RESULTADOS DE OUTUBRO DE 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESULTADOS DE OUTUBRO DE 2013"

Transcrição

1 1 RESULTADOS DE OUTUBRO DE 2013 Pesquisa realizada pelo Uni-FACEF em parceria com a Fe-Comércio mede o ICC (Índice de confiança do consumidor) e PEIC (Pesquisa de endividamento e inadimplência do consumidor) no município de Franca (SP) em outubro de O Uni-FACEF, por meio do IPES (Instituto de Pesquisa Econômicas e Sociais), em parceria com a Fe-Comércio (Federação do Comércio do Estado de São Paulo) realiza mensalmente um levantamento que comporta informações de significativa relevância referentes à cidade de Franca: trata-se do Índice de Confiança do Consumidor (ICC) e a pesquisa de Endividamento e Inadimplência (PEIC). 1 ICC (ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR) O Índice de Confiança é um dos indicadores de nível de atividade mais utilizados nos países desenvolvidos, que mede a confiança do consumidor na sua capacidade de compra e na situação do país, abordando Confianças em relação à inflação, ao desemprego e a rendimentos futuros. Nos Estados Unidos, por exemplo, seu uso é generalizado tanto pelo setor privado, quanto pelo governo e mídia. Foram entrevistados, no mês de outubro de 2013, 1308 consumidores em potencial, residentes no Município de Franca, com idade superior a 18 anos com o objetivo de avaliar a confiança real dos consumidores em relação a compras a serem realizadas no futuro próximo. Em geral, este indicador tem a capacidade de antecipar as variações do nível de atividade econômica. Em outras palavras, trata-se de um indicador do potencial de consumo da população, baseado na opinião dos próprios consumidores, tornando-o uma ferramenta poderosa para o varejo, fabricantes, consultorias e instituições financeiras. A metodologia adotada parte de um conjunto de perguntas qualitativas referidas às Confianças do consumidor. Estas perguntas qualitativas são transformadas em um indicador que antecipa os resultados das Vendas do Comércio Varejista no Município de Franca. Por meio de uma transformação específica, cada pergunta (P i ) se transforma em um indicador quantitativo (X i ) variando entre 0 e 200 pontos, que é a variação da escala semântica. O índice 100 demarca a fronteira entre a situação de pessimismo e otimismo: abaixo de 100 pontos diz respeito à situação de pessimismo enquanto acima de 100 encontra-se a situação de otimismo. O Índice 0 denota situação de total pessimismo enquanto 200 pontos indica situação de total otimismo. Grandeza da Amostra Para fixar a precisão do tamanho da amostra, admitiu-se que 95% das estimativas poderiam diferir do valor populacional desconhecido d (erro amostral) por no máximo 3,5%, isto é, o valor absoluto d assumiria valor igual a 0,035 sob o nível de confiança de 95%, para uma população constituída de consumidores em potencial. Preferiu-se adotar o valor antecipado para p igual a 0,50 com o objetivo de maximizar a variância populacional, obtendo-se maior aproximação para o valor da característica na população. Em outras palavras, fixou-se um maior tamanho da amostra para a precisão fixada.

2 2 Assim, o número mínimo de consumidores entrevistados deve ser de 800, ou seja, com uma amostra de no mínimo 800 consumidores, esperou-se que 95% dos intervalos de confiança estimados, com semi-amplitude igual a 0,035, contivessem as verdadeiras frequências. Resultados O Índice de Confiança se divide em três indicadores: Índice de Confiança do Consumidor (ICC), Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) e Índice de Expectativa do Consumidor (IEC). As Tabelas 1 e 2, a seguir, identificam os resultados do mês de outubro de Tabela 1 - Síntese dos Resultados em 12 meses de pesquisa Variação Mensal Frente ao Mês Anterior - em (%) MESES Índice de Confiança do Consumidor Valor Mensal - em pts. Variação Mensal - em (%) ICC ICEA IEC ICC ICEA IEC Out/12 153,0 157,7 149,9-0,5-2,0 0,6 Nov/12 163,5 163,5 163,5 6,8 3,7 9,1 Dez/12 145,9 150,9 142,6-10,8-7,7-12,8 Jan/13 170,7 168,6 172,1 17,0 11,8 20,7 Fev/13 164,7 161,6 166,7-3,6-4,2-3,2 Mar/13 166,0 159,4 170,3 0,8-1,4 2,2 Abr/13 158,2 153,9 161,0-4,7-3,5-5,5 Mai/13 160,1 157,4 161,9 1,2 2,3 0,6 Jun/13 153,0 161,6 147,3-4,4 2,7-9,1 Jul/13 165,2 167,0 164,1 8,0 3,3 11,4 Ago/13 157,7 150,6 162,4-4,6-9,8-1,0 Set/13 161,1 157,2 163,7 2,2 4,4 0,8 Out/13 160,5 155,1 164,2-0,4-1,4 0,3 Fonte: Pesquisa Direta Fecomercio SP / Uni-FACEF Franca Tabela 2 Resultado dos Valores Médios (em pontos) dos índices ICC, ICEA e IEC Período Valor Médio (pts.) ICC ICEA IEC 3 Meses 159,8 154,3 163,4 6 Meses 159,6 158,1 160,6 12 meses 160,6 158,9 161,6 Fonte: Pesquisa Direta Fecomercio SP / Uni-FACEF Franca Ao se apurar o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) do mês de outubro foi constatado uma pequena queda (-0,47%), sendo registrada a incidência de 160,5 pontos, em detrimento dos 161,1 apurados em setembro. Entretanto, ao comparar com agosto, verifica-se um

3 3 otimismo maior por parte dos consumidores, já que naquele mês foram constatados 157,7 pontos. Quando efetuada a comparação do mês de outubro, com a média dos três últimos meses (159,8 pontos) é possível constatar que houve um acréscimo na confiança do consumidor. A mesma conclusão é possível, ao comparar com o ICC de outubro do ano passado, isso mostra que esse ano os consumidores estão mais otimistas do que em 2012, fato que pode refletir em um aumento de consumo. O Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) seguiu a tendência do ICC, apresentando baixa de 1,4 pontos percentuais, na comparação entre outubro e setembro (155,1 157,2 pontos, respectivamente), ao analisar o ano de No mês de agosto este indicador apresentava-se ainda mais baixo (150,6 pontos). Também é possível, neste caso, realizar uma comparação entre o mês de outubro e os três últimos meses, podendo-se perceber que da mesma forma que o ICC, o ICEA de outubro é maior que a média do trimestre (154,3 pontos). Ao comparar com o ICEA de outubro de 2012, verifica-se que com relação às condições econômicas o consumidor está menos otimista em O único indicador em que se pode perceber variação positiva no mês de outubro foi o IEC. Neste mês se apurou maior otimismo com relação ao Índice de Expectativa Consumidor (IEC), com uma elevação de 0,3 pontos percentuais, 164,2 pontos diante dos 163,7 levantados em setembro. Já agosto mostrou um indicador com 162,4. O IEC foi também seguiu a tendência dos demais indicadores e no mês de outubro se apresentou maior que a média dos três últimos meses (163,4 pontos). De maneira geral pode-se perceber que a confiança do consumidor francano se encontra semelhante ao apurado no mês de setembro, tendo apenas as condições econômicas atuais se distanciado mais. Há ainda que se considerar que todos os indicadores se situam acima dos 150 pontos, o que permite concluir que existe certo otimismo do consumidor francano com relação a suas condições econômicas atuais (ICEA), sua perspectiva sobre o futuro (IEC) e sua confiança (ICC). Ao comparar o ICEA de outubro de 2012 com esse ano, verifica-se que esse ano, o consumidor está mais otimista com as condições futuras do ambiente. Quadro 1 Valores apurados no mês de outubro Índice de Confiança do Consumidor - ICC: O sexo Feminino possui maior Índice de Confiança do Consumidor: 163,9 pontos. A idade com maior ICC situa-se na faixa com 35 anos ou mais: 165,0 pontos. A faixa de renda familiar que apresenta maior ICC é a maior que 10 SM: 168,5 pontos. Índice de Condições Econômica Atual - ICEA: O sexo Feminino é o que apresenta maior ICEA: 162,7 pontos. A idade com maior ICEA está na faixa com 35 anos ou mais: 163,4 pontos A faixa de renda familiar que apresenta maior ICEA é a maior que 10 SM: 166,0 pontos. Índice de Expectativa Consumidor - IEC: O sexo Feminino possui maior IEC: 164,6 pontos. A idade com maior IEC está na faixa de 35 anos ou mais: 166,0 pontos. A faixa de renda familiar que apresenta maior IEC é a maior que 10 SM: 170,1 pontos.

4 4 Fonte: Pesquisa Direta Fe-Comércio SP / Uni-FACEF Franca. O quadro 1, acima, identifica resultados detalhados da pesquisa. Por intermédio dele é possível verificar a incidência, entre pesquisados, de consumidores do sexo feminino, consumidores com idade situada na faixa de idade com 35 anos ou mais e ainda consumidores com renda familiar superior a 10 salários mínimos, como aqueles que apresentam valores médios, no último mês, mais significativo em relação ao Índice de Confiança do Consumidor (ICC), Índice de Condições Econômicas Atuais (ICEA) e Índice de Expectativa Consumidor (IEC). As tabelas 3, 4 e 5 a seguir, mostram os indicadores divididos demograficamente nos três últimos meses de pesquisa. Tabela 3 - Índice de Confiança do Consumidor (ICC) no Trimestre por Indicadores Demográficos Valor Mensal Variação (%) Estratos em pts Out/13 Out/13 Ago Set Out Out/12 Set/13 Por Sexo Masculino 155,5 159,8 156,4-3,1-2,1 Feminino 159,4 162,0 163,9 10,8 1,1 Por Idade 18 a 34 anos 156,6 158,1 155,7 1,2-1,5 35 anos ou + 159,1 164,7 165,0 8,8 0,2 Por Renda Familiar Mensal até 10 SM 158,0 161,1 160,3 4,2-0,4 Mais de 10 SM 142,8 164,7 168,5 24,7 2,3 Total 157,7 161,1 160,5 4,9-0,4 Fonte: Pesquisa direta Fecomercio SP / Uni-FACEF -Franca

5 5 Tabela 4 - Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) no Trimestre por Indicadores Demográficos Valor Mensal Variação (%) Estratos em pts Out/13 Out/13 Ago Set Out Out/12 Set/13 Por Sexo Masculino 146,2 154,8 145,6-1,7-5,9 Feminino 153,9 158,8 162,7-11,5 2,4 Por Idade 18 a 34 anos 146,4 152,1 146,0-7,1-4,0 35 anos ou + 156,2 163,3 163,4 3,1 0,0 Por Renda Familiar Mensal até 10 SM 150,9 157,1 154,8-2,0-1,5 Mais de 10 SM 137,1 160,5 166,0 10,4 3,4 Total 150,6 157,2 155,1-1,7-1,4 Fonte: Pesquisa direta Fecomercio SP / Uni-FACEF -Franca Tabela 5 - Índice de Expectativa Consumidor (IEC) no Trimestre por Indicadores Demográficos Valor Mensal Variação (%) Estratos em pts Out/13 Out/13 Ago Set Out Out/12 Set/13 Por Sexo Masculino 161,7 163,2 163,6 9,5 0,2 Feminino 163,0 164,1 164,6 2,6 0,3 Por Idade 18 a 34 anos 163,5 162,2 162,2 6,9 0,0 35 anos ou + 161,1 165,7 166,0 12,8 0,2 Por Renda Familiar Mensal até 10 SM 162,8 163,7 164,0 8,6 0,2 Mais de 10 SM 146,6 167,5 170,1 36,1 1,5 Total 162,4 163,7 164,2 9,5 0,3 Fonte: Pesquisa direta Fecomercio SP / Uni-FACEF -Franca

6 6 2 PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA (PEIC) A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência, conhecida por PEIC, é relevante em uma sociedade dada à importância das consequências econômicas e sociais do endividamento dos consumidores. Dessa forma, é crucial seguir a tendência do endividamento e realizar um estudo sistemático da natureza e dimensão desse fenômeno. Além das fortes implicações econômicas, em termos pessoais e familiares, e dos graves problemas psicológicos e sociais que lhe estão associados, não se pode esquecer os efeitos do endividamento sobre o setor real da economia. Nesse sentido, essa pesquisa tem o objetivo de avaliar mensalmente a natureza e a real dimensão do endividamento do consumidor na cidade de Franca. Para tanto, foram entrevistados 1308 consumidores em potencial, residentes no Município de Franca, com idade superior a 18 anos. Grandeza da amostra Para fixar a precisão do tamanho da amostra, admitiu-se que 95% das estimativas poderiam diferir do valor populacional desconhecido p por no máximo 3,5%, isto é, o valor absoluto d(erro amostral) assumiria valor igual a 0,035 sob o nível de confiança de 95%, para uma população constituída de consumidores em potencial. Preferiu-se adotar o valor antecipado para p igual a 0,50 com o objetivo de maximizar a variância populacional, obtendo-se maior aproximação para o valor da característica na população. Em outras palavras, fixou-se um maior tamanho da amostra para a precisão fixada. Assim, o número mínimo de consumidores a serem entrevistados foi de 800, ou seja, com uma amostra de no mínimo 800 consumidores, esperou-se que 95% dos intervalos de confiança estimados, com semi-amplitude igual a 0,035, contivessem as verdadeiras frequências. Resultados Os resultados do mês de setembro comparados com os últimos 3, 6 e 12 meses de pesquisa são apresentados na Tabela 6 e Gráfico 1, a seguir: Tabela 6 Resultados PEIC (Valores em %) Taxa Meses Média 2013 Maio Jun. Jul. Ago. Set. Out. 3 meses 6 meses 12 meses Total de endividados 51,5 57,6 45,9 60,1 52,2 55,7 56,1 53,9 51,2 Dívidas ou contas em atrasos 19,9 20,5 5,7 15,6 13,8 17,7 15,7 15,5 19,3 Não terão condições pagar 2,6 0,9 1,3 1 1,3 2,1 1,5 1,5 1,7 Fonte: Pesquisa direta Fecomercio SP / Uni-FACEF Franca

7 7 Gráfico 1 Resultados PEIC (Valores em %) Fonte: Pesquisa Direta Fecomércio SP/ Uni-FACEF-Franca Ao comparar o total de endividados na cidade de Franca no mês de outubro com o apurado em setembro de 2013, pode-se constatar que o francano se considera mais endividado no mês atual, sendo que neste mês se verificou 55,7% da população possuindo algum tipo de dívida, diante dos 52,2 pontos percentuais apurados em setembro. Em agosto este valor se apresentava maior (60,1%), e o mês de julho apresentou o indicador apresentou o menor valor dos últimos seis meses (45,9%). Concomitantemente, o percentual de consumidores que se consideram impossibilitados de arcar com seus débitos apresentou elevação em outubro, 17,7% da população francana diz possuir contas em atraso. Em setembro este percentual se mostrou menor, 13,8%, em agosto o dado apurou 15,6%. E julho apresentou o menor percentual do intervalo de seis meses 5,7%. Ainda cabe considerar que, com relação aos consumidores que não conseguirão honrar seus compromissos financeiros, a situação se assemelha. O indicador apresentou uma oscilação positiva (2,1%), voltando a ficar acima dos dois pontos percentuais, o que não ocorria desde o mês de maio de Em setembro foi verificado nesta condição 1,3% dos consumidores entrevistados, em agosto 1,0% e julho 1,3 pontos percentuais. Ao comparar os resultados obtidos no mês de outubro com as médias apuradas nos últimos 12 meses verifica-se, com base na Tabela 6 e Gráfico 1, que apenas os consumidores que possuem alguma dívida em atraso apresentam um percentual acima da média anual (19,3%). Já as médias dos 12 últimos meses dos consumidores que possuem dívidas, verificada, foi de 51,2% e dos inadimplentes 1,7%. De maneira específica, a seguir resumem-se os dados do mês analisado. Em resumo: o 55,7% dos Consumidores estão Endividados: refere-se ao número de consumidores que possuem contas ou dívidas com relação a cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, compra de imóvel e prestações de carro e de seguros.

8 8 o o 17,7% dos Consumidores estão com Contas ou Dívidas em Atrasos: refere-se ao número de consumidores que possuem contas ou dívidas em atrasos com relação a cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, compra de imóvel e prestações de carro e de seguros. 2,1% dos Consumidores que não terão condições de pagar: diz respeito à parcela de consumidores endividados que não terão condições de honrar seus compromissos com contas ou dívidas tais como cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, compra de imóvel e prestações de carro e de seguros. A leitura que se faz desse mês: é que há menos endividados em números percentuais, contudo, aumentou-se o número pessoas com contas em atraso e inadimplentes, sendo um alerta ao varejo. Tipos de Dívidas, Tempo de Comprometimento e Parcela da Renda Comprometida com Dívidas Ao analisar a Tabela 7 verifica-se que o consumidor francano continua seguindo a mesma tendência dos meses anteriores. A principal fonte de dívidas ainda é o cartão de crédito, com 67,0% dos entrevistados dizendo possuir este tipo de dívida. Em setembro este valor foi inferior (65,73%) e em agosto verificou-se 69,22% com débitos em cartão de crédito. A segunda fonte de dívidas destacada pela pesquisa também segue tendências anteriores, os Carnês de Lojas apresentaram o percentual de 45,56, da mesma forma, inferior aos 47,51% vistos em setembro. Em agosto apurou-se 47,42% dos consumidores nesta condição. Tabela 7 Tipos de Dívidas no mês de Outubro/2013 Qual o principal tipo de dívida que você possui nesse momento? (%) Cartão de Crédito 67,00 Cheque Especial 6,77 Cheque Pré-datado 5,22 Crédito Consignado 2,54 Crédito Pessoal 4,94 Carnês 45,56 Financiamento de carro 17,63 Financiamento de casa 7,19 Outras Dívidas 2,96 Não sabe 0,14 Não respondeu 0,42 Fonte: Pesquisa Direta Fecomércio SP/ Uni-FACEF-Franca Na Tabela 8, é possível verificar que, em outubro, a maioria as dívidas continuam a se concentrar no intervalo de até três meses, com 36,71% dos consumidores nesta condição, acima dos 28,15 pontos percentuais vistos em setembro. Em agosto este também era o prazo de maior incidência com 27,78% de agosto. No mês de julho o indicador registrou 11,58%, quando o tempo médio de comprometimento com as dívidas com maior incidência de respostas se situou entre 3 e 6 meses (31,58%). Em outubro, o tempo médio de comprometimento com dívidas

9 9 registrado foi de seis meses assim como nos meses de setembro, agosto, junho e maio. Em julho o tempo médio levantado foi de oito meses. Tabela 8 Tempo de comprometimento no mês de Outubro/2013 Tempo de comprometimento com dívidas (%) Até 3 meses 36,71 Entre 3 meses e 6 meses 21,66 Entre 6 meses e 1 ano 25,60 Por mais de 1 ano 15,61 Não sabe / não respondeu 0,42 Tempo Médio Fonte: Pesquisa Direta Fecomércio SP/ Uni-FACEF-Franca 6 meses A pesquisa identificou ainda o quanto o francano compromete de sua renda com dívidas. Este mês foi possível apurar que há uma proximidade considerável entre três das cinco faixas inqueridas: 26,19%, 24,65% e 24,51% dos entrevistados responderam Menos de 10%, de 31% a 50% e de 11% a 30%, respectivamente, conforme visualizado na Tabela 9. Em setembro a faixa de maior incidência foi a de consumidores que possuíam de 31% e 50% da renda comprometida, com 28,51%, assim como em agosto (29,33%). Também é possível verificar a média da renda do consumidor francano comprometida com dívidas, neste mês este quesito acusou 32,3% em média. Em setembro este valor se encontrava acima (35,1% em média). Já agosto 35,8% da renda do francano se encontrava comprometida com as dívidas. Tabela 9 Parcela da Renda comprometida no mês de outubro/2013 Parcela da Renda comprometida com dívidas (%) Menos de 10% 26,19 De 11% a 30% 24,51 De 31 a 50% 24,65 De 51% a 70% 11,76 Mais de 70% 9,66 Não sabe / não respondeu 3,22 Média Fonte: Pesquisa Direta Fecomércio SP/ Uni-FACEF-Franca 32,3% da renda IPES Novembro/2013

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JANEIRO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS JANEIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC VITÓRIA - ES ABRIL/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CURITIBA - PR DEZEMBRO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO MAIO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JANEIRO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO ABRIL/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO DEZEMBRO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO ABRIL/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO FEVEREIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JUNHO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS JULHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO FEVEREIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CURITIBA - PR SETEMBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CUIABÁ - MT JUNHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina PEIC

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina PEIC Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina PEIC Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de abril de 2013 Na comparação mensal entre março e abril, o percentual de catarinenses

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO DEZEMBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS - ICF

INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS - ICF INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS - ICF Goiânia GO Janeiro 2010 SUMÁRIO Tabela 1 - Síntese dos Resultados 3 Tabela 2 - Variações percentuais sobre o mês anterior 3 Análise dos Resultados 4 Tabela 3 - Intenção

Leia mais

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de março de 2014 Endividamento das famílias catarinenses sobe em março. Síntese dos resultados

Leia mais

Endividamento das famílias catarinenses aumenta mensalmente em função da retomada das vendas no crédito

Endividamento das famílias catarinenses aumenta mensalmente em função da retomada das vendas no crédito Endividamento das famílias catarinenses aumenta mensalmente em função da retomada das vendas no crédito Os dados coletados pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (PEIC) de Santa

Leia mais

Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro

Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro Na comparação mensal entre outubro e novembro, o percentual

Leia mais

NCIA DAS. Palmas - TO

NCIA DAS. Palmas - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA NCIA DAS FAMÍLIAS Palmas - TO Janeiro 2010 SUMÁRIO Análise dos Resultados 3 Tabela 1 PEIC - Evolução nos últimos 13 meses 3 Tabela 2 PEIC Evolução nos últimos

Leia mais

Síntese dos resultados Meses

Síntese dos resultados Meses Núcleo de Pesquisas Fevereiro registra pequeno aumento do percentual de famílias catarinenses endividadas, entretanto, parcela de famílias com contas em atraso apresenta queda O percentual de famílias

Leia mais

Pelo segundo mês consecutivo cai o endividamento e a inadimplência em Santa Catarina. Síntese dos resultados Meses Situação da família

Pelo segundo mês consecutivo cai o endividamento e a inadimplência em Santa Catarina. Síntese dos resultados Meses Situação da família Núcleo de Pesquisas Pelo segundo mês consecutivo cai o endividamento e a inadimplência em Santa Catarina Os dados levantados pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (PEIC) de Santa

Leia mais

QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS

QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS O percentual de famílias endividadas em Santa Catarina caiu de 93% em julho para 90% em agosto.

Leia mais

Síntese dos resultados

Síntese dos resultados Núcleo de Pesquisas Mês de março apresenta alta mensal do percentual de famílias endividadas e com contas em atraso. Entretanto, na comparação anual o percentual de atrasos caiu. O percentual de famílias

Leia mais

INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS - ICF

INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS - ICF INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS - ICF GOIÂNIA - GO JULHO/2014 SUMÁRIO Série histórica do ICF... 3 Resultado do ICF... 4 Situação do emprego... 5 Perspectiva profissional... 6 Situação de renda... 7 Acesso

Leia mais

Famílias endividadas e com contas em atraso (%)

Famílias endividadas e com contas em atraso (%) Núcleo de Pesquisas Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de Chapecó A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor é um importante indicador da saúde financeira das famílias,

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS NOVEMBRO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC VITÓRIA - ES MAIO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS OUTUBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS MAIO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JUNHO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO AGOSTO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO AGOSTO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO NOVEMBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

Í NDÍCE DE CONFÍANÇA DO EMPRESA RÍO DO COME RCÍO (ÍCEC)

Í NDÍCE DE CONFÍANÇA DO EMPRESA RÍO DO COME RCÍO (ÍCEC) Í NDÍCE DE CONFÍANÇA DO EMPRESA RÍO DO COME RCÍO (ÍCEC) PORTO ALEGRE - RS JULHO/2015 SUMÁRIO Histórico do ICEC... 3 Tabela 1 - Evolução mensal dos resultados... 3 Tabela 2 - Síntese dos Resultados... 4

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO JUNHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Março de 2015 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/14 61,0% 20,8%

Leia mais

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC Índice de Confiança do Empresário do Comércio Catarinense de março de 2013 Expectativa do empresário do comércio apresenta alta em março e segue indicando

Leia mais

Cresce confiança dos empresários do comércio catarinense em março. Síntese dos resultados

Cresce confiança dos empresários do comércio catarinense em março. Síntese dos resultados Cresce confiança dos empresários do comércio catarinense em março Após a queda verificada em fevereiro, ocasionada por motivos sazonais, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) catarinense

Leia mais

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC Índice de Confiança do Empresário do Comércio Catarinense de julho de 2013 Piora da situação econômica e protestos pelo Brasil deterioram otimismo

Leia mais

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICF

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICF Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICF Pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias de junho de 2013 Famílias catarinenses permanecem otimistas com relação às possibilidades de consumo A

Leia mais

Florianópolis, 17 de agosto de 2011.

Florianópolis, 17 de agosto de 2011. PROXIMIDADE DO FIM DE ANO IMPACTA A PERSPECTIVA DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS CATARINENSES EM SETEMBRO O forte crescimento mensal da perspectiva de consumo das famílias catarinenses, de 12,7%, foi o principal

Leia mais

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de outubro de 2014 Endividamento das famílias catarinenses mantém-se praticamente estável em

Leia mais

O Endividamento das famílias no Brasil

O Endividamento das famílias no Brasil Boletim Econômico Edição nº 74 junho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico O Endividamento das famílias no Brasil 1 Situação atual e números O percentual de famílias com

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte Março/15 A mostra o desempenho dos negócios do comércio no mês de Fevereiro/2015 e identifica a percepção dos empresários para o mês de Março/2015. Neste mês, 20,8% dos empresários conseguiram aumentar

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

Análise de Endividamento do Consumidor

Análise de Endividamento do Consumidor Belo Horizonte - 2015 A Análise Mensal do Endividamento do Consumidor traça o quadro de endividamento e inadimplência dos consumidores da capital. Essas informações são importantes porque englobam dados

Leia mais

Balanço do Crédito do Comércio Varejista

Balanço do Crédito do Comércio Varejista Receitas de Vendas A vista (cartão de débito, dinheiro e cheque) Vendas a Prazo (cartão de crédito, cheque pré-datado, etc.) Total Formas de vendas a prazo que a empresa aceita Cheque Cartão de Crédito

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS MARÇO/2016 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

Perfil de endividamento das famílias por faixas de renda para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte

Perfil de endividamento das famílias por faixas de renda para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte Perfil de endividamento das famílias por faixas de renda para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte Em agosto de 2014, as famílias com renda entre cinco e dez salários mínimos apresentaram a maior

Leia mais

Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) de Belo Horizonte

Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) de Belo Horizonte Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) de Belo Horizonte Setembro 2013 Apresentação A Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) traça o quadro de endividamento e inadimplência dos consumidores.

Leia mais

Pesquisa de Orçamento Doméstico

Pesquisa de Orçamento Doméstico Fonte: Sistema Fecomércio MG EE A Pesquisa de Orçamento Doméstico de Belo Horizonte é um balizador do comportamento das famílias, relativo aos seus compromissos correntes e financeiros. A falta de planejamento,

Leia mais

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor Orçamento Doméstico. Abril 2013

Pesquisa de Opinião do Consumidor Orçamento Doméstico. Abril 2013 Pesquisa de Opinião do Consumidor Abril Belo Horizonte MG Abril de Apresentação Acompanhar o consumidor através da organização de seu orçamento doméstico é uma ferramenta valiosa para auxiliar a tomada

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Janeiro 2014

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Janeiro 2014 ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Janeiro 2014 Relatório Sinop janeiro/2014 C I S E - U N E M A T Página 1 O ICE ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL O ICE Índice de Confiança Empresarial busca mapear a percepção

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2011 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2011 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2011 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL ANÁLISE COMPARATIVA O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica

Leia mais

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO A Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração (ANEFAC) realizou durante o mês de outubro de a 15ª edição da Pesquisa de Utilização do 13º salário.

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. Na pessoa física as taxas de juros tiveram uma pequena elevação sendo esta a décima quinta

Leia mais

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO FORTALEZA Dezembro 2009 Apresentação 3 Delineamento da Amostra 5 Quadros Estatísticos 7 Tabela 2 - Faturamento - Variação Frente a Igual Período do Ano Anterior 9 Tabela

Leia mais

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013 16 de dezembro de 2013 Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013 O ICEC é um indicador da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) que visa medir o nível

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 Junho de 2010 2 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 O objetivo geral deste estudo foi investigar as percepções gerais

Leia mais

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em maio/2014, sendo esta a décima segunda elevação seguida, quinta elevação no ano. Estas elevações podem ser atribuídas

Leia mais

O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.

O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. ANÁLISE COMPARATIVA RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2013 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. Esta elevação é reflexo da elevação da Taxa Básica de Juros (Selic)

Leia mais

Indústria. Prof. Dr. Rudinei Toneto Júnior Renata de Lacerda Antunes Borges

Indústria. Prof. Dr. Rudinei Toneto Júnior Renata de Lacerda Antunes Borges A Sondagem Industrial (SI) e o Índice de Confiança (ICEI) são elaborados pela unidade de Política Econômica da Confederação Nacional das s (CNI) em conjunto com as Federações das s dos 23 estados brasileiros

Leia mais

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em outubro/2013, sendo esta a sexta elevação no ano. Esta elevação pode ser atribuída à última elevação da Taxa de Juros

Leia mais

O AMBIENTE ECONÔMICO. Boletim n.º 05 1º trimestre de 2013. Taxa de juros - SELIC (fixada pelo Comitê de Política Monetária COPOM)

O AMBIENTE ECONÔMICO. Boletim n.º 05 1º trimestre de 2013. Taxa de juros - SELIC (fixada pelo Comitê de Política Monetária COPOM) Boletim n.º 05 1º trimestre de O AMBIENTE ECONÔMICO Taxa de juros - SELIC (fixada pelo Comitê de Política Monetária COPOM) Atividade econômica A economia brasileira, medida pelo desempenho do Produto Interno

Leia mais

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - MARÇO 2016 -

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - MARÇO 2016 - PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - MARÇO 2016 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL ANÁLISE COMPARATIVA RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Pesquisa Fecomércio SC Resultado de Vendas Volta às Aulas 2012

Pesquisa Fecomércio SC Resultado de Vendas Volta às Aulas 2012 Pesquisa Fecomércio SC Resultado de Vendas Volta às Aulas 2012 A FECOMÉRCIO SC realizou, entre os dias 29 de fevereiro e 02 de março, uma pesquisa para avaliar o resultado de vendas do período referente

Leia mais

Possui a renda comprometida com algum tipo de financiamento/ empréstimo?

Possui a renda comprometida com algum tipo de financiamento/ empréstimo? Belo-horizontinos com a renda comprometida com financiamentos ou empréstimos Pesquisa da CDL/BH também apontou que a maioria dos consumidores da capital mineira não faz nenhum tipo de aplicação financeira

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014 Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014 2014 Apresentação Observar e entender como foram às vendas no início do ano são

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Tecnologia Núcleo de Engenharia de Produção

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Tecnologia Núcleo de Engenharia de Produção UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Tecnologia Núcleo de Engenharia de Produção DIAGNÓSTICO DO PERFIL FINANCEIRO DOS MÉDICOS DE BRASÍLIA: Os principais motivos de seu endividamento. Bárbara barbara.magaldi@gmail.com

Leia mais

Balanço do Crédito do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Balanço do Crédito do Comércio Varejista de Belo Horizonte Balanço do Crédito do Comércio de Belo Horizonte Novembro 2013 BALANÇO DO CRÉDITO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE BELO HORIZONTE Novembro/2013 1 O Balanço do Crédito do Comércio de Belo Horizonte é uma pesquisa

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR DEZEMBRO/2010 PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR DE MANAUS, ANO 2010 - N 12 MANAUS AM 67,2% dos consumidores

Leia mais

Relatório de Intenção de compras de Natal

Relatório de Intenção de compras de Natal Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Intenção de compras de Natal Panorama da intenção de compras durante o período que antecede o Natal 2010 no município de Lages. Divisão de

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS

RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS 1. Resultados consolidados para todas as categorias associadas ao Sindivarejista 2. Resultados

Leia mais

Em agosto, ICES interrompe alta e cai para 96,2

Em agosto, ICES interrompe alta e cai para 96,2 Dados de Agosto/2013, Relatório Número 10 Em agosto, ICES interrompe alta e cai para 96,2 Em agosto, o ICES interrompeu a pequena tendência de alta registrada em julho, e voltou a cair, indo para 96,2,

Leia mais

Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda. (Oportunidades & Riscos)

Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda. (Oportunidades & Riscos) Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda (Oportunidades & Riscos) 1 Histórico A TNS Interscience desenvolve regularmente Estudos Institucionais cujo objetivo é o de identificar

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA MAURÍCIO DE NASSAU

INSTITUTO DE PESQUISA MAURÍCIO DE NASSAU INSTITUTO DE PESQUISA MAURÍCIO DE NASSAU ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR RECIFENSE (ICC-RECIFE) EDIÇÃO NOV/2014 Recife, Novembro de 2014. INTRODUÇÃO O Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau IPMN divulga

Leia mais

Destaque Depec - Bradesco

Destaque Depec - Bradesco Destaque Depec - Bradesco Ano XII - Número 11-0 de julho de 015 Melhora da composição da carteira de crédito e desalavancagem das famílias deverão conter a alta da inadimplência Ellen Regina Steter Departamento

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em setembro/2013, sendo esta a quinta elevação no ano. Esta elevação

Leia mais

AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO

AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO DE PESQUISA AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO NAVEGANTES 2009 2010 TERMO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA SÃO TECNICAMENTE RESPONSÁVEIS PELOS RESULTADOS APRESENTADOS NESTE RELATÓRIO

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE março de 2014 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-março-2013

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Agosto de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing do Banco Itaú Indicadores de Mercado 2 Mercado de Cartões 2008 Indicadores de

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Expectativas para o Dia dos Pais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Expectativas para o Dia dos Pais Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Expectativas para o Dia dos Pais 2013 Apresentação O Dia dos Pais marca a abertura do calendário de datas comemorativas do comércio varejista no segundo semestre.

Leia mais

Introdução... 4. Percepção sobre a economia e o comércio... 5. Gargalos da economia brasileira... 7. Consumo das famílias... 8

Introdução... 4. Percepção sobre a economia e o comércio... 5. Gargalos da economia brasileira... 7. Consumo das famílias... 8 Conteúdo Introdução... 4 Percepção sobre a economia e o comércio... 5 Gargalos da economia brasileira... 7 Consumo das famílias... 8 Ambiente regulatório... 9 Logística pública... 10 Mão de obra... 10

Leia mais

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson

Leia mais