ESTUDO SOBRE O PROTOCOLO SNMP E COMPARATIVO ENTRE FERRAMENTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO SOBRE O PROTOCOLO SNMP E COMPARATIVO ENTRE FERRAMENTAS"

Transcrição

1 ESTUDO SOBRE O PROTOCOLO SNMP E COMPARATIVO ENTRE FERRAMENTAS CURITIBA 2011

2 Jeferson de Oliveira Braga ESTUDO SOBRE O PROTOCOLO SNMP E COMPARATIVO ENTRE FERRAMENTAS Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Redes de Computadores e Segurança de Redes da Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológica da Universidade Tuiuti do Paraná, como requisito parcial para a obtenção do título de Especialista em Redes de Computadores e Segurança de Redes. Orientador: Prof.ME: Roberto Néia Amaral CURITIBA 2011

3 TERMO DE APROVAÇÃO Jeferson de Oliveira Braga ESTUDO SOBRE O PROTOCOLO SNMP E COMPARATIVO ENTRE FERRAMENTAS Esta monografia foi julgada e aprovada para a obtenção do grau de Especialista em Redes de computadores e segurança de redes no curso Redes de computadores da Universidade Tuiuti do Paraná. Curitiba, 15 de fevereiro de Redes de Computadores e Segurança de Redes Universidade Tuiuti do Paraná Orientador: Prof. ME Roberto Néia Amaral Universidade Tuiuti do Paraná - FATEC Prof. Esp. Luiz Altamir Corrêa Júnior Universidade Tuiuti do Paraná - FATEC Prof. Esp. Marcelo Soares Farias Universidade Tuiuti do Paraná - FATEC Profª. ME Ângela Zatti Universidade Tuiuti do Paraná - FATEC

4 RESUMO Este documento visa o estudo de ferramentas que localizam e monitoram os ativos de rede que utilizam o protocolo SNMP para armazenamento de informações sobre o ativo de rede. O estudo visa fazer um comparativo entre duas ferramentas que trabalham com estas informações mostrando as características de cada ferramenta. Com este estudo propõem-se aos administradores de rede ou gestores da área de infra estrutura a melhor utilização de cada ferramenta em seu ambiente, para que os mesmos consigam obter os melhores resultados na administração de suas redes. Palavras-chave: ativos de rede, monitoramento, gerenciamento, SNMP, redes.

5 ABSTRACT This paper aims at studying tools that locate and monitor active network using the SNMP protocol for storing information about the active network. The study aims to make a comparison between two tools that work with this information showing the characteristics of each tool. With this study we propose to network administrators or managers of infrastructure of the area the best use of every tool in your environment, so that they can obtain the best results in managing their networks. Keywords: network assets, monitoring, management, SNMP, networks.

6 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO GERENCIAMENTO DE REDES Arquitetura de gerenciamento de redes TCP/IP Porque do gerenciamento de Redes PROTOCOLO SNMP Componentes do SNMP Arquitetura Master Agent (agentes de gerenciamento) Management Station (Estação de gerenciamento) Mensagens MIB e MIB II FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO ZABBIX NAGIOS CACTI COMPARATIVO DAS FERRAMENTAS Zabbix nagios cacti CONCLUSÃO REFERÊNCIAS... 30

7 LISTA DE FIGURAS FIGURA 1 - ÁRVORE HIERARQUICA DA ESTRUTURA LÓGICA DA MIB FIGURA 2 - VISUALIZAÇÃO DO MAPA DE REDE NO ZABBIX FIGURA 3 - GERAÇÃO DE GRÁFICOS NO ZABBIX FIGURA 4 - GRÁFICO DE UTILIZAÇÃO DE UM ATIVO DE REDE FIGURA 5 - GRÁFICOS DE PERFORMANCE DO NAGIOS FIGURA 6 - HYPERMAP DO NAGIOS FIGURA 7 - GRÁFICOS DE UTILIZAÇÃO DE BANDA DE UM ATIVO FIGURA 8 - LISTA DE ATIVOS MONITORADOS... 25

8 8 1 INTRODUÇÃO Com o avanço das tecnologias de rede de computadores a administração destas redes exige cada vez mais dos administradores redes, pois é necessário ter um controle de todos os equipamentos dentro da rede, para que não haja contratempos em caso de uma pane em algum destes equipamentos de rede. Nos dias atuais qualquer empresa que tenha uma rede de computadores precisa mantê-la em bom funcionamento, pois informações importantes e urgentes trafegam dentro da mesma. Para isso necessita-se de um acompanhamento constante que monitore o estado desta rede e alerte seus administradores com a maior rapidez possível, para que a empresa não venha a ser prejudica pelo tempo inoperante de um ou mais serviços. Os softwares existentes dentro destes ativos de rede nem sempre mostram com clareza o que realmente se passa com o ativo, por isso existem ferramentas que auxiliam o administrador de rede a coletar estas informações e analisas para que seja possível tomar ações preventivas dentro da rede. Baseado nestes fatos este estudo tem como objetivo fazer um comparativo entre ferramentas existentes no mercado que utilizam o protocolo SNMP para coletar informações dos ativos de rede existentes dentro de uma rede de computadores.

9 9 2 GERENCIAMENTO DE REDES Segundo LIMA, a área de gerência de redes, foi inicialmente impulsionada pela necessidade de monitoração e controle do universo de dispositivos que compõem as redes de comunicação. Atualmente as redes de computadores e os seus recursos associados, além das aplicações distribuídas, tem-se tornado fundamental e de tal importância para uma organização, que elas basicamente "não podem falhar". Isto significa que o nível de falhas e de degradação de desempenho considerados aceitáveis esta cada vez mais diminuindo, sendo este nível igual até a zero, dependendo da importância da rede para uma instituição. (1997, p. 1). O gerente de rede é responsável pelo monitoramento e controle de sistemas de hardware e software que fazem parte de uma rede. Este gerente é o responsável por detectar e corrigir possíveis problemas que venham a ocorrer dentro da rede, causando algum tipo falha na comunicação entre hosts. Segundo MARTIN-FLATIN, uma aplicação de gerenciamento é composta por gerentes executando nas estações de gerenciamento e agentes executando nos elementos gerenciados. 2.1 ARQUITETURA DE GERENCIAMENTO DE REDES TCP/IP A base utilizada para gerenciamento de redes TCP/IP é composta dos seguintes componentes: Estação de gerenciamento; Agente de Gerenciamento; Base de Informações Gerenciais (MIB); Protocolo de Gerenciamento de Redes;

10 PORQUE DO GERENCIAMENTO DE REDES Por menor que seja uma rede de computadores de uma organização ela precisa ser gerenciada, para garantir a confiabilidade e a disponibilidade dos serviços prestados a um nível de desempenho aceitável. Conforme a rede cresce, a complexidade no gerenciamento também cresce, fazendo com que o administrador ou gestor da rede tenha que criar tarefas automatizadas para a monitoração e o controle da mesma. Alguns fatores para se utilizar um software de gerenciamento: Com o crescimento das organizações as redes e os recursos por ela oferecidos estão cada vez mais sendo demandados, com isso um controle não efetivo dos mesmos pode prejudicar o andamento dos negócios por falta de informação para tomada de decisão. Quando um software se torna vital para a organização, a sua disponibilidade é de fundamental importância, mas para o software ter um bom desempenho é preciso ter uma rede altamente disponível e confiável. Os clientes de uma rede sempre esperam que a mesma esteja altamente disponível e com uma excelente qualidade, por isso a necessidade de manter um constante monitoramento dos serviços oferecidos. 3 PROTOCOLO SNMP O protocolo SNMP (Simple Network Management Protocol ou Protocolo de Gerência Simples de Redes) é considerado um protocolo típico de gerência de redes TCP/IP e está situado na camada de aplicação. O SNMP torna possível que administradores de rede possam gerenciar o desempenho de suas redes, encontrar

11 11 e diagnosticar possíveis problemas, além de fornecer informações para um melhor planejamento de expansão da rede, entre diversas outras possibilidades. (TANENBAUM, 1997). Segundo LIMA, o protocolo SNMP, refere-se a um conjunto de padrões para gerenciamento que inclui um protocolo, uma especificação de estrutura de dados, e um conjunto de objetos de dados. Este protocolo hoje já está na sua segunda versão oficial, chamada de SNMPv2. E já existem estudos para o desenvolvimento do SNMPv3. (1997, p. 1). Uma ou mais máquinas na rede podem ser designadas como gerentes de rede, estas estações coletam as informações de todos os ativos conectados a rede, que são denominadas agentes, e através do processamento das informações coletadas os gerentes analisam e detectam possíveis falhas que estejam ocorrendo. Os dados coletados pela estação gerente ficam armazenados nas próprias estações da rede, em uma base de dados conhecida como MIB (Management Information Base). Esta base de dados contém todas as informações necessárias para o gerenciamento do ativo de rede, através de variáveis que são requeridas pela máquina gerente. 3.1 COMPONENTES DO SNMP Existem três componentes chaves que formam a gerência de rede utilizando o protocolo SNMP, são eles: Dispositivos gerenciados é um host da rede gerenciada que possui o protocolo SNMP instalado. Estes dispositivos capturam e armazenam informações de gerenciamento, mantendo as informações disponíveis para sistemas NMS que utilizam o protocolo SNMP. Um dispositivo gerenciado pode ser chamado de dispositivo de rede, que pode ser roteadores,

12 12 computadores, switches, servidores de armazenamento, servidores de acesso, impressoras, entre outros. Agentes nada mais é do que um software de gerenciamento de rede que é instalado em um dispositivo gerenciável. O agente tem as informações do gerenciamento local e este traduz as informações num formato que o protocolo SNMO possa entender. Sistemas de gerenciamento de redes (NMS Network-management Systems) é considerado o gerente que fica responsável pelo monitoramento e controle dos dispositivos gerenciáveis. Ele é geralmente instalado num computador, normalmente um servidor dedicado, que fica responsável pelas operações de gerenciamento, este recebe informações de todos os dispositivos gerenciáveis daquela rede. 3.2 ARQUITETURA A arquitetura do protocolo SNMP é composta basicamente por: Agentes Mestres (Master Agents), Sub-agentes (Subagents) e Estações de gerenciamento (Management Stations) Master Agent (agentes de gerenciamento) Segundo BRAGA, o Master Agent nada mais é do que um software que esta sendo executado em um dispositivo com suporte ao protocolo SNMP, como por exemplo, um roteador possui o master agent instalado, este equipamento sofre interação de uma estação de gerenciamento. O master agent pode ser comparado a um servidor, na estrutura cliente-servidor, a nível de software. O Subagent transmite informações específicas para o master agent.

13 Management Station (Estação de gerenciamento) Segundo BRAGA, Management Station é a responsável pelas requisições de informações aos dispositivos gerenciados, além das solicitações aos dispositivos, ele também recebe alarmes gerados pelos agentes e gera saídas para estes alarmes, como por exemplo, alterar o valor de um determinado parâmetro no equipamento gerenciado, enviar uma mensagem para o celular do gestor de rede, entre outras funções Mensagens Segundo LIMA, o protocolo SNMP define mensagens, unidades de dados chamadas PDU (Protocol Data Unit), para serem trocadas durante uma comunicação entre o gerente e o agente Existem cinco tipos de PDUs: GetRequest, GetNextRequest, GetResponse, SetRequest e Trap (COMER, 1998). get-request-pdu mensagem enviada pelo gerente ao agente solicitando o valor de uma variável. get-next-request-pdu mensagem utilizada pelo gerente para solicitar o valor da próxima variável depois de uma ou mais variáveis que foram especificadas. set-request-pdu mensagem enviada pelo gerente ao agente para solicitar que seja alterado o valor de uma variável. get-response-pdu - mensagem enviada pelo agente ao gerente, informando o valor de uma variável que lhe foi solicitado.

14 MIB e MIB II trap-pdu mensagem enviada pelo agente ao gerente, informando um evento ocorrido. Segundo LIMA, a MIB pode ser caracterizada como um banco de dados ativo, o que possibilita que os valores das suas variáveis sejam, não só recuperados, como também alterados. Tanenbaum explica que um conjunto de objetos gerenciados pelo SNMP é definido detalhadamente na MIB e que por conveniência esses objetos são agrupados em dez categorias, que correspondem a dez nós sub mib-2 na figura XX. (TANENBAUM, 1997). Segundo BRAGA, a MIB TCP/IP padrão também conhecida como MIB-II que todos os agentes devem suportar e existe ainda variáveis MIB específicas para determinados tipos de dispositivos gerenciados.

15 15 FIGURA 1 - ÁRVORE HIERARQUICA DA ESTRUTURA LÓGICA DA MIB FONTE: Disponível em: 4 FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO A maior parte das ferramentas disponíveis para monitoramento de rede tem como base a ferramenta MRTG (Multi Router Traffic Grapher). O MRTG é uma ferramenta escrita em C e Perl que utiliza o protocolo SNMP para capturar as variáveis de tráfego que estão armazenados dentro dos ativos de rede. Com estas informações coletas a ferramenta gerar gráficos de tráfico de conexão de rede que podem ser visualizadas via web. Como o MRTG possui um log de todas as variáveis coletas, ele pode criar representações visuais diárias, semanais, mensais e anuais podendo armazenar dados dos últimos 2 anos.

16 ZABBIX O Zabbix foi criado por Alexei Vladishev, é um software que controla e monitora uma grande quantidade de máquinas em uma rede e verifica o funcionamento e integridade dos servidores nesta rede. Possui um mecanismo de notificação flexível que permite que os usuários configurem s onde possam receber alertas de problemas ou mudanças na rede, assim as correções e ajustes na rede podem ser realizados mais rapidamente. O Zabbix é um sistema baseado na WEB que pode ser acessado em qualquer computador que esteja conectado a internet, possibilitando ao administrador de redes verificarem o estado de sua rede e a integridade dos servidores a qualquer momento. Ele gera gráficos como, visualização de utilização da rede, utilização de memória dos servidores, espaço livre nos HD s dos servidores, etc. É um software de código-fonte aberto e possui atualizações desenvolvidas pela ZABBIX SIA. Livre de custos, escrito e distribuído sob a GPL (Geral Public License) deixando seu código-fonte disponível para os utilizadores do software fazerem suas adaptações. Zabbix é uma ferramenta que utiliza o tipo servidor-agente de funcionamento o que permite que mais de um servidor esteja rodando ao mesmo tempo o que o torna redundante. Sua arquitetura é distribuída com isso não é possível ter um console central. O Zabbix trabalha com banco de dados relacionais podendo a base estar em MySQL, PostgreSQL, IBM DB2, SQLite ou Oracle, o software roda em qualquer distribuição Linux/Unix. Os agentes podem ser instalados em sistemas

17 17 operacionais como Windows, Linux, Unix, MacOS/X, Solaris, FreeBSD, NetBSD, OpenBSD e dispositivos rodando SNMP versão 1, versão 2 e versão 3. Em relação aos pré-requisitos para instalação do software temos a tabela abaixo que mostra o hardware e banco de dados necessário para o bom desempenho do software: Tabela 1.1: Requisitos de hardware e banco de dados Tamanho da rede Plataforma CPU/Memória Base de Dados Hosts monitorados Pequena Ubuntu Linux PII 350MHz 256MB MySQL MyISAM 20 Média Ubuntu Linux 64 bit AMD Athlon GB MySQL InnoDB 50 Grande Ubuntu Linux 64 bit Intel Dual Core GB RAID10 MySQL InnoDB or PostgreSQL >1000 Muito grande RedHat Enterprise Intel Xeon 2xCPU 8GB Fast RAID10 MySQL InnoDB or PostgreSQL >10000 FONTE: Zabbix web site: acessado em: 15 NOV 2011 TABELA 1.2: Requisitos de software Software Versão Comentários Apache PHP or later 5.0 or later PHP modules: php-gd GD 2.0 or later PHP GD module must support PNG images. PHP TrueType: support PHP bc support PHP XML support PHP session support --with-ttf php-bcmath, --enable-bcmath php-xml or php5-dom, if provided as a separate package by the distributor php-session, if provided as a separate package by the distributor

18 18 PHP socket support php-net-socket, --enablesockets. Required for user script support. PHP multibyte support php-mbstring, --enablembstring IBM ibm_db2 MySQL php-mysql Oracle oci8 DB2 Required if IBM DB2 is used as Zabbix back end database or later Required if MySQL is used as Zabbix back end database. Required if Oracle is used as Zabbix back-end database. PostgreSQL php-pgsql or later if Zabbix < or later if Zabbix >= Required if PostgreSQL is used as Zabbix back-end database. SQLite php-sqlite or later Required if SQLite is used as Zabbix back-end database. FONTE: Zabbix web site: acessado em: 15 NOV Esta ferramenta tem a funcionalidade de monitorar a rede em tempo real, com sua interface web é possível ter um cenário de todos os dispositivos que compõem a rede. A navegação na ferramenta é extremante fácil e os comandos são executados rapidamente. Uma funcionalidade muito interessante do software é a geração de mapas da representação da rede a partir de um ponto definido pelo usuário do sistema. Outro ponto interessante é a visualização dos dados de um ativo de rede apenas movendo-se o mouse sobre o dispositivo. O Zabbix possui um mecanismo de log de todas as atividades do sistema, o que permite que o administrador possa tirar relatórios caso algum dos mecanismos de envio de alertas falhe. Estas formas de alertas podem ser por , SMS ou ligação telefônica e ainda o administrador pode configurar o tempo de envio dos alertas.

19 19 FIGURA 2 - VISUALIZAÇÃO DO MAPA DE REDE NO ZABBIX FONTE: Disponível em FIGURA 3 - GERAÇÃO DE GRÁFICOS NO ZABBIX FONTE: Disponível em 4.2 NAGIOS O Nagios foi escrito e é mantido por Ethan Galstad e seus muitos desenvolvedores que mantém uma comunidade ativa de plugins.

20 20 A ferramenta Nagios como seus semelhantes também oferece o recurso de monitoramento de sistemas e de redes, porém para conseguir sua plena utilização é necessário a instalação de plug-ins que estão disponíveis na sua comunidade. O software Nagios foi desenvolvido para rodar sobre a plataforma Linux, mas também existem versões específicas para as seguintes distribuições: Debian, SUSE, Fedora, Ubuntu. A ferramenta possui duas versões: uma comercial com recursos gráficos (dashboards), configurações baseadas via web, reportes avançados e visualização dos dados coletados. Já a versão free (Open Source) contém somente o mecanismo de monitoramente, alertas básicos e alguns relatórios. Esta ferramenta possui um recurso muito interessante para o monitoramento da temperatura, umidade relativa, iluminação e voltagem que podem ser medidos através do Nagios, para isto, foi desenvolvido um sensor que coleta estas informações e a ferramenta captura os dados deste sensor e mostra gráficos das condições do ambiente. O Nagios tem a capacidade de monitorar recursos de clientes tais como a utilização da CPU, uso do disco, utilização de memória, entre outros. Com outros plugins pode-se fazer o monitoramento de serviços como, por exemplo, SMTP, POP3, HTTP, NNTP, PING, entre outros. Uma grande habilidade em construir uma hierarquia de rede de clientes usando clientes pais, para distinguir entre os hosts que estão desativados dos que são inalcançáveis, além de contar com possibilidade de implementação de monitoramento redundante.

21 21 FIGURA 4 - GRÁFICO DE UTILIZAÇÃO DE UM ATIVO DE REDE FONTE: Disponível em: FIGURA 5 - GRÁFICOS DE PERFORMANCE DO NAGIOS FONTE: Disponível em

22 22 FIGURA 6 - HYPERMAP DO NAGIOS FONTE: Disponível em 4.3 CACTI O software Cacti é uma ferramenta gratuita que faz a coleta e a exibição das informações sobre o estado de cada dispositivo presente dentro de uma rede de computadores, através de gráficos. O Cacti é um frontend para a ferramenta RRDTool que armazena os dados em um banco de dados MySQL, ele foi escrito na linguagem PHP e possui suporte ao protocolo SNMP.Foi concebido para ser adaptável as diversas necessidades e fácil de usar. RRDTool é um aplicativo de base de dados Round-Robin criado por Tobias Oetiker. Este aplicativo foi desenvolvido para armazenar séries de dados numéricos sobre o estado de redes de computadores, porém pode ser empregado no armazenamento de qualquer outra série de dados como uso de CPU, uso de memória, entre outros.

23 23 Com o Cacti é possível ter gráficos referentes a uso de memória virtual, memória física, quantidade de processos, tráfico de rede, espaço em disco, entre outros, tudo isto através do protocolo SNMP. O frontend foi construído prevendo a expansão do software utilizando plugins desenvolvidos por sua comunidade totalmente ativa, com isso é possível a ampliação das funcionalidades. Um plugin muito útil é o PHP Network Weathermap que mostra um mapa da rede e o estado de cada elemento. O produto foi originalmente para Linux/Unix, mas já conta com uma versão para Windows. Os requerimentos para o funcionamento estão abaixo listados: Software RRDTool MySQL PHP Apache ISS TABELA 1.3: Requisitos de software Versão ou 1.2.x ou superior 4.1.x ou 5.x ou superior ou 5.x altamente recomendado 2 ou superior 6.0 ou superior FONTE: Cacti web site: acessado em: 20 nov Dentro do sistema o administrador terá que informar sobre quais os dispositivos que deseja controlar. Para isto, o sistema vem com uma lista de dispositivos comuns, tais como servidores Linux, roteadores Cisco e até workstations Windows. O Cacti fornece modelos para os parâmetros comuns, mas é possível criar modelos próprios rapidamente. Também é possível controlar switches e roteadores, mas exige um pouco mais de conhecimento, porém isto é possível através da vasta documentação existente.

24 24 A ferramenta permite que os gráficos sejam organizados em forma de árvores ou agrupando todos os gráficos de um mesmo tipo sob um gráfico maior. O administrador pode gerar gráficos de quase todos os dispositivos que deseja. O Cacti vem com uma funcionalidade de alimentá-lo através de um script ou comando externo no padrão nix bash scripts. Nas comunidades de usuários do Cacti tem-se uma gama de scripts já prontos que vão desde a coleta de dados em servidores Apache até a coleta de estatísticas de servidores de . Esta ferramenta não exige muitos recursos do host, pois foi escrito em PHP que roda na plataforma web, sendo um software ágil e rápido. Uma grande dificuldade encontrada pelos usuários do Cacti é o fato de não existir um agente de descoberta automático, assim o administrador da rede tem que adicionar cada host manualmente ao aplicativo. Mesmo tendo esta dificuldade o sistema é poderoso e escalável, podendo fazer o controle de quase todos os parâmetros de hardware.

25 25 FIGURA 7 - GRÁFICOS DE UTILIZAÇÃO DE BANDA DE UM ATIVO FONTE: Cacti web site: FIGURA 8 - LISTA DE ATIVOS MONITORADOS FONTE: Cacti web site:

26 26 4 COMPARATIVO DAS FERRAMENTAS No estudo que foi realizado sobre as ferramentas, podemos reparar que todas têm muitas semelhanças entre si, porém algumas são mais funcionais para um tipo de finalidade do que outras. Com esta análise das ferramentas foi montado um breve relato sobre os pontos fortes e fracos de cada ferramenta, nas quais estão descritas abaixo: 4.1 ZABBIX O Zabbix conta com uma excelente documentação técnica sobre os recursos e sua configuração o que auxilia e muito a tarefa do administrador ou gestor da rede, também conta com o software que recebe atualizações constantes fazendo com que sempre novas funcionalidades ou correções de bugs sejam eliminados. Além de a ferramenta ser uma das mais completas analisadas por este estudo, também conta com uma diversidade de bancos de dados compatíveis, o que faz que a ferramenta seja atraente para inúmeros administradores de rede. Esta ferramenta está registrada sobre a licença GPL, o que permite o administrador possa personalizar a mesma conforme a sua necessidade, mas por se ter uma gama de funcionalidades e atualizações nem é necessário tal personalização. Possuí uma interface robusta e amigável, os mapas e os gráficos são rapidamente gerados. Os agentes utilizados na coleta das informações são rápidos e conseguem capturar uma diversidade de informações do ambiente.

27 NAGIOS O Nagios se mostrou um software bastante abrangente para tarefas de monitoramento de dispositivos, com uma gama de opções de plugins desenvolvidos por sua comunidade, que lhe permite ampliar as funcionalidades do software. Esta ferramenta também traz suporte a várias tecnologias na parte de segurança, tais como: SSL, Kerberos, HTTPS, entre outras. O software permite que sejam feitas diversas configurações para customização, fazendo com que o sistema se torne adaptável aos diversos ambientes de uma rede corporativa. A ferramenta possui a capacidade para monitorar os mais diversos serviços e plataformas Windows, Linux e Unix, mas a sua melhor qualidade foi se mostrar altamente disponível onde toda a informação coleta é corretamente reportada e atualizada. O ponto que deixou a desejar foi o da varredura da rede, que os seus concorrentes tiveram melhor desempenho, também o grande número de plugins externos foi um fator que deixou um pouco a desejar. Em se tratando da parte gráfica o software mostrou-se bastante imponente, trazendo gráficos bastante expressivos com imagens bem definidas. 4.3 CACTI O Cacti é uma ferramenta muito vasta, com uma incrível facilidade de uso e ótimos gráficos. Teve um funcionamento exemplar mesmo sobre testes de exaustão e em condições anormais como desligar e religar diversas máquinas na rede, broadcasts, entre outros testes se comportou adequadamente.

28 28 Com uma gama de plugins disponíveis para download o administrador pode personalizar o software da maneira que atenda as suas necessidades. Também ampliar as funcionalidades existentes na instalação padrão. Um dos pontos fracos é da ferramenta não possuir uma forma automática de descoberta dos ativos de rede na sua instalação padrão, porém possui plugins externos que fazem esta tarefa. Outro ponto é seu desempenho que ficou um pouco abaixo dos seus concorrentes, para buscar os dados dos dispositivos de rede, mas cumpre muito bem as tarefas propostas.

29 29 5 CONCLUSÃO O trabalho teve como objetivo realizar um estudo sobre o protocolo SNMP e com isso realizar um comparativo entre algumas soluções existentes no mercado que se prestam a tarefa de gerenciamento de redes. O trabalho iniciou-se falando sobre o que seria o gerenciamento de redes, então passando para o estudo do protocolo SNMP, abordando os componentes e a arquitetura do protocolo SNMP, então chegando a explicação sobre 3 ferramentas existentes no mercado que se utilizam deste protocolo para seu funcionamento e por fim um comparativo entre as três ferramentas. Observando o comparativo feito neste estudo chegou-se a conclusão que não existe uma só ferramenta que reúna todas as funcionalidades que um administrador ou gestor de rede busque, mas são ferramentas com muitas características únicas. O cenário ideal seria unir duas ou mais softwares para conseguir atingir o objetivo do gerenciamento de redes.

30 30 REFERÊNCIAS AMARAL, Roberto Néia. TCP/IP Geral - Histórico. Disponível em: Acessado em: 18 nov BRAGA, Jeferson de Oliveira. Descoberta de ativos de rede e geração de análise sobre o tráfego de rede f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência da Computação) Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológicas, Universidade Tuiuti do Paraná, CACTIUSERS.ORG. CACTI Users. Disponível em: Acessado em: 10 nov COMER, Douglas E. Interligação em rede com TCP/IP Volume 1. 3 ed. Rio de Janeiro: Campus, DIAS, Beetthovem Zanella; JÚNIOR, Nilton Alves. Protocolo de Gerenciamento SNMP Disponível em: Acessado em: 22 nov LIMA, Michele Mara de A. Espíndula. Introdução a Gerenciamento de Redes TCP/IP. Disponível em: Acessado em: 15 nov MALIMA CONSULTORIA. SNMP Protocolo de Gerenciamento Simples de Rede. Disponível em: Acessado em: 8 nov MARTIN-FLATIN, J.P. et al. A Survey of Distributed Enterprise Network and System Management Paradigms. Journal of Network and Systems Management, New York, v.7, n.1, p.9-26, mar Nagios XI Screenshots. Disponível em: Acessado em: 15 nov PINHEIRO, José Mauricio dos Santos. Conceitos Básicos de Gerenciamento de Redes. Disponível em: Acessado em: 8 nov SCHMIDT, Maura. SNMP Essencial. Rio de Janeiro: Editora Campus, SOARES, Luiz Fernando G. Redes de Computadores:das LANs, MANs e WANs às Redes ATM. 2 ed. Rio de Janeiro: Campus TANENBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. 3 ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

31 31 THE CACTI GROUP. CACTI, the complete rrdtool-based graphing solution. Disponível em: Acessado em: 11 nov VERONA, Adriano C.; RAMOS, Rogério. Monitoração de Interfaces de Rede via SNMP. Disponível em: Acessado em: 6 nov What is MRTG. Disponível em: Acessado em: 10 nov ZABBIX SIA. Zabbix Website. Disponível em: Acessado em: 20 nov

Sistemas de Monitoração de Rede. Resumo

Sistemas de Monitoração de Rede. Resumo Sistemas de Monitoração de Rede Roberto Majewski Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, novembro de 2009 Resumo Com o grande crescimento da

Leia mais

Ferramentas Livres para Monitoração de Servidores

Ferramentas Livres para Monitoração de Servidores Ferramentas Livres para Monitoração de Servidores Arlindo Follador Neto 1, Joaquim Quinteiro Uchôa 2 1 Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Engenharia Elétrica Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Leia mais

Relatorio do trabalho pratico 2

Relatorio do trabalho pratico 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA INE5414 REDES I Aluno: Ramon Dutra Miranda Matricula: 07232120 Relatorio do trabalho pratico 2 O protocolo SNMP (do inglês Simple Network Management Protocol - Protocolo

Leia mais

Funcionalidades da ferramenta zabbix

Funcionalidades da ferramenta zabbix Funcionalidades da ferramenta zabbix Jordan S. Romano¹, Eduardo M. Monks¹ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves,

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

Estudo da Ferramenta Cacti, para análise de desempenho de rede

Estudo da Ferramenta Cacti, para análise de desempenho de rede Estudo da Ferramenta Cacti, para análise de desempenho de rede Eduardo Perez Pereira 1, Rodrigo Costa de Moura 1 1 Centro Politécnico Universidade Católica de Pelotas (UCPel) Félix da Cunha, 412 - Pelotas

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014.

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores : Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Professor: Marissol Martins Alunos: Edy Laus,

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE CACTI PARA GERENCIAMENTO DE REDES LOCAIS DE COMPUTADORES

UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE CACTI PARA GERENCIAMENTO DE REDES LOCAIS DE COMPUTADORES UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE CACTI PARA GERENCIAMENTO DE REDES LOCAIS DE COMPUTADORES Filipe Herbert da Silva 1, Marco Aurélio G. de Almeida 1, Jonhson de Tarso Silva 1, Karina Buttignon 1 1 Fatec Guaratinguetá,

Leia mais

Monitoramento Inteligente:

Monitoramento Inteligente: Ebook Exclusivo Monitoramento Inteligente: Melhore a eficiência operacional, automatize processos e aumente a produtividade. E s pec i a li s ta em S e rv i ços G e r e n c i a do s Segurança de de Perímetro

Leia mais

Gerenciamento de Equipamentos Usando o Protocolo SNMP

Gerenciamento de Equipamentos Usando o Protocolo SNMP Gerenciamento de Equipamentos Usando o Protocolo SNMP Diego Fraga Contessa, Everton Rafael Polina Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento - CP Eletrônica S.A. Rua da Várzea 379 - CEP 91040-600 - Porto

Leia mais

A partir do XMon é possível:

A partir do XMon é possível: Monitoramento XMon É uma ferramenta para gerenciar o seu ambiente de TI de forma centralizada e constante, obtendo informações precisas da performance de todos os seus ativos e previna possíveis problemas

Leia mais

MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com. Gerenciamento e Administração de Redes

MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com. Gerenciamento e Administração de Redes MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com Gerenciamento e Administração de Redes 2 Gerência de Redes ou Gerenciamento de Redes É o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de

Leia mais

Monitoramento Open source com Zabbix Giovanni Oliveira Renato Resende

Monitoramento Open source com Zabbix Giovanni Oliveira Renato Resende Monitoramento Open source com Zabbix Giovanni Oliveira Renato Resende Apresentação dos palestrantes Tópicos Gerenciamento de redes O que é Zabbix Porque escolher o Zabbix Principais recursos Dicas de instalação

Leia mais

FACULDADE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

FACULDADE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS FACULDADE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GERÊNCIA DE REDES Professor: Fernando Tsukahara Alunos: André de Oliveira Silva Lucas Rodrigues Sena Trabalho da disciplina de Gerência de Redes para complementar o projeto

Leia mais

Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix

Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix Monitoramento de Redes de Computadores: Estudo da Ferramenta Zabbix Faculdade Lourenço Filho Curso Redes de Computadores Disciplina:

Leia mais

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Raphael Celuppi Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Setembro 2009 Sumário

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS FERRAMENTAS CACTI E MRTG NO GERENCIAMENTO DE UMA REDE COMPUTACIONAL COM TRÁFEGO HETEROGÊNEO

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS FERRAMENTAS CACTI E MRTG NO GERENCIAMENTO DE UMA REDE COMPUTACIONAL COM TRÁFEGO HETEROGÊNEO ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS FERRAMENTAS CACTI E MRTG NO GERENCIAMENTO DE UMA REDE COMPUTACIONAL COM TRÁFEGO HETEROGÊNEO Marcos Prado Amaral 1 Thiago de Freitas Faria 2 Resumo. A crescente globalização

Leia mais

GERENCIAMENTO ESTUDO SOBRE FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO DE REDES. 1. TIVOLI 1.1 Conceitos Básicos do Tivoli

GERENCIAMENTO ESTUDO SOBRE FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO DE REDES. 1. TIVOLI 1.1 Conceitos Básicos do Tivoli ESTUDO SOBRE FERRAMENTAS DE MONITORAMENTO DE REDES 1. TIVOLI 1.1 Conceitos Básicos do Tivoli O gerenciamento de uma rede através do Tivoli esta baseado no conceito de regiões de policiamento (Policy Region

Leia mais

Cacti. Dependências básicas Antes de instalar o Cacti é necessário realizar a instalação de suas dependências.

Cacti. Dependências básicas Antes de instalar o Cacti é necessário realizar a instalação de suas dependências. Cacti Segundo o site www.cacti.org, o Cacti é uma solução gráfica completa de rede desenvolvida para aproveitar o poder de armazenamento e funcionalidades gráficas do RRDTool's. Trata-se de uma interface

Leia mais

CA Nimsoft Monitor para servidores

CA Nimsoft Monitor para servidores DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 CA Nimsoft Monitor para servidores agility made possible CA Nimsoft para monitoramento de servidores sumário CA Nimsoft Monitor para servidores 3 visão geral da solução

Leia mais

COMPREENDENDO A IMPORTÂNCIA DO PROTOCOLO DE GERENCIAMENTO SNMP

COMPREENDENDO A IMPORTÂNCIA DO PROTOCOLO DE GERENCIAMENTO SNMP COMPREENDENDO A IMPORTÂNCIA DO PROTOCOLO DE GERENCIAMENTO SNMP César Augusto Vieira 1, Júlio César Pereira 2 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí Paraná Brasil cesar.vieira@sanepar.com.br juliocesarp@unipar.br

Leia mais

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes EN-3610 Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes Ferramentas de Gerenciamento de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Gerenciamento baseado na Web Web browser Acesso ubíquo Interface Web vs Gerenciamento

Leia mais

Utilizando o Cricket para monitoração de Servidores. Sérgio A. Meyenberg Jr. Especialização em Redes e Segurança de Sistemas

Utilizando o Cricket para monitoração de Servidores. Sérgio A. Meyenberg Jr. Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Utilizando o Cricket para monitoração de Servidores Sérgio A. Meyenberg Jr Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Curitiba, outubro de 2010 Resumo O objetivo deste Artigo é demonstrar as funcionalidades

Leia mais

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Revisão para a prova B2 Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor:

Leia mais

Projeto de Redes Físico e Lógico. Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro

Projeto de Redes Físico e Lógico. Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro Projeto de Redes Físico e Lógico Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro Gerência de redes ou gerenciamento de redes. É o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de recursos

Leia mais

Positivo Network Manager 4

Positivo Network Manager 4 Positivo Network Manager 4 O gerenciamento eficiente de informações e de tecnologia da informação (TI) é um fator reconhecidamente crítico na maioria das organizações. As informações e as tecnologias que

Leia mais

TÍTULO: MONITORAMENTO E-COMMERCE INFRA-ESTRUTURA DE TI E ÁREA DE NEGÓCIOS

TÍTULO: MONITORAMENTO E-COMMERCE INFRA-ESTRUTURA DE TI E ÁREA DE NEGÓCIOS TÍTULO: MONITORAMENTO E-COMMERCE INFRA-ESTRUTURA DE TI E ÁREA DE NEGÓCIOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE TECNOLOGIA DE

Leia mais

Parceiro Oficial de Soluções Zabbix no Brasil

Parceiro Oficial de Soluções Zabbix no Brasil Apresentação A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender empresas de todos os segmentos e portes, nacionais e internacionais. Nossos profissionais dedicam-se ao desenvolvimento e criação de

Leia mais

Análise do Monitoramento de Redes com Software Livre Utilizando Nagios

Análise do Monitoramento de Redes com Software Livre Utilizando Nagios Análise do Monitoramento de Redes com Software Livre Utilizando Nagios Thiago Guimarães Tavares 1 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO) Araguatins TO Brasil {thiagogmta}@gmail.com

Leia mais

Trabalho na 4Linux a 2 anos, e mexo com Linux a 5 anos.

Trabalho na 4Linux a 2 anos, e mexo com Linux a 5 anos. 2 / 15 Apresentação Vinicius Pardini Trabalho na 4Linux a 2 anos, e mexo com Linux a 5 anos. Certificações: LPI nível 2. Novell CLA e DCTS. Cursos que leciono: 450/451/452 Cursos da Formação (Modalidade

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Gerência de Redes: Modelos de Gerência de Redes: Modelo FCAPS: Ferramentas de Gerência de Redes:

Gerência de Redes: Modelos de Gerência de Redes: Modelo FCAPS: Ferramentas de Gerência de Redes: Gerência de Redes: - Gerência de redes é o monitoramento de qualquer estrutura física e/ou lógica de uma rede. É de extrema importância esse gerenciamento para que se obtenha um bom fluxo no tráfego das

Leia mais

Rede sob Controle com o NAGIOS

Rede sob Controle com o NAGIOS Rede sob Controle com o NAGIOS Carlos Coletti Assessoria de Informática carlos@unesp.br Agenda Conceitos de Monitoramento Nagios: histórico e funcionamento Instalação Os Arquivos de Configuração A Interface

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciência da Computação Lista de exercícios Gerência de Redes,Turma A, 01/2010 Marcelo Vale Asari 06/90708 Thiago Melo Stuckert do Amaral

Leia mais

PRTG Uma ferramenta de apoio ao Administrador de Redes

PRTG Uma ferramenta de apoio ao Administrador de Redes PRTG Uma ferramenta de apoio ao Administrador de Redes Éverton Perleberg 1, André Moraes 1 1 Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas (FATECPEL) Rua Gonçalves

Leia mais

Apache + PHP + MySQL

Apache + PHP + MySQL Apache + PHP + MySQL Fernando Lozano Consultor Independente Prof. Faculdade Metodista Bennett Webmaster da Free Software Foundation fernando@lozano.eti.br SEPAI 2001 O Que São Estes Softwares Apache: Servidor

Leia mais

Monitoração de Serviços com Software Livre

Monitoração de Serviços com Software Livre Monitoração de Serviços com Software Livre Palestrantes Adail Horst Fátima Tonon Agenda Serviço Monitoração, desafios, metas e artefatos Zabbix Exemplos de visões da monitoração Extensões ao Zabbix desenvolvidas

Leia mais

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia UNISUL 2013 / 1 Universidade do Sul de Santa Catarina Engenharia Elétrica - Telemática 1 Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia Aula 3 Gerenciamento de Redes Cenário exemplo Detecção de

Leia mais

GERÊNCIA DE REDES PÓS GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO E SEGURANÇA DE SISTEMAS COMPUTACIONAIS FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ

GERÊNCIA DE REDES PÓS GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO E SEGURANÇA DE SISTEMAS COMPUTACIONAIS FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ PÓS GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO E SEGURANÇA DE SISTEMAS COMPUTACIONAIS GERÊNCIA DE REDES PROF: Flavio Alexandre dos Reis reis.falexandre@gmail.com www.reisfa.eti.br 2/118 AGENDA

Leia mais

Gerenciamento da rede ATM. Prof. José Marcos C. Brito

Gerenciamento da rede ATM. Prof. José Marcos C. Brito Gerenciamento da rede ATM Prof. José Marcos C. Brito 1 Princípios Gerais O SNMP (Simple Network Management Protocol) é o protocolo mais utilizado. Se o dispositivo ATM é gerenciado de uma estação de gerenciamento

Leia mais

USO DE SOFTWARE LIVRE PARA MONITORAMENTO DE REDE METROPOLITANA DA PREFEITURA MUNIPAL DE CUIABÁ

USO DE SOFTWARE LIVRE PARA MONITORAMENTO DE REDE METROPOLITANA DA PREFEITURA MUNIPAL DE CUIABÁ Resumo USO DE SOFTWARE LIVRE PARA MONITORAMENTO DE REDE METROPOLITANA DA PREFEITURA MUNIPAL DE CUIABÁ Marcos Vinicius Nunes Arruda Aluno do IFMT, Campus Cuiabá, voluntário Andersown Becher Paes de Barros

Leia mais

Portofólio das Representações. Apresentação Monitorização e Alarmistica

Portofólio das Representações. Apresentação Monitorização e Alarmistica Portofólio das Representações Apresentação Monitorização e Alarmistica 1 Monitorização de Infra-Estrutura A Data Systems disponibiliza um pacote de Serviços dedicados à gestão e Monitorização de redes

Leia mais

Laboratório de Gerência de Redes Introdução. Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais

Laboratório de Gerência de Redes Introdução. Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais Laboratório de Introdução Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais Gerência de redes Monitoração e controle da rede a fim de garantir seu funcionamento correto e seu valor

Leia mais

Gerência de Redes. Arquitetura de Gerenciamento. filipe.raulino@ifrn.edu.br

Gerência de Redes. Arquitetura de Gerenciamento. filipe.raulino@ifrn.edu.br Gerência de Redes Arquitetura de Gerenciamento filipe.raulino@ifrn.edu.br Sistema de Gerência Conjunto de ferramentas integradas para o monitoramento e controle. Possui uma interface única e que traz informações

Leia mais

Adail Henrique Spínola Horst Aécio dos Santos Pires André Luis Boni Déo. Novatec

Adail Henrique Spínola Horst Aécio dos Santos Pires André Luis Boni Déo. Novatec Adail Henrique Spínola Horst Aécio dos Santos Pires André Luis Boni Déo Novatec Copyright 2015 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

SETIS- III Seminário de Tecnologia Inovação e Sustentabilidade 4 e 5 de novembro de 2014.

SETIS- III Seminário de Tecnologia Inovação e Sustentabilidade 4 e 5 de novembro de 2014. Sistema de Monitoramento Zabbix Eduardo Jonck jonck.info@gmail.com Jeferson Catarina catarinajeferson@gmail.com Resumo: O Sistema Zabbix é um código aberto free lançado em 2001. Em 2005 foi fundada a Empresa

Leia mais

Controlar Aplicações e Serviços com Monitoramento de Rede

Controlar Aplicações e Serviços com Monitoramento de Rede Controlar Aplicações e Serviços com Monitoramento de Rede White Paper Autor: Daniel Zobel, Chefe de Desenvolvimento de Software Paessler AG Publicado em: março/2014 PÁGINA 1 DE 8 Índice Introdução: Evite

Leia mais

5º Semestre. AULA 02 Introdução a Gerência de Redes (Arquitetura e Áreas de Gerenciamento)

5º Semestre. AULA 02 Introdução a Gerência de Redes (Arquitetura e Áreas de Gerenciamento) Disciplina: Gerência de Redes Professor: Jéferson Mendonça de Limas 5º Semestre AULA 02 Introdução a Gerência de Redes (Arquitetura e Áreas de Gerenciamento) 2014/1 Agenda de Hoje Evolução da Gerência

Leia mais

Capítulo 8 - Aplicações em Redes

Capítulo 8 - Aplicações em Redes Capítulo 8 - Aplicações em Redes Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 31 Roteiro Sistemas Operacionais em Rede Modelo Cliente-Servidor Modelo P2P (Peer-To-Peer) Aplicações e Protocolos

Leia mais

Software de gerenciamento de impressoras MarkVision

Software de gerenciamento de impressoras MarkVision Software de gerenciamento de impressoras MarkVision O MarkVision para Windows 95/98/2000, Windows NT 4.0 e Macintosh é fornecido com a sua impressora no CD Drivers, MarkVision e Utilitários. 1 A interface

Leia mais

Realizando inventário e gestão de hardware e software utilizando o OCS Inventory NG. Dario Kuceki Knopfholz

Realizando inventário e gestão de hardware e software utilizando o OCS Inventory NG. Dario Kuceki Knopfholz Realizando inventário e gestão de hardware e software utilizando o OCS Inventory NG Dario Kuceki Knopfholz Open Computer and Software Inventory Next Generation Objetivo Tecnologia Propiciar que o administrador

Leia mais

Manual de Utilização do ZABBIX

Manual de Utilização do ZABBIX Manual de Utilização do ZABBIX Universidade Federal de Minas Gerais Departamento de Ciência da Computação Laboratório de Software Livre 29 de junho de 2009 1 Sumário 1 Introdução 3 2 Objetivos 3 3 Pré-requisitos

Leia mais

Gerência de falhas, configuração e desempenho dos ativos de redes, servidores e serviços da Cooperativa Agropecuária Castrolanda. Alex Martins Garcia

Gerência de falhas, configuração e desempenho dos ativos de redes, servidores e serviços da Cooperativa Agropecuária Castrolanda. Alex Martins Garcia Gerência de falhas, configuração e desempenho dos ativos de redes, servidores e serviços da Cooperativa Agropecuária Castrolanda Alex Martins Garcia Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Prof. Macêdo Firmino Princípios de Gerência de Redes Macêdo Firmino (IFRN) Redes de Computadores Maio de 2011 1 / 13 Introdução Foi mostrado que uma rede de computadores consiste

Leia mais

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Apresentação Portfólio de Serviços e Produtos da WebMaster Soluções. Com ele colocamos à sua disposição a Tecnologia que podemos implementar em sua empresa.

Leia mais

ANEXO II MDMW3 SNMP X CMIP

ANEXO II MDMW3 SNMP X CMIP SNMP X CMIP Uma comparação entre o SNMP e o CMIP demonstra que o SNMP é excessivamente simplesquando usado em aplicações que não foram previstas quando foi definido, e que apresentadeficiências em relação

Leia mais

S.I.M - Uma aplicação para o Monitoramento Integrado de Redes de Computadores

S.I.M - Uma aplicação para o Monitoramento Integrado de Redes de Computadores S.I.M - Uma aplicação para o Monitoramento Integrado de Redes de Computadores Taciano Balardin de Oliveira 1, Henrique Sobroza Pedroso 2, Érico Marcelo Hoff do Amaral 1,2,3 1 Universidade Luterana do Brasil

Leia mais

Descritivo Técnico. SLAView - Descritivo Técnico Build 5.0 release 4 16/02/2011 Página 1

Descritivo Técnico. SLAView - Descritivo Técnico Build 5.0 release 4 16/02/2011 Página 1 Descritivo Técnico 16/02/2011 Página 1 1. OBJETIVO O SLAview é um sistema de análise de desempenho de redes IP por meio da monitoração de parâmetros de SLA (Service Level Agreement, ou Acordo de Nível

Leia mais

Protocolos de gerenciamento

Protocolos de gerenciamento Protocolos de gerenciamento Os protocolos de gerenciamento têm a função de garantir a comunicação entre os recursos de redes homogêneas ou não. Com esse requisito satisfeito, operações de gerenciamento

Leia mais

CA Nimsoft para monitoramento de redes

CA Nimsoft para monitoramento de redes DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA CA Nimsoft para monitoramento de redes agility made possible sumário resumo executivo 3 Visão geral da solução 3 CA Nimsoft Monitor sondas especializadas 3 Sonda de conectividade de

Leia mais

PROTÓTIPO TIPO DE UM SOFTWARE AGENTE SNMP PARA REDE WINDOWS

PROTÓTIPO TIPO DE UM SOFTWARE AGENTE SNMP PARA REDE WINDOWS UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU BACHARELADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO PROTÓTIPO TIPO DE UM SOFTWARE AGENTE SNMP PARA REDE WINDOWS Acadêmico: Luciano Waltrick Goeten Orientador: Prof. Sérgio Stringari

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação Técnica Última atualização em 31 de março de 2010 Plataformas Suportadas Agente: Windows XP e superiores. Customização de pacotes de instalação (endereços de rede e dados de autenticação).

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II Slide 1 Gerenciamento de Redes Gerenciamento de redes inclui o fornecimento, a integração e a coordenação de hardware, software e elementos humanos para monitorar, testar, configurar,

Leia mais

ESCOLHA A VERSÃO MAIS ADEQUADA PARA O SEU CENÁRIO. A plataforma MonitoraIT possui três versões: Standard (STD), Professional (PRO) e PREMIUM.

ESCOLHA A VERSÃO MAIS ADEQUADA PARA O SEU CENÁRIO. A plataforma MonitoraIT possui três versões: Standard (STD), Professional (PRO) e PREMIUM. ESCOLHA A VERSÃO MAIS ADEQUADA PARA O SEU CENÁRIO A plataforma MonitoraIT possui três versões: Standard (STD), Professional (PRO) e PREMIUM. A versão STD integra as funcionalidades essenciais de monitoramento.

Leia mais

Nesta sessão introduziremos os conceitos básicos do Cacti, e como fazer para instalá-lo em seu computador.

Nesta sessão introduziremos os conceitos básicos do Cacti, e como fazer para instalá-lo em seu computador. Cacti é uma ferramenta gráfica de gerenciamento de dados de rede que disponibiliza a seus usuários uma interface intuitiva e bem agradável de se usar, sendo acessível a qualquer tipo de usuários. Este

Leia mais

Gerência e Administração de Redes

Gerência e Administração de Redes Gerência e Administração de Redes IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm Agenda! Apresentação da disciplina! Introdução! Tipos de Gerência! Ferramentas

Leia mais

Documentação Symom. Agente de Monitoração na Plataforma Windows

Documentação Symom. Agente de Monitoração na Plataforma Windows Documentação Symom de Monitoração na Plataforma Windows Windows Linux Windows Linux Plataforma Windows Instalação A instalação do de Monitoração do Symom para Windows é feita através do executável setup.exe

Leia mais

GBD. Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO

GBD. Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO GBD Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO Sistema de arquivos X Sistemas de Banco de Dados Sistema de arquivos Sistema de Banco de Dados Aplicativos Dados (arquivos) Aplicativos SGBD Dados (arquivos) O acesso/gerenciamento

Leia mais

Symantec Discovery. Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas

Symantec Discovery. Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas Symantec Discovery Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas VISÃO GERAL O Symantec Discovery ajuda a garantir a resiliência

Leia mais

Curso de extensão em Administração de Redes

Curso de extensão em Administração de Redes Curso de extensão em Administração de Redes Italo Valcy da Silva Brito1,2 1 Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia 2 Ponto de Presença

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux Eduardo Júnior Administração de redes com GNU/Linux Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux Eduardo Júnior - ihtraum@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO OPERACIONAL DE PEQUENA E MÉDIA PLATAFORMA COM EFICIÊNCIA E BAIXO CUSTO

IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO OPERACIONAL DE PEQUENA E MÉDIA PLATAFORMA COM EFICIÊNCIA E BAIXO CUSTO IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO OPERACIONAL DE PEQUENA E MÉDIA PLATAFORMA COM EFICIÊNCIA E BAIXO CUSTO Flávio Luis de Oliveira (flavio@celepar.pr.gov.br) Helio Hamilton Sartorato (helio@celepar.pr.gov.br) Yuri

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS. Cássio Duarte Melgaço*

GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS. Cássio Duarte Melgaço* GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS Cássio Duarte Melgaço* Resumo Este artigo tem como objetivo analisar características no quesito gerenciamento e monitoramento de redes

Leia mais

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Banco de Dados de Músicas Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Definição Aplicação Web que oferece ao usuário um serviço de busca de músicas e informações relacionadas, como compositor, interprete,

Leia mais

Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes Gerenciamento de Redes As redes de computadores atuais são compostas por uma grande variedade de dispositivos que devem se comunicar e compartilhar recursos. Na maioria dos casos, a eficiência dos serviços

Leia mais

Gerenciamento de Recursos Tecnológicos em Software Livre

Gerenciamento de Recursos Tecnológicos em Software Livre Gerenciamento de Recursos Tecnológicos em Software Livre Roberto Mizuuti Junior 1, Andersown Becher Paes de Barros 1 1 Instituto Cuiabano de Educação (ICE) Av. Europa, 63- Jardim Tropical 78.065-130 Cuiabá

Leia mais

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnica-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Termo de Referência Anexo II Especificação Técnica 1 - INTRODUÇÃO Página 2 de 9 do TR-007-3700 de Este anexo tem por objetivo detalhar

Leia mais

Gerência de Redes de Computadores Gerência de Redes de Computadores As redes estão ficando cada vez mais importantes para as empresas Não são mais infra-estrutura dispensável: são de missão crítica, ou

Leia mais

GRUPO XVI GRUPO DE ESTUDOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÕES PARA SISTEMAS ELÉTRICOS - GTL

GRUPO XVI GRUPO DE ESTUDOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÕES PARA SISTEMAS ELÉTRICOS - GTL SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GTL - 11 16 a 21 Outubro de 2005 Curitiba - Paraná GRUPO XVI GRUPO DE ESTUDOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÕES PARA SISTEMAS

Leia mais

O que são sistemas supervisórios?

O que são sistemas supervisórios? O que são sistemas supervisórios? Ana Paula Gonçalves da Silva, Marcelo Salvador ana-paula@elipse.com.br, marcelo@elipse.com.br RT 025.04 Criado: 10/09/2004 Atualizado: 20/12/2005 Palavras-chave: sistemas

Leia mais

Cogent DataHub v7.0. A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real

Cogent DataHub v7.0. A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real Cogent DataHub v7.0 A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real Cogent é reconhecida como uma líder no segmento de soluções de middleware no domínio do tempo real. E, com a introdução

Leia mais

Service Appliance IVETIME. Disponibilidade de serviço instantânea! Plug and Play. Segurança. Tolerância a falhas. Manutenção zero. Elevada Performance

Service Appliance IVETIME. Disponibilidade de serviço instantânea! Plug and Play. Segurança. Tolerância a falhas. Manutenção zero. Elevada Performance IVETIME Service Appliance Disponibilidade de serviço instantânea! Aumentar a produtividade Transformar o serviço a Clientes Proteger o capital intelectual Plug and Play Segurança Tolerância a falhas Manutenção

Leia mais

Requisitos de Sistema Impressão Comercial e Editorial

Requisitos de Sistema Impressão Comercial e Editorial OneVision Software AG Sumário Asura 9.6, Asura Pro 9.6, Garda 5.6...2 PlugBALANCEin 6.6, PlugCROPin 6.6, PlugFITin 6.6, PlugRECOMPOSEin 6.6, PlugSPOTin 6.6,...2 PlugTEXTin 6.6, PlugINKSAVEin 6.6, PlugWEBin

Leia mais

Requisitos de Sistema Impressão Comerciale Editorial

Requisitos de Sistema Impressão Comerciale Editorial Impressão Comerciale Editorial OneVision Software AG Sumário Asura 10.2, Asura Pro 10.2, Garda 10.2...2 PlugBALANCEin 10.2, PlugCROPin 10.2, PlugFITin 10.2, PlugRECOMPOSEin 10.2, PlugSPOTin10.2,...2 PlugTEXTin

Leia mais

GERENCIAMENTO DE REDES PARA SISTEMAS EMBARCADOS. Jorge Luis Staub, Cristiano Bonato Both

GERENCIAMENTO DE REDES PARA SISTEMAS EMBARCADOS. Jorge Luis Staub, Cristiano Bonato Both GERENCIAMENTO DE REDES PARA SISTEMAS EMBARCADOS Jorge Luis Staub, Cristiano Bonato Both Departamento de Informática Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) Santa Cruz do Sul RS Brazil jlstaub@gmail.com,

Leia mais

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil Apresentação Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Além de possuir

Leia mais

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907 Uma ferramenta de inventario que automatiza o cadastro de ativos informáticos em detalhe e reporta qualquer troca de hardware ou software mediante a geração de alarmes. Beneficios Informação atualizada

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 6.1 ARQUIVOS E REGISTROS De um modo geral os dados estão organizados em arquivos. Define-se arquivo como um conjunto de informações referentes aos elementos

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Tecnologia em Redes de Computadores 4ª Série Gerência de Redes A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Rede de Computadores II

Rede de Computadores II Rede de Computadores II Slide 1 SNMPv1 Limitações do SNMPv1 Aspectos que envolvem segurança Ineficiência na recuperação de tabelas Restrito as redes IP Problemas com SMI (Structure Management Information)

Leia mais

Palestra Nagios. Anderson Jacson contato@andersonjacson.com.br

Palestra Nagios. Anderson Jacson contato@andersonjacson.com.br Palestra Nagios Anderson Jacson contato@andersonjacson.com.br O que é? Nagios é uma poderosa aplicação de monitoração de rede de código aberto, distribuída sob a licença GPL. Ele pode monitorar tanto hosts

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

Kelvin Lopes Dias Diego dos Passos Silva (kld/dps4@cin.ufpe.br)

Kelvin Lopes Dias Diego dos Passos Silva (kld/dps4@cin.ufpe.br) Kelvin Lopes Dias Diego dos Passos Silva (kld/dps4@cin.ufpe.br) Uma ferramenta de gerenciamento é qualquer utilitário que possa auxiliar no trabalho de gerenciamento da rede; Podem ser comandos simples

Leia mais

Banco de Dados. Professor: Rômulo César. romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

Banco de Dados. Professor: Rômulo César. romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Banco de Dados Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Sistema de arquivos X Sistemas de Banco de Dados Sistema de arquivos Sistema de Banco de Dados Aplicativos Dados (arquivos)

Leia mais

SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GTL 16 14 a 17 Outubro de 2007 Rio de Janeiro - RJ GRUPO XVI GRUPO DE ESTUDO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÃO PARA SISTEMAS

Leia mais

Uc-Redes Técnico em Informática André Luiz Silva de Moraes

Uc-Redes Técnico em Informática André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Conceitos Básicos de Redes: parte 1 Neste roteiro são detalhados os equipamentos componentes em uma rede de computadores. Em uma rede existem diversos equipamentos que são responsáveis por fornecer

Leia mais