Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 09/03/ :19:46.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 09/03/2013 12:19:46."

Transcrição

1 1 de 7 11/03/ :10 Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 09/03/ :19:46. MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL - MPF PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA - PGR Usuário: Data: 11/03/2013 Hora: 18:09:02 GCONS Autos Administrativos - Distribuição Ativa - Resumo (6017) Filtro..: (UF: = 'SP') E (UNIDADE: = 'PRM-CAMPINAS') E (DISTRIBUIDO PARA: IN ('AUREO MARCUS MAKIYAMA LOPES','3º Ofício de Campinas')) UF: SP - UNIDADE: PRM-CAMPINAS - PROCURADORIA DA REPUBLICA NO MUNICIPIO DE CAMPINAS-SP Distribuido: 3º Ofício de Campinas Localização: GABPRM1-AMML - AUREO MARCUS MAKIYAMA LOPES Câmara: PFDC / PA ICP nº 44/ Saúde Pública. Descumprimento, pela operadora de planos de saúde "MICROMED ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA", de determinações da ANS fundamentadas nas Resoluções Normativas 186/2009 e 252/2011. Averiguar quais as medidas administrativas tomadas pela ANS em face da Micromed e em casos semelhantes / ICP ICP Nº 28/ Apurar denúncia (protocolo nº /2011) de atual descumprimento da Lei nº /2005 e RDC 36 da ANVISA na região de Campinas e no Hospital Madre Theodora, dentre outros, ao se impedir que acompanhante no pós-parto quando a parturiente se encontra internada em quarto coletivo / PA ICP nº 59/ PFDC - Apurar como tem sido feita a seleção de alunos do curso de Direito da Universidade Unip de Campinas para a realização do ENADE, bem como o tratamento deferido aos alunos em decorrência de seu resultado / PA SAÚDE PÚBLICA. Apurar irregularidades na atuação de orgãos públicos responsáveis pela fiscalização de empresas privadas no tocante a esterilização e reprocessamento de artigos e materiais hospitalares / ICP ICP nº 28/ SAÚDE - APURAR AS CONDIÇÕES DE CONSERVAÇÃO E SEGURANÇA DA MALHA FERROVIÁRIA OPERADA PELA AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA - ALL NOS TRECHOS QUE CORTAM OS MUNICÍPIOS DE CAMPINAS, HORTOLÂNDIA E SUMARÉ / ICP ICP 47/2011. PFDC. APURAR A RESPONSABILIDADE E/OU PROMOVER AS SOLUÇÕES ADMINISTRATIVAS PARA OS CONTRATOS QUE NÃO ESTEJAM RECEBENDO A QUITAÇÃO DO FCVS PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NESTA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA, COM RISCO E INSEGURANÇA JURÍDICA, PESSOAL E SOCIAL ÀS FAMÍLIAS AFETADAS, VERIFICANDO OS PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELA CEF E COHAB CAMPINAS E APURANDO PORQUE MOTIVO ESTES CONTRATOS AINDA ESTÃO PENDENTES ENQUANTO GRANDE QUANTITATIVO JÁ FOI DEVIDAMENTE REGULARIZADO POR OUTRAS INSTITUIÇÕES / PA EDUCAÇÃO. Direitos do cidadão. PROUNI. Apurar a negativa, por parte de Universidades da região, em efetuar a transferência de alunos do curso de enfermagem da Universidade São Marcos, por serem bolsistas integrais do Programa Universidade para Todos - PROUNI / PA SAÚDE. Notícia de não atendimento à paciente do SUS no Hospital Celso Pierro na PUC de Campinas/sp / PA PFDC. EDUCAÇÃO. Universidade UNIESP. Denúncia de cobrança de taxa para emissão de declarações e histórico escolar / PA Averiguar como é feita a fiscalização, pelo MEC, do processo de seleção de alunos para o exame denominado ENADE, adotado pelas Universidades da região / ICP ICP nº 62/ Fiscalização, avaliação, supervisão, desenvolvimento e adoção das demais medidas pertinentes para a atenção cardiovascular de alta complexidade, por meio de rede regional-estadual-federal, promovendo a articulação e integração com o sistema local e regional de atenção à saúde, observando a organização, habilitação, e credenciamento das unidades de assistência e centros de referência, avaliação e fiscalização dos mesmos, estabelecimento de sistemas de referência e contrareferência e as demais medidas necessárias, em especial as contidas nas Portarias 1169/01 e 210/04 do Ministério da Saúde, neste ato definido e acompanhado da instauração do presente inquérito civil público / PA ICP 02/ Prefeitura do Município de Valinhos/SP. Não cumprimento da Lei /2008, chamada "Lei do Piso" do Magistério. Carga horária para o desempenho das atividades de interação com os educandos / ICP Sigiloso Garantias Constitucionais Moradia Ensino Superior Ensino Superior

2 / PA INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. APURAR A REGULARIDADE E CELERIDADE NA IMPLANTAÇÃO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS POR DETERMINAÇÃO JUDICIAL. PREVIDENCIÁRIO Benefícios em Espécie TOTAL(Câmara: PFDC) 4 Câmara: PFDC; / ICP ICP Nº 109/ SAÚDE - Apurar denúncia sobre a falta do medicamento Zyban na rede municipal de saúde de Campinas, para tratamento de tabagismo, que seria adquirido pelo Município através de verba liberada pelo Fundo Nacional de Saúde. TOTAL(Câmara: PFDC; ) Câmara: 3ª CCR / PA ICP 052/ Programa Minha Casa Minha Vida. Condomínio Park Contemporâneo em Campinas/SP. Contrato particular de compra e venda entre o requerente e a MRV. Alienação fiduciária em favor da CEF. Abusividades das cláusulas contratuais em relação de consumo. Não conformidade da obra. Oferta não cumprida pela construtora / PA Consumidor. Averiguar possíveis irregularidades na operacionalização do Programa Minha Casa Minha Vida, pela empresa denominada "Toreti Empreendimentos Imobiliários Ltda"., incorporadora do empreendimento denominado "Porto Seguro Residencial", em Campinas/SP / PA IC nº 22/ CONSUMIDOR - POSSÍVEL PRÁTICA DE VENDA CASADA PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. AVERIGUAR QUAIS AS MEDIDAS CONCRETAS TOMADAS PELA CEF EM DECORRÊNCIA DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO INSTAURADO PARA APURAR A OCORRÊNCIA DE TAL PRÁTICA, E FISCALIZAR O CUMPRIMENTO DE TAIS MEDIDAS PELAS AGÊNCIAS BANCÁRIAS / PA IC nº 19/ Ordem Econômica. Denúncia de satelização das emissoras de rádio regionais comandadas pela Rede Família, gerando, em tese, um monopólio dos meios de comunicação social / PA CONSUMIDOR. ICP 65/ Averiguar possíveis irregularidades na operacionalização do Programa Minha Casa Minha Vida, pela empresa denominada "Itaplan Brasil Consultoria de Imóveis S/A", incorporadora do empreendimento denominado "Residencial Reserva Jardim Amazonas", em Jundiaí/SP / ICP CONSUMIDOR. Investigar a cobrança, pela COHAB, de saldos residuais de contratos já quitados, sem cumprir o dever de informação e transparência para com o mutuário / PA CONSUMIDOR. Programa Minha Casa Minha Vida. Parque Novo Mundo Fase II em Campinas/SP. Manipulação de rendas e salários para aquisição de unidades pela Cooperativa Habitacional de Araras / ICP ICP Nº 107/ ORDEM ECONÔMICA. Sorteios e prêmios. Hipercap Campinas. Competência da SUSEP para a autorização da atividade e fiscalização da sua regularidade. CIVIL CIVIL DO CONSUMIDOR Práticas Abusivas Intervenção no Domínio Econômico Proteção à Livre Concorrência Atos de Concentração CIVIL DO CONSUMIDOR Contratos de Consumo CIVIL TOTAL(Câmara: 3ª CCR) Quantidade de linhas no agrupamento: 8 Câmara: 4ª CCR / ICP ICP Nº 03/ MEIO AMBIENTE: CONTAMINAÇÃO DAS ÁGUAS NA REGIÃO DE CAMPINAS, ÁREA DE ABRANGÊNCIA DA BACIA FEDERAL PIRACICABA / CAPIVARI E JUNDIAI, Aterro MANTOVANI / ICP ICP 35/2011. Apurar e apoiar a preservação do patrimônio histórico e cultural imóvel de propiedade da antiga Companhia Paulista de Estradas de Ferro e da Rede Ferroviária Federal (RFFSA) em Jundiaí/SP / PA PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL. Averiguar a preservação do patrimônio histórico e cultural imóvel de propriedade da antiga Companhia Mogiana de Estradas de Ferro de Campinas. Patrimônio Cultural Domínio Público Patrimônio Histórico / Tombamento 2 de 7 11/03/ :10

3 / PA MEIO AMBIENTE. Apurar supostas irregularidades ambientais praticadas com a implementação do empreendimento denominado Vila Abaeté / PA MEIO AMBIENTE. Acompanhar a implementação das medidas estabelecidas nos 6º, 9º e 11º Termos de Aditamento ao Termo de Compromisso celebrado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo em 11/09/2011 (no bojo do Inquérito Civil MPE nº 001/2001), bem como para acompanhar a implementação de medidas de remoção, destinação final de resíduos da Vala 13 do Aterro Cetrim previstas no TAC firmado pelo MPF e MPE/SP com a BASF e a realização de campanhas de monitoramento / ICP ICP 58/2011. PATRIMÔNIO PÚBLICO E SOCIAL. O Ministério Público Federal, por este Procurador da República signatário, resolve instaurar o presente inquérito civil público, com fundamento no art. 7º, inciso I, da LC 75/93, Lei 7.347/85 e art. 127 da Constituição Federal, com o objeto/objetivo de apurar como tem sido feita a preservação do patrimônio histórico e cultural móvel e imóvel de propriedade da antiga Companhia Paulista de Estradas de Ferro e da Rede Ferroviária Federal (RFFSA) em Louveira/SP / ICP PORTARIA ICP nº 58/ MEIO AMBIENTE - com a finalidade de fiscalizar o cumprimento, por parte dos orgãos e entidades da Administração Federal Direta e Indireta, do Decreto 5.940/2006. que trata da separação dos resíduos recicláveis descartados por ela. Revogação/Concessão de Licença Ambiental Patrimônio Cultural TOTAL(Câmara: 4ª CCR) Quantidade de linhas no agrupamento: 7 Câmara: 4ª CCR; / ICP ICP 72/ PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL. PROMOVER A PRESERVAÇÃO DOS BENS DE VALOR HISTÓRICO E CULTURAL, CONSTITUÍDO PELA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE VALINHOS, DE PROPRIEDADE DAS ANTIGAS FEPASA E RFFSA, LOCALIZADOS ESPECIFICAMENTE NO MUNICÍPIO DE VALINHOS. TOTAL(Câmara: 4ª CCR; ) Câmara: 5ª CCR / ICP ICP nº 314/ EDUCAÇÃO. Processo TCU nº / Concessão de bolsa pela Fundação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior - CAPES. Irregularidades. Sra. Diana Cláudia Martinez Abraham / PA Sigiloso Transporte Aéreo - Aeroporto / ICP ICP nº 3/ Desvio de verba federal praticado, em tese, pelo ex-prefeito de Serra Negra Paulo R. Della Guardia Scachetti / PA ICP 51/2012 PATRIMÔNIO PÚBLICO. Apurar possíveis irregularidades praticadas por Celso Wolf Júnior, presidente da Confederação Brasileira de Badminton nos anos de 2006, 2007 e 2008, especificamente em razão de supostas irregularidades na prestação de contas nos referidos anos, em desacordo com as disposições da Lei nº 9615/98 e do estatuto da entidade / PA PFDC. Moradia. Má condução na administração de condomínio adquirido através do PAS - Programa de Arrendamento Habitacional, operado pela Caixa Econômica Federal, responsável pela escolha da administradora / PA ICP nº 56/ PATRIMÔNIO PÚBLICO - Atuação na dimensão repressiva corretiva, a fim de que sejam regularizadas as contratações de estagiários do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região por meio de concursos públicos ou que se estabeleça outros critérios objetivos, com observância aos princípios da impessoalidade, moralidade, legalidade, igualdade, publicidade e eficiência / ICP ICP nº 7/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. Radiodifusão. Fiscalizar o cumprimento da vedação de proselitismo político nas rádios comunitárias pertencentes à Subseção Judiciária de Campinas referente às eleições municipais de Orçamento Repasse de Verbas Públicas Orçamento Repasse de Verbas Públicas Concurso Público / Edital Radiodifusão 3 de 7 11/03/ :10

4 4 de 7 11/03/ : / ICP ICP Nº 5/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. Radiodifusão. Verificar o conteúdo comunitário e funcinamento aberto das associações e conselhos gestores das rádios comunitárias pertencentes à Subseção Judiciária de Campinas / ICP ICP nº 2/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. Saúde Pública. Apurar irregularidades na aplicação de recursos federais para aquisição, controle e manutenção de mamógrafos na rede pública e conveniada de saúde da região de Campinas / ICP ICP 33/2011. Apurar omissão na fiscalização de solo e vias urbanas no entorno do Aeroporto Internacional de Viracopos, com riscos e prejuízos à ordenação do trânsito de veículos / PA PATRIMÔNIO PÚBLICO. Apurar possíveis irregularidades praticadas pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO) no âmbito dos contratos por ela celebrados para o uso de áreas do aeroporto internacional de Viracopos, especificamente em razão da existência de cláusula que prevê a possibilidade de renovação "a critério exclusivo da concedente (INFRAERO)", em violação ao artigo 37, caput, da Constituição Federal. Radiodifusão Contratos Administrativos / ICP Sigiloso Transporte Aéreo - Aeroporto / PA ICP 54/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. SAÚDE PÚBLICA. Eventual fraude contra convênio com a União. Averiguar denúncia de uso de verbas públicas do SUS pelo Hospital São Vicente, sem a realização do respectivo serviço médico / PA PATRIMÔNIO PÚBLICO. SAÚDE PÚBLICA. Apurar denúncia de descumprimento da Lei nº /2005, RN 211 da ANS e RDC 36 da ANVISA, pelo Hospital Universitário de Jundiaí/SP, no que pertine à possibilidade de acompanhamento da parturiente, por pessoa por ela indicada, no período de pré-parto, parto e pós-parto quando esta encontra-se internada em quarto coletivo / PA ICP nº 17/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. SAÚDE PÚBLICA. RELATO DE BLOQUEIO DE RECURSOS LIBERADOS PARA IMPLANTAÇÃO DE SERVIÇOS ESSENCIAIS À SAÚDE PÚBLICA, ATRAVÉS DE AÇÕES ADMINISTRATIVAS E POLÍTICAS NO DECORRER DO PROCESSO DE MUNICIPALIZAÇÃO DO HOSPITAL OURO VERDE, EM CAMPINAS/SP / PA IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Apurar possíveis irregularidades praticadas Joseane Cristina Teixeira, Walter Luiz Sims e Diego de Ângelo Polízio, especificamente em razão de terem sido responsabilizados no âmbito do Processo administrativo disciplinar nº / / PA PATRIMÔNIO PÚBLICO. Dano ao erário. Omissão da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos em fiscalizar contrato firmado com Worktime Assessoria empresarial Ltda para terceirização de mão de obra. Condenação, em ação trabalhista, ao pagamento dos valores de condenação / PA ICP nº 61/ Dimensão Preventiva. Garantir a transpârencia na prestação de informações por parte do serviço público municipal, especialmente no que tange à manutenção e disponibilização, para gestões futuras, de bens, arquivos, livros e documentos públicos dos municípios. Saúde Hospitais e Outras Unidades de Saúde Saúde Hospitais e Outras Unidades de Saúde Atos Administrativos Improbidade Administrativa Dano ao Erário Atos Administrativos / PA Sigiloso Contratos Administrativos / PA Irregularidades na contratação e execução das obras de construção de creche do bairro Vila Nova (Pró Infância) no município de Mombuca/SP / ICP ICP Nº 67/2010. VERIFICAR O CUMPRIMENTO QUALITATIVO SUBSTANCIAL DO ACESSO E DAS NORMAS RELATIVAS AO FORNECIMENTO EFICIENTE, AOS CIDADÃOS, DE INFORMAÇÕES DE CARÁTER PÚBLICO POR MEIO DA INTERNET, EM ESPECIAL DA LEI COMPLEMENTAR 131/2009, PELOS ÓRGÃOS PÚBLICOS GESTORES DE VERBAS, SERVIÇOS E COMPETÊNCIAS FEDERAIS NA ÁREA DA SUBSEÇÃO DA JUSTIÇA FEDERAL EM CAMPINAS

5 / ICP ICP 70/2010. QUALIDADE NO SERVIÇO PÚBLICO. OBJETIVO: Verificar a integridade do controle, processamento, eficácia do processo de aplicação de penalidade e a correta aplicação dos critérios legais, pelo Ministério das Comunicações, na fiscalização/acompanhamento do funcionamento das RÁDIOS COMUNITÁRIAS e verificar medidas realizadas pela ANATEL em relação às rádios denunciadas desta Subseção / PA ICP nº 37/ SAÚDE. Verificar a situação atual de realização do exame NAT para as hepatites no teste de sangue doado e a pertinência técnica de sua exigência para a proteção da saúde pública / ICP ICP 85/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. PRESTAÇÃO PÚBLICA. INFRAERO. ACOMPANHAR A AMPLIAÇÃO E REFORMA DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS EM SUAS DIMENSÕES DE PATRIMÔNIO PÚBLICO, SERVIÇO PÚBLICO EXECUTADO POR EMPRESA PÚBLICA FEDERAL, LICITAÇÕES E CONTRATOS, CONSEQUÊNCIAS URBANÍSTICAS, ECONÔMICAS E SOCIAIS DA INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO PÚBLICO ESTRATÉGICO E DO INVESTIMENTO PÚBLICO RESPECTIVO, TENDO EM VISTA A REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO DE / PA ENCAMINHA O TERMO DE DECLARAÇÕES DE ARIANA VERONICA DE ALMEIDA E DOC UMENTOS, QUE NOTICIAM FATOS RELACIONADOS AO SEU ATRENDIMENTO PELO PERITO MÉDICO DR. MANOEL CESAR CAMARA OLIVEIRA, NA AG. DO POSTO DO INSS EM SOCORRO. TOTAL(Câmara: 5ª CCR) Quantidade de linhas no agrupamento: 25 Câmara: 5ª CCR; / ICP ICP Nº 02/ PATRIMÔNIO PÚBLICO. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. APURAR ATOS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA RELACIONADOS AO EMPREENDIMENTO PATROCINADO PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NA VILA UNIÃO NO MUNICÍPIO DE CAMPINAS E COMPANHIA HABITACIONAL ARARAS / ICP ICP Nº 03/2009. PATRIMÔNIO PÚBLICO. BUSCAR A REALIZAÇÃO DE ATOS DE OFÍCIO EM FACE DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, EMGEA, COMPANHIA HABITACIONAL DE ARARAS E HABTETO, COM FINALIDADE DE VIABILIZAR O PROCESSO DE REGULARIZAÇÃO DOS IMÓVEIS LOCALIZADOS NA VILA UNIÃO EM CAMPINAS/SP / ICP ICP Nº 23/ PATRIMÔNIO PÚBLICO - Apurar a ausência de prestação de contas nos convênios MET/AOEB nº 061/ "III Jogos Nacionais das Olimpíadas Especiais do Brasil" - e MET/AOEB nº 462/2002, - "VIII Ciclo Nacional de Seminários e Treinamentos" - pela Associação Olimpíadas Especiais Brasil - AOEB, e respectiva responsabilidade, bem como verificar adoção de providências, pelo Ministério dos Esportes, para o ressarcimento dos valores cuja aplicação não foi aprovada / ICP Sigiloso / ICP ICP Nº 44/ PATRIMONIO PUBLICO - apurar a situação dos contratos de concessão, ocupação e permissão de áreas não-operacionais do Aeroporto Internacional de Viracopos, de modo a verificar possíveis irregularidades, em especial o contrato celebrado com o restaurante "Bistro lanchonete Ltda". TOTAL(Câmara: 5ª CCR; ) Quantidade de linhas no agrupamento: 5 Câmara: 6ª CCR / ICP ICP nº 93/2010. Patrimônio Histórico e Cultural. Comunidades e cultura quilombola. Acompanhar e auxiliar a concessão, pelo INCRA e demais órgãos competentes, de titulação dominial de terras da Comunidade Quilombola de Brotas, localizada em Itatiba/SP. TOTAL(Câmara: 6ª CCR) TOTAL(Localização: GABPRM1-AMML - AUREO MARCUS MAKIYAMA LOPES) Quantidade de linhas no agrupamento: 62 Localização: SERAP/PRM-SP - SETOR DE ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL DA PRM/CAMPINAS Câmara: PFDC / PA PFDC. EDUCAÇÃO Universidade Anhanguera. Descumprimento do art. 24, VI, da Lei nº 9.394/96. TOTAL(Câmara: PFDC) Câmara: 3ª CCR / ICP Sigiloso / PI ICP 49/ DIGI-DENUNCIA - PRM-SRC-SP / DENUNCIANTE: ROSANA DOS SANTOS SUMIDA. FONE (15) RESPONSÁVEIS OU ENVOLVIDOS: AZUL LINHAS ÁEREAS. TEXTO DA DENÚNCIA: "Boa Tarde! Estou enviando em anexo e- mail encaminhado ja há algum tempo á ANAC e não obtive respostas. Se tentarmos fazer qualquer colocação/reclação no site da AZUL Cia Aéreas tambem não conseguimos e segue até o dia de hoje sem DO CONSUMIDOR 5 de 7 11/03/ :10

6 qualquer resposta. Eu deveria embarcar no dia 09/04/2012 ás 19:42 (AD 4090) (Curitiba/Campinas) devido ao problema que tive no trânsito cheguei ás 19:30, não me deixaram embarcar alegando que ja tinham usado a lista de espera, depois falaram que me deixariam embarcar caso eu não tivesse bagagem. Precisei remarcar para o próximo vôo paguei a taxa de 150,00, e o vôo (AD 4027) que deveria sair ás 20:54 saiu somente após ás 21 horas o motivo foi os retardatários, entraram várias pessoas atrasadas no vôo e por isso ficaram esperando foram mais ou menos 9 pessoas, entrando no avião exatamente ás 21:00H Como se não bastasse isso, ao chegarmos em Campinas não pudemos sair no horário com o ônibus que faz a linha Campinas/Sorocaba o motivo: Aguardaram mais os dois vôos que tambem saíram atrasados de Curitiba, então saímos de Campinas ja passavam dás 23:10. Fiquei indignada, eu e minha filha não pudemos embarcar enquanto que no vôo seguinte ficaram esperados até que o ultimo passageiro atrasado entrasse, nem que pra isso atrasasse o vôo como aconteceu. Por favor onde devo denunciar? Ja que não obtive resposta da ANAC e não consigo incluir nada no site da Azul? Atte: Rosana S Sumida". TOTAL(Câmara: 3ª CCR) Quantidade de linhas no agrupamento: 2 Câmara: 3ª CCR; / ICP ICP Nº 65/ CONSUMIDOR - ACOMPANHAR O CUMPRIMENTO DO ACORDADO NO TERMO DE AJUSTE DE CONDUTA 08/2008, QUE DETERMINA O RESSARCIMENTO AOS ALUNOS, DAS TAXAS DE EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA COBRADAS DURANTE O PERÍODO DE 28/02/2003 A 28/02/2008, NOS CURSO DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CENECISTA DE CAPIVARI - FACECAP. TOTAL(Câmara: 3ª CCR; ) Câmara: 5ª CCR / PA... PRESTEI CONCURSO PARA PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARIÚNA EM 2010 ME CLASSIFICANDO EM QUINTA COLOCAÇÃO(NOTA 72).PORÉM FUI A SEGUNDA MAIOR NOTA EM CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DE FISIOTERAPIA NESTE CONCURSO(OBTIVE 23 ACERTOS EM 30 QUESTÕES). DOS 190 INSCRITOS EM FISIOTERAPIA EM JAGUARIÚNA NESTE ANO DE 2010, COMPARECERAM À PROVA 135 CANDIDATOS, SENDO QUE SOMENTE 39 CANDIDATOS FORAM APROVADOS(NOTA MÍNIMA PARA APROVAÇÃO ERA 6,0) DADO O ALTO NÍVEL DA PROVA ESPECÍFICA EM FISIOTERAPIA E TAMBÉM DE PORTUGUES.A PRIMEIRA COLOCADA OBTEVE A NOTA / PA Patrimônio Público. Apurar supostas irregularidades consistentes na não-convocação de candidato habilitado em concurso da Petrobrás (Polo Paulínia/SP) / PA Patrimônio Público. Apurar notícia de superfaturamento e desvio de verbas públicas pela Secretaria de Obras da Prefeitura de Pedreira / PA Patrimônio Público. Apurar supostas irregularidades consistentes no não-cumprimento das condicionantes voltadas à educação no Programa Bolsa Família, previstas na Portaria GM/MDS nº 321, de 29 de setembro de 2008, no âmbito dos municípios de Lindóia e Socorro / PA ICP nº 48/ PATRIMÔNIO PÚBLICO - ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - AVERIGUAR AS CONDIÇÕES DE TRABALHO NAS AGÊNCIAS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. CONDIÇÕES QUE SEGUNDO A REPRESENTAÇÃO SÃO INSALUBRES / PA ICP 50/2012 PATRIMÔNIO PÚBLICO E SOCIAL "Averiguar possível cobrança indevida de taxa de assessoria pela imobiliária Prado Gonçalves em financiamentos realizados com verba do programa Minha Casa Minha Vida na cidade de Jundiaí/SP" / PA PATRIMÔNIO PÚBLICO. SAÚDE PÚBLICA. Ações do programa Farmácia Popular do Brasil executadas pela empresa "Dallari & Guirelli Ltda EPP" em desacordo com as normas estabelecidas pelo programa, gerando a obrigação de ressarcimento no valor de R$ ,89 ao Fundo Nacional de Saúde - FNS/MS / PA PATRIMÔNIO PÚBLICO. SAÚDE PÚBLICA. Ações do programa Farmácia Popular do Brasil executadas pela "Drogaria Luiz Humberto de Almeida Junior Ltda ME" em desacordo com as normas estabelecidas pelo programa. Concurso Público / Edital Concurso Público / Edital Organização Políticoadministrativa / Administração Pública Domínio Público Bens Públicos Utilização indevida de bens públicos TOTAL(Câmara: 5ª CCR) Quantidade de linhas no agrupamento: 8 TOTAL(Localização: SERAP/PRM-SP - SETOR DE ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL DA PRM/CAMPINAS) 2 TOTAL(Distribuido: 3º Ofício de Campinas) 6 de 7 11/03/ :10

7 7 de 7 11/03/ :10 Quantidade de linhas no agrupamento: 74 TOTAL(UF: SP - UNIDADE: PRM-CAMPINAS - PROCURADORIA DA REPUBLICA NO MUNICIPIO DE CAMPINAS-SP) Quantidade de linhas no agrupamento: 74 TOTAL Quantidade de Agrupamentos : 12 Quantidade de linhas : 74 Dados que compõem este relatório foram atualizados em: 09/03/ :19:46. GCONS

PORTARIA Nº 139, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA)

PORTARIA Nº 139, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA) PORTARIA Nº 139, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA) Dispõe sobre a aquisição e alienação de imóveis sem prévio arrendamento no âmbito do Programa de Arrendamento Residencial - PAR,

Leia mais

RECOMENDAÇÃO 002/2011

RECOMENDAÇÃO 002/2011 RECOMENDAÇÃO 002/2011 OFÍCIO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO E SOCIAL O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, por intermédio do Procurador da República signatário, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, com

Leia mais

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública unifesp, 23.04.2009 tópicos conhecendo o mpf unifesp e administração pública atuação do mpf/sp na unifesp tutela de direitos coletivos defesa do patrimônio

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 56, DE 5 DEZEMBRO DE 2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 56, DE 5 DEZEMBRO DE 2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 56, DE 5 DEZEMBRO DE 2007 Dispõe sobre instauração e organização de processo de tomada de contas especial e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso do

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA 1 de 10 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CERTIFICADO DE AUDITORIA CERTIFICADO Nº :201108660 UNIDADE AUDITADA :110008 - MINISTERIO DA PESCA E

Leia mais

Número: 00190.010534/2012-04. Unidade Examinada: Município de Diadema/SP

Número: 00190.010534/2012-04. Unidade Examinada: Município de Diadema/SP Número: 00190.010534/2012-04 Unidade Examinada: Município de Diadema/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.010534/2012-04 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº 05/2009

RECOMENDAÇÃO Nº 05/2009 Procedimento Administrativo Tutela Coletiva nº 1.34.030.000124/2009-41 RECOMENDAÇÃO Nº 05/2009 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pelo Procurador da República signatário, no uso de suas atribuições constitucionais

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA nº 02/2012

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA nº 02/2012 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA nº 02/2012 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (MPF), representado pelo procurador da República DARLAN AIRTON DIAS, titular do 1º Ofício da Procuradoria da República

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE LEI N. 2.031, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2008 Institui o Serviço Social de Saúde do Acre, paraestatal de direito privado, na forma que especifica. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que

Leia mais

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO EVENTO A gestão segura eficiente dos contratos administrativos envolve o adequado acompanhamento da sua execução e da sua finalização. Para isso, os agentes envolvidos, especialmente o fiscal e o gestor

Leia mais

RECOMENDAÇÃO 001/2008

RECOMENDAÇÃO 001/2008 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DA BAHIA OFÍCIO DO MEIO AMBIENTE E PATRIMÔNIO CULTURAL RECOMENDAÇÃO 001/2008 OBJETO: assegurar que recursos financeiros do Banco Nacional

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTAS Nº 01/03

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTAS Nº 01/03 Inquérito Civil: Compromitente: Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria da Cidadania, Defesa Comunitária e do Consumidor Compromissados: Secretaria de Estado de Saúde e Fundação de Saúde

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 119427-CE (0014160-68.2011.4.05.0000) AGRTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL AGRDO : CARLOS FLÁVIO OLIVEIRA SILVEIRA ADV/PROC : JOÃO OLIVARDO MENDES ORIGEM : 18ª Vara Federal do Ceará

Leia mais

Decreto nº 7.568, de 16 de setembro de 2011

Decreto nº 7.568, de 16 de setembro de 2011 Decreto nº 7.568, de 16 de setembro de 2011 Diário Oficial da União nº 180, de 19 de setembro de 2011 (segunda-feira) Seção 1 Págs. 3 / 4 Atos do Poder Executivo DECRETO Nº 7.568, DE 16 DE SETEMBRO DE

Leia mais

Seminário: Órgãos de Controle e a Nova Gestão Pública Municipal. Tema CONVÊNIOS. RAPHAEL MARINHO DANTAS Auditor Federal de Controle Externo

Seminário: Órgãos de Controle e a Nova Gestão Pública Municipal. Tema CONVÊNIOS. RAPHAEL MARINHO DANTAS Auditor Federal de Controle Externo Seminário: Órgãos de Controle e a Nova Gestão Pública Municipal Tema CONVÊNIOS Clique para editar o estilo do subtítulo mestre RAPHAEL MARINHO DANTAS Auditor Federal de Controle Externo Novembro de 2012

Leia mais

CONTRATUALIZAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE

CONTRATUALIZAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE CONTRATUALIZAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE 1 DA REGULAÇÃO ASSISTENCIAL A regulação assistencial compreende a função de gestão que tem como foco específico a disponibilização da alternativa assistencial

Leia mais

AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO. Estado de São Paulo. O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos.

AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO. Estado de São Paulo. O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos. AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO Estado de São Paulo O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos. Sumário Apresentação 5 Porque regularizar 6 Quando uma

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR Referência: inquéritos civis nº 1.32.000.000518/2013-15 e 1.32.000.000013/2013-42 RECOMENDANTE: MINISTÉRIO

Leia mais

RESOLUÇÕES PLENÁRIA FINAL 30.08.2007

RESOLUÇÕES PLENÁRIA FINAL 30.08.2007 RESOLUÇÕES PLENÁRIA FINAL 30.08.2007 RESOLUÇÃO 01 Câmaras Regionais do Cidadão A criação de Câmaras Regionais do Cidadão é importante e essencial para o aprimoramento da atuação das/os PRDC e PDC. Ademais,

Leia mais

Número: 00225.000795/2012-63 Unidade Examinada: Município de Taubaté/SP

Número: 00225.000795/2012-63 Unidade Examinada: Município de Taubaté/SP Número: 00225.000795/2012-63 Unidade Examinada: Município de Taubaté/SP Relatório de Demandas Externas n 00225.000795/2012-63 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

PROMOÇÃO DE ARQUIVAMENTO Nº 570/2015

PROMOÇÃO DE ARQUIVAMENTO Nº 570/2015 Inquérito Civil Público nº 1.26.000.000548/2011-59 PROMOÇÃO DE ARQUIVAMENTO Nº 570/2015 Trata-se de inquérito civil público instaurado a partir do Ofício nº 069/2011 2ª PJDC, do Ministério Público do Estado

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 Institui a Política de Integração e Segurança da Informação do Sistema de Cadastro Ambiental Rural e dá outras providências. A MINISTRA DE ESTADO DO

Leia mais

LEI Nº 3.601 DE 11 DE AGOSTO DE 2009

LEI Nº 3.601 DE 11 DE AGOSTO DE 2009 LEI Nº 3.601 DE 11 DE AGOSTO DE 2009 ALTERA dispositivos da Lei Municipal nº 3.194, de 03 de janeiro de 2006, que dispõe sobre a política habitacional de interesse social do Município, voltada para a população

Leia mais

Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional. Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br

Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional. Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br Sumário 1. Dados da SAC sobre o Setor Aeroportuário 2. Plano Geral de Outorgas

Leia mais

I sob o enfoque contábil: Modelo de Projeto de Lei de Controle Interno Controladoria e Auditoria

I sob o enfoque contábil: Modelo de Projeto de Lei de Controle Interno Controladoria e Auditoria Modelo de Projeto de Lei de Controle Interno Controladoria e Auditoria Dispõe sobre a organização e a atuação do Sistema de Controle Interno no Município e dá outras providências. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS FEDERAIS TRANSFERIDOS AOS MUNICÍPIOS A PARTIR DAS AÇÕES DE AUDITORIA REALIZADAS PELO DENASUS EM 2012

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS FEDERAIS TRANSFERIDOS AOS MUNICÍPIOS A PARTIR DAS AÇÕES DE AUDITORIA REALIZADAS PELO DENASUS EM 2012 Ministério da Saúde Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa Departamento Nacional de Auditoria do SUS DENASUS ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS FEDERAIS TRANSFERIDOS AOS MUNICÍPIOS A PARTIR DAS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

D E C R E T A CAPÍTULO I DO RESPONSÁVEL E DA ABRANGÊNCIA

D E C R E T A CAPÍTULO I DO RESPONSÁVEL E DA ABRANGÊNCIA Imprimir "Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado." DECRETO Nº 13.869 DE 02 DE ABRIL DE 2012 Estabelece procedimentos a serem adotados pelos órgãos e entidades da Administração

Leia mais

CONVÊNIOS, TERMOS DE COOPERAÇÃO E SUAS PRESTAÇÕES DE CONTAS. Seminário Administrativo Itapema/SC

CONVÊNIOS, TERMOS DE COOPERAÇÃO E SUAS PRESTAÇÕES DE CONTAS. Seminário Administrativo Itapema/SC CONVÊNIOS, TERMOS DE COOPERAÇÃO E SUAS PRESTAÇÕES DE CONTAS. TERMOS DE COOPERAÇÃO. DO CONTROLE DA NECESSIDADE AO NECESSÁRIO CONTROLE. COFEN-COREN Lei nº. 5.905, de 12/07/1973. Art. 1º. São criados o Conselho

Leia mais

Considerando que incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socias (art.

Considerando que incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socias (art. TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Na data de na data de 12 de maio de 2011, no gabinete da Promotoria de Justiça de Crixás, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, por intermédio do Promotor de Justiça

Leia mais

Fortalecimento. CONTRATOS DE REPASSE E SICONV da Gestão Pública: Operacionalização CAIXA Prestação de Contas

Fortalecimento. CONTRATOS DE REPASSE E SICONV da Gestão Pública: Operacionalização CAIXA Prestação de Contas Fortalecimento CONTRATOS DE REPASSE E SICONV da Gestão Pública: Operacionalização CAIXA Prestação de Contas Fases do Convênio Prestação de Contas Parcial Prestação de Contas Final Tomada de Contas Especial

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 8487, DE 06 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre a criação do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social FMHIS, revoga as Leis nºs 7.273, de 12 de janeiro de 1994, e 7.600,

Leia mais

Seminário Participação e Controle nas Políticas de Assistência Social

Seminário Participação e Controle nas Políticas de Assistência Social Seminário Participação e Controle nas Políticas de Assistência Social Qual é o papel dos conselheiros de assistência social e de defesa dos direitos de crianças e adolescentes no controle das políticas

Leia mais

CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS NO SICONV

CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS NO SICONV CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS NO SICONV Gianna Lepre Perim Curitiba - 2013 SICONV VEDAÇÕES PI 507/2011 VEDAÇÕES Art. 10º É vedada a celebração de convênios e contratos de repasse: I - com órgãos e entidades

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara INSTRUÇÃO NORMATIVA SJU SISTEMA JURÍDICO N.º 001/2011 Versão: 001/2011 Aprovação em: 28/11/2011 Ato de aprovação: Decreto nº. 2995/2011. Unidade Responsável: Sistema Jurídico I - FINALIDADE: Representar

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, da Constituição,

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, da Constituição, DECRETO 3.100, de 30 de Junho de 1999. Regulamenta a Lei nº 9.790, de 23 de março de 1999, que dispõe sobre a qualificação de pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, como Organizações

Leia mais

Norma: DECRETO 44245 2006 Data: 22/02/2006 Origem: EXECUTIVO

Norma: DECRETO 44245 2006 Data: 22/02/2006 Origem: EXECUTIVO Norma: DECRETO 44245 2006 Data: 22/02/2006 Origem: EXECUTIVO Ementa: REGULAMENTA O PROGRAMA HABITACIONAL LARES GERAES - SEGURANÇA PÚBLICA NO ÂMBITO DO FUNDO ESTADUAL DE HABITAÇÃO - FEH. Fonte: PUBLICAÇÃO

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº 91/2010

RECOMENDAÇÃO Nº 91/2010 PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM JALES-SP Procedimento Administrativo Tutela Coletiva n. 1.34.030.000006/2010-76 RECOMENDAÇÃO Nº 91/2010 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pelo Procurador da República signatário,

Leia mais

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 01/2012

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 01/2012 RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 01/2012 CONSIDERANDO: 1. A existência do Procedimento Preparatório n. 0089.11.000011-7, cujo objeto é apurar eventual irregularidade em casa de abrigo para idosos na Rua

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM CONTROLADORIA-GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM CONTROLADORIA-GERAL DO MUNICÍPIO TRILHA DE AUDITORIA CONVÊNIOS - SICONV CONTROLADORIA-GERAL DO MUNICÍPIO Contagem, 09 de Março de 2015 Nicolle Ferreira Bleme AUDITORA-GERAL EQUIPE RESPONSÁVEL Flaviano Coelho Barbosa GERENTE DE AUDITORIA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2010 PROCESSO Nº

Leia mais

A observância da acessibilidade na fiscalização de obras e licenciamentos de projetos pelos municípios

A observância da acessibilidade na fiscalização de obras e licenciamentos de projetos pelos municípios A observância da acessibilidade na fiscalização de obras e licenciamentos de projetos pelos municípios Luciano de Faria Brasil Promotoria de Justiça de Habitação e Defesa da Ordem Urbanística de Porto

Leia mais

Como funciona a aquisição de moradia pela COHAB Curitiba?

Como funciona a aquisição de moradia pela COHAB Curitiba? Como funciona a aquisição de moradia pela COHAB Curitiba? Os interessados em adquirir um imóvel pela COHAB Curitiba devem efetuar inscrição nas agências de atendimento da Companhia e aguardar a classificação

Leia mais

EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL

EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL ANEXO II EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL (PARA CONVÊNIO OU INSTRUMENTOS CONGÊNERES) RELATÓRIO DE TCE Nº XX/2013 DADOS DO CONVÊNIO PROCESSO ORIGINAL 90000.000050/2009-99 INSTRUMENTO ORIGINAL

Leia mais

Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais OS no âmbito municipal, e dá outras providências.

Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais OS no âmbito municipal, e dá outras providências. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPIVARI DO SUL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL LEI MUNICIPAL Nº 884, DE 19 DE AGOSTO DE 2014. Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais OS no âmbito municipal,

Leia mais

ANEXO VII LEI Nº13.190 DE 11 DE JULHO DE

ANEXO VII LEI Nº13.190 DE 11 DE JULHO DE ANEXO VII LEI Nº13.190 DE 11 DE JULHO DE 2014 Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício de 2015, e dá outras providências. Art. 60 - Sem prejuízo das disposições contidas nos demais artigos,

Leia mais

Arquivos públicos municipais. Mais transparência pública, mais informação, mais memória e mais cidadania

Arquivos públicos municipais. Mais transparência pública, mais informação, mais memória e mais cidadania Arquivos públicos municipais Mais transparência pública, mais informação, mais memória e mais cidadania APRESENTAÇÃO Este documento tem como objetivo principal informar e sensibilizar as autoridades públicas

Leia mais

FAQ AUDIÊNCIA PÚBLICA - LICITAÇÃO AGF 2013

FAQ AUDIÊNCIA PÚBLICA - LICITAÇÃO AGF 2013 FAQ AUDIÊNCIA PÚBLICA - LICITAÇÃO AGF 2013 Perguntas 1) O que é uma franquia dos Correios? 2) Qual o Objetivo da Audiência Publica sobre contratação de pessoa jurídica de direito privado para operação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 392 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2002 (*) CONSIDERANDO a Instrução Normativa do Tribunal de Contas da União nº 42 de 03 de julho de 2002,

RESOLUÇÃO Nº 392 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2002 (*) CONSIDERANDO a Instrução Normativa do Tribunal de Contas da União nº 42 de 03 de julho de 2002, RESOLUÇÃO Nº 392 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2002 (*) 1014 Ementa: Estabelece manual de normas e procedimentos orçamentários, contábeis e financeiros, e dá outras providências. O Plenário do Conselho Federal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011 Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011 Regulamenta as normas para o relacionamento entre a Universidade Federal do Amapá e as Fundações de Apoio prevista na Lei n 8.958, de 20 de dezembro

Leia mais

COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, representado pelo Procurador da República RICARDO BALDANI OQUENDO, ora denominado COMPROMITENTE, e a ANHANGUERA EDUCACIONAL S/A, mantenedora

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 14/2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 14/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 14/2011 Ver também IN 7/13 Disciplina a organização e a apresentação das contas anuais dos administradores e demais responsáveis por unidades jurisdicionadas das administrações direta

Leia mais

Relação entre as Fundações de Apoio e a FINEP (execução e prestação de contas) 2013

Relação entre as Fundações de Apoio e a FINEP (execução e prestação de contas) 2013 Relação entre as Fundações de Apoio e a FINEP (execução e prestação de contas) 2013 Conceitos FINEP - Agência Brasileira da Inovação é uma empresa pública vinculada ao MCTI, que atua como Secretaria Executiva

Leia mais

Os impactos do IGC e CPC na vida econômica das IES Privadas. PROF. DR. JAIR DOS SANTOS JÚNIOR jairsantosjr@santosjunior.com.br

Os impactos do IGC e CPC na vida econômica das IES Privadas. PROF. DR. JAIR DOS SANTOS JÚNIOR jairsantosjr@santosjunior.com.br ENADE CPC IGC Os impactos do IGC e CPC na vida econômica das IES Privadas PROF. DR. JAIR DOS SANTOS JÚNIOR jairsantosjr@santosjunior.com.br Contexto ENADE CPC IGC O nascimento dos indicadores (2008) Portaria

Leia mais

Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União. Facilitador: Fernanda Lyra

Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União. Facilitador: Fernanda Lyra Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União Facilitador: Fernanda Lyra Horário da Aula: 28 de janeiro - Segunda - das 18h às 20h SICONV TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO

Leia mais

ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO. Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo

ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO. Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo Resolução nº 23 de 04/05/12 CAU/BR Portaria Interministerial Nº 507

Leia mais

Prestação de Contas de Convênios e Tomada de Contas Especial (TCE)

Prestação de Contas de Convênios e Tomada de Contas Especial (TCE) Prestação de Contas de Convênios e Tomada de Contas Especial (TCE) Ciclo das Transferências Voluntárias (Negociadas) Orçamentação Publicização Credenciamento Proposição Celebração Repasse Prestação de

Leia mais

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Caracterização da obra Ano orçamento: 2002 UF: PR Nome do programa de trabalho: Construção de Contornos Ferroviários no Corredor Mercosul -

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TOMADA DE CONTAS ANUAL AGREGADA TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº : 71000.010766/2007-25

Leia mais

1º A gestão do Programa cabe ao Ministério das Cidades e sua operacionalização à Caixa Econômica Federal CEF.

1º A gestão do Programa cabe ao Ministério das Cidades e sua operacionalização à Caixa Econômica Federal CEF. LEI 10.188, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2001 Cria o Programa de Arrendamento Residencial, institui o arrendamento residencial com opção de compra e dá outras providências. Faço saber que o Presidente da República

Leia mais

O livro é a porta que se abre para a realização do homem. Jair Lot Vieira

O livro é a porta que se abre para a realização do homem. Jair Lot Vieira O livro é a porta que se abre para a realização do homem. Jair Lot Vieira SUPERVISÃO EDITORIAL JAIR LOT VIEIRA (Atualizada até a Lei nº 12.461, de 26 de julho de 2011) LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR E ALTERADORA

Leia mais

SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03

SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03 SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03 Capítulo I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DAS AUDITORIAS INTERNAS DAS ENTIDADES VINCULADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ROTEIRO DE VERIFICAÇÃO TOMADA DE CONTAS ESPECIAL GT - 8 O QUE É De acordo com o art. 3º da Instrução

Leia mais

Número: 00220000037-2008-17 Unidade Examinada: Município de Cerejeiras/RO

Número: 00220000037-2008-17 Unidade Examinada: Município de Cerejeiras/RO Número: 00220000037-2008-17 Unidade Examinada: Município de Cerejeiras/RO Relatório de Demandas Externas n 00220000037-2008-17 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

CAPES COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Anexo I Portaria nº 028, de 27 de janeiro de 2010. Anexo I

CAPES COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Anexo I Portaria nº 028, de 27 de janeiro de 2010. Anexo I Anexo I REGULAMENTO DA CONCESSÃO DO AUXÍLIO FINANCEIRO A PROJETO EDUCACIONAL E DE PESQUISA - AUXPE 1. Da Concessão e Aceitação 1.1 A solicitação e concessão de recursos financeiros dar-se-á mediante celebração

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Aripuanã

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Aripuanã LEI Nº. 721/2007 SÚMULA: DISPÕE SOBRE O SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DO MUNICÍPIO DE ARIPUANÃ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Estado de Mato Grosso, seguinte Lei: EDNILSON LUIZ FAITTA, Prefeito Municipal de Aripuanã,

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NA APLICAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS

BOAS PRÁTICAS NA APLICAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO AUDITORIA GERAL DO ESTADO BOAS PRÁTICAS NA APLICAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS APLICAÇÃO DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS

Leia mais

Entenda o Fundo Municipal de Assistência Social!

Entenda o Fundo Municipal de Assistência Social! Entenda o Fundo Municipal de Assistência Social! CONSELHEIROS ROSA DE FÁTIMA BARGE HAGE Presidente JOSÉ CARLOS ARAÚJO Vice - Presidente MARA LÚCIA BARBALHO DA CRUZ Corregedora ALCIDES DA SILVA ALCÂNTARA

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA SAC Nº 93, DE 6 DE JULHO DE 2012.

SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA SAC Nº 93, DE 6 DE JULHO DE 2012. SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA SAC Nº 93, DE 6 DE JULHO DE 2012. Estabelece o procedimento de aprovação dos projetos de implantação de obras de infraestrutura nos sistemas aeroportuários e de proteção

Leia mais

Procedimento Administrativo IV 1.30.001.005532/2011-08 RECOMENDAÇÃO MPF/PRRJ/GAB/AMLC N 01/2012

Procedimento Administrativo IV 1.30.001.005532/2011-08 RECOMENDAÇÃO MPF/PRRJ/GAB/AMLC N 01/2012 Procedimento Administrativo IV 1.30.001.005532/2011-08 RECOMENDAÇÃO MPF/PRRJ/GAB/AMLC N 01/2012 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pelos Procuradores da República abaixo firmados, no uso de suas atribuições

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 247, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2000

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 247, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2000 ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 247, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2000 REGULAMENTO PARA ARRECADAÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO DAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES PARA O FUNDO DE UNIVERSALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

Prestação de contas (arts.56 a 60 da Portaria Interministerial nº 127/2008)

Prestação de contas (arts.56 a 60 da Portaria Interministerial nº 127/2008) Prestação de contas (arts.56 a 60 da Portaria Interministerial nº 127/2008) No tocante aos mecanismos de controle dos convênios e contratos de repasse, o momento principal, mas não o único, é a prestação

Leia mais

(PROCURADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL) Excelentíssimo Presidente do Supremo Tribunal Federal,

(PROCURADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL) Excelentíssimo Presidente do Supremo Tribunal Federal, A SRA. JANAÍNA BARBIER GONÇALVES (PROCURADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL) Excelentíssimo Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Gilmar Mendes, na pessoa de quem cumprimento as demais autoridades

Leia mais

LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009 Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais e dá outras providências. Autor: Poder Executivo O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO Art. 1º A Diretoria Executiva, subordinada ao Presidente da Fundação, é responsável pelas atividades

Leia mais

XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO FNCE Belém do Pará

XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO FNCE Belém do Pará XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO FNCE Belém do Pará Educação Profissional em EAD; soluções para o Brasil remoto Francisco Aparecido Cordão facordao@uol.com.br EAD: dispositivos

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 025/2014

C O N V Ê N I O Nº 025/2014 C O N V Ê N I O Nº 025/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012 Programa 2115 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Saúde 0110 - Contribuição à Previdência Privada Tipo: Operações Especiais Número de Ações 78 Assegurar às autarquias, fundações, empresas

Leia mais

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo Adalberto Santos de Vasconcelos Coordenador-Geral da Área de Infraestrutura e da Região Sudeste Rafael Jardim Assessor do Ministro Valmir Campelo Brasília

Leia mais

RESOLUÇÃO T.C. Nº 0020/2005

RESOLUÇÃO T.C. Nº 0020/2005 RESOLUÇÃO T.C. Nº 0020/2005 EMENTA: Dispõe sobre os institutos da Organização Social OS e da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público OSCIP, regulamenta a prestação de contas dessas entidades

Leia mais

SECRETARIA EXECUTIVA DE DESENVOLVIMENTO E ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEDAS GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO, PROJETOS E CAPACITAÇÃO PRESTAÇÃO DE CONTAS

SECRETARIA EXECUTIVA DE DESENVOLVIMENTO E ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEDAS GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO, PROJETOS E CAPACITAÇÃO PRESTAÇÃO DE CONTAS PRESTAÇÃO DE CONTAS TEXTO 2 PRESTAÇÃO DE CONTAS E SUAS ESPECIFICIDADES INTRODUÇÃO Tomando como base a definição do Tesouro Nacional que designa a Prestação Contas como: Demonstrativo organizado pelo próprio

Leia mais

Produtos Bancários CAIXA

Produtos Bancários CAIXA Produtos Bancários CAIXA Item 1- Programa Minha Casa Minha Vida Programa do Governo Federal, lançado em abril de 2009. Gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela CAIXA. Produtos Bancários

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 24/2012 PROCESSO N.º 1250-09.00/12-8 AJDG N.º 83/2012 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016 LEI Nº 325/2013 Data: 04 de Novembro de 2013 SÚMULA: Dispõe sobre o Plano Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas, que tem por finalidade fortalecer e estruturar o COMAD como órgão legítimo para coordenar,

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1191/2015, de 28-04-2015.

LEI MUNICIPAL Nº 1191/2015, de 28-04-2015. LEI MUNICIPAL Nº 1191/2015, de 28-04-2015. DISPÕE SOBRE O SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DO MUNICÍPIO DE MORMAÇO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LUÍS CARLOS MACHADO PREFEITO MUNICIPAL DE MORMAÇO, Estado do Rio

Leia mais

Entenda o Fundo Municipal de Educação!

Entenda o Fundo Municipal de Educação! Entenda o Fundo Municipal de Educação! CONSELHEIROS JOSÉ CARLOS ARAÚJO Presidente MARA LÚCIA DA CRUZ Vice - Presidente SEBASTIÃO CEZAR LEÃO COLARES Corregedora ALOÍSIO AUGUSTO LOPES CHAVES LUÍS DANIEL

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO: Dispõe sobre o Modelo Integrado de Gestão do Poder Executivo do Estado de Pernambuco. Faço saber que a Assembléia

Leia mais

www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40

www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40 www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40 1 - Quem é Consumidor? Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final (Art. 2º do Código

Leia mais

A autuação do TCE/RS frente ao Controle Interno Municipal: novas perspectivas 2012/2013

A autuação do TCE/RS frente ao Controle Interno Municipal: novas perspectivas 2012/2013 A autuação do TCE/RS frente ao Controle Interno Municipal: novas perspectivas 2012/2013 Flávio Flach Contador, Auditor Público Externo, Assessor Técnico da DCF/TCE-RS, Coordenador da Comissão de Estudos

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

Prefeitura de Júlio de Castilhos

Prefeitura de Júlio de Castilhos LEI N. 3.263, DE 25 DE SETEMBRO DE 2014. Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno do Município de Júlio de Castilhos. VERA MARIA SCHORNES DALCIN, Prefeita de JÚLIO DE CASTILHOS, Estado do RIO GRANDE

Leia mais

LEI Nº 4.081, DE 04 DE JANEIRO DE 2008 DODF DE 07.01.2008

LEI Nº 4.081, DE 04 DE JANEIRO DE 2008 DODF DE 07.01.2008 LEI Nº 4.081, DE 04 DE JANEIRO DE 2008 DODF DE 07.01.2008 Dispõe sobre a qualificação de entidades como organizações sociais no âmbito do Distrito Federal e dá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO

Leia mais

Proposta de Projeto de Lei

Proposta de Projeto de Lei Proposta de Projeto de Lei Dispõe sobre o fechamento de via e o controle de acesso de pessoas e veículos estranhos aos moradores de vilas, ruas sem saída e ruas e travessas com características de ruas

Leia mais

Promoção de Arquivamento nº 027.2015.54.1.1.999397.2012.19683

Promoção de Arquivamento nº 027.2015.54.1.1.999397.2012.19683 Inquérito Civil nº 3237/2012 PROMOTORIA: 54ª PRODHSP ASSUNTO: Apurar a existência de demanda reprimida de pacientes aguardando a realização de exames de Ressonância Magnética. INTERESSADO: Elaine Bessa

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS 1. Objeto: 1.1.1. Contratação de empresa para prestação, sob demanda, de serviços de planejamento, organização, coordenação, execução, fiscalização e avaliação de eventos com a viabilização de infra-estrutura

Leia mais

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor Novas Atitudes Paradigmas 1 Procedimentos Estado G t Gestor Instrumentos 2 Sociedade Estado Necessidades Expectativas P i id d Prioridades Recebe a Recebe a pauta Deve se Deve se empenhar para atender

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 13/CUn, de 27 setembro de 2011.

RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 13/CUn, de 27 setembro de 2011. RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 13/CUn, de 27 setembro de 2011. Dispõe sobre as normas que regulamentam as relações entre a Universidade Federal de Santa Catarina e as suas fundações de apoio. O PRESIDENTE DO

Leia mais