255,18_ 3.617,70_ 703,53_ 7.338,00_ 359,66_ 5.883,69_ 2.134,85_ 354,68_ ,83_ 954,63_ 223,36_ 331,70_ ,13_ ,97_ ,91_ 22,15_ 6.424,66_ 1,40_ 3.704,00_ 135,00_ 688,50_ 69,45_ 89,29_ 100,04_ 743,00_ 1.652,79_ 262,50_ ,14_ 82,16_ , , ,87 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Fevereiro/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA 0.00_ OUTRAS FGTS - MULTA 50% DE VIAGENS E ESTADAS C/ VEÍCULOS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 727,14_ ,20_ 3.816,79_ 0,26_ 7.894,75_ 1.033,76_ ,11_ 3.950,50_ 1.300,08_ 7.263,26_ 532,43_ 7.344,00_ 230,67_ 2.449,12_ 780,48_ 366,23_ 1.146,60_ 940,04_ 602,71_ ,71_ ,30_ ,97_ ,83_ 133,35_ 114,00_ 912,49_ 15 0,26_ 585,50_ 6.554,00_ 275,85_ 576,53_ 118,09_ 70,98_ 400,70_ 12,90_ 493,00_ 3.053,61_ 1.150,50_ ,67_ 278,09_ ,39 89, ,22

4 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Março/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS VALE TRANSPORTE FGTS - MULTA 50% DE VIAGENS E ESTADAS C/ VEÍCULOS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 471,57 _ ,97 _ 3.835,37_ 0,93_ 3.930,42_ 516,88_ ,43_ 3.651,86_ 1.186,82_ 376,60_ -67,87_ 7.344,00_ 433,58_ 171,97_ 458,47_ ,42_ ,21_ 920,45_ 457,26_ 406,10_ ,64_ ,00_ 3.254,82_ 13,00_ 7.232,50_ 0,93_ ,50_ 288,49_ 35,97_ 76,69_ 223,27_ 657,00_ 4.953,39_ 2.579,91_ ,22_ 154,05_ 229,04_ , ,82-567,98 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Abril/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA 0.00_ OUTRAS FGTS - MULTA 50% DE VIAGENS E ESTADAS C/ VEÍCULOS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 1.188,89_ ,88_ 3.858,40_ 58,01_ 4.339,19_ 516,88_ ,65_ 3.926,49_ 1.117,85_ 3.593,25_ 398,13_ 7.344,00_ 1.280,50_ 78,72_ ,76_ ,81_ 1.254,42_ 305,63_ ,49_ ,67_ ,00_ 554,00_ 2.741,75_ 130,68_ 6.636,35_ 1,35_ 2.475,00_ 669,00_ 436,00_ 141,77_ 188,40_ 581,00_ 4.361,20_ 5.140,08_ ,47_ 152,93_ 124,36_ , , ,50

5 5 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Maio/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS VALE TRANSPORTE FGTS - MULTA 50% DE VIAGENS E ESTADAS C/ VEÍCULOS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) ,50 _ ,77 _ -72,58_ 3.585,67_ 62,52_ 4.341,04_ 8.839,60_ 516,88_ ,37_ 3.839,40_ 1.218,12_ 4.017,05_ 393,28_ 3.861,28_ 247,81_ 1.972,90_ 122,76_ ,88_ 502,82_ ,94_ 740,33_ 991,50_ ,48_ ,00_ 2.349,64_ 855,00_ 364,18_ 1.186,23_ 347,18_ 1,47_ 1.260,34_ ,00_ 1.715,38_ 45 70,92_ 189,95_ 581,00_ ,24_ 255,00_ ,97_ 4.992,86_ 1.548,70_ 9 157,96_ 355,06_ , , ,26 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Junho/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA 0.00_ OUTRAS FGTS - MULTA 50% DE VIAGENS E ESTADAS C/ VEÍCULOS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 279,76_ ,51_ -411,67_ 3.626,46_ 111,26_ 4.337,04_ 516,88_ ,55_ 3.855,89_ 1.136,44_ 3.921,64_ 1.169,83_ ,60_ 816,97_ ,91_ 1.958,00_ 586,39_ 1.018,23_ 665,75_ ,90_ 749,00_ 632,38_ ,04_ 461,75_ 498,62_ 411,18_ 10,73_ 1,26_ ,95_ 5 98,62_ 178,60_ 581,00_ 992,57_ 1.403,08_ 1.438,00_ ,00_ 900,69_ 147,76_ 119,96_ , , ,79

6 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Julho/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS VALE TRANSPORTE DE VIAGENS E ESTADAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 650,60 _ ,78 _ 1.106,62_ ,95_ 436,35_ 4.330,89_ 516,88_ ,84_ 2.572,18_ 1.110,29_ 3.992,27_ -157,76_ 6.767,90_ 1.280,91_ 334,20_ 999,93_ 168,37_ 577,94_ 530,64_ 378,72_ 478,60_ 481,00_ 948,00_ 1.388,80_ 209,15_ ,97_ 2.672,19_ 21,15_ 174,65_ 1.756,90_ 0 4,29_ 201,01_ ,63_ 84,32_ 144,70_ 362,00_ 3.911,99_ 945,00_ ,36_ 378,00_ 294,62_ 136,55_ 128,24_ , , ,18 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Agosto/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA 0.00_ OUTRAS DE VIAGENS E ESTADAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 627,28_ ,45_ 197,10_ ,28_ 4.342,98_ 558,23_ ,22_ 4.069,90_ 1.107,58_ 4.108,66_ 643,04_ 5.956,14_ 1.109,79_ 54,79_ ,70_ ,88_ 534,21_ 701,70_ 537,49_ 2.984,72_ 141,34_ ,21_ 518,00_ 33,60_ 892,24_ 3,47_ 277,82_ 2.798,00_ ,19_ 71,92_ 346,21_ 362,00_ 760,62_ 739,60_ ,72_ 132,59_ 198,60_ , , ,15

7 7 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Setembro/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS VALE TRANSPORTE DE VIAGENS E ESTADAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 800,23 _ ,68 _ ,04_ ,00_ 6.575,14_ 2.781,09_ 4.862,99_ 558,23_ ,02_ 3.130,02_ 1.172,44_ 4.067,92_ 612,88_ 3.846,12_ 108,25_ 848,66_ 334,10_ 531,68_ 959,31_ ,90_ 522,47_ 865,90_ ,44_ 3883,00_ ,00_ 25,00_ 4.451,11_ 220,52_ 479,90_ 811,74_ 7,28_ ,00_ 318,00_ 76,90_ 330,30_ 362,00_ 198,00_ ,03_ 4.009,18_ ,00_ 140,01_ 162,61_ , , ,39 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Outubro/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS +ESTAGIÁRIA + MULTA 50% RESC DE VIAGENS E ESTADAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 217,90_ ,85_ ,87_ 7.455,65_ 644,81_ 4.354,48_ 558,23_ ,83_ 5.618,59_ 5.851,04_ 4.009,67_ 129,11_ 3.090,54_ 2.115,30_ 2.865,85_ 1.070,24_ 406,87_ 2.302,09_ ,69_ ,36_ 199,37_ 460,20_ 323,20_ 439,90_ ,77_ ,00_ 2.511,27_ 304,06_ 1.265,26_ ,41_ 6,90_ 6.232,00_ 335,00_ 1.433,05_ 74,10_ 565,56_ 362,00_ 8.845,10_ 7.354,46_ ,98_ 378,00_ 7.632,80_ 147,40_ 1.277,52_ , , ,06

8 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Novembro/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA 0.00_ OUTRAS DE VIAGENS E ESTADAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 545,62_ ,53_ ,48_ 275,10_ 6.153,06_ 2,47_ 4.183,67_ 558,23_ ,78_ 6.118,69_ 1.834,66_ 4.407,43_ 77,31_ 6.807,46_ 874,78_ 2.940,11_ 7.073,00_ 746,71_ ,87_ 276,53_ 495,23_ 1.107,46_ 488,00_ 1.405,00_ 2.805,00_ ,00_ 517,82_ 6.057,34_ 9.339,29_ 108,02_ 3.488,89_ 11,47_ ,63_ 84,05_ 162,05_ ,00_ 3.965,16_ 1.960,30_ 2.587,92_ 378,00_ 165,49_ 360,17_ , , ,12 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - Dezembro/2013 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPANHAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS VALE TRANSPORTE DE VIAGENS E ESTADAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) ,40 _ ,00 _ ,44_ 6.904,60_ 195,44_ 4.484,32_ 558,23_ 9.958,77_ 6.960,91_ 1.832,69_ 4.426,53_ 636,14_ ,68_ 430,87_ 4.532,62_ 176,49_ 7.493,00_ 496,09_ 678,08_ ,27_ 588,63_ ,51_ 310,01_ 343,99_ 1.165,00_ 2.215,25_ 2.825,40_ 680,14_ ,84_ 47,97_ ,20_ 131,44_ 1.579,11_ 11,02_ ,00_ 160,20_ 73,17_ 511,65_ 362,00_ ,67_ 3.187,62_ 2.206,65_ ,00_ 147,27_ 340,32_ , , ,55

9 9 Março DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - 01/2014 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS +ESTAGIÁRIA + MULTA 50% RESC COPA E COZINHA e CONDOMINIO DE VIAGENS E ESTADAS S CUSTAS CARTORÁRIAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 958,62_ _, ,50_ 353,97_ 6.645,16_ 98,45_ 4.886,38_ 558,23_ ,85_ 4.856,79_ 1.311,34_ 4.388,43_ 25,44_ 8.004,58_ 127,00_ 5.057,10_ 226,71_ 761,63_ 138,05_ 562,48_ 219,38_ 1.019,75_ 666,75_ 165,61_ 1.230,84_ 112,10_ ,00_ 95,94_ ,93_ 38,91_ 1.571,55_ -0,44_ ,48_ 452,13_ 592,00_ 265,00_ ,00_ 92,39_ 169,98_ 200,79_ , , ,04 DISCRIMINAÇÃO DAS CONTAS - 02/2014 DE EMPRESAS ASSOCIADAS DO ACOMPAMENTO EM PROCESSO TRABALHISTA FINANCEIRAS - JUROS DE POUPANÇA OUTRAS +ESTAGIÁRIA + MULTA 50% RESC COPA E COZINHA e CONDOMINIO DE VIAGENS E ESTADAS S CUSTAS CARTORÁRIAS FINANCEIRAS / BANCARIA RESULTADO POSITIVO (RECEITA (-) ) 444,96_ ,56_ -140,42_ ,41_ 6.346,72_ 243,16_ 5.079,30_ ,38_ 1.116,46_ ,13_ 5.292,32_ 1.195,20_ 4.480,19_ 823,36_ 8.145,06_ 1.091,78_ 1.196,33_ 334,22_ 150,51_ 380,53_ 1308,91_ ,42_ 410,07_ 323,08_ 338,00_ 210,20_ 5.832,13_ 233,62_ ,00_ ,84_ 147,00_ ,65_ 1.741,59_ 3,16_ ,48_ 115,20_ 477,00_ 2.255,78_ 957,35_ ,00_ 155,46_ 170,75_ , ,

10 Março Conheça o patrimônio do seu Sindicato Relatório Patrimonial LOCALIZAÇÃO SEDE VITÓRIA TOTAL GRUPO DE CONTA TERRENO EDIFICAÇÕES MÓVEIS E UTENSILIOS EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA SOFTWARES AUTOMÓVEIS NÃO EXISTEM BENS CONTABILIZADOS TERRENO EDIFICAÇÕES MÓVEIS E UTENSILIOS EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA SOFTWARES AUTOMÓVEIS VALOR ,82_ ,61_ ,87_ 399,95_ ,00_ 6.386,99_ ,00_ ,34_ Relatório Patrimonial LOCALIZAÇÃO SEDE VITÓRIA SEDE VITÓRIA TOTAL GRUPO DE CONTA TERRENO EDIFICAÇÕES MÓVEIS E UTENSILIOS EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA SOFTWARES AUTOMÓVEIS MARCAS, DIREITOS E PATENTES EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA BENS EM CONST./ OBRA DE REFORMA TERRENO EDIFICAÇÕES MÓVEIS E UTENSILIOS EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA SOFTWARES AUTOMÓVEIS Extratos e Saldo Bancários Conta Corrente Sindipetro-ES 12/ ,82_ ,60_ ,87_ 399,95_ ,00_ ,34 12/ ,82_ ,61_ ,87_ 1.199,95_ ,00_ 1.951,00_ 9.166,99_ ,00_ ,34_ 12/ ,82_ ,61_ ,87_ 1.199,95_ ,00_ 3.948,00_ 599,00_ ,42_ ,99_ ,00_ ,76_

11 11 Março Prestação de Contas Em assembleia, trabalhadores aprovam as contas do Sindipetro-ES Trabalhadores reunidos em assembleia Diretores da Secretaria de Finanças do Sindipetro-ES Conforme estabelece o Estatuto Social do Sindicato, para a Prestação de Contas, foi realizada no dia 27 de março, na Sede Oficial do Sindipetro-ES, em São Mateus, assembleia específica para prestação de conta da entidade. Por 29 votos a favor, 2 contra e nenhuma abstenção, as contas relativas no período de Janeiro de 2013 a Fevereiro de 2014 foram aprovadas de forma democrática e transparente, validando o parecer prévio favorável do Conselho Fiscal. A categoria pode ficar tranquila, que as contas do Sindipetro - ES estão saneadas e equilibradas, pois os nossos diretores de finanças, em toda a gestão, Dirlei Barbosa (EFAL), José Luiz (BASE 61), Jorge Toscano (IPERF), Luiz Carlos Zorzanelli (ISUP) e Wagner Fanticelle (EFAL) trabalharam com responsabilidade, integridade e austeridade. 25 anos Sindipetro - ES Nestes 25 anos de sindicato, muitas batalhas foram travadas. Tivemos muitas vitórias importantíssimas e algumas derrotas que nos fizeram mais fortes ainda na busca pelos direitos dos petroleiros. Mas nada disso foi possível sem a sua colaboração. Isso mostra o quanto é importante o Sindipetro estar unido, para que em cada luta que vier possamos mostrar o quanto estamos preparados e fortes. Sindicato é isso. PARABÉNS PARA NÓS!

12 Março anos de lutas e muitas conquistas

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010.

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010. São Paulo, 07 de fevereiro de 2011. A Associação Alphaville Residencial 11 Avenida Yojiro Takaoka, 6.720 06540-001 Santana de Parnaíba - SP Att. Srs. Diretores Prezados Senhores: Conforme nossa proposta

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 1.267.635,99 199.024,16 243.515,58 1.223.144,57 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 407.941,54 177.708,38 222.564,32 363.085,60 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 119.056,37 76.325,59 56.861,51

Leia mais

ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE

ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE QUADRO I BALANÇOS PATRIMONIAIS ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa 4 2.630.185 2.070.467 Fornecedores 115.915 76.688 Contas

Leia mais

TOTAL DO ATIVO 1.301.046,51D

TOTAL DO ATIVO 1.301.046,51D BALANÇO PATRIMONIAL EXERCÍCIO DE 2012 CNPJ: 14.366.116/0001-53 Pag.: 0001 A T I V O ATIVO CIRCULANTE 171.980,84D CAIXA Caixa 2.166,79D BANCOS CONTA MOVIMENTO Caixa Econômica Federal 33.782,99D Banco Santander

Leia mais

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13 FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 17 T 1 ATIVO 42.807.744,57D 5.912.830,23 5.858.043,39 42.862.531,41D 23 T 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.202.794,33D 5.390.052,54 5.127.142,48 2.465.704,39D 30 T

Leia mais

1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE

1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE PLANO DE CONTAS Associações, Sindicatos e Outras Entidades. 1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 1.1.1. Disponibilidades 1.1.1.1. Caixa 1.1.1.2. Bancos c/ Movimento 1.1.1.3. Aplicações Financeiras 1.1.2. Créditos

Leia mais

1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 192.402,43 204.602,53 C 1.2 RECEITA DE CONTRIBUIÇOES 181.650,41 190.868,02 C

1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 192.402,43 204.602,53 C 1.2 RECEITA DE CONTRIBUIÇOES 181.650,41 190.868,02 C Balancete para Verificação - Receita - maio / 2014 Pág. : 1 1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 192.402,43 204.602,53 C 1.2 RECEITA DE CONTRIBUIÇOES 181.650,41 190.868,02 C 1.2.1 CONTRIBUIÇOES SOCIAS 181.650,41

Leia mais

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/01/11 a 31/01/11

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/01/11 a 31/01/11 FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 17 T 1 ATIVO 41.752.495,74D 4.036.938,36 4.262.358,02 41.527.076,08D 23 T 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.250.072,51D 3.944.278,77 4.201.929,51 992.421,77D 30 T 1.1.01

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2015.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Outubro / 2015. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 11.172.767,78 1.151.862,80 1.303.079,69 11.021.550,89 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.703.043,77 993.757,68 1.133.282,37 4.563.519,08 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.482.463,64

Leia mais

CNPJ : 33.788.431/0029-14 Balancete Analítico de 01/04/2010 até 30/04/2010 Folha :1

CNPJ : 33.788.431/0029-14 Balancete Analítico de 01/04/2010 até 30/04/2010 Folha :1 Balancete Analítico de 01/04/2010 até 30/04/2010 Folha :1 [7]ATIVO [14]CIRCULANTE [21]DISPONIVEL [28]CAIXA GERAL [35]CAIXA =CAIXA GERAL 4.848,03D 4.848,03D [42]BANCOS C/ MOVIMENTO [49]CAIXA ECONOMICA FEDERAL-1430-5

Leia mais

Centro de Ciências Empresariais e Sociais Aplicadas CCESA. Bacharelado em Ciências Contábeis CONTABILIDADE GERAL. Profª. Cristiane Yoshimura

Centro de Ciências Empresariais e Sociais Aplicadas CCESA. Bacharelado em Ciências Contábeis CONTABILIDADE GERAL. Profª. Cristiane Yoshimura Centro de Ciências Empresariais e Sociais Aplicadas CCESA Bacharelado em Ciências Contábeis CONTABILIDADE GERAL Profª. Cristiane Yoshimura 2013 CONTABILIZAÇÃO DAS CONTAS PATRIMONIAIS DÉBITO E CRÉDITO RAZONETE

Leia mais

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA UNIÃO GARCENSE DE AEROMODELISMO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, DA SEDE E FINS Art. 1 A União Garcense de Aeromodelismo (UGA) é uma pessoa jurídica de direito privado, entidade

Leia mais

, Prefeito Municipal de. FAÇO saber a todos os habitantes deste Município que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

, Prefeito Municipal de. FAÇO saber a todos os habitantes deste Município que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno, cria a Controladoria Municipal e dá outras providências., Prefeito Municipal de FAÇO saber a todos os habitantes deste Município

Leia mais

Balancete mar12 ÚÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄ ³

Balancete mar12 ÚÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄ ³ ³ Folha: 001 ³ ³ ATIVO 231.607,73 D 69.260,86 64.563,63 236.304,96 D³ ³ CIRCULANTE 122.510,63 D 69.260,86 62.695,96 129.075,53 D³ ³ DISPONIVEL 115.775,17 D 63.460,86 58.288,93 120.947,10 D³ ³ CAIXA GERAL

Leia mais

Por isso a Estrela do Mar executa, com esmero, serviços contábeis, administrativos, consultoria jurídica, cobranças e contratação de pessoal.

Por isso a Estrela do Mar executa, com esmero, serviços contábeis, administrativos, consultoria jurídica, cobranças e contratação de pessoal. Nossa Empresa Criada em, a Estrela do Mar administra condomínios baseada em diretrizes humanas e modernas. Trata, de forma diferenciada, questões administrativas, contábeis e jurídicas, para maior tranqüilidade

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONTRAÇÕES CONTÁBEIS FINDAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONTRAÇÕES CONTÁBEIS FINDAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONTRAÇÕES CONTÁBEIS FINDAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 NOTA 01- Contexto Operacional: SIMPROEL Sindicato Municipal dos Profissionais em Educação de Lages - SC Fundado em 17/12/1997,

Leia mais

Prestação de Contas Exercício 2013. Sisma/MT

Prestação de Contas Exercício 2013. Sisma/MT Prestação de Contas Exercício 2013 Sisma/MT SINDICATO DOS SERV. DA SAÚDE E MEIO AMB. ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ: 03.094.349/0001-28 SINDICATO DOS SERV. DA SAÚDE E MEIO AMB. ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ:

Leia mais

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25.

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25. 1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.217.589,73D 1.245.340,55D Atual1/8 ATIVO CIRCULANTE 588.962,97D 151.410,23D 194.301,54 188.047,63 166.550,72 160.296,81 616.713,79D 1.1.1.1.1.50.99

Leia mais

SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE LAVRAS BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 A T I V O

SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE LAVRAS BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 A T I V O SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 ATIVO CIRCULANTE A T I V O DISPONIVEL Banco c/ Movimento 10.043,15 10.043,15 OUTROS CRÉDITOS Adiantamentos

Leia mais

=CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19 *****26.980,73D

=CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19 *****26.980,73D Diário:6 Folha: 12 [7]ATIVO [14]ATIVO CIRCULANTE [21]CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA [28]CAIXA [35]CAIXA 6.053,07D 200.073,85 179.146,19 26.980,73D =CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19

Leia mais

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados

SICOOB CREDIROCHAS. Resultados SICOOB CREDIROCHAS Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Credirochas conseguiu ótimos resultados numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado

Leia mais

CONAUP- CONTABILIDADE AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL LTDA

CONAUP- CONTABILIDADE AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL LTDA CONAUP- CONTABILIDADE AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL LTDA Praça João Lisboa n.º 177 Sala 203 São Luís -MA Telefone: (98) 3235-5793 Inscrição Municipal: CNPJ: 04.951.704/0001-09 5091000-8 Cliente: Associação

Leia mais

11 MODELO DE PLANO DE CONTAS

11 MODELO DE PLANO DE CONTAS 11 MODELO DE PLANO DE CONTAS Apresentamos a seguir uma sugestão de plano de contas, para as empresas de construção civil, utilizável também por aquelas que trabalham com obras por empreitada MODELO DE

Leia mais

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015 Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 100000000000000 ATIVO 746.423,74 521.047,13 478.433,06 789.037,81 110000000000000 ATIVO CIRCULANTE 718.821,28 507.893,92 470.065,45 756.649,75

Leia mais

SIND.TRAB.EM.EMPR.PLAN.DES.URBANO-SINCOHAB C.N.P.J: 66.661.372/0001-77 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014

SIND.TRAB.EM.EMPR.PLAN.DES.URBANO-SINCOHAB C.N.P.J: 66.661.372/0001-77 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 SIND.TRAB.EM.EMPR.PLAN.DES.URBANO-SINCOHAB C.N.P.J: 66.661.372/0001-77 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 CONTAS DO ATIVO DE 2014 DE 2013 Fls.: 051 DE 2012 CIRCULANTE DISPONÍVEL 6.204,56 6.866,64

Leia mais

O mecanismo de débito x crédito.

O mecanismo de débito x crédito. O mecanismo de débito x crédito. Represente os fatos abaixo, utilizando os balanços sucessivos. 1- Os sócios integralizaram capital social, no valor de R$ 1.000.000, em dinheiro. 2- Compra de veículos,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Agosto / 2014.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Agosto / 2014. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 11.172.775,88 871.577,67 961.321,07 11.083.032,48 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.814.378,58 747.062,86 843.500,48 4.717.940,96 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.590.302,48 441.011,53

Leia mais

6,37 0,01 6,36 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO

6,37 0,01 6,36 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO 111110100000 CAIXA 6,37 0,01 6,36 111120200000 BANCO DO BRASIL S/A 551.959,49 2.074.160,73 1.471.280,76 1.154.839,46 111120300000 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 51.738,32 22.836,64 11.427,71 40.329,39 111129900000

Leia mais

CARTILHA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

CARTILHA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS CARTILHA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS I APRESENTAÇÃO Fundação Francisco e Clara de Assis A Fundação Francisco e Clara de Assis buscam trabalhar para o desenvolvimento dos programas e ações de combate à pobreza

Leia mais

CIRCULANTE 1.847.737,52. DISPONIBILIDADES 20.710,71 Caixa 4.384,66 Bancos C/Movimento 16.326,05

CIRCULANTE 1.847.737,52. DISPONIBILIDADES 20.710,71 Caixa 4.384,66 Bancos C/Movimento 16.326,05 A T I V O CONTAS PATRIMONIAIS Dez-10 CIRCULANTE 1.847.737,52 DISPONIBILIDADES 20.710,71 Caixa 4.384,66 Bancos C/Movimento 16.326,05 CRÉDITOS 1.827.026,81 Aplicações Fianceiras 224.659,32 Valores a Receber

Leia mais

Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras

Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras No ano de 2012 o Londrina Country Club atualizou o plano de contas de sua demonstração de resultado. O objetivo é atualizar a nomenclatura das contas permitindo

Leia mais

- 1 - CARTILHA PARA COMPREENDIMENTO CONTABIL SINDICATO DOS ESTIVADORES DE PARANAGUÁ E PONTAL DO PR-2009

- 1 - CARTILHA PARA COMPREENDIMENTO CONTABIL SINDICATO DOS ESTIVADORES DE PARANAGUÁ E PONTAL DO PR-2009 - 1 - ATIVO = Nossos bens e Direitos No Ativo do Sindicato temos as seguintes contas: - Caixa: É o que está disponível na Tesouraria para pagamento de pequenas despesas. - Banco Conta Movimento: O Sindicato

Leia mais

B A L A N C E T E D E V E R I F I C A Ç Ã O

B A L A N C E T E D E V E R I F I C A Ç Ã O CNPJ : 14669089/0001-98 01/06/2012 até 30/06/2012 MOEDA : REAL REFERENTE AO PERÍODO DE FOLHA: 0001 DESCRIÇÃO DA CONTA GR SD ANTERIOR DÉBITO CRÉDITO SD PERÍODO SD ATUAL D/C 00001-8 ATIVO 1 1695545,62 304814,77

Leia mais

FEDERACAO DE SIND. DE TRAB. TECNICO-ADM EM INSTIT. DE ENSINO SUP. PUBL. DO BRASIL PERCENTUAL DAS DESPESAS EM RELACAO A RECEITA JUNHO DE 2014

FEDERACAO DE SIND. DE TRAB. TECNICO-ADM EM INSTIT. DE ENSINO SUP. PUBL. DO BRASIL PERCENTUAL DAS DESPESAS EM RELACAO A RECEITA JUNHO DE 2014 PERCENTUAL DAS DESPESAS EM RELACAO A RECEITA JUNHO DE 2014 RENDA SOCIAL Mensalidade do Mes 155.434,83 Acordo de pagamentos 7.337,71 Mensalidade Atrasadas 7.057,33 TOTAL DA RENDA SOCIAL 169.829,87 RENDA

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2015 (Em Reais)

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2015 (Em Reais) NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2015 (Em Reais) 1. CONTEXTO OPERACIONAL O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, Autarquia Federal nos termos da

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - SP Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2015. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - SP Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2015. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 6.962.923,94 955.075,63 999.851,97 6.918.147,60 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.575.224,25 286.194,78 341.306,07 2.520.112,96 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 998.084,67 206.815,23

Leia mais

c)praticar os atos que lhe atribuírem as leis, a convenção e o regimento interno;

c)praticar os atos que lhe atribuírem as leis, a convenção e o regimento interno; 3) CONTRATO: SÍNDICO PESSOA JURÍDICA Ser síndico de um condomínio requer compromisso, conhecimento das leis vigentes e disponibilidade de tempo, e é por isso, que nossa empresa é capacitada a assumir as

Leia mais

SICOOB NORTE. Resultados

SICOOB NORTE. Resultados SICOOB NORTE Resultados 2014 MENSAGEM DA DIRETORIA O Sicoob Norte conseguiu ótimos resultados, numa clara demonstração da força do trabalho cooperativo, na busca por maior participação no mercado financeiro

Leia mais

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64 1.... ATIVO 152.101.493,67 50.040.951,48 153.182.697,98 1.10... ATIVO CIRCULANTE 12.634.079,13 49.780.167,34 14.042.894,83 1.10.10.. DISPONIBILIDADES 10.621.727,62 40.765.261,82 12.080.213,47 1101001 BENS

Leia mais

Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016.

Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016. 1 Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016. Formulários obrigatórios para Prestação de Contas PRESTAÇÃO DE CONTAS - PROJETOS INCENTIVADOS PELA DME E/OU SUAS SUBSIDIÁRIAS.

Leia mais

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.472,61 em 31 de dezembro de 2012.

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.472,61 em 31 de dezembro de 2012. São Paulo, 25 de janeiro de 2013. A Associação Alphaville Residencial 11 Avenida Yojiro Takaoka, 6.720 CEP 06540-001 - Santana de Parnaíba - SP Att. Srs. Diretores Prezados Senhores: Conforme nossa proposta

Leia mais

Aplicap Capitalização S.A. Demonstrações contábeis intermediárias em 30 de junho de 2014.

Aplicap Capitalização S.A. Demonstrações contábeis intermediárias em 30 de junho de 2014. Aplicap Capitalização S.A. Demonstrações contábeis intermediárias em 30 de junho de 2014. Relatório da Administração Senhores Acionistas, Em cumprimento as disposições legais e estatutárias, submetemos

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - BAHIA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - BAHIA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 9.636.699,15 6.183.906,04 6.058.627,85 9.761.977,34 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 5.510.723,89 5.458.792,41 5.105.727,80 5.863.788,50 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 1.816.495,94

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1 ATIVO 1 11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1113 BANCOS CONTA DEPÓSITOS 11131 BANCOS CONTA DEPÓSITOS - MOVIMENTO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARAIBA Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARAIBA Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 2.600.000,00 238.142,92 1.067.781,32 41,07 1.532.218,68 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 2.172.925,79 205.317,79

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Gratificação por Tempo de Serviço JUROS E ENCARGOS DE EMPRESTIMOS POR ANTECIPACAO DE RECEITA ORCAMENTARIA

Comparativo da Despesa Liquidada. Gratificação por Tempo de Serviço JUROS E ENCARGOS DE EMPRESTIMOS POR ANTECIPACAO DE RECEITA ORCAMENTARIA Conselho Regional de Psicologia / ES CNPJ: 06.964.242/0001-81 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.687.048,66 1.151.487,32 1.151.487,32 535.561,34 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL MARIA MADALENA Rua Beija-flor, 103 Bombas Bombinhas/SC.

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL MARIA MADALENA Rua Beija-flor, 103 Bombas Bombinhas/SC. ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO CONDOMÍNIO CAPÍTULO I Do nome, da Sede, Duração e Objetivo. Art. 1º A Associação de Moradores do Condomínio Residencial Maria Madalena, é uma associação sem fins

Leia mais

Ano 2011, Número 215 Brasília, quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ano 2011, Número 215 Brasília, quarta-feira, 16 de novembro de 2011 Página 2 DIRETORIA-GERAL Atos do Diretor-Geral Portaria Plano de Contas dos Partidos Políticos Republicação da Portaria TSE nº 521, de 18 de outubro de 2011, em virtude de incorreções materiais. PORTARIA

Leia mais

Condomínio Vivendas Bela Vista DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS

Condomínio Vivendas Bela Vista DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS Pág: 1/5 Janeiro / 2008 - Período: 01/01/2008 a 31/01/2008 RECEITAS/HISTÓRICO RECEITAS ORDINÁRIAS Taxa Condominial Ordinária - Ref: 09/07 Taxa Condominial Ordinária - Ref: 10/07 Taxa Condominial Ordinária

Leia mais

Estado do Pará MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO CONJUNTO Nº 010/2015-MP/PGJ/CGMP

Estado do Pará MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO CONJUNTO Nº 010/2015-MP/PGJ/CGMP PROVIMENTO CONJUNTO Nº 010/2015-MP/PGJ/CGMP Define os documentos e modelos de demonstrações contábeis exigidos para prestação de contas finalística das entidades do terceiro setor sujeitas ao velamento

Leia mais

BALANCETE ANALÍTICO - JUNHO/2015

BALANCETE ANALÍTICO - JUNHO/2015 : 1 1 ATIVO 6.696.323,89D 1.488.250,06 1.434.586,10 6.749.987,85D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.489.543,31D 1.482.146,36 1.418.329,94 4.553.359,73D 1.1.1 DISPONIBILIDADES 4.192.202,67D 1.192.026,76 1.128.756,69

Leia mais

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T15

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T15 Caxias do Sul, 04 de maio de 2015 - A Marcopolo S.A. (BM&FBOVESPA: POMO3; POMO4), divulga os resultados do primeiro trimestre de 2015 (1T15). As demonstrações financeiras são apresentadas de acordo com

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Março / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Março / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 1.543.261,71 238.294,47 513.920,19 1.267.635,99 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 693.440,20 144.392,35 429.891,01 407.941,54 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 91.806,07 71.672,46 44.422,16

Leia mais

Demonstrações Contábeis referente ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2005 e Parecer dos Auditores Independentes

Demonstrações Contábeis referente ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2005 e Parecer dos Auditores Independentes CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR CASAS ANDRÉ LUIZ CNPJ 62.220.637/0001-40 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores membros do Conselho Deliberativo e do Conselho Fiscal: o Conselho Diretor submete à apreciação de

Leia mais

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06 Balancete Período: 01/05/2015 a 31/05/2015 Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 660.339,65D 383.449,46 379.045,53 664.743,58D

Leia mais

www.editoraatlas.com.br

www.editoraatlas.com.br www.editoraatlas.com.br 6278curva.indd 1 04/04/2011 11:11:12 Equipe de Professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP Contabilidade Introdutória Manual do Professor Coordenação

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 1102/2011

PROJETO DE LEI Nº 1102/2011 PROJETO DE LEI Nº 1102/2011 EMENTA: ALTERA A LEI Nº 5981/2011, QUE DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DAS ONG S, OSCIP S E DEMAIS ENTIDADES QUE RECEBAM RECURSOS PÚBLICOS NO ESTADO DO RIO

Leia mais

Segue a relação das contas do Ativo e do Passivo Exigível mais utilizadas pela ESAF, organizadas por grupo de contas.

Segue a relação das contas do Ativo e do Passivo Exigível mais utilizadas pela ESAF, organizadas por grupo de contas. Segue a relação das contas do Ativo e do Passivo Exigível mais utilizadas pela ESAF, organizadas por grupo de contas. 1 - Ativo (Saldo devedor, exceto as contas retificadoras) 1.1 Ativo Circulante Adiantamento

Leia mais

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.442.880,41 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.144.421,39 1.549.437,08

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.442.880,41 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.144.421,39 1.549.437,08 Pág. : 1 ATIVO 1 ATIVO 2.442.880,41 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.144.421,39 1.549.437,08 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 361.818,48 125.969,11 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 361.818,48

Leia mais

Demonstrações Contábeis em 31 de Dezembro de 2012 Acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes

Demonstrações Contábeis em 31 de Dezembro de 2012 Acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes Demonstrações Contábeis em 31 de Dezembro de 2012 Acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DE UBERABA - FUNEPU CNPJ 20.054.326/0001-09 BALANÇO PATRIMONIAL PARA

Leia mais

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013 DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013 SALDO INICIAL TOTAL EM 31/12/2012 268.063,35 DESPESAS 290.766,92 SALDO INICIAL EM BANCO 263.178,39 DESPESAS ASSEJUS 290.766,92 DESPESAS COM PESSOAL 59.853,97 BANCO

Leia mais

MODELO DE ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO

MODELO DE ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO MODELO DE ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS Art.1 o - A (o) também designada (o) pela sigla, (se usar sigla), fundada (o) em de de é uma associação, sem

Leia mais

Balanço Patrimonial e DRE

Balanço Patrimonial e DRE Balanço Patrimonial e DRE Administração financeira e orçamentária Professor: Me. Claudio Kapp Junior Email: juniorkapp@hotmail.com 2 Demonstrações Financeiras (Contábeis) Dados Dados Coletados Coletados

Leia mais

Contabilidade Básica Prof. Jackson Luis Oshiro joshiro@ibest.com.br Conceito Conta Nome dado aos componentes patrimoniais (bens, direitos, obrigações e Patrimônio Líquido) e aos elementos de resultado

Leia mais

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.495.467,76 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.213.089,40 1.549.437,08

Conta Especificação 2015 1 ATIVO 2.495.467,76 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.213.089,40 1.549.437,08 Pág. : 1 ATIVO 1 ATIVO 2.495.467,76 1.827.298,27 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.213.089,40 1.549.437,08 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 348.629,69 125.969,11 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 348.629,69

Leia mais

ESTATUTO MODELO DE ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO - OSCI P. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS

ESTATUTO MODELO DE ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO - OSCI P. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS ESTATUTO MODELO DE ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO - OSCI P Legenda: Texto em negrito: cláusulas que devem necessariamente constar do estatuto, por força da Lei nº 9.790/99 Texto em

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL REALIZADO EM 31 de Dezembro de 2012 (Valores expressos em Reais) A T I V O

BALANÇO PATRIMONIAL REALIZADO EM 31 de Dezembro de 2012 (Valores expressos em Reais) A T I V O Página:1 BALANÇO PATRIMONIAL REALIZADO EM 31 de Dezembro de 2012 A T I V O ATIVO CIRCULANTE 155.819,01 DISPONIVEL 96.440,16 CAIXA 179.067,40 CAIXA 31.690,01 CHEQUES A COBRAR 97.054,21 CHEQUES DEVOLVIDOS

Leia mais

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007 PLANO DE S FOLHA: 000001 1 - ATIVO 1.1 - ATIVO CIRCULANTE 1.1.1 - DISPONÍVEL 1.1.1.01 - BENS NUMERÁRIOS 1.1.1.01.0001 - (0000000001) - CAIXA 1.1.1.02 - DEPÓSITOS BANCÁRIOS 1.1.1.02.0001 - (0000000002)

Leia mais

ANALISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS. Prof. Mário Leitão

ANALISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS. Prof. Mário Leitão ANALISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Mário Leitão Estrutura das Demonstrações Financeiras A análise das demonstrações financeiras exige conhecimento do que representa cada conta que nela figura. Há

Leia mais

BALANCETE - 01/10/2015 A 31/10/2015

BALANCETE - 01/10/2015 A 31/10/2015 FUNDACAO DE ENSINO SUPERIOR DE MANGUEIRINHA FL. 1 PG. 1 ATIVO 645.000,64 215.553,72 216.569,30 A - CIRCULANTE 159.422,32 215.503,72 212.340,52 1-1000000 DISPONIBILIDADES 2.169,97 214.061,77 210.938,57

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ RECEITAS 1 - O Orçamento do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro para o exercício financeiro de 2013, estima a receita em R$ 16.122.900,00 e fixa sua despesa em igual importância. 2 - A

Leia mais

SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO. Título I Da finalidade, sede e duração

SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO. Título I Da finalidade, sede e duração SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO Título I Da finalidade, sede e duração Art. 1º. A Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa, fundada

Leia mais

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20.

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.425.208,00 2.742.999,95 2.742.999,95 3.682.208,05 CRÉDITO

Leia mais

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL Introdução Já sabemos que o Patrimônio é objeto da contabilidade, na qual representa o conjunto de bens, diretos e obrigações. Esta definição é muito importante estar claro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 334, DE 29 DE SETEMBRO DE 1989.

RESOLUÇÃO Nº 334, DE 29 DE SETEMBRO DE 1989. RESOLUÇÃO Nº 334, DE 29 DE SETEMBRO DE 1989. Dispõe sobre as Rendas dos Conselhos Federal e Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia e da Mútua de Assistência dos Profissionais da Engenharia, Arquitetura

Leia mais

ASSOCIAÇÃO SAÚDE CRIANÇA FLORIANOPOLIS

ASSOCIAÇÃO SAÚDE CRIANÇA FLORIANOPOLIS ASSOCIAÇÃO SAÚDE CRIANÇA FLORIANOPOLIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AOS EXERCÍCIOS FINDOS 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013 E RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES ASSOCIAÇÃO SAÚDE CRIANÇA FLORIANOPOLIS

Leia mais

DIRETÓRIO ACADÊMICO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALÉM PARAÍBA Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais Alves Fortes ESTATUTO

DIRETÓRIO ACADÊMICO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ALÉM PARAÍBA Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais Alves Fortes ESTATUTO ESTATUTO Capítulo I: Da Denominação Artigo 1º - O Diretório Acadêmico da, FACE ALFOR, é entidade máxima de representação dos estudantes dos cursos de Direito, Administração de Empresas e Engenharia Civil

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Pará CNPJ: 14.974.293/0001-12 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 922.380,03 665.569,81 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE 541.961,33 188.309,60

Leia mais

Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Contábeis. Demonstrações Contábeis. Em 31 de dezembro de 2011

Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Contábeis. Demonstrações Contábeis. Em 31 de dezembro de 2011 Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Em 31 de dezembro de 2011 AUDIBANCO - Auditores Independentes Sociedade Simples. 1 Demonstrações Contábeis

Leia mais

PARTIDO PROGRESSISTA Diretório Estadual de Santa Catarina

PARTIDO PROGRESSISTA Diretório Estadual de Santa Catarina PARTIDO PROGRESSISTA Diretório Estadual de Santa Catarina Florianópolis (Se), 10 de Janeiro de 2011. Excelentíssimo Senhor Newton Trisotto PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL/Se NESTA Cumprimentando-o

Leia mais

PARECER DE AUDITORIA

PARECER DE AUDITORIA PARECER DE AUDITORIA Aos Diretores da COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS CORRETORES DE SEGUROS DE BELO HORIZONTE E REGIÃO METROPOLITANA LTDA CREDICORSEGS 1. Examinamos o balanço patrimonial da

Leia mais

Balancete Contábil Outubro de 2013

Balancete Contábil Outubro de 2013 Balancete Contábil Outubro de 2013 CNPJ 06.025.140/0001-09 Balancete Consolidado de 31 de outubro de 2013 ATIVO PASSIVO DISPONÍVEL 54 EXIGÍVEL OPERACIONAL 423 Caixa - Gestão Previdencial 185 Bancos c/movimento

Leia mais

Balancete Contábil Dezembro de 2012

Balancete Contábil Dezembro de 2012 Balancete Contábil Dezembro de 2012 CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDENCIA COMPLEMENTAR DISPONIVEL 7.619 EXIGIVEL OPERACIONAL 315.366 Caixa 97 Gestão Previdencial 116.641 Banco c/movimento 7.523 Gestão

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR Aula n 04 online MATERIAL DE APOIO PROFESSOR Balanço Patrimonial Plano de Contas É um elemento sistematizado e metódico de todas as contas movimentadas por uma empresa. Cada empresa deverá ter seu próprio

Leia mais

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa V Pagamento de fornecedores Retenção de IRF sobre serviços Retenção de IRF sobre salários Pró-labore Integralização de capital em dinheiro Integralização de capital em bens Depreciação ICMS sobre vendas

Leia mais

SÃO PAULO TURISMO S/A CNPJ: 62.002.886/0001-60 NIRE: 353.00015967

SÃO PAULO TURISMO S/A CNPJ: 62.002.886/0001-60 NIRE: 353.00015967 SÃO PAULO TURISMO S/A CNPJ: 62.002.886/0001-60 NIRE: 353.00015967 Tendo em vista a convocação da Assembleia Geral Extraordinária para o dia 19/06/2015, às 11h30 min, a São Paulo Turismo S/A, por meio do

Leia mais

GRANDE ~ RECIFE CONSORCIO DE TRANSPORTE

GRANDE ~ RECIFE CONSORCIO DE TRANSPORTE GRANDE ~ RECIFE CONSORCIO DE TRANSPORTE Piano de Contas Anexo 20 -- grandev

Leia mais

UNISERCON. Contabilidade UNIÃO DE SERVIÇOS CONTABEIS

UNISERCON. Contabilidade UNIÃO DE SERVIÇOS CONTABEIS UNISERCON UNIÃO DE SERVIÇOS CONTABEIS CRC/RS3101 BALANÇO PATRIMONIAL ANALÍTICO EXERCÍCIO DE 2011 ooo - xxxxxxx- xxxxxx xx xxxxx xxxx (oo.ooo.oo/oooi-oo) CONTA Folha 1 SALDO 1 1. 1 1. 1. 01 1. 1. 01. 01

Leia mais

PORTARIA Nº 21, DE 23 DE AGOSTO DE 2011

PORTARIA Nº 21, DE 23 DE AGOSTO DE 2011 PORTARIA Nº 21, DE 23 DE AGOSTO DE 2011 Estabelece a organização e funcionamento das Secretarias Sindicais SESIN e Delegados Sindicais nas Unidades Federadas. O PRESIDENTE DO SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 6.075.000,00 385.244,45 3.028.821,45 49,86 3.046.178,55 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.949.000,00 295.008,08

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SERGIPE - CIÊNCIAS CONTÁBEIS QUESTÕES

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SERGIPE - CIÊNCIAS CONTÁBEIS QUESTÕES QUESTÕES 01) Fazem parte do grupo de contas do : A) Duplicatas a Receber Caixa Duplicatas a Pagar. B) Terrenos Banco Conta Movimento Credores Diversos. C) Duplicatas a Pagar Caixa Adiantamentos de Clientes.

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 12.1. Introdução O artigo 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que, ao fim de cada exercício social, a diretoria da empresa deve elaborar, com base na escrituração mercantil, as

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.092.836,73 D 228.985,22 271.357,14 1.050.464,81 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 368.698,99 D 228.334,36 265.541,52 331.491,83 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 76.060,22 D 204.964,49

Leia mais

EXERCICIOS: MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS 2010 EXERCICIO Nº 02 _ CIA. MUZAMBINHO EXERCICIO Nº 01 _ CIA ATLANTIDA

EXERCICIOS: MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS 2010 EXERCICIO Nº 02 _ CIA. MUZAMBINHO EXERCICIO Nº 01 _ CIA ATLANTIDA EXERCICIO Nº 01 _ CIA ATLANTIDA Operações da Cia Atlântida no mês de janeiro de 20x1: 1) 03/jan Adquiriu móveis e utensílios a prazo por $ 800; 2) 08/jan - Comprou veiculo a vista por $ 5.000 (em cheque);

Leia mais

CREFITO/MT Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 9ª Região CNPJ: 00.577.473/0001-56

CREFITO/MT Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 9ª Região CNPJ: 00.577.473/0001-56 Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 9ª Região CNPJ: 00.577.473/0001-56 Balancete Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 1.474.008,93D 717.680,43 804.036,65 1.387.652,71D 1.1 - ATIVO

Leia mais

Acesso Terc Classificador Nome da Conta C/C. Saldo Inicial Mov.Débito Mov.Crédito Saldo Final

Acesso Terc Classificador Nome da Conta C/C. Saldo Inicial Mov.Débito Mov.Crédito Saldo Final 00001 10000 1000000000 ATIVO 5.972.733,29 434.717,19 435.209,79 5.972.240,69 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 61.165,74 279.015,28 292.260,12 47.920,90 11100 1101000000 DISPONIVEL 61.165,74 279.015,28

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2012. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2012. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 2.267.078,53 55.911,96 88.995,34 2.233.995,15 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 754.790,41 47.591,67 82.318,44 720.063,64 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 16.211,78 28.470,90 35.383,37

Leia mais

Parecer da KONTAS Contabilidade Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda ME

Parecer da KONTAS Contabilidade Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda ME Parecer da KONTAS Contabilidade Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda ME Aos Administradores da Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia AOPM Salvador - BA Aos Administradores da Associação

Leia mais

Para poder concluir que chegamos a: a) registrar os eventos; b) controlar o patrimônio; e c) gerar demonstrações

Para poder concluir que chegamos a: a) registrar os eventos; b) controlar o patrimônio; e c) gerar demonstrações Contabilidade: é objetivamente um sistema de informação e avaliação, destinado a prover seus usuários com demonstrações e análise de natureza econômica financeira. tratar as informações de natureza repetitiva

Leia mais