ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO"

Transcrição

1 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Decreto Estadual n , de Define a estrutura e as atribuições dos Órgãos Administrativos da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo, nos termos do artigo 39 da Lei Complementar n. 478,, de 18 de junho de 1986 Alterações: Decreto n , de Decreto n , de Unidades desativas pelo Decreto n , de , estão indicadas i em letras pretas Unidades não implantadas estão indicadas em letras verdes Unidades que deixaram de funcionar estão em letras amarelas

2 Apresentação Neste momento em que as Procuradoras e os Procuradores do Estado,, em atividade e aposentados, almejam um novo modelo de gestão administrativa para a Procuradoria Geral do Estado, a primeira etapa para a consecução dessa empreitada é conhecer a atual estrutura administrativa da Instituição. Se atualmente é arcaica, quando surgiu, essa estrutura administrativa ativa atendia às necessidades da Instituição. Para a Instituição avançar nessa senda, não se faz necessário destruir a atual organização administrativa, mas aperfeiçoá-la, aprimorá-la e ampliá-la, la, aproveitando a estrutura de órgãos cuja existência não mais se justifica. O trabalho ora apresentado, sob a Coordenação do Procurador Geral l do Estado Adjunto, Marcelo de Aquino, contou com a colaboração do Centro de Recursos Humanos, dirigido pela funcionária Mércia Marques Lopes, e com os subsídios fornecidos pela Coordenadora da Unidade Central de Recursos Humanos do Estado, Ivani Maria Bassoti,, funcionária dos quadros da PGE. Setembro de 2007 Marcos Fábio de Oliveira Nusdeo Procurador Geral do Estado

3 Unidades de Administração da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo As unidades de Administração da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo compreendem: Unidades Gerais Unidades de Suporte Administrativo

4 Unidades de Administração GERAIS Departamento de Administração Centro de Recursos Humanos Grupo de Planejamento Setorial Secretaria do Conselho Divisões de Administração Serviços de Administração Seções de

5 Unidades de Administração Suporte Administrativo Seções de Biblioteca e Documentação Seções e Setores de Acompanhamento de Processos Unidades Específicas das Procuradorias Fiscal, Judicial, PAJ, Sorocaba Campinas e São Carlos

6 Unidades de Administração As Unidades de Administração são classificadas em: Divisão Serviços Seção Setor

7 Unidades de Administração Geral do Gabinete do Procurador Geral do Estado Gabinete Documentação Departamento de Administração Centro de Recursos Humanos Grupo de Planejamento Setorial

8 GPS Grupo de Planejamento Setorial Colegiado Equipe Técnica

9 Centro de Recursos Humanos GPG Nível de Divisão Técnica Reprografia Equipe de Assistência Técnica I Equipe de Assistência Técnica II Serviço de Mobilidade Funcional Serviço de Cadastro Freqüência de Centro de Convivência Infantil

10 Serviço de Mobilidade Funcional do Centro de Recursos Humanos - GPG Unidade de Nível Técnico Equipe Técnica

11 Serviço de Cadastro, Freqüência e de do Centro de Recursos Humanos - GPG Cadastro de Cargos e Funções Cadastro Funcional e Freqüência de

12 Centro de Convivência Infantil do Centro de Recursos Humanos - GPG Nível de Seção Técnica Chefe Acolhimento Apoio Administrativo

13 Departamento de Administração - GPG Divisão de Finanças Divisão de Serviços Gerais Serviço de Administração de Assistência Judiciária Serviço de Atendimento a Precatório de Cadastro Funcional e Freqüência

14 Divisão de Finanças do Departamento de Administração - GPG de Serviço de Despesa de Serviço de Orçamento e Custo Despesa Programação Financeira e Pagamento Orçamento Execução Orçamentária

15 Divisão de Serviços Gerais do Departamento de Administração - GPG Serviço de Comunicações Administrativas Serviço de Complementares Serviço de Material e Patrimônio

16 Serviço de Comunicações Administrativas da Divisão de Serviços Gerais do Departamento de Administração - GPG Protocolo Arquivo Publicação de Atos e Expedição Atendimento a Mandados Judiciais Reprografia

17 Serviço de Complementares da Divisão de Serviços Gerais do Departamento de Administração - GPG Zeladoria Manutenção Impressão Transporte Setores de: Copa Portaria Telefonia Setores de Manutenção I e II Administração de Frota Setores de Manutenção de Veículo Operação

18 Serviço de Material e Patrimônio da Divisão de Serviços Gerais do Departamento de Administração - GPG Compras Almoxarifado Administração Patrimonial

19 Serviço de Administração da Assistência Judiciária do Departamento de Administração - GPG Protocolo Arquivo Outras Seções: Convênio Orçamento Pagamento Material Reprografia Material com 3 setores

20 Serviço de Atendimento a Precatórios do Departamento de Administração - GPG Cálculos e Previsão Orçamentária Pagamentos Comunicações Administrativas Reprografia Setores de Protocolo Arquivo

21 Secretaria do Conselho da Procuradoria Geral do Estado (Nível de Serviço) Cadastro e Freqüência De Estagiários Comunicações Administrativas Controle de Honorários Protocolo Arquivo Expedição

22 Divisão de Administração da Procuradoria Fiscal Pesquisa de Devedores de Serviço de de Serviço de Finanças de Comunicações Administrativas de Serviço de Gerais Cadastro Funcional e Freqüência de Pagamento de Gratificação Por Serviços Especiais Orçamento Despesa e Programação Financeira Seções de Protocolo Arquivo Expedição Complementares Compras Administração Patrimonial Setores Cadastro Freqüência Setores de: Zeladoria Portaria Reprografia Almoxarifado

23 Divisão de Administração da Procuradoria de Assistência Judiciária de Serviço de de Serviço de Finanças de Comunicações Administrativas de Serviço de Gerais Cadastro Funcional e Freqüência de Orçamento Despesa e Programação Financeira Pagamento de Pensões Alimentícias Seções de Protocolo Arquivo Expedição Complementares Compras Administração Patrimonial Setores de: Cadastro Freqüência Setores de: Zeladoria Portaria Reprografia Ativ. Aux. Almoxarifado

24 Divisão de Administração da Procuradoria Judicial de Serviço de de Serviço de Finanças de Comunicações Administrativas de Serviço de Gerais Cadastro Funcional e Freqüência de Orçamento Despesa e Programação Financeira Seções de Protocolo Arquivo Expedição Complementares Compras Administração Patrimonial Setores de: Cadastro Freqüência Setores de: Zeladoria Portaria Reprografia Almoxarifado

25 Divisão de Administração da Procuradoria Regional da Grande São Paulo de Serviço de de Serviço de Finanças de Comunicações Administrativas de Serviço de Gerais Cadastro Funcional e Freqüência de Orçamento Despesa e Programação Financeira Seções de Protocolo Arquivo Expedição Complementares Compras Administração Patrimonial Setores de: Cadastro Freqüência Setores de: Zeladoria Portaria Reprografia Almoxarifado

26 Serviço de Administração do Centro de Estudos Finanças Seção Comunicações Administrativas Complementares Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Setores: Protocolo Arquivo Setores: Portaria Zeladoria Compras Patrimônio Almoxarifado

27 Serviço de Administração da Procuradoria do Patrimônio Imobiliário Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

28 Serviço de Administração da Procuradoria de Assistência Jurídica aos Municípios Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

29 Serviço de Administração da Procuradoria Administrativa Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

30 Serviço de Administração da Procuradoria do Estado de São Paulo em Brasília Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

31 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Santos PR-2 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

32 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Taubaté PR-3 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

33 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Sorocaba PR-4 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

34 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Campinas PR-5 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

35 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Ribeirão Preto PR-6 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

36 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Bauru PR-7 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

37 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de S.J. do Rio Preto PR-8 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

38 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Araçatuba PR-9 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

39 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Presidente Prudente PR-10 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

40 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de Marília PR-11 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

41 Serviço de Administração da Procuradoria Regional de São Carlos PR-12 Finanças Seção Comunicações Administrativas Gerais Material e Patrimônio Cadastro Funcional e Freqüência de Zeladoria Portaria

42 Seções de Órgãos Superiores Gabinete do PGE: Seção I Seção II Seção III Corregedoria Geral

43 Gabinetes dos Procuradores Chefes Procuradoria de Assistência Jurídica aos Municípios Procuradoria Administrativa Procuradoria do Patrimônio Imobiliário Procuradoria Judicial Procuradoria Fiscal Procuradoria de Assistência Judiciária Centro de Estudos COJE Procuradoria Regional de Santos Procuradoria Regional de Taubaté Procuradoria Regional de Sorocaba Procuradoria Regional de Campinas Procuradoria Regional de Ribeirão Preto Procuradoria Regional de Bauru Procuradoria Regional de S. J. do Rio Preto Procuradoria Regional de Araçatuba Procuradoria Regional de Marília

44 Unidade de Suporte Administrativo Biblioteca e Documentação Gabinete do Procurador Chefe da P.R. de Campinas Gabinete do Procurador Chefe de Marília Gabinete do Procurador Chefe da Procuradoria do Patrimônio Imobiliário

45 Unidade de Suporte Administrativo Seções de Acompanhamento de Processos Não estão incluídas as Unidades desativadas Procuradoria Administrativa: 1 Procuradoria do Patrimônio Imobiliário: 2 Procuradoria Judicial: 8 Procuradoria Fiscal: 26 Procuradoria de Assistência Judiciária: 10 Procuradoria do Estado de São Paulo em Brasília: 1 Procuradoria Regional da Grande São Paulo: 7 Procuradoria Regional de Santos: 4 Procuradoria Regional de Taubaté: 3 Procuradoria Regional de Sorocaba: 4 Procuradoria Regional de Campinas: 6 Procuradoria Regional de Ribeirão Preto: 4 Procuradoria Regional de Bauru: 4 Procuradoria Regional de S. J. do Rio Preto: 4 Procuradoria Regional de Araçatuba: 4 Procuradoria Regional de Presidente Prudente: 4 Procuradoria Regional de Marília: 4 Procuradoria Regional de São Carlos: 2

46 Unidade de Suporte Administrativo Setores de Acompanhamento de Processos Não estão incluídas as Unidades desativadas Procuradoria Regional da Grande São Paulo: 12 Procuradoria Regional de Santos: 1 Procuradoria Regional de Campinas: 6 Procuradoria Regional de S. J. do Rio Preto: 1

47 Unidades de Suporte Administrativo Específicas Não estão incluídas as Unidades desativadas Administração das Seccionais de: Botucatu Sorocaba Rio Claro Expedição de Títulos de Domínio Gabinete do Procurador Chefe da PPI Controle de Ações Gabinete do Procurador Chefe da Procuradoria Judicial

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO I ORGANOGRAMA DA SECRETARIA

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO I ORGANOGRAMA DA SECRETARIA ANEXO I ORGANOGRAMA DA SECRETARIA da Presidência Controle Interno e Auditoria Presidência Assessoria de Comunicação Social Corregedoria Secretaria da Corregedoria Diretoria-Geral da Diretoria-Geral Assessoria

Leia mais

Art. 3º. As despesas decorrentes da execução desta Lei correrão à conta das dotações próprias do orçamento vigente.

Art. 3º. As despesas decorrentes da execução desta Lei correrão à conta das dotações próprias do orçamento vigente. LEI Nº 656, DE 28 DE MARÇO DE 1994. Publicado no Diário Oficial nº 329 Modifica a Lei nº 308, de 17 de outubro de 1991, e dá outras providências. Faço saber que o Governador do Estado do Tocantins adotou

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 254, DE 30 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 254, DE 30 DE ABRIL DE 2013 Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal - SINJ-DF RESOLUÇÃO Nº 254, DE 30 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre a estrutura dos Serviços Auxiliares do Tribunal de Contas do Distrito Federal.

Leia mais

Conselho da Justiça Federal

Conselho da Justiça Federal RESOLUÇÃO N o 004, DE 14 DE SETEMBRO DE 1989 Dispõe sobre a organização administrativa do Conselho da Justiça Federal e dá outras providências O PRESIDENTE DO CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL, no uso das atribuições

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Escritório de Assistência Jurídica EAJ CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Escritório de Assistência Jurídica EAJ CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Escritório de Assistência Jurídica EAJ Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Núcleo de Prática Jurídica (Escritório de Assistência Jurídica EAJ).

Leia mais

L E I Nº 7.474, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

L E I Nº 7.474, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei: L E I Nº 7.474, DE 27 DE SETEMBRO DE 2010 Altera a Lei nº 7.283, de 1º de julho de 2009, que dispõe sobre a organização do Departamento de Trânsito do Estado do Pará DETRAN, e dá outras providências. A

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 5ª Região PRESIDÊNCIA DO TRF 5ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 5ª Região PRESIDÊNCIA DO TRF 5ª REGIÃO Nº do documento / Tipo: 00123/2016 / ATO Nº Processo - Peca: 00000/0-0 Descrição: ATO DE CONSOLIDAÇÃO DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO TRF5 Usuário assinador: 10025 - ROGÉRIO DE MENESES FIALHO MOREIRA Data:01/04/2016

Leia mais

II cumprir políticas e diretrizes definidas no Plano de Ação do governo Municipal e nos programas gerais e setoriais inerentes à Secretaria;

II cumprir políticas e diretrizes definidas no Plano de Ação do governo Municipal e nos programas gerais e setoriais inerentes à Secretaria; Michelle R.R. Lopes Função: I contribuir para a formulação do Plano de Ação do Governo Municipal, propondo programas setoriais de sua competência e colaborando para a elaboração de programas gerais; II

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI Nº 4.892, DE 16 DE SETEMBRO DE 1985 - D.O. 18.09.85.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI Nº 4.892, DE 16 DE SETEMBRO DE 1985 - D.O. 18.09.85. Autor: Poder Executivo LEI Nº 4.892, DE 16 DE SETEMBRO DE 1985 - D.O. 18.09.85. Dispõe sobre o Plano de Classificação de Cargos e Salários do IPEMAT, fixa a remuneração dos cargos de Serviços Auxiliares,

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO ANEXO IV ORGANOGRAMA GABINETE DO PREFEITO ÓRGÃOS DE ATIVIDADES DE ASSESSORAMENTO DIRETO E IMEDIATO AO PREFEITO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO CHEFIA DE GABINETE PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO ÓRGÃOS

Leia mais

Conselho da Justiça Federal

Conselho da Justiça Federal RESOLUÇÃO Nº 207, DE 05 FEVEREIRO DE 1999 Dispõe sobre a transformação dos cargos efetivos e o enquadramento dos servidores do Quadro de Pessoal do Conselho da Justiça Federal e da Justiça Federal de Primeiro

Leia mais

MENSAGEM Nº 056/2015. Senhor Presidente, Senhores Vereadores,

MENSAGEM Nº 056/2015. Senhor Presidente, Senhores Vereadores, MENSAGEM Nº 056/2015 Senhor Presidente, Senhores Vereadores, É com elevada honra que submeto à apreciação de Vossas Excelências e à superior deliberação do Plenário dessa Augusta Casa Legislativa, o Projeto

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES POLÍTICO-SOCIAIS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES POLÍTICO-SOCIAIS DECRETO Nº 1.227, DE 15 DE ABRIL DE 2016. Dispõe sobre a estrutura organizacional e a denominação, simbologia e quantitativo dos cargos de provimento em comissão e funções gratificadas da Secretaria Municipal

Leia mais

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições previstas no art. 35, I, da Lei Complementar nº 02/90;

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições previstas no art. 35, I, da Lei Complementar nº 02/90; PORTARIA Nº 133/11 DE 14 DE JANEIRO DE 2011 Dispõe sobre o ordenamento e atribuições dos cargos de provimento em comissão de natureza especial e simples do Quadro de Pessoal dos Serviços Auxiliares do

Leia mais

PORTARIA Nº: 666/2013

PORTARIA Nº: 666/2013 PORTARIA Nº: 666/2013 RODRIGO IMAR MARTINEZ RIERA, Prefeito Municipal de Itajubá, Estado de Minas Gerais, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE: Considerando o que determina o

Leia mais

SECRETARIA ESTRUTURA CÓDIGO DE VENCIMENTO

SECRETARIA ESTRUTURA CÓDIGO DE VENCIMENTO PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO PRETO ESTRUTURA BÁSICA E ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA QUADRO DE REFERÊNCIA ESTRUTURA E CARGOS A N E X O I SECRETARIA ESTRUTURA CÓDIGO DE Casa Civil Assessoria Especial Jurídica

Leia mais

Município. Prefeitura Municipal de Ibicoara - BA. Segunda-Feira - 12 de Março de 2012 - Ano VII - N º 28

Município. Prefeitura Municipal de Ibicoara - BA. Segunda-Feira - 12 de Março de 2012 - Ano VII - N º 28 do Município Prefeitura Municipal de Ibicoara - BA Segunda-Feira - - Ano VII - N º 28 Decreto No. 2 de 01 de janeiro de 2012 "Altera o QUADRO DE DETALHAMENTO DE DESPESAS - QDD, para o exercício financeiro

Leia mais

DECRETO N 3115, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

DECRETO N 3115, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DECRETO N 3115, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. ALTERA A NOMENCLATURA DE CARGOS E ESTRUTURAS DE SECRETARIAS DA LEI COMPLEMENTAR Nº 15, DE 04 DE JULHO DE 2011 E SUAS ALTERAÇOES DADA PELA LEI COMPLEMENTAR N.º

Leia mais

EDITORA DA UEL. Histórico

EDITORA DA UEL. Histórico EDITORA DA UEL Histórico A Editora da Universidade Estadual de Londrina, denominada EDUEL, é um órgão de Apoio, criado em 1995. Tem como objetivo publicar material de qualidade e relevância científica,

Leia mais

CONTABILIDADE DOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA Perguntas & Respostas

CONTABILIDADE DOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA Perguntas & Respostas CONTABILIDADE DOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA Perguntas & Respostas 1 O Ministério da Previdência Social - MPS tem competência para editar normas contábeis para os Regimes Próprios de Previdência Social,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DECRETO Nº 164, DE 1º DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre a estrutura organizacional da Mato Grosso Previdência MTPREV, a distribuição de cargos em comissão e funções de confiança.

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GOVERNO. de 5 de Maio

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GOVERNO. de 5 de Maio REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GOVERNO MINISTERIO DE ADMINISTRAÇÃO ESTATAL Diploma Ministerial Nº 3 /2004 de 5 de Maio DIPLOMA SOBRE A ESTRUTURA, ORGANIZAÇÃO, COMPOSIÇÃO, E FUNCIONAMENTO DO SECRETARIADO

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E URBANISMO

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E URBANISMO SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E URBANISMO LEGISLAÇÃO Lei Complementar nº 931, de 2012. Lei Complementar nº 937, de 2012. Lei Complementar nº 950, de 2013. CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL Lei

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Hospital Universitário Clementino Fraga Filho DIVISÃO DE PESQUISA REGIMENTO

Universidade Federal do Rio de Janeiro Hospital Universitário Clementino Fraga Filho DIVISÃO DE PESQUISA REGIMENTO Universidade Federal do Rio de Janeiro Hospital Universitário Clementino Fraga Filho DIVISÃO DE PESQUISA REGIMENTO CAPÍTULO I - DA CARACTERÍSTICA FUNCIONAL Artigo 1º A DIVISÃO DE PESQUISA (DPq) é um órgão

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS. Faço saber que o Poder Legislativo Estadual decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS. Faço saber que o Poder Legislativo Estadual decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI N 6.340, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2002. Dispõe sobre a Estrutura e as competências do Instituto do Meio Ambiente IMA. O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS. Faço saber que o Poder Legislativo Estadual decreta

Leia mais

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade e Orçamento Público Carga Horária:50 aulas Semestre Letivo / Turno: 3º semestre Professor: Período: Ementa da disciplina:

Leia mais

Manual do Processo de Planejamento da UFSC. Departamento de Planejamento SEPLAN/UFSC

Manual do Processo de Planejamento da UFSC. Departamento de Planejamento SEPLAN/UFSC Manual do Processo de Planejamento da UFSC 2010 Departamento de Planejamento SEPLAN/UFSC Apresentação Este documento descreve o processo de planejamento que vem sendo implantado na Universidade Federal

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 16, DE 15 DE JULHO DE 2015.

RESOLUÇÃO N.º 16, DE 15 DE JULHO DE 2015. RESOLUÇÃO N.º 16, DE 15 DE JULHO DE 2015. Altera dispositivos da Resolução nº 53, de 13 de novembro de 2014, que regulamenta a estrutura administrativa e as atribuições e lotações dos cargos de provimento

Leia mais

DECRETO Nº 7.142, DE 29 DE MARÇO DE 2010.

DECRETO Nº 7.142, DE 29 DE MARÇO DE 2010. DECRETO Nº 7.142, DE 29 DE MARÇO DE 2010. Aprova o Estatuto e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Funções Gratificadas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA, e dá outras Providências.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Matinhos - PR Relação Cadastral de Programa de Governo. PROGRAMA DE GOVERNO Alteração Inicio Prev. Término Prev.

Prefeitura Municipal de Matinhos - PR Relação Cadastral de Programa de Governo. PROGRAMA DE GOVERNO Alteração Inicio Prev. Término Prev. PÁGINA: DE 9 Programa 0 Operações Especiais Operações Especiais 0/0/200 Acabar com a Fome e a Miséria Operações Especiais Orgão Unidade 5 SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS Gabinete do Secretario Teceiros

Leia mais

DIRETORIA DE AUDITORIA FISCALIZAÇÃO DE DESPESA COM PESSOAL NA VISÃO DAS UNIDADES JURISDICIONADAS TCU 15 ABR 2004

DIRETORIA DE AUDITORIA FISCALIZAÇÃO DE DESPESA COM PESSOAL NA VISÃO DAS UNIDADES JURISDICIONADAS TCU 15 ABR 2004 DIRETORIA DE AUDITORIA FISCALIZAÇÃO DE DESPESA COM PESSOAL NA VISÃO DAS UNIDADES JURISDICIONADAS TCU 15 ABR 2004 1 OBJETIVO REPASSAR CONHECIMENTOS SOBRE A FISCALIZAÇÃO DE DESPESA COM PESSOAL NO ÂMBITO

Leia mais

LEI Nº, DE DE 2003. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº, DE DE 2003. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PROJETO DE LEI LEI Nº, DE DE 2003 Dispõe sobre o Plano Plurianual para o período 2004/2007. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º

Leia mais

Demonstrativo da Despesa por Órgãos e Funções - Anexo IX

Demonstrativo da Despesa por Órgãos e Funções - Anexo IX Legislativa Judiciária Essencial à Justiça Administração Segurança Pública 55.200.000 02 - Secretaria 9.411.000 Municipal de Governo 03 - Gabinete 1.100.000 do Vice-Prefeito 04 - Procuradoria 17.280.000Geral

Leia mais

(Publicado no Diário Oficial da União no dia 03/08/1970, Página 5771, Coluna 3) DECRETO N.º 66.967, DE 27 DE JULHO DE 1970

(Publicado no Diário Oficial da União no dia 03/08/1970, Página 5771, Coluna 3) DECRETO N.º 66.967, DE 27 DE JULHO DE 1970 (Publicado no Diário Oficial da União no dia 03/08/1970, Página 5771, Coluna 3) DECRETO N.º 66.967, DE 27 DE JULHO DE 1970 Dispõe sôbre a organização administrativa do Ministério da Educação e Cultura.

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 1. CONTEXTO OPERACIONAL O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) foi criado pelo Decreto-Lei nº 9.295/46, com alterações,

Leia mais

ANEXO I CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA IMPLEMENTAÇÃO DA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO

ANEXO I CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA IMPLEMENTAÇÃO DA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO ANEXO I CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA IMPLEMENTAÇÃO DA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO I - Reconhecimento, mensuração e evidenciação dos créditos, tributários

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 156, DE 06.07.95 Dispõe sobre a organização e competência da Procuradoria Geral do Município.

LEI COMPLEMENTAR Nº 156, DE 06.07.95 Dispõe sobre a organização e competência da Procuradoria Geral do Município. LEI COMPLEMENTAR Nº 156, DE 06.07.95 Dispõe sobre a organização e competência da Procuradoria Geral do Município. Artigo 1º - A Procuradoria Geral do Município é instituição de natureza permanente, essencial

Leia mais

PLANO ANUAL DE AUDITORIA INTERNA EXERCÍCIO 2012

PLANO ANUAL DE AUDITORIA INTERNA EXERCÍCIO 2012 PLANO ANUAL DE AUDITORIA INTERNA EXERCÍCIO 2012 Em cumprimento ao disposto no art. 2º, inciso XVI, da Resolução nº. 504/2009 c.c. a Portaria nº. 7.800/2010, deste Egrégio Tribunal de Justiça, apresentar-se-á

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU LEI Nº 5357, DE 28 DE ABRIL DE 2006 P. 32076/05 Cria o Fundo Municipal para construção do Sistema de Tratamento de Esgoto Urbano do Município de Bauru e determina outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PAD-SOF-003 15/09/2008 00 1 de 15

PAD-SOF-003 15/09/2008 00 1 de 15 Proposto por: Divisão de Planejamento e Orçamento (DPOR) Analisado por: Orçamento, Finanças e Contabilidade (SOF) Aprovado por: Diretoria Geral de Coordenação Administrativa (DGCA) ATENÇÃO: Cópias impressas

Leia mais

LEI Nº 3.758, de 20 de dezembro de 2012

LEI Nº 3.758, de 20 de dezembro de 2012 LEI Nº 3.758, de 20 de dezembro de 2012 EMENTA: Cria a Agência Municipal de Habitação de Vitória de Santo Antão - Pernambuco, e dá outras providências. O PREFEITO CONSTITUCIONAL DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO

Leia mais

DECRETO Nº 707 DE 11 DE MARÇO DE 2013

DECRETO Nº 707 DE 11 DE MARÇO DE 2013 DECRETO Nº 707 DE 11 DE MARÇO DE 2013 Estabelece a Estrutura Organizacional Básica da Secretaria Municipal de Saúde SEMSA. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO, Capital do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo COMISSÃO DE FINANÇAS, ECONOMIA, ORÇAMENTO, FISCALIZAÇÃO, CONTROLE E TOMADA DE CONTAS RELATÓRIO

Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo COMISSÃO DE FINANÇAS, ECONOMIA, ORÇAMENTO, FISCALIZAÇÃO, CONTROLE E TOMADA DE CONTAS RELATÓRIO RELATÓRIO Através das Mensagens nº 255/15 encaminhada pelo Ex- Governador do Estado do Espírito Santo Paulo César Hartung Gomes. Encaminhada a esta Assembleia Legislativa o Projeto de Lei nº 400/15, que

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA

FUNDO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA FMLU FUNDO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Gestão: Finalidade: Cadastro Organizacional/PMS FUNDO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA - FMLU FUNDO MUNICIPAL SECRETARIA MUNICIPAL DE ORDEM

Leia mais

República Federativa do Brasil Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Lista Telefônica Interna

República Federativa do Brasil Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Lista Telefônica Interna República Federativa do Brasil Tribunal Regional Federal da 5ª Região Lista Telefônica Interna Recife 2007 Tribunal Regional Federal da 5ª Região Edifício Ministro Djaci Falcão Cais do Apolo s/nº - Bairro

Leia mais

P O R T A R I A Nº 08/14

P O R T A R I A Nº 08/14 P O R T A R I A Nº 08/14 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, pelo Promotor de Justiça que a presente subscreve, no exercício de suas funções, com fulcro nos arts. 37 e 129, inciso III, da Constituição

Leia mais

LEI Nº 002/2006. O PREFEITO MUNICIPAL DE SANTIAGO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, FAZ SABER,

LEI Nº 002/2006. O PREFEITO MUNICIPAL DE SANTIAGO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, FAZ SABER, LEI Nº 002/2006 CRIA O FUNDO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO FUMDUR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O PREFEITO MUNICIPAL DE SANTIAGO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município,

Leia mais

O número de Secretarias nas Prefeituras

O número de Secretarias nas Prefeituras O número de Secretarias nas Prefeituras Havia uma época em que se dizia que um dirigente de empresa não podia ter mais que sete subalternos diretos. Número acima de sete seria sintoma de ineficácia organizacional.

Leia mais

A N E X O I I L R F - C Â M A R A M U N I C I PA L D E F O Z D O I G U A Ç U

A N E X O I I L R F - C Â M A R A M U N I C I PA L D E F O Z D O I G U A Ç U DEMONSTRAÇÃO DE DESPESA SEGUNDO CATEGORIAS ECONÔMICAS A N E X O I I L R F - C Â M A R A M U N I C I PA L D E F O Z D O I G U A Ç U B A S E D E D A D O S Sítio : www.cmfi.pr.gov.br (Câmara Municipal de

Leia mais

Securitização de Recebíveis

Securitização de Recebíveis Securitização de Recebíveis Março/2016 Mês/Ano Normatização As NBCASP não contemplam o tema Instrumentos Financeiros Portaria STN nº 548/15 - será oportunamente regulamentado Referência técnica adotada

Leia mais

Governo do Estado do Amazonas

Governo do Estado do Amazonas LEI Nº 3.202, de 20 de dezembro de 2007 ESTIMA a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2.008. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO AMAZONAS D E C R E T A: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

ORÇAMENTO PÚBLICO. PPA Plano Plurianual. Planejar é o contrário de improvisar.

ORÇAMENTO PÚBLICO. PPA Plano Plurianual. Planejar é o contrário de improvisar. ORÇAMENTO PÚBLICO O QUE É PLANEJAR Planejar é o contrário de improvisar. PPA Plano Plurianual SE PLANEJA PARA: Estabelecer prioridades. Otimizar recursos. Se programar no tempo e no espaço. Se definir

Leia mais

PORTARIA Nº 27, DE 15 DE JUNHO DE 2007 (publicada no DOU de 18/06/2007, seção I, página 72)

PORTARIA Nº 27, DE 15 DE JUNHO DE 2007 (publicada no DOU de 18/06/2007, seção I, página 72) PORTARIA Nº 27, DE 15 DE JUNHO DE 2007 (publicada no DOU de 18/06/2007, seção I, página 72) A SECRETÁRIA DE ORÇAMENTO FEDERAL, tendo em vista o disposto no art. 62, inciso III, da Lei n o 11.439, de 29

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA nº.

EDITAL DE CONCORRÊNCIA nº. EDITAL DE CONCORRÊNCIA nº. CONCESSÃO DO SERVIÇO DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO URBANO NO MUNICÍPIO DE BLUMENAU ANEO VI - MATRIZ DE RISCOS DO CONTRATO DE CONCESSÃO DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO DO MUNÍCIPIO

Leia mais

Em 23/2/2005, o Senhor Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação,

Em 23/2/2005, o Senhor Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 28/10/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Ministério da Educação/Secretaria de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE. Secretaria Municipal de Administração. Elaboração de Atos Oficiais e Regimento Interno

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE. Secretaria Municipal de Administração. Elaboração de Atos Oficiais e Regimento Interno PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE Secretaria Municipal de Administração Elaboração de Atos Oficiais e Regimento Interno FUNDAMENTO LEGAL Constituição Federal art. 59, parágrafo único. Lei Orgânica do

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PASTOS BONS CNPJ 05.277.173/0001-75. Lei nº. 263/2013 25 de março de 2013.

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PASTOS BONS CNPJ 05.277.173/0001-75. Lei nº. 263/2013 25 de março de 2013. Lei nº. 263/2013 25 de março de 2013. Dispõe sobre a reforma administrativa da Prefeitura Municipal de Pastos Bons. A Prefeita Municipal de Pastos Bons, Estado do Maranhão Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS

Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS Elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Senado Federal - PGLS Sustentabilidade Contexto Aumento no número de pessoas Maior quantidade de recursos explorados Produção e consumo: compras

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINARES

TÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINARES Publicação: 27/09/89 RESOLUÇÃO Nº 141/1989 (Alterada pelas Portarias nº 717/1991, nº 903/1995, nº 928/1996, nº 1085/1998, nº 1130/1999, nº 1254/2001 e nº 1255/2001 e pelas Resoluções nº 214/1991, nº 388/2002,nº

Leia mais

L E I Nº 7.027, DE 30 DE JULHO DE 2007. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

L E I Nº 7.027, DE 30 DE JULHO DE 2007. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei: L E I Nº 7.027, DE 30 DE JULHO DE 2007 Altera a denominação e dispõe sobre a reestruturação organizacional da Secretaria Executiva de Estado de Trabalho e Promoção Social - SETEPS, e dá outras providências.

Leia mais

Código: CHCB. PI.JUR.01 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 5. 1. Objectivo

Código: CHCB. PI.JUR.01 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 5. 1. Objectivo Código: CHCB. PI.JUR.01 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 5 1. Objectivo São objectivos predominantes do Gabinete Jurídico, informar e colaborar em termos Jurídico Legais, na tomada de decisão do, contribuindo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA CULTURA UNIDADE DE FOMENTO E DIFUSÃO DA PRODUÇÃO CULTURAL RESOLUÇÃO SC Nº 14, DE 10 DE MARÇO DE 2015

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA CULTURA UNIDADE DE FOMENTO E DIFUSÃO DA PRODUÇÃO CULTURAL RESOLUÇÃO SC Nº 14, DE 10 DE MARÇO DE 2015 RESOLUÇÃO SC Nº 14, DE 10 DE MARÇO DE 2015 Estabelece procedimentos quanto aos limites dos valores de incentivo fiscal, previsto no artigo 24, I, do Decreto nº 54.275, de 27 de abril de 2009 e dá outras

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Guido Mantega INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes Diretor

Leia mais

Plano Integrado de Capacitação de Recursos Humanos para a Área da Assistência Social CAPACITAÇÃO CONSELHEIROS MUNICIPAIS.

Plano Integrado de Capacitação de Recursos Humanos para a Área da Assistência Social CAPACITAÇÃO CONSELHEIROS MUNICIPAIS. CAPACITAÇÃO CONSELHEIROS MUNICIPAIS Maio/2010 1º Dia PROGRAMAÇÃO 08h00 às 09h00 - Credenciamento 09h00 às 09h30 Abertura Boas vindas! 09h30 às 10h15 Exposição dialogada: Retrospectiva Luta por Direitos

Leia mais

Estou oferecendo um curso completo de AFO em Exercícios no Ponto. Serão quase 500 questões, todas atualizadas, a maioria de 2014/2015/2016.

Estou oferecendo um curso completo de AFO em Exercícios no Ponto. Serão quase 500 questões, todas atualizadas, a maioria de 2014/2015/2016. Questões de concursos públicos 2016 Processo de Elaboração e Execução Orçamentária e Financeira Prezado(a) estudante, concursando(a)! Desejo-lhe inspiração para a conquista de seus sonhos e o pleno alcance

Leia mais

Anexo 11 - Lei 4320 Comparativo da Despesa Autorizada com a Realizada

Anexo 11 - Lei 4320 Comparativo da Despesa Autorizada com a Realizada 01.000.0000.0000 01.031.0000.0000 Comparativo da Despesa com a Página: 1 LEGISLATIVA 19.485.000,00 0,00 19.485.000,00 19.422.000,29 62.999,71 AÇÃO LEGISLATIVA 19.485.000,00 0,00 19.485.000,00 19.422.000,29

Leia mais

PRINCÍPIOS GERAIS PRINCÍPIOS GERAIS PRINCÍPIOS GERAIS NÍVEIS DA REFORMA PRINCÍPIOS GERAIS. Funções de suporte Apoio à Governação Gestão de Recursos

PRINCÍPIOS GERAIS PRINCÍPIOS GERAIS PRINCÍPIOS GERAIS NÍVEIS DA REFORMA PRINCÍPIOS GERAIS. Funções de suporte Apoio à Governação Gestão de Recursos PRINCÍPIOS GERAIS Funções de suporte Apoio à Governação Gestão de Recursos Funções Operacionais 30-03-2006 1 30-03-2006 2 PRINCÍPIOS GERAIS Apoio à Governação (em todos os Ministérios) Serviços de planeamento,

Leia mais

A Tecnologia como aliada da gestão publica. Jailton Barbosa dos Santos

A Tecnologia como aliada da gestão publica. Jailton Barbosa dos Santos A Tecnologia como aliada da gestão publica Jailton Barbosa dos Santos Trajetória Acadêmica e Profissional JAILTON BARBOSA DOS SANTOS Graduação em Ciências: Habilitação Matemática.UERN Graduação em Direito.

Leia mais

Nota: Redação dada pelo Decreto-Lei nº 8.737/46 Redação anterior: Redação original

Nota: Redação dada pelo Decreto-Lei nº 8.737/46 Redação anterior: Redação original TÍTULO IX - Do Ministério Público do Trabalho CAPÍTULO I - Disposições Gerais Art. 736. O Ministério Público do Trabalho é constituído por agentes diretos do Poder Executivo, tendo por função zelar pela

Leia mais

Estrutura de gerenciamento do risco operacional

Estrutura de gerenciamento do risco operacional Estrutura de gerenciamento do risco operacional 1. Sistema Sicoob A estrutura de gerenciamento do risco operacional das cooperativas do Sicoob é composta da seguinte forma: 2. Principais competências dos

Leia mais

ditames da Lei federal nº 4.950-A/1966, especificamente quanto à

ditames da Lei federal nº 4.950-A/1966, especificamente quanto à PARECER Nº 15.152 UERGS. ASSESSOR EM INFORMÁTICA. FORMAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. APLICAÇÃO DA LEI FEDERAL Nº 4.950-A/1966 SOMENTE QUANDO AS ATRIBUIÇÕES DO EMPREGO, ESPECIFICADAS EM LEI, SEJAM PRIVATIVAS

Leia mais

DE CÓDIGO ASSUNTO/SÉRIE DATAS-LIMITE ARQUIVAMENTO OBSERVAÇÕES

DE CÓDIGO ASSUNTO/SÉRIE DATAS-LIMITE ARQUIVAMENTO OBSERVAÇÕES ÓRGÃO: 000 ADMINISTRAÇÃO GERAL 020 PESSOAL 023 QUADROS, TABELAS E POLÍTICA DE PESSOAL 023.1 MOVIMENTAÇÃO DE PESSOAL 023.13 LOTAÇÃO. REMOÇÃO. TRANSFERÊNCIA. PERMUTA 2003 * Unidade Prazo de guarda: fase

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 1663/2015 - Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2015 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região 1 PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 062/2015 Dispõe sobre a adequação dos quadros de lotação, de funções comissionadas

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Espírito Santo Comissão de Advogados Públicos 1º DIAGNÓSTICO DA ADVOCACIA PÚBLICA MUNICIPAL NO ESPÍRITO SANTO

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Espírito Santo Comissão de Advogados Públicos 1º DIAGNÓSTICO DA ADVOCACIA PÚBLICA MUNICIPAL NO ESPÍRITO SANTO 1º DIAGNÓSTICO DA ADVOCACIA PÚBLICA MUNICIPAL NO ESPÍRITO SANTO CONSIDERANDO que a Ordem dos Advogados do Brasil tem recebido inúmeras denúncias sobre irregularidades na estruturação das Procuradorias

Leia mais

LEI nº. 034/2009 30/06/2009

LEI nº. 034/2009 30/06/2009 LEI nº. 034/2009 30/06/2009 Dispõe sobre a criação de vagas junto ao Quadro de Pessoal da Prefeitura Municipal de Angatuba que especifica e dá outras providências CARLOS AUGUSTO RODRIGUES DE MORAIS TURELLI,

Leia mais

Administração Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Administração Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Administração Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cronograma das Aulas. Hoje você está na aula Semana Tema 01 Apresentação do PEA. Fundamentos

Leia mais

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO PRODUTIVA E SOBRE AS NORMAS DE APLICAÇÃO E CONTROLE DOS RESPECTIVOS RECURSOS.

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO PRODUTIVA E SOBRE AS NORMAS DE APLICAÇÃO E CONTROLE DOS RESPECTIVOS RECURSOS. LEI Nº 4421, de 31 de maio de 2010. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO PRODUTIVA E SOBRE AS NORMAS DE APLICAÇÃO E CONTROLE DOS RESPECTIVOS RECURSOS. DR. EMIDIO DE SOUZA,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA N 16/2016. Bolsa de Desenvolvimento para Inovação Tecnológica

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA N 16/2016. Bolsa de Desenvolvimento para Inovação Tecnológica TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA N 16/2016 Bolsa de Desenvolvimento para Inovação Tecnológica Área de Concentração em Desenvolvimento Estrutural de CTI Linha de Desenvolvimento de CTI Popularização

Leia mais

PROCEDIMENTO INTERNO

PROCEDIMENTO INTERNO 1. Objectivo Regulamentar a actividade do Gabinete de Auditoria Interna do Centro Hospitalar Cova da Beira, EPE. 2. Aplicação Gabinete de Auditoria Interna do Centro Hospitalar Cova da Beira, EPE. 3. Definições

Leia mais

NORMAS DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO E REFORMAS

NORMAS DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO E REFORMAS NORMAS DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO E REFORMAS Profª Maria Cleide Curso técnico em edificações 2016 1 NBR 15575 NORMA DE DESEMPENHO 2 3 4 Prazos de vida útil de projeto 5 6 7 NBR 5674 Gestão da Manutenção Direcionada

Leia mais

MUNICÍPIO DE MARECHAL CÂNDIDO RONDON ESTADO DO PARANÁ

MUNICÍPIO DE MARECHAL CÂNDIDO RONDON ESTADO DO PARANÁ CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2016 PUBLICAÇÃO Nº 002/2016 Dispõe sobre a retificação da tabela do subitem 2.1, com relação às vagas dos cargos de Analista Técnico, Enfermeiro, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA

REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º A Ouvidoria do é um elo de ligação entre a comunidade acadêmica ou externa e as instâncias administrativas da Faculdade, visando agilizar a administração

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGIMENTO INTERNO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGIMENTO INTERNO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - A Unidade de Auditoria Interna do CEFETES, criada

Leia mais

Total 883.647.943,61 Total 883.647.943,61

Total 883.647.943,61 Total 883.647.943,61 Anexo 01 Demonstrativo da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas RECEITA DESPESA RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES RECEITA PATRIMONIAL 2.017.196,11 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA 0,00 RECEITA

Leia mais

MANUAL DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO 7ª Edição

MANUAL DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO 7ª Edição MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL MANUAL DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO 7ª Edição PARTE III Procedimentos Contábeis Específicos Aplicado à União, aos Estados, ao Distrito

Leia mais

repasse e os termos de cooperação celebrados pelos órgãos e entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos para a execução de programas,

repasse e os termos de cooperação celebrados pelos órgãos e entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos para a execução de programas, PORTARIA Nº 127, DE 29 DE MAIO DE 2008 Estabelece normas para execução do disposto no Decreto no 6.170, de 25 de julho de 2007, que dispõe sobre as normas relativasàs transferências de recursos da União

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ. DECRETO Nº 419/2007 (Declarada inconstitucional, conforme ADIN nº 2012.

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ. DECRETO Nº 419/2007 (Declarada inconstitucional, conforme ADIN nº 2012. DECRETO Nº 419/2007 (Declarada inconstitucional, conforme ADIN nº 2012.067265-7) Regulamenta a Lei Municipal Nº 1.744, de 20 de dezembro de 2006, que cria o Fundo Municipal de Melhoria da Policia Militar

Leia mais

Impressora. GABINETE 03 A =48,00 m². Frigobar. Triturador. Impressora. ASSESSORIA 03 A = 34,57 m². Impressora. ASSESSORIA 02 A = 32,75 m².

Impressora. GABINETE 03 A =48,00 m². Frigobar. Triturador. Impressora. ASSESSORIA 03 A = 34,57 m². Impressora. ASSESSORIA 02 A = 32,75 m². PLANTA BAIXA 14 PAVIMENTO 96 96 79 150 GABINETE 03 A =48,00 m² GABINETE 04 A = 36,96 m² GABINETE 05 A = 44,55 m² 195 GABINETE 01 A = 37,05 m² GABINETE 02 A = 36,33 m² 03 A = 34,57 m² 04 A = 34,64 m² 05

Leia mais

GUIA DE COMUNICAÇÕES ON-LINE FÓRUM RUY BARBOSA

GUIA DE COMUNICAÇÕES ON-LINE FÓRUM RUY BARBOSA GUIA DE COMUNICAÇÕES ON-LINE FÓRUM RUY BARBOSA CENTRAL TELEFÔNICA (2º andar, s / 222) Geral...3320-6997 / 6998 Solicitação de ligações...3320-6997 / 3500 (Internas)...3320-6998 Informações Telefônicas...

Leia mais

Delegações do Ministério da Educação Ciência e Cultura. Decreto Regulamentar n º 4/98 de 27 de Abril

Delegações do Ministério da Educação Ciência e Cultura. Decreto Regulamentar n º 4/98 de 27 de Abril Delegações do Ministério da Educação Ciência e Cultura Decreto Regulamentar n º 4/98 de 27 de Abril Decreto Regulamentar n 2 4/98 De 27 de Abril Ao abrigo do disposto no nº 4 do artigo 11º do Decreto-Lei

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DECRETO Nº 154, DE 1º DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre a alteração da estrutura organizacional da Casa Militar do Estado de Mato Grosso, a redistribuição de cargos em comissão

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA NAS FREGUESIAS DA REGIÃO CENTRO. A cooperação técnica e financeira entre a CCDRC e as Freguesias da Região Centro.

GESTÃO FINANCEIRA NAS FREGUESIAS DA REGIÃO CENTRO. A cooperação técnica e financeira entre a CCDRC e as Freguesias da Região Centro. GESTÃO FINANCEIRA A cooperação técnica e financeira entre a CCDRC e as Freguesias da Região Centro NAS FREGUESIAS DA REGIÃO CENTRO CCDRCentro 2011 Matriz da acção de formação O MODELO FINANCEIRO DAS FREGUESIAS

Leia mais

OFICINA 3 IGM Indicadores de Governança Municipal Projeto SEP: PLANEJAMENTO E FORMAS ORGANIZACIONAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS / REGIONAIS

OFICINA 3 IGM Indicadores de Governança Municipal Projeto SEP: PLANEJAMENTO E FORMAS ORGANIZACIONAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS / REGIONAIS Objetivo: OFICINA 3 IGM Projeto SEP: PLANEJAMENTO E FORMAS ORGANIZACIONAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS / REGIONAIS Contribuir com a SEP, analisando o processo de planejamento nos municípios, por

Leia mais

LEGISLAÇÃO APLICADA AO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROF. GIL SANTOS AULA 1 EXERCÍCIOS DEFINIÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO

LEGISLAÇÃO APLICADA AO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROF. GIL SANTOS AULA 1 EXERCÍCIOS DEFINIÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO AULA 1 EXERCÍCIOS DEFINIÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO 1)Ao tratar das funções essenciais à justiça, estabelece a Constituição Federal, com relação ao Ministério Público, que: A) incumbe-lhe a defesa da ordem

Leia mais

PLANO ANUAL AUDITORIA. Serviço de. Auditoria Interna. Aprovado na reunião n.º 54/2015 do Conselho de Administração, realizada a 30 de dezembro

PLANO ANUAL AUDITORIA. Serviço de. Auditoria Interna. Aprovado na reunião n.º 54/2015 do Conselho de Administração, realizada a 30 de dezembro PLANO ANUAL DE AUDITORIA Serviço de Auditoria Interna Aprovado na reunião n.º 54/2015 do Conselho de Administração, realizada a 30 de dezembro PLANO ANUAL DE AUDITORIA INTERNA Introdução O presente Plano

Leia mais

A importância das escolas corporativas

A importância das escolas corporativas A importância das escolas corporativas Milena de Senne Ranzini 1 Encontro Intermunicipal das Escolas de Governo da Região de Sorocaba Sorocaba, 12 de março/14 Quem é a Equipe? O que é? Escola de Governo

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL CAPÍTULO I CATEGORIA E COMPETÊNCIA

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL CAPÍTULO I CATEGORIA E COMPETÊNCIA REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL CAPÍTULO I CATEGORIA E COMPETÊNCIA Art. 1 À Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural, compete: I planejar, coordenar, monitorar

Leia mais

VERIFICAÇÃO DE REGULARIDADE TCE, TC dos Municípios e TCM.

VERIFICAÇÃO DE REGULARIDADE TCE, TC dos Municípios e TCM. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO DEPARTAMENTO DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS Portal dos Convênios SICONV VERIFICAÇÃO DE REGULARIDADE TCE, TC dos Municípios e TCM. Manual

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. PORTARIA N o 52 TSE

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. PORTARIA N o 52 TSE PORTARIA N o 52 TSE O PRESIDENTE DO, com base nos artigos 54, inciso III e parágrafo único, e 55, 2º, da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, e conforme o Procedimento Administrativo nº 7.432/2013,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIAÚ ESTADO DA BAHIA Rua Ângelo Jaqueira, n.º 01 Centro, CEP: 45570-000 Ipiau Bahia LEI Nº. 1.864 DE 03 DE JULHO DE 2007

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIAÚ ESTADO DA BAHIA Rua Ângelo Jaqueira, n.º 01 Centro, CEP: 45570-000 Ipiau Bahia LEI Nº. 1.864 DE 03 DE JULHO DE 2007 Rua Ângelo Jaqueira, n.º 01 Centro, CEP: 45570-000 Ipiau Bahia LEI Nº. 1.864 DE 03 DE JULHO DE 2007 Modifica a Lei nº. 1.813 de 02 de fevereiro de 2005, que dispõe sobre a Organização Administrativa da

Leia mais