A gestão das empresas estatais: contribuições para agências governamentais. Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A gestão das empresas estatais: contribuições para agências governamentais. Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras"

Transcrição

1 A gestão das empresas estatais: contribuições para agências governamentais Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras

2 Visão e Missão da Petrobras Visão 2020 Ser uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo e a preferida pelo nossos públicos de interesse. Missão Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social e ambiental, nos mercados nacional e internacional, fornecendo produtos e serviços adequados às necessidades dos clientes e contribuindo para o desenvolvimento do Brasil e dos países que atua.

3 Indicadores Petrobras Indicadores Petrobras 2007 Receita Líquida Lucro Líquido Produção de petróleo Produção de gás Produção de petróleo e gás Reservas Carga média processada Capacidade de refino Funcionários Acionistas Ações R$ milhões R$ milhões mbd 220 mbd mbd Óleo + LGN = 11.8 bilhões de barris mbd mbd (Bovespa e ADRs) * Estado: 55,7% ações ordinárias com direito a voto 32,2% do total. (*) Não inclui investidores com recursos do FGTS e clubes de investimentos.

4 Estratégia Corporativa da Petrobras

5 Rede de Sinergias para a Excelência Empresarial Estratégia Petrobras Sinergias SISTEMA PETROBRAS Acionistas Empregados Parceria Comunicação Capacitação Motivação Governo Sociedade Parceria Legislação Parceria Transparência Fornecedores Clientes Parceria Benchmarks Parceria Comunicação Empresas do Mercado Sindicatos Parceria Comunicação Parceria Benchmarks Universidade/Fundações Conceitos Benchmarks Organismos Internacionais Conceitos e Regulamentações Consultoria Serviços Benchmarks

6 Organização da Petrobras CF CA Ouvidoria Geral Auditoria Interna Diretoria Executiva Presidente Estratégia e Desempenho Empresarial Desenvolvimento de Sistemas de Gestão Comitê de Negócios Jurídico Novos Negócios Gabinete do Presidente Recursos Humanos Financeira Gás e Energia Exploração e Produção Comunicação Institucional Secretaria-Geral Abastecimento Internacional Serviços Corporativo Corporativo Corporativo Corporativo Corporativo Segurança, Meio Ambiente e Saúde Planejto Financ e Gestão de Riscos Logística e Participações em Gás Natural Engenharia de Produção Logística Suporte Técnico aos Negócios Materiais Finanças Operações e Participações em Energia Serviços Refino Desenvolvimento de Negócios Pesquisa. e Desenvolvimento (CENPES) Engenharia Contabilidade Desenvolvimento Energético Tributário Relacionamento com Investidores Marketing e Comercialização Exploração Petroquímica e Fertilizantes Cone Sul Norte-Nordeste Marketing e Comercialização Américas, África e Eurásia Sul-Sudeste Tecnologia da Informação Serviços Compartilhados

7 Estrutura Organizacional e Focos Estratégicos do DSG Gerente Executivo Antônio Sérgio Oliveira Santana Organização e Governança Chanan Rubin Práticas de Gestão Augusto José Mendes Riccio Gestão de Processos Afonso Celso G. Lopes Gestão do Conhecimento Alexandre Korowajczuk Focos FocosEstratégicos Estratégicos Organização Governança e Processo Decisório Processos (SAP R/3) Excelência em Gestão Gestão do Conhecimento

8 Modelo de Gestão Petrobras Orientações da Diretoria Executiva. 1 2 Estabelecer um modelo de gestão integrado para a Companhia Integrar as políticas e diretrizes de gestão da Companhia Estabelecer um programa corporativo integrado de 3 avaliação e melhoria da gestão

9 Modelos de Gestão Integrada com Foco em Resultados Modelo Europeu - EFQM FACILITADORES RESULTADOS Resultados Correspondentes às Pessoas Pessoas Liderança Políticas e Estratégias Parcerias e Recursos Modelo Brasileiro - FNQ Processos Resultados Correspondentes aos Clientes Resultados Chave do Desempenho Resultados Correspondentes à Sociedade INOVAÇÃO E APRENDIZAGEM Modelo Americano - BNQP Modelos Adotados pela Petrobras Modelo Brasileiro - GESPÚBLICA 3 Cidadãos 1 Liderança 6 Pessoas 2 Estratégias Planos 4 Sociedade 8 Resultados 7 Processos 5 Informações e Conhecimento

10 Fundamentos da Excelência em Gestão Pensamento sistêmico Aprendizado organizacional Cultura de inovação Liderança e constância de propósitos Orientação por processos e informações Visão de futuro Geração de valor Valorização das pessoas Conhecimento sobre o cliente e o mercado Desenvolvimento de parcerias Responsabilidade Social

11 Requisitos Corporativos da Petrobras Integração de Critérios de Excelência e Conformidade Critérios de Excelência Liderança Estratégias e Planos Clientes Sociedade Informações e Conhecimento Pessoas Processos Resultados Critérios de Conformidade Gerenciamento do Desempenho GD Sistema de Conseqüências Processo de Planejamento Avaliação de Desempenho Relacionamento com Clientes Contrato Interno de Serviços Código de Ética Função Especialista Planejamento do Efetivo Gerenciamento de Desempenho de Pessoal - GDP Desenvolvimento de Recursos Humanos DRH Gestão da Ambiência Relacionamento com Fornecedores Gestão de Processos (requisitos da Qualidade e de SMS) Os Critérios de Conformidade detalham como os requisitos dos Critérios de Excelência são implementados na Petrobras.

12 Documento de Referência O Guia Petrobras de Gestão para a Excelência integra os Critérios de Excelência do Prêmio Nacional da Qualidade com os Requisitos Corporativos Petrobras desdobrados das políticas expressas no Plano Estratégico Requisitos Corporativos Petrobras =

13 Implantação de Programas e Projetos Implantação do Modelo de Gestão Integrado Relatório de Avaliação e Comentários do Sênior Estratégia - Iniciativas do BSC Políticas e Diretrizes Análise do Desempenho Guia Petrobras de Gestão para a Excelência Sugestões dos Consultores Plano de Gestão Necessidades e Expectativas das partes Interessadas Sugestões das equipes de cada um dos Critérios Pendências do PMG anterior Integração das Políticas e Diretrizes de Gestão Programas Programa 1 Projeto 1 Projeto n Programa 2 Programa 3 Programa n Cada programa tem projetos que por sua vez têm atividades, responsáveis, prazos, recursos e orçamento.

14 Ferramentas de Gestão Adotadas pela Petrobras Missão e Visão Gestão de Processos SINPEP Planejamento Estratégico SIGA SIGER Gestão da Governança Estatuto Social Diretrizes de Governança Código de Boas Práticas Regimentos Internos Código de Ética Código de Conduta Concorrencial BSC Gestão do Conhecimento

15 Sistemas de Gestão ISO 9001 Gestão da Qualidade Responsabilidade Social ISO Gestão Ambiental SA 8000 ISO (projeto) Melhoria contínua Análise crítica pela administração Política ambiental Planejamento Verificação e corretiva aç ã o Implementação operação ISO Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional e

16 Histórico da Evolução da Gestão Ciclos de Avaliação e Melhorias Produção Premiação Premiação Premiação Ouro Prata Ouro PQGF PQGF PQGF UN-BC UN-RNCE UN-BSOL MBC Prêmio OTC Criação do Setor de Qualificação e Certificação de Pessoal, do Serviço de Engenharia Início da formação técnica em Eng. de Petróçeo e Refinação Criação do Centro de Pesquisas CENPES 80 Premiação Ciclo de Ouro avaliação PQGF AQG (2) UN-RNCE Ciclo de avaliação AQG (3) Requisitos contratuais de Garantia da Qualidade Classe Mundial LBS REPAR e REPLAN Início da avaliação AQG (1) Ciclo de avaliação AQG (5) 00 Ciclo de avaliação AQG (7) Premiação Prata PQGF ABAST UNs GESPÚBLICA PBQP Qualificação Técnica de Fornecedores e Prestadores de Serviços Finalista Premiação Premiação PNQ PNQ PQGF 2006 Ouro PQGF REGAP Ciclo de Ciclo de UN-BC UN-BC Treinamento avaliação avaliação (Prata) e UN-RNCE GQT AQG (4) AQG (6) ABAST PQGF (Conformidade) (Faixa SGQ QAV, Diesel Ouro) e Gasolina Premio OTC Prêmio Programa de Colombiano de certificações PEGASO Qualidade de Gestão UN COL

17 Melhoria da Gestão Melhoria na Gestão Planejamento Estratégico Ações corretivas Análise crítica do desempenho global Implementação das estratégias Avaliação da Gestão

18 Conclusões A Petrobras atua integrando a gestão da Companhia na busca de resultados para atender as expectativas das partes interessadas A Petrobras vem atingindo expressivos resultados reconhecidos por organismos internacionais Desafio: Crescimento Sustentável

19 Auto-Avaliação Simplificada da Gestão

20 Perguntas?

21 OBRIGADO! Augusto José Mendes Riccio Gerente de Práticas de Gestão Petrobras

22 SINPEP Sistema Integrado de Padronização Eletrônica da Petrobras

23 SIGA Sistema Integrado de Gestão de Anomalia

24 SIGER Sistema de Gestão por Resultados

25 Gestão da Governança Comitês do CA: Conselho Fiscal Conselho de Administração Comitês do CA Auditorias Auditoria Meio Ambiente Remuneração e Sucessão Comitês de Gestão: Ouvidoria Relatores Presidente Diretoria Executiva Diretores Comitê de Negócios Comitês de Gestão Abastecimento E&P Gás e Energia Recursos Humanos SMS Análise de Organização e Gestão Tecnologia da Informação Controles Internos Gestão de Risco Tecnologia Petrobras Marketing e Marcas Responsabilidade Social e Ambiental

26 Gestão da Governança Estatuto Social Diretrizes de Governança Código de Boas Práticas Regimentos Internos Código de Ética Código de Conduta Concorrencial Regulamenta o objeto, a administração e o funcionamento da Petrobras, bem como o relacionamento entre os acionistas. Estabelece diretrizes sobre: - Princípios de atuação e funcionamento do CA - Consulta aos preferencialistas em questões relevantes Trata de políticas corporativas envolvendo: - Divulgação de informações sobre ato ou fato relevante - Negociação com valores mobiliários - Indicação para cargos de administração de subsidiárias, coligadas e controladas - Conduta de administradores e funcionários da administração superior - Relacionamento com investidores Regulamentam as atribuições e a operacionalização das reuniões dos órgãos: - Conselho de Administração - Comitês do Conselho de Administração - Comitê de Negócios - Comitês de Gestão Define com clareza os princípios éticos que norteiam as ações do Sistema Petrobras e os compromissos de conduta. Serve de ligação e base para a utilização dos mecanismos da boa governança corporativa. Compromisso da Petrobras com o cumprimento estrito da legislação de defesa da concorrência ou antitruste brasileira e das jurisdições estrangeiras em que realiza negócios

27 Modelo de Gestão do Conhecimento (GC)

28 Liderar o mercado de petróleo, gás natural, derivados e biocombustíveis na América Latina atuando como empresa integrada de energia, com expansão seletiva da petroquímica, da energia renovável e da atividade internacional, com foco na rentabilidade e responsabilidade social e ambiental Crescer de Forma Sustentável Garantindo a Rentabilidade e o Valor Perspectiva Financeira Liderança de Mercado Ser lider da América Latina nos Mercados de Petróleo, de Derivados, de Gás Natural e de Biocombustíveis Perspectiva de Mercado Ser a Marca Preferida dos Consumidores Consolidar a Atuação no Negócio de Energia Elétrica Ter Custos Competitivo s Aumentar a Eficiência da Cadeia Logística Perspectiva de Processos Internos Responsabilidade Corporativa Orientação ao Mercado Maximizar a Contribuição da Área Financeira e de Serviços para os Negócios da Companhia Elevar Padrões de Qualidade de Produtos e Serviços Garantir Disciplina de Capital Consolidar a Marca como Ativo Estratégico Atingir Padrões de Excelência em Responsabilidade Social e Ambiental SMS Cidadania Relacionamento com Partes Interessadas Crescimento com Atuação Integrada Expandir e Adequar a Capacidade de Refino Desenvolver Novos Produtos, Serviços e Soluções para Clientes Crescer a Produção e as Reservas Perspectiva Aprendizado e Crescimento Expandir a Atuação na Petroquímica e Fertilizantes Melhores Condições Comerciais Excelência na Qualidade de Produtos e Serviços Confiabilidade de Entrega Aumentar a Satisfação dos Clientes Excelência Operacional Ser Reconhecida como uma Empresa de Energia, Social e Ambientalmente Responsável Aumentar o Comprometimento e a Satisfação de todos os Empregados com a Companhia Desenvolver a Produção de Biodiesel, o Refino da Biomassa e Ampliar a Participação no Negócio de Etanol Desenvolver e Fortalecer Competências Técnicas e de Gestão Suporte à Decisão Orientação para o mercado Gestão do Conhecimento Expandir a Capacidade de Atendimento à Demanda por Gás Natural no Brasil Prover Soluções Tecnológicas Atuar no Negócio de Energia Elétrica de Forma Integrada na América do Sul Ampliar os Negócios em Petroquímica e Fertilizantes Comprometer a Força de Trabalho com a Responsabilidade Social e Ambiental

PRÓXIMO NÚMERO 2, 10, 12, 16, 17, 18, 19, {..?..}

PRÓXIMO NÚMERO 2, 10, 12, 16, 17, 18, 19, {..?..} SISTEMA DE GESTÃO REFLEXÃO INICIAL PRÓXIMO NÚMERO 2, 10, 12, 16, 17, 18, 19, {..?..} PARADIGMA É um quadro de referência mental através do qual as pessoas pensam e agem. - Karl Albrecht QUAL É O NOSSO

Leia mais

Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores e Sustentabilidade. Augusto Riccio Coordenador de Organização Gestão &Governança

Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores e Sustentabilidade. Augusto Riccio Coordenador de Organização Gestão &Governança Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores e Sustentabilidade Augusto Riccio Coordenador de Organização Gestão &Governança Destaques Petrobras --------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Excelência em Gestão. PETROBRAS - Abastecimento

Excelência em Gestão. PETROBRAS - Abastecimento Excelência em Gestão PETROBRAS - Abastecimento Programação Visão Geral da Companhia A construção de um novo Modelo de Gestão Práticas de Gestão para a Excelência Resultados Visão Geral da Companhia Panorama

Leia mais

Este documento contém elementos que se encontram protegidos por direitos autorais ou outros direitos de propriedade intelectual de titularidade da

Este documento contém elementos que se encontram protegidos por direitos autorais ou outros direitos de propriedade intelectual de titularidade da Este documento contém elementos que se encontram protegidos por direitos autorais ou outros direitos de propriedade intelectual de titularidade da PETROBRAS ou que lhe foram outorgados, sob licença ou

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PETROBRAS 2015 PLANO DE NEGÓCIOS 2006-2010

PLANO ESTRATÉGICO PETROBRAS 2015 PLANO DE NEGÓCIOS 2006-2010 PLANO ESTRATÉGICO PETROBRAS 2015 PLANO DE NEGÓCIOS 2006-2010 MISSÃO Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social e ambiental, nas atividades da indústria de óleo, gás e energia, nos mercados

Leia mais

Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras. Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos

Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras. Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos Reflexões sobre a Ética em Empresas de Tecnologia O Caso Petrobras Heitor Chagas de Oliveira Gerente Executivo Recursos Humanos Sustentabilidade e Competitividade SUSTENTABILIDADE pode ser entendida como

Leia mais

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 1 Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 O Conselho de Administração aprovou o Plano de Negócios 2010-2014, com investimentos totais de US$ 224 bilhões, representando a média de US$ 44,8 bilhões

Leia mais

Gestão da Ética na BR

Gestão da Ética na BR Gestão da Ética na BR Por que precisamos de um Modelo de Gestão ISO 14000 Segurança das Informações Gestão da Ambiência Avaliação de Fornecedor ISO 14000 Código de Ética Pesq. Satisf.Client e Gestão de

Leia mais

Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018

Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018 Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018 A Petrobras comunica que seu Conselho de Administração aprovou o Plano Estratégico Petrobras 2030 (PE 2030) e o Plano de Negócios

Leia mais

Top de Marketing 2005

Top de Marketing 2005 Top de Marketing 2005 :: Introdução :: Responsabilidade Social e Ambiental :: Imagem :: Investimentos Introdução Cadeia da Petrobras - Resumo Cliente (ex.: Posto) Organograma Missão e Visão MISSÃO Atuar

Leia mais

FÓRUM REGIONAL ESPÍRITO SANTO

FÓRUM REGIONAL ESPÍRITO SANTO FÓRUM REGIONAL ESPÍRITO SANTO PLANO ESTRATÉGICO 2015 Missão Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social e ambiental, nas atividades da indústria de óleo, gás e energia, nos mercados nacional

Leia mais

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A.

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. Acordo de Acionistas Diretrizes da CPFL de Energia Governança S.A. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. 1 Sumário I Introdução 3 II Estrutura Corporativa

Leia mais

Planejamento e Gestão Orçamentária

Planejamento e Gestão Orçamentária GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS PETROBRAS Planejamento e Gestão Orçamentária José Antonio Neves Saraiva Gerência de Planejamento e Orçamento Estratégia e Desempenho Empresarial Dezembro 2009 1 CONFIDENCIAL

Leia mais

Pronta para se tornar uma das 20 maiores produtoras de cimento do mundo

Pronta para se tornar uma das 20 maiores produtoras de cimento do mundo 06 Governança TRANSPARÊNCIA 23 Corporativa e Gestão Conselho de Administração O Conselho de Administração da Camargo Corrêa Cimentos é composto de até seis membros, sendo um presidente, três vice-presidentes

Leia mais

Petrobras Biocombustível S.A.

Petrobras Biocombustível S.A. Petrobras Biocombustível S.A. Ouvidoria* CF CA Diretoria Executiva Presidente Auditoria Interna Planejamento, Desempenho e de Negócios (2) Secretário Geral Relações Institucionais Gestão de Pesquisa e

Leia mais

SEMINÁRIO PRÁTICAS E GOVERNANÇA EM GESTÃO DE PESSOAS DAS EMPRESAS ESTATAIS FEDERAIS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA DE PESSOAS

SEMINÁRIO PRÁTICAS E GOVERNANÇA EM GESTÃO DE PESSOAS DAS EMPRESAS ESTATAIS FEDERAIS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA DE PESSOAS SEMINÁRIO PRÁTICAS E GOVERNANÇA EM GESTÃO DE PESSOAS DAS EMPRESAS ESTATAIS FEDERAIS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA DE PESSOAS Empresa coordenadora: Simone EMPRESAS PARTICIPANTES Empresas participantes: Tatyana

Leia mais

Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras

Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras Responsabilidade Social e Ambiental na Petrobras Carlos Alberto Ribeiro de Figueiredo Janice Dias PETROBRAS - Comunicação Nacional RESPONSABILIDADE SOCIAL SOCIAL CORPORATIVA Necessidade Assistencialismo

Leia mais

Unidades de negócio 55 Postos de serviços 7132 Exploração de petróleo 59 sondas, sendo 49 marítimas 9,8 bilhões de barris de óleo e gás equivalentes

Unidades de negócio 55 Postos de serviços 7132 Exploração de petróleo 59 sondas, sendo 49 marítimas 9,8 bilhões de barris de óleo e gás equivalentes UNIVERSIDADES CORPORATIVAS: UM ESTUDO DE CASO Murillo César de Mello Brandão PETROBRAS/UC Jorge Luiz Pereira Borges PETROBRAS/UC Martius V. Rodriguez y Rodriguez PETROBRAS/UC RESUMO Dentro de um ambiente

Leia mais

Nani de Castro. Sumário. Resumo de Qualificações... 2. Atuação no Mercado... 3. Formação Profissional... 5. Contatos... 6.

Nani de Castro. Sumário. Resumo de Qualificações... 2. Atuação no Mercado... 3. Formação Profissional... 5. Contatos... 6. Sumário Resumo de Qualificações... 2 Atuação no Mercado... 3 Formação Profissional... 5 Contatos... 6 Página 1 de 6 Resumo de Qualificações Consultora responsável pela organização e gestão da RHITSolution,

Leia mais

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA. *Edição 2013*

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA. *Edição 2013* PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA *Edição 2013* Participante: Cia Ultragaz S.A. Categoria: Infraestrutura Título Ultragaz na busca da excelência da Gestão Ultragaz na Busca da Excelência da Gestão Uma

Leia mais

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade.

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade. MISSÃO Oferecer serviços imobiliários de qualidade, gerando valor para os clientes, colaboradores, sociedade e acionistas. VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários

Leia mais

Por que abrir o capital?

Por que abrir o capital? Por que abrir capital? Por que abrir o capital? Vantagens e desafios de abrir o capital Roberto Faldini Fortaleza - Agosto de 2015 - PERFIL ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas associação

Leia mais

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE. Rio de Janeiro - Brasil

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE. Rio de Janeiro - Brasil II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE TRANSPARÊNCIA NOS NEGÓCIOS 2008 Rio de Janeiro - Brasil Transparência Extensão metafórica propriedade física que permite a transmissão de luz através de um material Transparência

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais

Capacitação de RH para Inovação

Capacitação de RH para Inovação Seminário Plano de Cargos e Salários Capacitação de RH para Inovação Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais Visão Geral - Petrobras

Leia mais

Rizele Santana Norberto Marques Sereno. Banco do Brasil 18/06/2013

Rizele Santana Norberto Marques Sereno. Banco do Brasil 18/06/2013 A Gestão do Conhecimento para a Efetividade da Administração Pública Rizele Santana Norberto Marques Sereno Programa de Certificação Interna de Conhecimentos Banco do Brasil 18/06/2013 Missão Ser um banco

Leia mais

Governança Corporativa e Sustentabilidade

Governança Corporativa e Sustentabilidade Governança Corporativa e Sustentabilidade Apresentação à Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Antônio Sérgio Oliveira Santan Gerente Executiv Petrobras / Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Sumário A Petrobras Os Desafios O Alinhamento Estratégico - Gestão por Competências - A Concepção da Universidade

Leia mais

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2. ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.008 Aos 17 dias do mês de setembro do ano de dois mil e oito,

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO PÚBLICA E DESBUROCRATIZAÇÃO GESPÚBLICA

PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO PÚBLICA E DESBUROCRATIZAÇÃO GESPÚBLICA Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN 6º ENCONTRO NACIONAL DOS OBSERVATÓRIOS SOCIAIS PAINEL 1 EFICIÊNCIA DA GESTÃO MUNICIPAL PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO PÚBLICA

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico

Leia mais

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC {aula #1} com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11) 9962-4260 http://rildosan.blogspot.com/

Leia mais

Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás. Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder

Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás. Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder Sumário A Empresa - Petrobras A Exploração e Produção de Óleo e Gás Gestão Ambiental

Leia mais

PNQS - Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento Gestão Classe Mundial

PNQS - Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento Gestão Classe Mundial PNQS - Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento Gestão Classe Mundial O principal vetor para alavancar a universalização dos serviços de saneamento ambiental com competitividade e sustentabilidade PNQS

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO CONSULTIVO

GOVERNANÇA CORPORATIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO CONSULTIVO GOVERNANÇA CORPORATIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO CONSULTIVO O QUE É GOVERNANÇA CORPORATIVA? Conselho de Família GOVERNANÇA SÓCIOS Auditoria Independente Conselho de Administração Conselho Fiscal

Leia mais

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A.

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS COMITÊ DE FINANÇAS E ORÇAMENTO APROVADO PELO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM 24 DE SETEMBRO DE 2014 SUMÁRIO I INTRODUÇÃO

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

A Geração de Valor, através da Gestão

A Geração de Valor, através da Gestão A Geração de Valor, através da Gestão Gilberto Crosa Diretor Industrial e Tecnologia INSTITUCIONAL Caxias do Sul Número de funcionários: 2.500 Área Total = 310.000 m² Área Construída = 58.100 m² NEGÓCIO

Leia mais

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação A Dinâmica da Terra é uma empresa onde o maior patrimônio é representado pelo seu capital intelectual. Campo de atuação: Elaboração de estudos,

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade

ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade Consultoria ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade Demonstre o seu compromisso com a qualidade e a satisfação dos seus clientes O Sistema de Gestão da Qualidade tem a função de suportar o alinhamento

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das Número de empresas brasileiras que procuram se aprimorar em governança corporativa aumentou na última edição do estudo Melhores práticas Estudo aponta que as empresas investem mais no aprimoramento dos

Leia mais

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras Plano Estratégico PETROBRAS Missão Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social e ambiental, nos mercados nacional e internacional,

Leia mais

Regime Interno da Diretoria da BM&FBOVESPA

Regime Interno da Diretoria da BM&FBOVESPA Regime Interno da Diretoria da BM&FBOVESPA REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DA BM&FBOVESPA 1. Objeto O presente Regimento Interno ( Regimento ) tem o escopo de disciplinar o funcionamento do Diretoria da

Leia mais

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Recursos Humanos Universidade Petrobras Brasil 12 a 14 de novembro Hotel Transamérica São Paulo. 2 Petrobras A PETROBRAS Atua como

Leia mais

Seminário "Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais"

Seminário Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais Seminário "Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais" Marco Geovanne Tobias da Silva 17 de maio de 2005 O que é Governança Corporativa? Conjunto de normas de conduta a serem adotadas por

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI

CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI SINÔNIMO DE EXCELÊNCIA EM GOVERNANÇA CORPORATIVA O PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC IRÁ APRIMORAR E CONFERIR MAIOR EFICÁCIA À ATIVIDADE PROFISSIONAL

Leia mais

Política de Gestão de Pessoas

Política de Gestão de Pessoas julho 2010 5 1. Política No Sistema Eletrobras, as pessoas são agentes e beneficiárias do fortalecimento organizacional, contribuindo para a competitividade, rentabilidade e sustentabilidade empresarial.

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDADE NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDADE NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDADE NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Valério da Silva Ramos (*) Administrador de Empresas, pós-graduado em Gestão Econômica e Financeira

Leia mais

COMO SER FORNECEDOR PETROBRAS. Clovis Francisco de Paula Filho André Costa Reis

COMO SER FORNECEDOR PETROBRAS. Clovis Francisco de Paula Filho André Costa Reis COMO SER FORNECEDOR PETROBRAS Clovis Francisco de Paula Filho André Costa Reis GERÊNCIA - MATERIAIS/CDBS Plano Estratégico PETROBRAS Missão Atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social

Leia mais

Marcel Menezes Fortes II CONGRESSO BRASILEIRO DE ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM SERGIPE

Marcel Menezes Fortes II CONGRESSO BRASILEIRO DE ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM SERGIPE Marcel Menezes Fortes II CONGRESSO BRASILEIRO DE ACREDITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM SERGIPE 1 Agradecimentos e reflexões iniciais 2 Normas e Sistema de Gestão Integrado 3 Modelo de Excelência na Gestão 4 Interfaces

Leia mais

Política de Logística de Suprimento

Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento 5 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas Eletrobras, através da integração

Leia mais

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras Objetivos do Cadastro de Fornecedores Legal: atender o decreto 2745 e preservar a Cia. em questões relacionadas ao mercado fornecedor; Empresarial:

Leia mais

Auditoria Interna e Governança Corporativa

Auditoria Interna e Governança Corporativa Auditoria Interna e Governança Corporativa Clarissa Schüler Pereira da Silva Gerente de Auditoria Interna TUPY S.A. Programa Governança Corporativa Auditoria Interna Desafios para os profissionais de auditoria

Leia mais

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo Código de Conduta Índice Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo 3 4 5 6 9 Missão, Visão, Valores e Princípios Missão Visão Princípios Valores

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

As Ouvidorias como espaços de Educação em Cidadania. Paulo Otto von Sperling Ouvidor Geral

As Ouvidorias como espaços de Educação em Cidadania. Paulo Otto von Sperling Ouvidor Geral As Ouvidorias como espaços de Educação em Cidadania Paulo Otto von Sperling Ouvidor Geral A Petrobras Criação, natureza e âmbito de atuação Criada em 1953, a Petrobras é uma sociedade anônima de capital

Leia mais

TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIA-BRASIL S.A

TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIA-BRASIL S.A TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIABRASIL S.A. TBG PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO Edital PSPGEPE01/2007 De 16/10/2007 A

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS Sistema Eletrobrás Política de Logística de Suprimento do Sistema Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO 4 POLÍTICA DE Logística de Suprimento

Leia mais

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP OUTUBRO, 2002 ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP - APU INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE Ética para viver Ética para viver MENSAGEM DO PRESIDENTE Caro colaborador, A Bandeirante possui missão, visão e valores definidos. Eles estão discriminados em um documento amplamente difundido dentro e

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Cliente: LAM-UOL Versão do Documento: 1.2 Data de Emissão: 02/03/ Responsável pela Elaboração: Nestor Junior Função do Responsável: Relator E-mail do Responsável: nestor@viciolivre.com.br

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA PETROBRAS E NO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO DO POLO PRÉ-SAL

MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA PETROBRAS E NO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO DO POLO PRÉ-SAL COMISSÃO MISTA PERMANENTE SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS SENADO FEDERAL MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA PETROBRAS E NO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO DO POLO PRÉ-SAL Beatriz Nassur Espinosa

Leia mais

Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006

Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006 Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006 Evolução Estratégica do Movimento Qualidade RS 13 anos de atividade Instalação do Programa Cumulativo Consolidação do Programa como Promotor da Causa Evolução

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA

GOVERNANÇA CORPORATIVA GOVERNANÇA CORPORATIVA Os valores que lastreiam as práticas da Companhia são: transparência, prestação de contas, conformidade e equidade. Transparência refere-se em particular às informações que têm reflexo

Leia mais

Avaliação da Gestão. Bruno Carvalho Palvarini

Avaliação da Gestão. Bruno Carvalho Palvarini Avaliação da Gestão Bruno Carvalho Palvarini Departamento de Inovação e Melhoria da Gestão Secretaria de Gestão Pública Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Origem dos Critérios de Excelência:

Leia mais

Modelos de Excelência da Qualidade da Gestão

Modelos de Excelência da Qualidade da Gestão Modelos de Excelência da Qualidade da Gestão Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Principais Prêmios da Qualidade da Gestão Prêmio Malcolm Baldrige Prêmio Europeu da Qualidade Japan Quality

Leia mais

Bases para um Sistema Integrado de Gestão voltado para o alto desempenho Irene Szyszka

Bases para um Sistema Integrado de Gestão voltado para o alto desempenho Irene Szyszka Bases para um Sistema Integrado de Gestão voltado para o alto desempenho Irene Szyszka PGQP - Direitos Reservados 1 A Concorrência PGQP - Direitos Reservados 2 O negócio, o mercado e a sociedade Pressão

Leia mais

Aplicação de um Programa de Ética em Instituição Financeira

Aplicação de um Programa de Ética em Instituição Financeira Aplicação de um Programa de Ética em Instituição Financeira Deives Rezende Filho Superintendente de Ética e Ombudsman Itaú Unibanco S.A. Proposta A partir da experiência da Superintendência de Ética e

Leia mais

ATUAÇÃO INTERNACIONAL DA PETROBRAS E AS OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA

ATUAÇÃO INTERNACIONAL DA PETROBRAS E AS OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA PROMINP - 2o WORKSHOP NACIONAL ATUAÇÃO INTERNACIONAL DA PETROBRAS E AS OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA ÁREA DE NEGÓCIO INTERNACIONAL Cláudio Castejon Vitória, 28 de outubro de 2004 O portfolio

Leia mais

Melhores Práticas de Governança

Melhores Práticas de Governança Melhores Práticas de Governança Corporativa Eletros Novembro de 2011 Eliane Lustosa Objetivos Introdução Governança Corporativa (GC) Conceito e princípios básicos Sistema Importância e benefícios Principais

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL GOVERNANÇA CORPORATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL GOVERNANÇA CORPORATIVA 1. INTRODUÇÃO 1.1 A CAIXA A Caixa Econômica Federal é uma instituição financeira sob a forma de empresa pública, vinculada ao Ministério da Fazenda. Instituição integrante do Sistema Financeiro Nacional

Leia mais

Seminário O papel do combustíveis fósseis na. Ações de mitigação das mudanças climáticas na PETROBRAS. Beatriz Nassur Espinosa

Seminário O papel do combustíveis fósseis na. Ações de mitigação das mudanças climáticas na PETROBRAS. Beatriz Nassur Espinosa Seminário O papel do combustíveis fósseis na sustentabilidade e segurança energética Ações de mitigação das mudanças climáticas na PETROBRAS Beatriz Nassur Espinosa Gerente Geral Segurança, Meio Ambiente

Leia mais

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Edina Biava Abrasca; Marco Antonio Muzilli IBRACON;

Leia mais

RUMO DAS FORMAS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE DOS PROGRAMAS

RUMO DAS FORMAS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE DOS PROGRAMAS Natureza Jurídica Característica da Qualidade Rio Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Rio de Janeiro Critérios de Excelência da FNQ e Norma ISO 9001:2000

Leia mais

Papel dos biocombustíveis na matriz energética brasileira

Papel dos biocombustíveis na matriz energética brasileira Papel dos biocombustíveis na matriz energética brasileira Agenda Arcabouço Legal Panorama Brasil o Matriz Energética Brasileira o Biodiesel o Etanol o Novos Biocombustíveis Comentários Finais Arcabouço

Leia mais

POLÍTICA DE GOVERNANÇA COOPERATIVA

POLÍTICA DE GOVERNANÇA COOPERATIVA POLÍTICA DE GOVERNANÇA COOPERATIVA 1 1. APRESENTAÇÃO Esta política estabelece os princípios e práticas de Governança Cooperativa adotadas pelas cooperativas do Sistema Cecred, abordando os aspectos de

Leia mais

Monitoramento e Avaliação Estratégica

Monitoramento e Avaliação Estratégica Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento PNQS Inovação da Gestão em Saneamento IGS Monitoramento e Avaliação Estratégica 2012 1 ORGANOGRAMA Diretoria da Presidência Diretoria Administrativa Diretoria

Leia mais

Seminário Em Busca da Excelência 2008

Seminário Em Busca da Excelência 2008 Seminário Em Busca da Excelência 2008 IEL/SC - Implementação de sistema de gestão com base nos fundamentos da excelência Natalino Uggioni Maio, 2008 1 IEL em Santa Catarina Integrante da FIESC Federação

Leia mais

Inteligência Tecnológica na Petrobras

Inteligência Tecnológica na Petrobras Inteligência Tecnológica na Petrobras Maio/2012 CENPES/GTEC/EST Informações Institucionais Sistema Tecnológico Petrobras Processos de Gestão da Tecnologia Monitoração e Prospecção Tecnológica Informações

Leia mais

Governança Corporativa

Governança Corporativa Governança Corporativa POLÍTICA DE INTEGRIDADE A política de integridade (conformidade), parte integrante do programa de governança corporativa. Mais do que nunca as empresas necessitam de estruturas consistentes

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Randon. Troféu Diamante PQRS 2009

Randon. Troféu Diamante PQRS 2009 Randon Consórcios Troféu Diamante PQRS 2009 Empresas Randon Empresas Randon participação no mercado brasileiro Reboques e semirreboques 35,21% Caminhões fora-de-estrada (até 35 t) 87,00% Freios a ar 53,40%

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO invepar índice Apresentação Visão, Missão, Valores Objetivos Princípios Básicos Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 8 Abrangência / Funcionários Empresas do Grupo Sociedade / Comunidade

Leia mais

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro.

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. www.accenture.com.br/carreiras www.facebook.com/accenturecarreiras www.twitter.com/accenture_vagas Quem somos A Accenture é uma

Leia mais

Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento. 26 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento. 26 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento 26 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental Da gestão da qualidade à excelência em gestão Gestão Operação Ao longo dos anos 90, as experiências

Leia mais

Integrando a Cadeia Produtiva de Petróleo Gás & Energia. www.redepetrorio.com.br 1

Integrando a Cadeia Produtiva de Petróleo Gás & Energia. www.redepetrorio.com.br 1 Integrando a Cadeia Produtiva de Petróleo Gás & Energia www.redepetrorio.com.br 1 Somos uma associação de empresas de pequeno, médio e grande porte atuantes nas áreas de Petróleo, Gás e Energia Fomentar

Leia mais

TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIA-BRASIL S.A

TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIA-BRASIL S.A TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIABRASIL S.A. TBG PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO Edital PSPGEPE01/2007

Leia mais

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES Área de Mercado de Capitais BNDES Desenvolvendo a Governança Corporativa Eduardo Rath Fingerl Diretor 02/06/2006 www.bndes.gov.br 1 de 23 Atuação

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

Arezzo&Co Investor Day Gente e Gestão Raquel Carneiro. Apresentação do Roadshow Diretora de Gente & Gestão

Arezzo&Co Investor Day Gente e Gestão Raquel Carneiro. Apresentação do Roadshow Diretora de Gente & Gestão Arezzo&Co Investor Day Gente e Gestão Raquel Carneiro Apresentação do Roadshow Diretora de Gente & Gestão 1 1 Sistema de Gestão Crescente cultura de meritocracia e foco em resultados Programa BSC Premissas

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA 23 de julho de 2015 ÍNDICE Pág. Introdução... 3 Objetivos... 3 Princípios gerais de atuação... 4 Princípios específicos de atuação... 7 Mecanismos de desenvolvimento,

Leia mais

Núcleo Estadual GesPública RS

Núcleo Estadual GesPública RS Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GESPÚBLICA Núcleo Estadual GesPública RS Contexto do GESPÚBLICA no MINISTÉRIO Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão G E S P Ú B L I C A Conselho

Leia mais

Programa Mineiro da Qualidade e Produtividade. Instituto Qualidade Minas

Programa Mineiro da Qualidade e Produtividade. Instituto Qualidade Minas Programa Mineiro da Qualidade e Produtividade Instituto Qualidade Minas ROTEIRO Quem Somos Produtos e Serviços PGQE Quem Somos PMQP - Programa Mineiro da Qualidade e Produtividade 1998 MISSÃO: Contribuir

Leia mais

Do Planejamento Estratégico à Inovação Aberta. Macroplan e Petrobras, 21 anos de parceria.

Do Planejamento Estratégico à Inovação Aberta. Macroplan e Petrobras, 21 anos de parceria. Do Planejamento Estratégico à Inovação Aberta Macroplan e Petrobras,. 2010 MENSAGEM É com grande alegria e forte sentimento de realização que celebramos os 21 anos da parceria de trabalho entre a Macroplan

Leia mais

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras

Cadastro de Fornecedores. de Bens e Serviços da Petrobras Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras R o t e i r o de a p r e s e n t a ç ã o Introdução Conceitos Objetivos do Cadastro Critérios de Avaliação Como se cadastrar Mecanismos para orientar

Leia mais

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli Café com Responsabilidade Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro Vitor Seravalli Manaus, 11 de Abril de 2012 Desafios que o Mundo Enfrenta Hoje Crescimento Populacional Desafios que o Mundo

Leia mais