PLANOS DE DISCIPLINAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANOS DE DISCIPLINAS"

Transcrição

1 PLANOS DE DISCIPLINAS Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

2 ORGANIZAÇÃO EDUCACIONAL FARIAS BRITO TALES DE SÁ CAVALCANTE Diretor Superintendente HILDA DE SÁ CAVALCANTE PRISCO Diretora Pedagógica e Ouvidora DAYSE DE SÁ CAVALCANTE TAVARES Diretora Controller GENUINO FRANCISCO DE SALES Diretor de Ensino FACULDADE FARIAS BRITO TALES DE SÁ CAVALCANTE Diretor Geral MIGUEL ANTÔNIO BORGES ARAÚJO Diretor Acadêmico Administrativo RAFAEL NOGUEIRA HOLANDA Coordenador Administrativo HELCINE DE BRITO NOBRE Coordenadora de Apoio ao Aluno CLÁUDIA MARIA CARVALHO MIRANDA Coordenadora do Curso de Administração e Marketing CECÍLIA ÉRIKA D'ALMEIDA LÔBO Coordenadora do Curso de Direito RICARDO WAGNER CAVALCANTE BRITO Coordenador do Curso de Ciência da Computação FRANCISCO LÚCIO GOMES GUIMARÃES Coordenador de Extensão do Curso de Ciência da Computação LEOPOLDO SOARES DE MELO JÚNIOR Coordenador de Atividades Complementares do Curso de Ciência da Computação PAULO BENÍCIO MELO DE SOUSA Coordenador de Pesquisa do Curso de Ciência da Computação MURILO EDUARDO YBANEZ NASCIMENTO Coordenador de Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Ciência da Computação SÉRGIO ARAÚJO YUNES Coordenador de Estágio do Curso de Ciência da Computação

3 COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO Genuíno Francisco de Sales Presidente Cláudia Maria Carvalho Miranda Cecília Érika D Almeida Lôbo Ricardo Wagner Cavalcante Brito Membros

4 SUMÁRIO 1. Disciplinas Obrigatórias 1º Semestre 2º Semestre 3º Semestre 4º Semestre 5º Semestre 6º Semestre 7º Semestre 8º Semestre 2. Disciplinas Optativas

5 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 1º Semestre DISCIPLINA: Lógica de Programação I SEMESTRE: 1º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno será capaz de identificar e utilizar as principais estruturas necessárias à programação de computadores. EMENTA: Fundamentos de computação. Variáveis e tipos de dados. Comando e seqüência de comandos. Entrada e saída. Introdução a funções. Estruturas de seleção e repetição. Vetores e Matrizes. Implementação de algoritmos. PROGRAMA: UNIDADE 1 FUNDAMENTOS (4 h) 1.1 Organização básica do computador. 1.2 Algoritmos e programas. 1.3 Linguagem de programação. UNIDADE 2 - COMANDOS DE ENTRADA / SAÍDA E VARIÁVEL (12 h) 2.1 Comando de entrada e saída 2.2 Conceito de variável simples. 2.3 Tipos de dado numérico e caractere. 2.4 Atribuição e expressões envolvendo variáveis. 2.5 Acumulador e contador. UNIDADE 3 - INTRODUÇÃO A FUNÇÕES (10 h) 3.1 Conceito e funcionamento. 3.2 Lista de argumentos e tipo de retorno. 3.3 Função pré-definida comprimento e inteiro. 3.4 Função pré-definida resto e raiz. 3.5 Desenvolvimento de funções. UNIDADE 4 - ESTRUTURAS DE SELEÇÃO (16 h) 4.1 Objetivo. 4.2 Forma geral e funcionamento. 4.3 Expressões lógicos e operadores relacionais. 4.4 Operadores lógicos e álgebra booleana. 4.5 Estrutura condicional simples Se. 4.6 Estrutura condicional composta Faca caso. 4.7 Estruturas de seleção aninhadas.

6 UNIDADE 5 - ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO (18 h) UNIDADE 6 - VETORES e MATRIZES (12 h) 5.1 Objetivo. 5.2 Forma geral e funcionamento. 5.3 Estrutura de repetição Para. 5.4 Estrutura de repetição Enquanto. 6.1 Conceito de variável composta. 6.2 Vetor e índice do vetor. 6.3 Manipulação de vetores. 6.4 Matriz e índices da matriz. 6.5 Manipulação de matrizes METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria seguidas de verificações práticas no laboratório. Aulas de exercícios com implementações realizadas no laboratório. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel, data-show, laboratório de computação. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. EVARISTO, Jaime; CRESPO, Sérgio. Aprendendo a programar: programando numa linguagem algorítmica executável (ILA). Book Express, VILARIM, Gilvan. Algoritmos: programação para iniciantes. Ciência Moderna, Livros de Referência: 1. LAGES, N.; GUIMARÃES, A. Algoritmos e estruturas de dados. LTC, MANZANO, José Augusto N. G.; OLIVEIRA, Jayr Figueiredo. Algoritmos: lógica para desenvolvimento de programação de computadores. 18. ed. Érica, PUGA, Sandra; RISSETTI, Gerson. Lógica de programação e estruturas de dados: com aplicações em Java. Pearson, SZWARCFITER, Jayme L.; MARKEZON, L. Estruturas de dados e seus algoritmos. 2. ed. LTR, ZIVIANI, Nivio. Projeto de algoritmos: com implementação em Pascal e C. 2. ed. (ou 5. ed.) Editora Pioneira Thomson Learning, 2004 (ou 2002). Software de Apoio: Interpretador de Linguagem Algorítmica (ILA).

7 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 1º Semestre DISCIPLINA: Introdução à Computação SEMESTRE: 1º CARGA HORÁRIA: 36 CRÉDITOS: 2 72 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno devera 04 ser capaz de enunciar os principais conceitos que fundamentam a Tecnologia da Informação (TI), bem como associar esses conceitos com as aplicações da TI no mundo contemporâneo. EMENTA: Processo de contagem; Inferência lógica; Ciência da Computação; Tecnologia da Informação; Teleinformática; Ciência da WEB. PROGRAMA: UNIDADE I FUNDAMENTOS (12h) 1 A Contagem, a Lógica e os Primórdios (04h) 1.1 Origens da contagem - uma fábula. 1.2 Processo de contagem. 1.3 A inferência lógica. 1.4 Síntese histórica. 2 Ciência da Computação (08h) 2.1 Problemas de Hilbert. 2.2 Máquina de Turing e algoritmos. 2.3 Linguagens e autômatos. 2.4 Problemas insolúveis. 2.5 Complexidade computacional. UNIDADE II TECNOLOGIA (06h) 3 Equipamentos (04h) 3.1 Bits, chips, sistemas de numeração. 3.2 Álgebra booleana e Circuitos lógicos. 3.3 Arquitetura de Von Neuman. 3.4 Representação de dados na memória. 3.5 Periféricos. 4 Programas (02h) 4.1 Programas básicos. 4.2 Programas aplicativos. 4.3 Construção e representação de algoritmos UNIDADE III COMUNICAÇÃOE REDES (18h) 5 Teleinformática (06h) 5.1 Sistemas de comunicação. 5.2 Elementos físicos de redes de computadores. 5.3 Protocolos. 5.4 Ferramentas de gerência de redes. 5.5 História das redes e da Internet.

8 5.6 Serviços da Internet. 5.7 Segurança em redes. 6 A Ciência da WEB (04h) 6.1 O que é a WEB? 6.2 Arquitetura de serviços na WEB. 6.3 Segurança na WEB. 6.4 WEB semântica. 7 Exemplos adicionais (08h) METODOLOGIA: Material didático e exercícios postados em ambiente de colaboração, via Internet. APOIO DIDÁTICO: Computador, Internet, ambiente de colaboração. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. VIANA, MATEUS MOSCA; LEITE, RAIMUNDO HÉLIO; Navegando pela Tecnologia da Informação, no prelo, Livros de referência: 1. ERCÍLIA, MARIA; GRAEF, ANTÕNIO; A Internet; Publifolha, S. Paulo, SILVA, FLÁVIO SOARES CORRÊA da; MELO, ANA CRISTINA VIEIRA de; Modelos Clássicos de Computação; Thomson, S. Paulo, PACITTI, TÉRCIO; Construindo o Futuro Através da Educação; Thomson, 3ª. Edição, S. Paulo, 2002.

9 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 1º Semestre DISCIPLINA: Teoria Geral dos Sistemas SEMESTRE: 1º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 Objetivos: Ao final da disciplina o aluno será capaz de definir conceitualmente sistema, identificar componentes de sistemas, aplicar conceitos de sistemas nos Sistemas de Informação (SIs) empresariais e identificar tecnologias para o suporte aos SIs empresariais. Ementa: Teoria geral dos sistemas. Sistemas de Informação (SI) como sistemas. Engenharia da informação. Gerenciando Sistemas de Informação. Programa: UNIDADE 1 - TEORIA GERAL DOS SISTEMAS (48h) 1.1 Conceitos básicos de Informação, Empatia, Entropia. 1.2 Motivação, objetivos e conceitos iniciais de sistemas. 1.3 Significado da Teoria Geral dos Sistemas. 1.4 Conceitos de crescimento e competição dentro da perspectiva do sistema. 1.5 Progressos na Teoria Geral dos Sistemas. 1.6 O Organismo como sistema físico. 1.7 O Modelo do Sistema Aberto. 1.8 Estudo de Caso. UNIDADE 2 - EMPRESA, SISTEMAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (12h) 2.1 Conceitos de Informação e Empresa. 2.2 Conceitos e componentes da Tecnologia da Informação. 2.3 Sistema e informação Empresariais. 2.4 Introdução aos Sistemas de Informação. 2.5 Classificação do Sistema de Informação segundo o ciclo evolutivo. 2.6 Classificação do Sistema de Informação segundo a aplicação da informática. 2.7 Estudo de Caso. UNIDADE 3 - TECNOLOGIAS APLICADAS AO SISTEMA DE INFORMAÇÃO (12h) 3.1 SIs Gerenciais e de Apoio à Decisão (SAD). 3.2 DataWare House e Data Mart. 3.3 Tecnologias de Inteligência Artificial nas empresas. 3.4 Estudo de Caso. METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria, Aulas de exercícios. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel. BIBLIOGRAFIA: Livros texto:

10 1. ABREU, Aline F.; REZENDE, Denis A. Tecnologia da informação aplicada a sistemas de informação empresariais. 3. ed. Atlas, O'BRIEN, James A. Sistemas de informação e as decisões gerenciais na era da Internet. 2. ed. Saraiva, Livros de Referência: 1. VON BERTALANFFY, Ludwig. General System Theory: Foundations, Development, Applications. George Braziller, BIO, S. R. Sistemas de informação: um enfoque gerencial. Atlas, GRAEML, Alexandre Reis. Sistemas de informação: o alinhamento da estratégia de TI com a estratégia corporativa. Atlas, ROSINI, Alessandro M.; PALMISANO, Ângelo. Administração de sistemas de informação e a gestão do conhecimento. Thomson Learning, RUBEN, Guilhermo; WAINER, Jacques; Dwyer, Tom. Informática, organizações e sociedade no Brasil. Cortez, 2003.

11 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 1º Semestre DISCIPLINA: Lógica Matemática SEMESTRE: 1º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno será capaz de compreender raciocínios e argumentos matemáticos através de linguagens formais, conceitos lógicos e técnicas de inferência com as quais se formalizam teorias. EMENTA: Lógica proposicional. Álgebra proposicional. Argumentos. Sentenças abertas e sentenças fechadas. Conceitos sintáticos versus conceitos semânticos. Conceitos e exemplos de teorias. Métodos de prova. Álgebra de Boole. PROGRAMA: UNIDADE 1 - PROPOSIÇÕES (16h) 1.1 Proposições e conectivos: valores lógicos, tabelas-verdade. 1.2 Operações lógicas sobre proposições. 1.3 Tautologias, contradições e contingências. 1.4 Implicação lógica. UNIDADE 2 - ÁLGEBRA PROPOSICIONAL (8h) 2.1 Álgebra das proposições. 2.2 Método dedutivo. UNIDADE 3 - ARGUMENTOS (20h) 3.1 Argumentos e regras de inferência. 3.2 Validade mediante tabelas-verdade. 3.3 Validade mediante regras de inferência. 3.4 Validade mediante regras de inferência e equivalência. 3.5 Validade mediante diagramas de Venn 3.6 Demonstração condicional e demonstração indireta. UNIDADE 4 - SENTENÇAS (12h) 4.1 Sentenças abertas. 4.2 Operações lógicas sobre sentenças abertas. 4.3 Quantificadores existencial e universal. 4.4 Quantificação de sentenças abertas com mais de uma variável. 4.5 Negação de proposições quantificadas UNIDADE 5 - TEORIAS (8h) 5.1 Conceitos e exemplos de teorias.

12 5.2 Modelos. UNIDADE 6 ÁLGEBRA DE BOOLE (8h) 5.1 Definição e exemplos 5.2 Propriedades gerais. 5.3 Princípio da dualidade. 5.4 Aplicação em circuitos elétricos. METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria, aulas de exercícios. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. ALENCAR FILHO, Edgard de. Iniciação à lógica matemática. 21. ed. Nobel, LIPSCHUTZ, Seymour, Teoria dos Conjuntos, Coleção Schaum, ed. McGraw Hill do Brasil LTDA, 1978 Livros de referência: 1. COPI, Irving M. Introdução à lógica. 3. ed. Editora Mestre Jou, ENDERTON, Herbert B. A Mathematical Introduction to Logic. 2. ed. Academic Press, MENDELSON, Elliot. Introduction to Mathematical Logic. 4. ed. Chapman & Hall/CRC, SMULLYAN, Raymond. First-Order Logic. Dover Publications, STOLYAR, Abram A. Introduction to Elementary Mathematical Logic. Dover Publications, SUPPES, Patrick; HILL, Shirley. First Course in Mathematical Logic. Dover Publications, 2002.

13 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 1º Semestre DISCIPLINA: Produção de Texto Acadêmico SEMESTRE: 1º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao término da disciplina, o aluno dever ter desenvolvido habilidades de compreensão e produção de textos de diferentes gêneros textuais, especialmente, gêneros acadêmicos mais usados pelo profissional da Computação. EMENTA: Compreensão e produção de textos acadêmicos na perspectiva da Metodologia Científica e da Análise de Gêneros. PROGRAMA: UNIDADE 1 - Bases teóricas (22h) 1.1 Linguagem verbal e não-verbal. 1.2 Elementos e processo da comunicação, crítica dialógica à Teoria da Comunicação. 1.3 Funções da linguagem. 1.4 Estudo formal e funcional dos gêneros profissionais da área da Computação; 1.5 O mecanismo da hipertextualidade como ferramenta de construção de gêneros hipertextuais: aspectos formais e funcionais. 1.6 A edição de textos hiperlinkados - aspectos gráficos e visuais - a editoração. UNIDADE 2 - Desenvolvimento das habilidades de leitura (24h) 2.1 Técnicas de pré-leitura, de predição de leitura. 2.2 Processo de compreensão: exercício de reconhecimento da organização do texto de acordo com o gênero e seu propósito comunicativo. 2.3 Identificação das idéias principais; compreensão do vocabulário e reconhecimento de mecanismos lingüísticos mais característicos em cada gênero Profissional/acadêmico. 2.4 Os gêneros acadêmico-profissionais: a resenha acadêmica, o artigo científico. UNIDADE 3 - Desenvolvimento das habilidades de escrita (26h): 3.1 Processo de produção escrita: geração e organização das idéias, planejamento e organização textual de acordo com o gênero. 3.2 Estrutura do texto: mecanismos de coesão referencial e seqüencial; a influência da ambiência digital na formatação dos gêneros. 3.3 Estrutura do parágrafo e da frase. 3.4 Aspectos de convenção de escrita: pontuação e concordância verbal. METODOLOGIA: Aulas expositivo-dialogadas; Exercícios de reconhecimento e análise de diferentes gêneros textuais; Práticas de leitura e de produção escrita orientadas para o universo da computação; Exercícios de editoração em editores web e editores de texto como Word - utilização de ferramentas. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel, retro-projetor, data-show, laboratório de informática, editores Web, Word, etc.

14 BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. BARROS, Aidil da Silveira. Fundamentos de metodologia científica: um guia para a iniciação científica. 2. ed. Makron, GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa moderna. 25. ed. F.G.V., MARTINS, Dileta Silveira; ZILBERKNOP, Lúbia Scliar. Português instrumental. Atlas, Livros de referência: 1. ALMEIDA, Antônio F. Português básico: gramática, redação e texto. 4. ed. Atlas, ANDRADE, Maria Margarida de. Língua portuguesa: noções básicas para cursos superiores. 7. ed. Atlas, Coscarelli, C. V. Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. 2. ed. Autêntica, ECO, Umberto. Como se faz uma tese. 17. ed. Perspectiva, FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Lições de texto: leitura e redação. 4. ed. Ática, ZILBERKNOP, Lúbia S. Português Instrumental: de acordo com as normas da ABNT. 25. ed. Sagra Luzzato, 2004.

15 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 1º Semestre Disciplina: Cidadania e Ética SEMESTRE: 1 o CARGA HORÁRIA: 36 CRÉDITOS: 2 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno será capaz de entender o conceito de cidadania e ética e suas conexões com outros valores necessários ao exercício de cidadania numa sociedade plural, suscitar reflexões acerca da ética e suas relações com a atual sociedade globalizada, contextualizando ética com sua atuação como profissional de Computação. EMENTA: Ética nas organizações. Ética; política e globalização. Ética; cidadania e responsabilidade social. Cidadania participativa: os profissionais como artífices de cidadania. Código de Ética de Computação. Questões específicas de ética nos dias de hoje. PROGRAMA: UNIDADE 1 - INTRODUÇÃO (4h) 1.1 Conceitos fundamentais da ética. 1.2 Ética e computação. 1.3 Estudos de Caso UNIDADE 2 - ÉTICA NA COMPUTAÇÃO (6h) 2.1 O Profissional da Computação. 2.2 A importância da Ética em Computação. 2.3 A importância do raciocínio na tomada de decisões éticas. 2.4 Estudos de Caso. UNIDADE 3 CÓDIGOS DE ÉTICA PROFISSIONAL (8h) 3.1 Ética Profissional. 3.2 Ética e regulamentação da profissão. 3.3 Ética tradicional e ética da responsabilidade (social e ambiental). 3.4 Estudos de Caso. UNIDADE 4 - CIDADANIA PARTICIPATIVA. (10h) 4.1 Eu, profissional e cidadão. 4.2 Empresa e cidadania. 4.3 Ética profissional em computação. 4.4 Estudos de Caso. UNIDADE 5 - ÉTICA E VALORES. (ESTUDO DE CASO) (4h) 5.1 Medo da Verdade. Dir. Bem Affleck. Buena Vista, min. 5.2 Idiocracy. Dir. Mike Judge. FOX, min.

16 Metodologia: Aulas expositivas, seminários, trabalhos em grupo. Apoio Didático: Quadro, pincel, data-show, computadores, sala de vídeo. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. MASIERO, Paulo César. Ética em Computação. EDUSP, v SCHAFF, Adam. A Sociedade Informática. Brasiliense, Livros de referência: 1. ALVES, R. Filosofia da ciência : introdução ao jogo e suas regras. 8. ed. Loyola, GALLO, Silvio. Ética e cidadania: caminhos da filosofia. 12. ed. Papirus, HIMANEN, Pekka; TORVALDS, Linus; CASTELLS, Manuel. The Hacker Ethic. Random House Trade Paperbacks, PASSOS, Elizete. Ética nas organizações. Atlas, RIBEIRO, Luis Távora Furtado et al. Ética em três dimensões. 2. ed. Brasil Tropical, RODRIGUES, Carla; SOUZA, Hebert de. Ética e cidadania. Papirus, 2002.

17 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 2º Semestre DISCIPLINA: Lógica de Programação II SEMESTRE: 2º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno será capaz de desenvolver e codificar programas utilizando uma linguagem de programação. EMENTA: Compilação e interpretação. Estruturas básicas da linguagem C. Matrizes. Strings. Ponteiros. Alocação dinâmica de memória. Funções e passagem de parâmetros. Estruturas. Arquivos. PROGRAMA: UNIDADE 1 - INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C (14h) 2.1 Ambientes de programação. 2.2 Compilação e interpretação. 2.3 Estrutura de um programa em C e bibliotecas 2.4 Identificadores, tipos básicos e constantes. 2.5 Operadores aritméticos, relacionais, lógicos e de atribuição. 2.6 Expressões e modeladores. 2.7 Estruturas de seleção. 2.8 Estruturas de repetição. UNIDADE 2 - FUNÇÕES (12h) 3.1 Protótipo de funções. 3.2 Escopo de variáveis. 3.3 Biblioteca de funções 3.3 Passagem de parâmetros por valor e por referência. UNIDADE 3 - MATRIZES E STRINGS (12h) 4.1 Manipulação de vetores e matrizes. 4.3 Formato de strings. 4.4 Funções de manipulação de strings. 4.5 Matriz de Strings. UNIDADE 4 - ESTRUTURAS E PONTEIROS (12h) 5.1 Estruturas. 5.2 Declaração e funcionamento dos ponteiros. 5.3 Operações com ponteiros. 5.4 Ponteiros e vetores. UNIDADE 5 - ALOCAÇÃO DINÂMICA DE MEMÓRIA (10h) 6.1 Alocação estática X alocação dinâmica.

18 6.2 Alocação e realocação de memória. 6.3 Funções para alocação de memória UNIDADE 6 -ARQUIVOS (6h) 7.1 Arquivos texto. 7.2 Arquivos binário. 7.3 Funções para acesso a arquivos. METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria seguidas de verificações práticas no laboratório. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel, data-show, laboratório de computação. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. FORBELLONE, André Luiz Villar; EBERSPACHER, Henri. Lógica de programação: a construção de algoritmos e estruturas de dados. 3 ed. (ou 2. ed.) Makron Books, SCHILDT, Herbert. C: completo e total. 3. ed. Makron Books, Livros de referência: 1. Cormen, T. H.; Leiserson, C. E.; Rivest, e R. L. Introduction to Algorithms. 2. ed. MIT Press e McGraw-Hill, MANZANO, José Augusto. Estudo dirigido de linguagem C. 6. ed. Érica, Szwarcfiter, J. L.; Markenson, L. Estruturas de dados e seus algoritmos. 2. ed. LTC, WIRTH, N. Algoritmos e estruturas de dados. LTC, Ziviani, N. Projeto de algoritmos com implementações em Pascal e C. 5.ed. Pioneira, Software de Apoio: Compilador Bloodsheed Dev-C++

19 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 2º Semestre DISCIPLINA: Circuitos Digitais SEMESTRE: 2º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno terá uma visão do projeto de circuitos digitais a partir de circuitos básicos, fornecendo a base para a compreensão dos elementos de hardware presentes em arquitetura de computadores (unidade lógico-aritimética, registradores, memórias e controladores). EMENTA: Sistemas de numeração. Álgebra de Boole. Famílias lógicas. Máquinas combinacionais e seqüenciais. PROGRAMA: UNIDADE 1 - SISTEMAS DE NUMERAÇÃO (6h) 1.1 Sistema binário de numeração. 1.2 Conversão entre os sistemas binário, decimal e hexadecimal. 1.3 Operações aritméticas no sistema binário. 1.4 Notação dos números binários positivos e negativos. UNIDADE 2 - ÁLGEBRA DE BOOLE E SIMPLIFICAÇÃO DE CIRCUITOS LÓGICOS (18h) 2.1 Funções lógicas e circuitos lógicos equivalentes. 2.2 Álgebra de Boole e simplificação de expressões booleanas. 2.3 Diagrama de Veitch-Karnaugh para 2, 3 e 4 variáveis. UNIDADE 3 - CIRCUITOS COMBINACIONAIS (22h) 3.1. Projetos de circuitos combinacionais Codificadores e decodificadores Circuitos aritméticos: meio somador e somador completo, meio subtrator e subtrator completo, somador/subtrator completo Multiplexadores e demultiplexadores. UNIDADE 4 - CIRCUITOS SEQÜÊNCIAIS (26h) 4.1 Flip-Flops: "RS", "JK", "JK" Mestre-Escravo, "D". 4.2 Registradores. 4.3 Estrutura geral e organização de uma memória. 4.4 Registradores de deslocamento: conversor série-paralelo / paralelo-série. 4.5 Contadores assíncronos. 4.6 Contadores síncronos. METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria, Aulas de exercício e Aulas de laboratório. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel, computadores, datasheet TTL, CIs TTL, protoboards, osciloscópios, multímetros.

20 BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. CAPUANO, Francisco G.; IDOETA, Ivan Valeije. Elementos de eletrônica digital. 37. ed. Érica, TOCCI, Ronald J.; WIDMER, Neal S.; MOSS, Gregory L.; Sistemas digitais: princípios e aplicações. 10ª. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007 Livros de referência: 1. MANO, M. Digital design. 4. ed. Prentice-Hall, ERCEGOVAC, Milos D.; LANG, Tomas; MORENO, Jaime H. Introdução aos sistemas digitais. Bookman, PALMER, J.E.; PERLMAN, D.E. Schaum's Outline of Introduction to Digital Circuits. McGraw-Hill, PEREIRA, Fábio. Microcontroladores PIC: programação em C. Editora Érica, 2003 (ou 5. ed. 2006). 5. TAUB, H. Digital Circuits and Micro-Processors. McGraw Hill, WAKERLY, John F. Digital Design: Principles and Practices. 4. ed. Prentice Hall, ZELENOVSKY, R.; MENDONÇA, Alexandre. Eletrônica Digital. MZ Editora, Software de Apoio: Digital Works.

21 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 2º Semestre DISCIPLINA: Matemática Discreta SEMESTRE: 2º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao concluir esta disciplina, o aluno deve estar apto a reconhecer estruturas matemáticas em sistemas discretos, a manipular estas estruturas e a utilizar a matemática discreta como uma linguagem de resolução de problemas. EMENTA: Teoria dos Conjuntos. Relações e Funções. Seqüências Recorrentes e Séries. Indução Finita. Teoria dos Números. PROGRAMA: (i) UNIDADE 1 - TEORIA DOS CONJUNTOS (8h) 1.1 Conjunto, elemento e pertinência. 1.2 Subconjuntos. 1.3 Operações entre conjuntos 1.4 Propriedades. 1.5 Conjuntos numéricos. 1.6 Intervalos reais. 1.7 Operações com Intervalos. UNIDADE 2 - RELAÇÕES E FUNÇÕES (32h) 2.1 Par ordenado. 2.2 Produto Cartesiano. 2.3 Relação Binária. 2.4 Relação inversa. 2.5 Relações reflexivas, transitivas, simétricas e anti-simétricas. 2.6 Relações de ordem. 2.7 Relações de equivalência e partições de um conjunto. 2.8 Funções. 2.9 Tipos de funções Estudos das funções elementares Função composta Função Inversa. (ii) UNIDADE 3 - SEQUENCIAS RECORRENTES E SÉRIES (12h) 3.1 Definições posicional e recursiva de seqüências. 3.2 A notação S e suas propriedades. 3.3 Seqüências recorrentes de ordem Seqüências recorrentes de ordem 2: resolução via trinômio característico. 3.5 Séries. 3.6 Modelagem de problemas combinatórios via seqüências recorrentes.

22 (iii) UNIDADE 4 - INDUÇÃO FINITA (6h) 4.1 Princípio de Indução Finita (PIF) 4.2 Demonstrações usando o PIF UNIDADE 5 - INTRODUÇÃO A TEORIA DOS NÚMEROS (14h) 5.1 Propriedades Elementares 5.2 Algoritmo da Divisão 5.3 MDC e MMC 5.4 Números primos. 5.5 Congruências. 5.6 Aplicações. METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria, aulas de exercícios. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. GERSTING, Judith L. Fundamentos matemáticos para a ciência da computação. 4. ed. (ou 5. ed.) LTC, 2001 (ou 2004). 2. Scheinerman, Edward. Matemática discreta: uma introdução. Pioneira, Livros de referência: 1. Alencar Filho, Edgar de. Teoria elementar dos números. Nobel, Domingues, Hygino H. Álgebra moderna 4. ed. Atual Editora, Graham, Ronald L.; Knuth, Donald E.; Patashinik, Oren. Matemática concreta: fundamentos para a Ciência da Computação. LTC, LIPSCHUTZ, S. Teoria e problemas de matemática discreta. 2. ed. Bookman, (Coleção Schaum) v SANTOS, José Plínio de Oliveira. Introdução à teoria dos números. 3. ed (Coleção Matemática Universitária).

23 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 2º Semestre DISCIPLINA: Cálculo Diferencial SEMESTRE: 2º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 OBJETIVOS: Ao final do curso o aluno devera estar apto a identificar e resolver problemas práticos e teóricos envolvendo os conceitos de limite, continuidade e derivada de funções reais de uma variável real. EMENTA: Funções reais de uma variável real. Limite e continuidade. Funções Trigonométricas, exponenciais e logarítmicas. Derivada e suas aplicações. (iv) PROGRAMA: (v) UNIDADE 1 - FUNÇÕES REAIS DE UMA VARIÁVEL REAL (12h) 1.1 Função, domínio, imagem e representação geométrica. 1.2 Operações com funções, função polinomial e função racional. 1.3 Composição de funções e funções invertíveis. (vi) UNIDADE 2 - LIMITE E CONTINUIDADE (20h) 2.1 O conceito de limite. 2.2 Propriedades dos limites, limites de funções polinomiais e racionais. 2.3 Limites laterais. 2.4 Limites infinitos, limites no infinito e assíntotas. 2.5 Funções contínuas e suas propriedades. UNIDADE 3 - DERIVADA (20h) 3.1 O conceito de derivada e reta tangente. 3.2 Propriedades das derivadas e derivadas de funções polinomiais e de funções racionais. 3.3 Formas indeterminadas. 3.4 Regra de cadeia e derivação implícita. 3.5 Derivadas de ordem superior. (vii) UNIDADE 4 - FUNÇÕES TRIGONOMÉTRICAS, EXPONENCIAIS E LOGARÍTMICAS (8h) 4.1 Definições. 4.2 Limites de funções trigonométricas, exponenciais e logarítmicas. 4.3 As derivadas das funções trigonométricas, exponenciais e logarítmicas. (viii) UNIDADE 5 - APLICAÇÕES DAS DERIVADAS (12h) 5.1 Taxas relacionadas. 5.2 Máximos e Mínimos. 5.3 Teorema de Rolle e Teorema do valor médio. 5.4 Funções crescentes e funções decrescentes. 5.5 Concavidade, ponto de inflexão e gráficos. METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria, aulas de exercícios.

24 APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel, retro-projetor. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 1. LEITHOLD, Louis. O cálculo com geometria analítica. 3. ed. HARBRA, v MORETTIN, Pedro A.; HAZZAN, Samuel; BUSSAB, Wilton de O. Cálculo: funções de uma e várias variáveis. Saraiva, Livros de referência: 1. ANTON, H. Cálculo, um novo horizonte. 6. ed. Bookman, v ÁVILA, Geraldo. Cálculo 1: funções de uma variável. 4. ed. LTC, BOULOS, Paulo. Cálculo diferencial e integral. Pearson, v GUIDORIZZI, Hamilton L. Um curso de cálculo. 5. ed. LTC, v HOFFMANN, Laurence D.; BRADLEY, Gerald L. Cálculo: um curso moderno e suas aplicações. 6. ed. LTC, v IEZZI, Gelson. Fundamentos de matemática elementar: limites, derivadas, noções de integral. 6. ed. Atual, v. 8.

25 P L A N O S D E D I S C I P L I N A S O B R I G A T Ó R I A S 2º Semestre DISCIPLINA: Geometria Analítica SEMESTRE: 2º CARGA HORÁRIA: 72 CRÉDITOS: 4 72 OBJETIVOS: Ao final da disciplina o aluno devera 04 estar apto a identificar e resolver problemas básicos práticos e teóricos envolvendo matrizes, determinantes, sistemas de equações lineares, vetores no plano e no espaço, retas e planos, seções cônicas e superfícies no espaço. EMENTA: Matrizes e Determinantes. Sistemas Lineares. Vetores no plano e no espaço. Retas e Planos. Seções Cônicas. Superfícies no espaço. PROGRAMA: UNIDADE 1 MATRIZES (8h) 1.5 Introdução, tipos especiais, matrizes elementares. 1.6 Operações com matrizes. 1.7 Operações elementares. 1.8 Escalonamento. 1.9 Matriz inversa. UNIDADE 2 DETERMINANTES (4h) 2.6 Definição. 2.7 Matriz adjunta, Inversão de matrizes. UNIDADE 3 SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES (8h) 3.6 Introdução. 3.7 Operações elementares com equações. 3.8 Equivalência de sistemas. 3.9 Resolução e análise. UNIDADE 4 VETORES NO PLANO E NO ESPAÇO (12h) 4.1 Operações 4.2 Bases, sistemas de coordenadas 4.3 Produto interno (ou escalar): distância, norma e ângulo 4.4 Produto vetorial: volume UNIDADE 5 RETAS E PLANOS (16h) 5.1 Equações. 5.2 Posições relativas. 5.3 Interseções. 5.4 Distâncias.

26 UNIDADE 6 SEÇÕES CÔNICAS (12h) 6.1 Classificação. 6.2 Coordenadas polares 6.3 Equações Paramétricas 6.4 Rotaçãoe Translação 6.5 Identificação de Cônicas UNIDADE 7 SUPERFÍCIES NO ESPAÇO (12h) 7.1 Quádricas. 7.2 Superfícies Cilíndricas e de Revolução 7.3 Coordenadas cilíndricas e esféricas 7.4 Identificação de Quádricas METODOLOGIA: Aulas expositivas de teoria e Aulas de exercícios. APOIO DIDÁTICO: Quadro, pincel, retro-projetor. BIBLIOGRAFIA: Livros texto: 2. SANTOS, Reginaldo J. Geometria analítica e álgebra linear, Parte I. Imprensa Universitária da UFMG, BOULOS, P. e OLIVEIRA, I. C. Geometria Analítica um tratamento vetorial. McGraw-Hill, São Paulo, 2a edição Livros de referência: 4. AZEVEDO, Manoel Ferreira de. Geometria analítica e álgebra linear. Edições Livro Técnico,

DISCIPLINA: CONSTRUÇÃO DE COMPILADORES

DISCIPLINA: CONSTRUÇÃO DE COMPILADORES Semestre 5 Válido somente com assinatura e carimbo do IFCE Cód. Disciplina Créditos Horas Nat. Prérequisitos Teóricos Práticos TELM.066 Construção de Compiladores 2 2 80 OBR TELM.061 TELM.067 Sistemas

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DA 3ª. ETAPA

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DA 3ª. ETAPA EMENTAS DA 3ª. ETAPA Núcleo Temático: PROGRAMAÇÃO Disciplina: ESTRUTURA DE DADOS 108 há ( 72 ) Teóricas ( 36 ) Práticas Tipos abstratos de dados. Estudo das estruturas lineares: pilhas, filas e listas

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CÓDIGO: EXA801 DISCIPLINA: ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO I CARGA HORÁRIA: 60h EMENTA: Classificação

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO

CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO CURSO DE INFORMÁTICA LICENCIATURA 1 PERÍODO DISCIPLINA: Metodologia Científica H111900 Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia no âmbito das ciências. Metodologia de estudos. O

Leia mais

Ementas Disciplinas Obrigatórias

Ementas Disciplinas Obrigatórias Ementas Disciplinas Obrigatórias INFORMÁTICA Algoritmos I Resolução de problemas e desenvolvimento de algoritmos: análise do problema, estratégias de solução e representação. Estruturação e modularização.

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

EMENTÁRIO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1/5 ANEXO II RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 31/2005 EMENTÁRIO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO I SEMESTRE Algoritmos e Estruturas de Dados I Fundamentos da Computação Fundamentos Matemáticos para a Computação

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Coordenador: Duração: Carga Horária: LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Victor Emanuel Corrêa Lima 6 semestres 2800 horas Situação Legal: Reconhecido pela Portaria MEC nº 503 de 15/02/2006 MATRIZ CURRICULAR Primeiro

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA/2013

NORMAS COMPLEMENTARES DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA/2013 NORMAS COMPLEMENTARES DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA/2013 CURSOS SUPERIORES DE - TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1. CURSOS E VAGAS OFERECIDAS Cursos de

Leia mais

Web site. Objetivos gerais. Introdução. http://www.inf.ufes.br/~pdcosta/ensino/2009-1-estruturas-de-dados. Profa. Patrícia Dockhorn Costa

Web site. Objetivos gerais. Introdução. http://www.inf.ufes.br/~pdcosta/ensino/2009-1-estruturas-de-dados. Profa. Patrícia Dockhorn Costa Web site http://www.inf.ufes.br/~pdcosta/ensino/2009-1-estruturas-de-dados Estruturas de Dados Aula 1: Introdução e conceitos básicos Profa. Patrícia Dockhorn Costa Email: pdcosta@inf.ufes.br 01/03/2010

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 05/03/2014 10:06. Centro de Ciências Exatas e Naturais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 05/03/2014 10:06. Centro de Ciências Exatas e Naturais 5// :6 Centro de Ciências Exatas e Naturais Curso: Ciência da Computação (Noturno) Currículo: 7/ CMP.8.- Introdução à Computação Ementa: O que é Ciência da Computação. História da Computação. Estrutura

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

Engenharia da Computação. 1 o ANO

Engenharia da Computação. 1 o ANO Engenharia da Computação 1 o ANO ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA Matrizes, Sistemas lineares e Determinantes. Vetores. Espaços vetoriais. Produto escalar e vetorial. Retas e planos. Projeção ortogonal.

Leia mais

De uma forma ampla, o profissional egresso deverá ser capaz de desempenhar as seguintes funções:

De uma forma ampla, o profissional egresso deverá ser capaz de desempenhar as seguintes funções: PLANO DE ENSINO 1. Identificação Curso: Tecnologia em Desenvolvimento de Software Disciplina: Estrutura de Dados Professor: Msc. Tiago Eugenio de Melo CPF: Regime de Trabalho: 40h CH. Semestral: 100h Siape:

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 2º ANO Nome da disciplina: Física Geral II Carga horária: 90h Acústica e Ondas. Óptica Física e Geométrica. Lei de Coulomb; Campo Elétrico. Lei de Gauss. Potencial. Capacitância.

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1 PERÍODO

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1 PERÍODO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1 PERÍODO Area de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: PRÁTICAS INVESTIGATIVAS I H111926 03 60 Introdução e ensaio da prática investigativa. Procedimentos metodológicos

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

Engenharia da Computação Relação das Disciplinas do Currículo Pleno

Engenharia da Computação Relação das Disciplinas do Currículo Pleno Engenharia da Computação Relação das s do Currículo Pleno O curso de Engenharia de Computação apresenta o seguinte currículo pleno, distribuído em 9 períodos letivos. 4 º Período 3 º Período 2 º Período

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE P L A N O D E E N S I N O DEPARTAMENTO: Engenharia Elétrica DISCIPLINA: Eletrônica Digital SIGLA: ELD0001 PRÉ-REQUISITOS: ALB0001 CARGA HORÁRIA TOTAL: 108 h/aula TEORIA: 72 h/aula PRÁTICA: 36 h/aula CURSO:

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO 1 FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO Edital numero 005/2014 _ ETEC para o Processo de Seleção de alunos para a Fábrica de Software. FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I 1 Funções de uma variável 2 Funções reais 3 Conceito, cálculo e aplicações de limites, continuidade, derivadas e diferenciais 4 Cálculos de pontos de máximos, mínimos

Leia mais

FÍSICA GERAL III - 90 h

FÍSICA GERAL III - 90 h FÍSICA GERAL III - 90 h Em Física Geral III estudam-se os tópicos de Eletricidade, Magnetismo e Eletromagnetismo. A base tecnológica de nossa sociedade é o eletromagnetismo, por essa razão é de fundamental

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Código: 260128 Crédito: 2.2.0 Pré-requisito: Introdução a Lógica (260.102) Carga Horária: 60h Bacharelado em Ciência da Computação

PLANO DE ENSINO. Código: 260128 Crédito: 2.2.0 Pré-requisito: Introdução a Lógica (260.102) Carga Horária: 60h Bacharelado em Ciência da Computação MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Centro de Ciências da Natureza Departamento de Informática e Estatística Disciplina: Circuitos Digitais Professor: Ivan Saraiva Silva Telefone: (86)

Leia mais

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I Lógica e Matemática Discreta/MAT002 4 - - 4 60 Lógica sentencial e de Primeira ordem. Sistemas dedutivos naturais e axiomáticos. Completeza, consistência e coerência. Formalização de problemas. Conjuntos.

Leia mais

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

Leia mais

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas II/CPD025 Conceitos orientação a objetos. Evolução das técnicas de modelagem orientadas a objetos. Estrutura da linguagem UML. Conceito de processo interativo

Leia mais

Ementas das Disciplinas do Bacharelado em Sistemas de Informação da UNIRIO

Ementas das Disciplinas do Bacharelado em Sistemas de Informação da UNIRIO Ementas das Disciplinas do Bacharelado em Sistemas de Informação da UNIRIO 2 de junho de 2010 Sumário Administração de Bancos de Dados.................................. 3 Administração Financeira.......................................

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Período/ Fase: 1º Semestre: 1º Ano: 2011 Disciplina: Programação de Computadores I (PGC21) Carga Horária: 72 horas/aula

PLANO DE ENSINO. Período/ Fase: 1º Semestre: 1º Ano: 2011 Disciplina: Programação de Computadores I (PGC21) Carga Horária: 72 horas/aula PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Sistemas de Informação Professores: Carlos Alberto Zorzo zorzo@uniarp.edu.br Período/ Fase: 1º Semestre:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Ano: 2015 Semestre Letivo: ( ) Primeiro ( x ) Segundo Total de Créditos (se for o caso): 4 Carga Horária: 60 horas

PLANO DE ENSINO. Ano: 2015 Semestre Letivo: ( ) Primeiro ( x ) Segundo Total de Créditos (se for o caso): 4 Carga Horária: 60 horas UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA DEPARTAMENTO: Fundamentos da Computação CURSO: Bacharelado em Sistemas de Informação DISCIPLINA: Fundamentos da Computação CÓDIGO: 4610H CRÉDITOS: 04 CARGA HORÁRIA: 60 horas-aula VALIDADE: a partir de

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº. 226, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2014.

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº. 226, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2014. ANEXO À RESOLUÇÃO Nº. 226, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2014. CURSO LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR 1.1 QUADRO GERAL DA ESTRUTURA CURRICULAR Carga Horária LOTAÇÃO Módulo Disciplina Teoria Prática

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIA DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: MATEMÁTICA I SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:.

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento Unidade de Sobradinho FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2015 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 1 Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores

Leia mais

Sistemas de Informação 3º ANO

Sistemas de Informação 3º ANO Sistemas de Informação 3º ANO BANCO DE DADOS Carga horária: 120h Visão geral do gerenciamento de banco de dados. Arquitetura de um Sistema Gerenciador de Banco de Dados. Modelagem e projeto de banco de

Leia mais

Ementário das Disciplinas

Ementário das Disciplinas Ementário das Disciplinas As ementas das disciplinas estão agrupadas em semestres para uma melhor visualização da organização da matriz curricular. As referências bibliográficas serão especificadas no

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA. Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento.

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA. Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento. FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento. FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia, Professor Luiz

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA FECOMP Curso de Engenharia de Computação

TABELA DE EQUIVALÊNCIA FECOMP Curso de Engenharia de Computação TABELA DE EQUIVALÊNCIA FECOMP Curso de Engenharia de Computação Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 66303 ESTRUTURA DE DADOS I 68/0 ENG. DE

Leia mais

Descrição de circuitos algebricamente, álgebra de Boole e circuitos lógicos, teorema de boole e De Morgan. Simplificação e projeto.

Descrição de circuitos algebricamente, álgebra de Boole e circuitos lógicos, teorema de boole e De Morgan. Simplificação e projeto. EMENTA: Ferramentas para simulação e projeto de sistemas digitais. Equipamentos e componentes para montagem de sistemas digitais. Equipamentos para mensuração e teste na implementação de sistemas digitais.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE COMPUTAÇÃO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE COMPUTAÇÃO EMENTAS DAS S DO CURSO DE COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO A INFORMÁTICA EMENTA: Conceito de Informática, informação, dados e computadores; evolução histórica dos computadores; anatomia de um computador conceitos

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 82/99 CRIA O CURSO SEQÜENCIAL EM PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES, NO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 82/99 CRIA O CURSO SEQÜENCIAL EM PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES, NO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 82/99 CRIA O CURSO SEQÜENCIAL EM PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES, NO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

DISCIPLINA CRED CH PRÉ - REQUISITOS 1ª FASE Geometria Analítica e Álgebra Linear

DISCIPLINA CRED CH PRÉ - REQUISITOS 1ª FASE Geometria Analítica e Álgebra Linear CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS AUTORIZAÇÃO: Portaria UDESC nº 646/2001 RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 3324/2005 renovado pelo Decreto Estadual nº 1664/2013 PERÍODO

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS... 4 04 TEORIA

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Ivan Saraiva Silva

Arquitetura de Computadores. Ivan Saraiva Silva Arquitetura de Computadores Introdução Ivan Saraiva Silva Sumário Introdução Bibliografia Recomendada O que é um computador Organização de um Computador Modelo de Von Neumann IAS Máquina de Von Neuman

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 109 EMENTÁRIO

UFV Catálogo de Graduação 2014 109 EMENTÁRIO UFV Catálogo de Graduação 2014 109 EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pelo Campus Rio Paranaíba são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, ligadas a cada instituto, seguidas

Leia mais

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I

Universidade do Estado da Bahia UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Campus I SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/CPD005 2 1-3 60 A origem e o conceito da teoria geral de sistemas. O conceito de sistemas. Componentes de um sistema de informação. Relações entre sistemas e ambiente. Hierarquia

Leia mais

CST EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 1º PERÍODO PLANO DE ENSINO

CST EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 1º PERÍODO PLANO DE ENSINO CST EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 1º PERÍODO PLANO DE ENSINO CURSO: Tecnologia em Automação Industrial SÉRIE: 1º período (semestral) TURNO: Noturno DISCIPLINA: Estatística CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 horas CARGA

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco. Estruturas de Dados. Professor: Marcelo Santos Linder E-mail: marcelo.linder@univasf.edu.

Universidade Federal do Vale do São Francisco. Estruturas de Dados. Professor: Marcelo Santos Linder E-mail: marcelo.linder@univasf.edu. Universidade Federal do Vale do São Francisco Estruturas de Dados Professor: Marcelo Santos Linder E-mail: marcelo.linder@univasf.edu.br Ementa Alocação dinâmica de memória; Vetores, pilhas, filas, listas:

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I. Introdução. Ivan Saraiva Silva Leonardo Casillo

Organização e Arquitetura de Computadores I. Introdução. Ivan Saraiva Silva Leonardo Casillo Organização e Arquitetura de Computadores I Introdução Ivan Saraiva Silva Leonardo Casillo Sumário Introdução Bibliografia Recomendada O que é um computador Organização de um Computador Modelo de Von Neumann

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

PLANO DE ENSINO. DISCIPLINA: (06241) Algoritmos e Estruturas de Dados. PRÉ-REQUISITOS: Matemática Discreta e Introdução a Programação

PLANO DE ENSINO. DISCIPLINA: (06241) Algoritmos e Estruturas de Dados. PRÉ-REQUISITOS: Matemática Discreta e Introdução a Programação UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

Dados das Disciplinas de Serviço

Dados das Disciplinas de Serviço Dados das Disciplinas de Serviço Curso: Agronomia Disciplina: Introdução à Computação (2 turmas) Professor: Cristiane Conceitos básicos: Noções de lógica de programação; tipos primitivos; constantes e

Leia mais

Programa Interunidades de Pós-Graduação em Bioinformática - Universidade de São Paulo

Programa Interunidades de Pós-Graduação em Bioinformática - Universidade de São Paulo *Tópicos e Bibliografia da Prova de Seleção em Bioinformática Área: Biológicas 1 Estrutura e Função de ácidos nucleicos 1.1 Fluxo da Informação genética 1.2 Blocos estruturais do DNA e RNA 1.3 Níveis de

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O

P L A N O D E E N S I N O Centro Universitário de João Pessoa Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Núcleo de Apoio Pedagógico - NAPE P L A N O D E E N S I N O Curso: CIENCIA DA COMPUTAÇÃO Componente Curricular: ENGENHARIA DE SOFTWARE

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba PLANO DE ENSINO Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba PLANO DE ENSINO CURSO Engenharia Eletrônica MATRIZ FUNDAMENTAÇÃO LEGAL (Resolução do COEPP que aprovou a matriz curricular

Leia mais

Identificação: INF201 Semestre: 1º Carga Horária: 60 horas Número de Aulas: 72 aulas Aulas Teóricas:

Identificação: INF201 Semestre: 1º Carga Horária: 60 horas Número de Aulas: 72 aulas Aulas Teóricas: 2º SEMESTRE INF201 - Banco de dados I Banco de dados I Identificação: INF201 Semestre: 1º Carga Horária: 60 horas 20 aulas Aulas práticas: 52 aulas Fornecer conhecimentos sobre a concepção, utilização,

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados II. Apresentação. Prof a Karina Oliveira. kkco@dei.unicap.br

Algoritmos e Estrutura de Dados II. Apresentação. Prof a Karina Oliveira. kkco@dei.unicap.br Algoritmos e Estrutura de Dados II Apresentação Prof a Karina Oliveira kkco@dei.unicap.br Ementa Proporcionar ao aluno conhecimento teórico e prático para seleção, construção e manipulação de estrutura

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Faculdade de Computação e Informática. Faculdade de Computação e Informática

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Faculdade de Computação e Informática. Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS. ETAPA Matemática CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Código da 10011978. ( X ) Teórica 06 horas-aula ( ) Prática 1/2013 Estudo sobre as principais funções elementares e seus gráficos

Leia mais

CURSO TECNOLÓGICO 2008/01 1º SEMESTRE. Programação e Estruturas de Dados Fundamentais

CURSO TECNOLÓGICO 2008/01 1º SEMESTRE. Programação e Estruturas de Dados Fundamentais 1º SEMESTRE Programação e Estruturas de Dados Fundamentais 8 Créditos Desenvolver a lógica de programação através da construção de algoritmos utilizando português estruturado Representar a solução de problemas

Leia mais

FACULDADES SENAC PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 1º SEMESTRE/2016 ANEXO I

FACULDADES SENAC PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 1º SEMESTRE/2016 ANEXO I ANEXO I As Faculdades Senac Minas, com o intuito de atender às diversas demandas, oferece à comunidade dois processos vestibular: o vestibular e o vestibular agendado. Ambos os processos buscam selecionar

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIAS

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIAS EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIAS 1º SEMESTRE LIN-101 Linguagem e Expressão Unidade Curricular: Linguagem e Expressão Identificação: LIN-101 Semestre: 1º Carga Horária: 30 horas Número de Aulas: 36 aulas Aulas

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Renovação de Reconhecimento pela Portaria n 123 de 09/07/12 DOU de 10/07/12 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Renovação de Reconhecimento pela Portaria n 123 de 09/07/12 DOU de 10/07/12 PLANO DE CURSO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Renovação de Reconhecimento pela Portaria n 123 de 09/07/12 DOU de 10/07/12 Componente Curricular: Sistemas Concorrentes e Distribuídos Código: ENG - 436 Pré-requisito:

Leia mais

Estrutura de dados. Link do Google Drive: http://goo.gl/53c7gu. ED Apresentação Luiz Gonçalves Última revisão 8/12/14

Estrutura de dados. Link do Google Drive: http://goo.gl/53c7gu. ED Apresentação Luiz Gonçalves Última revisão 8/12/14 Estrutura de dados Link do Google Drive: http://goo.gl/53c7gu 1/10 Objetivos do curso Selecionar e/ou implementar estruturas de dados para a resolução de problemas e construir programas de computadores

Leia mais

Ementário das disciplinas do curso de Sistemas de Informação

Ementário das disciplinas do curso de Sistemas de Informação Ementário das disciplinas curso de Sistemas de Informação 01 ADMINISTRAÇÃO E GERÊNCIA DE REDES Introdução ao gerenciamento de redes. Modelos e software de gerenciamento, Áreas funcionais. A arquitetura

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DA DISCIPLINA 1 2 Curso: Engenharia Elétrica Código: 20 3 4 Modalidade(s): Bacharelado Currículo(s): 2005/1 5 Turno(s):

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA IDENTIFICAÇÃO (20140195) CURSOS A QUE ATENDE ADMINISTRACAO,

Leia mais

CALCULADORA SIMPLES COM ULA

CALCULADORA SIMPLES COM ULA CALCULADORA SIMPLES COM ULA Versão 2012 RESUMO 1 Esta experiência tem por objetivo a utilização de circuitos integrados de operações lógicas e aritméticas para o desenvolvimento de circuitos que executam

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA EDITAL DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÕES EM COMPUTAÇÃO MACK COMPUTING CERTIFICATION MCC 2º SEMESTRE DE 2014 O Diretor da Faculdade de Computação e Informática (FCI), no uso de suas atribuições estatutárias

Leia mais

ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO

ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@ifrn.edu.br

Leia mais

DISCIPLINA: Arquitetura e Organização de Computadores II 2ECOM.027

DISCIPLINA: Arquitetura e Organização de Computadores II 2ECOM.027 DISCIPLINA: Arquitetura e Organização de Computadores II CÓDIGO: 2ECOM.027 Validade: a partir do 1º semestre de 2007 Carga Horária: Total: 0 h/a Semanal: 04 aulas Créditos: 04 Modalidade: Teórica Classificação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Introdução a Programação 1º PERÍODO Fundamentos de construção de algoritmos e programas. Algoritmos:

Leia mais

Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166

Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 1. CÓDIGO E NOME DA DISCIPLINA BC1508 - ENGENHARIA DE SOFTWARE

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA - PROVA COMUM A TODOS OS CARGOS DE ENSINO MÉDIO 1 Interpretação textual Metáfora, metonímia, ambigüidade, ironia, denotação e conotação, pontos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Carga Horária Total

Leia mais

Proposta de Plano da Disciplina

Proposta de Plano da Disciplina Proposta de Plano da Disciplina CRÉDITOS: 04 REQUISITOS: Requisito Especial - Estruturas Algébricas OBJETIVOS: O cumprimento da disciplina busca capacitar o aluno, ao final do semestre a: 1. Projetar e

Leia mais

Centro Universitário de Brusque Unifebe Curso de Sistemas de Informação

Centro Universitário de Brusque Unifebe Curso de Sistemas de Informação Ementário das disciplinas Grade 2009.1 01 ADMINISTRAÇÃO GERAL Fase: I Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à administração. Antecedentes históricos da administração. Escolas de administração. Administração

Leia mais

Ementário das disciplinas do curso de Sistemas de Informação

Ementário das disciplinas do curso de Sistemas de Informação Ementário das disciplinas curso de Sistemas de Informação 01 ADMINISTRAÇÃO E GERÊNCIA DE REDES Introdução ao gerenciamento de redes. Modelos e software de gerenciamento, Áreas funcionais. A arquitetura

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 75/2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia de do Centro

Leia mais

Dinâmica Curricular do Curso de Ciência da Computação 2010/1

Dinâmica Curricular do Curso de Ciência da Computação 2010/1 Dinâmica Curricular do Curso de Ciência da Computação 2010/1 Código Denominação Carga horária Teórica Prática Créditos Total Pré-requisito 1 o Período DCE124 Algoritmos 60 30 5 90 DCE64 Cálculo Diferencial

Leia mais

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Matemática - (1ª série)

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Matemática - (1ª série) Relacionar e resolver problemas que envolvem conjuntos; Reconhecer, operar e resolver problemas com conjuntos numéricos; Compreender os conceitos e propriedades aritméticas; Resolver problemas de porcentagem,

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01116. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01116. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 ARQUITETURA DE COMPUTADORES 03 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD ENEX01116 Projeto de sistemas combinacionais; Circuitos Sequenciais; Flip Flops; Contadores e Registradores, máquinas de estado finitos; Projeto

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Introdução à Programação Carga horária total: 60 Carga horária teórica: 0 Carga horária prática: 60 Código da Disciplina: CCMP0041 Período de oferta: 2010.2 Turma: CA

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados II

Algoritmos e Estrutura de Dados II Universidade Federal do Vale do São Francisco Algoritmos e Estrutura de Dados II Professor: Marcelo Santos Linder E-mail: marcelo.linder@univasf.edu.br Ementa Árvores B, grafos e tabelas de hash: alocação

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Fernando Fonseca Ramos Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros Fundação Educacional Montes Claros 1 Metodologia da Disciplina 1-Objetivo 2-Competências

Leia mais

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo ("pipeline") Execução de programas

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo (pipeline) Execução de programas http://www.ic.uff.br/~debora/fac! Dar noções iniciais dos componentes básicos de um sistema de computador, assim também como conceitos fundamentais necessários para a manipulação de informação dentro do

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ENGENHARIA AMBIENTAL 1º PERÍODO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ENGENHARIA AMBIENTAL 1º PERÍODO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ENGENHARIA AMBIENTAL 1º PERÍODO CÓDIGO PERÍODO DISCIPLINAS DO CRÉDITOS PRÉ- CO- PRIMEIRO PERÍODO TEÓRICOS PRÁTICOS TOTAL REQUISITO REQUISITO ENG1080 1 Introdução à Engenharia

Leia mais

De uma forma ampla, o profissional egresso deverá ser capaz de desempenhar as seguintes funções:

De uma forma ampla, o profissional egresso deverá ser capaz de desempenhar as seguintes funções: PLANO DE ENSINO 1. Identificação Curso: Tecnologia em Desenvolvimento de Software Disciplina: Linguagem de Programação Orientada a Objetos Professor: Msc. Tiago Eugenio de Melo CPF: Regime de Trabalho:

Leia mais

Proporcionar uma visão geral da metodologia de Sistemas Operacionais.

Proporcionar uma visão geral da metodologia de Sistemas Operacionais. ANO 3 5º Período Sistema Operacional 1.Identificação: Identificação Disciplina Carga Horária Sistema Operacional 72 h/a Créditos 4 2.Ementa: Histórico da Criação e Evolução dos Sistemas Operacionais. Conceitos

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ORGANIZAÇÃO CURRICULAR O curso Técnico em Informática, em Nível Médio Subseqüente, será organizado de forma semestral, com aulas presenciais, compostos por disciplinas, com conteúdos estabelecidos, tendo

Leia mais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação Comissão de Curso e NDE do BCC Fevereiro de 2015 Situação Legal do Curso Criação: Resolução CONSU no. 43, de 04/07/2007. Autorização: Portaria

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA Turno: NOTURNO Reconhecido pela Portaria MEC nº 357, de 14.06.88, D.O.U. de 16.06.88 Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Bacharelado em

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) SISTEMAS PARA INTERNET INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA/ENG.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA/ENG. UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA/ENG. COMPUTAÇÃO PLANO DE CURSO DISCIPLINA: MÉTODOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO CÓDIGO:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Ciências Experimentais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Ciências Experimentais AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática A 10º ano Ano Letivo 2015/2016 TEMA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2014 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Teoria Eletromagnética. CÓDIGO: MEE007 Validade: Carga Horária: 45 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Sistemas Elétricos / Formação Básica Ementa: Análise Vetorial. Equações

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais