RE/Max Estates Ltd. VOS SERVIR VEJA O NOSSO ANÚNCIO NA ÚLTIMA PÁGINA VEJA A PÁGINA 14

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RE/Max Estates Ltd. VOS SERVIR VEJA O NOSSO ANÚNCIO NA ÚLTIMA PÁGINA VEJA A PÁGINA 14"

Transcrição

1 Joe Botelho - Sales Representative Ida Botelho - Associate Broker VEJA O NOSSO ANÚNCIO NA ÚLTIMA PÁGINA AQUI PARA P VOS SERVIR VEJA A PÁGINA 14 RE/Max Estates Ltd St. Clair Ave. W. Toronto, Ont. M6E 1C7 Telefone: website: Director: Alexandre Franco - ANO VI - EDIÇÃO Nº a 9 de Fevereiro de

2 2 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si!

3 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! TOXOFALENSES... LOURINHANENSES! PARABÉNS, PRESIDENTE JOSÉ CUSTÓDIO! Tudo começou com a simpatia do Sr. Adolfo Manuel da Silva Paulo, que ao contactar connosco nos colocou ao corrente da importância desta festa, que é a 12ª Festa Anual do Grupo de Amigos do Toxofal de Baixo, Lourinhã, o qual, para além do Sr. Adolfo Paulo, tem, também, como responsáveis, Rui Maurício, Pedro Gomes, Pedro Santos, José Monteiro e Tomás Félix. Um Jantar de Gala naquele que actualmente é um dos maiores e mais elegantes salões ao serviço da nossa Comunidade, o da Local 183, no 1263 Wilson Ave., o qual voltou a registar a presença de mais de mil convidados, para participarem num convívio que tinha como principal objectivo a angariação de fundos para a compra de uma ambulância para os Bombeiros Voluntários da Lourinhã. O grupo de Amigos do Toxofal de Baixo, que já tinha sido alvo de um movimento semelhante para ajudar a Associação de Amor para a Educação de Crianças Inadaptadas, com a ADEPECIL a agradecer publicamente a ajuda conseguida no anterior evento organizado, eis que desta feita voltou a levar a cabo uma organização não só digna dos maiores elogios, como também dos aplausos de todos os Portugueses que residem no Canadá. Para o efeito estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, Sr. José Manuel Dias Custódio e esposa, assim como o Sr. Carlos Pereira, Presidente da Associação dos Bombeiros Voluntários da Lourinhã, e sua esposa. Na ocasião. O Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã realçou o facto de ser um autarca há mais de 30 anos, e há 20 anos que exerce o cargo de Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, o que é altamente significativo. O agradecimento, por parte do Sr. Carlos Pereira, como é óbvio, como Presidente da Câmara Municipal da Lourinhâ, continuarei empenhado no desenvolvimento do nosso Concelho, para que as pessoas que escolheram a Lourinhã para viver, e todos vós, que todos os anos lá voltam, se sintam orgulhosos, e quando regressam ao Canadá, o façam com satisfação, mas com um profundo sentimento de saudade e com a convicção de que valeu a pena voltar à vossa terra, a Lourinhã. Bem hajam a todos!" 3 a 9 de Fevereiro de São palavras do Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, Sr. José Manuel Dias Custódio, que calaram bem fundo em todos quantos encheram por completo o grande bonito salão da Local 183, que para além do seu principal representante, o Sr. Tony Dionísio, também participou de modo invulgar e atraente ao convidadar os ilustres visitantes, assim como muitos comerciantes da nossa Comunidade e, também, diversos políticos, como foram os casos do recente reeleito Mário Silva, como Deputado Federal; Peter Fonseca, MPP; e Joe Pantalone, representante da Câmara Municipal de Toronto. Como não podia deixar de ser, Portugal esteve representado pela Cônsul-Geral de Portugal em Toronto, Dra. Maria Amélia Paiva, que também foi uma das oradoras, depois da apresentação de todos os convidados feita pelo Presidente do Congresso Luso-Canadiano, Sr. Pedro Ferreira. De salientar que o mestre de cerimónias foi o locutor da CHIN, Martinho da Silva, que com o profissionalismo que há muito se lhe reconhece, levou a cabo um excelente trabalho. Como nota alta desta noite que para todos os presentes foi, indubitavelmente, um evento inesquecível, a distinção que o Presidente da Câmara da Lourinhã, Sr. José Manuel Dias Custódio teve a amabilidade de fazer a quatro elementos da nossa Comunidade que, com raízes lourinhanenses muito têm contribuído pelo enriquecimento dos Portugueses que residem neste país, sem nunca esquecerem as suas origens. Tratou-se foi uma realidade, tal foi o êxito desta iniciativa. "É com enorme agrado que me junto a todos vós, neste acto de confraternização e de solidariedade para com a Associação dos Bombeiros Voluntários da Lourinhã. " "Gostaria de felicitar os lourinhanenses, responsáveis pela organização desta iniciativa e agradecer, de forma sincera, o convite que gentilmente me foi dirigido." "Apraz-me registar que, apesar de longe, continuam sem esquecer as vossas raízes lourinhanenses e a pensar no prograsso e no aumento de qualidade de vida da nossa terra." "Como todos sabem, o donativo resultante deste evento, destina-se à aquisição de uma ambulância, pela Associação dos Bombeiros Voluntários da Lourinhã, destinada ao transporte de doentes e assistência médica." "Só com a ajuda de todos foi possível adquirir este equipamento e servir melhor a nossa população." "Agradeço a iniciativa e afirmo que o vosso contributo representará um grande incentivo e estimulo para todos os lourinhanenses, e em especial para estes homens da paz, que não olham a obstáculos para atingir os seus fins, de assistência e auxílio ao próximo." "Permitam-me ainda, e para terminar, que vos diga que de uma homenagem feita a Peter Ferreira (Presidente do Congresso Luso-Canadiano do Canadá); o Sr. Tony Dionísio, Gerente Comercial da Local 183; Júlio Henriques (Downtown Lumber) e Rogério Henriques (New Canadians Lumber). Antes de encerrarmos esta nota de grande elogio para o Grupo de Amigos do Toxofal de Baixo, não podemos olvidar uma palavra de apreço pela excelente ementa que os presentes saborearam, num magnífico trabalho de gastronomia preparado pela New Casa Abril Catering. No que nos concerne, mais uma vez deixamos aqui bem patente o agradecimento pelo convite que nos foi endereçado pelo Sr. Adolfo Paulo. Obrigado... e Parabéns! Texto de: Ângelo Rocha de Oliveira Fotos de: Jorge Ribeiro

4 4 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Sampaio recebe Cavaco em Belém O Presidente da República, Jorge Sampaio, recebeu hoje em Belém o seu sucessor no cargo, um encontro de quase três horas que poderá repetir-se até à tomada de posse de Cavaco Silva, a 9 de Março. "Logo se vê", disse Jorge Sampaio, questionado pelos jornalistas no final do encontro sobre a possibilidade de novo encontro com o Presidente eleito no âmbito do processo de transição. Cavaco Silva, que na saída foi acompanhado à Sala das Bicas do Palácio de Belém por Jorge Sampaio, saiu em silêncio, tal como tinha entrado. O futuro Presidente da República chegou sozinho ao Palácio de Belém poucos minutos depois das 11:00, tendo sido recebido à entrada pelo Chefe da Casa Civil de Jorge Sampaio, João Serra. O encontro decorreu na sala do Conselho de Estado e teve uma "agenda aberta", de acordo com fonte de Belém. A reunião em Belém entre o Chefe de Estado e o seu sucessor enquadra-se num processo de transição de funções e transferência de "dossiers" que logo na noite eleitoral, a 22 de Janeiro, Jorge Sampaio disse pretender que decorra de forma calma e cordial. "Está tudo a ser tratado para uma transição tranquila", corroborou Cavaco Silva aos jornalistas, à porta de sua casa, em Lisboa, no dia seguinte à sua vitória nas eleições presidenciais. A primeira conversa, por telefone, entre Jorge Sampaio e Cavaco Silva aconteceu logo na noite de 22 de Janeiro, de acordo com fonte de Belém. Nos dias seguintes à sua eleição, Cavaco Silva aproveitou para descansar e "arrumar papéis nos sítios onde trabalha", nomeadamente na Universidade Católica de Lisboa. A partir de agora, o Presidente da República eleito terá à sua disposição uma ala do Palácio de Queluz - o Pavilhão D. Maria I -, onde costumam ficar instalados os Chefes de Estado estrangeiros (antes de tomar posse, Jorge Sampaio teve à disposição o Forte de Catalazete). Eleito Presidente da República com 50,6 por cento dos votos, Cavaco Silva tomará posse a 9 de Março. Nos termos da Constituição Portuguesa, o Presidente eleito toma posse perante a Assembleia da República e a cerimónia efectuase no último dia do mandato do chefe de Estado cessante, Jorge Sampaio. Cavaco visita gabinete de Queluz onde trabalhará até à posse O Presidente eleito, Cavaco Silva, visitou o O MILÉNIO - STADIUM: Semanário Todas as Sextas-feiras, bem pertinho de si! Propriedade de: Alexandre Franco 2138 Truscott Dr., Mississauga, ON, L5J 2A6 Tel: (905) Fax: (905) s: Administrador: Alexandre Franco gabinete do Palácio de Queluz que irá ocupar até tomar posse no cargo, a 9 de Março, disse à Lusa fonte próxima do ex-primeiro-ministro. A visita ao gabinete aconteceu, adiantou a mesma fonte, sem especificar o momento em que Cavaco Silva passará a trabalhar em permanência na estrutura que lhe foi destinada. Durante pouco mais de um mês, Cavaco Silva terá à sua disposição uma ala do Palácio de Queluz - o Pavilhão D. Maria I -, onde habitualmente ficam instalados os Chefes de Estado estrangeiros em visita a Portugal. à sua disposição, Cavaco Silva terá também uma estrutura de apoio dividida por "vários gabinetes", afirmou fonte de Belém, escusandose a detalhar a composição dessa equipa. Há cerca de 10 anos, Jorge Sampaio ocupou o Forte de Catalazete até suceder a Mário Soares em Belém. Hoje, o Presidente da República recebeu em Belém o seu sucessor durante quase três horas, numa primeira audiência após as eleições presidenciais de 22 de Janeiro. Embora o actual e o futuro Chefe de Estado se tenham escusado a falar após a audiência, ficou em aberto a possibilidade de novo encontro até à tomada de posse. "Logo se vê", disse na ocasião Jorge Sampaio, questionado pelos jornalistas sobre aquela possibilidade. A reunião de hoje em Belém entre o Chefe de Estado e o seu sucessor enquadra-se num processo de transição de funções e transferência de "dossiers" que, logo na noite eleitoral, a 22 de Janeiro, Jorge Sampaio disse pretender que decorra de forma calma e cordial. A primeira conversa, por telefone, entre Jorge Sampaio e Cavaco Silva aconteceu logo na noite das eleições, de acordo com fonte de Belém. Nos dias seguintes à sua eleição, Cavaco Silva aproveitou para descansar e "arrumar papéis nos sítios onde trabalha", nomeadamente na Universidade Católica de Lisboa. Eleito Presidente da República com 50,6 por cento dos votos, Cavaco Silva tomará posse a 9 de Março. Nos termos da Constituição Portuguesa, o Presidente eleito toma posse perante a Assembleia da República e a cerimónia efectuase no último dia do mandato do chefe de Estado cessante, Jorge Sampaio. Director: Alexandre Franco Director-Adjunto: ARO Chefe de Redacção: Liberal do Couto Desenhadora Gráfica e Paginadora: Fabiane Azevedo Colaboradores: Maria Fernanda, Dr. César Cordeiro, Dra. Aida Baptista, Alexandre Campos Silva, Cláudia Afonso Marques, Bill Gates e Sócrates assinam parcerias O primeiro-ministro, José Sócrates, e o presidente da multinacional de software Microsoft, Bill Gates, reuniram-se na quartafeira e assinaram 18 projectos de parceria que "demonstram o interesse" da empresa norteamericana pelo Plano Tecnológico, disse hoje fonte oficial. José Sócrates recebeu o presidente da Microsoft na sua residência oficial, em São Bento, onde decorreu primeiro um encontro a sós e depois um encontro com todos os representantes da empresa norte-americana. No final dos encontros José Sócrates e Bill Gates fizeram uma declaração conjunta para os jornalistas presentes. Depois do almoço, primeiro-ministro e presidente da Microsoft deslocaram-se até ao Hotel Ritz, para participarem no Fórum de Líderes, um encontro organizado anualmente pela multinacional norte-americana que proporcionou a discussão, entre dirigentes europeus, sobre os desafios da nova economia global, que este ano decorre em Portugal. Durante encontro foram várias as intervenções de Bill Gates e de José Sócrates. Os dois responsáveis partiram depois para o Hotel Sheraton, onde decorreu a sessão de apresentação dos projectos de colaboração da Microsoft com o Plano Tecnológico. São 18 projectos, que abrangem as mais diversas áreas, e que "demonstram o interesse da Microsoft pelo Plano Tecnológico". A sessão incluiu uma apresentação, em filme, com o resumo de todos os projectos, a que se seguiu a assinatura dos protocolos. José Sócrates e Bill Gates falaram no final, mas não permitiram perguntas por parte dos jornalistas ou da assistência. Presente em Portugal devido ao Fórum de Líderes, Bill Gates vai ter uma agenda bastante preenchida, incluindo encontros com o Presidente da República, Jorge Sampaio, o primeiro-ministro, José Sócrates, ou aulas a alguns alunos de escolas de Lisboa. O fórum de líderes de governo organizado pela norte-americana Microsoft reúniu este ano em Lisboa vários responsáveis europeus, entre os quais o primeiro-ministro Mateus Machado, Júlio Gouveia, Liberal do Couto, Rui Neves, Gilberto Lontro, António M. Nóbrega e Arminda Cordeiro. Colaboradores do Suplemento Desportivo STADIUM: Aro, Camilo dos Reis Correspondentes: Luís Tavares Bello (Montreal) Publicidade: Adriana Martins e Rui Neves Colaboração Fotográfica: Tony Pavia português, e teve como tema a competitividade através da inovação. O encontro contou com a presença do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, entre outros governantes europeus. Este foi o terceiro fórum da Microsoft realizado na Europa, depois de Praga, em 2005, e de Roma, em A conferência, segundo a Microsoft, visou proporcionar a líderes políticos e altos quadros representantes de diversos países europeus um fórum de debate e troca de ideias. Subordinado ao tema "Impulsionar a competitividade global através da inovação local", o fórum analisou as oportunidades e os desafios que os dirigentes europeus enfrentam perante a nova economia global, a qual propõe várias reformas para um crescimento forte e mais e melhores empregos. O papel das tecnologias da informação no desenvolvimento da Administração Pública e do sector público, o aumento dos investimentos na área da investigação e inovação, o ensino digital, a formação dos recursos humanos e os serviços electrónicos foram alguns dos pontos abordados neste encontro. Criada em 1975, a Microsoft é líder mundial em software. A multinacional norte-americana está presente na Europa, Médio Oriente e África desde 1982, emprega mais de pessoas, distribuídas por 55 subsidiárias que fornecem produtos e serviços em mais de 139 países. Presidente do Governo adverte para necessidade de consciência ambiental O Presidente do Governo Regional advertiu para a necessidade de se manter viva uma "forte consciência ambiental" nos Açores, ao comentar a tema da peça apresentada por um grupo de crianças da "Coriscolândia" que estiveram, hoje à tarde, no Palácio Sant'Ana, em Ponta Delgada, a "Cantar às Estrelas". Não se pense que essas questões não nos dizem respeito por vivermos numa "Região Verde" e sem grande problemas ambientais, sublinhou Carlos César. Em declarações aos jornalistas, após a representação das crianças que culminou com a entoação do tradicional "Cantar às Estrelas", o chefe do executivo alegou que a Região, além de ser confrontada com as consequências, no clima, da poluição global terá de prevenir a degradação do seu próprio território. Importa, nomeadamente, cuidar do tratamento de resíduos e efluentes, combater um crescimento urbano desregrado e garantir um correcto ordenamento, considerou. Acompanhado da esposa, Luísa, Carlos César confraternizou com as crianças que oferecem ao casal um quadro elaborado no "ATL" da Coriscolândia. O chefe do executivo presenteou o grupo com um lanche, sublinhando que a iniciativa se assume, já, como uma "boa tradição" de uma "instituição modelar" nos domínios da pedagogia e do apoio à juventude. Distribuição: TDLTD, Tony Vilhena, Jack Neves e OMS. Delegação de "O Milénio-Stadium" em Montreal: PMC Publimed Conseil Luís Tavares Bello 7800, Boul. Tashereau Suite 161 Brossard, Qc J4X 1V7 Tel. (514) Fax (450)

5 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Portugueses de Toronto decididos (?) a cancelar serviço RTPi 3 a 9 de Fevereiro de Secretária do Ambiente visitou obras de recuperação da Lagoa das Sete Cidades Centenas de luso-canadianos decidiram pedir o cancelamento dos serviços da companhia através da qual recebem a RTP Internacional por considerarem demasiado elevado o preço de subscrição. Trata-se da resposta da comunidade lusa à tabela anunciada pela companhia Rogers Cable, na sequência de uma reunião promovida pelo comité para a RTPi, que decorreu na Casa da Madeira, em Toronto, e contou a presença de cerca de duas centenas e meia de portugueses. "As pessoas estão muito revoltadas com estes preços e estão decididas a cancelar, mesmo após a Rogers anunciar que baixará para 11,21 dólares [canadianos]", afirmou à Agência Lusa Avelino Teixeira, do comité para a RTPi. "Desde domingo que os vários membros deste comité estão continuamente a receber cartas para cancelamento de serviços. Vamos aguardar até 15 de Fevereiro, data que faremos a contagem final. O objectivo é entregarmos posteriormente todo esse volume a David Purdy [vice-presidente da Rogers Cable Communications, com quem o comité tem encetado contactos directos]", destacou. Aquelas cartas são formulários criados pelo comité onde as pessoas já clientes de produtos e serviços do grupo Rogers - desde TV por cabo, Internet, telefones fixos e telemóveis - identificam os seus números de conta e manifestam vontade de cancelarem os contratos. O comité para a RTPi representa 40 mil luso-canadianos da zona de Toronto interessados em aceder à televisão pública portuguesa, a qual começou a ser distribuída por cabo a 16 de Dezembro pela operadora Rogers na região de Toronto. Após um período de transmissão gratuita, a emissões da RTPi começaram a ser pagas a 4 de Janeiro, cobrando a Rogers Cable 14,95 dólares mensais. Perante o movimento de oposição da comunidade luso-canadiana na região - liderado pelo comité para a RTPi, David Purdy -, o vice-presidente da Rogers Cable Communications acedeu a uma reunião com os portugueses, prometendo rever a situação. A 20 de Janeiro, Taanta Gupta, vice-presidente da área de comunicações da Rogers Communications, afirmou à Agência Lusa que a empresa descerá, a partir de Fevereiro, o preço de subscrição da RTPi para 11,21 dólares, sendo este apenas um desconto promocional por quatro meses. "Com a RTPi, estamos a planear uma oferta especial por tempo limitado. Os novos clientes que subscreverem a RTPi em Fevereiro receberão um desconto de 25 por cento nos primeiros quatro meses, o que dá um valor aproximado de 11,21 dólares nesses quatro meses iniciais", declarou na altura a responsável".findo este período, o custo mensal para aceder à RTPi será de 14,95 dólares. A RTP Internacional pode ser igualmente sintonizada no Canadá através de satélite, o que requer a instalação de uma antena parabólica, mas não implica qualquer pagamento de assinatura, dado que oferece um sinal grátis no Canadá e nos Estados Unidos. (Lusa) NR. Qual será a parte do "não" que custa a compreender? Em primeiro lugar, como órgão de comunicação social que nos prezamos de ser, temos procurado levar a informação tão fiel quanto possível sobre uma situação que quanto a nós deixa muito a desejar à grande maioria de lusos-canadianos. As notícias que são publicadas, oriundas da Lusa, com assinaturas de EF/SO (que efectivamente nada nos dizem), apesar de serem muito mais equilibradas que comunicados que foram distribuídos, também espelham alguma contradição, como por e x e m p l o : "Centenas de lusocanadianos decidiram pedir o cancelamento..." para mais à frente dizer que o "Comité representa 40 mil luso-canadianos..." e já terá sido divulgada a presença de cerca de duzentas pessoas numa reunião recentemente levada a cabo na Casa da Madeira, sendo esta uma instituição que merece toda a nossa consideração, mas que está a alinhar não a favor da RTP-i (está mais do que provado, dito e redito - pelo próprio Dr. Lopes de Araújo, que quem quiser ver a programação da RTP-i pode vê-la gastando apenas o suficiente para adquirir uma parabólica de 50 centímetros que lhe dá acesso ao sinal gratuito da televisão estatal portuguesa), mas sim contra a FPtv. Mas essas contas, são outras. Primeiro não acreditamos nesse número de quarenta mil que tanto se tem propagandeado, segundo, não são umas centenas de "ameaças" que vão assustar a Rogers. Aliás, a notícia reafirma: "A 20 de Janeiro, Taanta Gupta, vice-presidente da área de comunicações da Rogers Communications, afirmou à Agência Lusa que a empresa descerá, a partir de Fevereiro, o preço de subscrição da RTPi para 11,21 dólares, sendo este apenas um desconto promocional por quatro meses. Com a RTPi, estamos a planear uma oferta especial por tempo limitado. Os novos clientes que subscreverem a RTPi em Fevereiro receberão um desconto de 25 por cento nos primeiros quatro meses, o que dá um valor aproximado de 11,21 dólares nesses quatro meses iniciais", declarou na altura a responsável". Findo este período, o custo mensal para aceder à RTPi, na Rogers, será de 14,95 dólares." Quatro meses a $ e depois: $ Qual será a parte deste "não" que custa compreender? Será que aqueles que estão a ser servidos pela Rogers, no que concerne televisão, telefones, internet, vão cancelar os serviços da Rogers? Não acreditamos. Nem mesmo apesar de: "Aquelas cartas, são formulários criados pelo comité onde as pessoas já clientes de produtos e serviços do grupo Rogers - desde TV por cabo, Internet, telefones fixos e telemóveis - identificam os seus números de conta e manifestam vontade de cancelarem os contratos." E agora, poderão dizer que estamos a defender a "nossa senhora", a FPtv. Claro que sim. Não é preciso ser muito inteligente para se compreender isso. Tal como não é preciso ser muito inteligente para se compreender que dentro de quatro meses, se quiser ver a RTPi através da Rogers, vai ter que pagar $ E a verdade é que se tivéssemos qualquer tipo de influência (o que não acontece, apesar de muito boa gente pensar o contrário) e falamos com o prejuízo de deixarmos de apresentar dois programas semanais (duas horas de televisão - que até sabemos que são do agrado da Comunidade -, numa estação que se preocupa com a promoção das actividades comunitárias), a nossa atitude seria bem diferente. Mas, por agora, vamo-nos limitar a acompanhar o desenrolar dos acontecimentos. AF A Lagoa das Sete Cidades vai passar a ter uma praia fluvial numa das suas margens. A empreitada de construção, que constitui uma das acções contempladas no Plano de Ordenamento da Bacia Hidrográfica da Lagoa das Sete Cidades, deverá iniciar-se já em A notícia foi deixada pela secretária regional do Ambiente e do Mar, Ana Paula Marques, numa visita efectuada esta segundafeira à freguesia para verificar o andamento das obras constantes do Plano já em curso. Os estudos preliminares da praia fluvial foram já entregues aos arquitectos que estão a conceber o projecto paisagístico para a Lagoa e "dentro de poucos meses", como adiantou a titular da pasta do Ambiente, esse projecto será apresentado publicamente. Trata-se de uma obra hídrica que irá utilizar tecnologias amigas do Ambiente e processos biológicos inovadores para o tratamento das águas numa área delimitada. Segundo explicou Ana Paula Marques, será criada uma bacia de retenção, cujas águas irão passar por um sistema de filtros naturais, que permitirão aos veraneantes e à população local ter uma praia com água de qualidade. A secretário regional esteve ainda no local onde decorre a obra de reabilitação da linha de água da Mata das Criações e ouviu as explicações do empreiteiro sobre o andamento dos trabalhos, que representam um investimento na ordem dos 375 mil euros, e que se encontram quase concluídos. A empreitada, após a conclusão da construção dos três novos açudes e da remodelação dos dois que já existiam, irá permitir reduzir substancialmente o caudal sólido que entra na Lagoa das Sete Cidades, bem como minimizar os efeitos da erosão nos terrenos por onde passa aquela linha de água. A governante visitou, ainda, o local onde decorrem os trabalhos da empreitada de concepção e construção do desvio parcial dos efluentes conduzidos pela vala das Sete Cidades. Trata-se de uma medida prevista no Plano de Ordenamento da Bacia Hidrográfica, num investimento de um milhão e 200 mil euros, que ficará concluída já em Abril deste ano. A intervenção, permitirá a retenção e regularização de caudais a jusante, desviando essas descargas para a bacia já existente junto ao túnel e evitando a sua entrada na lagoa, contribuindo, dessa forma, para desacelerar o processo de eutrofização daquela massa de água. Neste momento, a obra está já numa fase final, com a instalação das condutas fechadas que vão conduzir parte das águas para o túnel. No âmbito deste mesmo projecto para a recuperação da Lagoa das Sete Cidades, será ainda construída uma estação elevatória, bem como ligações à rede pública de electricidade, caminhos de acesso aos órgãos projectados, e construída uma conduta desde a tomada de água até à bacia de entrada do Túnel de Descarga das Lagoas das Sete Cidades, onde deve localizar-se um órgão descarregador. Globalmente, o Governo Regional está a investir cerca de 25 milhões de euros na execução das medidas correctivas e preventivas previstas nos Planos de Ordenamento das Bacias Hidrográficas das Lagoas das Furnas e das Sete Cidades, na ilha de S. Miguel, para a recuperação daquelas massas de água. Após a visita, em declarações à Comunicação Social, a secretária do Ambiente manifestou a sua convicção de que "num horizonte de quatro a cinco anos estes dois espaços terão melhorado significativamente, não só no que concerne ao fenómeno da eutrofização das lagoas, como ao nível da qualidade dos equipamentos que vamos implementar nas margens das lagoas." Os Planos de Ordenamento das Lagoas incluem, ainda, a implementação de outras medidas, como a monitorização da qualidade das suas águas (um trabalho que a Secretaria Regional do Ambiente e do Mar tem vindo a desenvolver), a redução do encabeçamento das explorações pecuárias, a reposição de uma ampla manta de vegetação e o melhoramento paisagístico desses locais. LEIA O NOSSO JORNAL NA INTERNET

6 6 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! FALECEU MÁRIO LEBRE Aos 73 anos de idade, faleceu Mário Lebre. Indubitavelmente um marco da nossa Comunidade. Quase que apostamos em como Mário Lebre era conhecido pela grande maioria dos luso-canadianos residentes em Toronto e em Montreal. Sócio fundador e honorário da Associação Cultural 25 de Abril (Toronto) - Núcleo Capitão Salgueiro Maia, Mário Lebre, acaba por ser vitima de uma curta luta contra doença incurável que recentemente o atingiu e soçobrou na madrugada do dia 29 de Janeiro de Mário Lebre residia há mais de 40 anos no Canadá, tendo sido um cidadão que sempre pugnou pela defesa da Democracia, da Liberdade e dos Direitos Humanos. Por razões políticas deixou o seu querido Portugal, emigrando primeiro para a França, Bélgica, Alemanha e, finalmente, o Canadá. Apesar de já existir há mais anos, foi a 12 de Setembro de 1994 que se registou a Associação Cultural 25 de Abril de Toronto, que Mário Lebre fundou de mãos dadas com o Dr. Tomás Ferreira, Walter Lopes, Odete e Carlos Melo, Joaquim Paulo, Henrique Santos, Mário Corte Real e Maria João Lisboa.O Jornal O Milénio- Stadium apresenta a todos os familiares de Mário Lebre, as suas sinceras condolências. Reforçado o plano contra a pandemia O vírus da gripe das aves pode chegar a Portugal no Verão, mas também pode muito bem aparecer apenas em 2012, ninguém sabe muito bem quando.. O que não há dúvidas é que virá e, exactamente por isso, para enfrentar o surto pandémico, as autoridades de saúde nacionais preparam os meios e actualizam estratégias de actuação que podem passar, por exemplo, por recomendar à população o uso de máscaras faciais, impor quarentena ou distribuir remédios grátis nos centros de saúde, hospitais e até farmácias, mediante receita especial para evitar uma corrida desenfreada. Francisco George, director-geral da Saúde, apresentou o novo Plano de Contingência contra a Pandemia de Gripe, um programa que foi revisto este mês, e já conta com três versões. "Reconhecemos que o plano não é definitivo, pois há necessidade de ser adaptado aos novos conhecimentos que se forem evidenciando." As diferenças entre o novo plano e a versão de 2005 é o reconhecimento da necessidade de acompanhar as fases da pandemia com outros países, no contexto da Organização Mundial de Saúde (OMS). Nesse sentido, Francisco George constata: "Procuramos seguir de perto da estruturamãe, se bem que a pandemia pode ter graus diferentes de país para país." Outra novidade é a dotação estratégica de medicamentos antivirais, que não tínhamos. Hoje, Portugal dispõe de 11 mil tratamentos de Tamiflu e antes de Junho chegarão os 2,5 milhões de tratamentos encomendados. Há uma reserva de cem tratamentos de outro antiviral, o Zanamivir. A actualização inclui novos projectos de investigação, em parceria com a Gulbenkian e a Faculdade de Medicina Veterinária, e criação de um laboratório de virologia no Hospital Curry Cabral, bem como laboratórios nas capitais de distrito. Haverá um serviço telefónico para encaminhar doentes. Francisco George explica ainda que o novo Plano de Contingência define programas específicos na área da informação, medidas de prevenção, contenção e controlo, cuidados de saúde em ambulatório, em internamento, vacinas e medicamentos, comunicação e avaliação. Em análise está o fecho das fronteiras, mas a subdirectora-geral, Graça Freitas, diz que "não trava a propagação do vírus mais de uma semana." ALBERTO JOÃO JARDIM A Região Autónoma da Madeira tem já delineado o seu Plano de Desenvolvimento Económico e Social , para obrigatória adaptação ao novo Quadro Comunitário de Apoio da União Europeia, vigente no mesmo período. O desígnio estratégico do Plano é o de, no horizonte 2013, manter ritmos elevados e sustentados de crescimento da Economia e do Emprego, assegurando a protecção do Ambiente, a Coesão Social e o desenvolvimento territorial. Tudo isto decorrerá num quadro mundial de globalização das economias e das sociedades, de um certo enfraquecimento das posições europeias, bem como da situação em Portugal, particularmente difícil. Num tal enquadramento, as prioridades estratégicas do Plano serão: Inovação, Empreendedorismo e Sociedade do Conhecimento; Desenvolvimento Sustentável; Cultura e Património; Coesão Territorial e Desenvolvimento Equilibrado; Quanto às prioridades temáticas, teremos: Turismo Outras Actividades Económicas nos sectores da Agricultura, Pesca, Indústria, Comercio e Serviços; Infra-estruturas Públicas e Equipamentos Colectivos; Governação regional e sub-regional. A prioridade estratégica atribuída à Inovação, Empreendedorismo e Sociedade do Conhecimento visa assegurar a consagração, na Região, do novo paradigma das políticas de desenvolvimento que reconhecem as responsabilidades maiores destas problemáticas na promoção do crescimento e do emprego, nas economias e sociedades regionais do mundo actual. Assim, o Pano desenvolve um conjunto de objectivos, de orientações estratégicas e de medidas para: Inovação; Tecnologias de Informação e Comunicação; Investigação e Desenvolvimento Tecnológico; Capacidade competitiva regional; Qualidade e Qualificação; Investimento directo estrangeiro. O objectivo "promoção do desenvolvimento sustentável" apresenta-se subordinado ao carácter transversal que a dimensão ambiental assume, num momento em que se vislumbra um novo ciclo de desenvolvimento. O qual se pretende que seja capaz de promover o bem-estar social e económico, potenciando os valores e recursos naturais que temos, bem como sustentando nestes, a qualidade de vida e o progresso das populações. Assim, o Plano enumera as linhas de orientação nesta transversalidade Desenvolvimento-Ambiente, para além de medidas no âmbito do Desenvolvimento Sustentável, da Floresta e Áreas Protegidas e do Saneamento Básico. Depois, ao âmbito Potencial Humano e Coesão Social, o Plano avança com objectivos, orientações estratégicas e medidas nos campos: Educação e Formação; O Plano de adaptação ao novo Quadro Comunitário de Apoio da U.E. Emprego; Trabalho; Saúde; Segurança Social; Juventude; Defesa do Consumidor; Comunidades Madeirenses. O Plano considera, sequentemente, a Cultura e o Património como prioridade estratégica. Cada vez mais, a globalização económica e social atenua as características individualizadoras de cada Região. Daí ter de se proceder à valorização pró-activa da Cultura e do Património, como elementos distintivos e consubstanciadores da Identidade Madeira. Esta Identidade é uma mais-valia de enormes repercussões e impactos nos mais diversos sectores da actividade económica e social da Região Autónoma. No que diz respeito à prioridade da organização e gestão do território regional, sem prejuízo da continuada importância estrutural do Funchal, quer como capital, quer como centro aglutinador do sistema metropolitano da ilha da Madeira (que compreende também Câmara de Lobos, Santa Cruz e Machico), procura-se a progressiva consolidação de três outras sistematizações urbanas. Na costa norte, Santana, S. Vicente e Porto Moniz. A oeste, Ribeira Brava, Ponta do Sol e Calheta. E o reforço da integração funcional da ilha de Porto Santo no sistema económico, social e administrativo da Região Autónoma. Consolidar estes quatro subsistemas, é requisito para uma distribuição mais equilibrada das actividades produtivas e do emprego, proporcionando uma utilização mais eficiente das respectivas potencialidades específicas e diminuindo a pressão urbana sobre o Funchal. O Plano desenvolve, depois, objectivos, orientações estratégicas e medidas para as "prioridades temáticas": Turismo, Sector Agrícola, Pescas e Aquicultura, Desenvolvimento Empresarial, Energia e Actividades Tradicionais. Seguem-se, no Plano, as Infra-estruturas Públicas e Equipamentos Colectivos que, simultaneamente, são instrumentos imprescindíveis de apoio e de fomento das actividades económicas regionais, bem como de satisfação das necessidades da população. A ambição que o Plano assume, a para dos desafios, incertezas e ameaças que caracterizam esse período, justifica uma exigência acrescida para a qualidade da governação regional. Uma atenção privilegiada ao modelo de administração pública. Necessários aperfeiçoamentos e modernização do sistema administrativo que integram: redimensionamento organizativo, reforma da administração regional e o recurso a soluções orgânicas inovadoras, bem como a instrumentos e mecanismos de articulação inter-institucional, e ainda a qualificação do capital humano.assim, e desenhando já um novo ciclo, o Plano tem a ambição de, por um lado, manter os traços essenciais que caracterizaram a profunda evolução da Região Autónoma nas últimas três décadas. E que permitiram níveis novos e elevados de progresso económico e social. Por outro lado, introduzir elementos que influenciem ajustamentos no tecido económico, social e administrativo. registration n

7 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! O que são os "Pauliteiros de Miranda"? Por causa da opinião geral que "os Pauliteiros de Miranda são um grupo de dança original de Miranda do Douro", preciso esclarecer logo do princípio que não se trata dum grupo, mas de vários grupos de diferentes aldeias do concelho de Miranda. Embora em Portugal a dança dos Pauliteiros se tornasse emblema da cidade de Miranda do Douro, a dança dos paulitos faz parte dum género de dança chamada "dança de espadas" que se encontra no mundo inteiro. Segundo Stephen Corrsin (1997: 1) o tipo de dança de espada dito "encadeado", a que pertence a dança dos Pauliteiros, existe exclusivamente na Europa e em territórios colonizados por Europeus. Citações desta dança remontam à Idade Média, mas devem evitar-se hipóteses sobre a sua origem - sobretudo por causa da constante modificação e adaptação desta dança a circunstâncias históricas. No meu estudo cito elementos guerreiros, religiosos e rituais da dança dos Pauliteiros sem classifica-la definitivamente numa destas categorias. Em Portugal ainda se encontram outras danças de espadas sendo a maioria conhecida como "mouriscas" - das quais curiosamente nenhuma tornou tão popular como as danças dos Pauliteiros de Miranda. É importante mencionar que os Pauliteiros não se restringem exclusivamente ao concelho de Miranda, mas existem também noutras localidades próximas de Miranda. Por fontes escritas constatei que a dança dos paulitos se dançava e se dança nos concelhos Vimioso, Bragança, Vinhais, Mogadouro, até mesmo no concelho de Macedo de Cavaleiros. Hoje em dia fundam-se além disso grupos de Pauliteiros em outras regiões portuguesas, sobretudo nas tunas de estudantes, e nas comunidades portuguesas no estrangeiro. Embora um capítulo aborde a fundação de grupos de Pauliteiros nas comunidades portuguesas no estrangeiro, e a expansão dos Pauliteiros em Portugal, o meu estudo concentra-se sobretudo nos Pauliteiros de Miranda, pois nos grupos do concelho de Miranda. Devido à facilidade de ver actuações dos Pauliteiros de Miranda em todo o Portugal, preferi estudar a dança dos paulitos no contexto dito mais "tradicional" e por isso passei três meses de trabalho de campo em Miranda entre Agosto 2003 e Setembro Em Junho 2003 pesquisei também na comunidade portuguesa de Saint-Denis (Paris). O resultado das pesquisas no terreno e em bibliotecas e arquivos portugueses, é o primeiro estudo sistemático de diferentes aspectos dos Pauliteiros de Miranda. No entanto, as obras de António Maria Mourinho e doutros autores mencionando os Pauliteiros no quadro dos seus estudos sobre cultura mirandesa (ver Vasconcelos, Alves, Schindler, Gallop, Veiga de Oliveira, Giacometti e Caufriez) serviram-me como base. A restrição a Miranda resulta também da suposição de que em Portugal esta dança se enraíza nesta zona, onde poderá ter chegado através da população de León. A saber, a danza de palotes ou paloteo é muito divulgada em Espanha. Uma confrontação com o repertório dos Pauliteiros de Salselas (Macedo de Cavaleiros) (Cravo 2000) mostrou que havia mais adaptações recentes de modas portuguesas (Canções e danças populares portuguesas) nos lhaços Salselenses do que de Miranda (O termo lhaço designa a marca individual ou melhor dito a peça musical e coreograficamente fechada da dança dos Pauliteiros. Os lhaços constituem junto com os passacalles o repertório dos Pauliteiros). Não se pode dizer, porém, que devido a um repertório mais "moderno" e devido à aglomeração de grupos de Pauliteiros na zona de Miranda, todos os Pauliteiros, incluindo os de Salselas, são uma imitação dos Mirandeses - um discurso às vezes encontrado na população mirandesa. Contudo, os Pauliteiros definem em comum com a língua mirandesa uma comunidade: a dos Mirandeses. Dentro dos chamados ranchos folclóricos (grupos representando tradições locais de música e dança, encontrados em todo o território de Portugal e no Estado Novo utilizados como propaganda ideológica), os Pauliteiros tomam um lugar especial: eles constituem-se exclusivamente de homens, vestem um costume bem diferente dos outros ranchos e a coreografia complexa com paulitos e castanholas chama a atenção. Além disso, por causa das semelhanças com a danza de palotes espanholas são por vezes não considerados como fazendo parte do folclore português, por outro lado são defendidos pelos Mirandeses como sendo mais "autênticos" do que os ranchos uniformizados de Portugal. No meu estudo a expressão "rancho dos Pauliteiros" serve porém como contraparte aos dançadores que ainda executam as suas funções nas festas religiosas de Miranda. Aqui preciso acrescentar uma questão interessante: Antigamente, e em Miranda ainda hoje, os "Pauliteiros" eram chamados "dançadores". Visto que em Espanha os "Pauliteiros" se chamam danzantes, o segundo termo parece mais correcto. Não se sabe a partir de quando a expressão "Pauliteiros" foi utilizada e por quem foi inventado. Fora de Miranda, os dançadores mirandeses são exclusivamente conhecidos como "Pauliteiros". De qualquer modo, este termo já aparece nas Memórias do Abade de Baçal (Alves 1990 [1925]). NR. Se houver alguém na nossa Comunidade que seja conhecedor profundo desta "luta dos pailiteiros", agradecemos que contactem com Marco Costa da Costa Academy de Mixed Marital Arts, Tel a 9 de Fevereiro de Professores de Português convidam comunidade a ler textos nas escolas Uma investigação feita por médicos da Universidade de Washington conclui que o exercício físico reduz o perigo de contrair a doença de Alzheimer e outros tipos de demência. Segundo o estudo, publicado na revista "Annals of Internal Medicine", as pessoas saudáveis que fazem exercícios regularmente reduzem em 30 a 40 por cento os riscos de demência. Outros estudos já tinham assinalado que a actividade física praticada em qualquer idade ajuda a manter um peso saudável, reduzindo com isso o perigo de doenças graves como os problemas cardiovasculares e a diabetes. O exercício diminui no sangue os níveis de amilóide, uma proteína que estaria na origem do Alzheimer, uma doença degenerativa incurável que afecta principalmente as pessoas com mais de 65 anos, explicam os autores do artigo. A Associação de Professores de Português (APP) anunciou o lançamento da terceira edição do projecto "Ler Consigo", que visa levar o cidadão comum às escolas para ler textos do seu agrado. O projecto vai decorrer este ano de 27 a 31 de Março, última semana de aulas do segundo período, com as escolas aderentes a receber encarregados de educação, vizinhos, antigos alunos ou quaisquer outras pessoas que desejem convidar. Os convidados terão 10 a 20 minutos para ler em voz alta um texto à sua escolha, prosseguindo a aula com uma conversa com os alunos sobre o tema dessa obra. No primeiro ano, 2004, participaram no "Ler Consigo" 350 turmas de 60 concelhos de Portugal e de escolas portuguesas de quatro países estrangeiros. Em 2005, a participação diminuiu ligeiramente em Portugal (293 turmas de 53 concelhos), mas aumentou no estrangeiro, para sete países - Alemanha, França, Andorra, África do Sul, Venezuela, Estados Unidos e Canadá. "Autarcas, vizinhos, empresários, encarregados de educação, militares, ministros, membros do clero, diplomatas, deputados e eurodeputados, antigos alunos e estudantes voltaram à escola para ler textos que escolheram e para transmitir o gosto pela leitura", refere a APP, em comunicado. A APP tem no seu sítio na Internet uma página (www.app.pt/lc) de apoio a este projecto, onde os interessados podem encontrar informações sobre como participar, bem como um guião de actividades e a lista das turmas aderentes. "Não me agradeçam. O que fiz foi um dever cívico", disse o ex-ministro da Educação Roberto Carneiro, em 2004, à saída da Escola Secundária de Miraflores, onde participou no "Ler Consigo" Exercício físico reduz risco de demência O estudo foi realizado entre 1994 e 2003, abrangendo pessoas com mais de 65 anos e sem sintomas de demência. Com a passagem do tempo, os médicos observaram que, das que não desenvolveram sinais de demência, 77 por cento fazia exercícios três ou quatro vezes por semana. Por outro lado, das 158 pessoas que mostraram algum sintoma de demência, só 67 por cento disse que fazia exercícios. Segundo Wayne McCormick, geriatra na Universidade de Washington e um dos autores do estudo, o exercício regular atrasa aparentemente o aparecimento dos sintomas de demência nos idosos. "O surpreendente é que na realidade não foi necessário muito [exercício] para conseguir esse resultado", afirmou.

8 8 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! No fim de semana de 28 de Janeiro, o bcpbank, o Banco da Comunidade Portuguesa, participou no 5 Aniversário da Casa das Beiras de Toronto, na Matança do Porco organizada pela Casa dos Açores do Ontário e na Festa de São Sebastião dos Amigos do Toxofal de Baixo. Estas Associações têm ao longo da sua existência demonstrado empenho pela divulgação da cultura e língua portuguesas no Canadá, acções que o bcpbank apoia e incentiva. Com a presença habitual de entusiastas equipas, o bcpbank distribuiu pelos presentes, porta-chaves, esferográficas, agendas entre outras lembranças. Em plena época de RRSPs, as equipas disponibilizaram-se também para esclarecer dúvidas sobre este assunto, e responder às solicitações para investimentos no bcp RRSP 7%, um produto criado pelo bcpbank que oferece a mais elevada taxa de juro no mercado. O bcpbank acredita que o sucesso dos Clubes e Associações da Comunidade é essencial para o desenvolvimento, afirmação e adaptação da Comunidade à sociedade de acolhimento, sem nunca esquecer as suas raízes e tradições. Estas acções contribuem para uma Comunidade mais próspera, conhecedora do seu passado e confiante no seu futuro. O bcpbank apoia, com orgulho, e participa nestas actividades com consciência de ser este um investimento nos seus Clientes, Colaboradores e Comunidade de amanhã. O bcpbank é um banco comunitário, com sede oficial em Toronto, com uma rede de 8 sucursais espalhadas pela província do Ontário, em cidades como Brampton, Mississauga e Hamilton. O bcpbank, como banco inovador e moderno, oferece aos seus clientes para além de um conjunto de produtos e serviços nos Estados Unidos e Canadá, um elo de ligação ao Grupo Millennium bcp em Portugal. O capital do bcpbank é detido na sua totalidade pelo Millennium bcp, um grupo financeiro internacional de sucesso e que conta com recursos disponíveis à escala mundial. Governo Regional vai abrir extensão da Secretaria da Habitação e Equipamentos na Praia da Vitória O Governo Regional vai abrir, em breve, na Praia da Vitória, uma extensão da Delegação da Secretaria Regional da Habitação e Equipamentos na ilha Terceira. A iniciativa foi anunciada pelo secretário regional do sector, José Contente, após uma reunião de trabalho com os responsáveis do município da Praia. O espaço, a funcionar em instalações disponibilizadas pela autarquia nos Paços do Concelho, destina-se a acolher os praienses que necessitem de tratar, fundamentalmente, de questões relacionadas com a área da habitação. No encontro, ficou ainda acordado que o Governo Regional, em parceria com a Câmara Municipal da Praia da Vitória, vai arrancar, ainda este ano, com a repavimentação da Estrada 25 de Abril, depois das obras de saneamento básico no local, de responsabilidade municipal. O secretário regional da Habitação e Equipamentos sublinhou que, com esta iniciativa, que deverá arrancar em Setembro próximo, para minimizar os transtornos causados aos seus utilizadores durante o Verão, "fica a ilha Terceira com quase toda a rede viária reabilitada". José Contente reafirmou, por outro lado, a intenção do executivo em avançar, rapidamente, com a resolução dos realojamentos do Bairro Joaquim Alves. O governante precisou que o executivo vai adquirir uma parcela de terreno destinada a alargar o espaço do local, propriedade da autarquia, de maneira a transpor, de forma faseada, e ainda nesta legislatura, parte daquele aglomerado, nomeadamente os fogos mais antigos que se encontram bastante degradados. "Reformulando o bairro com um projecto arquitectónico, fruto de um concurso de ideias que vai ser lançado em Fevereiro, vamos dignificá-lo de forma a que seja o espelho da entrada da cidade da Praia da Vitória", concluiu. TINY TREASURE MONTESSORI SCHOOL ENSINA-SE A: Ler e escrever Matemática Geografia Francês Ciência E muitas outras actividades práticas. Casa das Beiras CINCO ANOS A DIVULGAR A CULTURA BEIRÃ A fundação da Casa das Beiras deu-se oficialmente no dia 25 de Janeiro de 2001, com sede própria, a Casa das Beiras comemorou o seu quinto aniversário, com um Porto de Honra e a presença do convidado especial vindo de Portugal Dr. José António Gomes de Jesus, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Tondela. A Abertura foi feita com o Rancho Folclórico do Académico de Viseu, cantando os hinos do Canadá e de Portugal. A apresentação esteve a cargo da simpática jovem que ocupa na Direcção o lugar de Relações Publicas, Ana Filipa Dias, que deu as Boas- Vindas a todos quantos estavam presentes e apresentou a Mesa de Honra ocupada pelos Presidentes da Assembleia-Geral e do Executivo, respectivamente Dr. César Cordeiro e Albino José Dias, e o convidado Dr. José António Gomes de Jesus e sua esposa Dra. Maria José de Jesus. Vários representantes de clubes e Organizações ali se dirigiram para saudar a Casa das Beiras na comemoração de mais um aniversário. Foram eles: José Mendes, do Clube Português de Mississauga; José Freixo, do Peniche de Toronto; Ilídio Pereira, do Rancho das Tricanas; Cesário Brás, do Futebol Clube do Porto de Toronto; Adriano do Nascimento, da Associação Emigrante de Barcelos; José Roriz, do Arsenal do Minho de Toronto, e José Eustáquio, pela Acapo. Dr. César Cordeiro como Presidente da Assembleia saudou os presentes com palavras de incentivo na divulgação da cultura beirã, para que saibam perpetuar as nossas raízes e os nossos costumes. Adiantou ainda que as Beiras ficam no coração de Portugal. Por sua vez o convidado de honra, Dr. José António de Jesus, disse-nos que se sentia muito surpreso pelo trabalho desenvolvido na divulgação da cultura beirã. "É com este tipo de manifestações que nos sentimos orgulhosos de ser portugueses. A vossa experiência de vida e o vosso espírito de partilha constituem, para todos nós, um exemplo de persistência e uma lição de voluntariado." Por fim o Presidente do executivo, Albino José Dias, agradeceu à Comunicação Social que tem ao longo dos anos apoiando a Casa das Beiras, e aos sócios e directores a quem nunca faltou força e coragem para trabalharem... e o resultado é a excelente estabilidade que a Casa das Beiras goza actualmente. Um trabalho em conjunto que resultou no sucesso da Casa das Beiras. Albino Dias não esqueceu os patrocinadores, pelo apoio financeiro que têm proporcionado, tanto na semana cultural, como durante o ano. O Presidente do Executivo ainda apelou à juventude, para que se envolva mais e que prestem atenção às próximas eleições... "porque queremos vê-los a trabalhar connosco". De salientar a actuação do Rancho do Académico de Viseu antes de ter sido servido um magnífico bufete. Depois, o Jantar de Gala, que teve a presença de João Santos e de António Albernaz, vindo de Portugal, com uma bonita intervenção do convidado de honra, Dr. José António Gomes de Jesus. A Casa das Beiras é sem duvida um dos mais conceituados clubes da nossa Comunidade, que mantém a missão de promover e de divulgar a cultura popular portuguesa, nas suas mais diversas formas de expressão. Assim foram estas comemorações da Casa das Beiras, relembrando o nosso País, as nossas raízes, os nossos costumes, os nossos gostos musicais e a nossa portugalidade. Parabéns, Casa das Beiras... por mais um ano de vida social e cultural. LC Directora: Carmen da Silva Shave 637 Burnhamthorpe Road Etobicoke, Ontario M9C 2Y Directora: Katy (Mika) Shave 602 The Queensway Etobicoke, Ontario M8Y 1K

9 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 3 a 9 de Fevereiro de BEM-VINDOS... DRA. ANA LUÍSA TEIXEIRA E DR. JOSÉ PEDRO FERREIRA Liberal do Couto A Galeria Almada Negreiros do Consulado Geral de Portugal em Toronto, foi palco para mais uma apresentação. Desta feita, do novo leitor de Português na Universidade de Toronto, Dr. José Pedro Abreu Ferreira, e da nova docente de Português na Universidade de York, Dra. Ana Luísa Teixeira, com a presença de muito público, que soube acolher de braços abertos os dois ilustres docentes. Na abertura, uma bonita actuação da Lusa-Cantuna, e as Boas-Vindas pela Cônsul-Geral de Portugal, Dra. Maria Amélia Paiva, que fez a apresentação da Dra. Ana Luísa Dra. Maria Amélia Paiva Dra. Laudalina Rodrigues Teixeira, Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade de Lisboa. Prémio de Mérito Académico Pelo American Club Of Lisbon. Mestrado em Estudos Americanos pela Universidade Aberta de Lisboa. Doutoramento em Dra. Ana Luísa Teixeira Dr. José Pedro Ferreira José Rodrigues Estudos Africanos, pela Temple University, Filadélfia EUA, onde foi bolseira de doutoramento da fundação para a Ciência e Tecnologia. Tese de doutoramento sobre narrativa Moçambicana. Experiencia de ensino de Língua e cultura Portuguesa em universidades norte-americanas e portuguesas. O Dr. José Pedro Abreu Ferreira Nasceu em Leiria e conclui o ensino secundário em Ourém. É formado em Estudos Portugueses pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde concluiu também o Mestrado em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea. Após a apresentação dos docentes que demonstraram estarem felizes e com muita vontade de iniciarem o seu trabalho, houve a intervenção de alguns estudantes que demonstraram interesse pela Língua Portuguesa e pela nossa Cultura. Foram eles: Steven Silva, Elsa Jorge, Gonzalo Colucci, Maritza Sanchez e, por fim, José Rodrigues, o Presidente da Associação de Estudantes da Universidade de York, que falou da sua experiencia em Portugal, como estudante, assim como das dificuldades encontradas quando chegou à Universidade de York. E como se falou muito da Cultura e da Língua Portuguesa, nada mais adequado que fechar se fechar esta sessão com uma "chave d'ouro", com dois poemas declamados pela Dra. Laudalina Rodrigues, que mostrou a veia de poetisa com absoluto domínio da técnica narrativa. Com grande energia de alma e força de poetisa, revelando soberbas qualidades: discrição, humildade artística, maturidade, objectividade, e a habilidade de narrar no poema aquilo que lhe vai na alma. A Dra. Maria Amélia Paiva manifestou a sua alegria e agradeceu a presença de todos. Dia a dia, gota a gota, podemos ampliar o nosso universo de conhecimentos da Língua Portuguesa, aumentando os conteúdos valiosos da Língua de Camões, e deste modo tornarmo-nos mais aptos no manejo adequado e eficaz do poderoso instrumento que é o Português. A apresentação dos novos leitores de Português das Universidades de Toronto e de York teve um fecho muito agradável, com mais uma actuação da Luso-Cantuna. CONGRESSO NACIONAL LUSO-CANADIANO JOVENS LOCAIS DEBATEM PARTICIPAÇÃO CÍVICA E POLÍTICA EM KITCHENER-WATERLOO Os líderes da juventude do Congresso Nacional Luso- Canadiano da região de Kitchener-Waterloo, Liliana Araújo e Liana Carvalho, convidam a comunidade para uma mesa redonda a realizar no domingo, 5 de Fevereiro de 2006, às 18h00, no salão da igreja de Nossa Senhora de Fátima, localizada no 300 Simeon Street. "Estamos à procura de sugestões da comunidade para a organização de possíveis eventos ou iniciativas que podemos criar para melhorar as oportunidades para o envolvimento dos jovens. Logo que tenhamos sugestões, poderemos formular soluções directamente baseadas nas necessidades expressas pelos próprios membros da comunidade", disse Liliana Araújo. A Mesa Redonda de Kitchener-Waterloo faz parte do projecto do Congresso Pensando Civicamente, direccionado para a liderança dos jovens, e que visa aumentar a participação cívica e política dos jovens através de treino no desenvolvimento comunitário e criação de oportunidades para uma participação significativa nas comunidades locais. A mesa redonda é uma das muitas iniciativas que estão a ser organizadas ao longo de todo o ano nas comunidades de Hamilton, Kitchener- Waterloo, Kingston, London e Toronto. Para mais informações, deve contactar as responsáveis pelo projecto em Kitchener-Waterloo, Liliana Araújo através do ou Liana Carvalho através do Criado em 1993, o Congresso é uma organização nacional que representa cerca de 400 mil Canadianos de origem portuguesa. O Congresso trata de assuntos que afectam a comunidade luso-canadiana através de uma rede de 70 directores, delegados e representantes locais em todo o país, e desenvolve e implementa projectos que visam responder às necessidades comunitárias. Outros projectos actualmente em curso incluem: Pensando Civicamente Projecto de Liderança Juvenil; Viva! Saúde, e Projecto Força. Para mais informações, contactar: Peter Ferreira, Presidente Nacional, Ana Paula Almeida, Directora Executiva, CONGRESSO NACIONAL LUSO-CANADIANO 1081 Bloor Street West, Suite 300 Toronto, ON M6H 1M5 Tel: Fax: Web:

10 10 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! CUIDADO COM OS DENTES! DR. CORDEIRO Os dentes são duros mas não duram sempre! A camada exterior, dura e brilhante, é o esmalte que envolve uma camada mineral menos dura chamada marfim. A polpa, no interior do dente, contem tecido mole com vasos sanguíneos e terminações dos nervos sensoriais. A boca, por comunicar com o exterior, está normalmente repleta de bactérias. Quando um buraco num dente atinge a parte mineral na sua inteira espessura, os ácidos e bactérias contactam os vasos sanguíneos e nervos da polpa podendo causar dores severas e infecções. Estas infecções podem formar abcessos e, por vezes, podem-se espalhar aos tecidos da face causando inchaço e febre. Em casos raros as infecções dos dentes podem-se espalhar ao interior do crânio, ou até às válvulas do coração. Para prevenir o aparecimento das infecções e dores severas, a limpeza da boca deve começar logo que ela comece a mastigar e lhe apareçam os primeiros dentes. Os açúcares refinados tem uma grande afinidade para se colarem à superfície dos dentes, e as partículas dos alimentos sólidos mastigados acumulam-se nos espaços entre os dentes e as gengivas. Se essas partículas não forem eliminadas prontamente, irão estimular o crescimento de bactérias e leveduras na boca que, pela acção desses microrganismos na fermentação, vão produzir ácidos, causadores de cavidades por dissolverem os minerais dos dentes. Ao contrário das feridas nos tecidos moles, que cicatrizam com o tempo, as cavidades causadas por dissolução de minerais, uma vez que comecem nunca curam. O seu único tratamento é o enchimento da cavidade com um material apropriado para evitar o contacto com os ácidos da boca. Na gengivite, causada quase sempre por deficiências na higiene bucal, as gengivas ficam vermelhas e inchadas, sangrando com facilidade. Muitas vezes as gengivas doem e sangram com o escovar dos dentes, o que leva muitas pessoas, menos esclarecidas, a não limparem os dentes para evitar sofrimento. Infelizmente, como o único tratamento eficaz para a gengivite é a limpeza apropriada e cuidadosa da boca com escova e fio dental, o abandono da limpeza bucal vai causar agravamento da doença. Com a progressão da gengivite, a membrana peridental, um tecido fibroso que liga a gengiva ao dente, pode inflamar e deteriorar fazendo com que os dentes, com o tempo, comecem a abanar e acabem por cair. A falta de dentes pode causar muitos problemas da boca, entre os quais os resultantes de ferimentos, inflamações e reacções alérgicas causadas pelos materiais das dentaduras, ou pela irritação de dentaduras mal ajustadas ou deficientes. Quando o espaço da boca é demasiado pequeno, por falta de dentes ou por dentaduras deficientes, pode originar uma inflamação crónica nos cantos da boca; e a irritação causada por dentaduras traumatizantes pode, com o tempo, causar lesões benignas, e, mais raramente, tumores malignos na boca. Se não houver uma higiene bocal cuidadosa as cavidades aparecem e continuam a aumentar, e, em casos graves, os dentes podem cair ou dissolver completamente. É trágico que estes problemas aconteçam pois poderiam, quase sempre, ter sido evitados. Para prevenir a deterioração dentária é necessário uma ampla informação e promoção da higiene oral, não só pelas autoridades de saúde pública, mas também pela instrução a nível escolar que deve começar nas creches e jardins de infância. A cooperação e conselho dos profissionais da saúde, incluindo enfermeiros públicos, médicos de família, pediatras, higienistas dentários, e dentistas, é essencial. Mas a primeira e maior responsabilidade pela saúde dos dentes pertence à família, a começar pelos pais, que a devem transmitir à criança para que possa continuar na juventude e perdurar até ao fim dos dias. Pois, os cuidados com os dentes, devem ter a duração da vida. Casamento de lésbicas recusado A resposta da 7ª Conservatória do Registo Civil de Lisboa ao pedido de casamento de Lena e Teresa foi negativa. O conservador alegou que o Código Civil só permite o casamento entre duas pessoas de sexo diferente. O advogado, Luís Grave Rodrigues, já previa esta decisão, pelo que no dia em que apresentou o pedido de casamento de Teresa e Lena juntou também as alegações de recurso com fundamento de inconstitucionalidade. O advogado está determinado a levar o caso até ao Tribunal Constitucional (passando pelo Tribunal da Relação e Supremo), ou mesmo ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem. O próximo passo, no entanto, é o Tribunal Cível. As duas mulheres vivem juntas há três anos e acusam o Estado de as discriminar com base na sua orientação sexual. Segundo o artigo 1577 do Código Civil, a celebração de contratos de casamento a pessoas do sexo diferente não é possível. No entanto, a Constituição da República Portuguesa - em relação à qual o Código Civil não pode estar em contradição - estabelece o princípio da igualdade, que proíbe qualquer discriminação com base na orientação sexual. No próximo dia 16 de Fevereiro várias associações de defesa dos direitos de gays e lésbicas vão entregar ao presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, uma petição a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Gays e lésbicas devem ter mesma protecção legal A associação ILGA Portugal aplaudiu hoje a resolução aprovada pelo Parlamento Europeu em defesa da protecção legal para os casais homossexuais, considerando que a proposta "dá um passo fundamental para a erradicação de todas as formas de discriminação". Na semana passada, o Parlamento Europeu (PE) aprovou uma resolução que afirma que os casais de gays ou de lésbicas devem ter a mesma protecção perante a lei. Na proposta, o PE convidou os Estadosmembros a velarem para que "lésbicas, gays, bissexuais e transexuais sejam protegidas dos discursos de ódio e das violências homófobas e a agirem para que os parceiros do mesmo sexo gozem do mesmo respeito, da mesma dignidade e da mesma protecção que o resto da sociedade". Com esta resolução, o "Parlamento Europeu dá um passo fundamental no sentido da efectiva promoção da equidade social e da erradicação de todas as formas de discriminação", refere a associação de defesa dos direitos dos homossexuais ILGA em comunicado. A associação congratula-se ainda com o facto da proposta ver reconhecida a necessidade de atribuir aos casais de gays ou de lésbicas os direitos associados ao casamento civil, incluindo os direitos relacionados com a sucessão, a locação ou pensões. O comunicado, assinado pela direcção e o grupo de intervenção política da associação IGLA Portugal, destaca também o facto dos eurodeputados dos dois maiores partidos portugueses (PS e PSD) terem votado de forma unânime a resolução. "Esperamos que os dois maiores partidos portugueses mantenham em Portugal a sua postura de oposição frontal à homofobia honrando esta resolução aquando da discussão do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo no parlamento português", sublinha a IGLA. A associação espera igualmente que a preocupação manifestada pelo PE "ajude o Governo e a Assembleia da República a compreenderem a urgência de medidas concretas de luta contra a homofobia na sociedade e na lei". O telegrama morreu O telegrama morreu. Foi uma morte inglória, sem honras, anunciada, ironicamente, através do meio que lhe desferiu sem misericórdia o golpe final - o correio electrónico. Foi uma morte lenta causada pelas máquinas de fax, pelas ligações telefónicas internacionais melhores e mais baratas, tornadas mais acessíveis pelo telemóvel. Numa daquelas ironias cruéis da vida, a morte do telegrama foi anunciada numa mensagem entregue pelo meio que lhe deu finalmente o golpe mortal. "Com efeito, a partir de 27 de Janeiro de 2006, a Western Union vai descontinuar todos os serviços de telegramas e de serviços de mensagens comerciais", lê-se no " " da última companhia dos Estados Unidos ainda com serviço de telegramas. Enterrado no meio de dezenas de outros " s", este que anuncia a morte do telegrama passou despercebido. "Lamentamos qualquer inconveniência que isto lhe possa causar e agradecemos-lhe o seu patrocínio leal", acrescenta. Inconvenientes não trará, mas, recordações, inevitavelmente, a muitos que tiveram de dominar a arte de poupar palavras e de omitir pontuação para poupar dinheiro. O telegrama era pago à palavra. "Chego Lisboa 15 tarde" ou "Bebé nasceu 7 todos bem" ou "Fundos precisos urgentemente". Viagens, mortes, alegrias, doenças ou negócios de milhões - de tudo se passava informação através do telegrama. Parco em palavras - era essa a regra - mas com o essencial da mensagem todo nele contido. "Lamento informar Titanic afundado esta manhã 15 choque com iceberg grande perda de vida detalhes mais tarde". Foi assim que Bruce Ismay do navio SS Carpathia informou o seu escritório em Nova Iorque do naufrágio do Titanic. "Preciso autoridade alugar armazém lugar chamado Hollywood 75 dólares mês". Eram estas as palavras do telegrama enviado pelo famoso produtor de filmes Cecil B. DeMille, da Califórnia, em 1913, para os escritórios da sua companhia em Nova Iorque, anunciando, sem o saber então, o nascimento da indústria do cinema norte-americano. Na Western Union ninguém quis falar sobre a morte do telegrama. Mas um analista financeiro, John Kraft, disse que a eliminação do telegrama "do ponto de vista financeiro não tem qualquer discussão". "Se havia custos para manter esse serviço e ninguém o usa, não há razão para o manter," argumentou. O telegrama morreu. Alguns notaram. Poucos se importaram. Ninguém terá chorado.

11 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! NEVE... EM PORTUGAL! A vaga de frio que afectou Portugal provocou a queda de neve na Península de Setúbal, em Lisboa e em 15 outros concelhos deste distrito, segundo disse à Lusa fonte do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC). Na Península de Setúbal, nevou na cidade de Setúbal e no concelho de Palmela. Segundo o último balanço do SNBPC, a neve caiu nos concelhos de Almada, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Barreiro, Bombarral, Cadaval, Torres Vedras, Vila Franca de Xira, Sobral de Monte Agraço, Mafra, Loures, Lourinhã e Sintra. Em nenhum destes concelhos do distrito de Lisboa se registaram problemas derivados à queda de neve, acrescentou fonte oficial do SNBPC à Lusa. A Câmara de Lisboa accionou um plano de contingência devido ao agravamento das condições climatéricas e abriu um centro e três estações de metro para apoiar os semabrigo. Os sem-abrigo puderam dirigir-se a um centro de apoio no Regueirão dos Anjos, com capacidade para 200 pessoas, e abrigar-se nas estações do Metropolitano do Socorro, Baixa- Chiado e Sete Rios, acrescentou fonte do gabinete do vereador com o pelouro da Acção Social, Sérgio Lipari Pinto. A autarquia mobilizou também a Polícia Municipal e teve equipas na rua a recolher pessoas. A neve que caiu em quase todo o distrito de Évora obrigou ao corte do trânsito em várias estradas e provocou despistes e quedas de árvores, havendo também registo de localidades sem luz. Segundo informou a Brigada de Trânsito (BT) da GNR à agência Lusa, além da Autoestrada nº 6 estar cortada no troço entre os nós de Montemor Este e Estremoz, também a circulação automóvel estava interrompida em duas Estradas Nacionais (EN). Entre Évora e Montemor-o-Novo, na EN 114, o trânsito esta cortado entre os quilómetros 173 e 181, o mesmo acontecendo na EN 11-4, que liga Évora a Arraiolos, desde o quilómetro cinco ao quilómetro dez. A BT adiantou ainda que a circulação automóvel no Itinerário Principal 2 (IP-2), na zona de Portel até ao Mendro, está a processar- se com "muita lentidão", devido ao "forte nevão que caiu na zona". Contactado pela Lusa, o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora acrescentou que, além de várias estradas municipais cortadas, o trânsito também está interrompido nas estradas nacionais 381 (Évora/Redondo),255 (Alandroal/Reguengos) e 253 (Montemor/Arraiolos). A curiosidade em assistir à paisagem alentejana coberta de um manto branco de neve levou, durante a tarde, muitos automobilistas para a estrada, tendo o CDOS revelado que aconteceram vários despistes, com feridos ligeiros. Segundos os bombeiros, o corte de alguns troços de estradas foram devidos à queda de árvores, que tiveram de ser removidas. A queda de neve implicou ainda, segundo o relato de habitantes locais à Lusa, o corte do fornecimento de electricidade na vila de Monsaraz, no concelho de Reguengos de Monsaraz. Contactado pela Lusa, o serviço de assistência técnica da EDP disse não ter registo de qualquer corte de luz naquela vila, mas adiantou que a electricidade está cortada "nas zonas de Elvas e Vendas Novas, devido a uma avaria geral". Quase todos os concelhos de Évora foram hoje palco da queda intensa de neve, que deixou as localidades e o campo completamente cobertos de branco, o que fez as delícias de habitantes e turistas. Na cidade de Évora, onde os mais idosos garantem que não nevava há uns 13 anos, a chuva já marca presença, neste momento, mas muitos bonecos de neve, construídos durante a tarde, ainda não derreteram. Em Portalegre, a serra de S. Mamede foi a mais atingida, mas o fenómeno meteorológico atingiu também concelhos como os de Marvão, Gavião, Ponte de Sôr ou Alter do Chão. Na zona de Beja, de acordo com o CDOS, a neve começou a cair e fez-se sentir, além da capital de distrito, nos concelhos de Alvito, Moura e Vidigueira, sem obrigar ao corte de estradas, nem à ocorrência de acidentes. 3 a 9 de Fevereiro de NO ONTÁRIO CIGARROS MAIS CAROS Aumento nos impostos sobre a venda de cigarros, para que aconteça a redução no número de jovens fumadores. Os fumadores que ao entrarem no Ano Novo decidiram deixar de fumar, terão agora uma ajuda adicional, uma vez que o preço dos cigarros subiu esta semana. O Ministro das Finanças Dwight Duncan, afirmou: "Aumentámos os impostos na venda de tabaco como medida para tornarmos a província do Ontário como uma província liberta de fumadores. Os jovens são, em particular, muito sensíveis ao aumento do preço dos cigarros, e faremos tudo quanto esteja ao nosso alcance para que os jovens deixem de fumar... ou mesmo de evitarmos que eles fumem o seu primeiro cigarro, o que julgamos ser o ideal." O aumento de $1.25 por cartão, que já está em vigor, apoia a Lei Ontário Livre de Fumadores, a qual proíbe fumar em recintos fechados e locais de trabalho em toda a Província, a partir do dia 31 de Maio de Este foi mais um passo dado no sentido de se aplicarem os impostos nacionais. Para além do aumento dos impostos na venda dos cigarros, outras medidas foram aplicadas no sentido de reforçar a lei. Uma melhor pesquisa sobre cigarros de contrabando fez com que as sentenças aumentassem 36%. Em Outubro de 2004, a província do Ontário modificou o fabrico e empacotamento de cigarros, para, com maior facilidade, se descobrirem os casos de contrabando. A província tem participado e contribuído para a aplicação e cumprimento da lei e apoia a ideia de uma estratégia nacional. Duncan ainda disse: "O uso de tabaco é uma questão de saúde, mas a verdade é que o impacto financeiro é importante, uma vez que o custo, para quem paga impostos, é de mais de um bilião e setecentos milhões de dólares nos serviços de saúde para tratamento único e exclusivo de doenças derivadas do tabaco."

12 12 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! DRA. AIDA BAPTISTA VELHOS SÃO OS TRAPOS! "Velhos são os trapos" é a máxima popular que mais se ouve de cada vez que alguém se orgulha de proclamar que já tem uma idade avançada. E é sempre dita de uma forma suficientemente ambígua, como que a confirmar o facto de se ser realmente velho, qualquer que seja o eufemismo utilizado para o disfarçar. Ora, os trapos, como sabemos são os pedaços de tecido que, de tão usados e puídos, já não servem para nada. Seguindo o bom princípio da reciclagem e aproveitamento de materiais, muitos deles acabam por ter outra sorte que não seja o céu aberto de uma qualquer lixeira nauseabunda. Devido a mãos, também elas velhinhas, que os rasgam em tiras e, em movimentos circulares, os acariciam por entre os dedos, acabam entrelaçados nas linhas mestras de um tear a dar cor e vida a tapetes e mantas de trapos. Sempre os achei lindos, porque, acima de tudo, pensava que dentro deles habitavam pedaços de muitas vidas. Deve residir aí a minha atracção por este tipo de trabalho artesanal. Mas para além dos trapos transformados em conforto para a casa e para o corpo, nutri sempre um amor secreto pelos tecidos. Não me sujeitei a nenhuma terapia de regressão para lhe conhecer a origem, mas sei que na minha família existe há gerações uma ligação forte ao mundo dos têxteis. A minha avó materna era modista de casacos. Devo tê-la conhecido por volta dos meus seis, sete anos de idade, quando ela veio juntar-se à minha mãe e ficou também a viver em Benguela. Ao ver-se confrontada com um clima tão quente, cedo percebeu que a profissão que exercia não teria futuro. Assim, recordo apenas as histórias que a minha mãe contava sobre as entregas de obra feita nas casas de gente mais endinheirada da aldeia que a presenteava com uns tostões de gorjeta. Minha mãe, embora não lhe tivesse seguido os passos no que dizia respeito à especialidade dos chumaços, costurou sempre para casa. E o trabalho aumentava na proporção em que a prole crescia em número e em tamanho. A máquina de costura, encostada à janela do 1º andar que dava para a rua, foi a peça de mobiliário que, durante anos, partilhou connosco o espaço do mesmo quarto. A minha irmã que, durante algum tempo, teve um comportamento sonâmbulo, resolveu uma noite sentar-se a pedalar no afã de costurar uma peça imaginária. Chamei-a muito baixinho e a medo, pois sempre ouvira dizer que era muito perigoso despertar um sonâmbulo. - Fatinha, Fatinha! Vem-te deitar! - Já vou, mas primeiro deixa-me acabar isto - respondeu-me com o ar autoritário de quem tinha um dever a cumprir. Mais tarde, ouvi minha mãe confessar que receava que um dia ela viesse a picar-se por causa destas suas aventuras nocturnas. Isso veio realmente a acontecer, mas quando ela, bem acordada, calculou mal a sintonia entre o movimento do pedal e o tecido que, desajeitadamente, empurrava em direcção ao calcador. Um gesto mais afoito do indicador fê-lo atravessar-se no percurso da agulha que lhe perfurou o dedo de um lado ao outro. Acabou mal esta sua primeira incursão pela costura diurna. Pelos vistos, safava-se melhor a coberto do sonambulismo da noite. Ao lado da máquina, havia sempre uma cesta de verga para onde se deitavam as sobras dos tecidos que não se aproveitavam. Esse hábito de guardar retalhos ficou de tal modo enraizado que, mais tarde, passei também a fazê-lo na minha própria casa. Um dia, decidi que se unisse muitos deles conseguiria como resultado uma bela manta de retalhos. Escolhi-os de modo a obter um bonito efeito visual, cortei-os em quadrados iguais e deitei mãos à obra. Assim nasceu a primeira manta de trapos, confeccionada há mais de 30 anos. Eu que, por circunstâncias específicas da minha vida, saltei a infância e me conheci já na idade adulta, não cheguei a brincar com bonecas, nem mereci a atenção de nenhum ursinho de peluche, daqueles que fazem a felicidade de qualquer criança. Por isso, excluindo o exagero de quem tem de andar sempre com a sua almofada atrás, não me vejo rodeada desses fetiches quando viajo. No entanto, descobri que, nestas minhas deambulações permanentes pelo mundo, carrego sempre comigo esta minha manta de trapos feita das sobras das coisas que costurei no passado. Foi comigo para Finlândia, mudouse depois para o Canadá e, agora, faz-me companhia em Benguela. Reconheço, hoje, que foi o único objecto que sempre me acompanhou. Descubro-lhe o porquê. De cada vez que lhe toco, cada um daqueles quadrados tem vida própria e carrega dentro do limite que o cerca uma história que o liga a diferentes momentos da minha vida. Num revejo uma saia da minha filha: fundo em cor "bordeau" salpicado de flores brancas muito miudinhas. Noutro, uma camisa xadrez, à pescador que havia feito para o meu filho. Saltam-me à vista os amarelos dos malmequeres da toalha que a minha irmã apressadamente fizera para o seu enxoval, quando a guerra veio precipitar um casamento que não estava ainda nos seus planos. Mais abaixo, as barras dos cortinados da varanda voltada para o quintal onde, diariamente, fazíamos as refeições. E o mamoeiro, ao fundo, a lembrar-me que não há espaço para continuar. Faço, então, um corte transversal nesta teia aberta sobre um tear de memórias. Agora que a minha manta regressou a Benguela ganhou um outro significado. Foi como pegar no passado e devolvê-lo ao lugar de onde tinha vindo. Hoje, mais uma vez de volta, será com ela que vou cobrir o futuro com que me deito. No meio do torpor de mais um sonho, quando me sentir trespassada pela agulha do tempo, direi baixinho "Velhos são os trapos"! Já foram seleccionados 168 jovens para "Estagiar em Portugal" A Secretaria de Estado das Comunidades seleccionou até hoje 168 jovens de origem portuguesa para a edição deste ano do "Estagiar em Portugal", programa que permite aos lusodescendentes trabalhar nove meses no país dos seus pais. Dados da Secretaria de Estado das Comunidades, a que a agência Lusa teve acesso, revelam que para a edição deste ano do programa "Estagiar em Portugal" inscreveram-se até ao momento 303 luso-descendentes, tendo sido seleccionadas 168 candidaturas e excluídas 25.Uma iniciativa das secretarias de Estado das Comunidades e do Emprego e Formação Profissional, o programa "Estagiar em Portugal" pretende proporcionar aos jovens portugueses e luso-descendentes residentes no estrangeiro um contacto com a realidade empresarial portuguesa no sentido de promover e facilitar a sua inserção profissional. O programa, dirigido aos jovens entre os 18 e os 30 anos, vai beneficiar, até ao final do ano, 300 luso-descendentes. O secretário de Estado das Comunidades, António Braga, disse à Lusa que a iniciativa vai realizar-se este ano, mas não especificou o mês do início do programa. Estar desempregado, não frequentar qualquer grau de ensino e ter bons conhecimentos da língua portuguesa falada e escrita são alguns dos requisitos. Segundo os dados da Secretaria de Estado das Comunidades, a maior parte dos jovens que se inscreveram residem no Brasil (133), seguindo-se a França (65), Estados Unidos da América (16), Venezuela (15), Canadá (9), Alemanha (8) e Suíça (5). Os filhos dos emigrantes portugueses candidatos ao "Estagiar em Portugal" têm formação em direito, administração de empresas, letras, economia, informática, fisioterapia, arquitectura, marketing, psicologia, comunicação social, turismo, gestão e biologia. Durante os nove meses de estágio, os lusodescendentes têm direito a uma bolsa mensal, a subsídio de refeição, seguros contra acidentes pessoais e de viagem, subsídios de alojamento mensal e para despesas de transportes e uma viagem de ida e volta entre Portugal e o local de residência. O programa "Estagiar em Portugal" foi criado em 2001 pelo então secretário de Estado das Comunidades, José Lello, mas em Julho do ano passado sofreu algumas alterações. ÓSCARES Os nomeados são... A película "Brokeback Mountain", de Ang Lee, candidata a oito Óscares, é uma das nomeadas para a categoria de melhor filme, anunciou a organização. Os candidatos à categoria de melhor filme são, além de "Brokeback Mountain", "Good Night, Good Luck" de George Clooney, "Munique" de Steven Spielberg, "Crash" de Paul Haggis e "Capote" de Bennet Miller. Ao Óscar para o melhor actor são candidatos Philip Seymour Hoffman pela sua actuação em "Capote", Terrence Howard ("Hustle and Flow"), Heath Ledger ("Brokeback Mountain"), Joaquin Phoenix (Walk the Line") e David Strathairn ("Good Night, Good Luck"). Candidatas à estatueta para a melhor actriz estão Judy Dench ("Mrs Henderson Presents"), Felicity Hoffman ("Transamerica"), Charlize Theron ("North Country"), Reese Witherspoon ("Walk the Line"), e Keira Knightly ("Pride and Prejudice"). A 78ª edição dos Óscares realiza-se a 5 de Março no teatro Kodak de Los Angeles. "O Segredo de Brokeback Mountain", de Ang Lee, era um dos favoritos e conseguiu oito nomeações. Entre elas encontra-se, por exemplo, o melhor filme, o melhor realizador, o melhor actor principal, melhor acrtiz secundária e melhor actor secundário. A 78ª edição dos melhores no mundo do cinema está marcada para dia 5 de Março. "O Segredo de Brokeback Mountain" é adaptado de um romance de Annie Proulx. George Clooney conseguiu uma nomeção para melhor actor secundário em "Good Night and Good Luck" e Matt Dillon na mesma categoria também foi nomeado pelo seu desempenho em "Crash". Melhor actor Philip Seymour Hoffman, em CAPOTE Terrence Howard, em HUSTLE e FLOW Heath Ledger, em BROKEBACK MOUN- TAIN Joaquin Phoenix, em WALK THE LINE David Strathairn, em GOOD NIGHT, AND GOOD LUCK Melhor actriz Judi Dench, em MRS. HENDERSON PRE- SENTS Felicity Huffman, TRANSAMERICA Keira Knightley, PRIDE & PREJUDICE Charlize Theron, NORTH COUNTRY Reese Witherspoon, WALK THE LINE Melhor actor secundário George Clooney, em SYRIANA Matt Dillon, CRASH Paul Giamatti, CINDERELLA MAN Jake Gyllenhaal, BROKEBACK MOUNTAIN William Hurt, A HISTORY OF VIOLENCE Melhor actriz secundária Amy Adams, em JUNEBUG Catherine Keener, em CAPOTE Frances McDormand, em NORTH COUN- TRY Rachel Weisz, em THE CONSTANT GAR- DENER Michelle Williams, em BROKEBACK MOUNTAIN. Os prémios do Sindicato dos Actores O filme "Brokeback Mountain" sofreu uma inesperada derrota nos prémios do Sindicato dos Actores (Screen Actors Guid), entregues em Los Angeles, vendo o galardão para melhor película ser ganho por "Crash". O filme, de Paul Haggis, mostra a vida de 74 personagens durante um período de 36 horas caóticas em Los Angeles, depois de se terem envolvido num acidente. Para "Brokeback Mountain", de Ang Lee, vencedor de vários prémios, incluindo os Globos de Ouro da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, a derrota foi ainda mais completa ao perder nas restantes categorias em que concorria, melhor actor e melhores actores secundários. Observadores consideram que esta derrota vai travar a caminhada aparentemente invencível de "Brokeback Mountain" para os Óscares, com alguns analistas a duvidar agora que o primeiro grande filme sobre cowboys homossexuais possa vir a vencer os prémios da Academia. Philip Seymour Hofman foi considerado o melhor actor por encarnar o escritor Truman Capote, no filme "Capote", e Reese Witherspoon ganhou o prémio para melhor actriz, ao recriar June Carter Cash, mulher do cantor de country Johnny Cash, no filme "Walk the line". Os prémios para actores secundários foram entregues a Paul Giamatti ("Cinderella man") e Rachel Weisz ("The Constant Gardener" - "O Fiel Jardineiro"). No que respeita à televisão "Desperate Housewives" ("Donas de Casa Desesperadas") ganhou na categoria de comédia e "Lost" ("Perdidos") foi considerada a melhor série dramática. Na cerimónia foi entregue o prémio de carreira à criança-prodígio de Hollywood, Shirley Temple.

13 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 3 a 9 de Fevereiro de

14 14 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si!

15 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 3 a 9 de Fevereiro de ÀS SEXTAS-FEIRAS...BEM PERTINHO DE SI!

16 16 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si!

17 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 3 a 9 de Fevereiro de Mercado de Inverno: Sabe qual foi o clube que mais contratou? Último dia de Janeiro. No futebol, é um dia de grande agitação nos gabinetes. É dia de ir à Liga inscrever as últimas contratações do mercado de Inverno. É o dia em que se fecham as portas, em que terminam as transferências. É a última oportunidade para os clubes equilibrarem os plantéis e poderem colmatar lacunas de uma época longa e desgastante. Nesta abertura de Inverno, os intervenientes não fugiram à regra dos últimos anos. O mercado agitou-se com o Benfica a superiorizar-se aos mais directos rivais no que diz respeito às compras. Apontado por alguns como um plantel com algumas carências - um ponta-de-lança capaz de competir com Mantorras e Nuno Gomes e um guarda-redes para superar a longa ausência de Moreira -, os encarnados contrataram seis jogadores e só um deles chegou do mercado estrangeiro. Isso reflecte uma política mais debruçada para a praça interna numa aposta clara em jogadores adaptados e conhecedores do campeonato português. Mas, curiosamente, o clube que mais comprou foi o Sp. Braga, com sete aquisições ao longo do mês de Janeiro, reflexo da necessidade de manter a equipa nos lugares cimeiros da Liga, mas também para suprimir algumas vagas de vulto como as saídas de Abel (Sporting), Nunes (Maiorca) e Jorge Luiz (Dínamo de Moscovo). Curiosamente, os minhotos perderam três titulares do seu sector mais recuado. Sporting aposta nos empréstimos Ainda no espaço dos grandes, não deixa de ser interessante a política realista do Sporting que contratou quatro jogadores - Romagnoli, Caneira, Abel e Koke -, todos eles com custos reduzidos a nível financeiro, pois apenas chegaram por acordo de empréstimo. Menos exuberante foi a política do F.C. Porto, em contraste com os anos anteriores, já que só contratou dois atletas para colmatar outras tantas as saídas (Hélder Postiga e Jorge Costa). O tão badalado defesaesquerdo ficou adiado para o Verão e o jovem Anderson já estava assegurado no defeso da época anterior. Adriano, o segundo nome, chegou por empréstimo do Cruzeiro. Dentro de uma política realista, o Rio Ave só contratou um jogador (Anic, ao Nacional), enquanto o Belenenses não dispensou ninguém. O Paços de Ferreira reservou uma surpresa no último dia de mercado, ao contratar o ponta-de-lança português João Paulo, ao Tenerife, numa operação de custos mínimos para um clube que faz do equilíbrio financeiro uma questão de princípio. Por último, esta reabertura de mercado também ficou marcada por uma novela mediática com abertura nos telejornais como foi a ida de Moretto para o Benfica e outra menos escaldante protagonizada pela saída de NDoye do Penafiel. Benfica Entradas: Moretto (V. Setúbal), Manduca (Marítimo), Robert (Portsmouth), Marcel (Académica), Marco Ferreira (Penafiel) e José Fonte (V. Setúbal); Saídas: Dos Santos (Mónaco), José Fonte (Paços de Ferreira), Hélio Roque e Carlitos (V. Setúbal), João Pereira e João Vilela (Gil Vicente) e Bruno Aguiar (Hearts); F.C. Porto Entradas: Anderson (Grémio), Adriano (Cruzeiro); Saídas: Hélder Postiga (Saint-Étienne), Jorge Costa (Standard Liège); Sporting Entradas: Abel (Sp. Braga), Caneira (Valência), Romagnoli (Veracruz), Koke (Marselha); Saídas: Beto (Bordéus), Wender (Sp. Braga), Varela (V. Setúbal), Semedo (Feirense), Rogério (Fluminense), Paíto (V. Guimarães), Silva (Derby County); Sp. Braga Entradas: Wender (Sporting), Kim Dong-Hun (Samsung), Matheus (Livre), Marinelli (Torino), Carlos Fernandes (Boavista) e Wellington (Rio Branco), Frechaut (Dínamo Moscovo); Saídas: Abel (Sporting), Jaime (U. Leiria), Bevacqua (E. Amadora), Nunes (Maiorca), Jaime (U. Leiria) e Jorge Luiz (Dínamo Moscovo); V. Guimarães Entradas: Vítor Moreno (Estoril), Gallardo (Sevilha), Wesley e Antchouet (Alavés), Paíto (Sporting), Otacílio (livre); Saídas: Zezinho, Hélder Cabral, Pintassilgo (Moreirense), Gallardo (Sevilha) e Clayton (Brasil); Boavista Entradas: Paulo Sousa (Estoril), Oravec (Panionios), Igor (Dragões Sandinenses); Saídas: Guga (Larissa), Carlos Fernandes (Sp. Braga), Carlos (Steaua Bucareste), William Souza (desconhecido) e Cafu (Sportfreunde Siegen); Nacional Entradas: Juliano Spadacio (Paulista), Marchant (reintegrado); Saídas: Alex Terra (Fluminense), Luizinho (Cruzeiro), Leandro Saulino (Ipatinga) e Anic (Rio Ave); V. Setúbal Entradas: Hélio Roque e Carlitos (Benfica), Varela (Sporting), Rubinho (Corinthians), Bachirou (Solei FC). Saídas: Moretto e José Fonte (Benfica), Heitor (Portimonense), Dembelé (Standard Liège), Fabien (desconhecido), Tchomogo (desconhecido). Marítimo Entradas: Jardel (Cruzeiro), Souza (Goiás), Zé Carlos e Caíco (Juventude Caxias), Willians (Londrina) e Ali (Apollon). Saídas: Walter Minhoca (Ipatinga), Júnior Bahia (Paços de Ferreira), Manduca (Marítimo), Komac (Eslovénia), Youssouf (desconhecido). Rio Ave Entradas: Anic (Nacional) Saídas: André Serrão e António (Ovarense), Diego (Náutico), Tiago (Maia) Paços de Ferreira Entradas: José Fonte (Benfica), Júnior Bahia (Marítimo), João Paulo (Tenerife) Saídas: Ruben Tristão (Maia), Tiago Martins (Gondomar), João Duarte (Vizela) Romeu (Fiães) Gil Vicente Entradas: João Pereira e João Vilela (Benfica), Rivan (Vitória St. Antão) e Mateus (Lixa). Saídas: Tonanha (Olhanense), Sidrailson (Santa Cruz), Edson ((Santa Cruz) Leandro Netto (Leixões) Belenenses Entradas: Dady (Estoril) e Rui Jorge (desempregado) Saídas: Nenhuma Académica Entradas: Serjão (Portimonense), NDoye (Penafiel) Saídas: Marcel (Benfica), Lira (Botafogo) Naval Entradas: Franco (Seoul), Pedro Santos (desempregado), Tiago Fraga (Grémio Anápolis) e Di Pietro (Pescara) Saídas: Glauber (Leixões), Renato (desconhecido) e Márcio Luiz (desconhecido). U. Leiria Entradas: Jaime (Sp. Braga), Hadson (Tabria), Hugo Costa (Rot-Weib Oberhauser); Saídas: Alberoni (Vasco da Gama), Anderson (Metropolitano), Nené (Aves). E. Amadora Entradas: Bevacqua (Sp. Braga), NDaye (AS Douane), André Barreto (Wisla); Saídas: Maxi Estévez (desconhecido), Igor (Pontevedra) e Rafael Gaúcho (Atlético Mineiro); Penafiel Entradas: Yan (Avaí), Juninho Petrolina (Náutico), Dill (Brasiliense) Saídas: Marco Ferreira (Benfica), NDoye (Académica), Cristóvão (Leixões). Inglaterra Chelsea e Liverpool empatam antes do jogo do título Um terceiro empate a um golo do líder e campeão Chelsea foi amenizado por igual resultado do Liverpool, beneficiando ambos da derrota do Manchester United, na 24ª jornada da Primeira Liga inglesa de futebol. A poucos dias do encontro em Londres que pode selar quase em definitivo o segundo título consecutivo dos anfitriões, Chelsea e Liverpool ficam com os mesmos 18 pontos de diferença, embora os "Reds" tenham dois jogos a menos, após os empates diante de Aston Villa e Birmingham, as duas formações de Birminhgam. A equipa de José Mourinho, que apostou de início no defesa Ricardo Carvalho e guardou o médio Maniche no banco de suplentes na visita ao Aston Villa, até marcou logo no primeiro quarto-de-hora, por intermédio do holandês Arjen Robben. Contudo, após bom trabalho de Mark Delaney, os esforçados "Villans" empataram a partida aos 78 minutos, num golo repartido entre Luke Moore e o defesa "Blue" Glenn Johnson, após Maniche ter substituído o avançado Crespo, três minutos antes. Em Anfield Road, o Liverpool, adversário do Benfica nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, também se adiantou no marcador ao Birmingham, aos 62 minutos por intermédio do capitão Steven Gerrard, após jogar desde os 28 com um homem a mais, por expulsão de Damien Johnson. Mas o espanhol Xabi Alonso, com um auto-golo no final da partida, deitou a vantagem por terra, embora os "Reds" se tenham aproximado do segundo classificado Manchester United, que foi derrotado na visita ao Blackburn Rovers, por 4-3. Os "Red Devils", com o português Cristiano Ronaldo de início, anularam uma primeira desvantagem resultante de um tento de Bentley aos 35 minutos, quando o francês Saha repôs a igualdade dois minutos depois. Mas outro golo de Bentley, aos 41, e uma grande penalidade convertida por Neill, aos 45, puseram os Rovers novamente à frente. Na segunda parte, Bentley completou um "hat-trick", aos 56 minutos, para colocar o resultado em 4-1, mas o avançado holandês Van Nistelrooy, com golos aos 63 e 68, repôs a emoção na partida, sendo assistido por Ronaldo para o primeiro tento, após ter saído do banco de suplentes. O Manchester United segue assim no segundo posto, a 15 pontos do Chelsea, mas com o Liverpool a escassos três de distância - e com menos dois jogos -, enquanto o Tottenham e o Wigan Athletic têm 41 e 38, respectivamente, e ocupam as quarta e quinta posições, acima do Arsenal, que voltou a perder hoje. Os "Gunners" estiveram a perder por 2-0, na recepção ao rival londrino West Ham, após golos de Reo-Coker e Zamora, contrariados pelo gaulês Henry, aos 45 minutos. Etherington voltou a pôr os "Hammers" em vantagem, a 10 minutos do fim, e o francês Pires ainda reduziu para o 3-2 final a favor dos visitantes. O confronto luso entre o titular Pedro Mendes (Portsmouth) e o suplente Ricardo Vaz Tê (Bolton Wanderers) esteve para sorrir aos visitantes, mas o norueguês emprestado pelo Benfica Azar Karadas, com um golo aos 85 minutos, empatou a partida a favor do "Pompey". O Bolton inaugurou o marcador por Fadiga, aos 69 minutos, mas com o golo de Karadas, as equipas seguem respectivamente no sétimo e 19º e penúltimo lugares. O Fulham, com o internacional português Luís Boa Morte durante todo encontro, bateu terça-feira o rival londrino Tottenham Hotspur, com um golo tardio do norte-americano Bocanegra. Em Craven Cottage, o "Spur" Huddlestone fez falta sobre Boa Morte e, após a cobrança do livre, aos 90 minutos, Carlos Bocanegra cabeceou com êxito, fazendo os "Cottagers" subirem ao 13º lugar. Beira-Mar SOCCER ACADEMY Estamos a efectuar treinos para captação de miúdos com talento, dos 9 aos 15 anos de idade, para jogarem futebol em Liga Competitiva de Inverno. Também oferecemos escola, para meninos e meninas de todas as idades, para aprenderem a jogar futebol com treinadores ex-jogadores. Jogadores com talento, têm a oportunidade de tentarem a sua sorte no Beira-Mar em Portugal ou outro clube. Procuramos treinador ou adjunto para uma das nossas equipas. Para mais informações ou inscrições contacte: Rui: e Octávio:

18 18 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Leia o nosso jornal na internet

19 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 3 a 9 de Fevereiro de LIGA BETANDWIN.COM ÀS SEXTAS-FEIRAS... BEM PERTINHO DE SI! COMPRE TODAS AS SEMANAS A "BÍBLIA" DO DESPORTO EM PORTUGAL

20 20 3 a 9 de Fevereiro de 2006 O Milénio/Stadium... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! ANTÓNIO M. NÓBREGA LEAFS BOAS NOTÍCIAS MÁS NOTÍCIAS! Boas notícias quando se soube que Bryan McCabe estava em condições para regressar à equipa, depois de não ter participado nos últimos nove jogos dos Leafs. E durante aqueles nove jogos, os Leafs só conseguiram uma vitória. Para além do regresso de McCabe, também o regresso de Darcy Tucker, que muito veio ajudar no rendimento da equipa nos últimos três jogos. Os Leafs defrontaram a equipa dos Panteras da Florida depois de oito derrotas consecutivas, o que já não acontecia há muitos anos. A equipa de Toronto voltou a mostrar-se muito mais poderosa e conseguiu regressar às vitórias, ao bater os Panteras por 4-2. O "capitão" Mats Sundin registou três "assistências" neste triunfo dos Leafs com três golos em vantagem numérica. No dia seguinte os Leafs defrontaram os actuais detentores da Taça Stanley, o Tampa Bay Lightning. Apesar de Darcy Tucker ter registado dois pontos, os Leafs não conseguiram ganhar. Com um empate a dois golos ao terminar o terceiro período, foi necessário jogar-se um prolongamento de cinco minutos, durante o qual nada se alterou... e recorreu-se à novidade, o "shoot-out", onde os Leafs estiveram muito mal, enquanto os homens de Tampa Bem não perdoaram... e ganharm por 3-2. Apesar de tudo, os Leafs somaram três pontos em dois jogos, o que os colocou de novo em posição de serem apurados para os "Play-offs". Os Leafs estão na oitava posição, com mais três pontos do que o nono classificado, que é o Montreal Canadiens. Esta semana os Leafs vão disputar mais dois jogos em dois dias. Sexta-feira (hoje) contra os Capitals, em Washington, e amanhã, sábado, em Toronto, no Air Canada Centre, contra os Diabos de Nova Jersey, com os dois jogos a principiarem às 19 horas. RAPTORS JOGAR COM PAIXÃO Os Raptors de Toronto anunciaram que vão receber dois jogadores do segundo grupo das escolhas (draft) do New Orleans/Oklahoma City Hornets, em troca por Aaron Williams. A primeira escolha será no "draft" deste ano, que, inicialmente, pertencia ao Miami Heat. A outra escolha será a que os Hornets teriam direito em Os Raptors também anunciaram que o "rookie" Charlie Villanueva foi escolhido para particpar no jogo T.Mobile Rookie Challenge de 2006, que será efectuado durante o fim de semana All Stars. No passado domingo, os Raptors receberam o Sacramento Kings. Morris Peterson, marcou 23 pontos. Mike James, e Chris Bosh 21 e os Raptors melhoraram a sua classificação, passando agora a registar 15 vitórias e 30 derrotas, Finalmente uma vitória depois de cinco derrotas consecutivas. Os Kings forçaram o prolongamento, e estavam a perder por seis pontos quando Chris Bosh foi expulso por discutir com um dos árbitros. Jalen Rose converteu um lançamento em suspensão, quando faltavam apenas quatro-décimos de segundo para o apito final... e os Raptors ganharam. Quarta-feira, os Raptors voltaram a jogar, desta feita contra o Washington Wizards. Nos dois primeiros desafios desta época entre estas duas equipas, os Wizards tinham ganho. Perante adeptos, no Air Canada Centre, os Raptors lutaram até ao fim. A seis minutos do termo do desafio, os Raptors pareciam ter controlo total do desenrolar dos acontecimentos. Ganhavam por 18 pontos. Contudo, os Wizards conseguiram uma sensacional recuperação e ficaram a apenas um ponto dos Raptors, com apenas dois minutos por jogar. Foi, no entanto, Mike James e os seus "triplos" que resolveram a questão a favor dos Raptors, que acabaram por ganhar por Esta noite os Raptors esperam dar continuidade a esta onda de vitórias, ao receberem os Knicks de Nova York. Domingo é a vez de jogarem contra os Clippers de Los Angeles no Air Canada Centre, à uma hora da tarde. Depois, na quarta-feira, os Raptors voltam a jogar em casa, mas desta feita contra os Spurs de San António. AMN Leia o nosso jornal na internet 22ª Jornada Sábado, 11 de Fevereiro, às horas: ACADÉMICA-BOAVISTA Sábado, 11 de Fevereiro, às horas: BELE- NENSES-FC PORTO Domingo, 12 de Fevereiro, às horas: V.SETÚBAL-SPORTING (FPtv) Domingo, 12 de Fevereiro, às horas: BENFI- CA-PENAFIEL Segunda-feira, 13 de Fevereiro, às horas: MARÍTIMO- V.GUIMARÃES 23ª Jornada Sexta-feira, 17 de Fevereiro, às horas: BOAVISTA- RIO AVE Sábado, 18 defevereiro, às 13 horas: V.GUIMARÃES- BENFICA Sábado, 18 de Fevereiro, às horas: SPORTING-P.FERREIRA Domingo, 19 de Fevereiro, às horas: FC PORTO-MARÍTIMO (FPtv) Domingo, 19 de Fevereiro, às horas: NAVAL- SP.BRAGA Segunda-feira, 20 de Fevereiro, às horas: U.LEIRIA-V.SETÚBAL

O Voluntariado e a Protecção Civil. 1. O que é a Protecção Civil

O Voluntariado e a Protecção Civil. 1. O que é a Protecção Civil O Voluntariado e a Protecção Civil 1. O que é a Protecção Civil A 03 de Julho de 2006, a Assembleia da Republica publica a Lei de Bases da Protecção Civil, que no seu artigo 1º dá uma definição de Protecção

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL LUSO-ALEMÃ

MISSÃO EMPRESARIAL LUSO-ALEMÃ Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2004 ECONOMIA MISSÃO EMPRESARIAL LUSO-ALEMÃ A Federação de Empresários Portuguesas na Alemanha organiza de 3 a 9 de Fevereiro uma viagem de trabalho à Madeira, que conta com

Leia mais

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv Jornal Comunicar Administração Pública Governo de Cabo Verde Edição Gratuita Mensal nº18 Setembro de 2010 Edição Especial www.governo.cv www.governo.cv PAPA Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino por ocasião da Cerimónia de Abertura do Diálogo Estratégico sobre as Tecnologias da Informação e

Leia mais

Relatório de atividades 2012

Relatório de atividades 2012 Associação Nacional de Proprietários Propriedade e Liberdade. Relatório de atividades 2012 Direção da ANP 9-Mai-2013 Para cumprimento da alínea h) do art.º 25.º dos Estatutos, apresentamos o Relatório

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

visão global do mundo dos negócios

visão global do mundo dos negócios Senhor Primeiro Ministro Senhor Ministro da Saúde Senhor Presidente da AM Senhor Presidente do CA da Lenitudes Senhores Deputados Srs. Embaixadores Srs. Cônsules Senhores Vereadores e Deputados Municipais

Leia mais

Eng.º Mário Lino. por ocasião da Apresentação das Iniciativas. e.escola e.professor e.oportunidades

Eng.º Mário Lino. por ocasião da Apresentação das Iniciativas. e.escola e.professor e.oportunidades INTERVENÇÃO DO MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng.º Mário Lino por ocasião da Apresentação das Iniciativas e.escola e.professor e.oportunidades Escola Secundária Eça de Queiroz,

Leia mais

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3 Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2 ULS Nordeste é das melhores do país 3 1,2 milhões de euros para investimentos 3 Sessões musicais na Unidade de Cuidados Paliativos 4 UCC de Mirandela

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL Gabinete do Presidente

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL Gabinete do Presidente Diário da Sessão n.º 008 de 25/01/01 Vamos passar ao ponto nº 4 da nossa ordem do dia, ou seja, à Proposta de Resolução Medidas de Combate à Leptospirose. Tem a palavra o Sr. Deputado Bento Barcelos. Deputado

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

Fundo Mundial para o Ambiente

Fundo Mundial para o Ambiente Check upon delivery Só a versão proferida faz fé Fundo Mundial para o Ambiente Comunicação Apresentada por Monique Barbut, directora geral e presidente Fundo Mundial do Ambiente Em visita à Guiné-Bissau

Leia mais

III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011

III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011 III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE Díli, Timor-leste 20 a 23 de Setembro de 2011 1 Enquadramento Teve lugar, em Díli (República Democrática de Timor - Leste),

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461 Diário da República, 1.ª série N.º 82 28 de Abril de 2010 1461 Através do Decreto -Lei n.º 212/2006, de 27 de Outubro (Lei Orgânica do Ministério da Saúde), e do Decreto -Lei n.º 221/2007, de 29 de Maio,

Leia mais

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis,

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis, VIII Legislatura II Sessão Plenária Horta, 26 de Janeiro de 2005 Grupo Parlamentar do Partido Socialista Deputada Ana Isabel Moniz Assunto: Bolsa de Turismo de Lisboa Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras

Leia mais

VIDA E ACTIVIDADES DO INSTITUTO (IUDPS)

VIDA E ACTIVIDADES DO INSTITUTO (IUDPS) VIDA E ACTIVIDADES DO INSTITUTO (IUDPS) ESTÁGIOS CURRICULARES Os Estágios Curriculares no ano lectivo 2001/2002 Ao longo do ano lectivo de 2001/2002, a Comissão Coordenadora dos Estágios desenvolveu mais

Leia mais

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Conferência "Compromisso Cívico para a Inclusão" Santarém, 14 de Abril

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República Continuarei a percorrer o País, de Norte a Sul, a apelar à união de esforços, a levar uma palavra de esperança e a mostrar bons exemplos de resposta à crise. Discurso de Sua Excelência o Presidente da

Leia mais

PROJETO DE INTERVENÇÃO

PROJETO DE INTERVENÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES CANDIDATURA A DIRETOR PROJETO DE INTERVENÇÃO (2013-2017) Pedro Paulo da Costa Cerqueira Amares, maio de 2013 As organizações, tal como os organismos vivos, têm os seus

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DE CAPARICA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO GERAL. Acta número nove

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DE CAPARICA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO GERAL. Acta número nove ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DE CAPARICA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO GERAL Acta número nove Aos oito dias do mês de Setembro, do ano de dois mil e onze, realizou-se a nona reunião ordinária do Conselho

Leia mais

MINISTÉRIO da SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE

MINISTÉRIO da SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE APRESENTAÇÃO DO PRONTUÁRIO TERAPÊUTICO INFARMED, 3 DE DEZEMBRO DE 2003 Exmo. Senhor Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos Exmo. Senhor Bastonário

Leia mais

Venezuela: Caracas e Lisboa assinaram nove novos acordos de cooperação - RTP Not...

Venezuela: Caracas e Lisboa assinaram nove novos acordos de cooperação - RTP Not... Venezuela: Caracas e Lisboa assinaram nove novos acordos de cooperação - RTP Not... http://ww1.rtp.pt/noticias/?article=362973&visual=26&tema=4 Page 1 of 2 Economia Venezuela: Caracas e Lisboa assinaram

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu

Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu SPEECH/10/21 José Manuel Durão Barroso Presidente da Comissão Europeia Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu Sessão plenária do PE: votação do novo Colégio Bruxelas, 9 de Fevereiro

Leia mais

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente NOTÍCIAS DO MUTUALISMO Informação Quinzenal Edição n.º 55 - II Série 15 de outubro de 2014 Mensagem do Presidente Aproximam-se duas datas muito especiais para o Mutualismo e para os Mutualistas, a Comemoração

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Denominação, Sede e Âmbito 1. O Conselho Local de Acção Social do Concelho de

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL GABINETE DO PRESIDENTE

ASSEMBLEIA NACIONAL GABINETE DO PRESIDENTE ASSEMBLEIA NACIONAL GABINETE DO PRESIDENTE Discurso de SE o Presidente da Assembleia Nacional na cerimónia de abertura do XV Fórum da Associação A PONTE. Senhor Presidente do Conselho Directivo da Associação

Leia mais

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau)

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial (2007-2009) 2ª Conferência Ministerial, 2006

Leia mais

Senhor Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Senhor Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia,

Senhor Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Senhor Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, ATO DE POSSE, 9 DE AGOSTO 2013 Emídio Gomes Presidente da CCDR-N Senhor Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Senhor Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Senhor Secretário

Leia mais

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011 Boletim Informativo n.º 24 Setembro 2011 SUMÁRIO TESTEMUNHOS de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo Pequenas histórias de pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias em prol dos outros,

Leia mais

III. DESENVOLVIMENTO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA DO INVESTIMENTO

III. DESENVOLVIMENTO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA DO INVESTIMENTO PIDDAR 2009 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 111 III. DESENVOLVIMENTO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA DO INVESTIMENTO PIDDAR 2010 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 113 Quadro I Programação do Investimento por Programas

Leia mais

República de Moçambique Presidência da República DISCURSO PARA BANQUETE DE ESTADO

República de Moçambique Presidência da República DISCURSO PARA BANQUETE DE ESTADO República de Moçambique Presidência da República DISCURSO PARA BANQUETE DE ESTADO Discurso de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique, por ocasião do Banquete de Estado

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO

PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO MARKETING SOCIAL DESENVOLVIDO PELA CÁRITAS EM PARCERIA COM A IPI CONSULTING NETWORK PORTUGAL As virtualidades da interação entre a economia social e o empreendedorismo

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

Decreto-Lei n.º 168/2007, de 3 de Maio, Aprova a orgânica do Instituto Português da Juventude, I. P (JusNet 1078/2007)

Decreto-Lei n.º 168/2007, de 3 de Maio, Aprova a orgânica do Instituto Português da Juventude, I. P (JusNet 1078/2007) LEGISLAÇÃO Decreto-Lei n.º 168/2007, de 3 de Maio, Aprova a orgânica do Instituto Português da Juventude, I. P (JusNet 1078/2007) ( DR N.º 85, Série I 3 Maio 2007 3 Maio 2007 ) Emissor: Presidência do

Leia mais

Regime do Canal Parlamento e do Portal da Assembleia da República

Regime do Canal Parlamento e do Portal da Assembleia da República Regime do Canal Parlamento e do Portal da Assembleia da República Resolução da Assembleia da República n.º 37/2007, de 20 de agosto com as alterações introduzidas pela Resolução da Assembleia da República

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de Julho

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de Julho PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de Julho Legislar sobre a sua organização e funcionamento é uma competência constitucional exclusiva do Governo. Na sua orgânica, o

Leia mais

NEUBI Plano de actividades. Índice. Pag.1.Introdução Pag.2 a 5.Actividades previstas Pag.6.Conclusão Pag.7.Créditos

NEUBI Plano de actividades. Índice. Pag.1.Introdução Pag.2 a 5.Actividades previstas Pag.6.Conclusão Pag.7.Créditos 1 Índice Pag.1.Introdução Pag.2 a 5.Actividades previstas Pag.6.Conclusão Pag.7.Créditos 2 Introdução O núcleo de Estudantes de Engenharia Electromecânica da Universidade da Beira Interior (NEUBI) é uma

Leia mais

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março EXPLORAÇÃO DE JOGOS SOCIAIS (DISTRIBUIÇÃO DOS RESULTADOS LÍQUIDOS) (LOTARIAS - TOTOBOLA TOTOLOTO TOTOGOLO LOTO 2 JOKER - EUROMILHÕES) A afectação das receitas dos

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Discurso do Secretário de Estado do Emprego Octávio Oliveira Dia Nacional do Mutualismo 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Muito boa tarde a todos! Pretendia começar por cumprimentar o Senhor Presidente

Leia mais

Promoção Imobiliária: que futuro para Lisboa?

Promoção Imobiliária: que futuro para Lisboa? REPORTAGEM AUTÁRQUICAS ALMOÇOS APPII reúne se com os candidatos à CML Promoção Imobiliária: que futuro para Lisboa? Antes do sufrágio que decidirá quem liderará os destinos da capital portuguesa durante

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

Entrevista à Coordenadora Nacional do PAR Programa de Apoio à Reconstrução Por Pedro Cardoso (Jornalista), 2004

Entrevista à Coordenadora Nacional do PAR Programa de Apoio à Reconstrução Por Pedro Cardoso (Jornalista), 2004 Entrevista à Coordenadora Nacional do PAR Programa de Apoio à Reconstrução Por Pedro Cardoso (Jornalista), 2004 Podíamos estar muito mais longe do que estamos, revela a Coordenadora Nacional do PAR em

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 61 Discurso no almoço em homenagem

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais Intervenção de SEXA o Secretário de Estado Adjunto do Ministro

Leia mais

Excelências Senhoras e Senhores,

Excelências Senhoras e Senhores, Excelência Sr. Blaise Campaoré - Presidente do Burkina Faso, Excelência Sr. Jean Ping, Presidente da Comissão da União Africana, Sr. Soumaila Cissé Presidente da Comissão Económica dos Estados da África

Leia mais

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços ACTA N.º 08/10 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 19 DE ABRIL DE 2010 Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

HISTORIAL DA INSTITUIÇÃO

HISTORIAL DA INSTITUIÇÃO IDENTIFICAÇÃO Nome da Instituição Morada Telefone 234 602 642 Site Oficial Correio electrónico Data da inauguração da Nova Sede e Centro Comunitário PERCURSO Delegação de Águeda da Cruz Vermelha Portuguesa

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

Decreto n.º 4/2005 Convenção Europeia da Paisagem, feita em Florença em 20 de Outubro de 2000

Decreto n.º 4/2005 Convenção Europeia da Paisagem, feita em Florença em 20 de Outubro de 2000 Decreto n.º 4/2005 Convenção Europeia da Paisagem, feita em Florença em 20 de Outubro de 2000 Considerando fundamental, para alcançar o desenvolvimento sustentável, o estabelecimento de uma relação equilibrada

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

Registamos, com afeto, a presença de Vossa Excelência, nesta cerimónia uma honra ímpar para este Instituto.

Registamos, com afeto, a presença de Vossa Excelência, nesta cerimónia uma honra ímpar para este Instituto. Senhor Ministro da Administração Interna. Excelência. Registamos, com afeto, a presença de Vossa Excelência, nesta cerimónia uma honra ímpar para este Instituto. Excelentíssimo Senhor Vice-Procurador Geral

Leia mais

XII Feira Gastronómica do Porco

XII Feira Gastronómica do Porco XII Feira Gastronómica do Porco Boticas -, e Janeiro Dossier de Imprensa DOSSIER DE IMPRENSA XII Feira Gastronómica do Porco O PORCO VOLTA A SER REI EM Nos próximos dias, e de Janeiro, Boticas promete

Leia mais

Várias Publicações. LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado

Várias Publicações. LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado 17-03-2006 13:11:00. Fonte LUSA. Notícia SIR-7829164 Temas: economia portugal finanças sociedade LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado DATA:. ASSUNTO: Conferência

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Decreto-Lei n.º 144/2008 de 28 de Julho

Decreto-Lei n.º 144/2008 de 28 de Julho Decreto-Lei n.º 144/2008 de 28 de Julho O Programa do XVII Governo prevê o lançamento de uma nova geração de políticas locais e de políticas sociais de proximidade, assentes em passos decisivos e estruturados

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

EDITORIAL. VIII Jornadas Autárquicas das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia e Cabo Verde - Promoção da Política de Desenvolvimento Sustentável

EDITORIAL. VIII Jornadas Autárquicas das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia e Cabo Verde - Promoção da Política de Desenvolvimento Sustentável Boletim Informativo Semestral da Associação de Municípios da Região Autónoma da Madeira BOLETIM Nº3. Julho: 2010 VIII Jornadas Autárquicas das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia e Cabo Verde -

Leia mais

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA Setembro 2014 VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA O lançamento de um programa pedagógico e de desenvolvimento educativo de crianças e jovens, partilhado por todos os agentes do sistema escolar e educativo local,

Leia mais

Senhor Presidente. Senhoras e Senhores Deputados. Senhores membros do Governo

Senhor Presidente. Senhoras e Senhores Deputados. Senhores membros do Governo A situação dos investimentos estruturantes para a ilha do Faial, defendidos quase unanimemente pelos faialenses, merece uma repetida abordagem neste Período de Antes da Ordem do Dia. Comecemos pela situação

Leia mais

GUIA DO PROFESSOR 2014-2015

GUIA DO PROFESSOR 2014-2015 GUIA DO PROFESSOR 2014-2015 Exmo(a). Senhor(a) Professor(a), Este documento procura ser um roteiro útil, que sistematiza as principais etapas e prazos a que os professores responsáveis pelo desenvolvimento

Leia mais

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

Excelência, Sr Presidente da República, Senhoras e Senhores Ministros,

Excelência, Sr Presidente da República, Senhoras e Senhores Ministros, Discurso de sua excelência, o Primeiro Ministro, José Maria Neves, por ocasião da tomada de posse do novo Governo no âmbito da remodelação governamental anunciada no dia 24 de Fevereiro de 2010 Excelência,

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE ACTIVIDADES E CONTAS DE 2010 Relatório de Actividades e Contas do Grupo Regional do Norte 2010 ÍNDICE 1. Introdução 2. Funcionamento do Grupo Regional do Norte 2.1. Período de funcionamento

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

CONSELHO CONSULTIVO REGIONAL PARA OS ASSUNTOS DA IMIGRAÇÃO ACTA

CONSELHO CONSULTIVO REGIONAL PARA OS ASSUNTOS DA IMIGRAÇÃO ACTA CONSELHO CONSULTIVO REGIONAL PARA OS ASSUNTOS DA IMIGRAÇÃO ACTA Aos vinte e oito dias do mês de Setembro do ano dois mil e sete, reuniu, em sessão ordinária, na sala de reuniões da Direcção Regional do

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006)

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Votos de Pesar VOTOS DE PESAR Conselho Nacional de Educação Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Faleceu hoje, vítima de doença prolongada, a Prof. a Doutora Maria Teresa Vieira

Leia mais

Espírito de Natal inspirou jantar da rede

Espírito de Natal inspirou jantar da rede Espírito de Natal inspirou jantar da rede Foram cerca de 110 os colaboradores presentes no mais recente Jantar de Natal ComprarCasa, um evento decorrido no passado dia 18 de Dezembro, no Hotel Olissippo

Leia mais

FONTES DE INFORMAÇÃO EUROPEIA O PORTAL EUROPA, AS BASES DE DADOS E OS PORTAIS MAIS RELEVANTES

FONTES DE INFORMAÇÃO EUROPEIA O PORTAL EUROPA, AS BASES DE DADOS E OS PORTAIS MAIS RELEVANTES FONTES DE INFORMAÇÃO EUROPEIA O PORTAL EUROPA, AS BASES DE DADOS E OS PORTAIS MAIS RELEVANTES Documentação e Informação Europeias na Internet Servidor EUROPA Apresentação da estrutura Pesquisa Eurobookshop

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Diário da República, 1.ª série N.º 30 10 de fevereiro de 2012 661 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 6/2012 de 10 de fevereiro Primeira alteração à Lei n.º 8/2009, de 18 de Fevereiro, que cria o regime jurídico

Leia mais

Polícia e o Natal das Crianças

Polícia e o Natal das Crianças Nº 4 - Março 2010 Assinatura de Protocolo - SES da PN e SS da PSP Polícia e o Natal das Crianças A o longo de muitos anos, o Serviço Social vem programando, conjuntamente com as unidades policiais e serviços,

Leia mais

Regulamento do Colégio de Especialidade de Gestão, Direcção e Fiscalização

Regulamento do Colégio de Especialidade de Gestão, Direcção e Fiscalização Regulamento do Colégio de Especialidade de Gestão, Direcção e Fiscalização de Obras ÍNDICE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objecto Artigo 2.º Princípios Artigo 3.º Finalidades Artigo 4.º Atribuições

Leia mais

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos Imobiliários A formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário

Leia mais

LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL)

LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL) LEI N. 108/91, DE 17 DE AGOSTO (LEI DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL) Com as alterações introduzidas pelas seguintes leis: Lei n.º 80/98, de 24 de Novembro; Lei n.º 128/99, de 20 de Agosto; Lei n.º 12/2003,

Leia mais

(Resoluções, recomendações e pareceres) RESOLUÇÕES CONSELHO

(Resoluções, recomendações e pareceres) RESOLUÇÕES CONSELHO 19.12.2007 C 308/1 I (Resoluções, recomendações e pareceres) RESOLUÇÕES CONSELHO RESOLUÇÃO DO CONSELHO de 5 de Dezembro de 2007 sobre o seguimento do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos

Leia mais

Integração de Portugal na Comunidade Europeia Vinte Anos Depois

Integração de Portugal na Comunidade Europeia Vinte Anos Depois Integração de Portugal na Comunidade Europeia Vinte Anos Depois Integração de Portugal na Comunidade Europeia Vinte Anos Depois Luís Amado Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Celebraram-se no

Leia mais

ConselhoCientíficodoLNEGCo nselhocientíficodolnegconsel hocientíficodolnegconselho CientíficodoLNEGConselhoCie

ConselhoCientíficodoLNEGCo nselhocientíficodolnegconsel hocientíficodolnegconselho CientíficodoLNEGConselhoCie ConselhoCientíficodoLNEGCo nselhocientíficodolnegconsel hocientíficodolnegconselho CientíficodoLNEGConselhoCie RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ntíficodolnegconselhocientífi Científico 2011 12/31/2011 codolnegconselhocientíficod

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

O Fórum Económico de Marvila

O Fórum Económico de Marvila Agenda O Fórum Económico de Marvila A iniciativa Cidadania e voluntariado: um desafio para Marvila A Sair da Casca O voluntariado empresarial e as políticas de envolvimento com a comunidade Tipos de voluntariado

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005 Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Senhor Presidente da ALRAA Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo

Leia mais

Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA.

Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA. CIP FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA UM NOVO PASSO Seminário 16 de abril de 2012 Intervenção do Presidente da CIP Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA.

Leia mais

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 Senhor Presidente da Assembleia Legislativa Regional, Excelência Senhor Presidente do Governo Regional da Madeira, Excelência Senhoras e Senhores Secretários Regionais Senhoras

Leia mais

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Outubro de 2009 Agenda EM DESTAQUE Estágios e Suplemento ao Diploma- uma aposta no futuro! Índice Nota Editorial Eventos/Notícias Na Primeira Pessoa Manz

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR. RUI MARIA DE ARAÚJO POR OCASIÃO DA XIII REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DO TRABALHO E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP A extensão da Protecção Social

Leia mais