Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.1"

Transcrição

1 Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.1 Módulo 10: Monitoração de Ambientes Autor: Rodrigo Hjort SERPRO / Coordenação Estratégica de Tecnologia / Curitiba Modificado em: 09/06/2010

2 Licença Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons 2

3 Ficha Técnica Tutorial Framework Demoiselle Autor Rodrigo Hjort Serpro / Coordenação Estratégica de Tecnologia Regional Curitiba (CTCTA) Revisor Thiago de Lima Mariano Serpro / Coordenação Estratégica de Tecnologia Regional Salvador (CTSDR) 3

4 Agenda Agenda Definições iniciais Tecnologias SNMP e JMX Modalidades de monitoração Abordagem genérica SNMP Agent e Trapper Abordagem específica Zabbix Agent e Trapper Outros artefatos técnicos Checkers, Appenders e Listeners 4

5 Demoiselle Monitoring Componente Definições Fornece artefatos destinados à monitoração de aplicações em Java Modalidades: Polling e Trapping Servidores: SNMP e Zabbix 5

6 O Protocolo SNMP Comandos GET GETNEXT SET TRAP GETBULK* INFORM* Versões SNMPv1 SNMPv2c SNMPv3 6

7 SNMPv3: Segurança SNMPv3 SNMPv3 == SNMPv2 SNMPv2 ++ segurança segurança 7

8 A Tecnologia JMX JSR JMX 1.2 JMX 2.0 MBeans 8

9 Modalidades de Monitoração Polling (pull / active check) Coleta iniciada pelo servidor em intervalos regulares Configuração centralizada Trapping (push / passive check) Evento iniciado pelo host monitorado Notificações e mensagens tempestivas 9

10 Arquitetura genérica com SNMP : Suíte Especializada (ex: ZABBIX) Agente SNMP UDP :162 5 Trapper SNMP 2 MB 3 MB JMX 4 Servidor Monitorador Aplicação A MB 4 Aplicação B Servidor Java EE (JBoss) Host Monitorado Polling: - 1: Coleta de indicador de forma periódica ou sob demanda (SNMP GET) e alteração de valores de objetos (SNMP SET) através de requisição a um Agente SNMP - 2: Requisição local via JMX na mesma JVM do servidor JEE - 3: Consulta do requisito específico da aplicação através de um ManagedBean Trapping: - 4: Envio de notificação sobre comportamento ou situação anormal na aplicação ou indisponibilidade de serviços externos à um componente Trapper SNMP - 5: Envio de requisição especializada (SNMP TRAP) à um servidor SNMP externo 10

11 Árvore de Serviços (MIB Tree) PEN do SERPRO MIB (Management Information Base): banco de dados virtual organizado hierarquicamente usado para gerenciar as entidades em uma rede de comunicações Clientes / Sistemas Aplicações Requisitos de Negócio Monitoração do Ambiente 11

12 Implementação de Polling = = " ") public class EscolaMonitoring implements EscolaMonitoringMBean = ".1", type = Gauge32.class) public long getqtdalunosmatriculados() = ".2", type = Counter32.class) public int getqtdturmasincluidas() = ".4", access = AccessMode.READ_WRITE, type = OctetString.class) public String getversaoaplicacao() {... 12

13 Configuração do Agente SNMP # enable a SNMP agent that provides a given MIB tree monitoring.snmp.agent.enabled = true # the network protocol to be used (udp or tcp) monitoring.snmp.agent.protocol = udp snmp.properties # the port that the agent listens on (default 1161) monitoring.snmp.agent.port = 1161 # the address to listen on, or '*' to listen on any available address monitoring.snmp.agent.address = * # the MIB root to be considered monitoring.snmp.agent.mib.root = # MBeans to be exported as MIB trees monitoring.snmp.agent.mibs = br.gov.component.demoiselle.monitoring.mbean.demoisellemonitoring, br.gov.sample.demoiselle.escola.monitoring.mbean.escolamonitoring, br.gov.component.demoiselle.monitoring.mbean.jvmmonitoring # security settings (particularly for SNMPv3) monitoring.snmp.agent.security = snmp-security.xml 13

14 Coleta de Valores nas MIBs SNMP snmp*: walk, get, getnext, set 14

15 Definição de Segurança (SNMPv3) <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <snmp-security> <security> <user name="escola"> <auth protocol="sha" pass="senha123" /> <priv protocol="aes" pass="senha456" /> </user> <user name="zabbix"> <auth protocol="md5" pass="senha321" /> <priv protocol="des" pass="senha654" /> </user> </security> <access-control> <views> <view name="escolareadview"> <include subtree=" " /> </view> <view name="escolawriteview"> <include subtree=" " /> </view> <view name="escolanotifyview"> <include subtree=" " /> </view> </views> <groups> <group name="v3escola"> <security name="escola" model="usm" /> <security name="zabbix" model="usm" /> <access model="usm" auth="true" priv="true" exact="true"> <read view="escolareadview" /> <write view="escolawriteview" /> <notify view="escolanotifyview" /> </access> </group> </groups> </access-control> </snmp-security> Usuários (USM) Visões (VACM) Grupos e Controle de Acesso snmp-security.xml 15

16 Implementação de Trapping = " ") public class EscolaSNMPTrapper extends SNMPTrapper implements IEscolaTrapper = TrapType.ENTERPRISE_SPECIFIC, specifictype = 12345, variablebindings = = ".1", type = = ".2", type = = ".3", type = Counter32.class)) public void sendmessage(string message, int level, int value) = 15, variablebindings = = ".1", type = = ".2", type = Gauge32.class)) public void senddatabaseinfo(string datasource, int connections) = 5, variablebindings = ".1", type = OctetString.class)) public void sendfailure(string message) { 16

17 Configuração do Trapper SNMP # enable a SNMP trapper that sends data to the server monitoring.snmp.trapper.enabled = true snmp.properties # the network protocol to be used (udp or tcp) monitoring.snmp.trapper.protocol = udp # name or IP address of the machine that SNMP server runs on monitoring.snmp.trapper.server = # the port of SNMP on its server (default 162) monitoring.snmp.trapper.port = 162 # name of the community to be considered monitoring.snmp.trapper.community = public # SNMP version (v1, v2c or v3) monitoring.snmp.trapper.version = v1 # enterprise OID for sending traps monitoring.snmp.trapper.enterprise_oid = # default generic trap type monitoring.snmp.trapper.generic_type = 6 # default specific trap type monitoring.snmp.trapper.specific_type = 1 # default application trap OID for sending traps monitoring.snmp.trapper.application_trap_oid =

18 Envio e Recebimento de Traps public class CustomTrappersUsage { public void dosomethinggood() { IEscolaTrapper trapper = EscolaSNMPTrapper.getInstance(); trapper.sendheapmemoryused(); trapper.senddatabaseinfo("db1", 500); public void dosomethingbad() { try { throw new Exception("An error occurred intentionally"); catch (Exception e) { EscolaSNMPTrapper.getInstance(). sendfailure(e.getmessage()); 18

19 Arquitetura específica com Zabbix : Suíte Especializada (ex: ZABBIX) TCP : MB Agente Zabbix 2 3 JMX Trapper Zabbix Servidor Monitorador MB MB 4 4 Aplicação A Aplicação B Servidor Java EE (JBoss) Host Monitorado Polling: - 1: Coleta de indicador de forma periódica ou sob demanda (polling) usando o protocolo v1.4 do Zabbix através de requisição a um Agente Zabbix - 2: Requisição local via JMX na mesma JVM do servidor JEE - 3: Consulta do requisito específico da aplicação através de um MBean Trapping: - 4: Envio de notificação sobre comportamento ou situação anormal na aplicação ou indisponibilidade de serviços externos a um componente Trapper Zabbix - 5: Envio de requisição especializada (trapping) a um servidor Zabbix 19

20 Implementação de Polling = "br.gov.demoiselle:name=escola") public class EscolaMonitoring implements EscolaMonitoringMBean { public long getqtdalunosmatriculados() {... public int getqtdturmasincluidas() {... public String getultimousuariologado() {... public String getversaoaplicacao() {... Again! 20

21 Configuração do Agente Zabbix # enable a Zabbix agent that handles JMX queries monitoring.zabbix.agent.enabled = true # the port that the agent listens on (default 10052) monitoring.zabbix.agent.port = # the address to listen on, or '*' to listen on any available address monitoring.zabbix.agent.address = * # protocol version to use (default 1.4) monitoring.zabbix.agent.protocol = 1.4 zabbix.properties 21

22 Implementação de Trapping public class EscolaZabbixTrapper extends ZabbixTrapper implements IEscolaTrapper = "escola.message") public void sendfailure(string message) = "escola.database[*]") public void senddatabaseinfo( String datasource, int connections) { Chave (Key) do Zabbix parametrizada com = "escola.versao", mbeanname = "br.gov.demoiselle:name=escola", mbeanattribute = "VersaoAplicacao") public void sendversaoaplicacao() = "escola.memory[used]", mbeanname = "java.lang:type=memory", mbeanattribute = "HeapMemoryUsage.used") public void sendheapmemoryused() { Invocação de MBeans da JVM ou customizados 22

23 Configuração do Trapper Zabbix # enable a Zabbix trapper that sends data to the server monitoring.zabbix.trapper.enabled = true # name or IP address of the machine that Zabbix runs on monitoring.zabbix.trapper.server = # the port of Zabbix on its server (default 10051) monitoring.zabbix.trapper.port = # name of the host as defined in the hosts section in Zabbix monitoring.zabbix.trapper.host = Armenia Zabbix # schedule automatic trapping of active checks monitoring.zabbix.trapper.active_checks = false zabbix.properties 23

24 Envio de Traps ao Zabbix public class CustomTrappersUsage { public void dosomethinggood() { IEscolaTrapper trapper = EscolaZabbixTrapper.getInstance(); trapper.sendheapmemoryused(); trapper.senddatabaseinfo("db1", 500); ZabbixTrapper.getInstance(). send("escola.message", "Hello Zabbix"); public void dosomethingbad() { try { throw new Exception("An error occurred intentionally"); catch (Exception e) { EscolaZabbixTrapper.getInstance(). sendfailure(e.getmessage()); 24

25 Checkers (Verificadores) public class EscolaChecker extends GenericChecker private EscolaSNMPTrapper private EscolaZabbixTrapper = 30, unit = TimeUnit.SECONDS) public void checkdatabases() { snmptrapper.senddatabaseinfo("db1", conn1); snmptrapper.senddatabaseinfo("db3", = 1, unit = TimeUnit.MINUTES) public void checkusedmemory() { snmptrapper.sendheapmemoryused(); zabbixtrapper.sendheapmemoryused(); 25

26 Log4j Trapping Appenders public class LogAppendersUsage { private static final Logger log = Logger.getLogger(LogAppendersUsage.class); public static void main(string[] args) { log.debug("debug Message"); log.info("info Message"); log.warn("warning Message"); log.error("error Message"); # Zabbix Log4j Appender log4j.appender.zabbix=br.gov.component.demoiselle.monitoring.logger.zabbix.zabbixappender log4j.appender.zabbix.layout=org.apache.log4j.patternlayout log4j.appender.zabbix.layout.conversionpattern=[%d{mmm dd HH:mm:ss] %-5p (%F:%L) - %m%n log4j.appender.zabbix.threshold=error log4j.appender.zabbix.key=escola[logger] # SNMP Log4j Appender log4j.appender.snmp=br.gov.component.demoiselle.monitoring.logger.snmp.snmpappender log4j.appender.snmp.layout=org.apache.log4j.patternlayout log4j.appender.snmp.layout.conversionpattern=[%d{mmm dd HH:mm:ss] %-5p (%F:%L) - %m%n log4j.appender.snmp.threshold=error log4j.appender.snmp.enterpriseoid= log4j.appender.snmp.generictraptype=6 log4j.appender.snmp.specifictraptype=15 log4j.appender.snmp.applicationtrapoid=

27 Servlet Context Listeners (Web) <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <web-app... version="2.5">... <!-- Demoiselle Monitoring Configuration --> <!-- SNMP --> <listener> <listener-class> br.gov.component.demoiselle.monitoring.web.snmp.snmplistener </listener-class> </listener> <!-- Zabbix --> <listener> <listener-class> br.gov.component.demoiselle.monitoring.web.zabbix.zabbixlistener </listener-class> </listener>... </web-app> WEB-INF/web.xml 27

28 Configurações Gerais MBeans # JMX MBeans to be loaded on application startup component.demoiselle.monitoring.jmx.mbeans = br.gov.sample.demoiselle.escola.monitoring.mbean.escolamonitoring, br.gov.component.demoiselle.monitoring.mbean.demoisellemonitoring, br.gov.component.demoiselle.monitoring.mbean.jvmmonitoring # Custom trapper classes to be loaded on application startup Trappers component.demoiselle.monitoring.trappers = br.gov.sample.demoiselle.escola.monitoring.snmp.escolasnmptrapper, br.gov.sample.demoiselle.escola.monitoring.zabbix.escolazabbixtrapper Checkers # Custom checker classes to be loaded on application startup component.demoiselle.monitoring.checkers = br.gov.sample.demoiselle.escola.monitoring.checker.escolachecker demoiselle.properties 28

29 Pontos de = = ".1.5.2") public class JVMMonitoring implements JVMMonitoringMBean = ".1", access = AccessMode.READ_ONLY, type = Gauge32.class) public int getloadedclasscount() { Integer value = (Integer) MBeanHelper.query( "java.lang:type=classloading", "LoadedClassCount"); return = ".2", access = AccessMode.READ_ONLY, type = Gauge32.class) public long getheapmemoryused() { Long value = (Long) MBeanHelper.query( "java.lang:type=memory", "HeapMemoryUsage.used"); return value; MBeans pré-definidas 29

30 Laboratório Laboratório 10 Exercício 10 Objetivos Implementar polling e trapping SNMP Implementar polling e trapping Zabbix Implementar checkers Utilizar trapping padrão e appenders Log4j 30

31 Contato Tutorial Framework Demoiselle Comunidade Demoiselle Colaborações Lista 31

Tutorial Módulo 10 Monitoração de Ambientes

Tutorial Módulo 10 Monitoração de Ambientes LABORATÓRIO 10 Monitoração de Este laboratório tem por objetivo exercitar o uso das ferramentas especializadas para a monitoração de aplicações Java através dos servidores SNMP (genérico) e Zabbix (específico)

Leia mais

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Módulo 07: Outros Componentes Autor: Rodrigo Hjort Serpro / Coordenação Estratégica de Tecnologia / Curitiba www.frameworkdemoiselle.org.br Modificado

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES SIMPLE NETWORK MANAGEMENT PROTOCOL (SNMP)

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES SIMPLE NETWORK MANAGEMENT PROTOCOL (SNMP) GESTÃO DE SISTEMAS E REDES SIMPLE NETWORK MANAGEMENT PROTOCOL (SNMP) OUTLINE SIMPLE NETWORK MANAGEMENT PROTOCOL ESTRUTURA DA INFORMAÇÃO DE GESTÃO PROTOCOLO SNMPV1 SNMPV2 SNMPV3 SNMP NO IOS SNMP NO PACKET

Leia mais

Universidade Católica do Salvador CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA

Universidade Católica do Salvador CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA Universidade Católica do Salvador CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA O Protocolo SNMP Por Lécia de Souza Oliveira Índice Página 2... O que é SNMP? Histórico Página 3 e 4... Estrutura Geral do Sistema

Leia mais

3. O protocolo SNMP 1

3. O protocolo SNMP 1 3. O protocolo SNMP 1 Veicula informações de gerência transporte de valores das MIBs Interações sem conexão Mensagens em UDP/IP portas 161 e 162 pacotes de tamanho variável Mensagens auto-contidas formato

Leia mais

INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES

INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES 1 Resumo 2 INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES Parte 7 Introdução à Gerência de Redes Introdução Segurança SNMPv1, SNMPv2 Segurança SNMPv3 Prof. Pedro S. Nicolletti (Peter), 2013 Introdução 3 4 Com o

Leia mais

INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES

INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES 1 INTERCONEXÃO DE REDES DE COMPUTADORES Parte 7 Introdução à Gerência de Redes Prof. Pedro S. Nicolletti (Peter), 2013 Resumo 2 Conceitos Básicos de SNMP Introdução Arquitetura MIB Segurança SNMPv1, SNMPv2

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II Slide 1 Gerenciamento de Redes Gerenciamento de redes inclui o fornecimento, a integração e a coordenação de hardware, software e elementos humanos para monitorar, testar, configurar,

Leia mais

3. O protocolo SNMP. Managed system. Management system. resources. management application. MIB objects. SNMP manager UDP IP. IP link.

3. O protocolo SNMP. Managed system. Management system. resources. management application. MIB objects. SNMP manager UDP IP. IP link. 3. O protocolo SNMP Veicula informações de gerência transporte de valores das MIBs Interações sem conexão Mensagens em UDP/IP portas e 162 pacotes de tamanho variável Mensagens auto-contidas formato Type

Leia mais

Gerência de Redes de Computadores - SNMPv1 & SNMPv2c

Gerência de Redes de Computadores - SNMPv1 & SNMPv2c Gerência de Redes de Computadores - SNMPv1 & SNMPv2c Prof.: Helcio Wagner / Iguatemi Eduardo Agosto de 2009. p.1/50 Gerência Internet = Introdução Nos primórdios da Internet, as únicas ferramentas utilizadas

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP 1 MIBs RMON No Linux os arquivos MIB são armazenados no diretório /usr/share/snmp/mibs. Cada arquivo MIB

Leia mais

MIB (Management Information Base) Objetos Gerenciados Um objeto gerenciado é a visão abstrata.

MIB (Management Information Base) Objetos Gerenciados Um objeto gerenciado é a visão abstrata. MIB (Management Information Base) Objetos Gerenciados Um objeto gerenciado é a visão abstrata. A MIB é o conjunto dos objetos gerenciados. Basicamente são definidos três tipos de MIBs: MIB II, MIB experimental

Leia mais

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB)

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB) Uma Introdução à Arquitetura Francisco C. R. Reverbel 1 Copyright 1998-2006 Francisco Reverbel O Object Request Broker (ORB) Via de comunicação entre objetos (object bus), na arquitetura do OMG Definido

Leia mais

Objetivo Geral - Apender conceitos, protocolos e técnicas na gerencia de redes

Objetivo Geral - Apender conceitos, protocolos e técnicas na gerencia de redes Aula 5 - Projeto de Lei 2126/11 (Marco Civil da Internet). Gerência de Redes de Computadores Objetivo Geral - Apender conceitos, protocolos e técnicas na gerencia de redes Objetivos Específicos - Entender

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP Net-SNMP (http://www.net-snmp.org) é um conjunto de aplicações usado para implementar SNMPv1, SNMPv2 e SNMPv3.

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Gestão de redes. Protocolo SNMP. Maio de 2010 1 Gestão de redes Gestão de redes refere-se neste contexto às actividades relacionadas com a manutenção do bom funcionamento de um conjunto

Leia mais

Nesta sessão introduziremos os conceitos básicos do Cacti, e como fazer para instalá-lo em seu computador.

Nesta sessão introduziremos os conceitos básicos do Cacti, e como fazer para instalá-lo em seu computador. Cacti é uma ferramenta gráfica de gerenciamento de dados de rede que disponibiliza a seus usuários uma interface intuitiva e bem agradável de se usar, sendo acessível a qualquer tipo de usuários. Este

Leia mais

Enterprise Java Beans

Enterprise Java Beans Enterprise Java Beans Prof. Pasteur Ottoni de Miranda Junior DCC PUC Minas Disponível em www.pasteurjr.blogspot.com 1-O que é um Enterprise Java Bean? O Entertprise Java Bean (EJB) é um componente server-side

Leia mais

Gerenciamento de Redes - Evolução. Gerenciamento de Rede. Gerenciamento de Rede NOC NOC

Gerenciamento de Redes - Evolução. Gerenciamento de Rede. Gerenciamento de Rede NOC NOC s - Evolução 1970s 1970s 1980s 1980s Dispositivos 1990s 1990s Browser A Web Server Mainframe Estação Gerenciadora Browser C Browser B NOC (Network( Operation Center) Conjunto de atividades para manter

Leia mais

Plataforma para Agentes

Plataforma para Agentes Plataforma para es JATLite - Java Template, Lite O que é o JATLite? http://java.stanford.edu/ http://www.fe.up.pt/~eol/aiad/jatlite/doc/index.html Pacote de programas em Java permitindo: rápida criação

Leia mais

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE Sistemas Distribuídos Ciência da Computação Prof. Jesus José de Oliveira Neto Web Services (continuação) WSDL - Web Service Definition Language WSDL permite descrever o serviço que será oferecido

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Prof. Adriano Avelar Site: www.adrianoavelar.com Email: eam.avelar@gmail.com Relembrando... Mecanismos de Comunicação Middleware Cenário em uma rede Local

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Ferramentas de gestão de rede Adriano Lhamas, Berta Batista, Jorge Pinto Leite Maio de 2007 Ferramentas de gestão de rede Necessidade O Internet Activities Board recomenda que todas as implementações IP

Leia mais

Monitorização da Rede. Simple Network Management Protocol (SNMP).

Monitorização da Rede. Simple Network Management Protocol (SNMP). Capítulo 15 Monitorização da Rede. Simple Network Management Protocol (SNMP). Uma das mais importantes tarefas de um administrador de uma rede informática é monitorizar o tráfego na rede, Detectar perdas

Leia mais

Lista 3 Exercícios de Gestão de Redes

Lista 3 Exercícios de Gestão de Redes 1. Quais os fatores que contribuem para o sucesso de uma operação de gerenciamento? O sucesso de uma operação de Gerenciamento depende dos seguintes fatores: O sistema de gerenciamento invocador deve ter

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

WebWork 2. João Carlos Pinheiro. jcpinheiro@cefet-ma.br

WebWork 2. João Carlos Pinheiro. jcpinheiro@cefet-ma.br WebWork 2 João Carlos Pinheiro jcpinheiro@cefet-ma.br Versão: 0.5 Última Atualização: Agosto/2005 1 Agenda Introdução WebWork 2 & XWork Actions Views Interceptadores Validação Inversão de Controle (IoC)

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos

Invocação de Métodos Remotos Invocação de Métodos Remotos Java RMI (Remote Method Invocation) Tópicos Tecnologia RMI Introdução Modelo de camadas do RMI Arquitetura Fluxo de operação do RMI Passos para implementação Estudo de caso

Leia mais

Gestão de Redes e Sistemas Distribuídos

Gestão de Redes e Sistemas Distribuídos Gestão de Redes e Sistemas Distribuídos Setembro 2006 Arquitecturas de Gestão Arquitectura de Gestão SNMPv1 (Parte II) Sumário???? Módulo II: Arquitecturas de Gestão Conceito de arquitectura de Gestão

Leia mais

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Módulo 08: Segurança Certificados Digitais www.frameworkdemoiselle.org.br Autor: Emerson Sachio Saito Serpro / Coordenação Estratégica de Tecnologia

Leia mais

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Java Básico Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Classes Abstratas construção de uma classe abstrata construção de classes derivadas Classes e Herança Uma classe define

Leia mais

Acesso direto. canal. System call. System call S.O.

Acesso direto. canal. System call. System call S.O. Inter-process Comunicação Communication(IPC) Memória entre compartilhada processos Java Sockets Sinais Pipes Comunicação Processos RMI Hardware Um processo oferece executam entre não acessa proteção processos

Leia mais

Application Notes: SNMP. Configuração do protocolo SNMP

Application Notes: SNMP. Configuração do protocolo SNMP Application Notes: SNMP Configuração do protocolo SNMP Application Notes: SNMP Configuração do protocolo SNMP. Data 10/05/2010, Revisão 1.1 Introdução Desenvolvimento Configurando o Protocolo SNMP Traps

Leia mais

Autenticação e Controle de Acesso

Autenticação e Controle de Acesso J530 - Enterprise JavaBeans Autenticação e Controle de Acesso Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br 1 Controle de acesso a autenticação A especificação EJB define controle de acesso a métodos

Leia mais

J550. Model View Controller

J550. Model View Controller J550 Model View Controller 1 Design de aplicações JSP Design centrado em páginas Aplicação JSP consiste de seqüência de páginas (com ou sem beans de dados) que contém código ou links para chamar outras

Leia mais

The Simple Network Management Protocol, version 1

The Simple Network Management Protocol, version 1 SNMPv1 The Simple Network Management Protocol, version 1, 2007 1 O Protocolo A versão original do SNMP derivou do Simple Gateway Monitoring Protocol (SGMP) em 1988 RFC1157, STD0015 A Simple Network Management

Leia mais

Rede de Computadores II

Rede de Computadores II Rede de Computadores II Slide 1 SNMPv1 Limitações do SNMPv1 Aspectos que envolvem segurança Ineficiência na recuperação de tabelas Restrito as redes IP Problemas com SMI (Structure Management Information)

Leia mais

Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre

Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre Sistemas Distribuídos e Tolerância a Falhas Mestrado em Engenharia Informática 1ª ano / 2ª semestre Prática: 1 - A plataforma JEE (Java Enterprise Edition) UBI, DI, Paula Prata SDTF T01 1 Arquitectura

Leia mais

ARQUITETURA SISGRAD. Manual de Utilização. Versão: 2.0. Criação: 05 de julho de 2007 Autor: André Penteado

ARQUITETURA SISGRAD. Manual de Utilização. Versão: 2.0. Criação: 05 de julho de 2007 Autor: André Penteado ARQUITETURA SISGRAD Manual de Utilização Versão: 2.0 Criação: 05 de julho de 2007 Autor: André Penteado Última Revisão: 09 de outubro de 2009 Autor: Alessandro Moraes Controle Acadêmico - Arquitetura SISGRAD

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos e as características do protocolo SNMP.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos e as características do protocolo SNMP. Simple Network Management Protocol (SNMP) Este tutorial apresenta os conceitos básicos e as características do protocolo SNMP. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 25/04/2005).

Leia mais

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

JDBC Acessando Banco de Dados

JDBC Acessando Banco de Dados Acessando Banco de Dados Objetivos Entender o que são Drivers. Diferenciar ODBC, JDBC e DRIVERMANAGER. Desenvolver uma aplicação Java para conexão com Banco de Dados. Criar um objeto a partir da classe

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Gerência de Redes. Arquitetura de Gerenciamento. filipe.raulino@ifrn.edu.br

Gerência de Redes. Arquitetura de Gerenciamento. filipe.raulino@ifrn.edu.br Gerência de Redes Arquitetura de Gerenciamento filipe.raulino@ifrn.edu.br Sistema de Gerência Conjunto de ferramentas integradas para o monitoramento e controle. Possui uma interface única e que traz informações

Leia mais

Java RMI. Alcides Calsavara

Java RMI. Alcides Calsavara Java RMI Alcides Calsavara Objetivos Permitir que um método de uma classe Java em execução em uma máquina virtual JVM chame um método de um objeto (instância de uma classe Java) situado em outra máquina

Leia mais

J550 Integração com Bancos de Dados

J550 Integração com Bancos de Dados J550 Integração com Bancos de Dados Helder da Rocha (helder@acm.org) www.argonavis.com.br 1 Objetivos Este módulo apresenta estratégias para conectar servlets com a camada de dados usando um DAO - Data

Leia mais

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia UNISUL 2013 / 1 Universidade do Sul de Santa Catarina Engenharia Elétrica - Telemática 1 Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia Aula 4 Ferramentas de Gerência de Redes Sistema de Gerência

Leia mais

Java Spaces Exemplos

Java Spaces Exemplos Java Spaces Exemplos Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java Spaces - Exemplos V0 1 Autoria! Autores! Local " Cláudio Geyer " Instituto de Informática " UFRGS " disciplina: Programação com

Leia mais

Monitoração de Serviços com Software Livre

Monitoração de Serviços com Software Livre Monitoração de Serviços com Software Livre Palestrantes Adail Horst Fátima Tonon Agenda Serviço Monitoração, desafios, metas e artefatos Zabbix Exemplos de visões da monitoração Extensões ao Zabbix desenvolvidas

Leia mais

Gerência e Segurança de Redes

Gerência e Segurança de Redes Gerência e Segurança de Redes Modelos filipe.raulino@ifrn.edu.br SNMP e CMIP SNMP x CMIP O ambiente de gerenciamento OSI é composto por gerentes, agentes e objetos gerenciados. Um gerente transmite operações

Leia mais

RMON Remote Network Monitoring

RMON Remote Network Monitoring RMON Remote Network Monitoring!"#$%&'(() $&*+, -. / /01 / 2 34 São dispositivos usados para estudar o trafego na rede como um todo, Produzem informação de sumário, incluindo estatísticas de erro, estatísticas

Leia mais

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005 Java Básico Matrícula de Alunos Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br Novembro/2005 Objetivos OO: trocar mensagens entre os objetos Exception: tratar exceções Análise: implementar

Leia mais

Hoje em dia é muito comum utilizar uma API de logging de mensagens como o Log4j para indicar os comportamentos de uma aplicação.

Hoje em dia é muito comum utilizar uma API de logging de mensagens como o Log4j para indicar os comportamentos de uma aplicação. Introdução Hoje em dia é muito comum utilizar uma API de logging de mensagens como o Log4j para indicar os comportamentos de uma aplicação. O Log4j é um é um projeto open source distribuído pela Apache

Leia mais

Redes de Computadores. 1 Questões de múltipla escolha. TE090 - Prof. Pedroso. 30 de novembro de 2010. Exercício 1: Considere:

Redes de Computadores. 1 Questões de múltipla escolha. TE090 - Prof. Pedroso. 30 de novembro de 2010. Exercício 1: Considere: TE090 - Prof. Pedroso 30 de novembro de 2010 1 Questões de múltipla escolha Exercício 1: Considere: I. O serviço de DNS constitui-se, em última instância, de um conjunto de banco de dados em arquitetura

Leia mais

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Objetivos Conceito de exceções Tratar exceções pelo uso de try, catch e

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Marcelo Lobosco DCC/UFJF Comunicação em Sistemas Distribuídos Aula 06 Agenda Modelo Cliente-Servidor (cont.) Invocação Remota de Método (Remote Method Invocation RMI) Visão Geral

Leia mais

Programação com sockets (em Java)

Programação com sockets (em Java) com sockets (em Java) Prof. Dr. Julio Arakaki Depto. Ciência da 1 Comunicação entre processos // aplicações - é um dos mecanismos mais utilizados - Java oferece modos de utilização:. TCP ( Transmission

Leia mais

Laboratório Configuração do SNMP

Laboratório Configuração do SNMP Topologia Tabela de Endereçamento Objetivos Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway padrão R1 G0/1 192.168.1.1 255.255.255.0 N/A S0/0/0 192.168.2.1 255.255.255.252 N/A R2 S0/0/0 192.168.2.2

Leia mais

TUTORIAL JAVA AS - HTTP CLIENT COMPOSITION ENVIROMENT 7.1

TUTORIAL JAVA AS - HTTP CLIENT COMPOSITION ENVIROMENT 7.1 TUTORIAL JAVA AS - HTTP CLIENT COMPOSITION ENVIROMENT 7.1 FABIO HAIDER 2008 C O N T E Ú D O : 1 HTTP Client...3 1.1 Arquitetura...3 1.2 Usando HTTP Client...3 1.2.1 Usuário...3 1.2.2 Implementação HTTP

Leia mais

Sistemas Operacionais: Threads

Sistemas Operacionais: Threads Sistemas Operacionais: Threads Threads Única linha de execução x múltiplas linhas de execução Benefícios Tempo de resposta Compartilhamento de recursos Economia de recursos Desempenho em arquiteturas multiprocessadas

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Configuração de Cliente de Web Service HTTPS

Configuração de Cliente de Web Service HTTPS Configuração de Cliente de Web Service HTTPS Envio de registros civis ao SIRC através de Central de Registros Civis Configurando_Cliente_de_Web_Service_HTTPS.odt 1 de 20 Histórico de Revisões Data Versão

Leia mais

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente Java RMI - Remote Method Invocation Callbacks Folha 9-1 Vimos, na folha prática anterior, um exemplo muito simples de uma aplicação cliente/ servidor em que o cliente acede à referência remota de um objecto

Leia mais

Invocação Remota MC704

Invocação Remota MC704 Invocação Remota MC704 Aplicações distribuídas Aplicação distribuída: conjunto de processos que cooperam entre si para prover um serviço ou realizar uma computação normalmente processos precisam invocar

Leia mais

Desafios de Gerência e Segurança de Redes

Desafios de Gerência e Segurança de Redes Desafios de Gerência e Segurança de Redes Elias Procópio Duarte Jr. DInfo /UFPR Itaipu - Julho de 2003 E.P. Duarte Jr. - UFPR Roteiro Sistemas Integrados de Gerência de Redes Funcionalidade O Desafio da

Leia mais

Capítulo 9. Gerenciamento de rede

Capítulo 9. Gerenciamento de rede 1 Capítulo 9 Gerenciamento de rede 2 Redes de computadores I Prof.: Leandro Soares de Sousa E-mail: leandro.uff.puro@gmail.com Site: http://www.ic.uff.br/~lsousa Não deixem a matéria acumular!!! Datas

Leia mais

Prova Específica Cargo Desenvolvimento

Prova Específica Cargo Desenvolvimento UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Centro de Educação Aberta e a Distância CEAD/UFPI Rua Olavo Bilac 1148 - Centro CEP 64.280-001 Teresina PI Brasil Fones (86) 3215-4101/ 3221-6227 ; Internet: www.uapi.edu.br

Leia mais

PROTÓTIPO TIPO DE UM SOFTWARE AGENTE SNMP PARA REDE WINDOWS

PROTÓTIPO TIPO DE UM SOFTWARE AGENTE SNMP PARA REDE WINDOWS UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU BACHARELADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO PROTÓTIPO TIPO DE UM SOFTWARE AGENTE SNMP PARA REDE WINDOWS Acadêmico: Luciano Waltrick Goeten Orientador: Prof. Sérgio Stringari

Leia mais

Gestão de redes e SNMP. Laboratório de Redes 2008/2009

Gestão de redes e SNMP. Laboratório de Redes 2008/2009 Gestão de redes e SNMP Laboratório de Redes 2008/2009 Gestão de redes: Motivação Num mundo perfeito as redes não necessitariam de gestão, simplesmente funcionariam No entanto... O equipamento tende a avariar

Leia mais

LDAP - Tópicos. O que é um Diretório? Introdução. História do LDAP. O que é o LDAP? 5/22/2009

LDAP - Tópicos. O que é um Diretório? Introdução. História do LDAP. O que é o LDAP? 5/22/2009 LDAP - Tópicos Leoncio Regal Dutra Mestre em Engenharia Elétrica Telecomunicações leoncioregal@gmail.com Introdução Definições Funcionamento Segurança Otimizações do LDAP Exemplos Conclusão 2 Introdução

Leia mais

Monitoramento com Software Livre Zabbix

Monitoramento com Software Livre Zabbix Monitoramento com Software Livre Zabbix Adail Spínola - SERPRO FLISOL - DF, 2013 Agenda Serviço Monitoração, desafios, metas e artefatos Zabbix Exemplos de visões da monitoração Extensões ao Zabbix (zabbix-extras)

Leia mais

Técnicas de Gerencia de Redes

Técnicas de Gerencia de Redes Técnicas de Gerencia de Redes Revisão AV3 Parte 1: Conceitos e Melhores Práticas Parte 2: SNMP Parte 3: Mibs HR e HcDavis Parte 4: Zabbix Parte 5: Ferramentas de Rede 1 Parte 1: Conceitos e Melhores Práticas

Leia mais

Utilização do Appia. Tolerância a Faltas Distribuída 2003/04. Nuno Carvalho nunomrc@di.fc.ul.pt

Utilização do Appia. Tolerância a Faltas Distribuída 2003/04. Nuno Carvalho nunomrc@di.fc.ul.pt Utilização do Appia Tolerância a Faltas Distribuída 2003/04 Nuno Carvalho nunomrc@di.fc.ul.pt Appia Framework para execução e composição de protocolos. Comunicação efectuada por eventos Entre camadas e

Leia mais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI JAVA MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Protocolo Requesição-Respostal Camadas Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI REMOTE METHOD INVOCATION Invocação remota

Leia mais

Cacti 4 de fevereiro de 2010

Cacti 4 de fevereiro de 2010 4 de fevereiro de 2010 Sumário 1 Introdução 2 2 Pré-requisitos 2 3 Instalação 2 3.1 Instalando os pacotes necessários................ 3 4 Configuração 3 4.1 Configurando o MySQL..................... 3

Leia mais

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Descrição Implemente nesta atividade de laboratório um programa em Java utilizando threads

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

Tecnologia Java. Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br

Tecnologia Java. Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br Tecnologia Java Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br Origem da Tecnologia Java Projeto inicial: Oak (liderado por James Gosling) Lançada em 1995 (Java) Tecnologia

Leia mais

Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix

Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix Faculdade Lourenço Filho Curso Redes de Computadores Disciplina:

Leia mais

Descritivo Técnico. SLAView - Descritivo Técnico Build 5.0 release 4 16/02/2011 Página 1

Descritivo Técnico. SLAView - Descritivo Técnico Build 5.0 release 4 16/02/2011 Página 1 Descritivo Técnico 16/02/2011 Página 1 1. OBJETIVO O SLAview é um sistema de análise de desempenho de redes IP por meio da monitoração de parâmetros de SLA (Service Level Agreement, ou Acordo de Nível

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 3 Invocação de Objetos

Leia mais

Comunicação via Sockets. Prof. Orlando Loques - IC/UFF. versão 26-04-2001

Comunicação via Sockets. Prof. Orlando Loques - IC/UFF. versão 26-04-2001 Comunicação via Sockets Prof. Orlando Loques - IC/UFF versão 26-04-2001 Referências: - Slides Prof. Alexandre Sztajnberg, UERJ - Capítulo 15, Applied Operating System Concepts, Silberschatz & Galvin; Wiley

Leia mais

J2EE. J2EE - Surgimento

J2EE. J2EE - Surgimento J2EE Java 2 Enterprise Edition Objetivo: Definir uma plataforma padrão para aplicações distribuídas Simplificar o desenvolvimento de um modelo de aplicações baseadas em componentes J2EE - Surgimento Início:

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 USANDO O JSF Continuação Interdependência e Injeção Instâncias de Managed Beans podem conversar entre si para dividir o processamento das requisições dos usuários de acordo

Leia mais

Instalando e configurando SNMP no Linux

Instalando e configurando SNMP no Linux Compartilhar Denunciar abuso Próximo blog» Criar um blog Login Início Facebook Feeds do Elfo PESQUISAR ESTE BLOG powered by Pesquisar QUINTA-FEIRA, 14 DE ABRIL DE 2011 Instalando e configurando SNMP no

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation)

Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation) Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation) Programação com Objetos Distribuídos Um sistema de objetos distribuídos permite a operação com objetos remotos A partir de uma aplicação cliente

Leia mais

Administração de Redes I (LI) Ano, Semestre: 2, 1

Administração de Redes I (LI) Ano, Semestre: 2, 1 Administração de Redes I (LI) Ano, Semestre: 2, 1 Pedro M. M. Marques pedromarques.eng@gmail.com 1 OBJECTIVOS Compreender a importância da manutenção na conservação do bom estado de uma rede de comunicação;

Leia mais

Guia para Iniciantes do WebWork

Guia para Iniciantes do WebWork Guia para Iniciantes do WebWork Marcelo Martins Este guia descreve os primeiros passos na utilização do WebWork Introdução Desenvolver sistemas para Web requer mais do que simplesmente um amontoado de

Leia mais

Frameworks - Grails. Aécio Costa

Frameworks - Grails. Aécio Costa Aécio Costa Abstração que une códigos comuns entre vários projetos de software provendo uma funcionalidade genérica. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade

Leia mais

PROTÓTIPO DE UM AGENTE SNMP PARA UMA REDE LOCAL UTILIZANDO A PLATAFORMA JDMK

PROTÓTIPO DE UM AGENTE SNMP PARA UMA REDE LOCAL UTILIZANDO A PLATAFORMA JDMK UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (Bacharelado) PROTÓTIPO DE UM AGENTE SNMP PARA UMA REDE LOCAL UTILIZANDO A PLATAFORMA JDMK TRABALHO

Leia mais

Demoiselle Components

Demoiselle Components Demoiselle Components Guide Demoiselle Components Marlon Carvalho Rodrigo Hjort Sobre o Demoiselle Components... vii I. Demoiselle Mail... 1 1. Configuração

Leia mais

JPA: Persistência padronizada em Java

JPA: Persistência padronizada em Java JPA: Persistência padronizada em Java FLÁVIO HENRIQUE CURTE Bacharel em Engenharia de Computação flaviocurte.java@gmail.com Programação Orientada a Objetos X Banco de Dados Relacionais = Paradigmas diferentes

Leia mais

7 RTTI e Interfaces. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.

7 RTTI e Interfaces. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes. Desenvolvimento OO com Java 7 RTTI e Interfaces Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do

Leia mais

Ficha de Trabalho Prático Nº1- Parte II Gestão de Redes Internet. Ferramentas SNMP.

Ficha de Trabalho Prático Nº1- Parte II Gestão de Redes Internet. Ferramentas SNMP. Universidade do Minho - Dep. to Informática MIECOM, 4º Ano - 2º Semestre, 2009/2010 Gestão de Redes Ficha de Trabalho Prático Nº1- Parte II Gestão de Redes Internet. Ferramentas SNMP. Objectivos: Familiarização

Leia mais

Computação Paralela. Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho

Computação Paralela. Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Computação Paralela Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Dezembro 2005 Fases de desenvolvimento de aplicações paralelas

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores SNMP Simple Network Management Protocol 1 Histórico No final dos anos 70 não haviam protocolos de gerenciamento. A única ferramenta efetivamente usada para gerenciamento foi o Internet

Leia mais

EJB 3.1: A Community Update

EJB 3.1: A Community Update EJB 3.1: A Community Update Reza Rahman Autor, EJB 3 in Action Expert Group Member, Java EE 6 and EJB 3.1 Fundador, Cognicellence Julho de 2008 1 EJB 3.0: Revisão Breve > As grandes mudanças > EJB simplificado

Leia mais

Protocolos de gerenciamento

Protocolos de gerenciamento Protocolos de gerenciamento Os protocolos de gerenciamento têm a função de garantir a comunicação entre os recursos de redes homogêneas ou não. Com esse requisito satisfeito, operações de gerenciamento

Leia mais